Considerações a serem feitas antes da implantação.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Considerações a serem feitas antes da implantação."

Transcrição

1 Multi-Loja

2 Objetivo O objetivo deste documento é demonstrar o conceito de Multi-loja utilizando o Sismoura. É uma ferramenta que permite a comunicação entre as empresas, possibilitando assim que a matriz e a(s) filial(ais) sincronize seus bancos de dados. Com a opção multi-loja configurada existem diversas possibilidades de utilização, desde consulta de produtos online (permitindo consultar determinado produto nas outras empresas da rede) ao controle total de movimentações e estoque da(s) filial(ais) pela matriz.

3 O que é Multi-Loja? Multi-loja é quando um determinado cliente possui mais de uma empresa e deseja que haja comunicação entre elas possibilitando assim a unificação de várias informações, entre elas: cadastro de cliente, produtos, grupo de produtos, estoque, contas a receber e a pagar, crédito de clientes, consignação, fornecedores e etc.

4 Pré-requisitos SQL SERVER 2008 R2 instalado. Protocolo TCP/IP do SQL SERVER habilitado. Banco em branco. Sismoura implantado na Matriz e na(s) Filial(ais). Pasta MOURA_ compartilhada tanto na Matriz quanto nas Filiais. Criar regra no firewall do windows liberando a porta do SQL SERVER para o acesso no banco de dados(porta SQL:1433). Se a empresa utilizar Roteador, criar uma regra no mesmo também liberando a porta de acesso do SQL SERVER.

5 Considerações a serem feitas antes da implantação. Todos os produtos das empresas da rede Multi-Loja precisam ter o mesmo preço ou utilizar a lista de preços do Sismoura. É obrigatório o uso da mesma versão do Banco branco em todas as lojas da rede Multi-Loja, pois antes da execução é feita uma análise das estruturas. Algumas ações só poderão ser feitas pela Matriz, dentre elas estão: Cadastro de produto, Cadastro de lista de preço, Cadastro de Usuários, Cadastro de Grupos e Sub-grupos de produtos e no caso de empresas do segmento Petshop os serviços pet e o ponto de fidelidade só poderão ser cadastrados na Matriz também. Alterações de qualquer cadastro citado acima também só poderão ser feitas na Matriz.

6 Considerações a serem feitas antes da implantação. As contas a receber e a pagar das empresas só poderão ser administradas pela Matriz. Caso as empresas já utilizem o Sismoura os procedimentos para implantação podem ser encontrados no Documento Multi-Loja Implantando em clientes que já utilizam Sismoura.

7 Cadastro de Empresa No módulo Retaguarda, clique no menu Administração e clique para abrir a tela Cadastro de Empresa.

8 Cadastro de Empresa na Matriz 1. Cadastre a empresa Matriz e clique na aba Multiloja; selecione no campo Tipo de Empresa Multi-Loja a opção Matriz. 2.Marque a opção padrão. 3.Clique em gravar.

9 Cadastro de Empresa na Matriz Ainda na mesma tela de cadastro, cadastre a empresa 2 (Filial) em seguida clique na aba Multiloja.

10 Cadastro de Empresa: Configurações de cadastro da Empresa Filial na Matriz. IP para Multi-Loja: é o endereço de rede que permite o acesso ao banco de dados. Observação: As lojas devem obrigatoriamente possuir um meio de comunicação entre elas.

11 Fluxograma dos tipos de rede para o acesso do Multi- Loja

12 Configurações de Rede Hamachi: é um programa de computador que simula uma Rede local, ou LAN (Local Area Network), permitindo que pessoas à distância tenham acesso ao computador. Prós: Fácil configuração. Contras: Rede instável e como se trata de um software a imprevisibilidade de funcionamento é um fator de risco. IP Fixo: é um IP fornecido pela sua prestadora de serviço de internet, o qual nunca muda. Esse tipo de endereço é pouco utilizado pois é vulnerável. Prós: Não é necessário o uso de nenhum software. Contras: Como o tipo de endereço é vulnerável, poucas empresas o utilizam.

13 Configurações de Rede IP Dinâmico: é quando quem define o IP do computador é o servidor. A cada vez que é realizada uma conexão com a Internet é gerado um novo endereço de IP. Para configuração do multi-loja no Sismoura é necessário que os computadores possuam um endereço fixo. Podemos obter esse endereço através de dois softwares. 1. Hamachi: vide slide anterior. 2. DDNS: cria um nome fixo que passa a representar o IP da conexão do usuário, mesmo que o IP mude. Para mais informações de como criar essa ddns acesse:

14 Configurações de Rede Observação importante: Se a empresa utiliza roteador e faz a conexão multi-loja usando ddns é necessário criar uma regra no mesmo(para abrir a porta do SQL Server: 1433) para o acesso ao banco de dados.

15 Cadastro de Empresa: Configurações de cadastro da Empresa Filial na empresa Matriz No item Banco Multi-Loja: Informe o nome do banco da empresa filial. No item Senha Multi-loja: Informe a senha padrão do banco. No campo Tipo de Empresa Multi-Loja selecione a opção Filial. Clique em Gravar.

16 Cadastro de Empresa: Configurações de Cadastro de Empresa na Filial Para cadastrar as empresas no banco de dados da Filial, use os mesmos dados que foram cadastrados na Matriz. Os itens IP, Banco e Senha que devem ser informados agora são informações extraídas da empresa Matriz. A opção padrão deve ser marcada agora para a empresa Filial.

17 Cadastro de Depósito No módulo Compras, clique no menu Estoque, selecione Movimentação e clique para abrir a tela Cadastro de depósito

18 Cadastro de Depósito Na tela Cadastro de Depósito, cadastre o depósito com o mesmo número do Cadastro da respectiva Empresa. Exemplo: Para a empresa com o Código 1 deve ser cadastrado um depósito com o Código 1. Observações: Cadastre no banco de dados da Matriz apenas o Depósito da Matriz e nas Filiais apenas os respectivos Depósitos. O roteador puxa todos os depósitos para a Matriz. Deve ser marcado a opção Depósito Padrão para o depósito correspondente ao da empresa Local.

19 Configurações necessárias no Cadastro de PDV para o uso de Multi-Loja Para cadastrar o(s) pdv(s) usando Multi-Loja é preciso habilitar a seguinte configuração: Utilizar 3 casas no prefixo da venda: com essa configuração habilitada o sistema obriga o uso dos pdv's com 3 casas numéricas, isso é necessário para referenciar as vendas feitas por cada empresa. No Cadastro de PDV do retaguarda colocar o código de cada PDV de acordo com o cadastro de empresa, com 3 casas (000). Por exemplo o PDV 1 da empresa 1 ficará 111. Isso permite com que cada loja tenha 88 PDVs. (111 ao 199) sem que as vendas sejam geradas com o mesmo código entre eles.

20 Configurações necessárias no Cadastro de PDV para o uso de Multi-Loja Lembrete: Cadastre os PDV S existentes em cada empresa, seja roteado ou não, o roteador Multi-loja puxa todos os cadastros de PDV para Matriz.

21 Configurações do PDV para o uso de Multi-Loja Algumas configurações no PDV são obrigatórias para o uso de Multi-Loja, a seguir os detalhes e a função de cada uma: Multi-Loja: IP do Servidor: esta opção configura o IP da matriz (servidor). Multi-Loja: Nome do Banco: esta opção é a sequencia da acima, configurando o Banco de Dados da matriz (servidor). Multi-Loja: Senha do Servidor: Também na continuação, a senha do banco de dados da matriz (servidor).

22 Configurações opcionais do PDV para o uso de Multi-Loja Consultar preços on-line: Ao consultar ou procurar produtos, o PDV vai conectar às lojas vinculadas para consultar o estoque em cada depósito. CUIDADO: esta configuração exige uma conexão ativa entre as lojas e é recomendada apenas para situações de alta disponibilidade de conexão banda-larga. Multi-Loja: Habilitar no Recebimento de clientes: Esta opção quando habilitada faz com que a tela de Recebimento de Clientes conecte-se na matriz para fazer a baixa das contas. Essa opção é usada quando o mesmo cliente pode comprar em várias lojas da rede e também pagar em qualquer uma delas. Os dados financeiros ficam armazenados apenas na matriz.

23 Configurações do Retaguarda para Multi-Loja Existem algumas configurações no retaguarda para o uso de Multi-Loja, a seguir estão os detalhes e a função de cada uma: Controlar contas a receber na matriz: esta configuração quando marcada impede o usuário de gerar contas a receber pelo financeiro, quando ele estiver em uma filial. Controlar créditos de clientes na matriz: esta opção impede operações de entrada/saída de crédito quando estiver executando na filial. Multi-Loja: Habilitar: habilita o funcionamento do multi-loja no sistema.

24 Configurações do Retaguarda para Multi-Loja Caso o cliente queira unificar seu cadastro de Clientes, Produtos, Entradas, etc..., algumas configurações extras devem ser habilitadas: Inserir código da empresa no prefixo do código da entrada: esta configuração insere o código da empresa no código da entrada de produtos, permitindo a transferência da informação entre matriz e filiais. Inserir código da empresa no prefixo do código do contas a pagar: esta configuração insere o código da empresa no código das contas a pagar que forem gravadas no sistema. Cadastro de Cliente: Inserir o código da empresa antes do código do cliente: esta configuração insere o código da empresa na frente (prefixo) do código do cliente para que clientes possam ser cadastrados em qualquer loja (matriz ou filiais). Por exemplo: o maior código de cliente da Loja 3 de uma rede é o código Se esta configuração estiver marcada, então o primeiro dígito do código (3) equivale ao código da empresa (loja).

25 Lembrete Após efetuar o cadastro das duas empresas e configurado o módulo retaguarda para usar o Multi-Loja, é necessário que feche o mesmo e reabra logo em seguida. APENAS depois de realizado esse processo o cadastro de cliente estará configurado por completo.

26 Configurações no executável Multi-Loja No executável Multi-Loja do Sismoura é necessário marcar as tabelas a serem puxadas e enviadas entre a matriz e a filial. Abra o executável Multi-Loja, aguarde a análise das estrututas dos bancos.

27 Configurações no executável Multi-Loja Em seguida clique no item Configurações.

28 Tabelas para puxar Na aba Tabelas para Puxar as seguintes tabelas podem ser marcadas: Cliente: Puxa para Matriz TODOS os clientes cadastrados na(s) Filial(ais). Fornecedor: Puxa para Matriz TODOS os fornecedores cadastrados na(s) Filial(ais). Estoque: Puxa para Matriz TODAS as modificações feitas no estoque dos produtos na(s) Filial(ais). Entrada_produto: Puxa para a Matriz todos os cadastros de entrada de produto da(s) Filial(ais). Caixa: Puxa para Matriz todos os caixas abertos na(s) Filial(ais). Movimento_estoque: Puxa para Matriz todas as movimentações feitas no estoque na(s) Filial(ais). PDV: Puxa para Matriz todos os PDVs cadastrados no cadastro de pdv na(s) Filial(ais).

29 Tabelas para puxar Venda: Puxa para Matriz TODAS as vendas feitas na(s) Filial(ais). Troca: Puxa para Matriz TODAS as trocas de produtos. Animais(opção para Petshop): Puxa para Matriz TODOS os animais cadastrados na(s) Filial(ais). Crédito: Puxa para Matriz TODOS os créditos inseridos para os clientes na(s) Filial(ais). Atendimento(opção para Petshop): Puxa para Matriz TODOS os atendimentos realizado na(s) Filial(ais).

30 Tabelas para enviar Cliente: Envia para a(s) Filial(ais) TODOS os clientes cadastrados na Matriz. Fornecedor: Envia para a(s) Filial(ais) TODOS os fornecedores cadastrados na Matriz. Produto: Envia para a(s) Filial(ais) TODOS os produtos cadastrados na Matriz. Obs: Os produtos SÓ PODEM ser cadastrados ou ALTERADOS na empresa Matriz. Contas_baixadas: Envia para a(s) Filial(ais) TODAS as baixas dadas nas contas na Matriz. Usuários: Envia para a(s) Filial(ais) TODOS os funcionários cadastrados na Matriz. Obs: Os funcionários SÓ PODEM ser cadastrados ou ALTERADOS na empresa Matriz. Estoque: Envia para a(s) Filial(ais) TODAS as modificações feitas no estoque na Matriz.

31 Tabelas para enviar Animais(opção para Petshop): Envia para a(s) Filial(ais)TODOS os animais cadastrados na Matriz. Lista_preço: Envia para a(s) Filial(ais) TODAS as listas de preço cadastradas na Matriz. Obs: As listas de preço SÓ PODEM ser cadastradas ou ALTERADAS na Matriz. Grupos: Envia para a(s) Filial(ais) TODOS os grupos e sub-grupos de produtos cadastrados na Matriz. Obs: Os grupos e sub-grupos SÓ PODEM ser cadastrados ou ALTERADOS na Matriz. Serviços_pet(opção para Petshop): Envia para a(s) Filial(ais) TODOS os serviços de petshop cadastrados na Matriz. Obs: Os serviços de petshop SÓ PODEM ser cadastrados ou ALTERADOS na Matriz. Produto_fidelidade_ignorar(opção para Petshop): Envia para a(s) Filial(ais) TODAS as informações cadastradas para os produtos cadastrados como produto fidelidade. Obs: As informações SÓ PODEM ser cadastradas ou ALTERADAS na Matriz.

32 Configurações no executável Multi-Loja No campo Horários de roteamento insira os horários que o roteador fará as transmissões de dados. Após realizadas todas as configurações desejadas, clique no botão Gravar. Em seguida clique no item Executar.

33 Configurações no executável Multi-Loja Marque as opções ENVIAR e RECEBER e clique no Botão OK.

34 Configurações no executável Multi-Loja Em seguida selecione a(s) empresa(s) Filial(ais) que estão no Menu, clique em OK.

35 Configurações no executável Multi-Loja Em seguida começará as trocas de informações entre os bancos de dados.

36 Pontos a ressaltar Depois da implantação do Multi-Loja as seguintes funções só poderão ser executadas na matriz: cadastro de produto, itens relacionados ao produto, financeiro (ideal que controle tudo na matriz), funcionário (usuário). É importante frisar que algumas funções não mudam com a implantação, entre elas estão: Cadastro de cliente, contas a receber, venda,cadastro de fornecedor e etc. Os dados de uma filial não são acessados por outra, somente pela matriz. Uma relação de vendas da matriz e das filiais só é possível se realizada da própria matriz. No caso das filiais, só são vistas as relações locais.

37 Pontos a ressaltar As operações são realizadas diretamente no banco de dados não existem arquivos a serem puxados como ocorre no modo roteado. Uma boa comunicação entre as lojas é fundamental. Sempre há a necessidade de selecionar o depósito para a entrada de estoque. A baixa de um crediário no PDV é feito de forma direta, ou seja, o PDV das filiais se conectam diretamente ao banco de dados da matriz. É possível trabalhar com um sistema no modo roteado, mesmo operando no modo multi-loja. No caso do modo roteado, a carga nos PDVs e o roteador devem existir e serem configurados como uma loja independente.

38 Facilidades operacionais com o uso do Multi-Loja no Sismoura Possibilidade de realizar uma venda no crediário e pagamento em qualquer loja (matriz ou filial). Possibilidade de unificação do estoque. Facilidade de controle financeiro, estoque e análises. Possibilidade de controle individual ou unificado. Cadastro de clientes unificado. Controle e cadastro de clientes de forma unificada.

39 Multi-Loja JN Moura Informática

Atualizador Utilizando o Assistente e Validador de Configurações

Atualizador Utilizando o Assistente e Validador de Configurações Atualizador SisMoura Atualizador Utilizando o Assistente e Validador de Configurações Objetivo: Descrever os procedimentos de atualização do sistema, e utilização do assistente e validador de configurações.

Leia mais

Objetivo. Este documento tem como objetivo demonstrar o conceito, o processo de instalação e o funcionamento do SITEF (Tef dedicado).

Objetivo. Este documento tem como objetivo demonstrar o conceito, o processo de instalação e o funcionamento do SITEF (Tef dedicado). Sitef - Instalação Objetivo Este documento tem como objetivo demonstrar o conceito, o processo de instalação e o funcionamento do SITEF (Tef dedicado). O que é Sitef? O SiTef (ou tef dedicado) é um conjunto

Leia mais

Manual de Instalação ( Client / Server ) Versão 1.0

Manual de Instalação ( Client / Server ) Versão 1.0 1 pág. PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DO SGCOM ATENÇÃO: É OBRIGATÓRIO UMA CONEXÃO COM A INTERNET PARA EXECUTAR A INSTALAÇÃO DO SGCOM. Após o Download do instalador do SGCOM versão Server e Client no site www.sgcom.inf.br

Leia mais

Instalação Microsoft SQL Server Express 2008 Guia de Referência Rápida

Instalação Microsoft SQL Server Express 2008 Guia de Referência Rápida APRESENTAÇÃO Obrigado por escolher a Solid Invent. Este guia tem como objetivo explicar como deve ser realizada a instalação do Microsoft SQL Server Express 2008 R2 SP2, banco de dados utilizado pelos

Leia mais

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual de Rede Interna ===== Manual. Rede Interna

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual de Rede Interna ===== Manual. Rede Interna 1 Manual Rede Interna 01 COLOCANDO O COMPUTADOR EM REDE 2 01.01 Entenda como funciona o processo de conexão em rede do sistema U3: a) SERVIDOR DE DADOS é o computador da sua rede interna que será designado

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO

GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO 1 1. PROCEDIMENTOS ANTES DA INSTALAÇÃO SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios 1.1. Solicitar Senha para Fechamento de PLP Solicitar ao seu consultor comercial a senha

Leia mais

Procedimentos para configurar o Monitoramento Agendado no D-viewCam

Procedimentos para configurar o Monitoramento Agendado no D-viewCam Procedimentos para configurar o Monitoramento Agendado no D-viewCam 1 Para configurar Monitoramento Agendado no D-viewCam, é necessário que esteja logado como Administrador do Software. 1 2 Abra o D-viewCam

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Manual de Instalação do AP_Conta Windows

Manual de Instalação do AP_Conta Windows Manual de Instalação do AP_Conta Windows aplicativo off line para geração e envio de cobranças eletrônicas no padrão TISS CAPESESP ANS nº 324477 atualizado em 24/04/2012 AP_Conta Windows O AP_Conta Windows

Leia mais

Fiscal Instalação e Configuração do Emissor de Nota Fiscal Eletrônica

Fiscal Instalação e Configuração do Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Fiscal Instalação e Configuração do Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Identificação FIS_029 Data Revisão 31/10/2013 Objetivos Moura. Instalar e configurar o emissor de Nota Fiscal Eletrônica 2 O que é

Leia mais

Manual do e-dimed 4.0

Manual do e-dimed 4.0 Manual do e-dimed 4.0 Instalação e Configuração - Módulo Cliente Após a instalação do e-dimed ser efetuada, clique no atalho criado no desktop do computador. Será exibida a janela abaixo: A instalação

Leia mais

Manual de Instalação de SQL Server (2005, 2008, 2012).

Manual de Instalação de SQL Server (2005, 2008, 2012). Manual de Instalação de SQL Server (2005, 2008, 2012). Instalação do SQL 2005. - Primeiro baixo o instalador do SQL nesse link: http://www.microsoft.com/pt-br/download/details.aspx?id=184 - Execute o arquivo

Leia mais

Tutorial de Configuração do Integrador do E-commerce do FutebolShop

Tutorial de Configuração do Integrador do E-commerce do FutebolShop Tutorial de Configuração do Integrador do E-commerce do FutebolShop Especificações de funcionamento: O integrador desenvolvido para com o objetivo de manter sincronizado o estoque da loja virtual FutebolShop(desenvolvido

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE

MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE SPEED Instalação e configuração Belo Horizonte Agosto - 2007 INTRODUÇÃO Bem vindo ao sistema de consultas SPEED! O software SPEED é um sistema indispensável

Leia mais

Personata Recorder. Manual de Instalação e Configuração

Personata Recorder. Manual de Instalação e Configuração Personata Recorder Manual de Instalação e Configuração Julho / 2013 1 Índice 1- Pré-requisitos......3 2 Verificação do Hardware......3 3 Instalação......5 4 Configuração Inicial......8 4.1 Localização......8

Leia mais

AP_ Conta Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS

AP_ Conta Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS AP_ Conta Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS Manual de Instalação Tempro Software StavTISS Sumário 1. INTRODUÇÃO... 2 2. REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3. INSTALAÇÃO... 4 4.

Leia mais

Guia de instalação. Versão 1.10

Guia de instalação. Versão 1.10 Guia de instalação Versão 1.10 Data da última atualização 07/11/2011 Guia de instalação do Sistema Hiper Neste guia são apresentados os passos para instalação do sistema Hiper. Pré-requisitos: Sistema

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

SicLoja Polyvan. Polyvan Informática e computação Gráfica Ltda. Email: polyvan@polyvanet.com.br

SicLoja Polyvan. Polyvan Informática e computação Gráfica Ltda. Email: polyvan@polyvanet.com.br Polyvan Informática e computação Gráfica Ltda. Email: polyvan@polyvanet.com.br SicLoja Polyvan Objetivo: Controla serviços, comissões dos funcionários, débitos dos clientes, contas apagar controle de estoque

Leia mais

Acesso Remoto Placas de captura

Acesso Remoto Placas de captura Acesso Remoto Placas de captura 1 instalar o DVR Siga os passos de instalação informados na caixa do produto, após seu perfeito funcionamento vá para próximo passo. 2 Configurá-lo na rede Local O computador

Leia mais

Software Planejamento Tributário

Software Planejamento Tributário Software Planejamento Tributário Bem vindo ao segundo manual de instalação do software de Planejamento Tributário, este irá lhe mostrar os passos para o término da instalação e configuração do software

Leia mais

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens:

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens: Caro cliente, atendendo a sua solicitação de auxílio no processo de configuração da placa VoIP na central Impacta, segue um passo-a-passo para ajudar a visualização. Abra o software de programação. Clique

Leia mais

Manual do Usuário Solução para Integração B2B Siagri x Conecta BASF Thiago Borges de Oliveira thiago.oliveira@siagri.com.br

Manual do Usuário Solução para Integração B2B Siagri x Conecta BASF Thiago Borges de Oliveira thiago.oliveira@siagri.com.br Manual do Usuário Solução para Integração B2B Siagri x Conecta BASF Thiago Borges de Oliveira thiago.oliveira@siagri.com.br AGOSTO/2009 Sumário 1 Introdução 2 2 Configurando o exportador 2 3 Informando

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com. Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.br 1-15 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior,

Leia mais

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 2014 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 28 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2014. Impresso

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Manual do Suporte LZT LZT Soluções em Informática Sumário VPN...3 O que é VPN...3 Configurando a VPN...3 Conectando a VPN... 14 Possíveis erros...16 Desconectando

Leia mais

Processo de Envio de email

Processo de Envio de email Processo de Envio de email Introdução O envio de documentos de forma eletrônica vem sendo muito utilizado, assim o envio de arquivos, relatórios, avisos, informações é realizado via e-mail. O sistema disponibiliza

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Data Autor Descrição Revisão Configuração HX600 via Rede Ethernet 1.0

Data Autor Descrição Revisão Configuração HX600 via Rede Ethernet 1.0 Data Autor Descrição Revisão 06/05/2009 Barbarini Configuração HX600 via Rede Ethernet 1.0 Page 1 / 12 Procedimento de Instalação 1 O módulo deverá ser fixado próximo ao medidor. Para alimentá-lo é necessária

Leia mais

Passo a Passo da instalação da VPN

Passo a Passo da instalação da VPN Passo a Passo da instalação da VPN Dividiremos este passo a passo em 4 partes: Requisitos básicos e Instalação Configuração do Servidor e obtendo Certificados Configuração do cliente Testes para saber

Leia mais

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual de Instalação ===== Manual. Instalação do Sistema

U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares ===== Manual de Instalação ===== Manual. Instalação do Sistema 1 Manual Instalação do Sistema 01 Começando: U3 Sistemas Análise e Desenvolvimento de Softwares 2 - O sistema trabalha com o Windows XP, 7 e 8. Se possível, dê sempre preferência ao sistema operacional

Leia mais

Smart Multi-Loja. Guia de Configuração. Software de Gerenciamento de Balanças. Versão 1.00. Smart Software de Gerenciamento de Balanças 1/10

Smart Multi-Loja. Guia de Configuração. Software de Gerenciamento de Balanças. Versão 1.00. Smart Software de Gerenciamento de Balanças 1/10 Smart Multi-Loja Software de Gerenciamento de Balanças Guia de Configuração Versão 1.00 1/10 Introdução O Smart - Multi Lojas tem o objetivo de centralizar a operação do software Smart instalado em cada

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft Manual de Instalação e Configuração MG-Soft V 1.5 www.pinaculo.com.br (51)3541-0700 Sumário APRESENTAÇÃO... 3 1. INSTALANDO O MG-SOFT SERVER... 3 1.1. CRIANDO / ATUALIZANDO BANCO DE DADOS... 6 2. CONFIGURANDO

Leia mais

HelpAndManual_unregistered_evaluation_copy Manual de Instalação do VisualControl

HelpAndManual_unregistered_evaluation_copy Manual de Instalação do VisualControl HelpAndManual_unregistered_evaluation_copy Manual de Instalação do VisualControl I Manual de Instalação do VisualControl Tabela de Conteúdo Parte I Bem Vindo 1 Parte II Instalação 1 1 Instalação Firebird...

Leia mais

O que é conexão de área de trabalho remoto?

O que é conexão de área de trabalho remoto? O que é conexão de área de trabalho remoto? Conexão de Área de Trabalho Remota é uma tecnologia que permite sentar-se ao computador e conectar-se a um computador remoto em um local diferente. Por exemplo,

Leia mais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Cadastros Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Cadastro de Grupos de Usuário... 3 Cadastro de Usuários... 4 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Empresas...

Leia mais

Requisitos do Sistema

Requisitos do Sistema PJ8D - 017 ProJuris 8 Desktop Requisitos do Sistema PJ8D - 017 P á g i n a 1 Sumario Sumario... 1 Capítulo I - Introdução... 2 1.1 - Objetivo... 2 1.2 - Quem deve ler esse documento... 2 Capítulo II -

Leia mais

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0)

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) 1. Pré-requisitos para instalação do Virtual Lab Windows XP, Windows Vista ou Windows 7 Adobe AIR instalado. Disponível em: http://get.adobe.com/br/air/

Leia mais

P001.01 Procedimento para Instalação do SisGEF 7.0 na Máquina Servidor

P001.01 Procedimento para Instalação do SisGEF 7.0 na Máquina Servidor Etapa 01 Criar Pastas de Trabalho 01.1 No servidor criar a pasta C:\Rede e compartilhar esta pasta caso o sistema seja instalado em rede. 01.2 Criar a Pasta C:\Rede\Discos para gravar os arquivos que serão

Leia mais

1. Um servidor rodando Windows 7 (um computador onde o SIPAR ficará instalado e com os dados neste computador);

1. Um servidor rodando Windows 7 (um computador onde o SIPAR ficará instalado e com os dados neste computador); Manual informativo para configuração do SIPAR por acesso via Área de Trabalho Remota (ATR) do Windows 7 Página: 1 / 5 COMO CONFIGURAR O SIPAR PARA ACESSO VIA INTERNET Você vai precisar de: 1. Um servidor

Leia mais

Cotação Eletrônica. 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das. cotações.

Cotação Eletrônica. 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das. cotações. Cotação Eletrônica 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das cotações. Na tela Configurações do Sistema do módulo Retaguarda selecione a opção MOURAMAIL na configuração Modo de

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

Atualizaça o do Maker

Atualizaça o do Maker Atualizaça o do Maker Prezados Clientes, Nós da Playlist Software Solutions empresa líder de mercado no desenvolvimento de software para automação de rádios - primamos pela qualidade de nossos produtos,

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Para que seja instalado o Bematef Total, é necessário que o computador onde seja efetuada a instalação

Para que seja instalado o Bematef Total, é necessário que o computador onde seja efetuada a instalação Rafael Ferreira Rodrigues REVISADO POR: Raquel Marques APROVADO POR: Renato Reguera dos Santos 1 - Objetivo Descrever o processo de instalação do Bematef Total. 2 - Campos de Aplicação É aplicável a área

Leia mais

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP MANUAL DE FTP Instalando, Configurando e Utilizando FTP Este manual destina-se auxiliar os clientes e fornecedores da Log&Print na instalação, configuração e utilização de FTP O que é FTP? E o que é um

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 . Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO O NEXCODE VIEW, também conhecido como NEXVIEW, é um sistema que foi desenvolvido pela Nexcode Systems e tem por

Leia mais

Gerência de Operações

Gerência de Operações Gerência de Operações Versão Manual Solicitação de Atendimento Chat e Conexão Remota Índice 1. Solicitação de Atendimento Login... 3 2. Início do Chat.... 4 3. Conexão Remota... 7 4. Download....

Leia mais

Certificação Digital e VPN. Manual de Instalação e Uso (Windows Vista)

Certificação Digital e VPN. Manual de Instalação e Uso (Windows Vista) Certificação Digital e VPN Manual de Instalação e Uso (Windows Vista) ATI 2008 1. Descrição A tecnologia de Certificação Digital na SEFAZ-RJ tem como objetivo oferecer segurança no meio digital. Este documento

Leia mais

Configurando o sistema em rede Local

Configurando o sistema em rede Local O SHOficina, SHPet e o SHSap podem ser utilizados como monousuário ou em rede de até 3 computadores (1 Servidor + 2 estações). Se você tem conhecimento intermediário em informática conseguirá seguir este

Leia mais

Manual de uso PSIM Client 2010

Manual de uso PSIM Client 2010 MANUAL DE USO PSIM MESSENGER VERSÃO 2010 ÍNDICE Manual de uso PSIM Client 2010 INSTALAÇÃO...2 INSTALAÇÃO LOCAL...2 CONFIGURAÇÃO DE USUÁRIO NO PSIM CLIENT 2010...12 QUANDO O FUNCIONÁRIO JÁ ESTÁ CADASTRADO

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JANEIRO/2011

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JANEIRO/2011 PROCEDIMENTOS DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR DE BANCO DE DADOS DO PERGAMUM COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JANEIRO/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71)

Leia mais

Guia Rápido de Instalação. Modelo M151RW

Guia Rápido de Instalação. Modelo M151RW Guia Rápido de Instalação Modelo M151RW 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 3 DICAS DE INSTALAÇÃO 3 CONFIGURAÇÃO 4 3 Parabéns! Você acaba de adquirir o Roteador M151RW2 com qualidade e garantia Pixel TI. Este guia rápido

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

BH PARK Software de Estacionamento

BH PARK Software de Estacionamento BH PARK Software de Estacionamento WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Travar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Contrato de Manutenção...

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

1. Considerações... 3. 2. Introdução... 3. 3. Configurações necessárias... 3. 3.1. Configurações no Ambiente de rede do Windows...

1. Considerações... 3. 2. Introdução... 3. 3. Configurações necessárias... 3. 3.1. Configurações no Ambiente de rede do Windows... 1 ÍNDICE 1. Considerações... 3 2. Introdução... 3 3. Configurações necessárias... 3 3.1. Configurações no Ambiente de rede do Windows... 3 3.2. Configuração do Internet Explorer... 4 3.3. Software gerenciador

Leia mais

Manual Técnico Instalação do Sistema Vixen Ponto de Venda Point Of Sale

Manual Técnico Instalação do Sistema Vixen Ponto de Venda Point Of Sale Manual Técnico Instalação do Sistema Vixen Ponto de Venda Point Of Sale www.pwi.com.br 1 Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado, reproduzido,

Leia mais

Data Autor Descrição Revisão Configuração HX600 via GPRS 1.0

Data Autor Descrição Revisão Configuração HX600 via GPRS 1.0 Data Autor Descrição Revisão 06/05/2009 Barbarini Configuração HX600 via GPRS 1.0 Page 1 / 13 Procedimento de Instalação 1 O módulo deverá ser fixado próximo ao medidor. Para alimentá-lo é necessária uma

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 MANUAL DO USUÁRIO Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 Este aplicativo roda em plataforma Windows e comunica-se com a ITC 4000 via conexão USB. Através do ITC 4000 Manager, o usuário

Leia mais

VVS Sistemas (21)3405-9500

VVS Sistemas (21)3405-9500 Índice Assunto Página Apresentação... 2 Funcionamento do Módulo... 3 Instalação do Módulo... 4 Configurações no C-Plus NF-e... 9 Acessando os arquivos... 11 Apresentação Apresentamos o módulo C-Plus NF-e

Leia mais

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian Manual do Produto Índice Introdução - Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 1. Verificação de Ambiente 4 2. Instalação

Leia mais

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64)

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Manual do Usuário Índice O que é Token?... 03 Instalação do Token... 04 Verificação do Certificado... 07 Troca de Senhas... 10 O que é Token? É um dispositivo

Leia mais

Manual de uso PSIM Client 2010

Manual de uso PSIM Client 2010 MANUAL DE USO PSIM CLIENT VERSÃO 2010 ÍNDICE Manual de uso PSIM Client 2010 INSTALAÇÃO...2 INSTALAÇÃO LOCAL...2 INICIANDO O SISTEMA...13 UTILIZANDO O ÍCONE DA ÁREA DE TRABALHO...13 UTILIZANDO O MENU INICIAR...16

Leia mais

AJUSTANDO SEU NAVEGADOR PARA ACESSAR CORRETAMENTE A INTERNET NA REDE UERN

AJUSTANDO SEU NAVEGADOR PARA ACESSAR CORRETAMENTE A INTERNET NA REDE UERN AJUSTANDO SEU NAVEGADOR PARA ACESSAR CORRETAMENTE A INTERNET NA REDE UERN O primeiro aspecto a ser considerado é Navegador de Internet que deve ser utilizado. A UPD recomenda sempre o uso do navegador

Leia mais

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes FAQ Erros, e dúvidas frequentes Sumário ERROS CONHECIDOS... 2 1. Botões desabilitados ou Congelados... 2 Resolução 2... 2 2. Erro de cadastro... 3 3. Célula com o campo #VALOR... 3 4. Erro em tempo de

Leia mais

Instalação, configuração e manual

Instalação, configuração e manual Cardápio Moura Instalação, configuração e manual Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS no WINDOWS 8... 15 Windows 7...

Leia mais

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas 1 Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas O DIR 635 tem duas opções para liberação de portas: Virtual server: A opção Virtual Server permite que você defina uma única porta pública

Leia mais

INSTALAÇÃO DO CLIENTE LOTUS NOTES 9

INSTALAÇÃO DO CLIENTE LOTUS NOTES 9 INSTALAÇÃO DO CLIENTE LOTUS NOTES 9 ROTEIRO DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO Novembro de 2014 Benício Alves de Souza benicio@ufmg.br 2 Sumário Obtendo o Software Cliente Notes... 3 Requisitos para instalação...

