Transcrição da Entrevista

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Transcrição da Entrevista"

Transcrição

1 Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Igor Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 05 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista: 13min. 47seg. COR PRETA - Relatos do Entrevistado COR VERDE - Comentários da Entrevistadora Estou aqui com o Ícaro. Ícaro você tem quantos anos? Treze anos. 1. O que a Dança significa para vc? A Dança é expressada como uma arte para mostrar para as pessoas como a gente pensa, como a gente dança, como a gente vive o dia a dia. E a Dança representa quem eu sou, o que gosto, é a minha marca na vida, entende? Eu sempre dancei desde pequeno, sempre gostei e quando eu entrei aqui foi maravilhoso. Porque ela me dá conhecimento, formação e me sinto muito bem com ela, consegui até perder a minha timidez e isso me deu mais sensação de liberdade. A Minha mãe... Pode falar. Não... Sua mãe te incentivou? Minha mãe sim, incentivou bastante disse que os homens também podem dançar. Ai resolvi encarar e começar a dançar, mesmo sabendo que meus amigos iriam gozar comigo. 1

2 2. Você percebe se a dança ajudou a modificar a sua vida de alguma forma? Ajudou sim, muita coisa. Antes eu não tinha nada para fazer porque minha escola era de 7:15 às 11:45 e depois não tinha nada para fazer. Os professores não passavam dever de casa. A minha amiga depois me mostrou o Núcleo e aí eu comecei a fazer dança. A Dança ajudou-me a ocupar esse tempo livre.e com o tempo ela me ajudou comigo mesmo e a me relacionar melhor com meus amigos, foi ai que fiquei muito amigo, para todas as horas, sabe? Meus amigos sabem que podem contar comigo e eu com eles. Então na dança somos todos amigos e ajudamos uns aos outros, trabalhamos com uma grande equipe, assim aprendemos a ter solidariedade, a trabalhar com tranquilidade, respeito, tudo muito bom mesmo. So coisas positivas na dança. 3.Dançar transformou alguma coisa no corpo de você desde quando você começou a dançar? Para mim não. Porque eu sempre dancei, dancei desde que eu nasci... desde o primeiro ano que eu vim até agora eu não paro de dançar. Para mim não mudou nada... eu sempre fui magrinho assim desse jeito e sempre tive flexibilidade para dançar e tudo mais. E também, consegui trabalhar meus sentimentos na dança, consigo perceber que danço com muita emoção, tenho muitas vezes vontade de chorar porque chego aqui chateado por outros motivos e na hora de dançar fico emocionado, mas não é ruim não, é bom porque eu entro aqui triste e saio alegre. Ah, também fiquei mais flexível com as aulas e com mais coordenação nos movimentos, mas foi tudo com o treino. 4.Dançar trás sensações de melhor convivência com as pessoas que frequentam o Núcleo de Arte? Sim traz muito! Sinto bem estar, alegria de estar ao lado dos meus amigos. Eu ajudo meu parceiro a dançar melhor, a superar suas dificuldades na hora de fazer um movimento mais difícil. E a gente sabe mais e consegue ajudar um ao outro. 5.Você acha que a experiência de dançar possibilitou em você novas formas de sentir e expressar seus sentimentos e emoções? Sim como eu disse quando estamos dançando a música vai nos levando e a emoção vai fluindo, vou conseguindo sentir as emoções no meu corpo. E com ela ficamos mais sensíveis porque tem pessoas que não são assim, eu sou. Também, me sinto muito feliz aqui no núcleo, gosto de vim para cá e ficar com meus amigos e amigas, dançar 2

3 com eles, tudo isso me faz sentir alegre e cada vez mais apaixonado pela Dança, foi amor a primeira vista. 6. Em relação em casa? Você acha que mudou alguma coisa o fato de você dançar aqui no Núcleo de Arte? E influenciou no relacionamento em casa com os parentes? Sim, todo mundo mudou na minha família, me apoia meu jeito de dançar, às vezes minha tia leva para me conhecer e eu dou aula para eles (risos) para os amigos da minha tia para eles aprenderem a dançar melhor e isso me motivou muito. 7.Você acha que dançar pode ser um caminho para as pessoas serem valorizadas na sociedade, serem reconhecidas? A dança pode trazer isso? Uma profissão, uma valorização... Puxa, aquele bailarino dança muito! Você acha que pode ser o caminho? Sim, com certeza! As pessoas estão olhando para a gente, vendo o novo crescimento e assim elas começam a olhar pra gente de outra forma porque aprendemos algo na dança. 8.O Núcleo de Arte é importante para você? Por quê? Dê exemplos de algumas experiências que foram muito importantes para o seu crescimento aqui dentro. Sim. Porque antes eu tentava procurar academias de dança e não achava, não tinha nenhuma livre ou também era muito cara e eu não conseguia pagar, aí eu consegui achar aqui o Núcleo e comecei a dançar, gostei e frequento até hoje. Aqui consegui consegui desenvolver o meu ritmo, minha coordenação, meu equilibrio, a suavidade nos movjmentos e a força também. A dança me deu conhecimento porque assistimos filmes e ballet do mundo todo aqui, e estamos sempre aprendendo passos novos, tudo isto está sendo importante para mim. 9. O que significa esse espaço para você? Dançar aqui no Núcleo de Arte? Ah é muito bom... a professora me incentiva a dançar mais...até eu crescer e dar aula como ela...dar aula de professora e eu também quero ser professor de dança também. 10. Você acha que dançando você pode melhorar a convivência na sociedade? A Sociedade está incluída: escola, a igreja, os amigos do bairro onde vocês moram... Então você acha que melhora? Você vem aqui, você dançam e a dança pode transformar você e você vive na proposta... Você acha que melhora essa convivência sim ou não? 3

