3 0 ENCONTRO DE USUÁRIOS DE BI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3 0 ENCONTRO DE USUÁRIOS DE BI"

Transcrição

1 3 0 ENCONTRO DE USUÁRIOS DE BI Contextualizando Durante o segundo encontro de usuários de BI, o tema Big Data surgiu várias vezes durante as discussões e prometemos que seria assunto de um próximo evento. No terceiro encontro resolvemos pagar essa promessa e discu>r um pouco sobre o conceito, a tecnologia por trás do mesmo, suas possíveis aplicações e impactos nas organizações. Como se trata de um tema novo para a maioria das pessoas, resolvemos iniciar o evento com uma breve discussão sobre o estágio de maturidade do mercado de Big Data e dos fatores que levaram ao desenvolvimento da plataforma Hadoop, presente na grande maioria das inicia>vas de Big Data. Durante a apresentação vimos que ainda existe muita confusão sobre o significado do termo Big Data e suas diferenças em relação a outros conceitos como Data Warehouse e Business Intelligence. Apesar da maneira agressiva com que o mercado de tecnologia procurou explorar o tema nos úl>mos anos, Big Data con>nua sendo um projeto futuro para a grande maioria das organizações e não são muitos os casos de sucesso documentados fora do segmento de internet. E foi no segmento de internet que a tecnologia associada a Big Data começou a ser desenvolvida. Big data is like teenage sex: everyone talks about it, nobody really knows how to do it, everyone thinks everyone else is doing it, so everyone claims they are doing it. Em 2003 a Google, famosa por seu mecanismo de buscas na internet, publicou um ar>go descrevendo seu sistema de arquivos distribuído (Google File System). Logo depois, em 2004, apresentou o MapReduce, framework que permi>a o desenvolvimento de programas de processamento paralelo de grandes volumes de dados e que serviu de base para a criação do projeto Hadoop, que inicia oficialmente em 2006, na comunidade Apache. O sucesso da plataforma Hadoop no segmento de internet foi muito grande e ajudou a firmar de vez o conceito de Big Data no mercado. Mas afinal, o que significa o termo Big Data? Realizado em Abril de 2014 Rio de Janeiro / São Paulo TDW BI Consul>ng Page 1

2 Segundo o Gartner Group, Big Data são a>vos de informação de alto volume, alta velocidade e alta variedade que demandam formas inovadoras e efe>vas em custo de processamento que permitam melhorar a visibilidade e tomada de decisão. A par>r desse breve resumo sobre o significado do termo Big Data, da origem de sua tecnologia e da maturidade do mercado, o grupo iniciou sua discussão buscando responder algumas perguntas que foram estabelecidas ao final da apresentação. Big data is high-volume, high-velocity and high-variety information assets that demand cost-effective, innovative forms of information processing for enhanced insight and decision making. Gartner Group Discussões e Conclusões A seguir apresentamos as perguntas apresentadas e um resumo da reflexão feita em torno de cada uma delas. Qual a diferença entre Big Data e Data Warehouse? Inicialmente o grupo explorou a possibilidade da diferença estar no volume de dados envolvido, mas vários par>cipantes lembraram de projetos de Data Warehouse envolvendo dezenas ou centenas de terabytes que foram implantados há vários anos com sucesso. Alguns par>cipantes levantaram a possibilidade da diferenciação estar relacionada com o armazenamento de dados mais consolidados, orientados ao atendimento de relatórios corpora>vos ou formação de indicadores, versus a u>lização de dados que precisam ser analisados de forma adhoc, mas o grupo entendeu que existem vários casos de sucesso de projetos de Data Warehouse que armazenam dados de forma mais detalhada e onde consultas adhoc são permi>das e até mesmo incen>vadas. Depois de algumas discussões interessantes, a conclusão foi de que as grandes diferenças entre Big Data e Data Warehouse estariam associadas com necessidade de lidar com dados não estruturados ou de estrutura flexível como vídeos, imagens textos ou logs de internet. Outro ponto considerado relevante foi a capacidade de receber e processar de forma conenua dados que chegam em grandes volumes e variedade. As tecnologias de banco de dados atuais até conseguem lidar com o processamento conenuo de Realizado em Abril de 2014 Rio de Janeiro / São Paulo TDW BI Consul>ng Page 2

