PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA"

Transcrição

1 O Portal de Serviços Automatizados à Prefeitura disponibiliza ao contribuinte a emissão de faturas referente os débitos do IPTU, ISSQN e DÍVIDAS DIVERSAS, do exercício e dívida ativa, tanto negociada (parcelamentos) quanto dívidas não negociadas. MANUAL DE UTILIZAÇÃO Para utilização do portal, tenha em mãos o número do CPF ou CNPJ, ou o CÓDIGO REDUZIDO: DO IMÓVEL para consulta de débitos de IPTU; DO ESTABELECIMENTO/AUTÔNOMO para consulta de débitos de ISSQN e Taxas Anuais de Licenciamento; ou, DO CONTRIBUINTE para consulta de débitos de DÍVIDAS DIVERSAS. PRIMEIRO PASSO: acesse no site oficial do Município, o link correspondente ao Portal de Serviços. Você será encaminhado para o Portal de Serviços, cuja tela inicial, representada pela Figura 01, corresponde a FINANÇAS E TRIBUTOS. 1

2 Nesta tela inicial, poderão ser consultados os tributos IPTU, ISSQN e DÍVIDAS DIVERSAS, e ainda o Manual de utilização do sistema. Observação: As telas de utilização do Portal são iguais para os três tipos de tributos, o que os diferencia será o agrupamento das faturas, que será esclarecido ao final deste manual, no tópico Perguntas e Respostas. Como exemplo, será selecionado o tipo de tributo IPTU. Figura 02 Figura 01 2

3 Clique na opção 2ª VIA DE DÍVIDA DE IPTU, após a seleção da dívida a ser consultada, e então aparecerá a seguinte tela: Esta tela apresenta três campos: CÓDIGO REDUZIDO DO IMÓVEL, CPF e CNPJ. Preencha apenas uma das informações. Caso a consulta seja por CPF ou CNPJ, e o contribuinte possua mais de um imóvel, serão listados todos os imóveis, conforme Fig. 04. Figura 04 Figura 03 3

4 Se for esta a situação, digite o código do imóvel no campo QUAL O IMÓVEL QUE VOCÊ DESEJA IMPRIMIR BOLETO? e clique em VISUALIZAR DÍVIDAS. Após esta operação, aparecerá a tela representada pela Fig. 05. Porém, se o contribuinte te informar o CÓDIGO REDUZIDO DO IMÓVEL na tela inicial de serviços, aparecerá automaticamente a tela representada pela mesma Fig. 05. Figura 05 Nesta tela, constam alguns lembretes em relação à impressão de boletos bancários dos DÉBITOS DO ANO, da DÍVIDA NEGOCIADA e NÃO NEGOCIADA. Vale salientar que a negociação ou renegociação de dívida ativa, somente serão possíveis pessoalmente junto à Prefeitura, pois dependem de formalização e assinatura em requerimentos próprios. Selecione, então, a opção de dívida desejada. 4

5 Começaremos pelo DÉBITO DESTE ANO,, que corresponde aos débitos referentes ao exercício. 1 DÉBITO DESTE ANO Após a seleção no menu superior, aparecerá a seguinte tela: Figura 06 5

6 Na tela representada pela Fig. 06 aparecem, além dos débitos referente ao imposto, orientações sobre requisitos para impressão de boletos, pagamento do imposto em cota única, bem como esclarecimentos sobre os débitos lançados nas colunas da esquerda e da direita, que se referem aos débitos vencidos e a vencer, respectivamente. Para impressão da fatura vencida (coluna da esquerda), selecione a parcela desejada, ou se preferir pagar todas as parcelas vencidas, selecione todas clicando no botão MARCAR TODAS, opção que aparecerá um X nas dívidas, e clique então em GERAR DÍVIDAS PARA IMPRESSÃO; este procedimento fará o agrupamento das parcelas ou apenas a atualização da fatura selecionada. Figura 07 Feito isso, a parcela atualizada ou a parcela proveniente de agrupamento, passará para a coluna da direita, estando pronta para impressão. Observe na Fig. 08 que a parcela agrupada passa para a coluna da direita com referência Agrupamento. 6

7 Caso haja mais de uma parcela, estas poderão ser agrupadas em uma única parcela. Se não for este o caso, basta selecionar a fatura desejada e clique em IMPRIMIR DÍVIDAS, conforme a Fig. 09. Figura 09 Figura 08 7

8 Feito o procedimento, aparecerá a fatura já pronta para impressão. Lembrando que a impressão é para pagamento SOMENTE NO DIA. Figura 10 Todas as faturas possuem código de barras, para pagamento nos bancos conveniados. Para retornar à tela de serviços, clique no botão VOLTAR na barra de ferramentas do seu navegador de internet. 8

9 No segundo menu de serviços, visualizaremos a DÍVIDA ATIVA NEGOCIADA, que corresponde às dívidas provenientes de parcelamentos. 2 DÍVIDA ATIVA NEGOCIADA Retornando à tela do contribuinte, no menu superior selecione DÍVIDA ATIVA NEGOCIADA, conforme figura abaixo. Abrirá a tela de dívidas, onde estarão dispostas em colunas as dívidas vencidas e as dívidas a vencer. LEMBRETE: Nesta tela, aparecem apenas as dívidas negociadas em duas ou mais parcelas. Figura 11 A dívida ativa negociada não permite agrupamento e nem renegociação, permite apenas a atualização e geração das faturas vencidas, bem como sua impressão, assim como a impressão das faturas a vencer. Selecione as parcelas vencidas clicando em MARCAR TODAS e posterior- 9

