Especificação Técnica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Especificação Técnica"

Transcrição

1 Especificação Técnica Abril de 2013

2 Índice Especificação técnica... 2 Um Software, 3 designações:... 2 Módulos da aplicação Solução Integrada... 2 Características técnicas do Software... 3 Funcionalidades em detalhe... 3 Principais parametrizações do Sistema... 3 Parque de Equipamentos - Codificação e registo detalhado dos bens... 7 Trabalhos Gestão das Ordens de Trabalho Análises e Indicadores de Manutenção Materiais Gestão de Armazéns Pedidos de Manutenção ManWinWin Software Page 1

3 Especificação técnica O ManWinWin é um software standard de gestão de manutenção que alcança, com grande detalhe, a codificação e registo dos bens de manutenção, o planeamento e gestão dos trabalhos de manutenção, a quantificação do esforço e dos custos de mão de obra, materiais e serviços, a gestão de armazéns e os consequentes indicadores de desempenho de manutenção. Um Software, 3 designações: O ManWinWin é uma solução única e integrada que se apresenta comercialmente sob 3 designações que se destinguem, essencialmente, pela parametrização base com que são fornecidas. Manutenção Industrial A solução flexível, modular e integrada para gestão de manutenção industrial Manutenção de Edifícios O sistema fácil de implementar para a gestão de manutenção de edifícios Manutenção de Frotas Um produto de utilização simples para a manutenção de frotas de automóveis Módulos da aplicação Solução Integrada Manutenção Módulo base do sistema que inclui o Parque - codificação detalhada dos equipamentos/objectos de manutenção - os Trabalhos - gestão das Ordens de Trabalho - os Custos - detalhe de custos em manutenção - e as análises e indicadores de desempenho Materiais Registo dos materiais de manutenção com recursos para gestão centralizada de múltiplos armazéns e inventário permanente. Pedidos Módulo independente, que funciona fora do interface principal, para a realização e gestão de pedidos de manutenção. Recursos Web Recursos 100% web para a realização e acompanhamento de pedidos de manutenção. ManWinWin Software Page 2

4 Características técnicas do Software Desenvolvido na mais recentes tecnologias Microsoft.NET e Microsoft SQL Server. Possibilidade de imprimir ou exportar todo o tipo de informação da aplicação utilizando relatórios em Crystal Reports. Plataforma Multi-utilizador. Módulo de pedidos à manutenção integrado, sem limite de utilizadores, com plataforma Web. Permite funcionamento remoto sob o conceito de Remote Application. Interface utilizador e desenho dos formulários alinhados pelas práticas típicas das soluções Microsoft. Funcionalidades em detalhe O Software é fornecido com uma base de dados pré parametrizada de acordo com o que se pretende gerir; Edifícios, Frotas ou parques industriais. O sistema tem um interface moderno e intuitivo que pretende facilitar e acelerar as tarefas necessárias à criação e actualização de dados. Alguns recursos transversais a toda a aplicação são: Filtro de dados com recurso a wild cards. Ex: Comp% retorna todos os registos começados por comp. Estruturas arborescentes. Para inserir um novo registo posiciona-se o cursor no registo imediatamente acima. Label/botão num só. Todas as configurações pré parametrizadas podem ser chamadas a partir da própria label que é, na prática, um botão. Indicação a cor vermelha dos campos de preenchimento obrigatório e a cor azul os de preenchimento preferencial. As impressões permitem sempre pré visualização e exportação para os formatos mais comuns. Principais parametrizações do Sistema Organização Funcional Como o nome indica, organização funcional consiste em especificar a função ou sistema de um determinado conjunto de bens no contexto de uma instalação. Agrupar os equipamentos que contribuem para determinada função implica que uma anomalia, em qualquer dos equipamentos desse sistema, pode afectar o desempenho global dessa função. A organização funcional exprime a forma de olhar a instalação na óptica da engenharia. O InnWinWin é fornecido com uma organização funcional completa para edifícios, o AutoWinWin para Frotas e o ManWinWin para a Indústria. ManWinWin Software Page 3

5 Centros de Custo Exprime a forma de ver a instalação na óptica da direcção financeira da organização, isto é, a mesma informação de manutenção, mas vista de forma mais sintética e conveniente para a área da gestão financeira. Tipicamente, podemos considerar cada edifício como um Centro de custo desdobrando-o, depois, em sub centros de custo. Fornecedores Entre os fornecedores relevantes para a manutenção estarão os prestadores de serviços de manutenção, os fornecedores ou representantes dos equipamentos e os fornecedores de peças e materiais de manutenção. Área de intervenção técnica Designa as estruturas internas da organização que intervêm na manutenção. A sua estrutura é exibida na forma de um organograma, onde se especificam as várias funções de forma hierárquica, e onde será possível enquadrar todo e qualquer funcionário que intervenha na manutenção. Os interventores mais directos estarão normalmente incluidos num departamento de manutenção com uma ou várias oficinas e, dentro destas, as especialidades mecânico, electricista, etc. Para cada especialidade estará definido um custo HH padrão, que exprima o custo médio da mobilização directa do funcionário para a realização dos trabalhos. ManWinWin Software Page 4

6 Tipos de Equipamento O tipo de objecto é uma parametrização que permitirá uma codificação consistente de qualquer objecto de manutenção. De forma semelhante e com agrupamentos de letras, mais ou menos sugestivos, podemos convencionar, por exemplo, AL=Alternador, BB=Bomba, AU=Autómato, etc. Associado a cada tipo de objecto existirá um desenho de ficha de características técnicas (até 40 por cada tipo de objecto, definindo a colecção de elementos de cada objecto que interessa ter acessíveis para gerir a manutenção. Tipos de Trabalho Na gestão da manutenção interessa ter alguma forma de classificação dos trabalhos que seja útil para sugestionar o gestor sobre o esforço que está a empreender e os custos nos vários tipos de manutenção, e habilitá-lo com informação para poder alterar esse esforço no sentido de optimizar os resultados da sua gestão. Os trabalhos de manutenção podem ser agrupados em 3 grandes tipos que se desdobram, depois, em sub tipos de trabalho: - Manutenção preventiva sistemática (revisões, calibrações, lubrificações) - Manutenção preventiva condicionada (preventivos com base na condição, melhorias) - Manutenção correctiva (Reparações) Norma de codificação de materiais A organização sistematizada das Classes, Famílias e Subfamílias define a norma de codificação de materiais. A ideia é conseguir, através da estrutura lógica constituída pela agregação da Classe + Família + Sub Família, que dentro de cada estrutura exista um número trabalhável de artigos que possam ser facilmente pesquisáveis. Exemplo: C=Classe material de consumo, RE=Família Resinas, 010=Subfamília resinas poliuretano, 023=número sequencial. ManWinWin Software Page 5

