Projeto 1000 no Enem. Conclusão. Bruna Camargo (67) (Aulas particulares)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto 1000 no Enem. Conclusão. Bruna Camargo (67) (Aulas particulares)"

Transcrição

1 Projeto 1000 no Enem Conclusão

2 OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: Nas dissertações, a conclusão é a parte final que condensa os pontos centrais da discussão, inclusive o posicionamento apresentado na tese. A conclusão deve ser sucinta, conter apenas 01 parágrafo e deve retomar a ideia principal, desenvolvida no texto, de forma convincente Antes de usá-las, analise bem o tema e saiba o que escrever, para que a expressão inicial não fique solta dentro do contexto. Parágrafo de 4 a 6 linhas. Evite gerundismo, repetição de palavras. Não finalize o texto com reticências. Não se esqueça da proposta de intervenção.

3 RETOMADA DA TESE É importante que, ao terminar a leitura, o leitor tenha total clareza quanto à tese defendida no texto. Por isso, o autor de uma dissertação não pode perder essa última possibilidade de reforçar seu posicionamento no parágrafo final. Para isso, é preciso que o conteúdo retomado na conclusão - seja apenas da tese ou de parte da análise - esteja em total coerência com o que foi escrito nas partes anteriores da redação, pois só assim se consegue a reafirmação de uma verdade. Mas atenção: o que deve ser retomado é apenas a essência do que já foi mostrado, evitando-se a mera repetição de frases e vocabulário.

4 PERSPECTIVAS FUTURAS Durante a análise do tema, principalmente quando este tratar de uma situação problemática atual, a dissertação pode se basear em dados passados e presentes, identificando causas, fazendo um paralelo histórico, comparações. Isso feito, abre-se espaço para o olhar futuro em relação ao problema. É a hora de traçar perspectivas futuras, que podem envolver uma proposta de solução ou apenas uma projeção hipotética do que deverá acontecer, considerando-se determinados contextos. Em ambos os casos, o autor precisa basear-se nos conteúdos já analisados. Não é possível apresentar propostas de solução para problemas que não foram discutidos ou perspectiva futura que não esteja embasada em dados presentes.

5 PROPOSTAS DE ENFRENTAMENTO DO PROBLEMA Quanto às propostas de solução, elas não devem ser "utópicas", ou seja, não dá para propor que os países desenvolvidos simplesmente aceitem dividir suas riquezas com os países pobres para acabar com a miséria no mundo. Também não se devem apresentar propostas genéricas demais ou típicas do senso comum, como dizer que o governo precisa "fazer alguma coisa" ou que as pessoas "precisam se conscientizar" de algo. Em vez disso, pode-se propor que determinado órgão de certa área específica do governo reformule a lei que trata do assunto em questão, ou que seja criado um órgão fiscalizador para fazer cumprir determinado acordo. É possível também elaborar propostas mais concretas envolvendo a sociedade, como sugerir que determinados grupos se organizem em associações para pressionar a ação de instituições com poder de resolução do problema. Ou seja, o autor tem direito de manter seu ponto de vista em relação ao tema, mas precisa apontar sugestões específicas, sempre citando nomes e escolhendo o vocabulário mais preciso, evitando as generalizações que não contribuem em nada com o texto.

6 VALE LEMBRAR Nunca inicie uma discussão nova na conclusão, pois não haverá tempo nem espaço para desenvolvê-la. Também não termine com perguntas abertas sobre questões que, ao invés de serem encaminhadas ao leitor, deveriam ter sido respondidas durante o texto, afinal, a dissertação (principalmente a argumentativa) expõe objetivamente um raciocínio e tem por função conduzir o leitor à aceitação dessa verdade.

7 FRASES-MODELO PARA A CONCLUSÃO Dessa forma Em vista dos argumentos apresentados Em virtude do que foi mencionado Pela observação dos aspectos analisados Dado o exposto Tendo em vista aspectos observados Levando-se em conta o que foi observado Portanto / logo / então /Assim Em face aos dados apresentados Em face a essa realidade...

8 Após a frase inicial, pode-se continuar a conclusão com as seguintes frases: acredita-se que entende-se que percebe-se que é necessário que faz se necessário que é preciso que

9 A COMPETÊNCIA V A competência V da grade de correção do ENEM é a mais subjetiva de todas. Obrigatoriamente, o aluno deve apresentar uma solução para o problema quanto mais detalhada for, melhor será a nota. É importante observar o posicionamento da proposta de intervenção no texto e se existe uma argumentação prévia que possa respaldar a presença da proposta naquele ponto do texto. Lembre-se que NÃO é obrigatório colocar a proposta no final, contudo, para que o texto seja coerente a proposta deve ser feita depois da exposição dos argumentos.

10 Nível 0: Não apresenta proposta de intervenção ou apresenta proposta não relacionada ao tema ou ao assunto. Nesse caso, o aluno não consegue elaborar nenhuma proposta pro assunto. Nem que seja mencionar a necessidade de mudança.

11

12 Nível 1: Apresenta proposta de intervenção vaga, precária ou relacionada apenas ao assunto. Mesmo que o aluno tenha escrito uma boa proposta de intervenção se ela for sobre o assunto e não for específica sobre o tema deve ser avaliada como Nível 1 (40 pontos). Textos avaliados como tangenciais ficarão nesse nível. Se a redação tiver somente um indicativo de proposta também ficará aqui. Mesmo que seja apenas uma frase que remeta a necessidade de mudança. Por exemplo: Precisamos mudar essa situação se não tiver mais nenhuma especificação deverá ser avaliada nesse nível.

13

14 Nível 2: Elabora a proposta de intervenção, de forma insuficiente, relacionada ao tema ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto. Aqui, o aluno já conhece um pouco mais da estrutura exigida pelo Enem e cria um esboço de proposta. Ela não possui detalhamento e, na maioria dos casos, não está relacionada com o que o aluno expõe. É muito comum utilizar essa avaliação quando o aluno tem uma proposta decorada que não faz sentido com o tema quando se tenta encaixá-lo.

