Introdução Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Classes Estoque Fácil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Classes Estoque Fácil"

Transcrição

1 UFCG Introdução Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Classes Estoque Fácil Arthur Silva Freire Caio César Meira Paes Carlos Artur Nascimento Vieira Matheus de Araújo Maciel Tiago Brasileiro Araújo Engenharia de Software 1 Rohit Gheyi

2 Introdução Após coletar os requisitos funcionais do cliente, modelamos os diagramas de classes e de casos de uso para diminuir o nível de abstração sobre o escopo do projeto. Tentando segmentar as principais solicitações do cliente, dividimos o software em oito grandes assuntos para os casos de uso. A partir de cada assunto nós definimos os casos de uso associados e dividimos a implementação e testes dessas funcionalidades ao longo de quatro milestones no desenvolvimento. A s s i m c o m o p o d e s e r v i s t o n o a r q u i v o d o O p e n P r o j (EstoqueFacil_Planejamento_Total.pod), modelamos e vamos implementar as funcionalidades de acordo com a ordem de importância para o cliente.

3 Diagramas de Casos de Uso Os assuntos estão organizados por ordem de prioridade para o sistema: Gerenciamento do Estoque Venda de Produto Comunicação entre Lojas e Estoque Criação e envio de notificações Geração de Relatórios de Vendas Geração de Relatórios de Desempenho Recomendação de Produtos Programa de Pontos de Fidelidade

4 Diagramas Os diagramas de Casos de Uso estão organizados de acordo com os assuntos listados acima. Gerenciamento do Estoque Este diagrama explica como o sistema Estoque Fácil será utilizado de acordo com o modelo de negócio vigente na loja do cliente, para as ações de inserção, remoção, atualização e busca de produtos no estoque. Figura 1. Diagrama de casos de uso para o gerenciamento de produtos no estoque.

5 Venda de Produto Nesse diagrama, visamos explicar como funcionarão as ações relacionadas à venda de produtos. De acordo com explicações do cliente do projeto, percebemos que essas ações serão efetuadas por um funcionário da loja, que realiza a listagem e venda de produtos de acordo com os produtos escolhidos pelos clientes, presencialmente, no balcão da loja. Figura 2. Diagrama de casos de uso para a venda de produtos na loja.

6 Comunicação entre Lojas e Estoque Como o sistema deve ser implantado para o estoque do cliente e estar disponível para ser ativado e utilizado em mais de uma loja, consideramos necessário a modelagem de um diagrama de casos de uso que detalhe melhor como será a comunicação entre as lojas e o estoque. Essa comunicação acontece quando um funcionário decide encomendar que vários produtos, já vendidos para clientes, sejam trazidos do estoque para a loja, para repor os produtos da loja, ou para que sejam entregues aos clientes. Figura 3. Diagrama de casos de uso que representa as ações executadas pelos funcionários da loja e pelo sistema, para promover o transporte de mercadorias entre o estoque e a loja.

7 Criação e envio de notificações O diagrama a seguir visa explicar quais são os comportamentos relacionados ao uso de notificações para que o sistema responsável pelo estoque informe ao administrador da loja que um produto está perto de acabar, ou que uma determinada quantidade (escolhida pelo administrador) foi alcançada. Esse requisito visa prevenir o administrador de se deparar com a falta inesperada de produtos no estoque. Figura 4. Diagrama de casos de uso que representa os comportamentos relacionados ao assunto criação de notificações e o caso de lançamento de uma notificação.

8 Geração de Relatórios de Vendas O diagrama a seguir explana o assunto de geração de relatório, por parte do administrador, para obter dados sobre o balanço de caixa de uma ou mais lojas da empresa e escolhendo, para isso, um determinado período de coleta desses dados. Figura 5. O diagrama explica os casos de uso que o administrador e o sistema realizam promover a geração de relatórios sobre as vendas da empresa.

9 Geração de Relatórios de Desempenho Similar ao assunto tratado no item anterior, esse assunto se baseia na geração de relatórios, porém o foco dos dados contidos nesses relatórios são para uma avaliação do desempenho individual e/ou coletivo dos funcionários da empresa. Nesses relatórios podem ser incluídos dados sobre as quantidades de itens vendidos por cada funcionário, ou estatísticas sobre a relação entre o funcionário e o tipo de produto vendido. Com essas ações, visamos facilitar a avaliação que o administrador tem sobre os seus empregados. Figura 6. Diagrama de caso de uso que demonstra como o administrador da empresa obtém relatórios sobre o desempenho de seus funcionários.

10 Recomendação de Produtos O sistema de recomendações planejado para o Estoque Fácil inclui o cadastro de produtos com indicação de pontos para a proximidade entre produtos por setor. No momento da venda o sistema verificará quais produtos são recomendados à serem adicionados na venda, de acordo com a relação de proximidade entre os tipos de produto e ao valor do troco da operação. Figura 5. Diagrama de casos de uso para representar o funcionamento do sistema de recomendação de produtos, no momento da venda.

11 Programa de Pontos de Fidelidade O cliente solicitou a implementação de um programa de pontos de fidelidade para a troca de produtos, por cliente cadastrado. A troca de produtos pode ocorrer em duas situações. Quando o cliente comprar um produto com dinheiro vivo pontos são adicionados no cartão dele e o cliente pode pagar alguns produtos com seus pontos de fidelidade. O sistema tem um foco em promover a volta de clientes à loja. Figura 5. Diagrama de Casos de Uso para representar o assunto do sistema de Pontos de Fidelidade.

12 Fluxo de Eventos A seguir, estão apresentados os fluxos de eventos de todos os casos de uso apresentados nos diagramas acima. Nome: Iniciar Venda Identificador: UC 01 Pré-condições: Nenhuma. Pós-condições: Uma venda, com uma lista de produtos e quantidades respectivas deve estar pronta, aguardando a sua confirmação. 1. O funcionário indica que quer iniciar uma nova venda; 2. O funcionário deve adicionar novos produtos [include UC 02] à venda em execução e indicar as quantidades desejadas; 3. A lista de produtos está pronta aguardando confirmação e forma de pagamento; Fluxo Alternativo A - Desistência de produto: A.2 Durante a venda, o cliente decidiu que não quer mais comprar um determinado produto ou que o produto selecionado não é o seu desejado; A.3 O funcionário realiza a remoção do produto da venda [extend UC 03]; Fluxo Alternativo B - Desistência da venda: B.2 Durante a venda, o cliente decidiu que não quer comprar nada; B.3 O funcionário cancela a venda [exclude UC 06]; Nome: Adicionar Produtos à Venda Identificador: UC 02 Pré-condições: Uma venda deve ter sido iniciada ou estar ainda não confirmada. Pós-condições: O produto e quantidade selecionados estarão adicionados à venda escolhida.

