Vimos na aula passada massa atômica e massa molecular. Finalizaremos esta unidade estudando massa molar.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Vimos na aula passada massa atômica e massa molecular. Finalizaremos esta unidade estudando massa molar."

Transcrição

1 Aula: 10. Temática: Quantidade de matéria MOL. Vimos na aula passada massa atômica e massa molecular. Finalizaremos esta unidade estudando massa molar. A unidade fundamental do pensamento químico é o átomo ou a molécula, por isso, não surpreende que seja da maior importância a habilidade para medir e expressar o número de moléculas presentes em qualquer sistema químico. O número de moléculas presentes num sistema ocupa uma posição central em todos os raciocínios químicos, e toda a equação química contém, como um fator importante, o número de moléculas. Qualquer porção de matéria é formada por um número enorme de átomos ou moléculas. Já concluímos que, números iguais de átomos estão contidos na massa atômica de cada elemento e que o mesmo número de moléculas é encontrado na massa molecular de qualquer composto (grupo de átomos). Concluímos que o número de átomos presentes na massa atômica e o número de moléculas de um composto presente na massa molecular é sempre um número fixo destas partículas. Este número, conhecido por número de Avogadro, corresponde ao valor 6,02 x Torna-se bem mais conveniente usar o termo mol para representar a quantidade de material que contém este número de partículas.

2 Um mol é a quantidade de substância que possui um nº de unidades fundamentais (átomos, moléculas ou outras partículas) igual ao nº de átomos presentes em exatamente 12g do isótopo carbono 12 (6,02 x átomos). Assim, denomina-se mol a quantidade de matéria de um sistema que contenha 6,02 x10 23 partículas. A unidade mol é uma unidade do Sistema Internacional de Unidades (SI) - seu símbolo é igual ao seu nome (mol). Revendo todos os significados: Massa atômica: indica quantas vezes a massa de um átomo é maior que a unidade de massa atômica(u). Uma unidade de massa atômica é hoje definida como um doze avos da massa do isótopo mais comum do carbono. Massa molar de átomos: é a massa que contém 6,02 x átomos de um elemento. É numericamente igual à massa atômica, só que expressa em grama/mol. Massa molecular: é o número que indica quantas vezes a massa de uma molécula é maior que um doze avos da massa do isótopo mais comum do carbono. Massa molar da substância: é a massa correspondente a 6,02 x moléculas dessa substância. É numericamente igual à massa molecular, só que expressa em grama/mol.

3 Número de Avogrado e mol: O valor 6,02 x é chamado de número de Avogadro. Representa o número de átomos e/ou moléculas de um elemento e/ou de uma sustância na sua massa molar. Denomina-se mol a quantidade de matéria de um sistema que contém massa de 6,02 x átomos de um elemento. Quando se utiliza essa unidade, é necessário verificar que as partículas elementares estão se referindo: átomos, moléculas, íons, elétrons, prótons, neutros e outros. Exemplos: 1 mol de átomos de hidrogênio 1 mol de moléculas de hidrogênio 0,2 mols de íons de hidrogênio 0,3 mols de nêutrons Quando relacionamos mol, número de Avogadro e massa molecular temos: 6,02 x mol massa molar Isso significa que:

4 um mol corresponde a 6,02 x partículas. a massa molar contém 6,02 x partículas. um mol corresponde à massa molecular expressa em gramas g/mol Complemento: A palavra mol foi introduzida por volta de 1896 por Friedrich Wilhelm Ostwald ( ) que derivou o termo da palavra mole, que significa monte ou pilha. Além de estudarmos a massa molar, nesta aula revimos massa atômica e massa molecular. Faça os exercícios propostos, enviando suas dúvidas, para fixar o assunto e passar para a próxima unidade seguro de seu aprendizado. Exercícios: Dadas às massas atômicas: Nome Símbolo Massa atômica Carbono C 12 Cálcio Ca 40 Cobre Cu 63 Enxofre S 32

5 Ferro Fe 56 Hidrogênio H 1 Nitrogênio N 14 Oxigênio O 16 Zinco Zn 65 1.Calcule a massa molar das partículas abaixo, conforme o exemplo: Exemplo: CH4 C = 12.1 = 12; H = 1.4 = = 16g/mol a) C2H5OH (ácool etílico) b) Ca(OH)2 (hidróxido de cálcio) c) CuSO4.5H2O (sulfato de cobre pentahidratado) 2. Quantas partículas existem em: Exemplo: Quantas partículas existem em 16g de metano? CH4 = 16g/mol = 6,02 x Resultado = 6,02 x a) 80g de hidróxido de cálcio b) 138g de álcool etílico

6 3. Qual a massa correspondente a: Exemplo: 0,5 mol de CH4 Massa CH4 = 0.5 mol CH4 16g CH4 = 8g 1 mol CH4 a) 2 mol de C2H5OH b) 1 mol de sulfato de cobre pentahidratado

RELAÇÕES DE MASSA E MOL

RELAÇÕES DE MASSA E MOL RELAÇÃO DE MASSA E MOL A relação entre massa e quantidade Em uma gota de água de 0,05 ml há 1,67 sextilhão (1,67 x 10 21 ) de moléculas de água. A relação entre massa e quantidade A unidade de massa atômica

Leia mais

QUÍMICA 1 1º ANO RELAÇÕES DE MASSA

QUÍMICA 1 1º ANO RELAÇÕES DE MASSA QUÍMICA 1 1º ANO RELAÇÕES DE MASSA PROFª ELAINE CRISTINA 1. UNIDADE DE MASSA ATÔMICA A escala de massas atômicas está baseada no isótopo do carbono com número de massa igual a 12, ao qual foi atribuída

Leia mais

AULA 05: Isso significa que 1 átomo de hidrogênio pesa 1/12 da massa do carbono-12.

