Transcrição da Entrevista

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Transcrição da Entrevista"

Transcrição

1 Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Sonia Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 5 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista: 13min. 47seg. COR PRETA - Relatos do Entrevistado COR VERDE - Comentários da Entrevistadora Estou aqui com a Sonia. Sonia você tem quantos anos? Eu tenho treze. 1. O que significa dança para você? Para mim a dança significa uma coisa muito boa, porque antes de fazer eu era uma pessoa que ficava em casa, não saia muito. E agora com esse compromisso de eu vir a dança, de eu poder me movimentar mais... estou sentindo muitos benefícios para mim e para o meu corpo e inclusive no intercambio que faço com minhas amigas da Dança. Inclusive porque o núcleo é um espaço que me sinto muito bem, ali sou feliz por estar vivendo com um grupo que é bacana. A Dança representa uma forma de conhecimento que posso utilizar para me compreender melhor, e é isso! 2. Você percebe se a dança ajudou a modificar a sua vida de alguma forma? Sim. Porque antes eu fazia dança, eu sempre fui uma aluna muito boa, mas hoje eu fazia dança, eu estava relaxando... porque eu só ficava em casa, não tinha aquele compromisso de fazer o dever de casa esses negócios tudo. Aí depois da dança eu tive que manter minhas notas para poder continuar, porque se não o meu castigo de casa seria sair e então isso me motivou a ir na escola também. 3. Dançar transformou alguma coisa no corpo de você desde quando você começou a dançar até hoje? 1

2 Sim. Porque antes eu era uma adolescente sedentária, eu comia muito, não me controlava e era muito mais gorda do que era agora. Desde que eu entrei na dança meu corpo modificou muito, eu parei com o sedentarismo, comecei a me movimentar mais e emagreci muito. Ficando mais coordenada nos movimentos porque treinamos muito, e tenho mais flexibilidade com os alongamentos da aula. 3. Dançar trás sensações de melhor convivência com as pessoas que frequentam o Núcleo de Arte? Dançar trás para você um melhor relacionamento com os colegas que estão aqui? Você acha que você convive melhor com eles? Sim. Porque a gente tem as danças em duplas e a dança individual. A dança individual é uma coisa mais sua, que você tem que tomar conta dos seus passos, mas na dança em dupla você tem que ajudar o colega quando ele não consegue fazer o passo, você tem que acertar o tempo dele quando ele erra e muitas outras coisas que ajudam nisso. 4. Você acha que a experiência de dançar possibilitou em você novas formas de sentir e expressar seus sentimentos e emoções? Ou seja, na dança você consegue perceber melhor sentimentos e emoções de vocês quando você está dançando? Sim, porque desperta uma coisa em nós, que às vezes, não entendemos. E quando a gente faz dança junto com a música acaba entendendo aquilo. E as coisas, vão se aproximando de nós e entendemos melhor todos nossos sentimentos ruins e bons, como a raiva que sinto ao brigar com minha mãe, o amor pela minha professora de Dança, tudo é sentimento e emoção, na Dança sinto isso!. 5. Dançar trás sensações de melhor convivência com as pessoas que frequentam o Núcleo de Arte? Dançar trás para você um melhor relacionamento com os colegas que estão aqui? Você acha que você convive melhor com eles? Sim, porque a gente tem as danças em duplas e a dança individual. A dança individual é uma coisa mais sua que você tem que tomar conta dos seus passos, mas na dança em dupla você tem que ajudar o colega quando ele não consegue fazer o passo, você tem que acertar o tempo dele quando ele erra e muitas outras coisas que ajudam nisso. 2

3 6. E em relação em casa? Você acha que mudou alguma coisa o fato de você dançar aqui no Núcleo de Arte? E influenciou no relacionamento em casa com os parentes? Sim. Porque antes eu não era muito próxima do meu pai porque ele é separado da minha mãe, e junto com esse negócio de dança ele sempre que ele pode... eu não danço só aqui, eu danço na minha igreja também. Sempre que ele pode ele vem me ver apresentar e eu não tinha contato com ele. 7. Você acha que dançar pode ser um caminho para as pessoas serem valorizadas na sociedade, serem reconhecidas? A dança pode trazer isso? Uma profissão, uma valorização... Poxa, aquele bailarino dança muito! Você acha que pode ser o caminho? Sim, porque é uma maneira da gente se expor mais através da dança e isso ajuda muito porque eu além de fazer a dança eu faço outras oficinas como: teatro, eu também já fiz o teclado e isso me aproxima muito de outras pessoas, pessoas que eu nem conhecia e que agora eu estou conhecendo através disso. 8. O Núcleo de Arte é importante para você? Por quê? Dê exemplos de algumas experiências que foram muito importantes para o seu crescimento aqui dentro. Sim. Foi muito importante porque antes eu tinha muito medo de subir no palco, de errar alguma coisa quando eu fosse falar, desse negócios todos... e a dança me ajudou muito nisso. A professora também me ajudou porque eu tinha um pouco de medo de palco, medo de público e isso me ajudou muito. 9. Você acha que dançando você podem melhorar a convivência na sociedade? Sociedade está incluída: escola, a igreja, os amigos do bairro onde vocês moram... Então você acha que melhora? Você vem aqui, você dançam e a dança pode transformar você e você vive na proposta... Você acha que melhora essa convivência sim ou não? Sim. Porque todas as pessoas que sabem que quando tem alguma coisa aqui ou apresentação... algumas vem outras não, mas a gente não está apresentando só aqui, a gente apresenta em vários lugares então as pessoas conhecem mais ou menos a gente que participa dali e fica aqui, fica dali esse negócio todo. E rola uma interatividade com ela? Sim... Sim... Sempre que podemos sim. 3