Leia mais

GERENCIADOR DE IMPORTAÇÃO DE XML

GERENCIADOR DE IMPORTAÇÃO DE XML GERENCIADOR DE IMPORTAÇÃO DE XML A partir da versão 3.4.71.0 do SIAGRI AGRIBUSINESS está disponível o Gerenciador de Importação de XML (SiagriREA). Este aplicativo tem como finalidade gerenciar os arquivos

Leia mais

Instalando software MÉDICO Online no servidor

Instalando software MÉDICO Online no servidor Instalando software MÉDICO Online no servidor A máquina denominada Servidora é a que armazenará o banco de dados do software (arquivo responsável pelas informações inseridas), compartilhando com as demais

Leia mais

VISTORIA DO SISTEMA REGIN PREFEITURAS

VISTORIA DO SISTEMA REGIN PREFEITURAS Página 1 / 29 ÍNDICE ÍNDICE... 2 APRESENTAÇÃO... 3 MÓDULO DE ACESSO... 3 CONFIGURAÇÃO MÓDULO VISTORIA... 4 ANÁLISE DOS PROTOCOLOS... 5 CONTROLE DE EXPORTAÇÃO MÓDULO VISTORIA... 8 DISPOSITIVO REGIN PREFEITURA...

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Passo 1: Abra seu navegador e digite http://www.no-ip.com. Passo 2: Na tela que surgir, clique em Get Started.

Passo 1: Abra seu navegador e digite http://www.no-ip.com. Passo 2: Na tela que surgir, clique em Get Started. 1 - Como obter seu DNS Dinâmico no No-IP O No-IP, é um sistema de DNS (Domain Name Server), que converte o seu endereço IP em um nome. O que o No-IP faz, é converter o nome do tipo minhacameraip.no-ip.org

Leia mais

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço IGV Software Interpretador/ Gerenciador/ Visualizador de dados digitais de projetos CAD-TQS Instalação Versão 4.0 Manual do Usuário

Leia mais

Instalador Remoto D-TEF Informações de utilização

Instalador Remoto D-TEF Informações de utilização Instalador Remoto D-TEF Informações de utilização Requisitos de instalação D-TEF: 1- Acesso a internet Banda Larga (acesso direto ou via rede local) ou 3G 2- Acesso a FTP (modo passivo) utilizando a porta

Leia mais

Versão 1.3 Abril de 2009. Suplemento do IPv6: Definir Configurações IP e Filtro IP

Versão 1.3 Abril de 2009. Suplemento do IPv6: Definir Configurações IP e Filtro IP Versão 1.3 Abril de 2009 Suplemento do IPv6: Definir Configurações IP e Filtro IP 2009 Xerox Corporation. Todos os direitos reservados. Xerox e o desenho da esfera de conectividade são marcas da Xerox

Leia mais

LIBERAÇÃO DA PASTA ARQUIVOS DE PROGRAMA

LIBERAÇÃO DA PASTA ARQUIVOS DE PROGRAMA LIBERAÇÃO DA PASTA ARQUIVOS DE PROGRAMA Antes de fazer a instalação em rede é correto executar no servidor: a) Instalação do Firebird. b) Instalação do Sistema Gerencial GG4 c) Habilitação do sistema.

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

Manual Operacional. Sistema Giro. Sistem a G iro

Manual Operacional. Sistema Giro. Sistem a G iro Manual Operacional Sistema Giro Sistem a G iro Sistema Giro 2011 - Esys Colibri Todos os direitos reservados. Nenhum conteúdo deste material - textos e ilustrações podem ser reproduzidos por qualquer forma

Leia mais

INSTALAÇÃO SERVER MILLENNIUM BM PALM

INSTALAÇÃO SERVER MILLENNIUM BM PALM INSTALAÇÃO SERVER MILLENNIUM BM PALM 1. INTRODUÇAO SFAML é um aplicativo criado para cadastrar pedidos de vendas por representantes via Palm onde os pedidos cadastrados são enviados ao servidor de comunicação,

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 09 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Configurando DDNS no Stand Alone

Configurando DDNS no Stand Alone Configurando DDNS no Stand Alone Abra o seu navegador de internet e acesse o endereço http://www.advr.com.tw(ou, http://59.124.143.151 ). Clique em Register para efetuar o cadastro de um novo grupo.(foto

Leia mais

Instalação Cliente Notes 6.5

Instalação Cliente Notes 6.5 Instalação Cliente Notes 6.5 1/1 Instalação Cliente Notes 6.5 LCC.008.2005 Versão 1.0 Versão Autor ou Responsável Data 1.0 Fabiana J. Santos 18/11/2005 RESUMO Este documento apresenta um roteiro de instalação

Leia mais

Como configurar o IMAP no Microsoft Outlook 2010

Como configurar o IMAP no Microsoft Outlook 2010 Como configurar o IMAP no Microsoft Outlook 2010 Para configurar seu e-mail no Microsoft Outlook 2010 clique em Arquivo e no menu Informações clique em Adicionar Conta. Na tela Adicionar nova conta, marque

Leia mais

Compartilhando arquivos no Windows XP

Compartilhando arquivos no Windows XP Compartilhando arquivos no Windows XP Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em rede) por meio de cabo direto, hub,

Leia mais

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO BOA VISTA/RR NOVEMBRO DE 2011 Este manual tem por finalidade esclarecer o funcionamento do SPARK ao servidor interessado em usar este comunicador instantâneo.

Leia mais

Atualizaça o do Playlist Digital

Atualizaça o do Playlist Digital Atualizaça o do Playlist Digital Prezados Clientes, Nós da Playlist Software Solutions empresa líder de mercado no desenvolvimento de software para automação de rádios - primamos pela qualidade de nossos

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais