Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 5 ANO ENSINO FUNDAMENTAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Matriz de referência de MATEMÁTICA - SAERJINHO 5 ANO ENSINO FUNDAMENTAL"

Transcrição

1 17 5 ANO ENSINO FUNDAMENTAL Tópico Habilidade B1 B2 B3 ESPAÇO E FORMA GRANDEZAS E MEDIDAS TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO H01 H03 H04 H06 Identificar a localização/movimentação de objeto em mapas, croquis e outras representações gráficas. Identificar características de formas geométricas encontradas na natureza ou em objetos criados pelo homem (formas arredondadas ou não; simétricas ou não). Reconhecer prismas, pirâmides, cones, cilindros ou esferas por meio de suas principais características. Identificar propriedades comuns e diferenças entre figuras bidimensionais pelo número de lados e/ou pelos tipos de ângulos. H14 Identificar o eixo de simetria em formas geométricas planas ou figuras planas do cotidiano. H17 Ler horas em relógios de ponteiros ou digital. H18 Estimar a medida de grandezas utilizando unidades de medida convencionais ou não. H19 Estabelecer relações entre unidades de medida de tempo. H20 Estabelecer relações entre o horário de início e término e/ou o intervalo da duração de um evento ou acontecimento. H22 envolvendo trocas entre cédulas e moedas do Sistema Monetário Brasileiro, em função de seus valores. H23 envolvendo a noção de perímetro de figuras planas, com ou sem malhas quadriculadas. H26 envolvendo noção de área de figuras planas, com ou sem malhas quadriculadas. H27 Reconhecer e utilizar características do Sistema de Numeração Decimal, tais como agrupamentos, trocas na base 10 e princípio do valor posicional. H28 Identificar a localização de números naturais na reta numérica. H29 Reconhecer a escrita por extenso dos numerais. H30 Reconhecer a decomposição de números naturais nas suas diversas ordens. H31 Calcular o resultado de uma adição ou subtração de números naturais. H37 Identificar a localização de números racionais na forma decimal na reta numérica. H40 Identificar quantidades em uma sequência numérica. H42 Comparar e ordenar números racionais na forma decimal. H43 Calcular o resultado de uma multiplicação ou divisão de números naturais. H44 com números naturais envolvendo diferentes significados das operações (adição, subtração, multiplicação, divisão). H45 Reconhecer/Identificar diferentes representações de um mesmo número racional. H49 utilizando a escrita decimal de cédulas e moedas do Sistema Monetário Brasileiro. H50 Identificar fração como representação que pode estar associada a diferentes significados. H51 com números racionais envolvendo as operações (adição, subtração, multiplicação, divisão). H68 que envolvam porcentagem. H69 Ler informações e dados apresentados em tabelas. H70 Ler informações e dados apresentados em gráficos, particularmente em gráficos de colunas.

2 18 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL H02 Associar pontos no plano cartesiano às suas coordenadas e vice-versa. C1 - Associar um ponto no plano cartesiano às suas coordenadas. C2 - Associar as coordenadas a um ponto dado no plano cartesiano. H05 Identificar figuras semelhantes mediante o reconhecimento de relações de proporcionalidade. C1 - Identificar a conservação das medidas dos ângulos em uma ampliação ou redução de quadriláteros ou triângulos. C2 - Identificar a conservação ou modificação de medidas dos lados de quadriláteros ou triângulos. C3 - Identificar a conservação ou modificação de medidas do perímetro de quadriláteros ou triângulos. C4 - Identificar a conservação ou modificação de medidas de áreas de quadriláteros ou triângulos. C5 - Identificar triângulos semelhantes usando os critérios de semelhança. ESPAÇO E FORMA H09 Reconhecer o círculo ou a circunferência, seus elementos e algumas de suas relações. C1 - Diferenciar circunferência de círculo. C2 - Reconhecer em uma circunferência o diâmetro, o raio e a corda. C3 - Relacionar os elementos de uma circunferência. H10 utilizando o Teorema de Tales. C1 - Aplicar o Teorema de Tales em problemas do cotidiano envolvendo feixe de retas paralelas. H11 Utilizar relações métricas do triângulo retângulo para resolver problemas significativos. C1 - contextualizados usando o Teorema de Pitágoras. C2 - contextualizados usando a fórmula que relaciona a altura de um triângulo retângulo (h 2 =m.n). C3 - contextualizados usando a fórmula que relaciona a medida dos catetos de um triângulo retângulo (c 2 = a.n ou b 2 = a.m). H12 envolvendo as razões trigonométricas no triângulo retângulo (seno, cosseno e tangente dos ângulos de 30, 45 e 60 ). C1 - Calcular um dos lados de um triângulo retângulo em problemas contextualizados ou não, com o auxílio do seno, cosseno ou tangente dos ângulos de 30º, 45 e 60. Caso a resposta seja numérica, devem ser dados o seno, o cosseno e a tangente do ângulo correspondente.

3 19 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL H35 Efetuar cálculos com valores aproximados de radicais. C1 - Efetuar adição de radicais envolvendo o mesmo índice. C2 - Efetuar subtração de radicais envolvendo o mesmo índice. C3 -Efetuar multiplicação de radicais envolvendo o mesmo índice. C4 - Efetuar divisão de radicais envolvendo o mesmo índice. C5 - Efetuar mais de uma operação aritmética com radicais envolvendo mesmo índice. H38 Identificar o gráfico de uma função, a partir da correspondência entre duas grandezas representadas em uma tabela. (**) H39 Estabelecer correspondência entre duas grandezas, a partir de uma situação-problema. (**) H45 Reconhecer/Identificar diferentes representações de um mesmo número racional. C1 - Identificar a representação decimal de um número racional. C2 - Identificar a representação fracionária de um número racional. C3 - Identificar a representação percentual de um número racional. C4 - Identificar a representação gráfica de um número racional. C5 - Identificar a existência de ordens como décimos, centésimos e milésimos no conjunto dos números racionais. H46 Reconhecer números reais em diferentes contextos. C1 - Localizar números racionais na reta numérica. C2 - Identificar números irracionais em intervalos na reta. C3 - Comparar e/ou ordenar números reais. H47 Relacionar as raízes de uma equação do 2º grau com sua decomposição em fatores do 1º grau (vice-versa). (*) H48 Resolver situações-problema envolvendo equação do 2º grau. C1 - envolvendo equações completas do 2º grau. C2 - envolvendo equações incompletas do 2º grau. C3 - Representar algebricamente uma situação-problema. H52 com números reais envolvendo as operações (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação). C1 - Propor problemas contextualizados envolvendo o conjunto dos números naturais. C2 - Propor problemas contextualizados envolvendo o conjunto dos números inteiros. C3 - Propor problemas contextualizados envolvendo o conjunto dos números racionais. C4 - Propor problemas contextualizados envolvendo o conjunto dos números irracionais. (*) A complexidade dessa habilidade dependerá exclusivamente das raízes da equação. (**) A complexidade dessa habilidade dependerá exclusivamente das grandezas envolvidas.