4 10. O Núcleo de Arte é considerado o local que você consegue se modificar se transformar? Você acha que aqui você consegue se transformar? Você vê nele novas possibilidades de desenvolvimento artístico? Desenvolvimento artístico é o conhecimento da arte, por exemplo, você está dançando, a arte é considerada uma linguagem, o teatro, a música... Então você está aprendendo coisas na dança, novos passos novos movimentos... então você acha que a dança ajuda nisso? Ajuda sim... Porque a gente pode desenvolver novos movimentos no corpo porque a gente não conseguia fazer, a gente desenvolveu a elasticidade do corpo um pouco maior e outras coisas como: crescimento, a alimentação muda também, tudo muda na nossa vida... a dança muda tudo. 11. Você acha que a comunidade, comunidade que moram por aqui ou comunidade onde você mora, ou bairro onde você mora. Eles participam dos eventos aqui do Núcleo, vem assistir quando você vai dançar lá fora... eles vem sempre? Bom, aqueles que estão informados e que tem alguém, conhece um amigo que vem aqui sempre que eles podem vir eles vêm, mas às vezes a gente tem que chamar para eles poderem vir. Mas sempre que eles sabem, ficam sabendo eles procuram vir sim 12. Você percebe se a escola poderia ser mais entrosada com o Núcleo de Arte? O que você acha que falta para melhorar essa ligação entre elas? Com certeza, poderiam fazer mais eventos juntos, trocar parceria nos projetos, se tornar uma grande familia. 13. Vamos falar agora a respeito da sua professora de dança. Você acha que a sua professora de dança tem um papel importante para o seu crescimento artístico e pessoal... enquanto pessoa é ela te ajuda nas suas relações e nas suas dificuldades, nos seus problemas, ela é uma pessoa carinhosa ou ela não é, não ajuda... cada um é de um jeito, se for você fala a verdade...como ela é para você? Sim. Eu acho que ela ajuda sim porque eu pude desenvolver novas amizades aqui, junto com ela que ela me apresentava. Eu pude perceber os sentimentos que eu sentia, mas não sabia identificar qual e ajuda em muitas outras coisas, além disso. 4

5 14. O que de mais importante você aprendeu nas aulas de dança? Os sentimentos que nos desenvolvemos e soubemos identificar mais eles, as amizades que nós temos cada vez mais, e muitas outras coisas. Além disso, na Dança o que eu mais gosto, foi que aprendi a gostar mais de mim, do meu jeito de dançar porque também sou capaz de dançar muito bem. 15. O que menos vocês gostam nas aulas de dança? Pode ser em ralação a aula ou em exercícios da aula, atividades da própria dança em si ou pode ser em relação as pessoas que estão fazendo aula com você. O que vocês menos gostam ali dentro? Quando a pessoa vê que está todo mundo fazendo e fica olhando sem tentar fazer, mesmo que não saiba tentar fazer... ela fala assim Eu não sei fazer e não quero. Muito obrigada! 5

Como aconteceu essa escuta?

Como aconteceu essa escuta? No mês de aniversário do ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente, nada melhor que ouvir o que acham as crianças sobre a atuação em Educação Integral realizada pela Fundação Gol de Letra!! Conheça um

Leia mais

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates 1º ano do Ensino Fundamental I O que você gosta de fazer junto com a sua mã e? - Dançar e jogar um jogo de tabuleiro. - Eu gosto de jogar futebol

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas.

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas. ESCOLA MUNICIPAL BUENA VISTA Goiânia, 19 de junho de 2013. - Turma: Mestre de Obras e Operador de computador - 62 alunos 33 responderam ao questionário Orientador-formador: Marilurdes Santos de Oliveira

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

DEVOLUTIVA ESTE JOVEM 2010 - INTERNET

DEVOLUTIVA ESTE JOVEM 2010 - INTERNET DEVOLUTIVA ESTE JOVEM 2010 - INTERNET INTRODUÇÃO Olá pessoal! Antes de começar a análise dos dados queria agradecer a participação de todos que responderam a pesquisa desse ano do projeto Este Jovem Brasileiro.

