1T09 Divulgação de Resultados

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1T09 Divulgação de Resultados"

Transcrição

1 Divulgação de Resultados Relações com Investidores: Frederico Dan Shigenawa Diretor de RI

2 Sobre a TIG: A TIG Holding Ltd. (nova denominação da Tarpon Investment Group Ltd.) investe em companhias listadas em bolsa e private equity no Brasil, por meio de fundos administrados pela Tarpon Investimentos S.A.(TISA) uma gestora independente brasileira. As ações da TIG são negociadas na BOVESPA sob o ticker TARP11. As receitas da Companhia são contabilizadas como Resultado Financeiro, que derivam da performance acumulada do capital proprietário investido nos fundo geridos pela TISA. Valor Líquido dos Ativos - NAV Os principais destaques da Companhia neste foram: O valor líquido dos ativos (NAV), composto por caixa e investimentos, totalizou R$438,9 milhões no final do trimestre; Caixa e equivalentes: R$146,4 milhões; A Companhia não está exposta a derivativos de câmbio ou aplicações financeiras especulativas que representem risco à Companhia. A maior parte da posição líquida de caixa está conservadoramente aplicada em títulos de dívida do governo brasileiro; Investimentos no Fundo Tarpon All Equities Fund: R$261,6 milhões; Ações em tesouraria: R$31,0 milhões em 31 de março de 2009; No o Fundo Tarpon All Equities apresentou retorno líquido negativo de 4,7% (em US$). Em 31 de março de 2009, o NAV ajustado da TIG totalizava R$438,9 milhões. Tal valor é composto pela atual posição de caixa, cotas do Fundo Tarpon All Equities e ações em tesouraria resultantes do programa de recompra de ações. Valor Líquido dos Ativos (NAV) - R$milhões Em 31 de março de 2009 Caixa e equivalentes 146,4 Caixa 3,8 LFTs 142,6 Ações em Tesouraria 31,0 Fundo Tarpon All Equities 261,6 Portfólio de bolsa de valores 80% 210,2 Principais ações Pão de Açúcar Porto Seguro Comgás Celesc Gerdau Portfólio private equity 20% 51,4 Principais ações Direcional Arezzo Brenco Omega BrasilAgro Total NAV 438,9 O/S NAV/ação - R$ 10,79 A parcela do NAV disponível em caixa e equivalentes está estrategicamente investida em fundos de renda fixa e títulos do governo brasileiro de alta liquidez, aguardando oportunidades atrativas de investimento.

3 Demonstrações Financeiras: Demonstração de Resultados consolidado Trimestre findo em 31 de março de Em milhares - R$ 2009 Operações correntes Receitas Despesas com pessoal (535) Despesas administrativas (1.939) Resultado das atividades operacionais Resultado financeiro (8.332) Resultado de equivalência patrimonial (1.005) Resultado antes do imposto de renda (5.417) Despesas com imposto de renda - Resultado Líquido (5.417)

4 Fluxo de Caixa consolidado Trimestre findo em 31 de março de Em milhares - R$ 2009 Atividades operacionais Resultado líquido (5.417) (+) Depreciação 5 (+) Reversão do resultado de equivalência patrimonial (=) Resultdo líquido ajustado (a) (4.407) (+/-) Capital de giro 400 (+/-) Recebiveis (-) Variação no ativo imobilizado 310 (=) Resultado das atividades operacionais (b) (+/-) Variação nos investimentos (-/+) Ajustes nos saldo de ações em tesouraria (16.348) (-) Pagamento de dividendos (16.230) (=) Fluxo de caixa das atividades de investimentos e financiamento (c) Aumento do caixa no período = (a)+(b)+(c) Caixa e equivalentes a caixa no início do período Caixa e equivalente a caixa em 31 de março de

5 Balanço Patrimonial consolidado Trimestres findo em 31 de março de Em milhares - R$ 2009 Assets Ativo permanente 28 Ativos financeiros ajustados pelo valor justo através de resultado Total do ativo não corrente Outros ativos 28 Recebíveis Ativos financeiros ajustados pelo valor justo através de resultado Caixa e equivalentes a caixa Total do ativo circulante Total do ativo Patrimônio Líquido Capital social Reserva de capital Ações em tesouraria (44.771) Lucros Acumulados Total do Patrimônio Líquido Outros passivos Total do passivo circulante Total do passivo circulante e patrimônio líquido

