ETEC TAKASHI MORITA HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ETEC TAKASHI MORITA HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO"

Transcrição

1 ETEC TAKASHI MORITA HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO PLANO TRABALHO DOCENTE 2º SEMESTRE

2 Sumário 2º Módulo Componente Curricular: Instrumentação Aplicada II... 4 Componente Curricular: Comandos Elétricos Componente Curricular: Pneumática,Eletropneumática e Eletro-Hidráulica Componente Curricular: Processos Industriais II Componente Curricular: Eletrônica Analógica Componente Curricular: Planejamento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Instrumentação 32 Componente Curricular: Inglês Instrumental º Módulo Componente Curricular: Instrumentação Aplicada III Componente Curricular: Controle e Automação Industrial Componente Curricular: Instalação e Manutenção de Equipamentos Mecânicos Componente Curricular: Processos Industriais III Componente Curricular: Ética e Cidadania Organizacional Componente Curricular: Desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Instrumentação Componente Curricular: Aplicativos Informatizados para Instrumentação Componente Curricular: Gestão Industrial

3 2º Módulo Técnico em Instrumentação 3

4 ETEC TAKASHI MORITA PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 2º SEMESTRE 2013 TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO ETEC Takashi Morita Código: 200 Município: São Paulo Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Instrumentação Qualificação: Assistente de Instrumentação Industrial Módulo: II Componente Curricular: Instrumentação Aplicada II C.H. Semanal: 5,0 Professor(es): Edson José Rodrigues I Atribuições e atividades profissionais relativas à qualificação ou à habilitação profissional, que justificam o desenvolvimento das competências previstas nesse componente curricular. Atribuições Avaliar métodos e utilizar instrumentos de registro e medição elétrica e as interpretações de suas leituras. Avaliar os tipos de máquinas e equipamentos utilizados nas instalações elétricas e de instrumentação. Interpretar cronogramas de manutenção utilizando parâmetros reais da área industrial. Selecionar técnicas de manuseio de materiais e produtos de acordo com as especificações. Identificar e prever situações de risco ou desrespeito à saúde pessoal, social e ambiental e selecionar procedimentos que possam evitá-las. Identificar sistemas operacionais e aplicativos úteis para a área de Instrumentação. Definir fases de execução de projetos com base na natureza e na complexidade das atividades. Atividades Desenvolver aplicações de novas tecnologias. Analisar resultados. Extrair conclusões. Aplicar normas técnicas. Analisar dificuldades para a execução do projeto. Aplicar tecnologias adequadas ao projeto. Dimensionar componentes do projeto. Fazer levantamento de custos. Elaborar documentação técnica do projeto. Planejar instalações. Elaborar procedimentos operacionais e de segurança. Participar da elaboração de manuais técnicos. Atualizar documentação técnica. Participar de eventos tecnológicos. Orientar trabalhos técnicos. Programar manutenção de equipamentos. 4

5 II Competências, habilidades e bases tecnológicas do componente curricular. Função: Controle de Processos Industriais Competências Habilidades Bases Tecnológicas 1. Identificar as funções dos equipamentos e acessórios de operação e controle das variáveis de processo. 2. Interpretar variáveis de processo em sistemas de controle analógicos e digitais. 3. Analisar o funcionamento dos controladores lógicos programáveis. 4. Desenvolver projetos de comandos elétricos com CLP Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Elaborar a programação de controladores lógicos Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação Executar a programação de controladores lógicos programáveis Efetuar diagramas esquemáticos e leiaute de sistemas de comando com CLP Instalar sistemas de automação e comandos elétricos com controladores lógicos programáveis. 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: temperatura: o princípios físicos de temperatura: medidores diretos (analógicos), resistência (PT100, termorresistência) e por tensão (termopares); medidores indiretos (pirometria) vazão: o princípios físicos de vazão: medidores diretos (rotâmetro, turbina); medidores indiretos por pressão diferencial, ultrassom, magnético 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicações 3. Princípios de programação em CLP: tipos de linguagem III Plano Didático Habilidade 1.1. Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Instalar e operar equipamentos de processos. Bases Tecnológicas 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: temperatura: o princípios físicos de temperatura: medidores diretos (analógicos), resistência (PT100, termorresistência) e por tensão (termopares); medidores indiretos (pirometria) 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: temperatura: o princípios físicos de temperatura: medidores diretos (analógicos), resistência (PT100, termorresistência) e por tensão (termopares); medidores indiretos (pirometria) 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: temperatura: o princípios físicos de temperatura: medidores diretos (analógicos), resistência (PT100, termorresistência) e por tensão (termopares); medidores indiretos (pirometria) 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: Procedimentos Didáticos Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Cronograma (Semana) 29/07 a 02/08 05/08 a 09/08 12/08 a 16/08 19/08 a 23/08 5

6 1.2. Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 2. Fazer leitura de variáveis através de instrumentos medidores Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à temperatura: o princípios físicos de temperatura: medidores diretos (analógicos), resistência (PT100, termorresistência) e por tensão (termopares); medidores indiretos (pirometria) 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: temperatura: o princípios físicos de temperatura: medidores diretos (analógicos), resistência (PT100, termorresistência) e por tensão (termopares); medidores indiretos (pirometria) 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: vazão: o princípios físicos de vazão: medidores diretos (rotâmetro, turbina); medidores indiretos por pressão diferencial, ultrassom, magnético 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: vazão: o princípios físicos de vazão: medidores diretos (rotâmetro, turbina); medidores indiretos por pressão diferencial, ultrassom, magnético 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: vazão: o princípios físicos de vazão: medidores diretos (rotâmetro, turbina); medidores indiretos por pressão diferencial, ultrassom, magnético 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: vazão: o princípios físicos de vazão: medidores diretos (rotâmetro, turbina); medidores indiretos por pressão diferencial, ultrassom, magnético 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: vazão: o princípios físicos de vazão: medidores diretos (rotâmetro, turbina); medidores indiretos por pressão diferencial, ultrassom, magnético 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas 26/08 a 30/08 02/09 a 06/09 09/09 a 13/09 16/09 a 20/09 23/09 a 27/09 30/09 a 04/10 07/10 a 11/10 6

