PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário"

Transcrição

1 PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO Manual do Usuário SCGB Sistema de Controle de Guias Bancárias Responsável: Henrique de Barros Saraiva Leão

2 Conteúdo 1. Introdução Propósito Público Alvo Informações sobre o Sistema Requisitos Mínimos Acesso ao Sistema Área restrita do sistema Emissão de guias de depósito Consulta de guias de depósito emitidas Consulta de guias pagas Guias pagas com processos não encontrados Lançamento de histórico no SIAJ...18 Página 2 de 18

3 1. Introdução 1.1. Propósito Este documento tem como objetivo informar aos usuários o modo de operação do sistema de geração de guias de depósito judicial. As guias de depósito judicial são utilizadas para garantia de juízo, encargos processuais e levantamento de valores, excetuados os depósitos recursais Público Alvo Este documento se destina ao público em geral - reclamantes, reclamados, advogados e arrematantes - e aos servidores do Tribunal Regional do Tribunal da 6ª Região, que poderão realizar a emissão de guias de depósito via internet e acompanhar as que já foram pagas. Página 3 de 18

4 2. Informações sobre o Sistema 2.1. Requisitos Mínimos Para utilizar o sistema o usuário deverá dispor de: Navegador Internet Explorer 7 ou superior, Google Chrome e Firefox 5 ou superior Adobe Acrobat Reader 2.2. Acesso ao Sistema O sistema poderá ser acessado através do endereço onde será possível emitir, acompanhar e imprimir as guias de depósito, além de consultar as guias já pagas. Sendo esta última funcionalidade restrita apenas aos usuários autenticados no sistema. Segue abaixo a tela inicial do sistema: Imagem 1 - Tela inicial do sistema Área restrita do sistema Conforme descrito na seção anterior, a consulta de guias pagas está restrita aos servidores das varas do trabalho e aos usuários autorizados pelo administrador do sistema. Por padrão, os usuários lotados nos locais abaixo também terão acesso à consulta de guias: Gabinete da Presidência Página 4 de 18

5 Gabinete da Vice-Presidência Corregedoria Ouvidoria Secretaria do Pleno e Turmas deste Tribunal Para ter acesso a esta opção, o usuário deverá acessar a página de login através do link Login na parte superior da página (Imagem 2). Imagem 2 - Cabeçalho da página com o link para a tela de Login Na tela de login (Imagem 3), o usuário deverá informar seu login e senha (os mesmos do corporativo) para poder acessar a área restrita do sistema. Uma vez preenchidos os dados de autenticação, o sistema irá verificar se o login está cadastrado no sistema de SRH do Tribunal e em qual lotação o servidor se encontra. Imagem 3 - Tela de login Caso o login seja realizado com sucesso, é apresentada a nova opção Consultar guias pagas na tela inicial do sistema (Imagem 4) e no menu do sistema, onde ele poderá consultar as guias pagas em uma determinada data. Página 5 de 18

6 Imagem 4 - Tela inicial para usuários autenticados 2.3. Emissão de guias de depósito A emissão de novas guias de depósito está disponível aos reclamantes, reclamados, advogados e arrematantes, sendo o seu preenchimento de responsabilidade do depositante. O Tribunal do Trabalho fornecerá ao depositante os valores atualizados até a data da realização do depósito, tendo os bancos conveniados (Banco do Brasil S.A. e da Caixa Econômica Federal) a responsabilidade limitada ao processamento e à contabilização do valor global do depósito. Para emitir uma nova guia, o usuário deverá informar o número do processo, o ano e o número da vara do trabalho, conforme a tela abaixo: Página 6 de 18

7 Imagem 5 - Tela de emissão de guia de depósito Uma vez que o processo seja encontrado, é apresentada ao usuário a tela de preenchimento dos dados da guia, onde os campos marcados com (*) devem ser obrigatoriamente preenchidos. Página 7 de 18

8 Imagem 6 - Tela de emissão de guia de depósito Segue abaixo a descrição dos campos a serem preenchidos: Campo Descrição Depósito em Forma de pagamento da guia. As opções são: Dinheiro Cheque Valor total Detalhar valor Depositante Corresponde ao valor do depósito que será efetuado. Deve ser marcado se o usuário desejar detalhar o valor da guia. Tipo do depositante. As opções são: Reclamado Reclamante Outros Nome do depositante Nome da pessoa (física ou jurídica) que irá Página 8 de 18