4 A gente vai para outros lugares dançar... as pessoas veem como a gente dança, fazemos amizade e muitas vezes, as pessoas tentam conhecer o local para também dançar com a gente. É muito bom! 11. O Núcleo de Arte é considerado um local que você consegue se modificar? Ou seja vê nele novas possibilidades de desenvolvimento artístico e profissional? De que forma? Sim, porque quando a gente vai dançando o ritmo vai envolvendo, e aí você vê que você conseguiu e aí você quer aprender mais e mais e aí você vai conseguindo e quer aprender mais e mais ainda... e aí vai... E vai sempre evoluindo ganhando capacidade de desenvolver o que você não conseguia fazer... você queria abrir o spacatto, mas você não conseguia e aí quando você vai treinando e treinando você vai e conseguiu...ou conseguiu mais do que você conseguia agora. 12. Você acha que a comunidade, comunidade que moram por aqui ou comunidade onde você mora, ou bairro onde você mora. Eles participam dos eventos aqui do Núcleo, vem assistir quando você vai dançar lá fora... eles vem sempre? Sim. Eu tento chamar as pessoas que eu conheço para assistir as minhas apresentações e dos meus amigos a dançar e também para motivar a virem aqui dançarem com a gente. 13. Você percebe se a escola poderia ser mais entrosada com o Núcleo de Arte? O que você acha que falta para melhorar essa ligação entre elas? Não percebo essa integração da esola com o núcleo, mas poderiam fazer os eventos juntos porque iria ficar até mais legal. 14. Vamos falar agora a respeito da sua professora de dança. Você acha que a sua professora de dança tem um papel importante para o seu crescimento artístico e pessoal. Sim ela ajudou muito, tinha movimentos que eu não conseguia fazer e ela Ígor é desse jeito, e ela pedia todo mundo para prestar atenção como que era, quando tinha pessoas errando e ela mostrava direitinho como que era. Para mim ela é muito bondosa, ela ensina bem, ensina bem porque ela sabe dançar bem. 15. O que de mais importante você aprendeu nas aulas de dança? Varias coisas como: as emoções, aprender a valorizar a dança, ter vários amigos, quanto mais pessoas chegarem aqui no Núcleo mais amigos a gente vai ter e vai ser muito melhor para as apresentações de dança. 4

5 16. O que menos vocês gosta nas aulas de dança? Pode ser em ralação a aula ou em exercícios da aula, atividades da própria dança em si ou pode ser em relação as pessoas que estão fazendo aula com você. O que você menos gosta aqui dentro? Eu não gosto porque a gente fica chamando a atenção dessa pessoa e ela não está nem ligando... eu falo Dança, dança aí ela tenta dançar e aí se ela errar uma coisa ela vai sentar no lugar e vai ficar olhando pra gente, desiste e no outro dia ela não vem mais. Muito obrigada! 5

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Fabrício Local: Núcleo de Arte do Neblon Data: 26.11.2013 Horário: 14h30 Duração da entrevista: 20min COR PRETA

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde PERGUNTAS METALINGUÍSTICAS Doc.: J. quais são as línguas que você fala " Inf.: eu " (+) inglês né falo

Leia mais

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe Coração de Mãe Coração De Mãe Página 1 Coração De Mãe 1º Edição Agosto de 2013 Página 2 Coração De Mãe 1º Edição È proibida à reprodução total ou parcial desta obra, por Qualquer meio e para qualquer fim

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex Praticante Danilo Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14 h Duração da entrevista: 1h. COR PRETA

Leia mais

Anexo 2.2- Entrevista G1.2

Anexo 2.2- Entrevista G1.2 Entrevistado: E1.2 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 53 anos Masculino Cabo-Verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: 4ª classe Imigrações prévias : -- Língua materna: Outras línguas: Agregado

Leia mais

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 Integração entre Serviços e Benefícios VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 A desproteção e a vulnerabilidade são multidimensionais

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 73 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

P/1 E qual a data do seu nascimento? Eu te ajudo. Já te ajudo. Dia 30 de março de 1984.

P/1 E qual a data do seu nascimento? Eu te ajudo. Já te ajudo. Dia 30 de março de 1984. museudapessoa.net P/1 Então, vamos lá. Eu queria que você me falasse seu nome completo. R Meu nome é Karen Fisher. P/1 E onde você nasceu, Karen? R Eu nasci aqui no Rio, Rio de Janeiro. P/1 Na cidade mesmo?