4 20 1 ANO ENSINO MÉDIO H02 Associar pontos no plano cartesiano às suas coordenadas e vice-versa. C1 - Associar um ponto no plano cartesiano às suas coordenadas. C2 - Associar as coordenadas a um ponto dado no plano cartesiano. ESPAÇO E FORMA H12 envolvendo as razões trigonométricas no triângulo retângulo (seno, cosseno e tangente dos ângulos de 30, 45 e 60 ). C1 - Calcular um dos lados de um triângulo retângulo em um problema contextualizado ou não, com o auxílio do seno, cosseno ou tangente dos ângulos de 30, 45 e 60. Caso a resposta seja numérica, devem ser dados o seno, o cosseno e a tangente do ângulo correspondente. H13 envolvendo a lei dos cossenos ou a lei dos senos. C1 - Propor situações contextualizadas, envolvendo um triângulo qualquer, que recaiam na aplicação da lei dos senos. C2 - Propor situações contextualizadas, envolvendo um triângulo qualquer, que recaiam na aplicação da lei dos cossenos. GRANDEZAS E MEDIDAS H21 Transformar grau em radiano ou vice-versa. C1 - Converter em graus a medida de um arco dado em radianos, a qual não exceda duas voltas da circunferência unitária. C2 - Converter em radianos a medida de um arco dado em graus, a qual não exceda duas voltas da circunferência unitária. H38 Identificar o gráfico de uma função, a partir da correspondência entre duas grandezas representadas em uma tabela. (**) H39 Estabelecer correspondência entre duas grandezas, a partir de uma situação-problema. (**) H41 H45 Identificar a expressão algébrica que expressa uma regularidade observada em sequências de números (padrões). Reconhecer/Identificar diferentes representações de um mesmo número racional. C1 - Identificar uma expressão algébrica observada em uma sequência de números. C2 - Identificar uma expressão algébrica observada em uma sequência de objetos que seguem um padrão. C1 -Identificar a representação decimal de um número racional. C2 -Identificar a representação fracionária de um número racional. C3 -Identificar a representação percentual de um número racional. C4 -Identificar a representação gráfica de um número racional. C5 - Identificar a existência de ordens como décimos, centésimos e milésimos no conjunto dos números racionais. H46 Reconhecer números reais em diferentes contextos. C1 - Localizar números racionais na reta numérica. C2 - Identificar números irracionais em intervalos na reta numérica. C3 - Comparar e/ou ordenar números reais.

5 21 1 ANO ENSINO MÉDIO H53 Associar o conceito de função linear à variação proporcional entre grandezas. C1 - Propor problemas contextualizados envolvendo duas grandezas diretamente proporcionais para que seja identificada a função que modela essa situação. C2 - Propor problemas contextualizados envolvendo duas grandezas inversamente proporcionais para que seja identificada a função que modela essa situação. H56 que envolvam função polinomial do 1º grau. C1 - contextualizados que recaiam na resolução de uma equação do 1º grau da forma y=ax+b, com a 0. C2 - contextualizados que recaiam na resolução de uma equação do 1º grau da forma y=ax, com a 0. H57 envolvendo função do 2º grau. C1 - que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax 2 +bx+c=0, com a 0. C2 - que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax 2 +bx=0, com a 0. C3 - que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax 2 +c=0, com a 0. C4 - que envolvam a determinação do valor do y v como o valor máximo em uma função do 2º grau. C5 - que envolvam a determinação do valor do y v como o valor mínimo em uma função do 2º grau. C6 - que envolvam a determinação do valor do x v, que fornece o valor máximo de uma função do 2º grau. C7 - que envolvam a determinação do valor do x v, que fornece o valor mínimo de uma função do 2º grau. C1 - Identificar o gráfico que representa uma função do 1º grau, dados os coeficientes a e b da função afim y=ax+b, com a 0. C2 - Identificar o gráfico que representa a função do 1º Associar o gráfico grau, dada a expressão algébrica da função na forma y = de uma função ax, com a 0. polinomial do C3 - Identificar o gráfico que representa uma função do 1º H61 1º grau à sua grau, dada a expressão algébrica da função na forma y = ax + representação b, com a 0 e b 0. algébrica ou C4 - Identificar a expressão algébrica que representa o vice-versa. gráfico de uma função do 1º grau, dado o gráfico de uma função da forma y = ax, com a 0. C5 - Identificar a expressão algébrica que representa (*) Classes 1 e 2 devem ser avaliadas no 2º bimestre e as classes o gráfico 3 e 4 de devem uma ser função avaliadas do 1º no grau, 3º bimestre. dado o gráfico de (**) Deve-se advertir que os juros simples têm pouca aplicação uma prática. função Encontramos da forma y uso = ax para + b, o com regime a 0 de e juros b 0. simples no caso das operações de curtíssimo prazo e do processo de desconto simples de duplicatas. (***) Foi definido que os descritores Reconhecer relativos à função a exponencial C1 - Reconhecer serão contemplados algebricamente na matriz, uma porém função serão do avaliados 2º grau a partir em do ano de C(*) A complexidade dessa habilidade representação dependerá exclusivamente uma situação-problema. do contexto envolvido. H62 H66 algébrica ou gráfica da função polinomial do 2º grau. Reconhecer intervalos de crescimento/ decrescimento e/ ou zeros de funções reais representadas em um gráfico. C2 - Reconhecer graficamente uma função do 2º grau em uma situação-problema. C3 - Relacionar os coeficientes de uma função do 2º grau à sua representação gráfica. (**) A complexidade dessa habilidade dependerá exclusivamente das grandezas envolvidas.

6 22 2 ANO ENSINO MÉDIO H04 Reconhecer prismas, pirâmides, cones, cilindros ou esferas por meio de suas principais características. C1 - Identificar entre um conjunto de figuras tridimensionais qual representa um poliedro ou corpo redondo. ESPAÇO E FORMA H07 Relacionar diferentes poliedros ou corpos redondos com suas planificações. C1 - Reconhecer, dentre várias planificações, aquela que corresponde a um sólido representado graficamente. C2 - Reconhecer a planificação dado o nome do sólido. C3 - Reconhecer, dentre várias representações gráficas de sólidos, aquele que corresponde à uma planificação dada. C4 - Reconhecer entre vários nomes de sólidos, aquele que corresponde à planificação dada. H08 Identificar a relação entre o número de vértices, faces e/ou arestas de poliedros expressa em um problema. Utilizando a relação de Euler: C1 - Calcular o número de vértices dadas as relações entre o número de faces e arestas de um poliedro. C2 - Calcular o número de arestas dadas as relações entre o número de faces e vértices de um poliedro. C3 - Calcular o número de faces dadas as relações entre o número de vértices e arestas de um poliedro. GRANDEZAS E MEDIDAS H24 envolvendo a medida da área total e/ou lateral de um sólido (prisma, pirâmide, cilindro, cone, esfera). C1 - Calcular a medida da área lateral de um prisma, com ou C2 - Calcular a medida da área lateral de uma pirâmide, com ou C3 - Calcular a medida da área lateral de um cilindro, com ou C4 - Calcular a medida da área lateral de um cone, com ou C5 - Calcular a medida da área total de um prisma, com ou C6 - Calcular a medida da área total de uma pirâmide, com ou C7 - Calcular a medida da área total de um cilindro, com ou C8 - Calcular a medida da área total de um cone, com ou C9 - Calcular a medida da área total de uma esfera, com ou H25 envolvendo noções de volume. C1 - Calcular a medida do volume de um prisma, com ou C2 - Calcular a medida do volume de um cilindro, com ou C3 - Calcular a medida do volume de uma pirâmide, com ou C4 - Calcular a medida do volume de um cone, com ou