13 1. O funcionário seleciona os produtos escolhidos pelo cliente e indica a quantidade desejada; 2. O sistema verificará se os produtos escolhidos estão disponíveis [include UC 04] na quantidades indicadas; 3. Os produtos serão adicionados à lista de compras da venda atual; 4. O sistema marca os produtos [include UC 05] como SENDO VENDIDO para evitar que duas compras concorrentes vendam o mesmo produto para dois clientes; Fluxo Alternativo A - Falta de Produto: A.2 O sistema verificou que não existe a quantidade indicada para o produto escolhido; A.3 O sistema indica ao funcionário que a adição do produto não pode ser realizada; momento; A.4 O sistema indica ao funcionário qual a quantidade máxima que está disponível no Nome: Remover Produto da Venda Identificador: UC 03 Pré-condições: Uma venda deve ter sido iniciado e ainda não confirmada. Pós-condições: O produto será removido da lista desta venda. 1. O funcionário seleciona o produto que deve ser removido da venda; 2. O produto é removido da lista da venda; Nome: Verificar Disponibilidade de Produto Identificador: UC 04 Pré-condições: Nenhuma. Pós-condições: Será indicado se o produto existe ou não na quantidade procurada. 1. O sistema recebe um produto e uma quantidade para realizar a verificação; 2. O sistema verifica se o produto existe no estoque, na quantidade indicada; 3. É indicado se o produto está disponível na quantidade indicada ou não;

14 Fluxo Alternativo A - Produto não cadastrado: A.2 O sistema não consegue achar o produto no estoque porque ele não possui cadastro ainda; A.3 O sistema indica ao usuário que o produto não está cadastrado e pergunta se o usuário deseja cadastrá-lo neste momento; Nome: Marcar Produto para Venda Identificador: UC 05 Pré-condições: O produto deve existir no estoque na quantidade indicada. Pós-condições: O tipo de produto indicada terá a quantidade indicada de itens marcados como SENDO VENDIDO. 1. O sistema recebe um tipo de produto e uma quantidade; 2. O sistema marca esta quantidade de produtos para a situação SENDO VENDIDO ; Nome: Cancelar Venda Identificador: UC 06 Pré-condições: Uma venda deve ter sido iniciada e ainda não confirmada. Pós-condições: A venda será completamente cancelada. 1. O funcionário escolhe uma venda e indica que deseja cancelá-la; 2. O sistema pergunta se o funcionário deseja realmente fazer a ação; 3. A venda é cancelada; Nome: Realizar Venda Identificador: UC 07 Pré-condições: Uma venda deve ter sido iniciada e ainda não confirmada. Pós-condições: A venda estará confirmada. 1. O funcionário escolhe qual venda deseja confirmar;

15 2. O funcionário escolhe a forma de pagamento; 3. O funcionário confirma a venda; 4. A nota fiscal é impressa [include UC 08]; 5. O sistema fará a baixa dos produtos da venda no estoque [include UC 09]; Nome: Imprimir Nota Fiscal Identificador: UC 08 Pré-condições: Uma venda deve ter sido confirmada. Pós-condições: A nota fiscal estará impressa. 1. O funcionário escolhe a venda confirmada que deseja imprimir a nota fiscal; 2. A nota fiscal é impressa; Nome: Decrementar Produto no Estoque Identificador: UC 09 Pré-condições: O produto deve existir na quantidade indicada e ter marcação SENDO VENDIDO. Pós-condições: O produto estará marcado como VENDIDO e estará decrementado da quantidade disponível no estoque. 1. O sistema recebe ordem para decrementa um tipo de produto para uma certa quantidade; 2. O sistema marca o produto como VENDIDO e decrementa a quantidade indicada da quantidade total disponível; Nome: Autenticar-se Identificador: UC 10 Pré-condições: Nenhuma. Pós-condições: O funcionário estará autenticado e não precisará refazer essa ação para qualquer outra atividade, até se deslogar.

16 1. O administrador indica que deseja se autenticar no sistema; 2. O administrador indica seu login e sua senha; Fluxo Alternativo A - Login incorreto: A.2 Foi verificado que o login digitado não é existente no sistema; novamente; A.3 O sistema mostra o problema encontrado para o usuário e solicita os dados Nome: Criar Notificação para o Produto Identificador: UC 11 Pré-condições: O administrador deve ter efetuado a autenticação [include UC 10] no sistema. Pós-condições: A notificação configurada pelo administrador deve estar criada e sendo verificada a partir deste momento. 1. O administrador indica que quer criar uma nova notificação; 2. O administrador seleciona sobre qual produto ele quer ser notificado; 3. O sistema verifica se o produto escolhido possui... Fluxo Alternativo A - A quantidade de produtos no estoque é menor que a quantidade escolhida para notificação: A.3 O sistema verifica que a quantidade de produtos mínimos para a notificação é maior que a quantidade atual do estoque. A.4 O sistema não permite a criação da notificação e solicita que o usuário escolha outra quantidade para o produto selecionado. Nome: Alterar Notificação para Produto Identificador: UC 12 Pré-condições: Uma notificação já deve existir e o administrador deve estar autenticado [include UC 10].

17 Pós-condições: A notificação terá sido alterada. 1. O administrador indica que deseja alterar uma notificação existente; 2. O administrador altera os dados desejados n notificação; 3. A notificação será alterada e salva; Nome: Remover Notificação de Produto Identificador: UC 13 Pré-condições: Uma notificação deve existir e o administrador deve estar autenticado [include UC 10]. Pós-condições: O produto não terá nenhuma notificação indicada para ele. 1. O administrador escolhe a notificação que deseja remover do produto; 2. A notificação é removida do produto; Nome: Listar Notificações Ativas Identificador: UC 14 Pré-condições: O administrador deve estar autenticado no sistema [include UC 10]. Pós-condições: Nenhuma. 1. O administrador indica que deseja visualizar todas as notificações ativas no sistema; 2. Todas as notificações ativas são mostradas para o administrador; Nome: Visualizar Notificações Recebidas Identificador: UC 15 Pré-condições: O administrador deve estar autenticado. Pós-condições: Nenhuma. 1. O administrador indica que deseja visualizar as notificações que foram lançadas;

18 2. O administrador visualiza o histórico de notificações lançadas; Nome: Notificar Administrador Identificador: UC 16 Pré-condições: O sistema deve ter realizado uma operação de venda ou despachado um pedido entre os repositórios e verificado que um determinado produto alcançou a quantidade indicada numa notificação existente. Pós-condições: O administrador da empresa terá recebido um aviso que sua notificação foi lançada. 1. O sistema verificou que houve mudança do número itens de um determinado produto; 2. O sistema percebeu que a quantidade existente de um determinado produto é inferior à quantidade especificada em uma notificação; 3. A notificação é lançada e um aviso é enviado para o administrador; Nome: Definir Tipo de Relatório de Vendas Identificador: UC 17 Pré-condições: O administrador deve ter efetuado a autenticação [include UC 01] no sistema. Pós-condições: Nenhuma. 1. O administrador indica que quer obter um relatório de vendas; 2. O administrador seleciona o modelo do relatório; Nome: Gerar Relatório de Vendas Identificador: UC 18 Pré-condições: O sistema precisa ter recebido um tipo de relatório desejado. Pós-condições: Será gerado um relatório de acordo com os dados existentes nas lojas e no estoque da empresa.

19 1. Foi solicitado que o sistema gerasse um relatório de vendas, de acordo com um tipo; 2. O sistema realiza a pesquisa de acordo com o tipo de relatório indicado [include UC 19]; 3. Com base nos dados pesquisados, o sistema gera o relatório solicitado; Nome: Pesquisas Dados Sobre Vendas Identificador: UC 19 Pré-condições: O sistema deve receber um escopo de dados e locais nos quais deve pesquisar tais dados. Pós-condições: O sistema terá pesquisado os dados solicitados. 1. É solicitado que o sistema pesquise alguns dados em determinadas bases de dados do sistema; 2. O sistema realiza a busca solicitada; Nome: Imprimir Relatório Identificador: UC 20 Pré-condições: O relatório deve existir. Pós-condições: O relatório estará impresso. 1. O funcionário indica que quer imprimir um relatório existente; 2. O relatório é impresso; Nome: Salvar Relatório Identificador: UC 21 Pré-condições: O relatório deve ter sido criado. Pós-condições: O relatório estará salvo no sistema. 1. O administrador escolhe um relatório recém criado e indica que quer salvá-lo;