9 efetuar o depósito. CPF/CNPJ do depositante Finalidade CPF ou CNPJ da pessoa que irá efetuar o depósito. Corresponde ao motivo do depósito. As opções são: Garantia do Juízo Pagamento de Execução Pagamento de Acordo Consignação em Pagamento Arrematação de Bem Outros Banco* O banco onde o depósito será efetuado. As opções são: Banco do Brasil Caixa Econômica Federal Observações Observações gerais sobre a guia com no máximo 80 caracteres. * Só serão exibidos os bancos com agências que atendem a vara do trabalho do processo selecionado. Se assim desejar, o usuário tem a opção de detalhar o valor a ser pago. Para isso, ele deverá marcar o campo Detalhar valor para que os campos detalhados sejam exibidos. Nesse modo, o campo Valor total é bloqueado para edição e passa a ser automaticamente calculado a partir dos valores informados no detalhamento. Página 9 de 18

10 Imagem 7 - Detalhamento do valor do depósito Uma vez que os dados da guia forem preenchidos pelo usuário e estejam corretos, uma tela de sucesso é exibida ao usuário confirmando a emissão da guia (Imagem 8). O usuário então deverá aguardar o envio da guia ao banco para processamento para poder realizar a impressão da guia na tela de Consulta de guias de depósito emitidas. Imagem 8 - Confirmação de emissão da guia Página 10 de 18

11 2.4. Consulta de guias de depósito emitidas A consulta de guias de depósito permite ao usuário o acompanhamento das guias já emitidas e a impressão das guias já processadas pelo banco e que ainda não foram pagas. Assim como na emissão das guias de depósito, a consulta é realizada por processo. Imagem 9 - Tela de consulta e impressão de guias de depósito Havendo guias emitidas para o processo informado, elas são listadas numa tabela onde são exibidas algumas informações da guia, como o seu número, a data de emissão, o nome do depositante, o número do documento do depositante (CPF / CNPJ), o valor da guia, a sua origem (TRT6, Instituição Bancária ou BacenJud) e a sua situação. Página 11 de 18

12 Imagem 10 - Tela de consulta e impressão de guias Uma guia pode estar em uma das seguintes situações: Criada: quando a guia foi criada e ainda não está pronta para ser transmitida ao banco; Aguardando Transmissão: quando a guia está pronta para ser transmitida ao banco; Aguardando Processamento: quando a guia foi enviada ao banco para processamento; Inconsistente: quando o banco informou que a guia possui alguma inconsistência. O motivo do erro deve ser observado e uma nova guia deve ser emitida pelo usuário; Aguardando Pagamento: quando a guia foi processada com sucesso pelo banco e ainda não foi paga; Paga: quando o pagamento da guia foi confirmado pelo banco. Caso a guia esteja como Inconsistente ou Paga, é possível saber respectivamente o erro retornado pelo banco e a data de depósito da guia. Para isso basta deixar o cursor do mouse sobre a coluna Situação da guia. Página 12 de 18

13 Imagem 11 - Exibição da data de depósito da guia Imagem 12 - Exibição do motivo da inconsistência da guia Somente guias que estão aguardando pagamento podem ser impressas pelo usuário. A impressão é feita através do ícone exibido na coluna Ação da respectiva guia. Segue abaixo um exemplo de guia impressa pelo sistema: Imagem 13 - Guia de pagamento impressa Página 13 de 18

14 2.5. Consulta de guias pagas A consulta de guias pagas é uma funcionalidade restrita que permite ao usuário a visualização das guias pagas (confirmadas pelo banco) em uma determinada data. Por padrão, usuários lotados nas varas do trabalho só têm acessos às guias dos processos das suas varas. Já os usuários lotados nos locais abaixo poderão visualizar as guias pagas de todos os processos. Gabinete da Presidência Gabinete da Vice-Presidência Corregedoria Ouvidoria Secretaria do Pleno e Turmas deste Tribunal O administrador do sistema pode autorizar alguns usuários a ter acesso às guias pagas de todos os processos. Imagem 14 Consulta de guias pagas O preenchimento da data de pagamento é obrigatório e pode ser feito através do calendário exibido com o clique na imagem ao lado do campo (Imagem 15). Página 14 de 18

15 Imagem 15 - Seleção da data de pagamento através do calendário Havendo guias pagas na data informada, elas são listadas numa tabela onde são exibidas informações da guia, como o seu número, o número do processo, o nome do depositante, o número do documento do depositante (CPF/CNPJ), a finalidade da guia, o valor do depósito e a origem da guia (TRT6, Instituição Bancária ou BacenJud), conforme a tela abaixo. Imagem 16 - Listagem de guias pagas Página 15 de 18

16 Através desta tela o usuário tem acesso a duas possíveis ações: a reimpressão da guia e a emissão de uma certidão de pagamento. A certidão emitida identifica o processo, o banco, a finalidade da guia, além do usuário que está realizando a sua emissão (Imagem 17). Imagem 17 - Modelo de certidão de pagamento Página 16 de 18

17 Guias pagas com processos não encontrados Como o sistema também recebe a confirmação do pagamento de guias geradas fora do sistema (pelas instituições bancárias e via BacenJud), é possível que o processo informado na sua criação seja inválido. Nesses casos, o sistema exibe o número do processo dessas guias em vermelho e oferece a opção de o usuário visualizar os dados informados pelo depositante no momento do depósito. Imagem 18 - Listagem de guias pagas Imagem 19 - Exibição dos dados do processo informado pelo depositante Página 17 de 18

18 2.6. Lançamento de histórico no SIAJ Após a confirmação do pagamento das guias de depósito pelas instituições bancárias, o sistema fará o lançamento do tipo DEPÓSITO JUDICIAL REALIZADO no histórico do SIAJ em um intervalo de até duas horas, onde serão registrados o valor do depósito, a data do depósito e o motivo. Imagem 20 - Lançamento do pagamento no SIAJ Imagem 21 - Lançamento do pagamento no SIAJ Página 18 de 18

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 1.1 Seja Bem-Vindo!... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 1.2 Sobre o sistema... 3 1.3 Navegação... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 2.1 Efetuar Login Internet... 4 2.1.1 Efetuar

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL Sistema de Depósito Judicial Sistema desenvolvido pela Secretária de Informática- TJE/PA Belém/PA Agosto de 2012 SUMÁRIO: 1- Apresentação... 3

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet

Livro Caixa. www.controlenanet.com.br. Copyright 2015 - ControleNaNet www.controlenanet.com.br Copyright 2015 - ControleNaNet Conteúdo Tela Principal... 3 Como imprimir?... 4 As Listagens nas Telas... 7 Clientes... 8 Consulta... 9 Inclusão... 11 Alteração... 13 Exclusão...

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0

SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0 SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0 Autoria Cristiane Caldeira Mendes Belo Horizonte 2013 Índice Introdução... 3 Objetivo... 3 Considerações Gerais... 3 Glossário de Ícones, Botões e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE Versão 1.0 24/01/2012 1

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA INSCRIÇÃO NO CONCURSO TJMMG

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA INSCRIÇÃO NO CONCURSO TJMMG Leia com bastante atenção cada item abaixo para facilitar o seu cadastramento e não perder o prazo de inscrição. ITEM 1: Caso já possua o cadastro juntamente ao Centro de Integração Empresa Escola de Minas

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet Qualquer dúvida entre em contato: (33)32795093 01 USUÁRIO/CSPSNet O sistema CSPSNet está configurado para funcionar corretamente nos seguintes browsers: Internet Explorer 8.0,

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS AVULSAS

INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS AVULSAS INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS AVULSAS O sistema de emissão de guias avulsas é destinado aos departamentos de pessoal ou recursos humanos dos empregadores rurais, muitas vezes escritórios de contabilidade.

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO 1 / 15 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada... 8 Certidão Específica... 10 Certidão

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA INSCRIÇÃO AO CONCURSO TJMMG

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA INSCRIÇÃO AO CONCURSO TJMMG Leia com bastante atenção cada item abaixo para facilitar o seu cadastramento e não perder o prazo de inscrição. ITEM 1: Caso já possua o cadastro juntamente ao Centro de Integração Empresa Escola de Minas

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços

SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO SEI-SS Sistema Extrajudicial Integrado Módulo Site dos Serviços TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/24 ÍNDICE Instruções

Leia mais

MANUAL 2ª CAMADA DE SEGURANÇA E NOVAS REGRAS DE CADASTRAMENTO

MANUAL 2ª CAMADA DE SEGURANÇA E NOVAS REGRAS DE CADASTRAMENTO Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Segurança Pública Rede INFOSEG MANUAL 2ª CAMADA DE SEGURANÇA E NOVAS REGRAS DE CADASTRAMENTO REDE INFOSEG AGOSTO/2013 Ministério da Justiça, 2013 Página 1 de

Leia mais

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Cadastro de associado e emissão de boletos na Central de Atendimento On-line Objetivo Orientar o associado sobre o cadastro inicial

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço VALPARAÍSO DE GOIÁS quarta-feira, 28 de outubro de 2014 Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

Sistema de Eventos - Usuário

Sistema de Eventos - Usuário 2013 Sistema de Eventos - Usuário Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 06/06/2013 Sumário 1- Sistema de eventos... 3 1.1 Eventos... 3 1.2 Eventos que participo... 4 1.3 Trabalhos...

Leia mais

MONTE CARMELO MINAS GERAIS

MONTE CARMELO MINAS GERAIS MONTE CARMELO MINAS GERAIS Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez Alterando a senha eletrônica

Leia mais

www. inf.br Outubro/2008 5www.habisp.inf.br TREINAMENTO HABISP VERBA DE ATENDIMENTO

www. inf.br Outubro/2008 5www.habisp.inf.br TREINAMENTO HABISP VERBA DE ATENDIMENTO 5 www. HABISP. inf.br Outubro/2008 TREINAMENTO HABISP MÓDULO VERBA DE ATENDIMENTO 1 INTRODUÇÃO Este documento, tem por finalidade, permitir aos usuários a utilização das ferramentas do HABISP que possibilitam

Leia mais

SILIAWEB. Sistema Integrado de Licenciamento Ambiental. Manual do usuário - Versão 1.1

SILIAWEB. Sistema Integrado de Licenciamento Ambiental. Manual do usuário - Versão 1.1 SILIAWEB Sistema Integrado de Licenciamento Ambiental Manual do usuário - Versão 1.1 Dezembro - 2013 Todos os direitos reservados por Agência Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco CPRH/PE www.cprh.pe.gov.br

Leia mais

SISTEMA DE GRERJ ELETRÔNICA JUDICIAL

SISTEMA DE GRERJ ELETRÔNICA JUDICIAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DERUS Departamento de Relacionamento com o Usuário MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE GRERJ ELETRÔNICA JUDICIAL

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Pará Secretaria de Informática MANUAL CENTRAL DE CERTIDÕES

Tribunal de Justiça do Estado do Pará Secretaria de Informática MANUAL CENTRAL DE CERTIDÕES Tribunal de Justiça do Estado do Pará Secretaria de Informática MANUAL CENTRAL DE CERTIDÕES Sistema desenvolvido pela Secretária de Informática- TJE/PA Belém/PA Agosto de 2012 SUMÁRIO 1 - Apresentação...3

Leia mais

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução-

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução- Autorizador Plasc TISS Web - Manual de Instrução- A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio de dados entre operadoras de planos privados

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

Acesso ao sistema. Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema.

Acesso ao sistema. Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema. PENHORA ONLINE Acesso ao sistema Diretores de Cartórios Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema. Os diretores serão os administradores do sistema e

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

MATRÍCULAS ABERTAS PARA

MATRÍCULAS ABERTAS PARA Olá, você acessou o Manual para Inscrição de Matrículas de Alunos Novos do Colégio Medianeira. Leia atentamente as orientações abaixo. Elas vão facilitar o correto preenchimento de seu Cadastro que é OBRIGATÓRIO

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL. Versão 1.3

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL. Versão 1.3 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL Versão 1.3 Sumário 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. Primeiro acesso ao sistema... 3 1.2. Como alterar a senha no primeiro acesso... 4

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO AO SISTEMA BOLETO - PESSOA JURÍDICA - DEZEMBRO 2009 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. CADASTRO 3 3. VINCULAR ENTIDADE 6 4. ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA 9 4.1. NADA CONSTA

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR Ao acessar o link de Acesso Remoto disponibilizado pela Factoring aparecerá a tela de login do Sistema (Figura 1) onde deverão ser informados os códigos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO Manual do Usuário Push Acompanhamento de Tramitação de Processos Responsável: Renato Ferraz Conteúdo 1. Introdução...

Leia mais

PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR

PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR ORIENTAÇÕES GERAIS - EMPRESAS DE TRANSPORTE A partir de 1º de outubro de 2013 entrou em vigor a Resolução da METROPLAN nº 083, de 24 de maio de 2013, estabelecendo

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO VALIDADOR

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO VALIDADOR GUIA DO USUÁRIO VALIDADOR 1 Índice INTRODUÇÃO... 3 ACESSANDO O PRONAVTECH... 4 Primeiro Acesso... 5 Demais Acessos... 6 Esqueci Minha Senha... 6 Esqueci o usuário principal... 7 ÁREA DE TRABALHO DO PRONAVTECH...

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

CADASTRO NACIONAL DE ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI

CADASTRO NACIONAL DE ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI CADASTRO NACIONAL DE ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI MANUAL DE JUIZ E AUXILIAR DE JUIZ Versão 1.1 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 OBJETIVOS...4 OBSERVAÇÕES...5 USUÁRIOS...5 1. ACESSO AO SISTEMA...6 2. SISTEMA

Leia mais

Manual de Acesso a NF-e

Manual de Acesso a NF-e Manual de Acesso a NF-e Acesso ao Sistema para Pessoa Jurídica. 1.0 Acesso ao Sistema....1 2.0 Cadastro...2 3.0 Configuração do Perfil...8 4.0 Solicitação de Emissão de NF-e....12 5.0 Emissão de NF-e...14

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET I Sumário 1. Objetivo do Documento... 1 2. Início... 1 3. Cadastro de Pessoa Física... 3 3.1. Preenchimentos Obrigatórios.... 4 3.2. Acesso aos Campos

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA INSCRIÇÃO NO CONCURSO TJMMG

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA INSCRIÇÃO NO CONCURSO TJMMG Leia com bastante atenção cada item abaixo para facilitar o seu cadastramento e não perder o prazo de inscrição. ITEM 1: Caso já possua o cadastro juntamente ao Centro de Integração Empresa Escola de Minas

Leia mais

SCPI 8.0. Novas funcionalidades. Conciliação Bancária Automática:

SCPI 8.0. Novas funcionalidades. Conciliação Bancária Automática: SCPI 8.0 Novas funcionalidades A partir de agora o SCPI conta com algumas novas funcionalidades que valem a pena serem comentadas, e dar uma breve introdução de seu funcionamento. Entre elas podemos destacar:

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

MANUAL DO PORTAL DO BENEFICIÁRIO

MANUAL DO PORTAL DO BENEFICIÁRIO MANUAL DO PORTAL DO BENEFICIÁRIO Sumário 1 INTRODUÇÃO... 3 2 SITE DO E-VIDA... 4 3 INÍCIO... 5 4 GUIA MÉDICO... 6 5 PRODUTOS... 6 6 REEMBOLSO... 6 6.2 SITUAÇÃO REEMBOLSO... 7 6.3 CRONOGRAMA REEMBOLSO...

Leia mais

INFORMATIVO ISSQN. Descritivo de Funcionalidades

INFORMATIVO ISSQN. Descritivo de Funcionalidades INFORMATIVO ISSQN Descritivo de Funcionalidades INFORMATIVO ISSQN 1 Sumário DESABILITE O BLOQUEADOR DE POP-UPS... 2 ACESSANDO O SISTEMA... 2 LANÇAMENTO EVENTUAL DE RETENÇÃO NA FONTE PARA TOMADOR NÃO SEDIADO

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO PAG CONTAS CARNÊ Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DE GERAÇÃO DE BOLETOS EMPRESAS CONVENIADAS 1) REQUISITOS DO SISTEMA: Primeiramente devemos possuir seguintes itens abaixo: - Microcomputador

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

Tutorial de Matrícula/Rematrícula Cursos Noturnos 2015-2:

Tutorial de Matrícula/Rematrícula Cursos Noturnos 2015-2: Tutorial de Matrícula/Rematrícula Cursos Noturnos 2015-2: Sumário 1. Acessando o Portal Acadêmico... 2 2. Impressão do boleto... 3 3. Acessando o ambiente de Matrícula/Rematrícula... 6 4. Impressão do

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

MANUAL DE SISTEMA. SisFies FIES Pós-graduação. Página1. Manual de Adesão

MANUAL DE SISTEMA. SisFies FIES Pós-graduação. Página1. Manual de Adesão SisFies FIES Pós-graduação Manual de Adesão Página1 Sumário 1 Configurações recomendadas... 3 2 Objetivos... 3 3 Acesso ao sistema... 4 3.1. Acessar com certificado digital 5 3.2. Acessar com CPF/CNPJ

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias Manual do REC Sistema de Registro de Categorias (Usuário Externo) Atualizado em Dezembro/2013 Versão 2.0 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 6 2. FLUXO DO SISTEMA... 6 3. AUTENTICAÇÃO... 7 4. VINCULAR REPRESENTANTE/REPRESENTADO...

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO AO SISTEMA BOLETO - PESSOA FÍSICA - DEZEMBRO 2009 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. CADASTRO 3 3. ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA 6 3.1. NADA CONSTA 8 3.2. BOLETO BANCÁRIO 8

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR UPLOAD DE ARQUIVO TISS

MANUAL DO PRESTADOR UPLOAD DE ARQUIVO TISS MANUAL DO PRESTADOR UPLOAD DE ARQUIVO TISS 1 Sumário Introdução... 3 Funcionalidades... 3 Requisitos Necessários... 3 Acesso ao Upload de Arquivo TISS... 3 Upload de Arquivo TISS... 5 Erros mais frequentes

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO. Alma Web MANUAL DO USUÁRIO CONTRIBUINTE

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO. Alma Web MANUAL DO USUÁRIO CONTRIBUINTE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO Alma Web MANUAL DO USUÁRIO CONTRIBUINTE Versão 1.0 Belém PA Dezembro de 2012 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Autenticação... 3 3. Painel

Leia mais

MANUAL UTILIZAÇÃO DO PORTAL SISTEMA TOTVS EEP

MANUAL UTILIZAÇÃO DO PORTAL SISTEMA TOTVS EEP MANUAL UTILIZAÇÃO DO PORTAL SISTEMA TOTVS EEP 1 Sumário Acesso ao Portal EEP.NET... 3 Login Portal EEP.NET... 4 Digitação de Notas... 5 Digitação de Faltas... 7 Digitação do Plano de Aula... 9 Emissão

Leia mais

MANUAL DE FÉRIAS SIGRH PARA SECRETÁRIAS E CHEFIAS

MANUAL DE FÉRIAS SIGRH PARA SECRETÁRIAS E CHEFIAS MANUAL DE FÉRIAS SIGRH PARA SECRETÁRIAS E CHEFIAS Universidade Federal de Itajubá Diretoria de Pessoal Janeiro/2015 Prezadas Chefias e Secretárias, Com o intuito de orientar as Diretorias e Institutos

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA MANUAL INTERNET ÍNDICE Sistema Integrado de Administração da Receita 1 INTRODUÇÃO GERAL... 4 2 INTRODUÇÃO AO... 4 2.1 OBJETIVOS... 4 2.2 BENEFÍCIOS... 4 2.3

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica APRESENTAÇÃO: Este Manual apresenta as telas que são utilizadas para a navegação no Sistema de Comissão Nacional de Residência Médica. Neste manual estão

Leia mais

3 - Tela Principal. Itens importantes da página

3 - Tela Principal. Itens importantes da página SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

SISCOF - Manual do Usuário

SISCOF - Manual do Usuário SISCOF - Manual do Usuário SERPRO / SUPDE / DECTA / DE901 SISTEMA DE CONTROLE DE FREQUÊNCIA Versão 1.2 Sumário SISCOF Sistema de Controle de Frequência 1. Login e Senha... 2 1.1 Como Efetuar Login No Sistema...

Leia mais

MANUAL SISTEMA AJG/CJF

MANUAL SISTEMA AJG/CJF MANUAL DO SISTEMA AJG/CJF ÍNDICE 1. SEJA BEM VINDO AO AJG... 3 1.1 Seja Bem-Vindo!... 3 2. SOBRE A AJUDA... 4 2.1 Como navegar no ajuda on-line... 4 3. SOBRE O SISTEMA... 5 3.1 Sobre o sistema... 5 3.2

Leia mais

TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO SETOR DE PRECATÓRIOS

TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO SETOR DE PRECATÓRIOS 1 TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO SETOR DE PRECATÓRIOS 2 Sumário 1 Acesso ao Sistema...3 2- Perfil Setor de Precatórios...4 2.1 Cadastro de Usuários...4 2.1.1 Cadastro do Setor de

Leia mais

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador Contador 2 1 Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique na opção Contador

Leia mais

ÍNDICE. Página 2 de 21

ÍNDICE. Página 2 de 21 Página 1 de 21 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3 2. MINHA CONTA... 3 2.1. Introdução... 3 2.2. Telas do Menu Minha Conta... 4 2.2.1. Tela de Dados Cadastrais... 4 2.2.2. Tela Gerenciar Contatos... 5 2.2.3. Tela

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED Esta parte do sistema como descrito anteriormente neste manual permite que seus agentes tenham acesso á uma área exclusiva para acessar informações pessoais como: Meu Extrato

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

Módulo de Acesso Remoto

Módulo de Acesso Remoto Módulo de Acesso Remoto Manual do Usuário Página 1 de 30 Índice 1. Introdução 3 1.1. Objetivos deste documento 3 2. Requisitos do Sistema 4 2.1. Acrobat Reader 4 2.2. Pop Up Liberados 4 3. Acesso ao Sistema

Leia mais

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor Introdução O SIAP, Sistema de Apoio ao Professor, é um programa que vai contribuir, de forma decisiva, com o cotidiano escolar de alunos, professores, gestores e funcionários administrativos. Com a implantação

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ MANUAL DO USUÁRIO ACESSO AO SISTEMA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ MANUAL DO USUÁRIO ACESSO AO SISTEMA O ISS-e é um sistema completo de gestão do ISS do Município de Maringá, composto pelos módulos de: - NFS-e (Nota Fiscal de Serviços Eletrônica) - DMS-e (Declaração Mensal de Serviços Eletrônica) - AIDF-e

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE Introdução: Esporte é saúde. As pessoas que praticam esporte vivem melhor e mais. Esporte previne e combate doenças do corpo e da mente, torna as pessoas

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota EBM ASSESSORIA E CONSULTORIA EM INFORMÁTICA LTDA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota PRESTADOR / CONTADOR Versão 2.0 Índice 1. Acessar o sistema 2. Notas Eletrônicas 2.1. Emitir

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Manual Cartão SUS Manual de Operação Julho/2011 Conteúdo Sumário...

Leia mais

Como imprimir a 2ª via de seu boleto de anuidade:

Como imprimir a 2ª via de seu boleto de anuidade: 1 Como imprimir a 2ª via de seu boleto de anuidade: Este roteiro tem por finalidade orientar os inscritos na emissão de boletos de anuidades. Está estruturado da seguinte forma: a) Para acessar o sistema;

Leia mais

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br FINANCEIRO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 14 ÍNDICE Receitas e Despesas... 3 Como Acessar... 3 Como

Leia mais

MANUAL DO SITE. www.oabprev-rj.com.br

MANUAL DO SITE. www.oabprev-rj.com.br MANUAL DO SITE www.oabprev-rj.com.br Prezado(a) participante, Estamos passando por uma fase de mudanças para diminuir a distância entre a OABPrev-RJ e você, melhorando assim o nosso atendimento. Este manual

Leia mais

Tutorial do módulo Carteira Nacional de Militante

Tutorial do módulo Carteira Nacional de Militante Tutorial do módulo Carteira Nacional de Militante 1. Como iniciar o programa O módulo da Carteira de Militante deve ser acessado através dos seguintes endereços: http://www.pcdob.org.br/redevermelha. É

Leia mais