Controle - 1. Monitorar e Controlar o Trabalho do Projeto Verificação do Escopo Controle do Escopo. Mauricio Lyra, PMP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Controle - 1. Monitorar e Controlar o Trabalho do Projeto Verificação do Escopo Controle do Escopo. Mauricio Lyra, PMP"

Transcrição

1 Controle - 1 Monitorar e Controlar o Trabalho do Projeto Verificação do Escopo Controle do Escopo 1

2 Processo de Monitoramento e Controle Concentra-se no monitoramento e na mensuração do desempenho do projeto para identificar variações no seu plano e realinhamento com estes 2

3 Monitoramento e Controle do Trabalho do Projeto Preocupa-se com o monitoramento de todos os processos e, para tal, coleta dados, avalia resultados, prepara relatórios sobre o desempenho, dentre outras atividades 3

4 4.4 Monitorar e controlar o trabalho do projeto Change Requests As a result of comparing planned results to actual results, change requests are issued which may expand, adjust, or reduce project or product scope. Changes can impact the project management plan, project documents, or product deliverables. Changes may include, but are not limited to the following: Project Management Plan Updates Corrective actions. Actions required to bring future performance into conformance with the project management plan. Preventive actions. Actions required to reduce the probability of negative consequences associated with project risks. Defect repair. Actions required to bring defective deliverables into conformance with requirements. Project management plan elements that may be updated include but are not limited to:.3 Project Document Updates Schedule management plan, Quality management plan, Cost management plan, Schedule baseline, Cost performance baseline, Scope baseline, and Quality baseline. Project documents that may be updated include but are not limited to: Forecasts, Performance reports, and Issue log. 4

5 4.4 Monitorar e controlar o trabalho do projeto Monitor and Control Project Work is the process of tracking, reviewing, and regulating the progress to meet the performance objectives defined in the project management plan. Monitoring is an aspect of project management performed throughout the project. Monitoring includes collecting, measuring, and disseminating performance information, and assessing measurements and trends to effect process improvements. Continuous monitoring gives the project management team insight into the health of the project, and identifies any areas that can require special attention. The Monitor and Control Project Work process is concerned with: Comparing actual project performance against the project management plan; Assessing performance to determine whether any corrective or preventive actions are indicated, and then recommending those actions as necessary; Analyzing, tracking, and monitoring project risks to make sure the risks are identified, their status is reported, and that appropriate risk response plans are being executed; Maintaining an accurate, timely information base concerning the project s product(s) and their associated documentation through project completion; Providing information to support status reporting, progress measurement, and forecasting; Providing forecasts to update current cost and current schedule information; and Monitoring implementation of approved changes when and as they occur. 5

6 Monitoramento e Controle do Trabalho do Projeto Envolve: Comparação dos resultados com o planejado; Análise de desempenho e recomendação de medidas corretivas e/ou preventivas; Monitoramento dos riscos e implantação dos planos de resposta; Informação de status e desempenho do projeto; Monitoração das mudanças; 6

7 Verificação do Escopo do Projeto Gerenciar e controlar o andamento do projeto; Avaliação para determinar se o trabalho está concluído e satisfaz os objetivos do projeto; A avaliação é feita por meio de inspeções 7

8 5.4 Verificação do escopo Accepted Deliverables The Verify Scope process documents those completed deliverables that have been formally accepted. Those completed deliverables that have not been formally accepted are documented, along with the reasons for nonacceptance. Scope verification includes supporting documentation received from the customer or sponsor and acknowledging formal stakeholder acceptance of the project s deliverables. 8

9 5.4 Verificação do escopo Verify Scope is the process of formalizing acceptance of the completed project deliverables. Verifying the project scope includes reviewing deliverables to ensure that each is completed satisfactorily. If the project is terminated early, the project scope verification process should establish and document the level and extent of completion. Scope verification differs from quality control in that scope verification is primarily concerned with acceptance of the deliverables, while quality control is primarily concerned with correctness of the deliverables and meeting the quality requirements specified for the deliverables. Quality control is generally performed before scope verification, but these two processes can be performed in parallel. 9

10 Controle do Escopo Influencia os fatores que criam mudanças no escopo; Controla o impacto das mudanças; Garante que todas mudanças e ações corretivas recomendadas sejam processadas 10

11 5.5 Controle do escopo Work Performance Measurements The work performance data is analyzed and compared to plan to generate metrics used to evaluate progress. These metrics may include planned vs. actual technical performance. This information is used as an input to Report Performance. Organizational Process Assets Updates Organizational Process Assets that may be updated include but are not limited to: Causes of variances, Corrective action chosen and the reasons, and Other types of lessons learned from project scope change control Change Requests The results of project scope control can generate change requests, which are processed for review and disposition according to the Perform Integrated Change Control process. Change requests can include preventive or corrective actions or defect repairs. Project Management Plan Updates Scope Baseline Updates. If the approved change requests have an effect upon the project scope, then the scope statement, the WBS, the WBS dictionary are revised and reissued to reflect the approved changes. The updated documents become the new project scope baseline. Other Baseline Updates. If the approved change requests have an effect on the project scope, then the corresponding cost baseline and schedule baselines are revised and reissued to reflect the approved changes. 11

12 5.5 Controle do escopo Control Scope is the process of monitoring the status of the project and product scope and controlling changes. Controlling the project scope ensures all requested changes and recommended corrective actions are processed through the project Perform Integrated Change Control process. Project scope control is also used to manage the actual changes when they occur and is integrated with the other control processes. Uncontrolled changes are often referred to as project scope creep. Change is inevitable, thereby mandating some type of change control process. 12

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 WORK PLAN FOR IMPLEMENTATION OF THE UNITED STATES PATENT AND

Leia mais

Certified Business Analysis Professional (CBAP )

Certified Business Analysis Professional (CBAP ) Certified Business Analysis Professional (CBAP ) Formato do curso: Presencial Localidade: Porto Com certificação: Certified Business Analysis Professional (CBAP ) Data: 13 Fev. 2017 a 17 Fev. 2017 Preço:

Leia mais

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004 SPICE e ISO 15504 Jorge H C Fernandes 2004 SPICE: Um Framework para a Avaliação Integrada de Processos de Software [SPICE 1] Process Identifies changes to Is examined by Process Assessment Identifies capability

Leia mais

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497)

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Formato do curso: Presencial Preço: 800 Nível: Intermédio Duração: 12 horas Este curso, mostra a Programadores e Testers como utilizar as ferramentas do

Leia mais

Gerenciamento do Escopo. PMBOK Guide 2000

Gerenciamento do Escopo. PMBOK Guide 2000 PMBOK Guide 2000 Objetivos Apresentar os processos, ferramentas e técnicas utilizadas para gerenciar o escopo de um projeto Hermano Perrelli CIn-UFPE 2 Ao final desta aula você será capaz de... Organizar

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

PMBoK 2000 x PMBoK 2004

PMBoK 2000 x PMBoK 2004 PMBoK 2000 x PMBoK 2004 23 de Novembro de 2004 André Barcaui, MSc, PMP 1 Introdução de 5 novos processos (total de 44); Introdução aos conceitos de subprojeto, portfólio e Gerência de Portfólio; Incrementada

Leia mais

Operação e Manutenção de Vias. Road operation and Maintenance. Semestre do plano de estudos 3

Operação e Manutenção de Vias. Road operation and Maintenance. Semestre do plano de estudos 3 Nome UC Operação e Manutenção de Vias CU Name Código UC 747 Curso MEC Semestre do plano de estudos 3 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 136 ECTS 5 Horas de contacto T

Leia mais

ANATEL AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES

ANATEL AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES GERÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E NUMERAÇÃO www.anatel.gov.br Visão geral do processo de certificação e homologação de produtos para telecomunicações no Brasil Lei

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

Solicitação de Mudança 01

Solicitação de Mudança 01 Solicitação de Mudança 01 Refatorar a especificação da linha de produtos Crisis Management System permitindo que o suporte ao registro de LOG seja opcional. Isso significa que o comportamento descrito

Leia mais

2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P.

2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. A implementação de processos Ágeis em uma organização CMMI 5 Lúcia Mazoni Couto - luciamazoni.couto@hp.com Líder do Escritório de Projetos e Processos HP

Leia mais

Project Communications Management. PMBOK Capítulo 10 hermano@cin.ufpe.br

Project Communications Management. PMBOK Capítulo 10 hermano@cin.ufpe.br Project Communications Management PMBOK Capítulo 10 hermano@cin.ufpe.br Quem não se comunica se intrubica Abelardo CHACRINHA Barbosa Gerência da Comunicação O gerente de projeto gasta de 75% a 90% de seu

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

Objectivos globais PROJECTO INTEGRADOR LEI 2010/11/12/13 NOÇÕES DE GESTÃO DE PROJECTOS. 1ª parte (IJ) 2ª parte (RL)

Objectivos globais PROJECTO INTEGRADOR LEI 2010/11/12/13 NOÇÕES DE GESTÃO DE PROJECTOS. 1ª parte (IJ) 2ª parte (RL) PROJECTO INTEGRADOR LEI 2010/11/12/13 NOÇÕES DE GESTÃO DE PROJECTOS Isabelina Jorge, PMP, isabelina.jorge@gmail.com Rui Leal, Mst EI, rui.leal@gmail.com Objectivos globais 1ª parte (IJ)! Abordagem standard

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016 NORMAS DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE LÍNGUAS (TURMAS REGULARES E INTENSIVAS) 2015/2016 1. Tipos de turma e duração: O CLECS oferece dois tipos de turma: regular e intensivo. Além destas turmas, o CLECS

Leia mais

Iniciação - 1. Fatos geradores de projetos Desenvolver Termo de Abertura do Projeto Identificar os Stakeholders. Mauricio Lyra, PMP

Iniciação - 1. Fatos geradores de projetos Desenvolver Termo de Abertura do Projeto Identificar os Stakeholders. Mauricio Lyra, PMP Iniciação - 1 Fatos geradores de projetos Desenvolver Termo de Abertura do Projeto Identificar os Stakeholders 1 Fatos Geradores de projetos Necessidade da empresa Demanda do marcado Solicitação do cliente

Leia mais

Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais. CSE Métodos e Processos na Área Espacial

Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais. CSE Métodos e Processos na Área Espacial Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Sistemas Espaciais CSE-300-4 Métodos e Processos na Área Espacial 31.08.2009 SUMÁRIO Tópicos Selecionados 1. de 2. 3. Mode Effect and Planejamento Grupo

Leia mais

Implementação de CMMi SAM com Six Sigma

Implementação de CMMi SAM com Six Sigma Implementação de CMMi SAM com Six Sigma Caso de sucesso na Motorola Brasil Jose Mario Lima Gerente de Qualidade e Six Sigma Six Sigma Black Belt A Motorola no Brasil Definição do problema O Desafio A oportunidade

Leia mais

Manual Instructions for SAP Note Version 1

Manual Instructions for SAP Note Version 1 Manual Instructions for SAP Note 1973349 Version 1 TABLE OF CONTENTS 1 CHANGES TO CONTENT OF TABLE VIEW V_T596G... 3 2 CHANGES TO CONTENT OF TABLE VIEW V_T596I... 4 2 To perform the following changes,

Leia mais

10 de setembro de 2012 September 10, 2012

10 de setembro de 2012 September 10, 2012 Lei de Modernização da Segurança Alimentar: Alterando as regras para importação de alimentos Food Safety Modernization Act: Changing the Rules for Food Imports 10 de setembro de 2012 September 10, 2012

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PARA A SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PARA A SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PARA A SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO PROVA DE SELEÇÃO AO CURSO DE DOUTORADO EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E SAÚDE PROVA DE INGLÊS O objetivo desta prova é avaliar

Leia mais

ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM

ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM Read Online and Download Ebook ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM DOWNLOAD EBOOK : ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS Click link bellow

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS COORDENADOR ENG.º JOSÉ MIGUEL RODRIGUES GASPAR Índice Designação do Curso... Erro! Marcador não definido. Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída...

Leia mais

Indicadores de desempenho essenciais para projetos

Indicadores de desempenho essenciais para projetos Indicadores de desempenho essenciais para projetos Sérgio Fernando, SCJA, PMP Gerente de Projetos Memora Processos Inovadores Ltda Distrito Federal, Brasil E-mail: sergio.muniz@memora.com.br RESUMO Como

Leia mais

Gestão de Projetos. Introdução ao PMBOK. Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br

Gestão de Projetos. Introdução ao PMBOK. Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br Gestão de Projetos Introdução ao PMBOK Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br Objetivos Apresentar o modelo de gerência de projetos definido pelo PMBOK. PMBOK 2 Ao final desta aula você será capaz

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

Gerenciamento do Escopo de Projetos. Parte 04. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Gerenciamento do Escopo de Projetos. Parte 04. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza Gerenciamento do Escopo de Projetos Parte 04 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração: Engenharia e Gerenciamento

Leia mais

Public Health Initiatives Portugal

Public Health Initiatives Portugal Public Health Initiatives Portugal Isabel Oliveira ACSS Administração Central do Sistema de Saúde, I.P. Overview of the programmes in PA27, EEA / Norway Grants 2009-2014 Status of the Programme implementation

Leia mais

NBR ISO/IEC 17025:2005

NBR ISO/IEC 17025:2005 Competence Recognition Certificate Laboratório Metrosul Força, Torque e Dureza Metrosul Laboratory Strength, hardness and torque Rua da Várzea, 236 Jardim São Pedro Porto Alegre O laboratório citado acima

Leia mais

Gerenciamento do Tempo. PMBOK Guide 2000

Gerenciamento do Tempo. PMBOK Guide 2000 Gerenciamento do Tempo PMBOK Guide 2000 1 Objetivos desta Aula Apresentar os processos, ferramentas e técnicas utilizadas para a gerência do tempo de um projeto segundo o PMBOK 2 O que é Gerência de Tempo?

Leia mais

Completing your Participant Agreement Como preencher o Contrato de Participação

Completing your Participant Agreement Como preencher o Contrato de Participação Completing your Participant Agreement Como preencher o Contrato de Participação A quick-start guide for stock plan participants. Um guia rápido para participantes do plano de compra de ações. Your company

Leia mais

CONCLUSÃO DO PROGRAMA DE SONDAGENS EM MALHA APERTADA NO PROJECTO DE OURO EM BOA FÉ REINÍCIO DA PERFURAÇÃO NO PROJETO DE TUNGSTENIO EM TABUAÇO

CONCLUSÃO DO PROGRAMA DE SONDAGENS EM MALHA APERTADA NO PROJECTO DE OURO EM BOA FÉ REINÍCIO DA PERFURAÇÃO NO PROJETO DE TUNGSTENIO EM TABUAÇO COMUNICADO À IMPRENSA 18 de Junho de 2014 GTP (TSX-V) P01 (FRANKFURT) COLTF - (OTCQX) CONCLUSÃO DO PROGRAMA DE SONDAGENS EM MALHA APERTADA NO PROJECTO DE OURO EM BOA FÉ REINÍCIO DA PERFURAÇÃO NO PROJETO

Leia mais

INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS

INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS DOCUMENTAÇÃO A APRESENTAR PELOS CANDIDATOS PARA AVALIAÇÃO Os candidatos devem apresentar para avaliação da candidatura a seguinte documentação: a) Prova da nacionalidade (BI, passaporte.);

Leia mais

Definição do Modelo de Processo

Definição do Modelo de Processo Definição do Modelo de Processo 1. Introdução 1.1. Finalidade Mapear práticas sugeridas (i) pelo Padrão para Gestão de Portfólio do PMI, (ii) pelo Modelo de Referência do MPS.BR e (iii) pela Norma ISO/IEC

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

MINI-MBA DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS

MINI-MBA DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS MINI-MBA DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS COORDENADOR ENG.º JOSÉ MIGUEL RODRIGUES GASPAR Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 2 Objetivo Geral... 2

Leia mais

Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N

Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N Applies to: Any business user who uses the transactions FBL1N and FBL5N to display line item reports for vendors and customers.

Leia mais

International Conference on Rare Diseases and Orphan Drugs (ICORD) ANTONIO CARLOS DA COSTA BEZERRA May 20-22

International Conference on Rare Diseases and Orphan Drugs (ICORD) ANTONIO CARLOS DA COSTA BEZERRA May 20-22 International Conference on Rare Diseases and Orphan Drugs (ICORD) General Office of Drugs/ANVISA ANTONIO CARLOS DA COSTA BEZERRA May 20-22 22 GGMED Technical Assistance ANVISA S S MANDATE To protect and

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM

MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM CADERNO DE QUESTÕES NOTA FINAL MASTER S DEGREE IN INTELLECTUAL PROPERTY ADMISSION EXAM Before reading the text, pay attention to these important and essential remarks. All the answers must be written in

Leia mais

MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY

MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY The Competent Authorities of the Portuguese Republic and the Government of Jersey in

Leia mais

NBR ISO/IEC 17025:2005

NBR ISO/IEC 17025:2005 Competence Recognition Certificate Laboratório de e Fitopatologia LASFI/VACARIA UCS Seeds and Phytopathology Laboratory Rua Presidente Kennedy, 2020 Bairro Vitória - Vacaria - RS O laboratório citado acima

Leia mais

ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM

ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM Read Online and Download Ebook ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CHOO HYUNG KIM DOWNLOAD EBOOK : ATLAS DE ACUPUNTURA VETERINáRIA. CãES E GATOS Click link bellow

Leia mais

Turn the lead weight of data into a golden opportunity: manage it, unlock it and extract value from it

Turn the lead weight of data into a golden opportunity: manage it, unlock it and extract value from it Data - Temenos https://www.temenos.com/en/solutions/technology/data/ 1 of 2 2016-03-30 16:36 Data Turn the lead weight of data into a golden opportunity: manage it, unlock it and extract value from it

Leia mais

PALAVRAS E FRASES CÉLEBRES (PORTUGUESE EDITION) BY ALFREDO CAMPOS

PALAVRAS E FRASES CÉLEBRES (PORTUGUESE EDITION) BY ALFREDO CAMPOS PALAVRAS E FRASES CÉLEBRES (PORTUGUESE EDITION) BY ALFREDO CAMPOS DOWNLOAD EBOOK : PALAVRAS E FRASES CÉLEBRES (PORTUGUESE Click link below and free register to download ebook: PALAVRAS E

Leia mais

IETEC INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE PROJETOS. Turma 90

IETEC INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE PROJETOS. Turma 90 IETEC INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE PROJETOS Turma 90 Gerenciamento de riscos Aliado a Gerência do Conhecimento Frederico Ribeiro Nogueira Belo Horizonte, 05/07/2010 IETEC INSTITUTO

Leia mais

Gerenciamento dos Custos

Gerenciamento dos Custos Gerenciamento dos Custos Baseado no PMBOK Guide 2000 Hermano Perrelli hermano@cin.ufpe.br Objetivos desta aula Apresentar os processos, ferramentas e técnicas utilizadas para gerenciar os custos de um

Leia mais

Implementation of BE requirements: Brazilian Experience

Implementation of BE requirements: Brazilian Experience 13 th ICDRA Implementation of BE requirements: Brazilian Experience RODRIGO CRISTOFOLETTI Head of Department of Bioequivalence Brazilian National Health Surveillance Agency (ANVISA) Historical view Future

Leia mais

DECLARAÇAO VITOR BELFORT

DECLARAÇAO VITOR BELFORT VITOR BELFORT STATEMENT: In anticipation for my hearing before the Nevada State Athletic Commission (NSAC), I want to address questions concerning a drug test I took back on February 7, 2014, that was

Leia mais

NBR ISO/IEC 17025:2005

NBR ISO/IEC 17025:2005 Competence Recognition Certificate Metroquality Dimensional Metrology Laboratory Rua Rio Negro, 68 Canoas - RS O laboratório citado acima está conforme os critérios estabelecidos na the laboratory mentioned

Leia mais

Aquecimento global Rise of temperature

Aquecimento global Rise of temperature Aquecimento global Rise of temperature Drop by drop. Comenius project What is Global warming? Aquecimento global é o aumento da temperatura média dos oceanos e do ar perto da superfície da Terra ocorrido

Leia mais

Textos para treinamento de leitura e tradução de Inglês Texto 3/ Prof. Adinoél Sebastião Fonte:

Textos para treinamento de leitura e tradução de Inglês Texto 3/ Prof. Adinoél Sebastião Fonte: TEXTO The U.S. Federal Government The United States government is composed of three major sections. It is based on the Constitution of the United States of America that was put into effect in May, 1789.

Leia mais

Gestão de Projetos CMMI e outros modelos de referência

Gestão de Projetos CMMI e outros modelos de referência Gestão de Projetos CMMI e outros modelos de referência Autora: Ivanise M. Gomes IO SEPG Manager Mercosur General Motors do Brasil, IS&S Agenda Ø Introdução Ø Visão Estratégica Ø Malcolm Baldrige Ø ISO

Leia mais

GUIÃO F. Grupo: Minho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO F. Grupo: Minho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades GUIÃO F Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Minho Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

Creating a Technical Corpus

Creating a Technical Corpus Creating a Technical Corpus Summer School of Linguistics PER-FIDE 2013 pg22760@alunos.uminho.pt Agenda Introduction Thesis Abstracts ECTS Sources Vertical Alignment Sources Linking the Pages Examples Introduction

Leia mais

NBR ISO/IEC 17025:2005

NBR ISO/IEC 17025:2005 Competence Recognition Certificate Laboratório Quimioambiental Físico Química Quimioambiental Laboratory Rua Barão do Amazonas, 200 e 206 O laboratório citado acima está conforme os critérios estabelecidos

Leia mais

Management of conditionalities

Management of conditionalities Management of conditionalities Conditionalities in the context of universal public policies The conditionalities must be fulfilled by the family and the public power The access to health and education

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS COORDENADOR ENG.º JOSÉ MIGUEL RODRIGUES GASPAR Índice Designação do Curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos...

Leia mais

FRANÇA: DÉMARCHE HQE BRASIL: PROCESSO AQUA

FRANÇA: DÉMARCHE HQE BRASIL: PROCESSO AQUA Technical Cooperation Brasil - France ESCOLA POLITÉCNICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FRANÇA: DÉMARCHE HQE BRASIL: PROCESSO AQUA CERTIFICATION Fundação Carlos Alberto Vanzolini Created in 1967 by the professors

Leia mais

PMO - Definição de Indicadores de Desempenho Wilson José Ramos, PMP NEO Consultoria e Serviços Consultor ramos.wilson@uol.com.br

PMO - Definição de Indicadores de Desempenho Wilson José Ramos, PMP NEO Consultoria e Serviços Consultor ramos.wilson@uol.com.br INTRODUÇÃO PMO - Definição de Indicadores de Desempenho Wilson José Ramos, PMP NEO Consultoria e Serviços Consultor ramos.wilson@uol.com.br O PMO Project Management Office destaca-se como solução integrada

Leia mais

Contratação Pública Socialmente Responsável. Lisboa, 14 de Novembro de 2013 Jorge Manuel Duque

Contratação Pública Socialmente Responsável. Lisboa, 14 de Novembro de 2013 Jorge Manuel Duque Lisboa, 14 de Novembro de 2013 Jorge Manuel Duque http://www.landmark-project.eu/pt/inicio/ Parceria entre sete organizações europeias Projecto internacional co-financiado pela união europeia http://www.landmark-project.eu/pt/inicio/

Leia mais

Introdução ao método EVA (Earned Value Analysis)

Introdução ao método EVA (Earned Value Analysis) Introdução ao método EVA (Earned Value Analysis) André Barcaui barcaui@bbbrothers.com.br Histórico 1 O conceito de EVA foi criado por engenheiros industriais há mais de 50 anos atrás para gerenciar custos

Leia mais

Eficiência Energética na Indústria. A Norma ISO de Gestão da Energia e seu impacto nas indústrias. Alberto J. Fossa ICA/Procobre

Eficiência Energética na Indústria. A Norma ISO de Gestão da Energia e seu impacto nas indústrias. Alberto J. Fossa ICA/Procobre Eficiência Energética na Indústria A Norma ISO 50.001 de Gestão da Energia e seu impacto nas indústrias Alberto J. Fossa ICA/Procobre São Paulo Fevereiro - 2011 Motivação, Histórico, Justificativas O Sistema

Leia mais

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 APRESENTAÇÃO ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 Instalações elétricas de baixa tensão NBR 5410:1997 NBR 5410:2004

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS. PROVA DE INGLÊS Seleção do Mestrado PPGCA Nome: Nº de inscrição: Data:

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS. PROVA DE INGLÊS Seleção do Mestrado PPGCA Nome: Nº de inscrição: Data: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS PROVA DE INGLÊS Seleção do Mestrado PPGCA 2008 Nome: Nº de inscrição: Data: Considerações Gerais: Esta prova de inglês é de caráter classificatório e deverá

Leia mais

EGAN. FUNDAMENTOS DA TERAPIA RESPIRATÓRIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CRAIG L. SCANLAN

EGAN. FUNDAMENTOS DA TERAPIA RESPIRATÓRIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CRAIG L. SCANLAN RESPIRATÓRIA (EM PORTUGUESE DO BRASIL) BY CRAIG L. SCANLAN DOWNLOAD EBOOK : EGAN. FUNDAMENTOS DA TERAPIA BY CRAIG L. SCANLAN PDF Click link below and free register to download ebook: EGAN. FUNDAMENTOS

Leia mais

Fundamentos de Gerenciamento de Projetos. Paulo Ferrucio, PMP

Fundamentos de Gerenciamento de Projetos. Paulo Ferrucio, PMP Fundamentos de Gerenciamento de Projetos Paulo Ferrucio, PMP Agenda Definição de Projeto, Programa e Portfolio Metodologias de Gestão de Projetos Como nascem os projetos Características do Gerente de Projetos

Leia mais

Planeamento de Projectos

Planeamento de Projectos de Projectos José Cruz Filipe 1 Tópicos O processo geral O planeamento das actividades O planeamento de tempos O planeamentos dos custos O planeamento do risco 2 1 O processo geral O Triângulo Fatal Recursos

Leia mais

Soluções Integradas de Gestão de Projetos de Capital

Soluções Integradas de Gestão de Projetos de Capital Soluções Integradas de Gestão de Projetos de Capital 0 Uma solução com flexibilidade para suportar o escopo específico de processos para diferentes tipos de operações Based on the analysis completed during

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

ENSCO 6002 SS57. Installation Of Cables To The Mrt. Date/Data: July/ Julho, 2015. Doc. N / N do Documento: IRM4551 Rev. 0. P.O N / N da OC: 50556

ENSCO 6002 SS57. Installation Of Cables To The Mrt. Date/Data: July/ Julho, 2015. Doc. N / N do Documento: IRM4551 Rev. 0. P.O N / N da OC: 50556 ENSCO 6002 SS57 Installation Of Cables To The Mrt Date/Data: July/ Julho, 2015 Doc. N / N do Documento: IRM4551 Rev. 0 Version/Versão: Original P.O N / N da OC: 50556 D.T N / N do Doc de Trasmissão: 2303/15

Leia mais

GERENTE também é GENTE...

GERENTE também é GENTE... GERENTE também é GENTE... Qualquer semelhança com a vida real de um gerente não é só mera coincidência... André B. Barcaui, MsC,, PMP 29 de Junho de 2006 1 Agenda Era uma Vez... A Vida do Gerente A importância

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br

Engenharia de Requisitos. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Engenharia de Requisitos Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br O Documento de Requisitos Introdução The requirements for a system are the descriptions

Leia mais

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO UniversityofMinho 1974 (39 years) 2 Campi Campus de Gualtar (380.000 m 2 ) Braga Campus de Azurém (270.000 m 2 ) Guimarães Teaching 53 graduate courses 130 masters courses 22 PhD courses 18.500 students

Leia mais

Technical Information

Technical Information Subject Ballast Water Management Plan To whom it may concern Technical Information No. TEC-0648 Date 14 February 2006 In relation to ballast water management plans, we would advise you that according to

Leia mais

A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES LOCALMENTE AVANÇADOS TRATADOS COM RADIOQUIMIOTERAPIA É MELHOR DO QUE NAQUELES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL?

A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES LOCALMENTE AVANÇADOS TRATADOS COM RADIOQUIMIOTERAPIA É MELHOR DO QUE NAQUELES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL? A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES LOCALMENTE AVANÇADOS TRATADOS COM RADIOQUIMIOTERAPIA É MELHOR DO QUE NAQUELES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL? SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CANCER DE CABEÇA E PESCOÇO SÃO

Leia mais

DIBELS TM. Portuguese Translations of Administration Directions

DIBELS TM. Portuguese Translations of Administration Directions DIBELS TM Portuguese Translations of Administration Directions Note: These translations can be used with students having limited English proficiency and who would be able to understand the DIBELS tasks

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA. Escola Superior de Tecnologia e Gestão INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA Escola Superior de Tecnologia e Gestão SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NOS INSTITUTOS DE EMPREGO. ESTUDO DE CASO: IEFP DA GUARDA PROJETO APLICADO DO MESTRADO EM GESTÃO

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

Palavras chave: trabalho colaborativo, desenvolvimento profissional, articulação curricular, tarefas de investigação e exploração.

Palavras chave: trabalho colaborativo, desenvolvimento profissional, articulação curricular, tarefas de investigação e exploração. RESUMO Esta investigação, tem como objectivo perceber como é que o trabalho colaborativo pode ajudar a melhorar as práticas lectivas dos professores, favorecendo a articulação curricular entre ciclos na

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas, anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 2010 Certificate issued in according

Leia mais

A Auditoria Interna da Governança Corporativa

A Auditoria Interna da Governança Corporativa A Auditoria Interna da Governança Corporativa São Paulo Setembro, 2015 0 Agenda I. Governança Corporativa e as diretivas de Solvência II II. III. IV. Pilar 2 e os elementos da Governança Papel da Auditoria

Leia mais

Table of Contents. Lucas Nülle GmbH Página 1/5

Table of Contents. Lucas Nülle GmbH Página 1/5 Table of Contents Table of Contents Automação with UniTrain-I Course - Automation Technology 7: Sensors for automation 1 2 2 3 4 Lucas Nülle GmbH Página 1/5 www.lucas-nuelle.com.br Automação Acquire practical

Leia mais

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015 Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016 Julho de 2015 JOGOS OLÍMPICOS 5-21 de agosto 10.500 ATLETAS DE PAÍSES 45.000 204 VOLUNTÁRIOS 25.100 PROFISSIONAIS DE MÍDIA CREDENCIADOS 6.700 INTEGRANTES DAS DELEGAÇÕES

Leia mais

PMBOK Guide Construction Extension

PMBOK Guide Construction Extension PMBOK Guide Construction Extension Alonso Mazini Soler amsol@j2da.com.br Twitter: @alonsosoler Avenida Valdemar Ferreira, 463-05.501-000 São Paulo, SP Fone/Fax: (11) 3032-0662 1 ALONSO MAZINI SOLER é sócio

Leia mais

Capability Maturity Model and CMMI are registered in the U.S. Patent and Trademark Office

Capability Maturity Model and CMMI are registered in the U.S. Patent and Trademark Office Capability Maturity Model and CMMI are registered in the U.S. Patent and Trademark Office Renato Luiz Della Volpe Sócio Diretor da ASR Consultoria e Assessoria em Qualidade Ltda. Formado em 1983 em Eng.

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI - ITSM Gerenciamento de Mudança Change Management Eduardo Alencar, PMP Luiz Fernando Gustavo Meireles

Gerenciamento de Serviços de TI - ITSM Gerenciamento de Mudança Change Management Eduardo Alencar, PMP Luiz Fernando Gustavo Meireles Grupo de Estudos ITIL Gerenciamento de Serviços de TI - ITSM Gerenciamento de Mudança Change Management Eduardo Alencar, PMP Luiz Fernando Gustavo Meireles Missão Gerenciar todas as mudanças que possam

Leia mais

De: Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) Para: CRN- 4 Conselho Regional de Nutrição 4ª Região

De: Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) Para: CRN- 4 Conselho Regional de Nutrição 4ª Região São Paulo, 18 de novembro de 2013. De: Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) Para: CRN- 4 Conselho Regional de Nutrição 4ª Região Solicitação de Providências a respeito de conduta de profissional associada

Leia mais

AMENDMENTS XM United in diversity XM 2012/2191(DEC) Draft report Gerben-Jan Gerbrandy. PE v01-00

AMENDMENTS XM United in diversity XM 2012/2191(DEC) Draft report Gerben-Jan Gerbrandy. PE v01-00 EUROPEAN PARLIAMENT 2009-2014 Committee on Budgetary Control 27.2.2013 2012/2191(DEC) AMENDMENTS 1-14 Draft report Gerben-Jan Gerbrandy (PE497.845v01-00) on discharge in respect of the implementation of

Leia mais

Projectos de Consultoria em SAP e Tecnologias Microsoft: Análise e desenvolvimento de soluções de software à medida

Projectos de Consultoria em SAP e Tecnologias Microsoft: Análise e desenvolvimento de soluções de software à medida Projecto Mestrado Em Gestão De Sistemas De Informação Médica Projectos de Consultoria em SAP e Tecnologias Microsoft: Análise e desenvolvimento de soluções de software à medida Luís Filipe Leal Sismeiro

Leia mais

Exercícios de consolidação com base nos workbooks do Lean Entrerprise Institute. Abertura do Programa pelo Presidente Europeu da Lean Global Network

Exercícios de consolidação com base nos workbooks do Lean Entrerprise Institute. Abertura do Programa pelo Presidente Europeu da Lean Global Network Exercícios de consolidação com base nos workbooks do Lean Entrerprise Institute Abertura do Programa pelo Presidente Europeu da Lean Global Network Programa & Conteúdos 1 sessão semanal 2 horas por sessão

Leia mais

2 - to raise awareness of the nature, extent, complexity and consequences of misuse of alcohol and other drugs occorring among doctors

2 - to raise awareness of the nature, extent, complexity and consequences of misuse of alcohol and other drugs occorring among doctors Working Group on the Misuse of Alcohol and Other Drugs by Doctor - British Medical Association - 1998 Ênfase : "...the protection of patients by recognising and dealing firmly and fairly with dysfunctional

Leia mais

GERENCIAMENTO PELAS DIRETRIZES (PORTUGUESE EDITION) BY VICENTE FALCONI

GERENCIAMENTO PELAS DIRETRIZES (PORTUGUESE EDITION) BY VICENTE FALCONI Read Online and Download Ebook GERENCIAMENTO PELAS DIRETRIZES (PORTUGUESE EDITION) BY VICENTE FALCONI DOWNLOAD EBOOK : GERENCIAMENTO PELAS DIRETRIZES (PORTUGUESE Click link bellow and free register to

Leia mais

Gerenciamento do Escopo

Gerenciamento do Escopo Gerenciamento do Escopo Projeto - Ciclo de Vida Fases 3 EXECUÇÃO / CONTROLE 4 FECHAMENTO NÍVEL DE ATIVIDADE 1 CONCEPÇÃO / INICIAÇÃO 2 PLANEJAMENTO TEMPO Gestão de Projetos Concepção / Iniciação 1 - Termo

Leia mais

The FMEA Role on Knowledge Retention and Diffusion. Christiane Bischof dos Santos, MSc Ricardo Sales Gomes Robert Bosch Ltda.

The FMEA Role on Knowledge Retention and Diffusion. Christiane Bischof dos Santos, MSc Ricardo Sales Gomes Robert Bosch Ltda. Subsystem 1 Component A Customer System Subsystem 2 Component B Requires durability. Comply with environmental legislation. Contains green items Easy replacement possibility Component C Quebra do produto

Leia mais

Sector das TI s em Portugal e Projectos de

Sector das TI s em Portugal e Projectos de Sector das TI s em Portugal e Projectos de Financiamento Seminário Modelos de Gestão em Tecnologias de Informação: Gestão de Serviços, da Segurança e da Inovação 18 Nov 2010 Escola de Engenharia da Universidade

Leia mais