HISTÓRIA DO IOGURTE TRABALHO COLETIVO. Professora: Batasina Colombari. Atividade desenvolvida: 4º e 5ª ano

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HISTÓRIA DO IOGURTE TRABALHO COLETIVO. Professora: Batasina Colombari. Atividade desenvolvida: 4º e 5ª ano"

Transcrição

1 HISTÓRIA DO IOGURTE TRABALHO COLETIVO Professora: Batasina Colombari Atividade desenvolvida: 4º e 5ª ano Tudo começou numa fazenda no Sul da Turquia onde morava um menino chamado Vigor. Vigor era um menino robusto, cheio de energias, sorridente e muito inteligente. Sua pele morena, seus olhos grandes e negros, sua boca pequena e dentes branquinhos, o fazia sentir o menino mais belo do lugar. De família grande, era o sétimo filho do Senhor Labor, um fazendeiro do Sul da Turquia.Homem muito querido naquela região. Vigor era um verdadeiro retrato de seu pai. Muito apegado com a família e amigos. Ele tinha uma grande admiração por um velho professor daquele lugar. Seu nome era Xamã. Era famoso por contar histórias e não saía de sua casa. Xamã deixava Vigor encantado com suas histórias reais ou inventadas, ficando horas e horas na companhia de Vigor e de seu irmão mais novo, que tinha um sério problema de saúde e não se locomovia devido sua gordura exagerada. Enquanto Vigor se preocupava variar bem sua alimentação, comer devagar, praticar esportes e fazer atividades físicas, seu irmão, só ficava deitado e comia exageradamente comidas fortes e gordurosas. E isso era a única coisa que preocupava Vigor. Vigor tinha até uma colherinha especial, bem pequena, pois comia tudo lentamente para sentir mais o sabor dos alimentos. Todo mundo achava que aquela colher era mesmo mágica, pois fazia tudo parecer mais saboroso para Vigor do que para os outros. Na verdade o que mais deixava Vigor feliz era a visita do Xamã. Pois os dois tinham até um lugarzinho especial para ficarem contando e ouvindo histórias: perto de um riozinho, um lugar bem tranquilo que escolheram para não serem interrompidos. Certo dia, o professor Xamã, já aposentado,foi convidado para dar uma palestra numa aldeia, no norte da Turquia onde foi com sua esposa e sua única filha chamada Luz. O sonho de Xamã era ver esta menina crescer e se casar com Vigor, mas para sua grande tristeza, sofreram um grave acidente, onde Xamã teve leves ferimentos e foi socorrido ali na aldeia mesmo. Mas sua esposa veio a falecer e sua filha a desaparecer e nunca mais viu seus pais e nem ficou sabendo da morte da mãe. Xamã, resolveu ficar ali no norte mesmo, na esperança de poder encontrar sua filha perdida.

2 Vigor se entristeceu muito quando recebeu a notícia, que passou a comer mais de vagar ainda. Como demorava muito na mesa durante as refeições, sua mãe parou de servir o leite para o menino, porque era o alimento que ele mais demorava, pois tomava com sua pequena colherinha. Um dia, Vigor sonhou que estava numa outra região, ao lado de Xamã, tomando um leite diferente, como um creme, bem branquinho. O tempo passou, até que um belo dia, seu pai o surpreendeu, numa reunião com a família, dizendo que havia recebido um convite para ir a um leilão de gado no Norte, justo onde seu inesquecível amigo morava. Vigor ficou muito feliz, principalmente porque seu pai lhe disse que iria levar algumas vacas leiteiras para leiloar e ajudar Xamã. E disse mais: Amanhã mesmo sairemos bem cedo, eu, Vigor e seu irmão mais velho. Os outros ficarão para ajudar sua mãe a cuidar do gado, hortaliças, lavouras e do irmão enfermo. Ao sair, Vigor pediu a mãe para preparar alguns lanches. E assim, levaram queijos, quitandas, frutas e até um boião de leite, Vigor quis levar, já que iriam a cavalo e teria um de reserva só para revesarem durante a caminhada. Assim aconteceu. No caminho pararam duas vezes para lanchar, uma vez no meio do caminho, outra numa aldeia já próxima à cidade onde Xamã morava. E nesta aldeia estava havendo uma festa típica ali da região. Vigor, como não conseguiu dormir, foi dar uma espiadinha. E lá, no meio daquela gente toda, ele cruzou seu olhar com uma bela menina que correspondia ao seu olhar demonstrando tamanho encanto um pelo outro. Vigor se aproximou e começaram a conversar. Ela lhe contou que vivia só naquele lugar e também relatou sua história inteira para ele, sem lhe dizer o nome de sua mãe e de seu pai. Vigor encantado pela garota, nem podia imaginar que aquela menina fosse filha do seu melhor amigo, a filha perdida de Xamã. Então, após longa conversa, Vigor também lhe falou sobre o motivo que o levara até ali, falou também que seu pai seu irmão estavam dormindo e que no outro dia iriam visitar um velho amigo. Foi aí que Vigor a convidou para ir à visita com eles e ela aceitou. No outro dia, bem cedo, Vigor, seu pai, seu irmão e Luz, saíram em direção à casa de Xamã. Ao chegar lá, foi um choro só. Xamã não conseguia em falar de tanta emoção! Era muita emoção num dia só: o reencontro com seus amigos queridos, e o encontro com sua amada Luz, a filha que tanto procurara. Vigor até sentiu fome e foi buscar no cavalo o que havia restado do lanche e os presentes que levara para o amigo. Ao tirar a carga encontrou o latão de leite que se esqueceram de tomar o caminho. Colocou tudo sobre a mesa. Mas para sua surpresa, o leite estava diferente, havia se transformado num creme