20 2. O relatório é salvo; Nome: Visualizar Relatório Gerado Identificador: UC 22 Pré-condições: O administrador deve ter selecionado um relatório gerado. Pós-condições: Nenhuma. 1. O administrador escolhe um relatório para ser visualizado; 2. O relatório é aberto exibido na tela; Nome: Definir Tipo de Relatório de Desempenho Identificador: UC 23 Pré-condições: O administrador deve ter efetuado a autenticação [include UC 01] no sistema. Pós-condições: Nenhuma. 1. O administrador indica que quer obter um relatório de desempenho; 2. O administrador escolhe qual ou quais funcionários estarão listados no relatório; 3. O administrador seleciona o modelo do relatório, indicando a data de busca para o relatório e o tipo de dado que quer pesquisar; 4. O tipo de relatório a ser gerado é definido; Nome: Gerar Relatório de Desempenho Identificador: UC 24 Pré-condições: O sistema precisa ter recebido um tipo de relatório desejado. Pós-condições: Será gerado um relatório de acordo com os dados existentes nas lojas e no estoque da empresa, para o desempenho dos funcionários. 1. Foi solicitado que o sistema gerasse um relatório de desempenho, de acordo com um tipo e funcionários indicados;

21 2. O sistema realiza a pesquisa de acordo com o tipo de relatório indicado [include UC 19]; 3. Com base nos dados pesquisados, o sistema gera o relatório solicitado; Nome: Editar recomendação Identificador: UC 25 Pré-condições: O usuário deverá ter passado a recomendação para editá-la. Pós-condições: A recomendação deverá ter o atributo desejado alterado. 1. O usuário escolhe qual atributo da recomendação será alterado; 2. O novo valor para o atributo é passado; Fluxo Alternativo R - Atributo inválido: R.3 Foi verificado que o valor do atributo passado é inválido; R.4 O sistema mostra o problema encontrado para o usuário e solicita novos dados; Nome: Remover recomendação Identificador: UC 26 Pré-condições: O usuário deverá ter passado a recomendação para o sistema inutilizá-la. Pós-condições: A recomendação será inutilizada e não contará como recomendação até que seja reativada. 1. O usuário indica que a recomendação de um produto deverá ser removida; Nome: Listar recomendações para o produto Identificador: UC 27 Pré-condições: O sistema deverá ter um produto como base para a pesquisa. Pós-condições: O sistema retornará todas as recomendações para o produto. 1. O sistema pesquisa uma por uma as recomendações existentes; 2. O sistema organiza em uma coleção as recomendações para o produto passado;

22 Fluxo Alternativo R - Não existem recomendações para o produto. R.3 O sistema verifica que não existem recomendações para o produto; encerrada; R.4 Uma coleção vazia é retornada e a execução deste e de próximos UC na fila é Nome: Listar principais recomendações para um produto Identificador: UC 28 Pré-condições: O sistema possuir dados retornados pela 'UC 03R' Pós-condições: O sistema retornará as cinco recomendações,com maior pontuação, para o produto. 1. O sistema pesquisa uma por uma as recomendações para o produto; 2. Organiza os dados de acordo com a ordem maior pontuação > menor pontuação; Nome: Adicionar Pontos á recomendação Identificador: UC 29 Pré-condições: O sistema ter encontrado uma recomendação correspondente a uma venda ou adição de produto ao estoque e um tipo. Pós-condições: A recomendação terá sua pontuação por tipo acrescida de um valor. 1. O sistema pega uma quantidade de pontos base; 2. A quantidade de pontos é adicionada utilizando o UC 01R; Nome: Recomendar produto por tipo. Identificador: UC 30 Pré-condições: O sistema possuir dados retornados pelo UC 03R e um tipo de recomendação (Compra Conjunta, Mesmo setor, Troco) Pós-condições: O sistema deverá retornar a recomendação com maior pontuação do tipo passado

23 1. Então organiza os dados por maior pontuação > menor pontuação do tipo passado. Nome: Criar recomendação para o produto. Identificador: UC 31 Pré-condições: O sistema deverá ter realizado uma operação de venda ou adição de produto ao estoque; Pós-condições: É criada uma recomendação para o produto. 1. O sistema cria uma recomendação com dados sobre os produtos passados; 2. Utiliza o UC 05R para adicionar pontos à recomendação; Fluxo Alternativo R - A recomendação criada já existe. R.1 O sistema verifica que a recomendação criada já existe; R.2 Trata o erro e encerra a execução do use case; Nome: Calcular pontuação para recomendação. Identificador: UC 32 Pré-condições: O sistema deverá ter encontrado a recomendação correspondente. Pós-condições: Um valor em pontuação deverá ser retornado. 1. De acordo com os pontos de cada tipo da recomendação passado, multiplica cada um por uma porcentagem base diferente; 2. Soma os resultados; Nome: Cadastrar Produto Identificador: UC 33 Pré-condições: O ator deve estar autenticado. Pós-condições: O novo produto deve estar adicionado a lista de produtos existentes na loja.

24 1. O funcionário fornece todas as informações sobre o novo produto e realiza o cadastro do mesmo; Nome: Remover Produto Identificador: UC 34 Pré-condições: O ator deve estar autenticado. Pós-condições: O produto referido não deve existir na lista de produtos existentes na loja. 1. O funcionário fornece o nome ou código de identificação do produto a ser removido; 2. O sistema pesquisa pelo produto e efetua a remoção; Nome: Repor Estoque Identificador: UC 35 Pré-condições: O ator deve estar autenticado. Pós-condições: A quantidade do(s) produto(s), do estoque, selecionados tem que estar acrescidas da quantidade definida pelo funcionário. 1. O funcionário seleciona o(s) produto(s) de uma lista gerada pelo sistema, e as respectivas quantidades a serem repostas; 2. O sistema pesquisa pelo(s) produto(s); 3. O sistema altera as respectivas quantidades; 4. O sistema finaliza a atualização de estoque; Nome: Atualizar Estoque após Venda Identificador: UC 36 Pré-condições: O ator deve estar autenticado e deve ter realizado uma venda [include UC 07]. Pós-condições: A quantidade do(s) produto(s), do estoque, selecionados tem que estar decrescidas da quantidade que consta na venda. 1. O sistema resgata a lista de produtos que fizeram parte da venda acontecida; 2. O sistema pesquisa por cada um do(s) produto(s) da lista;

25 3. O sistema decrementa a quantidade do(s) produtos(s) com base na quantidade existente na venda [include UC 37]; 4. O sistema finaliza a atualização de estoque; Nome: Alterar Informações do Produtos Identificador: UC 37 Pré-condições: O ator deve estar autenticado. Pós-condições: As informações do produto devem estar atualizadas. 1. O funcionário informa as novas características do produto; 2. O sistema realiza a alteração dos dados do produto; Nome: Alterar Quantidade do Produto Identificador: UC 38 Pré-condições: O ator deve estar autenticado. Pós-condições: A quantidade atual do(s) produto(s) devem estar de acordo como o desejado pelo funcionário(por meio de acréscimo ou decréscimo do estoque) 1. O sistema recebe, do funcionário, o produto e a quantidade a ser acrescida ou decrescida; 2. O sistema altera a quantidade do produto referido; Nome: Pesquisar Produto Identificador: UC 39 Pré-condições: Remover Produto ou Repor Estoque ou Alterar Estoque após Venda. Pós-condições: Listagem do(s) produto(s) requerido(s) pelo funcionário. 1. Recebe a seleção dos produto(s) desejado(s) pelo funcionário; 2. Lista o(s) respectivo(s) produto(s); Nome: Finalizar Atualização de Estoque Identificador: UC 40 Pré-condições: Alterar Informação do Produto ou Alterar Quantidade do Produto.