3 grandes volumes de dados mas elas possuem limitações para lidar com a variedade dos dados. Apesar das diferenças encontradas, o consenso do grupo foi de que Big Data e Data Warehouse são conceitos com alto nível de superposição. Alguém chegou a sugerir que os conceitos deveriam ser usados como sinônimos, já que ambos se referem ao processo de armazenar e processar grandes volumes de dados com o obje>vo de auxiliar no processo de tomada de decisões. Para que serve Big Data? O que traz de novidade? O consenso do grupo é de que Big Data adiciona mais valor quando lidamos com dados não estruturados como textos, imagens, vídeos e áudios ou de estrutura muito flexível como é o caso de e- mails, páginas de internet ou logs de visitação. A tecnologia de Big Data também se aplica nos casos em que se deseja explorar uma grande quan>dade e variedade de dados que não possuam relacionamentos bem estabelecidos. Outro fator que favorece a tecnologia de Big Data é sua capacidade de aplicar algoritmos predefinidos a dados que são disponibilizados de forma conenua e em grande volume. O fato da plataforma Hadoop ser disponível a custos muito baixos e u>lizar equipamentos rela>vamente baratos viabiliza a u>lização mesmo em organizações de menor porte. Por outro lado, um ponto nega>vo para a plataforma Hadoop atualmente é a falta de profissionais treinados na tecnologia. É muito mais fácil encontrar profissionais treinados em gerenciadores de banco de dados do que na plataforma Hadoop. Que desafios estão associados a um projeto de Big Data? Alguns par>cipantes do grupo apontaram o fato da tecnologia de Big Data estar baseada em comunidades de soiware livre com sendo um desafio para o conceito por conta da preocupação com o nível de suporte disponível. Após algumas discussões o consenso foi de que o domínio da tecnologia de Big Data é realmente um desafio, mas que a disponibilidade de suporte tende a ser boa com a entrada dos grandes provedores de tecnologia no mercado apresentando sua versões da plataforma Hadoop. Realizado em Abril de 2014 Rio de Janeiro / São Paulo TDW BI Consul>ng Page 3

4 Um ponto interessante levantado por um dos par>cipantes foi o risco de se chegar a conclusões erradas pelo fato das análises serem feitas sobre dados brutos, sem a limpeza e preparação normalmente aplicada no processo de carga de um Data Warehouse. A conclusão do grupo foi de que mesmo em um ambiente de análise u>lizando tecnologia >po Hadoop, algumas análises poderão ser feitas com os dados brutos mas outras exigirão a aplicação de processos de limpeza e tratamento prévios antes que sejam realizadas. A necessidade de mão de obra especializada tanto na elaboração e manutenção dos algoritmos de análise quanto na exploração dos dados de forma eficiente pelas organizações também foi um ponto bastante lembrado durante as discussões. Por fim, as questões relacionadas com a segurança da informação e com as limitações legais de uso de dados privados nas análises foram citadas como grandes desafios para projetos de Big Data. Quem já está usando e de que forma? Os casos mais relevantes são sem dúvida as grandes empresas de internet como Google, Yahoo, Facebook e Twiner. Todos eles u>lizam a tecnologia para seleção de conteúdo baseado nas áreas de interesse dos usuários, processando volumes imensos de dados. O grupo iden>ficou outros casos interessantes de u>lização do conceito. Entre eles estão: 1) Busca de padrões de diagnós>co em prontuários médicos digitalizados; 2) Iden>ficação de palavras chave em comunicações por e- mail para a prevenção de fraudes ou vazamento de informações confidenciais; 3) Oferta de produtos e serviços a par>r da análise de navegação dos clientes em sites de comércio eletrônico; 4) Recuperação de receita a par>r da iden>ficação de chamadas realizadas sem o correspondente faturamento em empresas de telecomunicações; 5) Triagem de problemas de prestação de serviços com a iden>ficação de palavras chave em gravações de atendimento recep>vo. Qual a diferença entre Hadoop e Bancos de Dados? Um subshtui o outro? Durante as discussões do grupo chegou- se a um consenso de que a plataforma Hadoop tem como obje>vo principal o armazenamento e processamento de forma paralela de grandes conjuntos de dados de qualquer natureza, u>lizando para isso clusters formados por computadores padrão de mercado. Realizado em Abril de 2014 Rio de Janeiro / São Paulo TDW BI Consul>ng Page 4

5 Para a plataforma Hadoop pouco importa a natureza do conjunto de dados ou o volume dos mesmos. Em princípio, com a simples adição de novos computadores ao cluster e com o algoritmo adequado de processamento, a plataforma é capaz de lidar com quaisquer volumes ou natureza de dados. Os bancos de dados até podem armazenar informações não estruturadas, mas em geral possuem limitações na forma como processam essas informações. A questão do volume foi levantada pelo grupo mas a conclusão foi de que atualmente existem gerenciadores de banco de dados capazes de lidar com altos volumes de forma tão eficiente quanto a plataforma Hadoop. Apesar da plataforma Hadoop poder lidar com dados estruturados, a conclusão do grupo foi de que os bancos de dados ainda apresentam vantagens neste >po de aplicação. A visão do grupo foi de que atualmente essas plataformas possuem cada uma delas seu espaço, mas que existe uma tendência para que as áreas de sobreposição aumentem cada vez mais ao longo do tempo. A expecta>va é de que vejamos os gerenciadores de banco de dados aumentando suas capacidades de lidar com dados não estruturados e a plataforma Hadoop evoluindo na direção contrária. Um ponto ressaltado por vários membros do grupo foi o fato da plataforma Hadoop ter origem em uma comunidade de soiware livre e ser baseada em hardware padrão de mercado e de baixo custo, o que torna essa plataforma muito atraente especialmente em mercados como o Brasil. Por outro lado, alguns par>cipantes lembraram que a plataforma Hadoop ainda exige um alto grau de especialização para ser u>lizada de forma eficiente e que existem muito poucos profissionais do mercado que saibam trabalhar com a mesma. Como fica o inveshmento que já fizemos em bancos de dados e ferramentas de BI? O grupo entende que as tecnologias de banco de dados e Hadoop são complementares e provavelmente con>nuarão a conviver nas organizações. A plataforma Hadoop parece ideal para a recepção dos dados não estruturados ou cujas relações e caracterís>cas ainda não tenham sido totalmente estruturadas. Ela também se apresenta como uma opção para a aplicação imediata de algoritmos de tratamento de dados que chegam em grande volume e de forma conenua. Realizado em Abril de 2014 Rio de Janeiro / São Paulo TDW BI Consul>ng Page 5

6 Já os gerenciadores de banco de dados são ideais para armazenar os dados estruturados, cujos relacionamentos sejam bem conhecidos e determinados pois permitem análises mais estruturadas sem o auxílio de algoritmos mais sofis>cados. Neste sen>do, o entendimento do grupo é de que o inves>mento nos bancos de dados e nas prá>cas de Data Warehousing devem con>nuar nas organizações. Quanto às ferramentas de análise e geração de relatórios e dashboards (ferramentas de BI) a expecta>va do grupo é de que todas as ferramentas passem a tratar a plataforma Hadoop como mais uma fonte de dados a ser u>lizada nas análises e na preparação de relatórios e dashboards. Realizado em Abril de 2014 Rio de Janeiro / São Paulo TDW BI Consul>ng Page 6

4o ENCONTRO DE USUÁRIOS DE BI

4o ENCONTRO DE USUÁRIOS DE BI 4o ENCONTRO DE USUÁRIOS DE BI Contextualizando Para o quarto Encontro de Usuários de Bi o tema escolhido foi sobre os mo8vos que levam projetos de BI a serem tão longos e o que poderia ser feito para torná-

Leia mais

BIG DATA: UTILIZANDO A INTERNET PARA TOMADA DE DECISÕES

BIG DATA: UTILIZANDO A INTERNET PARA TOMADA DE DECISÕES BIG DATA: UTILIZANDO A INTERNET PARA TOMADA DE DECISÕES Alex Travagin Chatalov¹, Ricardo Ribeiro Rufino ¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil alex_tr1992@hotmail.com ricardo@unipar.br

Leia mais

E esse tal de Big Data?

E esse tal de Big Data? E esse tal de Big Data? Hoje todas as pessoas que converso e que sabem que atuamos com Business Intelligence na Cetax Consultoria, me perguntam: E esse Big Data hein Marco? Eu vi até na Veja... está todo

Leia mais

1 http://www.google.com

1 http://www.google.com 1 Introdução A computação em grade se caracteriza pelo uso de recursos computacionais distribuídos em várias redes. Os diversos nós contribuem com capacidade de processamento, armazenamento de dados ou

Leia mais

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics:

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics: Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015 Big Data Analytics: Como melhorar a experiência do seu cliente Anderson Adriano de Freitas RESUMO

Leia mais

CLOUD. tendências CLOUD. entendendo e contratando assertivamente. Agosto/2012 INFORMATIVO TECNOLÓGICO DA PRODESP EDIÇÃO 02

CLOUD. tendências CLOUD. entendendo e contratando assertivamente. Agosto/2012 INFORMATIVO TECNOLÓGICO DA PRODESP EDIÇÃO 02 tendências CLOUD EDIÇÃO 02 Agosto/2012 CLOUD O conceito de nuvem é nebuloso Como uma organização pode contratar assertivamente Serviços em Cloud? Quais são os principais riscos de um contrato de Cloud

Leia mais

As Novas Tecnologias de Dados, Inteligência Competitiva e Preditiva

As Novas Tecnologias de Dados, Inteligência Competitiva e Preditiva SEMINÁRIO TEMAS ESTRATÉGICOS DO AGROPENSA Pesquisa e Inovação em Automação e Tecnologias da Informação e Comunicação As Novas Tecnologias de Dados, Inteligência Competitiva e Preditiva Brasília, 12 de

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani Data Warehouse - Conceitos Hoje em dia uma organização precisa utilizar toda informação disponível para criar e manter vantagem competitiva. Sai na

Leia mais

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani BI Business Intelligence A inteligência Empresarial, ou Business Intelligence, é um termo do Gartner Group. O conceito surgiu na década de 80 e descreve

Leia mais

Big Data: Uma revolução a favor dos negócios

Big Data: Uma revolução a favor dos negócios Big Data: Uma revolução a favor dos negócios QUEM SOMOS Empresa especializada em Big Data e Analytics. Profissionais com larga experiência na gestão de bureaus de crédito, analytics e uso inteligente da

Leia mais

SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA

SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA Muitas organizações terceirizam o transporte das chamadas em seus call-centers, dependendo inteiramente

Leia mais

A EXPERIÊNCIA PIONEIRA DO LABORATÓRIO/NÚCLEO DE ARTE ELETRÔNICA: 20 ANOS DE CURIOSIDADE E INOVAÇÃO EM DESIGN DE MIDIA DIGITAL

A EXPERIÊNCIA PIONEIRA DO LABORATÓRIO/NÚCLEO DE ARTE ELETRÔNICA: 20 ANOS DE CURIOSIDADE E INOVAÇÃO EM DESIGN DE MIDIA DIGITAL A EXPERIÊNCIA PIONEIRA DO LABORATÓRIO/NÚCLEO DE ARTE ELETRÔNICA: 20 ANOS DE CURIOSIDADE E INOVAÇÃO EM DESIGN DE MIDIA DIGITAL Aluno: Pedro Barroso Vieira Orientador: Rejane Spitz Introdução Decorridos

Leia mais

Big Data Definição, Desafios e Análise de dados Seminário da disciplina IN940 - Banco de Dados

Big Data Definição, Desafios e Análise de dados Seminário da disciplina IN940 - Banco de Dados Big Data Definição, Desafios e Análise de dados Seminário da disciplina IN940 - Banco de Dados Aluno: Victor Santos Professor: Ana Carolina Fernando Fonseca AGENDA 1 - O que é Big Data? 2 - Impactos do

Leia mais

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio?

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Comparativo prático para escolher a ferramenta perfeita para a sua empresa Faça nosso Quiz e veja as opções que combinam com o seu perfil ÍNDICE

Leia mais

Apex Desenvolvendo Aplicações Web

Apex Desenvolvendo Aplicações Web Apex Desenvolvendo Aplicações Web Instrutores Rafael Tomé Obje?vos Introduzir ao universo Oracle. Conhecer a facilidade de desenvolver para web com APEX. Criação de uma rápida aplicação com os recursos

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web;

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; CONCEITOS INICIAIS Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; O que é necessário para se criar páginas para a Web; Navegadores; O que é site, Host, Provedor e Servidor Web; Protocolos.

Leia mais

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara As Novas Profissões em Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara Tópicos Contextualização Novas Profissões Impacto Conclusões Referências Contextualização (Histórico

Leia mais

DIGIMAN. WTB Tecnologia 2009. www.wtb.com.br

DIGIMAN. WTB Tecnologia 2009. www.wtb.com.br DIGIMAN MANDADO JUDICIAL ELETRÔNICO Arquitetura WTB Tecnologia 2009 www.wtb.com.br Arquitetura de Software O sistema DIGIMAN é implementado em três camadas (apresentação, regras de negócio e armazém de

Leia mais

O Big Data em microfinanças: Como os bancos de dados ajudam na tomada de decisão e uma melhor compreensão do comportamento dos clientes

O Big Data em microfinanças: Como os bancos de dados ajudam na tomada de decisão e uma melhor compreensão do comportamento dos clientes 1 O Big Data em microfinanças: Como os bancos de dados ajudam na tomada de decisão e uma melhor compreensão do comportamento dos clientes Elias Sfeir, Presidente Equifax Brasil e Vice-Presidente Sénior

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E ANALISTA (EXCETO PARA O CARGO 4 e 8) GABARITO 1. (CESPE/2013/MPU/Conhecimentos Básicos para os cargos 34 e 35) Com a cloud computing,

Leia mais

UNG CIC Tópicos Especiais de TI. Aula 13

UNG CIC Tópicos Especiais de TI. Aula 13 Aula 13 1. Data Warehouse Armazém de Dados (Continuação) 1 Erros na implantação de um Data Warehouse Segundo o Data Warehousing Institute existem dez erros mais comuns na implantação de um Data Warehouse

Leia mais

Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS

Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS 1 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO Gestão e Tecnologia da Informação/ IFTI 1402 Turma 25 09 de abril de 2015 Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS Raphael Henrique Duarte

Leia mais

Guia Rápido de Licenciamento do SQL Server 2012

Guia Rápido de Licenciamento do SQL Server 2012 Guia Rápido de Licenciamento do SQL Server 2012 Data de publicação: 1 de Dezembro de 2011 Visão Geral do Produto SQL Server 2012 é uma versão significativa do produto, provendo Tranquilidade em ambientes

Leia mais

AGORA ORACLE AO SEU ALCANCE

AGORA ORACLE AO SEU ALCANCE A performance que você necessita no preço que você quer! Agora, produtos de infra-estrutura tecnológica ao seu alcance. Existem alternativas que proporcionam às pequenas e médias empresa permanecerem no

Leia mais

A indústria brasileira de jogos eletrônicos Um mapeamento do crescimento do setor nos úl6mos 4 anos.

A indústria brasileira de jogos eletrônicos Um mapeamento do crescimento do setor nos úl6mos 4 anos. A indústria brasileira de jogos eletrônicos Um mapeamento do crescimento do setor nos úl6mos 4 anos. Pesquisa 2008, versão 1.0 Brasil, julho de 2008. (c) 2008, Associação Brasileira das Desenvolvedoras

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE

CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE A proposta para o ambiente apresentada neste trabalho é baseada no conjunto de requisitos levantados no capítulo anterior. Este levantamento, sugere uma

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

Diretoria de Pesquisas e Informações Estratégicas

Diretoria de Pesquisas e Informações Estratégicas Diretoria de Pesquisas e Informações Estratégicas II Encontro Nacional Sobre Cooperação para Prevenção e Combate à Corrupção Fiscalização preditiva com uso de inteligência Gilson Libório Diretor de Pesquisas

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

Inteligência de Dados

Inteligência de Dados Inteligência de Dados Apoio Master Transformando Dados em Vantagem Competitiva Leonardo Couto Sócio e Diretor Comercial leo.couto@wiseminer.com +55 21 9 7295 1422 Big Data Bang e os desafios da gestão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 10 de Outubro de 2013. Revisão aula anterior Documento de Requisitos Estrutura Padrões Template Descoberta

Leia mais

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas.

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas. Introdução Sistemas de Informação é a expressão utilizada para descrever um Sistema seja ele automatizado (que pode ser denominado como Sistema Informacional Computadorizado), ou seja manual, que abrange

Leia mais

Data Warehousing Visão Geral do Processo

Data Warehousing Visão Geral do Processo Data Warehousing Visão Geral do Processo Organizações continuamente coletam dados, informações e conhecimento em níveis cada vez maiores,, e os armazenam em sistemas informatizados O número de usuários

Leia mais

Post excerpt to catch readers attention and describe the story in short

Post excerpt to catch readers attention and describe the story in short Post excerpt to catch readers attention and describe the story in short A explosão do número de usuários de smartphones está promovendo uma mudança rápida na cultura de vendas e atendimento aos clientes.

Leia mais

Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente

Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente Engajamento com o Cliente Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente Informativo Torne cada interação relevante e envolvente Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente Gerenciamento do ciclo de vida

Leia mais

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Aula 1 Ementa Fases do Ciclo de Vida do Desenvolvimento de Software, apresentando como os métodos, ferramentas e procedimentos da engenharia de software, podem

Leia mais

BIG DATA Armazenamento e Gerenciamento de grandes volumes de dados

BIG DATA Armazenamento e Gerenciamento de grandes volumes de dados BIG DATA Armazenamento e Gerenciamento de grandes volumes de dados Carlos Marques Business Development Manager, Data Connectivity and Integration Latin America & Caribbean Market (CALA) O que veremos hoje?

Leia mais

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Objetivo O objetivo do projeto é especificar o desenvolvimento de um software livre com a finalidade de automatizar a criação de WEBSITES através do armazenamento

Leia mais

A importância da. nas Organizações de Saúde

A importância da. nas Organizações de Saúde A importância da Gestão por Informações nas Organizações de Saúde Jorge Antônio Pinheiro Machado Filho Consultor de Negócios www.bmpro.com.br jorge@bmpro.com.br 1. Situação nas Empresas 2. A Importância

Leia mais

dynam PROPOSTA OFICIAL PARA PPC (Links Patrocinados) publicidadeonline AGÊNCIA SEARCH ENGINE MARKETING Marketing de Busca

dynam PROPOSTA OFICIAL PARA PPC (Links Patrocinados) publicidadeonline AGÊNCIA SEARCH ENGINE MARKETING Marketing de Busca PROPOSTA OFICIAL PARA PPC (Links Patrocinados) dynam publicidadeonline AGÊNCIA SEARCH ENGINE MARKETING Marketing de Busca Av. Carlos Gomes 141 Suite 411 - Porto Alegre. RS Tel. +55(11) 3522-5950 / (51)

Leia mais

PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA. Profa. Reane Franco Goulart

PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA. Profa. Reane Franco Goulart PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA Profa. Reane Franco Goulart Administrador de banco de dados O Administrador de banco de dados (DBA - DataBase Administrator) é responsável por manter e gerenciar bancos

Leia mais

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES tassiogoncalvesg@gmail.com MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 TÁSSIO GONÇALVES - TASSIOGONCALVESG@GMAIL.COM 1 CONTEÚDO Arquitetura

Leia mais

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará :

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará : 1ª PARTE CAPÍTULO 2 Este capítulo tratará : 1. O que é necessário para se criar páginas para a Web. 2. A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web 3. Navegadores 4. O que é site, Host,

Leia mais

Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade

Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade Março 2011 Por que inves/r em Mobile? Telefone celular é a única mídia que está 24 horas por dia com o usuário; Mercado brasileiro de web mobile equivale, em número

Leia mais

Soluções Inteligentes

Soluções Inteligentes Soluções Inteligentes APRESENTAÇÃO A TOPO INTELLIGENCE iniciou suas atividades na cidade de Barreiras em 2008, oferecendo a mais completa solução em gerenciamento de informações para atender todos os segmentos.

Leia mais

Detecção e investigação de ameaças avançadas. VISÃO GERAL

Detecção e investigação de ameaças avançadas. VISÃO GERAL Detecção e investigação de ameaças avançadas. VISÃO GERAL DESTAQUES Introdução ao RSA Security Analytics, que oferece: Monitoramento da segurança Investigação de incidente Geração de relatórios de conformidade

Leia mais

Aula 7 Componentes de um Sistema de Informação Recursos e Atividades

Aula 7 Componentes de um Sistema de Informação Recursos e Atividades Aula 7 Componentes de um Sistema de Informação Recursos e Atividades Curso: Gestão de TI - UNIP Disciplina: Sistemas de Informação Professor: Shie Yoen Fang Ementa: Item 11 e Item 12 2ª semestre de 2011

Leia mais

Uma estrutura (framework) para o Business Intelligence (BI)

Uma estrutura (framework) para o Business Intelligence (BI) Uma estrutura conceitural para suporteà decisão que combina arquitetura, bancos de dados (ou data warehouse), ferramentas analíticas e aplicações Principais objetivos: Permitir o acesso interativo aos

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 04 Conceito Sistema de Informação é uma série de elementos ou componentes inter-relacionados que coletam (entrada), manipulam e armazenam (processo),

Leia mais

www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Conceitos Básicos

www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Conceitos Básicos Desenvolvimento Andrique web Amorim II www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Conceitos Básicos Sites e Aplicações Web Normalmente, as pessoas utilizam o termo SITE quando se referem a blogs, sites

Leia mais

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB)

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB) A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação Maio de 2014 O novo comprador de tecnologia e a mentalidade de aquisição Existe hoje um novo comprador de tecnologia da informação Esse comprador

Leia mais

XDOC. Solução otimizada para armazenamento e recuperação de documentos

XDOC. Solução otimizada para armazenamento e recuperação de documentos XDOC Solução otimizada para armazenamento e recuperação de documentos ObJetivo Principal O Que você ACHA De ter Disponível Online todos OS Documentos emitidos por SUA empresa em UMA intranet OU Mesmo NA

Leia mais

Política de uso de dados

Política de uso de dados Política de uso de dados A política de dados ajudará você a entender como funciona as informações completadas na sua área Minhas Festas. I. Informações que recebemos e como são usadas Suas informações

Leia mais

MBA Analytics em Big Data

MBA Analytics em Big Data MBA Analytics em Big Data Inscrições Abertas Início das Aulas: 04/06/2015 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 19h00 às 23h00 Semanal Sexta-Feira 19h00 às 23h00 Semanal Carga horária: 600 Horas Duração:

Leia mais

2. O que informatizar?

2. O que informatizar? A INFORMÁTICA NO CONSULTÓRIO MÉDICO No fascículo anterior, comentamos como a gestão de custos, mesmo sendo feita de maneira simplista, auxilia o consultório a controlar e avaliar seus resultados, permitindo

Leia mais

Big Data Analytics. www.brq.com

Big Data Analytics. www.brq.com Big Data Analytics Big Data O conceito de Big Data tem cerca de 70 anos, porém o termo em si é mais recente: pouco mais de 15 anos. O termo, inicialmente, referia-se à impossibilidade de armazenamento

Leia mais

Cria1vidade e tecnologia a favor da APRENDIZAGEM.

Cria1vidade e tecnologia a favor da APRENDIZAGEM. www.eadskill.com.br 20 anos de experiência em TREINAMENTO CORPORATIVO. A Skill e- Learning Solu7ons oferece soluções completas para desenvolvimento de treinamentos corpora-vos, que vão desde a análise

Leia mais

Estudo de Regionalização e Tecnologias nos Websites e Jornais auditados pelo IVC

Estudo de Regionalização e Tecnologias nos Websites e Jornais auditados pelo IVC Estudo de Regionalização e Tecnologias nos Websites e Jornais auditados pelo IVC Considerações iniciais O IVC audita publicações impressas e websites de seus filiados. O IVC não audita o mercado editorial

Leia mais

SIORP Sistema de Informação de Órgão Publico 2012

SIORP Sistema de Informação de Órgão Publico 2012 Portfólio 2012. O que é? SIORP Sistema de Informação de Órgão Público é um sistema cujo elemento principal é a informação. Seu objetivo é armazenar, tratar e fornecer informações de tal modo a apoiar as

Leia mais

10 Dicas para uma implantação

10 Dicas para uma implantação 10 Dicas para uma implantação de Cloud Computing bem-sucedida. Um guia simples para quem está avaliando mudar para A Computação em Nuvem. Confira 10 dicas de como adotar a Cloud Computing com sucesso.

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid)

Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid) Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid) Sistemas Distribuídos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência

Leia mais

5o ENCONTRO DE USUÁRIOS DE BI

5o ENCONTRO DE USUÁRIOS DE BI 5o ENCONTRO DE USUÁRIOS DE BI Contextualizando Para o quinto Encontro de Usuários de BI, o tema escolhido foi a importância de adotar uma Arquitetura de Referência em projetos de BI. Durante os encontros

Leia mais

Faça sua marca ser amada no mundo digital!

Faça sua marca ser amada no mundo digital! 3/2/3 Faça sua marca ser amada no mundo digital! A EMPRESA Fundada em 997 com o objevo inicial de criar sites e lojas virtuais através de parcerias com clientes e fornecedores, a Guia- se é especializada

Leia mais

Otimismo desenvolvedoras de softwares

Otimismo desenvolvedoras de softwares Otimismo nas nuvens Ambiente favorável alavanca negócios das empresas desenvolvedoras de softwares, que investem em soluções criativas de mobilidade e computação em nuvem para agilizar e agregar flexibilidade

Leia mais

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO CONVERSA DE ELEVADOR Sendo um empreendedor social, você sabe como é importante ser capaz de descrever sua organização, definindo o que diferencia seu trabalho e detalhando o

Leia mais

Rede Social e En-dades de Ensino. Laércio Cosen-no Mai/2011

Rede Social e En-dades de Ensino. Laércio Cosen-no Mai/2011 Rede Social e En-dades de Ensino Laércio Cosen-no Mai/2011 Relembrando o III Congresso... Educação Tradicional Conhecimento centralizado Ensino presencial Mundo com fronteiras Professor - > célula de conhecimento

Leia mais

Uma análise de ferramentas de modelagem e gerência de metadados aplicadas ao projeto de BI/DW-UFBA

Uma análise de ferramentas de modelagem e gerência de metadados aplicadas ao projeto de BI/DW-UFBA Universidade Federal da Bahia Instituto de Matemática Departamento de Ciência da Computação MATA67 Projeto Final II Uma análise de ferramentas de modelagem e gerência de metadados aplicadas ao projeto

Leia mais

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING)

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) Thiago Batista de Oliveira¹, Júlio César Pereira¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil thiagoolyveira@gmail.com,juliocesarp@unipar.br

Leia mais

3. Que informações coletamos a seu respeito e como o fazemos. Poderemos coletar e processar os seguintes dados a seu respeito:

3. Que informações coletamos a seu respeito e como o fazemos. Poderemos coletar e processar os seguintes dados a seu respeito: Política de Privacidade 1. Introdução A PUGA Studios produz jogos de alta qualidade capazes de proporcionar experiências de entretenimento divertidas e acessíveis para qualquer um desfrutar. Na PUGA, respeitamos

Leia mais

MAPA DE PROBLEMAS Administração de Sistemas de Informações Profa.MS.c. Cláudia Brazil Marques

MAPA DE PROBLEMAS Administração de Sistemas de Informações Profa.MS.c. Cláudia Brazil Marques MAPA DE PROBLEMAS Administração de Sistemas de Informações Profa.MS.c. Cláudia Brazil Marques Nr. DESCRIÇÃO DO PROBLEMA CONHECIMENTOS COMPE TÊNCIAS PERFIS AULA 1 Qual o comportamento da organização como

Leia mais

AGILE ROLAP - UMA METODOLOGIA ÁGIL PARA IMPLEMENTAÇÃO DE AMBIENTES DE NEGÓCIOS BASEADO EM SERVIDORES OLAP.

AGILE ROLAP - UMA METODOLOGIA ÁGIL PARA IMPLEMENTAÇÃO DE AMBIENTES DE NEGÓCIOS BASEADO EM SERVIDORES OLAP. AGILE ROLAP - UMA METODOLOGIA ÁGIL PARA IMPLEMENTAÇÃO DE AMBIENTES DE NEGÓCIOS BASEADO EM SERVIDORES OLAP. Luan de Souza Melo (Fundação Araucária), André Luís Andrade Menolli (Orientador), Ricardo G. Coelho

Leia mais

Como melhorar a tomada de decisão. slide 1

Como melhorar a tomada de decisão. slide 1 Como melhorar a tomada de decisão slide 1 P&G vai do papel ao pixel em busca da gestão do conhecimento Problema: grande volume de documentos em papel atrasavam a pesquisa e o desenvolvimento. Solução:

Leia mais

Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA

Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA Detecção e investigação de ameaças avançadas. INFRAESTRUTURA DESTAQUES A infraestrutura do RSA Security Analytics Arquitetura modular para coleta distribuída Baseada em metadados para indexação, armazenamento

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 3 2. AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS... 3. 2.1. Objetivos... 3. 2.2. Escopo... 4 3. VALORAÇÃO DE TECNOLOGIAS... 5. 3.1. Objetivo...

1. INTRODUÇÃO... 3 2. AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS... 3. 2.1. Objetivos... 3. 2.2. Escopo... 4 3. VALORAÇÃO DE TECNOLOGIAS... 5. 3.1. Objetivo... 1 ÍNDICE ANALÍTICO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS... 3 2.1. Objetivos... 3 2.2. Escopo... 4 3. VALORAÇÃO DE TECNOLOGIAS... 5 3.1. Objetivo... 5 3.1.1. Negociação para comercialização e

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Ins$tucional Ago/2013

Ins$tucional Ago/2013 Ins$tucional Ago/2013 Conhecendo a Fundada em 2005 na cidade de Santana do Parnaíba (região metropolitana da capital paulista), a Sustentec - Serviços em Tecnologia Ltda é uma empresa provedora de soluções

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Estudo de Viabilidade PGE: Plastic Gestor Empresarial Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Recife, janeiro de 2013 Sumário 1. Motivação... 1 2. Introdução: O Problema Indentificado... 2

Leia mais

Sistemas Colaborativos Simulado

Sistemas Colaborativos Simulado Verdadeiro ou Falso Sistemas Colaborativos Simulado 1. Todos os tipos de organizações estão se unindo a empresas de tecnologia na implementação de uma ampla classe de usos de redes intranet. Algumas das

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL COLÉGIO ESTADUAL DE CAMPO MOURÃO EFMP PROF: Edson Marcos da Silva CURSO: Técnico em Administração Subsequente TURMAS: 1º Ano APOSTILA: nº 1 SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL Sistemas de Informação Campo

Leia mais

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Geral Executiva Nome da Hotel Urbano Indústria Turismo Produtos e Serviços Comercialização online de pacotes

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação O Valor da TI Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

Soluções em Mobilidade

Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Desafios das empresas no que se refere a mobilidade em TI Acesso aos dados e recursos de TI da empresa estando fora do escritório, em qualquer lugar conectado

Leia mais

Capítulo 13: Tecnologia da Informação. Prof.: Roberto Franciscatto

Capítulo 13: Tecnologia da Informação. Prof.: Roberto Franciscatto Capítulo 13: Tecnologia da Informação Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Uma informação é um arranjo de dados (nomes, palavras, números, sons, imagens) capazes de dar forma ou sentido a algo do interesse

Leia mais

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Janeiro de 2011 p2 Usuários comerciais e organizações precisam

Leia mais

Boas Práticas em Sistemas Web muito além do HTML...

Boas Práticas em Sistemas Web muito além do HTML... Boas Práticas em Sistemas Web muito além do HTML... Adriano C. Machado Pereira (adrianoc@dcc.ufmg.br) De que Web estamos falando? De que Web estamos falando? A Web foi concebida para ser uma biblioteca

Leia mais

srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo

srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo CBSI Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação BI Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Tópicos Especiais em Sistemas de Informação Faculdade de Computação Instituto

Leia mais

Magic Quadrant for Business Intelligence do Gartner: Mercado e Tendências. Leonardo José de Andrade Costa Santos

Magic Quadrant for Business Intelligence do Gartner: Mercado e Tendências. Leonardo José de Andrade Costa Santos Magic Quadrant for Business Intelligence do Gartner: Mercado e Tendências Leonardo José de Andrade Costa Santos Roteiro - Business Intelligence - Demandas Atuais do Mercado - Gartner - Metodologia de Magic

Leia mais

Etc & Tal. Volume 2 - Número 1 - Abril 2009 SBC HORIZONTES 44

Etc & Tal. Volume 2 - Número 1 - Abril 2009 SBC HORIZONTES 44 Armazenando Dados em Aplicações Java Parte 2 de 3: Apresentando as opções Hua Lin Chang Costa, hualin@cos.ufrj.br, COPPE/UFRJ. Leonardo Gresta Paulino Murta, leomurta@ic.uff.br, IC/UFF. Vanessa Braganholo,

Leia mais

Bases Computacionais da Ciência (BC- 0005)

Bases Computacionais da Ciência (BC- 0005) Bases Computacionais da Ciência (BC- 0005) 1 Base de Dados Maria das Graças Bruno Marie/o graca.marie*o@ufabc.edu.br Centro de Matemá6ca, Computação e Cognição (CMCC) Universidade Federal do ABC (UFABC)

Leia mais

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Contexto As pressões do mercado por excelência em qualidade e baixo custo obrigam as empresas a adotarem sistemas de produção automatizados

Leia mais

Interatividade aliada a Análise de Negócios

Interatividade aliada a Análise de Negócios Interatividade aliada a Análise de Negócios Na era digital, a quase totalidade das organizações necessita da análise de seus negócios de forma ágil e segura - relatórios interativos, análise de gráficos,

Leia mais

Pós Graduação Engenharia de Software

Pós Graduação Engenharia de Software Pós Graduação Engenharia de Software Ana Candida Natali COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Sistemas e Computação FAPEC / FAT Estrutura do Módulo Parte 1 QUALIDADE DE SOFTWARE PROCESSO Introdução: desenvolvimento

Leia mais

Criação e uso da Inteligência e Governança do BI

Criação e uso da Inteligência e Governança do BI Criação e uso da Inteligência e Governança do BI Criação e uso da Inteligência e Governança do BI Governança do BI O processo geral de criação de inteligência começa pela identificação e priorização de

Leia mais

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S A MELHOR OPORTUNIDADE PARA O SEU NEGÓCIO ESTÁ AO SEU ALCANCE NAS REDES SOCIAIS... O MUNDO É FEITO DE REDES SOCIAIS

Leia mais