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

Não é o outro que nos

Não é o outro que nos 16º Plano de aula 1-Citação as semana: Não é o outro que nos decepciona, nós que nos decepcionamos por esperar alguma coisa do outro. 2-Meditação da semana: Floresta 3-História da semana: O piquenique

Leia mais

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP Depressão e Qualidade de Vida Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP 1 Percepções de 68 pacientes entrevistadas. 1. Sentimentos em relação à doença Sinto solidão, abandono,

Leia mais

Entrevista concedida a Lilian Cunha e publicada na revista Você S/A em fev/2005

Entrevista concedida a Lilian Cunha e publicada na revista Você S/A em fev/2005 Espiritualidade no trabalho Ao contrário do que se imagina, ser um profissional mais espiritual não implica em fazer orações antes de iniciar o expediente ou montar capelas e altares na empresa. Tem a

Leia mais

coleção Conversas #19 - fevereiro 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #19 - fevereiro 2015 - Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #19 - fevereiro 2015 - Eu posso dizer para "NÃO" filho? meu Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu

Leia mais

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA

TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA TRANSCRIÇÃO SAMBA DE QUADRA letreiro 1: Sem o modernismo dos tempos atuais, o samba sertanejo era uma espécie de baile rústico, que ia noite à dentro até o raiar do dia, com seus matutos dançando e entoando

Leia mais

3. Meu parceiro poderia ficar chateado se soubesse sobre algumas coisas que tenho feito com outras pessoas.

3. Meu parceiro poderia ficar chateado se soubesse sobre algumas coisas que tenho feito com outras pessoas. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA NÚCLEO DE ANÁLISE DO COMPORTAMENTO Caro(a) participante: Esta é uma pesquisa do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Paraná e

Leia mais

consulta participativa de opinião

consulta participativa de opinião consulta participativa de opinião Interesses e perspectivas dos jovens da Brasilândia, Cachoeirinha e Freguesia do Ó CONSULTA PARTICIPATIVA DE OPINIÃO: INTERESSES E PERSPECTIVAS DOS JOVENS DA BRASILÂNDIA,

Leia mais

Quem te fala mal de. 10º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quem te fala mal de outra pessoa, falará mal de ti também." 2-Meditação da semana:

Quem te fala mal de. 10º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quem te fala mal de outra pessoa, falará mal de ti também. 2-Meditação da semana: 10º Plano de aula 1-Citação as semana: Quem te fala mal de outra pessoa, falará mal de ti também." Provérbio Turco 2-Meditação da semana: Mestre conselheiro- 6:14 3-História da semana: AS três peneiras

Leia mais

Entrevista à artista plástica Sofia Areal: "Faz-se muito, erra-se muito, aprende-se muito"

Entrevista à artista plástica Sofia Areal: Faz-se muito, erra-se muito, aprende-se muito lazer // Entrevista à artista plástica Sofia Areal: "Faz-se muito, erra-se muito, aprende-se muito" A pintora vai inaugurar uma exposição, em Setembro. O pretexto ideal para nos lançarmos à conversa com

Leia mais

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro.

TOTAL DE RESPONDENTES: 698 entrevistados. DATA DE REALIZAÇÃO: 30 de maio e 01 de junho, nas ruas do centro do Rio de Janeiro. Enquete Um estudo feito por matemáticos da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, mostrou que o dia preferido pelas pessoas é o domingo. Os pesquisadores analisaram 2,4 milhões de mensagens pela

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

SOE Serviço de Orientação Educacional

SOE Serviço de Orientação Educacional SOE Serviço de Orientação Educacional Projeto: Aprendendo a Ser para Aprender a Conviver Tema: Bullying não é brincadeira Turma: 2º AT Marise Miranda Gomes - Orientadora Educacional - Psicopedagoga Clínica

Leia mais

Avaliação do clima na escola

Avaliação do clima na escola Avaliação do clima na escola INSTRUÇÕES INICIAIS PARA O GESTOR: Avise que a pesquisa para avaliar o clima da escola é anônima. Não será preciso colocar nome, apenas identificar a qual segmento da comunidade

Leia mais

Na Internet Gramática: atividades

Na Internet Gramática: atividades Na Internet Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia os documentos Modo subjuntivo geral e Presente do subjuntivo, no Banco de Gramática. 1. No trecho a seguir, extraído da

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS ALESSANDRA TEGONI

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS ALESSANDRA TEGONI CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS ALESSANDRA TEGONI (depoimento) 2013 CEME-ESEF-UFRGS FICHA TÉCNICA Projeto: Garimpando

Leia mais

Eu, você e o presente da natureza...