26 Pós-condições: O estoque estará atualizado e sem inconsistências. 1. O sistema verifica se existe alguma conexão com o banco de dados; 2. O sistema fecha qualquer conexão existente; Nome: Cadastrar Cliente Identificador: UC 41 Pré-condições: O ator deve estar autenticado. Pós-condições: O cliente deve estar na lista de clientes do programa de fidelidade. 1. O funcionário fornece as informações do cliente a ser inserido; 2. O cliente é inserido; Nome: Remover Cliente Identificador: UC 42 Pré-condições: O ator deve estar autenticado. Pós-condições: O cliente não deve estar mais na lista de clientes do programa de fidelidade. 1. O funcionário fornece o nome do cliente a ser removido; 2. O sistema pesquisa o referido cliente; 3. O cliente é removido do programa de fidelidade; Nome: Alterar Informações do Cliente Identificador: UC 43 Pré-condições: O ator deve estar autenticado.. Pós-condições: As informações do cliente devem estar alteradas. 1. O funcionário informa o nome do cliente e as informações a serem alteradas; 2. O sistema pesquisa pelo referido cliente; 3. O sistema realiza a alteração dos dados do cliente;

27 Nome: Escolher Forma de Pagamento Identificador: UC 44 Pré-condições: Iniciar uma Venda. Pós-condições: A pontuação deve ter sido contabilizada e a venda terminada. 1. O funcionário informa a escolha do cliente em relação a forma de pagamento; 2. Se o cliente escolheu pagar em dinheiro, o sistema irá creditar pontos no cartão de fidelidade; Fluxo Alternativo A : A.2 Se o cliente escolheu pagar com pontos do cartão de fidelidade, o sistema irá debitar pontos do cartão de fidelidade; Nome: Creditar Pontos Identificador: UC 45 Pré-condições: O cliente deve ter pago em dinheiro. Pós-condições: Os pontos devem ter sido creditados no cartão de fidelidade. 1. O sistema vai verificar a validade dos dados do cliente; 2. O sistema vai calcular quantos pontos vão ser creditados; 3. O sistema vai creditar os pontos; Nome: Debitar Pontos Identificador: UC 46 Pré-condições: O cliente deve ter pago utilizando os pontos de fidelidade. Pós-condições: Os pontos devem ter sido debitados do cartão de fidelidade. 1. O sistema vai verificar a validade dos dados do cliente; 2. O sistema vai calcular quantos pontos vão ser debitados; 3. O sistema vai debitar os pontos do cartão de fidelidade; Nome: Verificar Dados do Cliente Identificador: UC 47

28 Pré-condições: O cliente possuir um cadastro no programa de fidelidade e apresentar o cartão do mesmo. Pós-condições: Nenhuma. 1. O sistema vai pesquisar o cliente; 2. O sistema vai compara os dados fornecidos pelo cliente com os dados existentes no cadastro do mesmo; 3. O sistema vai verificar a validade do cartão; 4. O sistema vai liberar a transferência de pontos; Nome: Verificar Validade do Cartão Identificador: UC 48 Pré-condições: O cliente ter apresentado o cartão do programa de fidelidade. Pós-condições: Nenhuma. 1. O sistema vai verificar se o saldo do cartão é valido; 2. O sistema vai liberar a transferência de pontos; Nome: Verificar Saldo do Cartão Identificador: UC 49 Pré-condições: O cliente ter apresentado o cartão do programa de fidelidade. Pós-condições: Nenhuma. 1. O sistema vai verificar o saldo do cartão e calcular se ele é suficiente; 2. Se o saldo for suficiente o sistema vai liberar a transferência de pontos; Fluxo Alternativo: A.1 Caso o saldo seja insuficiente, o sistema vai cancelar a venda; Nome: Pesquisar Cliente Identificador: UC 50 Pré-condições: O cliente deve ter escolhido a forma de pagamento ou o funcionário vai remover um cliente.

29 Pós-condições: Nenhuma. 1. O funcionário informa o nome ou código do cliente a ser pesquisado; 2. O sistema pesquisa o cliente; Nome: Calcular Valor do Produto em Pontos de Fidelidade Identificador: UC 51 Pré-condições: Escolha de forma de pagamento. Pós-condições: Nenhuma. 1. O sistema vai verificar os produtos que foram contemplados pela compra; 2. Baseado em definições do administrador, o sistema vai calcular quantos pontos vale a transação referida;

30 Diagramas de Classes A seguir estão os nossos diagramas de classes. V i s a n d o f a c i l i t a r a visualização das principais classes e relações no s i s t e m a, m o n t a m o s inicialmente um diagrama com todas as classes do sistema e posteriormente nós realizamos a divisão de pacotes principais para uma visualização mais focada. Venda O diagrama ao lado representa o pacote venda. Nesse pacote estão as p r i n c i p a i s c l a s s e s envolvidas na realização de uma venda. A classe abstrata Repositório é a superclasse para os estoques e lojas da empresa. As vendas são armazenadas na lojas, mas possuem uma referência que indica qual funcionário realizou a venda.

31 Empresa O diagrama abaixo explica como planejamos as principais entidades e relações diretas com a classe empresa. No diagrama, observa-se que a Empresa é a classe responsável pelo gerenciamento dos relatórios de vendas e por manter o cadastro dos seus Clientes. Já a parte de gerenciamento dos funcionários é delegada à classe Repositórios. Para a geração de relatórios de vendas obtém-se as vendas a partir dos repositórios do tipo Loja. Para cada loja poderemos pesquisar as vendas realizadas e quem foi o funcionário que à realizou. Assim, também são precisos poucos passos para a geração de um relatório de desempenho.

32 Recomendação O próximo diagrama ilustra as classes envolvidas no sistema que promove a recomendação de produtos durante uma venda. A ideia da recomendação parte a partir da hora de cadastro dos produtos. Quando um novo tipo de produto for cadastrado no sistema, o funcionário pode indicar quais produtos existentes no sistema são similares ao produto sendo cadastrado. Quando um produto estiver incluído numa venda, ele vai ser utilizado pelo algoritmo de cálculo de semelhança entre produtos e o valor do produto é comparado ao valor do troco da venda. Além dos dois fatores indicados acima, também será avaliado se uma série de produtos são sempre comprados em conjunto.

33

34 Estoque Fácil O diagrama apresentado a seguir contém todas as classes do software. A sua visualização facilita a compreensão das relações entre os diferentes pacotes e subsistemas.

