Apresentação 1T14 APIMEC São Paulo. 13 de Maio de 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação 1T14 APIMEC São Paulo. 13 de Maio de 2014"

Transcrição

1 Apresentação 1T14 APIMEC São Paulo 13 de Maio de

2 Visão geral do mercado brasileiro de crédito Crédito Total / PIB e crescimento anual do crédito Crédito / PIB - por tipo de instituição financeira 60% 50% 40% 30% 31,2% 35,5% 40,7% 43,9% 45,4% 49,1% 53,9% 56,4% 49,1% 8,5% 19,1% 53,8% 8,8% 19,2% 56,5% 8,8% 18,8% 20% 10% ,6% 21,4% 25,8% 28,9% % Evolução das operações de crédito do sistema financeiro vs. Banco Daycoval (% a.a) 53% 42% 28% 31% 21% 12% 15% 1% 19% 18% 19% 15% 3% -1% mar/14 Daycoval Sistema Financeiro 2% 2

3 Governança Corporativa Conselho de Administração Diretoria Nome / Cargo Anos no Daycoval Salim Dayan, Diretor Executivo Superintendente 20 Carlos Moche Dayan, Diretor Executivo 18 Morris Dayan, Diretor Executivo 19 Ricardo Gelbaum, Diretor de RI e Institucional 2 Albert Rouben, Diretor de Operações 20 Regina Maciel Nogueira, Diretora de Controladoria 21 Nilo Cavarzan, Diretor Consignado 9 Alexandre Rhein, Diretor de TI 8 Alexandre Teixeira, Diretor Veículos 7 3

4 Principais Indicadores Financeiros 1T14 Ativos Totais Carteira de Crédito Ampliada Captação Total Patrimônio Líquido R$ ,3 milhões R$ ,6 milhões R$ ,6 milhões R$ 2.466,1 milhões Índice de Basileia 17,0 % (Tier 1) Recorrentes T13 1T14 Lucro Líquido R$ (MM) 315,6 253,4 66,0 70,6 ROAE 15,4% 10,8% 12,3 11,6% ROAA 2,4% 1,8% 2,0 1,8% NIM-AR 12,2% 12,6% 12,6 13,4% Índice de Eficiência 30,6% 36,4% 36,5 34,7% 4

5 Informações Adicionais Ranking Banco Central do Brasil Dezembro / 2013 Ranking Daycoval Bancos Privados Nacionais Bancos Nacionais Lucro Líquido 15º 22º Patrimônio Líquido 16º 21º Depósito Total 21º 28º Ativo Total 21º 26º Nº de Agências 9º 18º Rating: Investment Grade pela Moody s e Fitch Ratings. 5

6 Distribuição: 206 pontos de atendimento. 49 lojas em funcionamento em todo país 38 pontos de atendimento espalhados pelo Estado de São Paulo 37 Agências SÃO PAULO SP MATRIZ Av.Paulista * Abertura de 1 agência no 1T14 - Lucas do Rio Verde/MT 82 Postos de Câmbio/ Correspondentes Cambiais estrategicamente em São Paulo e no Rio de Janeiro. 6

7 Carteira de Crédito Ampliada: Expressivo crescimento de 24,8% nos últimos 12 meses. Carteira de Crédito Ampliada - R$ Milhões Carteira de Crédito Ampliada (R$ MM) T14 Crédito Empresas 2.225, , , , , , ,8 Compra de Direitos Creditórios 0,0 29,2 214,3 665,0 771, , ,0 Avais e Fianças Concedidos 38,6 88,2 249,4 374,5 425,7 473,9 336,5 Total Crédito Empresas 2.263, , , , , , ,3 Total Crédito Consignado 858, , , , , , ,7 Total Crédito Veículos 891,7 637,4 526,8 612,6 694,3 704,6 718,0 Total Crédito Lojista/Outros 5,6 24,0 42,6 51,5 72,5 87,7 82,6 Total Carteira de Crédito Ampliada 4.019, , , , , , ,6 Distribuição da Carteira de Crédito 1T14 Carteira de Crédito - (R$ MM) Carteira de Crédito Ampliada R$ Milhões T14 7

8 Crédito Empresas: Capital de Giro e Conta Garantida juntos representam 62% da carteira. Crédito Empresas R$ Milhões Portfolio de Middle Market - (R$ MM) T14 Distribuição do Crédito Empresas (R$ MM) 1T14 Var. %x 4T13 Capital de Giro 2.458,4-2,6% Conta Garantida 1.274,0-0,7% Compra de Direitos Creditórios 1.065,0 2,6% Comércio Exterior 567,8 8,4% Cross- Avais e Fianças Concedidos Selling 336,5-29,0% BNDES 319,6-0,7% Total Crédito Empresas 6.021,3-2,3% Distribuição das Garantias 1T14 Distribuição Geográfica 1T14 Distribuição do Crédito Empresas (R$ MM) 8

9 Crédito Empresas: Pulverização da distribuição setorial. Distribuição Setorial 1T14 Comércio 19,1% Atacadista De Gêneros Alimentícios E Cereais 2,2% Produtos Alimentícios E Bebidas 1,0% Ferramentas E Ferragens 1,0% Atacadista De Produtos Farmacêuticos, Perfumaria E Cosméticos 0,7% Movéis E Decorações 0,6% Outros 13,6% Serviços 32,6% Transporte Rodoviario De Cargas 4,3% Transporte Aereo De Passageiros 2,9% Holding 2,7% Construção e Incorporação De Imóveis 2,4% Construção Civil 2,1% Outros 18,2% Indústria 42,7% Usina De Açúcar E Alcool 5,3% Produtos Eletrônicos Em Geral 2,6% Veículos Automotores Leves 2,1% Camaras De Ar 1,9% Autopeças E Acessórios 1,8% Outros 29,0% 9

10 Crédito Empresas: Os 50 maiores clientes representavam no 1T14 apenas 15,6% da carteira, evidenciando a pulverização do risco. Concentração do Crédito mar/12 mar/13 mar/14 Maior cliente 2,7% 1,2% 1,5% 10 maiores clientes 10,1% 7,4% 7,0% 20 maiores clientes 13,4% 10,2% 10,1% 50 maiores clientes 19,7% 15,4% 15,6% Carteira de Crédito Empresas - Operações a Vencer (Março/14) Média Mensal de Quantidade de Operações Vencimento de 48% nos próximos 90 dias 10

11 Daycred Consignado: Saldo da carteira de R$ milhões. Carteira Evolução Consignado da Carteira de (*) Consignado R$ Milhões - (R$ MM) Distribuição da Carteira de Consignado (*) R$ MM 1T14 - % T14 (*) Inclui cessão de crédito em todos os trimestres (R$ 9,7 MM no 1T14) Carteira de Crédito Consignado Operações a Vencer (Março/14) Distribuição da Originação Líquida de Consignado R$ 595 MM 1T14-% Vencimento de 88% nos próximos 3 anos 11

12 Financiamento de Veículos: Crescimento de 2% no trimestre. 892 Carteira Total Carteira Veículos de Veículos R$ Milhões (R$ MM) Carteira de Crédito Veículos - Operações a Vencer - R$ Milhões Vencimento de 96% nos próximos 3 anos T14 Liquidez Carteira de Veículos 1T14 Liquidez da Carteira de Veículos - Out/08 até Mar/14 R$ % Acum. PMT s recebidos antecipados ,5% 40% PMT s recebidos na data do vencimento ,0% 54% PMT s recebidos com atraso de 30 dias ,3% 82% PMT s recebidos com atraso de 60 dias ,6% 88% PMT s recebidos com atraso de 90 dias ,0% 91% PMT s recebidos com atraso de 120 dias ,2% 93% PMT s recebidos com atraso acima de 120 dias ,1% 95% PMT s vencidos ,4% 100% Liquidez da Carteira de Veículos ,6% Saldo Total de PMT s esperados a receber ,0% Originação Veículos 1T14 (*) (*) Não financiamos motos desde outubro de

13 Captação: Crescimento de 12,0% no trimestre e 46,7% em relação ao mesmo período de Captação (R$ MM) T14 Depósitos 1.757, , , , , , ,4 Letras de Crédito - LCI + LCA ,4 275,4 470,7 517,4 Depósitos Totais + LCI + LCA 1.757, , , , , , ,8 Letras Financeiras - - 3,2 334, , , ,5 Emissões Externas 785,5 373,4 664, , , , ,1 Obrigações por Empréstimos e Repasses 730,5 875, , , , , ,2 Total 3.273, , , , , , ,6 Captação R$ Milhões 13

14 Captação de Longo Prazo: Crescimento de 69,4% em relação ao 1T13. Depósitos Totais x Captação Longo Prazo - (R$ MM) Depósitos Totais x Captação Longo Prazo - R$ Milhões T14 Depósitos Totais Captação Longo Prazo Segregação dos Depósitos Totais 1T14 (%) Captação de Longo Prazo 1T14 (%) 14

15 Captação de Longo Prazo: Destaque para captação de US$ 500 milhões em bônus no exterior. Condições e Termos da Emissão Emissor Emissão / Estrutura Ratings Tamanho da Emissão Banco Daycoval Senior Unsecured Notes under 144A / REG S "Baa3" (Moody's), "BB+" (Standard & Poor's) e "BBB-" (Fitch Ratings) US$ 500 milhões Vencimento Ma rço de 2019 Copom 5,750% Rendimento para o Investidor 5,875% Coordenadores da Emissão Data da Operação Vencimento Montante (US$ MM) Empréstimo Sindicalizado (IFC) jun/10 jun/14 (vencimento da última tranche) 165 Eurobond mar/10 mar/ Empréstimo Sindicalizado (IIC) nov/10 nov/15 (vencimento da última tranche) 112,5 Eurobond jan/11 jan/ Empréstimo Sindicalizado (IFC) jul/13 jul/18 (vencimento da última tranche) 275 Bonds mar/14 mar/

16 Liquidez: Gap positivo de 32 dias e Caixa Livre de R$ 2,7 bilhões. Operações a Vencer (Carteira de Crédito) 1T14 - % Operações a Vencer (Funding) 1T14 - % Vencimento de 57% nos próximos 12 meses Vencimento de 53% nos próximos 12 meses Carteira de Crédito por segmento Prazo Médio a decorrer (1) dias Crédito Empresas 192 Comércio Exterior 157 Consignado 758 Veículos 445 CDC Lojista / Outros 204 BNDES 510 Total Carteira de Crédito 464 (1) A partir de 31 de março de 2014 Captação Prazo Médio a decorrer (1) dias Depósitos a Prazo 135 Depósitos Interfinanceiros 248 Letras Financeiras 383 LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) 111 LCI (Letra de Crédito Imobiliário) 216 Emissões Externas Obrigações por Empréstimos e Repasses (2) 423 BNDES 515 Total Captação 496 (1) A partir de 31 de março de 2014 (2) Carteira de captação considerada sem liquidez para critério de ponderação 16

17 Receitas de prestação de serviços: totalizaram R$ 22,3 no 1T14. Asset Management (R$ MM) Lojas de Câmbio - Operações x Volume (R$ MM) -A Asset realiza a gestão de 40 fundos; -Recursos administrados e ou geridos de R$ 1.621,1 milhões. -Receita bruta de administração de fundos de investimentos de R$ 2,7 milhões no 1T14. No primeiro trimestre, foram negociadas aproximadamente 94,5 mil operações com cartões pré-pagos, espécie e remessas expressas em diferentes moedas, com movimento de R$ 277,4 milhões. 17

18 Qualidade da Carteira de Crédito (*) : Redução do índice de provisão/carteira em 0,4 p.p no trimestre. 1T14 Nível de Provisão da Carteira de Crédito Portfolio % R$ MM Provisão R$ MM Total Provisão / Carteira (%) Crédito Empresas (1) 5.684,8 54,9% 319,9 5,6 Consignado 3.855,0 37,2% 77,2 2,0 Veículos 718,0 6,9% 46,1 6,4 CDC Lojista / Outros (1) 82,6 0,8% 7,3 8,8 Carteira de Crédito ,4 99,9% 450,5 4,4 Cessões de Crédito realizadas até 31/12/2011 9,7 0,1% 0,1 - Total ,1 100,0% 450,6 4,4 Total Provisão / Carteira (%) (1) Inclui compra de direitos creditórios (*) Não consolidado 18

19 Qualidade da Carteira de Crédito (*) : Redução de 0,7 p.p. no segmento empresa. Evolução PDD/ Carteira por Segmento (%) Total Provisão Crédito Empresas (1) (%) Total Provisão Consignado(%) Total Provisão Veículos (%) (1) Inclui compra de direitos creditórios (*) Não consolidado 19

20 Qualidade da Carteira de Crédito (*) : Redução no saldo de provisão em 6,4% em relação ao 4T13. Provisão Constituída - R$ MM T14 Crédito Empresas (1) 103,0 112,4 80,7 89,2 261,0 335,7 88,9 Consignado 18,8 28,6 31,2 46,1 52,2 83,5 21,2 Veículos 54,8 96,6 32,5 26,8 44,9 48,8 14,0 CDC Lojista + Outros 0,3 1,9 2,9 6,6 9,6 10,5 2,5 Total 176,9 239,5 147,3 168,7 367,7 478,5 126,6 Saldo e Provisão Constituída - R$ Milhões (1) Inclui compra de direitos creditórios e não considera avais e fiança (*) Não consolidado 20

21 Qualidade da Carteira de Crédito (*) : Redução do índice de vencidos há mais de 90 dias em 0,8 p.p em relação ao 4T13. Créditos Vencidos 1T14 4T13 Var. % 1T13 Var. % Créditos Vencidos há mais de 90 dias - R$ MM 148,7 219,3-32,2% 164,8-9,8% Crédito Empresas 121,9 193,6-37,0% 138,1-11,7% Consignado 12,2 11,0 10,9% 10,3 18,4% Veículos 10,5 10,3 1,9% 13,2-20,5% CDC Lojista + Outros 4,1 4,4-6,8% 3,2 28,1% Saldo PDD / Créditos Vencidos há mais de 90 dias (%) 302,9% 219,4% 241,4% Vencidos > 90 dias/carteira de Crédito (%) 1,4% 2,2% 2,0% Crédito Empresas (1) 2,1% 3,4% 2,8% Consignado 0,3% 0,3% 0,4% Veículos 1,5% 1,5% 2,1% Vencidos há mais de 90 dias (1) Inclui compra de direitos creditórios (*) Não consolidado 21

22 Qualidade da Carteira de Crédito (*) : Recuperação de crédito de R$ 30,3 milhões no trimestre. Carteira E-H - R$ MM 1T13 4T13 1T14 Empresas (1) 320,0 351,7 335,3 Consignado 51,1 65,9 68,6 Veículos 55,4 47,4 48,7 CDC Lojista + Outros (1) 7,4 8,8 8,2 Total 433,9 473,8 460,8 Saldo PDD/Carteira E-H - R$ MM 1T13 4T13 1T14 Empresas (1) 88,3% 101,4% 95,4% Consignado 103,9% 109,6% 112,7% Veículos 90,4% 94,1% 94,7% CDC Lojista + Outros (1) 83,8% 89,8% 89,0% Total 91,7% 101,6% 97,8% Créditos Recuperados - R$ MM 1T13 4T13 1T14 Empresas 0,5 12,7 25,5 Varejo 4,3 5,2 4,8 Total 4,8 17,9 30,3 Baixa para Prejuízo - R$ MM 1T13 4T13 1T14 Empresas (52,6) (75,6) (125,7) Varejo (23,6) (33,3) (31,7) Total (76,2) (108,9) (157,4) (1) Inclui compra de direitos creditórios (*) Não consolidado 22

23 Índice de Eficiência Recorrente: Despesa de comissão em linha com o crescimento da carteira de consignado. Índice de Eficiência Recorrente (R$ MM) T14 Despesas com Pessoal (Exceto IFP) (71,0) (63,9) (91,2) (125,3) (156,5) (172,2) (43,3) Despesas Administrativas (Exceto IFP) (87,8) (65,8) (83,4) (117,9) (152,1) (186,4) (47,2) Subtotal Despesas (Exceto IFP) (158,8) (129,7) (174,9) (247,3) (308,6) (358,6) (90,5) Despesas com Pessoal - IFP - - (3,0) (8,8) (9,3) (13,4) (3,7) Despesas Administrativas - IFP - - (1,0) (5,6) (7,8) (11,1) (2,3) Subtotal - - (4,0) (14,4) (17,1) (24,5) (6,0) Despesas com Comissões (total varejo) (84,8) (43,7) (30,0) (55,9) (105,5) (178,6) (57,1) Total (243,6) (173,4) (208,9) (317,6) (431,2) (561,7) (153,6) Índica de Eficiência (%) 33,0 22,5 24,6 32,2 30,6 36,4 34,7 Índica de Eficiência considerando PPR/PLR (%) 35,3 24,4 28,2 35,6 33,7 38,9 36,8 Índice de Eficiência% Índice de Eficiência Recorrente% 33,0 22,5 24,6 32,2 30,6 36,4 34, T14 23

24 Estrutura de Capital: Baixa alavancagem de 3,8 vezes. Índice de Basileia III % (1) - Tier I Patrimônio Líquido R$ Milhões Mutação do Patrimônio líquido Patrimônio líquido atual (Março/14) 2.466,1 Patrimônio de Referência (Março/14) (2) 2.442,8 Aumento de capital ( exercício dos bônus de subscrição) 23,3 Basileia III 17,0% (1) Índice de Basileia 3 de no mínimo 10,5% exigido pelo Banco Central. (2) não contempla aumento de capital no valor de R$ 23,3 milhões ocorrido em mar/14. 24

25 Rentabilidade: Margem Financeira Recorrente (NIM-AR) de 13,4% e 12,6% no acumulado do ano. Lucro Líquido R$ milhões Lucro Líquido - (R$ MM) Lucro Líquido Recorrente R$ milhões Lucro Líquido Recorrente - (R$ MM) 274,7 305,1 357,5 233,8 245,0 327,0 315,6 253,4 65,7 66,6 66,1 70, T13 1T T13 1T14 Retorno s/ Ativos Médios (ROAA)-Recorrente % Retorno s/ Ativos Médios (ROAA) Recorrente (% a.a.) Retorno s/ PL Médio (ROAE)-Recorrente % Margem Financeira Líquida (NIM-AR) (*) - % Retorno sobre o PL Médio (ROAE) Recorrente (% a.a.) Margem Financeira Líquida Recorrente (NIM-AR) - (% a.a.) 3,0 3,1 2,4 1,8 2,0 1,8 14,2 17,6 15,4 10,8 12,3 11,6 11,2 11,3 12,2 12,6 12,6 13, T13 1T T13 1T T13 1T14 (*) Metodologia considera variação cambial sobre operações passivas e comércio exterior, receita de compra de direitos creditórios, desconsidera resultado de operações de proteção ao patrimônio, de swap DAYC4, cessão de carteira a outros bancos e as operações compromissadas recompras a liquidar carteira de terceiros. 25

26 Banco Daycoval Capacidade de crescimento com custos reduzidos Reconhecido como um dos melhores bancos de Crédito para Empresas do Brasil Perfil conservador e sólida estrutura de capital Gestão altamente qualificada comprometida com Governança Corporativa Rígida política de crédito Fontes de captação diversificadas e diferenciadas Baixa alavancagem 26

27 Mercado de Capital Stock Buy-back Programas de Recompra 2013 Data de Abertura Data de Encerramento Quantidade Total Recomprado º Programa 22/01/2014 Em Aberto Total Recomprado até 31/03/ Dividend + ISE Data do Pagamento JCP Valor Valor por Ação (em R$) 15/04/2014 JCP ,98 0,11764 Total ,98 0,

28 Análise dos Peers (1) 2013 Patrimônio Líquido (R$ Milhões) Carteira de Crédito Expandida / Patrimônio Líquido - vezes Índice de Basiléia - (%) 28 (1) fonte: Relatórios dos Bancos em dezembro 2013

29 Análise dos Peers (1) 4T13 Carteira de Crédito Expandida (R$ Milhões) Total Provisão / Carteira de Crédito (%) Crescimento Total da Carteira de Crédito Ano (%) (1) fonte: Relatórios dos Bancos em dezembro

30 Análise dos Peers (1) 4T13 Lucro Líquido 4T13 (R$ Milhões) Lucro Líquido 2013 (R$ Milhões) (2 ) (2 ) Lucro Líquido 4T13 / Carteira de Crédito (%) (1) fonte: Relatórios dos Bancos em dezembro 2013 (2) NIM-AR:Nova metodologia considera variação cambial sobre operações passivas e desconsidera resultado de operações de proteção ao patrimônio, de swap DAYC4, cessão de carteira a outros bancos e as operações compromissadas recompras a liquidar carteira de terceiros. 30

31 Análise dos Peers (1) 4T13 Margem Financeira Líquida (NIM) - (% a.a) Índice de Eficiência - % (2 ) (2) Retorno sobre os ativos médios (ROAA) - (% a.a) Retorno sobre patrimônio líquido (ROAE) - (% a.a) (2 ) (2 ) (1) fonte: Relatórios dos Bancos em dezembro 2013 (2) NIM-AR:Nova metodologia considera variação cambial sobre operações passivas e desconsidera resultado de operações de proteção ao patrimônio, de swap DAYC4, cessão de carteira a outros bancos e as operações compromissadas recompras a liquidar carteira de terceiros. 31

32 Análise dos Peers (1) 2013 Margem Financeira Líquida (NIM) - (% a.a) Índice de Eficiência - % (2) (2) Retorno sobre os ativos médios (ROAA) - (% a.a) Retorno sobre patrimônio líquido (ROAE) - (% a.a) (2 ) (2 ) (1) fonte: Relatórios dos Bancos em dezemkbro 2013 (2) NIM-AR:Nova metodologia considera variação cambial sobre operações passivas e desconsidera resultado de operações de proteção ao patrimônio, de swap DAYC4, cessão de carteira a outros bancos e as operações compromissadas recompras a liquidar carteira de terceiros. 32

33 Lucro Líquido e ROAE (R$ mm) 33

34 Balanço R$ (mil) 34

35 Demonstração de Resultados R$ (mil) Demonstração do Resultado 1T14 4T13 Var. % 1T13 Var. % Receitas da Intermediação Financeira ,2% ,6% Operações de Crédito ,9% ,1% Resultado de Operações com Títulos e Valores Mobiliários ,8% ,9% Resultado com Instrumentos Financeiros Derivativos ( ) n.a (38.654) n.a. Resultado de Operações de Câmbio ,6% ,3% Despesas da Intermediação Financeira ( ) ( ) -23,5% ( ) 31,1% Operações de Captação no Mercado ( ) ( ) -15,1% ( ) 38,2% Operações de Empréstimos e Repasses (14.361) (74.314) -80,7% (18.102) -20,7% Operações de Venda ou de Transferência de Ativos Financeiros - (14.575) n.a. (6.991) -100,0% Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa ( ) ( ) 1,0% (91.610) 38,3% Resultado Bruto da Intermediação Financeira ,9% ,8% INSERIR PTATUALIZAR EM PT Outras Receitas/Despesas Operacionais ( ) -105,0% (39.129) -115,1% Receitas de Prestação de Serviços ,2% ,9% Despesas de Pessoal (46.978) (55.354) -15,1% (43.037) 9,2% Outras Despesas Administrativas ( ) ( ) -0,4% (83.671) 27,4% Despesas Tributárias (22.741) (21.970) 3,5% (21.369) 6,4% Outras Receitas Operacionais n.a ,2% Outras Despesas Operacionais (47.697) (25.013) 90,7% (18.746) 154,4% Resultado Operacional ,0% ,2% Resultado Não Operacional (3.237) (833) n.a (1.810) n.a Resultado antes da Tributação sobre o Lucro e Participações ,1% ,9% Imposto de Renda e Contribuição Social (32.091) (28.274) 13,5% (27.283) 17,6% Provisão para Imposto de Renda (47.332) (16.809) 181,6% (32.424) 46,0% Provisão para Contribuição Social (28.262) (11.424) 147,4% (19.198) 47,2% Ativo Fiscal Diferido (41) n.a ,7% Participações no Resultado (9.247) (16.224) -43,0% (9.879) -6,4% Participação de Minoritários (14) (11) 27,3% (12) 16,7% Lucro Líquido ,2% ,3% Juros sobre Capital Próprio (29.109) (26.285) 10,7% (24.486) 18,9% Lucro por Ação 0,27 0,26 n.a. 0,26 n.a. Quantidade de Ações n.a n.a. 35

36 Apresentação 1T14 Relações com Investidores Ricardo Gelbaum +55 (11) Erich Romani +55 (11) Natalie Ramalhoso +55 (11) Susie Cardoso +55 (11) Este material pode incluir estimativas e declarações futuras. Essas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam ou podem afetar os nossos negócios. Muitos fatores importantes podem afetar adversamente os resultados do Banco Daycoval tais como previstos em nossas estimativas e declarações futuras. Tais fatores incluem, entre outros, os seguintes: conjuntura econômica nacional e internacional, políticas fiscal, cambial e monetária, aumento da concorrência no setor de empréstimo para empresas, habilidade do Banco Daycoval em obter captação para suas operações e alterações nas normas do Banco Central. As palavras acredita, pode, poderá, visa, estima, continua, antecipa, pretende, espera e outras palavras similares têm por objetivo identificar estimativas e projeções. As considerações sobre estimativas e declarações futuras incluem informações atinentes a resultados e projeções, estratégia, posição concorrencial, ambiente do setor, oportunidades de crescimento, os efeitos de regulamentação futura e os efeitos da concorrência. Tais estimativas e projeções referem-se apenas à data em que foram expressas, sendo que não assumimos a obrigação de atualizar publicamente ou revisar quaisquer dessas estimativas em razão da ocorrência de nova informação, eventos futuros ou de quaisquer outros fatores. Em vista dos riscos e incertezas aqui descritos, as estimativas e declarações futuras constantes deste material podem não vir a se concretizar. Tendo em vista estas limitações, os acionistas e investidores não devem tomar quaisquer decisões com base nas estimativas, projeções e declarações futuras contidas neste material. 36

Apresentação Institucional 2012 APIMEC-SP

Apresentação Institucional 2012 APIMEC-SP Apresentação Institucional 2012 APIMEC-SP Agenda Visão Geral do Mercado Brasileiro de Crédito Descrições e Mercado de Capitais Resultados 2012 Peers Página 3 Página 7 Página 10 Página 32 Anexo Página 37

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T09

Teleconferência de Resultados 4T09 Teleconferência de Resultados 4T09 Índice Comentários de Mercado Pág. 3 Qualidade da Carteira de Crédito Pág. 10 Liquidez Pág. 4 Índice de Eficiência Pág. 14 Funding e Carteira de Crédito Pág. 5 Rentabilidade

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

1T11. Principais. Destaques. Qualidade da Carteira de Crédito 4T09 3T09 4T08. 4T09 x 4T08

1T11. Principais. Destaques. Qualidade da Carteira de Crédito 4T09 3T09 4T08. 4T09 x 4T08 1T11 Disclaimer Todas as informações financeiras aqui apresentadas são consolidadas, abrangendo as demonstrações financeiras do Banco, suas controladas, a JMalucelli Seguradora, a JMalucelli Seguradora

Leia mais

Earnings Release 1s14

Earnings Release 1s14 Earnings Release 1s14 1 Belo Horizonte, 26 de agosto de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro

Leia mais

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014 Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta Novembro de 2014 OFERTA VOLUNTÁRIA DE PERMUTA DE AÇÕES No dia 30 de outubro realizamos o leilão da oferta voluntária. A adesão dos minoritários do Santander

Leia mais

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3 VISÃO GERAL - 2T5 Histórico 99 Início das operações como banco múltiplo 2002 Agência em Nassau 2005 Corretora em Nova York 2009 Início da parceria estratégica com o Banco do Brasil 205 BV Promotora (Consignado

Leia mais

Teleconferência Resultados 1T10

Teleconferência Resultados 1T10 Teleconferência Resultados 1T10 18 de maio de 2010 Visão Geral da Administração Venda da estrutura de Varejo + Foco no segmento de crédito a Empresas Transferência das atividades de originação e crédito

Leia mais

Release de Resultado 2T14

Release de Resultado 2T14 BANCO BMG ANUNCIA SEUS RESULTADOS CONSOLIDADOS DO 2T14 São Paulo, 07 de agosto de 2014 O Banco BMG S.A. e suas controladas ( BMG ou Banco ) divulgam seus resultados consolidados referentes ao período encerrado

Leia mais

Release de Resultados 2T10. Release de Resultados 2T10

Release de Resultados 2T10. Release de Resultados 2T10 Release de Resultados 2T10 1 São Paulo, 2 de agosto de 2010 O Banco Daycoval S.A. ( Daycoval ou Banco ) (BM&FBovespa: DAYC4 / ADR Nível I: BDYVY), anuncia seus resultados do segundo trimestre de 2010 (2T10).

Leia mais

Teleconferência 2T14. 18 de agosto de 2014

Teleconferência 2T14. 18 de agosto de 2014 Teleconferência 18 de agosto de 2014 1T14 x Estabilidade da Carteira de Créditos, próxima a R$ 10,5 bilhões; Nível de liquidez imediata mantido dentro de parâmetros confortáveis; Redução dos NPLs, tanto

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. 3T l 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. 3T l 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3T l 2015 Disclaimer Esta apresentação pode conter referências e declarações que representem expectativas de resultados, planos de crescimento e estratégias futuras do BI&P. Essas

Leia mais

QUALIDADE DOS ATIVOS 97,4% das operações de crédito cobertas por garantias Créditos de D a H : 1,9% da carteira Provisões totais: 1,8% da carteira

QUALIDADE DOS ATIVOS 97,4% das operações de crédito cobertas por garantias Créditos de D a H : 1,9% da carteira Provisões totais: 1,8% da carteira São Paulo, 30 de Outubro de 2008 O Banco Sofisa S.A. (Bovespa: SFSA4) anuncia hoje seu resultado do terceiro trimestre de 2008. Todas as informações operacionais e financeiras a seguir, exceto quando indicado

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS

RELEASE DE RESULTADOS RELEASE DE RESULTADOS BANCO PAULISTA SOCOPA Corretora Resultados 4 Trimestre de 2011 1 O BANCO PAULISTA e a SOCOPA - CORRETORA PAULISTA anunciam os resultados do quarto trimestre de 2011. O BANCO PAULISTA

Leia mais

Banco Panamericano S.A.

Banco Panamericano S.A. Banco Panamericano S.A. Release Relatório de de Resultados 1T13 1T15 06de 04 Maio de 2013 2015 Teleconferência - Português 05 de maio de 2015 10h30 (Brasília) / 09h30 (US-EST) Telefone de Conexão: +55

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS

RELEASE DE RESULTADOS RELEASE DE RESULTADOS BANCO PAULISTA SOCOPA Corretora Resultados 1 Trimestre de 2011 1 O BANCO PAULISTA, reconhecido pela sua prestação de serviços de câmbio e de tesouraria, assim como pelo financiamento

Leia mais

www.panamericano.com.br

www.panamericano.com.br www.panamericano.com.br Agenda Principais dados do Banco Histórico Divulgação das Demonstrações Financeiras Resultado e Balanço Providências e Perspectivas 2 Agenda Principais dados do Banco 3 Composição

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 4º Trimestre, Aviso Importante: esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados

Leia mais

4 trimestre de 2010. Sumário Executivo. Itaú Unibanco Holding S.A.

4 trimestre de 2010. Sumário Executivo. Itaú Unibanco Holding S.A. 4 trimestre de 2010 Sumário Executivo Apresentamos, abaixo, informações e indicadores financeiros do (Itaú Unibanco) do quarto trimestre de 2010 e do exercício findo em 31 de dezembro de 2010. (exceto

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. 4T l 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. 4T l 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T l 2015 Disclaimer Esta apresentação pode conter referências e declarações que representem expectativas de resultados, planos de crescimento e estratégias futuras do BI&P. Essas

Leia mais

Basiléia. Patrimônio Líquido 6.368 5.927 5.117. Jun/09 Jun/10 Jun/11 Jun/12 Jun/13. Captações (líquidas de compulsório) 58.406 52.950 42.

Basiléia. Patrimônio Líquido 6.368 5.927 5.117. Jun/09 Jun/10 Jun/11 Jun/12 Jun/13. Captações (líquidas de compulsório) 58.406 52.950 42. Avenida Paulista, 2.100 - São Paulo - SP CNPJ 58.160.7890001-28 Se escolher navegar os mares do sistema bancário, construa seu banco como construiria seu barco: sólido para enfrentar, com segurança, qualquer

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS. 3 Trimestre de 2012

RELEASE DE RESULTADOS. 3 Trimestre de 2012 RELEASE DE RESULTADOS 3 Trimestre de 2012 1 RELEASE DE RESULTADOS 3 Trimestre de 2012 MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO O BANCO PAULISTA anuncia seus resultados do 3T12. O BANCO PAULISTA é reconhecido pela sua

Leia mais

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008 Resultados do 1T08 14 de maio de 2008 Destaques do Trimestre Desenvolvimento dos Negócios Início dos desembolsos das operações de FINAME e BNDES Automático Bim Promotora de Vendas fase piloto das operações

Leia mais

Divulgação dos Resultados 1T15

Divulgação dos Resultados 1T15 Divulgação dos Resultados 1T15 Sumário Resultado Itens Patrimoniais Índices Financeiros e Estruturais Guidance 2 Resultado Margem Financeira (em e %) * 1T15 / 1T14 1T15 / 4T14 1T15 / 1T14 21,1% 5,4% 21,1%

Leia mais

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Apresentação da Teleconferência 06 de agosto de 2015 Para informações adicionais, favor ler cuidadosamente o aviso ao final desta apresentação. Divulgação

Leia mais

Remuneração aos Nossos Acionistas. Bonificação e Custo Atribuído

Remuneração aos Nossos Acionistas. Bonificação e Custo Atribuído Remuneração aos Nossos Acionistas Na reunião do Conselho de Administração do dia 3 de agosto foi deliberada a distribuição de Juros sobre Capital Próprio (JCP) complementares aos dividendos mensais, a

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS 1 Semestre de 2013

RELEASE DE RESULTADOS 1 Semestre de 2013 RELEASE DE RESULTADOS 1 Semestre de 2013 1 RELEASE DE RESULTADOS 1 Semestre de 2013 MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO O BANCO PAULISTA anuncia seus resultados do 1S13. O BANCO PAULISTA é reconhecido pela sua prestação

Leia mais

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A. APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL JUNHO 2014

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A. APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL JUNHO 2014 BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A. APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL JUNHO 2014 0 CONTEÚDO Visão Geral Histórico Estrutura Societária Administração Ativos e Passivos Carteira de Crédito Carteira de Captação Vencimentos:

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. 2T l 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. 2T l 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T l 2015 Disclaimer Esta apresentação pode conter referências e declarações que representem expectativas de resultados, planos de crescimento e estratégias futuras do BI&P. Essas

Leia mais

Principais Destaques - 1T15

Principais Destaques - 1T15 Belo Horizonte, 28 de abril de 2015 O Banco INTERMEDIUM S.A., banco múltiplo, focado em Crédito Imobiliário e com atividades também nos segmentos de Consignado e Middle Market, divulga hoje seus resultados

Leia mais

sumário executivo Itaú Unibanco Holding S.A. 3º trimestre de 2013 Análise Gerencial da Operação

sumário executivo Itaú Unibanco Holding S.A. 3º trimestre de 2013 Análise Gerencial da Operação sumário executivo 3º trimestre de 2013 (Esta página foi deixada em branco intencionalmente) 4 Apresentamos, abaixo, informações e indicadores financeiros do (Itaú Unibanco). Destaques (exceto onde indicado)

Leia mais

Demonstrações Financeiras para o exercício findo em 31 de dezembro de 2013

Demonstrações Financeiras para o exercício findo em 31 de dezembro de 2013 Demonstrações Financeiras para o exercício findo em 31 de dezembro de 2013 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, A Administração do Banco Daycoval S.A. ( Daycoval ou Banco ) submete à apreciação

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 3º Trimestre, 2014 Aviso Importante: esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados

Leia mais

Banco Panamericano S.A.

Banco Panamericano S.A. Banco Panamericano S.A. Release Relatório de de Resultados 1T13 3T14 06de 03 Maio Novembro de 2013 de 2014 Teleconferência - Português 04 de novembro de 2014 10h00 (Brasília) / 07h00 (US-EST) Telefone

Leia mais

Ações Itaú em foco. Informativo para acionistas Ano 12 2º trimestre de 2015

Ações Itaú em foco. Informativo para acionistas Ano 12 2º trimestre de 2015 Ações Itaú em foco Informativo para acionistas Ano 12 2º trimestre de 2015 nº 47 www.itau.com.br/relacoes-com-investidores facebook.com/itauunibancori @itauunibanco_ri Remuneração aos Nossos Acionistas

Leia mais

PERFIL CORPORATIVO FOCO NO CLIENTE. Sustentabilidade econômica e sócioambiental. Expansão da base geográfica RELACIONAMENTO

PERFIL CORPORATIVO FOCO NO CLIENTE. Sustentabilidade econômica e sócioambiental. Expansão da base geográfica RELACIONAMENTO PERFIL CORPORATIVO P Banco múltiplo privado com 20 anos de experiência no mercado financeiro P Sólida estrutura de capital e administração conservadora P Atuação em operações: Ativas Passivas Crédito Imobiliário

Leia mais

13 Rentabilidade... 14 Qualidade da Carteira de Crédito... 15 Crédito Consignado... 16 Canais de Distribuição... 17

13 Rentabilidade... 14 Qualidade da Carteira de Crédito... 15 Crédito Consignado... 16 Canais de Distribuição... 17 Realização: Apoio: Sumário Perfil e trajetória... 3 Grupo JMalucelli..... 4 Contexto Setorial...... 5 Brasil em Foco... 6 Cenário de Crédito... 7 Segmentos de atuação... 12 Lucro Líquido... 13 Rentabilidade...

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente BCO06116 São Paulo, 7 de maio de 2014. O Banco Votorantim S.A. ( Banco ) anuncia seus resultados do primeiro trimestre () do exercício de 2014. Todas as informações financeiras a seguir, exceto se indicado

Leia mais

BB tem lucro líquido recorde nominal de R$ 12,2 bilhões em 2012

BB tem lucro líquido recorde nominal de R$ 12,2 bilhões em 2012 Informativo para a Imprensa São Paulo (SP), 21 de fevereiro de 2013. BB tem lucro líquido recorde nominal de R$ 12,2 bilhões em 2012 Crédito cresce 25% no ano e atinge participação de mercado histórica

Leia mais

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A.

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A. BI Monitoramento de Rating A LFRating comunica ao Banco Industrial S.A. e ao mercado que, em reunião de Comitê realizada no dia 6 de agosto de 2008, foi confirmada a nota A+ atribuída ao referido banco

Leia mais

4T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas

4T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas resultados 4T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Índice Análise Gerencial da Operação 3 Sumário Executivo 5 Análise do Resultado 15 Margem Financeira Gerencial 16 Receitas

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Junho 2015 1 SUMÁRIO ANÁLISE DE DESEMPENHO... 4 SUMÁRIO EXECUTIVO 1S15... 6 MERCADO COMPETITIVO... 8 MARGEM ANALÍTICA... 9 Desempenho da Intermediação Financeira... 9 Variações

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 5 Balanço Patrimonial Passivo 9 Demonstração do Resultado 12 Demonstração do Resultado

Leia mais

Banco Caterpillar S.A. Rua Alexandre Dumas, 1711 - Edifício Birmann 11-9º andar Setor 2 - São Paulo - SP CNPJ: 02.658.435/0001-53

Banco Caterpillar S.A. Rua Alexandre Dumas, 1711 - Edifício Birmann 11-9º andar Setor 2 - São Paulo - SP CNPJ: 02.658.435/0001-53 Rua Alexandre Dumas, 1711 - Edifício Birmann 11-9º andar Setor 2 - São Paulo - SP CNPJ: 02.658.435/0001-53 Balanço Patrimonial - Conglomerado Prudencial em 30 de Junho ATIVO 2014 CIRCULANTE 1.893.224 Disponibilidades

Leia mais

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A. APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL JUNHO 2013

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A. APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL JUNHO 2013 BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A. APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL JUNHO 2013 0 CONTEÚDO Visão Geral... 02 Histórico... Estrutura Societária... Administração... Ativos e Passivos... Carteira de Crédito... Carteira

Leia mais

PERFIL CORPORATIVO S E R V I Ç O S C R É D I T O. Crédito Imobiliário. Conta Corrente Digital Intermedium. Crédito Pessoal. Seguros.

PERFIL CORPORATIVO S E R V I Ç O S C R É D I T O. Crédito Imobiliário. Conta Corrente Digital Intermedium. Crédito Pessoal. Seguros. 3 trimestre de 2015 PERFIL CORPORATIVO Banco múltiplo privado com 21 anos de experiência no mercado financeiro. Sólida estrutura de capital e administração conservadora. Atuação em operações de: Core Business

Leia mais

Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011

Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011 Reunião Pública Apresentação de Resultados 1º Semestre 2011 Rio de Janeiro, 09 de Agosto 2011 1 Informação importante Esta apresentação foi preparada pelo Banco Santander (Brasil) S.A., eventuais declarações

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente BCO06116 São Paulo, 16 de fevereiro de 2012. O Banco Votorantim S.A. ( BV ) anuncia seus resultados do quarto trimestre e ano de 2011. Todas as informações financeiras a seguir, exceto se indicado de outra

Leia mais

4T15. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A.

4T15. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A. 4T15 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A. ÍNDICE 03 Análise Gerencial da Operação 05 Sumário Executivo 15 Análise do Resultado e Balanço 16 18 22

Leia mais

Institucional. Base: Junho/2014

Institucional. Base: Junho/2014 Grupo Seculus Institucional Base: Junho/2014 Estrutura Societária Família Azevedo 50% 50% LATAN Participações e Investimentos S.A. 100% ON 75.896.000 ações 100% PN 75.896.000 ações Quem Somos Nossa história,

Leia mais

Teleconferência 3T13. 13 de novembro de 2013

Teleconferência 3T13. 13 de novembro de 2013 Teleconferência 13 de novembro de 2013 Fato Relevante* Em 31 de outubro de 2013 foi celebrado o contrato de compra e venda de 72,0% das ações do BICBANCO entre as partes: Vendedora - Grupo Bezerra de Menezes

Leia mais

Sumário do Resultado 2T09

Sumário do Resultado 2T09 Sumário do Resultado 1 BB lucra R$ 4,0 bilhões no 1º semestre de 2009 O Banco do Brasil registrou lucro líquido de R$ 4.014 milhões no 1S09, resultado que corresponde a retorno sobre Patrimônio Líquido

Leia mais

Sumário Banco Seguros

Sumário Banco Seguros Reunião APIMEC - SP Sumário Banco Grupo JMalucelli...3 História...4 Governança Corporativa...5 Mercado de Crédito Brasileiro...9 Produtos...11 Principais Números...12 Balanço Patrimonial...13 Lucro & Rentabilidade...14

Leia mais

Lucro Líquido Ajustado do BB atinge R$ 2,7 bilhões no 1T13

Lucro Líquido Ajustado do BB atinge R$ 2,7 bilhões no 1T13 Sumário do Resultado Resultado Lucro Líquido Ajustado do BB atinge R$ 2,7 bilhões no O Banco do Brasil apresentou lucro líquido ajustado, sem itens extraordinários, de R$ 2,7 bilhões no trimestre, desempenho

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 1º Trimestre, 2014 Aviso Importante: esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados

Leia mais

Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3) Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2014 (em IFRS)

Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3) Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2014 (em IFRS) São Paulo, 30 de outubro de 2014 Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3) (em IFRS) Lucro líquido cresce 66% no 3T14 e totaliza R$42 milhões Vendas líquidas crescem 18% no trimestre EBITDA cresce 44%,

Leia mais

Principais Destaques - 2T15

Principais Destaques - 2T15 Belo Horizonte, 22 de julho de 2015 O Banco INTERMEDIUM S.A., banco múltiplo, focado em Crédito Imobiliário e com atividades também nos segmentos de Consignado e Middle Market, divulga hoje seus resultados

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. O Seu Banco Parceiro 2T13

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. O Seu Banco Parceiro 2T13 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS O Seu Banco Parceiro 2T13 Disclaimer Esta apresentação pode conter referências e declarações que representem expectativas de resultados, planos de crescimento e estratégias futuras

Leia mais

Agenda. I. Grupo Silvio Santos II. Visão Geral Banco Panamericano. III. Desempenho Financeiro IV. Ratings V. Principais Destaques Banco Panamericano

Agenda. I. Grupo Silvio Santos II. Visão Geral Banco Panamericano. III. Desempenho Financeiro IV. Ratings V. Principais Destaques Banco Panamericano 1 Aviso Legal Este material é a apresentação de informações gerais do Banco PanAmericano S.A. na data desta apresentação. Não fazemos nenhuma declaração, implícita ou explícita, e não damos garantia quanto

Leia mais

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Vitória 25 de setembro de 2014

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Vitória 25 de setembro de 2014 1 Ciclo Apimec 2014 Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Vitória 25 de setembro de 2014 Ciclo Ciclo Apimec 2014 2014 Itaú Itaú Unibanco Unibanco Holding Holding

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

Apresentação Bradesco

Apresentação Bradesco Apresentação Bradesco 1 Perspectivas Econômicas 2013 Bradesco 2014 * Consenso do Mercado ** 2015 * 2014 2015 PIB 2,50% 0,50% 1,50% 0,29% 1,01% Juros(SelicFinal) 10,00% 11,00% 11,00% 11,00% 11,38% Inflação(IPCA)

Leia mais

1T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas

1T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas resultados 1T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Índice Análise Gerencial da Operação 3 Sumário Executivo 5 Análise do Resultado 15 Margem Financeira Gerencial 16 Receitas

Leia mais

Índice de Basileia... 17

Índice de Basileia... 17 Índice Mensagem do Presidente...3 Estratégia Corporativa...4 Principais Informações...5 Demonstração Gerencial do Resultado...6 Margem Financeira Bruta (MFB)... 8 Carteira de Crédito... 9 Originação de

Leia mais

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 1 I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 2 Crédito ainda em Expansão, mas Desacelerando 30,7% Crescimento do Crédito 15,1% 20,6% 18,8% 16,4% 14,7% 11,7% 2008

Leia mais

Banco Votorantim S.A. Apresentação de Resultados. 2º Trimestre, 2012

Banco Votorantim S.A. Apresentação de Resultados. 2º Trimestre, 2012 Banco Votorantim S.A. Apresentação de Resultados 2º Trimestre, 2012 Disclaimer Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de

Leia mais

Release de Resultado 3T08

Release de Resultado 3T08 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$75,0 MILHÕES OU R$0,33 POR AÇÃO NO E R$211,6 MILHÕES OU R$0,92 POR AÇÃO NO 9M08. São Paulo, 7 de Novembro de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º TRIMESTRE DE 2015 Seguindo uma linha mais conservadora, a Carteira de Crédito Expandida somou R$3,9 bilhões, apresentando redução de 6,8% no trimestre e 1,9% em 12 meses Captação totalizou R$4,1 bilhões, redução de 7,2%

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

Release de Resultados do 1T10

Release de Resultados do 1T10 Release de Resultados do 1T10 Fale com R.I Relações com Investidores Tel: (11) 3366-5323 / 3366-5378 www.portoseguro.com.br, gri@portoseguro.com.br Porto Seguro S.A. Alameda Ribeiro da Silva, 275 1º andar

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

Banco Panamericano S.A.

Banco Panamericano S.A. Banco Panamericano S.A. Release Relatório de de Resultados 1T13 2T14 06de 04 Maio Agosto de de 2013 2014 Teleconferência - Português 05 de agosto de 2014 10h00 (Brasília) / 09h00 (US-EST) Telefone de Conexão:

Leia mais

Destaques Operacionais. Desempenho Financeiro

Destaques Operacionais. Desempenho Financeiro Press Release Destaques Operacionais O Banrisul apresentou, nos nove meses de 2011, trajetória ascendente de crescimento no crédito. Os indicadores de inadimplência e de qualidade da carteira mantiveram-se

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Abril de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve riscos

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

3º trimestre de 2011. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas. Itaú Unibanco Holding S.A.

3º trimestre de 2011. Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas. Itaú Unibanco Holding S.A. 3º trimestre de 2011 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Itaú Unibanco Holding S.A. Índice Análise Gerencial da Operação 1 Sumário Executivo 3 Análise do Resultado 11 Margem

Leia mais

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão Kinea Rendimentos Imobiliários - FII Relatório de Gestão Maio de 2013 Palavra do Gestor Prezado investidor, O Kinea Rendimentos Imobiliários FII ( Fundo ) é dedicado ao investimento em Ativos de renda

Leia mais

Banco Modal S.A. e Banco Modal S.A. e empresas controladas (CONEF) Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2010 e de 2009 e parecer dos auditores

Banco Modal S.A. e Banco Modal S.A. e empresas controladas (CONEF) Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2010 e de 2009 e parecer dos auditores Banco Modal S.A. e Banco Modal S.A. e empresas controladas (CONEF) Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2010 e de 2009 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes Aos

Leia mais

BRASIL: BANCOS ANÁLISE DE RISCO DE BANCOS

BRASIL: BANCOS ANÁLISE DE RISCO DE BANCOS BRASIL: BANCOS ANÁLISE DE RISCO DE BANCOS RATING Set / 02 SOLIDEZ FINANCEIRA A BANCO DO BRASIL S/A 1) A CLASSIFICAÇÃO OBTIDA O Comitê de Classificação de Risco da Austin Rating, em reunião do dia 11 de

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Release de Resultado 4T14

Release de Resultado 4T14 BANCO BMG ANUNCIA SEUS RESULTADOS CONSOLIDADOS DO 4T14 São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 O Banco BMG S.A. e suas controladas ( BMG ou Banco ) divulgam seus resultados consolidados referentes ao período

Leia mais

Luiz Carlos Angelotti. Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores

Luiz Carlos Angelotti. Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores 59 Luiz Carlos Angelotti Diretor Executivo Gerente e Diretor de Relações com Investidores Estratégia de Atuação 60 60 Balanço Patrimonial Tecnologia vs Eficiência operacional Basileia Desempenho Financeiro

Leia mais

Demonstrações Contábeis preparadas de Acordo com Práticas Contábeis Adotadas no Brasil - Para fins específicos

Demonstrações Contábeis preparadas de Acordo com Práticas Contábeis Adotadas no Brasil - Para fins específicos Demonstrações Contábeis preparadas de Acordo com Práticas Contábeis Adotadas no Brasil - Para fins específicos Conglomerado Prudencial do Banco Original S.A 30 de Junho de 2015 ÍNDICE DAS DEMONSTRAÇÕES

Leia mais

3T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas

3T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas resultados 3T14 Análise Gerencial da Operação e Demonstrações Contábeis Completas Índice Análise Gerencial da Operação 3 Sumário Executivo 5 Análise do Resultado 15 Margem Financeira Gerencial 16 Receitas

Leia mais

2T15 e 1S15. Release de Resultados. R$ 12,4 bi. R$ -90,2 mi. R$ 2,7 bi. R$ 10,9 bi. Destaques. Carteira de crédito expandida.

2T15 e 1S15. Release de Resultados. R$ 12,4 bi. R$ -90,2 mi. R$ 2,7 bi. R$ 10,9 bi. Destaques. Carteira de crédito expandida. Release de Resultados 2T15 e 1S15 São Paulo, 14 de agosto de 2015. O Banco Industrial e Comercial S.A. (BICBANCO) (BM&FBOVESPA: BICB3 e BICB4) divulga seus resultados referentes ao segundo trimestre de

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Relatório Gerencial de Resultados 1T15

Relatório Gerencial de Resultados 1T15 Índice Mensagem do Presidente...3 Estratégia Corporativa...4 Principais Informações...5 Demonstração Gerencial do Resultado...6 Análise do Resultado Gerencial...8 Margem Financeira Bruta (MFB)... 8 Carteira

Leia mais

DESTAQUES DO 1T11 LUCRO LÍQUIDO RESULTADO COM SEGUROS OPERAÇÕES DE CRÉDITO. Contatos de RI

DESTAQUES DO 1T11 LUCRO LÍQUIDO RESULTADO COM SEGUROS OPERAÇÕES DE CRÉDITO. Contatos de RI Todas as informações financeiras apresentadas neste documento são consolidadas, abrangendo as demonstrações financeiras do Banco, suas controladas, JMalucelli Seguradora, JMalucelli Seguradora de Crédito,

Leia mais

Agência Bradesco Praça Panamericana

Agência Bradesco Praça Panamericana Agência Bradesco Praça Panamericana Presença em todos os municípios brasileiros A B C D E 03 Crescimento Orgânico dos Canais de Distribuição 4.634 4.650 3.160 3.359 3.454 3.628 2007 2008 2009 2010 2011

Leia mais

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Goiânia 28 de outubro de 2014

Ciclo Apimec 2014. Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Goiânia 28 de outubro de 2014 1 Ciclo Apimec 2014 Itaú Unibanco Holding S.A. Fernando Foz de Macedo Relações com Investidores PF Goiânia 28 de outubro de 2014 Ciclo Ciclo Apimec 2014 2014 Itaú Itaú Unibanco Unibanco Holding Holding

Leia mais

Ilmos. Senhores - Diretores e Acionistas da LINK S/A CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

Ilmos. Senhores - Diretores e Acionistas da LINK S/A CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS A-PDF MERGER DEMO PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES São Paulo,04 de agosto de 2006. Ilmos. Senhores - es e Acionistas da LINK S/A CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS 1. Examinamos os balanços

Leia mais

O lucro líquido registrado no período foi de R$110,7mm. O Patrimônio Líquido encerrou o semestre em R$ 476,5mm. Outros depósitos

O lucro líquido registrado no período foi de R$110,7mm. O Patrimônio Líquido encerrou o semestre em R$ 476,5mm. Outros depósitos RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas e Clientes: Apresentamos as Demonstrações Financeiras do Banco Bonsucesso S.A., relativas aos 6 primeiros de e seu comparativo em. No semestre passado comunicamos

Leia mais

Demonstrações Financeiras em 31 de Dezembro de 2013 e 2012 Acompanhadas do Relatório dos Auditores Independentes

Demonstrações Financeiras em 31 de Dezembro de 2013 e 2012 Acompanhadas do Relatório dos Auditores Independentes Demonstrações Financeiras em 31 de Dezembro de 2013 e 2012 Acompanhadas do Relatório dos Auditores Independentes 1 Relatório da Administração BBM S.A. Cenário Macroeconômico Ao longo do segundo semestre

Leia mais

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A.

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A. Monitoramento de Rating A LFRating comunica ao Banco Industrial S.A. e ao mercado que, em reunião de Comitê realizada no dia 09 de Setembro de 2010, foi confirmada a nota atribuída ao referido banco no

Leia mais

Cartões. Empresas. do 2º trimestre de 2012. Crédito Imobiliário. Seguros. Integração da Rede de Distribuição. Captação de Recursos.

Cartões. Empresas. do 2º trimestre de 2012. Crédito Imobiliário. Seguros. Integração da Rede de Distribuição. Captação de Recursos. PanAmericano S.A. CNPJ/MF nº 59.285.411/0001-13 www.bancopan.com.br RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO SENHORES ACIONISTAS A Administração do Panamericano S.A. ( Pan, ou Companhia ) e suas subsidiárias submete

Leia mais

Banco Votorantim S.A. Apresentação de Resultados. 3º Trimestre, 2012

Banco Votorantim S.A. Apresentação de Resultados. 3º Trimestre, 2012 Banco Votorantim S.A. Apresentação de Resultados 3º Trimestre, 2012 Disclaimer Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de

Leia mais

1T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL

1T13 FACT SHEET PERFIL DA COMPANHIA PRESENÇA NO BRASIL: FOCO NA REGIÃO SUL FACT SHEET 1T13 PERFIL DA COMPANHIA Fundado em 1928, o Banrisul é um banco múltiplo: comercial, de desenvolvimento e social, controlado pelo Estado do Rio Grande do Sul. A proximidade com o setor público

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2014

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2014 . São Paulo, 31 de julho de 2014 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais