Luiz Cesar Kuhnert. IMPLEMENTAÇÃO DE ERP: Análise da metodologia utilizada em uma empresa do setor de petróleo em aderência às boas práticas do PMBOK

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Luiz Cesar Kuhnert. IMPLEMENTAÇÃO DE ERP: Análise da metodologia utilizada em uma empresa do setor de petróleo em aderência às boas práticas do PMBOK"

Transcrição

1 Luiz Cesar Kuhnert IMPLEMENTAÇÃO DE ERP: Análise da metodologia utilizada em uma empresa do setor de petróleo em aderência às boas práticas do PMBOK Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Pós- Graduação em Gerenciamento de Projetos da Universidade Federal Fluminense como requisito parcial para obtenção em especialista em gerenciamento de projetos. Orientadora: Isa Gomes da Costa Azevedo, M.Sc. Niterói 2010

2 Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do trabalho sem autorização da universidade, do autor e do orientador. Ficha elaborada pelo Centro de Documentação Miguel de Simoni - LATEC/UFF

3 Luiz Cesar Kuhnert IMPLEMENTAÇÃO DE ERP: Análise da metodologia utilizada em aderência às boas práticas do PMBOK Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Pós- Graduação em Gerenciamento de Projetos da Universidade Federal Fluminense como requisito parcial para obtenção em especialista em gerenciamento de projetos. BANCA EXAMINADORA Isa Gomes da Costa Azevedo, M.Sc - Orientadora Universidade Federal Fluminense - UFF Danilo de Hollanda Fernandes, M.Sc.,PMP, MBA Universidade Federal Fluminense - UFF Valdecy Pereira Universidade Federal Fluminense - UFF Margarida Lima Universidade Federal Fluminense - UFF

4 Dedico este trabalho......ao professor Cezar Sucupira, meu orientador inicial, por suas aulas que foram responsáveis pela minha motivação em escrever sobre este tema e que, por problemas de saúde, veio a falecer no decorrer do curso.

5 AGRADECIMENTOS A Deus, por me guiar e dar serenidade necessária para enfrentar os momentos mais difíceis e por colocar em meu caminho pessoas tão especiais. À minha esposa Fabiana, por seu amor, dedicação, paciência, pela compreensão de minha ausência, apoio e incentivo que me fizeram chegar até aqui. A minha orientadora, Isa Gomes da Costa Azevedo, pela força, atenção, pelo apoio e pelas contribuições que enriqueceram esta pesquisa. Ao João Luiz, sempre prestativo e de bom humor, auxiliando os alunos na unidade Centro no que fosse preciso. Aos professores do curso de Gerenciamento de Projetos da UFF por compartilhar seus conhecimentos e experiências.

6 Há uma forma de fazer isso melhor - encontre-a." (Thomas A. Edison)

7 RESUMO O presente trabalho teve por objetivo realizar uma análise da metodologia utilizada para implementação de um sistema ERP em uma empresa de petróleo apresentando suas particularidades e o quanto ela estava aderente às boas práticas de Gerenciamento de Projetos, delimitado às áreas de conhecimento de Riscos e Comunicação, e a metodologia própria do fornecedor do ERP. O resultado demonstra que o sucesso de um projeto não é utilizar uma ou outra metodologia, mas sim adequar sua própria metodologia com referências em que cada uma tem de melhor conforme a análise de fatores como prazo, custo e escopo. Palavras-chave: ERP, SAP, ASAP, PMI, Comunicação, Riscos.

8 ABSTRACT This study aimed to undertake a review of the methodology for implementing an ERP system in a Oil company presenting, its particularities and how it was adhering to best practices in Project Management, delimited in Risk and Communication areas of knowledge of PMBOK, and the ERP vendor s methodology. The result shows that the success of a project is not using one or another method, but tailor their own methodology with references in each other's strengths from an analysis of factors such as time, cost and scope. Keywords: ERP, SAP, ASAP, PMI, Communication, Risks..

9 LISTA DE FIGURAS Figura 01 Metodologia proposta 20 Figura 02 Grupo de Processos 23 Figura 03 - Áreas de Conhecimento 24 Figura 04 - Áreas x Processos 26 Figura 05- Processo da Comunicação 27 Figura 06 Resumo Gerência das Comunicações 31 Figura 07 - Processos do Gerenciamento de Riscos 33 Figura 08 - Os processos da Gerência de Riscos segundo o PMI 35 Figura 09 - Abrangência do MRP e do MRP II 36 Figura 10 - Tecnologia da informação transformando as organizações e o trabalho 36 Figura 11 - Evolução da SAP 38 Figura 12 - Módulos do SAP R/3 39 Figura 13 - Fases da Metodologia ASAP Roadmap 42 Figura 14 - Módulos e fases do Projeto 50 Figura 15 - Processos Impactados por Módulos do Projeto 50 Figura 16 - Fases de Implementação da Metodologia da CONSULTORIA 51 Figura 17 - Tela Inicial da Ferramenta de Controle MDM 58 Figura 18 Estágios para construção do comprometimento 60 Figura 19 - Elementos Fundamentais do Plano de Comunicação 65 Figura 20 - Fluxograma do Gerenciamento de Riscos 70 Figura 21 Quantificação dos Riscos 74

10 LISTA DE TABELAS Tabela 01 - Maiores fornecedores mundiais de ERP 39

11 LISTA DE QUADROS Quadro 01 - Planejamento das Comunicações 29 Quadro 02 - Distribuição das Informações 29 Quadro 03 - Relatórios de Desempenho 30 Quadro 04 - Gerenciamento das Partes Interessadas 30 Quadro 05 - Resumo das Fases da Metodologia ASAP 45 Quadro 06 - Organograma do Projeto 48 Quadro 07 - Quadro Comparativo de implementação 49 Quadro 08 - Quadro resumo Fase Quadro 09 - Quadro resumo Fase Quadro 10 - Quadro resumo Fase Quadro 11 - Mensagens por fase do projeto 66 Quadro 12 - Canais de Comunicação 67 Quadro 13 - Indicadores de Comunicação 68 Quadro 14 Perfil dos participantes do projeto 69 Quadro 15 Identificação dos Riscos 72 Quadro 16 - Plano de Ação aos Riscos 73 Quadro 17 Matriz de Riscos 73 Quadro 18 - Comparativo das fases das Metodologias 80 Quadro 19 - Comparativo Requisito por Metodologia 81 Quadro 20 Análise dos processos 83 Quadro 21 Benefícios para a Empresa 85

