EDUCAÇÃO CORPORATIVA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDUCAÇÃO CORPORATIVA"

Transcrição

1 O foco organizacional que antes voltava-se para o mercado, nesta última década foca no ser humano, objetivando potencializar e valorizar o conhecimento e qualidades dos funcionários e de toda a cadeia produtiva de valores.

2 As organizações dependem diretamente das pessoas para operar, produzir seus bens e serviços, atender seus clientes, competir nos mercados e atingir seus objetivos globais e estratégicos. Assim, surge a necessidade deinvestir nocapital humano.

3 PERFIL DO HOMEM MODERNO É informado, participante, dinâmico e corajoso; Possui sentido de eficácia pessoal; Altamente independente e autônomo; Tem a mente relativamente aberta e flexibilidade cognitiva;

4 PERFIL DO HOMEM MODERNO Anseia pelo crescimento interior e se preocupa com aprendizagem e autodesenvolvimento; Alimenta seus desejos e sonhos e elabora projetos para alcançá-los; Dispõe-se a transformar seu mundo físico, moral e social.

5 EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

6 EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA A EAD via Web passa a ser uma excelente opção para minimizar a dificuldade das empresas em identificar os seus profissionais de hoje, prepará-los para a liderança eficaz de amanhã, reciclando continuamente seus conhecimentos numa cultura de aprendizagem continuada voltada para o desenvolvimento pessoal e profissional.

7 O indivíduo que melhor adaptar-se às mudanças e ao ambiente laboral terá melhores condições de crescimento. É um exercício não só de cumprimento de tarefas profissionais no ambiente de trabalho, mas também de interação e percepção do ambiente. Assim, desenvolver o conhecimento é imprescindível.

8 As políticas educacionais brasileiras, nos últimos anos, não conseguem se dar conta das necessidades do mundo do trabalho. O Brasil, com a sua magnitude e diferentes realidades regionais, não acompanha, em suas políticas educacionais, a sua verdadeira necessidade.

9 As empresas montam programas que possam suprir suas necessidades, qualificando seus funcionários naquilo em que necessitam. A possibilidade de utilizar os programas em Educação à Distância fez com que os programas de Educação Corporativa tivessem um grande crescimento.

10 Vantagens: Redução dos custos; Facilidade de acesso; Autonomia; Autoaprendizado; Estímulo à educação continuada.

11 Desvantagens: Falta de motivação, disciplina e organização do aluno; Limitações quanto à socialização; Custos de equipamentos e infraestrutura; Dificuldade de interação entre professor e aluno; Maior esforço por parte de ambos.

12 A educação corporativa é uma diferencial para a empresa em meio à sociedade do conhecimento, procurando transformar oportunidades em negócios, trazendo uma noção mais estratégica da empresa que para se manter competitiva no mercado precisa investir em todos os colaboradores e também em toda a cadeia de valor (clientes, parceiros, fornecedores).

13 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DELORS, Jacques. Educação, um tesouro a descobrir. Relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. 10. ed. São Paulo: Corte/Unesco/Mec, EBOLI, Marisa. Educação corporativa no Brasil: mitos e verdades. São Paulo: Gente, MORHY, Lauro. Educação e Tecnologia: o desafio de vencer distâncias. BAYMA, Fátima (Org.). Educação Corporativa: desenvolvendo e gerenciando competências. São Paulo: Pearson Prentice Hall/Fundação Getúlio Vargas, PORTELLA, Eduardo. Educação, comunicação, saber. In: BAYMA, Fátima (Org.). Educação corporativa: desenvolvendo e gerenciando competências. São Paulo: Pearson Prentice Hall/Fundação Getúlio Vargas, 2005.

Como desenvolver competências profissionais para a produtividade na indústria gráfica

Como desenvolver competências profissionais para a produtividade na indústria gráfica Como desenvolver competências profissionais para a produtividade na indústria gráfica Refletir sobre o impacto da capacitação no aumento da produtividade. Identificar e discutir alternativas e soluções

Leia mais

Índice. 1. Considerações finais...3 Referências bibliográficas...4. Grupo Módulo 18

Índice. 1. Considerações finais...3 Referências bibliográficas...4. Grupo Módulo 18 GRUPO 7.4 MÓDULO 18 Índice 1. Considerações finais...3 Referências bibliográficas...4 2 1. CONSIDERAÇÕES FINAIS A ideia inicial de produzir este texto foi tentar sinalizar para o futuro pedagogo que a

Leia mais

Soluções Corporativas Eduardo Pitombo

Soluções Corporativas Eduardo Pitombo Soluções Corporativas Eduardo Pitombo Nossa Missão Desenvolver soluções de educação customizadas para empresas públicas e privadas, que contribuam diretamente para a melhoria das competências de seus funcionários

Leia mais

O Ibmec Online se reinventando tendo a Blackboard como parceiro estratégico

O Ibmec Online se reinventando tendo a Blackboard como parceiro estratégico O Ibmec Online se reinventando tendo a Blackboard como parceiro estratégico 1 Do começo aos dias de hoje A história do Grupo Ibmec Criação e Desenvolvimento Nasce o Ibmec-RJ, como Instituto para Pesquisa