15

16 Nível 3: Elabora a proposta de intervenção, de forma mediana, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Nesse caso, percebe-se que o aluno coloca uma proposta de intervenção que é articulada a discussão desenvolvida, contudo, ainda pouco detalhada com proposta que não explica como as ações serão feitas. Nesse caso, considera-se a proposta como mediana. Ela responde a questão, mas não é detalhada.

17

18 Nível 4: Elabora bem a proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Nesse exemplo, tem-se uma proposta de intervenção um pouco mais consistente, no entanto, ela ainda não explicita todos os meios necessários para a execução da proposta que ela propõe.

19

20

21 Nível 5: Elabora muito bem a proposta de intervenção, de forma detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Para atingir esse nível, a proposta deve ser feita com muitos detalhes. O aluno deve apresentar medidas concretas realizáveis e, em seu texto, explicitar as medidas necessárias para a execução da proposta.

22

23

24 TRÊS TIPOS DE CONCLUSÃO Síntese da Discussão Apropriada para textos expositivos, limita-se a condensar as ideias defendidas ao longo do texto Retomada da tese É a confirmação da ideia central. Reforça a opinião apresentada no início do texto. Deve-se, contudo, evitar a redundância ou mera repetição da tese. Propostas de Solução Partindo de problemas levantados na argumentação, consiste na sugestão de possíveis soluções para os problemas discutidos. (Forma ideal para ENEM)

25 ATIVIDADE Produzir os três tipos de conclusão mencionados no slide anterior sobre o tema: A saga dos refugiados: o caminho entre a fuga e a xenofobia.

26 Fontes Acesso em 20 out

Entenda a estrutura da dissertação (e veja como planejar a sua)

Entenda a estrutura da dissertação (e veja como planejar a sua) COORDENAÇÃO DO 1º ANO COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA COORDENAÇÃO DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA NOTA DE AULA 11/ 3º TRIMESTRE 2016 Entenda a estrutura da dissertação (e veja como planejar a sua)

Leia mais

TEXTOS DISSERTATIVOS. Prof. Me. Maria Cristina dos S. Martins

TEXTOS DISSERTATIVOS. Prof. Me. Maria Cristina dos S. Martins TEXTOS DISSERTATIVOS Prof. Me. Maria Cristina dos S. Martins DISSERTAR É um ato que desenvolvemos todos os dias, quando procuramos justificativas: para a elevação dos preços; para o aumento da violência;

Leia mais

Texto inadequado Nem sempre as imagens falam tudo que queremos. Às vezes vão além do imaginado por quem as produz.

Texto inadequado Nem sempre as imagens falam tudo que queremos. Às vezes vão além do imaginado por quem as produz. COERÊNCIA E CLAREZA A coerência diz respeito ao ponto de vista e à progressão dos argumentos. O autor deve posicionar-se diante do tema de forma ponderada, evitando radicalização e panfletagem. É preciso

Leia mais

A REDAÇÃO NO ENEM INSTITUTO SANTA LUZIA COMPONENTE CURRICULAR: REDAÇÃO PROFESSOR: EDUARDO BELMONTE 2º ANO ENSINO MÉDIO

A REDAÇÃO NO ENEM INSTITUTO SANTA LUZIA COMPONENTE CURRICULAR: REDAÇÃO PROFESSOR: EDUARDO BELMONTE 2º ANO ENSINO MÉDIO A REDAÇÃO NO ENEM INSTITUTO SANTA LUZIA COMPONENTE CURRICULAR: REDAÇÃO PROFESSOR: EDUARDO BELMONTE 2º ANO ENSINO MÉDIO FATOS SOBRE A PROVA DE REDAÇÃO Todas as redações desenvolvidas no ENEM são avaliadas;

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA FUVEST

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA FUVEST MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA FUVEST C1- Desenvolvimento do tema e organização do texto dissertativo-argumentativo (Peso 4) Aqui são avaliados se o aluno cumpriu todos

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa 200 160 120 GRADE DE CORREÇÃO DO ENEM Demonstra excelente

Leia mais

Redação. O assunto é mais abrangente; o tema, por sua vez, é a delimitação de um aspecto a ser trabalhado.

Redação. O assunto é mais abrangente; o tema, por sua vez, é a delimitação de um aspecto a ser trabalhado. Redação E aí, galera do Me Salva! Tudo bem? Está chegando o grande dia, não é?! As provas do ENEM acontecerão logo logo, portanto, cá estamos para revisar este assunto: REDAÇÃO. A ideia é traçarmos um

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA REDAÇÃO DETALHAMENTO POR COMPETÊNCIA Motivos para atribuir nota zero à redação: Fuga total ao tema; Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa; Texto com até 7 (sete)

Leia mais

ROTEIRO DE REDAÇÃO. Professor da Disciplina: Mª Cristina Peixoto Data: / /2017 2º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Nota:

ROTEIRO DE REDAÇÃO. Professor da Disciplina: Mª Cristina Peixoto Data: / /2017 2º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Nota: ROTEIRO DE REDAÇÃO Professor da Disciplina: Mª Cristina Peixoto Data: / /2017 2º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Nota: 9º ano [A ] [B] Ensino Médio Período: Matutino Conteúdo: Artigo de opinião O que é o artigo

Leia mais

Onde se lê: O processo classificatório será constituído por uma prova de Redação.

