Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais"

Transcrição

1 Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais 24 de maio de 2012 Auditório ISEGI - UNL Patrocínio Principal Apoios Patrocinadores Globais APDSI

2 Internet, Negócio e Redes Sociais Um Caminho para a Internacionalização Negócios Digitais do físico ao digital para o físico Evidencias e Perspetivas Futuras

3 Internet, Negócio e Redes Sociais Um Caminho para a Internacionalização do físico ao digital para o físico 2

4 Sociedade da Informação e do Conhecimento 3

5 Sociedade da Informação e do Conhecimento Vivemos num mundo em Constantes e Profundas mudanças: Políticas; Económicas/Financeiras; Organizacionais; Tecnológicas;... A Globalização e as TIC: constante necessidade de operar a Mudança... lógica constante de aumento da Produtividade... cada vez maior necessidade de Integração 4

6 Sociedade da Informação e do Conhecimento Avanços tecnológicos Organizações + Focadas + Ágeis e Flexíveis + Competitivas Eficácia Eficiência Novas Opções Mudanças na Gestão de Recursos: - Humanos; - Informação; - Tecnologias; - Financeiros; - 5

7 Negócio e Comércio Eletrónico 6

8 Negócio e comércio eletrónico O negócio eletrónico, e-business (NE) consiste na utilização de meios eletrónicos (Internet), para: rever, melhorando o modelo de negócio das organizações; rearquitetar, reconceber e reposicionar a empresa de modo a obter vantagens competitivas. O comércio eletrónico e-commerce (CE) é um dos elementos do negócio eletrónico: consiste na compra ou venda de bens e/ou serviços através de redes eletrónicas de dados como a Internet. 7

9 Negócio e comércio eletrónico Características do CE (Laudon e Traver, 2011) as suas caraterísticas desafiam e revolucionam o pensamento empresarial tradicional: Ubiquidade está disponível em todos os lugares, a qualquer hora; Alcance global não tem fronteiras; Normas universais conjunto de normas padrão; Riqueza mensagens multimédia; Interatividade existe interação com o consumidor; Densidade de informação redução dos custos da informação e aumento da sua qualidade; Customização permite personalizar as mensagens a serem entregues a indivíduos bem como a grupos. 8

10 Negócio e comércio electrónico O CE entre e pós Pós 2001 Crescimento explosivo Inovação Expectativa Dúvida Sustentação Consolidação Conduzido pela tecnologia Ênfase no crescimento da receita Financiamento de capital de risco Desregrado Empresarial/carácter empreendedor Desintermediação Mercados perfeitos Puras estratégias on-line Vantagens de ser primeiro Conduzido pelo negócio Ênfase nos lucros Financiamento tradicional Regulamentação mais forte Grandes empresas tradicionais Fortalecimento dos intermediários Mercados imperfeitos Combinar loja física com loja virtual Força de seguidor estratégico 9

11 Negócio e comércio eletrónico B2B M-Commerce U-Commerce C2C B2C/ C2B Consumidor Empresa C2A/A2C B2A/ A2B Administração A2A 10

12 Negócio e comércio eletrónico WORLD INTERNET USAGE AND POPULATION STATISTICS World Re gions December 31, 2011 P opula tion Inte rne t Use rs Inte rne t Use rs P e ne tra tion Growth ( Est.) De c. 3 1, La te st Da ta (% P opula tion) Africa 1,037,524,058 4,514, , 8 7 5, % 2,988.4 % Asia 3,879,740, ,304,000 1, 0 16, 7 9 9, % % Europe 816,426, ,096, ,7 2 3, % % Middle East 216,258,843 3,284, , 0 2 0, % 2,244.8 % North America 347,394, ,096, , 0 6 7, % % Latin America / Carib. 597,283,165 18,068, , 8 19, % 1,205.1 % Oceania / Australia 35,426,995 7,620, , 9 2 7, % % WORLD TOTAL 6,9 3 0,0 5 5, ,9 8 5, ,2 6 7,2 3 3, % % Evolução da Internet medida pelo nº de utilizadores no mundo (Internet World Stats, 2011) 11

13 Negócio e comércio eletrónico Universo: Indivíduos com idade entre os 10 e os 74 anos, residentes em território nacional. (INE, 2008) 12

14 Negócio e comércio eletrónico Percentagem de utilizadores que adquiriram produtos e/ou serviços através da Internet. (Eurostat, 2011) 13

15 Utilização da Internet - Comunicação Utilizar correio eletrónico (89%); Instant messaging (74.5%); Redes Sociais (56.4%); A Utilização da Internet em Portugal (UMIC, 2010)

16 Utilização da Internet - Entretenimento Sem objetivo concreto (62%); Jogos (38.3%); Consulta de jornais (35.6%); Download de musicas (35.2%); A Utilização da Internet em Portugal (UMIC, 2010)

17 Utilização da Internet - Informação Procurar noticias (68.7%); Uso de enciclopédias online (40.1%); Informação sobre saúde (33.8%); Leitura de blogues (33.3%); Procurar emprego (12.9%); A Utilização da Internet em Portugal (UMIC, 2010)

18 Utilização da Internet - Negócios Procura informação sobre produtos (46.5%); Lê críticas de outros utilizadores (20.4%); Pagamento de contas online (20.4%); Compras de bens ou serviços (17.5%); A Utilização da Internet em Portugal (UMIC, 2010)

19 Utilização da Internet - Negócios Produtos encomendados através da Internet Ano: 2009 Unidade: % Comida ou artigos de mercearia 14,9 Artigos para a casa (ex. mobílias, brinquedos, etc.) 13,0 Filmes/Música 13,5 Livros, Revistas, Jornais, Material e-learning 32,9 Roupas, equipamentos desportiv os 12,1 Software informático (incluindo jogos de vídeo) 24,2 Softw are de jogos (inclui actualizações) 13,1 Outro softw are (inclui actualizações) 16,5 Hardw are informático 13,6 Equipamento electrónico (ex. câmaras digitais, Hi-Fi, etc.) 19,4 Aquisição de acções na bolsa, serv iços financeiros ou seguros 8,1 Viagens e alojamento 48,9 Alojamento para férias 37,1 Outros preparativ os apara v iagens (ex : bilhetes de transporte, aluguer de automóv el, etc.) 38,4 Bilhetes para espectáculos ou eventos 27,5 Universo: Indivíduos com idade entre os 16 e os 74 anos, residentes em território nacional. (INE, 2009) 18

20 Utilização da Internet - Negócios Razões para não efectuar encomendas de bens ou serviços através da Internet Ano: 2009 Unidade: % Não tev e necessidade 67,1 Prefere o contacto pessoal com o vendedor e com o produto 90,0 Força de hábito ou fidelidade aos comerciantes ou fornecedores habituais 69,1 Dificuldade em encontrar nos w ebsites informação relev ante sobre os bens ou serv iços 14,0 Problemas com a entrega (ex : demoras nas entregas ou problemas logísticos) 14,3 Bens ou serv iços de que necessita não estão disponív eis na Internet 8,8 Preocupações com a segurança dos pagamentos (ex: fornecer dados de cartão de crédito) 57,0 Problemas de privacidade (ex: fornecer dados pessoais) 53,1 Problemas de confiança relativ os à recepção ou dev olução de bens, preocupações com reclamações ou queix as 42,2 Não tem cartão de crédito ou débito para efectuar pagamentos atrav és da Internet 11,3 Velocidade da ligação à Internet demasiado lenta 5,2 Falta de competências, não sabe utilizar ou não se sente preparado 22,2 Outras 3,4 Universo: Indivíduos com idade entre os 16 e os 74 anos, residentes em território nacional. (INE, 2009) 19

21 Processo de Aquisição 20

22 Processo de Aquisição do físico ao digital Desenvolver ambientes de compra digital mais ricos e reais do digital para o físico Transpor a eficácia e eficiência do processo de compra digital para o processo de compra físico 21

23 Processo de Aquisição Ir ao encontro das necessidades dos diferentes atores Retalhistas Ineficiências na cadeia de fornecimento: Esgotamento de produtos; Presença do consumidor apenas detetada no ato do pagamento; SI entre parceiros não se encontram ligados ou são incompatíveis. Consumidores Filas de espera para aceder aos diversos serviços; Dificuldades em encontrar os produtos. Marketing Ignorado pelos consumidores; Não é diferenciada e não produz os resultados esperados. 22

24 Processo de Aquisição Internet Servidor do publicitário/fornecedor Servidor Web Servidor aplicacional Servidor do retalhista PC do cliente Receptor de localização Servidor de posicionamento em tempo real? Carrinho de compras inteligente Ponto de acesso sem fios Router 23

25 Perspetivas futuras 24

26 Infra-estrutura: Cloud Computing, 4G; Perspetivas futuras Tecnologia de suporte Tecnologias complementares: Tablet, Smart phones, IPV6, RFID Aplicações de negócio: ERP, CRM, GC, BI, Ambiente e Interface: Novas plataformas de software 25

27 Web: Social para todos ; Perspetivas futuras Estratégias de negócio A imperiosa necessidade da semântica; A ligação às, e entre as, Coisas ; Novas aplicações empresariais; Novos modelos de negócio. Comportamento dos consumidores: Partilha de informação; Redes colaborativas baseadas na opinião. 26

28 Perspetivas futuras Enquadramento na sociedade Propriedade intelectual. Segurança e Privacidade. Equidade e igualdade de acesso. Regulamentação de conteúdos. Taxação. O conceito e as novas relações de poder. Definir como estar e se necessário como sair. 27

29 Escola de Ciências e Tecnologia Departamento de Engenharias do físico ao digital para o físico Muito Obrigado! 28

2ª Conferência. Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender. 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI

2ª Conferência. Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender. 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI 2ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI Patrocinador Principal Patrocinadores Globais APDSI Internet, Negócio e Redes Sociais

Leia mais

CONFIANÇA NA ECONOMIA DIGITAL

CONFIANÇA NA ECONOMIA DIGITAL CONFIANÇA NA ECONOMIA DIGITAL AMADEU PAIVA 12 Outubro 2010 Forum para a Sociedade de Informação ECONOMIA DIGITAL AGENDA Desconfiança Cross border Portugal Unicre Segurança AGENDA Desconfiança Cross border

Leia mais

Famílias. Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003. Principais Resultados

Famílias. Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003. Principais Resultados Famílias Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003 Principais Resultados NOTA METODOLÓGICA (SÍNTESE) O Inquérito à Utilização de Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

Famílias. Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2004. Principais Resultados

Famílias. Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2004. Principais Resultados Famílias Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2004 Principais Resultados NOTA METODOLÓGICA (SÍNTESE) O Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação

Leia mais

A Internet nas nossas vidas

A Internet nas nossas vidas Economia Digital A Internet nas nossas vidas Nos últimos anos a internet revolucionou a forma como trabalhamos, comunicamos e até escolhemos produtos e serviços Economia Digital Consumidores e a Internet

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Principais desafios no processo de ensino e aprendizagem

Sociedade da Informação e do Conhecimento Principais desafios no processo de ensino e aprendizagem CICLO DE CONFERÊNCIAS Mudam-se os tempos... e a Educação? Sociedade da Informação e do Conhecimento Principais desafios no processo de ensino e aprendizagem Escola de Ciências e Tecnologia Sociedade da

Leia mais

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização: Comércio Eletrônico FTS Faculdade Taboão da Serra Curso de Administração de Sistemas de Informações Disciplina: Comércio Eletrônico Comércio Eletrônico Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Leia mais

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias BANDA LARGA

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias BANDA LARGA 03 DE DEZZEMBRO 2007 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007 77% DOS AGREGADOS DOMÉSTICOS COM LIGAÇÃO À INTERNET

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007 03 de Dezembro de 2007 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2007 77% DOS AGREGADOS DOMÉSTICOS COM LIGAÇÃO À INTERNET

Leia mais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais

3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 3ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Confiança e Compromisso nos Canais Digitais 29 de setembro de 2014 Auditório da BMAG Apoio Patrocinadores Globais APDSI Internet, Negócio e Redes Sociais

Leia mais

E-BUSINESS AGENDA. Profª. Kelly Hannel

E-BUSINESS AGENDA. Profª. Kelly Hannel E-BUSINESS Profª. Kelly Hannel AGENDA Evolução da internet nos negócios Conceitos de E-BUSINESS e COMÉRCIO ELETRÔNICO Identificando tendências do E-BUSINESS Quadro das interações possíveis no meio eletrônico

Leia mais

AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS

AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS MAIS PRODUTIVIDADE E COMPETITIVIDADE AS MAIS RECENTES SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS, AGORA ACESSÍVEIS A TODAS AS EMPRESAS Oquesepretende? A iniciativa PME Digital visa contribuir para estimular a atividade económica

Leia mais

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes?

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes? Escola Superior de Gestão e Tecnologia Comércio eletrônico Mercados digitais, mercadorias digitais Prof. Marcelo Mar3ns da Silva Objetivos de estudo Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as

Leia mais

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 06 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 09 Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina

Leia mais

Objectivos de aprendizagem

Objectivos de aprendizagem Capítulo 6 1 Telecomunicações e redes 2 Objectivos de aprendizagem ƒ Identificar as principais tendências e os grandes desenvolvimentos nas empresas, nas tecnologias e nas aplicações de negócio, das telecomunicações

Leia mais

Identificar cada um dos sistemas de e-business interfuncionais abaixo e dar exemplos de como eles podem fornecer significativo valor para uma

Identificar cada um dos sistemas de e-business interfuncionais abaixo e dar exemplos de como eles podem fornecer significativo valor para uma 1 Identificar cada um dos sistemas de e-business interfuncionais abaixo e dar exemplos de como eles podem fornecer significativo valor para uma empresa, seus clientes e parceiros de negócios: de recursos

Leia mais

NORMALIZAÇÃO Comércio Electrónico e a sua Importância na Cadeia de Distribuição 14 de Dezembro 2010 Nuno Miranda

NORMALIZAÇÃO Comércio Electrónico e a sua Importância na Cadeia de Distribuição 14 de Dezembro 2010 Nuno Miranda NORMALIZAÇÃO Comércio Electrónico e a sua Importância na Cadeia de Distribuição 14 de Dezembro 2010 Nuno Miranda The global language of business O que é ecommerce? Da perspectiva de processo de negócio,

Leia mais

Sistemas de e-business. Objetivos do Capítulo

Sistemas de e-business. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar cada um dos sistemas de e-business interfuncionais abaixo e dar exemplos de como eles podem fornecer significativo valor para uma empresa, seus clientes e parceiros de

Leia mais

Comércio eletrônico: mercados digitais, mercadorias digitais. slide 1

Comércio eletrônico: mercados digitais, mercadorias digitais. slide 1 Comércio eletrônico: mercados digitais, mercadorias digitais slide 1 Nexon Games: o comércio eletrônico torna-se social Problema: concorrência com outras empresas de jogos on-line e off-line; aumentar

Leia mais

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 4.1

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 4.1 Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 4.1 4 OBJETIVOS OBJETIVOS A EMPRESA DIGITAL: COMÉRCIO E NEGÓCIOS ELETRÔNICOS Como a tecnologia de Internet mudou propostas de valor e modelos de negócios

Leia mais

GESTÃO. Gestão dos Processos e Operações Gestão de Sistemas e Tecnologias de Informação (dentro do capítulo 6) CLF

GESTÃO. Gestão dos Processos e Operações Gestão de Sistemas e Tecnologias de Informação (dentro do capítulo 6) CLF GESTÃO Gestão dos Processos e Operações Gestão de Sistemas e Tecnologias de Informação (dentro do capítulo 6) Informação e Decisões Gerir envolve tomar muitas e frequentes decisões Para decidir com eficácia

Leia mais

Micro Empresas. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação. Resultados 2005

Micro Empresas. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação. Resultados 2005 Micro Empresas Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação Resultados 2005 BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência: Universo das empresas em Portugal com menos de 10 trabalhadores

Leia mais

SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2003

SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2003 9 de Janeiro de 4 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 3 Em Junho de 3, 38,3% dos agregados domésticos portugueses

Leia mais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais 24 de maio de 2012 Auditório ISEGI - UNL Patrocínio Principal Apoios Patrocinadores Globais APDSI APDSI Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Um Caminho

Leia mais

SISTEMAS PARA INTERNET

SISTEMAS PARA INTERNET Unidade II SISTEMAS PARA INTERNET E SOFTWARE LIVRE Prof. Emanuel Matos Sumário Unidade II Comércio Eletrônico Tecnologia de Comércio Eletrônico Categorias do Comércio Eletrônico M-commerce Comércio eletrônico

Leia mais

Empresas. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação. Resultados 2005

Empresas. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação. Resultados 2005 Empresas Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação Resultados 2005 BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência: Universo das empresas em Portugal com mais de 10 trabalhadores

Leia mais

Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2006

Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2006 22 de Dezembro de 2006 Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2006 MAIS DE 6 EM CADA 10 EMPRESAS ACEDEM À INTERNET ATRAVÉS DE BANDA LARGA

Leia mais

O Processo de Negociação visa superar possíveis conflitos e ao mesmo tempo obter para a empresa o melhor resultado possível da negociação.

O Processo de Negociação visa superar possíveis conflitos e ao mesmo tempo obter para a empresa o melhor resultado possível da negociação. O Processo de Negociação visa superar possíveis conflitos e ao mesmo tempo obter para a empresa o melhor resultado possível da negociação. As Etapas do Processo de Negociação envolvem o planejamento da

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1 BluePlanetDVD.com Study Case www.blueplanetdvd.com 1 A Ideia Necessidades não satisfeitas para o cliente; Uma IDEIA; Dois anos a amadurecer a ideia, de forma a ser inovadora, tecnologicamente avançada,

Leia mais

ORGANIZAÇÕES VIRTUAIS

ORGANIZAÇÕES VIRTUAIS Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Tecnológicas CCT Engenharia de Produção e Sistemas Sistemas de Informação (SIN) ORGANIZAÇÕES VIRTUAIS Profº Adalberto J. Tavares Vieira

Leia mais

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce).

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). A natureza global da tecnologia, a oportunidade de atingir

Leia mais

Seminário de apresentação da Rede Gestus

Seminário de apresentação da Rede Gestus Seminário de apresentação da Rede Gestus Rede Gestus O LOGOTIPO Rede Gestus Internacionalização Zona 4 Gestus Compras Cartão ECOTUR Portal Gestus Cartão Gestus Contact Center CRM Zona 4 O LOGOTIPO Características:

Leia mais

Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5. Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com

Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5. Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5 Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com Introdução Mudança no ambiente empresarial; Ligação com o desenvolvimento de tecnologia da informação. Características

Leia mais

APLICATIVOS CORPORATIVOS

APLICATIVOS CORPORATIVOS Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 3 APLICATIVOS CORPORATIVOS PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

2ª Conferência. Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender. 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI

2ª Conferência. Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender. 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI 2ª Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Financiar, Inovar e Empreender 21 de novembro de 2013 Auditório do ISEGI Patrocinador Principal Patrocinadores Globais APDSI PME Apoios ao crescimento APDSI

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 11 Sistemas de E-business Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob licença Creative Commons

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Comércio Eletrônico Um breve histórico Comércio compra, venda, troca de produtos e serviços; Incrementado pelos Fenícios, Árabes, Assírios e Babilônios uso

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico DESTAQUES 2007 O Estudo sobre Comércio Eletrônico da TIC Domicílios 2007 apontou que: Quase a metade das pessoas que já utilizaram a internet declarou ter realizado

Leia mais

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2008

Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2008 Sociedade da Informação e do Conhecimento 04 de Novembro 2008 Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2008 Banda larga presente em 86% dos agregados domésticos

Leia mais

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Sistemas web e comércio eletrônico Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Tópicos abordados Arquitetura do e-commerce Aspectos importantes do e-commerce Modelos de negócios Identificação do modelo

Leia mais

Alexandre Pontes Nº 27340 Wilson Roque Nº 27636

Alexandre Pontes Nº 27340 Wilson Roque Nº 27636 Alexandre Pontes Nº 27340 Wilson Roque Nº 27636 As últimas décadas permitiram ligar o mundo e dinamizar os mercados, intensificando a competitividade existente. A Internet tornou o mundo mais pequeno e

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMÉRCIO ELECTRÓNICO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMÉRCIO ELECTRÓNICO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular COMÉRCIO ELECTRÓNICO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Marketing e Publicidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

XOPVision Cloud Digital Signage

XOPVision Cloud Digital Signage XOPVision Cloud Digital Signage O que é o Digital Signage? Conceito O XOPVISION é uma ferramenta de comunicação que utiliza televisores, monitores, smartphones ou tablet s, estrategicamente localizados

Leia mais

EMPRESAS VIRTUAIS. Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes. PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com. Pág.

EMPRESAS VIRTUAIS. Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes. PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com. Pág. EMPRESAS VIRTUAIS Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes Pág. 1 (de 5) PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com EMPRESAS VIRTUAIS Actualmente, vivemos numa época de grandes mudanças

Leia mais

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2 MBA Gestão de TI Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com 2 3 Um otimista vê uma oportunidade em cada calamidade; um pessimista vê uma calamidade em

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

Empresas. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação. Resultados 2003

Empresas. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação. Resultados 2003 Empresas Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação Resultados Inquérito à utilização das TIC nas Empresas BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência: Universo das empresas

Leia mais

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer?

Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? Administração Pública Eletrónica 2014 - O Que Falta Fazer? 4 de junho de 2014 Auditório Adriano Moreira ISCSP PATRCINADORES PRATA Com a Colaboração Científica Patrocinadores Globais APDSI Da Interoperabilidade

Leia mais

Modelos de Negócio e Internet internet, intranet e extranet

Modelos de Negócio e Internet internet, intranet e extranet Modelos de Negócio e Internet internet, intranet e extranet Luis Manuel Borges Gouveia lmbg@ufp.pt Abril de 2001 Modelos de negócio e internet valor oferecido aos consumidores segmentação dos consumidores

Leia mais

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce;

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce; Objetivos Administração Profª Natacha Pouget Módulo: Gestão de Inovação e Ativos Intangíveis Tema da Aula: E-Business e Tecnologia da Informação I Entender as definições de e-business e e- commerce; Conhecer

Leia mais

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual.

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. Somos uma empresa especializada em soluções voltadas ao segmento digital como: criação,

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web Internet: negócios eletrônicos, novas tendencias e tecnologias

Tópicos de Ambiente Web Internet: negócios eletrônicos, novas tendencias e tecnologias Tópicos de Ambiente Web Internet: negócios eletrônicos, novas tendencias e tecnologias Professora: Sheila Cáceres Uma mensagem enviada em internet é dividida em pacotes de tamanho uniforme. Cada pacote

Leia mais

Um sistema de observação de qualidade: as TIC nas empresas

Um sistema de observação de qualidade: as TIC nas empresas FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO SEMINÁRIO QUALIDADE E EXCELÊNCIA NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO Um sistema de observação de qualidade: as TIC nas empresas Nuno Rodrigues Observatório da Sociedade

Leia mais

TEMA DE INVESTIGAÇÃO. Agências Viagens do Futuro

TEMA DE INVESTIGAÇÃO. Agências Viagens do Futuro Autores: Josefina Olívia Marques Godinho Salvado RAVT, lda Carlos Manuel Martins Costa Universidade de Aveiro TEMA DE INVESTIGAÇÃO O Turismo é inevitavelmente afectado pelos desenvolvimentos tecnológicos

Leia mais

Estratégia e Regras do Negócio: E-Commerce. O que é e-commerce?

Estratégia e Regras do Negócio: E-Commerce. O que é e-commerce? E-Commerce O que é e-commerce? Comércio electrónico ou e-commerce é um conceito aplicável a qualquer tipo de negócio ou transação comercial que implique a transferência de informação através da Internet.

Leia mais

Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2007

Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2007 04 de Dezembro 2007 Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2007 MAIS DE 7 EM CADA 10 EMPRESAS COM DEZ E MAIS PESSOAS AO SERVIÇO ACEDEM

Leia mais

Câmaras Municipais 2004

Câmaras Municipais 2004 Câmaras Municipais 2004 Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação (Resultados Provisórios) Dezembro de 2004 BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência: Câmaras Municipais

Leia mais

Exemplos de Inovação. Inovações de produto: Exemplos de inovações de produto:

Exemplos de Inovação. Inovações de produto: Exemplos de inovações de produto: Exemplos de Inovação Neste documento apresenta-se uma descrição dos vários tipos de inovação e respectivos exemplos para ajuda no preenchimento das questões relacionadas com a introdução de inovações.

Leia mais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais 24 de maio de 2012 Auditório ISEGI - UNL Patrocínio Principal Apoios Patrocinadores Globais APDSI A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas Lisboa,

Leia mais

Seminário GS1 Portugal FIPA

Seminário GS1 Portugal FIPA GS1 - The Global Language of Business Seminário GS1 Portugal FIPA Nuno Miranda 14.06.2012 2 EDI = Electronic Data Interchange - Transferência Electrónica de Documentos EDI é a transferência de MENSAGENS

Leia mais

Famílias Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003

Famílias Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003 Famílias Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003 Instrumento de Notação Instrumento de notação do Sistema Estatístico Nacional (Lei n.º 6/89, de 15 de Abril), de resposta

Leia mais

IP Communications Platform

IP Communications Platform IP Communications Platform A Promessa de Convergência, Cumprida As comunicações são essenciais para os negócios mas, em última análise, estas são conduzidas a nível pessoal no ambiente de trabalho e por

Leia mais

Plano tecnológico? Ou nem tanto?

Plano tecnológico? Ou nem tanto? Plano tecnológico? Ou nem tanto? WEB: ÉDEN?APOCALIPSE? OU NEM TANTO? Plano Tecnológico Mas, Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, além deste Contrato, o Novo Contrato para a Confiança, o nosso

Leia mais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais

Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais Conferência Internet, Negócio e Redes Sociais 24 de maio de 2012 Auditório ISEGI - UNL Patrocínio Principal Apoios Patrocinadores Globais APDSI 24 Maio 2012 Inteligência Competitiva A Nova Agenda Digital

Leia mais

Região Autónoma dos Açores Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação na Administração Pública Regional 2004

Região Autónoma dos Açores Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação na Administração Pública Regional 2004 Região Autónoma dos Açores Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação na Administração Pública Regional 2004 BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência: Organismos do Governo

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Internet promoveu: Transformação Novos padrões de funcionamento Novas formas de comercialização. O maior exemplo desta transformação é o E- Business

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Ateliê de CONDIÇÕES DE SUPORTE - ECONOMIA Évora, 19 de Março de 2014 Principais Conceitos A competitividade das regiões deve fundar-se nas respetivas características

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 06 de novembro de 2012 60% das pessoas dos 16 aos 74 anos utilizam Internet

Leia mais

Comércio Electrónico :: Aumentar as vendas online

Comércio Electrónico :: Aumentar as vendas online Comércio Electrónico :: Aumentar as vendas online e-commerce. now plug & play. Alfragide, 16 de Maio de 2007 Agenda 9h30-9h45: Boas vindas 9h45-10h15 Marketplaces 10h15-10h30 Anúncios online Google Adwords

Leia mais

24/05/2013. Comércio Eletrônico. Prof. João Artur Izzo

24/05/2013. Comércio Eletrônico. Prof. João Artur Izzo Comércio Eletrônico 1 A evolução do sistema mercadológico tem exigido das organizações grande esforço para a assimilação e utilização das tecnologias de informação referentes a comércio eletrônico, em

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações Empresa Digital

Tecnologia e Sistemas de Informações Empresa Digital Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações Empresa Digital Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 7 Desafios para a Administração Comercio eletrônico e negócios eletrônicos

Leia mais

Introdução ao projecto Gaia Global

Introdução ao projecto Gaia Global Introdução ao projecto Gaia Global Autarquia de Vila Nova de Gaia Luís BorgesGouveia A sociedade da informação A Sociedade da Informação é uma sociedade que predominantemente utiliza o recurso às tecnologias

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA EMPRESA DIGITAL

ADMINISTRAÇÃO DA EMPRESA DIGITAL Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 1.1 Capítulo 1 ADMINISTRAÇÃO DA EMPRESA DIGITAL 1.1 2003 by Prentice Hall Sistemas de Informação Gerencial Capítulo 1 Administra,cão da Empresa Digital

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL

21º Congresso Quantificar o Futuro. Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL 21º Congresso Quantificar o Futuro Venture Lounge 23 e 24 de Novembro - CCL Programa Data Hora Actividade 23/Nov. 11:30 Inauguração Oficial Innovation Lounge Visita efectuada ao Venture Lounge por Sua

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

A ECONOMIA DIGITAL NUM MUNDO GLOBAL

A ECONOMIA DIGITAL NUM MUNDO GLOBAL 7ª FÓRUM LUSÓFONO DAS COMUNICAÇÕES DESAFIOS DA ECONOMIA DIGITAL 18 E 19 DE FEVEREIRO DE 2016 SÃO TOMÉ E PRINCIPE A ECONOMIA DIGITAL NUM MUNDO GLOBAL Alexandre Nilo Fonseca PRESIDENTE ACEPI 15 ANOS A PROMOVER

Leia mais

TI na evolução da sociedade do conhecimento. Outubro / 2012

TI na evolução da sociedade do conhecimento. Outubro / 2012 TI na evolução da sociedade do conhecimento Outubro / 2012 Sociedade do Conhecimento ÍNDICE I) Premissas para um case de sucesso II) Sociedade do Conhecimento III) Evolução da TI IV) Arena Digital V) Passos

Leia mais

Agenda Digital Local. Galicia. La participación de los diferentes stakeholders en el desarollo de la ADL. Ricardo Oliveira, rmo@eurotux.

Agenda Digital Local. Galicia. La participación de los diferentes stakeholders en el desarollo de la ADL. Ricardo Oliveira, rmo@eurotux. Agenda Digital Local La participación de los diferentes stakeholders en el desarollo de la ADL Galicia Ricardo Oliveira, rmo@eurotux.com AGENDA - FORMAÇÃO Eurotux ADL Barcelos (breve análise) Stakeholders

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) Disciplina: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Prof. Afonso Celso M. Madeira 8º semestre

COMÉRCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) Disciplina: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Prof. Afonso Celso M. Madeira 8º semestre COMÉRCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) Disciplina: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Prof. Afonso Celso M. Madeira 8º semestre E-COMMERCE x E-BUSINESS E-COMMERCE processos pelos quais consumidores, fornecedores e

Leia mais

Departamento de Engenharia Informática Universidade de Coimbra 3030 Coimbra, Portugal ralberto@student.dei.uc.pt

Departamento de Engenharia Informática Universidade de Coimbra 3030 Coimbra, Portugal ralberto@student.dei.uc.pt &RPpUFLRHOHFWUyQLFRSULQFLSDLVTXHVW}HVHVXDGLYXOJDomRHP 3RUWXJDO SRU 5RGULJR$OEHUWR$OPHLGD%DSWLVWD Departamento de Engenharia Informática Universidade de Coimbra 3030 Coimbra, Portugal ralberto@student.dei.uc.pt

Leia mais

Sistemas de Informações e o Uso comercial

Sistemas de Informações e o Uso comercial ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - ASI Elabora por Prof.Mestra Rosimeire Ayres Conectan a Empresa à Rede Intranet Internet Extranet B2B B2C B2E C2C As empresas estão se tornan empresas conectadas

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

Comércio Eletrônico em Números

Comércio Eletrônico em Números Comércio Eletrônico em Números Evolução do E-commerce no Brasil 23 milhões é um grande número. 78 milhões 23 milhões Enorme potencial de crescimento no Brasil Mas fica pequeno se comprarmos com o número

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação

E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação Capítulo 2 E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação 2.1 2007 by Prentice Hall OBJETIVOS DE ESTUDO Identificar e descrever as principais características das empresas que são importantes

Leia mais

E-commerce. Uma Loja Online em 3 Horas! Miguel Novais

E-commerce. Uma Loja Online em 3 Horas! Miguel Novais E-commerce Uma Loja Online em 3 Horas! Miguel Novais MIGUEL NOVAIS Empreendedor por natureza Consultor em marketing e comunicação Consumidor de inovação ao pequeno almoço QUERES VENDER ONLINE? ENTÃO PORQUE

Leia mais

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico.

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. TENDÊNCIAS NO COMÉRCIO ELETRÔNICO Atualmente, muitos negócios são realizados de forma eletrônica não sendo necessário sair de casa para fazer compras

Leia mais

Objetivos. Qantas Airways Uma nova maneira de competir

Objetivos. Qantas Airways Uma nova maneira de competir MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE FEAC CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CONCEITOS COMÉRCIO ELETRÔNICO Prof. Dr. Nelsio Abreu nelsio@gmail.com

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2010

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2010 05 DEE NOVVEEMBBRRO DEE 2010 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2010 Metade dos agregados domésticos em Portugal

Leia mais

A plataforma de software modular ud121 E-Business, oferece uma das mais sofisticadas ferramentas para comunicações integradas multi-canal.

A plataforma de software modular ud121 E-Business, oferece uma das mais sofisticadas ferramentas para comunicações integradas multi-canal. A plataforma de software modular ud121 E-Business, oferece uma das mais sofisticadas ferramentas para comunicações integradas multi-canal. Adoptada por diversas empresas líderes de mercado em vários sectores

Leia mais

FACILIDADES DE COLABORAÇÃO

FACILIDADES DE COLABORAÇÃO MICROSOFT OFFICE 365 FACILIDADES DE COLABORAÇÃO Março 2012 A CLOUD365 estabeleceu acordos estratégicos com os principais fornecedores de TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação), entre os quais destacamos

Leia mais

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar as diversas estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar a tecnologia da informação para fazer frente às forças competitivas que as empresas enfrentam.

Leia mais

O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM:

O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM: O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM: Decidiu apoiar as PME através deste programa, que permite: Modernizar a sua infraestrutura de comunicações Fazer crescer o seu negócio Incorporar competências essenciais

Leia mais

Qualidade e Excelência na Sociedade da Informação

Qualidade e Excelência na Sociedade da Informação Qualidade e Excelência na Sociedade da Informação Objectivos O Mundo do E-Business QWeb Objectivo e Propósito QWeb Vantagens QWeb - Rede IQNet QWeb Processo de Certificação QWeb - em Portugal Exemplos

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof. Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof. Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof. Odilon Zappe Jr Vantagens e Desvantagens do Comércio Eletrônico Vantagens Aumento do número de contatos da empresa com fornecedores e com outras empresas do mesmo ramo, e

Leia mais