Dia 09 Nesse segundo dia foi estabelecido que ele estava separado para conhecer melhor a cidade e para termos uma interação maior. Alugamos um carro e

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dia 09 Nesse segundo dia foi estabelecido que ele estava separado para conhecer melhor a cidade e para termos uma interação maior. Alugamos um carro e"

Transcrição

1 Portfolio do dia 8 Finalmente chegou o grande dia, o início de mais uma vivência, o dia que marcaria o inicio de uma caminhada longa e árdua, cheia de desafios e de fortes emoções. Ao desembarcamos no porto da cidade, depois de seis horas de viagem, comecei a sentir o peso da reponsabilidade de guiar sete pessoas que nunca tinham se visto antes, em uma terra estranha para todos da equipe. Mas minhas expectativas eram as melhores e confiava que tudo daria certo Nós nem sabíamos, mas essa seria uma experiência que mudaria totalmente o nosso jeito de ser e nos tornaríamos mais humanos, com uma visão diferenciada, com um novo foco e sentimento. Chegamos na cidade no final da tarde todos já estavam cansados da viagem, depois que nós encontramos o hotel e o restaurante fizemos uma roda de conversas para nos conhecermos melhor e devo confessar que me surpreendi com a imediata interação entre o grupo e logo nos tornamos bons amigos.

2 Dia 09 Nesse segundo dia foi estabelecido que ele estava separado para conhecer melhor a cidade e para termos uma interação maior. Alugamos um carro e fomos nos aventurar por Urucurituba, foi um dia bem divertido e descontraído, que serviu para estabelecermos um vínculo de confiança e discutirmos alguns assuntos relacionados a nossa vivência. No final do dia eu fiz uma dinâmica em grupo para tentar sondar o que o grupo sabia e pensava do SUS, foi uma discursão longa, mas que serviu para nós entendermos um pouco sobre o nosso sistema de saúde publica.

3 Dia 10 Nesse terceiro dia de vivência, tivemos a reunião com o secretario pela manhã para conversarmos sobre a realidade da saúde do município e sobre os seus maiores desafios em quanto gestor. Ele falou que o município estava enfrentando uma crise e que a verba para realizar o seu trabalho era pouca, disse que está sem uma coordenadora da atenção básica e que o serviço estava desorganizado, perguntamos sobre o PSE e ele nos falou que na estava funcionando, e que um dos seus maiores problemas era a falta de integração entre as secretarias e gestores. Depois dessa reunião fomos conhecer o funcionamento das UBS s na cidade. No município existem duas unidades básicas ambas com duas equipes que trabalhavam no PSF, compota de aproximadamente 7 pessoas cada. Quando chegamos ao primeiro posto de saúde nós não conseguimos falar com nenhum profissional que trabalha lá pq estavam muito ocupados e disseram que não poderiam nos receber. Na segunda unidade não conseguimos encontrar a coordenadora, mas conversamos com as ACS s tanto da zona urbana quando da rural que nos relataram o funcionamento dos postos de saúde e os problemas que mais enfrentavam, como a falta de medicamentos, que era constante e também nos mostraram todo o funcionamento e mapeamento de lá. Na hora do almoço conseguimos conversar com a coordenadora da primeira UBS e ela nos relatou que muitas vezes a falta de medicamentos e de pessoas para trabalhar, o que, dificulta trabalho desenvolvido por ela.

4 DIA 11 Nesse dia fizemos uma visita ao centro de convivência do idoso, onde fomos recebidos como muito carinho, e podemos participar das atividades físicas com os idosos. Vimos pessoas que tinham tão pouco mas que sempre estavam com um grande sorriso no rosto e com um coração agradecido, o que, nos emocionou muito. Tive a oportunidade de ajuda-los um pouco, ao aferir a pressão deles e a dar orientações sobre o que deviam comer, beber e sobre os remédios que deviam ser tomados todos os dias conforme as orientações medicas. Particularmente sentir-me muito feliz em poder ajuda-los dessa forma e em poder compartilhar um pouco dos meus conhecimentos e aprender muito com cada um deles. Depois fomos visitar o único hospital da cidade, o médico só atende no hospital 15 dias no mês, existe uma enfermeira que fica no hospital durante o dia e o resto do tempo são os técnico que comandam o hospital, que fazem atendimento e muitas outras coisas que não são atribuições deles mas que por causa da falta de profissionais eles que fazem. A estrutura do hospital não é boa, exames como o de raio x, ultrassom, mamografia, e dentre outros não são feitos no município, porque o hospital não tem a estrutura adequada para esses exames e por que não tem esses aparelhos. Pela parte da tarde tivemos uma reunião com o NASF e vimos profissionais comprometidos com o seu trabalho e empenhados em fazer a diferença no município.

5 Dia 12 Nesse dia participamos de um mutirão de saúde com atendimento medico e vacinação, tivemos a oportunidade de ajudar na triagem e no exame físico das crianças e ver de perto o trabalho que o medico da primeira unidade de saúde desempenha com a comunidade e também poder ver a realidade das crianças da região. Fizemos isso pela manhã e pela tarde, quando já tínhamos acabado de triar as crianças e começamos a lanchar uma criança começou a chorar de forma repentina, e logo pensei ela deve estar chorando de fome, foi quando demos o nosso lanche para ela e de uma forma tão simples ela parou de chorar abriu um sorriso no rosto e começou a comer. Foi algo que nos marcou muito e nos fez refletir sobre a as nossas atitudes, e de como temos muitas coisas e não agradecemos. Ninguém veio nos pedir comida mas pela atitude da criança percebemos a verdadeira realidade de muitos moradores de lá que muitas vezes trabalham tendo mais não temo que comer em casa.