Onde se lê: O processo classificatório será constituído por uma prova de Redação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROCESSO SELETIVO CONCURSO VESTIBULAR EAD - UAB/UFSM (2º Semestre) EDITAL N. 042/2016 RETIFICAÇÃO DO EDITAL 040/2016

Leia mais

Redação Profa. Raquel

Redação Profa. Raquel Aula Enem 2016 Redação Profa. Raquel O que sua dissertação deve apresentar: DISSERTAÇÃO Como você que será avaliado(a)? Competência 1 NORMA Demonstrar CULTA domínio da modalidade escrita formal da Língua

Leia mais

PALESTRA SOBRE REDAÇÃO DO ENEM

PALESTRA SOBRE REDAÇÃO DO ENEM PALESTRA SOBRE REDAÇÃO DO ENEM Profa. Íris Cristine Odízio - O EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO. - REDAÇÃO. HISTÓRIA DO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado

Leia mais

Prof. Ms. Renato Dering

Prof. Ms. Renato Dering Prof. Ms. Renato Dering A Redação é o primeiro critério de desempate na hora de escolher as Universidades e cursos superiores; A segunda forma de desempate é a prova de Linguagens; Tirar menos de 450 pontos

Leia mais

REDAÇÃO DISCURSIVA F C C

REDAÇÃO DISCURSIVA F C C REDAÇÃO DISCURSIVA F C C 10. DA PROVA DISCURSIVA - REDAÇÃO 10.1 A Prova Discursiva-Redação será aplicada para os cargos de Analista Judiciário Áreas Judiciária e Administrativa, Técnico Judiciário Área

Leia mais

REDAÇÃO. Professor Moacir Cabral

REDAÇÃO. Professor Moacir Cabral REDAÇÃO Professor Moacir Cabral Redação (redigir/escrever): ação ou resultado de escrever com ordem e método. Tipos de texto: Narrativo Descritivo Dissertativo Qualidades fundamentais do texto Clareza:

Leia mais

redação e pleno desenvolvimento do tema, atendendo aos limites Atendimento à proposta de propostos. redação e desenvolvimento do

redação e pleno desenvolvimento do tema, atendendo aos limites Atendimento à proposta de propostos. redação e desenvolvimento do Critérios de Correção de Redação Ensino Médio ENSINO MéDIO TExTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO NÍVEL DE DESPENHO E NOTA CORRESPONDENTE Situações que dificultam a correção da produção textual: letra ilegível

Leia mais

REDAÇÃO 3º SIMULADO MODELO ENEM ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor:

REDAÇÃO 3º SIMULADO MODELO ENEM ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR 2º NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: 3º SIMULADO MODELO ENEM - 2015 3ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR 2º DIA REDAÇÃO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: INSTRUÇÕES 1. A REDAÇÃO SERÁ AVALIADA DE

Leia mais

Como Escrever para o ENEM. Profª Marta Helena Facco Piovesan Balsas/outubro de 2013

Como Escrever para o ENEM. Profª Marta Helena Facco Piovesan Balsas/outubro de 2013 Como Escrever para o ENEM Profª Marta Helena Facco Piovesan Balsas/outubro de 2013 O QUE É QUE EU ESTOU FAZENDO AQUI? O QUE É QUE EU ESTOU FAZENDO AQUI? Provas: dias 26 e 27 de OUTUBRO Por que fazer o

Leia mais

Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil

Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil PLANEJAMENTO DE UMA DISSERTAÇÃO 1. LEITURA ATENTA DA PROPOSTA 2. ESCOLHA DO GÊNERO 3. DELIMITAÇÃO E INTERPRETAÇÃO DO TEMA 4. LEITURA DA COLETÂNEA DE TEXTOS 5. ESBOÇO DO TEXTO. BRAINSTORM 6. ORGANIZAÇÃO

Leia mais

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA AULA 7 PG 1 Este material é parte integrante da disciplina Linguagem e Argumentação Jurídica oferecido pela UNINOVE. O acesso às atividades, as leituras interativas, os exercícios, chats, fóruns de discussão

Leia mais

REDAÇÃO ---DISSERTAÇÃO Prof. Waleska

REDAÇÃO ---DISSERTAÇÃO Prof. Waleska REDAÇÃO ---DISSERTAÇÃO Prof. Waleska Fazer dissertação consiste em defender um tema. A primeira coisa é reconhecer a diferença entre um tema e um título. O tema é o assunto sobre o qual você irá escrever,

Leia mais

REDAÇÃO PARA CONCURSOS: técnicas de elaboração e critérios de avaliação

REDAÇÃO PARA CONCURSOS: técnicas de elaboração e critérios de avaliação REDAÇÃO PARA CONCURSOS: técnicas de elaboração e critérios de avaliação Quando uma redação recebe zero? fuga total ao tema; fuga ao tipo dissertativo-argumentativo; ofensa declarada ao concurso; desrespeito

Leia mais

DESVENDANDO O EDITAL PROVA DE REDAÇÃO

DESVENDANDO O EDITAL PROVA DE REDAÇÃO DESVENDANDO O EDITAL PROVA DE REDAÇÃO 9 DA PROVA DISCURSIVA 9.1 A prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, valerá 20,00 pontos, consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30

Leia mais

INTRODUÇÃO [Times New Roman 12, Justificado, Caixa Alta, espaçamento 1,5]

INTRODUÇÃO [Times New Roman 12, Justificado, Caixa Alta, espaçamento 1,5] 1 TÍTULO DO ARTIGO [fonte Times New Roman 14, Centralizado, espaçamento 1.0] Subtítulo [Se houver, fonte Times New Roman 14, Centralizado, espaçamento 1.0] Nome do Autor 1 [Fonte Times New Roman 10, Texto

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO MARANHÃO

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO MARANHÃO CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO MARANHÃO DECISÃO DOS RECURSOS (INFRARRELACIONADOS) I DOS RECURSOS Trata-se de recursos interpostos pelos candidatos infrarrelacionados concorrentes aos cargos disponibilizados,

Leia mais

Paper O que é e como fazer

Paper O que é e como fazer 1 Paper O que é e como fazer Prof. Sergio Enrique Faria 1- Conceito de paper O paper, position paper ou posicionamento pessoal é um pequeno artigo científico a respeito de um tema pré-determinado. Sua

Leia mais

Roteiro e Dicas Questões modelos de respostas

Roteiro e Dicas Questões modelos de respostas Danilo Gonçalves Gaspar Fabiano de Aragão Veiga O CAMINHO para APROVAÇÃO na PROVA ESCRITA DISCURSIVA MAGISTRATURA DO TRABALHO Roteiro e Dicas Questões modelos de respostas 2017 ROTEIRO E DICAS ELABORAÇÃO

