Quality Assurance Directive for Purchased Items Diretriz de Qualidade Assegurada dos Itens Comprados

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Quality Assurance Directive for Purchased Items Diretriz de Qualidade Assegurada dos Itens Comprados"

Transcrição

1 Quality Assurance Directive for Purchased Items Diretriz de Qualidade Assegurada dos Itens Comprados Edition 2011 Edição 2011 For your convenience by reviewing this new version of our quality guideline which is already known to your company: B This version shows all the changes made vs. the 2006 edition in blue print. Quick access to all related documents on the internet: There, you will find the Quality Directive QR83 as a PDF file as well as all relevant information, forms and documents. They can be downloaded from the internet under: >> Company >> Materials Management >> Quality Guidelines Para sua conveniência Na revisão desta mais recente versão de nossa diretriz de qualidade que já é do conhecimento de sua empresa: B Esta versão destaca em azul todas as alterações efetuadas nas versões anteriores (2006). Acesso rápido a todos os documentos correlatos na Internet: A Diretriz de Qualidade QR83 em formato PDF bem como todas as respectivas informações, formulários e documentos relevantes encontram-se disponíveis na Internet e poderão ser baixados no site: >> Company >> Materials Management >> Quality Guidelines

2 Edition 2011 // Edição 2011 Subject to alteration // Reservado o direito a alterações Internet:

3 Preface Prefácio Our prestige and position on the world market is determined significantly by the quality of our products. The quality of your supplies has a direct impact on our products. Our suppliers as our partners are responsible for the quality of their products. O prestígio e a posição que temos no mercado mundial são determinados significativamente pela qualidade de nossos produtos. A qualidade de seus fornecimentos tem um impacto direto sobre nossos produtos. Na qualidade de nossos parceiros, nossos fornecedores são responsáveis pela qualidade de seus respectivos produtos. This directive is to contribute to the implementation of a joint quality strategy on the basis of the standards and rules listed in Section 1.2. The aim of the directive is to ensure smooth processes between ZF and our suppliers and to minimize costs. A presente diretriz tem como objetivo contribuir para a implementação de uma estratégia conjunta de qualidade que se fundamenta nas regulamentações e padrões especificados na seção 1.2 e, desta forma, assegurar processos perfeitos entre a ZF e nossos fornecedores, além de minimizar os custos. QR83 is a ZF customer-specific requirement within the meaning of ISO/TS [03]. A QR83 é um requisito específico da ZF no sentido previsto pela norma ISO/TS [03]. The items listed in QR83 do not represent any limitation to the rules and standards referred to or to legal requirements. Os tópicos especificados na QR83 não constituem qualquer limitação das regras e padrões mencionados ou dos requisitos legais. A comprehensive philosophy of Continuous Improvement (CIP) must be introduced within the entire organization of suppliers. Uma filosofia abrangente de melhoria contínua tem que estar inserida na completa organização de fornecedores. The intention is to achieve the Zero-Defect target along the entire supply chain through cooperation based on partnership. A meta reside em atingir o objetivo de zero defeito na cadeia completa de suprimentos através da cooperação baseada na parceria. Head of Corporate Quality Management & Production Diretor de Gestão da Qualidade e Produção do Grupo Member of the Board of Management Membro do Board of Management Dr. Heiner Wannemacher Dr. Stefan Sommer 3

4 Contents Contents ISO/TS Page Chapter 0 Explanation of the QR83 Structure General Requirements Scope Quality management system Business language Quality objectives Environment Project planning Special characteristics / Verification management for products with (safety) critical characteristics / Subcontractors Changing subcontractors / Production Part Approval Process (PPAP) Changes to product or process Processing complaints Planning Feasibility study Planning contents Schedule planning Product description Quality objectives Special characteristics Process flow chart Operation sheet Product and process FMEA Test planning / Development release (only for suppliers with design responsibility) Release of product and process development Control plan Coordination of production control Planning and procurement of tools, fixtures and equipment Inspection planning / Planning requalification Planning and procurement of inspection equipment Capability studies / / Planning preventive maintenance Status of subcontractors and purchased parts Logistics Traceability Personnel Station release Manufacturing prototypes Audit planning Production output Production Part Approval Process Continuous improvement process Project status Internal release of series production

5 Contents Contents ISO/TS Page Chapter 3 Production Part Approval Process / Initial samples Reasons for initial sampling Submission levels Initial sampling according to 3D data model Recording of material data Initial sample documentation Deviation in initial samples Retention of reference samples Further Requirements Retention periods Layout inspection and functional testing Internal audit for products requiring verification for critical characteristics Centered production Deviation approval Business processes based on electronic data exchange Communication Location and component specific requirements for prototypes Software and components with integrated software Functional safety of software and components with integrated software Maturity level assurance for new parts Activity and responsibility agreement (only for suppliers with design responsibility) Mission profile for electronic components Bibliography Forms Form F01: Feasibility study Form F02: Project status of purchased parts Form F03: Project status of purchased parts for suppliers with design responsibility Form F04: Control plan Form F05: Deviation request Form F06: 8-D Report Form F07: Documentation of prototype characteristics Form F08: Identification of deviated parts Form F09: Identification of initial samples Form F10: Identification of prototypes Form F11: Identification of certified material after complaint Form F12: Development approval by supplier, if responsible for product design Form F13: Initial sample status of all involved subcontractors with assignment to part and process

6 Conteúdo Conteúdo ISO/TS Página Capítulo 0 Explicações sobre a estrutura da QR Requisitos gerais Escopo Sistema de gestão da qualidade Idioma do negócio Objetivos de qualidade Meio ambiente Planejamento do projeto Características especiais / Controle de verificação de produtos com características críticas / Subfornecedor mudança de subfornecedores / Processo de Aprovação de Peças de Produção Alterações do produto ou do processo Processamento de reclamações Planejamento Estudo de viabilidade Conteúdo do planejamento Planejamento de prazos Descrição do produto Objetivos de qualidade Características especiais Diagrama do fluxo do processo Folha de operação FMEA do produto e do processo Planejamento de testes / liberação do desenvolvimento (apenas no caso de fornecedores com responsabilidade pelo projeto) Liberação do desenvolvimento do produto e do processo Plano de controle da produção Coordenação do controle da produção Planejamento e aquisição de ferramentas, dispositivos e equipamentos Planejamento da inspeção / planejamento da requalificação Planejamento e aquisição de equipamentos de inspeção Estudos de capabilidade / / Planejamento da manutenção preventiva Status dos subfornecedores e das peças compradas Logística Rastreabilidade Pessoal Liberação do local de trabalho Produção de protótipos Planejamento da auditoria Volume de produção Processo de Aprovação de Peças de Produção Processo de melhoria contínua Status do projeto Liberação interna da produção em série

7 Conteúdo Conteúdo ISO/TS Página Capítulo 3 Processo de Aprovação de Peças de Produção / Amostras iniciais Razão da amostragem inicial Níveis de submissão Amostras iniciais segundo modelo de dados 3D Registro de dados de materiais Documentação das amostras iniciais Desvios das amostras iniciais Retenção de amostras de referência Requisitos adicionais Períodos de arquivamento Verificação da requalificação Auditoria interna de produtos que requerem controle de verificação de características críticas Produção centrada Aprovação de desvios Processos empresariais baseados no intercâmbio eletrônico de dados Comunicação Requisitos específicos da planta e do componente para protótipos Software e componentes com software integrado Segurança funcional de software e componentes com software integrado Segurança do grau de maturidade de peças novas Acordo sobre atividades e responsabilidades (apenas para fornecedores com responsabilidade pelo projeto) Mission Profile para componentes eletrônicos Bibliografia Formulários Formulário F01: Estudo de viabilidade Formulário F02: Status do projeto de peças compradas Formulário F03: Status do projeto de peças compradas para fornecedores com responsabilidade pelo projeto Formulário F04: Plano de controle da produção Formulário F05: Solicitação de desvio Formulário F06: Relatório 8-D Formulário F07: Documentação das características de protótipos Formulário F08: Identificação de peças com desvio Formulário F09: Identificação das amostras iniciais Formulário F10: Identificação de protótipos Formulário F11: Identificação de material certificado após reclamações Formulário F12: Liberação do desenvolvimento pelo fornecedor com responsabilidade pelo projeto Formulário F13: Status das amostras iniciais de todos os subfornecedores contratados com atribuição de peças e processos

8 Section 0 / Seção 0 Explanation of the QR83 Structure Explicações sobre a estrutura da QR83 1 General Requirements 1 Requisitos gerais This section describes the requirements for the management system of the supplier. Esta seção contém uma descrição dos requisitos feitos ao sistema de gestão do fornecedor. 2 Planning 2 Planejamento This section describes the requirements for the product realization of single parts and assembly groups. The objective of the detailed planning is to ensure the production start and to recognize foreseeable delays in time. Esta seção contém uma descrição dos requisitos feitos à realização de peças individuais e de conjuntos. O objetivo do planejamento detalhado consiste em assegurar a data de início da produção e prever antecipadamente possíveis atrasos. 3 Production Part Approval Process 3 Processo de Aprovação de Peças de Produção This section describes the requirements for the product and process release according to VDA [German Association of the Automotive Industry] Volume 2 [05] / AIAG PPAP [18]. Esta seção contém uma descrição dos requisitos feitos ao processo de aprovação de produtos e de processos segundo o volume 2 [05] da VDA (Associação da Indústria Automobilística Alemã) / AIAG (Grupo de Ação da Indústria Automobilística) PPAP [18]. 4 Further Requirements 4 Requisitos adicionais This section describes the requirements which go beyond the general rules and regulations. Esta seção contém uma descrição dos requisitos que vão além dos requisitos exigidos pelas regras e padrões gerais. 5 Bibliography 5 Bibliografia This section contains a list of the mentioned rules and regulations with their reference sources. Esta seção contém uma lista das regulamentações e padrões mencionados, juntamente com suas respectivas fontes de referência. 6 Forms 6 Formulários This section contains forms which are necessary for communication with ZF. All the forms described here can be found on the Internet at Esta seção contém os formulários que se mostram necessários para a comunicação com a ZF. Todos os formulários descritos nesta seção encontram-se disponíveis no site 8

9 Section 1 / Seção 1 General Requirements Requisitos gerais 1.1 Scope The Quality Assurance Directive for Purchased Items (QR83) is valid for the supply of production materials (incl. electronic components) and, where applicable, also for the supply of software to the ZF Group locations worldwide. For the supply of software the requirements from the ZF Activity and Responsibility Agreement for Software are also applicable. QR83 also applies to deliveries within the ZF Group. Exclusively binding: the German version of QR Escopo A Diretriz de Qualidade Assegurada dos Itens Comprados (QR83) é válida para os fornecimentos de material de produção (incluindo componentes eletrônicos) e, caso aplicável, aos fornecimentos de software para as plantas do Grupo ZF localizadas no mundo todo. Os requisitos previstos no Acordo sobre Atividades e Responsabilidades de Software da ZF também se aplicam ao fornecimento de software. A QR83 também se aplica aos fornecimentos efetuados dentro do Grupo ZF. Única e exclusivamente vinculativa é a versão da QR83 em alemão. 1.2 Quality management system (ISO/TS 16949: Chapter 4) An effective quality management system set up according to the standards and regulations of ISO/TS [03] is a prerequisite for supplier relations with ZF. The effectiveness of the QM system is reflected in: continuous and verifiable improvement of processes, procedures, and products delivery quality delivery reliability effectiveness and promptness for implementation of corrective actions communication at all levels appropriate and timely processing of new and revised projects The goal of this quality management system is to achieve together the Zero-Defect target. The minimum requirement is evidence of certification according to ISO 9001 [01]. For those suppliers supplying to ZF in the passenger cars and commercial vehicles sectors, certification according to ISO/TS [03] will be required in the medium term. 1.2 Sistema de gestão da qualidade (ISO/TS 16949: capítulo 4) Um sistema eficaz de gestão da qualidade, estabelecido com base nas regulamentações e padrões da norma ISO/TS [03], constitui um pré-requisito para as relações de fornecimento com a ZF. A eficácia do sistema de gestão da qualidade reflete-se nos seguintes aspectos: Melhoria contínua e comprovável dos processos, procedimentos e produtos Qualidade da entrega Desempenho do fornecimento Eficácia e agilidade na implementação de medidas corretivas Comunicação em todos os níveis Processamento apropriado de projetos novos e revistos mantendo os prazos estipulados Este sistema de gestão da qualidade tem como meta atingir o objetivo de zero defeito. O requisito mínimo é comprovar a certificação segundo a norma ISO 9001 [01]. Os fornecedores que trabalham com a ZF nos segmentos de carros de passeio e veículos comerciais deverão comprovar a certificação segundo a norma ISO/TS [03] no médio prazo. 9

10 General Requirements Requisitos gerais ZF needs to be informed about the expiration of a certificate without planned re-certification at least three months prior to the expiry date. New certificates have to be sent to the supplied ZF locations without explicitly being requested. If a certificate is rescinded, it is to be reported immediately. Certification must be provided by accredited certification companies. O vencimento de uma certificação sem recertificação planejada deverá ser comunicado à ZF com um prazo de antecedência de no mínimo três meses antes da data do vencimento. Novos certificados deverão ser enviados espontaneamente à respectiva planta da ZF que recebe os fornecimentos. A revogação de um certificado deverá ser reportada imediatamente. As certificações deverão ser concedidas por órgãos credenciados de certificação. ZF reserves the right to carry out audits and assessments on quality management systems, processes, and products, if applicable with their customers after prior notification. For this purpose, access is to be granted to ZFrepresentatives and our mutual customers. A ZF reserva-se o direito de efetuar auditorias e inspeções dos sistemas de gestão da qualidade, dos processos e dos produtos, caso aplicável juntamente com seus clientes após notificação prévia. O acesso deverá ser concedido aos representantes da ZF e aos nossos clientes em comum para esta finalidade. 1.3 Business language (ISO/TS 16949: Chapter 7.2.3) 1.3 Idioma do negócio (ISO/TS 16949: capítulo 7.2.3) The national language of the ordering plant is the business language, alternatively English. O idioma vigente no país de localização da planta solicitante é o idioma do negócio; o inglês será usado como alternativa. 1.4 Quality objectives (ISO/TS 16949: Chapter 5.4.1) 1.4 Objetivos de qualidade (ISO/TS 16949: capítulo 5.4.1) In the context of quality planning, the most important task for the supplier is to develop a Zero-Defects Strategy and take all necessary actions to achieve the Zero Defect target. To measure and assess the quality achieved, the supplier defines internal and external quality objectives. In this context the following minimum requirements are applicable: determining the internal and external complaint rates, preferably based on parts-per-million (ppm) determining internal and external nonconformance costs No contexto do planejamento da qualidade, a tarefa mais importante do fornecedor consiste em desenvolver uma estratégia de zero defeito, além de tomar todas as medidas necessárias para atingir o objetivo de qualidade de zero defeito. Para mensurar e avaliar o nível de qualidade atingido, o fornecedor deverá estipular objetivos internos e externos de qualidade. Neste contexto aplicam-se os seguintes requisitos mínimos: Determinação das taxas internas e externas de reclamação, de preferência com base em partes por milhão (PPM) Determinação dos custos internos e externos de não conformidade ZF and the suppliers will jointly agree on quality objectives. A ZF determinará juntamente com o fornecedor os objetivos de qualidade. The method for determining the ppm complaint rate is described on the Internet (www.zf.com). O método para determinar a taxa de reclamação com base em PPM está descrito na Internet (www.zf.com). 1.5 Environment 1.5 Meio ambiente Effective environmental management, which ensures compliance with the respective applicable environmen- Uma gestão ambiental eficaz que atende aos requisitos previstos pelas respectivas regulamentações ambientais 10

11 General Requirements Requisitos gerais tal regulations and continuously and efficiently improves the environmental situation of the supplier, is an essential contribution towards supply security. ZF is committed to the protection of the environment. All ZF plants are ISO [02] certified. We therefore expect our suppliers to show voluntary commitment to environmental protection by implementing an environmental management system. Suppliers operating foundries, galvanizing and paint shops, as well as manufacturers of PC boards, primary and secondary cells, electronic components, grease, and oil must provide a certificate according to ISO or an equivalent system. If this certificate is not available, then a time schedule for certification needs to be presented. The supplies must also meet applicable legal environmental protection regulations and follow ZF standards and regulations ZFN 9003 [15] and ZFN [16]. On request, the supplier will present recycling and disposal concepts which are appropriate for his products. vigentes e que melhora de forma eficaz e contínua a situação ambiental do fornecedor constitui uma contribuição fundamental para a segurança do fornecimento. A ZF assumiu o compromisso de proteger o meio ambiente. Todas as plantas da ZF foram certificadas segundo a norma ISO [02]. Consequentemente, esperamos que nossos fornecedores também assumam voluntariamente o compromisso com a proteção ambiental implementando um sistema de gestão ambiental. Os fornecedores que dispõem de instalações de fundição, galvanização e pintura bem como os fabricantes de placas de circuito impresso, células primárias e secundárias, componentes eletrônicos, graxas e óleos devem comprovar a certificação segundo a norma ISO ou um sistema equivalente. Se este certificado não estiver disponível, será necessário apresentar um plano com cronograma para obter o referido certificado. Os fornecimentos devem atender às respectivas regulamentações legais de proteção ambiental vigentes, além de seguir as normas ZFN 9003 [15] e ZFN [16] definidas pela ZF. Caso solicitado, o fornecedor deverá apresentar conceitos de reciclagem e eliminação adequados a seus respectivos produtos. 1.6 Project planning (ISO/TS 16949: Chapter 7.1) Project planning must be performed according to Section 2 of this directive in order to ensure the project runs on time and is of high quality. 1.6 Planejamento do projeto (ISO/TS 16949: capítulo 7.1) Um planejamento que atenda aos requisitos da seção 2 desta diretriz deverá ser realizado para assegurar o andamento do projeto em tempo hábil e nos padrões de qualidade estipulados. 1.7 Special characteristics (ISO/TS 16949: Chapter / 7.3.2) Special characteristics require special attention, because deviations in these characteristics can seriously affect product safety, product lifetime, assembly capability, product functionality, and/or quality of the following manufacturing operations as well as legal regulations. They are specified by ZF and/or result from the riskanalysis of the supplier, e.g. from the product and/or process FMEA. As a basic principle, all product and process characteristics are important and must be complied with. Normally, special characteristics are divided up as follows: 1.7 Características especiais (ISO/TS 16949: capítulos / 7.3.2) Características especiais requerem atenção especial, pois os desvios destas características podem influenciar consideravelmente a segurança do produto, o tempo de vida útil do produto, a capacidade de montagem, as funções do produto e/ou a qualidade das operações de fabricação subsequentes bem como as regulamentações legais. Essas características são especificadas pela ZF e/ou são resultado da análise de risco do fornecedor, por exemplo, da FMEA do produto ou do processo. Basicamente, todas as características dos produtos e dos processos são importantes e devem ser atendidas. Via de regra, as características especiais são classificadas da seguinte forma: 11

12 General Requirements Requisitos gerais (safety) critical characteristics (characteristics requiring special verification management) function-relevant characteristics process-relevant characteristics Características críticas (características que requerem um controle de verificação especial) Características relevantes para as funções Características relevantes para os processos 1.8 Verification management for products with (safety) critical characteristics (ISO/TS 16949: Chapter / 4.2.4) 1.8 Controle de verificação de produtos com características críticas (ISO/TS 16949: capítulos / 4.2.4) This means products with characteristics which have a significant impact on the vehicle safety or compliance with legislation. Subject to product liability, a corresponding risk can be expected here. These products and their characteristics are identified in the technical documentation where design responsibility rests with ZF, or if design responsibility lies with the supplier, they will be determined by the supplier during the course of construction. ZF specifications must be observed in the process. Este aspecto abrange os produtos cujas características têm impacto considerável sobre a segurança do veículo ou cumprimento da legislação vigente. Nos parâmetros da responsabilidade civil pelo fato do produto pode-se esperar um respectivo risco neste âmbito. Se a engenharia for da responsabilidade da ZF, estes produtos e suas características são identificados na devida documentação técnica; se a engenharia for da responsabilidade do fornecedor, serão determinadas pelo próprio fornecedor no decorrer do processo de engenharia. As especificações da ZF devem ser necessariamente seguidas. The supplier undertakes to set up a verification management system for products with critical characteristics. O fornecedor compromete-se a estabelecer um sistema de controle de verificação de produtos que apresentam características críticas. The contents of verification management must meet the requirements of VDA Volume 1 [04] and must be set out in such a way that in the event of damage, due care can be proven (discharge from responsibility). O conteúdo do controle de verificação deve atender aos requisitos especificados no volume 1 [04] da VDA, devendo ser estruturado de forma que, em caso de dano, possa ser comprovado o devido cuidado e diligência (exoneração de responsabilidade). Traceability must be organized in such a way that clear allocation of delivery data to the production and inspection lots is guaranteed. All subcontractors must ensure that they have a functioning system to trace the origin of their product. A rastreabilidade deve ser estruturada de maneira que os dados do fornecimento possam ser atribuídos claramente aos lotes de produção e de inspeção. Todos os subfornecedores devem dispor de um sistema de rastreabilidade eficaz para comprovar a origem de seus produtos. 1.9 Subcontractor Changing subcontractors (ISO/TS 16949: Chapter / 7.4.1) 1.9 Subfornecedor mudança de subfornecedores (ISO/TS 16949: capítulos / 7.4.1) The supplier is responsible for the development of his subcontractors according to the requirements listed under Section 1.2/1.5. If the supplier places orders with subcontractors, they must also meet the requirements of this directive. O fornecedor é responsável pelo desenvolvimento de seus subfornecedores segundo os requisitos especificados nas seções 1.2/1.5. Se o fornecedor contratar subfornecedores, estes também deverão atender aos requisitos estipulados pela presente diretriz. A change of subcontractor must be notified in advance to ZF and requires the approval of ZF. Production Part Approval Process (PPF/PPAP) must be performed. A mudança de um subfornecedor deverá ser notificada previamente à ZF, ficando sujeita à aprovação da ZF. Será necessário proceder a um Processo de Aprovação de Peças de Produção (PPAP). 12

13 General Requirements Requisitos gerais ZF reserves the right to audit subcontractors, possibly jointly with the ZF customers. Advance notice will be given. However, this does not mean that the supplier is released from his responsibility towards the subcontractor and ZF. A ZF reserva-se o direito de auditar subfornecedores, caso aplicável juntamente com seus clientes após notificação prévia. Contudo, isto não exime o fornecedor de suas responsabilidades com relação ao subfornecedor e à ZF Production Part Approval Process (PPAP) (ISO/TS 16949: Chapter 7.3.6) 1.10 Processo de Aprovação de Peças de Produção (ISO/TS 16949: capítulo 7.3.6) Production Part Approval Process (PPAP) are based on either VDA, Volume 2 (PPF) [05] or on the production part release process of the AIAG PPAP [18]. ZF retains the right to specify one of these two procedures or a similar procedure. O Processo de Aprovação de Peças de Produção (PPAP) fundamenta-se no volume 2 (PPF) [05] da VDA ou no processo de aprovação de peças de produção do AIAG PPAP [18]. A ZF reserva-se o direito de especificar um destes dois processos ou de estabelecer um processo similar. Tooling costs will be paid in full after Production Part Approval Process (PPAP) are completed. Os custos incorridos com o ferramental serão integralmente pagos após a finalização do Processo de Aprovação de Peças de Produção (PPAP) Changes to product or process (ISO/TS 16949: Chapter 7.1.4) 1.11 Alterações do produto ou do processo (ISO/TS 16949: capítulo 7.1.4) ZF must be notified of changes to the product or process in advance and these need to be approved by ZF. These changes are to be documented by the supplier in a maintenance history of the product and process. Mudanças no produto ou no processo deverão ser notificadas previamente à ZF, ficando sujeitas à aprovação da ZF. O fornecedor deverá documentar estas mudanças em um histórico do produto e do processo Processing complaints (ISO/TS 16949: Chapter 8.5.2) 1.12 Processamento de reclamações (ISO/TS 16949: capítulo 8.5.2) After a complaint made by the ZF purchasing plant, corrective actions must be introduced immediately, documented, and if requested by ZF submitted punctually in a structured manner using form F06 8-D Report. An analysis of the cause always needs to be carried out using suitable problem-solving methods. Após cada reclamação efetuada pela planta solicitante da ZF, medidas corretivas deverão ser tomadas imediatamente, documentadas e, caso solicitado pela ZF, apresentadas em tempo hábil de maneira estruturada através do formulário F06 Relatório 8-D. Em princípio, todas as análises de causas devem ser realizadas através de métodos adequados para solução de problemas. If required by ZF, more extensive, detailed analyses (such as Ishikawa, 5 why, error simulations, ) are to be provided. Caso solicitado pela ZF, análises mais detalhadas (por exemplo: Ishikawa, 5 porquês, simulações de falhas, ) deverão ser apresentadas. If requested, immediate actions are to be reported to ZF within one working day at the latest and in writing. Other affected ZF plants are to be informed immediately by the supplier. ZF is to be notified about the effectiveness of the corrective actions taken. Caso solicitado, medidas imediatas deverão ser reportadas por escrito à ZF no máximo no prazo de um dia útil. O fornecedor deverá informar imediatamente as demais plantas afetadas da ZF. A eficácia das medidas corretivas deverá ser comunicada à ZF. ZF reserves the right to verify the complaint processing. A ZF reserva-se o direito de verificar o processamento da reclamação. 13

14 General Requirements Requisitos gerais Marking after previous complaint Subsequent deliveries from warehouse and work in progress which have been subjected to 100 % testing due to a previous fault must be marked with the form F11 Identification of certified material after complaint until it has been proven that the fault has been remedied. Each individual container must be clearly identified with Form F11. The type of marking on the individual part needs to be agreed with the ZF receiving plant. Complaints from the field In the event of complaints from the field, the supplier is to carry out methodic analyses, in particular for components for which no faults were found in the appraisal process (refer to VDA Volume Joint quality management in the supply chain marketing and service field failures analysis [12]). Escalation model supplier/purchased parts In the case of inadequate quality of supplied parts, ZF retains the right to take measures in accordance with the ZF escalation model supplier/purchased parts (see ZF Internet). This escalation model is divided into several stages. Escalation can be effected in the case of: Non-successful complaint management of the supplier Long-term and/or multiple cases of missed target agreements Customer complaints due to defective purchased parts Identificação após uma reclamação prévia Os fornecimentos subsequentes efetuados a partir do estoque ou de material em processo que foram submetidos a uma inspeção 100% devido a uma falha prévia deverão ser, salvo acordo em contrário, identificados com o formulário F11 Identificação de material certificado após reclamações até que a eliminação da falha tenha sido devidamente comprovada. Cada embalagem deve ser devidamente identificada com o formulário F11. O tipo de identificação de cada peça individual deverá ser objeto de acordo com a planta receptora da ZF. Reclamações do campo Na eventualidade de haver reclamações do campo, o fornecedor deverá realizar análises metódicas, sobretudo de componentes nos quais não foram encontradas falhas durante o processo de avaliação (verificar o volume Gestão conjunta da qualidade na cadeia de suprimentos marketing e serviço análise de falhas no campo da VDA [12]). Modelo de escalonamento de fornecedores/peças compradas No caso de as peças fornecidas apresentarem qualidade insuficiente, a ZF reserva-se o direito de tomar as devidas medidas previstas pelo seu modelo de escalonamento de fornecedores/peças compradas (verificar o site da ZF). Este modelo de escalonamento é subdividido em diversas etapas. O escalonamento poderá ser efetuado nos seguintes casos: Gestão de reclamações do fornecedor não eficaz Contínuo e/ou repetido não atendimento dos acordos sobre metas Reclamações de clientes devido a peças compradas defeituosas 14

15 Section 2 / Seção 2 Planning Planejamento (ISO/TS 16949: Chapter 7.1 / capítulo 7.1) It is our objective to involve our suppliers in quality planning for a new project at the earliest possible stage. We always require systematic planning from our suppliers in the context of project management according to VDA Volume 4 [07] or AIAG APQP [19], providing ZF does not stipulate another procedure. This planning covers both parts made by the supplier as well as the supplier s purchased parts. ZF must be notified of the project manager. For the respective part and/or project, the supplier must at least implement the following specified planning steps. Feedback is provided using form F02 Project status of purchased parts or form F03 Project status of purchased parts for suppliers with desgin responsibility, unless otherwise specified by ZF. For changes to the part or process, a corresponding procedure must be used. For parts produced and purchased by the supplier (raw materials, external processing, subcontractors), a status has to be drawn up which represents the individual evaluations in summary and puts emphasis on individual critical items. Requirements which go beyond the contents of QR83 will be agreed project-specifically between ZF and the supplier. Temos como objetivo envolver nossos fornecedores o mais cedo possível no planejamento da qualidade de um projeto novo. No contexto da gestão de projetos, por princípio sempre exigimos que nossos fornecedores procedam a um planejamento sistemático segundo especificado no volume 4 [07] da VDA ou AIAG APQP [19], a menos que a ZF determine outro processo. Este planejamento abrange tanto as peças fabricadas pelo próprio fornecedor como também as peças que ele compra de terceiros. O gestor do projeto deverá ser comunicado à ZF. O fornecedor deverá implementar no mínimo as etapas do planejamento especificadas abaixo para cada uma das respectivas peças ou projeto. O feedback deverá ser efetuado através do formulário F02 Status do projeto de peças compradas ou pelo formulário F03 Status do projeto de peças compradas para fornecedores com responsabilidade pelo projeto, a menos que a ZF faça outras especificações. O procedimento deverá ser o mesmo no caso de alterações na peça ou no processo. Para as peças que o próprio fornecedor fabrica ou compra (peças brutas, usinagem externa, subfornecedores) deverá ser estruturado um status que apresente um resumo de cada uma das avaliações e destaque cada um dos itens críticos individualmente. Os requisitos que excedem o conteúdo estipulado pela QR83 serão objeto de acordo específico do projeto entre a ZF e o fornecedor. 2.1 Feasibility study (ISO/TS 16949: Chapter 7.2.2) Technical documents (e.g. drawings, specifications, environmental requirements, recycling regulations, statement of work, ), issued by the ZF development department, must be reviewed and analyzed by the suppliers in the context of a contract review. This analysis includes both the feasibility check for the planned development project (only for suppliers with design responsibility) and the examination of the economic and process-capable feasibility and represents a 2.1 Estudo de viabilidade (ISO/TS 16949: capítulo 7.2.2) A documentação técnica (por exemplo: desenhos, especificações, requisitos ambientais, regulamentações de reciclagem, especificações de trabalho, ) elaborada pelo departamento de engenharia da ZF deverá ser analisada pelos fornecedores no âmbito da revisão do contrato. Esta análise abrange tanto a avaliação da viabilidade do projeto de engenharia planejado (apenas para fornecedores com responsabilidade pelo projeto) como também a avaliação da viabilidade econômica e do processo, repre- 15

16 Planning Planejamento simultaneous engineering instrument. This examination offers the supplier the opportunity to incorporate his experience and ideas for mutual benefit. The feasibility study is to be submitted to purchasing with the quote and is a prerequisite for being awarded the contract. This confirmation is provided using form F01 Feasibility study. In addition, the feasibility study is also to be supplied with the initial samples according to the submission level. sentando um instrumento de engenharia simultânea. A análise possibilita que o fornecedor disponibilize suas experiências e faça sugestões para o benefício de ambas as partes. O estudo de viabilidade deverá ser apresentado ao departamento de compras juntamente com a cotação, constituindo pré-requisito para fechamento do contrato. A confirmação é realizada por meio do formulário F01 Estudo de viabilidade. Além disso, o estudo de viabilidade também deverá ser fornecido juntamente com a amostragem inicial segundo o nível de submissão. 2.2 Planning contents (ISO/TS 16949: Chapter 7.1.1) ZF is to be notified of planning to implement the activities described here using the form F02 Project status purchased parts, or respectively for suppliers with design responsibility, using form F03 Project status of purchased parts for suppliers with design responsibility, providing ZF does not waive this requirement. 2.2 Conteúdo do planejamento (ISO/TS 16949: capítulo 7.1.1) O planejamento para a implementação das atividades aqui descritas deverá ser apresentado à ZF através do formulário F02 Status do projeto de peças compradas ou, no caso de fornecedores com responsabilidade pelo projeto, por meio do formulário F03 Status do projeto de peças compradas para fornecedores com responsabilidade pelo projeto, a menos que a ZF abdique deste requisito Schedule planning (ISO/TS 16949: Chapter 7.1.1) The supplier creates a project schedule based on the ZF-specified deadlines and makes it available to ZF. This schedule also indicates the dates that need to be complied with for returning the respective specified forms Planejamento de prazos (ISO/TS 16949: capítulo 7.1.1) O fornecedor cria um cronograma para o projeto baseado nos prazos previamente determinados pela ZF e o disponibiliza à ZF. Este cronograma também especifica as datas nas quais os respectivos formulários mencionados deverão ser retornados Product description (ISO/TS 16949: Chapter 7.3) Suppliers with design responsibility implement the customer requirements in all necessary product descriptions (e.g. technical specifications, drawings, internal standards, ). Dimensions not described in the 3D data models but necessary from a production engineering point of view (e.g. runner locations, parting lines) must always be determined and specified. To avoid processing and collision problems, they are to be agreed with ZF Descrição do produto (ISO/TS 16949: capítulo 7.3) Os fornecedores com responsabilidade pelo projeto implementam os requisitos do cliente em todas as descrições necessárias de produtos (por exemplo: especificações técnicas, desenhos, normas internas, ). Medidas não descritas nos modelos de dados 3D, porém necessárias do ponto de vista da engenharia de produção (por exemplo: pontos de corte, linhas de partição de moldes) sempre devem ser determinadas e especificadas. A fim de evitar problemas de processamento e trabalho duplo, essas medidas deverão ser determinadas juntamente com a ZF. 16

17 Planning Planejamento Quality objectives (ISO/TS 16949: Chapter 5.4.1) For measurement and evaluation of the achieved quality, internal and external project/product related quality objectives must be defined Objetivos de qualidade (ISO/TS 16949: capítulo 5.4.1) Para mensurar e avaliar o nível de qualidade atingido deverão ser definidos objetivos internos e externos de qualidade relativos ao projeto/produto Special characteristics (ISO/TS 16949: Chapter 7.2.1) Special characteristics are defined according to Section 1.7. The supplier must identify and mark them in all relevant product and process documents, such as drawings, FMEA, risk analyses, work instructions, inspection and control plans. These characteristics require particular consideration and monitoring in all relevant planning steps. For verification management of critical characteristics, the extent and retention period of the necessary documents need to be defined in accordance with a risk analysis and taking the requirements in accordance with Section 4.1 into consideration Características especiais (ISO/TS 16949: capítulo 7.2.1) Características especiais são definidas de acordo com a seção 1.7. O fornecedor deverá detectá-las e identificá-las em todos os documentos relevantes para o produto e para o processo como, por exemplo, desenhos, FMEA, análises de risco, folhas de operação, planilhas de inspeção e plano de controle da produção. Estas características requerem consideração e monitoramento especiais em todas as etapas relevantes do planejamento. Para efetuar um controle de verificação de características críticas, a extensão e o período de arquivamento dos respectivos documentos necessários deverão ser definidos no contexto de uma análise de risco considerando os requisitos estipulados na seção Process flow chart (ISO/TS 16949: Chapter 7.1.1) The supplier provides a process flow chart for the entire process chain. This process flow chart is to be presented to ZF on request before the start of series production for joint discussion. Process flow shall align with process FMEA and control plan Diagrama do fluxo do processo (ISO/TS 16949: capítulo 7.1.1) O fornecedor elabora um diagrama do fluxo do processo que abrange a cadeia completa do processo. Caso solicitado, este diagrama do fluxo do processo deverá ser apresentado à ZF antes do início da produção em série para ser discutido. O diagrama do fluxo do processo deve estar alinhado com a FMEA do processo e com o plano de controle da produção Operation sheet (ISO/TS 16949: Chapter 7.1.1) Operation sheets need to be completed for all single components and assemblies. These have to include all information on process steps, internal/external transport, means of transportation, as well as the machines and operating materials to be used. Necessary production and raw part drawings as well as process descriptions must be issued according to all specific requirements Folha de operação (ISO/TS 16949: capítulo 7.1.1) Folhas de operação deverão ser elaboradas para cada um dos componentes individuais e para conjuntos, devendo incluir todas as informações sobre as etapas do processo, transporte interno/externo, meios de transporte bem como as máquinas e meios de produção a serem utilizados. Os desenhos necessários de fabricação e de peças brutas bem como as especificações dos processos deverão ser elaborados segundo os devidos requisitos. 17

18 Planning Planejamento Product and process FMEA (ISO/TS 16949: Chapter 7.2.2) The Failure Mode & Effects Analysis (FMEA) must be carried out to examine possible risks and their evaluation regarding significance, probability of occurrence, and the possibility of detection. These risks must be minimized by introducing appropriate measures. The FMEA is thus an important instrument for preventing defects. The FMEA must be carried out in such good time that the results and measures to be taken can still be incorporated into planning. A FMEA has to be used for all phases of the product life cycle, such as design, production, assembly, packaging, transport, customer usage, as well as recycling and waste disposal. FMEAs must be developed and/or revised in the following cases, e. g.: development / production of new parts introduction of new manufacturing methods relocation of plants drawing changes process changes if defects occur VDA Volume 4 [07] and/or AIAG FMEA [22] describe the procedure in detail. Product (Design) FMEA Product FMEA must be completed for all parts, which are being designed within responsibility of the supplier. Process FMEA Process FMEA must be completed for all process steps of a component. Particularly the results of the product FMEA and the special characteristics must be taken into consideration. Additionally, an analysis of similar parts (likelihood of confusion) as well as error simulation must be integrated. Implementing measures Risks which are identified with the help of a FMEA must be minimized by taking appropriate measures FMEA do produto e do processo (ISO/TS 16949: capítulo 7.2.2) A análise do modo e efeitos da falha (FMEA) deve ser efetuada com o intuito de examinar os possíveis riscos e sua respectiva avaliação no que se refere à importância, probabilidade de ocorrência e possibilidade de detecção. Estes riscos deverão ser minimizados pela implementação de medidas adequadas. A FMEA constitui, portanto, um importante instrumento para a prevenção de falhas. A FMEA deve ser realizada em tempo hábil para que os resultados e as medidas a serem tomadas ainda possam ser inclusos no planejamento. Uma FMEA deve abranger todas as fases do ciclo de vida de um produto, tais como engenharia, produção, montagem, embalagem, transporte, utilização pelo cliente bem como a reciclagem e eliminação. FMEAs deverão ser realizadas e/ou revistas, por exemplo, nos seguintes casos: Desenvolvimento/produção de peças novas Introdução de novos métodos de produção Realocação de plantas Alterações nos desenhos Alterações nos processos Surgimento de falhas O volume 4 [07] da VDA e AIAG FMEA [22] contêm uma descrição detalhada do procedimento. FMEA (do projeto) do produto Uma FMEA do produto deve ser realizada para todas as peças cujo projeto é da responsabilidade do fornecedor. FMEA do processo Uma FMEA do processo deve ser realizada para todas as etapas do processo de um componente. Sobretudo os resultados da FMEA do produto bem como as características especiais deverão ser especialmente considerados. Além disso, uma análise de peças semelhantes (risco de mistura) bem como uma simulação de falhas deverão ser integradas. Implementação de medidas Os riscos detectados através da realização de uma FMEA deverão ser minimizados através de medidas apropriadas. 18

19 Planning Planejamento To implement the measures, the target dates and responsibilities must be designated in such a way that the measures have been taken before the start of production. The measures introduced must be re-evaluated regarding their efficiency. ZF must be informed immediately about any necessary design modifications. Para implementar as devidas medidas é necessário que as respectivas datas e responsabilidades sejam determinadas, de modo que as medidas possam ser tomadas antes do início da produção. As medidas implementadas precisam ser reavaliadas com relação à sua eficácia. A ZF deverá ser informada imediatamente sobre quaisquer alterações construtivos que se façam necessárias na estrutura Test planning / Development release (only for suppliers with design responsibility) (ISO/TS 16949: Chapter 7.3.5) Suppliers with design responsibility must issue and execute a plan, according to which the design (development results) is inspected to ensure it meets the design specification. This plan must contain among other things information on the date, type, and extent of the validation, type, and quantity of samples. The difference between planning and realization (gap analysis) must be evaluated. The development release is to be confirmed using form F12 Development approval by supplier, if responsible for product design Planejamento de testes / liberação do desenvolvimento (apenas no caso de fornecedores com responsabilidade pelo projeto) (ISO/TS 16949: capítulo 7.3.5) Fornecedores com responsabilidade pelo projeto devem elaborar e implementar um plano que permita verificar se o design (resultado da engenharia) cumpre as especificações da engenharia. Este plano deve conter entre outros aspectos informações sobre a data, o tipo e a extensão da validação e da quantidade das amostras. As diferenças entre o planejamento e a realização deverão ser avaliadas. A liberação do desenvolvimento deverá ser confirmada através do formulário F12 Liberação do desenvolvimento pelo fornecedor com responsabilidade pelo projeto Release of product and process development (ISO/TS 16949: Chapter 7.3.6) The supplier must evaluate and document his releases for individual stages of product and process development Liberação do desenvolvimento do produto e do processo (ISO/TS 16949: capítulo 7.3.6) O fornecedor deve avaliar e documentar suas liberações de cada uma das etapas do desenvolvimento do produto e do processo Control plan (ISO/TS 16949: Chapter 7.5.1) The control plan represents a planning tool for preventive process security. It is implemented in the team through systematic analysis of production, assembly, and test processes. This team should be made up of employees from planning, manufacturing, and quality assurance as well as other affected departments. The results of product and process FMEAs, experiences with similar processes and products, as well as the application of improvement methods must be taken into consideration in the control plans Plano de controle da produção (ISO/TS 16949: capítulo 7.5.1) O plano de controle da produção é um instrumento de segurança preventiva dos processos. Sua implementação é realizada em equipe por meio de uma análise sistemática dos processos de produção, montagem e verificação. Esta equipe deverá ser composta por funcionários dos departamentos de planejamento, produção e qualidade assegurada bem como de outras áreas afetadas. Os resultados da FMEA do produto e da FMEA do processo, as experiências com processos e produtos semelhantes bem como a aplicação de métodos de melhoria deverão ser considerados no plano de controle da produção. 19

20 Planning Planejamento In the product development process, the control plan must be created for the phases of pre-series production and series production. It only needs to be created for the prototype phase if required by ZF. The control plan must at least contain the items listed in form F04 Control Plan. A detailed description of the process for preparing a control plan is included in VDA Volume 4 [07] and in AIAG APQP [19]. O plano de controle da produção deve ser elaborado para as fases de produção da pré-série e da série do processo de desenvolvimento do produto. Somente é necessário elaborá-lo na fase de prototipagem caso solicitado pela ZF. O plano de controle da produção deve conter no mínimo os elementos especificados no formulário F04 Plano de controle da produção. O volume 4 [07] da VDA e AIAG APQP [19] contêm uma descrição detalhada do processo de elaboração de um plano de controle da produção Coordination of production control (ISO/TS 16949: Chapter 7.5.2) As a basic principle, all product and process characteristics are important and must be complied with. Special characteristics require the proof of process capability. For this purpose the supplier must monitor these characteristics with suitable methods, e.g. with statistical process control (SPC). If process capability can not be verified, 100% testing must be carried out. Special characteristics which are not measurable or only measurable by destroying the product must be monitored and documented with suitable methods. Test intervals and the size of random samples must be determined and planned. Planned monitoring of the characteristics in series production must be agreed with ZF. For this purpose, the supplier must submit the form F04 Control Plan to the responsible ZF Quality Department according to the time schedule, before initial sampling Coordenação do controle da produção (ISO/TS 16949: capítulo 7.5.2) Basicamente, todas as características dos produtos e dos processos são importantes e devem ser atendidas. Características especiais requerem uma comprovação da capabilidade do processo. Para este fim, o fornecedor deverá monitorar estas características por meio de métodos adequados como, por exemplo, o controle estatístico do processo (CEP). Se a capabilidade do processo não puder ser verificada, uma inspeção 100% deverá ser realizada. Características especiais que não permitem ser mensuradas ou que somente podem ser mensuradas através de um teste destrutivo do produto deverão ser monitoradas e documentadas por meio de métodos adequados. Os intervalos das inspeções e a dimensão das amostras aleatórias deverão ser determinados. O monitoramento planejado das características especiais na produção em série deverá ser objeto de acordo com a ZF. Para esta finalidade, segundo o planejamento de prazos e antes da amostragem inicial, o fornecedor deverá entregar o formulário F04 Plano de controle da produção ao departamento da ZF responsável pela qualidade Planning and procurement of tools, fixtures and equipment (ISO/TS 16949: Chapter 6.3) All tools, fixtures and equipment for manufacturing the components are to be planned and procured so that at the latest when manufacturing volume parts, they are Planejamento e aquisição de ferramentas, dispositivos e equipamentos (ISO/TS 16949: capítulo 6.3) Todos os dispositivos, ferramentas e equipamentos utilizados para a fabricação dos componentes deverão ser planejados e adquiridos de forma que se encontrem à disposição 20

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

Acordo de Qualidade Assegurada com Fornecedores de Materiais de Produção Aprovação de modificação / Liberação especial

Acordo de Qualidade Assegurada com Fornecedores de Materiais de Produção Aprovação de modificação / Liberação especial pt Gruppenstandard Acordo de Qualidade Assegurada com es de Materiais de Produção Aprovação de modificação / Liberação especial S 296001-3 ICS 03.120.00; 03.120.10 2010-07-21 Descritores: Aprovação de

Leia mais

USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 WORK PLAN FOR IMPLEMENTATION OF THE UNITED STATES PATENT AND

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience)

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) 1 Jose de Ribamar, Ger Qualidade e Food Safety Cargill Amidos e Adoçantes América do Sul jose_ribamar@cargill.com

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas, anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 2010 Certificate issued in according

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas, anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 2010 Certificate issued in according

Leia mais

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS Ana Helena da Silva, MCI12017 Cristiana Coelho, MCI12013 2 SUMMARY 1. Introduction 2. The importance of IT in Organizations 3. Principles of Security 4. Information

Leia mais

QUEM SOMOS WHO WE ARE

QUEM SOMOS WHO WE ARE QUEM SOMOS A 5PM Consulting é uma empresa de consultoria que atua nos segmentos industrial, construção civil e obras de infraestrutura, fornecendo planejamento, gerenciamento e Follow Up dos empreendimentos.

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas, anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 2010 Certificate issued in according

Leia mais

Planejamento Avançado da Qualidade Elementos APQP

Planejamento Avançado da Qualidade Elementos APQP Planejamento Avançado da Qualidade Elementos APQP São descritos a seguir objetivos, expectativas e requisitos relativos à documentação dos elementos individuais do APQP Status Report (ver QSV / S 296001

Leia mais

Solicitação de Mudança 01

Solicitação de Mudança 01 Solicitação de Mudança 01 Refatorar a especificação da linha de produtos Crisis Management System permitindo que o suporte ao registro de LOG seja opcional. Isso significa que o comportamento descrito

Leia mais

Sistema de Reciclagem da Água dos Restos de Concreto

Sistema de Reciclagem da Água dos Restos de Concreto Águas de Restos de Concretos Reciclagem Notas de aula Prof. Eduardo C. S. Thomaz Sistema de Reciclagem da Água dos Restos de Concreto Exemplo: Firma Sohnt / USA - Concrete Reclaimer Conjunto do Sistema

Leia mais

Projecto: +INOV-custos / Project: +INOV-costs

Projecto: +INOV-custos / Project: +INOV-costs 1 OBJETIVO / OBJECTIVE 2 FASES / PHASES 3 RESULTADOS SUNVISOR / SUNVISOR RESULTS 4 RESULTADOS CARTER / CARTER RESULTS Grupo industrial especializado en la gestión de procesos de alto valor añadido 1 Objetivo

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP Know-how setorial e global pré-configurado Índice 1.Disponibilidade dos pacotes SAP Best Practices 2.Efetuar

Leia mais

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores THIS PROGRAM AIMS TO TOAST OUR CUSTOMERS WITH THE OPPORTUNITY TO DISCOVER AND EXPLORE THE FAIAL AND S. JORGE ISLANDS. WE HAVE A WIDE RANGE OF CULTURAL

Leia mais

EVERYTHING YOU NEED TO MANAGE YOUR PROJECTS

EVERYTHING YOU NEED TO MANAGE YOUR PROJECTS EVERYTHING YOU NEED TO MANAGE YOUR PROJECTS elo Engineering Logistics Software Copyright - All rights reserved - DC2 Solutions Developed by A solução ELO foi desenhada para gerenciar todas as atividades

Leia mais

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013

Consórcio do Politecnico di Milano. Fevereiro 2013 Consórcio do Politecnico di Milano Fevereiro 2013 DESIGN DEFINITIONS SENAI & POLI.design Fevereiro 2013 Design como uma atividade específica no processo de P&D que visa a projetação dos aspectos funcionais

Leia mais

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores

Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Campos extraídos diretamente Título Software reliability analysis by considering fault dependency and debugging time lag Autores Huang, Chin-Yu and Lin, Chu-Ti Ano de publicação 2006 Fonte de publicação

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004 SPICE e ISO 15504 Jorge H C Fernandes 2004 SPICE: Um Framework para a Avaliação Integrada de Processos de Software [SPICE 1] Process Identifies changes to Is examined by Process Assessment Identifies capability

Leia mais

Manual de Gerenciamento de Fornecedores Grupo Mahle América do Sul Supplier Management Manual Mahle Group South America

Manual de Gerenciamento de Fornecedores Grupo Mahle América do Sul Supplier Management Manual Mahle Group South America Manual de Gerenciamento de Fornecedores Grupo Mahle América do Sul Supplier Management Manual Mahle Group South America Revisão 02 Outubro 2015 2nd Review October, 2015 Este manual de desenvolvimento e

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Página 1 de 5 Page 1 of 5 Data de validade: Validity date: Solicitante: Applicant: Equipamento elétrico: Electrical apparatus: Tipo de proteção: Type of protection: Marcação: Marking: 20-05-2016 PR Electronics

Leia mais

Módulo 4 O FMEA como parte integrante da Norma ISO/TS 16949, do APQP e do PPAP.

Módulo 4 O FMEA como parte integrante da Norma ISO/TS 16949, do APQP e do PPAP. Módulo 4 O FMEA como parte integrante da Norma ISO/TS 16949, do APQP e do PPAP. FMEA, ISO/TS, APQP, PPAP Pretendemos, neste módulo, mostrar todas as ligações e vínculos existentes entre a ferramenta do

Leia mais

protect decorate communicate

protect decorate communicate protect decorate communicate Make your Brand Talk. O seu produto. Um smartphone. Uma digitalização. E eis que o seu cliente mergulha num universo cintilante de marcas. Recebe informações sobre produtos,

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

07170 CODIGO RASTREABILIADE EM COMPONENTES FASE DESENVOLVIMENTO Supplier Quality Engineering Process

07170 CODIGO RASTREABILIADE EM COMPONENTES FASE DESENVOLVIMENTO Supplier Quality Engineering Process 07170 CODIGO RASTREABILIADE EM COMPONENTES FASE DESENVOLVIMENTO Quality Engineering Process Gleison Evangelista Quality Engineering Business Process Betim/MG - Brazil April, 22 th, 2015 Index Codigo de

Leia mais

Product Compliance Specialists Ltd Tel: +44 1844 273 277 The Malthouse, Malthouse Square, Fax: +44 1844 273 278

Product Compliance Specialists Ltd Tel: +44 1844 273 277 The Malthouse, Malthouse Square, Fax: +44 1844 273 278 Product Compliance Specialists Ltd Tel: +44 1844 273 277 The Malthouse, Malthouse Square, Fax: +44 1844 273 278 Princes Risborough www.productcompliancespecialists.com Bucks, HP27 9AZ info@productcompliancespecialists.com

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

Desenvolvimento Ágil 1

Desenvolvimento Ágil 1 Desenvolvimento Ágil 1 Just-in-Time Custo = Espaço + Publicidade + Pessoal De que forma poderiamos bater a concorrência se um destes factores fosse zero? 2 Just-in-time Inventory is waste. Custo de armazenamento

Leia mais

Consultoria em Direito do Trabalho

Consultoria em Direito do Trabalho Consultoria em Direito do Trabalho A Consultoria em Direito do Trabalho desenvolvida pelo Escritório Vernalha Guimarães & Pereira Advogados compreende dois serviços distintos: consultoria preventiva (o

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 (CHARTER OF RECOMMENDATION AND PRINCIPLES OF FORUM EMPRESARIAL RIO+20 TO UNCSD-2012) Nós, membros participantes do FÓRUM

Leia mais

EPLNA_2012. Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis

EPLNA_2012. Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis Prof. Dr. Igor Renato Bertoni Olivares Top 02 in analytical chemistry Impact Factor - 6,6

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Página 1 de 5 Page 1 of 5 Data de validade: Validity date: Solicitante: Applicant: Equipamento elétrico: Electrical apparatus: Tipo principal de proteção: Main type of protection: Marcação: Marking: 09-09-2018

Leia mais

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 1 Whoi am RESUME OF THE PRESENTER Coordenador de processos de Certificação na APCER Auditor ISO 9001 / ISO 27001 / ISO 20000 / SA 8000 Assessor Qweb e IQNET 9004

Leia mais

Engineering the future. Electronic Manufacturing Services

Engineering the future. Electronic Manufacturing Services Engineering the future Electronic Manufacturing Services 1 Company presentation Primetec is a technological based company, dedicated to the development and manufacture of complete electronic equipment,

Leia mais

Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade

Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade Rafael de Souza Lima Espinha Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Perguntas & Respostas

Perguntas & Respostas Perguntas & Respostas 17 de Abril de 2008 Versão Portuguesa 1. O que é uma Certidão Permanente?...4 2. Como posso ter acesso a uma Certidão Permanente?...4 3. Onde posso pedir uma Certidão Permanente?...4

Leia mais

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido SATA 3.5 hd:basic hdd enclosure caixa externa para disco rígido hd:basic USER S GUIDE SPECIFICATIONS HDD support: SATA 3.5 Material: Aluminium Input connections: SATA HDD Output connections: USB 2.0

Leia mais

UNIDADE DE PESQUISA CLÍNICA Centro de Medicina Reprodutiva Dr Carlos Isaia Filho Ltda. SAMPLE SIZE DETERMINATION FOR CLINICAL RESEARCH

UNIDADE DE PESQUISA CLÍNICA Centro de Medicina Reprodutiva Dr Carlos Isaia Filho Ltda. SAMPLE SIZE DETERMINATION FOR CLINICAL RESEARCH SAMPLE SIZE DETERMINATION FOR CLINICAL RESEARCH Duolao Wang; Ameet Bakhai; Angelo Del Buono; Nicola Maffulli Muscle, Tendons and Ligaments Journal, 2013 Santiago A. Tobar L., Dsc. Why to determine the

Leia mais

Requisitos Específicos do Cliente Mercedes-Benz do Brasil Ltda.

Requisitos Específicos do Cliente Mercedes-Benz do Brasil Ltda. Requisitos Específicos do Cliente Mercedes-Benz do Brasil Ltda. Requisitos relacionados aos itens da ISO TS 16949:2009 Para uso conjunto com ISO TS 16949 (edição 2009 / 06 / 15) Situação de modificação

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 APRESENTAÇÃO ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 Instalações elétricas de baixa tensão NBR 5410:1997 NBR 5410:2004

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE CERTIFICATE OF CONFORMITY

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE CERTIFICATE OF CONFORMITY Página / Page 1/5 Solicitante / Applicant 115638-001 Fabricante / Manufacturer Local de Montagem / Assembly Location Importador / Importer Marca Comercial / Trademark Produto Certificado / Certified Product

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL

INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL Ana Cristina Costa Almeida Risk and Reliability Senior Consultant DNV Energy

Leia mais

hdd enclosure caixa externa para disco rígido

hdd enclosure caixa externa para disco rígido hdd enclosure caixa externa para disco rígido USER S GUIDE SPECIFICATONS HDD Support: SATA 2.5 Material: Aluminium and plastics Input connections: SATA HDD Output connections: USB 3.0 (up to 5.0Gbps)

Leia mais

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks Intellectual Property IFAC Formatting Guidelines Translated Handbooks AUTHORIZED TRANSLATIONS OF HANDBOOKS PUBLISHED BY IFAC Formatting Guidelines for Use of Trademarks/Logos and Related Acknowledgements

Leia mais

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

ANATEL AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES

ANATEL AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES GERÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E NUMERAÇÃO www.anatel.gov.br Visão geral do processo de certificação e homologação de produtos para telecomunicações no Brasil Lei

Leia mais

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por Sourcing Travel Management Services Patrocinado por February 2009 Components Moderator: Ricardo Mandarino Santander, Brasil Panelists: Robert Suquet DuPont, América Latina Paulo Lima TSA, Brasil Federico

Leia mais

Introduction to Network Design and Planning

Introduction to Network Design and Planning Introduction to Network Design and Planning Joao.Neves@fe.up.pt 1 In the Beginning... The project of a Network was the result of the inspiration of a guru or an "artist" (after all was considered an art...)

Leia mais

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user.

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user. Órgão: Ministry of Science, Technology and Innovation Documento: Flow and interaction between users of the system for submitting files to the periodicals RJO - Brazilian Journal of Ornithology Responsável:

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Página 1 de 5 Page 1 of 5 Data de validade: Validity date: Solicitante: Applicant: Equipamento elétrico: Electrical apparatus: Tipo de proteção: Type of protection: 12-05-2018 Excel Produtos Eletrônicos

Leia mais

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma Proposta de Criação do Mestrado em Logística III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma De acordo com o Despacho RT 41/2005 de 19 de Setembro Universidade do Minho Escola de Economia e Departamento

Leia mais

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Raquel Jauffret Guilhon Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

A METHOD OF STRATEGIC MANAGEMENT AND PLANNING TO OBTAIN COMPETITIVENESS IN FARMING BUSINESS

A METHOD OF STRATEGIC MANAGEMENT AND PLANNING TO OBTAIN COMPETITIVENESS IN FARMING BUSINESS A METHOD OF STRATEGIC MANAGEMENT AND PLANNING TO OBTAIN COMPETITIVENESS IN FARMING BUSINESS Mr. Frederico Fonseca Lopes MARKESTRAT ffflopes@markestrat.org Ms. Janaína Gagliardi Bara USP / FEARP / MARKESTRAT

Leia mais

A solução para Gestão de RH com ênfase em Logística de Pessoas, Treinamento e Expatriados

A solução para Gestão de RH com ênfase em Logística de Pessoas, Treinamento e Expatriados A solução para Gestão de RH com ênfase em Logística de Pessoas, Treinamento e Expatriados The solution to HR management with an emphasis on Logistics People, Training and Expatriates folder_drake_2013_pg_individual.indd

Leia mais

REGULAMENTO REGULATION

REGULAMENTO REGULATION REGULAMENTO REGULATION Estatuto Editorial Editorial Statement 1. A Revista Portuguesa de Marketing (RPM) é uma revista de cariz científico e académico publicada pelo Instituto Português de Administração

Leia mais

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation DevOps Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013 1 O desenvolvedor O mundo mágico de operações Como o desenvolvedor vê operações Como operações vê uma nova release

Leia mais

The Brazil United States Consumer Product Safety Conference Brazil United States Joint Press Statement June 10, 2011 Rio de Janeiro, Brazil Common Interests Ensuring a high level of consumer product safety

Leia mais

Gerenciamento do Escopo de Projetos. Parte 04. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Gerenciamento do Escopo de Projetos. Parte 04. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza Gerenciamento do Escopo de Projetos Parte 04 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração: Engenharia e Gerenciamento

Leia mais

DE LINGAS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS PARA ELEVAÇÃO DE CARGA

DE LINGAS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS PARA ELEVAÇÃO DE CARGA Inovando com qualidade e segurança FABRICAÇÃO E RECERTIFICAÇÃO DE LINGAS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS PARA ELEVAÇÃO DE CARGA SLINGS MANUFACTURING AND RECERTIFICATION MATERIALS AND EQUIPMENT FOR LIFTING AND

Leia mais

ANNUAL REPORT 2011-12-13

ANNUAL REPORT 2011-12-13 ANNUAL REPORT 2011-12-13 Member organizationʼs name: Beraca Sabará Quimicos e Ingredientes - Divisão HPC Main address: Rua Emilia Marengo, 682 segundo andar Jardim Analia Franco, São Paulo SP Brasil CEP

Leia mais

Riscos e Vantagens na Gestão Global da Cadeia de Suprimentos

Riscos e Vantagens na Gestão Global da Cadeia de Suprimentos Riscos e Vantagens na Gestão Global da Cadeia de Suprimentos Risks and Advantages of Global Supply Chain Management Luiz Evangelista Gerente de Gestão de Ativos Asset Management Manager CHEP do Brasil

Leia mais

Pensar o futuro. Acreditação dos Serviços de Anatomia Patológica.

Pensar o futuro. Acreditação dos Serviços de Anatomia Patológica. Pensar o futuro. Acreditação dos Serviços de Anatomia Patológica. INSA-PNAEQ/Labquality Oy/Ordem dos Médicos Rui Manuel Santos Silva Farmacêutico Analista Clínico Consultor A GARANTIA DA QUALIDADE É UM

Leia mais

Requisitos Específicos do Cliente Mercedes-Benz do Brasil Ltda.

Requisitos Específicos do Cliente Mercedes-Benz do Brasil Ltda. Requisitos Específicos do Cliente Mercedes-Benz do Brasil Ltda. Requisitos relacionados aos itens da ISO TS 16949:2009 Para uso conjunto com ISO TS 16949 (edição 2009 / 06 / 15) Situação de modificação

Leia mais

Completing your Participant Agreement Como preencher o Contrato de Participação

Completing your Participant Agreement Como preencher o Contrato de Participação Completing your Participant Agreement Como preencher o Contrato de Participação A quick-start guide for stock plan participants. Um guia rápido para participantes do plano de compra de ações. Your company

Leia mais

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DAS STARTUPS DO MIDI TECNOLÓGICO RESUMO As incubadoras de empresas são ambientes dotados de competência gerencial, técnica e administrativa que impulsionam a promoção do nascimento

Leia mais

design para a inovação social

design para a inovação social design para a inovação social mestrado em design - 15 16 universidade de aveiro gonçalo gomes março de 2016 s.1 ergonomia ergonomia > definição Ergonomia A ergonomia (do grego "ergon": trabalho; e "nomos":

Leia mais

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA EAbrief: Medida de incentivo ao emprego mediante o reembolso da taxa social única EAbrief: Employment incentive measure through the unique social rate reimbursement Portaria n.º 229/2012, de 03 de Agosto

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE INTEGRADA: TRATAMENTO DE ANOMALIAS EM UMA INDÚSTRIA METALÚRGICA. Ana Elisa Peres Magalhães

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE INTEGRADA: TRATAMENTO DE ANOMALIAS EM UMA INDÚSTRIA METALÚRGICA. Ana Elisa Peres Magalhães SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE INTEGRADA: TRATAMENTO DE ANOMALIAS EM UMA INDÚSTRIA METALÚRGICA Ana Elisa Peres Magalhães MONOGRAFIA SUBMETIDA À COORDENAÇÃO DE CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA UNIVERSIDADE

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

Peter Øye, CEO & President, Markleen AS. Response and Containment systems

Peter Øye, CEO & President, Markleen AS. Response and Containment systems Peter Øye, CEO & President, Markleen AS Response and Containment systems What we do: Markleen supplies complete Oil Spill Response Systems for PSVs to NOFO and Petrobras standards. Oil Booms Skimmer Fast

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

Elaboração de um Software para a gestão de ferramentas manuais utilizando conceitos da ferramenta Kanban

Elaboração de um Software para a gestão de ferramentas manuais utilizando conceitos da ferramenta Kanban Elaboração de um Software para a gestão de ferramentas manuais utilizando conceitos da ferramenta Kanban Maísa Gomes Carneiro (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) E-mail: maisa_mgc@hotmail.com

Leia mais

Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry

Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry LABORATÓRIO NACIONAL DE METROLOGIA DAS RADIAÇÕES IONIZANTES IRD- Instituto de Radioproteção e Dosimetria Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry Karla C. de Souza Patrão, Evaldo S. da Fonseca,

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

Modelos de Tomada de Decisão e de Gestão em Pesquisa e Desenvolvimento

Modelos de Tomada de Decisão e de Gestão em Pesquisa e Desenvolvimento Modelos de Tomada de Decisão e de Gestão em Pesquisa e Desenvolvimento EATON CORPORATION ENGINEERING CENTER OF EXCELLENCE (CoE) MATERIALS ENGINEERING DORIVAL MUNHOZ JR. 11/JUNHO/2007 Best Practice Methodology

Leia mais

T Ã O B O M Q U A N T O N O V O

T Ã O B O M Q U A N T O N O V O D I S S E R T A Ç Ã O D E M E S T R A D O M A S T E R I N G D I S S E R T A T I O N A V A L I A Ç Ã O D A C O N D I Ç Ã O D E T Ã O B O M Q U A N T O N O V O U M A A P L I C A Ç Ã O E N V O L V E N D O

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

Manual da Qualidade Fornecedores 2007

Manual da Qualidade Fornecedores 2007 Manual da Qualidade Fornecedores 2007 www.metalurgicanunes.com.br 2 ÍNDICE 01 Introdução. 3 02 Filosofia da Qualidade 3 03 Políticas da Metalúrgica Nunes 4 04 Requisitos de Qualidade para fornecimento

Leia mais

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law Sérgio Leal a,b, João Paulo Leal a,c Horácio Fernandes d a Departamento de Química e Bioquímica, FCUL, Lisboa, Portugal b Escola Secundária com 3.º ciclo Padre António Vieira, Lisboa, Portugal c Unidade

Leia mais

RECUPERAR RECICLAR RECOVER RECYCLE. Associação Nacional de Recuperação e Reciclagem de Papel e Cartão

RECUPERAR RECICLAR RECOVER RECYCLE. Associação Nacional de Recuperação e Reciclagem de Papel e Cartão CONTACTOS CONTACTS RECUPERAR RECICLAR Associação Nacional de Recuperação e Reciclagem de Papel e Cartão RECOVER RECYCLE Av. Defensores de Chaves, nº23, 5º Dto 1000-110 Lisboa Portugal Telf: +351 217 998

Leia mais

V1 1. Este documento prove indicadores adicionais para levar o processo da classificação das florestas ou

V1 1. Este documento prove indicadores adicionais para levar o processo da classificação das florestas ou Indicadores para Florestas de Alto Valor de Conservação (FAVC) no Brasil: uma guia elaborada pela SCS para prover melhorar o processo de avaliação das FAVC. Tema de este documento V1 1 Este documento prove

Leia mais

Normalização e interoperabilidade da informação geográfica

Normalização e interoperabilidade da informação geográfica Normalização e interoperabilidade da informação geográfica perspetivas para a formação em Engenharia Geográfica João Catalão Departamento de Engenharia Geográfica, Geofísica e Energia Faculdade de Ciências

Leia mais

IN RE: GUARDIAN ADVOCATE OF/ REF: CURATELA ESPECIAL DE

IN RE: GUARDIAN ADVOCATE OF/ REF: CURATELA ESPECIAL DE IN THE CIRCUIT COURT FOR ORANGE COUNTY, FLORIDA PROBATE DIVISION IN RE: GUARDIAN ADVOCATE OF/ REF: CURATELA ESPECIAL DE Case No / N o do Caso: ANNUAL GUARDIAN ADVOCATE REPORT ANNUAL GUARDIAN ADVOCATE PLAN

Leia mais

Glossário de Terminologia Engenharia de Requisitos

Glossário de Terminologia Engenharia de Requisitos Martin Glinz Glossário de Terminologia Engenharia de Requisitos Com Dicionário Inglês-Português e Português-Inglês Glossário Padrão para o Curso e Exame de Certificação Certified Professional for Requirements

Leia mais