6 Contato TIG Holding Ltd. Tel: +1 (441) Frederico Dan Shigenawa Diretor de Relações com Investidores : Observação importante Esta apresentação contém projeções e estimativas futuras. Estas projeções e estimativas estão sujeitas a riscos e incertezas relacionados a fatores fora da capacidade da Companhia de controlar ou estimar precisamente, tais como condições de mercado, ambiente competitivo, flutuações de moeda e da inflação, mudanças em órgãos reguladores e governamentais e outros fatores relacionados às operações da Companhia, sendo que os resultados futuros da Companhia poderão diferir materialmente daqueles projetados. Os leitores são advertidos a não tomarem decisões exclusivamente com base nestas projeções e estimativas, que são válidas apenas na data desta apresentação. Estas projeções e estimativas não devem ser interpretadas como garantia de performance futura. A Companhia não se responsabiliza em publicar qualquer revisão ou atualizar essas projeções e estimativas frente a eventos ou circunstâncias que venham a ocorrer após a data desta apresentação. Esta apresentação não constitui uma oferta ou solicitação de oferta para aquisição de valores mobiliários.

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T15

Divulgação de Resultados 3T15 São Paulo - SP, 4 de Novembro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

4T07 Divulgação de Resultados

4T07 Divulgação de Resultados Divulgação de Resultados Teleconferência em inglês 04 de Março de 2008 11:00 (BRT) 13:00 (USA EST) Tel: +1 (973) 935 8893 Código: 35688265 Replay: +1 (706) 645 9291 Código: 35688265 Webcast ao vivo pela

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

Tarpon Investimentos S.A.

Tarpon Investimentos S.A. Tarpon Investimentos S.A. Demonstrações Financeiras Individuais e Consolidadas Referente ao Exercício Findo em 31 de Dezembro de 2014 e Relatório dos Auditores Independentes Deloitte Touche Tohmatsu Auditores

Leia mais

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09 Visão Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. Missão A Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que busca satisfazer as necessidades dos clientes e criar valor para os

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

Tarpon Investimentos S.A

Tarpon Investimentos S.A Tarpon Investimentos S.A Demonstrações contábeis intermediárias individuais e consolidadas em 31 de Março de 2014 e Relatório dos Auditores Independentes Deloitte Touche Tohmatsu Auditores Independentes

Leia mais

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00 RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 156.512.000,00 Resultados do RESULTADOS São Paulo, 14 de maio de 2010 A BRADESPAR [BM&FBOVESPA: BRAP3 (ON), BRAP4 (PN); LATIBEX: XBRPO (ON), XBRPP (PN)]

Leia mais

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Apresentação da Teleconferência 06 de agosto de 2015 Para informações adicionais, favor ler cuidadosamente o aviso ao final desta apresentação. Divulgação

Leia mais

Discussão dos Resultados 1T10. 07 de Maio de 2010

Discussão dos Resultados 1T10. 07 de Maio de 2010 Discussão dos Resultados 1T10 07 de Maio de 2010 0 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T10

Divulgação de Resultados do 4T10 Divulgação de Resultados do 4T10 23 de fevereiro de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia,

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/1999 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A CEMEPE INVESTIMENTOS S/A RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações contábeis do exercício encerrado

Leia mais

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP PROF. Ms. EDUARDO RAMOS Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. PRINCÍPIOS CONTÁBEIS E ESTRUTURA CONCEITUAL 3. O CICLO CONTÁBIL

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 São Paulo, 25 de fevereiro de 2005 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia hoje seus

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T12

Divulgação de Resultados 1T12 Divulgação de Resultados 1T12 17 de maio de 2012 Palestrantes Bruno Padilha Presidente do Conselho de Administração Tuca Ramos - Presidente Luis Eduardo Fischman Diretor Financeiro e de RI José Ricardo

Leia mais

Ilmos. Senhores - Diretores e Acionistas da LINK S/A CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

Ilmos. Senhores - Diretores e Acionistas da LINK S/A CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS A-PDF MERGER DEMO PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES São Paulo,04 de agosto de 2006. Ilmos. Senhores - es e Acionistas da LINK S/A CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS 1. Examinamos os balanços