Leia mais

Os cinco. redigir um texto RENAN GOMES DE LIMA. Docente no Senac/RO

Os cinco. redigir um texto RENAN GOMES DE LIMA. Docente no Senac/RO Os cinco erros mais comuns ao se redigir um texto RENAN GOMES DE LIMA Docente no Senac/RO Todo profissional deve, por meio de sua redação, ser alguém capaz de se fazer entendido, utilizando para isso argumentos

Leia mais

JUSTIFICATIVAS PARA MANUTENÇÃO OU PARA ALTERAÇÃO DE NOTAS DE REDAÇÃO PROTOCOLO:

JUSTIFICATIVAS PARA MANUTENÇÃO OU PARA ALTERAÇÃO DE NOTAS DE REDAÇÃO PROTOCOLO: JUSTIFICATIVAS PARA MANUTENÇÃO OU PARA ALTERAÇÃO DE NOTAS DE REDAÇÃO PROTOCOLO: 22924028436-3 PROTOCOLO: 22924028436-3 MANTIDA A NOTA DIVULGADA. A prova de redação do concurso público do Os textos foram

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA O PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA O PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA O PREENCHIMENTO DE VAGAS DISPONÍVEIS/015 I ADEQUAÇÃO A- ao tema = 0 a pontos B- à leitura da coletânea =

Leia mais

Decisão final da banca: ( ) Aprovação ( ) Reprovação

Decisão final da banca: ( ) Aprovação ( ) Reprovação (VIA DO ALUNO) Aluno: Título: Orientador: : Decisão final da banca: ( ) Aprovação ( ) Reprovação (VIA DO ORIENTADOR) Aluno: Título: Orientador: : Decisão final da banca: ( ) Aprovação ( ) Reprovação (VIA

Leia mais

Não considerada: 0 pontos Precário: 40 pontos Insuficiente: 80 pontos Mediano: 120 pontos Bom: 160 pontos Ótimo: 200 pontos

Não considerada: 0 pontos Precário: 40 pontos Insuficiente: 80 pontos Mediano: 120 pontos Bom: 160 pontos Ótimo: 200 pontos Competências ENEM Antes de relacionarmos as cinco competências do ENEM, esclarecemos que a prova de redação vale 1000 pontos no total (dividindo esse valor entre os 5 aspectos, cada um deles tem peso de

Leia mais

ARTIGO DE OPINIÃO. Profª Kellen Ramos Mandarino

ARTIGO DE OPINIÃO. Profª Kellen Ramos Mandarino ARTIGO DE OPINIÃO Profª Kellen Ramos Mandarino CARACTERÍSTICAS FINALIDADE: expressar o ponto de vista do autor sobre determinado tema; FOCO NARRATIVO: 1ª ou 3ª pessoa ESTRUTURA: introdução + desenvolvimento

Leia mais

Como iniciar uma dissertação: os tipos de tese

Como iniciar uma dissertação: os tipos de tese Como iniciar uma dissertação: os tipos de tese Conceituando (definindo) algo É a forma mais comum de começar. Violência é toda ação marginal que nos atinge de maneira irreversível: um tiro que nos é dado,

Leia mais

3º SIMULADO MODELO ENEM

3º SIMULADO MODELO ENEM 3º SIMULADO MODELO ENEM - 2016 3ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR REDAÇÃO 2º DIA NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: Exame Nacional do Ensino Médio EDUCANDO PARA SEMPRE INSTRUÇÕES 1. A REDAÇÃO

Leia mais

DÚVIDAS E DIFICULDADES MAIS FREQUENTES NO TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO MODELO ENEM

DÚVIDAS E DIFICULDADES MAIS FREQUENTES NO TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO MODELO ENEM DÚVIDAS E DIFICULDADES MAIS FREQUENTES NO TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO MODELO ENEM LABORATÓRIO DE REDAÇÃO Corretoras: Patrícia Peres Rayane Ferreira Tainá Veras COMPETÊNCIA I SIGNIFICADO DAS COMPETÊNCIAS

Leia mais

www.preparacaototalenem.com.br Dicas de Redação para nota 1000 no ENEM Veja o tema de redação e faça uma leitura cuidadosa da prova - Essa é a principal dica e vai influenciar todo o seu desempenho. Leia

Leia mais

Assim, para elaborar uma redação de qualidade, você deve seguir as seguintes recomendações:

Assim, para elaborar uma redação de qualidade, você deve seguir as seguintes recomendações: 2.5 Competência 5 Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos O quinto aspecto a ser avaliado no seu texto é a apresentação de uma proposta de intervenção

Leia mais

OS TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

OS TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS OS TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Peculiaridades e formas de conduzir seus estudos Thaisa Bueno Uma breve diferenciação antes de começarmos Divulgação científica Jornalismo científico Disseminação científica

Leia mais

Como elaborar um artigo cientíico

Como elaborar um artigo cientíico Como elaborar um artigo cientíico O que é um artigo cientiico? Comunicação de idéias e informações de maneira clara e concisa. Característica: publicação em periódicos científicos. Artigo científico é

Leia mais

REDAÇÃO DISCURSIVA. (como elaborar o texto)

REDAÇÃO DISCURSIVA. (como elaborar o texto) REDAÇÃO DISCURSIVA (como elaborar o texto) 9 DA PROVA DISCURSIVA 9.1 A prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, valerá 20,00 pontos, consistirá da redação de texto dissertativo, de

Leia mais

apresenta: REDAÇÃO Receita de Bolo

apresenta: REDAÇÃO Receita de Bolo apresenta: REDAÇÃO Receita de Bolo Seus estão a um passo da sua. A importância da Redação no ENEM É a única área cuja nota varia entre 0 e 1000. A importância da Redação no ENEM É a única área cuja nota

Leia mais

MONITORIA_2015. DISCIPLINA: Redação. AULA: A Dissertação Argumentativa

MONITORIA_2015. DISCIPLINA: Redação. AULA: A Dissertação Argumentativa MONITORIA_2015 DISCIPLINA: Redação AULA: A Dissertação Argumentativa Dissertar Falar sobre; discorrer sobre 1) Modelo dissertativo 1) Expositivo: Panorama imparcial de ideias, informações neutras, exposições.