10 mente clique em GERAR DÍVIDAS PARA IMPRESSÃO, conf. figura a seguir: Selecionadas as parcelas, estas serão atualizadas e passarão para a coluna da direita, conforme Fig. 13, estando prontas para impressão. Figura 13 Figura 12 10

11 Selecione as parcelas a pagar clicando em MARCAR TODAS e clique no botão IMPRIMIR DÍVIDAS. Figura 14 Lembrando, mais uma vez, que neste caso não é permitido o agrupamento de faturas, caso selecione mais de uma dívida, serão impressas uma fatura para cada dívida. No exemplo foram selecionadas cinco (05) dívidas, portanto serão impressas cinco (05) faturas. Caso ocorra o atraso no pagamento de faturas do parcelamento e por este motivo seja perdido o benefício do mesmo, o contribuinte deverá comparecer pessoalmente à Prefeitura para formalização de nova negociação. Feito o procedimento, aparecerão as faturas, prontas para impressão. Salientamos que a impressão é para pagamento SOMENTE NO DIA. 11

12 Figura 15 representando a fatura para impressão. Observe que no campo OBSERVAÇÃO SOBRE A PARCELA IMPRESSA contém a referência da parcela correspondente ao parcelamento. Figura 15 Para retornar à tela de serviços, clique no botão VOLTAR na barra de ferramentas do seu navegador de internet. 12

13 Na última opção do menu de serviços, visualizaremos a DÍVIDA ATIVA NÃO NEGOCIADA, que corresponde às dívidas de anos anteriores que não foram pagas e nem negociadas. 3 DÍVIDA ATIVA NÃO NEGOCIADA Seleciona a opção desejada, conforme Fig. 16, DÍVIDA ATIVA NÃO NEGOCIADA. Abrirá a tela de dívidas, onde estarão dispostas em colunas, sendo no lado esquerdo as dívidas vencidas, e no lado direito as dívidas a vencer. Figura 16 No caso de DÍVIDA ATIVA NÃO NEGOCIADA, onde o contribuinte possua vários débitos inscritos, como no exemplo (Fig. 16), assinale as dívidas que deseja pagar, como mostra a figura seguinte: 13

14 Após a seleção, clique no botão GERAR DÍVIDAS PARA IMPRESSÃO. O procedimento fará com que as dívidas selecionadas sejam agrupadas e passarão para a coluna da direita para impressão, conforme Fig. 18. Figura 18 Figura 17 14

15 Observe que ainda restam três dívidas na coluna da esquerda que poderão ser agrupadas para pagamento, contudo, basta que sejam selecionadas, conforme mostra a Fig. 19. Estas, também, passarão para a coluna da direita, agrupadas para pagamento. Figura 20 Figura 19 Portanto, executado os passos anteriores, clique no botão MARCAR TODAS para que estas sejam selecionadas, conforme Fig

16 Após selecionadas as dívidas, clique em IMPRIMIR DÍVIDAS. Porém, neste passo, ainda é permitido agrupar estas duas dívidas. Para isso, após a seleção, clique em AGRUPAR DÍVIDAS. Figura 22 Figura 21 Após o agrupamento, selecione a fatura e clique em IMPRIMIR DÍVIDAS. Caso o contribuinte não queira ou não possa efetuar o pagamento integral da dívida, este deverá comparecer à Prefeitura Municipal para negociação da dívida em questão. Com a negociação, este poderá ir ao campo DÍVIDA ATIVA NEGOCIADA e efetuar a impressão das suas parcelas. 16

17 Feito todo o procedimento, aparecerá a fatura, pronta para impressão. Lembrando que a impressão é para pagamento SOMENTE NO DIA. Figura 23 Para retornar à tela de serviços, basta clicar no botão VOLTAR da barra de ferramentas do seu navegador de internet. Para sair, feche a página da internet. 17

18 4 PERGUNTAS E RESPOSTAS: É possível fazer parcelamento através do Portal? NÃO. O Portal permite apenas a emissão de segundas vias referente aos parcelamentos. Para parcelar ou renegociar qualquer tipo de dívida, deverá comparecer à Prefeitura Municipal para formalização. É possível imprimir ir qualquer tipo de fatura no Portal? SIM. É possível imprimir qualquer tributo cobrado pela Prefeitura, desde ISSQN, IPTU e DÍVIDAS DIVERSAS, assim como parcelamentos provenientes destes tributos. Porém é preciso salientar que o Portal é de uso estrito para emissão de segundas vias destes, ou seja, somente poderão ser impressas as faturas já existentes na base de dados da Prefeitura. E no caso das DÍVIDAS DIVERSAS, somente poderão ser impressas através do Portal caso estas estejam pré-configuradas pela Prefeitura, caso contrário, não poderão ser impressas. É possível gerar faturas para datas programadas? NÃO. O Portal permite a impressão de faturas apenas para pagamento no dia. Caso a fatura impressa não seja paga no dia, o contribuinte deverá acessar o portal para geração e emissão de nova segunda via. As faturas são impressas com atualizações? 18