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

Release de Resultado 3T08

Release de Resultado 3T08 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$75,0 MILHÕES OU R$0,33 POR AÇÃO NO E R$211,6 MILHÕES OU R$0,92 POR AÇÃO NO 9M08. São Paulo, 7 de Novembro de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os

Leia mais

Demonstrações contábeis individuais e consolidadas em 31 de dezembro de 2013

Demonstrações contábeis individuais e consolidadas em 31 de dezembro de 2013 individuais e consolidadas em KPDS 77761 Conteúdo Relatório da Administração 3 Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações contábeis individuais e consolidadas 15 Balanços patrimoniais

Leia mais

Divulgação dos Resultados 1T15

Divulgação dos Resultados 1T15 Divulgação dos Resultados 1T15 Sumário Resultado Itens Patrimoniais Índices Financeiros e Estruturais Guidance 2 Resultado Margem Financeira (em e %) * 1T15 / 1T14 1T15 / 4T14 1T15 / 1T14 21,1% 5,4% 21,1%

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

CRITÉRIOS / Indicadores

CRITÉRIOS / Indicadores CRITÉRIOS / Indicadores A lista de conceitos desta MELHORES E MAIORES Os valores usados nesta edição são expressos em reais de dezembro de 2014. A conversão para dólares foi feita, excepcionalmente, com

Leia mais

Poder de voto de residentes: informar o poder de voto na empresa declarante detido por residentes.

Poder de voto de residentes: informar o poder de voto na empresa declarante detido por residentes. Data Base 31.12.2010 Dados do declarante Participação no capital social do declarante Poder de voto de residentes: informar o poder de voto na empresa declarante detido por residentes. Poder de voto de

Leia mais

Relatório de Gestão O FIP-IE XP OMEGA I. Agosto 2015. Destaques Positivos. Fundamentos da Cota

Relatório de Gestão O FIP-IE XP OMEGA I. Agosto 2015. Destaques Positivos. Fundamentos da Cota FIP-IE XP OMEGA I Relatório de Gestão O FIP-IE XP OMEGA I O FIP-IE XP OMEGA I é detentor de 34,6% da Asteri Energia S.A., uma holding que detém 100% do parque eólico Gargaú e 51% da Pequena Central Hidrelétrica

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 5 Balanço Patrimonial Passivo 9 Demonstração do Resultado 12 Demonstração do Resultado

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

Conciliação do BR GAAP com o IFRS Resultado e Patrimônio Líquido em 31 de dezembro de 2008

Conciliação do BR GAAP com o IFRS Resultado e Patrimônio Líquido em 31 de dezembro de 2008 Bovespa: TPIS3 www.tpisa.com.br Departamento de RI Diretoria Ana Cristina Carvalho ana.carvalho@tpisa.com.br Gerência Mariana Quintana mariana.quintana@tpisa.com.br Rua Olimpíadas, 205-14º andar Fone +55

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T11

Teleconferência de Resultados 1T11 Teleconferência de Resultados 1T11 13 de Maio de 2011 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO Teleconferência e Webcast de Resultados Sexta-feira, 5 de novembro de 2010 Horário: 12:00 p.m. (Brasil) 10:00 a.m. (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688.6361 Código:

Leia mais

FUNDO DE GARANTIA DA BOLSA DE VALORES DE SÃO PAULO

FUNDO DE GARANTIA DA BOLSA DE VALORES DE SÃO PAULO FUNDO DE GARANTIA DA BOLSA DE VALORES DE SÃO PAULO DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2005 E 2004 E PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES A BDO International é

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS NOTA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Curso: Administração de Empresas Turma: Disciplina: Administração Financeira Professor : Maxwell Lucena / Aluno(a): Maxwe R.A.: Assinatura: Data: / / 1ª. Questão

Leia mais

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012 Expomoney São Paulo Setembro de 2012 Contax Visão Geral Contact Center Brasil Resultados Financeiros Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Principais serviços: Atendimento, Cobrança, Televendas, Retenção, Trade

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário Hospital da Criança (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.)