6 Dia 13 Nesse dia fomos visitar uma comunidade ribeirinha do município, Itapeaçu, ficamos surpresos, pois tivemos um tratamento e uma recepção tão boa e agradável, por parte dos profissionais da única unidade de saúde que tem lá, que não tivemos no polo que é Urucurituba. Conversamos com todos os profissionais da UBS e conhecemos verdadeiramente o funcionamento dela. Tivemos a oportunidade de acompanhar um atendimento de um medico cubano que participa dos mais médicos, e vimos que realmente é um projeto que funciona e que supre a demanda de atendimentos da comunidade. Fomos visitar também o hospital da cidade e foram duas técnicas de enfermagem que nos receberam e que estavam tomando conta do hospital inteiro, nesse não havia medico e nem enfermeira só tinha as duas técnicas que faziam o trabalho. O hospital tem uma estrutura melhor do o hospital de Urucurituba e possui a capacidade de fazer pequenas e médias cirurgias e também vários exames como raio x. E dessa forma chegamos a conclusão de que esse hospital se tornou um elefante branco.

7 DIA 14 Pela manha visitamos o CRAS e conversamos com o gestor do cadastro único, notamos que a falta de integração entre as secretarias e falta de RH dificulta e muito o serviço dele, mas que com comprometimento ele consegue fazer. Nesse mesmo dia apresentamos a nossa devolutiva para o município, escolhemos fazer um ação de educação em saúde em uma escola. Fizemos uma peça de fantoches e depois uma palestra das técnicas corretas de escovação, pois detectamos um grande índice de patologias bucais nas crianças e o cirurgião dentista que está na cidade não tinha como atender todas as microáreas da região. Estávamos muito ansiosos e nervosos e não sabíamos que iriamos palestrar para todas as crianças da escola cerca de 300 crianças, mas deu tudo certo no final a nossa devolutiva foi um sucesso e saímos de lá com um gostinho de quero mais e felizes por ter ajudado essa comunidade.

8 Dia 15 Aprendemos muito com toda essa vivencia e podemos amadurecer ao nos depararmos com uma realidade tão diferente da nossa, vimos um povo carente não só de recursos financeiros mais também de carinho e atenção, vimos pessoas que lutam constantemente para melhorar o sistema de saúde publica e que lutam por essa população, são verdadeiros heróis sem capa, que o seu único super poder, é a vontade de fazer a diferença. Ver SUS deixou saudades, deixo uma marca em nós, e pela experiência que tivemos nos transformou em pessoas melhores e nos fez crescer como pessoas e como profissionais, pois nos proporcionou um grande aprendizado. JUNTOS SOMOS MAIS!!!

Acadêmica Janaina Duarte de Oliveira Enfermagem UEA 08/08/15 - Primeiro dia:

Acadêmica Janaina Duarte de Oliveira Enfermagem UEA 08/08/15 - Primeiro dia: Acadêmica Janaina Duarte de Oliveira Enfermagem UEA 08/08/15 - Primeiro dia: Teve início a 4ª vivência do VerSus. Cada equipe foi encaminhada para seus locais conforme o sorteio. Minha equipe foi composta

Leia mais

Saindo da bolha. Maratona Saúde

Saindo da bolha. Maratona Saúde PORTIFÓLIO Saindo da bolha Domingo, 03 de agosto de 2014. Eu estava muito ansiosa pra viajar e conhecer meus colegas de viagem, até então só tinha falado com o nosso facilitador. Cheguei a rodoviária por

Leia mais

RYE Nome: Ana Carolina Bragança. Data: 28/10/2016. Patrocinado no Brasil pelo Rotary Club de: Guanabara-Galeão

RYE Nome: Ana Carolina Bragança. Data: 28/10/2016. Patrocinado no Brasil pelo Rotary Club de: Guanabara-Galeão RYE 2016-2017 Nome: Ana Carolina Bragança Data: 28/10/2016 Patrocinado no Brasil pelo Rotary Club de: Guanabara-Galeão Hospedado pelo Rotary Club de: Siracusa País: Itália Minha aventura começou no dia

Leia mais

GIANA GISLANNE DA SILVA DE SOUSA RELATÓRIO: VER- SUS IMPERATRIZ-MA

GIANA GISLANNE DA SILVA DE SOUSA RELATÓRIO: VER- SUS IMPERATRIZ-MA GIANA GISLANNE DA SILVA DE SOUSA RELATÓRIO: VER- SUS 2016.2 IMPERATRIZ-MA 2016 A 3º edição do VER-SUS Imperatriz foi realizada no período de 12 a 18 de agosto de 2016. Uma experiência única, proporcionou

Leia mais

VER-SUS-Imperatriz-MA

VER-SUS-Imperatriz-MA VER-SUS-Imperatriz-MA 2016.1 Relatoria de Vivencia Alana Bethyere Rodrigues Silva Acadêmica de Enfermagem-UFMA CCSST VER-SUS (Imperatriz-Ma) 06/01/2016 Foi o dia que a nossa vivência teve início. Fomos

Leia mais

Portfólio INDIVIDUAL - URUCURITUBA. Primeiro Dia- SÁBADO

Portfólio INDIVIDUAL - URUCURITUBA. Primeiro Dia- SÁBADO Portfólio INDIVIDUAL - URUCURITUBA Primeiro Dia- SÁBADO O grande dia chegou, nos arrumamos, colocamos nossas expectativas na mala e fomos nos aventurar neste projeto que o governo federal juntamente com

Leia mais

Roteiro de vivência entre os dias 08/08 a 14/08

Roteiro de vivência entre os dias 08/08 a 14/08 Roteiro de vivência entre os dias 08/08 a 14/08 Dia 08/08/16 O primeiro dia de vivência foi um momento um tanto quanto explicativo nos dando uma noção do que compunha a rede de saúde em Caxias do Sul.

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DO MARANHÃO - FACEMA. ACADÊMICO: FRANCISCO EDUARDO RAMOS DA SILVA. FACILITADOR

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DO MARANHÃO - FACEMA. ACADÊMICO: FRANCISCO EDUARDO RAMOS DA SILVA. FACILITADOR FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DO MARANHÃO - FACEMA. ACADÊMICO: FRANCISCO EDUARDO RAMOS DA SILVA. FACILITADOR RELATÓRIO DE VIVÊNCIA CAXIAS MA 2016 1 RELATÓRIO DE VIVÊNCIA O VER-SUS é um projeto que

Leia mais

1º dia Expectativa. Estava a andar; Sem eira nem beira; Desestimulada com a faculdade de saúde; E com o sistema que sufoca...

1º dia Expectativa. Estava a andar; Sem eira nem beira; Desestimulada com a faculdade de saúde; E com o sistema que sufoca... 1º dia Expectativa Estava a andar; Sem eira nem beira; Desestimulada com a faculdade de saúde; E com o sistema que sufoca... Apareceu a oportunidade, De mudar o SUS; Com vontade e amor; Luta, ação e revolução.

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

RELATÓRIO DAS VIVÊNCIAS DO VERSUS DO ALTO URUGUAI. Frederico Westphalen

RELATÓRIO DAS VIVÊNCIAS DO VERSUS DO ALTO URUGUAI. Frederico Westphalen RELATÓRIO DAS VIVÊNCIAS DO VERSUS DO ALTO URUGUAI Frederico Westphalen 2016.2 Cícera Michel Facilitadora A experiência do VERSUS Alto Uruguai após recepção da 19º. Coordenadoria de saúde ficou hospedada

Leia mais

PROJETO VER-SUS BRASIL VER-SUS BARRA DO GARÇAS MT

PROJETO VER-SUS BRASIL VER-SUS BARRA DO GARÇAS MT PROJETO VER-SUS BRASIL VER-SUS BARRA DO GARÇAS MT Amanda Souza da Silva Araujo Vivência: 23/10/2016 à 29/10/16 Versus é mais do que viver a realidade SUS, é renascer em cada dificuldade, é chorar em cada

Leia mais

«Unidade dos afetos»: miniequipas ajudam a estabelecer uma relação mais próxima com os utentes

«Unidade dos afetos»: miniequipas ajudam a estabelecer uma relação mais próxima com os utentes 2016-10-19 18:47:05 http://justnews.pt/noticias/usf-santa-maria-unidade-dos-afetos-promove-atendimento-personalizado-e-integridade-nocuidar «Unidade dos afetos»: miniequipas ajudam a estabelecer uma relação

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Cidadania e do Consumidor

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Cidadania e do Consumidor Dados de Identificação Questionário PSF Equipe de Saúde da Família Nome da unidade visitada:...data da visita:... Endereço:... Bairro:...Telefone:... Nome do(a) responsável pela Unidade de Saúde:... Qualificação

Leia mais

Claudio Sérgio Machado Rocha Enfermagem- Faculdade Santo Agostinho (FSA) Modalidade de Participação: Vivente

Claudio Sérgio Machado Rocha Enfermagem- Faculdade Santo Agostinho (FSA) Modalidade de Participação: Vivente Claudio Sérgio Machado Rocha Enfermagem- Faculdade Santo Agostinho (FSA) Modalidade de Participação: Vivente Diário de Vivência e Estágio na Realidade do Sistema Único de Saúde 2016.1 dos município de

Leia mais

VER-SUS. Facilitador: Adilon Oliveira Sousa. Curso: Psicologia (Universidade Federal do Piauí) DIARIO DE CAMPO

VER-SUS. Facilitador: Adilon Oliveira Sousa. Curso: Psicologia (Universidade Federal do Piauí) DIARIO DE CAMPO VER-SUS Vivencias e Estágios na Realidade do Sistema Único de Saúde, um projeto estratégico do ministério da Saúde em parceria com a Rede Unida que tem como foco a formação de militantes para o SUS. Facilitador:

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Igor Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 05 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

VER-SUS TOCANTINS 2016/1 EDIÇÃO DE VERÃO

VER-SUS TOCANTINS 2016/1 EDIÇÃO DE VERÃO VER-SUS TOCANTINS 2016/1 EDIÇÃO DE VERÃO Facilitadora: Fabiane Santos Barros Acadêmica de Enfermagem UFT Palmas-TO O VER-SUS Tocantins, edição de verão 2016 aconteceu do dia 11 a 17 de janeiro, na cidade

Leia mais

Mais importante é aprender e nunca perder a capacidade de aprender.

Mais importante é aprender e nunca perder a capacidade de aprender. 1º DIA DE SEMANA 13/08/2016 sábado FACILITADORA: ANA PAULA Sou Elibel Jorge estudante de enfermagem, privilegio de esta como vivente participando do VERSU AMAZONAS, hoje de manha acordei cedo as 03h00

Leia mais

Debate com Aline Julião, Coordenadora de gestão estratégica e Participativa.

Debate com Aline Julião, Coordenadora de gestão estratégica e Participativa. Angra dos Reis, 15 de Agosto de 2016 Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama, acorda e põe a roupa de viver - Clarice Lispector (Trecho retirado da placa de identificação do programa saúde da mulher

Leia mais

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje.

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. 20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. Agradecimento Quero agradecer pelo seu interesse no meu ebook. Vamos juntos te levar até o seu objetivo. Uma Excelente Leitura!

Leia mais

RESUMÃO VOLUME 1 - MOTIVAÇÃO E PROSPECÇÃO

RESUMÃO VOLUME 1 - MOTIVAÇÃO E PROSPECÇÃO RESUMÃO VOLUME 1 - MOTIVAÇÃO E PROSPECÇÃO O que você vai encontrar neste ebook Passo 1 - Motivação Passo 2 - Prospecção INTRODUÇÃO Este E-book foi escrito com a intenção de facilitar as vendas e negociações

Leia mais

Pesquisa. Setembro 2014

Pesquisa. Setembro 2014 Pesquisa Setembro 2014 Perfil Quem é o nosso time? 66% está conosco há mais de 1 ano 69% são casadas 68% tem Filhos, 42% desses adolescentes Média de Idade 32 anos (20 a 56) 93% são mulheres 61% cursando

Leia mais

Este livro pertence a

Este livro pertence a Cristais em meus olhos Este livro pertence a Em seu consultório, a médica está explicando tudo sobre cistinose para Bruno. Seu corpo é feito de milhares e milhares de células pequeninas, ela disse. Imagine

Leia mais

Missão Controle Atenção. confiança. Segurança

Missão Controle Atenção. confiança. Segurança Missão Controle Atenção confiança competência Respeito Segurança Nosso objetivo desde a municipalização SUS foi e continua sendo a análise permanente da situação de saúde, controle dos determinantes, riscos

Leia mais

NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA

NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA JANEIRO 2011 - DEZEMBRO 2012 GOVERNO PROVINCIAL DE CABINDA INTRODUÇAO Financiado pela União Europeia Implementado pela ADPP Angola com o apoio do Governo Provincial

Leia mais

Um ato de amor sonhador ao mundo

Um ato de amor sonhador ao mundo Um ato de amor sonhador ao mundo Este livro esta aberto para qualquer idade, pois relata uma historia de amor com a nossa sociedade, uma garotinha de 09 anos de idade busca fazer a diferença sempre dando

Leia mais

Conhece a Ana. // Perfil

Conhece a Ana. // Perfil Conhece a Ana // Perfil Nome: Ana Rodrigues Idade: 21 anos Nacionalidade: Portuguesa Cidade: Caxarias/Ourém Escola: Escola Superior de Saúde (ESSLei) Curso: Licenciatura em Dietética País Escolhido: Lituânia

Leia mais

HISTÓRIA DO IOGURTE TRABALHO COLETIVO. Professora: Batasina Colombari. Atividade desenvolvida: 4º e 5ª ano

HISTÓRIA DO IOGURTE TRABALHO COLETIVO. Professora: Batasina Colombari. Atividade desenvolvida: 4º e 5ª ano HISTÓRIA DO IOGURTE TRABALHO COLETIVO Professora: Batasina Colombari Atividade desenvolvida: 4º e 5ª ano Tudo começou numa fazenda no Sul da Turquia onde morava um menino chamado Vigor. Vigor era um menino

Leia mais

PSE. Programa de Saúde nas Escolas. 68 Relatório de Gestão 2009, 2010, 2011 e 2012 (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS)

PSE. Programa de Saúde nas Escolas. 68 Relatório de Gestão 2009, 2010, 2011 e 2012 (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS) PSE 68 Relatório de Gestão 200, 2010, 2011 e 2012 (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS) b lanço soci l (Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS) Relatório

Leia mais

PROJETO DE APRENDIZAGEM

PROJETO DE APRENDIZAGEM PROJETO DE APRENDIZAGEM CENTRO DE ENSINO MÉDIO ANTÔNIO PÓVOA PROJETO DE APRENDIZAGEM ANO: 2016 SÉRIE: 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO - TURMA: 01 PROFESSORAS ORIENTADORAS: Firminízia Alves e Graziela Rocha Assunto:

Leia mais

Nutricionista em escolas da rede privada: perspectivas de atuação. Nutricionista Joseane Mancio CRN2 4510

Nutricionista em escolas da rede privada: perspectivas de atuação. Nutricionista Joseane Mancio CRN2 4510 Nutricionista em escolas da rede privada: perspectivas de atuação Nutricionista Joseane Mancio CRN2 4510 Onde podemos atuar??? Atribuições Resolução CFN CFN 380/2005 Alimentação Escolar Compete ao Nutricionista,

Leia mais

RELATÓRIO DA VIVÊNCIA E ESTÁGIO NA REALIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE PAÇO DO LUMIAR EDIÇÃO 2016/2

RELATÓRIO DA VIVÊNCIA E ESTÁGIO NA REALIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE PAÇO DO LUMIAR EDIÇÃO 2016/2 RELATÓRIO DA VIVÊNCIA E ESTÁGIO NA REALIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE PAÇO DO LUMIAR EDIÇÃO 2016/2 VIVENTE: Sarah Rakel Barbosa Rocha, acadêmica de Psicologia,7º período da Faculdade Pitágoras- São luís.

Leia mais

Dimensões. Institucionalização. Entrevistado

Dimensões. Institucionalização. Entrevistado Dimensões Institucionalização Entrevistado F 2 Imagem sobre a velhice Entristece-me muito chegar aqui e olhar para determinados idosos que estão aqui, venho cá três vezes por semana no mínimo e nunca vejo

Leia mais

O mar na gota de água

O mar na gota de água O mar na gota de água! O mar na gota de água, Página 1 Há uma pergunta que tem de ser feita: seja o que for que esteja a acontecer na minha vida, em qualquer altura, em tempos de alegria, em tempos de

Leia mais

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

UPE UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO DISCIPLINA: PSICOPATOLOGIA FUNDAMENTAL I ALUNA: FRANCY L. C. LIMA ANAMNESE HOSPITALAR

UPE UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO DISCIPLINA: PSICOPATOLOGIA FUNDAMENTAL I ALUNA: FRANCY L. C. LIMA ANAMNESE HOSPITALAR UPE UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO DISCIPLINA: PSICOPATOLOGIA FUNDAMENTAL I ALUNA: FRANCY L. C. LIMA ANAMNESE HOSPITALAR GARANHUNS 2011 ANAMNESE HOSPITALAR DIÁRIO DE CAMPO RELATO DA VISITA E ANAMNESE 24/10/2011

Leia mais

Atendimento Diferenciado Dedicação

Atendimento Diferenciado Dedicação Atendimento Diferenciado Nossa equipe de atendimento é comprometida com você para a produção do seu álbum dentro das especificações. Além disso, nós estamos constantemente acompanhando processos para oferecer

Leia mais

GRÊMIO ESTUDANTIL ESCOLA ESTADUAL ALFREDO PAULINO

GRÊMIO ESTUDANTIL ESCOLA ESTADUAL ALFREDO PAULINO GRÊMIO ESTUDANTIL ESCOLA ESTADUAL ALFREDO PAULINO Professor(es) Apresentador(es): Juliana Passos Rosangela Yarshell Realização: Foco do Projeto Seguindo as orientações da Secretaria Estadual da Educação,

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

DO PEIXE DO RIO NO ALANDROAL À FEIRA DO QUEIJO ALENTEJANO EM SERPA

DO PEIXE DO RIO NO ALANDROAL À FEIRA DO QUEIJO ALENTEJANO EM SERPA DO PEIXE DO RIO NO ALANDROAL À FEIRA DO QUEIJO ALENTEJANO EM SERPA O Fim-de-semana prometia uns dias de Sol, estava na altura de voltarmos a estrada, e procurar na Internet, um destino a contento da Família.

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Sonia Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 5 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

ENQUANTO ESTOU NO HOSPITAL.

ENQUANTO ESTOU NO HOSPITAL. Simone Lopes de Mattos e Vívian Lopes de Mattos ENQUANTO ESTOU NO HOSPITAL. Para colorir o cenário. Ilustrações de Ana Kléa Moraes Simone Lopes de Mattos e Vívian Lopes de Mattos ENQUANTO ESTOU NO HOSPITAL.

Leia mais

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 Integração entre Serviços e Benefícios VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 A desproteção e a vulnerabilidade são multidimensionais

Leia mais

LISTA DE CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO FINAL Professor :Airton José Müller Componente Curricular: Educação Religiosa

LISTA DE CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO FINAL Professor :Airton José Müller Componente Curricular: Educação Religiosa LIST DE CONTEÚDOS PR RECUPERÇÃO FINL - 2015 Professor :irton José Müller Componente Curricular: Educação Religiosa CONTEÚDOS DO EXME 6º no 16 C e D Quem sou eu? mizade, cooperação, respeito... Convivência

Leia mais

CARLA EGÍDIO LEMOS PSICÓLOGA. Autoestima.

CARLA EGÍDIO LEMOS PSICÓLOGA. Autoestima. CARLA EGÍDIO LEMOS PSICÓLOGA Autoestima Autoestima A baixa autoestima é, infelizmente, um estado muito comum. As pessoas geralmente se sentem inseguras, inadequadas, com dúvidas constantes, não têm certeza

Leia mais

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães 2 Tudo no hospital ia na mais perfeita calma. E o movimento era o de sempre pelos corredores: crianças fazendo exames, mães

Leia mais

Desde a sua construção, há cinco anos. O lar funciona há 4 anos. 1. Sou Vice-Provedor. Conforme os projectos, a minha intervenção varia.

Desde a sua construção, há cinco anos. O lar funciona há 4 anos. 1. Sou Vice-Provedor. Conforme os projectos, a minha intervenção varia. Entrevista A19 I Experiência no lar Há quanto tempo trabalha no lar? Desde a sua construção, há cinco anos. O lar funciona há 4 anos. 1 Qual é a sua função no lar? Sou Vice-Provedor. Conforme os projectos,

Leia mais

RELATO DE GRUPO III Trimestre/2016

RELATO DE GRUPO III Trimestre/2016 5 o ano do Ensino Fundamental I Turma A Professora: Mary Maia Coordenadora: Deane Seixas Orientadora: Tiza Carreiro Vice-diretora: Virgínia Costa RELATO DE GRUPO III Trimestre/2016 E dessa forma demos

Leia mais

Relatório de Viagem: Intercâmbio

Relatório de Viagem: Intercâmbio Relatório de Viagem: Intercâmbio 2016.1 Luisa Miranda Braga Engenharia Mecânica 1310783 Rio, 28 de Outubro de 2016 Meu nome é Luisa Miranda Braga, tenho 22 anos e atualmente estou cursando o oitavo período

Leia mais

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues Uma lição de vida Graziele Gonçalves Rodrigues Ele: Sente sua falta hoje na escola, por que você não foi? Ela: É, eu tive que ir ao médico. Ele: Ah, mesmo? Por que? Ela: Ah, nada. Consultas anuais, só

Leia mais

4 maneiras para treinar sua mente para o sucesso 1. Planeje o seu dia A melhor maneira de treinar o seu cérebro para todas as atividades que ele deve cumprir é planejar seus dias com antecedência. Assim,

Leia mais

APAE DE PARÁ DE MINAS PESQUISA DE SATISFAÇÃO RESUMO TÉCNICO

APAE DE PARÁ DE MINAS PESQUISA DE SATISFAÇÃO RESUMO TÉCNICO APAE DE PARÁ DE MINAS PESQUISA DE SATISFAÇÃO RESUMO TÉCNICO Novembro / 2015 1 1. APRESENTAÇÃO: A Pesquisa de Satisfação entre usuários e familiares é uma ação de monitoramento realizada pela atual Diretoria

Leia mais

NAYC PACOTE DE INFORMAÇÃO

NAYC PACOTE DE INFORMAÇÃO NAYC PACOTE DE INFORMAÇÃO 1 O que é go-gap? Go-gap é um programa de voluntariado da NAYC, uma das principais organizações que trabalha com jovens em Northampton e além. A NAYC possui e opera o Action Centres

Leia mais

Escrito por Sáb, 18 de Julho de :00 - Última atualização Qui, 13 de Dezembro de :18

Escrito por Sáb, 18 de Julho de :00 - Última atualização Qui, 13 de Dezembro de :18 TRIBUNAL ECLESIÁSTICO Dte // Dda Libelo da Autora (Parte Demandante) Meu nome é XXX XXXX Dte, nasci em JesuCity no dia 00 de mês de Ano, e resido na RUA N, CEP. No dia de 27 de Mês de 1983 na Igreja Nossa

Leia mais

RELATÓRIO DE VIVENCIA

RELATÓRIO DE VIVENCIA RELATÓRIO DE VIVENCIA Acadêmica: Vanessa Gomes Matos dos Santos Curso: Enfermagem Instituição: ITPAC-PORTO NACIONAL Relatório de Vivencia da Acadêmica de Enfermagem do ITPAC-PORTO, Vanessa Gomes Matos

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Mini Curso Parte I As Forças que controlam a sua vida Página 2 de 6 Como te falei, essa é a primeira etapa do mini-curso Superando

Leia mais

sobre tudo o INFORMA de Canoas Igreja Batista Nº a 16 de Julho de 2016 dias de amor

sobre tudo o INFORMA de Canoas Igreja Batista Nº a 16 de Julho de 2016 dias de amor INFORMA sobre tudo o Amor Igreja Batista de Canoas Nº 891 10 a 16 de Julho de 2016 dias de amor dias de amor sobre tudo o Amor 1 Coríntios 14:1, Marcos 12:30,31, 1 Cor. 16:14 (NTLH) OS FUNDAMENTOS DO AMOR

Leia mais

Circuito Ayrton Senna de Juventude Orientações para a Comissão de Líderes

Circuito Ayrton Senna de Juventude Orientações para a Comissão de Líderes Circuito Ayrton Senna de Juventude 2014 Orientações para a Comissão de Líderes Parabéns, jovens líderes! Vocês foram os escolhidos para fazer parte da Comissão de Líderes Representantes de Turma! Esse

Leia mais

Relatos de Experiência Bibliotecas para a paz urbana na Colômbia

Relatos de Experiência Bibliotecas para a paz urbana na Colômbia 7 Bibliotecas para a paz urbana na Colômbia Relatos de Experiência Bibliotecas para a paz urbana na Colômbia Andrea Dominguéz Jornalista colombiana da ONG Comunidade Segura http://www.comunidadesegura.org

Leia mais

Relatório de Vivência e Estágio na Realidade do Sistema Único de Saúde (VER-SUS) GUSTAVO FILIPOWSKI PSICOLOGIA UNICENTRO

Relatório de Vivência e Estágio na Realidade do Sistema Único de Saúde (VER-SUS) GUSTAVO FILIPOWSKI PSICOLOGIA UNICENTRO Relatório de Vivência e Estágio na Realidade do Sistema Único de Saúde (VER-SUS) GUSTAVO FILIPOWSKI PSICOLOGIA UNICENTRO O VER-SUS sendo um projeto do Ministério da Saúde tem como objetivo levar estudantes,

Leia mais

IBGE: HABITANTES URBANA: RURAL: AREA 350 KM² 56 comunidades 8 bairros

IBGE: HABITANTES URBANA: RURAL: AREA 350 KM² 56 comunidades 8 bairros IBGE: 2010 16.034 HABITANTES URBANA: 9.871 RURAL:6.150 AREA 350 KM² 56 comunidades 8 bairros Nº Famílias referenciadas: 540 famílias Nº Famílias acompanhadas em grupos: 190 famílias. 1 Coordenadora: 40

Leia mais

Gestão Compartilhada. do Programa Bolsa. Família

Gestão Compartilhada. do Programa Bolsa. Família Gestão Compartilhada do Programa Bolsa Família Olinda Abriga uma população de 397.268 habitantes (IBGE/2009), 3ª maior cidade de Pernambuco. Extensão territorial de 43,55 km², das quais 9,73 km² fazem

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DA BONECA

A CONSTRUÇÃO DA BONECA Por Josiene Muniz 1º dia A CONSTRUÇÃO DA BONECA Hoje conversei com as crianças sobre a nossa Mostra de Arte. Perguntei quem já tinha ido a uma exposição, e quase todos disseram que não. Duas crianças disseram

Leia mais

Relatório da actividade de Tribo/ Patrulha

Relatório da actividade de Tribo/ Patrulha Relatório da actividade de Tribo/ Patrulha por Tiago Ribeiro Patrulha Leão Actividade de carnaval 4 a 6 de Março de 2011 Local da actividade: PNEC Dias: 4 a 6 de Março de 2011 Relatorio da actvidade: Nos

Leia mais

2. História - Combate à Dengue: Identificação de Ações. Como está o combate à Dengue no seu município?

2. História - Combate à Dengue: Identificação de Ações. Como está o combate à Dengue no seu município? BAHIA Período: de 22 a 27/04/2009 HISTÓRIAS GESTORES 1. História - Combate à Dengue: Identificação de Ações Nome completo do parceiro: Maria de Fátima da Purificação Pinto da Silva Cidade: Antônio Cardoso

Leia mais

A Gravidez e a Doença Inflamatória Intestinal

A Gravidez e a Doença Inflamatória Intestinal A Gravidez e a Doença Inflamatória Intestinal Índice Introdução...03 À espera da cegonha...04 Peito ou mamadeira?...05 Alimentação na gestação...08 Introdução A gravidez não é uma fase fácil. Durante este

Leia mais

Muitas Trombas Tornam o Trabalho Mais Leve

Muitas Trombas Tornam o Trabalho Mais Leve Muitas Trombas Tornam o Trabalho Mais Leve Era uma vez um elefantinho chamado Tolongo. Ele foi criado na savana com sua mãe e algumas outras famílias de elefantes. Eles percorriam os pastos à procura de

Leia mais

Papel das Unidades Básicas Casa da Gestante. II Encontro das Casas da Gestante do Rio Grande do Sul SES/RS Dezembro 2009

Papel das Unidades Básicas Casa da Gestante. II Encontro das Casas da Gestante do Rio Grande do Sul SES/RS Dezembro 2009 Papel das Unidades Básicas Casa da Gestante II Encontro das Casas da Gestante do Rio Grande do Sul SES/RS Dezembro 2009 Alguns dados: Ao analisar os dados de nascimento e óbitos dos RN residentes em Canoas

Leia mais

ALIANDO A TEORIA E A PRÁTICA DOCENTE NO COTIDIANO DA ESCOLA ATRAVÉS DO PIBID

ALIANDO A TEORIA E A PRÁTICA DOCENTE NO COTIDIANO DA ESCOLA ATRAVÉS DO PIBID ALIANDO A TEORIA E A PRÁTICA DOCENTE NO COTIDIANO DA ESCOLA ATRAVÉS DO PIBID 2 ALIANDO A TEORIA E A PRÁTICA DOCENTE NO COTIDIANO DA ESCOLA ATRAVÉS DO PIBID BORGES Maria Jesus da Cunha 1 MORAES Adriana

Leia mais

A experiência também oferece 20 dias de férias quando os voluntários ficam livres para explorar a Europa.

A experiência também oferece 20 dias de férias quando os voluntários ficam livres para explorar a Europa. NAYC - Pacote de informação Page 2 O QUE é GO-GAP? Go-gap é um programa de voluntariado da NAYC, uma das principais organizações que trabalha com jovens em Northampton e além. A NAYC possui e opera o Action

Leia mais

Resultados Processo de Trabalho Oficina 1

Resultados Processo de Trabalho Oficina 1 Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina - Departamento de Medicina Social Faculdade de Enfermagem Departamento de Enfermagem Monitoramento e Avaliação do Programa de Expansão e Consolidação

Leia mais

P S A T S ORAL DA AC A OLHID OLHID

P S A T S ORAL DA AC A OLHID OLHID PASTORAL DA ACOLHIDA Paróquia Sagrada Família Itajubá 06 05 2012 PASTORAL DA ACOLHIDA Todos são de suma importância na comunidade paroquial A acolhida de vocês deve ser como a acolhida de Jesus que acolhe

Leia mais

A ser preenchido para todos os moradores do domicílio com 50 anos e mais de idade, pelos próprios ou pelo informante do domicílio ou pelo cuidador.

A ser preenchido para todos os moradores do domicílio com 50 anos e mais de idade, pelos próprios ou pelo informante do domicílio ou pelo cuidador. Módulo I Saúde dos indivíduos com 50 anos e mais A ser preenchido para todos os moradores do domicílio com 50 anos e mais de idade, pelos próprios ou pelo informante do domicílio ou pelo cuidador. Primeiramente,

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO Projeto de melhoria da estrutura de equipamentos públicos e programas de saúde existentes A Cidade de Osasco constitui-se em importante polo de desenvolvimento da Região Oeste Metropolitana de São Paulo

Leia mais

Capacitar & Motivar. Sua equipe de vendas. Moacir Moura

Capacitar & Motivar. Sua equipe de vendas. Moacir Moura Capacitar & Motivar Sua equipe de vendas Moacir Moura www.moacirmoura.com.br 41-3408-3395 41-9267-7743 Ganhar não é tudo, mas querer ganhar é." Vince Lombardi Ensinar o que sabe. Praticar o que ensina.

Leia mais

RELATÓRIO DE VIVÊNCIA VER-SUS PINHEIRO - MA VIVENTE: Júlia Stéfanne Santos Simão PINHEIRO MA

RELATÓRIO DE VIVÊNCIA VER-SUS PINHEIRO - MA VIVENTE: Júlia Stéfanne Santos Simão PINHEIRO MA RELATÓRIO DE VIVÊNCIA VER-SUS PINHEIRO - MA 2016.2 VIVENTE: Júlia Stéfanne Santos Simão PINHEIRO MA 2016 DIA 01 (30/11/2016) Relatório de Vivência Pinheiro, MA 30/11 à 06/12 A primeira edição do Ver-SUS

Leia mais

Actividades. portefólio( )

Actividades. portefólio( ) Categoria Sub-categoria Unidades de registo Ent. Actividades Com os profissionais: Com a profissional, ela orientou-nos sobre todo o processo( ) A3 -Explicação do processo de rvcc A primeira sessão foi

Leia mais

Versão RECONTO. O Principezinho. PLIP003 De Antoine De Saint Exupéry

Versão RECONTO. O Principezinho. PLIP003  De Antoine De Saint Exupéry O Principezinho De Antoine De Saint Exupéry Versão RECONTO Adaptação e revisão de texto Judite Vieira e Maria da Luz Simão Escola Secundária Afonso Lopes Vieira Leiria PLIP003 www.plip.ipleiria.pt Este

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL PATRIARCA DA INDEPENDÊNCIA

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL PATRIARCA DA INDEPENDÊNCIA SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL PATRIARCA DA INDEPENDÊNCIA CAMPANHA MATO GROSSO UNIDO CONTRA AS QUEIMADAS AUTORA: PATRÍCIA CAMPOS DA SILVA (PROFª DE CIÊNCIAS)

Leia mais

BRASIL, MOSTRA A TUA CARA SOCIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 2º BIMESTRE

BRASIL, MOSTRA A TUA CARA SOCIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 2º BIMESTRE BRASIL, MOSTRA A TUA CARA SOCIOLOGIA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 2º BIMESTRE CARAS E CARAS As regiões brasileiras apresentam condições geográficas distintas, traços particulares de culturas e níveis desiguais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO SUPERVISOR Ano:2014 /Mês: agosto 1 IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR DE ÁREA NOME: José

Leia mais

I. Informações BásicaS

I. Informações BásicaS I. Informações BásicaS item Órgão municipal de saúde Plano Municipal Conselho Municipal Conselho Gestor de Unidade(s) de Saúde Fundo Municipal Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) Disque-Saúde Ouvidoria

Leia mais

OPORTUNIDADES DE ESTÁGIO/EMPREGO. Processo Seletivo de Estagiários da Justiça Federal em Pernambuco

OPORTUNIDADES DE ESTÁGIO/EMPREGO. Processo Seletivo de Estagiários da Justiça Federal em Pernambuco OPORTUNIDADES DE ESTÁGIO/EMPREGO Processo Seletivo de Estagiários da Justiça Federal em Pernambuco O JUIZ FEDERAL DIRETOR DO FORO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público a abertura

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE -MARINGÁ VIGILÂNCIA EM SAÚDE PROGRAMA MUNICIPAL DE CONTROLE DA DENGUE ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE -MARINGÁ VIGILÂNCIA EM SAÚDE PROGRAMA MUNICIPAL DE CONTROLE DA DENGUE ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE -MARINGÁ VIGILÂNCIA EM SAÚDE PROGRAMA MUNICIPAL DE CONTROLE DA DENGUE ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE Experiência Rompendo Paradigmas: A integração da Vigilância em Saúde e Atenção

Leia mais

CIPLE CERTIFICADO INICIAL DE PORTUGUÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA

CIPLE CERTIFICADO INICIAL DE PORTUGUÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA CIPLE CERTIFICADO INICIAL DE PORTUGUÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA COMPREENSÃO DA LEITURA PRODUÇÃO E INTERAÇÃO ESCRITAS INFORMAÇÕES E INSTRUÇÕES PARA OS CANDIDATOS Esta componente tem a duração de 1 hora e 15 minutos.

Leia mais

PARTICIPAÇÃO DA ENFERMAGEM NO PROJETO VIVÊNCIAS E ESTÁGIOS NA REALIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE/VER-SUS 1

PARTICIPAÇÃO DA ENFERMAGEM NO PROJETO VIVÊNCIAS E ESTÁGIOS NA REALIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE/VER-SUS 1 PARTICIPAÇÃO DA ENFERMAGEM NO PROJETO VIVÊNCIAS E ESTÁGIOS NA REALIDADE DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE/VER-SUS 1 PESERICO, Anahlú 2 ; COLOMÉ, Juliana Silveira 3 RESUMO O trabalho tem como objetivo socializar

Leia mais

Relatório 04. Dia: 11/10/2016

Relatório 04. Dia: 11/10/2016 Relatório 04 Dia: 11/10/2016 Hoje fomos acordados pelo grupo alvorada as 6:30hs e o café foi servido as 7:30hs. Depois do café tivemos um momento de interação, meu grupo ficou responsável pela faxina e

Leia mais

Os 7 Melhores Modelos de COACHING em GRUPO

Os 7 Melhores Modelos de COACHING em GRUPO Os 7 Melhores Modelos de COACHING em GRUPO Olá, aqui é o Wilton Neto tudo bem?! E... Coaching em Grupo é muito divertido! Parabéns e obrigado por baixar do Manual com os 7 Melhores Modelos de Coaching

Leia mais

Gestão da Qualidade Viabilidade Financeira

Gestão da Qualidade Viabilidade Financeira Gestão da Qualidade Viabilidade Financeira Case: Instituto de Nefrologia de Mogi das Cruzes e Instituto de Nefrologia de Suzano Silvana Kesrouani XI Encontro Paulista de Nefrologia 2007 Campos do Jordão

Leia mais

EB Bom Pastor maio de 2016 Agrupamento de Escolas Carolina Michaëlis Porto. Um certo olhar Os alunos desenhados pelos alunos.

EB Bom Pastor maio de 2016 Agrupamento de Escolas Carolina Michaëlis Porto. Um certo olhar Os alunos desenhados pelos alunos. < Jo Jornal Digital EB Bom Pastor Agrupamento de Escolas Carolina Michaëlis Porto Um certo olhar Os alunos desenhados pelos alunos Dia No dia 13 de maio, festejámos o Dia da Família. Logo Logo pela manhã,

Leia mais

Muitos sofrem de baixa autoestima. Chamam isso de complexo inferioridade. A pessoa que sofre disso pensa que não tem muito valor.

Muitos sofrem de baixa autoestima. Chamam isso de complexo inferioridade. A pessoa que sofre disso pensa que não tem muito valor. (João 4:1-30) Muitos sofrem de baixa autoestima. Chamam isso de complexo inferioridade. A pessoa que sofre disso pensa que não tem muito valor. O que a gente percebe através desta passagem é que todo mundo

Leia mais

VER-SUS SOBRAL de agosto de 2016

VER-SUS SOBRAL de agosto de 2016 VER-SUS SOBRAL 2016.2 20 de agosto de 2016 Ultimo dia de vivencia e acordei com o coração apertado, lembrando do primeiro dia e de tudo que eu esperava viver desde o dia em que eu soube que fui aprovado.

Leia mais

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DAS REDES ASSISTENCIAIS DE SAÚDE CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO CÂNCER DE BOCA

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DAS REDES ASSISTENCIAIS DE SAÚDE CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO CÂNCER DE BOCA DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DAS REDES ASSISTENCIAIS DE SAÚDE CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO CÂNCER DE BOCA Canaã dos Carajás - 2015 CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO

Leia mais

Desastres socioambientais em comunidades ocupadas por mineradoras:

Desastres socioambientais em comunidades ocupadas por mineradoras: Desastres socioambientais em comunidades ocupadas por mineradoras: Célia Dias Rafael Prosdocimi 41. número 10. ano 4. mar 2016 Célia Dias Rafael Prosdocimi Inicialmente a questão do meio ambiente me tocou

Leia mais

O Tigre à Beira do Rio

O Tigre à Beira do Rio O Tigre à Beira do Rio --Baixe-se Moba! Muito bem Didi, o menino birmanês subiu no elefante e fez carinho em sua cabeça. Didi treinara Moba desde bebê. Como era um elefante asiático, Moba não era tão grande

Leia mais

Primeiro dia de vivência, apenas viajamos de Manaus para Itacoatiara, para depois irmos para Urucurituba, o destino final da equipe.

Primeiro dia de vivência, apenas viajamos de Manaus para Itacoatiara, para depois irmos para Urucurituba, o destino final da equipe. Portfólio Ver-SUS Urucurituba 2015.2 dia 8 sábado primeiro dia. Primeiro dia de vivência, apenas viajamos de Manaus para Itacoatiara, para depois irmos para Urucurituba, o destino final da equipe. Novas

Leia mais

Inquérito por questionário Alunos

Inquérito por questionário Alunos Inquérito por questionário Alunos INSTRUÇÕES A seguir apresentamos-te um conjunto de perguntas sobre as tuas aulas. Não há respostas certas nem erradas, por isso pedimos-te que respondas com verdade. Obrigado

Leia mais

PROGRAMAÇÃO: Dias 6 e 7 de março de SAÚDE - Palestras, Coleta de CP, Vacinas, Exames de Mama (palpação).

PROGRAMAÇÃO: Dias 6 e 7 de março de SAÚDE - Palestras, Coleta de CP, Vacinas, Exames de Mama (palpação). Uma extensa programação está sendo desenvolvida pelo governo municipal para comemoração do Dia Internacional da Mulher, nesta sexta-feira (08). Organizada pelas secretarias de saúde, educação, assistência

Leia mais

SEU INTERCÂMBIO COM PROPÓSITO - INTERCÂMBIO CRISTÃO -

SEU INTERCÂMBIO COM PROPÓSITO - INTERCÂMBIO CRISTÃO - SEU INTERCÂMBIO COM PROPÓSITO - INTERCÂMBIO CRISTÃO - SOBRE A CESE Nós somos a primeira agência de Intercâmbio Cristão no Brasil, e o que nos impulsiona é o desejo de viajar pelo mundo espalhando o amor

Leia mais