AULA 05: Isso significa que 1 átomo de hidrogênio pesa 1/12 da massa do carbono-12. SETOR 2306 Turma de Maio/Manhã Aulas 05 e 06 Resolução dos eercícios de sala AULA 05: EXERCÍCIO 1) (discutido em sala) Hidrogênio (MA = 1,0 u). Isso significa que 1 átomo de hidrogênio pesa 1/12 da massa

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA (Conceitos básicos) QUÍMICA A 1415 ESTEQUIOMETRIA

ESTEQUIOMETRIA (Conceitos básicos) QUÍMICA A 1415 ESTEQUIOMETRIA ESTEQUIOMETRIA Estequiometria é a parte da Química que estuda as proporções dos elementos que se combinam ou que reagem. MASSA ATÓMICA (u) É a massa do átomo medida em unidades de massa atómica (u). A

Leia mais

QUÍMICA MÓDULO 18 RELAÇÕES NUMÉRICAS. Professor Edson Cruz

QUÍMICA MÓDULO 18 RELAÇÕES NUMÉRICAS. Professor Edson Cruz QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 18 RELAÇÕES NUMÉRICAS INTRODUÇÃO Precisamos compreender que houve uma necessidade de se definir uma nova unidade de massa para átomos e moléculas. É importante que você

Leia mais

Meça tudo o que for mensurável. O que não for, torne mensurável Galileu Galilei ( )

Meça tudo o que for mensurável. O que não for, torne mensurável Galileu Galilei ( ) Meça tudo o que for mensurável. O que não for, torne mensurável Galileu Galilei (1564-1642) Mas o que pode ser mensurável? felicidade beleza Amor Quantos vamos comprar esses produtos, pedimos como? 50

Leia mais

MASSA ATÔMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - UFAC CURSO: ENGENHARIA AGRONÖMICA PET - AGRONOMIA. TUTOR: Prof.Dr. José de Ribamar Silva

MASSA ATÔMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - UFAC CURSO: ENGENHARIA AGRONÖMICA PET - AGRONOMIA. TUTOR: Prof.Dr. José de Ribamar Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - UFAC CURSO: ENGENHARIA AGRONÖMICA PET - AGRONOMIA MASSA ATÔMICA TUTOR: Prof.Dr. José de Ribamar Silva BOLSISTA: Renan Suaiden Parmejiani Yldison Felipe Nobre MASSA ATÔMICA.

Leia mais

química química na abordagem do cotidiano

química química na abordagem do cotidiano Capítulo 3 Mol e massa molar na na abordagem Respostas dos exercícios essenciais a) uma dúzia b) quatro dúzias c) cinco dúzias 2 a) um mol b) quatro mols c) cinco mols 3 a) N 2 H 4 b) c) Em 32 g de hidrazina

Leia mais

numérico é: a) H 2 CO 3 b) H 4 P 2 O 7 c) C 6 H 12 O 6 d) Al 2 (SO 4 ) 3 e) Fe 2 (CO 3 ) 3 f) Ca 3 (PO 4 ) 2 g) (NH 4 ) 2 S

numérico é: a) H 2 CO 3 b) H 4 P 2 O 7 c) C 6 H 12 O 6 d) Al 2 (SO 4 ) 3 e) Fe 2 (CO 3 ) 3 f) Ca 3 (PO 4 ) 2 g) (NH 4 ) 2 S Constante de Avogadro (antigamente chamada número de Avogadro é o número de átomos de 1 C contidos em 0,01 kg de 1 C. Seu valor numérico é: Cálculos Químicos Massa atômica, massa molecular e mol átomo

Leia mais

Química Analítica I Tratamento dos dados analíticos Soluções analíticas

Química Analítica I Tratamento dos dados analíticos Soluções analíticas Química Analítica I Tratamento dos dados analíticos Soluções analíticas Profª Simone Noremberg Kunz 2 Mol Medidas em química analítica É a quantidade de uma espécie química que contém 6,02x10 23 partículas

Leia mais

Relações Mássicas em Reacções Químicas

Relações Mássicas em Reacções Químicas Capítulo 3 Relações Mássicas em Reacções Químicas Massa Atómica N.º de Avogadro e Massa Molar Massa Molecular Espectrómetro de Massa Composição Percentual dos Compostos Determinação Experimental de Fórmulas

Leia mais

Lista de Exercícios 1 Química Geral I Licenciatura em Química Prof. Udo Sinks

Lista de Exercícios 1 Química Geral I Licenciatura em Química Prof. Udo Sinks 1. Qual parte da descrição de um composto ou de uma substância elementar se refere às suas propriedades físicas e qual se refere às suas propriedades químicas? (a) O líquido incolor etanol queima no ar.