Leia mais

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS DO CURSO O objetivo geral do Curso de Pós-graduação Lato Sensu MBA Executivo Internacional em Gestão de Negócios é de capacitar os profissionais

Leia mais

LLM Marketing de serviços jurídicos

LLM Marketing de serviços jurídicos LLM Marketing de serviços jurídicos Planejamento estratégico + Posicionamento de Mercado Aula 02 Wolney Pereira Agenda 1) Projeto de marketing 2) Conceituação de estratégia 3) Processo de planejamento

Leia mais

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu Introdução à Educação a Distância (EAD); Inovação e Empreendedorismo; Políticas Públicas em Educação; Gestão de Processos; Gestão Estratégica;

Leia mais

COACHING EXECUTIVO E O DESENVOLVIMENTO DA LIDERANÇA

COACHING EXECUTIVO E O DESENVOLVIMENTO DA LIDERANÇA COACHING EXECUTIVO E O DESENVOLVIMENTO DA LIDERANÇA Waystron Jesus de Paula 1 Karine Lopes 2 Tiago Hendges 3 Resumo: A importância do coaching executivo no desenvolvimento da liderança, buscando ampliar

Leia mais

Desenvolvimento do colaborador operacional. ao líder estratégico

Desenvolvimento do colaborador operacional. ao líder estratégico Desenvolvimento do colaborador operacional ao líder estratégico Gerson Cosme Santos Paixão Um lugar com POR REALIZAR E COM PESSOAS QUE VIVEM para tocar as pessoas, através de Experiências, Oportunidades

Leia mais

Training Course. MBA LEADERSHIP Liderança

Training Course. MBA LEADERSHIP Liderança MBA LEADERSHIP Liderança DESCRIÇÃO Cada vez mais, a liderança assume um papel preponderante no dia-a-dia das nossas empresas. O sucesso de uma equipa está dependente da capacidade de liderança do seu líder.

Leia mais

EMENTAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR

EMENTAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR EMENTAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR Disciplina: METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Introdução a metodologia científica, aspectos do conhecimento

Leia mais

Gestão de Pessoas: Fases Evolutivas

Gestão de Pessoas: Fases Evolutivas Gestão de Pessoas: Fases Evolutivas Transição: de Operacional para Estratégico Fischer (2002) 4 fases correntes teóricas: Departamento pessoal até 20s controle, eficiência, taylorismo, fordismo; Gestão

Leia mais

Gestão Por Competências

Gestão Por Competências Gestão Por Competências Uma nova metodologia de gerenciamentodo Capital Humano E q u i p e : D a n i l o F r e i t a s M a u r í c i o F r e i t a s Modelo de Gestão de pessoas? Modelos de Gestão Entenda-seporModelodeGestãooconjuntodepremissase

Leia mais

Gestão Estratégica da Informação Prof. Esp. André Luís Belini

Gestão Estratégica da Informação Prof. Esp. André Luís Belini Gestão Estratégica da Informação Prof. Esp. André Luís Belini Apresentação do Professor Formação Acadêmica: Bacharel em Sistemas de Informação Pós graduado em Didática e Metodologia para o Ensino Superior

Leia mais

Ofício nº 003/2003 DGP Cáceres-MT., 31 de janeiro de Prezada Superintendente

Ofício nº 003/2003 DGP Cáceres-MT., 31 de janeiro de Prezada Superintendente Ofício nº 003/2003 DGP Cáceres-MT., 31 de janeiro de 2003. Prezada Superintendente Em atenção ao ofício circ. N 003/ESP/SAD, datado de 24 de janeiro do presente ano, estamos enviando em anexo, as necessidades

Leia mais

Eficiência e Eficácia

Eficiência e Eficácia Eficiência e Eficácia Desempenho das Organizações A eficiência é determinante da eficácia: caso haja recursos disponíveis, e estes forem utilizados corretamente, a probabilidade de atingir os objetivos

Leia mais

Mapa Comparativo do Perfil Individual x Matriz de Competências Corporativas

Mapa Comparativo do Perfil Individual x Matriz de Competências Corporativas Mapa Comparativo do Perfil x de Competências Dados Principais de Competências E-mail joao_modelo@curriculum.com.br CPF 88995451467 O que é É o comparativo entre a pontuação obtida pelo indivíduo em cada

Leia mais

Gestão por Competências

Gestão por Competências Gestão por Competências 1 2 FUTUROS Capacitar Acompanhar Avaliar Investir Valorizar Reter ÁREA CRÍTICA Remanejar Traçar metas Disponibilizar MANTENEDORES Desenvolver Manter 3 4 Quem são os talentos de

Leia mais

O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE.

O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE. PROGRAMAÇÃO DE CURSOS TÉCNICOS 2º semestre de 2017 UNIÃO DA VITÓRIA O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE. CURSOS TÉCNICOS SENAC. A HORA DE INVESTIR NO SEU FUTURO É AGORA.