Leia mais

TURMA 2304 REDAÇÃO - CONVÊNIO PROFESSORA MARILÉA F. DA ROCHA O ENEM ESTÁ PRÓXIMO, PORTANTO VAMOS RELEMBRAR: As 5 competências.

TURMA 2304 REDAÇÃO - CONVÊNIO PROFESSORA MARILÉA F. DA ROCHA O ENEM ESTÁ PRÓXIMO, PORTANTO VAMOS RELEMBRAR: As 5 competências. TURMA 2304 REDAÇÃO - CONVÊNIO PROFESSORA MARILÉA F. DA ROCHA O ENEM ESTÁ PRÓXIMO, PORTANTO VAMOS RELEMBRAR: As 5 competências Competência 1: demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. Essa competência

Leia mais

tese tema argumentos TEMA TESE ARGUMENTOS

tese tema argumentos TEMA TESE ARGUMENTOS Defesa de uma tese, de uma opinião a respeito do tema proposto, apoiada em argumentos consistentes estruturados de forma coerente e coesa, de modo a formar uma unidade textual. Seu texto deverá ser redigido

Leia mais

8. Demonstrar conhecimento dos mecanismos Linguísticos necessários para a Construção da Argumentação. 9. Competência Elaborar proposta de intervenção

8. Demonstrar conhecimento dos mecanismos Linguísticos necessários para a Construção da Argumentação. 9. Competência Elaborar proposta de intervenção Sumário 1.apresentação 2. matrizes de referência para redação 2016 Detalhamento por competência 3. Competência Demonstrar domínio da Modalidade escrita formal da Língua Portuguesa. 4. Competência 5. Compreender

Leia mais

REDAÇÃO DISCURSIVA MARATONA

REDAÇÃO DISCURSIVA MARATONA REDAÇÃO DISCURSIVA MARATONA 10. DA PROVA DISCURSIVA 10.1 A prova discursiva valerá 40,00 pontos, consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, sobre um tema de atualidades constante do

Leia mais

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA AULA 9 PG 1 Este material é parte integrante da disciplina Linguagem e Argumentação Jurídica oferecido pela UNINOVE. O acesso às atividades, as leituras interativas, os exercícios, chats, fóruns de discussão

Leia mais

Projeto de texto: a organização da argumentação

Projeto de texto: a organização da argumentação Projeto de texto: a organização da argumentação O que é um projeto de texto? É uma espécie de mapa, no qual estabelecemos os principais pontos pelos quais deve passar a exposição a ser feita. Nele, também

Leia mais

PROPOSTA DE REDAÇÃO PARA A CATEGORIA 5.ª E 6.ª SÉRIES/ 6.º E 7.º ANOS. Videogame: permitir ou proibir?

PROPOSTA DE REDAÇÃO PARA A CATEGORIA 5.ª E 6.ª SÉRIES/ 6.º E 7.º ANOS. Videogame: permitir ou proibir? PROPOSTA DE REDAÇÃO PARA A CATEGORIA 5.ª E 6.ª SÉRIES/ 6.º E 7.º ANOS TEXTO MOTIVADOR Videogame: permitir ou proibir? Por mais que os pais procurem proibir ou limitar o uso de videogames, esses eletrônicos

Leia mais

O uso da reportagem na aula de redação: o relato de uma experiência no Projeto Alternativa Cidadã

O uso da reportagem na aula de redação: o relato de uma experiência no Projeto Alternativa Cidadã O uso da reportagem na aula de redação: o relato de uma experiência no Projeto Alternativa Cidadã O presente artigo relata a experiência realizada no Projeto Alternativa Cidadã, um curso pré-vestibular

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM CONCURSO DE PRODUÇÃO DE TEXTO E DESENHO

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM CONCURSO DE PRODUÇÃO DE TEXTO E DESENHO REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM CONCURSO DE PRODUÇÃO DE TEXTO E DESENHO APRESENTAÇÃO Em 2014, a TV Morena HDTV e a Taurus realizam cinco ações/campanhas em prol do Meio Ambiente. Entre as ações/campanhas

Leia mais

ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO ORAL (em torno de 14 slides)

ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO ORAL (em torno de 14 slides) ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO ORAL (em torno de 14 slides) OBSERVAÇÕES GERAIS: A) Atenção à escolha da cor de fundo (preferência por cores claras de forma a contrastar com as letras que devem ser em tamanho

Leia mais

Sugestões para cada seção

Sugestões para cada seção Escrever um Artigo Científico não das tarefas mais fáceis, mas com um as dicas (a seguir), que preparamos para auxiliar estudantes que precisam desenvolver textos científicos, ficará muito mais fácil.

Leia mais

1º SIMULADO MODELO ENEM

1º SIMULADO MODELO ENEM 1º SIMULADO MODELO ENEM - 2016 3ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR REDAÇÃO 2º DIA NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: Exame Nacional do Ensino Médio EDUCANDO PARA SEMPRE INSTRUÇÕES 1. A REDAÇÃO

Leia mais

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA AULA 3 PG 1 Este material é parte integrante da disciplina Linguagem e Argumentação Jurídica oferecido pela UNINOVE. O acesso às atividades, as leituras interativas, os exercícios, chats, fóruns de discussão

Leia mais

CURSO DE REDAÇÃO PARA CONCURSOS E VESTIBULARES. PROFESSOR LEO

CURSO DE REDAÇÃO PARA CONCURSOS E VESTIBULARES. PROFESSOR LEO CURSO DE REDAÇÃO PARA CONCURSOS E VESTIBULARES PROFESSOR LEO www.materiaisdeportugues.com.br www.materiaisdeportugues.com.br Página 1 www.materiaisdeportugues.com.br Página 2 Sumário Conceito de Dissertação...