Leia mais

Química. 01. Quantos prótons há na espécie química (A) 2 (D) 32 (B) 28 (E) 60 (C) 30

Química. 01. Quantos prótons há na espécie química (A) 2 (D) 32 (B) 28 (E) 60 (C) 30 Química 01. Quantos prótons há na espécie química (A) 2 (D) 32 (B) 28 (E) 60 (C) 30 02. Para que um átomo de número atômico 55 e número de massa 137 seja eletricamente neutro, ele deverá ter, necessariamente:

Leia mais

Revisão 1 H 99,985 2 H 0, C 98,89 13 C 1,11 14 N 99,63 15 N 0,37 16 O 99, O 0, O 0,204

Revisão 1 H 99,985 2 H 0, C 98,89 13 C 1,11 14 N 99,63 15 N 0,37 16 O 99, O 0, O 0,204 Revisão Número de massa A característica fundamental que define um elemento químico é o número de prótons (Z) no núcleo. Se chamarmos de N o número de nêutrons no núcleo, o número de massa A é dado por:

Leia mais

Determinar a massa de um corpo ("pesá-lo") é comparar sua massa com um padrão de massa conveniente e previamente escolhido

Determinar a massa de um corpo (pesá-lo) é comparar sua massa com um padrão de massa conveniente e previamente escolhido Relações de massa Determinar a massa de um corpo ("pesá-lo") é comparar sua massa com um padrão de massa conveniente e previamente escolhido Quando pesamos um pacote de arroz e dizemos o quanto ele pesa

Leia mais

QUÍMICA. Processo Seletivo/UNIFAL - julho ª Prova Comum TIPO 1 QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA. Processo Seletivo/UNIFAL - julho ª Prova Comum TIPO 1 QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 QUÍMICA QUESTÃO 41 A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina). Com base nessas informações, marque a alternativa correta. A) Uma massa de

Leia mais

UFU 2008/2-1ª FASE. 1-A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina).

UFU 2008/2-1ª FASE. 1-A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina). UFU 2008/2-1ª FASE 1-A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina). Com base nessas informações, marque a alternativa correta. A) Uma massa

Leia mais

Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CFQ 8º Ano Fórmulas químicas de substâncias moleculares

Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CFQ 8º Ano Fórmulas químicas de substâncias moleculares Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CFQ 8º Ano Fórmulas químicas de substâncias moleculares Nome: Data: / / 1. Assinala a resposta correcta com um X. 1.1. Os símbolos químicos C, Ca, F e P representam,

Leia mais

O que você deve saber sobre

O que você deve saber sobre O que você deve saber sobre Podemos conhecer as grandezas que regem a quantificação dos fenômenos químicos identificando o comportamento da massa, do número de partículas e do volume de diferentes substâncias.

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau

Faculdade Maurício de Nassau Faculdade Maurício de Nassau LEIS PONDERAIS Lei de Lavoisier(Antonie Laurent Lavoisier) Lei da conservação das massas ou Lei da conservação da matéria Caracterização: sistema fechado utilizando balanças

Leia mais

Física e Química A 10º ANO FICHA DE APOIO N.º 3

Física e Química A 10º ANO FICHA DE APOIO N.º 3 Física e Química A º ANO FICHA DE APOIO N.º 3 TEMA: MOLE, MASSA MOLAR E VOLUME MOLAR I A mole Quando estamos a estudar uma porção de matéria, seja ela no estado sólido, líquido ou gasoso, eiste um número

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL ESTRUTURA DA MATÉRIA O termo matéria refere-se a todos os

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA II

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA II INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA II ESTRUTURA DA MATÉRIA O termo matéria refere-se a todos os materiais

Leia mais

P R O V A D E Q U Í M I C A I I

P R O V A D E Q U Í M I C A I I 20 P R V A D E Q U Í M I C A I I QUESTÃ 46 Na fabricação de pães, a glicose contida na massa se transforma em álcool etílico e gás carbônico com a ajuda da enzima zimase, de acordo com a seguinte reação,

Leia mais

QUÍMICA Exercícios de revisão resolvidos

QUÍMICA Exercícios de revisão resolvidos 9. (ENEM 2013) A produção de aço envolve o aquecimento do minério de ferro, junto com carvão (carbono) e ar atmosférico em uma série de reações de oxirredução. O produto é chamado de ferro-gusa e contém

Leia mais

Massa atômica, molecular e molar mol

Massa atômica, molecular e molar mol Segmento: Pré-vestibular Resoluções Coleção: Alfa, Beta e Gama. Disciplina: Química Volume: 1 Série: 7 Massa atômica, molecular e molar mol 1. D I. Verdadeira II. Verdadeira 12 6C (6 prótons + 6 nêutrons).