Eu, você e o presente da natureza... TEMA 2012/2013: Eu, você e o presente da natureza... Cartilha para 3º, 4º e 5º anos www.vemcomagentebr.com.br uma atividade do PROGRAMA VEM COM A GENTE Cultura, Educação e Meio Ambiente www.vemcomagentebr.com.br

Leia mais

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades?

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades? A Estação Pilh@ também traz uma entrevista com Rodrigo Teaser, cover do Michael Jackson reconhecido pela Sony Music. A seguir, você encontra os ingredientes da longa história marcada por grandes shows,

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

Era o que você esperava? Não, superou todas as minhas expectativas. Ficou lindo. SIRONA.COM.BR

Era o que você esperava? Não, superou todas as minhas expectativas. Ficou lindo. SIRONA.COM.BR É o sonho de consumo de qualquer pessoa ter uma máquina dessa, inclusive o meu. Com o equipamento vou poder ajudar as pessoas a terem o sorriso como o meu e a praticidade também. O que você achou de ser

Leia mais

Tudo que eu preciso mesmo saber sobre como viver, o que fazer, e como ser, aprendi no jardim-deinfância. A sabedoria não estava no topo da montanha

Tudo que eu preciso mesmo saber sobre como viver, o que fazer, e como ser, aprendi no jardim-deinfância. A sabedoria não estava no topo da montanha Tudo que eu preciso mesmo saber sobre como viver, o que fazer, e como ser, aprendi no jardim-deinfância. A sabedoria não estava no topo da montanha mais alta, no último ano de um curso superior, mas na

Leia mais

Geração Graças Peça: O livro das Parábolas A parábola do tesouro escondido (Mt 13:44)

Geração Graças Peça: O livro das Parábolas A parábola do tesouro escondido (Mt 13:44) Geração Graças Peça: O livro das Parábolas A parábola do tesouro escondido (Mt 13:44) Autora: Tell Aragão Colaboração: Marise Lins Personagens Menina Zé Bonitinho +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Leia mais

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e

Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e Sexta Vida nova Jovens contam como superaram doenças graves. Depois de um câncer de mama aos 23 anos, Dolores Cardoso teve um filho, escreveu um livro e mudou o rumo da vida profissional FOLHA DA SEXTA

Leia mais

REPRESENTAÇÕES DE ESTUDANTES E FAMÍLIAS SOBRE UMA ESCOLA POR CICLOS

REPRESENTAÇÕES DE ESTUDANTES E FAMÍLIAS SOBRE UMA ESCOLA POR CICLOS REPRESENTAÇÕES DE ESTUDANTES E FAMÍLIAS SOBRE UMA ESCOLA POR CICLOS FORTES, Gilse Helena Magalhães PUCRS GT: Educação Fundamental /n.13 Agência Financiadora: não contou com financiamento A escola por ciclos,

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

PALESTRA DE DENISE LAWRENCE: QUANDO O AMOR É PREENCHIDO DE CORAGEM E PODER. Palmas/TO. Agosto de 2013

PALESTRA DE DENISE LAWRENCE: QUANDO O AMOR É PREENCHIDO DE CORAGEM E PODER. Palmas/TO. Agosto de 2013 PALESTRA DE DENISE LAWRENCE: QUANDO O AMOR É PREENCHIDO DE CORAGEM E PODER Palmas/TO Agosto de 2013 Boa noite! Bem-vindos ao Programa! O tema hoje é sobre o amor preenchido com poder e coragem. Existem

Leia mais

COMO MONTAR UM PLANO DE VIDA E REALIZAR SONHOS

COMO MONTAR UM PLANO DE VIDA E REALIZAR SONHOS COMO MONTAR UM PLANO DE VIDA E REALIZAR SONHOS Mensagem de Reflexão Quem não sabe o que quer, corre o risco de não entender o que encontra. Primeiro: defina o que você quer. Segundo: decida o quanto você

Leia mais

Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração

Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração Material pelo Ético Sistema de Ensino Elaborado para Educação Infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos EDUCAÇÃO INFANTIL Data: / / Nível: Escola: Nome: Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração

Leia mais

Entrevista com o ator Daniel Warren Poucas e Boas da Mari http://www.poucaseboasdamari.com Por Mari Valadares MTB: 43155/SP

Entrevista com o ator Daniel Warren Poucas e Boas da Mari http://www.poucaseboasdamari.com Por Mari Valadares MTB: 43155/SP Entrevista com o ator Daniel Warren Poucas e Boas da Mari http://www.poucaseboasdamari.com Por Mari Valadares MTB: 43155/SP 01. Daniel, vou começar a entrevista perguntando sobre os seus novos projetos.