12 LISTA DE SIGLAS ANSI4 American National Standarde Institute APSI - Associação Portuguesa de Sistemas de Informação ASAP Accelerate SAP ASUG Associação dos Usuários SAP do Brasil EAP Estrutura Analítica de Projeto EAR Estrutura Analítica de Riscos ERP Enterprise Resource Planning ICI Imperial Chemical Industries IPMA International Project Management Association IPO Inicial Public Offering MRP Materials Requirements Planning MRP II Manufacturing Resource Planning versão II PMBOK Project Management Body of Knowledge PMI Project Management Institute SAP Systemanalyse and Programmentwicklung Sistemas, Aplicações e Produtos para Processamento de Dados. SIG Sistemas Integrados de Gestão

13 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO CONSIDERAÇÕES INICIAIS SITUAÇÃO PROBLEMA IMPORTÂNCIA DO TRABALHO OBJETIVO DO TRABALHO Objetivo Geral Objetivos Específicos QUESTÕES DE PESQUISA DELIMITAÇÃO DO TRABALHO METODOLOGIA ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO 21 2 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA PMBOK E A GERÊNCIA DE PROJETOS COMUNICAÇÃO Gerenciamento da Comunicação em Projetos RISCOS Gerenciamento de Riscos SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA (ERP) Conceitos e Definições SAP Histórico da SAP Módulos do SAP R/ METODOLOGIA ACCELERATE SAP (ASAP) 41 3 ESTUDO DE CASO ORGANOGRAMA DO PROJETO ESCOPO DO PROJETO METODOLOGIA DE IMPLEMENTAÇÃO DO SAP Descrição das Fases FERRAMENTA DE CONTROLE DO PROJETO Method R/3 Delivery Manager (MDM) GESTÃO DA MUDANÇA E COMUNICAÇÃO Estratégia de mudanças Premissas do plano Plano de Comunicação Mecanismos de Feedback Indicadores e Mecanismos de Medição GERENCIAMENTO DE RISCOS Plano de Gerenciamento de Riscos 70 4 ANÁLISE DO ESTUDO DE CASO ANÁLISE DA METODOLOGIA DO PROJETO 79

14 4.2 ANÁLISE DA GESTÃO DE MUDANÇAS ANÁLISE DA GESTÃO DE RISCOS ANÁLISE DOS BENEFÍCIOS PARA A EMPRESA 84 5 CONCLUSÃO CONSIDERAÇÕES FINAIS RECOMENDAÇÕES DE TRABALHOS FUTUROS. 89 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 90

15 15 1 INTRODUÇÃO 1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS O avanço da tecnologia nos últimos anos está possibilitando às organizações executarem atividades e controles inovadores. Desta forma, as empresas têm iniciado processos de reestruturação organizacional e de negócios ao mesmo tempo em que busca parcerias para reduzir os custos e ganhar maior competitividade no mercado. A utilização de sistemas integrados de gestão tem sido uma constante nas grandes e médias empresas mundiais que têm procurado integrar todas as suas áreas do negócio, como planejamento, produção, compras, vendas, finanças, controle, manutenção, recursos humanos, entre outras, com o objetivo de obter maior agilidade, desempenho e serem mais competitivas diante do mercado, cada vez mais agressivo e dinâmico, agilizando, assim, os processos internos e o relacionamento com clientes e fornecedores. Segundo Ballou (2001), a tecnologia da informação e os sistemas de informação atuam como elos que ligam as atividades de diferentes áreas dentro e fora das empresas e permitem, junto a técnicas gerenciais, uma integração entre os processos, tornando-se responsáveis pelo suporte aos funcionários e aos métodos de solução de problemas usados para auxiliar os profissionais no planejamento, controle e nas operações. O avanço tecnológico foi responsável por grandes mudanças comportamentais em diversas áreas de negócio nas empresas. Essas transformações contemplam não só equipamentos, mas também os processos de trabalho e na gestão de pessoas. Na implantação de um sistema integrado de gestão, o impacto na empresa é muito elevado, pois, na maioria das vezes, engloba um redesenho organizacional e uma redefinição de novos perfis e processos para as novas atividades e funções. Diante disso, mais e mais empresas estão adotando uma gestão de riscos e de mudanças integradas à implementação do Enterprise Resource Planning (ERP) com o objetivo de minimizar os impactos causados pelo novo sistema e tornar mais eficaz a divulgação e conhecimento a todos envolvidos no projeto.

16 SITUAÇÃO PROBLEMA Por causa dos avanços tecnológicos do mundo atual, as empresas estão sendo inseridas em um ambiente cada vez mais competitivo, caracterizado pela eficácia e velocidade por novas oportunidades de negócios e clientes. Essa atualização tecnológica tem impacto direto nos negócios e exige das empresas habilidades para antecipar e entender as mudanças e tendências de mercado, adaptando suas operações rapidamente, para o atendimento de novos serviços requeridos por seus clientes e fornecedores. Hoje, através da Tecnologia da Informação, as empresas estão implementando os Sistemas Integrados de Gestão (SIG) responsáveis pelo gerenciamento, controle e disponibilidade dos dados para a fundamentação das tomadas de decisões gerenciais. As decisões de escolha e implementação de um sistema integrado de gestão remetem à empresa a preocupação com a reengenharia de processos, substitução de sistemas, redução de custos, flexibilidade de coleta de dados, integração de processos e áreas e, principalmente, a mudança na cultura organizacional da empresa. Desta forma, a importância na seleção de uma consultoria experiente que apresente uma metodologia sólida e um largo portifólio podem ser premissas de sucesso na implementação do sistema. Cada consultoria possui sua própria metodologia de implementação de sistemas, sendo que na maioria das vezes, é adaptada de alguma outra metodologia de padrão mundial. A situação problema deste estudo pode ser definida como a análise da implementação do sistema SAP R/3 com o uso de duas metodologias diferentes pela consultoria e como uma pode complementar a outra para o sucesso do projeto. 1.3 IMPORTÂNCIA DO TRABALHO Pode-se afirmar que a implantação e utilização de um ERP é uma realidade atual, existente nas empresas em âmbito mundial e que impacta diretamente na gestão e na produtividade das organizações.

17 17 O fato de o trabalho estar voltado à implantação do sistema SAP R/3 baseia-se no motivo desse sistema, de modo geral, ser implementado como solução de ferramenta de gestão integrada, gerenciamento corporativo, inovação tecnológica, melhoria dos processos, controle e produtividade. Qualquer implementação de um sistema ERP é complexa e requer consideráveis recursos de tempo e dinheiro, o que exige uma série de cuidados para que não sejam ultrapassados prazos e orçamentos. Se a implantação não for planejada corretamente, poderá ocasionar mais problemas do que benefícios. Uma das justificativas para realização deste trabalho é a importância que os sistemas ERP têm, tanto na visão acadêmica como na profissional. No foco acadêmico, existem diversos trabalhos sobre Implantação de ERP, mas poucos trabalhos com uma abordagem nas vantagens e desvantagens da metodologia Accelerate SAP (ASAP) e a importância de uma Gestão de Riscos e de Mudanças nestes projetos. Por isto, esse trabalho pode ser muito útil para estimular mais discussões e estudos sobre o tema. Pela visão profissional, esse trabalho tem grande importância devido ao enorme número de empresas que vem implementando sistemas ERP, principalmente as Pequenas e Médias empresas. Portanto a aderência entre a metodologia ASAP e as boas práticas do Project Management Institute (PMI) aparecem como mais uma alternativa para auxiliar o projeto em uma implementação bem sucedida. Esse estudo é relevante à atividade de Gerenciamento de Projetos, pois cada vez mais os profissionais de Gestão estão entrando no Mercado de consultoria de Tecnologia da Informação (TI), realizando projetos de Desenvolvimento e Implementação de Sistemas ERP. 1.4 OBJETIVO DO TRABALHO Objetivo Geral Este trabalho tem por objetivo analisar a metodologia utilizada pela CONSULTORIA, para a implantação do sistema integrado de gestão SAP-R/3 em uma empresa do setor de petróleo com atividades downstream (distribuição e refino de derivados), denominada neste trabalho como EMPRESA, e a sua aderência às boas práticas apresentadas no Project

18 18 Management Body of Knowledge (PMBOK 2000) e à metodologia AccelerateSAP (ASAP) da SAP Objetivos Específicos Apresentar a Metodologia da CONSULTORIA para implantação do Sistema Integrado de Gestão SAP R/3 na EMPRESA Apresentar o Plano de Comunicação Apresentar o Plano de Gerenciamento de Riscos Apresentar os pontos de convergência/divergência entre as duas metodologias utilizadas como referência pela CONSULTORIA (ASAP e PMBOK (2000)) 1.5 QUESTÕES DE PESQUISA Levando-se em conta as características da empresa analisada, sua logística e produção, a importância da integridade das informações deste estudo pretende responder às seguintes questões: 1. Por que utilizar, como base, a metodologia ASAP para a implantação do ERP SAP R/3? 2. A metodologia da CONSULTORIA utilizada na EMPRESA é aderente às boas práticas do PMBOK? 3. Quais os pontos de aderência dos processos da Gestão de Comunicação e Gestão de Riscos do projeto às boas práticas do PMBOK. 1.6 DELIMITAÇÃO DO TRABALHO O escopo do presente trabalho será a análise do processo de implantação do sistema SAP R/3 em uma empresa do setor de petróleo com atividades downstream (refino e distribuição). Atualmente, a EMPRESA é suportada por diversos programas independentes e

19 19 sem conectividade, o que ocasiona uma demora para elaboração de relatórios de apoio à gestão do negócio e a dificuldade de controle e integridade das informações. Sobre o trabalho, foram encontradas algumas dificuldades na coleta das informações, tais como diferença de quase dez anos entre a implementação e a elaboração deste trabalho, fechamento e venda da empresa resultando no desligamento de gerentes e diretores, desligamento de recursos da empresa que trabalharam no projeto, término de vínculos empregatícios dos consultores e mudança de servidores, que contribuíram para que alguns pontos do trabalho fossem prejudicados, limitando o enriquecimento do mesmo com outros dados relevantes e ilustrações, principalmente na parte referente a gestão de riscos. Para que este estudo pudesse ser realizado, duas áreas do PMBOK (2000) foram abordadas: comunicação e risco. Esta delimitação foi elaborada devido ao fato destas duas áreas serem de grande importância ao processo de implantação de um sistema ERP. A utilização do PMBOK (2000) como referência deve-se ao fato do projeto ter sido realizado entre os anos de 2000 e 2001, época que não existiam as novas versões do PMBOK (2004 e 2008). 1.7 METODOLOGIA A metodologia utilizada para realização deste trabalho é baseada em um estudo de caso. Segundo Yin (2001), o estudo de caso é uma investigação empírica de um fenômeno contemporâneo dentro do seu contexto da vida real. Investigativa, pois, a análise do problema proposto envolveu pesquisa bibliográfica enquanto buscava-se ampliar e aprofundar conhecimentos; estes auxiliaram na definição de objetivos do trabalho e formaram o referencial para elaborar a fundamentação dos resultados, procurando mapeá-los. Empírica porque será realizado um estudo de caso real, procurando mapear o processo de implantação do sistema integrado de gestão SAP R/3 em uma empresa do setor industrial de petróleo com atividades de refino e distribuição. As bases para realização do trabalho foram as referências bibliográficas, base de dados do projeto, troca de documentos eletrônicos ( s) entre os participantes do projeto, papers (referentes ao conceito de sistemas de gestão integrada, cadeia de suprimentos, entre outros), em sites da internet, como SAP DO BRASIL e Associação dos Usuários SAP do Brasil

20 20 (ASUG), manuais de implantação de ERP, metodologia ASAP, PMBOK (2000), e a experiência do autor deste trabalho, como consultor no módulo de Administração de Materiais no SAP R/3. Foram identificados e comparados os aspectos relacionados com a situação vivida pela empresa antes e depois da implantação do ERP SAP-R/3, a metodologia utilizada para implantação e a aderência ao ciclo de vida de um projeto recomendado pelo PMBOK (2000). Faz-se também referências ao processo de Gestão de Mudanças e Riscos adotado pela CONSULTORIA. A figura a seguir representa a metodologia proposta neste trabalho. Figura 01 Metodologia proposta Fonte: Autor (2010)

21 ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO O primeiro capítulo, Introdução, apresenta a contextualização do tema deste documento, a questão de pesquisa que o estudo se propõe a responder, seus objetivos, justificativa e relevância. O segundo capítulo, Referências Bibliográficas, se propõe a fazer uma revisão bibliográfica do tema abordado, utilizando leituras de livros, artigos, dissertações e sites relacionados ao assunto. Este capítulo trata conceitualmente das definições do ERP SAP R/3, sua metodologia e as principais áreas de conhecimento e o ciclo de vida de um projeto do PMBOK (2000). Destaca-se como o foco deste capítulo o projeto de implantação de um ERP, as definições do sistema SAP R/3, por isso, a bibliografia de base adotada foi o PMBOK (2000) e a Metodologia ASAP. O terceiro capítulo, Estudo de Caso, estudo de caso, apresenta o histórico, estrutura e descrição da empresa e os motivos que levaram a organização à escolha do ERP. Também serão tratadas as etapas da implementação e a importância da Gestão de Mudanças e da Gestão de Riscos durante o projeto. No quarto capítulo, Análise do Estudo de Caso, será apresentada a análise do estudo de caso do capítulo anterior, destacando a metodologia de implantação proposta e explorada a aderência ao ciclo de vida de um projeto. Na Conclusão serão feitas as considerações finais sobre o trabalho e sobre a análise das questões inicialmente expostas no capítulo 1, além de sugestões para trabalhos futuros.