Leia mais

substância. químico (Q). c) Atração de uma agulha por um ímã. ( ) 2. Escrever uma equação química para a reação

substância. químico (Q). c) Atração de uma agulha por um ímã. ( ) 2. Escrever uma equação química para a reação MOGI MIRIM Trabalho de Recuperação Final de Química Profº: Wardê Nome: 1ª Série EM Valor: 1º Trimestre 2011 Pré-vestibular Ensino Médio Ensino Fundamental Educação Infantil Nº: 1 1. Dado o sistema esquematizado

Leia mais

Mole, massa molar, rendimento e grau de pureza.

Mole, massa molar, rendimento e grau de pureza. Mole, massa molar, rendimento e grau de pureza. Massa atómica relativa É um número que indica quantas vezes a massa de um átomo é >ou< que 1/12 da massa do átomo 12 C. A maioria dos elemento possui vários

Leia mais

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 >

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > Prof. Agamenon Roberto LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 2 LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS Um trabalho muito complicado

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA Fixação 1) (PUC) A água oxigenada é uma solução de peróxido de hidrogênio (H 2 O 2 ) fortemente antis éptica por liberar O 2. Os percentuais,

Leia mais

Pb 2e Pb E 0,13 v. Ag 2e Ag E +0,80 v. Zn 2e Zn E 0,76 v. Al 3e Al E 1,06 v. Mg 2e Mg E 2,4 v. Cu 2e Cu E +0,34 v

Pb 2e Pb E 0,13 v. Ag 2e Ag E +0,80 v. Zn 2e Zn E 0,76 v. Al 3e Al E 1,06 v. Mg 2e Mg E 2,4 v. Cu 2e Cu E +0,34 v QUÍMICA 1ª QUESTÃO Umas das reações possíveis para obtenção do anidrido sulfúrico é a oxidação do anidrido sulfuroso por um agente oxidante forte em meio aquoso ácido, como segue a reação. Anidrido sulfuroso

Leia mais

Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida

Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Índice Estequiometria...1 Exercícios...2 Gabarito...4 Estequiometria Balanço de massas e de quantidades

Leia mais

NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO. 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3?

NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO. 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3? NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3? 02. O número de oxidação do manganês no permanganato de potássio (KMnO4) é:

Leia mais

01. Complete o quadro abaixo referente as características dos elementos químicos.

01. Complete o quadro abaixo referente as características dos elementos químicos. ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO DE PROGRESSÃO PARCIAL ESCOLA REFERENCIA Aluno: Série:_1ºcol _Data: Matéria: Química _Turno: Noturno_Valor: Nota: Supervisoras: Rejane/Betânia 01. Complete

Leia mais

AULA DE RECUPERAÇÃO PROF. NEIF NAGIB

AULA DE RECUPERAÇÃO PROF. NEIF NAGIB AULA DE RECUPERAÇÃO PROF. NEIF NAGIB CONCEITOS SOBRE O ÁTOMO Número Atômico (Z): quantidades de prótons. Z = p = e Número de Massa (A): a soma das partículas que constitui o átomo. A = Z + N REPRESENTAÇÃO

Leia mais

Massa molar (g.mol -1 )

Massa molar (g.mol -1 ) 01.DETERMINAÇÃO DE FÓRMULAS MOLECULARES 01. A clorofila a, que é o pigmento responsável pela cor verde da maioria das plantas, tem fórmula molecular C 55 H 72 MgN 4 O 5. Calcule a composição percentual

Leia mais

Símbolos e fórmulas químicas

Símbolos e fórmulas químicas Desde sempre o homem tenta comunicar com símbolos. As letras das palavras escritas constituem uma linguagem simbólica. O maior problema é que não é UNIVERSAL. Então os químicos usam uma simbologia própria.

Leia mais

Tabela Periódica dos Elementos

Tabela Periódica dos Elementos 1º EM Química B Priscila Av. Trimestral 21/10/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DO MONTE CALVÁRIO CIÊNCIAS

COLÉGIO NOSSA SENHORA DO MONTE CALVÁRIO CIÊNCIAS COLÉGIO NOSSA SENHORA DO MONTE CALVÁRIO CIÊNCIAS SEGMENTO: ENSINO FUNDAMENTAL II ANO: 9º TÍTULO: ATIVIDADE DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO MENSAL II PROFESSORA: ALESSANDRA ARCA DATA: 20/ 04/ 2016 1. Classifique

Leia mais

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira)

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Semana 15 Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. 23

Leia mais

Exercícios Sobre DistribuiÇão eletrônica

Exercícios Sobre DistribuiÇão eletrônica Exercícios Sobre DistribuiÇão eletrônica Dado: 01. Faça a distribuição eletrônica nas camadas para os átomos: a) Cs (Z= 55) b) Tl (Z= 81) 02. Faça a distribuição eletrônica nas camadas, para os átomos:

Leia mais

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Atividade complementar Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Esta atividade tem como objetivo complementar e aprofundar os estudos sobre as transformações químicas,

Leia mais

Aula 15 Relações de Massa

Aula 15 Relações de Massa Aula 15 Relações de Massa Na Química, é muito importante, saber antecipadamente as quantidades de reagentes que devemos usar para obter as quantidades de produtos desejadas. Entretanto, essas previsões

Leia mais

Temática: Reconsiderando as Interpretações de Dalton.