7 23 2 ANO ENSINO MÉDIO H32 Calcular o determinante de matrizes quadradas de ordem 2 ou 3. C1 - Calcular o determinante de matrizes quadradas de ordem 2. C2 - Calcular o determinante de matrizes quadradas de ordem 3. Dadas as matrizes A= (aij) mxn e B = (bij) mxn com i,j {1,2,3}, sendo A e B matrizes de mesma ordem: C1 - Efetuar a soma das matrizes A e B; C2 - Efetuar a subtração das matrizes A e B; C3 - Efetuar a multiplicação da matriz A por um número real K. C4 - Calcular a matriz C=A.B do tipo mxp, dadas as matrizes A = (aij) mxn e B = (bjk) nxp com i,j,k {1,2,3}. H33 Efetuar cálculos envolvendo as operações com matrizes. H34 Efetuar operações utilizando as propriedades operatórias do logaritmo. C1 - Efetuar operações utilizando o produto de logaritmos; C2 - Efetuar operações utilizando o quociente de logaritmos; C3 - Efetuar operações utilizando a potência de logaritmos; C4 - Efetuar operações utilizando a raiz de um logaritmo; C5 - Efetuar operações utilizando a mudança de base de logaritmos. H41 Identificar a expressão algébrica que expressa uma regularidade observada em sequências de números (padrões). C1 - Identificar uma expressão algébrica observada em uma sequência de números. C2 - Identificar uma expressão algébrica observada em uma sequência de objetos que seguem um padrão. H54 envolvendo juros simples ou compostos. C1 - Calcular os juros em uma situação-problema C2 - Calcular a taxa em uma situação-problema C3 - Calcular o período, dado em dias, meses ou anos, em uma situação-problema apresentada no regime de juros simples. C4 - Calcular o montante em uma situação-problema C5 - Calcular o capital em uma situaçãoproblema apresentada no regime de juros simples. C6 - Calcular os juros em uma situação-problema C7 - Calcular a taxa em uma situação-problema C8 - Calcular o período, dado em dias, meses ou anos, em uma situação-problema apresentada no regime de juros compostos. C9 -Calcular o montante em uma situação-problema C10 - Calcular o capital em uma situação-problema H55 envolvendo P.A./P.G. dada a fórmula do termo geral e/ou a soma dos termos. C1 - que envolvam o cálculo do termo de uma P.A. C2 - que envolvam o cálculo da soma dos termos de uma P.A. C3 - que envolvam o cálculo do termo de uma P.G. C4 - que envolvam o cálculo da soma dos termos de uma P.G.

8 24 2 ANO ENSINO MÉDIO H58 envolvendo a função exponencial. (***) (****) H59 envolvendo a função logarítmica. (***) H63 Identificar a representação algébrica e/ou gráfica de uma função exponencial. C1 - Identificar a representação algébrica de uma função exponencial, dado o gráfico dessa função; C2 - Identificar a representação gráfica de uma função exponencial, dada a representação algébrica dessa função. H64 Identificar a representação algébrica e/ou gráfica de uma função logarítmica. C1 - Identificar a representação algébrica de uma função logarítmica, dado o gráfico dessa função; C2 - Identificar a representação gráfica de uma função logarítmica, dada a representação algébrica dessa função. H65 Identificar a representação algébrica e/ou gráfica de uma função logarítmica, reconhecendo-a como inversa da função exponencial. C1 - Identificar a representação algébrica de uma função logarítmica, reconhecendo-a como inversa da função exponencial; C2 - Identificar a representação gráfica de uma função logarítmica, reconhecendo-a como inversa da função exponencial. (***) H68 que envolva porcentagem. C1 - contextualizados que recaiam no cálculo da porcentagem. C2 - contextualizados que recaiam na determinação do valor percentual de acréscimo ou desconto de um produto, inclusive quando há acréscimos ou descontos sucessivos. (***) A complexidade dessa habilidade dependerá exclusivamente do contexto envolvido. (****) Foi definido que os descritores relativos à função exponencial serão contemplados na matriz, porém serão avaliados a partir do ano de 2013.

9 25 3 ANO ENSINO MÉDIO H07 Relacionar diferentes poliedros ou corpos redondos com suas planificações. C1 - Reconhecer, dentre várias planificações, aquela que corresponde a um sólido representado graficamente. C2 - Reconhecer a planificação dado o nome do sólido. C3 - Reconhecer, dentre várias representações gráficas de sólidos, aquele que corresponde à uma planificação dada. C4 - Reconhecer entre vários nomes de sólidos, aquele que corresponde à planificação dada. ESPAÇO E FORMA H12 envolvendo as razões trigonométricas no triângulo retângulo (seno, cosseno e tangente dos ângulos de 30, 45 e 60 ). C1- Calcular um dos lados de um triângulo retângulo em um problema contextualizado ou não, com o auxílio do seno, cosseno ou tangente dos ângulos de 30, 45 e 60. Caso a resposta seja numérica, devem ser dados o seno, o cosseno e a tangente do ângulo correspondente. H15 Identificar a equação de uma reta apresentada, a partir de dois pontos dados ou de um ponto e sua inclinação. C1 - Identificar a equação de uma reta, a partir de dois pontos dados; C2 - Identificar a equação de uma reta, a partir de um ponto e sua inclinação. H16 que envolvam a distância entre dois pontos no plano cartesiano. C1 -, contextualizados ou não, que envolvam a distância entre dois ou mais pontos no plano cartesiano. GRANDEZAS E MEDIDAS H24 envolvendo a medida da área total e/ou lateral de um sólido (prisma, pirâmide, cilindro, cone, esfera). C1 - Calcular a medida da área lateral de um prisma, com ou C2 - Calcular a medida da área lateral de uma pirâmide, com ou C3 - Calcular a medida da área lateral de um cilindro, com ou C4 - Calcular a medida da área lateral de um cone, com ou C5 - Calcular a medida da área total de um prisma, com ou C6 - Calcular a medida da área total de uma pirâmide, com ou C7 - Calcular a medida da área total de um cilindro, com ou C8 - Calcular a medida da área total de um cone, com ou C7 - Calcular a medida da área total de uma esfera, com ou H25 envolvendo noções de volume. C1 - Calcular a medida do volume de um prisma, com ou C2 - Calcular a medida do volume de um cilindro, com ou C3 - Calcular a medida do volume de uma pirâmide, com ou C4 - Calcular a medida do volume de um cone, com ou

10 26 3 ANO ENSINO MÉDIO H32 Calcular o determinante de matrizes quadradas de ordem 2 ou 3. C1 - Calcular o determinante de matrizes quadradas de ordem 2 C2 - Calcular o determinante de matrizes quadradas de ordem 3. H36 Efetuar cálculo envolvendo operações com números complexos na forma algébrica. C1 - Efetuar a adição de dois ou mais números complexos na forma algébrica; C2 - Efetuar a subtração de dois ou mais números complexos na forma algébrica; C3 - Efetuar a multiplicação de dois ou mais números complexos na forma algébrica; C4 - Efetuar a divisão de dois ou mais números complexos na forma algébrica. H46 Reconhecer números reais em diferentes contextos. C1 - Localizar números racionais na reta numérica. C2 - Identificar números irracionais em intervalos na reta. C3 - Comparar e/ou ordenar números reais. H54 envolvendo juros simples ou compostos. C1 - Calcular os juros em uma situação-problema C2 - Calcular a taxa em uma situação-problema C3 - Calcular o período, dado em dias, meses ou anos, em uma situação-problema C4 - Calcular o montante em uma situaçãoproblema C5 - Calcular o capital em uma situação-problema C6 - Calcular os juros em uma situação-problema C7 - Calcular a taxa em uma situação-problema C8 - Calcular o período, dado em dias, meses ou anos, em uma situação-problema C9 -Calcular o montante em uma situação-problema C10 - Calcular o capital em uma situação-problema H55 envolvendo P.A./P.G. dada a fórmula do termo geral e/ou a soma dos termos. C1 - que envolvam o cálculo do termo de uma P.A. C2 - que envolvam o cálculo da soma dos termos de uma P.A. C3 - que envolvam o cálculo do termo de uma P.G. C4 - que envolvam o cálculo da soma dos termos de uma P.G.

11 27 3 ANO ENSINO MÉDIO H57 envolvendo função do 2º grau. C1 - que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax 2 +bx+c=0, com a 0. C2 - que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax 2 +bx=0, com a 0. C3 - que recaiam na resolução de uma equação do 2º grau da forma ax 2 +c=0, com a 0. C4 - que envolvam a determinação do valor do y v como o valor máximo em uma função do 2º grau. C5 - que envolvam a determinação do valor do y v, como o valor mínimo em uma função do 2º grau. C6 - que envolvam a determinação do valor do x v, que fornece o valor máximo de uma função do 2º grau. C7 - que envolvam a determinação do valor do x v, que fornece o valor mínimo de uma função do 2º grau. H60 de contagem utilizando o princípio multiplicativo ou noções de permutação simples, arranjos simples e/ou combinações simples. C1 - de contagem que envolva o princípio multiplicativo; C2 - de contagem que envolva permutação simples; C3 - de contagem que envolva arranjo simples; C4 - de contagem que envolva combinação simples. H67 envolvendo probabilidade. C1 - que envolvam o cálculo da probabilidade de ocorrência de um evento como a razão entre o número de casos favoráveis e o número de casos possíveis, em espaços equiprováveis finitos; C2 - utilizando a probabilidade da união de eventos; C3 - utilizando a probabilidade de eventos complementares; C4 - que envolvam o cálculo de probabilidade condicional. H68 que envolvam porcentagem. C1 - contextualizados que recaiam no cálculo da porcentagem. C2 - contextualizados que recaiam na determinação do valor percentual de acréscimo ou desconto de um produto, inclusive quando há acréscimos ou descontos sucessivos.

12 28 3 ANO ENSINO MÉDIO H71 envolvendo informações apresentadas em tabelas e/ou gráficos. C1 - que envolvam análise e interpretação de dados apresentados em tabelas; C2 - que envolvam análise e interpretação de dados apresentados em gráficos de barras; C3 - que envolvam análise e interpretação de dados apresentados em gráficos de colunas; C4 - que envolvam análise e interpretação de dados apresentados em gráficos de setor; C5 - que envolvam análise e interpretação de dados apresentados em gráficos de segmento. TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO H72 Associar informações apresentadas em listas e/ou tabelas simples aos gráficos que as representam e viceversa. C1 - Associar informações apresentadas em listas e/ ou tabelas ao gráfico de barras que as representam; C2 - Associar informações apresentadas em listas e/ ou tabelas ao gráfico de colunas que as representam; C3 - Associar informações apresentadas em listas e/ou tabelas simples ao gráfico de setor que as representam; C4 - Associar informações apresentadas em listas e/ ou tabelas ao gráfico de segmento que as representam; C5 - Associar informações apresentadas em gráfico de barras a listas e/ou tabelas que o representa; C6 - Associar informações apresentadas em gráfico de colunas a listas e/ou tabelas que o representa; C7 - Associar informações apresentadas em gráfico de setor a listas e/ou tabelas simples que o representa; C8 - Associar informações apresentadas em gráfico de segmento a listas e/ou tabelas que o representa. H73 envolvendo o cálculo da média aritmética, mediana ou moda. C1 - que envolvam o cálculo da média aritmética em uma distribuição amostral simples; C2 - que envolvam o cálculo da moda em uma distribuição amostral simples; C3 - que envolvam o cálculo da mediana em uma distribuição amostral simples.

Matriz de Referência de Matemática* SAEPI Temas e seus Descritores 5º ano do Ensino Fundamental

Matriz de Referência de Matemática* SAEPI Temas e seus Descritores 5º ano do Ensino Fundamental MATEMÁTICA - 5º EF Matriz de Referência de Matemática* SAEPI Temas e seus Descritores 5º ano do Ensino Fundamental Identificar a localização/movimentação de objeto em mapas, croquis e outras representações

Leia mais

TEMA I: Interagindo com os números e funções

TEMA I: Interagindo com os números e funções 31 TEMA I: Interagindo com os números e funções D1 Reconhecer e utilizar característictas do sistema de numeração decimal. D2 Utilizar procedimentos de cálculo para obtenção de resultados na resolução

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE MATEMÁTICA - SADEAM 3 ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE MATEMÁTICA - SADEAM 3 ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 3 ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ESPAÇO E FORMA Identificar a localização/movimentação de objeto ou pessoa em mapa, croqui e outras representações gráficas. Identificar propriedades comuns e diferenças entre

Leia mais

MATRIZES DE REFERÊNCIA COMPETÊNCIAS E HABILIDADES QUE SERÃO AVALIADAS: ENSINO FUNDAMENTAL I ANOS INICIAIS

MATRIZES DE REFERÊNCIA COMPETÊNCIAS E HABILIDADES QUE SERÃO AVALIADAS: ENSINO FUNDAMENTAL I ANOS INICIAIS MATRIZES DE REFERÊNCIA COMPETÊNCIAS E HABILIDADES QUE SERÃO AVALIADAS: ENSINO FUNDAMENTAL I ANOS INICIAIS II. Implicações do Suporte, do Gênero e /ou do Enunciador na Compreensão do Texto Estabelecer relação

Leia mais

Descritores de Matemática 4ª série (5º ano)

Descritores de Matemática 4ª série (5º ano) Descritores de Matemática 4ª série (5º ano) Prova Brasil Matemática São 28 descritores subdivididos em 04 temas. Tema I - Espaço e Forma. D1 - Identificar a localização /movimentação de objeto em mapas,

Leia mais

Ordenar ou identificar a localização de números racionais na reta numérica.

Ordenar ou identificar a localização de números racionais na reta numérica. Ordenar ou identificar a localização de números racionais na reta numérica. Estabelecer relações entre representações fracionárias e decimais dos números racionais. Resolver situação-problema utilizando

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA - SPAECE MATEMÁTICA 5 o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL TEMAS E SEUS DESCRITORES

MATRIZ DE REFERÊNCIA - SPAECE MATEMÁTICA 5 o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL TEMAS E SEUS DESCRITORES MATEMÁTICA 5 o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I INTERAGINDO COM OS NÚMEROS E FUNÇÕES D1 Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal. Utilizar procedimentos de cálculo para obtenção

Leia mais

TÓPICOS DA MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA ENSINO FUNDAMENTAL ( DE ACORDO COM SAEB)

TÓPICOS DA MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA ENSINO FUNDAMENTAL ( DE ACORDO COM SAEB) TÓPICOS DA MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA ENSINO FUNDAMENTAL ( DE ACORDO COM SAEB) I. PROCEDIMENTOS DE LEITURA Localizar informações explícitas em um texto. Inferir o sentido de uma palavra

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA - SAEGO

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA - SAEGO 22 MATRIZ DE REFERÊNCIA DE LÍNGUA PORTUGUESA - SAEGO 2º ano do Ensino Fundamental D1 Reconhecer as letras do alfabeto. D2 Distinguir letras de outros sinais gráficos. D3 Reconhecer as direções da escrita.

Leia mais

Matriz de Referência de matemática 9º ano do ensino fundamental

Matriz de Referência de matemática 9º ano do ensino fundamental Matriz de Referência de matemática 9º ano do ensino fundamental D01 D02 D03 Identificar a localização/movimentação de objeto em mapas, croquis e outras representações gráficas. Identificar propriedades

Leia mais

2º ANO Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal, tais como agrupamentos e trocas na base 10 e princípio do valor posicion

2º ANO Reconhecer e utilizar características do sistema de numeração decimal, tais como agrupamentos e trocas na base 10 e princípio do valor posicion PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES DE MATEMÁTICA PROVA - 3º BIMESTRE 2011 2º ANO Reconhecer e utilizar

Leia mais

Legenda 0 à 25% de Acertos Baixo De 26 à 50% de Acertos Intermediário De 51 à 75% de Acertos Adequado De 76 à 100% de Acertos Avançado

Legenda 0 à 25% de Acertos Baixo De 26 à 50% de Acertos Intermediário De 51 à 75% de Acertos Adequado De 76 à 100% de Acertos Avançado Relação de Descritores que apresentam os erros mais frequentes cometidos pelos estudantes nas Avaliações Diagnósticas de 2012 do ProEMI/JF no estado do Ceará Em 2012 foram aplicadas Avaliações Diagnósticas

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EM MATEMÁTICA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SISTEMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ SPAECE

MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EM MATEMÁTICA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SISTEMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ SPAECE MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA AVALIAÇÃO EM MATEMÁTICA 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SISTEMA PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ SPAECE TEMA I: INTERAGINDO COM OS NÚMEROS E FUNÇÕES N DESCRITOR

Leia mais

1.0. Conceitos Utilizar os critérios de divisibilidade por 2, 3, 5 e Utilizar o algoritmo da divisão de Euclides.

1.0. Conceitos Utilizar os critérios de divisibilidade por 2, 3, 5 e Utilizar o algoritmo da divisão de Euclides. Conteúdo Básico Comum (CBC) Matemática - do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Os tópicos obrigatórios são numerados em algarismos arábicos Os tópicos complementares são numerados em algarismos romanos

Leia mais

Matemática e suas tecnologias

Matemática e suas tecnologias Matemática e suas tecnologias Fascículo 1 Módulo 1 Teoria dos conjuntos e conjuntos numéricos Noção de conjuntos Conjuntos numéricos Módulo 2 Funções Definindo função Lei e domínio Gráficos de funções

Leia mais

SUMÁRIO. Unidade 1 Matemática Básica

SUMÁRIO. Unidade 1 Matemática Básica SUMÁRIO Unidade 1 Matemática Básica Capítulo 1 Aritmética Introdução... 12 Expressões numéricas... 12 Frações... 15 Múltiplos e divisores... 18 Potências... 21 Raízes... 22 Capítulo 2 Álgebra Introdução...

Leia mais

A escala de Língua Portuguesa para o 3º ano do Ensino Médio

A escala de Língua Portuguesa para o 3º ano do Ensino Médio A escala de Língua Portuguesa para o 3º ano do Ensino Médio LÍNGUA PORTUGUESA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO (continua) 1 225-250 2 250-275 3 275-300 4 300-325 Nesse nível, o estudante pode ser capaz de identificar

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 MATEMÁTICA (2º ciclo)

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 MATEMÁTICA (2º ciclo) (2º ciclo) 5º ano Operações e Medida Tratamento de Dados Efetuar com números racionais não negativos. Resolver problemas de vários passos envolvendo com números racionais representados por frações, dízimas,

Leia mais

Programação anual. 6 º.a n o. Sistemas de numeração Sequência dos números naturais Ideias associadas às operações fundamentais Expressões numéricas

Programação anual. 6 º.a n o. Sistemas de numeração Sequência dos números naturais Ideias associadas às operações fundamentais Expressões numéricas Programação anual 6 º.a n o 1. Números naturais 2. Do espaço para o plano Sistemas de numeração Sequência dos números naturais Ideias associadas às operações fundamentais Expressões numéricas Formas geométricas

Leia mais

Descritores da Prova do 3º ano - Português. Descritores da Prova do 3º ano - Matemática

Descritores da Prova do 3º ano - Português. Descritores da Prova do 3º ano - Matemática Descritores da Prova do 3º ano - Português Tópico I Procedimentos de leitura D1 Localizar informações explícitas em um texto D3 Inferir o sentido de uma palavra ou expressão D4 Inferir uma informação implícita

Leia mais

5º ano do Ensino Fundamental 1º BIMESTRE EIXO: NÚMEROS E OPERAÇÕES

5º ano do Ensino Fundamental 1º BIMESTRE EIXO: NÚMEROS E OPERAÇÕES 5º ano do Ensino Fundamental 1º BIMESTRE Compor e decompor números naturais e racionais na forma decimal. Reconhecer ordens e classes numa escrita numérica. Arredondar números na precisão desejada. Ordenar

Leia mais

Segue, abaixo, o Roteiro de Estudo para a Verificação Global 2 (VG2), que acontecerá no dia 26 de junho de 2013 (a confirmar).

Segue, abaixo, o Roteiro de Estudo para a Verificação Global 2 (VG2), que acontecerá no dia 26 de junho de 2013 (a confirmar). Divisibilidade - Regras de divisibilidade por 2, 3, 4, 5, 6, 8, 9 e 10. - Divisores de um número natural. - Múltiplos de um número natural. - Números primos. - Reconhecimento de um número primo. - Decomposição

Leia mais

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 2º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 2º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 2º

Leia mais

ESCALA DE PROFICIÊNCIA DE MATEMÁTICA 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

ESCALA DE PROFICIÊNCIA DE MATEMÁTICA 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ESCALA DE PROFICIÊNCIA DE MATEMÁTICA 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Nível* Nível 1: 125-150 Nível 2: 150-175 Nível 3: 175-200 Nível 4: 200-225 Descrição do Nível - O estudante provavelmente é capaz de: Determinar

Leia mais

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 3º

Leia mais

araribá matemática Quadro de conteúdos e objetivos Quadro de conteúdos e objetivos Unidade 1 Potências Unidade 2 Radiciação

araribá matemática Quadro de conteúdos e objetivos Quadro de conteúdos e objetivos Unidade 1 Potências Unidade 2 Radiciação Unidade 1 Potências 1. Recordando potências Calcular potências com expoente natural. Calcular potências com expoente inteiro negativo. Conhecer e aplicar em expressões as propriedades de potências com

Leia mais

Matriz de Referência da área de Matemática Ensino Médio

Matriz de Referência da área de Matemática Ensino Médio Matriz de Referência da área de Matemática Ensino Médio C1 Utilizar o conhecimento sobre números e suas representações em situações relacionadas a operações matemáticas, grandezas e unidades de medidas.

Leia mais

PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL. O que são Padrões de Desempenho? ABAIXO DO BÁSICO Até 150 pontos. BÁSICO De 150 até 200 pontos

PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL. O que são Padrões de Desempenho? ABAIXO DO BÁSICO Até 150 pontos. BÁSICO De 150 até 200 pontos PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL O que são Padrões de Desempenho? Os Padrões de Desempenho constituem uma caracterização das competências e habilidades desenvolvidas pelos alunos de determinada etapa de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (6º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º PERÍODO - (15 de setembro a 16 de dezembro)

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (6º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º PERÍODO - (15 de setembro a 16 de dezembro) ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (6º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º PERÍODO - (15 de setembro a 16 de dezembro) Números e operações - Números

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS Disciplina: MATEMÁTICA 5ºAno

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS Disciplina: MATEMÁTICA 5ºAno PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS Disciplina: MATEMÁTICA 5ºAno Ano Letivo 2012/2013 Conteúdos Nº médio de Aulas Previstas Atividades de diagnóstico e caraterização da turma. Números Naturais Adição. Propriedades.