Leia mais

EMTI JARDIM NOVO MUNDO Goiânia, 14 de junho de 2013 Tabulação do questionário Assembleia do Estudantes

EMTI JARDIM NOVO MUNDO Goiânia, 14 de junho de 2013 Tabulação do questionário Assembleia do Estudantes EMTI JARDIM NOVO MUNDO Goiânia, 14 de junho de 2013 Tabulação do questionário Assembleia do Estudantes Sim (32) Não (00) Sim (12) Nulo (20) 01 Está gostando das aulas? Estão atendendo suas expectativas?

Leia mais

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1 Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] Categorias Apresentação do instrumento [-] Mobilidade/ portabilidade [,] 0 0 Transcrição Alguns

Leia mais

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Opinião do brasileiro sobre Voluntariado Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Índice 2 Objetivo e Metodologia Perfil demográfico da população brasileira Exercício da Atividade Voluntária

Leia mais

Entrevista 1.02 - Brenda

Entrevista 1.02 - Brenda Entrevista 1.02 - Brenda (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

A LIBERDADE COMO POSSÍVEL CAMINHO PARA A FELICIDADE

A LIBERDADE COMO POSSÍVEL CAMINHO PARA A FELICIDADE Aline Trindade A LIBERDADE COMO POSSÍVEL CAMINHO PARA A FELICIDADE Introdução Existem várias maneiras e formas de se dizer sobre a felicidade. De quando você nasce até cerca dos dois anos de idade, essa

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade Organizando Voluntariado na Escola Aula 2 Liderança e Comunidade Objetivos 1 Entender o que é liderança. 2 Conhecer quais as características de um líder. 3 Compreender os conceitos de comunidade. 4 Aprender

Leia mais

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE A CRIANÇA NA PUBLICIDADE Entrevista com Fábio Basso Montanari Ele estuda na ECA/USP e deu uma entrevista para e seu grupo de colegas para a disciplina Psicologia da Comunicação, sobre sua história de vida

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

quebra-cabeça, de planejamento, juntamente com a logística, com o artístico, com a curadoria, com o orçamento. Tudo tem que está em harmonia para que

quebra-cabeça, de planejamento, juntamente com a logística, com o artístico, com a curadoria, com o orçamento. Tudo tem que está em harmonia para que No dia 18 desse mês de abril, no Cabaré dos Novos, no Teatro Vila Velha, entrevistamos Cristina Castro, curadora do VIVADANÇA Festival Internacional que já está em sua sexta edição e recebeu esse ano representantes

Leia mais

Subsídios para datas comemorativas

Subsídios para datas comemorativas Subsídios para datas comemorativas CLBRANDO A FAMÍLIA NO DIA DAS MÃS Hoje o conceito de família mudou bastante. O papel da mãe pode ser exercido pelo pai, avó, um parente ou outra pessoa. Há uma mudança

Leia mais

Você, no entanto, pode nos ajudar!

Você, no entanto, pode nos ajudar! Este livro pode ser adquirido por educação, negócios, vendas ou uso promocional. Embora toda precaução tenha sido tomada na preparação deste livro, o autor não assume nenhuma responsabilidade por erros

Leia mais

Medicina de corpo e alma

Medicina de corpo e alma Entrevista Revista 15 Medicina de corpo e alma A vontade inicial de ser engenheiro mudou no colégio, quando o jovem Ildefonso não aprovou o comportamento do pessoal que se preparava para a engenharia,

Leia mais

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Palestra tudo O QUE VOCE sobre precisa entender Abundância & Poder Pessoal EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Como aprendemos hoje na palestra: a Lei da Atração, na verdade é a Lei da Vibracao. A frequência

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

A Dependência em MMO

A Dependência em MMO André Victor Figueiredo 0970867 Cristiano Farias Figueiredo 0975095 Felipe Martins Peixoto 0970972 Rodrigo Lourenço da Silva 0974986 Roberto Cezar O. Alves 0974951 A Dependência em MMO Sumário A Dependência

Leia mais

QUESTIONÁRIO DIRECIONADO AOS JOVENS DA IGREJA

QUESTIONÁRIO DIRECIONADO AOS JOVENS DA IGREJA QUESTIONÁRIO DIRECIONADO AOS JOVENS DA IGREJA Caro Jovem, É com satisfação que apresentamos a vocês este trabalho que visa melhor conhecê-los. Pela primeira vez, a Comunidade dos Jovens Remanescentes dos

Leia mais

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes A criança preocupada Claudia Mascarenhas Fernandes Em sua época Freud se perguntou o que queria uma mulher, devido ao enigma que essa posição subjetiva suscitava. Outras perguntas sempre fizeram da psicanálise

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Cristina Soares Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Quando decidi realizar meu processo de coaching, eu estava passando por um momento de busca na minha vida.

Leia mais

Planejamento do Ano Consciente!