7 aplicação. aplicações Expositivas 3.2. Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação. 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicaçõe Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em 16/10 a 18/ Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação. 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicações Aulas Expositivas Experimentos realizados em 21/10 a 25/ Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação Executar a programação de controladores lógicos programáveis Efetuar diagramas esquemáticos e leiaute de sistemas de comando com CLP Instalar sistemas de automação e comandos elétricos com controladores lógicos programáveis. 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicações Aulas Expositivas Experimentos realizados em 29/10 a 01/ Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação Instalar sistemas de automação e comandos elétricos com controladores lógicos programáveis Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação Efetuar diagramas esquemáticos e leiaute de sistemas de comando com CLP Instalar sistemas de automação e comandos elétricos com controladores lógicos programáveis Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação Efetuar diagramas esquemáticos e leiaute de sistemas de comando com CLP Instalar sistemas de automação e comandos elétricos com controladores lógicos programáveis. 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicações 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicações 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicações Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em 04/11 a 08/11 11/11 a 14/11 18/11 a 22/11 7

8 3.2. Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação Efetuar diagramas esquemáticos e leiaute de sistemas de comando com CLP Instalar sistemas de automação e comandos elétricos com controladores lógicos programáveis Elaborar a programação de controladores lógicos Executar a programação de controladores lógicos programáveis Efetuar diagramas esquemáticos e leiaute de sistemas de comando com CLP Elaborar a programação de controladores lógicos Executar a programação de controladores lógicos programáveis Efetuar diagramas esquemáticos e leiaute de sistemas de comando com CLP. 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicações 3. Princípios de programação em CLP: tipos de linguagem 3. Princípios de programação em CLP: tipos de linguagem Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em Aulas Expositivas Experimentos realizados em 25/11 a 29/11 02/12 a 06/12 09/12 a 13/12 IV Plano de Avaliação de Competência Competência 1. Identificar as funções dos equipamentos e acessórios de operação e controle das variáveis de processo. 2. Interpretar variáveis de processo em sistemas de controle Indicadores de domínio Habilidades : 1.1. Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: temperatura: o princípios físicos de temperatura: medidores diretos (analógicos), resistência (PT100, termorresistência) e por tensão (termopares); medidores indiretos (pirometria) vazão: o princípios físicos de vazão: medidores diretos (rotâmetro, turbina); medidores indiretos por pressão diferencial, ultrassom, magnético Habilidades : 1.1. Instalar e operar equipamentos de processos Aplicar calibrações de instrumentos de medição de temperatura e vazão. 1. Estudo de comportamento no processo industrial, tipos de instrumentos e princípios de funcionamento das variáveis: temperatura: o princípios físicos de temperatura: medidores diretos (analógicos), resistência Instrumentos de Avaliação Prova Escrita, relatórios conclusivos de atividades práticas. Prova Escrita, relatórios conclusivos de atividades práticas. Critérios de desempenho Clareza e organização de ideias, conceitos lógicos na aplicação Clareza e organização de ideias, conceitos lógicos na aplicação Evidências de desempenho Apresentação da prova que evidencie uma perfeita compreensão dos conceitos e técnicas abordados. Apresentação de projetos que evidenciem a aplicação prática. Apresentação da prova que evidencie uma perfeita compreensão dos conceitos e técnicas abordados. 8

9 analógicos e digitais. 3. Analisar o funcionamento dos controladores lógicos programáveis. 4. Desenvolver projetos de comandos elétricos com CLP. (PT100, termorresistência) e por tensão (termopares); medidores indiretos (pirometria) vazão: o princípios físicos de vazão: medidores diretos (rotâmetro, turbina); medidores indiretos por pressão diferencial, ultrassom, magnético Habilidades : 3.1. Elaborar a programação de controladores lógicos Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação Executar a programação de controladores lógicos programáveis. 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicações Habilidades : 3.1. Elaborar a programação de controladores lógicos Identificar e descrever a arquitetura dos controladores lógicos programáveis Indicar os controladores lógicos programáveis mais adequados quanto à aplicação Executar a programação de controladores lógicos programáveis. 2. Controladores Lógicos Programáveis (CLP): estrutura; princípios de funcionamentos; aplicações 3. Princípios de programação em CLP: tipos de linguagem Prova Escrita, relatórios conclusivos de atividades práticas. Prova Escrita, relatórios conclusivos de atividades práticas. Clareza e organização de ideias, conceitos lógicos na aplicação Clareza e organização de ideias, conceitos lógicos na aplicação Apresentação de projetos que evidenciem a aplicação prática. Apresentação da prova que evidencie uma perfeita compreensão dos conceitos e técnicas abordados. Apresentação de projetos que evidenciem a aplicação prática. Apresentação da prova que evidencie uma perfeita compreensão dos conceitos e técnicas abordados. Apresentação de projetos que evidenciem a aplicação prática. V Material de Apoio Didático para Aluno (inclusive bibliografia) Laboratórios da escola. Livro: Fialho, Arivelto Bustamante - Instrumentação Industrial Conceitos, Aplicações e Análises, Editora Erica VI Estratégias de Recuperação Continua e Paralela (para Alunos com baixo rendimento / dificuldades de aprendizagem) A recuperação será contínua a cada competência proposta, havendo vários instrumentos de avaliação e sendo constatado que o aluno não alcançou os conteúdos essenciais, serão ministradas atividades complementares com o objetivo de proporcionar ao aluno condições para adquirir os conceitos não aprendidos. As atividades propostas são: Trabalho de Pesquisa, Lista de Exercícios e Relatórios Técnicos. VII - Outras Observações / Informações: VIII - Data da Elaboração do Plano de Trabalho: Nome(s) do(s) professor(es) Edson José Rodrigues 23/Jul/2013 Assinatura 9