22 22 2 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA Este capítulo se propõe a fazer uma revisão bibliográfica do tema abordado iniciando com os conceitos e definições do PMBOK e gerenciamento de projetos, onde serão enfatizadas as duas gerências delimitadas no item 1.6 (Gerenciamento da Comunicação e Gerenciamento de Riscos). Em seguida será apresentado o conceito de sistemas integrados de gestão (ERP) e detalhando o sistema SAP R/3 e sua metodologia nativa. 2.1 PMBOK E A GERÊNCIA DE PROJETOS Em 1969, foi fundado nos EUA o Project Management Institute (PMI), entidade sem fins lucrativos responsável por consolidar e difundir o gerenciamento de projetos no mundo, de forma a promover a ética e o profissionalismo no exercício desta atividade. O PMI é o responsável pela elaboração e divulgação do PMBOK (2000). O PMBOK Guide (2000) é definido como uma compilação de conhecimentos e de melhores práticas do gerenciamento de projetos, aceito pelo American National Standard Institute (ANSI4) e pelo Institute of Electrical and Eletronic Engineers (IEEE), e é utilizado como referência pelo International Standards Organization (ISO). De acordo com o PMBOK (2000), o Gerenciamento de Projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades e técnicas na elaboração de atividades relacionadas para atingir um conjunto de objetivos pré-definidos. O conhecimento e as práticas da gerência de projetos são melhores descritos em termos de seus componentes de processos. Esses processos podem ser classificados em cinco grupos de processo denominados de iniciação, planejamento, execução, controle e encerramento (figura 01); e nove áreas de conhecimento: gerência de integração de projetos, gerência de escopo de projetos, gerência de tempo de projetos, gerência de custo de projetos, gerência de qualidade de projetos, gerência de recursos humanos de projetos, gerência de comunicações de projetos, gerência de riscos de projetos e gerência de aquisições de projetos (também conhecida como gerência de suprimentos). Os grupos de processos de gerenciamento são definidos como:

23 23 Iniciação: Fase inicial do projeto, quando uma determinada necessidade é identificada e transformada em um problema estruturado a ser resolvido por ele. Planejamento: É a fase responsável por detalhar tudo aquilo que será realizado pelo projeto, incluindo cronogramas, interdependências entre as atividades. Execução: Coordenar pessoas e outros recursos para realizar o plano. Controle: Assegurar que os objetivos do projeto estão sendo atingidos, através da monitoração e da avaliação do seu progresso, tomando ações corretivas quando necessárias. Encerramento: Formalizar a aceitação do projeto ou fase e encerrá-lo de uma forma organizada. Figura 02 Grupo de Processos Fonte: PMBOK (2000) Em relação às áreas de conhecimento, o PMBOK (2000), utiliza como parâmetro de definição seus requisitos de conhecimentos descritos em termos de processos que a compõem, suas práticas, entradas, saídas, ferramentas e técnicas. As nove áreas de conhecimento descritas no PMBOK (2000) abordam, respectivamente, o gerenciamento dos seguintes aspectos do projeto:

24 24 Figura 03 - Áreas de Conhecimento Fonte: Adaptado do PMBOK Gerenciamento de Integração do projeto engloba os processos e atividades necessários para assegurar que todos os elementos (processos e atividades de outras áreas) do projeto sejam identificados, coordenados, unificados e integrados. Esta integração possibilita o atendimento com sucesso das necessidades e expectativas dos clientes e outras partes interessadas no projeto. Ele é composto por: desenvolver o termo de abertura do projeto, desenvolver a declaração do escopo preliminar do projeto, desenvolver o plano de gerenciamento do projeto, orientar e gerenciar a execução do projeto, monitorar e controlar o trabalho do projeto, manter o controle integrado de mudanças e encerrar o projeto. 2. Gerenciamento do Escopo do projeto descreve os processos necessários para que o projeto contemple todo o trabalho requisitado, e nada mais que isto, com objetivo de conclusão do projeto com sucesso. Ele consiste nos processos de planejamento do escopo, definição do escopo, criação da EAP, verificação do escopo e controle do escopo. 3. Gerenciamento de Tempo do projeto descreve os processos que assegurem o término do projeto no prazo previsto. Ele consiste nos processos de definição das atividades, sequenciamento das atividades, estimativa de recursos das atividades, estimativa de duração das atividades, desenvolvimento do cronograma e controle do cronograma. 4. Gerenciamento de Custos do projeto engloba os processos que assegurem ao projeto ser completado dentro do orçamento previsto e acordado. Os processos que compõem esta área são estimativa de custos, orçamentação e controle de custos. 5. Gerenciamento da Qualidade do projeto descreve os processos envolvidos na garantia de que o projeto irá satisfazer os objetivos para os quais foi realizado. Ele é composto por planejamento da qualidade, realizar a garantia da qualidade e realizar o controle da qualidade.

25 25 6. Gerenciamento de Recursos Humanos do projeto descreve os processos que organizam e gerenciam a equipe do projeto, proporcionando a melhor utilização das pessoas envolvidas. Ele consiste nos processos de planejamento de recursos humanos, contratar ou mobilizar a equipe do projeto, desenvolver a equipe do projeto e gerenciar a equipe do projeto. 7. Gerenciamento de Aquisições (ou Suprimentos) do projeto descreve os processos que compram ou adquirem produtos, serviços ou resultados de organizações externas, além dos processos de gerenciamento de contratos. Os processos que compõem esta área são: planejar compras e aquisições, planejar contratações, solicitar respostas de fornecedores, selecionar fornecedores, administração de contrato e encerramento do contrato. 8. Gerenciamento das Comunicações do projeto descreve os processos relativos à geração, coleta, disseminação, armazenamento e destinação final das informações do projeto de forma oportuna e adequada. Ele é composto por planejamento das comunicações, distribuição das informações, relatório de desempenho e gerenciar as partes interessadas. 9. Gerenciamento de Riscos do projeto descreve os processos relativos à realização (identificação, análise e resposta) do gerenciamento de riscos em um projeto. Ele consiste nos processos de planejamento do gerenciamento de riscos, identificação de riscos, análise qualitativa de riscos, análise quantitativa de riscos, planejamento de respostas a riscos e monitoramento e controle de riscos. Cada área de conhecimento abrange diversos processos de gerenciamento de projetos. O agrupamento dos processos em áreas de conhecimento leva em conta a natureza e as características de cada processo. No PMBOK (2000), os processos são distribuídos em nove áreas de conhecimento, conforme descrito abaixo na Figura 03:

26 26 Figura 04 - Áreas x Processos Fonte: Araújo (2009) Das nove áreas descritas, este estudo tem sua delimitação nas áreas de Comunicação e Riscos e seus respectivos processos. Estas duas áreas tiveram atividades durante quase todo o ciclo de vida deste projeto de Implantação do SAP R/3, ocorrendo em maior ou menor escala, em todas as suas fases. Desta forma, para embasamento teórico, serão apresentadas nos itens a seguir (2.2 e 2.3 respectivamente) as definições e conceitos da Comunicação e de Riscos para que nos subitens e seja feito o detalhamento e a relevância dentro das áreas do Gerenciamento de Projetos. 2.2 COMUNICAÇÃO A palavra Comunicação deriva do latim communicare, cujo significado é tornar comum, partilhar, repartir, trocar opiniões. Comunicar implica participação (communicatio tem o sentido de participação), em interação, em troca de mensagens, em emissão ou recebimento de informações. (RABAÇA E BARBOSA, 1995).