Fundo de Investimento Imobiliário Hospital da Criança (Administrado pelo Banco Ourinvest S.A.) Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo 2008 2007 Passivo e patrimônio líquido 2008 2007 Circulante Circulante Bancos 3 15 Rendimentos a distribuir 412 366 Aplicações financeiras de renda fixa 28 8

Leia mais

Release de Resultado Janeiro/08

Release de Resultado Janeiro/08 PORTO SEGURO anuncia lucro líquido de R$10,0 milhões ou R$0,13 por ação em janeiro de 2008 São Paulo, 17 de Março de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados de janeiro de 2008. As

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS

RESULTADOS BRASIL BROKERS RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2010 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro,

Leia mais

Fundos de Investimentos

Fundos de Investimentos Fundos de Investimentos 1 O que e um fundo de investimentos? Um fundo de investimentos concentra em uma unica entidade juridica, varios investidores com o mesmo objetivo e que compartilham a mesma estrategia

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 2T13

Apresentação dos Resultados do 2T13 Apresentação dos Resultados do 2T13 09 de agosto de 2013 Considerações Iniciais Esta apresentação pode conter certas declarações que expressam expectativas, crenças e previsões da administração sobre eventos

Leia mais

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11.

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. O Lucro Líquido do 1T09 (sem ajustes) apresentou queda de 1,4%

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T06 / 2006

Apresentação de Resultados 4T06 / 2006 Apresentação de Resultados 4T06 / 2006 16 de Março de 2007 1 / 17 Visão Geral da São Carlos Rolando Mifano Presidente 2 / 17 Visão Geral da São Carlos A São Carlos é uma das principais empresas de investimentos

Leia mais

CONVERSAO DE DEMONSTRACOES CONTABEIS EM MOEDA. ESTRAGEIRA: FASB nº 8 e FASB nº 52

CONVERSAO DE DEMONSTRACOES CONTABEIS EM MOEDA. ESTRAGEIRA: FASB nº 8 e FASB nº 52 CONVERSAO DE DEMONSTRACOES CONTABEIS EM MOEDA Evolução das Normas de Contabilidade aplicadas no EUA Critérios Contábeis brasileiros e americanos (USGAAP) Objetivos da conversão de demonstrações contábeis

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PÁGINA: 1 BALANÇO PATRIMONIAL CONSOLIDADO - 2005 ANEXO 14 ATIVO ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL 450.323.096,72 CAIXA 47.294,31 BANCOS CONTA MOVIMENTO 210.194.091,20

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

DOAR DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS UMA REVISÃO DOS CONCEITOS MAIO / 2007. Autor - Manoel Moraes Jr

DOAR DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS UMA REVISÃO DOS CONCEITOS MAIO / 2007. Autor - Manoel Moraes Jr DOAR DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS UMA REVISÃO DOS CONCEITOS MAIO / 2007 Autor - Manoel Moraes Jr OBJETIVOS DA DOAR Apresentar de forma ordenada e sumariada as informações relativas

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS BÁSICAS

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS BÁSICAS 110 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS BÁSICAS CAPITAL ORDINÁRIO BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO 2006 2005 Caixa e investimentos Caixa................................................. $ 276 $ 223 Investimentos Carteira

Leia mais

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014 Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta Novembro de 2014 OFERTA VOLUNTÁRIA DE PERMUTA DE AÇÕES No dia 30 de outubro realizamos o leilão da oferta voluntária. A adesão dos minoritários do Santander

Leia mais

Tarpon Investimentos S.A. Demonstrações contábeis intermediárias individuais e consolidadas em 31 de março de 2012

Tarpon Investimentos S.A. Demonstrações contábeis intermediárias individuais e consolidadas em 31 de março de 2012 Demonstrações contábeis intermediárias em 31 de março de 2012 Demonstrações contábeis intermediárias individuais e consolidadas em 31 de março de 2012 Conteúdo Relatório de desempenho 3-13 Relatório dos

Leia mais

AGENTE E ESCRIVÃO DA POLÍCIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Data: 07/12/2008

AGENTE E ESCRIVÃO DA POLÍCIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Data: 07/12/2008 Alterações da Lei 6404/76 Lei 11638 de 28 de dezembro de 2007 Lei 11638/07 que altera a Lei 6404/76 Art. 1o Os arts. 176 a 179, 181 a 184, 187, 188, 197, 199, 226 e 248 da Lei no 6.404, de 15 de dezembro

Leia mais

Curso Extensivo de Contabilidade Geral

Curso Extensivo de Contabilidade Geral Curso Extensivo de Contabilidade Geral Adelino Correia 4ª Edição Enfoque claro, didático e objetivo Atualizado de acordo com a Lei 11638/07 Inúmeros exercícios de concursos anteriores com gabarito Inclui

Leia mais

Comentários às Mudanças Contábeis na Lei nº 6.404/76 MP nº 449/08

Comentários às Mudanças Contábeis na Lei nº 6.404/76 MP nº 449/08 Comentários às Mudanças Contábeis na Lei nº 6.404/76 MP nº 449/08 Comentários às Mudanças Contábeis na Lei nº 6.404/76 MP nº 449/08 No dia 3 de dezembro de 2008, foi editada a Medida Provisória nº 449,

Leia mais

Análise Dinâmica do.capital de Giro

Análise Dinâmica do.capital de Giro Análise Dinâmica do.capital de Giro Questões 12.1 O que são contas cíclicas do giro? Dê exemplos de contas ativas e passivas. 12.2 Desenvolva uma análise comparativa entre as medidas do capital circulante

Leia mais

Apresentação de Resultados da Lopes 2008. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI

Apresentação de Resultados da Lopes 2008. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Apresentação de Resultados da Lopes 2008 Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Aviso importante Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer

Leia mais

DILLON S.A. DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS CNPJ -33.851.064/0001-55. BALANÇO PATRIMONIAL FINDO EM 30/06/11 E 30/06/10 R$ Mil

DILLON S.A. DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS CNPJ -33.851.064/0001-55. BALANÇO PATRIMONIAL FINDO EM 30/06/11 E 30/06/10 R$ Mil MOBILIÁRIOS BALANÇO PATRIMONIAL FINDO EM 30/06/11 E 30/06/10 ATIVO CIRCULANTE 4.101 4.314 DISPONIBILIDADES 555 624 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ - 77 Aplicações em Operações Compromissadas -

Leia mais

Este documento foi produzido pelo Banco BNP Paribas Brasil S.A. ou por suas empresas subsidiárias, coligadas e controladas, em conjunto denominadas "Banco BNP Paribas Brasil", com fins meramente informativos

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T15

Apresentação de Resultados 1T15 Apresentação de Resultados 1T15 1 Destaques do Período Início da operação comercial de quatro parques do LEN A-3 2011 Início da operação comercial: 04 de março de 2015 Os outros 5 parques serão conectados

Leia mais

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O INDICADOR : RETORNO SOBRE O PATRIMÔNIO LÍQUIDO

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O INDICADOR : RETORNO SOBRE O PATRIMÔNIO LÍQUIDO TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O INDICADOR : RETORNO SOBRE O PATRIMÔNIO LÍQUIDO! Quanto ao nome do indicador! Quanto à reinversão dos lucros mensais! Quanto aos novos investimentos em fase de maturação!

Leia mais

NOVAS REGRAS CONTÁBEIS PARA 2010 CONTINUAÇÃO DE PADRONIZAÇÃO INTERNACIONAL CONTÁBIL

NOVAS REGRAS CONTÁBEIS PARA 2010 CONTINUAÇÃO DE PADRONIZAÇÃO INTERNACIONAL CONTÁBIL NOVAS REGRAS CONTÁBEIS PARA 2010 CONTINUAÇÃO DE PADRONIZAÇÃO INTERNACIONAL CONTÁBIL Ana Beatriz Nunes Barbosa Em 31.07.2009, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aprovou mais cinco normas contábeis

Leia mais

NUTRIPLANT ON (NUTR3M)

NUTRIPLANT ON (NUTR3M) NUTRIPLANT ON (NUTR3M) Cotação: R$ 1,79 (18/06/2014) Preço-Alvo (12m): R$ 2,10 Potencial de Valorização: 18% 4º. Relatório de Análise de Resultados (1T14) Recomendação: COMPRA P/L 14: 8,0 Min-Máx 52s:

Leia mais

Abertura e Destaques 4T09 e 2009

Abertura e Destaques 4T09 e 2009 25 de Março de 2010 Abertura e Destaques 4T09 e 2009 Comentário de Abertura CEO Ricardo Valadares Gontijo Breve Histórico IPO Mercado em 2009: Programa Minha Casa, Minha Vida Estratégia Crescimento da

Leia mais

BR Towers SPE1 S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2012 e relatório dos auditores independentes