Leia mais

Elaboração de Documentos Técnicos em Psicologia

Elaboração de Documentos Técnicos em Psicologia Elaboração de Documentos Técnicos em Psicologia Lucas Neiva-Silva lucasneiva@yahoo.com.br Baseado nas Resoluções do Conselho Federal de Psicologia nº 007/2003 e 015/1996. Princípios Técnicos da Linguagem

Leia mais

Aula 4. Esquema de dissertação 2 (As relações de causa e consequência)

Aula 4. Esquema de dissertação 2 (As relações de causa e consequência) Aula 4 Esquema de dissertação 2 (As relações de causa e consequência) Como falamos na aula 3, o esquema de argumentação 1 é base para praticamente todas as redações. Com aquela estrutura, você se cerca

Leia mais

Conheça melhor o método imbatível para escrever uma redação. Esta apostila é parte do material do famoso método completo Redação Total ENEM.

Conheça melhor o método imbatível para escrever uma redação. Esta apostila é parte do material do famoso método completo Redação Total ENEM. Conheça melhor o método imbatível para escrever uma redação Esta apostila é parte do material do famoso método completo Redação Total ENEM. Você tem interesse em conhecer melhor o método desenvolvido pela

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Centro Paula Souza Faculdade de Tecnologia da Zona Leste GUIA PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Estatística Aplicada Profa Dra. Rosângela Maura Correia Bonici Sumário 1 Introdução... 3 2 Estrutura do

Leia mais

1ª PROVA DE REDAÇÃO MODELO ENEM

1ª PROVA DE REDAÇÃO MODELO ENEM 1ª PROVA DE REDAÇÃO MODELO ENEM - 2016 3ª SÉRIE e PRÉ-VESTIBULAR NOTA: Nome completo: Matrícula: Unidade: Turma: Corretor: Exame Nacional do Ensino Médio EDUCANDO PARA SEMPRE INSTRUÇÕES 1. A REDAÇÃO SERÁ

Leia mais

Profª Rebecca Amor APRESENTAÇÃO

Profª Rebecca Amor APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Profª Rebecca Amor Atua no magistério há 19 anos; Formada em Letras pela Universidade da Região de Joinville UNIVILLE - (SC); Mestrado em Letras UNIR (RO); Vice-coordenadora do projeto de

Leia mais

PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE EXATAS. Paulo R. S. Gomes Instituto de Física da UFF

PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE EXATAS. Paulo R. S. Gomes Instituto de Física da UFF PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE EXATAS Paulo R. S. Gomes Instituto de Física da UFF A Importância de publicar Prestação de contas à sociedade, divulgando o que aprendeu e descobriu, com o

Leia mais

Como Escrever Artigos Científicos

Como Escrever Artigos Científicos Como Escrever Artigos Científicos Fernando Gonçalves Amaral Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção - UFRGS Objetivos Aprender a escrever artigos científicos Criar uma metodologia própria de

Leia mais

AULA 06 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos

AULA 06 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos 1 AULA 06 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos Ernesto F. L. Amaral 19 de março de 2010 Metodologia (DCP 033) Fonte: Severino, Antônio Joaquim. 2007. Metodologia do trabalho científico.

Leia mais

REDAÇÃO. Nota 10! Dicas rápidas para perder o medo de escrever. Aprenda a redigir com criatividade e qualidade

REDAÇÃO. Nota 10! Dicas rápidas para perder o medo de escrever. Aprenda a redigir com criatividade e qualidade REDAÇÃO Nota 10! Dicas rápidas para perder o medo de escrever. Aprenda a redigir com criatividade e qualidade A folha em branco é um campo aberto para suas ideias! Questões e mais questões objetivas, testes

Leia mais

AULA 01 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos

AULA 01 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos 1 AULA 01 Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos Ernesto F. L. Amaral 08 de março de 2012 Metodologia (DCP 033) Fonte: Severino, Antônio Joaquim. 2007. Metodologia do trabalho científico.

Leia mais

REDAÇÃO DISCURSIVA S E E DF (CESPE/CEBRASPE)

REDAÇÃO DISCURSIVA S E E DF (CESPE/CEBRASPE) REDAÇÃO DISCURSIVA S E E DF (CESPE/CEBRASPE) TIPOS DE REDAÇÃO DISCURSIVA: Dissertação Argumentativa (finalidade persuasiva); Dissertação Expositiva (finalidade informativa); Estudo de Caso (análise de

Leia mais

Relatório científico. Abel André C. Recco

Relatório científico. Abel André C. Recco Relatório científico Abel André C. Recco 1. O que é um relatório? Um relatório é uma exposição escrita de um determinado trabalho científico ou experiência realizada no laboratório. Não é apenas uma descrição

Leia mais

CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DA PROVA DE REDAÇÃO PARA O CURSO LETRAS LIBRAS. I ADEQUAÇÃO Adequação ao tema

CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DA PROVA DE REDAÇÃO PARA O CURSO LETRAS LIBRAS. I ADEQUAÇÃO Adequação ao tema UFG/CS PS/011-1 RESPOSTAS ESPERADAS OFICIAIS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DA PROVA DE REDAÇÃO PARA O CURSO LETRAS LIBRAS I ADEQUAÇÃO (SERÁ CONSIDERADO O USO DE LÍNGUA PORTUGUESA COMO SEGUNDA LÍNGUA) A- ao tema

Leia mais

METODOLOGIA DO TRABALHO ACADÊMICO 1

METODOLOGIA DO TRABALHO ACADÊMICO 1 METODOLOGIA DO TRABALHO ACADÊMICO 1 A Redação Quando se fala em redação, em geral se associa a uma composição literária ou a uma dissertação de tese. No primeiro caso, relaciona-se a um trabalho fantasioso;

Leia mais

ESTRUTURAÇÃO RESPOSTAS DISCURSIVAS

ESTRUTURAÇÃO RESPOSTAS DISCURSIVAS NOTA DE AULA 3 ESTRUTURAÇÃO RESPOSTAS DISCURSIVAS R E S P O S T A S D I S C U R S I V A S Ao se responder a questões em provas escolares, exercícios, vestibulares, concursos, etc. sempre somos colocados

Leia mais

MATERIAL COMPLEMENTAR

MATERIAL COMPLEMENTAR MATERIAL COMPLEMENTAR dicas de redação Uma boa redação é instrumento valioso para o progresso na escrita. Por meio dela, são apontados os problemas do texto, as falhas de construção,os desvios da norma

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO RIO GRANDE DO SUL CREF2/RS PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 01/2014

CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO RIO GRANDE DO SUL CREF2/RS PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 01/2014 CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO RIO GRANDE DO SUL CREF2/RS PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 01/2014 JUSTIFICATIVAS PARA MANUTENÇÃO/ ALTERAÇÃO DE NOTAS PRELIMINARES DA PROVA DE REDAÇÃO RECURSOS INDEFERIDOS

Leia mais

Unidade IV COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás

Unidade IV COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás Unidade IV COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Profa. Ma. Andrea Morás Textos Escrever bem é um hábito. Treino e revisão. Organizar as ideias aumenta a qualidade do conteúdo. Dicas para montagem de texto Sempre inicie

Leia mais

Funcionamento das Unidades Curriculares de Dissertação de Mestrado (Preparação e Elaboração)

Funcionamento das Unidades Curriculares de Dissertação de Mestrado (Preparação e Elaboração) Mestrado em Engenharia Informática Funcionamento das Unidades Curriculares de Dissertação de Mestrado (Preparação e Elaboração) Este documento descreve o regime de funcionamento das duas unidades curriculares

Leia mais

REGULAMENTO. I Olimpíada Piauiense de Língua Portuguesa Tecendo Saberes do nosso povo. 1ª Edição Apresentação

REGULAMENTO. I Olimpíada Piauiense de Língua Portuguesa Tecendo Saberes do nosso povo. 1ª Edição Apresentação REGULAMENTO I Olimpíada Piauiense de Língua Portuguesa Tecendo Saberes do nosso povo 1ª Edição 2016 Apresentação A I Olimpíada Piauiense de Língua Portuguesa - Tecendo saberes do nosso povo é uma iniciativa

Leia mais

Redação do Trabalho de Conclusão

Redação do Trabalho de Conclusão Redação do Trabalho de Conclusão Ricardo de Almeida Falbo Metodologia de Pesquisa Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo 2010/1 1 Agenda Estrutura de Tese e Dissertação Elementos

Leia mais

Manual de elaboração de Artigo como Trabalho de Conclusão de Curso TCC. NBR14724:Atualização ano vigente

Manual de elaboração de Artigo como Trabalho de Conclusão de Curso TCC. NBR14724:Atualização ano vigente FACULDADE SETE LAGOAS BIBLIOTECA Dr. JAIRO CORRÊA Manual de elaboração de Artigo como Trabalho de Conclusão de Curso TCC NBR14724:Atualização ano vigente Sete Lagoas 2016 FACULDADE SETE LAGOAS FACSETE

Leia mais

(ESPAÇO PARA SER COLOCADO O TÍTULO DO TRABALHO)

(ESPAÇO PARA SER COLOCADO O TÍTULO DO TRABALHO) (CAPA) (ESPAÇO PARA SER COLOCADO O NOME DA INSTITUIÇÃO) (ESPAÇO PARA SER COLOCADO O NOME DO AUTOR) (ESPAÇO PARA SER COLOCADO O TÍTULO DO TRABALHO) (ESPAÇO PARA SER COLOCADA A CIDADE - ESTADO) (ESPAÇO PARA

Leia mais

GRUPO 1 GRUPO 2 GRUPOS 3e4

GRUPO 1 GRUPO 2 GRUPOS 3e4 GRUPO 1 GRUPO GRUPOS 3e UFG/CS RESPOSTAS ESPERADAS OFICIAIS GRUPO I ADEQUAÇÃO A-ao tema = 0 a pontos B-à leitura da coletânea = 0 a pontos C-ao gênero textual = 0 a pontos D-à modalidade = 0 a pontos CRITÉRIOS

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM CONCURSO DE PRODUÇÃO DE TEXTO E DESENHO

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM CONCURSO DE PRODUÇÃO DE TEXTO E DESENHO REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO EM CONCURSO DE PRODUÇÃO DE TEXTO E DESENHO - 2016 APRESENTAÇÃO Em 2016, a Taurus Distribuidora de Petróleo realizará um concurso cultural em prol do Meio Ambiente. Será um concurso

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 Português (2.º Ciclo) Perfil de Aprendizagens Específicas

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 Português (2.º Ciclo) Perfil de Aprendizagens Específicas ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 Português (2.º Ciclo) Perfil de Aprendizagens Específicas (ponto 2 do artigo 7º do Despacho Normativo nº1-f/2016, de 5 de abril) 5.º Ano Interpretar textos orais breves.

Leia mais

A dissertação escolar no ENEM. Professor Rógi

A dissertação escolar no ENEM. Professor Rógi A dissertação escolar no ENEM Professor Rógi Rógi Almeida Formação: Letras Português UFPI/ULBRA 18 anos de experiência em Leitura e Produção Textual; Experiência em textos voltados para o ENEM (competências

Leia mais

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL 6º ANO Ensino

Leia mais

Aulão TJ-SP. Português Professores: Júnia Andrade e Marco Antônio (Macarrão) 1

Aulão TJ-SP. Português Professores: Júnia Andrade e Marco Antônio (Macarrão)  1 Aulão TJ-SP Português - 2017 Professores: Júnia Andrade e Marco Antônio (Macarrão) www.pontodosconcursos.com.br 1 Português para o TJ-SP 1. Programa oficial 1. Análise, compreensão e interpretação de diversos

Leia mais

Coerência e Coesão. Ponto a ponto. Uma pequena brincadeira... Professor Wlisses Kennet. Uma pequena brincadeira...