27 27 Chaves et al. (2006) estabelece que a comunicação se utiliza da troca e da partilha capazes de promover a compreensão mútua, considerada como elemento essencial no gerenciamento de qualquer projeto. Para que exista comunicação é necessário que um emissor envie uma mensagem, através de um canal apropriado, para um receptor e que aquele se certifique que este de fato a recebeu (CARVALHO E RABECHINI, 2006). Portanto, para que qualquer modelo básico de comunicação seja eficaz é necessário que todos os itens envolvidos sejam definidos e entendidos por todos os usuários (Figura 04). Figura 05- Processo da Comunicação Fonte: Faleiro (2007) Os estudos da comunicação convencionaram elementos que participam e tornam possível o ato de comunicar. Algumas definições variam de acordo com a linha teórica adotada, porém as teorias mais aceitas identificam seis elementos no processo de comunicação: Emissor - É quem gera o processo e quem toma a iniciativa, ou seja, é o componente que emite uma mensagem para o receptor. Receptor - É quem recebe a mensagem. Ele deve receber e compreender a idéia que se quer passar. Mensagem - É o pensamento ou a idéia que o emissor pretende passar para o receptor. A mensagem significa conteúdo, é aquilo que é dito, escrito ou transmitido por símbolos ou sinais, e seu objetivo é gerar reações ou comportamentos. Código - É o conjunto de signos convencionais e sua sintaxe (ex.: a língua) utilizados na representação da mensagem, que devem ser total ou parcialmente comuns ao emissor e ao receptor. Desta forma, pode-se dizer que a codificação é

28 28 a tradução das mensagens ou ideias para uma linguagem que seja entendida pelo receptor. Meio - É o canal através do qual o emissor transmite a sua mensagem ao receptor. A comunicação se utiliza de vários canais (meios), cada um deles com suas particularidades em seu uso. Entre os mais utilizados podem ser citados os orais, os escritos, os eletrônicos e os digitais. Ruído É tudo aquilo que afeta e interfere na transmissão de uma mensagem. Reação - É o último processo da comunicação. Toda comunicação deve ter esse elemento como um dos seus objetivos para completar todo processo. Também conhecido como feedback, é a informação que o emissor obtém do receptor à sua mensagem, e serve para avaliar os resultados da emissão. Sem o feedback, o emissor não sabe se sua mensagem foi recebida e compreendida. Para que uma comunicação seja eficaz é preciso eliminar qualquer tipo de barreira que possa surgir e vir a dificultar ou até mesmo impedir a transmissão e o entendimento da mensagem. Segundo Chaves et al (2006), barreiras são elementos que causam interferência e distorção no processo de comunicação. Muitas destas barreiras surgem como consequência de indivíduos e grupos com diferentes graus de habilidade e conhecimento técnico, equipes e atividades geograficamente dispersas, políticas e regras de poder na organização bem como compreensão das exigências e soluções das várias partes interessadas no projeto Gerenciamento da Comunicação em Projetos De acordo com o PMBOK (2000), a gerência da Comunicação de projeto é definida como o conjunto de processos necessários para garantir de forma adequada a geração, coleta, a disseminação, o armazenamento e o descarte das informações de um projeto. Carvalho e Mirandola (2007) acrescentam que é preciso que competências estratégicas de comunicação sejam desenvolvidas para facilitar a interpretação da informação pelas partes envolvidas bem como possibilitar a criação de significados compartilhados. Conforme o PMI, os processos podem ser entendidos da seguinte forma: Planejamento das comunicações: processo onde as necessidades de informações e comunicações das partes interessadas são determinadas. Ou seja, determina as

PMI - PMBoK PMI PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. PMBoK PROJECT MANAGEMENT BODY OF KNOWLEDGE

PMI - PMBoK PMI PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. PMBoK PROJECT MANAGEMENT BODY OF KNOWLEDGE PMI - PMBoK PMI PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE PMBoK PROJECT MANAGEMENT BODY OF KNOWLEDGE 1 PMI- Project Management Institute Fundado nos Estudos Unidos em 1969; Instituto sem fins lucrativos, dedicado ao

Leia mais

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização 1 Tipos de SI Depende do tipo de apoio a ser oferecido Deve-se levar em consideração: Usuários operações (entrada +processamento + saída) destino

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão por Processos SAP Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: Agosto de 2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão por Processos SAP Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP Inscrições Abertas: Início das aulas: 25/05/2015 Término das aulas: Maio de 2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning

ERP Enterprise Resource Planning ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão Evolução dos SI s CRM OPERACIONAL TÁTICO OPERACIONAL ESTRATÉGICO TÁTICO ESTRATÉGICO OPERACIONAL TÁTICO ESTRATÉGICO SIT SIG SAE SAD ES EIS

Leia mais

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Tecnologia da Informação. O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge 58 4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge No Brasil, as metodologias mais difundidas são, além do QL, o método Zopp, o Marco Lógico do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Mapp da

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Riscos em Projetos de TI Baseado no PMBOK

Sistema de Gerenciamento de Riscos em Projetos de TI Baseado no PMBOK 180 - Encontro Anual de Tecnologia da Informação Sistema de Gerenciamento de Riscos em Projetos de TI Baseado no PMBOK Thiago Roberto Sarturi1, Evandro Preuss2 1 Pós-Graduação em Gestão de TI Universidade

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning ERP Enterprise Resources Planning A Era da Informação - TI GRI Information Resource Management -Informação Modo organizado do conhecimento para ser usado na gestão das empresas. - Sistemas de informação

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS Ana Carolina Freitas Teixeira¹ RESUMO O gerenciamento de projetos continua crescendo e cada

Leia mais

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Material de Apoio Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações.

Leia mais

Evolução dos sistemas ERP nas empresas

Evolução dos sistemas ERP nas empresas Evolução dos sistemas ERP nas empresas Aloísio André dos Santos (ITA) aloisio@mec.ita.br João Murta Alves (ITA) murta@mec.ita.br Resumo Os sistemas ERP são considerados uma evolução dos sistemas de administração

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos (ref. capítulos 1 a 3 PMBOK) TC045 Gerenciamento de Projetos Sergio Scheer - scheer@ufpr.br O que é Gerenciamento de Projetos? Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas

Leia mais

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público.