7 Administração de Utilizadores Os utilizadores do sistema têm que ser obrigatoriamente registados como funcionários. A tabela de utilizadores e funcionários é a mesma. Para cada utilizador existe, depois, a possibilidade de definir uma senha e níveis de acesso. ManWinWin Software Page 6

8 Parque de Equipamentos - Codificação e registo detalhado dos bens O registo de um objecto de manutenção envolve sempre a codificação e a coordenação num centro de custo e na organização funcional. Se for eleito como objecto de gestão, envolve também, o planeamento da manutenção preventiva e o lançamento de ordens de trabalho Os objectos são exibidos em lista, de acordo com o filtro definido pelo utilizador, com acesso a todas as funcionalidades disponíveis para um objecto individual ou para o conjunto de objectos nessa lista. Novo Objecto - Identificação O código do objecto é estruturado com o tipo de objecto + sequencial. Coordenação obrigatória numa estruturação funcional e num centro de custo. Fotografia (jpg, gif, bmp. Etc.) Associação de documentos (e.g. desenho, folha de especificações, manual, etc.) ManWinWin Software Page 7

9 Novo Objecto - Características Ficha técnica (com até 40 características parametrizadas) O desenho de cada ficha técnica é definido pelo utilizador para cada tipo de objecto. Novo Objecto dados operacionais Tempos requeridos e de funcionamento para calcular indicadores. Possibilidade de cálculo automático de funcionamento médio diário com base em registos de funcionamento. Consultas por objecto com garantias e contratos de manutenção. Novo Objecto Info. Complementares Possibilidade de atribuir códigos alternativos ao objecto e escolher o código pelo qual o objecto é gerido em toda a aplicação. Informação adicional para EMM com necessidade de calibração e Viaturas. Existe ainda um separador com um campo livre para observações. ManWinWin Software Page 8

10 Fichas - Plano de Manutenção Cada objecto de manutenção terá um plano de manutenção. Actividades sistemáticas controladas por tempo de calendário (caso típico dos quartos, salas, certificados, etc.), registos de funcionamento (compressores, etc.) ou a combinação de ambos (e.g. gerador de emergência) Cada ficha de manutenção planeada (FMP) com a descrição das precauções de segurança, tarefas e previsões de duração, esforço HH, necessidades de materiais e serviços, logo, previsão de custos. Artigos aplicados Lista dos sobressalentes aplicáveis ou componentes incorporados. Esta é uma relação de muitos para muitos entre os artigos e os objectos. Pode-se saber, inversamente, em que objectos é aplicado determinado artigo. Registos de funcionamento / contagem Com recursos para realizar projecções do tipo: quantas horas terá na data X?, ou ainda qual será a leitura de electricidade no fim do ano? Vários modelos de impressão da informação ManWinWin Software Page 9

11 Documentos associados É possivel associar, sem limites, qualquer tipo de documento a um objecto. Esta associação permite, opcionalmente, a definição de uma data de validade do próprio documento. O link para o documento desta associação fica disponível para todos os utilizadores. Imprimir Objectos O programa possui diversas listagens de objectos. As listagens incidem sempre sobre o objecto seleccionado ou o conjunto de todos os objectos na lista e podem, ainda, ser agrupadas de diversas formas. Outros recursos do parque de Equipamentos Possibilidade de repetir objectos com os respectivos planos de manutenção e artigos aplicados. Este recurso facilita e acelera o registo inicial de informação no sistema. Possibilidade de filtrar os objectos de diversas formas e, para esse conjunto, obter diversas listagens. Obter um plano de manutenção para os objectos da lista com a projecção automática dos trabalhos e respectivos custos previstos. Registos de funcionamento com ou sem abastecimento que alimentam o parâmetro RF - Registo de funcionamento. Permite, por exemplo, conhecer em detalhe consumos de energia de um contador ou quilómetros percorridos por uma viatura. Registo de indisponibilidade. O sistema permite o registo automático de indisponibilidades a partir de ordens de trabalho ou manual directamente no equipamento. O sistema gera em tempo real um conjunto de análises para todos os parâmetros de manutenção afectados pelos acontecimentos (custos, ocorrências, tempos, etc.). Estas análises estão sempre disponíveis para todo o ano corrente, para o ano anterior ou para os últimos 5 anos. ManWinWin Software Page 10

12 Trabalhos Gestão das Ordens de Trabalho A gestão dos trabalhos de manutenção é a função básica da Manutenção. Todas as intervenções que consumam recursos Hora.Homem, Materiais ou Serviços são registadas no sistema sob a forma de Ordens de Trabalho. O programa possui um sistema de alertas sob a forma de semáforo que é actualizado dinamicamente de acordo com a data prevista. A periodicidade dos trabalhos pode ser definida em tempo de calendário ou em qualquer registo de funcionamento definido para o equipamento (Kms, Horas, Ciclos, etc.). Estados da Ordem de Trabalho Sempre que se cria uma OT sistemática no sistema, a aplicação só vai criar a próxima OT, quando a OT anterior for realizada. Para que tal aconteça, é necessário que o utilizador mude o estado da OT manualmente. As OTs passam sempre pelos estados: Programada Trabalho planeado que tem uma data para realização; Em Curso Trabalho que já foi emitido e cuja gestão, até ser terminado, pertence à entidade responsável da área da intervenção técnica; Terminada Trabalho que acabou mas que a OT ainda pode receber imputações e registos de informação. ManWinWin Software Page 11