19 SIM. As faturas são impressas com atualizações de multa, juros e, se for o caso, correção, de acordo com a legislação vigente do Município. É possível agrupar faturas de débitos de todos os tributos? NÃO. No caso de DÉBITOS DESTE ANO, somente o IPTU permite o agrupamento das parcelas, assim como poderá também ser impressa a cota única do imposto, se for o caso. Já o ISSQN e DÍVIDAS DIVERSAS, serão impressas faturas individuais, não sendo possível agrupar caso exista mais de um débito. No caso de DÍVIDA ATIVA NEGOCIADA/parcelada, tanto para o IPTU quanto para o ISSQN e DÍVIDAS DIVERSAS, as faturas não poderão ser agrupadas. E no caso de DÍVIDA ATIVA NÃO NEGOCIADA, poderá ser agrupadas as dívidas referente ao IPTU. No caso do ISSQN, poderá ser agrupadas, porém atente-se para as dívidas, pois não permite agrupamento de ISSQN com Taxas Anuais de Licenciamento. Neste caso, deverá efetuar dois agrupamentos distintos. Já para as DÍVIDA DIVERSAS aceita agrupamento somente para espécies de guias iguais, caso selecione a opção para agrupar e não obtenha êxito é porque se trata de espécies de guias diferentes. O que é Espécie de Guia? 19

20 As espécies de guias são utilizadas no momento da criação da guia, pelo funcionário da Prefeitura. Existem inúmeras espécies, como por exemplo, taxa de certidão negativa, ISSQN de terceiros, taxa de cemitério, contribuição de melhoria, renovação de alvará, multas, dentre outras. Por este motivo, não permite o agrupamento. O que é Código Reduzido? Existem três tipos de Códigos Reduzidos, sendo eles: Código Reduzido do Imóvel é o código correspondente ao imóvel, que substitui a inscrição cadastral ou o setor/quadra/lote; Código Reduzido do Estabelecimento/Autônomo é o número do estabelecimento, que em alguns casos pode ser o número da inscrição municipal da Pessoa Jurídica ou Pessoa Física; e, Código Reduzido do Contribuinte é o código correspondente ao contribuinte, que substitui o número do CPF ou do CNPJ. Não posso quitar a Dívida Ativa Não Negociada, o que fazer? Como a Dívida Ativa Não Negociada se refere às dívidas de anos anteriores, estas podem ser negociadas/parceladas, porém, basta comparecer à Prefeitura Municipal para formalização. 20

21 No módulo do IPTU, ao visualizar os DÉBITOS DESTE ANO aparecem faturas cuja referência são PARCELAS 1, 2, 3, 4, 5, 6 e ÚNICA. Por quê? Como o próprio nome já diz, DÉBITOS DESTE ANO se referem ao imposto do ano corrente que pode ser pago em cota única ou parcelado. Por isso, fique atento ao imprimir as faturas do imposto do exercício. Caso deseje pagar em cota única (valor total com desconto), selecione a fatura correspondente a PARCELA ÚNICA. Se não for este o caso, selecione as demais parcelas. Após o vencimento da cota única e da parcela 1 (que são no mesmo dia), caso opte pelo pagamento do imposto parcelado, a cota única não será mais visualizada no Portal. E não é possível agrupar cota única com demais parcelas, no caso de IPTU do ano. Posso efetuar pagamento dos boletos em qualquer agência? Os boletos possuem código de barras e código numérico, o que possibilita o pagamento em qualquer agência bancária, inclusive pela internet, desde que esta seja conveniada à Prefeitura. Neste caso, os pagamentos podem ser feitos nos seguintes locais: BANCO BRADESCO BANCO DO BRASIL BANCO HSBC BANCO ITAÚ CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CASAS LOTÉRICAS CREDICOPA COOPACREDI CORREIOS UNICRED EM CASO DE DÚVIDAS, ENTRE EM CONTATO COM A SECRETARIA DE FINANÇAS DO MUNICÍPIO PELO TELEFONE (34)

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI 130325 SUMÁRIO SAATRI (Serviço de Auto Atendimento Tributário)... 3 ECONÔMICO... 4 Acesso ao Sistema... 4 Emissão de Certidão Negativa... 5 Verificar Autenticidade

Leia mais

PREFEITURA MUNCIPAL DE CONTAGEM MANUAL DO USUÁRIO. versão 1.0 SISTEMA IPTU ONLINE

PREFEITURA MUNCIPAL DE CONTAGEM MANUAL DO USUÁRIO. versão 1.0 SISTEMA IPTU ONLINE MANUAL DO USUÁRIO versão 1.0 SISTEMA IPTU ONLINE Caro contribuinte, você acaba de acessar a página na internet da Prefeitura Municipal de Contagem que disponibiliza a prestação de serviços eletrônicos.