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Sérgio Ricardo Fortes 1 ; Ana Cristina Dalborgo 2 1 EMTU Rua Joaquim Casemiro, 290, Bairro Planalto São Bernardo do Campo-SP

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house ERP: Pacote Pronto versus Solução in house Introdução Com a disseminação da utilidade e dos ganhos em se informatizar e integrar os diversos departamentos de uma empresa com o uso de um ERP, algumas empresas

Leia mais

ERP. Agenda ERP. Enterprise Resource Planning. Origem Funcionalidades Integração Projeto Caso de Sucesso Projeto ERP em Números

ERP. Agenda ERP. Enterprise Resource Planning. Origem Funcionalidades Integração Projeto Caso de Sucesso Projeto ERP em Números ERP Enterprise Resource Planning 1 Agenda Origem Funcionalidades Integração Projeto Caso de Sucesso Projeto ERP em Números ERP Com o avanço da TI as empresas passaram a utilizar sistemas computacionais

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo IV Integração

Gerenciamento de Projetos Modulo IV Integração Gerenciamento de Projetos Modulo IV Integração Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento da Integração com metodologia PMBOK 30 h/a

Gerenciamento da Integração com metodologia PMBOK 30 h/a da Integração com 30 h/a Facundo Barbosa, MBA, PMP, ITIL, CSP 85 9444.9544 e 85 4005.5644 facunndo@mdb.com.br Slide 1 Metodologia Explanação Discussões em grupo Exercícios práticos Apresentação e estudo

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO @ribeirord FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br Sistemas de Informação Sistemas de Apoio às Operações Sistemas

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS Atualizado em 31/12/2015 GESTÃO DE PROJETOS PROJETO Para o PMBOK, projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

PMBok x PRINCE2. Flávia David de Oliveira Gomes. Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes. Víctor Hugo Rodrigues de Barros

PMBok x PRINCE2. Flávia David de Oliveira Gomes. Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes. Víctor Hugo Rodrigues de Barros PMBok x Flávia David de Oliveira Gomes Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel flavia@cp2ejr.com.br Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel guilherme@inatel.br

Leia mais

PMBOK/PMI Project Management Body of Knowledge. Gerenciamento de Projetos

PMBOK/PMI Project Management Body of Knowledge. Gerenciamento de Projetos PMBOK/PMI Project Management Body of Knowledge Gerenciamento de Projetos Organização de Projetos GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIOS GERENCIAMENTO DE PROGRAMA GERENCIAMENTO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE SUBPROJETOS

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

08/09/2011 GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS

08/09/2011 GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS GESTÃO DE PROJETOS Prof. Me. Luís Felipe Schilling "Escolha batalhas suficientemente grandes para importar, suficientemente pequenas para VENCER." Jonathan Kozol GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK 1 GERÊNCIA

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS: UMA COMPARAÇÃO ENTRE O PMBOK E A ISO-31000

GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS: UMA COMPARAÇÃO ENTRE O PMBOK E A ISO-31000 GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS: UMA COMPARAÇÃO ENTRE O E A -31000 Maildo Barros da Silva 1 e Fco.Rodrigo P. Cavalcanti 2 1 Universidade de Fortaleza (UNIFOR), Fortaleza-CE, Brasil phone: +55(85) 96193248,

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning

ERP Enterprise Resource Planning ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de Recursos da Empresa Sistema Integrado de Gestão Corporativa Prof. Francisco José Lopes Rodovalho 1 Um breve histórico sobre o surgimento do software ERP

Leia mais

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES MBA ARQUITETURA DE INTERIORES Coordenador: Carlos Russo Professor: Fábio Cavicchioli Netto, PMP 1 APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR CONHECENDO OS PARTICIPANTES EXPECTATIVAS DO GRUPO 2 SUMÁRIO PMI / PMBoK / Certificados

Leia mais

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos 3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos Este capítulo tem como objetivo a apresentação das principais ferramentas e metodologias de gerenciamento de riscos em projetos, as etapas do projeto onde o processo

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS P o r f.. E d E uar a d r o Oli l v i e v i e r i a

SISTEMAS INTEGRADOS P o r f.. E d E uar a d r o Oli l v i e v i e r i a SISTEMAS INTEGRADOS Prof. Eduardo Oliveira Bibliografia adotada: COLANGELO FILHO, Lúcio. Implantação de Sistemas ERP. São Paulo: Atlas, 2001. ISBN: 8522429936 LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane Price. Sistemas

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Gerenciamento das Comunicações

GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Gerenciamento das Comunicações GERENCIAMENTO DE PROJETOS Gerenciamento das Comunicações Gerenciamento das Comunicações Gerenciamento de Projetos Gerenciamento das Comunicações!!" #!$%& &#$%& '# # $(# ) Gerenciamento das Comunicações

Leia mais

Planejamento de sistemas de informação.

Planejamento de sistemas de informação. Planejamento de sistemas de informação. O planejamento de sistemas de informação e da tecnologia da informação é o processo de identificação das aplicações baseadas em computadores para apoiar a organização

Leia mais

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto?

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto? Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. Objetivos da aula 1) Dizer o que é gerenciamento de projetos e a sua importância; 2) Identificar os grupos de processos do gerenciamento de projetos

Leia mais

ERP (Enterprise Resource Planning) Planejamento dos Recursos da Empresa

ERP (Enterprise Resource Planning) Planejamento dos Recursos da Empresa Centro Universitário de Barra Mansa UBM Curso de Administração Tecnologia da Informação Aplicada à Administração ERP (Enterprise Resource Planning) Planejamento dos Recursos da Empresa Prof. M.Sc. Paulo

Leia mais

PMBOK 4ª Edição I. Introdução

PMBOK 4ª Edição I. Introdução PMBOK 4ª Edição I Introdução 1 PMBOK 4ª Edição Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos Seção I A estrutura do gerenciamento de projetos 2 O que é o PMBOK? ( Project Management Body of Knowledge

Leia mais

Sistemas ERP. Conceitos Iniciais

Sistemas ERP. Conceitos Iniciais Sistemas ERP Prof. Breno Barros Telles do Carmo Conceitos Iniciais Sistema de Informação adquirido em forma de pacotes comerciais de software que permite a integração de dados de sistemas de informação

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu. Gerenciamento de Projetos Web Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.br/frufrek Possui Especialização em Engenharia de Software e Banco de Dados pela

Leia mais

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Carlos Alberto Rovedder, Gustavo Zanini Kantorski Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus

Leia mais

Workshop PMBoK. Gerenciamento de Recursos Humanos

Workshop PMBoK. Gerenciamento de Recursos Humanos Workshop PMBoK Gerenciamento de Recursos Humanos Paulo H. Jayme Alves Departamento de Inovação Tecnológica - DeIT Janeiro de 2009 1 Envolvimento da equipe Os membros da equipe devem estar envolvidos: Em

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Alinhamento das expectativas; O por que diagnosticar; Fases do diagnóstico; Critérios de seleção para um ERP; O papel da

Leia mais

Como concluir um projeto com sucesso?

Como concluir um projeto com sucesso? Como concluir um projeto com sucesso? Luiz Eduardo Cunha, Eng. Professor da FAAP e do IMT 1 Luiz Eduardo Cunha Graduado em Engenharia de Produção EPUSP Pós-Graduado em Gestão do Conhecimento e Inteligência

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais Primeira Aula

Sistemas de Informação Gerenciais Primeira Aula Faculdade Pitágoras de Uberlândia Pós-graduação Sistemas de Informação Gerenciais Primeira Aula Prof. Me. Walteno Martins Parreira Júnior www.waltenomartins.com.br Maio -2013 Bibliografia básica LAUDON,

Leia mais

TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO

TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO Estratégia & Desempenho Empresarial Gerência de Análise e Acompanhamento de Projetos de Investimento Março 2010 SUMÁRIO 1. Introdução...

Leia mais

3. Metodologias de Gerenciamento de Riscos

3. Metodologias de Gerenciamento de Riscos 3. Metodologias de Gerenciamento de Riscos A complexidade que caracteriza a implantação de um sistema ERP é uma das maiores preocupações das organizações que pretendem desenvolver projetos desta natureza.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis MBA em Gestão de Projetos Gerenciamento de Projetos Prática essencial para gerar negócios sustentáveis Prof: Ângelo Braga, PMP, MBA angelo.braga@fgv.br eu@angelobraga.com.br 2/154 Contatos Prof. Ângelo

Leia mais

Aula 15. Tópicos Especiais I Sistemas de Informação. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr.

Aula 15. Tópicos Especiais I Sistemas de Informação. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. 15 Aula 15 Tópicos Especiais I Sistemas de Informação Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. Site Disciplina: http://fundti.blogspot.com.br/ Conceitos básicos sobre Sistemas de Informação Conceitos sobre Sistemas

Leia mais

MRP / MRP II / ERP (capítulos 11 e 12)

MRP / MRP II / ERP (capítulos 11 e 12) MRP / MRP II / ERP (capítulos 11 e 12) As siglas MRP, MRP II e ERP são bastante difundidas e significam: MRP Materials Requirements Planning Planejamento das Necessidades de Materiais; MRP II Resource

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo

Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo A metáfora bala de prata se aplica a qualquer ação que terá uma extrema

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - IETEC PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE - T05 Abril de 2014

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - IETEC PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE - T05 Abril de 2014 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - IETEC PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE - T05 Abril de 2014 1 Auditando uma implantação de ERP (Enterprise Resource Planning) em empresas

Leia mais

Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerenciamento de Comunicações. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerenciamento de Comunicações. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerenciamento de Comunicações Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Just to remember... Interação entre os processos segundo PMBOK... Cada processo

Leia mais

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01 ASPECTOS DE MUDANÇA CULTURAL

Leia mais

GERENCIANDO PROJETOS UTILIZANDO AS PRÁTICAS DO GUIA PMBOK

GERENCIANDO PROJETOS UTILIZANDO AS PRÁTICAS DO GUIA PMBOK GERENCIANDO PROJETOS UTILIZANDO AS PRÁTICAS DO GUIA PMBOK Ana Cristina Zanetti*, Ednei Ernesto Consiglio*, Oscar Sante Ruggiero*, Paulo Sergio Tio*, Wagner Faquim*, João Carlos Boyadjian** * Aluno do curso

Leia mais

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK http://www.sei.cmu.edu/ Prefácio do CMM Após várias décadas de promessas não cumpridas sobre ganhos de produtividade e qualidade na aplicação de novas metodologias

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO. Prof. Esp. Lucas Cruz

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO. Prof. Esp. Lucas Cruz SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Prof. Esp. Lucas Cruz SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Os SIs têm o objetivo de automatizar os diversos processos empresariais, visando aumentar o controle e a produtividade, bem

Leia mais

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança.

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança. EMC Consulting Estratégia visionária, resultados práticos Quando a informação se reúne, seu mundo avança. Alinhando TI aos objetivos de negócios. As decisões de TI de hoje devem basear-se em critérios

Leia mais

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Residência em Arquitetura de Software Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Desenvolvimento 2008.2 Faculdade de Computação

Leia mais

Visão Geral dos Sistemas de Informação

Visão Geral dos Sistemas de Informação Visão Geral dos Sistemas de Informação Existem muitos tipos de sistemas de informação no mundo real. Todos eles utilizam recursos de hardware, software, rede e pessoas para transformar os recursos de dados

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. "Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem." O que é um projeto? Prof. Me. Francisco César Vendrame. W.

GESTÃO DE PROJETOS. Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem. O que é um projeto? Prof. Me. Francisco César Vendrame. W. GESTÃO DE PROJETOS Prof. Me. Francisco César Vendrame "Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem." W. Shakespeare O que é um projeto? Projeto é um empreendimento não repetitivo (único), caracterizado

Leia mais

Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos

Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos Combining the ISO 10006 and PMBOK to ensure successful projects 1 Por Michael Stanleigh Tradução e adaptação para fins didáticos

Leia mais

PMBOK - Project Management Body of Knowledge - PORTUGUÊS

PMBOK - Project Management Body of Knowledge - PORTUGUÊS PMBOK - Project Management Body of Knowledge - PORTUGUÊS Sr(as) Gerentes de Projeto, O PMBOK, compilado pela expertise do PMI Project Management Institute, é a linha mestra que nos conduz ao conhecimento

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Planejamento e Gerenciamento

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Planejamento e Gerenciamento Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE Planejamento e Gerenciamento Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução; Pessoas, Produto, Processo e Projeto; Gerência de

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UMA PROPOSTA PARA GERENCIAMENTO DA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO BASEADO NOS PARÂMETROS DA METODOLOGIA PMI

DESENVOLVIMENTO DE UMA PROPOSTA PARA GERENCIAMENTO DA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO BASEADO NOS PARÂMETROS DA METODOLOGIA PMI UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA/AUTOMAÇÃO HENRY MEINELECKI BUENO BARBOSA LUCAS PEVIDOR DE CARVALHO CAVALLARI MURILO

Leia mais

ENTERPRISE RESOURCE PLANNING (ERP)

ENTERPRISE RESOURCE PLANNING (ERP) ENTERPRISE RESOURCE PLANNING (ERP) Um sistema ERP Enterprise Resource Planning (Planejamento dos Recursos da Empresa) é um pacote de software que tem por finalidade organizar, padronizar e integrar as

Leia mais

Palestra: Entrerprise Resource Planning - ERP

Palestra: Entrerprise Resource Planning - ERP Palestra: Entrerprise Resource Planning - ERP Ricardo Vilarim Formado em Administração de Empresas e MBA em Finanças Corporativas pela UFPE, Especialização em Gestão de Projetos pelo PMI-RJ/FIRJAN. Conceito

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Dimensões de análise dos SI Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br + Introdução n Os sistemas de informação são combinações das formas de trabalho, informações, pessoas

Leia mais

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3.

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3. 02m Conteúdo Apresentação do PMBOK Brasília, 25 de Junho de 2015 Fase 01 1.PMBOK e PMI 2. Conceitos 3.Processos Fase 02 4. Áreas de Conhecimento 10m Gerenciamento de Projetos Projeto A manifestação da

Leia mais

Conceituar projetos e a gerência de projetos. Conhecer a importância e os benefícios do gerenciamento de projetos Conhecer o PMI, o PMBOK, os grupos

Conceituar projetos e a gerência de projetos. Conhecer a importância e os benefícios do gerenciamento de projetos Conhecer o PMI, o PMBOK, os grupos Gestão de Projetos Empresariais Objetivos: Conceituar projetos e a gerência de projetos. Conhecer a importância e os benefícios do gerenciamento de projetos Conhecer o PMI, o PMBOK, os grupos de processos

Leia mais

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 29 3.1 GERENCIAMENTO DO ESCOPO O Gerenciamento do Escopo do Projeto engloba os processos necessários para assegurar que o projeto inclua todas

Leia mais

Módulo: Empreendedorismo Gestão de Projetos. Agenda da Teleaula. Vídeo. Logística 28/8/2012

Módulo: Empreendedorismo Gestão de Projetos. Agenda da Teleaula. Vídeo. Logística 28/8/2012 Logística Profª. Paula Emiko Kuwamoto Módulo: Empreendedorismo Gestão de Projetos Agenda da Teleaula Reforçar a importância dos projetos no cenário atual. Apresentar os principais conceitos envolvendo

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning História

ERP Enterprise Resource Planning História ERP (Enterprise Resource Planning, Planejamento (ou planeamento, em Portugal) de Recursos Empresariais) são sistemas de informações transacionais(oltp) cuja função é armazenar, processar e organizar as

Leia mais

SISTEMAS ERP ENTERPRISE RESOURCES PLANNING

SISTEMAS ERP ENTERPRISE RESOURCES PLANNING SISTEMAS ERP ENTERPRISE RESOURCES PLANNING SISTEMAS ERP ENTERPRISE RESOURCEES PLANNING O ERP (Planejamento de Recursos Empresariais) consiste num sistema interfuncional que tem por missão integrar e automatizar

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 03)

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 03) Prof. Breno Leonardo Gomes de Menezes Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 03) 1 ERP Sistema para gestão dos recursos administrativos-financeiros,

Leia mais

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO GERÊNCIA DO ESCOPO GERÊNCIA DO TEMPO GERÊNCIA DE CUSTO GERÊNCIA DA QUALIDADE Desenvolvimento do Plano

Leia mais

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto PMBOK 4ª Edição III O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto 1 PMBOK 4ª Edição III Processos de gerenciamento de projetos de um projeto 2 Processos de gerenciamento de projetos de um projeto

Leia mais

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

Jonas de Souza H2W SYSTEMS

Jonas de Souza H2W SYSTEMS Jonas de Souza H2W SYSTEMS 1 Tecnólogo em Informática Fatec Jundiaí MBA em Gerenciamento de Projetos FGV Project Management Professional PMI Mestrando em Tecnologia UNICAMP Metodologia de apoio à aquisição

Leia mais

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Uma visão abrangente dos negócios Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Negócios sem barreiras O fenômeno da globalização tornou o mercado mais interconectado e rico em oportunidades.

Leia mais

A estrutura do gerenciamento de projetos

A estrutura do gerenciamento de projetos A estrutura do gerenciamento de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Para as corporações, as mudanças são absorvidas pelas equipes internas, envolvendo tecnologia, contabilidade, logística

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO Temporário: significa que cada projeto tem um início e um fim muito bem definidos. Um projeto é fundamentalmente diferente: porque ele termina quando seus objetivos propostos

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1.1 2003 by Prentice Hall Sistemas de Informação José Celso Freire Junior Engenheiro Eletricista (UFRJ) Mestre em Sistemas Digitais (USP) Doutor em Engenharia de Software (Universit(

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010 Enterprise Resource Planning - ERP Objetivo da Aula Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 2 1 Sumário Informação & TI Sistemas Legados ERP Classificação Módulos Medidas

Leia mais

1. Introdução. 1.1. A história do ERP

1. Introdução. 1.1. A história do ERP 1. Introdução Podemos definir os sistemas ERP como sistemas de informação integrados na forma de um pacote de software que tem a finalidade de dar suporte à maioria das operações de uma organização. A

Leia mais

2. Gerenciamento de projetos

2. Gerenciamento de projetos 2. Gerenciamento de projetos Este capítulo contém conceitos e definições gerais sobre gerenciamento de projetos, assim como as principais características e funções relevantes reconhecidas como úteis em

Leia mais

SAP RECURSOS HUMANOS O curso completo abrange quatro módulos:

SAP RECURSOS HUMANOS O curso completo abrange quatro módulos: SAP RECURSOS HUMANOS O curso completo abrange quatro módulos: - SAP FOUNDATIONS (40 horas EAD) - HR Recursos humanos (40 horas presenciais), tendo como pré requisito o módulo SAP FOUNDATIONS * - BPM Business

Leia mais

BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DE CONHECIMENTO PARA MELHORAR RESULTADOS DE PROJETOS

BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DE CONHECIMENTO PARA MELHORAR RESULTADOS DE PROJETOS BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DE CONHECIMENTO PARA MELHORAR RESULTADOS DE PROJETOS Marcela Souto Castro (UFF ) idearconsultoria@gmail.com Jose Rodrigues de Farias Filho (UFF ) rodrigues@labceo.uff.br Arnaldo

Leia mais

PEN - Processo de Entendimento das Necessidades de Negócio Versão 1.4.0

PEN - Processo de Entendimento das Necessidades de Negócio Versão 1.4.0 PEN - Processo de Entendimento das Necessidades de Negócio Versão 1.4.0 Banco Central do Brasil, 2015 Página 1 de 14 Índice 1. FLUXO DO PEN - PROCESSO DE ENTENDIMENTO DAS NECESSIDADES DE NEGÓCIO... 3 2.

Leia mais