DOSSIER DE CANDIDATURA. Dossier de Candidatura

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DOSSIER DE CANDIDATURA. Dossier de Candidatura"

Transcrição

1 DOSSIER DE CANDIDATURA Dossier de Candidatura

2 APRESENTAÇÃO DO CANDIDATO Informação Pessoal Nome Gordo, Alexandra Isabel Dias Gordo Morada Av.ª das Descobertas, nº36-2º, Portalegre Telefone Correio eletrónico Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento Habilitações Académicas Datas (de até) Desde Setembro 2012 Nome e tipo da organização de Universidade de Évora ensino ou formação Principais disciplinas/competências Tópicos Avançados de Comportamento Organizacional (18 valores), Tópicos Avançados de profissionais Gestão Logística e Gestão de Operações (18 valores), Métodos de Pesquisa I (18 valores), Estatística Multivariada (18 valores), Métodos de Pesquisa II (17 valores), Tópicos Avançados de Marketing (16 valores), Econometria (16 valores), Modelos Analíticos (15 valores) Designação da qualificação atribuída Classificação obtida Doutoramento em Gestão A designar no final do Doutoramento data prevista de término 2016, atualmente em elaboração da tese Datas (de até) De Outubro 2009 a Setembro de 2011 Nome e tipo da organização de Universidade de Évora ensino ou formação Principais disciplinas/competências Gestão de Recursos Humanos (17 valores), Gestão Estratégica (16 valores), Comportamento profissionais Organizacional (17 valores), Avaliação de Desempenho (16 valores), Gestão de Ética e Responsabilidade Social (17 valores), Direito do Trabalho (14 valores), Metodologia de Investigação (17 valores) Designação da qualificação atribuída Classificação obtida Mestrado em Gestão Especialização Recursos Humanos 17 Valores Datas (de até) De Janeiro de 2006 a Dezembro de 2006 Nome e tipo da organização de Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais da Universidade Católica Portuguesa ensino ou formação Principais disciplinas/competências Gestão de Recursos Humanos; Gestão de Competências; Liderança e Negociação; Sistemas profissionais de Avaliação de Desempenho Designação da qualificação atribuída Classificação obtida Programa Avançado de Recursos Humanos Concluído com sucesso 2

3 Datas (de até) Setembro de 2000 a Junho de 2004 Nome e tipo da organização de Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa ensino ou formação Principais disciplinas/competências Nas disciplinas de área comportamental destaca-se: Comportamento Organizacional-16 profissionais valores; Gestão de Recursos Humanos-14 valores; Negociação-18 valores Designação da qualificação atribuída Classificação obtida (Média final de Licenciatura) Licenciatura em Gestão 14 Valores Datas (de até) Setembro 1997 a Setembro 2000 Nome e tipo da organização de Escola Secundária de São Lourenço ensino ou formação Designação da qualificação Ensino Secundário - 12º Ano - 3º Agrupamento - Económico-Social atribuída Classificação obtida (Média final de 18 Valores Licenciatura) Experiência Profissional Datas (de até) Desde Outubro de 2010 Nome e endereço do empregador Banco BPI S.A., 7300 Portalegre Tipo de empresa ou sector Banca Função ou cargo ocupado Subgerente Principais actividades e responsabilidades Gestão de Clientes e Contas; Gestão de Campanhas; Acompanhamento comercial; Gestão de colaboradores; Responsabilidade de gestão da agência na ausência do 1º responsável. Datas (de até) Desde Setembro de 2008 até Outubro de 2010 Nome e endereço do empregador Banco BPI S.A., 7320 Castelo de Vide Tipo de empresa ou sector Banca Função ou cargo ocupado Gestor de Conta Particulares Principais actividades e responsabilidades Gestão de Clientes e Contas; Gestão de Campanhas; Acompanhamento comercial; Responsabilidade de gestão da agência na ausência do 1º responsável. Datas (de até) Junho de 2006 a Setembro de 2008 Nome e endereço do empregador Banco Popular S.A., 7300 Portalegre Tipo de empresa ou sector Banca Função ou cargo ocupado Assistente de Gerência Principais actividades e responsabilidades Gestão de Clientes e Contas; Gestão de Campanhas; Acompanhamento comercial; Responsabilidade de gestão da agência na ausência do 1º responsável. Datas (de até) Março de 2005 a Junho de 2006 Nome e endereço do empregador J. Casado Cosméticos Lda., 7300 Portalegre Tipo de empresa ou sector Comercialização de Produtos Cosméticos Marca D avines Função ou cargo ocupado Responsável de Marketing e Vendas Principais actividades e responsabilidades Definição e acompanhamento de campanhas e objectivos comerciais; Gestão de Stocks; Motivação e acompanhamento da equipa de vendas. 3

4 Datas (de até) Julho de 2004 a Março de 2005 Nome e endereço do empregador L Oreal Portugal Tipo de empresa ou sector Comercialização de Produtos Cosméticos Função ou cargo ocupado Gestora de Produto Júnior Principais actividades e responsabilidades Definição e acompanhamento de campanhas comerciais; Gestão de Stocks; Definição de material de merchandising e campanhas publicitárias. Outras Habilitações Datas (de até) De Janeiro de 2007 a Março de 2007 Nome e tipo da organização de Instituto do Emprego e Formação Profissional ensino ou formação Principais disciplinas/competências Métodos e Técnicas pedagógicas; Planificação da Formação; Factores e Processos de profissionais Aprendizagem; Comunicação e Animação de Grupos. Designação da qualificação atribuída Classificação obtida Certificado de Aptidão Profissional nº EDF /2007 DA Muito Bom Data Maio 2014 Nome Estágio em Team Building Local Escola de Fuzileiros Marinha Portuguesa Data Outubro de 2008 Nome Gestão de Equipas Sindicato dos Bancários Sul e Ilhas Local Évora Data Fevereiro de 2008 Nome Técnicas Bancárias - Sindicato dos Bancários Sul e Ilhas Local Castelo de Vide PRIMEIRA LÍNGUA PORTUGUÊS OUTRAS LÍNGUAS Compreensão escrita Expressão escrita Expressão oral Compreensão escrita Expressão escrita Expressão oral Compreensão escrita Expressão escrita Inglês Bom Bom Bom Espanhol Bom Elementar Bom Alemão Elementar Elementar 4

5 APRESENTAÇÃO E DESCRIÇÃO DO PROJETO No âmbito do concurso Cidades Analíticas a decorrer até 1 de Abril de 2015, considerou-se levar a candidatura o projeto de doutoramento da candidata Alexandra Isabel Dias Gordo, com orientação das docentes da Universidade de Évora, Prof.ª Doutora Marta Silvério e Prof.ª Doutora Ana Sampaio. A preocupação com as cidades e, especialmente, com as cidades de reduzida dimensão do interior de Portugal, das quais a candidata é natural, pareceu ser um motivo mais que suficiente para colocar as ferramentas estadísticas ao serviço da tomada de decisão na gestão urbana. Nome do projeto: OS DETERMINANTES DA IMAGEM DAS CIDADES DO INTERIOR COM REDUZIDA DIMENSÃO. O CASO DA CIDADE DE PORTALEGRE. RESUMO A globalização aumentou a concorrência entre países, regiões e cidades visando atrair públicos. Porque os locais possuem aptidão distinta para essa captação, o marketing da cidade apresenta-se como estratégia que deve considerar a avaliação dos residentes. Sendo o conceito de imagem da cidade multidimensional, outras dimensões, que não só a tradicional urbanística, devem ser ponderadas. Este estudo pretende investigar o constructo multidimensional dos determinantes da imagem de uma cidade do interior de Portugal com reduzida dimensão, bem como o seu efeito na satisfação e envolvimento dos residentes, adaptando os modelos de Luque-Martinez et al. (2007) e de Zenker et al. (2013). O modelo aplicar-se-á a Portalegre, permitindo a sua interpretação e conclusões sugerir ações para a promoção da imagem das cidades com estas especificidades. A informação necessária à investigação será obtida através da aplicação de um questionário junto de uma amostra representativa da população residente. Operacionalizar-se-á o modelo adotando técnicas de estatística multivariada. PALAVRAS-CHAVE: Marketing de lugares, Imagem das cidades, Cidades do interior 1. INTRODUÇÃO Os lugares desde sempre sentiram necessidade de se diferenciarem de outros, afirmando a sua individualidade e características distintivas, tendo por base objetivos económicos, políticos ou sociopsicológicos. A tentativa dos governos construírem uma identidade local e promovê-la junto dos seus mercados-alvo é quase tão antiga quanto o próprio governo (Kavaratzis & Ashworth, 2008). 5

6 As cidades enfrentam, na atualidade, novos desafios, fruto de um contexto fortemente marcado pela globalização das economias, pela mobilidade das pessoas e bens e pela competição para atrair turistas, residentes e investidores (Guerreiro, 2012). Os decisores das cidades precisam ter conhecimento, tanto quanto possível, de todas as dimensões que afetam a cidade, com o objetivo de tomar decisões fundamentadas, sendo capazes de elaborar um bom plano estratégico. Para criar comunidades saudáveis e compreender os custos e os benefícios do desenvolvimento, os decisores precisam de um diagnóstico adequado, o que significa que necessitam de saber a atual imagem da cidade para depois projetar a imagem pretendida, definindo as ações para a melhorar. A imagem da cidade é um conceito ambíguo e assume-se possuir muitas dimensões. Daí decorre que o objetivo da tese de doutoramento é investigar o constructo multidimensional dos determinantes da imagem de cidade do interior com reduzida dimensão, bem como o seu efeito na satisfação e envolvimento dos residentes. Após a revisão da literatura, considerou-se necessário o estudo da imagem das cidades que não estão catalogadas como destinos turísticos, que se situam no interior de um país e que possuem uma dimensão reduzida. Neste sentido torna-se importante medir a imagem do ponto de vista dos residentes, uma vez que nos últimos anos estas cidades têm sofrido muitas transformações e onde impera, também, a desertificação. Estima-se que nos próximos quarenta anos exista uma redução muito significativa do número de habitantes nestes locais. Assim, considera-se que a investigação é oportuna pois preenche uma lacuna da literatura. Os estudos existentes reportam-se a grandes cidades, ou a cidades enquanto destino turístico, excluindo as pequenas urbes do interior. Urge aqui diagnosticar, identificar potencialidades e fragilidades, segundo diferentes perspetivas, determinantes para o planeamento estratégico urbano a médio e a longo prazo. 2. BREVE REVISÃO DA LITERATURA Para discutir a definição do marketing de lugares em relação à ciência de marketing com facilidade, irá ser útil selecionar uma das mais frequentemente citada. "Marketing de lugares significa projetar um lugar para satisfazer as necessidades dos seus mercados alvo. Para ter sucesso nesta projeção, os cidadãos e as empresas têm de ser satisfeitos, bem como a sua comunidade, sendo que as expectativas dos visitantes e os investidores têm de ser atendidas. (Kotler e Gertner, 2002: 57, apud Rainisto 2003). De acordo com a perspetiva de Kotler, o aspeto do local do marketing podem ser divididos em duas partes: "lugar" e "marketing". O primeiro é relacionado com a tendência que a cidade vende como um produto. Esta última significa a gestão programada, o processo responsável por identificar, antecipar e satisfazer os requisitos do cliente. Assim, o marketing de lugar urbano pode ser reconhecido como as 6

7 atividades de promoção dos governos locais que desenvolvem os espaços para melhorar a imagem da cidade, a fim de satisfazer as necessidades dos turistas e investidores. No entanto, como as políticas de marketing de lugares são mais significativas no quotidiano urbano, é necessário aferir cuidadosamente se a definição escolhida de marketing de lugar é desejável do ponto de vista do cidadão. Uma abordagem de marketing do produto começa a partir da premissa básica de que um lugar ou uma cidade é similar a um produto de uma empresa. No entanto, um fato que não deve ser facilmente esquecido é que o objeto de marketing corporativo é bastante diferente do de uma cidade. Os produtos podem desaparecer se falharem no mercado. No entanto, os lugares não podem desaparecer, apesar de não terem sucesso na concorrência entre lugares. Do ponto de vista dos cidadãos, as cidades enquanto lugares não devem sofrer os erros de mercado, porque são as bases económicas e sociais da vida das pessoas. Embora os locais falhem, as pessoas ainda lá vivem e o fracasso só se torna uma nova história sobre o lugar. Além disso, as cidades enquanto lugares são cuidadas e as pessoas sentem uma sensação de envolvimento psicológico e afeto por elas. Neste sentido, os lugares não são apenas unidades de lucro económico, mas são lugares que se devem preocupar com o quotidiano do cidadão. Assim, uma abordagem de marketing de produto tem os seus limites na aplicação às cidades (Lee, 2012). A utilização de técnicas de marketing para diferenciar um local de outro não é aspeto novo. Como lembram Ashworth & Voogd (1994), desde que o explorador Leif Ericson procurou colonos no século X para a sua Vinland ou terra das vinhas, na América do Norte, que a ideia de projetar imagens favoráveis de um local para atrair potenciais visitantes, investidores ou residentes tem sido ativamente prosseguida. A ideia geográfica de um local pressupõe sempre a criação de sentidos e associações através do marketing de lugares. O que tem variado ao longo do tempo são as ferramentas, os agentes, os objetivos e os meios de implementação, que resultam da evolução nas disciplinas de marketing e de planeamento, como notam Ashworth e Kavaratzis (2010). Há agora um consenso alargado sobre a aplicação das teorias do marketing aos territórios, regiões, cidades e lugares com a mesma eficiência com que se aplicam a produtos e serviços, desde que, com a salvaguarda das suas especificidades conceptuais e de contexto, isto porque o território enquanto produto é substancialmente mais complexo. Por outro lado e muito dependente da pesada máquina publica, com timmings de atuação particularmente longos e onde a sustentabilidade de marketing é nuclear pois os seus objetivos são, para além de económicos, políticos e sociais, devendo no entanto assegurar uma linha de orientação capaz de servir de referencial, independentemente das conjunturas económicas, dos ciclos políticos e dos índices de emprego. (Gaio & Gouveia, 2007: 2-3) Frequentemente, o marketing de lugares significa venda, promoção e marca (Berglund & Olsson, 2010). Vários investigadores (incluindo Barke, 1999; Kavaratzis, 2004 apud Kavaratzis & Ashworth, 2008) 7

8 sugerem que a prática do marketing de lugares se desenvolve em fases distintas. Inicialmente inserem-se as atividades promocionais. Depois, a adoção de técnicas relacionadas com o planeamento do marketing, centrando-se no que os consumidores ou potenciais residentes desejavam comprar ou experienciar. Finalmente, chegou-se ao marketing de marca de lugares orientados para o futuro, onde a criação de novas formas de representação dos lugares e das principais preocupações sobre imagem evidenciam elementos distintivos para além da publicidade (Kavaratzis & Ashworth, 2008). Criou-se, assim, uma consciência de que a imagem é um fator determinante para atrair residentes, investidores ou visitantes e, simultaneamente, um meio eficaz de coordenar as atividades de marketing. Essa é a fase do branding de lugares ou place branding. Estudar a imagem de uma cidade é importante, não apenas do ponto de vista do planeamento estratégico, mas por ser o antecedente do nível de satisfação dos residentes. Assim, quando uma cidade tem uma boa imagem, os cidadãos estão mais satisfeitos, melhorando a imagem da mesma (Luque- Martínez et al., 2007). A imagem das cidades tem sido abordada numa perspetiva de destino, ou de turismo (Baloglu & McCleary, 1999; Beerli & Martin, 2004; Bigne, Sanchez, & Sanchez, 2001; C. K. Lee, Graefe, & Burns, 2005; Mackay & Fesenmanier, 2000 apud Ramkisson & Nunkoo, 2011). Destaca-se o modelo de Guerreiro (2012), conjugando no modelo conceptual a imagem cognitiva global e local, a afetiva e a comportamental das cidades capitais europeias da cultura 2010, considerando os turistas nacionais e estrangeiros; e o de Agapito et al. (2013) que propõem que a imagem cognitiva-afetiva-conativa do destino turístico influencia o comportamento antes, durante e após a viagem. A análise da imagem da cidade deverá ainda enfatizar a abordagem dos residentes. Isto porque, para Braun et al. (2013) os moradores são participantes vitais no processo da marca do lugar, uma vez que não são apenas beneficiários passivos ou clientes do lugar, mas são parceiros ativos e coprodutores de bens públicos, serviços e políticas (Freire, 2009; Hospers, 2010; Olsson e Berglund, 2009 apud Braun et al., 2013). Assim, uma análise crítica do papel atual e potencial dos residentes na imagem da cidade torna-se necessária. A imagem das cidades na perspetiva dos residentes relaciona-se, também, com o turismo, como é o caso do modelo desenvolvido por Ramkisson & Nunkoo (2011) cujos atributos da imagem da cidade medem o impacto no suporte ao turismo urbano. Assim, uma forma de isolar a importância dos residentes no estudo das cidades será focar a satisfação e compromisso dos mesmos em aí viver. Intrinsecamente, esta abordagem abrangerá a imagem da cidade, veja-se o modelo de Luque-Martínez et al. (2007), cujo objetivo é discutir como os residentes de Granada formam a imagem da mesma e o de Zenker et al. (2013) apurando-se a satisfação global e o compromisso dos residente. Estes modelos não incluem diretamente a marca da cidade, mas Howard e 8

9 Sheth (1969) reconhecem que a satisfação do consumidor depende da atitude assumida face à marca avaliada, ocorrendo, indiretamente, através da intenção de compra. 3. OBJETIVOS A definição do problema e a delimitação do tema de investigação proporcionam a fundamentação necessária para a formulação das seguintes 3 questões de partida: 1ª) Como é que os residentes de uma cidade do interior com reduzida dimensão formam a imagem da sua cidade?; 2ª) como é que esta imagem influencia a sua satisfação com a cidade?; 3ª) como é que a satisfação com a sua cidade influencia o envolvimento com o meio? Daqui decorre a eleição do objetivo geral e dos objetivos específicos que nortearão o desenvolvimento da pesquisa. O objetivo geral do presente estudo é investigar o constructo multidimensional dos determinantes da imagem de cidade do interior com reduzida dimensão, bem como o seu efeito na satisfação e envolvimento dos residentes. Este objetivo geral deverá ser alcançado através dos seguintes objetivos específicos: Discutir a questão do marketing de lugares com o objetivo de compreender o seu papel na gestão local; Identificar o papel da criação da imagem do lugar para o desenvolvimento local; Identificar as dimensões que antecedem a formação da imagem de cidade e explorar a importância relativa de cada uma delas; Medir o conceito geral da imagem da cidade de Portalegre; Caracterizar o perfil do habitante de Portalegre; Pesquisar diferenças nas perceções dos habitantes acerca dos constructos utilizados, em função do grupo etário, do género e da habilitação literária; Avaliar a influência que a imagem de Portalegre exerce sobre a satisfação e orgulho de aí viver; Mensurar em que medida a satisfação de viver em Portalegre se traduz num compromisso com a cidade. 9

10 4. METODOLOGIA O enquadramento concetual desenvolver-se-á através da apresentação de uma síntese da revisão da literatura em que se equacionam as principais linhas concetuais e metodológicas em torno do tema da investigação. Esta revisão da literatura será suportada em fontes secundárias como estudos científicos, publicações e edições de carácter científico com as quais se pretende apresentar e discutir conceitos, analisar comparativamente abordagens e metodologias teóricas e empíricas, considerando o problema de investigação e os objetivos. Esta revisão assentará em três pilares: o marketing de lugares, a marca das cidades e a imagem da cidade. No que diz respeito ao marketing de lugares interessa a sua definição, a sua evolução histórica bem como os desafios futuros. Desafios esse que passarão pelo city marketing e city image com especial incidência no segundo, onde se destacará a análise das dimensões que a compõem. De forma a enquadrar a cidade de Portalegre será efetuada uma breve caraterização deste lugar através do recurso a fontes secundárias e à opinião de peritos locais. Após a realização destes dois enquadramentos passar-se-á ao estudo empírico em si e neste sentido como foi referido na revisão da literatura destacam dois modelos, entre os existentes, que abordam mais especificamente esta questão, o modelo de Luque-Martínez et al. (2007) e o de Zenker et al. (2013). Luque-Martínez et al. (2007) propuseram-se a desenvolver um modelo capaz de medir a imagem de uma cidade e quantificar as dimensões que a determinam, baseado na opinião dos residentes de Granada. Além disso, os autores tinham ainda como objetivos desenvolver um modelo geral da formação da imagem da cidade; medir o conceito geral da imagem da cidade e os seus principais componentes; avaliar a importância que os residentes na cidade atribuíam às dimensões que compõem o conceito de cidade e avaliar em que medida a imagem da cidade influência e a satisfação e orgulho em aí viver. A fim de satisfazer os objetivos propostos, os autores desenvolveram um modelo de formação da imagem que resumia a influência das dimensões sobre a formação da imagem de Granada pelos seus residentes. Esta escolha de dimensões foi baseada na literatura existente, bem como em estudos que analisam os fatores determinantes da imagem e formação de um território e a sua competitividade. A escolha baseouse, também, nos resultados da pesquisa qualitativa efetuada pelos autores com base num focus group realizado. Este método tem sido amplamente utilizado na literatura e é aceite como um procedimento para o desenvolvimento de escalas. Assim as dimensões apresentadas pelos autores eram assim definidas: Dimensão A. Atratividade arquitetónica e urbanística. Dimensão B. Infraestruturas de Transportes e comunicações e de trânsito. Dimensão C. Património histórico. 10

11 Dimensão D. Ambiente. Dimensão E. Problemas Sociais. Dimensão F. Cultura. Dimensione G. Inovação e cultura empresarial. Dimensão H. Economia e comércio. Dimensão I. Gama de serviços. Dimensão J. Educação-Universidade. Dimensão K. Projeção internacional da cidade Dimensão L. Auto perceção dos cidadãos. Adicionalmente foram incluídas no questionário duas seções para medir a imagem geral dos residentes sobre a cidade e a satisfação de viver em Granada. Após a definição do modelo e do questionário que servia de base para a recolha dos dados, os autores selecionaram 612 indivíduos residentes em Granada, de acordo com a idade, género e área de residência. A técnica de análise usada para estimar o modelo (SEM) permitiu aos autores obter não só o efeito direto de cada dimensão tem na imagem da cidade, mas também o efeito indireto de cada dimensão na variável final, ou seja, a satisfação e orgulho decorrente de viver em Granada. O efeito indireto é dado pelo produto do efeito direto da dimensão da imagem sobre o efeito direto da imagem na satisfação. O modelo com os coeficientes estimados bem como o gráfico representativo das diferentes dimensões da imagem da cidade de Granada, obtidos por estes investigadores estão representados na figura1e 2. Figura 1: Coeficientes Estandardizados para o modelo estimado Fonte: Luque-Martínez et al. (2007: 347) 11

12 Figura 2: Gráfico de Representação das diferentes dimensões da imagem de Granada Fonte: Luque-Martínez et al. (2007: 348) Este tipo de análise pode ajudar os decisores a identificar os aspetos que têm uma maior influência sobre imagem dos moradores e, portanto, na sua satisfação em viver na cidade. Assim, os mesmos aspetos podem ser enfatizados nas políticas da cidade. Também Zenker et al. (2013) quiseram saber qual seria o melhor lugar para viver. A resposta depende de como se faz a pergunta e da escala aplicar. O estudo destes autores oferece duas contribuições para o aumento da comparabilidade da pesquisa sobre satisfação do cidadão: em primeiro lugar, combinam 18 escalas diferentes, com itens derivados da pesquisa qualitativa e, em seguida, reduzem esses itens para um conjunto de 21 perguntas que rotulam de Índice de Satisfação do Cidadão (CSI). Em segundo lugar, replicam quatro dimensões distintas de satisfação dos cidadãos em dois estudos que empregam abordagens metodológicas diferentes (análise fatorial exploratória e confirmatória e escala multidimensional). As dimensões são urbanismo e diversidade, natureza e recreação, oportunidades de trabalho e custo-eficiência. Estas quatro dimensões estabelecem um quadro concetual de fatores relevantes que podem ser úteis na investigação comparativa sobre a satisfação do cidadão. Inicialmente os autores conduziram o estudo na Alemanha, efetuando o questionário online, apresentando uma lista de 35 items com o objetivo de saber o quão satisfeito estava o cidadão com um determinado item, na sua cidade, ou quão importante é um determinado atributo para a satisfação com o 12

13 local onde vive. Com a ajuda do ranking de importância, os autores reduziram os items para 21. O passo seguinte foi encontrar os fatores base para o modelo de satisfação e envolvimento através da análise fatorial confirmatória. Após a realização do segundo estudo, confirmou-se que o fator urbanização e diversidade têm maior impacto sobre a satisfação dos cidadãos e representa um tipo de caráter metropolitano. Parece que a maioria dos participantes queria viver em grande cidades com uma ampla gama de oportunidades, eventos culturais ou compras, mas também preferem um lugar tolerante e aberto a culturas e subculturas diferentes. Contrariamente a isso, os participantes também expressaram o desejo de natureza e recreação, baixa poluição, parques e espaços abertos e a tranquilidade do um lugar. No livro '' A imagem de uma cidade '', Lynch (1960 apud Zenker et al., 2013) descreveu o conflito entre esses dois desejos humanos nesta era urbana. O modelo de índice de satisfação dos cidadãos, obtido por estes autores está representado na figura 3. Figura 3: O modelo CSI Fonte: Zenker et al. (2013:159) Resumindo e efetuando uma análise comparativa de ambos os modelos algumas das dimensões da imagem de cidade definidas por Luque-Martínez et al. (2007) são agrupadas e resumidas em outras, no modelo de Zenker et al. (2013). Por outro lado, o modelo de Luque-Martínez et al. (2007) termina na satisfação de viver numa cidade e o modelo de Zenker et al. (2013) prolonga essa satisfação com o compromisso com a cidade. Estes são os modelos a adaptar para este estudo, sendo que ao modelo de Luque-Martínez et al. (2007) se acrescentará o compromisso/envolvimento de Zenker et al. (2013). 13

14 Então, a investigação presente proporá um modelo que integre ambos os modelos apresentados, prolongando o de Luque-Martínez et al. (2007), com o envolvimento dos cidadãos, após a avaliação da sua satisfação. A análise da existência de relações causa-efeito será um contributo interessante para o estudo da imagem das cidades e o relacionamento dos seus habitantes com o lugar onde vivem. Este trabalho de investigação será suportado por um método quantitativo de recolha de informação, através da aplicação de um inquérito por questionário, junto de uma amostra, não probabilística, por conveniência, de residentes na cidade de Portalegre. Este método considera-se rápido e versátil, implicando, geralmente, menos custos na sua utilização. O questionário será elaborado tendo por base as dimensões que se pretendem estudar e que estão presentes nos modelos já apresentados e os questionários que constam desses mesmos estudos e que já possuem escalas testadas e validadas. O instrumento de recolha será disponibilizado online através de um link criado para o efeito e divulgado em todas as páginas das entidades locais, meios de comunicação locais, web fóruns, bem como das redes sociais. Pretende-se obter uma amostra de 500 residentes na cidade de Portalegre. Para aumentar a taxa de resposta, serão incluídos mecanismos incentivadores da resposta que serão definidos posteriormente. Os dados recolhidos serão alvo de tratamento estatístico multivariado do qual se destaca a metodologia das equações estruturais que vai permitir dar resposta à maioria dos objetivos desta investigação. Com essa análise pretende-se conseguir determinar as dimensões da imagem da cidade de Portalegre, identificadas pelos seus residentes, bem como a satisfação e envolvimento dos mesmos, que poderão servir de base para uma comunicação concreta, correta, duradora, clara e precisa da cidade, conseguindo ainda identificar ações com vista a melhorar a imagem da cidade. 5. CONSIDERAÇÕES FINAIS Deste há muito tempo que os investigadores de várias áreas procuram conhecer e compreender a cidade e as suas dinâmicas. Uma certeza existe, a cidade é complexa, ampla e difusa, logo difícil de caracterizar, de sistematizar e de catalogar. Mas é o local onde vivemos. Por escolha, por imposição ou por vocação. E convém sentirmos satisfeitos e envoltos no local onde vivemos. Daí que se considere que a proposta de estudo será uma valia para as pequenas cidades do interior, quase esquecidas mas com tanto potencial com qualquer outra, a necessitar de diagnósticos, orientação e promoção. Na verdade, a utilidade deste projeto assenta na necessidade de conhecer melhor os residentes das pequenas cidades, a imagem que possuem da própria cidade, a forma como a criam e na descoberta de elementos potenciadores da satisfação e envolvimento com a própria cidade. Só este tipo de análise poderá ajudar os decisores a identificar os aspetos que têm uma maior influência sobre imagem dos moradores e, portanto, na sua satisfação em viver na cidade, uma vez que terão ao seu dispor uma base de dados completa e fundamentada. Esses aspetos podem ser enfatizados nas políticas da cidade. 14

15 Já em fase de desenvolvimento do questionário, esta tese de doutoramento deve elaborar um modelo estrutural, baseado nos resultados obtidos da utilização dos modelos teóricos escolhidos, capaz de investigar o constructo multidimensional dos determinantes da imagem de uma cidade do interior de Portugal com reduzida dimensão, bem como o seu efeito na satisfação e envolvimento dos residentes, existindo ainda a possibilidade de o estudo ser replicado em outras cidades com especificidades idênticas à da cidade em estudo, permito um conhecimento aprofundado das ações a tomar para satisfazer e envolver os residentes, apostando na imagem de promoção correta. 6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Ashworth, G.J. and Kavaratzis, M. (2009), Beyond the logo: brand management for cities, Journal of Brand Management, Vol. 16 No. 8, pp Ashworth, G. J. e Kavaratzis, M. (eds.) (2010), Towards Effective Place Brand Management: Branding European Cities and Regions, Cheltenham: Edward Elgar. Ashworth, G. J. e Voogd, H. (1990), Selling the City: Marketing Approaches in Public Sector Urban Planning, Londres: Belhaven Press. Berglund, E. and Olsson, K. (2010), Rethinking place marketing a literature review, paper presented at the 50th European Regional Science Association Congress, August, Jonkoping. Braun, E., Kavaratzis, M. and Zenker, S. (2010), My city my brand, paper presented at the European Regional Science Association 2010 Conference, Jonkoping, August. Byrne, B. M. (2010). Structural Equations Modeling with AMOS: Basic Concepts, Applications, and Programming (2nd ed.). New York: Routledge Taylor & Francis Group. CEO s for Cities (2006), Branding your City, Prophet Press. Gaio, S., & Gouveia, L. (2007). O Branding Territorial: uma abordagem mercadológica a Cidade. Revista A Obra Nasce. Edições, pp Guerreiro, M. M. M. (2012). Um contributo para o estudo da imagem das cidades enquanto destinos turísticos O caso das cidades capitais europeias da cultura Faro. Universidade do Algarve. Hospers, G. J. (2010), Spatial self-preference: On the limits of place marketing to attract new residents and firms, Place Branding and Public Diplomacy, Vol. 6, 4, Hair, J., Andersen, R., Tatham, R. and Back, W (2009) Multivariate Data Analysis, (7th ed.), Englewood Cliffs, NJ, Prentice-Hall. Howard, J. A and. Sheth, J. N (1969) The Theory of Buyer Behaviour. John Wiley & Sons, New York. 15

16 Insch, A and Florek, M. (2008), A great place to live, work and play Conceptualizing place satisfaction in the case of a city s residents, Journal of Place Management and Development, Vol. 1 No. 2, pp Jacobsen, B. P. (2009), Investor-based place brand equity: a theoretical framework, Journal of Place Management and Development, Vol. 2 No. 1, pp Kavaratzis, M. (2004), From city marketing to city branding: towards a theoretical framework for developing city brands, Place Branding and Public Diplomacy, Vol. 1 No. 1, pp Kavaratzis, M. and Ashworth, G.J. (2008), Place marketing: how did we get here and where are we going?, Journal of Place Management and Development, Vol. 1 No. 2, pp Kavaratzis, M. (2013), From necessary evil to necessity: stakeholders involvement in place branding, Journal of Place Management and Development, Vol. 5 No. 1, pp Kotler, P., Asplund, C., Rein, I. and Haider, D. (1999), Marketing Places Europe: Attracting Investments, Industries, Residents and Visitors to European Cities, Communities, Regions and Nations, Financial Times/Prentice-Hall, Harlow. LEE, M-S. (2012), The Evolution of Place Marketing: Focusing on Korean Place Marketing and Its Changing Political Context. Luque-Martínez, T., Barrio-García, S., Ibáñez-Zapata, J. A. and Molina, M. A. R (2007), Modeling a city s image: The case of Granada, Cities, Vol. 24, No. 5, p Lynch, K. (1960), The Image of the City, MIT Press, Cambridge, MA. Lucarelli, A. and Berg, P.O. (2011), City branding: a state-of-the-art review of the research domain, Journal of Place Management and Development, Vol. 4 No. 1, pp Lucarelli, A (2013), Unraveling the complexity of city brand equity : a three-dimensional framework, Journal of Place Management and Development, Vol. 5 No. 3, pp Mateus, A. C, Sousa, A. J. C e Silvério, M. C. S. S. C. (2011), Land [R] evolution The cellular system model; plataforma de ativação dos territórios, Responsabilidade Social e Inovação-marketing, pp Merrilees, B., Miller, D. and Herington, C. (2009), Antecedents of residents city brand attitudes, Journal of Business Research, Vol. 62 No. 3, pp Metaxas, T. (2009), Place Marketing, Strategic Planning and Competitiveness: The Case of Malta, European Planning Studies, Vol. 17 No. 9, pp

17 Mueller, A. and Schade, M. (2012), Symbols and place identity A semiotic approach to internal place branding case study Bremen (Germany), Journal of Place Management and Development, Vol. 5 No. 1, 2012 pp Navarro, J. G. C and Martinez-Martinez, A. (2011) Improving competitiveness through city marketing in Spanish hotels, The Service Industries Journal, Vol. 31 No. 9, pp Omholt, T (2013), Developing a collective capacity for place management, Journal of Place Management and Development, Vol. 6 No. 1, pp Ramkissoon, H. and Nunkoo, R. (2011) City Image and Perceived Tourism Impact: Evidence from Port Louis, Mauritius, International Journal of Hospitality & TourismAdministration, 12:2, Rainisto, S. K. (2003), Success Factors of place marketing: a study of place marketing practices in northern Europe and the United States. Helsinki University of Technology, Institute of Strategy and International Business. Doctoral Dissertations 2003/4 Sarmento, M. (2008). Guia Prático sobre a Metodologia Científica para a Elaboração Escrita e Apresentação de Teses de Doutoramento, Dissertações de Mestrado e Trabalhos de Investigação Aplicada. 2ª Edição, Universidade Lusíada Editora. Lisboa. Van Ham, P. (2008). Place Branding: The State of the Art. The Annals of the American Academy, pp Zenker, S. (2009), Who s your target? The creative class as a target group for place branding, Journal of Place Management and Development, Vol. 2 No. 1, pp Zenker, S. and Braun, E. (2010), Branding a city a conceptual approach for place branding and place brand management, paper presented at the 39th European Marketing Academy Conference, 1-4 June, Copenhagen. Zenker, S. and Petersen, S. (2010), Resident-city identification: translating the customer relationship management approach into place marketing theory, paper presented at the 50th European Regional Science Association Congress, August, Jonkoping. Zenker, S. (2011) How to catch a city? The concept and measurement of place brands, Journal of Place Management and Development, Vol. 4 No. 1, pp Zenker, S. and Beckmann, S. C. (2013), My place is not your place different place brand knowledge by different target groups, Journal of Place Management and Development, Vol. 6 No. 1, pp

18 Zenker, S., Petersen, S. and Aholt, A. (2013) The Citizen Satisfaction Index (CSI): Evidence for a four basic factor model in a German sample, Cities, No. 31, pp

19 THE DETERMINANTS OF THE IMAGE OF INNER TOWNS OF SMALL DIMENSION. THE CASE OF PORTALEGRE CITY. Application File

20 PRESENTATION OF THE APPLICANT Personal Information Name Gordo, Alexandra Isabel Dias Gordo Address Av.ª das Descobertas, nº 36-2º, Portalegre Telephone address Nationality Portuguese Date of birth Educational Qualifications Dates (from to) From September 2012 Name and type of educational or Évora University training organization Main subjects/professional skills Advanced Topics of Organizational Behaviour (18 points), Advanced Topics of Logisticcal Management and Operations Management (18 points), Research Methods I (18 points), Multivariate Statistic (18 points), Research Methods II (17 points), Advanced Marketing Topics (16 points), Econometrics (16 points), Analytical Models (15 points) Name of awarded qualification Doctorate in Management Score obtained To be assigned at the end of the doctorate in Management expected date for conclusion 2016, currently in elaboration of thesis Dates (from to) From October 2009 to September 2011 Name and type of educational or Évora University training organization Main subjects/professional skills Human Resources Management (17 points), Strategic Management (16 points), Organizational Behaviour (17 points), Performance Evaluation (16 points), Ethics and Social Responsibility Management (17 points), Labor Law (14 points), Research Methodology (17 points) Name of awarded qualification Score obtained Master s Degree in Business Administration Expertise Human Resources 17 Points Dates (from to) From January 2006 to December 2006 Name and type of educational or College of Business and Economy Sciences of Portuguese Catholic University training organization Main subjects/professional skills Human Resources Management; Skills Management; Leadership and Negotiation; Performance Evaluation Systems Name of awarded qualification Score obtained Human Resources Advanced Program Successfully completed 2

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração VICTOR HUGO SANTANA ARAÚJO ANÁLISE DAS FORÇAS DE PORTER NUMA EMPRESA DO RAMO FARMACÊUTICO:

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature

Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature PSICOLOGIA ARGUMENTO doi: 10.7213/psicol.argum.5895 ARTIGOS [T] Desempenho no trabalho: Revisão da literatura [I] Job performance: An overview of literature [R] [A] Pedro Fernando Bendassolli Resumo Received

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional!

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! ii A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! iii Agradeço à Deus, esta força maior, pela vida, pela sabedoria e pelo amor. Mas, sobretudo, por me ensinar saber fazer ser

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

Faro. Enriching our city brand

Faro. Enriching our city brand Faro Enriching our city brand 1 2 3 establish a strategy to value our identity1 st Step evaluation supported by studies and similar work / statistical and qualitative analysis / tourists, visitors and

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Unidade curricular: / Curricular Unit: Sociologia da Comunicação Sociology of Communication Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 Design de Identidade Identity design 6.2.1.2. Docente responsável e respetivas horas de contacto na unidade curricular

Leia mais

Instituto Politécnico de Setúbal. Evolução das funções e novas competências emergentes: os profissionais da distribuição postal dos CTT

Instituto Politécnico de Setúbal. Evolução das funções e novas competências emergentes: os profissionais da distribuição postal dos CTT Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Ciências Empresariais Evolução das funções e novas competências emergentes: os profissionais da distribuição postal dos CTT Floriano Manuel Graúdo Lagarto

Leia mais

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde*

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde* UniversidadeNovedeJulho1UNINOVE ProgramadeMestradoProfissionalemAdministração GestãoemSistemasdeSaúde Disciplina ProjetosComplexoseEstratégicosAplicadosàSaúde Códigodadisciplina GSEL04 Linhadepesquisa

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015 Design de Interface Interface Design 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

personal details profile

personal details profile personal details name: Paulo Vitor Fernandes Bastos nationality: Brazilian / Portuguese date of birth: 02/27/1987 e-mail: paulovitorfb@gmail.com phone: +55 (21) 99777-4854 portfolio: www.pvbastos.com profile

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

Responsabilidade Social no Ensino em Administração: um estudo exploratório sobre a visão dos estudantes de graduação

Responsabilidade Social no Ensino em Administração: um estudo exploratório sobre a visão dos estudantes de graduação Renata Céli Moreira da Silva Responsabilidade Social no Ensino em Administração: um estudo exploratório sobre a visão dos estudantes de graduação Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa

Leia mais

學 術 研 究 獎 學 金 申 請 表. Bolsas de Investigação Académica Boletim de Candidatura. Academic Research Grant Application Form

學 術 研 究 獎 學 金 申 請 表. Bolsas de Investigação Académica Boletim de Candidatura. Academic Research Grant Application Form 澳 門 特 別 行 政 區 政 府 Governo da Região Administrativa Especial de Macau 文 化 局 Instituto Cultural 學 術 研 究 獎 學 金 申 請 表 ( 根 據 學 術 研 究 獎 學 金 規 章 第 九 條 第 一 款 ) Bolsas de Investigação Académica Boletim de Candidatura

Leia mais

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO RESUMO As incubadoras de empresas são ambientes dotados de competência gerencial, técnica e administrativa que impulsionam a promoção do nascimento

Leia mais

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Raquel Jauffret Guilhon Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo

Leia mais

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma Proposta de Criação do Mestrado em Logística III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma De acordo com o Despacho RT 41/2005 de 19 de Setembro Universidade do Minho Escola de Economia e Departamento

Leia mais

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures GeoInfo - 2006 Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures Leonardo Lacerda Alves Clodoveu A. Davis Jr. Information Systems Lab

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

Restrições intrapessoais para o lazer em turismo

Restrições intrapessoais para o lazer em turismo Renato das Chagas Benevenuto Restrições intrapessoais para o lazer em turismo por idosos no Rio de Janeiro Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Administração

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire Volunteer Profile Questionnaire 1 Índice 1 VOLUNTEER PROFILE QUESTIONNAIRE... 1.1 Country... 1. AGE... 1. GENDER... 1..1 GENDER vs... 1. Qualification... 1..1 QUALIFICATION GREECE VS PORTUGAL... 1. Are

Leia mais

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking Agradecimentos A dissertação do Mestrado que adiante se apresenta resulta na concretização de um projecto que me parecia difícil mas não impossível de alcançar. Foram meses seguidos de trabalho de investigação,

Leia mais

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Junior Saviniec Ferreira; Letícia Stroparo Tozetti Faculdade Educacional de Araucária RESUMO O problema de estoque elevado é cada vez menos frequente

Leia mais

ECONOMIA E MEIO AMBIENTE: UM ESTUDO DE CASO DAS EMPRESAS DO CENTRO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL (CDI) DO MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA.

ECONOMIA E MEIO AMBIENTE: UM ESTUDO DE CASO DAS EMPRESAS DO CENTRO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL (CDI) DO MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA. ECONOMIA E MEIO AMBIENTE: UM ESTUDO DE CASO DAS EMPRESAS DO CENTRO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL (CDI) DO MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA. RESUMO: O Centro de Desenvolvimento Industrial de Guarapuava foi criado

Leia mais

OUTRA FORMA DE VER? A CONSTRUÇÃO DO AUTOCONCEITO DE CRIANÇAS CEGAS E AMBLIOPES

OUTRA FORMA DE VER? A CONSTRUÇÃO DO AUTOCONCEITO DE CRIANÇAS CEGAS E AMBLIOPES UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA CENTRO REGIONAL DE BRAGA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS OUTRA FORMA DE VER? A CONSTRUÇÃO DO AUTOCONCEITO DE CRIANÇAS CEGAS E AMBLIOPES II Ciclo de Estudos em Ciências da

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

ERASMUS+ PROGRAM 2015/16 Degree Year Sem. Code Subject Subject (English) ECTS Notes

ERASMUS+ PROGRAM 2015/16 Degree Year Sem. Code Subject Subject (English) ECTS Notes ERASMUS+ PROGRAM 2015/16 Degree Year Sem. Code Subject Subject (English) ECTS Notes Busin. Manag. 1º 1 LGE1104 Contabilidade Empresarial I Business Accounting I 6 Not available in English Busin. Manag.

Leia mais

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda R E L AT Ó R I O D E AT I V I D A D E P R O F I S S I O N A L N A J. V A R G A S - G A B I N E T E T É C N I C O D E G E S T Ã O E

Leia mais

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 (CHARTER OF RECOMMENDATION AND PRINCIPLES OF FORUM EMPRESARIAL RIO+20 TO UNCSD-2012) Nós, membros participantes do FÓRUM

Leia mais

Leonardo Pereira Rodrigues dos Santos

Leonardo Pereira Rodrigues dos Santos Leonardo Pereira Rodrigues dos Santos Desenvolvimento de serviços na área de educação: uma aplicação de análise conjunta nos cursos de mestrado em administração de empresas DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DEPARTAMENTO

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Cidades Analíticas Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Apresentação da candidatura: Candidato Luis Maia Oliveira

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!!

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!! Universidade de Aveiro 2012 Departamento de Comunicação e Arte RENATO MIGUEL SILVA COSTA ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA Universidade de

Leia mais

4. PLACEMENT OFFERED Number of Placement offered: Two places in the Romantic Museum of Macieirinha Farm.

4. PLACEMENT OFFERED Number of Placement offered: Two places in the Romantic Museum of Macieirinha Farm. 1. COMPANY Porto City Hall - www.cm-porto.pt Municipal Department of Museums and Cultural Heritage 2. LOCATION Rua Entre Quintas, 219 4050-240 Porto Portugal 3. MAIN ACTIVITY The Municipal Department of

Leia mais

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

Carreiras e a Nova Geração Produtiva: Quais as Expectativas de Carreira de Jovens Profissionais?

Carreiras e a Nova Geração Produtiva: Quais as Expectativas de Carreira de Jovens Profissionais? Patrícia Freitas de Sá Carreiras e a Nova Geração Produtiva: Quais as Expectativas de Carreira de Jovens Profissionais? Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Administração

Leia mais

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS AGRADECIMENTOS O findar desta dissertação é o momento indicado para agradecer ao Professor Doutor João Carlos de Matos Paiva pela sua grande ajuda, pela disponibilidade sempre manifestada, pelo seu empenho

Leia mais

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Transportes CU Name Código UC 706 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5; TP - 22,5

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO APRENDER CIDADANIA COM A DISCIPINA DE HISTÓRIA: 3 PERCURSOS NO CONCELHO DE ODEMIRA Rita Santos Agudo do Amaral Rêgo MESTRADO EM EDUCAÇÃO

Leia mais

José Benedito Alves Junior

José Benedito Alves Junior 1 José Benedito Alves Junior Gerenciamento de Projetos de TI: Uma análise sobre a possibilidade de aplicação da estrutura motivacional sugerida pelo Project Management Body of Knowledge - PMBOK - em uma

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Type of course Compulsory Year 2º Semester 2nd sem Student Workload: Professor(s) Natalia Gomes, Ascensão Maria

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and RESUMO EXPANDIDO Pode definir-se Literacia Emocional como a capacidade para reconhecer, compreender, expressar e gerir estados emocionais, do próprio e de outras pessoas, existindo associações entre esta

Leia mais

Sistemas de certificação da qualidade nas instituições de respostas sociais

Sistemas de certificação da qualidade nas instituições de respostas sociais Sistemas de certificação da qualidade nas instituições de respostas sociais 1 Sistemas de certificação da qualidade nas instituições de respostas sociais Susana Lucas susana.lucas@estbarreiro.ips.pt Instituto

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. MARKETING Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas presenciais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EM UMA ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Projeto de Serviços: proposta de modelo teórico para sites de compras coletivas

Projeto de Serviços: proposta de modelo teórico para sites de compras coletivas Iris Campos Martins Projeto de Serviços: proposta de modelo teórico para sites de compras coletivas Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS INCLUSIVAS NO SECTOR PÚBLICO E PRIVADO UM ESTUDO DE CASO EM DUAS ESCOLAS DO 1.º CICLO, DO CONCELHO DE SINTRA

CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS INCLUSIVAS NO SECTOR PÚBLICO E PRIVADO UM ESTUDO DE CASO EM DUAS ESCOLAS DO 1.º CICLO, DO CONCELHO DE SINTRA UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS INCLUSIVAS NO SECTOR PÚBLICO E PRIVADO UM ESTUDO DE CASO EM DUAS ESCOLAS DO 1.º CICLO, DO CONCELHO DE SINTRA

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law Sérgio Leal a,b, João Paulo Leal a,c Horácio Fernandes d a Departamento de Química e Bioquímica, FCUL, Lisboa, Portugal b Escola Secundária com 3.º ciclo Padre António Vieira, Lisboa, Portugal c Unidade

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular 2º ano/3º semestre Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua de

Leia mais

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Silvane Guimarães Silva Gomes, Frederico José Vieira Passos Universidade Federal de Viçosa

Leia mais

23/06/2009. A Economia do Turismo e o Processo de Formação da Imagem dos Destinos: O caso de Portimão. Objectivo da Apresentação.

23/06/2009. A Economia do Turismo e o Processo de Formação da Imagem dos Destinos: O caso de Portimão. Objectivo da Apresentação. A Economia do Turismo e o Processo de Formação da Imagem dos Destinos: O caso de Portimão Maria João Custódio mjcusto@ualg.pt Fernando Perna fperna@ualg.pt Conferência Internacional de Marketing Places

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LETRAS INGLÊS TÉCNICO E CIENTÍFICO PROFESSOR: WELLINGTON BORGES

DEPARTAMENTO DE LETRAS INGLÊS TÉCNICO E CIENTÍFICO PROFESSOR: WELLINGTON BORGES Palavras cognatas, palavras repetidas e marcas tipográficas UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ DEPARTAMENTO DE LETRAS INGLÊS TÉCNICO E CIENTÍFICO PROFESSOR: WELLINGTON BORGES Fatos: A língua inglesa teve origem

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

CURRICULUM VITÆ. June 2007 Present: Assistant Professor, Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

CURRICULUM VITÆ. June 2007 Present: Assistant Professor, Faculdade de Economia da Universidade do Porto. CURRICULUM VITÆ PERSONAL DATA Full name: Birth: Nationality: Address: Manuel Emílio Mota de Almeida Delgado Castelo Branco 30 December 1971, Porto (Portugal) Portuguese Faculdade de Economia da Universidade

Leia mais

Renata Sol Leite Ferreira da Costa

Renata Sol Leite Ferreira da Costa Renata Sol Leite Ferreira da Costa O impacto da adoção da IFRIC 12 nas empresas de serviço telefônico fixo comutado brasileiras: uma análise da aplicabilidade dos novos padrões contábeis Dissertação de

Leia mais

Planejamento de Comunicação Organizacional: uma releitura da estrutura, enriquecida pelos modelos de análise de marketing.

Planejamento de Comunicação Organizacional: uma releitura da estrutura, enriquecida pelos modelos de análise de marketing. Universidade de São Paulo Escola de Comunicações e Artes - ECA Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação Planejamento de Comunicação Organizacional:

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker

Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1 1. Unidade curricular / Curricular Unit Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker 2. Designação do Ciclo

Leia mais

Qualidade: do mundo empresarial ao Ensino Superior

Qualidade: do mundo empresarial ao Ensino Superior Qualidade: do mundo empresarial ao Ensino Superior José António Sarsfield Cabral Universidade do Porto Garantia da Qualidade e Acreditação Universidade de Coimbra, Auditório da Reitoria 30092009 1 Os conceitos

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DO BRASIL

DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DO BRASIL DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DO BRASIL MOURA, A. L. A. 1 ; SÁ, L. A. C. M 2 RESUMO - A presente pesquisa está sendo desenvolvida com o objetivo de formular uma base de dados espaciais

Leia mais

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento.

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento. Ficha de Unidade Curricular 1. Unidade curricular / Curricular Unit Psicologia Geral / General Psychology 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a Unidade Curricular (com semestre e ano lectivo)

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

Rodrigo Luiz Goecks Santos. Gestão de Mudanças: Construindo uma Indústria Orientada para o Mercado. Dissertação de Mestrado

Rodrigo Luiz Goecks Santos. Gestão de Mudanças: Construindo uma Indústria Orientada para o Mercado. Dissertação de Mestrado Rodrigo Luiz Goecks Santos Gestão de Mudanças: Construindo uma Indústria Orientada para o Mercado Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Administração de Empresas

Leia mais

Hypercluster do Mar Que Futuro? Painel 4 Visibilidade, Comunicação, Imagem e Cultura Marítima

Hypercluster do Mar Que Futuro? Painel 4 Visibilidade, Comunicação, Imagem e Cultura Marítima Hypercluster do Mar Que Futuro? Painel 4 Visibilidade, Comunicação, Imagem e Cultura Marítima Joaquim Moreira, AORN Cascais 24 de Setembro 2009 _ Estrutura da Apresentação 1. AORN Associação dos Oficiais

Leia mais

Integração de Imigrantes

Integração de Imigrantes Integração de Imigrantes ODEMIRA INTEGRA It is a project born from the need to improve and increase support measures, reception and integration of immigrants. 47% of immigrants registered in the district

Leia mais

Proposta de Modelo de Desenvolvimento de Sistema de Medição de Desempenho Logístico

Proposta de Modelo de Desenvolvimento de Sistema de Medição de Desempenho Logístico Winston Carvalho Santana Proposta de Modelo de Desenvolvimento de Sistema de Medição de Desempenho Logístico DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL Programa de Pós-Graduação Profissional

Leia mais

"Pesquisa FENABRAVE, a Voz do Concessionário. Quando os bons falam, a verdade sempre aparece!

Pesquisa FENABRAVE, a Voz do Concessionário. Quando os bons falam, a verdade sempre aparece! "Pesquisa FENABRAVE, a Voz do Concessionário. Quando os bons falam, a verdade sempre aparece! Conceito: A Pesquisa Fenabrave de Relacionamento com o Mercado nasceu em 2003, com base em pesquisa similar

Leia mais

Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos.

Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos. Hi, students! Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos. Além disso, tenho uma super novidade para vocês: minha página no facebook!

Leia mais

SCHOOLS LOOKING FOR STUDENTS FOR ERASMUS PLACEMENTS

SCHOOLS LOOKING FOR STUDENTS FOR ERASMUS PLACEMENTS SCHOOLS LOOKING FOR STUDENTS FOR ERASMUS PLACEMENTS 2015 /16 ESTÁGIOS ERASMUS EM ESCOLAS * ERASMUS PLACEMENTS IN SCHOOLS * [POR FAVOR, PREENCHA O FORMULÁRIO NA (NUMA DAS) LÍNGUA(S) DE TRABALHO DO ESTÁGIO:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS Mestrado em Ciências da Documentação e da Informação Variante de Arquivo A EXTERNALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE ARQUIVO GESTÃO E CUSTÓDIA DE DOCUMENTOS CONTRIBUTO PARA

Leia mais