Temática: Reconsiderando as Interpretações de Dalton. Aula: 8. Temática: Reconsiderando as Interpretações de Dalton. Estamos iniciando a segunda unidade de nossa disciplina. Apesar de curta, 3 aulas apenas, não é uma unidade de menos importância, nela discorrerá

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 21 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 1

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 21 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 1 QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 21 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 1 Unidade de massa atômica (u) Como pode cair no enem (CESGRANRIO) Um elemento X tem massa atômica 63,5 e apresenta os isótopos 63 X

Leia mais

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 2005-2007 QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 21. A hemoglobina das células vermelhas do sangue contém o complexo de ferro com uma porfirina. Sabendo que um indivíduo

Leia mais

Cálculos com Mol.

Cálculos com Mol. Cálculos com Mol www.aulasdequimica.com.br Página 02 Página 03 Talvez a grandeza mais conhecida pelos químicos seja o mol. No entanto, quando ensinamos isso aos alunos, parece que estamos falando em algo

Leia mais

AULA DE QUÍMICA Professor Wladimir Muller FÓRMULA é a representação gráfica da MOLÉCULA de uma SUBSTÂNCIA QUÍMICA em que são utilizados os símbolos dos ELEMENTOS QUÍMICOS, e os índices numéricos, que indicam

Leia mais

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS EXTRAS 2º TRIMESTRE 2016

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS EXTRAS 2º TRIMESTRE 2016 INSTITUTO GEREMARIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: C11 Nº Professor: Lúcia Nascimento COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

VIII EXAME Questões Objetivas. RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE.

VIII EXAME Questões Objetivas. RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE. Questões Objetivas RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE. Questão 01 (Peso 1) Use seus conhecimentos de estequiometria para dizer qual alternativa está

Leia mais

Estequiometria. Índice. Por Victor Costa

Estequiometria. Índice. Por Victor Costa Estequiometria Por Victor Costa Índice 1. Massa atômica 2. Mol 3. Massa molar 4. Massa molecular 5. Composição percentual 6. Reação química 7. Balanceamento 8. Reagente limitante 9. Rendimento Essa aula

Leia mais

Estequiometria. Priscila Milani

Estequiometria. Priscila Milani Estequiometria Priscila Milani Cálculo de massa para amostras impuras: Reagentes impuros, principalmente em reações industriais, ou porque eles são mais baratos ou porque eles já são encontrados na Natureza

Leia mais

VII Olimpíada Catarinense de Química Etapa I - Colégios

VII Olimpíada Catarinense de Química Etapa I - Colégios VII Olimpíada Catarinense de Química 2011 Etapa I - Colégios Fonte: Chemistryland Segunda Série 1 01 200 ml de uma solução de hidróxido de alumínio são diluídos em água destilada até a sua concentração

Leia mais

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga 01 Cl 2 Cl Nox = 0 Nox = 1 Cl O +1 2 Nox +1 2 Carga Cl O 4 +7 2 Nox +7 8 Carga Resposta: Respectivamente zero, 1, +1, +7. 1 02 a) NH 4 NO 3 NH 4 + cátion + NO 3 ânion N H 4 + 3 +1 Nox 3 +4 Carga N O 3

Leia mais

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA Ligação Química O conceito de configuração eletrônica e o desenvolvimento da Tabela Periódica permitiu aos químicos uma base lógica para explicar a formação

Leia mais

Cálculos Químicos. Mol, massa molar, Constante de Avogadro

Cálculos Químicos. Mol, massa molar, Constante de Avogadro Cálculos Químicos Mol, massa molar, Constante de Avogadro Massa atômica Medidas massa (Kg SI) 1 Kg 1000 g Grama 1 g Massa átomo? Unidade? Unidade de massa atômica 1 u massa de 1/12 do átomo de carbono

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA Título do Podcast Área Segmento Duração Chuva ácida... será que a água da chuva vai corroer tudo? Ciências da Natureza Química Ensino Médio 5min 44seg

Leia mais

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio EQUAÇÕES QUÍMICAS REAÇÃO QUÍMICA: É o processo de uma mudança química (Átkins). Este processo é representado por meio de uma EQUAÇÃO QUÌMICA. As EQUAÇÕES QUÍMICAS são representadas por: REAGENTES PRODUTOS

Leia mais

Fisica do Calor ( ) Prof. Adriano Mesquita Alencar Dep. Física Geral Instituto de Física da USP A03. Quantidade de Calor: Calorimetria

Fisica do Calor ( ) Prof. Adriano Mesquita Alencar Dep. Física Geral Instituto de Física da USP A03. Quantidade de Calor: Calorimetria Fisica do Calor (4300159) Prof. Adriano Mesquita Alencar Dep. Física Geral Instituto de Física da USP A03 Quantidade de Calor: Calorimetria Calor Elementos Químicos Composição do ar atmosférico (Oxigênio,

Leia mais

LEIS DAS COMBINAÇÕES QUÍMICAS

LEIS DAS COMBINAÇÕES QUÍMICAS COLÉGIO CONTATO 2016 QUIMICA I Livro 1 LEIS DAS COMBINAÇÕES QUÍMICAS EDMAR MARINHO DE AZEVEDO SITUANDO A DISCUSSÃO... 1. INTRODUÇÃO As Leis das Reações Químicas, deduzidas de forma empírica por cientistas

Leia mais

DATA: Nº de ordem GRAU: PROVA: TURMA MATRÍCULA: Estudo Independente

DATA: Nº de ordem GRAU: PROVA: TURMA MATRÍCULA: Estudo Independente FOLHA DE QUESTÕES CURSO: ASS.: Engenharia de Produção DISCIPLINA: NOME: Química Geral DATA: Nº de ordem GRAU: PROVA: TURMA MATRÍCULA: Estudo Independente 5PRD31A 01) O grupo de átomos que é encontrado

Leia mais

Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Departamento de Química. Programa do 10º ano e do 11º ano de Química do Ensino Secundário

Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Departamento de Química. Programa do 10º ano e do 11º ano de Química do Ensino Secundário Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Departamento de Química Programa da Prova de Acesso de Química (2016): Exemplos de exercícios 1.Indique a afirmação correcta. Programa do 10º ano e do 11º

Leia mais

AULA 10 ESTEQUIOMETRIA

AULA 10 ESTEQUIOMETRIA AULA 10 ESTEQUIOMETRIA Cálculo estequiométrico ou estequiometria é o cálculo de quantidades de substâncias que interagem, pode ser do reagente consumido ou do produto formado. Baseia-se nas proporções

Leia mais

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski.

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski. QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas Prof. Kleber Bergamaski Equações químicas 1789, lei da conservação da massa A massa total de uma

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Reagentes

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Representação

Leia mais

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria Professor Marcus Ennes -Estequiometria - RELAÇÕES FUNDAMENTAIS RAZÃO E PROPORÇÃO 1) Um formigueiro é composto por 2.000 formigas. Cada formiga consome por dia, 1.500 moléculas de glicose (C 6 H 12 O 6

Leia mais

FUVEST 1978 Primeira fase e Segunda fase

FUVEST 1978 Primeira fase e Segunda fase FUVEST 1978 Primeira fase e Segunda fase CNECIMENTS GERAIS 61. Bolinhas de naftalina ao serem colocadas em armários, com o decorrer do tempo, diminuem de tamanho. A causa desse comportamento deve-se ao

Leia mais

Na Atmosfera da Terra: Radiação, Matéria e Estrutura Unidade temática 2

Na Atmosfera da Terra: Radiação, Matéria e Estrutura Unidade temática 2 Sumário Na : Radiação, Matéria e Estrutura Unidade temática 2 Atmosfera: temperatura, pressão e densidade em função da.. - Transferência de energia. - Principais características das camadas da atmosfera.

Leia mais

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):.

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):. FOLHA DE EXERCÍCIOS CURSO: Otimizado ASS.: Exercícios de Conteúdo DISCIPLINA: Fundamentos de Química e Bioquímica NOME: TURMA: 1SAU 1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e

Leia mais

Química Básica: Átomo. Profa. Alessandra Barone

Química Básica: Átomo. Profa. Alessandra Barone Química Básica: Átomo Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br Átomo Fermions: formam a matéria Bósons: intermedeiam forças Quarks e leptons - Glúon e fóton Partículas Quark up Quark down Quark charmoso

Leia mais

Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria

Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria Grandezas Químicas e Estequiometria Criando base 1 - Em 100 gramas de alumínio, quantos átomos deste elemento estão presentes? Dados: M(Al) = 27 g/mol 1 mol = 6,02 x 10 23 átomos a) 3,7 x 10 23 b) 27 x

Leia mais

RELAÇÕES NUMÉRICAS E CALCULOS QUIMICOS I

RELAÇÕES NUMÉRICAS E CALCULOS QUIMICOS I Prof. Edson Cruz RELAÇÕES NUMÉRICAS E CALCULOS QUIMICOS I Podemos conhecer as grandezas que regem a quantificação dos fenômenos químicos identificando o comportamento da massa, do número de partículas

Leia mais

Aula 09 19/mai Marcelo..continuação da aula 08 (12/mai) CONTEÚDO EXTRA SOBRE LIGAÇÃO IÔNICA Escrevendo a fórmula de um composto iônico: http://www.brasilescola.com/quimica/formulas-para-representar-as-ligacoesionicas.htm

Leia mais

GRANDEZAS QUÍMICAS MÓDULO 2 REPRESENTAÇÃO DAS TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS

GRANDEZAS QUÍMICAS MÓDULO 2 REPRESENTAÇÃO DAS TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS GRANDEZAS QUÍMICAS MÓDULO 2 REPRESENTAÇÃO DAS TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS GRANDEZAS QUÍMICAS Meça tudo o que for mensurável. O que não for, torne mensurável. Galileu Galilei (1564-1642) CARBONO: Atualmente,

Leia mais

Cálculos Químicos. Mol, massa molar, Constante de Avogadro

Cálculos Químicos. Mol, massa molar, Constante de Avogadro Cálculos Químicos Mol, massa molar, Constante de Avogadro Medidas massa (Kg SI) 1 Kg 1000 g Grama 1 g Massa átomo? Unidade? Massa atômica Unidade de massa atômica 1 u massa de 1/12 do átomo de carbono

Leia mais

IME º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

IME º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR IME - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 Uma fonte de vanádio é o mineral vanadinita, cuja fórmula é Pb 5 (VO 4 ) 3 Cl. DETERMINE: A) A porcentagem em massa de vanádio

Leia mais

QUÍMICA MÓDULO 20 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Professor Edson Cruz

QUÍMICA MÓDULO 20 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Professor Edson Cruz QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 20 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO INTRODUÇÃO Agora que já sabemos os pré-requisitos para o entendimento do cálculo estequiométrico, podemos defini-lo como "o método matemático

Leia mais

Aula 17 Ligações covalentes e metálicas

Aula 17 Ligações covalentes e metálicas Aula 17 Ligações covalentes e metálicas Em nossa aula passada falamos de ligações iônicas, aquelas que ocorrem entre átomos com grandes diferenças de eletronegatividade. Entretanto, essa não é a única

Leia mais

QUESTÃO 3 Para a dissolução de uma determinada massa de uma substância não volátil, em quantidade de água bem definida, é esperado um abaixamento da t

QUESTÃO 3 Para a dissolução de uma determinada massa de uma substância não volátil, em quantidade de água bem definida, é esperado um abaixamento da t QUÍMICA QUESTÃO 31 Muitas aminas têm como características um odor desagradável Putrescina e cadaverina são exemplos de aminas que exalam odor de carne em apodrecimento Dos compostos nitrogenados abaixo,

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 07 TURMA ANUAL

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 07 TURMA ANUAL RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 07 TURMA ANUAL 01. Item D Os elementos que têm 5 elétrons de valência, ou seja, pertencem à família VA, são P e As, portanto está correto o item D. 02. Item B A energia

Leia mais

, e o óxido de ferro III, iniciada por centelha elétrica. A equação para a reação é: 6NaN 3. (s) 3Na 2

, e o óxido de ferro III, iniciada por centelha elétrica. A equação para a reação é: 6NaN 3. (s) 3Na 2 20 QUÍMICA s automóveis modernos estão equipados com air bags (bolsas de ar) para proteger os ocupantes em caso de colisão. Muitos deles são inflados com nitrogênio, N 2, gás liberado na reação muito rápida

Leia mais

Como o átomo é um sistema eletricamente neutro, o número de prótons é sempre igual ao número de elétrons.

Como o átomo é um sistema eletricamente neutro, o número de prótons é sempre igual ao número de elétrons. Apostila de Química (3º bimestre-2009) Professor: Eduardo Mesquita 9º ano Ensino Fundamental A estrutura da matéria A concepção moderna do átomo Como o átomo é um sistema eletricamente neutro, o número

Leia mais

CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Prof.: Andrey kleber Migliorini

CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Prof.: Andrey kleber Migliorini CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO Prof.: Andrey kleber Migliorini Introdução Estequiometria: Stoikheîon = elemento metron = medida É o estudo das relações quantitativas (átomos, moléculas, massa, volume) entre as

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL 1 a SÉRIE - 1 o BIMESTRE de 2017

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL 1 a SÉRIE - 1 o BIMESTRE de 2017 ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO BIMESTRAL 1 a SÉRIE - 1 o BIMESTRE de 2017 Nome: N o Série: 1 a Nota: Professor: Andreza / Edson / Priscila 1. APRESENTAÇÃO: Prezado aluno, A estrutura da recuperação bimestral paralela

Leia mais

QUÍMICA (A) (B) (C) (D) (E)

QUÍMICA (A) (B) (C) (D) (E) QUÍMICA A octanagem é uma medida da resistência à compressão da gasolina. O isoctano é utilizado como padrão de índice de octanagem por ser o composto que mais resiste à compressão sem explodir. A respeito

Leia mais

EXPERIÊNCIA 4 REAÇÕES E EQUAÇÕES QUÍMICAS

EXPERIÊNCIA 4 REAÇÕES E EQUAÇÕES QUÍMICAS CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT Departamento de Ciências Básicas e Sociais - DCBS Disciplina Química Experimental QEX Prof. Sivaldo Leite Correia EXPERIÊNCIA 4 REAÇÕES E EQUAÇÕES QUÍMICAS 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

SEMI 2016 UNIDADES 04 e 05 Química A (Com gabarito)

SEMI 2016 UNIDADES 04 e 05 Química A (Com gabarito) SEMI 2016 UNIDADES 04 e 05 Química A (Com gabarito) 1 - (UFPR) - Considere um elemento químico (E) com número atômico (Z) igual a 16. a) Qual sua configuração eletrônica para o estado fundamental? a) 1s

Leia mais

Mistura: material formado por duas ou mais substâncias, sendo cada uma destas denominada componente.

Mistura: material formado por duas ou mais substâncias, sendo cada uma destas denominada componente. SOLUÇÕES Mistura: material formado por duas ou mais substâncias, sendo cada uma destas denominada componente. Fase: numa mistura, é cada uma das porções que apresenta aspecto homogéneo ou uniforme. CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

APOSTILA DE QUÍMICA 2º BIMESTRE

APOSTILA DE QUÍMICA 2º BIMESTRE Nome: nº: Bimestre: 2º Ano/série: 9º ano Ensino: Fundamental Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / APOSTILA DE QUÍMICA 2º BIMESTRE TEORIA 1 EVOLUÇÃO DOS MODELOS ATÔMICOS 1.

Leia mais

Conceitos Básicos sobre gases

Conceitos Básicos sobre gases Conceitos Básicos sobre gases ara este estudo não vamos fazer distinção entre gás e vapor, desta forma neste capítulo, o estado gasoso (gás ou vapor) será sempre referido como gás... ressão dos gases Suponha

Leia mais

Projeto de Recuperação Semestral - 1ª Série (EM)

Projeto de Recuperação Semestral - 1ª Série (EM) Projeto de Recuperação Semestral - 1ª Série (EM) QUÍMICA 1 MATÉRIA A SER ESTUDADA Obs.: Fascículo1 A matéria e suas propriedades e Fascículo 2 Teoria Atômico-Molecular. Fascículo Capítulo páginas Exercícios

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 2º E 3º CICLOS ANSELMO DE ANDRADE Curso de Educação e Formação de Adultos (nível secundário) FICHA DE TRABALHO N.

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 2º E 3º CICLOS ANSELMO DE ANDRADE Curso de Educação e Formação de Adultos (nível secundário) FICHA DE TRABALHO N. ESCOLA SECUNDÁRIA COM 2º E 3º CICLOS ANSELMO DE ANDRADE Curso de Educação e Formação de Adultos (nível secundário) FICHA DE TRABALHO N.º4 Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 7: SABERES

Leia mais

Reações com transferência de elétrons: oxirredução

Reações com transferência de elétrons: oxirredução Reações com transferência de elétrons: oxirredução Química Geral Prof. Edson Nossol Uberlândia, 19/05/2016 Número de oxidação: número de cargas que um átomo teria em uma molécula (em um composto iônico)

Leia mais

FÍSICO QUÍMICA AULA 2 - OXIDO- REDUÇÃO. Parte 2 Reações e conceitos

FÍSICO QUÍMICA AULA 2 - OXIDO- REDUÇÃO. Parte 2 Reações e conceitos FÍSICO QUÍMICA AULA 2 - OXIDO- REDUÇÃO Parte 2 Reações e conceitos Vimos anteriormente que oxidação é o processo no qual um átomo perde elétrons, tendo um aumento no N ox, enquanto na redução ganham-se

Leia mais

Os elementos que têm 5 elétrons de valência, ou seja, pertencem à família VA, são P e As, portanto está correto o item D.

Os elementos que têm 5 elétrons de valência, ou seja, pertencem à família VA, são P e As, portanto está correto o item D. 01 Os elementos que têm 5 elétrons de valência, ou seja, pertencem à família VA, são P e As, portanto está correto o item D. 02 A energia de ionização cresce para direita da tabela periódica, portanto

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 30 ESTEQUIOMETRIA: REAÇÕES CONSECUTIVAS

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 30 ESTEQUIOMETRIA: REAÇÕES CONSECUTIVAS QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 30 ESTEQUIOMETRIA: REAÇÕES CONSECUTIVAS Como pode cair no enem Um dos efeitos da chamada chuva ácida causada pelo SO 2(g) lançado na atmosfera, é a transformação do mármore, CaCO

Leia mais

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Leia o texto a seguir para responder à(s) seguinte(s) questão(ões).

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Leia o texto a seguir para responder à(s) seguinte(s) questão(ões). TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Leia o texto a seguir para responder à(s) seguinte(s) questão(ões). A fotossíntese é um processo pelo qual as plantas e alguns micro-organismos utilizam energia luminosa para

Leia mais

Escola Secundária de Lagoa. Correção da Ficha de Trabalho 1. Física e Química A. Espécie química. Número de massa.

Escola Secundária de Lagoa. Correção da Ficha de Trabalho 1. Física e Química A. Espécie química. Número de massa. Escola Secundária Lagoa Física e Química A 10º Ano Turma A Emília Correia e Paula Melo Silva Correção da Ficha Trabalho 1 Unida Zero Materiais: diversida e constituição 2014/2015 1.1. (A) Falso (B) Falso

Leia mais

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula /

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula / QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula / 2016-2 Prof. Mauricio X. Coutrim (disponível em: http://professor.ufop.br/mcoutrim) REAÇÃO EM SOLUÇÃO AQUOSA São reações envolvendo compostos iônicos

Leia mais