AULAS TÉCNICAS DE CRAWL Musculatura Utilizada. Posição do Corpo e de Seus Segmentos. Posição do Corpo Erros Causas Correções

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AULAS TÉCNICAS DE CRAWL Musculatura Utilizada. Posição do Corpo e de Seus Segmentos. Posição do Corpo Erros Causas Correções"

Transcrição

1

2 SUMÁRIO AULAS TÉCNICAS DE CRAWL... 3 Respiração Lateral... 6 Entrada de Mão... 8 Recuperação da Braçada de Crawl Puxada Deslize Posição do Pé para Execução da Pernada de Crawl Aceleração Virada Olímpica Mergulho Tempo de Reação Freqüência de Braçadas Estilos Auxiliares Crawl Elementar Aulas Recreativas para Crawl e Costas AULAS TÉCNICAS DE COSTAS Recuperação da Braçada de Costas Puxada de Costas Rolamento de Ombro Saída de Costas Virada de Costas Aulas Mistas de Crawl e Costas... 61

3 AULAS TÉCNICAS DE CRAWL Musculatura Utilizada Posição do Corpo e de Seus Segmentos Posição do Corpo Erros Causas Correções Posição do corpo angulada. Batida ineficiente. Bater acima da superfície Pernas baixas na água. utilizando toda a perna e chutando com o peito dos pés. Movimento originário dos quadris; flexibilidade dos Nadando muito plano. Empurrando para baixo com braços e mãos. Cabeça mantida muito alta. Diminuição do movimento natural do nado. joelhos e tornozelos. Acentuar o agarre. Puxar para a linha mediana do corpo, empurrando para trás com antebraço e mão. Linha da água na linha do cabelo.

4 Puxada Erros Causas Correções Oscilação lateral (Rebolando) Braço estendido durante a recuperação (nadar com o braço estendido). Cotovelos dobrados durante toda a braçada. Movimento fechado para o ponto de rotação, puxada para a linha média do corpo, cotovelos comandados na recuperação. Deixar cair os cotovelos. O nadador não pode fazer uma boa aplicação da força. Manter o cotovelo alto. Oscilação vertical (Bobinando) Diagonal ou Zig-Zag Agarre morto Empurrando em direção para baixo. Desigual pressão dos braços. Fracasso ao puxar em direção à linha média do corpo. Rodando a cabeça exageradamente na respiração. Muito deslize, dando ao nado uma fase morta. A mão entra, agarra, puxa para a linha média do corpo, empurrando para trás. Nadar com a cabeça fora da água para obter foco visual e verificar o de movimento dos braços. Focar nas linhas marcadas no fundo da piscina, quando nadando. Manter os braços oposição.

5 Pernada Erros Causas Correções Falta de propulsão Rigidez nas pernas, onde não há propulsão Iniciar a pernada a partir dos quadris: joelhos e tornozelos flexíveis (praticar com Excessiva flexibilidade dos joelhos. Pernada ineficaz. Falta de flexibilidade dos tornozelos. Batendo a perna muito pesadamente. Batendo a perna muito alta (fora da área da seccãotransversal do corpo). Isso produz resistência e diminui a pernada do nadador. nadadeiras pode ajudar). Praticar a pernada com as pernas sob a água para utilizar toda a perna. Iniciara pernada ao nível dos quadris (manipulação manual e nadadeiras podem ajudar). Relaxar tornozelos, pés "caindo pesadamente" de cima para baixo, dedos em ponta (pé de bale). Bater sob a superfície, quebrar a superfície com os calcanhares. Acentuar a batida ascendente para uma melhor atuação da pernada. Contar o ritmo o mais natural possível. Fazer a pernada mais estreita. Adaptação Erros Causas Correções Nado impaciente, irregular e fatigante. Movimentos rápidos na tentativa de aumentar a velocidade. Utilizar a contagem do ritmo no nado. Aplicar força com os braços. Menor interesse com a velocidade do nado. Respiração Erros Causas Correções Deixando a cabeça na água. Receio de não conseguir Rodar a cabeça para o lado bastante ar. com o braço recuperado; aspirar o ar através da boca; exalar água através do nariz e da boca. É melhor respirar com a cabeça voltada mais para o lado e ligeiramente para a frente. Rolamento do corpo Usar o nado de respiração bilateral para dar maior equilíbrio.

6 Respiração Lateral Aula 1 Exercícios fora d'água Aula 2 - Aluno repete calmamente o movimento respiratório de inspiração pelo nariz e expiração pela boca. - Agora o aluno fará a respiração propriamente utilizada na natação, ou seja, inspiração pela boca e expiração pelo nariz. Duzentos metros de pernada de crawl segurando a prancha. - Cem metros de pernada de crawl segurando a prancha na frente e fazendo a respiração. - Cinco minutos segurando a borda, batendo perna e dobrando o pescoço para fazer a expiração na água pelo nariz. - Duzentos metros segurando a prancha com uma das mãos e fazendo a inspiração para o lado oposto e a expiração dentro d'água, direcionada ao fundo da piscina. O braço que não está segurando a prancha fica ao longo do corpo. Mudar de braço a cada 25 metros. - Cem metros de pernada de crawl sem a prancha. - Cinco minutos segurando a borda com uma das mãos e fazendo a respiração para o lado do braço que está ao longo do corpo. - Cinco minutos com o outro braço. - Duzentos metros alternando 25 metros de pernada de crawl sem a prancha / 25 metros girando os braços. Três minutos de respiração na borda. - Duzentos metros de pernada de crawl. - Cinco minutos fazendo a respiração lateral na borda. - Duzentos metros alternando 25 metros com a respiração lateral para o lado esquerdo/25 metros e com a respiração lateral para o lado direito. - Cinco minutos segurando na borda com as duas mãos e fazendo a braçada de crawl com um dos braços, junto com a respiração lateral.

7 - Cinco minutos, o outro braço. - Cem metros batendo perna e rodando os braços, segurando a prancha na frente. - Duzentos metros realizando a braçada de crawl com a respiração lateral, alternando 25 metros lado direito, 25 metros lado esquerdo. - Cem metros nadando crawl, respirando a cada 4 braçadas. - 3 minutos de flutuação dorsal. Aula 3 - Duzentos metros, alternando 25, batendo a perna, segurando a prancha na frente/25, rodando o braço de crawl, fazendo a respiração lateral. - Duzentos metros com pullbuoy rodando os dois braços, um esperando o outro na frente, respirando sempre para o mesmo lado. A cada 25 metros mudar o lado da respiração. Duzentos metros alternando 50 metros com o pullbuoy na perna fazendo a braçada/50 metros, com o pullbuoy na frente como se fosse prancha também fazendo a braçada. Cem metros de pernada sem prancha. - Duzentos metros de crawl completo: pernada de crawl com os braços à frente e a respiração, sempre lateralmente. - Dois min de flutuação em bola (abraçando os joelhos). Dois min de flutuação dorsal.

8 Entrada de Mão Aula 4 - Cem metros de crawl. - Cem metros alternando 25 pernada, 25 nadando completo. - Cem metros com a prancha na frente rodando um braço de crawl com a respiração lateral e,no momento do retorno da mão à frente, furar a água estendendo a mão por debaixo da prancha (não segurar a prancha com o braço que está fazendo a braçada). - Cem metros com o outro braço. - Duzentos metros fazendo alternado três braçadas para um lado / três braçadas para o outro lado, sempre furando a água com a ponta dos dedos e estendendo o braço à frente, antes de fazer a puxada. - Duzentos metros alternando, 25 pernada de crawl / 25 crawl completo. - Cinco minutos de respiração na borda. Aula 5 - Cem metros de pernada de crawl com prancha. - Duzentos metros de crawl completo. - Em piscina rasa, de pé, o aluno curva o tronco e fica realizando a braçada de crawl sempre furando a água e estendendo o braço á frente. Dez minutos. - Cem metros com o pullbuoy na perna, realizando a braçada de crawl. - Cem metros de crawl completo, atentando para a entrada da mão. - Cem metros fazendo apenas um braço, respirando a cada três braçadas. - Cem metros fazendo o outro braço. - Duzentos metros rodando os dois braços, parando na frente e respirando a cada braçada. - Cinco minutos de flutuação ventral.

9 Aula 6 - Duzentos metros crawl completo. - Duzentos metros alternando: duas braçadas para cada lado parando a mão na frente / com quatro braçadas alternadas. - Duzentos metros com a pernada muito forte e a braçada lenta e bem alongada. - Cem metros com o uso de nadadeiras, repetindo o mesmo braço a cada 25 metros (atentando sempre para a entrada da mão na água). - Cem metros de crawl completo com o uso de nadadeiras. Cem metros de crawl completo sem o uso de material. - Alongamento de braços e pernas. Aula 7 - Duzentos metros (alternando 25 completo, 25 educativo rodando um braço). - Duzentos metros segurando a prancha na frente, rodando um braço, furando a água e, ao final da puxada, raspando o dedo polegar na coxa. Mudar de braço a cada 25 metros. Cem metros sem a prancha, rodando um braço, raspando o dedo polegar na coxa, ao final da puxada. - Cem metros com o outro braço. - Cem metros nadando completo, respirando a cada 4 braçadas. - Cem metros parando o braço na frente, fazendo três braçadas para um lado e três braçadas para o outro lado. Duzentos metros alternando: 25 pernada de crawl/25 educativo de um braço/50 completo. - Flutuação e alongamento. Aula 8 - Trezentos metros alternando: 50 educativo parando braço na frente /50 completo. - De pé, em piscina rasa, tronco curvado, rosto fora d água, realizar a braçada de crawl e evidenciando a saída de mão rente à coxa. Dez minutos.

10 - Duzentos metros de braçada de crawl com pullbuoy, realizando o alongamento da braçada à frente e o final da puxada, passando o dedo polegar na coxa. Cem metros com o pullbuoy na perna e a prancha na frente. Realizar três braçadas para cada lado, atentando bem para a saída de mão. - Cem metros de respiração lateral. - Cem metros de pernada de costas. - Cem metros de crawl bem alongado parando o braço na frente. - Cinqüenta metros de costas. Aula 9 - Duas vezes 100 metros de pernada de crawl. Cem metros de crawl completo. - Cem metros com o uso de nadadeiras alongando bem a braçada, fazendo o final da puxada com a palma da mão voltada para o corpo. 25 metros com um braço, 25 metros com o outro braço. - Cem metros com o uso de nadadeiras respiração 3x1, alongando bem a braçada à frente e atrás e os braços, esperando um ao outro na frente. - Cem metros de crawl sem nadadeiras, pernada forte, braçada lenta, realizando com atenção as fases de entrada e saída de mão. - Cem metros de pernada de crawl com os braços para trás - Alongamento de braços e pernas (30" em cada posição).

11 Recuperação da Braçada de Crawl Aula 10 - Trezentos metros de crawl. - Cem metros segurando a prancha na frente, realizando a braçada e recuperar o braço, arrastando a ponta dos dedos pela coxa, passando pelas costelas e chegando às axilas, a mão segue em direção à prancha, mantendo um nível mais baixo do que o cotovelo. Vinte e cinco metros cada braço - Cem metros sem a prancha, alternando 3 braçadas para cada lado, além de arrastar a mão no corpo, na fase de recuperação, também atentar para a entrada e saída de mão. - Cem metros respirando 1 x 1 (a cada braçada), parando os braços na frente. - Cem metros de crawl nado 3 x 1. - Duzentos metros de pernada. - Alongamento dentro d'água.

12 Aula 11 - Duzentos metros 25 crawl, 25 costas. - Cem metros de braçada de crawl arrastando a ponta do dedo médio na superfície da água, na fase de recuperação, até a mão encontrar a prancha (não afundar a mão na água). - Cem metros como anteriormente, mas agora furando a água e estendendo a mão por debaixo da prancha. - Cem metros de braçada de crawl com pullbuoy, porém não arrastando os dedos na água, mas passando a mão rente à superfície da água, durante toda a fase de recuperação (o braço faz um triângulo: mão, cotovelo e ombro). - Cem metros de crawl, alongando os braços na frente - Flutuação dorsal com o pullbuoy entre as coxas. Aula 12 - Trezentos metros: alternando 50 metros de crawl / 25 metros de educativo, passando a mão pelas costelas na fase de recuperação da braçada. - Duzentos metros de crawl completo, com nadadeiras arrastando a ponta do dedo médio na superfície da água. - Cem metros com nadadeiras, fazendo duas braçadas para cada lado, buscando manter o cotovelo alto. - Cem metros de crawl buscando o alongamento do nado na entrada e saída da mão, levantando o ombro na recuperação da braçada e mantendo o cotovelo sempre em um nível mais alto do que a mão. - Cinqüenta metros de pernada de crawl sem a prancha, mantendo os braços parados na frente. - Cinqüenta metros de crawl alternando: 3 braçadas com braço direito, 3 braçadas com o braço esquerdo e 6 braçadas alternadas. - Cem metros de costas, relaxando e mexendo os braços dentro d'água.

13 Puxada Aula 13 - Duzentos metros alternando: 25 crawl / 25 educativo livre / 25 pernada/crawl. - Fora d'água, ensaiando a puxada apenas com um braço: tronco curvado, palma da mão voltada para o corpo e cotovelo alto, apontando para o lado. Dez vezes com cada braço. - Cento e cinqüenta metros alternando 25 metros com cada braço: prancha na frente, após o alongamento na entrada da mão, realizar a puxada conforme ensaiado fora d'água (lembrando sempre que o cotovelo aponta para a lateral da piscina). - Cem metros pernada de crawl, realizando a puxada com os dois braços simultaneamente até as coxas, recuperando os braços por dentro d'água até a extensão dos mesmos. - Cem metros de educativo de crawl, segurando a prancha na frente com uma mão e a outra mão atrás, na coxa. Realizar a recuperação da braçada até o meio (cotovelo alinhado com a cabeça) e retornar à posição inicial (imitando o gesto de tirar e enfiar a mão no bolso da calça). - Cem metros de crawl com pernada forte, parando os braços na frente e demorando 3 segundos, antes de iniciar cada braçada. - Cinco minutos de flutuação dorsal. Aula 14 - Cem metros de pernada de crawl. - Duzentos metros alternando 25 metros de crawl/ 25 metros de educativo. - Cem metros de educativo de crawl com prancha na frente, realizando a puxada com a respiração lateral, porém o braço retorna a frente por baixo d'água. Alternando 25 metros com cada braço. - Cem metros de braçada de crawl com o uso de pullbuoy. Braçada alternada com o cotovelo alto e apontando para a lateral da piscina, tanto na puxada, como na recuperação. - Duzentos metros de educativo de crawl sem prancha, alternando 25 metros com a recuperação por baixo d'água/ 25 metros com a recuperação normal. Cinqüenta metros braço direito, 50 metros braço esquerdo.

14 - Um colega segura os pés do outro no nível da água, enquanto este último realiza a braçada de crawl, procurando se atentar para as fases da braçada aprendidas até aqui. Dois minutos cada aluno, repetindo 5 vezes. - Nadar 50 metros relaxado. Aula 15 - Cem metros de crawl. - Duzentos metros alternando 50 braçada / 50 pernada. - Cento e cinqüenta metros de crawl com nadadeiras, procurando realizar a puxada completa de crawl. Após o deslize, abrir a braçada um pouco além da largura dos ombros, fazendo a puxada para dentro, caracterizando assim o S da puxada. Vinte e cinco metros com o braço direito/25 o metros com o braço esquerdo. - Cem metros com nadadeiras, semelhante ao anterior, porém alternando os braços e alongando à frente. Cem metros com nadadeiras realizando a puxada até o meio e retornando o braço à frente, por baixo d'água. Alternando 25 metros com cada braço. - Cem metros sem nadadeiras com pernada forte, fazendo o movimento do exercício anterior. - Duzentos metros alternando 50 metros, parando os braços na frente/50 metros com os braços alternados. - Alongamento dos membros.

15 Deslize Queremos com esta palavra expressar a intenção de fazer o aluno aproveitar o máximo de sua braçada, explorando as fases do nado, vencendo cada vez mais as distâncias em um espaço menor de tempo, com um mínimo de esforço. Aula 16 - Duzentos metros de crawl. Cem metros de educativos livres. - Cem metros de educativo, atentando para todas as fases da braçada: entrada de mão, puxada, saída de mão e recuperação. Alternando 25 metros com cada braço. - Cem metros de crawl educativo, atentando para a seguinte coordenação: o braço que está à frente faz a puxada, quando o outro que está fazendo a recuperação toca a superfície da água. - Duzentos metros alternando 50 metros crawl alongado/ 50 metros de pernada sem prancha. - Três vezes { 50 metros de pernada de costas metros de educativo, arrastando os dedos pelas costelas metros de crawl completo. - Cinco minutos de flutuação. Aula 17 - Duzentos metros de crawl. - Cem metros de pernada de crawl. - Pernada forte. Na coordenação da braçada, os braços esperam um ao outro na frente, porém não é necessário que eles fiquem parados para que se inicie a puxada com o outro braço. Explorar bem o alongamento da braçada. - Assim sendo realizar: - Oito vezes 25 metros, com 20 segundos de descanso; - Quatro vezes 50 metros, com 30 segundos de descanso; - Duas vezes Cem metros, com 40 segundos de descanso; - Uma vez de Duzentos metros. - Cem metros alternando 25 pernada de crawl sem prancha, 25 costas.

16 Aula 18 - Trezentos metros alternando 50 braçada 50 completo. - Pernada forte com nadadeiras. Na coordenação da braçada, os braços esperam um ao outro na frente, porém não é necessário que eles fiquem parados para que se puxada com o outro braço. Explorar bem o alongamento da braçada. Realizar - Dez vezes 25 metros com 15 segundos de descanso. - Semelhante ao exercício anterior, porém sem o uso de nadadeiras, concentrando bem a força e alongamento na braçada, realizar: - Quatro vezes 50 metros com 20 segundos de descanso. - Duzentos metros de pernada de crawl sem a prancha, com os braços estendidos à frente. - Duzentos metros alternando 25 crawl /25 costas. - Vinte e cinco metros de palmateio de costas (deslocamento de costas, apenas movimentando as mãos).

17 Posição do Pé para Execução da Pernada de Crawl Aula 19 - Com o aluno sentado fora d'água, o professor segura a ponta dos pés do mesmo e mostra como deve ser a posição do pé para a pernada (flexão plantar). Cinco minutos. Sentado na borda, realizando movimento de pernada com as mesmas estendidas sem esquecer da posição de flexão plantar. Dez minutos. - Dentro d'água segurando na borda, realizando movimento de pernada de crawl, com o professor segurando os pés do aluno para que o mesmo não esqueça a posição do pé. Cinco minutos. - Semelhante ao exercício anterior, mas iremos alternar 1 minuto com o professor, segurando e orientando manualmente a pernada / 1 minuto o aluno realizando sozinho o movimento. Repetir esta seqüência por 10 minutos. - O aluno segura na borda e sozinho realiza o movimento de pernada de crawl por 5 minutos. - Cinco minutos de flutuação. Aula 20 - Cinco minutos segurando na borda realizando pernada de crawl. - O aluno segura a prancha à frente, enquanto é conduzido pelo professor que segura os pés do aluno, fazendo o movimento correto de pernada de crawl. Cinqüenta metros. Semelhante ao anterior, porém agora o professor conduz o aluno até o meio da piscina, quando soltará os pés do aluno para que o mesmo prossiga sozinho até o final do percurso. Cem metros - Mais 5 minutos segurando na borda realizando o movimento de pernada de crawl. - Cinqüenta metros de pernada de crawl segurando a prancha na frente. - 5 minutos de flutuação dorsal.

18 Aula 21 - Cem metros de pernada de crawl segurando a prancha na frente. - O professor segura as mãos do aluno, enquanto este realiza a pernada de crawl. Cinqüenta metros. Semelhante ao exercício anterior, porém o professor solta as mãos do aluno quando este estiver a poucos metros da borda. Dez vezes. - O professor se coloca a 2 metros do aluno, para que este se desloque até ele (professor), sem o auxílio de qualquer material. A cada sucesso alcançado pelo aluno, o professor se afasta ½ metro do mesmo e sugere uma nova tentativa. - O aluno faz um impulso da borda e realiza a pernada de crawl com os braços a frente e o rosto na água, até se esgotar o fôlego, retornando à borda, caminhando. - Três minutos fazendo respiração na borda.

19 Aceleração Este trabalho consiste em adquirir velocidade de maneira gradativa, para que ao fazer as séries de velocidade o aluno não perca o estilo e nem a posição o nado. Aula 22 - Duas vezes 100 metros de crawl. Cinqüenta metros de educativos. Cinqüenta metros de pernada. - Oito vezes 25 metros, acelerando o nado a cada 6 braçadas. - Quatro vezes 50 metros, acelerando o nado a cada 6 braçadas, sendo as últimas bem rápidas. - Seis vezes 25 metros, acelerando o nado a cada 4 braçadas. - Duas vezes 50 metros, nadando 25 metros normal e os últimos 25 metros, acelerando o nado a cada 4 braçadas. - Cem metros nadando relaxado. Aula 23 - Duzentos metros de crawl alternando 25 educativo/25 nadando normal. - Duas vezes: 25 metros, acelerando o nado a cada 6 braçadas metros, acelerando o nado a cada 4 braçadas metros, acelerando o nado a cada 2 braçadas. - Duas vezes 50 metros: 25 metros acelerando a cada 6 braçadas/ 25 metros acelerando a cada 2 braçc ' - Duas vezes 50 metros: 25 metros nadando normal/ 25 metros acelerando a cada 2 braçadas. - Duzentos metros de pernada de crawl. - Quatro vezes 25 metros, acelerando a cada 2 braçadas. - Cinqüenta metros de crawl relaxando. Cinco minutos de flutuação.

20 Aula 24 - Três vezes 50 crawl costas. - Cinqüenta educativo livre. - Três vezes: 25 metros, acelerando o nado a cada 6 braçadas metros, acelerando o nado a cada 4 braçadas metros, acelerando o nado a cada 2 braçadas metros, acelerando o nado a cada braçada (iniciando de forma lenta e terminando rápido). - Três vezes: até o meio da piscina nadando normal, e do meio em diante, acelerando o nado. - Duas vezes 50 metros: 25 metros normais / 25 metros finais, acelerando a nado braçada a braçada. - Cem metros nadando costas relaxado.

21 Virada Olímpica Aula 25 - Duzentos metros de crawl virando uma cambalhota a cada braçadas. - Virar cambalhotas segurando na raia da piscina. Cinco minutos - Dar impulso da borda virando cambalhota logo a seguir. Dez vezes - Dois colegas seguram um bastão (um em cada extremidade) na superfície da água, paralelo à borda, a uma distância de ½ metro da mesma. O aluno nada em direção ao bastão, segura-o com as duas mãos e realiza uma cambalhota; terminando a mesma com os dois pés encostados na parede da borda, solta o bastão e faz um impulso para trás. Repetir 10 vezes - A uma distância de 5 metros da borda, o aluno nada com velocidade em direção a mesma, realiza próximo a ela uma cambalhota, empurrando a parede com os dois pés, retornando de costas. Dez vezes - Duzentos metros nadando crawl, virando cambalhotas cada 6 braçadas. - Cinqüenta metros relaxando. - Cinco minutos de alongamentos. Aula 26 - Trezentos metros de crawl, virando cambalhotas ao se aproximar da borda. - A uma distância de 5 metros da borda, nadar crawl em direção a mesma, virando cambalhota ao se aproximar, e ajeitando o corpo de lado, antes de realizar o impulso, para que o corpo possa retornar de frente. Dez vezes. Semelhante ao anterior, porém o aluno retorna da virada com os dois braços, estendidos acima da cabeça. Dez vezes. Conforme o terceiro exercício da aula 25 o aluno vira cambalhota em torno do bastão, põe os dois pés na parede, ajeita o corpo de frente, coloca os braços estendidos acima da cabeça e realiza um impulso da borda com os dois pés. Dez vezes. - Três vezes 50 metros realizando a virada. - Cem metros de costas. - Cento e cinqüenta metros de pernada de crawl.

22 - Cem metros de crawl. Aula 27 - Trezentos metros de crawl com viradas. - Duzentos metros de crawl realizando uma cambalhota a cada 8 braçadas. - Cem metros nadando 25 forte/25 fraco. - A uma distância de 10 metros da borda, o aluno nada com velocidade, realizando a virada e retorna nadando crawl ao lugar inicial. Dez vezes. - Duzentos metros de educativo de crawl, corrigindo entrada de mão: três braçadas para um lado, três braçadas para o outro. - Um minuto de respiração na borda. Quatro minutos de alongamentos.

23 Mergulho Aula 28 - Duzentos metros de crawl. - Cento e cinqüenta metros alternando 25 costas/25 educativo de crawl. - Pular em pé para dentro da piscina. Cinco vezes. - Sentar na borda da piscina e se atirar para dentro da água com os braços estendidos acima da cabeça com a mão entrando primeiro. Cinco vezes. - Agachar-se na borda da piscina e se atirar para dentro d'água com os braços estendidos acima da cabeça. Cinco vezes. - De pé, na borda da piscina, flexionar um pouco os joelhos e pular para dentro da piscina com os dois braços estendidos acima da cabeça e o queixo encostado no peito. Cinco vezes. - De pé, na borda da piscina, ao comando do professor, o aluno flexiona o tronco para apoiar as mãos na borda, e, ao sinal do professor, executa o mergulho levando os braços acima da cabeça. Cinco vezes. - Mergulhar e nadar crawl até o outro lado da piscina. Duas vezes. - Cem metros alternando 25 pernada de crawl, 25 pernada de costas. - Cem metros de costas completo. - Cinco minutos de flutuação abraçando os joelhos, (bola)

24 Aula 29 - Trezentos metros alternando, 50 nadando crawl / 50 metros de educativo arrastando o dedo pelas costelas. - Executar o mergulho pulando por cima de uma corda. Cinco vezes - Executar o mergulho passando por dentro de um bambolê, o qual estará fora d'água, perpendicular à superfície da água. Cinco vezes. - Executar o mergulho por dentro de um arco, o qual estará flutuando na superfície da água. Cinco vezes. - Executar o mergulho passando por dentro de um arco, o qual estará com uma borda fixada no fundo da piscina. Cinco vezes. - Cem metros de crawl com pé de pato. - Cem metros de braçada de crawl com pullbuoy. Volta à Calma: - Dois minutos de flutuação em bola. Dois minutos de flutuação dorsal. Aula 30 - Cem metros de crawl. - Cem metros de pernada sem prancha. - Cem metros de educativo, arrastando a ponta dos dedos na água. - Executar o mergulho sobre uma corda e passar por dentro de um arco, flutuando na superfície da água. Cinco vezes.

25 - Executar o mergulho, por dentro de um arco que está fora d'água e passar por dentro de um outro arco que esta flutuando na superfície da água. Cinco vezes. - Executar o mergulho passando sobre uma corda e entrar na água deslizando, até passar por dentro de um arco, fixado no fundo da piscina por uma borda. Cinco vezes. Executar o mergulho passando por dentro de um arco fora d'água, deslizar e passar por outro arco preso no fundo da piscina. Cinco vezes. - Executar o mergulho passando agora por três arcos: o primeiro fora d'água, o segundo flutuando na superfície da água e o terceiro preso no fundo da piscina. Cinco vezes. - Cinqüenta metros solto de crawl. Dois minutos de flutuação em bola. Aula 31 - Duas \/ezes 100 crawl 50 costas - 50 educativo livre de crawl 50 pernada de crawl - Executar o mergulho, passando por debaixo das pernas de um colega. Três vezes. - Executar o mergulho e fazer a pernada de crawl por baixo d'água, com os braços estendidos acima da cabeça. Três vezes. - Executar o mergulho, a pernada de crawl e quatro braçadas de crawl bem forte. Três vezes. - Brincadeira de revezamento: separar os alunos em grupos iguais, dividir metade das equipes de cada lado da piscina, e, ao sinal do professor, iniciar a disputa. O aluno só pode pular depois que o seu colega encostar na borda da piscina. Duzentos metros de crawl. - Cem metros de pernada de costas sem a prancha.

26 Tempo de Reação Consiste em exacerbar a condição de expectativa e apronto do seu aproveitamento no momento de uma partida em uma competição. Aula 32 - Quatrocentos metros de crawl. Atividades: - Separar a turma em dois grupos e dar nomes a esses grupos. Um grupo ficará de costas para o outro no meio da piscina. O nome do grupo que o professor gritar tentará pegar o outro grupo adversário, sendo que este tentará chegar até a borda sem ser pego. - Separar a turma em dois grupos, um grupo de cada lado da piscina. O professor jogará uma bola no meio da piscina, dirá o nome de um aluno de cada grupo para ver quem pega a bola primeiro. - Semelhante ao anterior, porém o professor joga a bola para alto e quando esta tocar na água, veremos quem pega a bola primeiro. - Cento e cinqüenta metros de pernada de crawl com prancha. - Treinar 5 vezes o mergulho. - Cinco minutos de flutuação ventral. Aula 33 - Cem metros de crawl. - Cem metros de educativo de braçada de crawl com prancha. - Cem metros de crawl, com a cabeça parada e fora d'água. - Nadar com a cabeça fora d'água e mudar a direção do nado o mais rápido possível, ao comando do professor.exemplo: esquerdo, direito, frente, trás. - Partir da borda nadando crawl e, ao comando do professor, retornar rapidamente à borda, nadando costas. - De pé, fora d'água, ao comando do professor, veremos quem pula em pé dentro d'água primeiro. - Cem metros de braçada, com pullbuoy alongando o braço na frente. - Dez vezes, virada olímpica. - Cem metros, alternando 25 metros de crawl/ 25 metros de costas.

27 - Cinco minutos fazendo respiração na borda. Aula 34 - Trezentos metros de crawl, alternando 25 metros nadando fraco, 25 metros nadando forte. Mergulho fora d'água: - O aluno executa o mergulho ao comando oral do professor: - Preparar! Vai! Quatro vezes. - O aluno executa o mergulho ao comando do professor, quando este soprar o apito. Quatro vezes. - O aluno executa o mergulho quando o professor bater palma. Quatro vezes. - O aluno executa o mergulho quando o professor baixar as mãos. Quatro vezes. - O aluno executa o mergulho quando o professor manifestar qualquer tipo de sinal após o comando: - Preparar! Quatro vezes. - Após o comando do professor, o aluno executa o mergulho e um tiro de 25 metros. Quatro vezes. - Cem metros de crawl relaxado.

28 Freqüência de Braçadas Aula 35 - Três vezes 75 metros de crawl, 25 metros de pernada. Parte principal - Nadar 25 metros e contar as braçadas de um lado ao outro da piscina. Repetir 3 vezes e tentar diminuir o número de braçadas. - Semelhante ao anterior, porém alongando mais o braço na frente e aumentando a velocidade da perna. Repetir 4 vezes. Nadar 4 vezes 25 metros como descrito acima, repetindo sempre o mesmo número de braçadas. - Nadar 50 metros com virada olímpica, realizando na volta o mesmo número de braçadas que houve na ida. Repetir 4 vezes. - Cem metros de costas relaxado. Aula 36 - Duzentos metros de crawl. Duzentos metros de pernada. - Nadar com pernada forte e braçada alongada na frente: - Quatro vezes 25 metros, sempre com o mesmo número de braçadas. - Duas vezes 50 metros com virada olímpica, realizando o mesmo número de braçadas nas duas passagens de 25 metros. - Cem metros realizando nas quatro passagens de 25 metros o mesmo número de braçadas. - Duzentos metros de educativo de crawl, com o auxílio de nadadeiras. - Cinco vezes o mergulho. - Cinco minutos de flutuação. Aula 37 - Quatro vezes 25 metros de crawl. Vinte e cinco metros de pernada. - Quatro vezes 50 metros: contar o número de braçadas na ida, dar virada olímpica e diminuir o número de braçadas na volta. - Duas vezes 100 metros: contar as braçadas da primeira passagem de 25 metros; tentar diminuir na segunda passagem;

29 na terceira passagem voltar a fazer igual à da primeira; na quarta passagem repetir o número de braçadas da segunda passagem. - Duas vezes 100 metros: diminuir o número de braçadas a cada passagem de 25 metros. Duzentos metros de costas. - Dois minutos de respiração na borda. - Cinqüenta metros nadando relaxado. - Dois minutos de respiração na borda.

30 Estilos Auxiliares Estes estilos auxiliam no aprendizado e na prática dos nados crawl e costas, além de possibilitar uma maior variedade de s nas aulas. Parafuso Consiste em nadar girando, alternando uma braçada de crawl com uma braçada de costas. Aula 38 - Duzentos metros de crawl. - Duzentos metros alternando 25 crawl / 25 costas. - Duzentos metros alternando 6 braçadas de crawl / 6 braçada s de cestas. - Cem metros de pernada livre. - Cem metros alternando 4 braçadas de crawl / 4 braçadas de costas. - Cem metros alternando 2 braçadas de crawl / 2 braçadas de costas. - Mergulho: 5 vezes passando por dentro do arco. - Cinqüenta metros de costas, flutuando e se deslocando no palmateio. Aula 39 - Cem metros de crawl. - Cem metros de educativo de crawl passando os dedos pelas costelas. - Cem metros de pernada de crawl. - Cem metros alternando 2 braçadas de crawl / 2 braçadas de costas. - Cem metros alternando 1 braçada de crawl / 1 braçada de costas (parafuso). - Duzentos metros alternando 50 metros de crawl / 50 metros de pernada sem prancha. - Cem metros alternado pernada de crawl e costas a cada 6 batidas. - Cem metros de braçada de crawl com pullbuoy.

31 - Cinqüenta metros de pernada parafuso sem prancha, com os braços estendidos acima da cabeça. - Cinco minutos de flutuação. Aula 40 - Três vezes 75 metros de crawl. - Vinte e cinco metros de educativo de respiração lateral. - Setenta e cinco metros alternando 25 metros de crawl / 25 metros de parafuso / 25 metros de costas. - Cem metros de crawl, contando as braçadas a cada 25 metros. - Setenta e cinco metros, alternando 25 metros de crawl / 25 metros de parafuso / 25 metros de costas. - Cem metros, alternando 25 metros de parafuso / 25 metros de crawl. - Setenta e cinco metros de crawl 25 metros de parafuso / 25 metros de costas. - Cinqüenta metros nadando relaxado. Aula 41 - Duzentos metros de crawl. - Cem metros de educativo de parafuso: pernada de crawl, com um braço estendido à frente e o outro, ao longo do corpo. Contar até três e inverter a posição dos braços ao mesmo tempo em que vira para a posição de costas. - Cinqüenta metros de pernada lateral. - Cinqüenta metros de pernada de parafuso: braços estendidos acima da cabeça, ir girando o corpo e batendo pernas. - Cem metros de braçada de crawl com pullbuoy. - Cem metros de crawl. - Cinco minutos de flutuação em bola.

32 Aula 42 - Três vezes 50 metros de crawl completo - 50 metros educativo alongando e esperando, o braço na frente. - Cem metros de parafuso. - Três vezes 50 metros: nadando crawl até o meio da piscina, do meio até o final de parafuso e voltando de costas. - Cem metros de pernada de crawl sem prancha. - Três vezes 50 metros: nadando crawl até o meio da piscina, do meio até o final de parafuso e voltando de costas. - Cem metros de crawl completo. Cinco vezes virada olímpica. - Dois minutos de respiração na borda. Dois minutos de flutuação dorsal.

33 Crawl Elementar d'água. Consiste em nadar o crawl, recuperando os braços por debaixo Aula 43 - Cem metros de crawl. - Cinqüenta metros de pernada de crawl. - Cinqüenta metros de educativo de puxada de crawl. - Cem metros de educativo de crawl elementar: pernada de crawl, prancha à frente realizando a puxada de crawl e recuperando a braçada por baixo d'água alongando; bem à frente. Alternar 25 metros com braço direito, 25 metros com o braço esquerdo. Posição 1 Posição 2 - Cento e cinqüenta metros de crawl, elementar: nadar crawl recuperando o braço por baixo d'água. Alongando bem a braçada na frente e atrás no final da puxada. - Cem metros, alternando 25 crawl elementar / 25 crawl completo. - Cem metros de crawl, realizando a pernada forte e a braçada lenta. - Duzentos metros, alternando 25 crawl elementar/ 25 metros de costas. - Cinqüenta metros relaxando

34 Aula 44 - Duzentos metros, alternando 25 crawl / 25 pernada sem prancha. - Cento e cinqüenta metros, alternando 25 metros de crawl elementar / 25 metros de educativo, arrastando a ponta dos dedos na água. - Cem metros, alternando 50 metros de parafuso / 50 metros de crawl elementar. - Cem metros de braçada de crawl. - Cem metros de pernada de crawl, com prancha alternando metade da piscina fraco, metade da piscina forte metros, alternando 25 metros de crawl / 25 metros de crawl elementar / 25 metros de costas. - Cem metros de crawl normal. - Cinco minutos de flutuação. Aula 45 - Duzentos metros, alternando 50 metros de crawl / 50 metros de costas. - Cem metros, alternando 25 educativo / 25 pernada de crawl. - Cento e cinqüenta metros, alternando 50 metros de crawl elementar / 50 costas /50 crawl elementar. - Competição entre os alunos de crawl elementar. - Cem metros: 25 costas / 25 parafuso/ 25 crawl elementar/25 crawl. - Cem metros de crawl. - Cinqüenta metros de crawl relaxado. Aula Duzentos metros alternando 25 crawl/ 25 educativo livre. - Cem metros de educativo de crawl elementar: alternando duas braçadas com o braço direito, /2 braçadas com o braço esquerdo e a pernada forte. - Cem metros de crawl elementar com nadadeiras. - Cem metros de braçada de crawl elementar com pullbuoy. - Cem metros de pernada de crawl.

35 - Cem metros, alternando 25 completo/ 25 pernada. - Cinqüenta metros de costas relaxado. Aula 47 - Cem metros, alternando 25 crawl/ 25 educativo. Cem metros, alternando 25 crawl/ 25 costas. - Cem metros, alternando 8 braçadas de crawl elementar, 8 braçadas de crawl completo. - Cem metros, alternando 25 crawl elementar / 25 completo. - Cinqüenta metros de pernada de crawl. - Cinqüenta metros de pernada lateral. - Cinqüenta metros de pernada de costas. - Cem metros, alternando 25 crawl/ 25 parafuso. - Cinqüenta metros de costas. - Cinco minutos de alongamento dentro d'água.

36 Aulas Recreativas para Crawl e Costas Aula 48 - Cem metros de crawl. - Cem metros de braçada de costas. - Cem metros de pernada livre. - Atividade: "Duelo de pernadas" Dois alunos se posicionam no meio da piscina, um de frente para o outro, ambos segurando uma prancha. Ao sinal do professor, ambos iniciam pernada de crawl com o intuito de empurrar o colega. Vence quem conseguir empurrar o colega até o outro lado da piscina. - Atividade: "Puxa-puxa" Em piscina rasa, semelhante à atividade anterior, porém os alunos se posicionam no meio da piscina, um de costas para o outro, com pullbuoy nas pernas, presos por um elástico nos pés. Ao sinal do professor, ambos iniciam a braçada de crawl, em direções opostas, para ver quem consegue levar o colega para o outro lado da piscina. Volta à Calma - Flutuação livre utilizando um Tuberloo. Aula 49 - Cem metros de crawl. - Cento e cinqüenta metros, alternando 50 costas /50 parafuso/ 50 crawl elementar. - Em piscina rasa. Dois alunos no meio da piscina, um de frente para o outro, com pullbuoy nas pernas, presos pelos pés com um elástico. Ao sinal do professor, ambos nadam de costas, em direção oposta, para ver quem arrasta o colega para o outro lado da piscina.

37 - Atividade: "Foguete de crawl" Um aluno encostado na parede da piscina, segurando os pés do colega, o qual realizará a braçada de crawl, com o intuito de arrancar o colega da parede. - Atividade: "Foguete de costas" Semelhante ao foguete de crawl, mas de costas. - Cinqüenta metros de crawl relaxado. Aula 50 - Três vezes 50 crawl educativo livre pernada livre. - Revezamento de virada. - Separar a turma em equipes homogêneas. As equipes se posicionam no meio da piscina. A disputa se inicia com os primeiros alunos das equipes que nadam em direção a borda, executam a virada e retornam, nadando, até passar a vez para o 2º integrante da sua equipe. - Atividade: "Carrinho de mão" Dois a dois, um colega segura os pés do outro. O aluno da frente realiza a braçada de crawl, enquanto que o outro que está atrás faz a pernada de crawl. Ganha a dupla que chegar ao outro lado primeiro. Cem metros nadando relaxado.

38 AULAS TÉCNICAS DE COSTAS Musculatura Utilizada Posição do Corpo e de Seus Segmentos Posição do Corpo Erros Causas Correções Quadris baixos na água Cabeça mantida muito alta; excessiva rotação dos ombros (na frente); excessiva flexão dos quadris. Nadando muito plano Nadando em tensão, o que não permite a rotação dos ombros. E um movimento antinatural e diminui a força do nado. Corpo estendido na água, ligeira flexão do pescoço para confortável posição da cabeça e extensão do movimento do braço. Cabeça e pernas baixas na água Posição do Corpo Hipertensão do tronco Flexionar o queixo e olhar para os dedos dos pés.

39 Erros Causas Correções Oscilação lateral do corpo. Braços movendo-se muito Levantar começando num distante da linha mediana do corpo. ponto muito perto do corpo; entrar justamente acima do nível dos ombros. Os braços e mãos devem permanecer em posição para manter uma constante fonte de força. Agarre ineficiente. Cabeça movendo de um lado para o outro. Estabilizar a posição da cabeça pelo uso do foco visual. Colocar o braço e a mão na água, ligeiramente para fora da linha do ombro. Arrastando o braço através da recuperação Falta da rotação dos ombros, pernada fraca. Ombros rodando ligeiramente para a frente antes de recuperar. Oscilação vertical (bobinando) Puxada vertical na água. Puxada no plano horizontal, terminando na coxa.

40 Pernada Erros Causas Correções Pernada ineficiente. Batendo perna, partindo Pernas estendidas na batida somente dos joelhos; batida rapidamente para baixo. para cima e empurrando com o peito do pé para cima da superfície (acentuar a batida para cima). Excessiva tensão nas pernas. Batendo, vindo dos quadris, joelhos relaxados, tornozelos soltos. Ritmo, adaptação e coordenação Ver o CRAWL Respiração Erros Causas Correções Água lavando sobre a face Posição da cabeça muito plana. Flexionar o queixo, obtendo o foco visual. Cansando-se rapidamente Conservar a respiração Coordenação respiratória - durante todo o movimento do nado. inspirar durante um ciclo de braço e exalar durante outro ciclo de braço.

41 Recuperação da Braçada de Costas Aula 51 - Duzentos metros 50 crawl/50 pernada crawl/75 braçada crawl. - Vinte e cinco pernada costas. - Cinqüenta metros de educativo de costas: braços estendidos, segurando a prancha sobre a coxa. Elevar o braço entrando na água junto da cabeça. Vinte e cinco metros com o braço direito, 25 metros com o braço esquerdo. - Cinqüenta metros semelhante ao educativo anterior porém, quando o braço entra estendido na água, a palma da mão deve estar voltada para fora. - Cinqüenta metros semelhante ao anterior, porém quando o braço entra estendido na água, permanece 2 segundos na superfície antes de fazer a puxada. - Cem metros, alternando um braço de cada vez. - Duzentos metros, alternando 25 crawl/25 pernada de costas. - Cinqüenta metros de crawl relaxando. Aula 52 - Cem metros de crawl. - Cem metros de educativo livre de crawl. - Cinqüenta metros de pernada lateral. - Cinqüenta metros de pernada de costas. - Cinqüenta metros de pernada de crawl. - Cem metros de costas, realizando a braçada de costas com o braço estendido e entrando na água com o dedo mínimo. - Cem metros de costas educativo, alternando duas braçadas com cada braço. - Cem metros, alternando 100 crawl completo / 100 metros de crawl elementar. - Três minutos de flutuação.

42 Aula 53 - Duzentos metros de pernada de crawl. Cem metros de pernada de costas. - Cem metros de pernada de costas, segurando a prancha com os braços estendidos atrás da cabeça. - Cem metros de educativo de costas: com a pernada firme e braços ao longo do corpo, realizar o início da recuperação da braçada de costas, passando a palma da mão pela coxa e elevar o braço até que o mesmo esteja perpendicular ò superfície da água, retornando à posição inicial. Alternar 25 metros com um braço, 25 metros com o outro braço. - Cem metros semelhante ao anterior, porém alternando três repetições com um braço, três repetições com o outro. - Cem metros como anteriormente, com o auxílio de nadadeiras. - Cem metros, alternando 25 crawl completo, 25 pernada crawl. - Cem metros nadando relaxado. Aula 54 - Três vezes 25 crawl, 25 pernada costas. 25 costas. - Cem metros de pernada costas, com os braços estendidos atrás da cabeça. - Cem metros de educativo: pernada forte, braços ao longo do corpo. O braço se eleva, passando a palma da mão pela coxa e faz uma pausa no meio da braçada, retorna a posição inicial, depois se eleva direto até atrás da cabeça, e faz a puxada normalmente. - Observação: A mão entra na água com a palma da mão voltada para o lado. O braço deve raspar pela orelha antes de entrar na água. Alternar 25 metros com um braço, 25 metros com o outro braço. - Cem metros como anteriormente e com o auxílio de nadadeiras. - Cem metros como anteriormente, porém alternando: duas vezes o braço direito, duas vezes, o braço esquerdo. - Cem metros de educativo livre de crawl.

43 - Três minutos de alongamento dentro d'água. Aula 55 - Cento e cinqüenta metros, alternando 50 crawl / 50 pernada crawl/ 50 educativo crawl. - Cem metros de educativo de costas: pernada de costas, braços ao longo do corpo, iniciara recuperação da braçada de costas, com o braço estendido, indo direto para trás da cabeça, tocando na água com a ponta dos dedos; retornar o braço por fora d'água até que a ponta dos dedos toque na coxa. Retornar novamente o braço estendido até atrás da cabeça e realizar a puxada da braçada, 25 metros com um braço, 25 metros com o outro. - Cem metros como o anterior, mas com o auxílio de nadadeiras. - Cem metros como o anterior, mas alternando até o meio da piscina com o braço direito, do meio da piscina até o final com o braço esquerdo. - Setenta e cinco metros de pernada de costas com prancha. Posição 1 Posição 2 Posição 3 Posição 4

44 Posição 5 - Vinte e cinco metros de crawl com os dedos passando pelas costelas. - Centro e cinqüenta metros alternando 25 crawl completo/ 25 parafuso. - Cinco minutos de flutuação dorsal. Aula 56 - Quatro vezes 25 metros de crawl metros de costas metros de pernada livre. - Cinqüenta metros de educativo de recuperação de braçada de costas: início da recuperação, passando a palma da mão pela coxa e parar o braço estendido fora d'água de modo que esteja perpendicular à superfície da água. Neste momento, então, o ombro é elevado, projetando o braço para o alto e reto. Elevar e descer o ombro repetidamente até o meio da piscina com um braço, do meio da piscina em diante com o outro braço. - Cem metros como no educativo anterior, mas alternando 4 vezes com cada braço. - Cem metros como anteriormente, com o auxílio de nadadeiras. - Cem metros, alternando 25 costas completo/ 25 costas educativo. - Cem metros, alongando o braço atrás. Posição 1

45 Posição 2 - Cinqüenta metros nadando relaxado. Aula 57 - Cem metros de braçada de crawl. - Cem metros de educativo de costas: um braço estendido acima da cabeça e o outro, ao longo do corpo, contar mentalmente três segundos e inverter simultaneamente a posição dos braços: o que está acima da cabeça realiza a puxada, o que está ao longo do corpo realiza a recuperação. Posição 1 Posição 2

46 Posição 3 - Cento e cinqüenta metros como anteriormente, mas com o auxílio de nadadeiras. - Cem metros como anteriormente, mas com o uso de pullbuoy - Cento e cinqüenta metros de pernada de costas 25 metros com o braço direito estendido acima da cabeça, 25 metros com o braço esquerdo estendido acima da cabeça. - Cinqüenta metros de crawl relaxado. Aula 58 - Duzentos metros alternando: 75 crawl / 25 costas. - Cem metros de educativo de costas; recuperar os dois braços simultaneamente, passando as duas mãos na coxa, raspar os braços nas orelhas e entrar na água com as palmas das mãos voltadas para fora; realizar a puxada simultânea. - Duzentos metros alternando 25 braçada dupla com pull-buoy/ 25 metros de braçada alternada com pullbuoy. - Cem metros de braçada simultânea com uso de nadadeiras. - Setenta e cinco metros alternando: braço direito, braço esquerdo, os dois juntos. - Cinqüenta metros de crawl relaxado. Cinqüenta metros de costas relaxado. Aula 59 - Cinqüenta metros de crawl - Cinqüenta metros de costas. - Cinqüenta metros de pernada de crawl com prancha. - Cinqüenta metros de crawl. - Cinqüenta metros de costas. - Cinqüenta metros de pernada de costas com prancha.

47 - Cem metros de pernada de costas com os dois braços estendidos acima da cabeça. - Cem metros de educativo de costas: com a pernada forte, fazer a braçada três vezes com o braço direito e parar, este mesmo, acima da cabeça; realizar três trocas simultâneas, invertendo a posição dos braços, depois fazer a braçada três vezes com o braço esquerdo e assim sucessivamente. - Cento e cinqüenta metros como anteriormente, mas utilizando nadadeiras. - Setenta e cinco metros com braçada de costas. - Setenta e cinco metros de braçada de crawl. - Cinco minutos de flutuação dorsal.

48 Puxada de Costas Aula 60 - Setenta e cinco alternando 25 crawl / 25educativo de costas / 25 pernada de crawl. - Setenta e cinco alternando / 50 metros de braçada de era 25 metros de pernada de costas. - Cem metros de educativo, contando até três segundos para troca simultânea dos braços. - Cem metros de educativo livre de crawl. - Cem metros de educativo de costas, realizando a braçada com os dois braços juntos. - Setenta e cinco metros de crawl, arrastando a ponta dos dedos na superfície na água. - Setenta e cinco metros de parafuso. - Cinqüenta metros de crawl relaxado. Aula 61 - Duzentos metros alternando 25 crawl/ 25 costas braçada dupla. - Cem metros de educativo de costas: pernada de costas, encostando o corpo na raia da piscina, realizar a recuperação da braçada por baixo d'água, até que o mesmo esteja estendido acima da cabeça; a mão segura a raia r e faz uma puxada até que o braço esteja estendido junte corpo. Alternar 25 metros com um braço, 25 metros com o outro braço. - Cem metros com o uso de nadadeiras, realizando o mesmo educativo anterior. - Cem metros usando pullbuoy, repetindo o educativo anterior. - Cem metros, alternando 25 braçada crawl / 25 pernada costas. - Cem metros, alternando 25 educativo de crawl / 25 costas completo.

49 Posição 1 Posição 2 - Três minutos de respiração na borda. Vinte e cinco metros solto. Aula 62 - Duzentos metros, alternando 75 metros de crawl / 25 metros de pernada costas. - Cem metros de educativo de costas: pernada forte com o corpo passando junto à parede piscina, recuperar o braço por baixo d'água, até que o mesmo esteja estendido acima da cabeça; realizara puxada com o cotovelo semiflexionado, tocando a ponta do dedo mínimo na parede. - Cem metros como o anterior, utilizando nadadeiras, porém cuidando para que, na puxada, o cotovelo esteja apontando para o fundo da piscina.

50 - Duzentos metros, alternando 25 pernada de crawl / 25 braçada de crawl. - Cem metros, alternando 25 crawl elementar / 25 costas completo. - Cinco minutos de flutuação. Aula 63 - Trezentos metros de crawl. - Cem metros de educativo de costas: recuperando o braço por debaixo d'água e realizar a puxada de costas arrastando a ponta dos dedos na superfície da água. Alternando Vinte e cinco metros com o braço direito, 25 metros com o braço esquerdo. - Cem metros com o uso de nadadeiras conforme o educativo anterior. - Cem metros com o uso de pullbuoy, alternando três vezes o braço direito, três vezes o braço esquerdo. Duzentos metros, alternando 75 metros de pernada de costas / 25 metros de crawl. - Três minutos de flutuação. Dois minutos de alongamento. Aula 64 - Cento e cinqüenta metros de crawl e cento e cinqüenta metros de costas. - Duzentos metros de educativo de costas; pernada forte, realizar a recuperação com os dois braços por baixo d'água e fazer a puxada de costas com os dois braços juntos com o cotovelo, apontando para o fundo da piscina. - Cem metros como o educativo anterior, com o uso de pullbuoy. - Cem metros com o uso de pullbuoy. Cem metros com o uso de nadadeiras. Setenta e cinco metros de braçada de crawl. - Vinte e cinco metros de pernada de crawl. - Cinqüenta metros de crawl relaxado. Aula 65 - Cem metros de Crawl, cinqüenta metros de pernada de Crawl com prancha na mão, cinqüenta metros costas e cem metros de pernada de costas com prancha.

C. Guia de Treino ------------------------------------------------

C. Guia de Treino ------------------------------------------------ C. Guia de Treino ------------------------------------------------ A FORÇA / RESISTÊNCIA ( FUNÇÃO MOVIMENTO OSCILAÇÃO ) A01 Joelhos inclinados Com os pés afastados na plataforma, segure a barra de apoio

Leia mais

Relaxar a musculatura dos braços. Entrelace os dedos de ambas as mãos com suas palmas para cima e levante os braços por 10 segundos.

Relaxar a musculatura dos braços. Entrelace os dedos de ambas as mãos com suas palmas para cima e levante os braços por 10 segundos. por Christian Haensell A flexibilidade do corpo e das juntas é controlada por vários fatores: estrutura óssea, massa muscular, tendões, ligamentos, e patologias (deformações, artroses, artrites, acidentes,

Leia mais

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira Plano de Exercícios Para Segunda-Feira ALONGAMENTO DA MUSCULATURA LATERAL DO PESCOÇO - Inclinar a cabeça ao máximo para a esquerda, alongando a mão direita para o solo - Alongar 20 segundos, em seguida

Leia mais

APOSTILA DE NATAÇÃO APERFEIÇOAMENTO E TREINAMENTO Técnica de Nados, Saídas e Viradas. Prof Adolfo Deluca

APOSTILA DE NATAÇÃO APERFEIÇOAMENTO E TREINAMENTO Técnica de Nados, Saídas e Viradas. Prof Adolfo Deluca APOSTILA DE NATAÇÃO APERFEIÇOAMENTO E TREINAMENTO Técnica de Nados, Saídas e Viradas Prof Adolfo Deluca 1999 2 ÍNDICE PONTOS IMPORTANTES A SE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO... 4 1. Controle da Respiração... 4 2.

Leia mais

Um breve estudo sobre o Nado Borboleta.

Um breve estudo sobre o Nado Borboleta. Um breve estudo sobre o Nado Borboleta. Fábio Rodrigues de Souza Frederico Engel de Oliveira Minkos Guilherme Estevam Dantas João Marcello Paes Zanco Paulo Sérgio Santos de Souza 1 Bárbara Pereira de Souza

Leia mais

OBJETIVO: Definir os conteúdos, objetivos específicos e exercícios aplicáveis ao ensino da natação nos níveis 0, 1, 2 e 3.

OBJETIVO: Definir os conteúdos, objetivos específicos e exercícios aplicáveis ao ensino da natação nos níveis 0, 1, 2 e 3. OBJETIVO: Definir os conteúdos, objetivos específicos e exercícios aplicáveis ao ensino da natação nos níveis 0, 1, 2 e 3. ÂMBITO: Aplica-se a todos os professores da Escola Municipal de Natação nos tanques

Leia mais

2014 2ª semana 06-11 JAN

2014 2ª semana 06-11 JAN 1ª semana 30-04 JAN 2014 2ª semana 06-11 JAN 3ª semana 13-18 JAN 4ª semana 20-25 JAN 5ª semana 27-01 FEV * Aceitar água no rosto. * Sustentação na barra. * Mergulho em direção a barra. * Equilibrio no

Leia mais

Seqüência completa de automassagem

Seqüência completa de automassagem Seqüência completa de automassagem Os exercícios descritos a seguir foram inspirados no livro Curso de Massagem Oriental, de Armando S. B. Austregésilo e podem ser feitos em casa, de manhã ou à tardinha.

Leia mais

C O L E T Â N I A D E 565 EXERCÍCIOS PARA ADAPTAÇÃO, INICIAÇÃO E AP 1 2 3, CONDICIONAMENTO. Completa até que surja uma nova idéia ADAPTAÇÃO

C O L E T Â N I A D E 565 EXERCÍCIOS PARA ADAPTAÇÃO, INICIAÇÃO E AP 1 2 3, CONDICIONAMENTO. Completa até que surja uma nova idéia ADAPTAÇÃO C O L E T Â N I A D E 565 EXERCÍCIOS PARA ADAPTAÇÃO, INICIAÇÃO E AP 1 2 3, CONDICIONAMENTO Completa até que surja uma nova idéia a) Meio liquido ADAPTAÇÃO 1. Batimento de pernas, sentado na borda, fazendo

Leia mais

Dist. da linha saída à 1ª barreira

Dist. da linha saída à 1ª barreira TÉCNICA DAS CORRIDAS COM BARREIRAS Antes de mais nada podemos dizer que as corridas com barreiras são provas de velocidade rasa porque, muito embora o barreiristas se depare com uma série de barreiras

Leia mais

TREINAMENTO 1. Aquecimento: Alongamento: Rodrigo Gonçalves (Comissão Paulista de Cheerleading) (CREF. 028011-G/SP)

TREINAMENTO 1. Aquecimento: Alongamento: Rodrigo Gonçalves (Comissão Paulista de Cheerleading) (CREF. 028011-G/SP) TREINAMENTO 1 Rodrigo Gonçalves (Comissão Paulista de Cheerleading) (CREF. 028011-G/SP) Rotina de alongamento e condicionamento (Treino 1): O alongamento e o aquecimento são importantíssimos em qualquer

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Prof. Dr. Victor H. A. Okazaki http://okazaki.webs.com Material de Apoio: Desenvolvimento & Aprendizado

Leia mais

1. História do Voleibol. 2. Caracterização do Voleibol. 2. Regras do Voleibol. Documento de Apoio de Voleibol VOLEIBOL

1. História do Voleibol. 2. Caracterização do Voleibol. 2. Regras do Voleibol. Documento de Apoio de Voleibol VOLEIBOL VOLEIBOL 1. História do Voleibol O Voleibol foi criado em 1885, em Massachussets, por William G. Morgan, responsável pela Educação Física no Colégio de Holyoke, no Estado de Massachussets, nos Estados

Leia mais

DISCIPLINA: PESO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

DISCIPLINA: PESO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PESO 220 DISCIPLINA: PESO DOMÍNIO DAS TÉCNICAS (LANÇADORES DESTROS) FASE III APERFEIÇOAMENTO TÉCNICO B FASES / NÍVEIS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - Adquirir noções gerais do lançamento do peso, através de

Leia mais

APOSTILA DE VOLEIBOL

APOSTILA DE VOLEIBOL APOSTILA DE VOLEIBOL O voleibol é praticado em uma quadra retangular dividida ao meio por uma rede que impede o contato corporal entre os adversários. A disputa é entre duas equipes compostas por seis

Leia mais

3. Pressione o cotovelo, com a maior força possível com a outra mão, em direção ao outro ombro. Fique nesta posição por 10 segundos. Repita 3X.

3. Pressione o cotovelo, com a maior força possível com a outra mão, em direção ao outro ombro. Fique nesta posição por 10 segundos. Repita 3X. THIAGO MURILO EXERCÍCIOS PARA DEPOIS DO TÊNIS 1. Em Pé de costas para um canto de parede flexione a sua perna mais forte para frente, alinhe a coluna e leve os braços para trás até apoiar as palmas das

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS

PADRONIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS LOMBAR EXTENSÃO DE TRONCO- Em decúbito ventral apoiado no banco romano ou no solo, pernas estendidas, mãos atrás da cabeça ou com os braços entrelaçados na frente do peito. Realizar uma flexão de tronco

Leia mais

MAT PILATES 1 ÍNDICE: PRE MAT- MAT PILATES 2 MAT PILATES 2

MAT PILATES 1 ÍNDICE: PRE MAT- MAT PILATES 2 MAT PILATES 2 MAT PILATES 1 ÍNDICE: PRE MAT- MAT PILATES 2 MAT PILATES 2 I-RESPIRAÇAO II-CONTROLE DE CENTRO E DISSOCIAÇÃO DE QUADRIL III-ORGANIZAÇAO CRANIO-VERTEBRALARTICULAÇAO DE COLUNA IV-DESCARGA DE PESO DE MMII

Leia mais

Global Training. The finest automotive learning

Global Training. The finest automotive learning Global Training. The finest automotive learning Cuidar da saúde com PREFÁCIO O Manual de Ergonomia para o Motorista que você tem em agora em mãos, é parte de um programa da Mercedes-Benz do Brasil para

Leia mais

11 EXERCÍCIOS PARA PREVENIR LESÕES

11 EXERCÍCIOS PARA PREVENIR LESÕES 11 EXERCÍCIOS PARA PREVENIR LESÕES O futsal, como outras modalidades, está associado a certos riscos de lesões por parte dos jogadores. No entanto, estudos científicos comprovaram que a incidência de lesões

Leia mais

Senior Fitness Test SFT

Senior Fitness Test SFT 1. Levantar e sentar na caira Senior Fitness Test SFT Objetivo: avaliar a força e resistência dos membros inferiores. Instrumentos: cronômetro, caira com encosto e sem braços, com altura assento aproximadamente

Leia mais

FITNESSGRAM. O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde.

FITNESSGRAM. O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde. Professora de Educação Física HelenaMiranda FITNESSGRAM O Fitnessgram é um programa de educação e avaliação da aptidão física relacionada com a saúde. Todos os elementos incluídos no Fitnessgram foram

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

CONCURSO PÚBLICO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL CENTRO DE RECURSOS HUMANOS CONCURSO PÚBLICO

Leia mais

Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO

Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO Atletismo O LANÇAMENTO DO DARDO A história do lançamento do dardo, pode ter sua origem na pré-história. Empregado, inicialmente na caça e, posteriormente na guerra, como arma de combate. É uma das provas

Leia mais

ANEXO VII PROCEDIMENTOS DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA 1. TESTE DE BARRA FIXA

ANEXO VII PROCEDIMENTOS DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA 1. TESTE DE BARRA FIXA ANEXO VII 1. TESTE DE BARRA FIXA PROCEDIMENTOS DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO FÍSICA 1.1 Teste dinâmico de barra fixa (somente para candidatos do sexo masculino) 1.1.1 A metodologia para a preparação e a execução

Leia mais

Fonte: http://revistacontrarelogio.com.br/pdfs/tudoemcima_194.pdf

Fonte: http://revistacontrarelogio.com.br/pdfs/tudoemcima_194.pdf Fonte: http://revistacontrarelogio.com.br/pdfs/tudoemcima_194.pdf ELÁSTICO OU BORRACHA Sugestão: 1 kit com 3 elásticos ou borrachas (com tensões diferentes: intensidade fraca, média e forte) Preço: de

Leia mais

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para a Coluna Lombar O QUE É

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para a Coluna Lombar O QUE É Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para a Coluna Lombar O QUE É Estes são alguns dos exercícios recomendados com maior freqüência para a terapia da coluna lombar, Eles foram compilados para dar a você,

Leia mais

APÊNDICE A - Músicas

APÊNDICE A - Músicas APÊNDICE A - Músicas Músicas 1 GUT GUT SEM PARAR Adaptação ao meio líquido Bebeu a água da piscina toda Fui ver quem era, era o João Ele bebia a água da piscina Ele fazia gut gut gut gut gut sem parar

Leia mais

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Originária da Confederação do Tiro Brasileiro decreto 1503 de 5 de setembro de 1906

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Originária da Confederação do Tiro Brasileiro decreto 1503 de 5 de setembro de 1906 Exercícios com Elástico Os Exercícios com elástico irão trabalhar Resistência Muscular Localizada (RML). Em cada exercício, procure fazer a execução de maneira lenta e com a postura correta. Evitar o SOLAVANCO

Leia mais

CAPÍTULO IV. Das Formas de Aplicação do TAF-3

CAPÍTULO IV. Das Formas de Aplicação do TAF-3 DEI - CSMFD - CENTRO DE SAÚDE MENTAL, FÍSICA E DESPORTOS - CEL PM OEZER DE CARVALHO - DIRETRIZ DE CONDICIONAMENTO FÍSICO DA POLÍ- CIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ( D-5 ) PUBLICAÇÃO Artigo 3º -

Leia mais

Academia Seja dentro ou fora da Academia, nosso Clube oferece espaços para manter a saúde em dia e o corpo em forma

Academia Seja dentro ou fora da Academia, nosso Clube oferece espaços para manter a saúde em dia e o corpo em forma Projeto Verão O Iate é sua Academia Seja dentro ou fora da Academia, nosso Clube oferece espaços para manter a saúde em dia e o corpo em forma por rachel rosa fotos: felipe barreira Com a chegada do final

Leia mais

Cartões de recurso pedagógico

Cartões de recurso pedagógico Cartões de recurso pedagógico Movimentações e habilidades 1. Movimentação - Sem bola 2. Adaptação à bola - Manipulação da bola 3. Movimentação - Com bola 4. Habilidades de lançamento - Rolamento 5. Habilidades

Leia mais

Pilates Power Gym. Manual de Instruções. Pilates Power Gym. Modelo AB - 7620

Pilates Power Gym. Manual de Instruções. Pilates Power Gym. Modelo AB - 7620 Pilates Power Gym Modelo AB - 7620 Pilates Power Gym LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES ANTES DE USAR E GUARDE ESTE MANUAL PARA CONSULTAS FUTURAS. Manual de Instruções Manual Pilates Power Gym-2010.indd Spread 1

Leia mais

OS SINAIS DO ÁRBITRO. Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde

OS SINAIS DO ÁRBITRO. Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde OS SINAIS DO ÁRBITRO Entender o árbitro para entender o jogo. Tradução : Xavier Vouga & Pierre Paparemborde Os 49 sinais do árbitro têm como objetivo facilitar a comunicação com os jogadores e o público

Leia mais

Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar

Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar Livro de Exercícios de Ginástica Artística / Play GYM para o Desporto Escolar Documento de Apoio a Professores Responsáveis por Grupo/Equipa de Ginástica Artística Janeiro 2008 Livro de Exercícios de Ginástica

Leia mais

Nome: Turma : N.º. Grupo 1 (24 %) Basquetebol (Cada questão 3%)

Nome: Turma : N.º. Grupo 1 (24 %) Basquetebol (Cada questão 3%) Teste Escrito 1 Educação Física 3º CEB 1.º Período 2011/2012 Nome: Turma : N.º O Professor Encarregado de Educação Avaliação Lê atentamente as afirmações e as opções de resposta. De seguida, assinala na

Leia mais

Terceira Série aplicada na Fazenda Esperança 1 [entre a segunda quinzena de fevereiro e primeira quinzena de maio]

Terceira Série aplicada na Fazenda Esperança 1 [entre a segunda quinzena de fevereiro e primeira quinzena de maio] Terceira Série aplicada na Fazenda Esperança 1 [entre a segunda quinzena de fevereiro e primeira quinzena de maio] Sarvananda Deva 1. Postura da Águia Garuda [Garudasana]: Esta postura de equilíbrio em

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA 1 GINÁSTICA NO SOLO

EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA 1 GINÁSTICA NO SOLO EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA Para a realização dos exercícios de ginástica, foram usados alguns materiais e aparelhos, cuja manipulação e utilização, exigiram determinados cuidados específicos: Tapete de

Leia mais

Exercícios de força muscular

Exercícios de força muscular Exercícios de força muscular ABDOMINAIS Objectivos: Melhoria funcional e reforço muscular do Core. Posição Inicial - Deite-se em decúbito dorsal (barriga para cima), coloque as pernas flectidas a 45º,

Leia mais

Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999)

Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999) Protocolo dos Testes de Aptidão Física Funcional da Bateria de Testes de Rikli & Jones (1999) 1. Levantar e Sentar na Cadeira Avaliar a força e resistência dos membros inferiores (número de execuções em

Leia mais

ABRCOLUNA Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna

ABRCOLUNA Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna ABRCOLUNA Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna Guia de Exercícios preventivos para a Coluna Vertebral Dr. Coluna 01 Helder Montenegro Fisioterapeuta Guia de Exercícios Dr Coluna 2012.indd 1

Leia mais

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma

Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Exercícios para a activação geral e o retorno à calma Mobilização da articulação do ombro 1 Objectivos: Aumentar a amplitude dos ombros e parte superior das costas. Mobiliza os deltóides, rotadores da

Leia mais

DESCUBRA UM GUIA PARA CONSTRUIR UMA BASE FORTE POR JOHN SMITH

DESCUBRA UM GUIA PARA CONSTRUIR UMA BASE FORTE POR JOHN SMITH DESCUBRA A S U A P A S S A D A UM GUIA PARA CONSTRUIR UMA BASE FORTE POR JOHN SMITH COMO USAR ESTE GUIA ESTE GUIA ENSINARÁ TÉCNICAS PARA VOCÊ APERFEIÇOAR A FORMA COMO VOCÊ CORRE AUMENTANDO EQUILÍBRIO,

Leia mais

Processos pedagógicos na natação para Bebês de 6 meses a 36 meses

Processos pedagógicos na natação para Bebês de 6 meses a 36 meses Processos pedagógicos na natação para Bebês de 6 meses a 36 meses Como os Bebês Aprendem: Período Sensório- Motor ( Piaget) : 0 a 24 meses -Interação entre o bebê e o meio ambiente. -Tentativa e erro (

Leia mais

Dra. Sandra Camacho* IMPORTÂNCIA DA ACTIVIDADE FÍSICA

Dra. Sandra Camacho* IMPORTÂNCIA DA ACTIVIDADE FÍSICA Uma cadeira e uma garrafa de água O que podem fazer por si Dra. Sandra Camacho* IMPORTÂNCIA DA ACTIVIDADE FÍSICA A prática de uma actividade física regular permite a todos os indivíduos desenvolverem uma

Leia mais

Modalidade Alternativa: Badminton

Modalidade Alternativa: Badminton Escola Básica e Secundária Rodrigues de Freitas Modalidade Alternativa: Badminton Ações técnico-táticas Regulamento Professora: Andreia Veiga Canedo Professora Estagiária: Joana Filipa Pinto Correia Ano

Leia mais

3/26/2009 EX E E X R E C R ÍCI C OS S E E PO P ST S U T RA R OS EX ER EX CÍ C CI C OS REAL EA MEN M T EN E MO M DIFI F CAM A M A A PO P STUR U A?

3/26/2009 EX E E X R E C R ÍCI C OS S E E PO P ST S U T RA R OS EX ER EX CÍ C CI C OS REAL EA MEN M T EN E MO M DIFI F CAM A M A A PO P STUR U A? EXERCÍCIOS E POSTURA OS EXERCÍCIOS REALMENTE MODIFICAM A POSTURA? 1 Um vício postural pode ser corrigido voluntariamente com reeducação psicomotora, um desvio postural pode ser corrigido com exercícios

Leia mais

Atualmente muito se tem ouvido falar e os estudos científicos. comprovam que a prática física diária é considerada um dos fatores

Atualmente muito se tem ouvido falar e os estudos científicos. comprovam que a prática física diária é considerada um dos fatores Atualmente muito se tem ouvido falar e os estudos científicos comprovam que a prática física diária é considerada um dos fatores que contribui efetivamente para uma melhor qualidade de vida do indivíduo.

Leia mais

Teste de Flexibilidade

Teste de Flexibilidade Teste de Flexibilidade Introdução O teste de Fleximetria foi aprimorado pelo ICP à partir do teste do Flexômetro de LEIGHTON deve ser aplicado com a intenção de se coletar informações sobre o funcinamento

Leia mais

Abordagem Teórica 8 Ano

Abordagem Teórica 8 Ano Educação Física Espírito Desportivo Capacidades Motoras EDUCAÇÃO FÍSICA Transmitir um conjunto de informações experiências e conhecimentos que te ajudam a encarar a tua vida de forma mais saudável e confortável;

Leia mais

Conselhos Úteis Para a Realização das Provas Físicas

Conselhos Úteis Para a Realização das Provas Físicas Conselhos Úteis Para a Realização das Provas Físicas A escolha destas provas teve, por finalidade, garantir que os alunos e futuros oficiais respondam satisfatoriamente a uma profissão que também é exigente

Leia mais

VOCÊ JÁ PENSOU NA SUA POSTURA HOJE?

VOCÊ JÁ PENSOU NA SUA POSTURA HOJE? VOCÊ JÁ PENSOU NA SUA POSTURA HOJE? Dicas Gerais para uma Boa Postura 1) Manter o topo da tela ao nível dos olhos e distante cerca de um comprimento de braço (45cm ~ 70cm); 2) Manter a cabeça e pescoço

Leia mais

A postura saudável para o digitador

A postura saudável para o digitador A postura saudável para o digitador A postura saudável para o digitador 2 Muitas vezes nos perguntamos: Qual é a postura mais adequada para se trabalhar durante horas em frente a um computador? Após anos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo Ano lectivo 2009/2010

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo Ano lectivo 2009/2010 Ginástica de Solo Prova Prática ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo Ano lectivo 2009/2010 Tempo de realização: 45m A prova é composta por

Leia mais

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello Caderno de Postura Prof. Luiz Mello CADERNO DE POSTURA Este caderno de postura tem como objetivo demonstrar os principais pontos relacionados a maneira de como tocar violão e guitarra de uma maneira saudável,

Leia mais

DOR NAS COSTAS EXERCÍCIOS ESPECIALIZADOS PARA O TRATAMENTO DA DOR NAS COSTAS. www.doresnascostas.com.br. Página 1 / 10

DOR NAS COSTAS EXERCÍCIOS ESPECIALIZADOS PARA O TRATAMENTO DA DOR NAS COSTAS. www.doresnascostas.com.br. Página 1 / 10 DOR NAS COSTAS EXERCÍCIOS ESPECIALIZADOS PARA O TRATAMENTO DA DOR NAS COSTAS www.doresnascostas.com.br Página 1 / 10 CONHEÇA OS PRINCÍPIOS DO COLETE MUSCULAR ABDOMINAL Nos últimos anos os especialistas

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR

ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR 2014 EDUCAÇÃO FÍSICA EDUCAÇÃO FÍSICA PRODUÇÃO CULTURAL DA SOCIEDADE EXPRESSADA ATRAVÉS DO MOVIMENTO EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDOS EDUCAÇÃO FÍSICA EIXOS ESPORTE

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ APOSTILA IV- NATAÇÃO - 1º SEMESTRE/2008 PROF. CÉLIO SOUZA IV- NATAÇÃO TÉCNICAS DOS ESTILOS CRAWL E COSTAS.

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ APOSTILA IV- NATAÇÃO - 1º SEMESTRE/2008 PROF. CÉLIO SOUZA IV- NATAÇÃO TÉCNICAS DOS ESTILOS CRAWL E COSTAS. IV- NATAÇÃO TÉCNICAS DOS ESTILOS CRAWL E COSTAS. Estilo Crawl Este estilo e o mais popular nas fases de aprendizagem, porque ser o primeiro a ser ensinado. O crawl tem sua origem no inglês, que significa

Leia mais

Alterações da Estrutura Corporal

Alterações da Estrutura Corporal Alterações da Estrutura Corporal Exercícios e Postura milenadutra@bol.com.br Os Exercícios Realmente Mudam a Postura? Vício postural pode ser corrigido voluntariamente com reeducação psicomotora Desvio

Leia mais

Informação Exame de Equivalência. à disciplina de: EDUCAÇÃO FÍSICA

Informação Exame de Equivalência. à disciplina de: EDUCAÇÃO FÍSICA Informação Exame de Equivalência à disciplina de: EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de

Leia mais

Unidade didática de Ginástica

Unidade didática de Ginástica Livro do Professor 5 Unidade didática de Ginástica Objetivos gerais da Ginástica Compor e realizar as destrezas elementares de solo, aparelhos e minitrampolim, em esquemas individuais e/ou de grupo, aplicando

Leia mais

Ensinando Habilidades Esportivas. Voleibol da Special Olympics

Ensinando Habilidades Esportivas. Voleibol da Special Olympics Ensinando Habilidades Esportivas da Special Olympics Tabela de Conteúdos Aquecimento... 3 Exercícios de Aquecimento... 5 Exercícios Para Todas as Habilidades (Construa Todas as Habilidades de maneira Eficiente)...

Leia mais

MANUAL DO TREINADOR NÍVEL I LANÇAMENTO DO PESO

MANUAL DO TREINADOR NÍVEL I LANÇAMENTO DO PESO LANÇAMENTO DO PESO REGRAS DO LANÇAMENTO DO PESO Local da Competição A prova do lançamento do peso disputa-se num local específico da pista de atletismo, que deverá ter um círculo de lançamentos com 2,135

Leia mais

VELOCIDADE, AGILIDADE, EQUILÍBRIO e COORDENAÇÃO VELOCIDADE

VELOCIDADE, AGILIDADE, EQUILÍBRIO e COORDENAÇÃO VELOCIDADE 1 VELOCIDADE, AGILIDADE, EQUILÍBRIO e COORDENAÇÃO VELOCIDADE - É a capacidade do indivíduo de realizar movimentos sucessivos e rápidos, de um mesmo padrão, no menor tempo possível. Força; Fatores que influenciam

Leia mais

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para a dor cervical

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para a dor cervical Clínica Deckers Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para a dor cervical O QUE É Estes são alguns dos exercícios recomendados com mais freqüência para a terapia da dor cervical. Eles foram compilados para

Leia mais

Ginástica. Educação Física 9º B. Escola EB 2/3 Júlio Dinis 2011/2012. Núcleo de Estágio de Educação Física e Desporto Sandra Barbosa

Ginástica. Educação Física 9º B. Escola EB 2/3 Júlio Dinis 2011/2012. Núcleo de Estágio de Educação Física e Desporto Sandra Barbosa Educação Física 9º B Escola EB 2/3 Júlio Dinis 2011/2012 Núcleo de Estágio de Educação Física e Desporto Sandra Barbosa ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 1-HISTÓRIA DA GINÁSTICA... 3 2- CARACTERIZAÇÃO DA MODALIDADE...

Leia mais

1) PANTURRILHAS. b) Músculos envolvidos Gastrocnêmios medial e lateral, sóleo, tibial posterior, fibular longo e curto, plantar (débil),

1) PANTURRILHAS. b) Músculos envolvidos Gastrocnêmios medial e lateral, sóleo, tibial posterior, fibular longo e curto, plantar (débil), 1 1) PANTURRILHAS 1.1 GERAL De pé, tronco ereto, abdômen contraído, de frente para o espaldar, a uma distância de um passo. Pés na largura dos quadris, levar uma das pernas à frente inclinando o tronco

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 Nesta aula veremos a importância da coordenação motora para o desenhista e como ela pode ser desenvolvida através de exercícios específicos. (Mateus Machado) A IMPORTANCIA DA COORDENAÇÃO MOTORA Antes

Leia mais

1. NO CARGO DE SOLDADO BOMBEIRO MILITAR NAS QUALIFICAÇÕES DO QUADRO DE BOMBEIRO MILITAR PARTICULAR (QBMP) DE COMBATENTE, GUARDA-VIDAS E MOTORISTA.

1. NO CARGO DE SOLDADO BOMBEIRO MILITAR NAS QUALIFICAÇÕES DO QUADRO DE BOMBEIRO MILITAR PARTICULAR (QBMP) DE COMBATENTE, GUARDA-VIDAS E MOTORISTA. ANEXO II TESTE DE APTIDÃO FÍSICA O Teste de Aptidão Física tem o objetivo de selecionar os candidatos cuja aptidão física seja compatível com o exercício da atividade de Bombeiro Militar e será realizado

Leia mais

LESÕES OSTEOMUSCULARES

LESÕES OSTEOMUSCULARES LESÕES OSTEOMUSCULARES E aí galera do hand mades é com muito orgulho que eu estou escrevendo este texto a respeito de um assunto muito importante e que muitas vezes está fora do conhecimento de vocês Músicos.

Leia mais

CINCO PRINCÍPIOS BÁSICOS STOTT PILATES

CINCO PRINCÍPIOS BÁSICOS STOTT PILATES CINCO PRINCÍPIOS BÁSICOS STOTT PILATES Utilizando os Princípios do Pilates Contemporâneo para atingir um nível ótimo de condição física. Por Moira Merrithew, STOTT PILATES Executive Director, Education

Leia mais

Corrida de Barreiras. José Carvalho. Federação Portuguesa de Atletismo

Corrida de Barreiras. José Carvalho. Federação Portuguesa de Atletismo Corrida de Barreiras José Carvalho F P A Federação Portuguesa de Atletismo CORRIDAS DE BARREIRAS José Carvalho Objectivo Ser capaz de realizar uma corrida com barreiras - ritmada em velocidade máxima.

Leia mais

GUIA DE EXERCÍCIOS LIFE ZONE TOTAL FIT

GUIA DE EXERCÍCIOS LIFE ZONE TOTAL FIT GUIA DE EXERCÍCIOS LIFE ZONE TOTAL FIT Nesse guia você encontrará 50 exercícios diferentes para fazer utilizando a sua Estação de Musculação Life Zone Total Fit. Com esses exercícios, você trabalhará diversas

Leia mais

NATAÇÃO PARA BEBÊS DE 0 A 2 ANOS - ATIVIDADES PRÁTICAS NA PISCINA. Profa.Ms. Linda Denise Fernandes Moreira

NATAÇÃO PARA BEBÊS DE 0 A 2 ANOS - ATIVIDADES PRÁTICAS NA PISCINA. Profa.Ms. Linda Denise Fernandes Moreira NATAÇÃO PARA BEBÊS DE 0 A 2 ANOS - ATIVIDADES PRÁTICAS NA PISCINA Profa.Ms. Linda Denise Fernandes Moreira A maior parte dos profissionais da Educação Física que ministram aulas de natação para bebês de

Leia mais

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para o Joelho

Clínica Deckers. Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para o Joelho Clínica Deckers Fisioterapia Exercícios Terapêuticos para o Joelho O QUE É Estes são alguns dos exercícios recomendados com mais freqüência, para a terapia do Joelho. Eles foram compilados para dar a você,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA P O L Í C I A C I V I L DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL GABINETE

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA P O L Í C I A C I V I L DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL GABINETE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA P O L Í C I A C I V I L DELEGACIA GERAL DA POLÍCIA CIVIL GABINETE EDITAL Nº 002 / 16-PC/MS (PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INSTRUÇÃO DE

Leia mais

Energym Turbo Charger

Energym Turbo Charger Energym Turbo Charger LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES ANTES DE USAR E GUARDE ESTE MANUAL PARA CONSULTAS FUTURAS. Manual de Instruções INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA Antes de começar qualquer programa de exercícios,

Leia mais

Atividade física adaptada

Atividade física adaptada Atividade Física Adaptada e Saúde para Todos Perspectivas Holística, Política, de Desenvolvimento e de Diversidade Atividade física adaptada Grupo alvo: portadores de deficiência mental Objetivos As atividades

Leia mais

Por Personal Trainer Rui Barros

Por Personal Trainer Rui Barros Por Personal Trainer Rui Barros 1ª Parte do ( 3ª Semana) Treino cardiovascular, que visa a queima de gorduras em excesso em todas as regiões do corpo. Esta semana como estamos em plena época de praia vamos

Leia mais

VOLEIBOL ESCOLAR: FERRAMENTA MULTIDISCIPLINAR

VOLEIBOL ESCOLAR: FERRAMENTA MULTIDISCIPLINAR VOLEIBOL ESCOLAR: FERRAMENTA MULTIDISCIPLINAR 1. História do Voleibol 1.1. A Origem do Voleibol: a centenas de anos jogos similares jáj eram praticados no mundo todo. Willian Morgan da Y.M.C.A. cria em

Leia mais

Atletismo O ARREMESSO DO PESO

Atletismo O ARREMESSO DO PESO Atletismo O ARREMESSO DO PESO A maior característica do lançamento do peso, é a de ser reservada para pessoas fortes, em todas as épocas. Tanto isto é verdade, que os povos antigos praticavam o arremesso

Leia mais

EXÉRCITO BRASILEIRO www.exercito.gov.br

EXÉRCITO BRASILEIRO www.exercito.gov.br EXÉRCITO BRASILEIRO www.exercito.gov.br CARTILHA DE TREINAMENTO NEUROMUSCULAR COM ELÁSTICOS INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO www.ipcfex.com.br Realização www.exercito.gov.br www.decex.ensino.eb.br

Leia mais

SÉRIE DE PAWAMUKTASANA (Segundo o Swami Satyananda)

SÉRIE DE PAWAMUKTASANA (Segundo o Swami Satyananda) SÉRIE DE PAWAMUKTASANA (Segundo o Swami Satyananda) Pawan significa humor, Mukta, significa libertar, asana significa postura. Pawanmuktasana é assim, um grupo de exercícios para libertar humores e gases

Leia mais

Educação Pré-escolar: Expressão e Educação Físico Motora

Educação Pré-escolar: Expressão e Educação Físico Motora Educação Pré-escolar: Expressão e Educação Físico Motora O corpo que a criança vai progressivamente dominando desde o nascimento e de cujas potencialidades vai tomando consciência, constitui o instrumento

Leia mais

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Dr. Leandro Gomes Pistori Fisioterapeuta CREFITO-3 / 47741-F Fone: (16) 3371-4121 Dr. Paulo Fernando C. Rossi Fisioterapeuta CREFITO-3 / 65294 F Fone: (16) 3307-6555

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO - 2015

INFORMAÇÃO - PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO - 2015 INFORMAÇÃO - PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO - 2015 O presente documento visa divulgar as características da prova final do 2º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

Biomecânica. A alavanca inter-resistente ou de 2º grau adequada para a realização de esforço físico, praticamente não existe no corpo humano.

Biomecânica. A alavanca inter-resistente ou de 2º grau adequada para a realização de esforço físico, praticamente não existe no corpo humano. Biomecânica Parte do conhecimento da Ergonomia aplicada ao trabalho origina-se no estudo da máquina humana. Os ossos, os músculos, ligamentos e tendões são os elementos dessa máquina que possibilitam realizar

Leia mais

DIVISÃO DESENVOLVIMENTO SOCIAL GABINETE DE DESPORTO

DIVISÃO DESENVOLVIMENTO SOCIAL GABINETE DE DESPORTO DIVISÃO DESENVOLVIMENTO SOCIAL GABINETE DE DESPORTO TÉCNICAS DE ANIMAÇÃO PARA IDOSOS Introdução Uma velhice tranquila é o somatório de tudo quanto é beneficio do organismo, como por exemplo, exercícios

Leia mais

PATINAGEM NA ESCOLA PRÁTICA

PATINAGEM NA ESCOLA PRÁTICA PATINAGEM NA ESCOLA PRÁTICA Iniciação à Patinagem 1 - Factores que Influenciam a Segurança - Equipamento Técnico - Equipamento de Protecção - Ambiente - Temperatura - Humidade - Condição Física - Superfície

Leia mais

Por Personal Trainer Rui Barros

Por Personal Trainer Rui Barros Por Personal Trainer Rui Barros MANTER O PONTO DE EQUILIBRIO E NÃO RESISTIR À MUDANÇA Uma vez que estamos a terminar o nosso ciclo de treinos de verão, gostava de deixar ao leitor uma mensagem de conforto

Leia mais

Bateria de Medidas e Testes. Centros de Formação de Jogadores Federação Portuguesa de Voleibol

Bateria de Medidas e Testes. Centros de Formação de Jogadores Federação Portuguesa de Voleibol Bateria de Medidas e Testes Centros de Formação de Jogadores Federação Portuguesa de Voleibol 2004 Nota Introdutória A bateria de medidas e testes a ser aplicada nos centros de formação resulta de um conjunto

Leia mais

TESTES DE APTIDÃO FÍSICA A SEREM REALIZADOS PELO SESI

TESTES DE APTIDÃO FÍSICA A SEREM REALIZADOS PELO SESI TESTES DE APTIDÃO FÍSICA A SEREM REALIZADOS PELO SESI 1 DOS TESTES 1.1 Os Testes de Aptidão Física, de caráter eliminatório, serão aplicados no dia e horários indicados no telegrama de convocação, individualmente

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICIPAL SEMSA / BONFIM Nº 001/2015 COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL PARA PROVA DE CAPACITAÇÃO FÍSICA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICIPAL SEMSA / BONFIM Nº 001/2015 COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL PARA PROVA DE CAPACITAÇÃO FÍSICA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MUNICIPAL SEMSA / BONFIM Nº 001/2015 COMISSÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL PARA PROVA DE CAPACITAÇÃO FÍSICA 1. Participarão desta etapa os candidatos aprovados/classificados

Leia mais

Professor: Natação com coletes salva vidas.

Professor: Natação com coletes salva vidas. Plano de aula n : 01 Data: 07/08/ dezembro Natação com coletes salva vidas. Demonstrar aos alunos a maneira correta de utilização e ajustes do material em beneficio de uma maior segurança. Local amplo

Leia mais

APRENDER A RELAXAR. Ansiedade funcional e disfuncional

APRENDER A RELAXAR. Ansiedade funcional e disfuncional APRENDER A RELAXAR Ansiedade funcional e disfuncional Todas as pessoas experimentam, pelo menos ocasionalmente, um determinado grau de ansiedade. Isto não é necessariamente negativo - na verdade, a ansiedade

Leia mais

Revisão do 1 semestre (ballet 1 e 2 ano)

Revisão do 1 semestre (ballet 1 e 2 ano) 1 Revisão do 1 semestre (ballet 1 e 2 ano) PLIÉS DEMI PLIÉ: Demi Plié Grand Plié É um exercício de fundamental importância, pois é usado na preparação e amortecimento de muitos passos de ballet, como os

Leia mais

O que medir? Parâmetros de medição pelo Bioswim. É possível cronometrar o tempo de nado. O principal problema seria a detecção de partida.

O que medir? Parâmetros de medição pelo Bioswim. É possível cronometrar o tempo de nado. O principal problema seria a detecção de partida. BIOSWIM O que medir? Parâmetros de medição pelo Bioswim Parâmetros do desempenho Tempo de Nado É possível cronometrar o tempo de nado. O principal problema seria a detecção de partida. Número de piscinas

Leia mais

verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA BRUXINHA E AS BRANCAS DE NEVE Faixa etária: 2 a 6 anos Materiais: Chapéu de bruxa Desenvolvimento: Uma criança será escolhida para ser

Leia mais

Unidade 6 Locomoção ossos e músculos

Unidade 6 Locomoção ossos e músculos Sugestões de atividades Unidade 6 Locomoção ossos e músculos 8 CIÊNCIAS 1 Esqueleto humano 1. Observe a ilustração do esqueleto humano. Dê exemplos dos seguintes tipos de ossos que existem no corpo humano

Leia mais