Leia mais

Competências e Habilidades - Concurso de Bolsas 2015/2016. Ensino Médio e Fundamental. Ensino Fundamental (6º Ano )

Competências e Habilidades - Concurso de Bolsas 2015/2016. Ensino Médio e Fundamental. Ensino Fundamental (6º Ano ) Ensino Fundamental (6º Ano ) Língua Portuguesa Em Língua Portuguesa (com foco em leitura) serão avaliadas habilidades e competências, agrupadas em 9 tópicos que compõem a Matriz de Referência dessa disciplina,

Leia mais

RESULTADO DAS AVALIAÇÕES AVALIA BH / OUTUBRO º CICLO LÍNGUA PORTUGUESA

RESULTADO DAS AVALIAÇÕES AVALIA BH / OUTUBRO º CICLO LÍNGUA PORTUGUESA CEP: 31.6-0 Venda Nova, Belo Horizonte/MG RESULTADO DAS AVALIAÇÕES AVALIA BH / OUTUBRO 3º CICLO 0 LÍNGUA PORTUGUESA 1 ETAPA 3 CICLO D05 D06 D07 D09 D D11 D12 D16 D24 D28 DESCRITORES AVALIADOS: D05 Interpretar

Leia mais

32 Matemática. Programação anual de conteúdos

32 Matemática. Programação anual de conteúdos Programação anual de conteúdos 2 ọ ano 1 ọ volume 1. A localização espacial e os números Construção do significado dos números e identificação da sua utilização no contexto diário Representação das quantidades

Leia mais

Matriz de Referência da área de Matemática Ensino Fundamental

Matriz de Referência da área de Matemática Ensino Fundamental Matemática EF Matriz de Referência da área de Matemática Ensino Fundamental C1 Utilizar o conhecimento numérico para operar e construir argumentos ao interpretar situações que envolvam informações quantitativas.

Leia mais

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas.

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas. Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também tem a missão de ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Para isso, oferecemos recomendações personalizadas de estudo, para

Leia mais

Conteúdo Programático. Cursos Técnicos Subsequentes

Conteúdo Programático. Cursos Técnicos Subsequentes Conteúdo Programático Cursos Técnicos Subsequentes Especificações das Provas Disciplinas da prova objetiva Nº questões Pesos Total de pontos Língua Portuguesa 15 2 30 Matemática 15 2 30 Total 30-60 Prova

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 6ºAno - 2º Ciclo

Plano Curricular de Matemática 6ºAno - 2º Ciclo Plano Curricular de Matemática 6ºAno - 2º Ciclo Domínio Conteúdos Metas Nº de Tempos Previstos Numeros e Operações Geometria Números naturais - Números primos; - Crivo de Eratóstenes; - Teorema fundamental

Leia mais

O que são Padrões de Desempenho?

O que são Padrões de Desempenho? PADRÕES DE DESEMPENHO ESTUDANTIL O que são Padrões de Desempenho? Os Padrões de Desempenho constituem uma caracterização das competências e habilidades desenvolvidas pelos alunos de determinada etapa de

Leia mais

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ 1. Sistemas de numeração Características de um sistema de numeração (símbolos e regras) Alguns sistemas de numeração (egípcio,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA 5º ANO MONIQUE MATEMÁTICA CONTEÚDOS:

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA 5º ANO MONIQUE MATEMÁTICA CONTEÚDOS: A soberba não é grandeza, é inchaço. O que incha parece grande, mas não está são. Santo Agostinho CONTEÚDOS: Livro didático Matemática- Projeto Ápis Luiz Roberto Dante Editora Ática Capítulos: 9,10 e 11

Leia mais

9.º Ano. Planificação Matemática 16/17. Escola Básica Integrada de Fragoso 9.º Ano

9.º Ano. Planificação Matemática 16/17. Escola Básica Integrada de Fragoso 9.º Ano 9.º Ano Planificação Matemática 1/17 Escola Básica Integrada de Fragoso 9.º Ano Funções, sequências e sucessões Álgebra Organização e tratamento de dados Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais /

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 6.º ANO PERFIL DO ALUNO 1.º PERÍODO. DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS/CONTEÚDOS OBJETIVOS n.º de aulas

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 6.º ANO PERFIL DO ALUNO 1.º PERÍODO. DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS/CONTEÚDOS OBJETIVOS n.º de aulas DE MATEMÁTICA - 6.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de conhecer e aplicar propriedades dos números primos; representar e comparar números

Leia mais

Cronograma - 2º Bimestre / 2016

Cronograma - 2º Bimestre / 2016 Prof.: TIAGO LIMA Disciplina: MATEMÁTICA Série: 1º ano EM 25/04 e 28/04 02/05 e 04/05 09/05 e 12/05 23/05 e 26/05 30/05 e 02/06 06/06 e 09/06 13/06 e 16/06 20/06 e 23/06 27/06 e 30/06 04/07 e 07/07 Função

Leia mais

4º. ano 1º. VOLUME. Projeto Pedagógico de Matemática 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE. Números e operações.

4º. ano 1º. VOLUME. Projeto Pedagógico de Matemática 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE. Números e operações. 4º. ano 1º. VOLUME 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE Realização de compreendendo seus significados: adição e subtração (com e sem reagrupamento) Multiplicação (como adição de parcelas

Leia mais

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 4º BIMESTRE º B - 11 Anos

MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 4º BIMESTRE º B - 11 Anos PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/ SEÇÃO DE ENSINO FORMAL Centro de Formação Pedagógica CENFOP MATEMÁTICA PLANEJAMENTO 4º

Leia mais

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano 60 Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano Caderno 1 UNIDADE 1 Significados das operações (adição e subtração) Capítulo 1 Números naturais O uso dos números naturais Seqüência dos números

Leia mais

MATEMÁTICA NÍVEL MÉDIO

MATEMÁTICA NÍVEL MÉDIO MATEMÁTICA NÍVEL MÉDIO 1. CONJUNTOS 1.1. Representação e relação: pertinência, inclusão e igualdade. 1.2. Operações: união, intercessão, diferença e complementar. 1.3. Conjuntos numéricos: Naturais, Inteiros,

Leia mais

MATEMÁTICA 3º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos. Currículo Paulo VI. Números naturais. Relações numéricas Múltiplos e divisores

MATEMÁTICA 3º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos. Currículo Paulo VI. Números naturais. Relações numéricas Múltiplos e divisores MATEMÁTICA 3º ANO NÚMEROS E OPERAÇÕES Tópicos Números naturais Relações numéricas Múltiplos e divisores Novo programa de matemática Objetivos específicos Realizar contagens progressivas e regressivas a

Leia mais

Matemática. Sumários

Matemática. Sumários Matemática Sumários Sumário Vamos começar! 8 4 Números naturais: multiplicação e divisão 92 1 Números naturais e sistemas de numeração 14 1 Números para contar 15 2 Números para ordenar e transmitir informações

Leia mais

7º ano. Conteúdo para o Teste de Sondagem Língua Portuguesa. Matemática

7º ano. Conteúdo para o Teste de Sondagem Língua Portuguesa. Matemática 7º ano Conteúdo para o Teste de Sondagem 2015 Interpretação e produção de textos de gêneros variados: Carta, notícia, artigo de Opinião, relatos de viagem, tirinha, charge. Sistema de numeração decimal

Leia mais

Calendarização da Componente Letiva

Calendarização da Componente Letiva Calendarização da Componente Letiva 2015/2016 7º Ano Matemática s 1º 2º 3º Número de aulas previstas (45 minutos) 61 50 48 Apresentação e Diagnóstico 2 Avaliação (preparação, fichas de avaliação e correção)

