Enterprise Resource Planning (ERP) utilizando software livre: Alternativa para pequenas e médias empresas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Enterprise Resource Planning (ERP) utilizando software livre: Alternativa para pequenas e médias empresas"

Transcrição

1 Enterprise Resource Planning (ERP) utilizando software livre: Alternativa para pequenas e médias empresas Anderson de Faro Silva 1, George Leite Junior 2, Rui de Amaral Flexa 3 RESUMO O uso de Enterprise Resource Planning (ERP) por empresas de pequeno e médio porte é um grande diferencial para o controle e tomada de decisão, mas na visão do pequeno empresário ter esse tipo de sistema a sua disposição parece algo fora de sua realidade financeira, nesse trabalho será apresentado o historio do surgimento do Sistema Integrado de Gestão (SIG) nas organizações, vantagens, desvantagens e os cuidados que se deve tomar na hora de escolher o software. Será apresentada alternativa de programas para atender a necessidades desses empresários a um custo de aquisição bem inferior a soluções proprietárias que são usadas pelas grandes empresas. Os softwares apresentados podem ser usados e distribuídos de forma gratuita por serem desenvolvidos sobre as regras da GPL (General Public License). Além de ser oferecido suporte por empresas especializadas para: adequação, implantação, consultoria e suporte. Uma das soluções apresentadas é brasileira e segue as regras fiscais e contábeis do país. PALAVRAS-CHAVE: Enterprise Resource Planning; General Public License; Software ABSTRACT The use of Enterprise Resource Planning (ERP) for small and medium businesses is a big difference for the control and decision making, but in view of small business have this type of system at your disposal is like something out of their financial circumstances, this work will be presented the historiography of the emergence of the Integrated Management System (GIS) in organizations, advantages, disadvantages 1 Aluno do Curso de Ciência da Computação Universidade Tiradentes (UNIT) 2 Professor Orientador do Curso de Ciência da Computação Universidade Tiradentes (UNIT) 3 Co-orientador e componente da banca formado em Sistemas da Informação Universidade Tiradentes (UNIT)

2 and care must be taken when choosing the software. Will be presented alternative programs to meet the needs of entrepreneurs at a cost much lower than proprietary solutions that are used by large companies. The software presented can be used and distributed for free by being carried on the rules of the GPL (General Public License).Besides being supported by specialized companies for adequacy, implementation, consulting and support. One of the solutions presented is Brazilian and follow the tax rules and accounting of the country. KEYWORDS: Enterprise Resource Planning; General Public License; Software 1. Introdução Com o avanço das tecnologias e a necessidade cada vez maior das empresas acompanharem tudo que acontece no cenário mundial para se tornarem competitivas com empresas de qualquer região do mundo as organizações vem investindo em tecnologias para auxiliar nas tomadas de decisões críticas. Uma das soluções mais adotadas no momento é o uso de Enterprise Resource Planning (ERP) pelas grandes empresas desde os anos noventa do século passado inserindo nas organizações o uso de Sistema de Gestão Integrada (SIG) como é conhecido mo Brasil, para o melhor gerenciamento dos processos da empresa e ter informações gerenciais em tempo real. Ao longo dos anos vem surgindo softwares para atender as necessidades das empresas de pequeno e médio porte que não possui recursos para adquirir uma solução ERP proprietária pelo seu alto custo de aquisição e manutenção. Como alternativa para essas empresas já existe soluções em Software Livre. Entre as ferramentas mais usadas no Brasil estão: OpenBravo e Freedom ERP. São ferramentas com perfis diferentes, mas que podem atender a necessidades das organizações.

3 2. Precursores ERP 2.1 MRP O MRP nasceu das necessidades das instituições em ter um melhor controle dos fornecimentos. Não só a quantidade do que era solicitado, mas também o momento certo e a quantidade certa a ser requerida de acordo com o histórico dos pedidos anteriores desses produtos, resultando em uma melhor escolha dos fornecedores. Os materiais que se tinham maior controle nas empresas são os insumos, que por sua vez não podem faltar na empresa por serem produtos básicos para fabricação dos produtos finais comercializados na companhia. Os primeiros MRPs que surgiram foi na década de 50 e até o inicio da década de 70 já se somavam mais de 150 softwares. Esses sistemas só eram usados por empresas de grande porte, devido ao seu alto custo de aquisição e manutenção. 2.2 MRP II A partir dos anos 70 as empresas sentiram a necessidade de melhorar seus sistemas e começaram a gerenciar o processo de produção das empresas de uma forma mais abrangente. Começa a partir daí um novo marco para a história do SIG (Sistema de Gerenciamento Integrado) nasce o MRP II, agora mais completo. Atendendo não só gestão de pedidos (compra e venda de produtos) pela empresa, mas controlando todas as etapas de fabricação dos produtos acabados, melhorando a produção da empresa com base em tudo que a companhia tem a sua disposição. Desde as matériasprimas necessárias pra os produtos como a mão-de-obra a disposição da empresa e como tirar o melhor proveito dela. Com o gerenciamento dos fornecimentos de matérias paras as empresas surgiu à necessidade de um melhor controle do estoque das companhias. Não somente dos produtos que eram adquiridos pela empresa, mas, também de tudo que ela produzia e não acabar deixa a empresa com um volume muito grande de seu capital parado. A boa gerencia de estoque é algo muito importante para uma empresa. Porque um estoque mal gerenciado pode acarretar uma grande perda para a empresa. Mas a grande pergunta para as organizações é: Quanto devo possuir de material estocável, como devo dividir os materiais?

4 Os materiais estocáveis são divididos em quatro grupos: Matériasprimas, produtos fabricados internamente, produtos semi-acabados e produtos acabados. 3. ERP 3.1 Conceito O ERP surgiu da necessidade de integração entre as áreas de uma empresa. Diferente do que acontece no MRP II, o qual controla as áreas de produção e gerenciamento de estoque, o ERP abrange áreas como: Produção, Controle de Estoque, faturamento, contas a pagar, contas a receber, entre outros. Todos esses módulos trabalham de forma integrada usando uma única base de dados. Evitando que dados redundantes sejam inseridos na base em sistemas diferentes. A implantação do ERP é algo que tem que ser feito de forma muito cautelosa e preocupada com todas as áreas da companhia que serão afetadas. Principalmente o gerenciamento dos processos, pois uma decisão tomada de forma errada ira impactar em toda companhia. Desde a produção até o faturamento dos produtos. Hoje no mercado existem diversas opções de softwares para atender essa demanda das empresas para melhor gerenciamento das informações das companhias e manutenção das informações. Um bom exemplo disso é o SAP, atualmente o principal software usado pelas grandes empresas para integração e gerenciamento das informações. Mas este software possui uma grande barreira, o seu alto custo de aquisição e manutenção. Em contrapartida, vem surgindo varias opções para atender as necessidades de empresas menores (pequeno e médio porte) que devem se modernizar e se tornar com isso mais competitivas no mercado globalizado. Para estas empresas existem aplicações como: OpenBravo e Freedom ERP que foram desenvolvidas com o uso de softwares livres e que vem crescendo muito a cada dia. Mas, por serem softwares livres tem que se ter um grande cuidado na implantação dos mesmos. Um dos principais cuidados

5 que deve ser tomado são as adequações das regras contábeis e fiscais que devem está adequada para o país que a empresa atua. Para resolver esse problema existem empresas especializadas que oferecem suporte a varias opções de ferramentas disponíveis no mercado para adequação das regras fiscais brasileiras. E que presta consultoria para implantação de ERP para os diversos tipos de empresa. 3.2 Vantagens e Benefícios A implantação de ERP é algo vem sendo discutido em todas as empresas de diferentes tamanhos, e que a grande pergunta par a maioria dos membros da diretoria da empresa é: Quais os benefícios que a implantação de ERP ira trazer para a companhia? Uma empresa independente de seu porte tem que está preparada para competir não só na região onde esta localizada. Mas com todo o mercado globalizado e para isso as empresa precisam ter as informações e empresa de forma automática para poder prever melhor em quais áreas ou locais s empresas deve investir seu recursos e a mão-de-obra disponível. Mas para ter o retorno esperado pela empresa a implantação de um software ERP deve ter os seguintes passos bem definidos: Especificação dos processos, adoção de boas práticas, fazer uso de base de dados unificada. Especificação dos processos: Este é um passo importante para o bom resultado do ERP, isso é um grande dilema para as pequenas empresas. Que na maioria dos casos não possui esses passos bem definido. Estas especificações devem envolver todos os níveis de tarefas desde as mais complexas aos mais simples. Adoção de boas práticas: Essa uma discussão que deve se tomar muito cuidado ao defini-las, porque a boa prática para uma empresa pode não trazer o mesmo beneficio para outra. Este software no geral vem com a maioria de possibilidades que ao logo do tempo foram incorporadas com o amadurecimento da ferramenta e a empresa tem

6 que escolher qual delas se encaixa melhor asuas necessidades ou solicitar o ajusta da que melhor se encaixa. Uso de base de dados única: Esse é um artifício incorporado ao ERP que por ser um conjunto de sistemas integrados todos os módulos se comunicam entre se evitando redundância de dados e melhorando o controle das informações criticas para a empresa. 3.3 Aplicabilidade e Mercado O mercado de ERP vem obtendo crescimento continua desde os anos noventa e em 2009 teve um crescimento de 17% em comparação ao ano de 2008, pensando na continuidade de crescimento desse mercado as empresas que vendem soluções em ERP vem oferecendo serviços para tornar as soluções mais acessíveis para empresas de pequeno porte vendo as soluções por módulo e oferecendo serviços de hardware para que as empresas que venham a adquirir o serviço não tenham a necessidade de investir também em infra-estrutura de TI reduzindo custo na aquisição e manutenção de hardwares. Em contrapartida as empresas pagam uma mensalidade para a companhia prestadora do serviço, para manutenção do software, controle de backups, antivírus, firewall, monitoramento, suporte e manutenção. Essa opção serviços que as empresas de ERP vem oferecendo vem chamando muito a atenção das empresas de pequeno porte e o que contribuiu com o crescimento acentuado dos Sistemas Interados ao longo dos anos, mesmo com a crise que aconteceu recentemente os impactos nessa área pouco afetou seu crescimento. 4. Ferramentas de ERP baseados em Software Livre 4.1 Introdução Com as empresas cada vez mais participando do mercado globalizado e com a necessidade das companhias deterem um melhor controle das informações dos setores, se torna cada vez mais necessário o uso de

7 sistemas integrados para melhor gerenciar todos os processos de organizações de pequeno e médio porte. Com o uso de ERP as empresas podem se planejar melhor, tomar decisões quando cada setor precisa de algum tipo de investimento ou mesmo esta passando por algum novo desafio. Essa é algumas das varias situações que um ERP pode ajudar essas empresas no seu crescimento. Mas a implantação de um Sistema de Gestão Empresarial (SGE) é algo que tem que ser planejado com muita cautela, e que só pode da o retorno desejado quando se planeja a logo prazo. O maior desafio para a utilização desses softwares em pequenas companhias é a falta do gerenciamento de processos que existe. Para a incorporação de um SGE nessas empresas o primeiro passo é a definição dos processos ou ajustar o que já existe ao que propõem a ferramenta escolhida como forma de redução de custo de aquisição e manutenção desses aplicativos. A utilização desses softwares livres vem trazer todos os benefícios que grandes organizações tanto comerciais como industriais já possuem o seu alcance. 4.2 Porque Software Livre Já existem varias opções de programas a disposição das companhias de formas livre. Tem que se tomar um cuidado muito grande quando se fala em ferramentas livres. As pessoas confundem o fato de ser livre e ser gratuito. Existem grandes diferenças, os softwares livres são disponibilizados para a comunidade tanto o software pronto para uso como seu código-fonte para que possa ser feita melhorias na ferramenta. Uma ferramenta livre uma vezes registrada pelo GPL (General Public License) não pode ser registrado como software proprietário e o direito autoral dos desenvolvedores deve ser mantido. O fato de ferramenta ser livre não significa que o desenvolvedor não possa cobrar pela distribuição do software, o que é garantido para quem

8 adquire esse tipo de sistema é a liberdade de melhorá-lo e redistribuir o que foi modificado da forma que preferir. Mas porque usar ERP livre? O uso de ERP livre foi observado pelo fato de empresas de pequeno e médio porte não ter condições de fazer a aquisição de sistemas ERP de grande porte pelo alto custo de aquisição e manutenção. Mas é necessário que se tome muito cuidado ao se adquirir uma ferramenta livre, fazer pesquisas do uso dessas ferramentas, casos de sucesso, se no país é dado suporte ao software, possui alguma empresa que ofereça suporte ao aplicativo para adequação do software para as regras brasileiras no caso de sistema que são desenvolvidos no padrão internacional ou no caso de softwares brasileiros e que ao longo do tempo venham a necessitar ajustar suas regras. 4.3 OpenBravo A primeira ferramenta que será observada no estudo de caso a seguir é o OpenBravo, está é uma opção para empresas de médio porte por considerar a necessidade de suporte e por ter a opção de migração dos dados entre versões do software que a empresa já possui. A preocupação quanto ao suporte para essa ferramenta é o fato de que por ser uma ferramenta criada dentro dos padrões internacionais algumas regras precisam ser ajustada para atender as necessidades fiscais e contábeis do Brasil. No Brasil existem empresas que oferecem suporte ao OpenBravo, algumas das soluções que as empresas fornecem são: Pacote de tradução, configuração do OpenBravo nos S.O (Linux e Windows), Carga de NCM, Configuração de campos customizados (CPF e CNPJ) e suas respectivas validações, Configuração de Inscrição Estadual, entre outras. Além de todos os pacotes disponíveis as empresas disponibilizam equipes para acompanhar o processo de implantação do ERP na companhia.

9 Para a configuração do OpenBravo é algo fácil de ser feito para usuários da distribuição Ubuntu, existe um repositórios pronto disponível no site do projeto para a instalação do ERP, são pré-requisitos os softwares: PostgreSQL, Oracle JDK, Apache Tomcat, Apache Ant. A partir da versão 2.5 também e dado suporte para o SGBD Oracle. Para quem prefere trabalhar com os sistemas operacionais Windows pode ser feita a configuração do mesmo bastando instalar os pré-requisitos exigidos e fazendo a instalação do ERP através do executável disponível no site do projeto (openbravo.com). Para o caso de uso foi usado a opção de instalação e configuração do OpenBravo através do repositório do site, a configuração foi feita na versão do Ubuntu numa máquina virtual com 8 GB de HD e 1 GB de memória RAM. 4.4 Freedom A outra ferramenta que será abordada no estudo de caso é o Freedom ERP, esse sistema é hoje o mais usado nas pequenas empresas. É um software brasileiro, sua principal vantagem é o fato do mesmo ser desenvolvido usando as regras fiscais e contábeis brasileiras. A empresa desenvolvedora vem dando suporte e oferecendo curso para as pessoas interessadas no sistema. Possui uma comunidade bastante ativa e que na medida do possível vai resolvendo os problemas que os usuários vêem repassando através do fórum e o desenvolvimento de novas funcionalidades sugeridas pelos usuários. A ferramenta é bastante simples para instalação, e encontra-se material facilmente na internet. Algumas parametrizações básicas para o sistema estão disponíveis no youtube.com. O fato de a ferramenta ser desenvolvida dentro dos padrões brasileiros faz com que os usuários tenham uma melhor aceitação. Diferente do acontece com os ERPs livres que são produzidos com padrões internacionais

10 e que as empresas acabam pagando por suporte ou montando uma equipe própria para trabalhar na customização da ferramenta. Isso acaba reduzindo bastante o custo para implantação deste software em empresas de pequeno porte. O sistema é todo desenvolvido em Java Swing e usa o banco de dados Firebird 1.5 Server. Para fazer uso do ERP basta descompactar o arquivo que está disponível no site do projeto. Os pré-requisitos para a instalação do Freedom ERP são: A instalação da JVM (Java Virtual Machine) e a instalação do Firebird no computador. Para a configuração das máquinas que irão trabalhar com a ferramenta basta seguir os mesmos passos da implantação do sistema. A única diferença é que o arquivo de configuração do banco dados deve apontar para a máquina servidora e não é necessária a instalação do Firebird na máquina cliente. Para os usuários que preferem usar o que há de mais novo do Freedom ERP tem a opção de baixar o código-fonte direto do seu repositório. Existem varias versões de repositórios disponíveis, algumas delas já são versões finalizadas e existe outro que possui tudo que está sendo desenvolvido e corrigido. Esses repositórios podem ser encontrados no link: Para quem preferir baixar o código-fonte existe tutorial disponível no fórum do Freedom ERP explicando como deve ser feito o processo de configuração da IDE Eclipse e compilaçãodo projeto. Para fazer testes com essa ferramenta foi usada a versão do Ubuntu e o Firebird 1.5, essa versão do Firebird é a recomendada pela empresa mantedora do ERP, pois a versão mais nova do Banco de Dados ainda não foi homologada. Foi usado o diretório /opt do Linux para descompactar os dados. Um erro que aconteceu ao se trabalhar com esse caminho que é o recomendado para implantação do sistema observou-se que foi necessário mudar a permissão do diretório (Firebird) para o usuário e grupo firebird para que o banco de dados possa fazer a leitura e escrita dos dados na base. Para fazer o uso do ERP foi baixada a versão mais nova do que existe disponível no momento do checkout do trunk. Todas as etapas do processo

11 de configuração do Eclipse e implantação foram seguidas a partir das recomendações feitas pelos usuários da comunidade oficial do software. 5. Estudo de Caso 5.1 Contextualização O estudo de caso será feito usando uma empresa fictícia de distribuição de cosméticos (Distribuidora de Cosmético Sergipe). A empresa ira fazer a venda e distribuição dos produtos no varejo. A simulação de implantação na Distribuidora de Cosmético Sergipe será feita de uma forma genérica, o intuito desse trabalho é mostra a funcionalidades que as ferramentas podem oferecer, e não trazer uma solução para as empresas, até porque o ERP deve ser configurado de acordo com o perfil de cada empresa e quais são as etapas dos processos definido pelos seus gestores. Por ser um processo muito complexo e que pode chegar a demorar 1 (um) ano dependendo do porte da empresa e de como estão definidas as etapas de seus processos. Somente as funcionalidades básicas serão mostradas ao logo de todo trabalho, além de alguns módulos precisarem do auxilio de pessoas especializadas para auxiliar na parametrização do ERP. Outro obstáculo encontrado na situação que será abordada pelo estudo de caso é o fato das ferramentas não possuírem muitas documentações disponíveis na internet. Maiores detalhes sobre os desafios encontrados com a ferramenta serão mais detalhada nos itens: 5.2.3, 5.2.4, e que são referentes às vantagens e desvantagens de cada ferramenta estudada. Será feita a implantação de2 (duas) ferramentas ERP estudadas para analisar qual delas melhor atendera a necessidade de empresa de pequeno porte. O foco dessa implantação é observar os benefícios que o software ira trazer para a empresa simulada e como será feito o gerenciamento dos setores. É importante ressaltar que o processo de implantação de uma ferramenta ERP é algo que é demorado pelo fato da maioria da empresas de

12 pequeno porte não possuir seus processos bem definidos e por grande parte das empresas prefere ajustar seus processos as necessidades da ferramenta a customizar o software para atender suas necessidades para redução do custo de implantação. Nesse estudo de caso o modulo de produção não será usado pelo feto do perfil da empresa estudado não produz seus produtos, só é feita revenda e distribuição de produtos fornecidos por empresas que manufaturam cosméticos para comercialização em todo território brasileiro. Em contrapartida o módulo de gerenciamento de estoque devera ser muito bem monitorado pelas pessoas responsáveis pela requisição e controle do fluxo de entrada/saída do estoque. Para evitar que a empresa não tenha dinheiro parado (estoque em excesso)e evitar falta dos produtos comercializados pela empresa. Outro módulo que será apresentado é o financeiro, que ficara responsável para monitorar todas as contas a pagar e receber da empresa. Fazendo com que a empresa possa melhor gerenciar o fluxo de caixa da companhia podendo com isso negocias dividas com seus fornecedores e credores, avaliar o momento certo para fazer investimentos. O módulo de pronto de venda (PDV) também será abordado, através desse módulo que é registrada todas as saídas da empresa. Esse módulo faz o registro de todas as vendas e contabilizada essas saídas do estoque da companhia. Serão usados os módulos de: Cadastro de produtos/serviços Gerenciamento de estoque Cadastro de clientes Cadastro de fornecedores Registro de venda (PDV)

13 5.2 OpenBravo Caractéristicas OpenBravo é uma solução para pequenas e medias empresas líder de mercado na Europa, é um sistema totalmente desenvolvido para web usando a tecnologia Java e SGBD PostgreSQL. A partir da versão 2.5 do sistema foi adicionado o suporte ao SGBD Oracle. Aos poucos o OpenBravo vem crescendo no Brasil e ainda não teve uma aceitação maior por parte das empresas por ser um software relativamente novo no mercado. Já existem empresas que oferecem suporte ao sistema no país e que disponibiliza vários pacotes para ajustar a ferramenta para os padrões brasileiros. Um grande diferencial que foi encontrado no OpenBravo e que é bastante interessante é o começo foi bastante problemático foi o fato de que ao instalar novos módulos ou re-compilar o sistemas ocorrer alguma falha a ferramenta impede o acesso de qualquer login. Permitindo o acesso somente para o usuário padrão OpenBravo para poder fazer as correções necessárias para o sistema volta a sua normalidade. Figura 1 - Módulos OpenBravo ERP Fonte: Os módulos que estão disponíveis no ERP são: Dados Mestres, Compras, Logística, Serviços e Projetos, Produção, Comercial e CRM e Financeiro (Contas a pagar e Contas a receber).

14 A ferramenta também possui um modulo chamado de OpenBravo POS. O modulo é responsável pela demanda de varejo e do suporte a tela sensível ao toque. O modulo vem separado do ERP, pois pode ser feito uso somente do POS ou ERP de forma separada ou pode ser feita a integração dos dois sistemas. O modulo POS é todo desenvolvido na tecnologia Java Swing e do suporte a maioria dos hardwares já está disponível e o modulo de restaurante está disponível e do suporte a telas touch screen. Apesar da ferramenta Open POS está sendo comentada no trabalho a mesma não será analisado, nenhum estudo da mesma será feito. São disponibilizados vários módulos para vários tipos de empresas, entre eles está o módulo educacional voltado para estabelecimento de ensino. Alguns desses módulos são liberados para downloads e outros possuem um valor agregado para aquisição do mesmo. Lembrando que pelo fato de se trabalhar com software livre ao se adquirir um desses módulos mesmos que sejam pagos os desenvolvedores do mesmo tem que disponibilizar o código-fonte. Um software uma vez livre não pode ter seu código fechado e a pessoa que o adquirir pode usar a ferramenta da forma que achar melhor Vantagens Os módulos que estão disponíveis no ERP são: Dados Mestres, Compras, Logística, Serviços e Projetos, Produção, Comercial e CRM e Financeiro (Contas a pagar e Contas a receber). A ferramenta também possui um modulo chamado de OpenBravo POS. O modulo é responsável pela demanda de varejo e do suporte a tela sensível ao toque. O modulo vem separado do ERP, pois pode ser feito uso somente do POS ou ERP de forma separada ou pode ser feita a integração dos dois sistemas. O modulo POS é todo desenvolvido na tecnologia Java Swing edo suporte a maioria dos hardwares já está disponível e o modulo de restaurante está disponível e do suporte a telas touch screen. Apesar da ferramenta Open POS está sendo comentada no trabalho a mesma não será analisado, nenhum estudo da mesma será feito.

15 São disponibilizados vários módulos para vários tipos de empresas, entre eles está o módulo educacional voltado para estabelecimento de ensino. Alguns desses módulos são liberados para downloads e outros possuem um valor agregado para aquisição do mesmo. Lembrando que pelo fato de se trabalhar com software livre ao se adquirir um desses módulos mesmos que sejam pagos os desenvolvedores do mesmo tem que disponibilizar o código-fonte. Um software uma vez livre não pode ter seu código fechado e a pessoa que o adquirir pode usar a ferramenta da forma que achar melhor Desvantagens Versão original do sistema desenvolvido com base nas regras fiscais e contábeis européias. Dificuldade de encontrar documentação com as parametrizações básica para o ERP. Dificuldade para encontrar materiais para configuração do Eclipse para as pessoas que querem fazer as melhorias ou para estudar o códigofonte. Dificuldade de uso da ferramenta por pessoas iniciantes ou com pouca experiência. 5.3 Freedom ERP Características O Freedom ERP é atualmente o sistema mais usado no Brasil, o principal diferencial dessa ferramenta em relação a seus concorrentes é o fato de trabalhar com as regras fiscais e contábeis brasileiras. Diferente do que acontece no OpenBravo, que o modulo de gerencia do caixa é algo a parte conhecido como OpenBravo POS. Esta ferramenta já possui o sistema de PDV (como é mais conhecido) integrado ao ERP. O sistema tem os módulos de: PDV, Fiscal, Contábil, Contas a pagar, contas a receber, estoque, controle de entrada e saída. O sistema fiscal tem suporte à geração da declaração Sintegra que é uma das declarações

16 obrigatórias que as empresas devem entregar mensalmente a Secretária da Fazenda do seu estado. A versão usada para o estudo de caso é a Standard. Para os desenvolvedores que quiserem conhecer melhor a ferramenta ou quer contribuir com seu desenvolvimento existem repositórios disponíveis tanto para a versão que esta sendo desenvolvida como pode ser baixada as versões que já foram finalizadas. Existe uma versão mais completa para o Freedom ERP, mas a aquisição da mesma é feita com a contratação do suporte da empresa mantedora do projeto atualmente que é a SetPoint Informática Ltda. que vende suporte a ferramenta desde 2003 e fornece treinamentos para as pessoas que desejam aprofundar seu conhecimento quanto a ferramenta. Os principais diferenciais entre a versão Standard e a versão completa está em: Melhorias no modulo de PDV, Modulo Financeiro (Conta a pagar e Contas a receber). Também existem 2 (dois) módulos que não estão disponíveis na versão standard: Modulo de produção e o CRM. O modulo CRM é responsável pela gerencia do relacionamento da empresa com seus clientes. A Setpoint oferece outras opções de softwares para integração ao Freedom ERP, umas das opções disponíveis no momento é o Software Setpoint-NFe. Está é uma boa opção para quem quer se adequar as novas leis fiscais brasileiras e optar pelo uso de notas fiscais eletrônicas. Essa é uma ferramenta bastante completa e que esta sofrendo melhorias constantemente e acessível para pessoas que querem usar a ferramenta de forma independente, já que a mesma já está toda preparada dentro das regras brasileira Vantagens Sistema desenvolvido na tecnologia Java, dando suporte a múltiplas plataformas. Ótimo para empresas novas e que não podem investir em suporte na fase inicial de implantação do ERP. Comunidade bastante ativa na internet.

17 Materiais para configuração da ferramenta pode ser encontrados na internet ou no fórum da ferramenta. Não necessita de máquina muito robusta para um bom desempenho Desvantagem Ferramenta desenvolvida para desktop A versão mais atual do ERP vem com os JARs desatualizados, necessidade de baixar o código-fonte e fazer a compilação na IDE Eclipse. Fragmentação muito grande dos processos no software, dificultando o entendimento para iniciantes na ferramenta. O maior obstáculo para implantação do Freedom ERP foi o cadastro de produtos As mensagens de erro do software não são claras dificultando a forma como os usuários devem agir com os erros. Ao trabalhar com a ferramenta foi encontrado vários bugs, um deles está na consulta de pedidos. 5.4 Comparativo OpenBravo Vs Freedom ERP OpenBravo ERP Freedom ERP Tecnologia Java Java Banco de dados Oracle, PostgreSQL Firebird Interface WEB Desktop Multiplataforma Sim Sim Atende as regras Não Sim contábeis e fiscais do Brasil Forum Brasileiro Não Sim Integração com NF-e Não Sim Usabilidade Não Sim 6. Considerações Finais Em ambas as ferramentas foram encontradas muitos obstáculos inicialmente pelo fato das ferramentas tratarem a suas regras de formas bem distintas, mas no caso do Freedom ERP por ter mais facilidade para encontrar

18 matérias sobre a ferramenta e ter um fórum sobre o ERP disponível facilitou muito o estudo, a ferramenta foi construída dentro das regras brasileiras e possui outras ferramentas para integração é o caso de nota fiscal eletrônica que já se encontra disponível, mas, que não foi apresentada. Já no uso do OpenBravo ERP alguns materiais no inicio foram encontrados de como fazer a configuração da ferramenta que é bem mais simples que no Freedom, mas não é construído em cima das regras brasileiras. O que dificulta seu acesso a empresas de pequeno porte que não pode investir na customização da ferramenta para suas necessidades pelo alto custo. Além de o módulo de tradução não está completo, pois, alguns campos não tiveram seus dados traduzidos como o tipo de organização que foi feita a atualização dos campos de forma manual. A dificuldade no uso de algumas funcionalidades como a requisição de material que impediu a continuidade da analise da ferramenta. Mas este trabalho pode mostrar um pouco da situação das 2 (duas) ferramentas estudas para as necessidades de uma empresa de pequeno porte que sente a necessidade de se modernizar para acompanhar o mercado globalizado que vem exigindo cada vez mais das empresas uma melhor gerencia dos seus dados pelos seus gestores para tomadas de decisões criticas. De forma geral, o objetivo do trabalho foi atingido por que as ferramentas apresentadas podem atender as necessidades de empresas de pequeno porte que não tem condições de investir em software proprietários e querem ter o controle das ferramentas, poder fazer as customizações que

19 entender necessárias, melhorando a ferramenta e podendo disponibilizar de forma livre a experiência e melhorias feitos no software. Referencias VALENTES, Nelma Terezinha Zubek. Implantacao de ERP em pequenas e medias empresas: Estudo de caso empresas do setor de construção civil. São Paulo, SP. 7p Côrtes, Pedro Luiz. Administração de Sistemas de Informação. São Paulo SP: Saraiva, Oliveira, Djalma de. Sistemas de Informações Gerenciais: estratégicas, táticas, operações. 6. Ed. São Paulo, Atlas, OpenBravo. Instalação Ubuntu. [Online]. [Citado em: 31 de julho de 2010.] ation Ning. Regionalização OpenBravo. [Online] [Citado em: 01 de agosto de 2010.] imasters. Enterprise Resource Planning. [Online] [Citado em: 06 de agosto de 2010.] Baixaki. O que é software livre. [Online] [Citado em: 11 de setembro de 2010.] Linux At Work. Implantando Sistema ERP. [Online] [Citado em: 11 de setembro de 2010.]

20 MkNod. Openbravo - Sistema Open Source ERP líder de mercado.[online] [Citado em: 11 de setembro de 2010.] Triemp Solutions. Freedom-ERP - Software Livre para Gestão Empresarial. [Online] [Citado em: 11 de setembro de 2010.] Setpoint Informática. O que é Frredom ERP. [Onine] [Citado em: 12 de setembro de 2010.] Setpoint Informática. Setpoint NF-e. [Online] [Citado em: 12 de setembro de 2010.] Numa. Sistema ERP. [Online] [Citado em: 12/09/2010.] ml Segs. Com aumento de 17% nas vendas, mercado de ERP pode crescer ainda mais com modelo SaaS Software como Serviço [Online] [Citado em: 21/10/2010]

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house ERP: Pacote Pronto versus Solução in house Introdução Com a disseminação da utilidade e dos ganhos em se informatizar e integrar os diversos departamentos de uma empresa com o uso de um ERP, algumas empresas

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning

ERP Enterprise Resource Planning ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão Evolução dos SI s CRM OPERACIONAL TÁTICO OPERACIONAL ESTRATÉGICO TÁTICO ESTRATÉGICO OPERACIONAL TÁTICO ESTRATÉGICO SIT SIG SAE SAD ES EIS

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP

Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP ERP Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com

Sistema Integrado de Gestão ERP. Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Sistema Integrado de Gestão ERP Prof: Edson Thizon ethizon@gmail.com Tecnologia da Informação. O que é TI? TI no mundo dos negócios Sistemas de Informações Gerenciais Informações Operacionais Informações

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Agora é possível interagir com os fornecedores e clientes

Agora é possível interagir com os fornecedores e clientes O que é ERP? ERP é a sigla de Enterprise Resourse Planning (Planejamento dos Recursos Empresariais). Trata-se de uma técnica moderna de gestão empresarial pela qual todas as informações de todas as áreas

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Trabalho elaborado pelo

Leia mais

O SISTEMA ERP E AS ORGANIZAÇÕES

O SISTEMA ERP E AS ORGANIZAÇÕES O SISTEMA ERP E AS ORGANIZAÇÕES André Luís da Silva Pinheiro * Resumo: Este trabalho discutirá o impacto da implantação de um sistema do tipo ERP em uma empresa. Apresentaremos uma breve introdução de

Leia mais

Introdução ao ERP Microsiga Protheus da Totvs

Introdução ao ERP Microsiga Protheus da Totvs Por Edilberto Souza Introdução ao ERP Microsiga Protheus da Totvs Agenda Introdução a alguns conceitos de ERP; Noções sobre o mercado de ERP; Arquitetura do Microsiga Protheus; Visão geral do ambiente

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

Sistemas Integrados ASI - II

Sistemas Integrados ASI - II Sistemas Integrados ASI - II SISTEMAS INTEGRADOS Uma organização de grande porte tem muitos tipos diferentes de Sistemas de Informação que apóiam diferentes funções, níveis organizacionais e processos

Leia mais

FUND DE SI SISTEMAS INTEGRADOS ERP SCM CRM

FUND DE SI SISTEMAS INTEGRADOS ERP SCM CRM FUND DE SI SISTEMAS INTEGRADOS ERP SCM CRM 5/5/2013 1 ERP ENTERPRISE RESOURCE PLANNING 5/5/2013 2 1 Os SI nas organizações 5/5/2013 3 Histórico Os Softwares de SI surgiram nos anos 60 para controlar estoque

Leia mais

Universidade Federal de Goiás UFG Campus Catalão CAC Departamento de Engenharia de Produção. Sistemas ERP. PCP 3 - Professor Muris Lage Junior

Universidade Federal de Goiás UFG Campus Catalão CAC Departamento de Engenharia de Produção. Sistemas ERP. PCP 3 - Professor Muris Lage Junior Sistemas ERP Introdução Sucesso para algumas empresas: acessar informações de forma rápida e confiável responder eficientemente ao mercado consumidor Conseguir não é tarefa simples Isso se deve ao fato

Leia mais

acesse: vouclicar.com

acesse: vouclicar.com Transforme como sua empresa faz negócios, com o Office 365. Vouclicar.com A TI chegou para as pequenas e médias empresas A tecnologia é hoje o diferencial competitivo que torna a gestão mais eficiente,

Leia mais

A LIBERDADE DO LINUX COM A QUALIDADE ITAUTEC

A LIBERDADE DO LINUX COM A QUALIDADE ITAUTEC A LIBERDADE DO LINUX COM A QUALIDADE ITAUTEC O AMBIENTE OPERACIONAL QUE AGREGA A CONFIABILIDADE E O SUPORTE DA ITAUTEC À SEGURANÇA E À PERFORMANCE DO LINUX O LIBRIX É UMA DISTRIBUIÇÃO PROFISSIONAL LINUX

Leia mais

Soluções baseadas no SAP Business One BX PRODUCTION BX PRODUCTION. Software de Gestão para Manufatura Discreta e Repetitiva.

Soluções baseadas no SAP Business One BX PRODUCTION BX PRODUCTION. Software de Gestão para Manufatura Discreta e Repetitiva. Brochura BX PRODUCTION Soluções baseadas no SAP Business One BX PRODUCTION Software de Gestão para Manufatura Discreta e Repetitiva SAP Business One para manufatura discreta e repetitiva A combinação de

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais

Sistemas ERP. Profa. Reane Franco Goulart

Sistemas ERP. Profa. Reane Franco Goulart Sistemas ERP Profa. Reane Franco Goulart Tópicos O que é um Sistema ERP? Como um sistema ERP pode ajudar nos meus negócios? Os benefícios de um Sistema ERP. Vantagens e desvantagens O que é um ERP? ERP

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057 INTRODUÇÃO SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057 Há algum tempo, podemos observar diversas mudanças nas organizações,

Leia mais

Introdução sobre Implantação de Sistema ERP em Pequenas Empresas. Prof Valderi R. Q. Leithardt

Introdução sobre Implantação de Sistema ERP em Pequenas Empresas. Prof Valderi R. Q. Leithardt Introdução sobre Implantação de Sistema ERP em Pequenas Empresas Prof Valderi R. Q. Leithardt Objetivo Esta apresentação tem por objetivo mostrar tanto os benefícios como as dificuldades da implantação

Leia mais

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação UNIFEI Universidade Federal de Itajubá Prof. Dr. Alexandre Ferreira de Pinho 1 Componentes de uma empresa Organizando uma empresa: funções empresariais básicas Funções

Leia mais

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED Implantação de um Sistema de GED Gerenciamento Eletrônico de Documentos Importância do GED O GED tem uma importante contribuição na tarefa da gestão eficiente da informação; É a chave para a melhoria da

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

E t n erpr p ise R sou o r u ce Pl P ann n i n ng Implant nt ç a ã ç o ã de de S ist s e t m e a a E RP

E t n erpr p ise R sou o r u ce Pl P ann n i n ng Implant nt ç a ã ç o ã de de S ist s e t m e a a E RP Enterprise Resource Planning Implantação de Sistema ERP Jorge Moreira jmoreirajr@hotmail.com Conceito Os ERP s (Enterprise Resource Planning) são softwares que permitem a existência de um sistema de informação

Leia mais

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Material de Apoio Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações.

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Gestão Organizacional da Logística Sistemas de Informação Sistemas de informação ERP - CRM O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para

Leia mais

ERP ENTERPRISE RESOURCE PLANNING

ERP ENTERPRISE RESOURCE PLANNING INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS CANOAS ERP ENTERPRISE RESOURCE PLANNING RENAN ROLIM WALENCZUK Canoas, Agosto de 2014 SUMÁRIO 1 INTODUÇÃO...03 2 ERP (ENTERPRISE

Leia mais

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning ERP Enterprise Resources Planning A Era da Informação - TI GRI Information Resource Management -Informação Modo organizado do conhecimento para ser usado na gestão das empresas. - Sistemas de informação

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Estudo de Viabilidade PGE: Plastic Gestor Empresarial Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Recife, janeiro de 2013 Sumário 1. Motivação... 1 2. Introdução: O Problema Indentificado... 2

Leia mais

Matéria para Olhar Digital Quadro: Laboratório Digital Assunto: Melhor Antivirus Pagos 2015 Especialista Responsável: Wellington Watanabe Filho

Matéria para Olhar Digital Quadro: Laboratório Digital Assunto: Melhor Antivirus Pagos 2015 Especialista Responsável: Wellington Watanabe Filho Matéria para Olhar Digital Quadro: Laboratório Digital Assunto: Melhor Antivirus Pagos 2015 Especialista Responsável: Wellington Watanabe Filho À Olhar Digital SÃO PAULO SP A/C: SR. WHARRYSSON LACERDA

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 6 ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sistemas de ERP Enterprise Resource Planning Pacote de ferramentas que integram toda a empresa, a grande vantagem é que os dados

Leia mais

A ESCOLHA DE SISTEMA PARA AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS. A decisão de automatizar

A ESCOLHA DE SISTEMA PARA AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS. A decisão de automatizar A ESCOLHA DE SISTEMA PARA AUTOMAÇÃO DE BIBLIOTECAS A decisão de automatizar 1 A decisão de automatizar Deve identificar os seguintes aspectos: Cultura, missão, objetivos da instituição; Características

Leia mais

Sistemas ERP. Enterprise Resource Planning ou Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Unirio/PPGI SAIN

Sistemas ERP. Enterprise Resource Planning ou Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Unirio/PPGI SAIN Sistemas ERP Enterprise Resource Planning ou Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Definições Sistemas de informações que integram todos os dados e processos de uma organização em um único sistema

Leia mais

Responda as questões. (Passe as respostas para o gabarito. Total de pontos no caso de

Responda as questões. (Passe as respostas para o gabarito. Total de pontos no caso de Campus Marquês - SP Atividades para NP2 Curso: Semestre: Turma: Disciplina: Tec. Aplicada a Segurança Professor: Fragoso Aluno (a): RA: GABARITO - 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Responda

Leia mais

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves Plano de Negócios Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves 1 Instituto de Informática Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Caixa Postal 15.064 91.501-970

Leia mais

Plano de Parcerias BuenitStore

Plano de Parcerias BuenitStore Plano de Parcerias Agências, Desenvolvedores e Designers 18.03.2015 v.2 Objetivo Apresentar ao mercado de criação digital a nossa proposta de parceria e colaboração técnica para criação de projetos de

Leia mais

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4. Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5 Por: Fabio Pozzebon Soares Página 1 de 11 Sistema ProJuris é um conjunto de componentes 100% Web, nativamente integrados, e que possuem interface com vários idiomas,

Leia mais

Banco do Brasil S.A. Consulta ao Mercado - RFP - Request for Proposa Aquisição de Ferramenta de Gestão de Limites Dúvida de Fornecedor

Banco do Brasil S.A. Consulta ao Mercado - RFP - Request for Proposa Aquisição de Ferramenta de Gestão de Limites Dúvida de Fornecedor 1. Em relação ao módulo para Atribuição de Limites, entendemos que Banco do Brasil busca uma solução para o processo de originação/concessão de crédito. Frente a essa necessidade, o Banco do Brasil busca

Leia mais

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções)

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE

Leia mais

Soluções de Tecnologia da Informação

Soluções de Tecnologia da Informação Soluções de Tecnologia da Informação Software Corporativo ERP ProdelExpress Diante da nossa ampla experiência como fornecedor de tecnologia, a PRODEL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO oferece aos seus clientes

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

SISTEMAS E GESTÃO DE RECURSOS ERP E CRM. Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br/2015/unitec

SISTEMAS E GESTÃO DE RECURSOS ERP E CRM. Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br/2015/unitec SISTEMAS E GESTÃO DE RECURSOS ERP E CRM Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br/2015/unitec Teoria geral do Sistemas O Sistema é um conjunto de partes interagentes e interdependentes

Leia mais

OMT-G Design. Instalação por pacotes

OMT-G Design. Instalação por pacotes OMT-G Design A plataforma Eclipse OMT-G Design não é um software independente, é um plug-in que se utiliza dos mecanismos de extensão do Eclipse que por sua vez é um ambiente de desenvolvimento de software.

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

SAIBA MAIS SOBRE O LINUX E DESCUBRA QUAL DISTRIBUIÇÃO É MELHOR PARA VOCÊ! CURSO

SAIBA MAIS SOBRE O LINUX E DESCUBRA QUAL DISTRIBUIÇÃO É MELHOR PARA VOCÊ! CURSO 1 AULA SAIBA MAIS SOBRE O LINUX E DESCUBRA QUAL DISTRIBUIÇÃO É MELHOR PARA VOCÊ! ROTEIRO PRÉ-REQUISITOS 1 INTRODUÇÃO 2 DISTRIBUIÇÕES LINUX 3 AJUDA PARA ESCOLHER SUA DISTRIBUIÇÃO LINUX 4 DÚVIDAS FREQUENTES

Leia mais

Professor: Disciplina:

Professor: Disciplina: Professor: Curso: Esp. Marcos Morais de Sousa marcosmoraisdesousa@gmail.com Sistemas de informação Disciplina: Introdução a SI 19/04 Recursos e Tecnologias dos Sistemas de Informação Turma: 01º semestre

Leia mais

Sistemas de Produtividade

Sistemas de Produtividade Sistemas de Produtividade Os Sistemas de Produtividade que apresentaremos em seguida são soluções completas e podem funcionar interligadas ou não no. Elas recebem dados dos aplicativos de produtividade,

Leia mais

Conteúdo. Uma visão social. O que é? Dá certo? Custos. Recomendações. Apresentação Ricardo Gazoni Semiotic Systems. Software Livre Junho de 2011

Conteúdo. Uma visão social. O que é? Dá certo? Custos. Recomendações. Apresentação Ricardo Gazoni Semiotic Systems. Software Livre Junho de 2011 Conteúdo Uma visão social O que é? Dá certo? Custos Recomendações Apresentação Ricardo Gazoni Semiotic Systems Página 2 Uma visão social História da computação: o começo de tudo 1936 década de 40 Máquina

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (SIGE)

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (SIGE) Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (SIGE) Por José Luís Carneiro - www.jlcarneiro.com - Sistemas de Apoio às Operações Sistemas de Informações Operacionais. Ligados ao aspecto físico-operacional.

Leia mais

Parceiros O PROGRAMA DE PARCERIAS GVN. O que é o GVN Parceiro: O perfil do GVN Parceiro

Parceiros O PROGRAMA DE PARCERIAS GVN. O que é o GVN Parceiro: O perfil do GVN Parceiro Parceiros O PROGRAMA DE PARCERIAS GVN O que é o GVN Parceiro: O GVN Parceiro é uma modalidade de parceria de negócios criada pelo Grupo Vila Nova para ampliar sua capilaridade de oferta e garantir que

Leia mais

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Resumo. Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Autor: Danilo Humberto Dias Santos Orientador: Walteno Martins Parreira Júnior Bacharelado em Engenharia da Computação

Leia mais

Capítulo 25. Gerenciamento de Configuração. Engenharia de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D.

Capítulo 25. Gerenciamento de Configuração. Engenharia de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D. Capítulo 25 Gerenciamento de Configuração slide 624 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. Tópicos abordados Gerenciamento de mudanças Gerenciamento de versões Construção de sistemas

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema/Ferramenta: Spider-ACQ. Versão do Sistema/Ferramenta: 1.0. www.spider.ufpa.br

Manual do Usuário. Sistema/Ferramenta: Spider-ACQ. Versão do Sistema/Ferramenta: 1.0. www.spider.ufpa.br Manual do Usuário Sistema/Ferramenta: Spider-ACQ Versão do Sistema/Ferramenta: 1.0 www.spider.ufpa.br Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 27/05/2011 1.0 Criação da seção de instalação/configuração

Leia mais

ARANDU SISTEMAS. Apresentamos a ARANDU SISTEMAS empresa sediada em Londrina no Paraná, com mais de 15 anos de experiência no varejo.

ARANDU SISTEMAS. Apresentamos a ARANDU SISTEMAS empresa sediada em Londrina no Paraná, com mais de 15 anos de experiência no varejo. ARANDU SISTEMAS Apresentamos a ARANDU SISTEMAS empresa sediada em Londrina no Paraná, com mais de 15 anos de experiência no varejo. A ARANDU SISTEMAS tem primado pela excelência e eficácia de seus produtos

Leia mais

A ESCOLHA DO SOFTWARE PARA INFORMATIZAÇÃO DA SUA EMPRESA

A ESCOLHA DO SOFTWARE PARA INFORMATIZAÇÃO DA SUA EMPRESA A ESCOLHA DO SOFTWARE PARA INFORMATIZAÇÃO DA SUA EMPRESA Necessidade de informatizar a empresa Uma senhora muito simpática, Dona Maria das Coxinhas, feliz proprietária de um comércio de salgadinhos, está,

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS ALEXANDRE PRADO BARBOSA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ALEXANDRE PRADO BARBOSA Relatório

Leia mais

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert:

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert: BRAlarmExpert Software para Gerenciamento de Alarmes A TriSolutions conta com um produto diferenciado para gerenciamento de alarmes que é totalmente flexível e amigável. O software BRAlarmExpert é uma

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO. Prof. Esp. Lucas Cruz

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO. Prof. Esp. Lucas Cruz SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Prof. Esp. Lucas Cruz SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Os SIs têm o objetivo de automatizar os diversos processos empresariais, visando aumentar o controle e a produtividade, bem

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de sistemas servindo cada nível organizacional

Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de sistemas servindo cada nível organizacional Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de sistemas servindo cada nível organizacional Fonte: Tipos de Sistemas de Informação (Laudon, 2003). Fonte: Tipos de Sistemas

Leia mais

O que é a BuenitStore

O que é a BuenitStore O que é a A é a plataforma desenvolvida pela Buenit para projetos de comércio eletrônico, baseada no modelo SaaS, onde é possível criar lojas virtuais de forma rápida, prática e funcional, com foco total

Leia mais

Plano de Gerenciamento do Projeto

Plano de Gerenciamento do Projeto Projeto para Soluções Contábeis 2015 Plano de Gerenciamento do Projeto Baseado na 5ª edição do Guia PMBOK Brendon Genssinger o e Elcimar Silva Higor Muniz Juliermes Henrique 23/11/2015 1 Histórico de alterações

Leia mais

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO*

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* RESUMO Marilia Costa Machado - UEMG - Unidade Carangola Graciano Leal dos Santos

Leia mais

Conversa Inicial. Olá! Seja bem-vindo à quarta aula de Fundamentos de Sistemas de Informação.

Conversa Inicial. Olá! Seja bem-vindo à quarta aula de Fundamentos de Sistemas de Informação. Conversa Inicial Olá! Seja bem-vindo à quarta aula de Fundamentos de Sistemas de Informação. Hoje iremos abordar os seguintes assuntos: a origem dos sistemas integrados (ERPs), os módulos e fornecedores

Leia mais

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul Setembro/2014 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Objetivos do projeto TOTVS Colaboração 2.0... 3 3. Sistemas Envolvidos... 3 4.

Leia mais

Organização e a Terceirização da área de TI. Profa. Reane Franco Goulart

Organização e a Terceirização da área de TI. Profa. Reane Franco Goulart Organização e a Terceirização da área de TI Profa. Reane Franco Goulart Como surgiu? A terceirização é uma ideia consolidada logo após a Segunda Guerra Mundial, com as indústrias bélicas americanas, as

Leia mais

//Sobre VISÃO MISSÃO. Honestidade, Responsabilidade. Respeito. Colaboração.

//Sobre VISÃO MISSÃO. Honestidade, Responsabilidade. Respeito. Colaboração. . Quem somos //Sobre A Oficina1 é uma consultoria direcionada à tecnologia da informação, com foco na implementação dos ERPs Protheus e OpenBravo, além do aplicativo de Service Desk SysAid, abrangendo

Leia mais

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO SISTEMA DE INVENTÁRIO CACIC GOVERNO FEDERAL SOFTWARE PÚBLICO

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO SISTEMA DE INVENTÁRIO CACIC GOVERNO FEDERAL SOFTWARE PÚBLICO MANUAL DE IMPLANTAÇÃO SISTEMA DE INVENTÁRIO CACIC Configurador Automático e Coletor de Informações Computacionais GOVERNO FEDERAL SOFTWARE PÚBLICO software livre desenvolvido pela Dataprev Sistema de Administração

Leia mais

Declaração de Escopo

Declaração de Escopo 1/9 Elaborado por: Adriano Marra, Bruno Mota, Bruno Leite, Janaina Versão: 1.4 Lima, Joao Augusto, Paulo Takagi, Ricardo Reis. Aprovado por: Porfírio Carlos Roberto Junior 24/08/2010 Time da Equipe de

Leia mais

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Ricardo Caruso Vieira Aquarius Software Revista Cadware Ed.22 versão online 1. Introdução Há mais de duas décadas, a indústria investe intensamente

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

AGILE ROLAP - UMA METODOLOGIA ÁGIL PARA IMPLEMENTAÇÃO DE AMBIENTES DE NEGÓCIOS BASEADO EM SERVIDORES OLAP.

AGILE ROLAP - UMA METODOLOGIA ÁGIL PARA IMPLEMENTAÇÃO DE AMBIENTES DE NEGÓCIOS BASEADO EM SERVIDORES OLAP. AGILE ROLAP - UMA METODOLOGIA ÁGIL PARA IMPLEMENTAÇÃO DE AMBIENTES DE NEGÓCIOS BASEADO EM SERVIDORES OLAP. Luan de Souza Melo (Fundação Araucária), André Luís Andrade Menolli (Orientador), Ricardo G. Coelho

Leia mais

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução Autor Público Alvo Rodrigo Cristiano dos Santos Suporte Técnico, Consultoria e Desenvolvimento. Histórico Data 13/06/2012 Autor Rodrigo Cristiano Descrição

Leia mais

SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE TRANSAÇÕES (SPT) PARADA OBRIGATÓRIA!!! SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (SPT, SIG e ERP) CONTEÚDO DA AULA

SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE TRANSAÇÕES (SPT) PARADA OBRIGATÓRIA!!! SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (SPT, SIG e ERP) CONTEÚDO DA AULA PROF.ª MARCIA CRISTINA DOS REIS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 14/08/2012 Aula 4 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (SPT, SIG e ERP) PARADA OBRIGATÓRIA!!! LEITURA DO LIVRO DO TURBAN, RAINER JR E POTTER Sistemas SPT p. 212

Leia mais

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

3) Descreva resumidamente a função do módulo de Compras do ERP da Microsiga e qual é a sua relação com o conceito de e-procurement.

3) Descreva resumidamente a função do módulo de Compras do ERP da Microsiga e qual é a sua relação com o conceito de e-procurement. Professor:José Alves Disciplina:SIG/ Atividade Nota Nome Aluno(a) Nºs Exercícios SIG 1) Defina, com suas palavras, o que é ERP? 2) Marque V para as afirmações verdadeiras em relação a um ERP e F para as

Leia mais

Ao introduzir o sistema ERP, o empresário reconhece imediatamente os benefícios e ferramentas que podem

Ao introduzir o sistema ERP, o empresário reconhece imediatamente os benefícios e ferramentas que podem Os benefícios do ERP Ao introduzir o sistema ERP, o empresário reconhece imediatamente os benefícios e ferramentas que podem ajudar a resolver os problemas comuns dentro da sua empresa. A abertura de informações

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE

ENGENHARIA DE SOFTWARE Pág. 1 0. ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...2 2. OBJETIVOS....2 3. ESTIMATIVAS DO PROJETO....4 4. RISCOS DO PROJETO....5 4.1. Identificação e Análise dos Riscos....5 4.1.1. Riscos de Projeto...6 4.1.2. Riscos Técnicos....6

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolver e implementar soluções de alto impacto na gestão e competitividade empresarial. Nossa missão é agregar valor aos negócios de nossos

Leia mais

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização 1 Tipos de SI Depende do tipo de apoio a ser oferecido Deve-se levar em consideração: Usuários operações (entrada +processamento + saída) destino

Leia mais

Cases de sucesso RG2 CONSULTORIA DE SISTEMAS LTDA:

Cases de sucesso RG2 CONSULTORIA DE SISTEMAS LTDA: Cases de sucesso RG2 CONSULTORIA DE SISTEMAS LTDA: Entenda como a utilização do MAKER tornou ainda mais eficiente e prática o desenvolvimento de sistemas comercializados pela RG2, sempre etendendo e atendendo

Leia mais

Laudinei Rossi Barbatto JUNIOR 1 Gilson Rodrigo Silvério POLIDORIO 2

Laudinei Rossi Barbatto JUNIOR 1 Gilson Rodrigo Silvério POLIDORIO 2 COMO QUEBRAR PARADIGMAS SEM CAUSAR UM IMPACTO NEGATIVO NO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO MARKETING DE RELACIONAMENTO, CRM E DBM EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO Laudinei Rossi Barbatto JUNIOR 1 Gilson Rodrigo

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDUARDO ROCHA BRUNO CATTANY FERNANDO BAPTISTA

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDUARDO ROCHA BRUNO CATTANY FERNANDO BAPTISTA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDUARDO ROCHA BRUNO CATTANY FERNANDO BAPTISTA Descrição da(s) atividade(s): Indicar qual software integrado de gestão e/ou ferramenta

Leia mais

Documento de Visão. Compras. T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Versão 2.

Documento de Visão. Compras. T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Versão 2. Documento de Visão Compras Versão 2.0 09/11/2010 Introdução Este documento abordará as questões pertinentes ao desenvolvimento do módulo Compras para o sistema T2Ti ERP. Breve descrição do produto O produto

Leia mais

Universidade do Contestado Campus Concórdia. Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry. Noções de Software

Universidade do Contestado Campus Concórdia. Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry. Noções de Software Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Sistemas de Informação Prof.: Maico Petry Noções de Software DISCIPLINA: Fundamentos em Informática Definição A rigor, tudo o que pode ser armazenado

Leia mais

PORTARIA Nº 178 DE 25 DE OUTUBRO DE 2012.

PORTARIA Nº 178 DE 25 DE OUTUBRO DE 2012. PORTARIA Nº 178 DE 25 DE OUTUBRO DE 2012. Acrescenta a arquitetura de padrões tecnológicos de Interoperabilidade - e- PINGRIO, no segmento recursos tecnológicos o padrão tecnológico sistemas operacionais

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais Primeira Aula

Sistemas de Informação Gerenciais Primeira Aula Faculdade Pitágoras de Uberlândia Pós-graduação Sistemas de Informação Gerenciais Primeira Aula Prof. Me. Walteno Martins Parreira Júnior www.waltenomartins.com.br Maio -2013 Bibliografia básica LAUDON,

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 ÍNDICE Introdução...3 A Necessidade do Gerenciamento e Controle das Informações...3 Benefícios de um Sistema de Gestão da Albi Informática...4 A Ferramenta...5

Leia mais

Fina Flor Cosméticos obtém grande melhoria nos processos e informações com suporte SAP Business One

Fina Flor Cosméticos obtém grande melhoria nos processos e informações com suporte SAP Business One Fina Flor Cosméticos obtém grande melhoria nos processos e informações com suporte SAP Business One Geral Executiva Nome da Fina Flor Cosméticos Indústria Cosméticos Produtos e Serviços Desenvolve, fabrica

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

Considerações a serem feitas antes da implantação.

Considerações a serem feitas antes da implantação. Multi-Loja Objetivo O objetivo deste documento é demonstrar o conceito de Multi-loja utilizando o Sismoura. É uma ferramenta que permite a comunicação entre as empresas, possibilitando assim que a matriz

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 03)

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 03) Prof. Breno Leonardo Gomes de Menezes Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (AULA 03) 1 ERP Sistema para gestão dos recursos administrativos-financeiros,

Leia mais