Coerência e Coesão. Ponto a ponto. Uma pequena brincadeira... Professor Wlisses Kennet. Uma pequena brincadeira... Uma pequena brincadeira... Coerência e Coesão Ponto a ponto 1) Existe alguma diferença de sentido nos pares de frases a seguir? Explique. a) A sua resposta não teve significado algum. A sua resposta teve

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITOS FUNDAMENTAIS E DEMOCRACIA NOME DO MESTRANDO

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITOS FUNDAMENTAIS E DEMOCRACIA NOME DO MESTRANDO FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL Nome da instituição PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITOS FUNDAMENTAIS E DEMOCRACIA Nome do curso NOME DO MESTRANDO O trabalho deve ser apresentado em papel, formato A4, fonte

Leia mais

ENEM PROVA DE REDAÇÃO

ENEM PROVA DE REDAÇÃO ENEM PROVA DE REDAÇÃO EVOLUÇÃO DE TEMAS 1998 VIVER E APRENDER 1999 - CIDADANIA E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 2000 DIRETIOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE: COMO ENFRENTAR ESSE DESAFIIO NACIONAL? 2001 DESENVOLVIMENTO

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO DE OBSERVAÇÃO FACULDADE MARIO SCHENBERG CURSOS DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA

MANUAL DE ESTÁGIO DE OBSERVAÇÃO FACULDADE MARIO SCHENBERG CURSOS DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA MANUAL DE ESTÁGIO DE OBSERVAÇÃO FACULDADE MARIO SCHENBERG CURSOS DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE OBSERVAÇÃO Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º - Este instrumento legal

Leia mais

REDAÇÃO. Professor Romulo Bolivar. Redação da AFA

REDAÇÃO. Professor Romulo Bolivar. Redação da AFA REDAÇÃO Professor Romulo Bolivar Redação da AFA ESTRUTURA DISSERTATIVA DO ENEM Microestrutura Macroestrutura (Parágrafo de Introdução) INTRODUÇÃO [(1) -------------tese----------], (2) [---Arg.1---] (3)[---Arg.2---].

Leia mais

Esquemas de organização do texto dissertativo-argumentativo

Esquemas de organização do texto dissertativo-argumentativo Esquemas de organização do texto dissertativo-argumentativo Esquema básico de uma redação Título 1º Parágrafo 2º parágrafo 3º parágrafo 4º parágrafo 5º parágrafo TESE + argumento 1 + argumento 2 + argumento

Leia mais

VESTIBULAR. o guia definitivo para uma redação incrível

VESTIBULAR. o guia definitivo para uma redação incrível VESTIBULAR o guia definitivo para uma redação incrível VESTIBULAR o guia definitivo para uma redação incrível Ponto forte de uns estudantes e fonte de pânico para outros, a redação tem um peso enorme nos

Leia mais

TRABALHO INTERDISCIPLINAR

TRABALHO INTERDISCIPLINAR TRABALHO INTERDISCIPLINAR 2º semestre 1. TEMA As práticas administrativas nas pequenas e micro empresas e o papel do Administrador, compreendidas pelo processo administrativo (funções universais da administração

Leia mais

3. NORMAS PARA SUBMISSÃO: 3.1 Serão admitidos trabalhos inéditos que contribuam para o avanço dos estudos na área de Relações Internacionais.

3. NORMAS PARA SUBMISSÃO: 3.1 Serão admitidos trabalhos inéditos que contribuam para o avanço dos estudos na área de Relações Internacionais. IV WORKSHOP DO NÚCLEO DE PESQUISA EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS DA UFPR 22, 23 E 24 NOVEMBRO DE 2017 1. DO EVENTO O IV Workshop de Pesquisa em Relações Internacionais da Universidade Federal do Paraná reunirá

Leia mais

1) Devemos proceder a primeira leitura de reconhecimento ininterrupta.

1) Devemos proceder a primeira leitura de reconhecimento ininterrupta. TRABALHOS CIENTÍFICOS ACADÊMICOS Muitas vezes, o estudante ou pesquisador, ao ser abordado para fazer um trabalho científico acadêmico, tem muitas dificuldades de diferenciar as características quanto

Leia mais

SISTEMA ANGLO DE ENSINO. Tipo D4-08/2010 G A B A R I T O

SISTEMA ANGLO DE ENSINO. Tipo D4-08/2010 G A B A R I T O Prova Anglo P-01 Tipo D4-08/2010 G A B A R I T O 01. D 07. A 13. D 19. C 02. B 08. B 14. A 20. D 03. C 09. C 15. B 21. A 04. A 10. A 16. D 22. C 05. C 11. D 17. B 00 06. B 12. B 18. D DESCRITORES, RESOLUÇÕES

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D-11 2º 04 Semanal Mensal Nome da Disciplina / Curso LINGUAGEM FORENSE

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D-11 2º 04 Semanal Mensal Nome da Disciplina / Curso LINGUAGEM FORENSE Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária Curso D-11 2º 04 Semanal Mensal 04 60 Nome da Disciplina / Curso DIREITO LINGUAGEM FORENSE Noções metodológicas de leitura e interpretação de textos técnicos.

Leia mais

Colégio Stella Maris Laguna SC EMENTA DA DISCIPLINA DE REDAÇÃO 9º ano 2º Trimestre Professora Eveline Silveira

Colégio Stella Maris Laguna SC EMENTA DA DISCIPLINA DE REDAÇÃO 9º ano 2º Trimestre Professora Eveline Silveira Colégio Stella Maris Laguna SC EMENTA DA DISCIPLINA DE REDAÇÃO 9º ano 2º Trimestre Professora Eveline Silveira DATA CONTEÚDOS 30/05 Gênero textual: relatos de memória. Produção textual. 06/06 Interpretação

Leia mais