13 Nova Ordem de Trabalho Origem Identificação dos elementos principais de uma Ordem de Trabalho. Os campos Tipo de Trabalho, centro de custo e Tempo de manutenção (TDM) são obrigatórios. Nova Ordem de Trabalho Gestão Identificação dos elementos de gestão do trabalho. As datas são preenchidas de acordo com o estado do trabalho. Nova Ordem de Trabalho Pedidos Separador que exibe os pedidos de manutenção que estão na origem da Ordem de Trabalho. Nova Ordem de Trabalho Diagnóstico Permite identificar o sintoma e causa de Ordens de trabalho de avaria. Nova Ordem de Trabalho Tarefas Descrição do trabalho a realizar Nova Ordem de Trabalho Custos Quadro de comparação entre os custos planeados e os executados. Nova Ordem de Trabalho Documentos Separador que permite anexar documentos ao trabalho. ManWinWin Software Page 12

14 Registo de Mão de Obra A mão de obra utilizada em cada trabalho é registada de forma detalhada e sempre coordenada num documento de custo. Registo de Materiais Identificação dos materiais utilizados na execução do trabalho. Os materiais podem ser imputados à Ot de forma directa ou com baixa em stock. ManWinWin Software Page 13

15 Registo de serviços (outros) Identificação dos serviços utilizados na execução do trabalho. Os serviços são sempre coordenados num documento de custo e devem ter a indicação do fornecedor. Calendário OTs Este recurso permite a visualização dos trabalhos em calendário e pode-se, com recursos drag & drop, movimentar os trabalhos entre datas. O calendário permite visualização em dias, semanas ou meses e exibe os trabalhos com simbologia relativa ao seu estado. ManWinWin Software Page 14

16 Imprimir Ordens de Trabalho O programa permite imprimir os trabalhos planeados ou já executados de diversas formas. A impressão incide sempre sobre a Ot seleccionada ou o conjunto de Ots na lista. Outros recursos de Gestão de Trabalhos Os trabalhos sistemáticos são geridos por calendário e/ou registos de funcionamento (horas, Kms, Ciclos, etc.). O sistema encarrega-se de calcular as datas com base nos registos de funcionamento e seleccionar automaticamente a data que ocorre primeiro para cada trabalho. Todos os registos de Ordens de Trabalho, tempos e recursos utilizados geram parâmetros automáticos que podem ser analisados directamente ou utilizados para criar indicadores de manutenção. ManWinWin Software Page 15

17 Análises e Indicadores de Manutenção O sistema calcula, em tempo real, um conjunto de parâmetros automáticos para as principais entidades do sistema: Objectos, Sistemas e Centros de Custo. Parâmetros Automáticas Lista de parâmetros automáticos disponíveis a qualquer momento para o ano corrente, últimos 12 meses ou últimos 5 anos. Estes parâmetros podem ser consultados directamente em Objectos, Sistemas e Centros de custo ou ser utilizados no cálculo de indicadores mais complexos. Exemplo: MTBF = Tempo Funcionamento / Número de avarias. Exemplo de parâmetros automáticos para um sistema de AVAC. O ManWinWin só exibe na lista os prâmatros para os quais exista pelo menos um valor. A Data no canto superior direito permite obter parâmetros relativos a outros anos e as marcas (checkbox) permitem ManWinWin Software Page 16

18 selecionar parâmetros para comparar sob a forma de gráfico. Exemplo de comparação de 2 parâmetros automáticos. Exemplo de um indicador calculado a partir de parâmetros automáticos. Outros recursos de Análises e Indicadores O sistema permite a definição de parâmetros manuais que podem, depois, ser utilizados nas fórmulas de cálculo dos indicadores. Estes parâmetros automáticos são úteis quando se pretende efectuar cálculos com dados que são externos à aplicação (ex: área útil, volume de vendas, etc.) ManWinWin Software Page 17

19 Materiais Gestão de Armazéns A gestão de stocks é um módulo opcional que permite gerir um ou vários armazéns de manutenção de forma integrada. A gestão de materias tem por base o conceito de Ficheiro Mestre de Artigos onde são registadas as referências de stock. Os artigos podem, depois, existir num ou em vários armazéns com quantidades e custos unitários distintos. Dentro de cada armazém os artigos são exibidos com uma etiqueta que muda de cor de acordo com as existências de stock. Ficha Artigo Para cada artigo é possível definir o stock máximo e mínimo e a localização. O registo de novos artigos é efectuado apenas no mestre de artigos. ManWinWin Software Page 18

20 Entrada de artigo para armazém A entrada é efectuada mediante uma factura, guia de transporte ou outro documento e tem alguns elementos obrigatórios. A entrada pode ser efectuada sem consolidação permitindo assim alterações ou correções. Após a consolidação da entrada o sistema calcula as quantidades e os custos unitários dos artigos afectados e a entrada fica bloqueada. Saída de artigo de armazém A saída é efectuada mediante um documento automaticamente sugerido pelo sistema. As saídas podem ser dirigidas a Ots, objectos ou centros de custo, sendo este último de preenchimento obrigatório. As saídas são automaticamente consolidadas e irreversíveis. Para acrescentar quantidades é necessário efectuar nova saída. Para retirar quantidades é necessário efectuar devoluções. ManWinWin Software Page 19

21 Inventário O sistema permite efectuar inventários parciais ou de todo o armazém, com recursos de produtividade para o registo das contagens. Outros recursos de Gestão Armazéns Devolução a fornecedores, para corrigir entradas, e devolução ao armazém, para corrigir saídas. Transferências entre armazéns para facilitar a movimentação rápida de artigos. As entradas de stock alimentam, de forma automática, a relação entre artigos e fornecedores. O sistema mantém um histórico permanente e de consulta directa dos movimentos de cada artigo. É possível consultar de forma fácil e directa as existências de cada artigos em todos os armazéns. ManWinWin Software Page 20

22 Pedidos de Manutenção O módulo de pedidos de manutenção é executado fora do ManWinWin de forma autónoma. A Janela de pedidos de manutenção exibe os pedidos em lista e muda de símbolo de acordo com o estado em que o mesmos se encontram. ManWinWin Software Page 21

23 Pedido de Manutenção Este recurso permite efectuar pedidos à manutenção de uma forma simples. Os campos de preenchimento obrigatório são o título, a data e o objecto de manutenção ou, pelo menos, o centro de custo. O pedido novo fica sempre no estado de Pendente. O Pedido de manutenção pode ser marcado para Solicitação de Orçamento. Neste caso, o pedido segue um percurso ligeiramente diferente. Gestão de Pedidos de Manutenção Os pedidos são geridos dentro do ManWinWin. Os pendentes podem ser rejeitados ou aprovados. Excepto os pedidos com orçamento que, em vez de aprovados, são orçamentados. Os pedidos com orçamento são aprovados do lado de quem pede, ou seja, é ao requisitante que cabe a aprovação ou não do orçamento. O Pedido aprovado passa a Em Atendimento no momento que tem pelo menos uma Ordem de Trabalho aberta e passa a Terminado quando todas as Ots abertas para o pedido sejam, também elas, terminadas. ManWinWin Software Page 22

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM

Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM Gestão Total da Manutenção: Sistema GTM por Engº João Barata (jbarata@ctcv.pt), CTCV Inovação Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro 1. - INTRODUÇÃO Os sub-sistemas de gestão, qualquer que seja o seu

Leia mais

Capítulo I Introdução à gestão da manutenção Capítulo II Terminologia, definições e conceitos

Capítulo I Introdução à gestão da manutenção Capítulo II Terminologia, definições e conceitos Prefácio XIII Nota do Autor XV Capítulo I Introdução à gestão da manutenção 1 1.1. A manutenção 2 1.2. A gestão 4 1.3. Gestão da manutenção 5 1.4. Custos de manutenção 7 1.5. Software de gestão da manutenção

Leia mais

Ficha de Fornecedor. Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida

Ficha de Fornecedor. Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida Ficha de Fornecedor Conta Corrente lançada manualmente no qual é calculado um saldo em dívida Consulta de todas as entradas de material deste Fornecedor Poderá realizar Notas de Encomenda, Devoluções,

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS WHITE PAPER MANUTENÇÃO PRIMAVERA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS WHITE PAPER MANUTENÇÃO PRIMAVERA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS WHITE PAPER MANUTENÇÃO PRIMAVERA ÍNDICE MANUTENÇÃO PRIMAVERA 4 MÓDULOS CONSTITUINTES 4 CADASTRO 4 Entidades 5 Localizações 8 MATERIAIS 11 Sobresselentes, Consumíveis,

Leia mais

Gestão de Armazéns Gestão de Fabrico Gestão de Bobines Registo de Chegadas Sistema para Agentes

Gestão de Armazéns Gestão de Fabrico Gestão de Bobines Registo de Chegadas Sistema para Agentes Laserdata, Lda. Especificidades Para além dos módulos tradicionais num sistema de gestão (Facturação, Stocks, Contas a Receber e Contas a Pagar, Gestão de Encomendas, Orçamentos, etc.), o Lasernet 2000

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS

PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS 3 A importância de uma Manutenção planeada e estruturada As organizações fazem,

Leia mais

O prime gestão é um software online constituído por vários módulos:

O prime gestão é um software online constituído por vários módulos: O prime gestão é um software online constituído por vários módulos: Assistências Técnicas (indicado para empresas que façam deslocações, intervenções ex: sector de jardinagem, informática, reparação de

Leia mais

PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS

PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS 3 PRIMAVERA MAINTENANCE PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE EQUIPAMENTOS A importância de uma Manutenção planeada e estruturada As organizações fazem,

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

Relatório de alterações efectuadas no sistema NetBusiness 2.0

Relatório de alterações efectuadas no sistema NetBusiness 2.0 Net Business Soluções de Software Standard * Contabilidade Geral, Analítica e Orçamental * Salários e Gestão de Recursos Humanos * Gestão de Imobilizado * Gestão de Contas Correntes * Gestão de Stocks

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

Funcionalidades Standard Premier Prestige Produto

Funcionalidades Standard Premier Prestige Produto FactuPlus Evolução Funcionalidades Standard Premier Prestige Produto base* Funcionalidades gerais dos produtos Nº de postos 1 3 5 1 Nº de empresas 2 25 50 2 Muti-Utilizador Base de Dados MDB MDB MDB MDB

Leia mais

METRAGEST. Apresentação do Software SAÚDE, HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO

METRAGEST. Apresentação do Software SAÚDE, HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO METRAGEST Apresentação do Software SAÚDE, HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO Junho de 2010 0 O Software MeTraGest foi desenvolvido para colmatar as necessidades operacionais nas áreas da Medicina do Trabalho

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão Profissional Certificado

Sistema Integrado de Gestão Profissional Certificado elabora Gestão é um sistema integrado de gestão por incluir no mesmo programa controlo de contas correntes de clientes, fornecedores, controlo de stocks e armazéns. Aplicação 32 Bits para ambiente Windows

Leia mais

GM Light GM POS GESTÃO COMERCIAL. O parceiro ideal nas tecnologias de Informação

GM Light GM POS GESTÃO COMERCIAL. O parceiro ideal nas tecnologias de Informação GM As soluções de Gestão comercial GM são uma ferramenta essencial e indispensável para a correcta gestão de negócio e fomentador do crescimento sustentado das Empresas. Criado de raiz para ser usado em

Leia mais

PHC Suporte CS. A rentabilização da assistência pós-venda

PHC Suporte CS. A rentabilização da assistência pós-venda PHC Suporte CS A rentabilização da assistência pós-venda A solução para qualquer empresa com assistência pós-venda, permitindo gerir o parque instalado, a actividade de suporte ao público e a performance

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP Financeira Recursos Humanos Operações & Logística Comercial & CRM Analytics & Reporting

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE GESTÃO DE BASE DE DADOS

PLANIFICAÇÃO DE GESTÃO DE BASE DE DADOS PLANIFICAÇÃO DE GESTÃO DE BASE DE DADOS Ano Lectivo 2010/2011 José Júlio Frias R. 1. ENQUADRAMENTO ÁREA DE FORMAÇÃO ITINERÁRIO DE QUALIFICAÇÃO SAIDA(S)PROFISSIONAL(IS) 481. CIÊNCIAS INFORMÁTICAS 48101.

Leia mais

Wingiic Gestão Integrada Indústria da Moda

Wingiic Gestão Integrada Indústria da Moda Wingiic Integrada Indústria da Moda Wingiic Integrada Indústria de Moda de Dados Técnicos Codificação de Materiais; Conceito de escalas e cartazes de cores ; Fichas Técnicas; Processos de Fabrico; Fichas

Leia mais

Sistema de Gestão da Manutenção. Título. J. Durão Carvalho Serviço de Instalações e Equipamentos. 2 de junho de 2010

Sistema de Gestão da Manutenção. Título. J. Durão Carvalho Serviço de Instalações e Equipamentos. 2 de junho de 2010 0 Sistema de Gestão da Manutenção Título J. Durão Carvalho Serviço de Instalações e Equipamentos 2 de junho de 2010 1 SGM - Sistema de Gestão da Manutenção 1. Ambiente Centro Hospitalar constituido por

Leia mais

PHC Suporte. Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo

PHC Suporte. Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo PHCSuporte DESCRITIVO O PHC Suporte permite a qualquer empresa com assistência a clientes pós-venda, gerir todo o seu parque instalado, a actividade de suporte ao público e a performance e produtividade

Leia mais

PHC Logística BENEFÍCIOS. _Redução de custos operacionais. _Inventariação mais correcta

PHC Logística BENEFÍCIOS. _Redução de custos operacionais. _Inventariação mais correcta PHCLogística DESCRITIVO O módulo PHC Logística permite fazer o tracking total de uma mercadoria: desde a sua recepção, passando pelo seu armazenamento, até à expedição. PHC Logística A solução para diminuir

Leia mais

LABWAY ROAD SHOW 2007 - Sessão #3

LABWAY ROAD SHOW 2007 - Sessão #3 Pedro Coutinho Paulo Rego jpcoutinho@ambidata.pt paulorego@ambidata.pt Agenda Porquê um LIMS? Os Nossos Pontos Fortes O Nosso Objectivo Características do LabWay - LIMS O Processo LabWay - LIMS Projectando

Leia mais

Módulo de CRM. Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES]

Módulo de CRM. Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES] Módulo de CRM Customer Relationship Management [VERSÃO 1.0] [APRESENTAÇÃO DE FUNCIONALIDADES] Um software com cada vez mais funcionalidades a pensar no seu negócio! A quem se destina As empresas que pretendem

Leia mais

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Leaseplan Portugal Bertrand Gossieaux SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Page2 INDICE 1. LOGIN, ESTRUTURA E SAÍDA DO SIM... 3 a) Login... 3 b) Estrutura principal... 4 c) Saída da

Leia mais

Modernização dos Sistemas de Informação do Grupo Prosegur

Modernização dos Sistemas de Informação do Grupo Prosegur Modernização dos Sistemas de Informação do Grupo Prosegur Rogério Machado Director Técnico José Monteiro Ferreira Director Informática e Telecomunicações AGENDA 1. A APR 2. APRESENTAÇÃO DO PROJECTO 3.

Leia mais

Manual do Serviço. Trabalho Realizado por: Maria João Santos

Manual do Serviço. Trabalho Realizado por: Maria João Santos Manual do Serviço Pós-venda Trabalho Realizado por: Maria João Santos Organização do Trabalho: Conceito de Serviço Pós-Venda Importância do Serviço Pós-Venda Desafios Gestão de stocks Ordens de Serviço

Leia mais

GoWorkFlow Gestão de Processos

GoWorkFlow Gestão de Processos GoWorkFlow Gestão de Processos Desde criar processos a seguir o seu trajeto, esta plataforma permite uma completa gestão do fluxo de informação entre várias entidades A Dimep Europa S.A. é uma empresa

Leia mais

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida Flagsoft, Lda 2015 Índice 1. Introdução...3 2. Integrador - Interface com o utilizador...4 3. Registo de actividade - Folha de horas...5 4. Agenda e colaboração...7

Leia mais

O controlo sobre os custos e utilizadores da frota

O controlo sobre os custos e utilizadores da frota PHC Frota CS O controlo sobre os custos e utilizadores da frota A solução para o controlo total sobre os custos e utilizadores da frota, a sua manutenção e o seu estado. BUSINESS AT SPEED Visite www.phc.pt

Leia mais

Software-Global 1/11

Software-Global 1/11 Não esquecer que a senha do Administrador é ADMIN Botões do programa: Acesso ao Programa: O Acesso ao programa deve ser feito através do utilizador ADMINISTRADOR, que tem todas as permissões para gerir

Leia mais

vendas compras encomendas avenças gestão de filiais multi-moeda

vendas compras encomendas avenças gestão de filiais multi-moeda vendas stocks compras contas correntes encomendas auto-venda, pré-venda avenças multiposto gestão de filiais multi-utilizador multi-moeda multi-empresa CARACTERISTÍCAS GERAIS Extrema facilidade de utilização.

Leia mais

3. Critérios de Selecção dos Participantes (conhecimentos prévios) 1 ano de experiência na utilização do Sifarma2000

3. Critérios de Selecção dos Participantes (conhecimentos prévios) 1 ano de experiência na utilização do Sifarma2000 1. Nome do Curso/actividade Pós-Graduação Sifarma 2000 2. Destinatários Todos os colaboradores da Farmácia. 3. Critérios de Selecção dos Participantes (conhecimentos prévios) 1 ano de experiência na utilização

Leia mais

O controlo sobre os custos e utilizadores da frota

O controlo sobre os custos e utilizadores da frota PHC Frota CS O controlo sobre os custos e utilizadores da frota A solução para o controlo total sobre os custos e utilizadores da frota, a sua manutenção e o seu estado. BUSINESS AT SPEED Visite www.phc.pt

Leia mais

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal. Projecto de Informatização Parafarmácia GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão 4.11 Data: 30

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Termos Básicos Pesquisa Registo Fazendo Propostas A Minha Conta Pedindo Cotações Ajuda: Geral Bem-vindo! No texto que se segue iremos transmitir noções básicas sobre os termos e modos

Leia mais

PHC Suporte CS. Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo

PHC Suporte CS. Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo PHCSuporte CS DESCRITIVO O PHC Suporte permite a qualquer empresa com assistência a clientes pós-venda, gerir todo o seu parque instalado, a actividade de suporte ao público e a performance e produtividade

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP SENDYS - Copyright 2007 SENDYS é uma marca proprietária da Readsystem, Lda. 2 Universo

Leia mais

Microsoft Access. Nível I. Pedro Fernandes

Microsoft Access. Nível I. Pedro Fernandes Microsoft Access Nível I Introdução Objectivos Introdução; Criar tabelas; Fazer consultas; Elaborar formulários; Executar relatórios. 2 Introdução aos Sistemas de Gestão de Bases de Dados (SGBD) Desde

Leia mais

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal. Projeto de Informatização Gas GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão 4.11 A empresa Criada em

Leia mais

Acesso ao Comercial. Ajudas para trabalhar mais eficientemente com o programa

Acesso ao Comercial. Ajudas para trabalhar mais eficientemente com o programa Acesso ao Comercial Ajudas para trabalhar mais eficientemente com o programa Neste Manual são apresentados écrans preenchidos com dados para melhor exemplificar as funcionalidades do programa. O uso do

Leia mais

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais:

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: GESTÃO DE STOCKS Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: 1. Garantir que têm os artigos todos criados no Sublime 2. Fazer a contagem de todos os artigos que estão a uso, em expositores

Leia mais

EUROGEST Simplifique processos - rentabilize a sua organização

EUROGEST Simplifique processos - rentabilize a sua organização 2014 EUROGEST Simplifique processos - rentabilize a sua organização MEE-IT, LDA 01-01-2014 1/1/2014 Índice EUROGEST... 2 Principais Módulos:... 5 Matérias Primas (Componentes)... 5 Modelos fichas Técnicas...

Leia mais

SOFTWARE. Equipamentos de gestão para controlo de acessos

SOFTWARE. Equipamentos de gestão para controlo de acessos SOFTWARE Fácil utilização. Ambiente Windows XP Profissional. Controle individual dos operadores com diferentes níveis de acesso. Registo de todas as entradas, pagamentos, saídas e de anomalias. Informação

Leia mais

What s New Multi 2011. Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010

What s New Multi 2011. Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010 Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010 À Semelhança de medidas tomadas por administrações Fiscais de outros países, foi publicada em Portugal a portaria a regulamentar a Certificação

Leia mais

Implementação/Regras do Integrador ENOGESTÃO / ERP

Implementação/Regras do Integrador ENOGESTÃO / ERP Implementação/Regras do Integrador ENOGESTÃO / ERP O objectivo central desta sincronização é a utilização por parte dos clientes das funcionalidades gerais dos seus ERP s, tal como: gestão documental,

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA DE BIBLIOTECAS PORBASE 5

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA DE BIBLIOTECAS PORBASE 5 SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA DE BIBLIOTECAS PORBASE 5 O sistema PORBASE 5, versão 1.6, desenvolvido pela Mind em parceria com a Biblioteca Nacional, tem como objectivo satisfazer os requisitos de gestão

Leia mais

PartnersLink. Outubro 2010 Luis Gomes ( LGomes@efacec.com ) Efacec Switchgear (IS)

PartnersLink. Outubro 2010 Luis Gomes ( LGomes@efacec.com ) Efacec Switchgear (IS) PartnersLink Outubro 2010 Luis Gomes ( LGomes@efacec.com ) Efacec Switchgear (IS) PartnersLink O que é? O PartnersLink é o portal na Internet dos fornecedores da Efacec Aparelhagem Está acessível em http://efalink.efacec.com

Leia mais

Sequência de Demonstração de Módulo ABACO Transportes

Sequência de Demonstração de Módulo ABACO Transportes ABACO Consultores Pág. 1 Demo script V01 Sequência de Demonstração de Módulo ABACO Transportes Este documento descreve os passos necessários para criar um Serviço de Transportes no módulo ABACO Transportes,

Leia mais

Fecho de Ano WEuroGest 2000

Fecho de Ano WEuroGest 2000 Fecho de Ano WEuroGest 2000 INTRODUÇÃO Neste documento são descritos os passos a seguir para uma boa execução do fecho de ano e respectiva conversão da empresa em euros. No final é apresentada uma checklist

Leia mais

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2009 CATÁLOGO DE FORMAÇÃO INDICE INDICE...2 ÂMBITO...4 1. GESVEN - GESTÃO DE PESSOAL E VENCIMENTOS CGV02 Gestão Base de Cadastro...5 CGV03 Report Writer (Base)...5 CGV04 Processamento

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

Gestores Colaboradores com participação activa na Gestão da Farmácia Gestores e/ou Contabilistas - Conhecer ferramentas fundamentais para melhorar a Gestão da Farmácia; - Conhecer o peso Contabilístico/Fiscal

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Especificações Técnicas SIGMA Sistema de Gerenciamento de Manutenção CMMS - Sistema Computadorizado de Gestão da Manutenção Estrutura Base de Dados Plataforma O SIGMA é um software utilizado na plataforma

Leia mais

Passagem de Ano Primavera Software

Passagem de Ano Primavera Software Passagem de Ano Primavera Software Linha Profissional v 7 Manual Dezembro 2009 Procedimentos Fim de Ano A finalidade deste documento é, essencialmente, clarificar os procedimentos a considerar antes da

Leia mais

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal. Projeto de Informatização Ginásio GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão 2011 Data: 14 / 01 /

Leia mais

Gestão de Produção Indústria Têxtil e Confecções

Gestão de Produção Indústria Têxtil e Confecções Gestão de Produção Definição A Gestão de Produção para a Indústria Têxtil e Confecções associa o Controlo, Planeamento e Custeio Industrial dos vários sectores das denominadas Têxteis Verticais com o tratamento

Leia mais

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Edição 1 Agosto 2011 Elaborado por: GSI Revisto e Aprovado por: COM/ MKT Este manual é propriedade exclusiva da empresa pelo que é proibida a sua

Leia mais

Manual Gespos Propriedades

Manual Gespos Propriedades Manual Gespos Propriedades ÍNDICE O MANUAL DE PROPRIEDADES... 1 Introdução... 1 Objectivos... 1 Condições de Utilização... 1 PROPRIEDADES... 2 O que são?... 2 Configuração do sistema... 2 Aplicação das

Leia mais

Manual do usuário sistema BPM

Manual do usuário sistema BPM Manual do usuário sistema BPM Conceitos Gerais O sistema BPM visa automatizar e facilitar o controle físico contábil de bens patrimoniais móveis na Prefeitura do Município de São Paulo. Entre seus inúmeros

Leia mais

Solução de Gestão para Área de Transportes

Solução de Gestão para Área de Transportes Solução de Gestão para Área de Transportes ÁBACO Consultores v1.0 ÁBACO Consultores 2009 Agenda Solução de Visão e Objectivos Módulo de ÁBACO Consultores 2009 2 Solução de Visão ÁBACO Consultores: Disponibilizar

Leia mais

PHC Logística CS. ππ Redução de custos operacionais ππ Inventariação mais correcta e fiável ππ Optimização do tempo

PHC Logística CS. ππ Redução de custos operacionais ππ Inventariação mais correcta e fiável ππ Optimização do tempo PHCLogística CS DESCRITIVO O módulo PHC Logística permite fazer o tracking total de uma mercadoria: desde a sua recepção, passando pelo seu armazenamento, até à expedição. PHC Logística CS A solução para

Leia mais

Visão Artificial Para a Indústria. Manual do Utilizador

Visão Artificial Para a Indústria. Manual do Utilizador Visão Artificial Para a Indústria Manual do Utilizador Luis Fonseca Carvalho de Matos ( luis.matos@ua.pt ) Julho de 2007 Índice de conteúdos 1. Apresentação......1 1.Conceito de Funcionamento......1 2.

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL Automatização do processo de Controlo Ambiental Auto-controlo ambiental Sendo a Indústria que detém fontes poluidoras (Cimenteiras, Produção de energia, Incineradoras, etc.), uma das mais intervenientes

Leia mais

[Escrever texto] [Escrever texto] [Escrever texto]

[Escrever texto] [Escrever texto] [Escrever texto] [Escrever texto] [Escrever texto] [Escrever texto] Índice O que é o Primavera Express?... 4 Instalação do Software... 5 Desinstalação do Software Primavera... 6 Administrador... 7 Inicialização da Plataforma...

Leia mais

Fecho de Caixa Detalhado

Fecho de Caixa Detalhado Fecho de Caixa Detalhado O Fecho de Caixa do software XD sofreu na versão 2014 algumas alterações para ir de encontro aos pedidos dos nossos parceiros. É agora possível efetuar a conferência de caixa por

Leia mais

Módulo de Estatísticas MANUAL DO UTILIZADOR

Módulo de Estatísticas MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Versão 1.4 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2 2. REQUISITOS DO SISTEMA 3 3. CONTROLOS GERAIS DO WINDOWS 4 3.1 ESTRUTURA HIERÁRQUICA 4 3.2 CONTROLO DE DATA 5 4. INÍCIO DA UTILIZAÇÃO 8 5. IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA wgig GIGrecibos Sistema de Emissão de Recibos de Donativos Para Igrejas Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA tel: 266403273 www.vibis.com 1 Conteúdo wgig... 1 Avisos legais...

Leia mais

Portal Web de Apoio às Filiadas

Portal Web de Apoio às Filiadas Portal Web de Apoio às Filiadas Manual de Utilizador Externo Titularidade: FCMP Data: 2014-02-03 Versão: 1 1 1. Introdução 3 2. Descrição das Funcionalidades 4 2.1. Entrada no sistema e credenciação de

Leia mais

TEMA: Processo de Manutenção de Viaturas Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Processo de Manutenção de Viaturas Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Processo de Manutenção de Viaturas Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 13 de Outubro de 2014 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Carolina Esteves Pedro

Leia mais

Manual de Access 2007

Manual de Access 2007 Manual de Access 2007 Índice Introdução... 4 Melhor que um conjunto de listas... 5 Amizades com relações... 6 A Estrutura de uma Base de Dados... 8 Ambiente do Microsoft Access 2007... 9 Separadores do

Leia mais

BEM VINDO À GESTÃO DE STOCKS DO XD UNLIMITED

BEM VINDO À GESTÃO DE STOCKS DO XD UNLIMITED BEM VINDO À GESTÃO DE STOCKS DO XD UNLIMITED www.xdsoftware.pt Gestão de Stocks XD UNLIMITED 1. O que necessita para Controlar Stock...4 2. Criação de Armazéns...5 3. Configuração do Artigo...6 4. Configuração

Leia mais

Módulo Armazém. Neste módulo do OpenERP é possível gerir armazéns, movimentos de produtos, inventários, rastreabilidade, produtos, entre outros.

Módulo Armazém. Neste módulo do OpenERP é possível gerir armazéns, movimentos de produtos, inventários, rastreabilidade, produtos, entre outros. Módulo Armazém Neste módulo do OpenERP é possível gerir armazéns, movimentos de produtos, inventários, rastreabilidade, produtos, entre outros. Gestão de produtos Na gestão de produtos são apresentados

Leia mais

Controle todos os custos e utilizadores da frota

Controle todos os custos e utilizadores da frota PHC Frota CS DESCRITIVO O módulo PHC Frota CS contém ferramentas para o controlo total sobre os custos da frota, manutenção e estado da mesma. PHC Frota CS Controle todos os custos e utilizadores da frota

Leia mais

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Manual básico do Utilizador Software de Facturação e Gestão Comercial On-line Level 7 Basic, Light & Premium Este Software é fornecido com um número de

Leia mais

Ifthen Software Rua S. José, 757 4535-404 Sta Maria Lamas tlf +351 227 459 324 fax +351 227 459 006

Ifthen Software Rua S. José, 757 4535-404 Sta Maria Lamas tlf +351 227 459 324 fax +351 227 459 006 Ifthen Software Rua S. José, 757 4535-404 Sta Maria Lamas tlf +351 227 459 324 fax +351 227 459 006 info@ifthensoftware.com suporte@ifthensoftware.com www.ifthensoftware.com Gestão de Corporação de Bombeiros

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC 10º C. Planificação de. Curso Profissional de Técnico de Secretariado

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC 10º C. Planificação de. Curso Profissional de Técnico de Secretariado Escola Básica e Secundária de Velas Planificação de TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Curso Profissional de Técnico de Secretariado 10º C MÓDULO 1 FOLHA DE CÁLCULO Microsoft Excel Conteúdos

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP Financeira Recursos Humanos Operações & Logística Comercial & CRM Analytics & Reporting

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto Como efetuo a mudança de ano do Ponto de Venda? No Programa Express aceda a Tabelas Pontos de Venda Postos de Venda abrir o separador Movimentos Caixa e: -

Leia mais

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed.

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed. Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde Contacto: taxa.04@infarmed.pt 2008/Setembro NOTAS EXPLICATIVAS 1. As Declaração de Vendas a que se referem

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. Pág. 1 de 15. Actuar. Verifica r. Data: 09/05/2011 Edição: 01 Revisão: 00 Entrada em vigor:

MANUAL DA QUALIDADE. Pág. 1 de 15. Actuar. Verifica r. Data: 09/05/2011 Edição: 01 Revisão: 00 Entrada em vigor: MANUAL DA QUALIDADE Pág. 1 de 15 Planear Realizar Actuar Verifica r Rubrica: Rubrica: MANUAL DA QUALIDADE Pág. 2 de 15 INDICE: CAP. 1 - MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE 1.1. - Objectivo 1.2. - Âmbito e exclusões

Leia mais

Projecto eb.pos em Java

Projecto eb.pos em Java Projecto eb.pos em Java Introdução O presente documento apresenta de forma sucinta os principais processos de negócio e funcionalidades permitidos pelo sistema eb.pos da Eugénio Branco. Ao descrever o

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão, incluindo os de Corrupção e Infracções conexas

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão, incluindo os de Corrupção e Infracções conexas Plano de Prevenção de Riscos de Gestão, incluindo os de Corrupção e Infracções conexas Relatório Anual O presente relatório pretende demonstrar o acompanhamento e a forma como os diversos serviços do Município

Leia mais

Especificação do KAPP-PPCP

Especificação do KAPP-PPCP Especificação do KAPP-PPCP 1. ESTRUTURA DO SISTEMA... 4 1.1. Concepção... 4 2. FUNCIONALIDADE E MODO DE OPERAÇÃO... 5 3. TECNOLOGIA... 7 4. INTEGRAÇÃO E MIGRAÇÃO DE OUTROS SISTEMAS... 8 5. TELAS E RELATÓRIOS

Leia mais

4200-314 PORTO 1250-102 LISBOA Telef. 22 5512000 Telef. 21 3976961/2 Fax 22 5512099 Fax 21 3962187

4200-314 PORTO 1250-102 LISBOA Telef. 22 5512000 Telef. 21 3976961/2 Fax 22 5512099 Fax 21 3962187 Gestão Definição A Gestão determina as características da actividade da empresa no mercado, controlando as relações entre a tesouraria, o potencial e a rotação de produtos, os vendedores, os clientes,

Leia mais

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade Introdução Desenvolvido segundo um modelo de bases de dados relacionais, podem ser realizadas personalizações à medida de cada empresa, em conformidade com o Sistema de Informação existente e diversas

Leia mais

GESTÃO DE OBRAS VERSÃO 4.83

GESTÃO DE OBRAS VERSÃO 4.83 GESTÃO DE OBRAS VERSÃO 4.83 Petronilho, Magalhães & Ramalhete, Lda. Rua Sarmento de Beires, 23 B 1900-410 LISBOA Telfs.: 218 472 590 1 2 URL: www.pmr.pt E-Mail: pmr@mail.telepac.pt FTP: ftp.pmr.pt CONTEÚDO

Leia mais

Solução de Auto-Venda

Solução de Auto-Venda Solução de Auto-Venda A Problemática Vendedores sem acesso a dados vitais para o seu trabalho Vendedores limitados e condicionados pelo escritório Pouca eficácia na gestão das vendas Solução Competitividade

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) /curriculum Julho de 2008 Versão 1.1 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador da Plataforma

Leia mais

TEMA: Oficinas Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Oficinas Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Oficinas Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 25 de fevereiro de 2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Pedro Direito www.escritadigital.pt ÍNDICE

Leia mais

FERRAMENTAS E SOLUÇÕES DE APOIO À GESTÃO E MANUTENÇÃO DE ATIVOS

FERRAMENTAS E SOLUÇÕES DE APOIO À GESTÃO E MANUTENÇÃO DE ATIVOS FERRAMENTAS E SOLUÇÕES DE APOIO À GESTÃO E MANUTENÇÃO DE ATIVOS Ivo BRAGA 1 RESUMO Os Serviços de manutenção exigem cada vez mais um elevado nível de complexidade. Mesmo a nível local onde o grau de especialização

Leia mais

Direcção Regional de Educação do Algarve

Direcção Regional de Educação do Algarve MÓDULO 1 Folha de Cálculo 1. Introdução à folha de cálculo 1.1. Personalização da folha de cálculo 1.2. Estrutura geral de uma folha de cálculo 1.3. O ambiente de da folha de cálculo 2. Criação de uma

Leia mais

Porque as suas regras de negócio são específicas, precisa de uma sua solução de gestão que permite gerir essa diferença.

Porque as suas regras de negócio são específicas, precisa de uma sua solução de gestão que permite gerir essa diferença. Porquê NEXT Vision Porque as suas regras de negócio são específicas, precisa de uma sua solução de gestão que permite gerir essa diferença.... Poder de adaptação Porque cabe a si decidir como pretende

Leia mais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais Manual de Procedimentos Câmaras Municipais índice PÁGINA INICIAL... 4 1. Acesso à área reservada... 4 2. Recuperar senha de acesso... 4 3. Lembrar palavra-passe... 5 4. Consulta de legislação relacionada

Leia mais