Planejamento do Ano Consciente! Planejamento do Ano Consciente! 2016 Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de Uberlândia 2010; Pós Graduação / Especialização em Análise Transacional pela UNAT-Brasil. Formação em Hipnose e

Leia mais

Modelos do Tempo. O tempo veste um traje diferente para cada papel que desempenha em nosso pensamento. John Wheeler

Modelos do Tempo. O tempo veste um traje diferente para cada papel que desempenha em nosso pensamento. John Wheeler 2 Modelos do Tempo O tempo veste um traje diferente para cada papel que desempenha em nosso pensamento. John Wheeler Você pode olhar agora para a idéia do que sejam modelos. Modelos são descrições ou simulações

Leia mais

Educação Integral Relatório em Junho/2013

Educação Integral Relatório em Junho/2013 Comunidade Escola Família Educação Integral Relatório em Junho/2013 Objetivo 3 O principal objetivo desta pesquisa é avaliar o conhecimento da população brasileira sobre educação integral. Metodologia

Leia mais

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicas-para-jovens Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos As dinâmicas de grupo já fazem parte do cotidiano empresarial,

Leia mais

FICHA SOCIAL Nº 121 INFORMANTE: SEXO: IDADE: ESCOLARIZAÇÃO: LOCALIDADE: PROFISSÃO: DOCUMENTADORA: TRANSCRITORA: DIGITADORA: DURAÇÃO:

FICHA SOCIAL Nº 121 INFORMANTE: SEXO: IDADE: ESCOLARIZAÇÃO: LOCALIDADE: PROFISSÃO: DOCUMENTADORA: TRANSCRITORA: DIGITADORA: DURAÇÃO: FICHA SOCIAL Nº 121 INFORMANTE: F.A.C. SEXO: Masculino IDADE: 51 anos ESCOLARIZAÇÃO: 9 a 11 anos LOCALIDADE: Alto da Penha Zona Urbana PROFISSÃO: Funcionário Público DOCUMENTADORA: Luciana Muniz da França

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI)

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) II 1 Indicadores Desqualificação Não poder fazer nada do que preciso, quero fazer as coisas e não posso ; eu senti-me velho com 80 anos. Aí é que eu já

Leia mais

Igreja Amiga da criança. Para pastores

Igreja Amiga da criança. Para pastores Igreja Amiga da criança Para pastores Teste "Igreja Amiga da Criança" O povo também estava trazendo criancinhas para que Jesus tocasse nelas. Ao verem isso, os discípulos repreendiam aqueles que as tinham

Leia mais

Carla- Oswaldo é como que você começou a se envolver com as questões sociais?

Carla- Oswaldo é como que você começou a se envolver com as questões sociais? Depoimento de Oswaldo Setti de Almeida Filho Ação Moradia Carla- Bom dia, Oswaldo. Oswaldo Bom dia, meu nome... Carla- Eu gostaria que você me falasse primeiro o seu nome completo, a sua data de nascimento

Leia mais

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo]

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] [Visionamento das fotos] [Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] E- Então o que é que achaste das fotos? E7- Boas. Tá fixe. E- Faz-te lembrar coisas boas ou más? E7-

Leia mais

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto.

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto. O Coração Sujo Personagens - Tuca - Teco - Tatá - Tia Tuca e Tatá estão conversando. Teco chega. Teco Oi, meninas, sobre o que vocês estão falando? Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse?

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Grupo Terapêutico: diminuindo impactos da violência familiar em crianças 1

Grupo Terapêutico: diminuindo impactos da violência familiar em crianças 1 Grupo Terapêutico: diminuindo impactos da violência familiar em crianças 1 Veruska Galdini 2 1. Introdução Durante os 17 anos de existência da ACER, temos encontrado crianças 3 que apresentam uma referência

Leia mais

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias Lucas Zanella Collin Carter & A Civilização Sem Memórias Sumário O primeiro aviso...5 Se você pensa que esse livro é uma obra de ficção como outra qualquer, você está enganado, isso não é uma ficção. Não

Leia mais

- Se for pra mim, eu não estou. - Ah. Oi... Está sim. Espera um minutinho.

- Se for pra mim, eu não estou. - Ah. Oi... Está sim. Espera um minutinho. 1 AMAR... dir: Carlos Gregório CASA DE LAURA... - Você não vai dizer nada? - O que você quer que eu diga? - Qualquer coisa. - Olha,... Não foi tão importante pra mim... - Não... foi!!? - É... É isso mesmo.

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

PILARES DA VIDA LIVRO DE POESIAS. Pensar, Refletir, Amar e ter Amigos é a Maneira do Ser Humano Viver.

PILARES DA VIDA LIVRO DE POESIAS. Pensar, Refletir, Amar e ter Amigos é a Maneira do Ser Humano Viver. PILARES DA VIDA LIVRO DE POESIAS Pensar, Refletir, Amar e ter Amigos é a Maneira do Ser Humano Viver. ELDER DE SOUZA PINTO CAPITULO I: REFLEXÕES E PENSAMENTOS A ARTE DE SER Ser é a arte de se inventar

Leia mais

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque

Fantasmas da noite. Uma peça de Hayaldo Copque Fantasmas da noite Uma peça de Hayaldo Copque Peça encenada dentro de um automóvel na Praça Roosevelt, em São Paulo-SP, nos dias 11 e 12 de novembro de 2011, no projeto AutoPeças, das Satyrianas. Direção:

Leia mais

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência 43 5 ADOLESCÊNCIA O termo adolescência, tão utilizado pelas classes médias e altas, não costumam fazer parte do vocabulário das mulheres entrevistadas. Seu emprego ocorre mais entre aquelas que por trabalhar

Leia mais

LACRALO Showcase Organizing Committee Teleconference 13 April 2015

LACRALO Showcase Organizing Committee Teleconference 13 April 2015 Aqui fala Alberto Soto, muito obrigado a todos e bem-vindos à teleconferência, é o LACRALO Showcase, organizando uma teleconferência. TERRI AGNEW: Muito obrigada Alberto. Bom dia, boa tarde, boa noite.

Leia mais

O Ponto entrevistou Ellen Verri, aprovada em 7º lugar no concurso do Dnit para analista administrativo

O Ponto entrevistou Ellen Verri, aprovada em 7º lugar no concurso do Dnit para analista administrativo O Ponto entrevistou Ellen Verri, aprovada em 7º lugar no concurso do Dnit para analista administrativo Natural de Goiânia (GO) e formada em engenharia de alimentos, Ellen começou a estudar para concurso

Leia mais

1º Plano de Aula. 1- Citação: Guardar raiva é o mesmo que, beber veneno e querer que o outro morra. 2- Meditação: Meditação da Compaixão

1º Plano de Aula. 1- Citação: Guardar raiva é o mesmo que, beber veneno e querer que o outro morra. 2- Meditação: Meditação da Compaixão 1º Plano de Aula 1- Citação: Guardar raiva é o mesmo que, beber veneno e querer que o outro morra. 2- Meditação: Meditação da Compaixão 3- História Perdoar Sempre 4- Música Uma Luz Dentro de mim. Vol:

Leia mais

coleção Conversas #1 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #1 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #1 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Conversando a gente se entende. A coleção CONVERSAS da editora AfroReggae nasce com o desejo de facilitar

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 22

Transcrição de Entrevista n º 22 Transcrição de Entrevista n º 22 E Entrevistador E22 Entrevistado 22 Sexo Masculino Idade 50 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos.

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos. Contos Místicos 1 Contos luca mac doiss Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12 Prefácio A história: esta história foi contada por um velho pescador de Mongaguá conhecido como vô Erson. A origem:

Leia mais

2014 Agosto Ed. 15 1

2014 Agosto Ed. 15 1 2014 Agosto Ed. 15 1 2 2014 Agosto Ed. 15 Editorial Caros assinantes, Como sinalizamos na edição de julho, esta edição fala sobre Felicidade. Começar a construir uma edição abordando um tema tão profundo

Leia mais

Bons empregos e cosmopolitismo atraem brasileiros a Dubai

Bons empregos e cosmopolitismo atraem brasileiros a Dubai Bons empregos e cosmopolitismo atraem brasileiros a Dubai Emirado permite ter padrão de vida semelhante ao da classe alta do Brasil. Estrangeiros vão a festas 'ocidentalizadas' e pouco interagem com locais.

Leia mais

E X P E D I E N T E. GIV Grupo de Incentivo à Vida Rua Capitão Cavalcanti, 145 Vila Mariana São Paulo Fone: 5084-0255 giv@giv.org.br www.giv.org.

E X P E D I E N T E. GIV Grupo de Incentivo à Vida Rua Capitão Cavalcanti, 145 Vila Mariana São Paulo Fone: 5084-0255 giv@giv.org.br www.giv.org. 1 2 E X P E D I E N T E GIV Grupo de Incentivo à Vida Rua Capitão Cavalcanti, 145 Vila Mariana São Paulo Fone: 5084-0255 giv@giv.org.br www.giv.org.br Diretoria: Gilvane Casimiro Edson Arata Luiz Donizete

Leia mais

As coisas estavam indo bastante bem. Na verdade, eu diria que uma onda de paradas maneiras vinha rolando há uns seis meses. Por exemplo: mamãe se

As coisas estavam indo bastante bem. Na verdade, eu diria que uma onda de paradas maneiras vinha rolando há uns seis meses. Por exemplo: mamãe se 1 As coisas estavam indo bastante bem. Na verdade, eu diria que uma onda de paradas maneiras vinha rolando há uns seis meses. Por exemplo: mamãe se livrou do Steve, o namorado escroto dela. Por exemplo:

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

200 Opportunities to Discover PORTUGUESE. www.second-language-now.com

200 Opportunities to Discover PORTUGUESE. www.second-language-now.com BASIC QUESTIONS 200 Opportunities to Discover PORTUGUESE Basic Questions - Portuguese TABLE OF CONTENTS 1. SABE?...3 2. COMO?...4 3. QUANTO TEMPO?...5 4. QUANTOS?...6 5. QUANTO?...7 6. COM QUE FREQUÊNCIA?...8

Leia mais

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23.

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23. Tema: DEUS CUIDA DE MIM. Texto: Salmos 23:1-6 Introdução: Eu estava pesando, Deus um salmo tão poderoso até quem não está nem ai prá Deus conhece uns dos versículos, mas poderosos da bíblia e o Salmo 23,

Leia mais

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Terça-feira, 11 de março de 2014 Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Nádia Junqueira Goiânia - Dalila tem 15 anos, estuda o 2º ano no Colégio

Leia mais

Oficina de Roteiro - Onda Cidadã

Oficina de Roteiro - Onda Cidadã Oficina de Roteiro - Onda Cidadã ---Pesquisa Todo vídeo necessita de pesquisa para ser produzido. Isto ajuda a organizar as ideias e facilita a produção. Faça a sua própria pesquisa (...) você deve fazer

Leia mais

Apresentação dos convidados e do moderador. Como vai a vida. O que está acontecendo de bom e de ruim.

Apresentação dos convidados e do moderador. Como vai a vida. O que está acontecendo de bom e de ruim. PESQUISA SEGUROS ROTEIRO 1. Abertura da reunião Apresentação dos convidados e do moderador 2. Aquecimento Como vai a vida. O que está acontecendo de bom e de ruim. Está dando para viver? 3. Valores (espontâneo)

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta Copyright Betina Toledo e Thuany Motta Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 MERGULHO FADE IN: CENA 1 PRAIA DIA Fotografia de

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

Keyla Ferrari. Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo. Leon Tolstoi. ilustrado por: Maria Isabel Vaz Guimarães

Keyla Ferrari. Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo. Leon Tolstoi. ilustrado por: Maria Isabel Vaz Guimarães Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo. Leon Tolstoi Keyla Ferrari ilustrado por: Maria Isabel Vaz Guimarães Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto.

Leia mais

15:54:39 - Rodrigo Schwarz : Convidado 'Rodrigo Schwarz' entra na sala. 15:56:27 - Cristovão Tezza : Convidado 'Cristovão Tezza' entra na sala.

15:54:39 - Rodrigo Schwarz : Convidado 'Rodrigo Schwarz' entra na sala. 15:56:27 - Cristovão Tezza : Convidado 'Cristovão Tezza' entra na sala. 15:54:39 - Rodrigo Schwarz : Convidado 'Rodrigo Schwarz' entra na sala. 15:56:26 - ana laura fala para todos: boa tarde 15:56:26 - Bortoli fala para todos: olá 15:56:26 - Flufi fala para todos: boa tarde!

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

PROJETO SOCIOEDUCATIVO EDUCAÇÃO PARA TODA VIDA

PROJETO SOCIOEDUCATIVO EDUCAÇÃO PARA TODA VIDA PROJETO SOCIOEDUCATIVO EDUCAÇÃO PARA TODA VIDA RESUMO O Projeto Educação para Toda Vida visa contribuir para a socialização e a inserção do adolescente no coletivo, bem como desenvolver ações sócio-educativas

Leia mais

De Fernando Prado Registrado junto à Biblioteca do Rio de Janeiro / 2001 DRAMATURGIA 1 - Textos Reunidos

De Fernando Prado Registrado junto à Biblioteca do Rio de Janeiro / 2001 DRAMATURGIA 1 - Textos Reunidos Fragmentos Fragmentos Insólitos Fragmentos Insólitos Insólitos Fragmentos Fragmentos Insólitos Insólitos Fragmentos Insólitos Fragmentos Insólitos De Fernando Prado Registrado junto à Biblioteca do Rio

Leia mais

2015 - ano 06 - nº 14 www.acmsaopaulo.org NESTA EDIÇÃO: :: CONHEÇA O NOVO AMIGUINHO DA TURMA: ZÉ NOTINHA! :: KIDS RUN: CORRIDA PARA CRIANÇAS.

2015 - ano 06 - nº 14 www.acmsaopaulo.org NESTA EDIÇÃO: :: CONHEÇA O NOVO AMIGUINHO DA TURMA: ZÉ NOTINHA! :: KIDS RUN: CORRIDA PARA CRIANÇAS. 2015 - ano 06 - nº 14 www.acmsaopaulo.org NESTA EDIÇÃO: :: CONHEÇA O NOVO AMIGUINHO DA TURMA: ZÉ NOTINHA! :: KIDS RUN: CORRIDA PARA CRIANÇAS. OLÁ! VOU APRESENTAR A VOCÊ NOSSO MAIS NOVO AMIGUINHO: O ZÉ

Leia mais