Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar"

Transcrição

1 Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar Documento de Apoio a Professores Responsáveis por Grupo/Equipa de Ginástica Artística Janeiro 2008 Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 1/48

2 Solo... 3 Salto de Cavalo Barra Fixa e Paralelas Assimétricas Banco Sueco e Trave Olímpica Paralelas Simétricas Autores: Esbela da Fonseca Satoaky Miyake Editor: Paulo Barata Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 2/48

3 Solo 16º Grau - Solo Da posição de sentido, elevação superior dos braços e depois lateral, alguns passos em frente, um pequeno salto para chegar com os pés juntos, salto em extensão, recepção com os pés juntos e, sem paragem, saltar com afastamento lateral das pernas, tronco direito, braços em elevação lateral. Recepção com os pés juntos e passando pela posição de cócoras, rolar até à retaguarda até ao apoio sobre os ombros, estendendo as pernas e abrindo o ângulo tronco-braços. Rolar à frente passando pela posição de cócoras e sem paragem salto em extensão. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 3/48

4 15º Grau - Solo Da posição de sentido, elevar os braços com rotação à retaguarda e, passando pela posição de cócoras, rolar à retaguarda até ao apoio sobre os ombros, estendendo as pernas e abrindo o ângulo tronco-braços. Rolar à frente passando pela posição de cócoras e, sem paragem, salto em extensão. Alguns passos à frente. Um pequeno salto para chegar com os pés juntos, salto em extensão, salto engrupado. Rolamento engrupado à frente e, sem paragem, salto em extensão. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 4/48

5 14º Grau - Solo Da posição de sentido, elevação superior dos braços, alguns passos em frente levantando os braços à elevação lateral, um pequeno salto para chegar com os pés juntos, salto engrupado, salto com afastamento lateral das pernas, o tronco direito, braços e elevação lateral. Rolamento engrupado à frente para chegar sentado com pernas estendidas. Baixar o tronco à frente agarrando os pés. Rolar à rectaguarda até ao apoio sobre os ombros, corpo e pernas estendidos. Rolar à frente passando pela posição de cócoras e, sem paragem, salto e extensão com meia volta (180º) terminando em posição de sentido. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 5/48

6 13º Grau - Solo Da posição de sentido, levar os braços à oblíqua inferior à retaguarda e continuar a rotação até à elevação superior. Elevação anterior de uma perna, um passo em frente e balançar para apoio invertido, juntando as pernas. Descer sobre uma perna, apoiar a outra atrás endireitando o corpo, elevação anterior da perna da frente. Troca passo (pas chassé) e juntar as duas pernas para saltar com afastamento antero-posterior das pernas. Recepção com os pés juntos e, sem paragem, repetir o salto para o outro lado. Rolamento à frente com as pernas estendidas para a posição sentada com pernas afastadas. Baixar o tronco à frente tocando com o peito no chão, endireitar o tronco e, juntando as pernas, rolar à retaguarda para a posição de vela. Rolar à frente flectindo as pernas para a posição de pé. Alguns passos de corrida e juntando as pernas, salto em extensão com um valor de 360º. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 6/48

7 12º Grau - Solo Da posição de sentido, elevação anterior dos braços e de uma perna, roda, troca passo lateral (pas chassé) e um passo lateral para saltar com 1/4 de volta no ar na direcção do movimento, recepção com pernas unidas. Rolamento à retagurada com pernas estendidas, para chegar de pernas afastadas, o tronco inclinado à frente, / de volta endireitando o tronco e deixar as pernas deslizar até à espargata, braços em elevação lateral. / de volta para a posição sentada de pernas afastadas, mãos atrás da bacia. Unir as pernas e flectindo-as, colocar as mãos ao lado do pescoço e subir para ponte com pernas estendidas e unidas. Baixar para a posição deitada estendendo o corpo e rolar 1/2 volta lateralmente para a posição deitada facial, mãos apoiadas ao lado do corpo. Puxar lentamente as pernas e rolamento à frente para a posição de pé. Alguns passos de corrida e, juntando as pernas, salto com afastamento lateral das pernas, tronco direito e, sem paragem, salto em extensão com uma volta de 360º no ar. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 7/48

8 11º Grau - Solo Da posição de sentido, alguns passos e, juntando os pés, salto com afastamento lateral das pernas, tronco direito, sem paragem salto com afastamento antero-posterior das pernas, sem paragem o mesmo salto para o outro lado, sem paragem salto em extensão com meia volta. Elevação anterior de uma perna, apoiá-la e balançar para apoio invertido deixando cair para ponte. Descer para apoio dorsal e elevar o tronco e as pernas, marcando o ângulo com braços em elevação lateral. Apoiando as mãos à retaguarda, meia volta para apoio facial com os braços estendidos. Puxando lentamente os pés para a frente e apoiando a testa, subir para apoio invertido (pino de cabeça). Descer para a posição de joelhos e tomando balanço com os braços, saltar para a posição de pé. Elevação anterior de uma perna, 1/4 de volta, roda, troca passo (pas chassé) lateral, apoiar a perna e saltar, unindo as pernas no ar e executando 1 1/4 de volta (450º) para a posição de pé. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 8/48

9 10º Grau - Grupo 2 - Solo Valor Parcial Da posição de sentido, um passo em frente para a posição de afundo sobre o pé dir., o braço esq. em elevação lateral, o dir. arredondando em frente do tronco, uma volta de 360º sobre a perna dir. estendida, a perna esq. em elevação oblíqua à rectaguarda, os braçis arredindados em elevação superior. Um passo em frente, avião sobre a perna esq., braços em elevação lateral. 0.6 Um passo em frente, juntar os pés, salto com afastamento lateral das pernas, tronco direito sem paragem. Salo engrupado Elevação anterior de uma perna, balançar para apoio invertido, rolamento para chegar na posição de cócoras com um pé à frente do outro sem paragem. Salto em extensão com troca de pernas. 0.6 Um passo em frente, salto de gato com os braços com elevação superior. 0.6 Um passo, roda com 1/4 de volta, juntar as pernas Rolamento à rectaguarda em posição engrupada. Ergue-se, um passo à rectaguarda 1/2 volta sobre os dois pés com os braços em baixo, pernas ligeiramente flectidas, e estendendo as pernas com o peso do corpo na perna da frente, posição final com o tronco ligeiramente inclinado atrás, os braços cruzados em elevação anterior. 0.6 Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 9/48

10 9º Grau - Grupo 2 - Solo Valor Parcial Da posição de sentido, troca passo em frente (pass chassé). 0.4 Juntar as pernas e salto em carpa. 0.7 Um passo em frente, balançar para apoio invertido, ponte e levantar para a posição de pé. 1.2 Rolamento à frente. 0.4 Sem paragem, sissone. 0.5 Alguns passos de corrida, chamada com uma perna e salto com afastamento anteroposterior das pernas (grand jeté) passos em frente, roda com 1/4 de volta e, juntando as pernas. 0.5 Rolamento engrupado à rectaguarda para posição de pé. 0.4 Um passo em frente para a posição de afundanço com a perna dir., o braço esq. em elevação lateral, o dir., arredondando em frente do tronco, uma volta de 360º à direita sobre a perna dir. estendida, a perna esq., em elevação oblínqua à rectaguarda, os braços arredondados em elevação superior. Um passo em frente e salto de gato, os braços arredondados em elevação superior Alguns passos de corrida, rondada, salto em extensdão, um passo à rectaguarda para a posição de afundo sobre a perna dir., o braço dir., arredondado em elevação superior, o braço esq., arredondado em frente do tronco. 1.0 Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 10/48

11 8º Grau - Grupo 2 - Solo Valor Parcial Da posição de sentido, um passo em frente para a posição de afundo sobre a perna dir., braço esq. em elevação lateral, braço dir., arredondado em frente do tronco, uma volta de º à direita sobre a perna dir. estendida, a perna esq. flectida em elevação anterior, braços arredondados em elavação superior. Pousar a perna esq. juntar perna dir. atrás e sissone. 0.5 Alguns passos, roda 1/4 de volta na direcção do movimento. 0.6 Balançar directamente para apoio invertido com as pernas em afastamento anteroposterior, cair para ponte sobre uma perna e lavantar (aranha à frente). 1.2 Alguns passos, chamada com uma perna e salto com afastamento antero-posterior das pernas (grand jeté). Directamente um passo para rolamento saltado, terminando com pernas afastadas, peito tocando no chão Endireitando o tronco e juntando as pernas, rolamento à rectagurada engrupado. Erguerse, um passo à rectagurada com 1/2 volta, alguns passos de corrida. 0.6 Rondada, salto em extensão. 1.6 Sem paragem salto de carpa, 1 ou 2 passos em frente, terminando com o peso do corpo na perna da frente, os braços em oposição às pernas, o da frente na oblíqua inferior à frente, o outro oblíqua superior à rectaguarda. 1.0 O ROLAMENTO SALTADO DEVE SER TREINADO EM COLCHÕES DE QUEDAS, ANTES DE SER EXECUTADO EM TAPETES MAIS FINOS. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 11/48

12 7º Grau - Grupo 2 - Solo Valor Parcial Da posição de sentido, ligeira flexão das pernas e onda do corpo à frente, levando os braços à elevação superior. Alguns passos de corrida, salto de mãos com recepção sobre uma perna Troca passo (pas chassé). 0.6 Directamente roda com 1/4 de volta na direcção do movimento. 0.6 Directamente chamada com uma perna e rolamento saltado,para chegar com pernas juntas. 0.6 Directamente sissone com a perna da frente flectida. 0.6 Um passo para colocar as pernas paralelas e descer à retaguarda para ponte. Descer o corpo até à posição deitada com pernas estendidas. Rolamento à retaguarda com pernas estendidas e afastadas para chegar sentada com o peito tocando no chão Endireitar o tronco e, flectindo uma perna sobre a outra,erguer-se, passando pela posição ajoelhada sobre uma perna, 1/2 volta sobre as duas pernas, posição de afundo com os braços em oposição às pernas, um em elevação lateral e o outro arredondado em frente do tronco, 1/1 volta (360º) à retaguarda sobre uma perna estendida, a outra flectida em elevação lateral, a ponta do pé tocando na outra perna, os braços arredondados em elevação superior, alguns passos de corrida. 1.6 Rondada, salto em extensão com 1/2 volta, um passo em frente para a posição de afundo, os braços em oposição às pernas, um em elevação lateral, o outro em elevação anterior º Grau - Grupo 2 - Solo Valor Parcial Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 12/48

13 Da posição de sentido alguns passos, juntar as pernas, salto com o tronco direito e afastamento lateral das pernas, directamente salto engrupado, directamente salto em extensão com uma volta (360º). 1.0 Um passo em frente, balançar para apoio invertido, rolamento engrupado, alguns passos, sissone com a perna da frente flectida, tocando o outro joelho. Um passo em frente e avião com os braços em elevação lateral. 2.0 Juntar as pernas, salto em extensão com 1/2 volta, rolamento à retaguarda encarpado com pernas estendidas. 1.0 Alguns passos de corrida, roda com 1/4 de volta na direcção do movimento e directamente com chamada a uma perna, rolamento saltado, salto em extensão. 2.0 Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 13/48

14 9º Grau - Grupo 2 - Solo Valor Parcial Da posição de sentido, braços em elevação superior, um passo em frente, balançar para apoio invertido, ponte e levantar. 1.5 Alguns passos de corrida, rolamento saltado. 1.0 Salto em extensão com 1/2 volta. 0.5 Rolamento à retaguarda para apoio invertido. 1.5 Descer com pernas afastadas e, elevando o tronco com 1/4 de volta, braços em elevação lateral, baixar para espargata com a perna dir. à frente. Rodar 1/4 de volta à esq. para a posição de sentado com penas afastadas lateralmente, as mãos apoiadas atrás da bacia. Unir as pernas, cruzar a perna dir. flectida sobre a esq., elevar o corpo, apoiando-se sobre a mão esq. e, empurrando o chão, posição passageira de afundo sobre a perna dir. Avião sobre a perna dir., o br. dir. em elevação anterior oblíqua inferior, o esq. em elevação posterior oblíqua superior /2 volta à esq. sobre a perna dir., braços em elevação superior, alguns passos de corrida, rondada, salto em extensão para a posição de sentido. 1.0 Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 14/48

15 8º Grau - Grupo 2 - Solo Valor Parcial Da posição de sentido, braços em elevação superior, um passo em frente, balançar para apoio invertido, 1/2 volta e descer sobre a perna dir. Apoiar a perna esq. atrás, elevação anterior da perna dir. 1.5 Alguns passos de corrida, roda à dir., roda à dir., (2 x), posição de afundo lateral à dir., braços em elevação lateral. 2.0 Passar o peso do corpo para a perna esq. e avião lateral, o braço dir. ao longo do corpo, o esq. em elevação superior no prolongamento do dir. Endireitar o tronco com 1/4 de volta à esq., baixando a perna dir., braços em elevação superior. Unir as pernas, rolamento à retaguarda passando por apoio invertido e descer com pernas afastadas, elevando depois o tronco à horizontal, braços em elevação lateral Apoiando as mãos, saltar para apoio invertido passageiro unindo as pernas e rolamento à frente com pernas estendidas. Endireitar o tronco, alguns passos de corrida, rondada e salto em extensão com 1/2 volta Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 15/48

16 7º Grau - Grupo 2 - Solo Valor Parcial Da posição de sentido, elevação superior dos braços, alguns passos de corrida salto de 2.5 mãos, rolamento saltado, salto em extensão. Um passo em frente com a perna esq. e avião com os braços em elevação lateral. Apoiar as mãos à frente no solo, balançar para apoio invertido, 1/2 volta e descer com pernas estendidas e ligeiramente afastadas para a posição de pé. 1.0 Descer à retaguarda para ponte, baixar para a posição deitada, estender os braços e as pernas, apoiar as mãos ao nível do pescoço e rolamento à retaguarda com pernas estendidas para a posição de pé, braços em elevação superior. 1.5 Um passo em frente, roda à dir. com 1/4 de volta na direcção movimento, balançar para apoio invertido. Rolamento, salto em extensão para executar directamente rondada e salto em extensão ASSISTÊNCIA NA PONTE À RECTAGUARDA, POIS O GINASTA PODE CAIR, SE NÃO SOUBER TRAVAR A DESCIDA. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 16/48

17 Salto de Cavalo 14º Grau - Salto de plinto em comprimento (à altura da cintura) Após corrida preparatória, chamada no trampolim e saltar, colocando as mãos no plinto com os pés atrás, em posição de cócoras. Sem paragem, salto em extensão para o colchão. 13º Grau - Salto de plinto em comprimento (à altura da cintura) Após corrida preparatória, chamada no trampolim e saltar, colocando as mãos no plinto com os pés atrás, em posição de cócoras. Sem paragem, colocar as mãos à frente e salto de eixo para o colchão. 12º Grau - Salto de boque (à altura do abdómen) Após corrida preparatória, chamada no trampolim e salto de eixo. CUIDADO PARA AS MÃOS NÃO ESCORREGAREM. EMPURRAR BEM O APARELHO E AFASTAR AS PERNAS. NÃO DEIXAR AS MÃOS TEMPO DEMASIADO NO BOQUE, PARA NÃO CAIR. 11º Grau - Salto de plinto transversal (à altura do abdómen) Após corrida preparatória, chamada no trampolim e salto engrupado com 1/4 de volta. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 17/48

18 10º Grau - Grupo 2 - Salto de plinto transversal (à altura do abdomen) Salto facial com o corpo estendido e 1/4 de volta n a fase de apoio, para chegar costal ao plinto. MANTER O BRAÇO DE APOIO SEMPRE ESTENDIDO. 9º Grau - Grupo 2 - Salto de Plinto transversal (à altura do abdómen) Salto de entre-mãos engrupado. EMPURRAR BEM O APARELHO COM OS BRAÇOS ESTENDIDOS E NÃO DEIXAR OS PÉS PRESOS, PARA NÃO CAIR. 8º Grau - Grupo 2 - Salto de plinto transversal (à altura do abdómen) Salto de eixo. AFASTAR BEM AS PERNAS E EMPURRAR O PLINTO. A AJUDA DEVE SER DADA DE FRENTE PARA O APARELHO. 7º Grau - Grupo 2 - Salto de plinto transversal (à altura do abómen) Salto de entre-mãos com pernas estendidas. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 18/48

19 10º Grau - Grupo 2 - Salto de cavalo (plinto transversal, à altura do abdómen) Salto facial com o corpo estendido e 1/4 de volta na fase de apoio, para chegar costal ao plinto. MANTER OS BRAÇOS ESTENDIDOS. 9º Grau - Grupo 2 - Salto de cavalo (plinto transversal, à altura do abdómen) Entre-mãos engrupado. EMPURRAR BEM O PLINTO E NÃO PERMITIR QUE OS PÉS FIQUEM PRESOS NO APARELHO. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 19/48

20 8º Grau - Grupo 2 - Salto de cavalo (plinto longitudinal, à altura do abdómen) Salto de eixo. EMPURRAR BEM O CAVALO. A AJUDA É DADA DE FRENTE PARA O APARELHO. 7º Grau - Grupo 2 - Salto de cavalo (plinto longitudinal à altura do abdómen) Salto de entre-mãos. ASSISTÊNCIA NO CAVALO PARA QUE OS PÉS NÃO FIQUEM PRESOS NO APARELHO. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 20/48

21 6º Grau - Salto de cavalo (altura 110 centímetros) Valor Parcial Salto de entre mãos com pernas flectidas º Grau - Salto de cavalo (transversal, altura centímtros) Valor Parcial Salto de entre-mãos com pernas estendidas Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 21/48

22 5º Grau - Salto de cavalo (altura 110 centímetros) Valor Parcial Salto de entre mãos com pernas estendidas º Grau - Salto de cavalo (longitudinal, altura 120 centímetros) Valor Parcial Salto de entre-mãos com pernas estendidas Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 22/48

23 Barra Fixa e Paralelas Assimétricas 14º Grau - Barra fixa (à altura dos ombros) De pé, segurando a barra em pronação, subida de frente para apoio facial. Rolamento lento à frente com pernas estendidas até tocar com os pés no chão. Levantar uma perna à retaguarda e balanço por baixo com uma perna, juntando as pernas no ar para chegar de pé, dorsal à barra. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 23/48

24 13º Grau - Barra Fixa (à altura dos ombros) De pé, segurando a barra em pronação, subida de frente para apoio facial. Tomar balanço à retaguarda e volta à retaguarda em apoio facial. Rolamento lento à frente com as pernas estendidas até tocar com os pés no chão. Saltar com os pés juntos e balanço por baixo para chegar de pé, dorsal à barra. 12º Grau - Barra fixa (à altura dos ombros) De pé, segurando a barra em pronação, 2 ou 3 passos corridos, juntar as pernas, báscula com uma perna entre as pegas. Rodar o tronco meia volta e passar a perna da frente para a rectaguarda para apoio facial Balanço à retaguarda, volta à retaguarda em apoio facial, balanço à retaguarda e saída de balanço por baixo para chegar de pé, dorsal à barra. SEGURANÇA NA SAÍDA. A RECEPÇÃO DEVE SER EXECUTADA SUFICIENTEMENTE LONGE DO APARELHO PARA EVITAR CAIR CONTRA ELE. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 24/48

25 11º Grau - Barra Fixa (à altura da cabeça) De pé, segurando a barra em pronação, 2 ou 3 passos corridos, juntar as pernas e báscula para apoio facial. Balanço atrás, volta à retaguarda em apoio facial. Rolar à frente até tocar com os pés no chão. 2 ou 3 passos corridos, juntar as pernas e báscula dorsal para largar a barra com uma mão, chegando de pé, costal à barra. NA SAÍDA DEVE TOMAR CUIDADO COM A DIRECÇÃO DAS PERNAS, PARA NÃO FICAR COM OS PÉS PRESOS NO APARELHO. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 25/48

26 10º Grau - Grupo 2 - Barra Fixa (à altura da cabeça) Valor Parcial De pé, segurando a barra em pronação, 2 ou 3 passos corridos, juntar as pernas, báscula para apoio facial, passar a perna dir. para a frente sob a mão dir. Mudar as mãos para pega em supinação, volta à frente com afastamento antero-posterior das pernas (sarilho à frente), 1/2 volta passando a perna esq. para apoio facial Balanço atrás, volta em apoio facial à rectaguarda. 1.0 Balanço atrás e saída de balanço por baixo para chegar de pé, dorsal à barra. 1.5 SEGURANÇA NA SAÍDA, PARA O CASO DE A GINASTA A EXECUTAR COM ROTAÇÃO A MAIS E TOMBAR PARA A FRENTE. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 26/48

27 9º Grau - Grupo 2 - Barra fixa (altura suficiente para poder balançar livremente) Valor Parcial Salta para suspensão com a pega em pronação, tomada de balanço à frente, balanço atrás, balanço à frente para báscula facial. 2.5 Balanço atrás, volta em apoio facial à rectaguarda. Balanço atrás, entre-mãos com uma perna flectida, trocar as mãos para pega em supinação. 0.5 Volta à frente com as pernas em afastamento antero-posterior (sarilho à frente). Meia volta passando a perna da frente para trás para apoio facial. 1.5 Balanço atrás e balanço por baixo com 1/2 volta (180º), para chegar de pé, facial à barra. 2.5 NO ENTRE MÃOS COM UMA PERNA É ACONSELHÁVEL A AJUDA. ÀS VEZES, O PÉ PODE FICAR PRESO NA BARRA. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 27/48

28 8º Grau - Grupo 2 - Barra Fixa (altura suficiente para poder balançar livremente) Valor Parcial Saltar para suspensaão com a pega em supinação, tomada de balanço à frente, balanço à rectaguarda trocando as mãos para pega em pronação. Balanço à frente, báscula para apoio facial Balanço atrás, entre-mãos com uma perna, volta à rectaguarda com afastamento anteropostareior das pernas (sarilho atrás), passa a perna da frente para trás, para apoio facial. 2.0 Balanço atrás e, com as pernas afastadas, colocar as pontas dos pés na barra e saída de pés e mãos para chegar dorsal à barra. 2.5 AO COLOCAR OS PÉS NA BARRA ANTES DA SAÍDA. ABRIR BEM O ÂNGULO TRONCO- BRAÇOS E APOIAR OS PÉS EM MEIAS PONTAS. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 28/48

29 7º Grau - Grupo 2 - Paralelas assimétricas (b.i 155cm, b.s. 235 cm) Valor Parcial Do lado de fora do banzo superior, alguns passos de corrida, chamada no trampolim, saltar para suspensão, balanço atrás, balanço à frente e afastando as pernas, colocar as pontas dos pés no banzo inferior, passar as mãos para o banzo inferior. 1.0 Balançar à frente as pernas afastadas e báscula para apoio facial. 2.5 Balançar as pernas à rectaguarda, entre-mãos com uma perna, 1/2 volta com o tronco, passando a perna da frente para trás para apoio facial. 1.5 Balançar as pernas à rectaguarda e colocar as pontas dos pés entre as mãos, na posição de cócoras. Agarrando o banzo superior, saltar para suspensão e báscula para apoio facial. 2.0 Balançar as pernas atrás e volta em apoio facial à rectaguarda, balançar as pernas atrás. 0.5 Afastar as pernas, colocar as pontas dos pés no banzo e saída de pés e mãos à rectaguarda com 1/2 volta, para chegar facial às paralelas. 1.5 NA PASSAGEM DO BANZO SUPERIOR PARA INFERIOR, DEVE SER DADA ASSISTÊNCIA PARA A GINASTA PERCEBER O MOMENTO CERTO DE LARGAR AS MÃOS. DAR AJUDA NA COLOCAÇÃO DOS PÉS NA POSIÇÃO DE CÓCORAS, POIS OS PÉS PODEM FICAR PRESOS E A GINASTA CAIR. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 29/48

30 10º Grau - Grupo 2 - Barra fixa (altura suficiente para poder balançar livremente) Valor Parcial Da suspensão com a pega em pronação, tomada de balanço à frente, balanço à retaguarda, balanço à frente, báscula para apoio facial. 3.0 Balanço à retaguarda para apoio elevado, volta à retaguarda em apoio facial. 1.0 Balanço à retaguarda para apoio elevado e saída de balanço por baixo para chegar de pé, dorsal à barra. 2.0 COLCHÃO DE QUEDAS E SEGURANÇA NA SAÍDA. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 30/48

31 9º Grau - Grupo 2 - Barra Fixa (altura suficiente para poder balançar livremente) Valor Parcial Da suspensão com pega mista, tomada de balanço à frente, balanço atrás, mudando a mão em supinação para pega em pronação. Balanço à frente e báscula para apoio facial Volta à frente em apoio facial, balanço à retaguarda para apoio elevado. 2.0 Volta à retaguarda em apoio facial. 0.5 Balanço à retaguarda para apoio elevado e saída de balanço por baixo com 1/2 volta para chegar de pé, facial à barra. 1.5 SEGURANÇA NA SAÍDA. COLOCAR UM COLCHÃO DE QUEDAS. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 31/48

32 8º Grau - Grupo 2 - Barra fixa (altura suficiente para poder balançar livremente) Valor Parcial Da suspensão com a pega em pronação, tomada de balanço à frente, balanço atrás, balanço à frente, 1/2 volta mudando uma mão para pega mista. 1.5 Balanço à frente mudando a pega em pronação para supinação, balanço atrás, mudar as duas mãos para pega em pronação. Báscula para apoio facial Volta à frente em apoio facial. 1.5 Balanço à retaguarda para apoio elevado, colocar os pés na barra do lado de fora das mãos, pés e mãos à retaguarda para saída de balanço por baixo para chegar dorsal à barra. 2.0 NA MUDANÇA DE PEGA DE SUPINAÇÃO PARA PRONAÇÃO, ANGULAR O CORPO PARA CONTRARIAR A FORÇA CENTRÍFUGA. NA SAÍDA DE PÉS E MAOS TOMAR ATENÇÃO, POIS O EXECUTANTE PODE TOMBAR PARA A FRENTE NA RECEPÇÃO. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 32/48

33 7º Grau - Grupo 2 - Barra Fixa (altura suficiente para poder balançar livremente) Valor Parcial Da suspensão com a pega em pronação, tomada de balanço à frente, balanço à retaguarda, balanço por baixo com 1/2 volta mudando as pegas alternadamente para promoção. 1.0 Báscula para apoio facial. 2.0 Balanço à retaguarda, volta à retaguarda em apoio facial, balanço à retaguarda. 0.5 Volta livre para apoio elevado. 2.0 Báscula para apoio facial. 2.0 Balanço à retaguarda para apoio elevado, colocar os pés na barra do lado de fora das mãos, pés e mãos à retaguarda para saída de balanço por baixo com 1/2 volta para chegar facial à barra. 1.5 Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 33/48

34 16º Grau - Banco Sueco Federação de Ginástica de Portugal Escola Nacional de Ginástica Banco Sueco e Trave Olímpica Da posição de sentido facial a uma das pontas do banco, subir com uma perna, juntando a outra atrás, braços em elevação lateral. 3 passos em frente, dir. esq. dir., elevação anterior da perna esq. flectida, braços em elevação superior, um passo em frente com a perna esq., braços em elevação lateral, elevação anterior da perna dir. flectida, braços em elevação superior, alguns passos até ao fim do banco, juntar as pernas e salto em extensão de saída com os braços em elevação superior, para chegar de pé sobre o colchão. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 34/48

35 15º Grau - Banco Sueco Da posição de sentido facial a uma das pontas do banco, saltar com os pés juntos e 3 pequenos saltos mantendo sempre as pernas unidas. Elevação anterior de uma perna, repetir o movimento com a outra perna. Juntar os pés com os braços em elevação lateral, alguns passos até à ponta do banco e, juntando as pernas, salto em extensão com os braços em elevação superior para chegar de pé sobre o colchão. 14º Grau - Banco Sueco Da posição de sentido facial a uma das pontas do banco saltar com os pés juntos e 3 pequenos saltos à frente, mantendo sempre as pernas unidas. Meia volta sobre os dois pés com os braços em elevação superior, um passo à retaguarda e meia volta sobre os dois pés com os braços em elevação superior. Elevação anterior de uma perna estendida, um passo em frente e repetir o movimento com a outra perna. Alguns passos até à ponta do banco e, juntando as pernas, salto engrupado com os braços em elevação superior para chegar de pé sobre o colchão. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 35/48

36 13º Grau - Trave (altura - 90 centímetros) De pé, facial ao terço esquerdo da trave, colocar as mãos e entrada, passando a perna dir. estendida sobre a trave para chegar sentada ao cavalo. Elevar as pernas para ângulo agudo, segurando a trave atrás da bacia. Afastar as pernas lateralmente e, colocando as mãos à frente na trave, balançar as pernas à retaguarda, para chegar sobre o joelho esq., a perna dir. em elevação à retaguarda. Endireitando o tronco, apoiar o pé dir. à frente com a perna flectida. Erguer-se, um passo à retaguarda com o pé dir. e meia volta sobre as 2 pernas, braços em elevação superior. Saltar sobre o pé dir. levando a perna esq. à elevação anterior com o joelho flectido, apoiar o pé esq. e repetir o salto com a outra perna. Apoiar o pé dir., troca passo com a perna esq., troca passo com a perna dir. (2 x pas chassé), alguns passos até ao fim da trave e, juntando as pernas, salto em extensão para chegar de pé, dorsal à trave. ESTE PODERÁ SER O PRIMEIRO CONTACTO COM UMA TRAVE DE ALTURA MÉDIA. ESTA DEVE ESTAR BEM FIXA PARA NÃO ABANAR. TREINAR NO SOLO ANTES DE EXECUTAR SOBRE A TRAVE. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 36/48

37 12º Grau - Trave (altura - 90 centímetros) De pé, facial ao terço esq. da trave, colocar as mãos e entrada, passando a perna dir. estendida sobre a trave para chegar sentada a cavalo. Passar para a posição deitada facial, as mãos segurando a trave. Estender os braços e ajoelhar-se sobre a perna esq., a dir. estendida em elevação. Endireitar o tronco, braços em elevação lateral e apoiar a perna dir. flectida à frente. Erguer-se, um passo em frente, 1/2 volta sobre os dois pés. Salto em extensão, um passo em frente, elevação anterior da perna dir., apoiá-la e elevação anterior da perna esq.. Apoiá-la, troca passo (pas chassé) com a perna dir. troca passo (pas chassé) com a perna esq., alguns passos até à ponta da trave e, juntando as pernas, salto engrupado para chegar de pé, dorsal à trave. Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar 37/48

PROGRAMA DE EXERCÍCIOS OBRIGATÓRIOS FEMININOS

PROGRAMA DE EXERCÍCIOS OBRIGATÓRIOS FEMININOS PROGRAMA DE EXERCÍCIOS OBRIGATÓRIOS FEMININOS Autores: Satoaki Miyake e Esbela da Fonseca Adaptação: Pedro Almeida Fevereiro de 2010 2 Índice Informações gerais... 3 Salto de Cavalo... 7 Barra / Paralelas

Leia mais

PROGRAMA DE EXERCÍCIOS OBRIGATÓRIOS MASCULINOS

PROGRAMA DE EXERCÍCIOS OBRIGATÓRIOS MASCULINOS PROGRAMA DE EXERCÍCIOS OBRIGATÓRIOS MASCULINOS Autores: Satoaki Miyake e Esbela da Fonseca Adaptação: Pedro Almeida Junho de 2010 2 Índice Informações gerais. 3 Solo 6 Cavalo de Arções.. 26 Argolas. 42

Leia mais

Unidade didática de Ginástica

Unidade didática de Ginástica Livro do Professor 5 Unidade didática de Ginástica Objetivos gerais da Ginástica Compor e realizar as destrezas elementares de solo, aparelhos e minitrampolim, em esquemas individuais e/ou de grupo, aplicando

Leia mais

Fase Preparatória Objectivos Operacionais Estratégias / Organização Objectivos comportamentais / Componentes críticas Chamada

Fase Preparatória Objectivos Operacionais Estratégias / Organização Objectivos comportamentais / Componentes críticas Chamada Professor: Rui Morcela Ano Lectivo: 2009/10 Ano: 8º Turma: A Nº Alunos: 20 Aula Nº: 58 e 59 Aula U.D. Nº: 1 e 2 de 8 Instalações: Pavilhão Data: 9-3-2010 Hora: 10h20m Duração: 75 minutos Unidade Didáctica:

Leia mais

Ginástica. Educação Física 9º B. Escola EB 2/3 Júlio Dinis 2011/2012. Núcleo de Estágio de Educação Física e Desporto Sandra Barbosa

Ginástica. Educação Física 9º B. Escola EB 2/3 Júlio Dinis 2011/2012. Núcleo de Estágio de Educação Física e Desporto Sandra Barbosa Educação Física 9º B Escola EB 2/3 Júlio Dinis 2011/2012 Núcleo de Estágio de Educação Física e Desporto Sandra Barbosa ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 1-HISTÓRIA DA GINÁSTICA... 3 2- CARACTERIZAÇÃO DA MODALIDADE...

Leia mais

Federação Paulista de Ginástica

Federação Paulista de Ginástica TROFÉU SÃO PAULO 2014 GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA REGULAMENTO GERAL OBJETIVOS: Difundir a modalidade Ginástica Artística, incentivando sua prática em diversas faixas etárias e níveis de habilidade - visando

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA 1 GINÁSTICA NO SOLO

EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA 1 GINÁSTICA NO SOLO EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA Para a realização dos exercícios de ginástica, foram usados alguns materiais e aparelhos, cuja manipulação e utilização, exigiram determinados cuidados específicos: Tapete de

Leia mais

Informação Exame de Equivalência. à disciplina de: EDUCAÇÃO FÍSICA

Informação Exame de Equivalência. à disciplina de: EDUCAÇÃO FÍSICA Informação Exame de Equivalência à disciplina de: EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de

Leia mais

JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS

JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Ano letivo 2015/2016 EDUCAÇÃO FÍSICA 3º CICLO NÍVEIS INTRODUTÓRIO (I), ELEMENTAR (E) e AVANÇADO (A) JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência EDUCAÇÃO FÍSICA

Informação Prova de Equivalência à Frequência EDUCAÇÃO FÍSICA Informação Prova de Equivalência à Frequência EDUCAÇÃO FÍSICA Prova 311 2015 Prova Escrita e Prática Curso científico humanístico Ensino Secundário /12º Ano Decreto Lei n.º 139/2012 de 5 de julho O presente

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo Ano lectivo 2009/2010

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo Ano lectivo 2009/2010 Ginástica de Solo Prova Prática ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo Ano lectivo 2009/2010 Tempo de realização: 45m A prova é composta por

Leia mais

CÓDIGO PONTUAÇÃO ADAPTADO 2013-2016

CÓDIGO PONTUAÇÃO ADAPTADO 2013-2016 GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA CÓDIGO PONTUAÇÃO ADAPTADO 2013-2016 MARÇO 2013 GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA CÓDIGO PONTUAÇÃO ADAPTADO 2013-2016 ESCALÕES DE E O Código de Pontuação Adaptado é diferente para

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO: 2013/2014

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO: 2013/2014 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO: 2013/2014 ENSINO BÁSICO 6º ANO DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA CÓDIGO 28 MODALIDADE PROVA ESCRITA E PROVA PRÁTICA INTRODUÇÃO: O presente documento

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO DE GINÁSTICA ARTÍSTICA TV SERGIPE 2014

REGULAMENTO TÉCNICO DE GINÁSTICA ARTÍSTICA TV SERGIPE 2014 REGULAMENTO TÉCNICO DE GINÁSTICA ARTÍSTICA TV SERGIPE 2014 NÍVEL I MASCULINO E FEMININO Nº Elementos Descrição Valor 1. Postura de Posição estendida com braços elevados apresentação 2. Rolamento p/ frente

Leia mais

DISCIPLINA: PESO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

DISCIPLINA: PESO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PESO 220 DISCIPLINA: PESO DOMÍNIO DAS TÉCNICAS (LANÇADORES DESTROS) FASE III APERFEIÇOAMENTO TÉCNICO B FASES / NÍVEIS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - Adquirir noções gerais do lançamento do peso, através de

Leia mais

Tarefas prescritas de levante, movimentação e transferência de doentes

Tarefas prescritas de levante, movimentação e transferência de doentes Tarefas prescritas de levante, movimentação e transferência de doentes Modo de proceder na preparação da tarefa com o doente (ACSS 2008; Alexandre & Rogante, 2000; Coelho, 2010; Elkin, Perry, & Potter,

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS

PADRONIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS LOMBAR EXTENSÃO DE TRONCO- Em decúbito ventral apoiado no banco romano ou no solo, pernas estendidas, mãos atrás da cabeça ou com os braços entrelaçados na frente do peito. Realizar uma flexão de tronco

Leia mais

MEC - Ginástica ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3

MEC - Ginástica ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 I FASE DE ANÁLISE... 4 1. MÓDULO 1 ANÁLISE DA MODALIDADE DESPORTIVA EM ESTRUTURA DO CONHECIMENTO... 4 1.1 Cultura Desportiva... 8 1.2 Habilidades motoras... 10 1.2.1 Ginástica de

Leia mais

1. História do Voleibol. 2. Caracterização do Voleibol. 2. Regras do Voleibol. Documento de Apoio de Voleibol VOLEIBOL

1. História do Voleibol. 2. Caracterização do Voleibol. 2. Regras do Voleibol. Documento de Apoio de Voleibol VOLEIBOL VOLEIBOL 1. História do Voleibol O Voleibol foi criado em 1885, em Massachussets, por William G. Morgan, responsável pela Educação Física no Colégio de Holyoke, no Estado de Massachussets, nos Estados

Leia mais

C. Guia de Treino ------------------------------------------------

C. Guia de Treino ------------------------------------------------ C. Guia de Treino ------------------------------------------------ A FORÇA / RESISTÊNCIA ( FUNÇÃO MOVIMENTO OSCILAÇÃO ) A01 Joelhos inclinados Com os pés afastados na plataforma, segure a barra de apoio

Leia mais

Corrida de Barreiras. José Carvalho. Federação Portuguesa de Atletismo

Corrida de Barreiras. José Carvalho. Federação Portuguesa de Atletismo Corrida de Barreiras José Carvalho F P A Federação Portuguesa de Atletismo CORRIDAS DE BARREIRAS José Carvalho Objectivo Ser capaz de realizar uma corrida com barreiras - ritmada em velocidade máxima.

Leia mais

CONTEÚDOS CONTEÚDOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2015-2016

CONTEÚDOS CONTEÚDOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2015-2016 PROGRAMÁTICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA Capacidades Condicionais e Coordenativas Gerais Resistência Geral; Força Resistente; Força Rápida; Força Rápida; Velocidade de Reação Simples e Complexa; Velocidade de

Leia mais

O TREINO EM IMAGENS. por Sebastião Mota TREINO DA FORÇA COM CARGAS CURL DOS BÌCEPS FLEXÃO TRONCO À FRENTE (BONS DIAS)

O TREINO EM IMAGENS. por Sebastião Mota TREINO DA FORÇA COM CARGAS CURL DOS BÌCEPS FLEXÃO TRONCO À FRENTE (BONS DIAS) 1 O TREINO EM IMAGENS por Sebastião Mota TREINO DA FORÇA COM CARGAS SUPINO CURL DOS BÌCEPS FLEXÃO TRONCO À FRENTE (BONS DIAS) HIPER EXTENSÃO DORSO-LOMBAR COM CARGAS AGACHAMENTO ( COSTAS E Á FRENTE) 2 AGACHAMENTO

Leia mais

Bateria de Medidas e Testes. Centros de Formação de Jogadores Federação Portuguesa de Voleibol

Bateria de Medidas e Testes. Centros de Formação de Jogadores Federação Portuguesa de Voleibol Bateria de Medidas e Testes Centros de Formação de Jogadores Federação Portuguesa de Voleibol 2004 Nota Introdutória A bateria de medidas e testes a ser aplicada nos centros de formação resulta de um conjunto

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO I E A

EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO I E A AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Ano letivo 2015/2016 EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO NÍVEIS INTRODUTÓRIO (I), ELEMENTAR (E) e AVANÇADO (A) 1. Se tem a bola, passar

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO POR MODALIDADE

REGULAMENTO ESPECÍFICO POR MODALIDADE REGULAMENTO ESPECÍFICO POR MODALIDADE Regulamento Específico por Modalidade 1 FESTIVAL/COMPETIÇÃO DE GINÁSTICA ARTÍSTICA E GINÁSTICA RÍTMICA DO G.D.V Ginástica Artística: Feminino Objetivo Estimular a

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES (EDUCAÇÃO FÍSICA) 5º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2014/2015 5.º Ano 1. CONTEÚDOS DE APRENDIZAGEM Atletismo

Leia mais

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira Plano de Exercícios Para Segunda-Feira ALONGAMENTO DA MUSCULATURA LATERAL DO PESCOÇO - Inclinar a cabeça ao máximo para a esquerda, alongando a mão direita para o solo - Alongar 20 segundos, em seguida

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DAS UNIDADES DE ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2º E 3º CICLO 2014/2015 FUTEBOL

PLANIFICAÇÃO DAS UNIDADES DE ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2º E 3º CICLO 2014/2015 FUTEBOL FUTEBOL 1. Recebe a bola controlando-a e enquadra-se 1. Recebe a bola, controlando-a e enquadra-se ofensivamente; ofensivamente, optando conforme a leitura da simula e ou finta, se necessário, para se

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 10ª Classe

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 10ª Classe PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 10ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Formação Geral Ficha Técnica Título Programa de Educação Física - 10ª Classe Formação de Professores do 1º

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL 3º CICLO EDUCAÇÃO FÍSICA 8º ANO Documento(s) Orientador(es): Programas nacionais de Educação Física; legislação em vigor

Leia mais

SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR

SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR ANO LECTIVO 2010/2011 ÍNDICE 1 Programa... 2 2 Determinações referentes à participação... 2 2.1 Quadro

Leia mais

8º Festival de Estrelas

8º Festival de Estrelas 8º Festival de Estrelas REGULAMENTO ÂMBITO O presente regulamento aplica-se ao 8º Festival de Estrelas, actividade prevista no Programa de Desenvolvimento Desportivo (PDD) Estrelas-do-mar, a realizar nos

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida no parágrafo anterior e do programa de disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida no parágrafo anterior e do programa de disciplina. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 1ª e 2ª Fase Prova 26 2015 9ºAno/3.º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita/Prática 1. Introdução O presente documento visa

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS Grupo Disciplinar de Educação Física. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - 2º Ciclo

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS Grupo Disciplinar de Educação Física. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - 2º Ciclo AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS Grupo Disciplinar de Educação Física CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - 2º Ciclo Avaliação dos alunos (Critérios uniformizados a nível do Conselho Pedagógico e do Grupo

Leia mais

6.1. História da Modalidade

6.1. História da Modalidade 6.1. História da Modalidade VI. Unidade Didáctica de Atletismo O Atletismo é a modalidade desportiva mais antiga que se conhece. A história do Atletismo, e o seu aparecimento, confunde-se com o da própria

Leia mais

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Mobilização da articulação do ombro 1 Objectivos: Aumentar a amplitude dos ombros e parte superior das costas. Mobiliza os deltóides, rotadores da

Leia mais

Conselhos Úteis Para a Realização das Provas Físicas

Conselhos Úteis Para a Realização das Provas Físicas Conselhos Úteis Para a Realização das Provas Físicas A escolha destas provas teve, por finalidade, garantir que os alunos e futuros oficiais respondam satisfatoriamente a uma profissão que também é exigente

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR EF

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR EF PRÉ-ESCOLAR: EXPRESSÃO MOTORA Domínio: Atividades Físicas DESLOCAMENTOS E EQUILÍBRIOS PERÍCIAS E MANIPULAÇÕES JOGOS ACTIVIDADES RÍTMICAS E EXPRESSIVAS PERCURSOS NA NATUREZA Posições de equilíbrio no solo,

Leia mais

Pilates Power Gym. Manual de Instruções. Pilates Power Gym. Modelo AB - 7620

Pilates Power Gym. Manual de Instruções. Pilates Power Gym. Modelo AB - 7620 Pilates Power Gym Modelo AB - 7620 Pilates Power Gym LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES ANTES DE USAR E GUARDE ESTE MANUAL PARA CONSULTAS FUTURAS. Manual de Instruções Manual Pilates Power Gym-2010.indd Spread 1

Leia mais

CURSOS PROFISSIONAIS Ficha de Planificação Modular

CURSOS PROFISSIONAIS Ficha de Planificação Modular CURSOS PROFISSIONAIS Ficha de Planificação Modular Ano Lectivo: 2015-2016 Curso: Técnico de Gestão Ano: 11º Turma: Q Disciplina: Educação Física Módulo nº: 7 Data de início: 28/09/2011 TEMA do MÓDULO:

Leia mais

FITNESSGRAM. O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde.

FITNESSGRAM. O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde. Professora de Educação Física HelenaMiranda FITNESSGRAM O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde. Todos os elementos incluídos no Fitnessgram foram

Leia mais

Fonte: http://revistacontrarelogio.com.br/pdfs/tudoemcima_194.pdf

Fonte: http://revistacontrarelogio.com.br/pdfs/tudoemcima_194.pdf Fonte: http://revistacontrarelogio.com.br/pdfs/tudoemcima_194.pdf ELÁSTICO OU BORRACHA Sugestão: 1 kit com 3 elásticos ou borrachas (com tensões diferentes: intensidade fraca, média e forte) Preço: de

Leia mais

DISCIPLINA EDUCAÇÃO FÍSICA ANO LECTIVO 2014/2015 TURMA 12º I CURSO PROFISSIONAL MULTIMÉDIA PROFESSOR: JOÃO MOTA

DISCIPLINA EDUCAÇÃO FÍSICA ANO LECTIVO 2014/2015 TURMA 12º I CURSO PROFISSIONAL MULTIMÉDIA PROFESSOR: JOÃO MOTA 1º Período 3ºª Feira Módulo 3 JOGOS DESP. COLETIVOSIII (VOLEIBOL) 22 tempos Início16/09/14 Fim: 25/11/14 VOLEIBOL (Módulo 3) Nível Avançado - O aluno: 1. Em exercício 1x1; 3x3 e situação de jogo 4x4 e

Leia mais

Ano Letivo 2011/2012

Ano Letivo 2011/2012 Ano Letivo 2011/2012 Informação/ Exame de Equivalência à Frequência Disciplina de Educação Física 2ºciclo 1. Objeto de Avaliação A prova tem por referência o Programa de Educação Física. A prova desta

Leia mais

CÓDIGO DE PONTUAÇÃO DE MINI-TRAMPOLIM

CÓDIGO DE PONTUAÇÃO DE MINI-TRAMPOLIM CÓDIGO DE PONTUAÇÃO * * * * MINI-TRAMPOLIM 2001/2004 1 MINI-TRAMPOLIM A. REGRAS GERAIS 1. COMPETIÇÃO INDIVIDUAL 1.1. Uma competição de Mini-Trampolim consiste em três saltos (3 elementos técnicos). 1.1.1.

Leia mais

ANEXO VII PROCEDIMENTOS DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA 1. TESTE DE BARRA FIXA

ANEXO VII PROCEDIMENTOS DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA 1. TESTE DE BARRA FIXA ANEXO VII 1. TESTE DE BARRA FIXA PROCEDIMENTOS DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA 1.1 Teste dinâmico de barra fixa (somente para candidatos do sexo masculino) 1.1.1 A metodologia para a preparação e a execução

Leia mais

COLÉGIO TERESIANO BRAGA Ano Letivo 2011-2012 Educação Física 2º Período 5º Ano BASQUETEBOL

COLÉGIO TERESIANO BRAGA Ano Letivo 2011-2012 Educação Física 2º Período 5º Ano BASQUETEBOL COLÉGIO TERESIANO BRAGA Ano Letivo 2011-2012 Educação Física 2º Período 5º Ano 1. HISTÓRIA BASQUETEBOL Origem Em Dezembro de 1891, o professor de educação física canadense James Naismith, do Springfield

Leia mais

PATINAGEM NA ESCOLA PRÁTICA

PATINAGEM NA ESCOLA PRÁTICA PATINAGEM NA ESCOLA PRÁTICA Iniciação à Patinagem 1 - Factores que Influenciam a Segurança - Equipamento Técnico - Equipamento de Protecção - Ambiente - Temperatura - Humidade - Condição Física - Superfície

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO - 2015

INFORMAÇÃO - PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO - 2015 INFORMAÇÃO - PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO - 2015 O presente documento visa divulgar as características da prova final do 2º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

ÍNDICE HABILIDADES MOTORAS 22 AVALIAÇÃO 42 BIBLIOGRAFIA 46

ÍNDICE HABILIDADES MOTORAS 22 AVALIAÇÃO 42 BIBLIOGRAFIA 46 ÍNDICE ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 2 HISTÓRIA DA GINÁSTICA 3 OBJECTIVOS da GINASTICA ARTISTICA 4 CARACTERISTICAS da GINÁSTICA ARTISTICA 5 EQUIPAMENTO - MATERIAL 7 POSIÇÕES CORPORAIS 8 INTERAJUDA 9 Salto de eixo

Leia mais

INFORMAÇÃO - EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO - EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO INFORMAÇÃO - EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA CÓDIGO DA PROVA: 28 ANO LETIVO: 2014/15 MODALIDADE: PROVA PRÁTICA 1. Introdução O presente documento

Leia mais

Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO

Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO A história do lançamento do dardo, pode ter sua origem na pré-história. Empregado, inicialmente na caça e, posteriormente na guerra, como arma de combate. É uma das provas

Leia mais

Sistemática do Desporto - Ginástica REGENTE: Equiparada a Prof. Adjunta Mestre Marta Martins DOCENTE(s): Drª. Joana Macedo

Sistemática do Desporto - Ginástica REGENTE: Equiparada a Prof. Adjunta Mestre Marta Martins DOCENTE(s): Drª. Joana Macedo INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR LICENCIATURA EM TREINO DESPORTIVO PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Sistemática do Desporto - Ginástica REGENTE: Equiparada a Prof.

Leia mais

OBJETIVO: Definir os conteúdos, objetivos específicos e exercícios aplicáveis ao ensino da natação nos níveis 0, 1, 2 e 3.

OBJETIVO: Definir os conteúdos, objetivos específicos e exercícios aplicáveis ao ensino da natação nos níveis 0, 1, 2 e 3. OBJETIVO: Definir os conteúdos, objetivos específicos e exercícios aplicáveis ao ensino da natação nos níveis 0, 1, 2 e 3. ÂMBITO: Aplica-se a todos os professores da Escola Municipal de Natação nos tanques

Leia mais

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Originária da Confederação do Tiro Brasileiro decreto 1503 de 5 de setembro de 1906

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Originária da Confederação do Tiro Brasileiro decreto 1503 de 5 de setembro de 1906 Exercícios com Elástico Os Exercícios com elástico irão trabalhar Resistência Muscular Localizada (RML). Em cada exercício, procure fazer a execução de maneira lenta e com a postura correta. Evitar o SOLAVANCO

Leia mais

OS SINAIS DO ÁRBITRO. Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde

OS SINAIS DO ÁRBITRO. Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde OS SINAIS DO ÁRBITRO Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde Os 49 sinais do árbitro têm como objetivo facilitar a comunicação com os jogadores e o público

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES (EDUCAÇÃO FÍSICA) 9º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2014/2015 1º PERÍODO 1. CONTEÚDOS DE APRENDIZAGEM

Leia mais

MÓDULO 7 DESPORTOS INDIVIDUAIS (GINÁSTICA)

MÓDULO 7 DESPORTOS INDIVIDUAIS (GINÁSTICA) MÓDULO 7 DESPORTOS INDIVIDUAIS (GINÁSTICA) ÍNDICE Introdução 1 História 2- Capacidades motoras na Ginástica 3- Elementos técnicos da Ginástica Solo Aparelhos Acrobática 4- Etapas de ensino dos elementos

Leia mais

Um breve histórico da GA

Um breve histórico da GA Ginástica Artística Um breve histórico da GA Séc. XIX Alemanha O nome que mais se destaca na história da formação da ginástica moderna foi do alemão Friedrich Ludwig Jahn (1778-1852), grande nacionalista

Leia mais

Exercícios de força muscular

Exercícios de força muscular Exercícios de força muscular ABDOMINAIS Objectivos: Melhoria funcional e reforço muscular do Core. Posição Inicial - Deite-se em decúbito dorsal (barriga para cima), coloque as pernas flectidas a 45º,

Leia mais

Caracterização. Objetivo

Caracterização. Objetivo VOLEIBOL Caracterização O voleibol é um jogo desportivo coletivo praticado por duas equipas, cada uma composta por seis jogadores efetivos e, no máximo, seis suplentes, podendo um ou dois destes jogadores

Leia mais

ESCOLA: 1º CEB de Mouriscas ATIVIDADE: Atividade Físico-Desportiva ANO:1º/2º ANO LETIVO 2013/2014

ESCOLA: 1º CEB de Mouriscas ATIVIDADE: Atividade Físico-Desportiva ANO:1º/2º ANO LETIVO 2013/2014 ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR Entidade Promotora: Câmara Municipal de Abrantes Entidade Parceira: Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola de Mouriscas ESCOLA: 1º CEB de Mouriscas

Leia mais

MANUAL DO TREINADOR NÍVEL I LANÇAMENTO DO PESO

MANUAL DO TREINADOR NÍVEL I LANÇAMENTO DO PESO LANÇAMENTO DO PESO REGRAS DO LANÇAMENTO DO PESO Local da Competição A prova do lançamento do peso disputa-se num local específico da pista de atletismo, que deverá ter um círculo de lançamentos com 2,135

Leia mais

manual de mastro chinês

manual de mastro chinês produção conteúdo original 0 manual de mastro chinês apoio Este projeto foi contemplado pelo Prêmio Funarte/PETROBRAS Carequinha de Estímulo ao Circo 2011 Como parte de sua estratégia de ação para o aprimoramento

Leia mais

Ano Actividade Objectivos Conteúdos Local 7ºANO Condição Física Desenvolvimentos da condição

Ano Actividade Objectivos Conteúdos Local 7ºANO Condição Física Desenvolvimentos da condição Planificações Ano Actividade Objectivos Conteúdos Local 7ºANO Condição Física Desenvolvimentos da condição física de base - Resistência aeróbia e anaeróbia - Força explosiva - Força resistente - Flexibilidade

Leia mais

Dra. Sandra Camacho* IMPORTÂNCIA DA ACTIVIDADE FÍSICA

Dra. Sandra Camacho* IMPORTÂNCIA DA ACTIVIDADE FÍSICA Uma cadeira e uma garrafa de água O que podem fazer por si Dra. Sandra Camacho* IMPORTÂNCIA DA ACTIVIDADE FÍSICA A prática de uma actividade física regular permite a todos os indivíduos desenvolverem uma

Leia mais

PLANIFICAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA. Secundário Andebol

PLANIFICAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA. Secundário Andebol Secundário Andebol Conhecer o objectivo e campo do jogo; Conhecer as seguintes regras do jogo: duração do jogo, constituição das equipas, golo, lançamento de saída, guarda-redes, área de baliza, violação

Leia mais

SÉRIE DE PAWAMUKTASANA (Segundo o Swami Satyananda)

SÉRIE DE PAWAMUKTASANA (Segundo o Swami Satyananda) SÉRIE DE PAWAMUKTASANA (Segundo o Swami Satyananda) Pawan significa humor, Mukta, significa libertar, asana significa postura. Pawanmuktasana é assim, um grupo de exercícios para libertar humores e gases

Leia mais

Introdução... 02. Objectivos... 03. Características... 04. Metodologia... 06 Organização da Aula... 07 Método de Avaliação... 07

Introdução... 02. Objectivos... 03. Características... 04. Metodologia... 06 Organização da Aula... 07 Método de Avaliação... 07 Escola Básica Integrada C/ J.I. D. Carlos I Núcleo de Estágio da FMH 2006/2007 Alberto Silva Leonel Oliveira Dias INDÍCE Introdução... 02 Objectivos... 03 Características... 04 Metodologia... 06 Organização

Leia mais

HALTERE. Manual do usuário. Assistência ao cliente. Guia de exercícios Páginas 7-17

HALTERE. Manual do usuário. Assistência ao cliente. Guia de exercícios Páginas 7-17 HALTERE Manual do usuário Páginas 7-17 Assistência ao cliente 888-678-2476 (Opção 3) Segunda a Sexta 6:00 às 17:00 Hora do Pacífico OU Assistência por e-mail parts@stairmaster.com IMPORTANTE: LEIA INTEGRALMENTE

Leia mais

1) PANTURRILHAS. b) Músculos envolvidos Gastrocnêmios medial e lateral, sóleo, tibial posterior, fibular longo e curto, plantar (débil),

1) PANTURRILHAS. b) Músculos envolvidos Gastrocnêmios medial e lateral, sóleo, tibial posterior, fibular longo e curto, plantar (débil), 1 1) PANTURRILHAS 1.1 GERAL De pé, tronco ereto, abdômen contraído, de frente para o espaldar, a uma distância de um passo. Pés na largura dos quadris, levar uma das pernas à frente inclinando o tronco

Leia mais

AULAS TÉCNICAS DE CRAWL Musculatura Utilizada. Posição do Corpo e de Seus Segmentos. Posição do Corpo Erros Causas Correções

AULAS TÉCNICAS DE CRAWL Musculatura Utilizada. Posição do Corpo e de Seus Segmentos. Posição do Corpo Erros Causas Correções SUMÁRIO AULAS TÉCNICAS DE CRAWL... 3 Respiração Lateral... 6 Entrada de Mão... 8 Recuperação da Braçada de Crawl... 11 Puxada... 13 Deslize... 15 Posição do Pé para Execução da Pernada de Crawl... 17 Aceleração...

Leia mais

CHAVES DE PERNA DE PESCOÇO

CHAVES DE PERNA DE PESCOÇO 1 CHAVES DE PERNA E DE PESCOÇO DO LIVRO "MA METHODE DE JUDO" DE M. KAWAISHI - 7 0 DAN Judo. NOTA IMPORTANTE - Estas chaves não permitidas em combates de TRADUZIDO POR JOSÉ C. MAFRA - 6 0 DAN 2 CHAVES DE

Leia mais

Conteúdos/ Matérias Nucleares

Conteúdos/ Matérias Nucleares Conteúdos/ Matérias Nucleares 5º Ano - Pré desportivos (bola ao capitão, mata, bola ao pino, futebol humano, bola azeitona); - Voleibol (passe por cima, 1X1); - Ginástica de solo (rolamentos, roda); -

Leia mais

GUIA DE EXERCÍCIOS LIFE ZONE TOTAL FIT

GUIA DE EXERCÍCIOS LIFE ZONE TOTAL FIT GUIA DE EXERCÍCIOS LIFE ZONE TOTAL FIT Nesse guia você encontrará 50 exercícios diferentes para fazer utilizando a sua Estação de Musculação Life Zone Total Fit. Com esses exercícios, você trabalhará diversas

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2014/2015 CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO - OPERADOR DE INFORMÁTICA

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2014/2015 CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO - OPERADOR DE INFORMÁTICA PLANIFICAÇÃO MODULAR ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2014/2015 CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO - OPERADOR DE INFORMÁTICA MÓDULO A1 JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS a) Coopera com os companheiros, quer nos exercícios

Leia mais

MAT PILATES 1 ÍNDICE: PRE MAT- MAT PILATES 2 MAT PILATES 2

MAT PILATES 1 ÍNDICE: PRE MAT- MAT PILATES 2 MAT PILATES 2 MAT PILATES 1 ÍNDICE: PRE MAT- MAT PILATES 2 MAT PILATES 2 I-RESPIRAÇAO II-CONTROLE DE CENTRO E DISSOCIAÇÃO DE QUADRIL III-ORGANIZAÇAO CRANIO-VERTEBRALARTICULAÇAO DE COLUNA IV-DESCARGA DE PESO DE MMII

Leia mais

MÓDULO 8. Desportos Individuais- ATLETISMO

MÓDULO 8. Desportos Individuais- ATLETISMO 1. Origem, evolução e tendências de desenvolvimento da modalidade 1.1. Contextos organizacionais e formas de prática 1.2. Aspetos demográficos e geográficos da prática 1.3. Tendências de desenvolvimento

Leia mais

Modalidade Alternativa: Badminton

Modalidade Alternativa: Badminton Escola Básica e Secundária Rodrigues de Freitas Modalidade Alternativa: Badminton Ações técnico-táticas Regulamento Professora: Andreia Veiga Canedo Professora Estagiária: Joana Filipa Pinto Correia Ano

Leia mais

GINÁSTICA DE APARELHOS

GINÁSTICA DE APARELHOS GINÁSTICA DE APARELHOS Plinto O plinto é um aparelho utilizado para a realização de saltos tanto na posição transversal como longitudinal. Segurança: Deve-se verificar se a distância do trampolim ao aparelho

Leia mais

O essencial sobre Autor: Francisco Cubal

O essencial sobre Autor: Francisco Cubal O essencial sobre Autor: Francisco Cubal 1 Qual a história do Voleibol? Em 1895 o professor de Educação Física G. Morgan, nos Estados Unidos, criou uma modalidade desportiva que, devido ao seu toque no

Leia mais

SALTO EM E M DISTÂNCIA

SALTO EM E M DISTÂNCIA SALTO EM DISTÂNCIA Salto em Distância O salto em distancia é uma prova de potência, sua performance está diretamente relacionada com a velocidade de impulso O saltador deve produzir o máximo de velocidade

Leia mais

Movimentação de Campo

Movimentação de Campo Movimentação de Campo Introdução Este tema tem relevante importância para a evolução dos nossos atletas, pois se estes não automatizarem os seus deslocamentos dentro do campo dificilmente atingiram elevadas

Leia mais

ESCOLA E.B 2,3 DA SEQUEIRA. Guarda

ESCOLA E.B 2,3 DA SEQUEIRA. Guarda ESCOLA E.B 2,3 DA SEQUEIRA Guarda DOCUMENTO ORIENTADOR PARA A PROVA GLOBAL Departamento de Educação Física Índice Geral Pág. I INTRODUÇÃO. 1 II UNIDADE DIDÁCTICA DE VOLEIBOL.. 2 2.1 Caracterização da modalidade..2

Leia mais

Revisão do 1 semestre (ballet 1 e 2 ano)

Revisão do 1 semestre (ballet 1 e 2 ano) 1 Revisão do 1 semestre (ballet 1 e 2 ano) PLIÉS DEMI PLIÉ: Demi Plié Grand Plié É um exercício de fundamental importância, pois é usado na preparação e amortecimento de muitos passos de ballet, como os

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO DE TRAMPOLINS

REGULAMENTO ESPECIFICO DE TRAMPOLINS 1 REGULAMENTO ESPECIFICO DE TRAMPOLINS (CÓDIGO DE PONTUAÇÃO) 2006-2007 1 2 ÍNDICE 1. NOTAS PRÉVIAS Pág. 03 2. ESTRUTURA TÉCNICA DAS COMPETIÇÕES Pág. 03 3. AVALIAÇÃO DOS EXERCÍCIOS (SALTOS) Pág. 04 4. AVALIAÇÃO

Leia mais

O que é o Bitoque-rugby

O que é o Bitoque-rugby O que é o Bitoque-rugby O rugby é uma modalidade desportiva que envolve contacto físico entre os seus praticantes, sendo assim é de primordial importância que os praticantes joguem de acordo com as regras

Leia mais

Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999)

Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999) Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999) 1. Levantar e Sentar na Cadeira Avaliar a força e resistência dos membros inferiores (número de execuções em

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Prof. Dr. Victor H. A. Okazaki http://okazaki.webs.com Material de Apoio: Desenvolvimento & Aprendizado

Leia mais

PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA, PSÍQUICA E ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO

PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA, PSÍQUICA E ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA, PSÍQUICA E ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO INTRODUÇÃO O presente concurso de selecção de candidaturas para elementos a incluir na Força Especial de Bombeiros, rege-se pelas

Leia mais

DOR NAS COSTAS EXERCÍCIOS ESPECIALIZADOS PARA O TRATAMENTO DA DOR NAS COSTAS. www.doresnascostas.com.br. Página 1 / 10

DOR NAS COSTAS EXERCÍCIOS ESPECIALIZADOS PARA O TRATAMENTO DA DOR NAS COSTAS. www.doresnascostas.com.br. Página 1 / 10 DOR NAS COSTAS EXERCÍCIOS ESPECIALIZADOS PARA O TRATAMENTO DA DOR NAS COSTAS www.doresnascostas.com.br Página 1 / 10 CONHEÇA OS PRINCÍPIOS DO COLETE MUSCULAR ABDOMINAL Nos últimos anos os especialistas

Leia mais

Programa de Educação Física, EB - 5º ano

Programa de Educação Física, EB - 5º ano Programa de Educação Física, EB - 5º ano Programa de Educação Física, 2º Ciclo do EB, 5º ano CONTEÚDOS Objectivos Gerais Objectivos por Área Desenvolvimento das Capacidades Físicas: 1. Resistência 2. Força

Leia mais

Treinar primeiro os grandes grupos musculares (tab. 1) Alternar os movimentos de flexão / extensão (tab. 2) Alternar tronco e m. superiores / m.

Treinar primeiro os grandes grupos musculares (tab. 1) Alternar os movimentos de flexão / extensão (tab. 2) Alternar tronco e m. superiores / m. CONSTRUÇÃO de PROGRAMAS de TREINO 8 Objectivos Selecção dos Exercicíos Organização dos exercicíos Frequência de Treino Selecção das Cargas Selecção do nº. de Repetições Selecção do nº. de Séries e Pausas

Leia mais

Programa de Educação Física, EB - 6º ano

Programa de Educação Física, EB - 6º ano Programa de Educação Física, EB - 6º ano CONTEÚDOS Objectivos Gerais Objectivos por Área Desenvolvimento das Capacidades Físicas: 1. Resistência 2. Força 3. Velocidade 4. Flexibilidade 5. Destreza Geral

Leia mais

Global Training. The finest automotive learning

Global Training. The finest automotive learning Global Training. The finest automotive learning Cuidar da saúde com PREFÁCIO O Manual de Ergonomia para o Motorista que você tem em agora em mãos, é parte de um programa da Mercedes-Benz do Brasil para

Leia mais

APOSTILA DE NATAÇÃO APERFEIÇOAMENTO E TREINAMENTO Técnica de Nados, Saídas e Viradas. Prof Adolfo Deluca

APOSTILA DE NATAÇÃO APERFEIÇOAMENTO E TREINAMENTO Técnica de Nados, Saídas e Viradas. Prof Adolfo Deluca APOSTILA DE NATAÇÃO APERFEIÇOAMENTO E TREINAMENTO Técnica de Nados, Saídas e Viradas Prof Adolfo Deluca 1999 2 ÍNDICE PONTOS IMPORTANTES A SE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO... 4 1. Controle da Respiração... 4 2.

Leia mais

CANDIDATURA 2013-2014

CANDIDATURA 2013-2014 CANDIDATURA 2013-2014 GUIA DE PRÉ-REQUISITOS REGULAMENTO DAS PROVAS DE APTIDÃO FUNCIONAL e APTIDÃO FÍSICA COIMBRA 2013 ÍNDÍCE 1. INTRODUÇÃO... 2 2. CURSOS... 2 3. A QUEM SE DESTINAM AS PROVAS DE PRÉ-REQUISITOS...

Leia mais

PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA

PROVAS DE ROBUSTEZ FÍSICA PAS D USZ SA Anexo 3 1. concurso de seleção dos elementos a recrutar para a orça special de ombeiros, rege-se pelas provas de avaliação da condição física, de realização obrigatória, a seguir indicadas:

Leia mais