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO

APRESENTAÇÃO DO CURSO Pós-Graduação em Comunicação e Design Digital - EAD APRESENTAÇÃO DO CURSO Informações Central de Relacionamento: (11) 4007 2375 De segunda a sexta feira: das 9h às 20h30 relacionamentoead@espm.br Skype:

Leia mais

Perspectivas da Gestão Estratégica de Pessoas para as Organizações Públicas

Perspectivas da Gestão Estratégica de Pessoas para as Organizações Públicas Perspectivas da Gestão Estratégica de Pessoas para as Organizações Públicas Aleksandra Pereira dos Santos Doutora em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações UnB Coordenadora-Geral de RH Previc

Leia mais

EXPERIÊNCIAS DE NORMALIZAÇÃO NA GESTÃO DA P&D&I

EXPERIÊNCIAS DE NORMALIZAÇÃO NA GESTÃO DA P&D&I XIII REPICT EXPERIÊNCIAS DE NORMALIZAÇÃO NA GESTÃO DA P&D&I Júlio C. Felix Gerente INTEC/TECPAR Coordenador ABNT CEE 130 02 de setembro de 2010 REPUTAÇÃO CORPORATIVA Sustentabilidade (Sistemas de Gestão

Leia mais

FORMAÇÃO ANALISTA PERSONAL ASSESSMENT. módulo 1

FORMAÇÃO ANALISTA PERSONAL ASSESSMENT. módulo 1 FORMAÇÃO ANALISTA PERSONAL ASSESSMENT módulo 1 o que é o personal ASSESSMENT? O que é o personal ASSESSMENT? Personal Assessment é uma ferramenta brasileira de identifi cação de perfi l profi ssional e

Leia mais

Avaliação de Necessidade de Coaching

Avaliação de Necessidade de Coaching Avaliação de Necessidade de Coaching 1. Você tem tempo para participar de todas as reuniões para as quais foi convocado no dia e ainda dar conta do seu trabalho? 2. Os membros do seu departamento jurídico

Leia mais

RELACIONAMENTO INTERPESSOAL COMPETÊNCIAS. Prof. Dr. Márcio Magalhães Fontoura

RELACIONAMENTO INTERPESSOAL COMPETÊNCIAS. Prof. Dr. Márcio Magalhães Fontoura RELACIONAMENTO INTERPESSOAL COMPETÊNCIAS Prof. Dr. Márcio Magalhães Fontoura Competência..., o que é? Qualidade de quem é capaz de apreciar e resolver certos assuntos. Philippe Perrenoud Mobilizar um conjunto

Leia mais

ESTUDO SOBRE OS PROCESSOS DE FORMAÇÃO CONTINUADA A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE CORPORATIVA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL DE CRICIÚMA E AGÊNCIAS VINCULADAS.

ESTUDO SOBRE OS PROCESSOS DE FORMAÇÃO CONTINUADA A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE CORPORATIVA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL DE CRICIÚMA E AGÊNCIAS VINCULADAS. ROSEMERI AUGUSTA TALAMINI DE ALMEIDA. ESTUDO SOBRE OS PROCESSOS DE FORMAÇÃO CONTINUADA A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE CORPORATIVA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL DE CRICIÚMA E AGÊNCIAS VINCULADAS. Criciúma, 2003

Leia mais

MEDIÇÃO DE DESEMPENHO VIA BSC

MEDIÇÃO DE DESEMPENHO VIA BSC MEDIÇÃO DE DESEMPENHO VIA BSC Quais indicadores podem ser utilizados para avaliar um sistema operacional? Alguns Exemplos de Indicadores Qualidade; Eficiência Operacional; Grau de Inovação; Superávit;

Leia mais

Universidade Corporativa BB Tecnologia e Serviços. UniBBTS. EMPRESA/RAZÃO SOCIAL: Cobra Tecnologia SA NOME FANTASIA EMPRESA: BB Tecnologia e Serviços

Universidade Corporativa BB Tecnologia e Serviços. UniBBTS. EMPRESA/RAZÃO SOCIAL: Cobra Tecnologia SA NOME FANTASIA EMPRESA: BB Tecnologia e Serviços Universidade Corporativa BB Tecnologia e Serviços UniBBTS a) APRESENTAÇÃO: EMPRESA/RAZÃO SOCIAL: Cobra Tecnologia SA NOME FANTASIA EMPRESA: BB Tecnologia e Serviços CNPJ: 42.318.949/0001-84 RAMO DE ATIVIDADE:

Leia mais

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de Gestão de Pessoas Hoje a sociedade busca desenvolver trabalhos para aprimorar o conhecimento das pessoas em um ambiente de trabalho. A capacitação e o preparo que uma organização deve ter para com os seus

Leia mais

Manual. Rede SEI EaD - Educação a Distância CETEG. Centro de Ensino Tecnológico de Goiás