Leia mais

Matemática PROFESSOR: Francisco Monteiro OBJETIVO GERAL

Matemática PROFESSOR: Francisco Monteiro OBJETIVO GERAL ANO DE ESCOLARIDADE: 8º ano (A e B matutino e A vespertino) DISCIPLINA: Matemática PROFESSOR: Francisco Monteiro OBJETIVO GERAL Resolver situações-problema, construindo estratégias e fazendo uso de diversas

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Matemática 5º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Matemática 5º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Matemática 5º Ano OBJETIVOS ESPECÍFICOS TÓPICOS SUB-TÓPICOS METAS DE APRENDIZAGEM 1º Período Compreender as propriedades das operações e usá-las no cálculo. Interpretar uma

Leia mais

PERFIL DO ALUNO APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS - 5.ºANO

PERFIL DO ALUNO APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS - 5.ºANO EB 2.3 DE SÃO JOÃO DO ESTORIL 2016/17 MATEMÁTICA PERFIL DO ALUNO PERFIL DO ALUNO APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS - 5.ºANO /DOMÍNIOS NUMEROS E OPERAÇÕES NO5 GEOMETRIA E MEDIDA GM5 ALG5 ORGANIZAÇÃO E TRATAMENTO

Leia mais

ÁREA DO CONHECIMENTO: RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO 5º ANO EF

ÁREA DO CONHECIMENTO: RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO 5º ANO EF Barras de Napier Aula Multimídia MT - Interface 4 - Pág. 20 Naturais e Sistema de Numeração Decimal OB001 Compreender a aplicabilidade e função dos números naturais e racionais no contexto diário. ÁREA

Leia mais

Programa Anual MATEMÁTICA EXTENSIVO

Programa Anual MATEMÁTICA EXTENSIVO Programa Anual MATEMÁTICA EXTENSIVO Os conteúdos conceituais de Matemática estão distribuídos em 5 frentes. A) Equações do 1º e 2º graus; Estudo das funções; Polinômios; Números complexos; Equações algébricas.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS - Grupo 500 Planificação Anual /Critérios de avaliação Disciplina: Matemática 8º ano Ano letivo 2016/2017 Início

Leia mais

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa. Competências Habilidades Conteúdos. I Etapa

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa. Competências Habilidades Conteúdos. I Etapa PLANO DE ENSINO 2015 Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa I Etapa Competências Habilidades Conteúdos Revisão (breve) de conteúdos trabalhados anteriormente Construir significados

Leia mais

1º ano. Capítulo 2 - Itens: todos (2º ano) Modelos matemáticos relacionados com a função logarítmica

1º ano. Capítulo 2 - Itens: todos (2º ano) Modelos matemáticos relacionados com a função logarítmica 1º ano Conjuntos Símbolos lógicos Operações com conjuntos Conjuntos numéricos Os Números Naturais Propriedades dos racionais Operações com naturais Os números Inteiros Propriedades dos inteiros Operações

Leia mais

EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2014

EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2014 EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2014 Disciplina: Matemática Professor: Flávio Calônico Júnior Turma: 3 ano do Ensino Médio Data 15/setembro 17/setembro 18/setembro 22/setembro Conteúdo NÚMEROS COMPLEXOS

Leia mais

7º Ano. Planificação Matemática 2014/2015. Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano

7º Ano. Planificação Matemática 2014/2015. Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano 7º Ano Planificação Matemática 2014/2015 Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números e Operações Números racionais - Simétrico da soma e da diferença

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO. Plano da Unidade

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO. Plano da Unidade Unidade de Ensino: OPERAÇÕES COM NÚMEROS RACIONAIS ABSOLUTOS (adição e subtracção). Tempo Previsto: 3 semanas O reconhecimento do conjunto dos racionais positivos, das diferentes formas de representação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA 5.º ANO PLANIFICAÇÃO GLOBAL ANO LETIVO 2011/2012 Planificação Global 5º Ano 2011-2012 1/7 NÚMEROS

Leia mais

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa

PLANO DE ENSINO Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa PLANO DE ENSINO 2016 Disciplina: Matemática 8º ano Professor(a): Gracivane Pessoa Competências e Habilidades Gerais da Disciplina Desenvolver a responsabilidade e o gosto pelo trabalho em equipe; Relacionar

Leia mais

ISOLADA DE MATEMÁTICA

ISOLADA DE MATEMÁTICA ISOLADA DE MATEMÁTICA ISOLADA DE MATEMÁTICA Nessa isolada de Matemática você terá acesso à 73 videoaulas, 100% on-line, com duração média de 30 minutos, cada, contendo material de acompanhamento e simulados

Leia mais

Planificação Anual Departamento 1.º Ciclo

Planificação Anual Departamento 1.º Ciclo Modelo Dep-01 Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia Planificação Anual Departamento 1.º Ciclo Ano 4º Ano letivo 2013.2014 Disciplina: Matemática Turmas: 4º ano Professores: todos os docentes do 4º

Leia mais

MATEMÁTICA 4º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos. Ler e representar números, pelo menos até ao milhão.

MATEMÁTICA 4º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos. Ler e representar números, pelo menos até ao milhão. MATEMÁTICA 4º ANO NÚMEROS E OPERAÇÕES Números naturais Relações numéricas Múltiplos e divisores Realizar contagens progressivas e regressivas a partir de números dados. Comparar números e ordená-los em

Leia mais

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Competência Objeto de aprendizagem Habilidade 1ª Matemática 5º Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade BLOCO: ESPAÇO E FORMA/ GEOMETRIA COMPETÊNCIA 1: Perceber o espaço ocupado pelo próprio corpo e por diferentes objetos, demonstrando

Leia mais

4ª, 6ª e 8ª séries / 5º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio SARESP. Escala de Proficiência de Matemática

4ª, 6ª e 8ª séries / 5º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio SARESP. Escala de Proficiência de Matemática 4ª, 6ª e 8ª séries / 5º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio SARESP Escala de Proficiência de Matemática ESCALA DE PROFICIÊNCIA DE MATEMÁTICA A Escala de Matemática é comum às

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Plano da Unidade

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Plano da Unidade Unidade de Ensino: OPERAÇÕES COM NÚMEROS RACIONAIS ABSOLUTOS (adição e subtracção). Tempo Previsto: 3 semanas O reconhecimento do conjunto dos racionais positivos, das diferentes formas de representação

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA:

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (9º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º PERÍODO - (15 de setembro a 16 de dezembro) Metas Curriculares Conteúdos Aulas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS - Grupo 500 Planificação Anual /Critérios de avaliação Disciplina: Matemática _ 7º ano 2016/2017 Início Fim

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CASTRO DAIRE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CASTRO DAIRE 3º Período 2º Período 1º Período AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CASTRO DAIRE Escola Secundária de Castro Daire Escola Básica N.º2 de Castro Daire Escola EBI de Mões Grupo de Recrutamento 500 MATEMÁTICA Ano letivo

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas Curriculares de Matemática 1º CICLO MATEMÁTICA 4º ANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática 9º ano Ano Letivo 2014/2015

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS Grupo 500 Planificação Anual / Critérios de Avaliação Disciplina: Matemática _ 9.º ano 2016 / 2017 Início Fim

Leia mais

ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016

ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016 ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016 PLANIFICAÇÃO DE MATEMÁTICA 7ºANO 1º Período 2º Período 3º Período Apresentação,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE MATEMÁTICA. UNIDADE 1 Conteúdos

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE MATEMÁTICA. UNIDADE 1 Conteúdos PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE MATEMÁTICA 1. ano - 1. volume 1. ano - 2. volume UNIDADE 1 Localização espacial, utilizando o próprio corpo como referencial. Localização espacial, utilizando referenciais externos

Leia mais

LUZIANE ROSA ANALISTA PEDAGÓGICA AGOS/2011. A essência do conhecimento consiste em aplicá-lo, uma vez possuído. Confúcio

LUZIANE ROSA ANALISTA PEDAGÓGICA AGOS/2011. A essência do conhecimento consiste em aplicá-lo, uma vez possuído. Confúcio LUZIANE ROSA ANALISTA PEDAGÓGICA AGOS/2011 A essência do conhecimento consiste em aplicá-lo, uma vez possuído. Confúcio CBC MATEMÁTICA Apresentação Estabelecer os conhecimentos, as habilidades e competências

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR

SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR Demonstrativo da classificação das atividades em relação a Matriz

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 4º ANO ESCOLA ANO LETIVO PROFESSOR(A) DATA: / /

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 4º ANO ESCOLA ANO LETIVO PROFESSOR(A) DATA: / / AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 4º ANO ESCOLA ANO LETIVO PROFESSOR(A) DATA: / / ESPAÇO E FORMA: Identificar posição de pessoa e/ou objeto presentes em representações utilizando um pontos

Leia mais

ASSUNTO PLANIFICAÇÃO ANUAL 6º ano RESPONSÁVEL: Grupo 230 DOMÍNIO SUBDOMÍNIO OBJETIVO GERAL/DESCRITORES RECURSOS

ASSUNTO PLANIFICAÇÃO ANUAL 6º ano RESPONSÁVEL: Grupo 230 DOMÍNIO SUBDOMÍNIO OBJETIVO GERAL/DESCRITORES RECURSOS ESCOLA BÁSICA CRISTÓVÃO FALCÃO ANO LETIVO: 2016/2017 SERVIÇO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS DATA: set 2016 ASSUNTO PLANIFICAÇÃO ANUAL 6º ano RESPONSÁVEL: Grupo 230 DOMÍNIO SUBDOMÍNIO

Leia mais

7.º Ano. Planificação Matemática 2016/2017. Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano

7.º Ano. Planificação Matemática 2016/2017. Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano 7.º Ano Planificação Matemática 201/2017 Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano Geometria e medida Números e Operações Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números racionais - Simétrico

Leia mais

Segue, abaixo, o Roteiro de Estudo para a Verificação Global 2 (VG2), que acontecerá no dia 03 de abril de º Olímpico Matemática I

Segue, abaixo, o Roteiro de Estudo para a Verificação Global 2 (VG2), que acontecerá no dia 03 de abril de º Olímpico Matemática I 6º Olímpico Matemática I Sistema de numeração romano. Situações problema com as seis operações com números naturais (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). Expressões numéricas

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 7.ºANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 7.ºANO Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclos Infante D. Pedro 1.º Período Apresentação. Avaliação Diagnóstica Atividades de recuperação e avaliação 54 aulas 40 aulas 9 aulas 2.º Período 4s 3s 8 aulas 3.º Período

Leia mais

Relação de Conteúdos para Seleção Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental

Relação de Conteúdos para Seleção Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental Interpretação de texto Substantivos Adjetivos Encontros vocálicos Encontros consonantais Dígrafos Artigo Verbos As 4 operações Situações- problemas (Raciocínio

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas de Aprendizagem e manual adoptado 3º CICLO MATEMÁTICA 7ºANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

MATEMÁTICA - 2º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos

MATEMÁTICA - 2º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos MATEMÁTICA - 2º ANO NÚMEROS E OPERAÇÕES Números naturais Noção de número natural Relações numéricas Sistema de numeração decimal Classificar e ordenar de acordo com um dado critério. Realizar contagens

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 4.º Ano - Ano Letivo 2016/2017

Plano Curricular de Matemática 4.º Ano - Ano Letivo 2016/2017 4.º Ano - Ano Letivo 2016/2017 1.º Período - Números naturais Números e operações Contar Estender as regras de construção dos numerais decimais para classes de grandeza indefinida; Conhecer os diferentes

Leia mais

G A B A R I T O G A B A R I T O

G A B A R I T O G A B A R I T O Prova Anglo P-2 G A B A R I T O Tipo D-9-05/2011 01. C 07. A 13. D 19. C 02. C 08. B 14. B 20. B 03. D 09. C 15. D 21. D 04. A 10. A 16. D 22. A 05. B 11. B 17. C 00 06. D 12. C 18. A 00 841201911 PROVA

Leia mais

GUIA DE AULAS - MATEMÁTICA - SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR

GUIA DE AULAS - MATEMÁTICA - SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR GUIA DE AULAS - MATEMÁTICA - SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também quer ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Por isso, oferecemos

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas Curriculares

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas Curriculares AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas Curriculares 3º CICLO MATEMÁTICA 9ºANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS OBJETIVOS

Leia mais

M A T E M Á T I C A Desenho Curricular por Área

M A T E M Á T I C A Desenho Curricular por Área M A T E M Á T I C A Desenho Curricular por Área Módulo 1 Conteúdo... Habilidades e Competências... 10 unidades... Matemáticas Módulo 2 Conteúdo... Habilidades e Competências... 10 unidades... Módulo 3

Leia mais

Nº de aulas de 45 minutos previstas 66. 1º Período. 1- Isometrias Nº de aulas de 45 minutos previstas 18

Nº de aulas de 45 minutos previstas 66. 1º Período. 1- Isometrias Nº de aulas de 45 minutos previstas 18 Escola Secundária de Lousada Planificação anual disciplina de Matemática Ano: 8º Ano lectivo: 01-013 CALENDARIZAÇÃO Nº de aulas de 5 minutos previstas 1 1º Período º Período 3º Período 9 7 DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

APOSTILA DE APOIO PEDAGÓGICO 9º ANO

APOSTILA DE APOIO PEDAGÓGICO 9º ANO GOVERNO MUNICIPAL DE CAUCAIA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - SME COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO ANOS FINAIS APOSTILA DE APOIO PEDAGÓGICO 9º ANO 2º ENCONTRO DE MATEMÁTICA PROFESSORES FORMADORES:

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE MATEMÁTICA PAEBES ALFA 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental. Níveis de Complexidade

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE MATEMÁTICA PAEBES ALFA 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental. Níveis de Complexidade MATRIZ DE REFERÊNCIA DE MATEMÁTICA PAEBES ALFA 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental Tópicos petências Descritores Níveis de plexidade 1º ANO 2º ANO 3º ANO N1 Associar até 9 objetos/pessoas/ animais uma disposição

Leia mais

Ano lectivo 2010 / 2011 Conteúdos programáticos essenciais

Ano lectivo 2010 / 2011 Conteúdos programáticos essenciais Ano de escolaridade: 7º Área curricular disciplinar de Matemática 1. Números inteiros Números naturais Números primos e números compostos. Múltiplos e divisores de um número natural. Decomposição de um

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE Grupo de Recrutamento 500

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE Grupo de Recrutamento 500 3º Período 2º Período 1º Período AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE Escola Secundária de Castro Daire Escola Básica N.º2 de Castro Daire Escola EBI de Mões Grupo de Recrutamento 500 MATEMÁTICA Ano

Leia mais

EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2016

EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2016 EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2016 Disciplina: Matemática Professor: Flávio Calônico Júnior Turma: 3 a série do Ensino Médio Data 29/agosto 31/agosto 05/setembro Conteúdo PROGRESSÃO ARITMÉTICA Sequencias

Leia mais

Abaixo do Básico. até 200 pontos

Abaixo do Básico. até 200 pontos 01 Abaixo do Básico até 200 pontos Nesse Padrão de Desempenho, as habilidades matemáticas que se evidenciam são as relativas aos significados dos números nos diversos contextos sociais, na compreensão

Leia mais