Leia mais

FICHA SOCIAL Nº 123 INFORMANTE: SEXO: IDADE: ESCOLARIZAÇÃO: LOCALIDADE: PROFISSÃO: DOCUMENTADORA: TRANSCRITORA: DIGITADORA: DURAÇÃO:

FICHA SOCIAL Nº 123 INFORMANTE: SEXO: IDADE: ESCOLARIZAÇÃO: LOCALIDADE: PROFISSÃO: DOCUMENTADORA: TRANSCRITORA: DIGITADORA: DURAÇÃO: FICHA SOCIAL Nº 123 INFORMANTE: M.A.M.B. SEXO: Masculino IDADE: 27 anos - Faixa II ESCOLARIZAÇÃO: 9 a 11 anos (2º grau incompleto) LOCALIDADE: Batateira - Zona Urbana PROFISSÃO: Comerciante DOCUMENTADORA:

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Mini Curso Parte I As Forças que controlam a sua vida Página 2 de 6 Como te falei, essa é a primeira etapa do mini-curso Superando

Leia mais

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pastor Rodrigo Moraes Igreja Nova Aliança Ministério Atraindo Vidas Para Deus - AVD 2015 Prefácio Esta é uma obra com o intuito de mostrar com

Leia mais

Script de Ligação Ativa. Saiba como ligar para os seus contatos e gerar agendamentos para realizar uma apresentação de negócio.

Script de Ligação Ativa. Saiba como ligar para os seus contatos e gerar agendamentos para realizar uma apresentação de negócio. Script de Ligação Ativa. Saiba como ligar para os seus contatos e gerar agendamentos para realizar uma apresentação de negócio. Script de Ligação ativa. Temas. Como ligar para os seus amigos?. Como ligar

Leia mais

Identificação. F03 Duração da entrevista 18:12 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1974 (36) Local de nascimento/residência

Identificação. F03 Duração da entrevista 18:12 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1974 (36) Local de nascimento/residência 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Identificação F03 Duração da entrevista 18:12 Data da entrevista 4-5-2011 Ano de nascimento (Idade) 1974 (36) Local de

Leia mais

29/03/2006. Discurso do Presidente da República

29/03/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na visita às futuras instalações do campus da Universidade Federal do Estado de São Paulo Guarulhos-SP, 29 de março de 2006 Meus queridos e minhas queridas companheiras da

Leia mais

Pesquisa. Setembro 2014

Pesquisa. Setembro 2014 Pesquisa Setembro 2014 Perfil Quem é o nosso time? 66% está conosco há mais de 1 ano 69% são casadas 68% tem Filhos, 42% desses adolescentes Média de Idade 32 anos (20 a 56) 93% são mulheres 61% cursando

Leia mais

Dimensões. Institucionalização. Entrevistado

Dimensões. Institucionalização. Entrevistado Dimensões Institucionalização Entrevistado F 2 Imagem sobre a velhice Entristece-me muito chegar aqui e olhar para determinados idosos que estão aqui, venho cá três vezes por semana no mínimo e nunca vejo

Leia mais

Como Ajudar o Mundo?

Como Ajudar o Mundo? Como Ajudar o Mundo? Todos dizem como salvar o mundo, mas será mesmo que fazem o que falam? André tem 8 anos. Certo dia estava em uma aula de ciências e sua professora disse que o mundo está sofrendo com

Leia mais

Os vinhateiros. Referência Bíblica: Mateus

Os vinhateiros. Referência Bíblica: Mateus Os vinhateiros Referência Bíblica: Mateus 20. 1-16 Introdução: O que é de fato o Reino de Deus começa Jesus a explicar, circundado por muita gente que o escuta atentamente... Um senhor era dono de uma

Leia mais

EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan

EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan (Entra um jovem em cena e se depara com um cartaz da campanha da fraternidade (2015). O jovem lê o lema em voz alta): JOVEM: (Lendo) Eu vim para servir! JOVEM:

Leia mais

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA?

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (VC): HUAHSUASHUAHSUAHSUA SEI LÁ (EU): ENTENDO TUDO NO REAL TA DESABANDO

Leia mais

Roteiro: Kelson s, O lugar onde vivo.

Roteiro: Kelson s, O lugar onde vivo. Roteiro: Kelson s, O lugar onde vivo. SINOPSE: Kelson s : O Lugar onde Vivo Relato de quatro meninos de uma comunidade de baixa renda do Rio de Janeiro, falando a um entrevistador, do lugar onde vivem.

Leia mais

Anexo 2.8- Entrevista G2.3

Anexo 2.8- Entrevista G2.3 Entrevista G2.3 Entrevistado: E2.3 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência e 45 anos Masculino Ucrânia 14 anos m Portugal: Escolaridade: Imigrações prévias: Ensino superior Polónia Língua materna:

Leia mais

Pesquisa de opinião Você está satisfeito com a sua vida conjugal?

Pesquisa de opinião Você está satisfeito com a sua vida conjugal? Outubro, 2016 Pesquisa de opinião Você está satisfeito com a sua vida conjugal? Outubro, 2016 Introdução O Instituto do Casal realizou uma pesquisa online com 510 pessoas, entre homens e mulheres, entre

Leia mais

Do Vácuo ao Encontro

Do Vácuo ao Encontro Do Vácuo ao Encontro INTRODUÇÃO Todos nós homens já passamos por situações constrangedoras de puxar conversa com uma bela mulher e não obtemos nada além de um Belo de um vácuo, eu mesmo já passei por isso.

Leia mais

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela anoitecer 1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela chamado pio,bom o cara e legal mas tem um

Leia mais

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda IDENTIFICAÇÃO Nome: Cidade: Estado: País: Formação: Profissão: Local de Trabalho: Local de Estudo: Contatos: Santa Maria RS Brasil Mestrado

Leia mais

O SMURF REPORTER. Os smu em fo

O SMURF REPORTER. Os smu em fo O SMURF REPORTER Os smurfs em foco Os smurfs em foco Os smurfs em foco Os smu em fo Tradução de Alexandre Boide Roteiro: Luc Parthoens e Thierry Culliford Arte: Ludo Borecki a1 Cores: Nine Culliford e

Leia mais

ANEXOS PUC-Rio - Certificação Digital Nº /CA

ANEXOS PUC-Rio - Certificação Digital Nº /CA ANEXOS 33+ ROTEIRO DAS PALESTRAS Situações determinantes do psiquismo humano: história mítica (situações anteriores à concepção e ao nascimento de uma criança), projeção do futuro da criança. primeiro

Leia mais

como diz a frase: nois é grossa mas no fundo é um amor sempre é assim em cima da hora a pessoa muda numa hora ela fica com raiva, triste, feliz etc.

como diz a frase: nois é grossa mas no fundo é um amor sempre é assim em cima da hora a pessoa muda numa hora ela fica com raiva, triste, feliz etc. SEGUIR EM FRENTE seguir sempre em frente, nunca desistir dos seus sonhos todos nós temos seu nivel ou seja todos nós temos seu ponto fraco e siga nunca desistir e tentar até voce conseguir seu sonho se

Leia mais

www.afiliadocurioso.com Este e-book pode ser compartilhado, porém, não pode ser editado. Direitos autoriais para: Fernando Martins da Silva Pode me chamar de Nando Olá, meu nome é Nando Silva. Não sou

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

João Pedro Pinto Moreira 4º Ano EB1 Azenha Nova. A Pequena Diferença

João Pedro Pinto Moreira 4º Ano EB1 Azenha Nova. A Pequena Diferença João Pedro Pinto Moreira 4º Ano EB1 Azenha Nova A Pequena Diferença Era uma vez um menino chamado Afonso que nasceu no primeiro dia do ano de 2000. Era uma criança muito desejada por toda a família, era

Leia mais

COMO REALIZAR UMA SESSÃO DE CUIDADOS COM A PELE PERFEITA OBTENDO VENDAS E INÍCIOS

COMO REALIZAR UMA SESSÃO DE CUIDADOS COM A PELE PERFEITA OBTENDO VENDAS E INÍCIOS COMO REALIZAR UMA SESSÃO DE CUIDADOS COM A PELE PERFEITA OBTENDO VENDAS E INÍCIOS Ninguém acorda todos os dias sentindo-se entusiasmado. Entusiasmo é algo que todos nós temos que trabalhar para conquistar.

Leia mais

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Obra Teatral de Carlos José Soares Revisão Literária de Nonata Soares EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Peça de Carlos José Soares Revisão Literária Nonata Soares Personagens: Ricardo

Leia mais

Entrevista de Início. Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo

Entrevista de Início. Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo Entrevista de Início Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay Débora Azevedo Agendei uma entrevista e agora???????? Prepare seu material de maneira organizada, eficaz, objetiva e simples; Esteja

Leia mais

Autoria. Coordenação científica e programática. Ilustração e design. Sónia Costa

Autoria. Coordenação científica e programática. Ilustração e design. Sónia Costa Autoria Sónia Costa Licenciada em Ciências da Educação pela Universidade do Porto sonia.costa@am-live.pt Coordenação científica e programática Sónia Costa Licenciada em Ciências da Educação pela Universidade

Leia mais

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas?

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas? Êta bicho curioso! Oi! Tem uma coisa engraçada acontecendo comigo: estou super curioso sobre tudo. Minha mãe que anda louca comigo pois não paro de perguntar o porquê de tudo...mas olha só quanta coisa

Leia mais

Preparação psicológica e emocional para o vestibular e concursos

Preparação psicológica e emocional para o vestibular e concursos Preparação psicológica e emocional para o vestibular e concursos A familiaridade com a palavra vestibular provavelmente surgiu na sua vida durante o ensino médio e possivelmente se transformou num gerador

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

E-Book - Postura no Altar Parte 3

E-Book - Postura no Altar Parte 3 E-Book - Postura no Altar Parte 3 Postura no Arte Postura dos Bailarinos e Ministros no Altar Parte 3 Esta é a terceira parte do nosso E-book POSTURA NO ALTAR Para quem ainda não baixou a primeira parte

Leia mais

No princípio Deus criou o céu e a terra

No princípio Deus criou o céu e a terra No princípio Deus criou o céu e a terra No início Deus criou céu e terra. Ele sempre pensou em todos nós e impulsionado pelo seu grande amor, Deus quis criar o mundo. Como um pai e uma mãe que preparam

Leia mais

Um anjo de proteção. Seu nome (obrigatório) Seu (obrigatório)

Um anjo de proteção. Seu nome (obrigatório) Seu  (obrigatório) Um anjo de proteção PRECISA DE UMA RESPOSTA URGENTE, UMA LUZ? Conte com a proteção do seu anjo da guarda para trazer uma luz, uma resposta para um problema aflitivo, ou agradecer uma semana boa, uma situação

Leia mais

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Título: Sentimento de Fraternidade

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Título: Sentimento de Fraternidade Plano de Aula 17 Centro Espírita Ismênia de Jesus Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Educadoras: Edma e Priscila Dia: 13/06/2016 Título: Sentimento de Fraternidade

Leia mais

da quando me chama de palito de fósforo e ri de um jeito tão irritante que me deixa louco da vida, com vontade de inventar apelidos horripilantes

da quando me chama de palito de fósforo e ri de um jeito tão irritante que me deixa louco da vida, com vontade de inventar apelidos horripilantes Chiquinho MIOLO 3/8/07 9:34 AM Page 14 Meu nome é Chiquinho Meu pai é alto e magro e se chama Chico. Meu avô é baixo e gordo e se chama Francisco. Eu me chamo Chiquinho e ainda não sei como sou. Já andei

Leia mais

Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a

Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a Sei que estou sendo até pretensioso com este trabalho, mas quero que saibam que estou apenas escrevendo o que está em meu coração quando estou a meditar sobre a Bíblia Sagrada, com Fé, Esperança e Caridade

Leia mais

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola.

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessy Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessi era uma garota linda, tinha a pele escura como o chocolate, seus olhos eram pretos e brilhantes que pareciam duas lindas amoras, seu

Leia mais

AGENDAMENTO DE SESSÃO + URNA

AGENDAMENTO DE SESSÃO + URNA AGENDAMENTO DE SESSÃO + URNA AGRADECER A DEUS MARY KAY SÓ EXISTE POR MEIO DE RELACIONAMENTOS (VENDAS DIRETAS) MARY KAY CONSULTORA CLIENTE NÃO EXISTE INTERMEDIÁRIO! NOSSO TRABALHO É FOCADO NA NECESSIDADE

Leia mais

É Preciso Saber Viver

É Preciso Saber Viver É Preciso Saber Viver Quem espera que a vida Seja feita de ilusão Pode até ficar maluco Ou morrer na solidão É preciso ter cuidado Pra mais tarde não sofrer É preciso saber viver Toda pedra no caminho

Leia mais

29/11/2009. Entrevista do Presidente da República

29/11/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na chegada ao hotel Villa Itália Cascais-Portugal, 29 de novembro de 2009 Jornalista: (incompreensível) Presidente:

Leia mais

Língua Por. ortuguesa. As Vontades

Língua Por. ortuguesa. As Vontades Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: T Data: 10/8/2009 Língua Por ortuguesa As Vontades Eu tenho que achar um lugar pra esconder minhas vontades. Não digo vontade magra, pequenininha, que nem tomar

Leia mais

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Psicografias Julho de 2014 Sumário Rogério Santos Costa... 2 Michele Pereira da Silva... 3 Paulo Soares... 4 Djalma Ferreira... 5 Antenor da

Leia mais

A paz já lá está A paz já lá está, Página 1

A paz já lá está A paz já lá está, Página 1 A paz já lá está! A paz já lá está, Página 1 A minha mensagem é muito, muito simples. Muitas pessoas vêm ouvir-me e sentam-se aí, meio tensas: "O que é que eu vou ouvir?" E eu digo-lhes sempre: "Relaxem."

Leia mais

Não Fale com Estranhos

Não Fale com Estranhos Não Fale com Estranhos Texto por: Aline Santos Sanches PERSONAGENS Cachorro, Gato, Lobo, Professora, Coelho SINOPSE Cachorro e Gato são colegas de classe, mas Gato é arisco e resolve falar com um estranho.

Leia mais

COMBINADOS 2016. O ANO DA ENTREGA.

COMBINADOS 2016. O ANO DA ENTREGA. COMBINADOS 2016. O ANO DA ENTREGA. 2016 É O ANO DA ENTREGA. Temos o melhor time. Disparado! Somos excelentes em sonhos e vamos provar que somos bons também na entrega. Trabalhamos com pessoas de caráter

Leia mais

Emagrecer com saude. Quando eu estava gorda, veja pelas fotos estas são as melhores, as piores deletei.

Emagrecer com saude. Quando eu estava gorda, veja pelas fotos estas são as melhores, as piores deletei. Emagrecer com saude Quando eu estava gorda, veja pelas fotos estas são as melhores, as piores deletei. Bom parei de me pesar quando estava com 79.900 usava calças 48 já apertada demais que a maioria rasgou

Leia mais

Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs!

Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs! Era só um sonho. Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs! Já estava com muita saudades! No dia em que poderia ir em um show, aconteceu

Leia mais

1. NOME. 2. Tem APELIDO? Não ( ) Sim( ) Como gosta de ser chamado? 4. NACIONALIDADE Natural de 5. MASCULINO FEMININO ALTURA (cm) PESO

1. NOME. 2. Tem APELIDO? Não ( ) Sim( ) Como gosta de ser chamado? 4. NACIONALIDADE Natural de 5. MASCULINO FEMININO ALTURA (cm) PESO Formulário Informativo Dermacamp 2016 Data do acampamento( dia/mês/ano): 08 a 11 de Dezembro de 2016 Idade para participar do acampamento : 8 a 13 anos ( na época do acampamento ) Por favor, usar letra

Leia mais

Uma Aflição Imperial.

Uma Aflição Imperial. Uma Aflição Imperial. Amanda Silva C. Prefácio Uma aflição Imperial conta a história de uma garota chamada Anna que é diagnosticada com tipo raro de câncer leucemia sua mãe é paisagista e tem apenas um

Leia mais

Sejam Bem-Vindos! Mary Kay Ash

Sejam Bem-Vindos! Mary Kay Ash Sejam Bem-Vindos! Vislumbrei uma companhia na qual qualquer mulher poderia ter tanto sucesso quanto desejasse. As portas estariam abertas às oportunidades para as mulheres que estiverem dispostas a pagar

Leia mais

QUANDO EU TINHA VOCÊ!

QUANDO EU TINHA VOCÊ! QUANDO EU TINHA VOCÊ! Local: Salvador(BA) Data: 02/02/1997 Estúdio:24/12/10 Estilo:Forró arrastapé Tom: C//(Dó sustenido) QUANDO EU TINHA VOCÊ A VIDA ERA TÃO BOA HOJE QUE TE PERDI VIVO COMO UM À TOA. VOCÊ

Leia mais

WHOQOL-100 Versão em português ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA

WHOQOL-100 Versão em português ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA WHOQOL-100 Versão em português ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA Coordenação do Grupo WHOQOL no Brasil Dr. Marcelo Pio de Almeida Fleck Departamento de Psiquiatria e Medicina

Leia mais

Quando temos pessoas especiais temos também momentos especiais. E essas pessoas especiais foram ótimas para mim nesse ano de 2011.

Quando temos pessoas especiais temos também momentos especiais. E essas pessoas especiais foram ótimas para mim nesse ano de 2011. Quando temos pessoas especiais temos também momentos especiais. E essas pessoas especiais foram ótimas para mim nesse ano de 2011. Pessoas que marcaram minha vida de modo SIMPLES ou de modo ESPETACULAR.

Leia mais

MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas.

MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas. DIÁLOGOS: 00.01.32 MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez. 00.02.02 JOANA-Não precisa mais tirar as cartas. 00.02.03 MADAME SILMARA - Não? 00.02.04 JOANA -Não. A senhora

Leia mais

) ) .,. MEB- 50 ANOS ";.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA! " MARIA ALICE ~ )

) ) .,. MEB- 50 ANOS ;.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA!  MARIA ALICE ~ ) ) 1 ) ) ).,. I ) I MEB- 50 ANOS ";.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA! " MARIA ALICE ) ) ~ ) ( ' A MUSICA DA CAMPANHA DAS ESCOLAS RADIOFONICAS LEVANTO JUNTO COM O SOL

Leia mais

Maria Luiza Braga (UFRJ)

Maria Luiza Braga (UFRJ) Entrevista Maria Luiza Braga (UFRJ) André Felipe Cunha Vieira Gostaria( de( começar( esta( entrevista( agradecendo( por( você( aceitar( nosso( convite(e(nos(receber(em(sua(casa.(ler(seu(currículo(lattes(é(um(exercício(de(

Leia mais

passos para você e ensaiar suas Mágicas!

passos para você e ensaiar suas Mágicas! Os 10 praticar passos para você e ensaiar suas Mágicas! Passo-a-passo E se tornar um EXPERT Aumente sua con ança em até 100% E mais 3 passos exclusivos! Siga os 10 passos e que preparado para fazer suas

Leia mais

O DESAFIO RADICAL dessa semana será de oração. Veja o anexo da meditação e ajude a criança a cumprir cada etapa em cada dia.

O DESAFIO RADICAL dessa semana será de oração. Veja o anexo da meditação e ajude a criança a cumprir cada etapa em cada dia. 4 CRIANÇAS até 5 anos Nome: Ministério: INFORMAÇÕES 1) Fazer as meditações diariamente até o término do Sonho de Natal; 2) Memorizar (após decorar os versículos, a criança deve falar o versículo só de

Leia mais

Amor & Sociologia Cultural - Oswaldo Montenegro & Raul Seixas

Amor & Sociologia Cultural - Oswaldo Montenegro & Raul Seixas Page 1 of 6 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Sociologia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Amor & Sociologia

Leia mais

Dois palhaços de nome Fraterninho e Caridoso, entram em cena procurando algo, um de costas para o outro. Ao se tocarem, ambos se assustam

Dois palhaços de nome Fraterninho e Caridoso, entram em cena procurando algo, um de costas para o outro. Ao se tocarem, ambos se assustam PEÇA ESPÍRITA : Confusão de Natal Grupo de Teatro Espírita Sentimento do 20º CRE DA USEERJ Autores : Sidney Pinto Guedes Margareth Silva Rocha Cavalcante Autor Espiritual : Odilon Silva, psicografado por

Leia mais

O Homem De Mil Anos. Natael Noé Santana

O Homem De Mil Anos. Natael Noé Santana O Homem De Mil Anos Natael Noé Santana Sorocaba SP 2014 ISBN: Capa: Natael Noé Santana 2 Agradecimentos Agradeço primeiramente a Deus, a minha Família, a minha Esposa e a todos que apoiaram meu trabalho.

Leia mais

"Contabilidade em conexão com a prosperidade"

Contabilidade em conexão com a prosperidade "Contabilidade em conexão com a prosperidade" Contatos: Youtube.com/MarcelinoFernandesCoronel E-mail: professormarcelino@hotmail.com Perfil: fb.com/profmarcelino88 Fanpage: fb.com/profmarcelino instagram.com/profmarcelino

Leia mais

Reunião de Unidade Treinamento de Agendamento

Reunião de Unidade Treinamento de Agendamento Reunião de Unidade Treinamento de Agendamento 29.Março.2016 Terça-feira 19h00 as 20h30 - Treinamento Rua Salles De Oliveira, 1794 Vila Industrial (Próximo a Faculdade Metrocamp) #equilíbriodeprioridades

Leia mais

Reportório de Janeiras do Grupo Coral Paroquial Letras: Henriqueta Santos / Maria do Carmo Lomba

Reportório de Janeiras do Grupo Coral Paroquial Letras: Henriqueta Santos / Maria do Carmo Lomba Reportório de Janeiras do Grupo Coral Paroquial Letras: Henriqueta Santos / Maria do Carmo Lomba "Vimos Cantar as Janeiras" Música: "mãe querida, mãe querida" Feliz de quem, Nos quer ouvir, P'ra começar

Leia mais

IMAGINÁRIO DO ESPELHO: espelho, espelho meu, sou eu?

IMAGINÁRIO DO ESPELHO: espelho, espelho meu, sou eu? IMAGINÁRIO DO ESPELHO: espelho, espelho meu, sou eu? Ionice da Silva Debus 1 Profª. Drª. Valeska Fortes de Oliveira 2 Este texto foi desenvolvido para a disciplina Imaginário e Narrativas de Formação do

Leia mais

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Renata Ohlson Heinzelmann Bosse

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Renata Ohlson Heinzelmann Bosse EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda IDENTIFICAÇÃO Nome: Cidade: Estado: País: Formação: Profissão: Local de Trabalho: Local de Estudo: Contatos: Porto Alegre RS Brasil Mestra em

Leia mais

CIPLE CERTIFICADO INICIAL DE PORTUGUÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA

CIPLE CERTIFICADO INICIAL DE PORTUGUÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA CIPLE CERTIFICADO INICIAL DE PORTUGUÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA COMPREENSÃO DA LEITURA PRODUÇÃO E INTERAÇÃO ESCRITAS INFORMAÇÕES E INSTRUÇÕES PARA OS CANDIDATOS Esta componente tem a duração de 1 hora e 15 minutos.

Leia mais

Cantando na Horta. Paródias selecionadas na primeira etapa do concurso de paródias do Projeto Horta Vida e Saúde na Escola 5º ANO

Cantando na Horta. Paródias selecionadas na primeira etapa do concurso de paródias do Projeto Horta Vida e Saúde na Escola 5º ANO Cantando na Horta Paródias selecionadas na primeira etapa do concurso de paródias do Projeto Horta Vida e Saúde na Escola 5º ANO Alunos Autores da Paródia: Adelmo Reisdörfer Júnior André Eugenio Covalchuk

Leia mais

01/09/2009. Entrevista do Presidente da República

01/09/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de encerramento do 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA) Vitória-ES, 1º de setembro de 2009

Leia mais

Simpatia afasta pobreza e miséria

Simpatia afasta pobreza e miséria Simpatia afasta pobreza e miséria Esta é muito forte mas precisa de muita atenção antes de começar a se envolver com esta simpatia. Ela promete resultados rápidos e muita gente garante que funciona rapidinho

Leia mais

GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE RH

GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE RH INDICE INÍCIO DA ENTREVISTA... ROTEIRO DE ENTREVISTAS PARA TODOS OS TIPOS DE CARGO... ROTEIRO DE ENTREVISTAS PARA O NÍVEL DE GESTÃO... FINAL DA ENTREVISTA... 03 04 05 06 RECRUTAMENTO & SELEÇÃO Srs. Gestores,

Leia mais

O MUNDO QUE DEUS SONHOU PARA MIM E MINHA FAMÍLIA

O MUNDO QUE DEUS SONHOU PARA MIM E MINHA FAMÍLIA Estudante: Ano: 6º Turma: Educador: Wagner Melo C. Curricular: Educação Religiosa O MUNDO QUE DEUS SONHOU PARA MIM E MINHA FAMÍLIA Deus nos criou para convivermos com outras pessoas e sermos felizes. A

Leia mais

Avalie o seu perfil empreendedor

Avalie o seu perfil empreendedor Notícias Idegi n⁰6 Avalie o seu perfil empreendedor Você possui perfil empreendedor? O próprio negócio é o desejo de muitos profissionais, independente da faixa etária. Obter a independência profissional,

Leia mais

Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital

Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital 1 2 Por Tiago Bastos Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital Por Tiago Bastos Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa Seu Primeiro Negócio Digital" não pode fazer garantias sobre

Leia mais

Bianca Rocha de Martino ALGUNS DOS MEUS DIAS. Ilustrado por Bianca Rocha de Martino

Bianca Rocha de Martino ALGUNS DOS MEUS DIAS. Ilustrado por Bianca Rocha de Martino Bianca Rocha de Martino ALGUNS DOS MEUS DIAS Ilustrado por Bianca Rocha de Martino 1 FICHA TÉCNICA Martino, Bianca Rocha de Alguns dos meus dias / [texto e ilustrações] Bianca Rocha de Martino. 1. Literatura

Leia mais

Pegada nas Escolas - LIXO - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: LIXO

Pegada nas Escolas - LIXO - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: LIXO Pegada nas Escolas - LIXO - 1 PROPOSTAS PARA A ESCOLA: LIXO Nessa fase vamos colocar a mão na massa para criar um conjunto de soluções que permitam reduzir a Pegada Ecológica e de Carbono* na Escola. Para

Leia mais

A MULHER VESTIDA DE PRETO

A MULHER VESTIDA DE PRETO A MULHER VESTIDA DE PRETO Uma Mulher abre as portas do seu coração em busca de uma nova vida que possa lhe dar todas as oportunidades, inclusive de ajudar a família. Ela encontra nesse caminho a realização

Leia mais

Indíce. Indice... 1. 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4

Indíce. Indice... 1. 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4 Indíce Sumário Indice... 1 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4 2) Gerar relacionamento / lista de emails... 5 Exemplo... 6 3)Faça a oferta... 7 Exemplo...

Leia mais

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA A DO CEMITÉRIO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS RUA: ALAMEDA PEDRO II N 718 VENDA DA CRUZ SÃO GONÇALO E-MAIL: jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.PRAÇA.DIA Praça

Leia mais

SOE - Serviço de Orientação Educacional

SOE - Serviço de Orientação Educacional SOE - Serviço de Orientação Educacional Projeto Aprendendo a Ser para Aprender a Conviver Tema: Amizade e Conflito 3º AT Marise Miranda Gomes - Orientadora Educacional - Psicopedagoga Clínica e Institucional

Leia mais

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las.

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las. FICHA DA SEMANA 5º ANO A e B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

CURSO DE SUPERVISORES

CURSO DE SUPERVISORES 2016 CURSO DE SUPERVISORES [Com Ferramentas de Coaching] AULA 3 Bruno Monteiro INSTITUTO LIDERANÇA DE SUCESSO AAULA 3 APRENDENDO A ENCORAJAR OS LIDERADOSR O supervisor precisa saber encorajar os seus liderados

Leia mais

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho.

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. ÍTULO 1 Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. Julinho sussurrou. Vou pensar no teu caso respondi -lhe,

Leia mais

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República Palavras do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na Escola Municipal de Rio Largo, durante encontro para tratar das providências sobre as enchentes Rio Largo - AL, 24 de junho de 2010 Bem,

Leia mais

Solidão... esse sentimento que pode te jogar no caos da depressão, torná-lo um gênio ou levá-lo à loucura.

Solidão... esse sentimento que pode te jogar no caos da depressão, torná-lo um gênio ou levá-lo à loucura. SOLIDÃO E SOLITUDE Solidão... esse sentimento que pode te jogar no caos da depressão, torná-lo um gênio ou levá-lo à loucura. Muitas vezes você quer a fusão de almas, mas não consegue porque, por uma razão

Leia mais

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso?

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? Todo mundo vai à festa da Giovanna MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? SEU LOCUTOR É claro, Dona Made! Que bom! A senhora é muito

Leia mais

FILHO 1: Ô mãe! Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato?

FILHO 1: Ô mãe! Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato? Onde está o meu sapato? CENA I LOCUTOR: Apresentamos uma família qualquer, com mãe, pai, filhos, tia e avó. Todos morando em uma casa simples. A família com seus mais diversos membros deve ser uma semente plantada com atenção,

Leia mais

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008 Universal Entrada 2008 Programa Programa - Manual do Aplicador Teste Universal - 2008 Teste Cognitivo Leitura/Escrita e Matemática Caro alfabetizador(a): Se você está recebendo este material, é porque

Leia mais

Detalhamento da Pesquisa

Detalhamento da Pesquisa Projeto Voluntariado Brasil 2011 Job 11/0274 09/12/2011 Detalhamento da Pesquisa Contexto: Estudo geral: Estudo específico: Contribuir com a produção de conhecimento em 2001+10, marcando os 10 anos do

Leia mais