Manual. Rede SEI EaD - Educação a Distância CETEG. Centro de Ensino Tecnológico de Goiás Manual Rede SEI EaD - Educação a Distância CETEG Centro de Ensino Tecnológico de Goiás CETEG - Centro de Ensino Tecnológico de Goiás Versão: 12/12/2016 12:23 Table of Contents REDE SEI EAD - EDUCAÇÃO A

Leia mais

Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas

Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas Gestão de Pessoas Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas Responsável pelo Conteúdo: Profa. Ms. Gisele de Lima Fernandes Revisão Textual: Profa. Esp. Alessandra Fabiana Cavalcante Unidade Capacitação

Leia mais

(esforço). Competência entendida segundo três eixos:

(esforço). Competência entendida segundo três eixos: em Gestão de Projetos Prof. Roberto Paixão Introdução Competência = com (conjunto) + petere (esforço). Competência entendida segundo três eixos: Características da pessoa; Formação educacional; Experiência

Leia mais

Profa. Cláudia Palladino. Unidade II SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA

Profa. Cláudia Palladino. Unidade II SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Profa. Cláudia Palladino Unidade II SUPRIMENTO DE MÃO DE OBRA Temática do recrutamento O recrutamento: É uma ação externa da empresa; Influência o mercado de recursos humanos; Absorve os candidatos de

Leia mais

VI Encontro de Profissionais da Qualidade 30 e 31/05/2017

VI Encontro de Profissionais da Qualidade 30 e 31/05/2017 VI Encontro de Profissionais da Qualidade Thiago Cabral 30 e 31/05/2017 thiago.cabral@royalcanin.com AGENDA 1) Breve histórico pessoal sobre Liderança 2) Liderança ao alcance 3) Conceitos sobre Liderança

Leia mais

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES CICLO MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Ciclo MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Mentoring Inspira o participante a melhorar seu desempenho

Leia mais

Comportamento Organizacional

Comportamento Organizacional Comportamento Organizacional Profª. Taís Brenner Oesterreich 2011-1 O que é comportamento organizacional? Campo de estudo que investiga o impacto que indivíduos, grupos e a estrutura têm sobre o comportamento

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação. Aula 5- Desafios Gerenciais da Tecnologia da Informação.

Administração de Sistemas de Informação. Aula 5- Desafios Gerenciais da Tecnologia da Informação. Aula 5- Desafios Gerenciais da Tecnologia da Informação. Conteúdo Programático desta aula Perceber o ambiente em transformação contínua e a necessidade de que a TI seja encarada na organização como um

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Saravalli OBJETIVOS 08/03/2016

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Saravalli OBJETIVOS 08/03/2016 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Prof. Saravalli ademir_saravalli@yahoo.com.br O comportamento organizacional é um campo de estudos que investiga o impacto que indivíduos, grupos e a estrutura têm sobre o

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO 22/02/ HISTÓRICO NOVOS MODELOS GERENCIAIS ADMINISTRAÇÃO JAPONESA

ADMINISTRAÇÃO 22/02/ HISTÓRICO NOVOS MODELOS GERENCIAIS ADMINISTRAÇÃO JAPONESA ADMINISTRAÇÃO 1.HISTÓRICO A Administração Participativa é uma das idéias mais antigas da administração. Ela nasceu na Grécia com a invenção da democracia. Continua a ser uma idéia moderna, que integra

Leia mais

O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE.

O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE. PROGRAMAÇÃO DE CURSOS TÉCNICOS 2º semestre de 2017 SÃO JOSÉ DOS PINHAIS O TEMPO PODE ATÉ PASSAR, MAS UMA FORMAÇÃO DE QUALIDADE FICA PARA SEMPRE. CURSOS TÉCNICOS SENAC. Comércio Exterior A HORA DE INVESTIR

Leia mais

Mudando o jogo das perdas COOP Cooperativa de Consumo

Mudando o jogo das perdas COOP Cooperativa de Consumo Mudando o jogo das perdas COOP Cooperativa de Consumo Setembro - 2017 O futuro das organizações e nações dependerá cada vez mais de sua capacidade de aprender coletivamente. Peter Senge COOP 30 unidades

Leia mais

Ambiente externo e interno. Prof. Doutora Maria José Sousa

Ambiente externo e interno. Prof. Doutora Maria José Sousa Ambiente externo e interno 1 Prof. Doutora Maria José Sousa Ambiente Externo e Interno A estratégia global de uma empresa deve ponderar a interacção entre a envolvente externa (macro-ambiente e ambiente

Leia mais

UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO

UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO UNIVERSIDADE CEUMA PROCESSO SELETIVO MANUAL DO CANDIDATO Este manual é para você que busca desenvolver seus potenciais. Venha ser um EMPRESÁRIO JÚNIOR MAS O QUE É UMA EMPRESA JÚNIOR? Uma empresa júnior

Leia mais

A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO USINA CORURIPE

A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO USINA CORURIPE A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO USINA CORURIPE APRESENTAÇÃO: Anderson Tsuchida Jornalista, Publicitário e Pós Graduado em Comunicação Empresarial Por que a Comunicação Interna é tão

Leia mais

ESTRUTURA DE FUNCIONAMENTO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

ESTRUTURA DE FUNCIONAMENTO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA ESTRUTURA DE FUNCIONAMENTO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA OBJETIVO Estabelecer as bases de funcionamento do Programa de Educação Continuada sob responsabilidade da Comissão de Educação do Sistema/CES

Leia mais

CEDHAP CENTRO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO APLICADO GESTÃO EDUCACIONAL E O DESAFIO DA COMUNICAÇÃO

CEDHAP CENTRO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO APLICADO GESTÃO EDUCACIONAL E O DESAFIO DA COMUNICAÇÃO GESTÃO EDUCACIONAL E O DESAFIO DA COMUNICAÇÃO Heloísa Lück Diretora Educacional CEDHAP Centro de Desenvolvimento Humano Aplicado www.cedhap.com.br A realização dos objetivos de toda organização de trabalho

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com DESDOBRAMENTOS: Mega Universidade * surge na década de 80; * Educação Superior; * Educação Aberta

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Lista de Exercícios 02. Luiz Leão

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Lista de Exercícios 02. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Exercício 01 Conceitue e-business e quais o seu principal objetivo? Exercício 01 Resposta Conceitue e-business e quais o seu principal objetivo? É todo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS Atualizado em 27/10/2015 CONCEITOS BÁSICOS Administração, em seu conceito tradicional, é definida como um conjunto de atividades, princípios, regras, normas que têm

Leia mais

ECOLOGIA E ECONOMIA 1. CARACTERÍSTICAS DA SOCIEDADE MODERNA

ECOLOGIA E ECONOMIA 1. CARACTERÍSTICAS DA SOCIEDADE MODERNA ECOLOGIA E ECONOMIA 1. CARACTERÍSTICAS DA SOCIEDADE MODERNA Altas taxas de mudanças Incremento das inovações tecnológicas Incremento nas inovações sociais Ambiente de incertezas Globalização: mercados

Leia mais

Planejamento Estratégico e Pessoas. Dr. Matheus Alberto Cônsoli

Planejamento Estratégico e Pessoas. Dr. Matheus Alberto Cônsoli Planejamento Estratégico e Pessoas Dr. Matheus Alberto Cônsoli Planejamento Estratégico e Pessoas Questões Fundamentais: O que é Planejamento ou Gestão Estratégica? O que é Gestão Estratégica de Pessoas?

Leia mais

SoftExpert HDM Suite

SoftExpert HDM Suite HDM Suite Desenvolvendo talentos para a excelência. Desafios Solução Benefícios www.softexpert.com.br Como sua empresa transforma a gestão de desempenho individual em um processo real e eficiente? www.softexpert.com.br

Leia mais

EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO

EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO 1 EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO O que é? O quanto as empresas estimulam? O quanto os funcionários valorizam? Características de um intraempreendedor?... 2 OFERECIMENTO REALIZAÇÃO

Leia mais

EAD COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Joel Dutra aula de

EAD COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Joel Dutra aula de EAD 521 - COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Prof. Joel Dutra aula de 08.03.17 Conteúdo Programa Desafios presentes e futuros para a gestão de pessoas Compreendendo a da gestão de pessoas Bibliografia 2 EAD

Leia mais

2º.FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA

2º.FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2º.FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2º.FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA Educação Corporativa e os desafios para sua efetivação: Processo de implantação, Melhoria e fatores críticos de sucesso*

Leia mais

NOVO PLANO DE ESTUDOS DO MESTRADO INTEGRADO EM PSICOLOGIA

NOVO PLANO DE ESTUDOS DO MESTRADO INTEGRADO EM PSICOLOGIA NOVO PLANO DE ESTUDOS DO MESTRADO INTEGRADO EM PSICOLOGIA Novo Plano de estudos 1º ciclo 1º Ano - 1º Semestre 1º Ano - 2º Semestre Temas de Psicologia Geral Biologia e Genética Métodos de Investigação

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL. Elisa Weber GESTÃO ESTRATÉGICA DE OPERAÇÕES DE SERVIÇOS

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL. Elisa Weber GESTÃO ESTRATÉGICA DE OPERAÇÕES DE SERVIÇOS UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL Elisa Weber GESTÃO ESTRATÉGICA DE OPERAÇÕES DE SERVIÇOS CORRÊA, H. L.; GIANE, I. N. Gestão Estratégica de Operações de Serviço. Corrêa e Associados Estratégia de Manufatura

Leia mais

Gestão Estratégica da Informação

Gestão Estratégica da Informação Gestão Estratégica da Informação Agosto/2015 Prof. Ms. Marcel Oda Novo Ambiente de Negócios Competição global Mais e mais qualidade requerida Achatamento de hierarquia nas empresas Velocidade mudanças

Leia mais

TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL. Gestão da Qualidade Aula 09 Prof. Ms. Claudemir Claudino Alves

TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL. Gestão da Qualidade Aula 09 Prof. Ms. Claudemir Claudino Alves TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Gestão da Qualidade Aula 09 Prof. Ms. Claudemir Claudino Alves Principios da Qualidade: I. Foco no Cliente; II. Liderança; III. Engajamento das pessoas; IV. Abordagem por

Leia mais

ESTRUTURA DE APRESENTAÇÃO BSC

ESTRUTURA DE APRESENTAÇÃO BSC BALANCED SCORECARD ESTRUTURA DE APRESENTAÇÃO BSC Contexto Histórico Origem do BSC Definição Como funciona? Perspectivas Por quê aplicar? Benefícios/ Contribuições Conclusão Referências BALANCED SCORECARD

Leia mais

O Mercado Automotivo frente às novas demandas da norma IATF 16949:2016. Luciene Dias 18/05/2017

O Mercado Automotivo frente às novas demandas da norma IATF 16949:2016. Luciene Dias 18/05/2017 O Mercado Automotivo frente às novas demandas da norma IATF 16949:2016 Luciene Dias 18/05/2017 EVOLUÇÃO DAS DEMANDAS NO MERCADO AUTOMOTIVO Harmonização dos critérios de avaliação e certificação SUPPLY

Leia mais

ACEITAÇÃO E RESISTÊNCIA À EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: REFLEXÕES SOBRE EXPERIÊNCIAS DE FUNCIONÁRIOS DE UMA EMPRESA LOCALIZADA NA REGIÃO SUL DO BRASIL

ACEITAÇÃO E RESISTÊNCIA À EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: REFLEXÕES SOBRE EXPERIÊNCIAS DE FUNCIONÁRIOS DE UMA EMPRESA LOCALIZADA NA REGIÃO SUL DO BRASIL 1 ACEITAÇÃO E RESISTÊNCIA À EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: REFLEXÕES SOBRE EXPERIÊNCIAS DE FUNCIONÁRIOS DE UMA EMPRESA LOCALIZADA NA REGIÃO SUL DO BRASIL JARAGUÁ DO SUL SC MAIO 2012 Categoria: Pesquisa e Avaliação

Leia mais

Progestão Online Edição 2012

Progestão Online Edição 2012 Sejam Bem Vindos! Progestão Online Edição 2012 Programa de capacitação continuada, em serviço, organizado na modalidade a distância para atender gestores das escolas públicas do país. Coordenadora RS:

Leia mais

Ricardo Carvalho de Almeida

Ricardo Carvalho de Almeida Ricardo Carvalho de Almeida Currículo resumido Mestre em Comunicação pela USCS Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Linha de Pesquisa - Processos comunicacionais: inovação e comunidades; integra

Leia mais

PALESTRANTE

PALESTRANTE PALESTRANTE Conexão Animal & Sucesso Pessoal Contrate o Palestrante que trará melhor RESULTADO para seu próximo evento! SOBRE O PALESTRANTE: Adriano Simões é médico veterinário e palestrante comportamental

Leia mais

DESENVOLVIMENTO HUMANO MELHORANDO O REPERTÓRIO E DESENVOLVENDO COMPETÊNCIAS NA ORGANIZAÇÃO.

DESENVOLVIMENTO HUMANO MELHORANDO O REPERTÓRIO E DESENVOLVENDO COMPETÊNCIAS NA ORGANIZAÇÃO. DESENVOLVIMENTO HUMANO MELHORANDO O REPERTÓRIO E DESENVOLVENDO COMPETÊNCIAS NA ORGANIZAÇÃO. CAMINHOS PALESTRAS & OFICINAS CURSOS PRESENCIAIS E A DISTÂNCIA PALESTRAS & OFICINAS MELHORANDO O REPERTÓRIO DA

Leia mais

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing Curso do Superior de Tecnologia em Objetivos do curso 1.5.1 Objetivo Geral O Curso Superior de Tecnologia em na modalidade EaD da universidade Unigranrio, tem por objetivos gerais capacitar o profissional

Leia mais

O MODELO DE GESTÃO DO CONHECIMENTO DOS CORREIOS. KM Brasil 2016

O MODELO DE GESTÃO DO CONHECIMENTO DOS CORREIOS. KM Brasil 2016 O MODELO DE GESTÃO DO CONHECIMENTO DOS CORREIOS KM Brasil 2016 O Modelo de Gestão do Conhecimento dos Correios e suas práticas Os Correios... 33 Milhões Objetos entregues/dia 9 Bilhões (ano) 1 milhão km/rodados/dia

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA Coordenadoria de Economia Mineral Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Premissas do Desenvolvimento Sustentável Economicamente

Leia mais

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Objetivos do Curso O curso tem como objetivo geral capacitar profissionais na área de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas com capacidade de

Leia mais

A EDUCAÇÃO CORPORATIVA COMO ESTRATÉGIA: PESQUISA NO SUL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

A EDUCAÇÃO CORPORATIVA COMO ESTRATÉGIA: PESQUISA NO SUL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO A EDUCAÇÃO CORPORATIVA COMO ESTRATÉGIA: PESQUISA NO SUL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Campos dos Goytacases, RJ - 05/2009 Evandro Paulo Bolsoni Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro UENF

Leia mais

Aula 04. Estrutura Organizacional 22/08/2012. Impactos organizacionais

Aula 04. Estrutura Organizacional 22/08/2012. Impactos organizacionais Aula 04 Impactos organizacionais Sistemas de Informação TADS 4. Semestre Prof. André Luís 1 2 Estrutura Organizacional Refere-se às subunidades organizacionais e ao modo como elas se relacionam à organização

Leia mais

2ª Parte Competindo com a Tecnologia de Informação

2ª Parte Competindo com a Tecnologia de Informação 2ª Parte Competindo com a Tecnologia de Informação Objectivos de Aprendizagem Identificar várias estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar Tecnologias da Informação para confrontar

Leia mais

GESTÃO DO CAPITAL INTELECTUAL

GESTÃO DO CAPITAL INTELECTUAL GESTÃO DO CAPITAL INTELECTUAL CAPITAL INTELECTUAL Valor agregado aos produtos da organização por meio de informação e conhecimento. Composto: Habilidades e conhecimentos das pessoas Tecnologia Processos

Leia mais

Administração de Cadeias de Suprimentos

Administração de Cadeias de Suprimentos Centro de Economia e Administração - CEA Administração de Cadeias de Suprimentos Docente: Patricia Stella Pucharelli Fontanini APRESENTAÇÃO DA PROFESSORA APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA OBJETIVOS DA DISCIPLINA

Leia mais

Ricardo Carvalho de Almeida

Ricardo Carvalho de Almeida Ricardo Carvalho de Almeida Currículo resumido Mestre em Comunicação pela USCS Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Linha de Pesquisa - Processos comunicacionais: inovação e comunidades; Integrante

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

PCP Planejamento de Controle da Produção. Aula 04 14/3/2011. Planejamento Estratégico da Produção. Planejamento Estratégico da Produção

PCP Planejamento de Controle da Produção. Aula 04 14/3/2011. Planejamento Estratégico da Produção. Planejamento Estratégico da Produção Para que serve o Planejamento Estratégico? PCP Planejamento de Controle da Aula 04 Profº. Ronaldo Oliveira contato@ronaldooliveira.com.br O planejamento estratégico busca maximizar os resultados das operações

Leia mais

COLÉGIO CASTRO ALVES - EFMP

COLÉGIO CASTRO ALVES - EFMP COLÉGIO CASTRO ALVES - EFMP TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Prof. Paulo Sérgio Tagata 1 HABILIDADES DO ADMINISTRADOR 1.1 OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM Ao finalizar o estudo deste capítulo, o aluno deverá

Leia mais

O modelo do ensino superior presencial está chegando (ou chegou) ao FIM?

O modelo do ensino superior presencial está chegando (ou chegou) ao FIM? O modelo do ensino superior presencial está chegando (ou chegou) ao FIM? Prof. Gabriel Mario Rodrigues 1. Filme O segredo do meu sucesso Obra que relata os anseios de um jovem americano do interior, recém

Leia mais

DESENVOLVIMENTO GERENCIAL PLANO DE CURSO

DESENVOLVIMENTO GERENCIAL PLANO DE CURSO DESENVOLVIMENTO GERENCIAL PLANO DE CURSO Sumário 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 2 2. EMENTA... 2 3. OBJETIVO... 4 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO... 4 5. PROPOSTA METODOLÓGICA... 6 6. PROPOSTA AVALIATIVA... 7 7. APROVAÇÃO

Leia mais

EDUCAÇÃO CORPORATIVA

EDUCAÇÃO CORPORATIVA EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2016 2017 A Saint Paul Educação Corporativa oferece às organizações, projetos educacionais para que os colaboradores possam se desenvolver constantemente, transformando o aprendizado

Leia mais

Igor Fernando Ferreira Reitor McDonald s University América Latina, desde Junho/2015

Igor Fernando Ferreira Reitor McDonald s University América Latina, desde Junho/2015 Igor Fernando Ferreira Reitor McDonald s University América Latina, desde Junho/2015 Formado em: Comunicação Social Jornalismo Universidade Positivo - 2003 Especialização em Inovação Estratégica HSM 2012

Leia mais

Entrevista Carreira Correio Braziliense

Entrevista Carreira Correio Braziliense Entrevista Carreira Correio Braziliense 1. Por que as habilidades pessoais (ou socioemocionais) são cada vez valorizadas? As pessoas são contratadas por seu currículo, ou seja, pela formação acadêmica

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas. Liderança. Aula 1

MBA em Gestão de Pessoas. Liderança. Aula 1 MBA em Gestão de Pessoas Liderança Aula 1 Profª Ms. Daniela Cartoni daniela_cartoni@yahoo.com.br Presença e horários Contrato Pedagógico Bibliografia e material de apoio Avaliações e trabalhos Metodologia

Leia mais

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Instituto Sindipeças de Educação Corporativa 2016 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Missão Oferecer soluções educacionais para elevar a competitividade e a sustentabilidade do setor de autopeças.

Leia mais

Sistemas Multi-agentes

Sistemas Multi-agentes Sistemas Multi-agentes! Projeto dos agentes «O problema é resolvido por um conjunto de agentes, fisicamente distribuídos em diversas máquinas conectadas. «Os agentes são concebidos para solucionar um problema

Leia mais

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Objetivos do Curso O curso tem como objetivo geral capacitar profissionais na área de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas com capacidade de

Leia mais

PASSAPORTE LIDERANÇA. Programa de Treinamento e Desenvolvimento COMPETÊNCIAS DA LIDERANÇA MURALHAS DA CHINA EMPREENDEDORISMO

PASSAPORTE LIDERANÇA. Programa de Treinamento e Desenvolvimento COMPETÊNCIAS DA LIDERANÇA MURALHAS DA CHINA EMPREENDEDORISMO Programa de Treinamento e Desenvolvimento MURALHAS DA CHINA EMPREENDEDORISMO COMPETÊNCIAS DA LIDERANÇA TAJ MAHAL, NA ÍNDIA COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES HUMANAS RUÍNAS DE PETRA,,NA JORDÂNIA LIDERANÇA E GESTÃO

Leia mais

Tema: O Desenvolvimento de Competências e o EAD

Tema: O Desenvolvimento de Competências e o EAD Tema: O Desenvolvimento de Competências e o EAD Maria Raimunda Mendes da Veiga Pedagoga. Especialista em Gestão de Pessoas veiga@enfam.jus.br Secretária Executiva da Enfam 7 de maio de 2015 1 Objetivo:

Leia mais

Metodologias ativas na EaD. Sandra Rodrigues

Metodologias ativas na EaD. Sandra Rodrigues Metodologias ativas na EaD Sandra Rodrigues Metodologias ativas na EaD EaD no Brasil principais características Caminhos naturais para aprendizagem ativa nessa modalidade Participação e engajamento como

Leia mais

portfólio

portfólio portfólio WWW.IRMAOSFOT.COM.BR Um olhar diferente... Ricardo FOT e Romário FOT são irmãos gêmeos e nasceram com a deficiência visual chamada síndrome do olho de gato e aos 9 anos de idade ficaram totalmente

Leia mais

Elementos de Gestão para Educação a Distância: um estudo a partir dos Fatores Críticos de Sucesso e da Visão Baseada em Recursos

Elementos de Gestão para Educação a Distância: um estudo a partir dos Fatores Críticos de Sucesso e da Visão Baseada em Recursos UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO Elementos de Gestão para Educação a Distância: um estudo a partir dos Fatores Críticos de Sucesso e da Visão

Leia mais

3. O Framework é um manual/guia de como elaborar o relato integrado? Justifique.

3. O Framework é um manual/guia de como elaborar o relato integrado? Justifique. Questões Relato Integrado 1. O que é A4S? De que forma essa organização influenciou a criação do relato integrado. A4S é o projeto do príncipe de Gales Accounting for Sustainability, foi a organização

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento Aula 8 Treinamento e Desenvolvimento Agenda 1 2 Seminário T&D e Estratégia de RH 3 4 Treinamento & Desenvolvimento Desenvolvimento de Lideranças 1 Seminário 3 The Young and the Clueless Bunker, K. A.;

Leia mais

BALANCED SCORECARD. PARA MANUTENÇÃO para melhorar a performance do departamento. Elabore, Planeie, Implemente. Curso.

BALANCED SCORECARD. PARA MANUTENÇÃO para melhorar a performance do departamento. Elabore, Planeie, Implemente. Curso. Curso Elabore, Planeie, Implemente BALANCED SCORECARD PARA MANUTENÇÃO para melhorar a performance do departamento Balanced Scorecard como ferramenta de gestão estratégica Como elaborar o mapa estratégico

Leia mais

Empreendedorismo. Prof. Antonio Celso Duarte FATEC-SP 2011 FATEC SP 2011

Empreendedorismo. Prof. Antonio Celso Duarte FATEC-SP 2011 FATEC SP 2011 Empreendedorismo FATEC-SP 2011 Objetivos da disciplina Empreendedorismo A disciplina é orientada para uma abordagem conceitual e prática para fins de empreendimento profissional. Reúne três conjuntos de

Leia mais

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Maio 2014 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Missão Oferecer soluções educacionais para elevar a competitividade e a sustentabilidade do setor de

Leia mais

ANÁLISE ESTRATÉGICA. Análise SWOT

ANÁLISE ESTRATÉGICA. Análise SWOT ANÁLISE ESTRATÉGICA Análise SWOT 1 SWOT Integra o planejamento estratégico. Ferramenta utilizada pós definição da visão, missão e valores da organização. Pode ser feita por indivíduos ou por equipes. Inicia-se

Leia mais