Leia mais

ÍNDICE. 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 - Benefícios Pessoas Jurídicas. 1.3 - Tela Inicial anônimos

ÍNDICE. 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 - Benefícios Pessoas Jurídicas. 1.3 - Tela Inicial anônimos ÍNDICE 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 - Benefícios Pessoas Jurídicas. 1.3 - Tela Inicial anônimos 1.4 Acesso Restrito Direcionado a Empresas 2 - Consulta Débito

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO AO SISTEMA BOLETO - PESSOA JURÍDICA - DEZEMBRO 2009 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. CADASTRO 3 3. VINCULAR ENTIDADE 6 4. ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA 9 4.1. NADA CONSTA

Leia mais

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer?

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer? Manual do Sistema SUMÁRIO 1 O que é o sistema GEFISCO? 2 - Como acessar o sistema GEFISCO? 3 - Como criar um login e uma senha? 4 - Esqueci minha senha, e agora? 5 - Como acessar o Livro Fiscal? 6 - Como

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO AO SISTEMA BOLETO - PESSOA FÍSICA - DEZEMBRO 2009 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. CADASTRO 3 3. ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA 6 3.1. NADA CONSTA 8 3.2. BOLETO BANCÁRIO 8

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

Manual de utilização Totem de Autoatendimento

Manual de utilização Totem de Autoatendimento Manual de utilização Totem de Autoatendimento Julho/2015 Sumário 1. Totem de Autoatendimento Detran/PR... 3 2. Área de Motorista... 4 2.1. Consultar Envio CNH... 4 2.2. Curso de Reciclagem... 5 2.2.1.

Leia mais

BETA CONTAS A RECEBER Sistema desenvolvido pela Peris Consultoria Empresarial www.perisconsultoria.blogspot.com. Instruções de uso:

BETA CONTAS A RECEBER Sistema desenvolvido pela Peris Consultoria Empresarial www.perisconsultoria.blogspot.com. Instruções de uso: BETA CONTAS A RECEBER Sistema desenvolvido pela Peris Consultoria Empresarial www.perisconsultoria.blogspot.com Instruções de uso: 1. Entendendo o Menu Principal O Beta Contas a Receber possui apenas um

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão ARAXÁ MINAS GERAIS 2010 Manual do Sistema de Arrecadação Tributária SIAT Online e Nota Fiscal Eletrônica de Serviços NFS-e ÍNDICE

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED I - Site Portocred Para acessar o site Portocred, devemos entrar no link: extranet.portocred.com.br/cp e após clicar na opção Credito Pessoal Perto Check. *Lançar o usuário e a senha que serão informadas

Leia mais

Sumário. Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos. 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos)... 3

Sumário. Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos. 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos)... 3 Sumário Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos)... 3 2 1. Ferramenta Administrativas (Acadêmicos) Manual de Acesso Ferramenta Administrativas Acadêmicos

Leia mais

Manual de Cobrança. Código Nome De Até 1 Jose da Silva a Jz 2 Ana Maria k Pz 3 Marcelo q zz

Manual de Cobrança. Código Nome De Até 1 Jose da Silva a Jz 2 Ana Maria k Pz 3 Marcelo q zz Manual de Cobrança Cadastrando um Funcionário Entre no programa e no menu principal entre na opção: Cadastros / Cadastros de Funcionários e Acionador. Será apresentada a tela abaixo: Nesta tela deverão

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Luís Manual de uso dos serviços da SEMFAZ. Prefeitura Municipal de São Luís Manual de uso dos serviços da SEMFAZ

Prefeitura Municipal de São Luís Manual de uso dos serviços da SEMFAZ. Prefeitura Municipal de São Luís Manual de uso dos serviços da SEMFAZ Prefeitura Municipal de São Luís Manual de uso dos serviços da SEMFAZ 1 Sumário 1. Introdução 2. Emissão de Certidões 3. Autenticação de Certidões 4. Cadastro de Imóveis/Empresa 5. Acessando meu cadastro

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED EMPRÉSTIMO PESSOAL COM GARANTIA DE CHEQUE I - Site Portocred

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED EMPRÉSTIMO PESSOAL COM GARANTIA DE CHEQUE I - Site Portocred I - Site Portocred Para acessar o site Portocred, devemos entrar no link: extranet.portocred.com.br/cp e após clicar na opção Crédito Pessoal Perto Check. *Lançar o usuário e a senha que serão informadas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

Conhecendo os Processos de Cobrança

Conhecendo os Processos de Cobrança Conhecendo os Processos de Cobrança 03 Processos de Cobrança Entenda a Fatura Ferramentas de Suporte Consulta de Extratos 05 09 11 16 Consumo Consciente 02 Processos de Cobrança conheça os processos de

Leia mais

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente.

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente. Sistema de Gestão do Programa Vapt Vupt SUPERINTENDÊNCIA DE VAPT VUPT E ATENDIMENTO AO PÚBLICO INSTRUÇÃO DE TRABALHO VAPT VUPT EMPRESARIAL PREFEITURA DE GOIANIA Responsável: Rosana Mérola Martins Cópia

Leia mais

NORMAS E CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 1. CRONOGRAMA DA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015

NORMAS E CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 1. CRONOGRAMA DA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 Prezado (a) estudante, NORMAS E CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 Neste documento serão apresentadas orientações sobre a renovação de matrícula para o 2º semestre de 2015.

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

Manual Regime Especial 1

Manual Regime Especial 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM 1 Sumário 1. TOTEM DE AUTOATENDIMENTO - DETRAN... 3 2. ÁREA DE MOTORISTA... 5 2.1. Consultar Envio CNH... 5 2.2. Curso de Reciclagem... 6 2.2.1. Agendamento do

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA CÉLULA DE GESTÃO TRIBUTÁRIA UNIDADE DE ARRECADAÇÃO IMOBILIÁRIAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA CÉLULA DE GESTÃO TRIBUTÁRIA UNIDADE DE ARRECADAÇÃO IMOBILIÁRIAS PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA CÉLULA DE GESTÃO TRIBUTÁRIA UNIDADE DE ARRECADAÇÃO IMOBILIÁRIAS MANUAL DO USUÁRIO Apoio SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 ROTINAS... 3 2.1 GUIA

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS Março/2008 Sumário Sistema Automatizado de Consignação...3 PRconsig...3 Orientações

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012 CARTILHA DO PRODUTO Débito Direto Autorizado Versão. 01-07/2012 www.unicredcentralsc.com.br ÍNDICE APRESENTAÇÃO Apresentação...02 Como funciona o DDA...03 DDA Unicred...04 DDA Módulos Internet Banking...06

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Manual de Digitação online de guia de SADT Desenvolvido por: Iuri Silva Setor: Inteligência Corporativa Unimed VR BEM VINDO AO SISTEMA VOXIS!

Manual de Digitação online de guia de SADT Desenvolvido por: Iuri Silva Setor: Inteligência Corporativa Unimed VR BEM VINDO AO SISTEMA VOXIS! BEM VINDO AO SISTEMA VOXIS! 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema Voxis... 4 3. Digitação de guia de SP/SADT... 5 3.1 Guia em Construção... 10 3.2 Guia Registrada... 11 4. Encaminhar guias

Leia mais

MANUAL DA REMATRÍCULA ON LINE NOVO SISTEMA TOTVS 2015.1

MANUAL DA REMATRÍCULA ON LINE NOVO SISTEMA TOTVS 2015.1 MANUAL DA REMATRÍCULA ON LINE NOVO SISTEMA TOTVS 2015.1 NO SISTEMA NOVO, SEU USUÁRIO É A SUA MATRÍCULA EM MAIÚSCULAS, E SUA SENHA POR PADRÃO É 123456, E VOCÊ PODERÁ ALTERÁ-LA NO PRIMEIRO LOGIN Prezados

Leia mais

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE C o n t r o l e E m p r e s a r i a l MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE s i s t e m a s SUMÁRIO INTRODUÇÃO CONCEITOS... 3 ENTRADA DIRETA DE PRODUTOS... 3 INCLUSÃO DE FORNECEDORES E CLIENTES...

Leia mais

ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA

ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA 1/24 Apresentação O presente manual tem por objetivo orientar os servidores da ADAPAR Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, em relação a utilização

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Instruções para Emissão de boleto de anuidade:

Instruções para Emissão de boleto de anuidade: 1 Instruções para Emissão de boleto de anuidade: Este roteiro tem por finalidade orientar os inscritos na emissão de boletos de anuidades. Está estruturado da seguinte forma: A) Acesso ao sistema; B) Gerar

Leia mais

Manual do Software de Cobrança Itaú

Manual do Software de Cobrança Itaú Banco Itaú SA Manual do Software de Cobrança Itaú Última atualização: agosto/2006 Índice 1 Visão Geral 03 2 Instalação 03 3 Inserindo os dados de sua empresa 03 4 Inserindo os dados dos títulos de Cobrança

Leia mais

Atualização gerencial 09/06 á 14/06 de 2014

Atualização gerencial 09/06 á 14/06 de 2014 Atualização gerencial 09/06 á 14/06 de 2014 14. Parâmetro novo na aba financeiro. Título do recibo de baixa selecionada, opção 24. Segunda aba do financeiro nas configurações. 14. 1. Exemplo: Caminho do

Leia mais

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador Contador 2 1 Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique na opção Contador

Leia mais

INSTRUÇÕES DO PORTAL PÓS-VENDAS MUELLER

INSTRUÇÕES DO PORTAL PÓS-VENDAS MUELLER INSTRUÇÕES DO PORTAL PÓS-VENDAS MUELLER O acesso ao Portal deve ser feito através do site da Mueller sendo www.mueller.ind.br. Logo abaixo, o posto deverá clicar no rodapé da página em Intranet/Extranet.

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE MANUAL DE MANUTENÇÃO ON LINE R: Santa Cruz, 647 CENTRO Limeira/SP - CEP 13.480-041 - Fone (19) 3404-4949 - e-mail: scpclimeira@acil.org.br 1 ÍNDICE Inclusão de Pessoa Física... 5 Inclusão de Cheque: Pessoa

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PRÉ CADASTRO DOS CONTRATOS VENDIDOS NO BALCÃO

INSTRUÇÕES PARA O PRÉ CADASTRO DOS CONTRATOS VENDIDOS NO BALCÃO INSTRUÇÕES PARA O PRÉ CADASTRO DOS CONTRATOS VENDIDOS NO BALCÃO Acesso: digite o CNPJ 02338268000163, seu login e senha no site da UNIODONTO, campo específico: Ou: Clique em Contratos, código de interesse,

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Sistema para Administração de Condomínio www.condominiomais.com.br SUMÁRIO

Sistema para Administração de Condomínio www.condominiomais.com.br SUMÁRIO SUMÁRIO I. MENU... 2 II. CONSULTA / ALTERAÇÃO / ESTORNO... 4 III. MENSAGEM... 5 IV. MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA... 6 CONSULTA... 6 LANÇAMENTO... 7 V. BOLETO... 8 VI. RELATÓRIO... 10 VII. RESERVA... 11 VIII.

Leia mais

1.1 EXTRAÇÃO DE RELATÓRIOS 03 1.2 CONSULTA CADASTRAL E IMPRESSÃO DE BOLETOS 12 1.3 RENEGOCIAÇÕES 15 2 FUNCIONALIDADES DISPONÍVEIS NO SITE

1.1 EXTRAÇÃO DE RELATÓRIOS 03 1.2 CONSULTA CADASTRAL E IMPRESSÃO DE BOLETOS 12 1.3 RENEGOCIAÇÕES 15 2 FUNCIONALIDADES DISPONÍVEIS NO SITE 1 ACESSO EXCLUSIVO PARA SUBSEÇÕES 1.1 EXTRAÇÃO DE RELATÓRIOS 03 1.2 CONSULTA CADASTRAL E IMPRESSÃO DE BOLETOS 12 1.3 RENEGOCIAÇÕES 15 2 FUNCIONALIDADES DISPONÍVEIS NO SITE 2.1 IMPRESSÃO RÁPIDA DE ANUIDADE

Leia mais

1.1 EXTRAÇÃO DE RELATÓRIOS 03 1.2 CONSULTA CADASTRAL 10 1.3 IMPRESSÃO DE BOLETOS 12 1.4 RENEGOCIAÇÕES 15 2 FUNCIONALIDADES DISPONÍVEIS NO SITE

1.1 EXTRAÇÃO DE RELATÓRIOS 03 1.2 CONSULTA CADASTRAL 10 1.3 IMPRESSÃO DE BOLETOS 12 1.4 RENEGOCIAÇÕES 15 2 FUNCIONALIDADES DISPONÍVEIS NO SITE 1 ACESSO EXCLUSIVO PARA SUBSEÇÕES 1.1 EXTRAÇÃO DE RELATÓRIOS 03 1.2 CONSULTA CADASTRAL 10 1.3 IMPRESSÃO DE BOLETOS 12 1.4 RENEGOCIAÇÕES 15 2 FUNCIONALIDADES DISPONÍVEIS NO SITE 2.1 IMPRESSÃO RÁPIDA DE

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO. Manual do Usuário PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO Manual do Usuário SCGB Sistema de Controle de Guias Bancárias Responsável: Henrique de Barros Saraiva Leão Conteúdo

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL Sistema de Depósito Judicial Sistema desenvolvido pela Secretária de Informática- TJE/PA Belém/PA Agosto de 2012 SUMÁRIO: 1- Apresentação... 3

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Versão 1.0 18/01/2013 Sempre consulte por atualizações deste manual em nossa página. O Cotação Web está em constante desenvolvimento, podendo ter novas funcionalidades adicionadas

Leia mais

Emissão Doc Extra de Locação Sami ERP++

Emissão Doc Extra de Locação Sami ERP++ Emissão Doc Extra de Locação Sami ERP++ 1. Chamada Extra Acesse o módulo FINANCEIRO/ CONTAS À RECEBER/ LOCAÇÃO/ CHAMADA EXTRA. Este programa emite os recibos de cobrança extra do sistema de locação. O

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS ONLINE (REMATRÍCULAS) O período oficial de rematrículas será de 17/12/2014 a 07/01/2015.

ORIENTAÇÕES PARA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS ONLINE (REMATRÍCULAS) O período oficial de rematrículas será de 17/12/2014 a 07/01/2015. ORIENTAÇÕES PARA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS ONLINE (REMATRÍCULAS) O período oficial de rematrículas será de 17/12/2014 a 07/01/2015. Ao realizar a matrícula online, através do portal acadêmico do aluno, o

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO DE PIRACICABA Centro de Pós-Graduação

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO DE PIRACICABA Centro de Pós-Graduação MANUAL DE INSCRIÇÃO Nesta primeira tela observar a inscrição referente ao CPG, que é o no primeiro quadro com descrição Abertos. Neste link é possível baixar o edital de inscrição antes de realiza-la.

Leia mais

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS Diretoria Comercial Corporativa Página 2 de 14 Sumário 1 Introdução... 4 2 Acessando os serviços para Imobiliárias... 5 3 Gerenciando clientes... 8 4 Serviços...

Leia mais

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal

Manual de uso do RM Portal Acessando o portal Manual de uso do RM Portal Acessando o portal 1º) Deve-se abrir um browser de internet (Utilizar o Internet Explorer para uma melhor visualização do portal). Após o browser aberto, deve-se digitar o endereço

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital

Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital Página 1 de 9 Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Ferramenta de controle financeiro das empresas cadastradas no Sigla Digital. Por essa ferramenta

Leia mais

SOLICITAR USUÁRIO E SENHA DE ACESSO GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA

SOLICITAR USUÁRIO E SENHA DE ACESSO GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA 1 Manual prático Pág. 2 Pág. 4 Pág. 9 Pág. 11 SOLICITAR USUÁRIO E SENHA DE ACESSO EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA DECLARAÇÃO DE NOTA FISCAL RECEBIDA GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS IMPOSTO

Leia mais

Manual do Sistema Carteira do Idoso

Manual do Sistema Carteira do Idoso Manual do Sistema Carteira do Idoso SUMÁRIO Manual do Sistema Carteira do Idoso... 3 1. Acessando o Sistema... 3 2. Tela Inicial... 4 2.1. Início... 5 2.2. Pesquisar Idoso... 5 2.2.1. Como pesquisar o

Leia mais

Objetivos. Página - 2

Objetivos. Página - 2 Índice Índice... 1 Objetivos... 2 Configurações... 3 Cadastro de Bancos... 3 Plano de Contas... 3 Conta Corrente... 4 Instruções Bancárias... 6 Portadores Bancários... 7 Cadastro de Clientes... 8 Boletos...

Leia mais

SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE LOCAÇÃO IMOBILIÁRIA LISTA DE ATUALIZAÇÕES NOVAS

SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE LOCAÇÃO IMOBILIÁRIA LISTA DE ATUALIZAÇÕES NOVAS SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE LOCAÇÃO IMOBILIÁRIA VERSÃO 7.0 LISTA DE ATUALIZAÇÕES NOVAS Todas as telas do sistema foram remodeladas para utilização da resolução de vídeo 1024 x 768, apresentando agora um

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Renegociação de Títulos e Apropriação de Juros Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Plano de Contas... 3 3.1.1 Transitória - Renegociação...

Leia mais

EMISSAO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MUNICÍPIO DE CAMPINAS

EMISSAO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MUNICÍPIO DE CAMPINAS EMISSAO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MUNICÍPIO DE CAMPINAS Para emissão de nota fiscal de serviço eletrônica (NFSE), a empresa deverá utilizar o internet explorer versão 6.0 ou superior. Deverá também desabilitar

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS ELETRÔNICO

PORTAL DE COMPRAS ELETRÔNICO Página: 1 PORTAL DE COMPRAS ELETRÔNICO Manual do Fornecedor Página: 2 1. OBJETIVO Formalizar o método de preenchimento de cotações e retirada de pedidos de compras via E-PROCUREMENT. 2. RESPONSABILIDADES

Leia mais

MANUAL SISTEMA WEB 1) BAIXANDO O SISTEMA NO SITE DA BELSINOS

MANUAL SISTEMA WEB 1) BAIXANDO O SISTEMA NO SITE DA BELSINOS MANUAL SISTEMA WEB 1) BAIXANDO O SISTEMA NO SITE DA BELSINOS Acessar o site www.belsinos.com.br Ir em Seja Cliente Clicar na Sistema de Operações Clicar em Baixar o aplicativo Baixar o instalador do WebFactoring

Leia mais

1 INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROTOCOLO ON-LINE DO CADASTRO MOBILIÁRIO

1 INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROTOCOLO ON-LINE DO CADASTRO MOBILIÁRIO 1 INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROTOCOLO ON-LINE DO CADASTRO MOBILIÁRIO Para dar mais agilidade ao processo de inscrição de alvará de localização e permanência no Município de Joinville, alguns procedimentos

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo:

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: GUIA DE ORIENTAÇÃO 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: 1.1 - ACESSAR O SITE DA PREFEITURA: 1.2 - CLICAR NA OPÇÃO: SERVIÇOS >> NOTA FISCAAL ELETRÔNICA 1.3 - Aguarde carregar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET I Sumário 1. Objetivo do Documento... 1 2. Início... 1 3. Cadastro de Pessoa Física... 3 3.1. Preenchimentos Obrigatórios.... 4 3.2. Acesso aos Campos

Leia mais

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 REALIZANDO UMA ARRECADAÇÃO...4 2.1 IMPORTAÇÃO TRIBUTOS COM A CONTABILIDADE...4 2.2 BOLETIM DE ARRECADAÇÃO...4 2.1.1

Leia mais

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço VALPARAÍSO DE GOIÁS quarta-feira, 28 de outubro de 2014 Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez

Leia mais

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015 RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015 ORIENTAÇÕES GERAIS Processo O processo de renovação de matrícula constitui-se de três etapas válidas para todos os alunos veteranos dos cursos de graduação:

Leia mais

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br FINANCEIRO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 14 ÍNDICE Receitas e Despesas... 3 Como Acessar... 3 Como

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

MANUAL COL MÓDULO DE CADASTRO DE CLIENTES

MANUAL COL MÓDULO DE CADASTRO DE CLIENTES MANUAL COL MÓDULO DE CADASTRO DE CLIENTES Clientes No cadastro de clientes, insira as informações obtidas sobre todas as pessoas físicas ou jurídicas que compraram seguro através da corretora ou ainda

Leia mais

Manual de Acesso ao Sistema SAORI Portal do Aluno

Manual de Acesso ao Sistema SAORI Portal do Aluno Manual de Acesso ao Sistema SAORI Portal do Aluno 1) Procedimentos que deverão ser executados antes do primeiro acesso ao sistema. (Caso você já acesse o sistema com regularidade vá para o item 2). Abra

Leia mais

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER... 1 2 INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO......6 3. CONTAS A RECEBER......6 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...6 3.2. LANÇAMENTO MANUAL DE CONTAS A RECEBER...7 3.3. GERAÇÃO

Leia mais

Como imprimir a 2ª via de seu boleto de anuidade:

Como imprimir a 2ª via de seu boleto de anuidade: 1 Como imprimir a 2ª via de seu boleto de anuidade: Este roteiro tem por finalidade orientar os inscritos na emissão de boletos de anuidades. Está estruturado da seguinte forma: a) Para acessar o sistema;

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 LANÇAMENTO DE CONTAS

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA MANUAL DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO VERSÃO 1.0

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA MANUAL DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO VERSÃO 1.0 MANUAL DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO VERSÃO 1.0 INTRODUÇÃO O Tribunal de Justiça deu mais um passo rumo à modernização do Poder Judiciário da Bahia. Trata-se do Sistema de Habilitação de Casamento via

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

PORTAL DE EMPREGOS ANHANGUERA CATHO-ON LINE

PORTAL DE EMPREGOS ANHANGUERA CATHO-ON LINE Principais dúvidas e benefícios Conteúdo O que é?... 3 Quem administra o Portal?... 3 Qual é o produto que estamos oferecendo aos alunos?... 3 O aluno terá que pagar alguma coisa?... 3 Mas o que são os

Leia mais

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE 2015 PROCESSO DE BAIXA Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte - e-cac) 1 Como visto anteriormente sobre o processo de baixa de empresa, o procedimento inicial diante

Leia mais

Secretaria Municipal de Fazenda Diretoria de Receitas Divisão de Tributos. Manual do Site Acesso Geral MONTE CARMELO

Secretaria Municipal de Fazenda Diretoria de Receitas Divisão de Tributos. Manual do Site Acesso Geral MONTE CARMELO Secretaria Municipal de Fazenda Diretoria de Receitas Divisão de Tributos Manual do Site Acesso Geral MONTE CARMELO ÍNDICE Siat Online - Considerações Gerais Consulta Débito de IPTU Emitir Guias de ITPU

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO NOTA FISCAL AVULSA ORIENTAÇÕES PARA EMISSÃO PELA WEB

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO NOTA FISCAL AVULSA ORIENTAÇÕES PARA EMISSÃO PELA WEB PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO NOTA FISCAL AVULSA ORIENTAÇÕES PARA EMISSÃO PELA WEB Página 2 de 11 INFORMAÇÕES GERAIS O Sistema de emissão de Nota Fiscal Avulsa - NFA

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE. 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais?

Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE. 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais? Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais? Desde o dia 21/10/2013, esta em operação o Módulo Estadual de Licenciamento

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.3 11/02/2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Objetivos... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL Primeiro passo: importar impostos, para isso proceda da seguinte maneira: entre na empresa EXEMPLO, no menu Arquivos clique em Impostos, logo após, do lado direito

Leia mais

VALIDAÇÃO DOS DADOS. JOTEC Tecnologia em Software. Manual Validação dos dados 1

VALIDAÇÃO DOS DADOS. JOTEC Tecnologia em Software. Manual Validação dos dados 1 VALIDAÇÃO DOS DADOS 1 ÍNDICE Validação dos dados importados...3 CLIENTES / FORNECEDORES / PRODUTOS... 3 TRANSPORTADORAS / VENDEDORES... 5 DUPLICATAS A RECEBER / A PAGAR...7 2 Validação dos dados importados

Leia mais

Acesso ao sistema. Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema.

Acesso ao sistema. Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema. PENHORA ONLINE Acesso ao sistema Diretores de Cartórios Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema. Os diretores serão os administradores do sistema e

Leia mais

Sage Finanças Títulos a Receber e a Pagar

Sage Finanças Títulos a Receber e a Pagar Sage Finanças Títulos a Receber e a Pagar OBJETIVO As funcionalidades de inclusão títulos, baixa de parcelas, cancelamento, autorização de pagamentos e renegociação de títulos, foram reestruturadas para

Leia mais

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E Nas páginas seguintes, você terá uma visão geral dos recursos disponíveis e das funções que o Controller Gold possui, facilitando o seu processo de venda e compra. Criando

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO ANTECIPACÃO DE ICMS MANUAL DO USUÁRIO - CONTRIBUINTE

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO ANTECIPACÃO DE ICMS MANUAL DO USUÁRIO - CONTRIBUINTE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO ANTECIPACÃO DE ICMS MANUAL DO USUÁRIO - CONTRIBUINTE Versão 1.0 Belém PA - Maio 2014 Sumário 1. Introdução...

Leia mais

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Secretaria De Estado de Fazenda Superintendência de Gestão da Informação Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários DECLARAÇÃO DE COMPRA

Leia mais