3 branquinho. Vigor quis ficar envergonhado, mas Xamã com tanta sabedoria, logo contornou a situação, dizendo: -Não se preocupe Vigor, é o tempo no leite. O que você está vendo é o leite transformado em iogurte. Experimente! Se preferir, podemos servir com as frutas que você trouxe. É um rico alimento, além de ser muito gostoso. Quer experimentar? Assim como o leite e o queijo, este, por nome de iogurte, faz parte da família Láctea. Existem vários outros derivados do leite que devem fazer parte de nossa alimentação diária. -Iogurte? Láctea? Nunca vi falar! Xamã deu risada e começou ali mais uma de suas histórias! Falou também da importância de comer três porções de lácteos por dia! Ao se despedirem, Xamã deu de presente para Vigor um livro sobre como cuidar da saúde e da obesidade (problema do irmão de Vigor). Vigor agradeceu e se despediu com o coração a mão, por ter que deixar Luz e Xamã, mas estava feliz porque estava levando dicas para curar seu irmão. Personagens: Vigor o menino. (robusto, alegre e saudável) Xamã o velho professor (professor e contador de histórias) Labor o pai do menino. Luz a filha de Xamã Obs: Apresentação com fantoche.

4

5

6

Um ato de amor sonhador ao mundo

Um ato de amor sonhador ao mundo Um ato de amor sonhador ao mundo Este livro esta aberto para qualquer idade, pois relata uma historia de amor com a nossa sociedade, uma garotinha de 09 anos de idade busca fazer a diferença sempre dando

Leia mais

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda Matias Miranda Lilico, Um Coelho Atrapalhado Matias Miranda Dedico este livro a você que esta lendo. Jesus te ama e eu também! Lilico era um coelho muito atrapalhado que vivia com sua mãe, seu pai e seus

Leia mais

HISTÓRIAS DA AJUDARIS 16. Agrupamento de Escolas de Sampaio

HISTÓRIAS DA AJUDARIS 16. Agrupamento de Escolas de Sampaio HISTÓRIAS DA AJUDARIS 16 Agrupamento de Escolas de Sampaio JOÃO FRAQUINHO Era uma vez um menino que estava muito fraquinho, não tinha força para nada nem para se pôr de pé. Estava deitado no chão da rua,

Leia mais

O segredo do rio. Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso. Trabalho realizado no âmbito do PNL. (Plano Nacional de Leitura)

O segredo do rio. Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso. Trabalho realizado no âmbito do PNL. (Plano Nacional de Leitura) Turma 4 3º/4º anos EB1/JI da Póvoa de Lanhoso Ano Lectivo 2009/2010 O segredo do rio Trabalho realizado no âmbito do PNL (Plano Nacional de Leitura) Era uma vez um rapaz que morava numa casa no campo.

Leia mais

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada.

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. Era Uma Vez A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. A ratinha tinha uma felpa de ferro e pensava

Leia mais

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto E. E. Ernesto Solon Borges Disciplina: Língua Portuguesa Profª. Regente: Vania Progetec: Cristina Ano: 8º Ano A Alunos: Dayane Sales e Emily Cristina Data: 12/11/2014 Produção de texto Se eu tivesse um

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS

LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS LÍNGUA PORTUGUESA 1. NOME: 2. DITADO DE UMA LISTA DE PALAVRAS A PROFESSORA DA 2ª SÉRIE ESCREVEU UMA LISTA DE MATERIAIS QUE OS ALUNOS PRECISAM LEVAR PARA A ESCOLA: 3. ESCRITA DE UM TRECHO DE UMA CANTIGA

Leia mais

1 von :36

1 von :36 1 von 22 24.05.2006 16:36 2 von 22 24.05.2006 16:36 Era uma vez, numa aldeia pequenina, uma menininha linda como uma flor; sua mãe gostava muito dela, e sua vovozinha ainda mais. 3 von 22 24.05.2006 16:36

Leia mais

Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009

Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009 A Família Desaparecida Escrita e ilustrada pelos alunos da Escola Básica do Primeiro Ciclo da Benquerença Ano Lectivo 2008/2009 NUMA BELA MANHÃ DE PRIMAVERA, UM MENINO CAMI NHAVA JUNTO A UM RIO E OLHAVA

Leia mais

Refeições saudáveis para sua saúde e bem-estar

Refeições saudáveis para sua saúde e bem-estar Refeições saudáveis para sua saúde e bem-estar Encontro Educacional 4 Este encontro apresenta Sal e gordura Riscos a saúde e recomendações diárias para consumo Comprando alimentos saudáveis Utilize os

Leia mais

Confira a seguir o excelente trabalho dessa turma!

Confira a seguir o excelente trabalho dessa turma! Durante as aulas no Laboratório de Informática, os alunos e alunas do 1º ano A montaram cenários de contos de fadas utilizando o software Oficina de Histórias e elaboraram textos de autoria sobre o tema.

Leia mais

Garoto extraordinário

Garoto extraordinário Garoto extraordinário (adequada para crianças de 6 a 8 anos) Texto: Lucas 2:40-52 Princípio: ser como Jesus Você vai precisar de um fantoche de cara engraçada, um adulto para manipular o fantoche atrás

Leia mais

Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Após terem comprado a água de coco...

Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Após terem comprado a água de coco... Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Joga a bola, papai! Joga a bola!! Está bem, Carlinhos! Pode deixar que eu jogo!! Um, dois, três

Leia mais

O GUERREIRO DA FLORESTA

O GUERREIRO DA FLORESTA FLÁVIO FERNANDO DE SOUZA SIQUEIRA JÚNIOR O GUERREIRO DA FLORESTA EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens FLÁVIO FERNANDO DE SOUZA SIQUEIRA JÚNIOR O GUERREIRO DA FLORESTA

Leia mais

Atividades Avaliativas

Atividades Avaliativas Atividades Avaliativas Língua Portuguesa 4 o ano 2 o bimestre Nome: data: 1 Leia atentamente o texto e responda as questões a seguir. Era um lobo muito bobo Que fome sentia aquele lobo! Então, resolveu

Leia mais

José. Anésio Rodrigues

José. Anésio Rodrigues José Anésio Rodrigues 37:5-11 Certo dia, José teve um sonho. Quando o contou aos irmãos, eles passaram a odiá-lo ainda mais. Ele disse: Ouçam o sonho que eu tive. 37:5-11 Estávamos todos nós no campo,

Leia mais

Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum

Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum-3.11.13 Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Escuta-me, Senhor. Como Zaqueu, quero procurar-te, nem que seja preciso deixar coisas que me enchem a casa e a

Leia mais

O NASCIMENTO E INFÂNCIA DE SAMUEL

O NASCIMENTO E INFÂNCIA DE SAMUEL Momento com Deus Crianças de 07 a 08 anos NOME:_DATA: 01/06//2014 O NASCIMENTO E INFÂNCIA DE SAMUEL Versículos para Decorar: 1- Pensem nisto, pois: Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado.

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

Marcos Costa e Lucineide Costa

Marcos Costa e Lucineide Costa Marcos Costa e Lucineide Costa Binho, o menino que tinha medo do Conselho Tutelar Texto Copyright 2015, Marcos Costa e Lucineide Costa Ilustrações Copyright 2015, Roberta Krüger Este livro não pode ser

Leia mais

Gosto muito do pequeno-almoço!

Gosto muito do pequeno-almoço! Gosto muito do pequeno-almoço! Débora Cláudio, Nuno Pereira de Sousa, Rui Tinoco, Ângela Menezes Gosto muito do pequeno-almoço! Débora Cláudio, Nuno Pereira de Sousa, Rui Tinoco, Ângela Menezes Hoje, o

Leia mais

O VERDADEIRO NATAL Base bíblica: Lucas 2:1-20

O VERDADEIRO NATAL Base bíblica: Lucas 2:1-20 O VERDADEIRO NATAL Base bíblica: Lucas 2:1-20 Texto Para decorar: "Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. Lc 2:11 Objetivo: Levar a criança a conhecer o verdadeiro

Leia mais

Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 9

Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 9 Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 9 Unidade 9 Compreensão de texto Nome: Data: Leia o conto de fadas a seguir para responder às questões de 1 a 15. Rapunzel Era uma vez um lenhador e sua mulher.

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãeee queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

Cristóbal nasceu num aquário. O mundo dele resumia-se a um pouco de água entre as quatro paredes de vidro. Isso, alguma areia, algas, pedras de divers

Cristóbal nasceu num aquário. O mundo dele resumia-se a um pouco de água entre as quatro paredes de vidro. Isso, alguma areia, algas, pedras de divers Cristóbal nasceu num aquário. O mundo dele resumia-se a um pouco de água entre as quatro paredes de vidro. Isso, alguma areia, algas, pedras de diversos tamanhos e a miniatura em madeira de uma caravela

Leia mais

Anexo I - Modelo de Pólya para a resolução de um problema. 1

Anexo I - Modelo de Pólya para a resolução de um problema. 1 Anexo I - Modelo de Pólya para a resolução de um problema. 1 1 Pólya, G., A arte de resolver problemas (1995) p. xii-xiii. 49 Anexo II - Guião de atuação do professor de matemática elaborado por Lester

Leia mais

UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara

UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara UM DIA CHEIO Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara Tudo começou quando eu queria pescar com meu avô. Ele tinha

Leia mais

Assim acontecia também com Minokichi e seu pai, que viviam em uma vila no sopé das montanhas.

Assim acontecia também com Minokichi e seu pai, que viviam em uma vila no sopé das montanhas. A neve caía sem pausa, por dias e dias, cobrindo tudo como um imenso manto branco. Naquela região o inverno era longo e rigoroso. Os moradores, sem poder trabalhar na roça, procuravam caça, aventurando-se

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

TÍTULO: A VERDADEIRA HISTÓRIA DE CHAPEUZINHO VERMELHO - VERSÃO DO LOBO

TÍTULO: A VERDADEIRA HISTÓRIA DE CHAPEUZINHO VERMELHO - VERSÃO DO LOBO TÍTULO: A VERDADEIRA HISTÓRIA DE CHAPEUZINHO VERMELHO - VERSÃO DO LOBO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: LETRAS INSTITUIÇÃO: FACULDADE VICTOR HUGO AUTOR(ES): DAVI DE AGUIAR

Leia mais

YAHUVAH falou com ele mesmo ele

YAHUVAH falou com ele mesmo ele Na casa da vovó da Nina, uma história muito especial foi contada! Que história foi essa? Vamos ver? Um, dois, três e... já!!!! Eba, vovó!! Acabei de comer!! Isso, Nina! Você comeu tudinho, tudinho! A sua

Leia mais

RYE Nome: Ana Carolina Bragança. Data: 28/10/2016. Patrocinado no Brasil pelo Rotary Club de: Guanabara-Galeão

RYE Nome: Ana Carolina Bragança. Data: 28/10/2016. Patrocinado no Brasil pelo Rotary Club de: Guanabara-Galeão RYE 2016-2017 Nome: Ana Carolina Bragança Data: 28/10/2016 Patrocinado no Brasil pelo Rotary Club de: Guanabara-Galeão Hospedado pelo Rotary Club de: Siracusa País: Itália Minha aventura começou no dia

Leia mais

Ela pegou sua mala rosa com aquele dois macaquinhos, que há muito não usava, colocou no seu carro e saiu. No caminho muitas coisas

Ela pegou sua mala rosa com aquele dois macaquinhos, que há muito não usava, colocou no seu carro e saiu. No caminho muitas coisas O bebê O bebê estava dormindo e Marta acabara de acordar. Bruno ainda dormia e Marta aproveitou o momento, pegou seu filho, juntou suas coisas e saiu. Bruno acordou e quando não viu seu filho e sua esposa

Leia mais

Dia Mundial da Saúde 07 de abril

Dia Mundial da Saúde 07 de abril Dia Mundial da Saúde 07 de abril No dia 07 de abril comemora-se o Dia Mundial da Saúde, uma data criada com a finalidade de conscientizar a população a respeito dos vários aspectos que envolvem a saúde.

Leia mais

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós.

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição 32 1 1. Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. 2. Lição Bíblica: Mateus 18.21-35 (Leitura bíblica para o professor e base bíblica

Leia mais

às flores do meu jardim, Kamilly Evelyn, Ana Karolliny e Hemilly Kauany

às flores do meu jardim, Kamilly Evelyn, Ana Karolliny e Hemilly Kauany às flores do meu jardim, Kamilly Evelyn, Ana Karolliny e Hemilly Kauany 1 2 3 ÍNDICE Reunião no pomar...5 a 12 O triste drama de um livrinho...13 a 21 4 5 Em uma tarde bonita e ensolarada, numa época em

Leia mais

(Rodolfo Bracali,adaptado da obra dos Irmãos Grimm) Belo Horizonte

(Rodolfo Bracali,adaptado da obra dos Irmãos Grimm) Belo Horizonte João e Maria (Rodolfo Bracali,adaptado da obra dos Irmãos Grimm) Belo Horizonte 2016 As crianças foram com o pai e a madrasta cortar lenha na floresta e lá foram abandonadas. João havia marcado o caminho

Leia mais

Parte 2 do programa 5 HORAS PARA O SEU CORPO. NÃO EXISTE NADA SAUDÁVEL QUE IRÁ ACELERAR SEUS RESULTADOS ALÉM DE DISCIPLINA E SEGUIR O PROGRAMA.

Parte 2 do programa 5 HORAS PARA O SEU CORPO. NÃO EXISTE NADA SAUDÁVEL QUE IRÁ ACELERAR SEUS RESULTADOS ALÉM DE DISCIPLINA E SEGUIR O PROGRAMA. Este programa gratuito que irá ajudar você a conquistar o corpo que deseja faz parte de uma série de 3 etapas. A primeira etapa foi gravada em vídeo, mas devido a baixa qualidade, resolvemos fazer o mesmo

Leia mais

0

0 0 1 7 FORMAS DE CUIDAR DA SUA MÃE MESMO ESTANDO DISTANTE Muitas vezes em nosso cotidiano sempre corrido e cheio de afazeres, fica complicado, dar atenção a amigos ou conhecidos, sobretudo à família, muitas

Leia mais

PLANEJAMENTO (Receitas)

PLANEJAMENTO (Receitas) PLANEJAMENTO (Receitas) Professor (a): Fátima Oliveira Competências Objetivo Geral Diferentes portadores de texto - FOLDERS/CONVITES/CARTAZES/RÓTULOS /RECEITAS/PROPAGANDA Oralidade; produção textual; leitura;

Leia mais

Em um belo dia,sentada no parque Melany conversava com Murilo por mensagens pois eram colegas de classe. Os dois se colocaram nos problemas um do

Em um belo dia,sentada no parque Melany conversava com Murilo por mensagens pois eram colegas de classe. Os dois se colocaram nos problemas um do Coraçãoroubado Em um belo dia,sentada no parque Melany conversava com Murilo por mensagens pois eram colegas de classe. Os dois se colocaram nos problemas um do outro e durante um tempo não contaram para

Leia mais

Descobre tudo sobre um...

Descobre tudo sobre um... Escola Básica 1,2,3/JI de Angra do Heroísmo Dia Mundial da Alimentação 16 de Outubro de 2010 Descobre tudo sobre um... PEQUENO-ALMOÇO PORQUÊ? Porque, após uma noite de sono, em que estivemos várias horas

Leia mais

O Rapaz e a Guitarra Mágica

O Rapaz e a Guitarra Mágica O Rapaz e a Guitarra Mágica Conto linha-a-linha Autoria: todas as turmas da Escola E.B. 2,3 de Palmeira Data: 21 a 25 de Março de 2011 Local de realização: Biblioteca Escolar Era uma vez um menino chamado

Leia mais

Pesquisa. Setembro 2014

Pesquisa. Setembro 2014 Pesquisa Setembro 2014 Perfil Quem é o nosso time? 66% está conosco há mais de 1 ano 69% são casadas 68% tem Filhos, 42% desses adolescentes Média de Idade 32 anos (20 a 56) 93% são mulheres 61% cursando

Leia mais

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI BONS Dias Com Maria Desperta a Luz que há em TI 2ª feira, dia 12 de dezembro de 2016 III Semana (11 de dezembro): ALEGRAR Ontem, a Igreja celebrou o domingo da alegria: Jesus está para chegar e só Ele

Leia mais

o casamento do fazendeiro

o casamento do fazendeiro o casamento do fazendeiro ERA uma fez um fazendeiro que ele sempre dia mania de ir na cidade compra coisas mais ele tinha mania de ir sempre de manha cedo um dia ele acordou se arrumou e foi pra cidade,

Leia mais

Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela

Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela do reino. Era também meiga, inteligente e talentosa. Todos a admiravam. Todos queriam estar perto dela. Todos queriam fazê-la feliz, pois o seu sorriso iluminava

Leia mais

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA A menina PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA menina alegre e muito curiosa. O que a diferenciava das outras crianças é que desde muito pequenina ela passava horas na Floresta do Sol conversando

Leia mais

Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. Havia aí um homem chamado Zaqueu: era chefe dos cobradores de impostos e muito rico.

Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. Havia aí um homem chamado Zaqueu: era chefe dos cobradores de impostos e muito rico. Lc 19, 1-10 Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. Havia aí um homem chamado Zaqueu: era chefe dos cobradores de impostos e muito rico. Zaqueu desejava ver quem era Jesus, mas não

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quinta-feira da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

Rosário Alçada Araújo

Rosário Alçada Araújo Rosário Alçada Araújo Ilustrações de Catarina França A CAIXA DE SAUDADES Rosário Alçada Araújo Ilustrações e design de Catarina França 2007, Gailivro, uma chancela do grupo LeYa. Rua Cidade de Córdova,

Leia mais

Aula 3.2 Conteúdo: Conto popular Conto maravilhoso LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA APRENDER A APRENDER APRENDER A APRENDER

Aula 3.2 Conteúdo: Conto popular Conto maravilhoso LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA APRENDER A APRENDER APRENDER A APRENDER 2 Aula 3.2 Conteúdo: Conto popular Conto maravilhoso 3 Habilidades: Verificar características especiais de diferentes contos. 4 a. Que sequências textuais você identifica neste trecho de texto? Descritiva:

Leia mais

OS FILHOS DE CEVA Lição 66

OS FILHOS DE CEVA Lição 66 OS FILHOS DE CEVA Lição 66 1 1. Objetivos: Ensinar que os feiticeiros, ao verem o poder de Jesus, se arrependeram e queimaram os livros de feitiçaria. Isto queria dizer que nunca mais iam praticar a feitiçaria

Leia mais

A lenda do homem. ignorante. Samara Caroline dos Santos Torres

A lenda do homem. ignorante. Samara Caroline dos Santos Torres A lenda do homem ignorante Samara Caroline dos Santos Torres Samara Caroline dos Santos Torres A lenda do homem ignorante Meu livro Escrevi este livro, por que no mundo ainda existe pessoas que tratam

Leia mais

UMA HISTÓRIA DE AMOR

UMA HISTÓRIA DE AMOR UMA HISTÓRIA DE AMOR Nunca fui de acreditar nessa história de amor "á primeira vista", até conhecer Antonio. Eu era apenas uma menina, que vivia um dia de cada vez sem pretensões de me entregar novamente,

Leia mais

DATA: 04 / 05 / 2013 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 04 / 05 / 2013 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 04 / 05 / 2013 1 UNIDADE: I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

O conteúdo desta obra, inclusive revisão ortográfica, é de responsabilidade exclusiva do autor.

O conteúdo desta obra, inclusive revisão ortográfica, é de responsabilidade exclusiva do autor. 9 O conteúdo desta obra, inclusive revisão ortográfica, é de responsabilidade exclusiva do autor. Dedico esta obra à minha Família, em especial aos meus sobrinhos Gabriel, Lidiane, Flaviane, Viviane, Caroline,

Leia mais

Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum

Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum-8.11.2015 Vimos hoje como Jesus deu um grande elogio a uma pessoa pobre, a quem ninguém dava importância: a viúva que pôs na caixa das esmolas duas pequenas moedas. Como

Leia mais

AUTORAS E ILUSTRADORAS: ELISA CHRISTIANE COQUILLARD GUERRIERI REZENDE VERIDIANA SOUSA MARQUES

AUTORAS E ILUSTRADORAS: ELISA CHRISTIANE COQUILLARD GUERRIERI REZENDE VERIDIANA SOUSA MARQUES AUTORAS E ILUSTRADORAS: ELISA CHRISTIANE COQUILLARD GUERRIERI REZENDE VERIDIANA SOUSA MARQUES 1ºB - 2011 APRESENTAÇÃO AO LONGO DESTE SEMESTRE AS CRIANÇAS DO 1º ANO REALIZARAM EM DUPLA UM TRABALHO DE PRODUÇÃO

Leia mais

Esta história foi criada por: Milton Aberto Eggers Junior, Autor de todo esse livro.

Esta história foi criada por: Milton Aberto Eggers Junior, Autor de todo esse livro. 1 Esta história foi criada por: Milton Aberto Eggers Junior, Autor de todo esse livro. Agradecimentos para: minha namorada, Gabriela Antonio Severino e para minha mãe, Maria Dionéia de Camargo, e para

Leia mais

a) Pelo resultado dos exames, os alunos da minha sala foram considerados brilhantes. b) O almoço do dia dos pais na casa de meu avô estava delicioso.

a) Pelo resultado dos exames, os alunos da minha sala foram considerados brilhantes. b) O almoço do dia dos pais na casa de meu avô estava delicioso. 5. A ANÁLISE DOS FATOS 1. Nos parágrafos a seguir há algumas falas de personagens que deveriam estar destacadas. Identifique essas falas e destaque-as com aspas. 2. Identifique os substantivos a que se

Leia mais

Capítulo 1 - Um Novo Herdeiro

Capítulo 1 - Um Novo Herdeiro Capítulo 1 - Um Novo Herdeiro O Rei de Raiden City vai ter um filho! Todos estão eufóricos, só que o filho mais velho do rei Jonas e a outra esposa do rei que sobretudo e a mãe de Jonas, que se chama Sátina,

Leia mais

Versão RECONTO. O Principezinho. PLIP003 De Antoine De Saint Exupéry

Versão RECONTO. O Principezinho. PLIP003  De Antoine De Saint Exupéry O Principezinho De Antoine De Saint Exupéry Versão RECONTO Adaptação e revisão de texto Judite Vieira e Maria da Luz Simão Escola Secundária Afonso Lopes Vieira Leiria PLIP003 www.plip.ipleiria.pt Este

Leia mais

FAÇA A SUA ESCOLHA JOSUÉ

FAÇA A SUA ESCOLHA JOSUÉ Filho está na hora de ir à igreja, vamos! Você já leu sua Bíblia hoje? Então, vamos logo. FAÇA A SUA ESCOLHA JOSUÉ 24.14-16 Talvez você também vá à igreja ou leia a Bíblia porque sua mãe (ou alguém outro)

Leia mais

Saindo de férias com... Educadoras: Milene, Ana Paula e Karla. 2ºs anos

Saindo de férias com... Educadoras: Milene, Ana Paula e Karla. 2ºs anos Saindo de férias com... Educadoras: Milene, Ana Paula e Karla 2ºs anos 1 SERÁ UMA DELÍCIA CURTIR ESSA HISTÓRIA COM VOCÊ! FAÇA TODAS AS ATIVIDADES COM LETRA CURSIVA! Fique atento nestas dicas da sua educadora:

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

QUEBRA-GELO EDIFICAÇÃO

QUEBRA-GELO EDIFICAÇÃO QUEBRA-GELO Sentados em círculo, cada criança deverá falar o nome de uma Uma das crianças deverá ficar sentada no centro do círculo e quando ela falar o nome de uma cidade, a criança que representa aquela

Leia mais

Fui à biblioteca tentar escolher. Um bom livro para ler. Mas era difícil descobrir. Aquele que me ia surpreender! Desisti da ideia de procurar

Fui à biblioteca tentar escolher. Um bom livro para ler. Mas era difícil descobrir. Aquele que me ia surpreender! Desisti da ideia de procurar Fui à biblioteca tentar escolher Um bom livro para ler Mas era difícil descobrir Aquele que me ia surpreender! Desisti da ideia de procurar E vim cá para fora brincar. Os meus amigos riam-se de mim E eu

Leia mais

Ilustrações de L. Bandeira

Ilustrações de L. Bandeira Ilustrações de L. Bandeira maior brejo do mundo - MIOLO.indd 3 20/11/2012 14:22:17 Ofereço este trabalho aos amigos Valter e Rosangela, pois se fazem criança e brincam comigo nos momentos mais difíceis

Leia mais

História de uma Baleia

História de uma Baleia SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 03 / / 0 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 3 o ano Unidade 6 5 Unidade 6 Compreensão de texto Nome: Data: Leia este texto. Os habitantes de uma região onde havia um castelo muito antigo tinham

Leia mais

manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas,

manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas, 5 6 manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas, sempre a incomodar-me. Por vezes, eu divirto-me a responder.

Leia mais

DATA: 02 / 05 / 2016 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 05 / 2016 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 02 / 05 / 206 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Título: Sentimento de Fraternidade

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Título: Sentimento de Fraternidade Plano de Aula 17 Centro Espírita Ismênia de Jesus Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Educadoras: Edma e Priscila Dia: 13/06/2016 Título: Sentimento de Fraternidade

Leia mais

Exercícios. Entregar próxima aula, dia 29/02/2011 (individual).

Exercícios. Entregar próxima aula, dia 29/02/2011 (individual). Exercícios Entregar próxima aula, dia 29/02/2011 (individual). 1. João e José são dois irmãos gêmeos idênticos que possuem uma peculiaridade, um dos dois sempre fala a verdade, independente do que foi

Leia mais

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de sair sozinho. E me chama de pirralho, o que me dá raiva.

Leia mais

Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor

Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Escuta-me, Senhor. Como Zaqueu, quero procurar-te, nem que seja preciso deixar coisas que me enchem a casa e a carteira, mas não me dão a alegria que procuro.

Leia mais

Nº 38-B-Domingo XXXII do Tempo Comum

Nº 38-B-Domingo XXXII do Tempo Comum Nº 38-B-Domingo XXXII do Tempo Comum-11.11.2012 Vimos hoje como Jesus deu um grande elogio a uma pessoa pobre, a quem ninguém dava importância: a viúva que pôs na caixa das esmolas duas pequenas moedas.

Leia mais

Essa história aconteceu há

Essa história aconteceu há O HOMEM DO SACO Essa história aconteceu há mais de vinte anos, num dia nublado. Perfeito para Josué, Mateus, Antonia e Frederico começarem o dia colocando o plano combinado em ação. Estavam de férias,

Leia mais

Aos dez anos de idade, eu tinha uma professora muito divertida. Se chamava Marta. Cada dia ela dava uma aula diferente. Certa vez, chegou a propor

Aos dez anos de idade, eu tinha uma professora muito divertida. Se chamava Marta. Cada dia ela dava uma aula diferente. Certa vez, chegou a propor Aos dez anos de idade, eu tinha uma professora muito divertida. Se chamava Marta. Cada dia ela dava uma aula diferente. Certa vez, chegou a propor para a turma um banho de chuva. Todos os alunos se molharam.

Leia mais

1º Edição

1º Edição Sensações 1º Edição WWW.Perse.com.br Página 1 Codinome: Tabrao Email: Tania_morenagata@hotmail.com Nasceu no dia 09 de Agosto de 1984 Natural da cidade de Lapa - PR Reside a Rua Francisco Veloso, 282 Ponta

Leia mais

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática.

Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Fim de semana Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia o documento Pretérito perfeito do indicativo, no Banco de Gramática. Dois programas diferentes 1. Complete as lacunas

Leia mais

A Menina Que Deixou. De Sonhar. Autora: Waleska Alves

A Menina Que Deixou. De Sonhar. Autora: Waleska Alves A Menina Que Deixou De Sonhar Autora: Waleska Alves 1. Era uma vez uma linda menina que sonhava com o natal, todas as noites antes de dormi ela olhava pela janela de seu quarto e imaginava papai noel em

Leia mais

Era domingo e o céu estava mais

Era domingo e o céu estava mais Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se possa imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

Aprender a comer bem

Aprender a comer bem Aprender a comer bem 3 Todos os dias os Cufitas vão para escola aprender coisas novas. Aprender a ler, a escrever e no recreio brincam com os amigos. Um dia no recreio, encontraram o João a chorar e perguntaram-lhe:

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 11.1 Conteúdos

Leia mais

A COZINHA ENCANTADA DOS CONTOS DE FADAS

A COZINHA ENCANTADA DOS CONTOS DE FADAS Instituto de Educação Infantil e Juvenil Primavera, 2016. Londrina, Nome: de Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 16 MMXVI Fase 1 Grupo a A COZINHA ENCANTADA DOS CONTOS DE FADAS Na cesta de Chapeuzinho

Leia mais

Capítulo 13 Nutrição: Leitura de rótulos de alimentos

Capítulo 13 Nutrição: Leitura de rótulos de alimentos Capítulo 13 Nutrição: Leitura de rótulos de alimentos Ao final deste capítulo, você poderá Ø Explicar rótulos de alimentos Ø Decidir quais alimentos são melhores com base em três fatores Capítulo 13 Nutrição:

Leia mais

Uma Aflição Imperial.

Uma Aflição Imperial. Uma Aflição Imperial. Amanda Silva C. Prefácio Uma aflição Imperial conta a história de uma garota chamada Anna que é diagnosticada com tipo raro de câncer leucemia sua mãe é paisagista e tem apenas um

Leia mais

BARROS, Sônia. O segredo da xícara cor de nuvem. Moderna, Página 1 de 9-16/07/2015-9:07

BARROS, Sônia. O segredo da xícara cor de nuvem. Moderna, Página 1 de 9-16/07/2015-9:07 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 5 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Através de uma singela narrativa,

Leia mais

Bala de Gelatina Light Com Dekopon Receita

Bala de Gelatina Light Com Dekopon Receita Bala de Gelatina Light Com Dekopon Receita Há poucos dias nós mostramos como é a fruta Dekopon e contamos um pouco de sua história. Na postagem nós comentamos que a fruta é ótima não só para o consumo

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta ESTER, UMA LINDA RAINHA

Bíblia para crianças apresenta ESTER, UMA LINDA RAINHA Bíblia para crianças apresenta ESTER, UMA LINDA RAINHA Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Cartas da Boneca Sofia. Querido leitor a boneca Sofia com o intuito de contar-lhe sobre

Cartas da Boneca Sofia. Querido leitor a boneca Sofia com o intuito de contar-lhe sobre Cartas da Boneca Sofia Querido leitor a boneca Sofia com o intuito de contar-lhe sobre a viagem inesquecível que realizou, decidiu assim escrever cartas que demostrassem tudo o que ela vivenciou durante

Leia mais

Colégio Visconde de Porto Seguro

Colégio Visconde de Porto Seguro Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2011 Ensino Fundamental e Ensino Médio Sistema de Recuperação Nome do (a) Aluno (a): Atividade de Recuperação de Língua Portuguesa Nível: I F-2 Professor (a):

Leia mais

Samuel jogou suas coisas em seu quarto e saiu correndo em direção. eram noticias ruins em relação a Sara, a voz da doutora dizia isso.

Samuel jogou suas coisas em seu quarto e saiu correndo em direção. eram noticias ruins em relação a Sara, a voz da doutora dizia isso. Bruno D. Vieira 8 Samuel jogou suas coisas em seu quarto e saiu correndo em direção ao consultório da psicóloga, a única coisa que passava em sua mente eram noticias ruins em relação a Sara, a voz da doutora

Leia mais

O Tigre à Beira do Rio

O Tigre à Beira do Rio O Tigre à Beira do Rio --Baixe-se Moba! Muito bem Didi, o menino birmanês subiu no elefante e fez carinho em sua cabeça. Didi treinara Moba desde bebê. Como era um elefante asiático, Moba não era tão grande

Leia mais

Capitulo 1 A história de Richard. Setembro 2012

Capitulo 1 A história de Richard. Setembro 2012 O amor, como ele é? Capitulo 1 A história de Richard. Setembro 2012 A história relatada neste livro, é sobre seu primeiro amor, seu primeiro encontro com a felicidade. Pode parecer um pouco poético e engraçado,

Leia mais

Dia 09 Nesse segundo dia foi estabelecido que ele estava separado para conhecer melhor a cidade e para termos uma interação maior. Alugamos um carro e

Dia 09 Nesse segundo dia foi estabelecido que ele estava separado para conhecer melhor a cidade e para termos uma interação maior. Alugamos um carro e Portfolio do dia 8 Finalmente chegou o grande dia, o início de mais uma vivência, o dia que marcaria o inicio de uma caminhada longa e árdua, cheia de desafios e de fortes emoções. Ao desembarcamos no

Leia mais