10 IX Parecer do Coordenador de Curso: Aprovo o Plano de Trabalho Docente que está de acordo com o modelo estabelecido pela CETEC e também baseado no Plano do Curso Técnico em Instrumentação atendendo às orientações das Coordenações de Curso e Pedagógica e da Direção da Escola. Assinatura: Marcelo Coelho de Souza Data: 23/jul/

11 ETEC TAKASHI MORITA PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 2º SEMESTRE 2013 TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO ETEC Takashi Morita Código: 200 Município: São Paulo Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Instrumentação Qualificação: Assistente de Instrumentação Industrial Módulo: II Componente Curricular: Comandos Elétricos C.H. Semanal: 5,0 Professor(es): Bento Alves Cerqueira Cesar Filho I Atribuições e atividades profissionais relativas à qualificação ou à habilitação profissional, que justificam o desenvolvimento das competências previstas nesse componente curricular. Atribuições Atividades Definir métodos de execução das instalações elétricas. Interpretar desenhos e esquemas de linhas elétricas e de instrumentação. Dimensionar e especificar máquinas e equipamentos elétricos e eletroeletrônicos. Analisar princípios básicos de instrumentação e sistemas de controle e automação. Interpretar variáveis de processo em sistemas de controles analógicos e digitais. Executar testes de funcionamento e de adequação de instrumentos e de equipamentos industriais. Analisar e interpretar textos técnicos das áreas de indústria. Selecionar métodos e procedimentos. Selecionar instrumentos. Interpretar normas. Aplicar normas e procedimentos. Realizar testes conforme procedimentos e normas. Elaborar relatórios. Ler e interpretar desenho técnico. Realizar ensaios físicos e mecânicos. 11

12 II Competências, habilidades e bases tecnológicas do componente curricular. Função: Instalações de Energia Elétrica Competências Habilidades Bases Tecnológicas 1. Analisar os efeitos da interação entre os fenômenos elétricos e magnéticos. 2. Interpretar as normas técnicas referentes a comandos elétricos. 3. Distinguir os dispositivos de comandos em conformidade com os aspectos físicos. 4. Desenvolver diagramas de comandos elétricos. 5. Analisar as montagens de comandos elétricos. 1.1 Realizar experimentos com eletricidade e dispositivos eletromagnéticos. 2.1 Aplicar norma técnica pertinente a comandos elétricos Especificar e relacionar os dispositivos de comandos elétricos Identificar simbologia de dispositivos de comandos elétricos Desenhar esquemas e diagramas de comandos elétricos Aplicar conceitos e técnicas na elaboração dos diagramas de comandos elétricos Simular com software específico Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção. 1. Noções de eletromagnetismo 2. Dispositivos de controle: -chave sem retenção ou impulso; -chave com retenção ou trava; -chave de contatos múltiplos com ou sem retenção; -chave seletora; -relé; -contator 3. Dispositivos de proteção: -fusível; -disjuntor termomagnético; -relé de sobrecarga ou térmico 4. Dispositivos de regulação: -reostato; -potenciômetro; -relé de tempo com retardo na ligação; -relé de tempo com retardo no desligamento; -contador de impulsos elétricos 5. Diagrama unifilar e multifilar 6. Motores elétricos 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 8. Softwares específicos III Plano Didático Habilidade Bases Tecnológicas Procedimentos Didáticos 1.1 Realizar experimentos com eletricidade e dispositivos eletromagnéticos. 1.1 Realizar experimentos com eletricidade e dispositivos eletromagnéticos. 1.1 Realizar experimentos com eletricidade e dispositivos eletromagnéticos. 2.1 Aplicar norma técnica pertinente a comandos elétricos Especificar e relacionar os dispositivos de comandos elétricos Identificar simbologia de dispositivos de comandos elétricos. 1. Noções de eletromagnetismo 1. Noções de eletromagnetismo 1. Noções de eletromagnetismo 2. Dispositivos de controle: -chave sem retenção ou impulso; -chave com retenção ou trava; -chave de contatos múltiplos com ou sem retenção; -chave seletora; -relé; contator Exercícios de fixação Exercícios de fixação Exercícios de fixação Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Cronograma (Semana) 25/07 01/08 08/08 15/08 12

13 2.1 Aplicar norma técnica pertinente a comandos elétricos Especificar e relacionar os dispositivos de comandos elétricos Identificar simbologia de dispositivos de comandos elétricos. 2.1 Aplicar norma técnica pertinente a comandos elétricos Especificar e relacionar os dispositivos de comandos elétricos Identificar simbologia de dispositivos de comandos elétricos. 2.1 Aplicar norma técnica pertinente a comandos elétricos Especificar e relacionar os dispositivos de comandos elétricos Identificar simbologia de dispositivos de comandos elétricos. 2.1 Aplicar norma técnica pertinente a comandos elétricos Especificar e relacionar os dispositivos de comandos elétricos Identificar simbologia de dispositivos de comandos elétricos. 2.1 Aplicar norma técnica pertinente a comandos elétricos Especificar e relacionar os dispositivos de comandos elétricos Identificar simbologia de dispositivos de comandos elétricos Desenhar esquemas e diagramas de comandos elétricos Aplicar conceitos e técnicas na elaboração dos diagramas de comandos elétricos Simular com software específico Desenhar esquemas e diagramas de comandos elétricos Aplicar conceitos e técnicas na elaboração dos diagramas de comandos elétricos Simular com software específico Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos. 2. Dispositivos de controle: -chave sem retenção ou impulso; -chave com retenção ou trava; -chave de contatos múltiplos com ou sem retenção; -chave seletora; -relé; contator 3. Dispositivos de proteção: -fusível; -disjuntor termomagnético; -relé de sobrecarga ou térmico 3. Dispositivos de proteção: -fusível; -disjuntor termomagnético; -relé de sobrecarga ou térmico 4. Dispositivos de regulação: -reostato; -potenciômetro; -relé de tempo com retardo na ligação; -relé de tempo com retardo no desligamento; -contador de impulsos elétricos 4. Dispositivos de regulação: -reostato; -potenciômetro; -relé de tempo com retardo na ligação; -relé de tempo com retardo no desligamento; -contador de impulsos elétricos 5. Diagrama unifilar e multifilar 6. Motores elétricos 8. Softwares específicos 5. Diagrama unifilar e multifilar 6. Motores elétricos 8. Softwares específicos 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório 22/08 29/08 05/09 12/09 19/09 26/09 03/10 10/10 17/10 13

14 5.1. Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção. -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório 24/10 31/10 07/11 14/11 21/11 14

15 4.4. Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos Montar comandos elétricos Elaborar procedimentos de testes de dispositivos de comando e proteção. -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática 7. Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório Exercícios de fixação Experiências em Laboratório 28/11 05/12 12/12 IV Plano de Avaliação de Competência Competência 1. Analisar os efeitos da interação entre os fenômenos elétricos e magnéticos. 2. Interpretar as normas técnicas referentes a Indicadores de domínio Habilidades : Realizar experimentos com eletricidade e dispositivos eletromagnéticos. Noções de eletromagnetismo Habilidades : Aplicar norma técnica pertinente a comandos elétricos.. Dispositivos de controle: -chave sem retenção ou impulso; -chave com retenção ou trava; -chave de contatos múltiplos com ou sem retenção; -chave seletora; -relé; -contator Instrumentos de Avaliação Realização de projetos de aplicação. Realização de projetos de aplicação. Critérios de desempenho Clareza e organização de ideias, conceitos lógicos na aplicação Clareza e organização de ideias, Evidências de desempenho Apresentação da prova que evidencie uma perfeita compreensão dos conceitos e técnicas abordados. Apresentação de projetos que evidenciem a aplicação prática. Apresentação da prova que evidencie uma perfeita 15

16 comandos elétricos. 3. Distinguir os dispositivos de comandos em conformidade com os aspectos físicos. 4. Desenvolver diagramas de comandos elétricos. 5. Analisar as montagens de comandos elétricos. Dispositivos de proteção: -fusível; -disjuntor termomagnético; -relé de sobrecarga ou térmico Dispositivos de regulação: -reostato; -potenciômetro; -relé de tempo com retardo na ligação; -relé de tempo com retardo no desligamento; -contador de impulsos elétricos Diagrama unifilar e multifilar Habilidades : Especificar e relacionar os dispositivos de comandos elétricos. Identificar simbologia de dispositivos de comandos elétricos. Desenhar esquemas e diagramas de comandos elétricos. Aplicar conceitos e técnicas na elaboração dos diagramas de comandos elétricos. Simular com software específico. Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos. Montar comandos elétricos. Dispositivos de controle: -chave sem retenção ou impulso; -chave com retenção ou trava; -chave de contatos múltiplos com ou sem retenção; -chave seletora; -relé; -contator Dispositivos de proteção: -fusível; -disjuntor termomagnético; -relé de sobrecarga ou térmico Dispositivos de regulação: -reostato; -potenciômetro; -relé de tempo com retardo na ligação; -relé de tempo com retardo no desligamento; -contador de impulsos elétricos Diagrama unifilar e multifilar Habilidades : Desenhar esquemas e diagramas de comandos elétricos. Aplicar conceitos e técnicas na elaboração dos diagramas de comandos elétricos. Simular com software específico. Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos. Montar comandos elétricos. Desenhar esquemas e diagramas de comandos elétricos. Aplicar conceitos e técnicas na elaboração dos diagramas de comandos Realização de projetos de aplicação. Realização de projetos de aplicação. conceitos lógicos na aplicação Clareza e organização de ideias, conceitos lógicos na aplicação Clareza e organização de ideias, conceitos lógicos na aplicação compreensão dos conceitos e técnicas abordados. Apresentação de projetos que evidenciem a aplicação prática. Apresentação da prova que evidencie uma perfeita compreensão dos conceitos e técnicas abordados. Apresentação de projetos que evidenciem a aplicação prática. Apresentação da prova que evidencie uma perfeita compreensão dos conceitos e técnicas abordados. 16

17 elétricos. Simular com software específico. Interpretar esquemas e diagramas de comandos elétricos. Montar comandos elétricos. Diagrama unifilar e multifilar Motores elétricos Partida de motores: -partida direta; -estrela triângulo; -compensadora; -reversão de giro; -chave de partida direta por botões; -chave reversora por botões e fins de curso; -chave local e distância por botões; -chave compensadora automática; -chave estrela triângulo automática Softwares específicos Apresentação de projetos que evidenciem a aplicação prática. V Material de Apoio Didático para Aluno (inclusive bibliografia) Laboratórios de comando e automação Livro: Santos, Winderson e Silveira, Paulo - Automação e Controle Discreto - Editora Erica VI Estratégias de Recuperação Continua e Paralela (para Alunos com baixo rendimento / dificuldades de aprendizagem) A recuperação será contínua a cada competência proposta, havendo vários instrumentos de avaliação e sendo constatado que o aluno não alcançou os conteúdos essenciais, serão ministradas atividades complementares com o objetivo de proporcionar ao aluno condições para adquirir os conceitos não aprendidos. As atividades propostas são: Trabalho de Pesquisa, Lista de Exercícios e Relatórios Técnicos. VII - Outras Observações / Informações: VIII - Data da Elaboração do Plano de Trabalho: Nome(s) do(s) professor(es) Bento Alves Cerqueira Cesar Filho 23/Jul/2013 Assinatura IX Parecer do Coordenador de Curso: Aprovo o Plano de Trabalho Docente que está de acordo com o modelo estabelecido pela CETEC e também baseado no Plano do Curso Técnico em Instrumentação atendendo às orientações das Coordenações de Curso e Pedagógica e da Direção da Escola. Assinatura: Marcelo Coelho de Souza Data: 23/Jul/

18 ETEC TAKASHI MORITA PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 2º SEMESTRE 2013 TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO ETEC Takashi Morita Código: 200 Município: São Paulo Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Instrumentação Qualificação: Assistente de Instrumentação Industrial Módulo: II Componente Curricular: Pneumática,Eletropneumática e Eletro-Hidráulica.. C.H. Semanal: 2,5 Professor(es): Edson José Rodrigues I Atribuições e atividades profissionais relativas à qualificação ou à habilitação profissional, que justificam o desenvolvimento das competências previstas nesse componente curricular Atribuições Dimensionar e especificar máquinas e equipamentos elétricos e eletroeletrônicos. Analisar princípios básicos de instrumentação e sistemas de controle e automação. Atividades Definir métodos de execução das instalações elétricas. Dimensionar e especificar máquinas e equipamentos elétricos e eletroeletrônicos. Instalar e configurar sistemas e equipamentos básicos. Executar testes e ensaios. Inspecionar sistemas e equipamentos. Realizar manutenção em sistemas e equipamentos. Seguir normas, instruções e procedimentos. Fornecer informações para a manutenção. Atualizar a base cadastral 18

19 II Competências, habilidades e bases tecnológicas do componente curricular. Função: Pneumática e Eletropneumática Competências Habilidades Bases Tecnológicas 1. Analisar os diagramas de comandos eletropneumáticos e eletro-hidráulicos. 2. Simular programação de circuitos automatizados em software específico. 3. Analisar o princípio de funcionamento dos sensores e atuadores eletropneumáticos e eletro-hidráulicos. 4. Avaliar elementos de comandos direcionais Identificar e especificar os tipos de circuitos eletropneumáticos e eletrohidráulicos Desenhar e dimensionar esquemas de comandos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. 2. Identificar e aplicar software específico para comandos eletropneumáticos Identificar os tipos de sensores e atuadores e suas aplicações Montar, testar e instalar os principais tipos de sensores e atuadores Identificar características técnicas de comandos direcionais Aplicar e executar montagens com comandos direcionais. 1. Introdução aos comandos pneumáticos e eletropneumáticos conforme normalizações 2. Simbologias e terminologias utilizadas em diagramas de comandos pneumáticos e eletropneumáticos 3. Elementos de comandos direcionais: válvulas direcionais, distribuidoras e retenção; sistemas de controles com acionamentos manuais e por solenoides. 4. Atuadores eletropneumáticos e eletro-hidráulicos 5. Sensores capacitivos, indutivos e ópticos. 6. Software específico para comandos pneumáticos e eletropneumáticos 7. Comandos eletropneumáticos utilizando o método intuitivo III Plano Didático Habilidade Bases Tecnológicas Procedimentos Didáticos Identificar e especificar os tipos de circuitos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Identificar e especificar os tipos de circuitos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Identificar e especificar os tipos de circuitos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Identificar e especificar os tipos de circuitos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Identificar e especificar os tipos de circuitos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Desenhar e dimensionar esquemas de comandos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Desenhar e dimensionar esquemas de comandos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Desenhar e dimensionar esquemas de comandos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Identificar e aplicar software específico para comandos eletropneumáticos. 1. Introdução aos comandos pneumáticos e eletropneumáticos conforme normalizações 1. Introdução aos comandos pneumáticos e eletropneumáticos conforme normalizações 2. Simbologias e terminologias utilizadas em diagramas de comandos pneumáticos e eletropneumáticos 2. Simbologias e terminologias utilizadas em diagramas de comandos pneumáticos e eletropneumáticos 2. Simbologias e terminologias utilizadas em diagramas de comandos pneumáticos e eletropneumáticos 3. Elementos de comandos direcionais: válvulas direcionais, distribuidoras e retenção; sistemas de controles com acionamentos manuais e por solenoides. 3. Elementos de comandos direcionais: válvulas direcionais, distribuidoras e retenção; sistemas de controles com acionamentos manuais e por solenoides. 3. Elementos de comandos direcionais: válvulas direcionais, distribuidoras e retenção; sistemas de controles com acionamentos manuais e por solenoides. 4. Atuadores eletropneumáticos e eletrohidráulicos Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Cronograma (Semana) 29/07 a 02/08 05/08 a 09/08 12/08 a 16/08 19/08 a 23/08 26/08 a 30/08 02/09 a 06/09 09/09 a 13/09 16/09 a 20/09 23/09 a 27/09 19

20 Identificar e aplicar software específico para comandos eletropneumáticos. Identificar e aplicar software específico para comandos eletropneumáticos. Identificar os tipos de sensores e atuadores e suas aplicações. Montar, testar e instalar os principais tipos de sensores e atuadores. Identificar os tipos de sensores e atuadores e suas aplicações. Montar, testar e instalar os principais tipos de sensores e atuadores. Identificar os tipos de sensores e atuadores e suas aplicações. Montar, testar e instalar os principais tipos de sensores e atuadores. Identificar características técnicas de comandos direcionais. Aplicar e executar montagens com comandos direcionais. Identificar características técnicas de comandos direcionais. Aplicar e executar montagens com comandos direcionais. Identificar características técnicas de comandos direcionais. Aplicar e executar montagens com comandos direcionais. Identificar características técnicas de comandos direcionais. Aplicar e executar montagens com comandos direcionais. Identificar características técnicas de comandos direcionais. Aplicar e executar montagens com comandos direcionais. Identificar características técnicas de comandos direcionais. Aplicar e executar montagens com comandos direcionais. Identificar características técnicas de comandos direcionais. Aplicar e executar montagens com comandos direcionais. 4. Atuadores eletropneumáticos e eletrohidráulicos 4. Atuadores eletropneumáticos e eletrohidráulicos 5. Sensores capacitivos, indutivos e ópticos. 5. Sensores capacitivos, indutivos e ópticos. 5. Sensores capacitivos, indutivos e ópticos. 6. Software específico para comandos pneumáticos e eletropneumáticos. 6. Software específico para comandos pneumáticos e eletropneumáticos. 6. Software específico para comandos pneumáticos e eletropneumáticos. 6. Software específico para comandos pneumáticos e eletropneumáticos. 7. Comandos eletropneumáticos utilizando o método intuitivo. 7. Comandos eletropneumáticos utilizando o método intuitivo. 7. Comandos eletropneumáticos utilizando o método intuitivo. Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação Aulas expositivas Aulas práticas em Exercícios de Aplicação 30/09 a 04/10 07/10 a 11/10 16/10 a 18/10 21/10 a 25/10 29/10 a 01/11 04/11 a 08/11 11/11 a 14/11 18/11 a 22/11 25/11 a 29/11 02/12 a 06/12 09/12 a 13/12 16/12 a 17/12 IV Plano de Avaliação de Competência Competência Analisar os diagramas de comandos eletropneumáti cos e eletrohidráulicos. Indicadores de domínio Habilidades:. Identificar e especificar os tipos de circuitos eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Introdução aos comandos pneumáticos e eletropneumáticos conforme normalizações Simbologias e terminologias utilizadas em Instrumentos de Avaliação Prova escrita Critérios de desempenho Clareza e organização de ideias, cálculos com precisão Evidências de desempenho Facilidade em executar cálculos com grandezas matemáticas e funções. 20

21 Analisar o princípio de funcionamento dos sensores e atuadores eletropneumáti cos e eletrohidráulicos. Simular programação de circuitos automatizados em software específico. Avaliar elementos de comandos direcionais. diagramas de comandos pneumáticos e eletropneumáticos Habilidades: Prova Escrita, Desenhar e dimensionar esquemas de comandos relatórios eletropneumáticos e eletrohidráulicos. conclusivos de atividades Elementos de comandos direcionais: válvulas práticas. direcionais, distribuidoras e retenção; sistemas de controles com acionamentos manuais e por solenoides. Habilidades: Relatórios Identificar e aplicar software específico para conclusivos de comandos eletropneumáticos. atividades práticas. Software específico para comandos pneumáticos e eletropneumáticos Habilidades: Identificar os tipos de sensores e atuadores e suas aplicações. Montar, testar e instalar os principais tipos de sensores e atuadores. Identificar características técnicas de comandos direcionais. Aplicar e executar montagens com comandos direcionais. Atuadores eletropneumáticos e eletrohidráulicos. Sensores capacitivos, indutivos e ópticos. Comandos eletropneumáticos utilizando o método intuitivo. Prova Escrita, relatórios conclusivos de atividades práticas. Clareza e Precisão. Organização Objetividade Criticidade Clareza e Precisão. Organização Objetividade Criticidade Clareza e Precisão. Organização Objetividade Criticidade Apresentação das conclusões dos relatórios que evidenciem a verificação da adequação da teoria à prática. Apresentação da prova que evidencie uma perfeita compreensão dos conceitos e técnicas Apresentação das conclusões dos relatórios que evidenciem a verificação da adequação da teoria à prática Apresentação da prova que evidencie uma perfeita compreensão dos conceitos e técnicas abordados. Apresentação das conclusões dos relatórios que evidenciem a verificação da adequação da teoria à prática. V Material de Apoio Didático para Aluno (inclusive bibliografia) Apostila do professor Automação Pneumática - Projetos, Dimensionamento e Análise de Circuitos. Automação Eletropneumática - Nelso Gauze Bonacorso e Valdir Noll VI Estratégias de Recuperação Continua e Paralela (para Alunos com baixo rendimento / dificuldades de aprendizagem) A recuperação será contínua a cada competência proposta, havendo vários instrumentos de avaliação e sendo constatado que o aluno não alcançou os conteúdos essenciais, serão ministradas atividades complementares com o objetivo de proporcionar ao aluno condições para adquirir os conceitos não aprendidos. As atividades propostas são: Trabalho de Pesquisa, Lista de Exercícios e Relatórios Técnicos. VII - Outras Observações / Informações: VIII - Data da Elaboração do Plano de Trabalho: Nome(s) do(s) professor(es) Edson José Rodrigues 23/Julho/2013 Assinatura 21

22 IX Parecer do Coordenador de Curso: Aprovo o Plano de Trabalho Docente que está de acordo com o modelo estabelecido pela CETEC e também baseado no Plano do Curso Técnico em Instrumentação atendendo às orientações das Coordenações de Curso e Pedagógica e da Direção da Escola. Assinatura: Data: 23 /Julho /2013 Marcelo Coelho de Souza 22

23 ETEC TAKASHI MORITA PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2º SEMESTRE 2013 TÉCNICO EM INSTRUMENTAÇÃO ETEC Takashi Morita Código: 200 Município: São Paulo Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Qualificação Técnica de Nível Médio Qualificação: Assistente de Instrumentação Industrial Módulo: II Componente Curricular: Processos Industriais II C.H. Semanal: 5,0 Professor(es): Elisabeth Toledo da Silva I Atribuições e atividades profissionais relativas à qualificação ou à habilitação profissional, que justificam o desenvolvimento das competências previstas nesse componente curricular. Atribuições: Definir métodos de execução das instalações elétricas. Interpretar desenhos e esquemas de linhas elétricas e de instrumentação. Dimensionar e especificar máquinas e equipamentos elétricos e eletroeletrônicos. Analisar princípios básicos de instrumentação e sistemas de controle e automação. Interpretar variáveis de processo em sistemas de controles analógicos e digitais. Executar testes de funcionamento e de adequação de instrumentos e de equipamentos industriais. Analisar e interpretar textos técnicos das áreas de indústria. Aplicar instrumentos de pesquisa para desenvolvimento de projetos. Atividades: Realizar medições, calibrações, determinar valores de grandeza, controlar padrões. Realizar manutenção de instrumentos de medição e controle 23

24 II Competências, habilidades e bases tecnológicas do componente curricular. Função: Operação de Processos Competências Habilidades Bases Tecnológicas 1) Avaliar as consequências da localização e operação de mecanismos de transmissão de calor 2) identificar e caracterizar procedimentos operacionais e aspectos práticos de sistemas reacionais, sistema sólido-fluído e equipamentos de separação e de troca térmica 1) Registrar anormalidades de equipamentos e de instrumentos 2.1) Inspecionar e efetuar pequenas manutenções em instrumentos, equipamentos e acessórios. 2.2) Executar testes de funcionamento e de adequação de instrumentos e de equipamentos industriais. 1) Processos de separação de misturas. Tipos de destilação 2) Processos de extração de petróleo e de minérios 3) Processos de cristalização e de lixiviação 4) Troca térmica, bombas e compressores 5) Siderurgia 6) Mecanismos de corrosão 7) Catalisadores 8) Reatores 9) montagem e desmontagem de equipamentos de pequeno porte III Plano Didático Habilidade Registrar variáveis de processo Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Registrar variáveis de processo Identificar instrumentos e equipamentos Realizar a adequação de instrumentos e de equipamentos para cada um dos processos estudados Identificar variáveis de processo Bases Tecnológicas Apresentação das bases tecnológicas e dos métodos de avaliação e de procedimentos didáticos 1a) Introdução aos processos de separação de misturas Substância e Mistura 1b) Propriedades da matéria. Mudanças de estado da matéria. Curvas de aquecimento e de resfriamento Procedimentos Didáticos aula teórica/ / vídeos/ pesquisa Cronograma (Semana) 25/07 a 02/08 Aula teórica 05/08 a 09/08 Aula teórica/ pesquisa lab. 12/08 a 16/08 Exercícios de aprendizagem. Correção. Aula teórica 19/08 a 23/08 1c) Processos de destilação simples. Equipamentos utilizados Laboratório 26/08 a 30/08 1d) Processos de destilação fracionada. Equipamentos utilizados. 1e) Pesquisa em sobre destilação do petróleo Pesquisa em sobre o processo de purificação na indústria farmacêutica 2a) Extrativismo: petróleo Aula teórica 02/09 a 06/09 vídeos 09/09 a 13/09 Aula teórica e vídeos/lab. 2b) minério de ferro e cobre/ 5) processos siderúrgicos Aula teórica e vídeos/ lab. 15/09 a 20/09 23/09 a 27/09 2c) cana de açúcar e álcool Aula teórica/ lab. 30/09 a 04/10 2d) Impactos ambientais da extração de materiais Seminários 07/10 a 11/10 PROVA Dissertativa/ análise de processo industrial e de suas variáveis 14/10 a 18/10 3) processos de cristalização/ lixiviação na indústria/ separação de componentes Aula teórica/ lab. 21/10 a 25/10 24

Integrado em Automação Industrial

Integrado em Automação Industrial Plano de Trabalho Docente (PTD) Integrado em Automação Industrial Ano Letivo de 2014 1 Sumário 1º Módulo COMPONENTE CURRICULAR: ELETRICIDADE BÁSICA... 5 COMPONENTE CURRICULAR: INSTALAÇÕES ELÉTRICAS...

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2013 1 Sumário 1º Módulo Componente Curricular: Eletrônica Digital I... 5 Componente Curricular: Eletricidade

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecânica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 015 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos EE: Etec Paulino Botelho Eixo Tecnológico: Controle e Processos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015

Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA / SP Eixo tecnológico: Industria Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: TÉCNICO EM MECATRÔNICA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015

Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA / SP Eixo tecnológico: Industria Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

1. Especificar a arquitetura dos controladores lógicos compatíveis a cada aplicação.

1. Especificar a arquitetura dos controladores lógicos compatíveis a cada aplicação. Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça - SP Eixo Tecnológico: Controle e Processo Industrial Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012

Plano de Trabalho Docente 2012 Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA / SP Eixo tecnológico: Industria Habilitação Profissional: INSTALAÇÕES ELETRICAS E REDES Qualificação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 1º Sem. 2015 1 Conteúdo 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 5 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Área Profissional: Indústria Habilitação Profissional: Técnico de Nível Médio Técnico em Mecânica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2014 1 Conteúdo 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 4 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 1º Sem. 2014 1 Sumário 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 4 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antônio Magliano. Código: 088 Município: Garça. Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais. Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça - SP Eixo Tecnológico: Controle e Processo Industrial Habilitação

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 0 Etec PAULINO BOTELHO Código: 09 Município:São Carlos EE: Eixo Tecnológico:Controle e Processos Industriais Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processo Industrial Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Ensino Técnico ETEC RODRIGUES DE ABREU - EXTENSÃO AGUDOS Código: 135.01 D Município: AGUDOS Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Componente Curricular:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec:PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecânica

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico de Processos Industriais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico de Processos Industriais Plano de Trabalho Docente 015 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecânica Qualificação:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 01 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecânica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Rodrigues de Abreu Código: 135 Município: Bauru SP Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Indústria Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico de Técnico

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico:Indústria Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ELETRÔNICA Qualificação: Módulo:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça SP Eixo Tecnológico: Indústria Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2014. Qualificação: Assistente de Usinagem

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2014. Qualificação: Assistente de Usinagem Plano de Trabalho Docente 2014 ETEC Paulino Botelho Ensino Técnico Código: 091 Município: São Carlos - SP Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecânica

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC MONSENHOR ANTÔNIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA EE: Controle e Processos Industriais Eixo Tecnológico: INDÚSTRIA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGOCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec:PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Área Profissional: Indústria Habilitação Profissional: Ensino

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Técnico

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Habilitação Profissional

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça/SP Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: CONTROLE DE PROCESSOS INDUSTRIAIS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM MECATRÔNICA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico de Nível

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Habilitação Profissional: Técnica de Nível

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico 1º Semestre ETEC Dr. Júlio Cardoso Código: : 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecânica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 01 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Indústria Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica Qualificação: Assistente

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2010. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: habilitação Profissional técnica de nível médio de técnico em administração

Plano de Trabalho Docente 2010. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: habilitação Profissional técnica de nível médio de técnico em administração Plano de Trabalho Docente 2010 Ensino Técnico ETEc de Ribeirão Pires Código: 141 Município: Ribeirão Pires/Mauá Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: habilitação Profissional técnica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Administração Qualificação:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec:PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Código: 073 Município: Jales Área de conhecimento: Informação e Comunicação Componente Curricular: Instalação para Computadores II Série: Módulo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Etec Dr. José Luiz Viana Coutinho Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Escola Técnica Estadual Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014

Plano de Trabalho Docente 2014 Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Prof. Massuyuki Kawano Código: 136 Município:Tupã Área de conhecimento: Ambiente, Saúde e Segurança Componente Curricular: Aplicativos Informatizados

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGOCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Plano de Trabalho Docente - 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça - SP Eixo Tecnológico: Controle e Processo Industrial Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: DR. JÚLIO CARDOSO Código: 78 Município: Franca - SP Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Eletrônica

Leia mais

Ensino Médio Integrado ao Técnico

Ensino Médio Integrado ao Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Médio Integrado ao Técnico Código: 262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Inst. e Manut. De Computadores Eixo Tecnológico:

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico de Mecatrônica

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico de Mecatrônica Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Professor Massuyuki Kawano Extensão E.E Índia Vanuíre Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Administração Qualificação:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC RODRIGUES DE ABREU Código: 135 Município: Bauru - SP Eixo Tecnológico: Segurança Habilitação Profissional: Técnico de nível médio de Técnico em Segurança

Leia mais

Ensino Técnico. Ensino Técnico

Ensino Técnico. Ensino Técnico Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: 262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Aplicativos Informatizados Eixo Tecnológico: Gestão

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM INFORMÁTICA EtecMONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA EE: Eixo

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGOCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos EE: Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação: Técnico em Informática para Internet

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Componente Curricular: SISTEMAS OPERACIONAIS PARA REDES II

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Componente Curricular: SISTEMAS OPERACIONAIS PARA REDES II Plano de Trabalho Docente 0 Ensino Técnico ETEC PROF MASSUYUKI KAWANO Código: 6 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico de Processos Industriais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico de Processos Industriais Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecânica Qualificação:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em Informática

Plano de Trabalho Docente 2012. Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em Informática Plano de Trabalho Docente 01 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

II Competências, Habilidades e Bases Tecnológicas do Componente Curricular Componente Curricular: Processo de Fabricação III Módulo: III

II Competências, Habilidades e Bases Tecnológicas do Componente Curricular Componente Curricular: Processo de Fabricação III Módulo: III Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle de Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecânica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2011. Qualificação: Auxiliar de informática para internet Módulo: 1º

Plano de Trabalho Docente 2011. Qualificação: Auxiliar de informática para internet Módulo: 1º Plano de Trabalho Docente 2011 Ensino Técnico ETEC Santa Isabel Código: 219 Município: Santa Isabel Área Profissional: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em informática para internet

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município:Garça Eixo Tecnológico: Habilitação Profissional: Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Etec Monsenhor Antônio Magliano Plano de Trabalho Docente 2014 Código: 088 Município: Garça EE: Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Habilitação Profissional: TÉCNICO EM PROGRAMAÇÃO DE

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2011

Plano de Trabalho Docente 2011 Plano de Trabalho Docente 2011 ETEC HORÁCIO AUGUSTO DA SILVEIRA Ensino Técnico Código: 064 Município: SÃO PAULO Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Habilitação Profissional: Técnico em Eletrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico Administração Central Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 Etec Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça EE: Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Professor Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Logística

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Programação de

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico em Mecânica

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico em Mecânica Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código : 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecânica Qualificação:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Ensino Técnico ETEC RODRIGUES DE ABREU - EXTENSÃO AGUDOS Código: 135.01 D Município: AGUDOS Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Componente Curricular:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC RODRIGUES DE ABREU Código: 135 Município: Bauru / SP Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA Qualificação:

Leia mais

Reparador de Circuitos Eletrônicos

Reparador de Circuitos Eletrônicos Reparador de Circuitos Eletrônicos O Curso de Reparador de Circuitos Eletrônicos tem por objetivo o desenvolvimento de competências relativas a princípios e leis que regem o funcionamento e a reparação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales Área de conhecimento: Informação e Comunicação Componente Curricular: Aplicativos para

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec de São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Administração

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça / SP EE: Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Etec Dr. José Luiz Viana Coutinho Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Escola Técnica Estadual Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales - SP Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2010. Componente Curricular: Tecnologia da Informação Aplicada à Logística. Professor: André Luiz Pilastri

Plano de Trabalho Docente 2010. Componente Curricular: Tecnologia da Informação Aplicada à Logística. Professor: André Luiz Pilastri Plano de Trabalho Docente 2010 Ensino Técnico ETEC RODRIGUES DE ABREU Código: 135 Município: Bauru Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Logística Qualificação: Técnico

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Recursos Humanos Qualificação:

Leia mais

CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO

CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO CM ELETRICISTA MONTADOR PLANO DE CURSO Categoria e Atribuições Executar a montagem de painéis e quadro de distribuição, caixas de fusíveis e outros instrumentos de comandos, encaixando e ajustando as peças

Leia mais

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza SEM CERTIFICAÇÃO TÉCNICA

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza SEM CERTIFICAÇÃO TÉCNICA Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 01-09-2011 Número do Plano 153 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais Plano de Curso para 01.

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC de Nova Odessa Código: 234 Município: Nova Odessa - SP Eixo Tecnológico: Segurança. Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho Qualificação:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1 Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1 Semestre Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico 1 Semestre Etec: DR. JÚLIO CARDOSO Código: 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED

EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º MED 1º MED DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Especificação de elementos que compõem projetos; técnicas de desenho técnico e de representação gráfica correlacionadas com seus fundamentos matemáticos e geométricos;

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2010. Professor(es): Faberson Augusto Ferrasi

Plano de Trabalho Docente 2010. Professor(es): Faberson Augusto Ferrasi Plano de Trabalho Docente 010 Ensino Técnico ETEC ERNESTO MONTE Código: 1 Município: Bauru Eixo Tecnológico: Gestão de Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Transações Imobiliárias Qualificação:

Leia mais