Engenharia Requisitos Estudo de caso

Engenharia Requisitos Estudo de caso Engenharia Requisitos Estudo de caso Auxiliadora Freire Fonte: Engenharia de Software 8º Edição / Ian Sommerville 2000 Slide 1 Sistema de Matricula Auxiliadora Freire Fonte: Engenharia de Software 8º Edição

Leia mais

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Universidade Estadual do Oeste do Paraná Universidade Estadual do Oeste do Paraná Estudo de Requisitos de um software para uma loja de lentes de contato Bruno Eduardo Soares Leonardo Zanotto Baggio Maykon Valério da Silva Cascavel, 10 de Junho

Leia mais

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Especificação de Requisitos do Software Sistema de Gerenciamento de Restaurantes IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Equipe: Jacinto Filipe -

Leia mais

Engenharia de Softwares e Sistema IF682 (2012.1) Bruno Medeiros(bmo@cin.ufpe.br)

Engenharia de Softwares e Sistema IF682 (2012.1) Bruno Medeiros(bmo@cin.ufpe.br) Engenharia de Softwares e Sistema IF682 (2012.1) Bruno Medeiros(bmo@cin.ufpe.br) Algumas definições Engenharia de Software conjunto de tecnologias e práticas usadas para construir software de qualidade

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 1)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 1) Modelagem de Casos de Uso (Parte 1) Roteiro Introdução Descrição: Sistema de Ponto de Vendas Casos de Usos Atores Fluxo de Eventos Cenários Formato de Documentação de Casos de Uso Diagramas de Casos de

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

Modelagem Estática. Modelagem Estática. INF318 - Análise Orientada a Objetos e Projeto Arquitetural

Modelagem Estática. Modelagem Estática. INF318 - Análise Orientada a Objetos e Projeto Arquitetural Modelagem Estática Grupo 3: Caio Gomes Geovane Godoi Leonardo Tamura Roberto Honda Rosana Fagundes Talita Malaquias Página 1 1. Índice 1. Índice... 2 2. Caso de Uso #04 Reservar pacote... 3 3. Caso de

Leia mais

Versão <1.0> Documento de Requisitos. Documento de Requisitos. Equipe:

Versão <1.0> Documento de Requisitos. Documento de Requisitos. Equipe: Versão Documento de Requisitos Documento de Requisitos Equipe: Bruno Harada (bhhc) Edilson Augusto Junior (easj) José Ivson Soares da Silva (jiss) Pedro Rodolfo da Silva Gonçalves (prsg) Raphael

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Trabalho 2 Modelagem Dinâmica do Sistema ViajarFácil.com.br Disciplina: INF318 - Modelagem Orientada a Objetos e Projeto Arquitetural Profa. Dra. Cecília M. F. Rubira Equipe 5 Jeniffer

Leia mais

Gerenciador Financeiro CITi. Gerenciador Financeiro CITi

Gerenciador Financeiro CITi. Gerenciador Financeiro CITi (Sistema de Gerenciamento Financeiro) Especificação dos Requisitos do Software Gerenciador Financeiro CITi Versão 1.0 Autores: Bruno Medeiros de Oliveira Igor Rafael Medeiros Pedro Araújo de Melo Tiago

Leia mais

Documento de Casos de Uso. MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho

Documento de Casos de Uso. MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho Documento de Casos de Uso MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho 1. Índice 2. Introdução 3 3. Descrição dos atores 3 4. Diagrama de caso de uso 4 5. 5.1 5.2

Leia mais

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor Sistema de Gerenciamento de Loja - SIGEL Documento de Visão Versão 1.0.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 13/01/2011 0.1 Versão preliminar do levantamento de requisitos funcionais e não

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO CASO DE USO: INCLUIR CLIENTE Sumário: este caso de uso se inicia quando o usuário precisa incluir um cliente no sistema. Atores: Atendente Pré-condições: Documentação do

Leia mais

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Bônus impresso para premiação do cliente

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Bônus impresso para premiação do cliente Pendências 19342 Versão 2006 Release 53 Autor Jaciara Processo: Vendas Nome do Processo: Bônus impresso para premiação do cliente Acesso VENDAS Força de Vendas Bônus Motivação Administrar a distribuição

Leia mais

Especificação dos Requisitos do Software. White Label

Especificação dos Requisitos do Software. White Label Ubee Especificação dos Requisitos do Software White Label Review 0.3 Autores: Airton Sampaio de Sobral (asds@cin.ufpe.br) Alan Gomes Alvino (aga@cin.ufpe.br) Glauco Roberto Pires dos Santos (grps@cin.ufpe.br)

Leia mais

Modelos de Sistemas Casos de Uso

Modelos de Sistemas Casos de Uso Modelos de Sistemas Casos de Uso Auxiliadora Freire Fonte: Engenharia de Software 8º Edição / Ian Sommerville 2000 Slide 1 Casos de Uso Objetivos Principais dos Casos de Uso: Delimitação do contexto de

Leia mais

Página 1. Manual do Operador de Caixa

Página 1. Manual do Operador de Caixa Página 1 Manual do Operador de Caixa Página 2 Sumário Conhecendo a tela de abertura do sistema... 03 Tela principal do sistema... 05 Tela de consulta... 06 Inserir clientes na venda... 07 Funções especiais...

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Trabalho 1 Modelagem Estática do Sistema ViajarFácil.com.br Disciplina: INF318 - Modelagem Orientada a Objetos e Projeto Arquitetural Profa. Dra. Cecília M. F. Rubira Equipe 5 Jeniffer

Leia mais

Documentação de visão: Sistema de Controle de ponto eletrônico para empresas. Documentados por: Halison Miguel e Edvan Pontes

Documentação de visão: Sistema de Controle de ponto eletrônico para empresas. Documentados por: Halison Miguel e Edvan Pontes Documentação de visão: Sistema de Controle de ponto eletrônico para empresas Documentados por: Halison Miguel e Edvan Pontes Versão do documento: 1.4 Data de atualização: 04 de Fevereiro de 2012 Histórico

Leia mais

Sistema Datachk. Documento de Requisitos. Versão <1.2> Z u s a m m e n a r b e i t I d e i a s C o l a b o r a t i v a s

Sistema Datachk. Documento de Requisitos. Versão <1.2> Z u s a m m e n a r b e i t I d e i a s C o l a b o r a t i v a s Documento de Requisitos Versão Z u s a m m e n a r b e i t I d e i a s C o l a b o r a t i v a s 2010 2 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autores 27/04/2010 1.0 Criação da primeira versão

Leia mais

Requisitos - M.O.P.I.

Requisitos - M.O.P.I. Casos de Uso 1. Cadastrar Requisitos - M.O.P.I. 1.1. Paciente O usuário fornece ao sistema Nome, CPF, Endereço, Celular, Login e Senha obrigatoriamente, além de campos opcionais como Alergias, RG, Plano

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Histórico Diversas metodologias e métodos surgiram para apoiar OO. Evolução a partir de linguagens C++ e SmallTalk. Anos 80 Anos 80-90: diversidade de autores.

Leia mais

Análise Orientada a Objetos Modelagem Requisitos usando Casos de Uso

Análise Orientada a Objetos Modelagem Requisitos usando Casos de Uso Análise Orientada a Objetos Modelagem Requisitos usando Casos de Uso Não diga pouco em muitas palavras, mas sim, muito em poucas. Pitágoras Especificação e Modelagem de Requisitos Regras de Negócio Glossário

Leia mais

Diagramas de Casos de Uso

Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Casos de Uso Não diga pouco em muitas palavras, mas sim, muito em poucas. Pitágoras Casos de uso O modelo de casos de uso modela os requisitos funcionais do sistema. É uma técnica de modelagem

Leia mais

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br 2013 inux Sistemas Ltda. s MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br Sumário 1 Introdução... 2 2 Visão Geral do Sistema... 2 3 Tela de Configuração... 3 4 Tela de Mensagens... 5 5 Tela de Importação... 8 6 Tela

Leia mais

ViajarFácil Sistema de Reserva de Viagens

ViajarFácil Sistema de Reserva de Viagens ViajarFácil Sistema de Reserva de Viagens Modelagem Estática UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas Especialização Engenharia de Software - INF318/2011 Equipe Aline Gomes André Rodrigues Fonseca Diego

Leia mais

Especificação dos Requisitos Merci 1.5

Especificação dos Requisitos Merci 1.5 RT 00108 Especificação dos Requisitos Merci 1.5 Autores: Equipe United Hackers Belo Horizonte MG Março de 2008 1 Aprovação Aprovamos o documento de Especificação de Requisitos do projeto Merci 1.5. Sócrates

Leia mais

CASO DE USO. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

CASO DE USO. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com CASO DE USO Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Caso de Uso Descreve o modelo funcional (comportamento) do sistema Técnica de especificaçao de requisitos Especifica um serviço que o sistema

Leia mais

Casos de Uso - definições

Casos de Uso - definições Casos de Uso - definições Um caso de uso é uma descrição narrativa de uma seqüência de eventos que ocorre quando um ator (agente externo) usa um sistema para realizar uma tarefa [Jacobson 92] Um caso de

Leia mais

Especificações de Casos de Uso UC04 Cadastro de Funcionários

Especificações de Casos de Uso UC04 Cadastro de Funcionários Especificações de Casos de Uso UC04 Cadastro de Funcionários Sistema Gerenciador de Locadora Documento de Caso de Uso UC04 Versão 1.1 Responsável: Gustavo Teles UC04 Cadastro de Funcionários Página 1 de

Leia mais

Os casos de uso dão conta da maioria dos requisitos de um sistema computacional.

Os casos de uso dão conta da maioria dos requisitos de um sistema computacional. Unidade 3: Modelagem de requisitos e de soluções (Parte a) 1 Casos de uso 1.1 Conceitos básicos e parâmetros de descrição Os casos de uso dão conta da maioria dos requisitos de um sistema computacional.

Leia mais

Os itens adicionados nesta lista serão retirados do estoque até que você os devolva.

Os itens adicionados nesta lista serão retirados do estoque até que você os devolva. Funções do Rackine. Será abordado aqui de forma simples e abreviada, as principais funções de cada tela do Rackine. Focando apenas em descrever o que cada parte do software faz. Para informações relativas

Leia mais

Sugestão = (( Período / Qtdade Vendida) * Dias a atender + Dias de Segurança + Dias de entrega) (Estoque Atual + Pedidos de Compra em Aberto)

Sugestão = (( Período / Qtdade Vendida) * Dias a atender + Dias de Segurança + Dias de entrega) (Estoque Atual + Pedidos de Compra em Aberto) Pendências Versão 2006 Release Autor Jaciara Pereira da Silva Processo: COMPRAS Nome do Processo: Sugestão de pedido de compra Acesso COMPRAS Pedido de compra Tela de busca de pedidos Motivação Sugerir

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Casos de Uso. Viviane Torres da Silva viviane.silva@ic.uff.br. http://www.ic.uff.br/~viviane.silva/2012.1/es1

Casos de Uso. Viviane Torres da Silva viviane.silva@ic.uff.br. http://www.ic.uff.br/~viviane.silva/2012.1/es1 Casos de Uso Viviane Torres da Silva viviane.silva@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~viviane.silva/2012.1/es1 O que é? Uma técnica para capturar requisitos funcionais Descreve o sistema sob a perspectiva

Leia mais

ANDERSON CELECINO BRITO DE SOUZA CASSIANO MACHADO INÁCIO JACKSON BRUTKOWSKI VIEIRA DA COSTA LOJA VIRTUAL

ANDERSON CELECINO BRITO DE SOUZA CASSIANO MACHADO INÁCIO JACKSON BRUTKOWSKI VIEIRA DA COSTA LOJA VIRTUAL ANDERSON CELECINO BRITO DE SOUZA CASSIANO MACHADO INÁCIO JACKSON BRUTKOWSKI VIEIRA DA COSTA LOJA VIRTUAL CURITIBA 2004 ANDERSON CELECINO BRITO DE SOUZA CASSIANO MACHADO INÁCIO JACKSON BRUTKOWSKI VIEIRA

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPÚS: JOÃO CÂMARA DISCIPLINA: ENGENHARIA DE SOFTWARE

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPÚS: JOÃO CÂMARA DISCIPLINA: ENGENHARIA DE SOFTWARE INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPÚS: JOÃO CÂMARA DISCIPLINA: ENGENHARIA DE SOFTWARE PROFESSOR: EDMILSON CAMPOS GIB GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÃO DE BIBLIOTECA

Leia mais

1. Informações sobre Inventário 2

1. Informações sobre Inventário 2 INVENTÁRIO 1. Informações sobre Inventário 2 2. Etapas do Inventário 3 2.1 Etapa 1: Premisas para o Inventário 3 2.1.1 Criando um Novo Inventário 7 2.2 Etapa 2: Contagem 20 2.2.1 Inserindo Contagem/Contagens

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso! Um modelo funcional

Modelagem de Casos de Uso! Um modelo funcional Modelagem de Casos de Uso Diagrama de Casos de Uso Especificação de Cenários! Um modelo funcional! Mostra como os valores são processados, sem preocupações com:! ordenamento (seqüência) das ações;! as

Leia mais

UML Aula I Diagramas de Caso de Uso, Sequência e Colaboração

UML Aula I Diagramas de Caso de Uso, Sequência e Colaboração UML Aula I Diagramas de Caso de Uso, Sequência e Colaboração Ricardo Argenton Ramos Engenharia de Software II 2013.1 Um Exercício Como você pode representar? Uma casa de 2 andares, 4 quartos, 2 banheiros,

Leia mais

Especificação do Caso de Uso Manter Cliente

Especificação do Caso de Uso Manter Cliente Especificação do Caso de Uso Manter Cliente Grupo 01 - Projeto Systrack Versão 2.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 24/05/2011 1.0 Início do documento João Ricardo 31/06/2011 2.0 Alteração

Leia mais

Casos de Uso. Prof. Clayton Vieira Fraga Filho site: www.claytonfraga.pro.br e-mail: claytonfraga@gmail.com ENG10015 Engenharia de Software

Casos de Uso. Prof. Clayton Vieira Fraga Filho site: www.claytonfraga.pro.br e-mail: claytonfraga@gmail.com ENG10015 Engenharia de Software Prof. Clayton Vieira Fraga Filho site: www.claytonfraga.pro.br e-mail: claytonfraga@gmail.com ENG10015 Engenharia de Software Um caso de uso descreve o que seu sistema faz para atingir determinado objetivo

Leia mais

Manual SIGEP lojamestre.com.br

Manual SIGEP lojamestre.com.br manualcielo 2015 Manual SIGEP lojamestre.com.br Studio VR Ltda. 20/10/2015 1 1 2 Sumário Apresentação... 3 Pré-Requisitos... 3 Homologando o SIGEP Web... 4 Configurando o SIGEP na administração da loja

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA

MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA NOÇÕES GERAIS MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA Para melhor compreender o ambiente de trabalho do sistema GONDOLA, é necessário que sejam apresentadas algumas noções gerais, antes de se aprofundar em cada módulo

Leia mais

Manual do Usuário. Vixen PDV

Manual do Usuário. Vixen PDV 1 Manual do Usuário Vixen PDV 2 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. ENTRANDO NO SISTEMA 4 2.1 TELA LOGIN 4 2.2 CARGA DE TABELAS LOCAIS 4 3. MENU INICIAL 5 4. BARRA DE STATUS 6 5. ABRINDO O CAIXA 6 6. VENDA 7 6.1

Leia mais

1. Passos iniciais. Tutoriais para aprendizado e familiarização com o software Clique no item desejado para ser direcionado para a seção.

1. Passos iniciais. Tutoriais para aprendizado e familiarização com o software Clique no item desejado para ser direcionado para a seção. Tutoriais para aprendizado e familiarização com o software Clique no item desejado para ser direcionado para a seção. Índice 1. Passos iniciais... 2. Gerenciando tarefas... 3. Cadastro de pessoas... 4.

Leia mais

MEGASALE PAF-ECF AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA

MEGASALE PAF-ECF AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA MEGASALE PAF-ECF 2 MEGASALE PAF-ECF Tabela de Conteúdo Introdução 4 Login Megasale PAF-ECF 5 Frente de Loja (E.C.F) 5 1 Buscando... uma Pré-Venda 9 2 Buscando... um DAV 12 Incluindo Pré-Venda 14 Incluindo

Leia mais

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Análise Descrição do problema a ser implementado Descrição dos objetos e classes que fazem parte do problema, Descrição

Leia mais

Análise e Projeto de Sistemas Entrega 1: definição das equipes e escopo do projeto Integrantes: Felipe do Couto Farias - fcf4 Igor Vinicius Pinheiro Cordeiro Leao - ivpcl Leandro Ferraz Farias - lff2 Thaís

Leia mais

Guia de Especificação de Caso de Uso Metodologia CELEPAR

Guia de Especificação de Caso de Uso Metodologia CELEPAR Guia de Especificação de Caso de Uso Metodologia CELEPAR Agosto 2009 Sumário de Informações do Documento Documento: guiaespecificacaocasouso.odt Número de páginas: 10 Versão Data Mudanças Autor 1.0 09/10/2007

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

PROJETO DA DISCIPLINA. PES II Processo de Engenharia de Software II

PROJETO DA DISCIPLINA. PES II Processo de Engenharia de Software II UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paraná CCET - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Colegiado de Informática Curso de Bacharelado em Informática PROJETO DA DISCIPLINA PES II Processo de

Leia mais

Manual do Usuário SystemFarma AutoCred

Manual do Usuário SystemFarma AutoCred Manual do Usuário SystemFarma AutoCred Objetivo O SystemFarma AutoCred foi desenvolvido com o intuito de facilitar a comunicação entre a automação comercial e o Servidor Central do SystemFarma. Com este

Leia mais

Processo De Engenharia de Software II

Processo De Engenharia de Software II UNIOESTE Universidade Estadual do Oeste do Paraná CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Colegiado de Ciência da Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Processo De Engenharia de Software

Leia mais

Suporte Técnico. A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA

Suporte Técnico. A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA Suporte Técnico A ZRCR Informática presta suporte técnico, via telefone, e-mail ou Skype diretamente aos usuários do E-GESTAOBELEZA Horário de Atendimento De segunda-feira à sexta-feira das 09:00 ás 19:00

Leia mais

InfoMix Tecnologia. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias. Especificação de Caso de Uso UC - 0001 - Efetuar Vendas. Versão 1.

InfoMix Tecnologia. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias. Especificação de Caso de Uso UC - 0001 - Efetuar Vendas. Versão 1. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias Especificação de Caso de Uso UC - 0001 - Efetuar Vendas Versão 1.0 Histórico de Revisão Data 23/10/2 009 Vers Descrição Autor ão 1.0 Versão inicial do documento

Leia mais

Curso de Licenciatura em Informática

Curso de Licenciatura em Informática Curso de Licenciatura em Informática Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas Professor: Rafael Vargas Mesquita EXERCÍCIOS SOBRE MODELAGEM DE CASOS DE USO Exercício 1: construa um Diagrama de Casos de

Leia mais

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software NeXT ERP Manual do usuário Resumo das principais funcionalidades Dezembro/2009 NeXT Software Página 1 de 33 Índice Iniciando NeXT ERP...3 Tela inicial...3 Interface padrão do NeXT ERP...3 Interface - Cadastro

Leia mais

Manual do Sistema de RMO P á g i n a 2. Manual do Sistema de RMO. Registro Mensal de Ocorrências (GRH) Núcleo de Informática

Manual do Sistema de RMO P á g i n a 2. Manual do Sistema de RMO. Registro Mensal de Ocorrências (GRH) Núcleo de Informática Gerência de Recursos Humanos GRH/PRAD/UFMS Manual do Sistema de RMO Versão On-Line Núcleo de Informática Universidade Federal de Mato Grosso do Sul P á g i n a 2 Manual do Sistema de RMO Registro Mensal

Leia mais

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076 Gestor Empresarial - Financeiro Release Versão 1.076 Maio/2013 Produto : AeroSoft Gestor Empresarial - Financeiro Versão : v1.076 Data Liberação : 21/04/2013 A seguir são apresentadas as novas funções

Leia mais

Manual do Sistema. SMARsa. Módulo WEB

Manual do Sistema. SMARsa. Módulo WEB Manual do Sistema SMARsa Módulo WEB Notas da Atualização do Manual Na versão 4.1 deste manual consta: 1º. Aguardando Recebimento: Adicionado o campo de digitação do numero de remessa para o recebimento.

Leia mais

Especificação do Caso de Uso. Manter Cliente. Versão 1.0

Especificação do Caso de Uso. Manter Cliente. Versão 1.0 Especificação do Caso de Uso Manter Cliente Versão 1.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 27/05/2011 1.0 Elaboração do documento Isaque J. Barbosa Índice 1. Manter Cliente 3 1.1 Breve Descrição...

Leia mais

PRECEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO. Responsável: Consultores de venda.

PRECEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO. Responsável: Consultores de venda. I - OBJETIVO: Facilitar o processo de venda e analises de crédito aumentando a eficácia no atendimento. II AMBITO DE APLICAÇÃO: Departamento de vendas e crediário. III ORIENTAÇÕES: O primeiro passo e verificar

Leia mais

Sistema Xibobó de Gestão de Eventos Caso de Uso: Processar Venda e Acompanhamento de Entrega de Ingressos

Sistema Xibobó de Gestão de Eventos Caso de Uso: Processar Venda e Acompanhamento de Entrega de Ingressos Sistema Xibobó de Gestão de Eventos Caso de Uso: Processar Venda e Acompanhamento de 1 Breve Descrição Processar vendas através de Promotores de Eventos ou Internet, controlando o processo de emissão e

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário Guia Rápido do Usuário 1 Apresentação Auxiliar o cliente Mesa01 de forma rápida e eficaz é o objetivo deste Manual Através dele, você conseguirá esclarecer dúvidas do dia-a-dia na utilização do sistema

Leia mais

Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bacharelado em Sistemas de Informação. Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação

Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bacharelado em Sistemas de Informação. Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação Universidade Federal Rural de Pernambuco Bacharelado em Sistemas de Informação Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação Docente: Rodrigo Aluna: Thays Melo de Moraes Diagramas do Projeto

Leia mais

É uma forma do engenheiro de requisitos especificar os limites e as funcionalidades do sistema.

É uma forma do engenheiro de requisitos especificar os limites e as funcionalidades do sistema. Definindo o Escopo: Modelo de Caso de Uso Agradei-me, particularmente, da possibilidade de que Joshua estivesse tão preso ao seu modo clássico de pensar que me permitisse realizar o incrível feito de chegar

Leia mais

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários FERRAMENTARIA TELA INICIAL Ao autenticar no sistema com usuário e senha cadastrados é apresentada a seguinte tela ao lado esquerdo, sendo essa tela a página inicial do sistema de Ferramentaria. MENUS TELA

Leia mais

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço Módulo Básico Versão 4.0 Pedidos de Vendas Manual do Usuário 1 As informações contidas neste documento, incluindo links, telas e funcionamento

Leia mais

Sistema de Eventos - Usuário

Sistema de Eventos - Usuário 2013 Sistema de Eventos - Usuário Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 06/06/2013 Sumário 1- Sistema de eventos... 3 1.1 Eventos... 3 1.2 Eventos que participo... 4 1.3 Trabalhos...

Leia mais

Estudo de Caso Sistema de Caixa Automático

Estudo de Caso Sistema de Caixa Automático Estudo de Caso Sistema de Caixa Automático Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Referências: Notas de Aula Ulrich Schiel Notas de Aula Ariadne

Leia mais

MANUAL - BIKESYS. Versão 1.0 Beta. Março 2013

MANUAL - BIKESYS. Versão 1.0 Beta. Março 2013 MANUAL - BIKESYS Versão 1.0 Beta Março 2013 Acesso ao sistema O acesso ao sistema é bem simples, basta inserir o seu usuário e senha, previamente cadastrados na aplicação para ter acesso as funcionalidades

Leia mais

UML: Casos de Uso. Projeto de Sistemas de Software

UML: Casos de Uso. Projeto de Sistemas de Software UML: Casos de Uso Projeto de Sistemas de Software UML Casos de Uso Introdução Casos de uso Elementos do diagrama de casos de uso Descrição de casos de uso Exemplo: Blog Ferramentas de modelagem Bibliografia

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e SUMÁRIO 1. INSTALAÇÃO 2. CADASTROS 2.1. CADASTRO DE USUÁRIO 2.2. CADASTRO DE MODALIDADE 2.3. CADASTRO DE PRODUTO 3. OPERAÇÃO 3.1. VENDA 3.2. CANCELAMENTO

Leia mais

2. Noções Gerais para o Uso do Sistema

2. Noções Gerais para o Uso do Sistema Índice 1. Introdução... 2. Noções Gerais para o Uso do Sistema... 2.1. Para Acessar o Sistema... 2.2. Menu Suspenso... 2.2.1. Vendas... 2.2.2. Consulta/Cadastros... 2.2.3. Menu Fiscal... 2.2.4. Caixa...

Leia mais

MANUAL ESCOLA FLEX. Revisado em 09/07/2008. Sistema Flex www.sistemaflex.com

MANUAL ESCOLA FLEX. Revisado em 09/07/2008. Sistema Flex www.sistemaflex.com MANUAL ESCOLA FLEX Revisado em 09/07/2008 Sistema Flex www.sistemaflex.com Índice Manual Escola Flex Índice... 2 Tela de Abertura (Splash Screen)... 3 Login... 4 Seleção de Empresas... 5 Tela Principal...

Leia mais

SIASP SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE ALMOXARIFADO SERVIÇOS E PATRIMÔNIO MANUAL DO USUÁRIO

SIASP SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE ALMOXARIFADO SERVIÇOS E PATRIMÔNIO MANUAL DO USUÁRIO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SIASP SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE ALMOXARIFADO

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

Regulamento do programa Clube de Vantagens da Moviecom Cinemas

Regulamento do programa Clube de Vantagens da Moviecom Cinemas Regulamento do programa Clube de Vantagens da Moviecom Cinemas O programa Clube de Vantagens da Moviecom Cinemas tem por objetivo oferecer benefícios e vantagens aos clientes participantes do Programa.

Leia mais

Processo e Engenharia de Software II

Processo e Engenharia de Software II Unioeste Universidade Estadual do Oeste do Paraná CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Colegiado de Ciência da Computação Curso de Bacharelado e Ciência da Computação Processo e Engenharia de Software

Leia mais

Diagrama de Caso de Uso. Biblioteca

Diagrama de Caso de Uso. Biblioteca Diagrama de Caso de Uso Biblioteca Caso de Uso -Reservar Livro Objetivo: Este caso de uso possibilita a um usuário da biblioteca fazer a reserva de um livro. Esta reserva é efetuada diretamente pelo Usuário

Leia mais

Diagrama de Casos de Uso

Diagrama de Casos de Uso Diagrama de Casos de Uso Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Referências: Booch, G. et al. The Unified Modeling Language User Guide Medeiros,

Leia mais

Menu Acesso - Lista de Operações Acessíveis Trade Solution - Versão 2.23g

Menu Acesso - Lista de Operações Acessíveis Trade Solution - Versão 2.23g Menu Acesso - Lista de Operações Acessíveis Trade Solution - Versão 2.23g Esta listagem apresenta as operações de acesso de acordo com o módulo do Trade Solution onde elas causam impacto. Se a operação

Leia mais

ALMOXARIFADO 1. CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA 3. MENUS DO SISTEMA 4. PADRÕES DE OPERAÇÃO 5.

ALMOXARIFADO 1. CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA 3. MENUS DO SISTEMA 4. PADRÕES DE OPERAÇÃO 5. ALMOXARIFADO 1. CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA 3. MENUS DO SISTEMA 4. PADRÕES DE OPERAÇÃO 5. MENU DE CADASTROS 1. FORNECEDORES 2. ELEMENTOS DE DESPESA 3. GRUPOS 4. PRODUTOS 5. ESTOQUE

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 INDICE APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 1.1 - ENTRADA NO SISTEMA... 4 1.2 - TELA DO ORGANIZADOR DO MULTICONTAS... 4 CAPÍTULO 2 - FUNCIONALIDADES

Leia mais

Sistema de Inteligência Patrimônial. Especificação dos Requisitos

Sistema de Inteligência Patrimônial. Especificação dos Requisitos Sistema de Inteligência Patrimônial Especificação dos Requisitos Especificação dos Requisitos Data Versão: 18 / 11 / 2015 Histórico das Revisões Data Versão Descrição Autor 23 / 11/ 2015 1.0 Versão Inicial

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão. Manual do Data: /07/00 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

Sumário. Uma visão mais clara da UML

Sumário. Uma visão mais clara da UML Instituto Federal de Santa Catarina Câmpus Chapecó Ensino Médio Integrado em Informática Módulo V Unidade Curricular: Engenharia de Software Professora: Lara P. Z. B. Oberderfer Uma visão mais clara da

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão.5 Manual do Data: 04/0/0 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a)

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) Arttez Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) O Sistema Arttez. Arttez é o software de gerenciamento para estúdios de tatuagem que objetiva manter o controle

Leia mais

Especificação de Requisitos e Modelagem Sistema de Entrega de Pizza - SISEP

Especificação de Requisitos e Modelagem Sistema de Entrega de Pizza - SISEP Unioeste Universidade Estadual do Oeste do Paraná CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Colegiado de Ciências da Computação Curso de Bacharelado em Ciências da Computação Especificação de Requisitos

Leia mais

Manual Mercado Livre Lojamestre.com.br

Manual Mercado Livre Lojamestre.com.br 2015 Manual Mercado Livre Lojamestre.com.br Versão 1.0 Fevereiro 2015 Loja Mestre lojas virtuais http://www.lojamestre.com.br 07/02/2015 Sumário CRIAÇÃO DE CONTAS E CONFIGURAÇÃO DO APLICATIVO... 3 1. Como

Leia mais

Guia Prático do Usuário

Guia Prático do Usuário Guia Prático do Usuário 3. O que esse Manual aborda Esse manual é um guia prático de utilização do sistema, ele aborda noções gerais sobre gerenciamento de sua empresa além de ter informações detalhando

Leia mais

Modelagem de Sistemas Prof. Marcos Roberto e Silva

Modelagem de Sistemas Prof. Marcos Roberto e Silva Modelagem de Sistemas Prof. Marcos Roberto e Silva Diagrama de Casos de Uso Demonstra o comportamento externo do sistema, através de uma linguagem simples. Apresentando o sistema sobre a perspectiva do

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática. Professor Jaelson F. B. de Castro

Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática. Professor Jaelson F. B. de Castro Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática COTAÇÃO EXPRESS ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS Professor Jaelson F. B. de Castro Equipe Agay Borges Ciência da Computação Felipe Muniz Engenharia da

Leia mais

Sistema Integrado de Atendimento

Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento. Um sistema moderno, completo e abrangente que modifica a realidade do atendimento de sua empresa, proporcionando maior segurança na tomada

Leia mais