BR Towers SPE1 S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2012 e relatório dos auditores independentes Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2012 e relatório dos auditores independentes Demonstração do resultado Exercício/período findo em 31 de dezembro Receita líquida (Nota 14) 13.913 Custo

Leia mais

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008 Resultados do 1T08 14 de maio de 2008 Destaques do Trimestre Desenvolvimento dos Negócios Início dos desembolsos das operações de FINAME e BNDES Automático Bim Promotora de Vendas fase piloto das operações

Leia mais

F.Q.S. DI - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de

F.Q.S. DI - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de F.Q.S. DI - Fundo de Aplicação em Quotas de Fundos de Investimento Financeiro Demonstrações financeiras em 31 de março de 2004 e de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes

Leia mais

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.) DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 30 DE SETEMBRO

Leia mais

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005 Divulgação Imediata Cot. da Ação PNB CLSC6) em 31/03/05: R$ 0,90/ação Valoriz. No 1T05: -16% Valor de Mercado R$ : 694 milhões US$

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

Laudo de Avaliação da Ferronorte. Data Base: Novembro de 2004

Laudo de Avaliação da Ferronorte. Data Base: Novembro de 2004 Laudo de Avaliação da Ferronorte Data Base: Novembro de 2004 Contexto Os administradores da Brasil Ferrovias nos solicitam a avaliação do preço das ações da Ferronorte a serem emitidas no aumento de capital

Leia mais

Basicamente, o relatório de fluxo de caixa deve ser segmentado em três grandes áreas:

Basicamente, o relatório de fluxo de caixa deve ser segmentado em três grandes áreas: CASHFLOW OU FLUXO DE CAIXA 1. CONCEITO É um demonstrativo que reflete dinamicamente o fluxo do disponível da empresa, em um determinado período de tempo. 2. FINALIDADES 2.1. Evidenciar a movimentação dos

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

Notas Explicativas. Armando Madureira Borely armando.borely@globo.com

Notas Explicativas. Armando Madureira Borely armando.borely@globo.com CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Home page: www.crc.org.br - E-mail: cursos@crcrj.org.br Notas Explicativas Armando Madureira Borely armando.borely@globo.com (Rio de Janeiro)

Leia mais

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão Kinea Rendimentos Imobiliários - FII Relatório de Gestão Janeiro de 2013 Palavra do Gestor Prezado investidor, O Kinea Rendimentos Imobiliário FII ( Fundo ) é dedicado ao investimento em Ativos de renda

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Relações com Investidores

Relações com Investidores São Paulo, 14 de novembro de 2011 A Inbrands anuncia hoje os resultados do terceiro trimestre de 2011 (3T11). Bruno Medeiros CEO Relações com Investidores Arnaldo Faissol Mendes CFO e Diretor de RI Clarice

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

I - FUNDAMENTOS BÁSICOS DE FINANÇAS CORPORATIVAS, 1 1 O

I - FUNDAMENTOS BÁSICOS DE FINANÇAS CORPORATIVAS, 1 1 O Sumário Prefácio, xiii Parte I - FUNDAMENTOS BÁSICOS DE FINANÇAS CORPORATIVAS, 1 1 O que são Finanças Corporativas?, 3 1 Introdução, 3 2 Objetivos empresariais, 4 3 Estratégias operacionais, 5 4 Estrutura

Leia mais

Relatório de Resultados 2T 2015

Relatório de Resultados 2T 2015 MMX - Resultados Referentes ao 2º trimestre de 2015 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2015 A MMX Mineração e Metálicos S.A. ( Companhia ou MMX ) (Bovespa: MMXM3) anuncia seus resultados referentes ao 2º

Leia mais

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS.

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. I. BALANÇO ATIVO 111 Clientes: duplicatas a receber provenientes das vendas a prazo da empresa no curso de suas operações

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

Serviço Funerário Bom Pastor Ltda ME Demonstrações contábeis findas em 31 de dezembro de 2014

Serviço Funerário Bom Pastor Ltda ME Demonstrações contábeis findas em 31 de dezembro de 2014 Serviço Funerário Bom Pastor Ltda ME Demonstrações contábeis findas Demonstrações financeiras em IFRS e baseadas nos Pronunciamentos Técnicos emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis - CPC em

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais