CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 13/SI/2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 13/SI/2015"

Transcrição

1 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 13/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO E CRIATIVO VALE EMPREENDEDORISMO 15 DE MAIO DE 2015 Págin 1 d 16

2 Índic Prâmbulo Objivo prioridd vid Tipologi d oprçõ modlidd d Nurz do bnficiário Ár gográfic d plicção Âmbio Soril Condiçõ pcífic d co d Avio Rgr limi à lgibilidd d dp Criério d lção d Limi o númro d Tx d finncimno d dp lgívi Form limi do poio Modlidd procdimno pr prnção d Procdimno d náli dcião d Acição d dcião Doção indiciv do fundo concdr Idnificção do indicdor d ruldo lcnçr Progrm Oprcioni Finncidor Orgnimo Inrmédio rponávi pl náli Divulgção d ruldo pono d cono FASE I - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d FASE II - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d FASE III - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d FASE IV - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d FASE V - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d Págin 2 d 16

3 Prâmbulo No rmo do rigo 8.º do Rgulmno Epcífico do Domínio d Compiividd Inrncionlizção, dorvn digndo por RECI, publicdo rvé d Porri n.º 57- A/2015, d 27 d fvriro, ão prnd no âmbio d um procdimno concurl, cujo Avio d concuro ão divulgdo rvé do Porl Porugl 2020 (www.porugl2020.p). O prn Avio d concuro pr prnção d foi lbordo no rmo do prvio no n.º 6 do rigo 16.º do Rgulmno Grl do Fundo Europu Eruuri d Invimno (FEEI), provdo plo Dcro-Li n.º 159/2014, d 27 d ouubro do rigo 9.º do RECI ipul o guin: 1. Objivo prioridd vid O objivo pcífico d concuro coni m concdr poio projo implificdo d mpr com mno d 2 no n ár do mprnddorimo (Prioridd d Invimno (PI) 3.1 mnciond n lín b) do n.º 1 do rigo 19.º do RECI). O prn Avio d concuro nqudr- n Tipologi d Invimno dignd por Emprnddorimo qulificdo criivo, no rmo do rigo 3.º do RECI. 2. Tipologi d oprçõ modlidd d São ucívi d poio o projo individui d quiição d rviço d conulori n ár do mprnddorimo imprcindívi o rrnqu d mpr, nomdmn lborção d plno d ngócio, bm como rviço d conulori n ár d conomi digil. Vlorizm- o projo m or d l médi-l cnologi m bn rviço innivo m conhcimno. A gum um rgim implificdo, nomdmn no qu rpi criério d lção przo d dcião. Págin 3 d 16

4 3. Nurz do bnficiário O bnficiário do poio prvio no prn Avio d concuro ão mpr PME d qulqur nurz ob qulqur form jurídic, qu cumprm com o criério d co d lgibilidd guir nuncido. 4. Ár gográfic d plicção O prn Avio d concuro m plicção m od rgiõ NUTS II do Coninn (Nor, Cnro, Libo, Alnjo Algrv). A loclizção do projo corrpond à rgião ond locliz o blcimno do bnficiário no qul irá r rlizdo o invimno. 5. Âmbio Soril São lgívi o projo inrido m od ividd conómic, m prjuízo d rriçõ prvi no rigo 4.º do RECI. 6. Condiçõ pcífic d co d Avio Pr lém do criério pcífico d lgibilidd do bnficiário do projo, prvio no Dcro-Li n.º 159/2014 no RECI, o projo lcionr no prn concuro êm ind d ifzr guin condiçõ pcífic d co: ) Corrpondr um mpr crid há mno d doi no; b) Efur conul plo mno du nidd crdid pr domínio d inrvnção ( mprnddorimo ), dvndo quiiçõ d rviço prnchr cumulivmn guin condiçõ: i. Srm xcluivmn impuávi o blcimno do bnficiário ond dnvolv o projo; ii. Rulrm d quiiçõ m condiçõ d mrcdo rciro não rlciondo com o dquirn; Págin 4 d 16

5 iii. Rulrm d quiiçõ nidd crdid pr prção do rviço m cu, não ndo dmiid ubconrção d our nidd. c) r our provd ou m f d dcião n ipologi d invimno Emprnddorimo Qulificdo Criivo Inovção Produiv PME idnificd, rpivmn, n lín b) c) do n.º 1 do rigo 19.º do RECI; d) Compromr- prnr informção, vlindo o rviço prdo pl rpiv nidd crdid. Qundo à d d prnção d não ivr ind diponívl Informção Emprril plificd (IES), rliv o no 2014, pr fio d dfinição do no préprojo rá conidrdo o no d Rgr limi à lgibilidd d dp Tndo m conidrção o limi máximo d incnivo prmiido por, no rmo do n.º 6 do 30.º do RECI, o limi máximo d dp lgívl é d 20 mil uro. 8. Criério d lção d A ão vlid com b no criério d lgibilidd prvio no rigo 5.º, no n.º 6 do rigo 26.º no n.º 2 do rigo 29.º do RECI no prn Avio m méri d nqudrmno lgibilidd do bnficiário do projo. O projo qu cumprm com o criério d lgibilidd rfrido, ão m primiro lugr ordndo ndo m conidrção mpr inrid m or d l médi-l cnologi m bn rviço innivo m conhcimno,, guidmn, por d (di/hor/minuo/gundo) d nrd d, ndo lciondo é o limi orçmnl dfinido no Pono 15 d Avio, m prjuízo do rfrido limi podr r rforçdo por dcião d Auoridd d Gão (AG). Em co d iguldd, lção d é fud com b n crição líquid d poo d rblho. Págin 5 d 16

6 9. Limi o númro d Ao brigo do prn Avio d concuro cd cndido pn pod prnr um. 10. Tx d finncimno d dp lgívi Tndo m conidrção o prvio no n.º 6 do rigo 31.º do RECI, o incnivo concdr no âmbio d Avio ão clculdo rvé d plicção à dp conidrd lgívi d um x d 75%. 11. Form limi do poio O poio concdr no âmbio d Avio rvm form d incnivo não rmbolávl, n condiçõ blcid no rigo 30.º do RECI. 12. Modlidd procdimno pr prnção d A prnção d é fud rvé d formulário lrónico no Blcão 2020 (hp://www.porugl2020.p/blco2020/). Pr prnr é indipnávl qu o bnficiário nh fudo rgio unicção no Blcão Com unicção é crid um ár rrvd n qul o bnficiário podrá conr com um conjuno d funcionlidd, indpndnmn d nurz do projo, d Rgião ou do Progrm Oprcionl qu prnd cndidr. N ár rrvd o bnficiário dv confirmr complr o u ddo d crcrizção d nidd qu rão udo n u o Porugl Com o objivo d implificr o proco d dcião inroduzir um mior plnmno no co o poio diponívi à PME, blcu- n Avio d concuro um modologi d rcção d d form conínu, com dciõ fd num b bimrl. D form, no âmbio do prn Avio d concuro, fic blcido o guin plno por f pr prnção d rpiv d d comunicção d dcião o bnficiário: Págin 6 d 16

7 DATAS F Início Rcção d Cndidur Fim Rcção d Cndidur (*) Comunicção Dcião o Bnficiário F I 15-Mi Jun Ago-15 F II 15-Jun Ago Nov-15 F III 31-Ago Ou Jn-16 F IV 31-Ou Dz Mr-16 F V 31-Dz Mr Jun-16 No: (*) A rcção d m cd f ncrr à 19 hor do di dfinido no qudro como Fim d Rcção d. A prir d hor ão incluíd n f guin. A Auoridd d Gão do Progrm Oprcioni podrão upndr rcção d qulqur momno, rvé d comunicção prévi publicr no loci dfinido no pono 19. com um ncdênci mínim d 3 di úi m rlção à d blcid pr upnão. Evnui jumno, julgdo prinn, o rmo condiçõ gor blcido pr Avio d concuro, o mmo rão divulgdo no loci dfinido no pono 19., ncipdmn fc o início d cd f pr prnção d. Ao brigo d Avio d concuro, o przo pr prnção d dcorr nr o di 15 d mio d 2015 o di 31 d mrço d 2016 (19 hor). 13. Procdimno d náli dcião d A ão nlid lciond d cordo com o criério d lgibilidd prvio n Avio d concuro. A dcião fundmnd obr o finncimno ribuir à é profrid pl Auoridd d Gão (AG) nvolvid no finncimno do projo no przo d 20 di úi, conr d d d ncrrmno d cd f do Avio. O przo rfrido upnd- qundo jm olicido o cndido quiqur clrcimno, informçõ ou documno, o qu ó pod ocorrr por um vz. A não Págin 7 d 16

8 prnção plo cndido, no przo d 10 di úi, do clrcimno, informçõ ou documno olicido ignificrá diênci d. No âmbio do proco d prcição d lgibilidd d é miido, no przo máximo d 10 di úi conr d d d ncrrmno d cd f, um prcr d náli d por pr do Orgnimo Inrmédio (OI) idnificdo no pono 18 d Avio. O prcr d náli obr ão prcido no âmbio d rd d im d incnivo prvi n lín f) do n.º 2 do rigo n.º 61.º do Dcro-Li n.º 137/2014, d 12 d mbro. O cndido ão ouvido no procdimno d udiênci prévi, no rmo lgi, ndo concdido um przo máximo d 10 di úi pr prnr vnui lgçõ m conrário, condo prir d d d noificção d propo d dcião, digndmn quno à vnul innção d indfrimno o rpivo fundmno. No rmo do n.º 3 do rigo 121.º do Código do Procdimno Adminirivo rlizção d udiênci prévi rfrid no númro nrior upnd congm do przo fixdo d 20 di úi pr doção d dcião. A propo d dcião d, rlivmn à qui nhm ido prnd lgçõ m conrário, ão rprcid ndo profrid rpiv dcião finl no przo máximo d 20 di úi, conr d d d prnção d lgção ( rfrid rprcição inclui náli, dcião nov udiênci prévi, plicávl). O projo não poido qu, m ruldo d proco d rprcição prmim u incluão no conjuno do projo lciondo, rão conidrdo lciondo poido no âmbio do prn concuro. A dcião é noificd pl AG o bnficiário no przo d 5 di úi, conr d d d u mião. Com unicção no Blcão 2020 pó ubmião do formulário d é concdido o cndido prmião pr co à Plform d Aco plificdo (PAS) rvé d qul inrg pr fio d: ) Rpo pdido d clrcimno; b) Comunicção d diênci d, nomdmn n uênci d rpo o pdido d clrcimno, d informção ou lmno dicioni, qundo olicido; Págin 8 d 16

9 c) Audiênci prévi rliv à propo d dcião obr, digndmn comunicção d propo d dcião prnção d vnul lgção m conrário; d) Comunicção d dcião finl d AG obr ; ) Conul obr iução do projo hiórico do bnficiário. A d limi pr noificção d dcião ão indicd no qudro do pono 12 n qui inclui o przo d 10 di úi uilizdo pr rpo pdido d clrcimno o przo d 10 di úi pr udiênci d inrdo. No Anxo A prn- o digrm ilurivo obr o procdimno d náli dcião d. 14. Acição d dcião A cição d dcião d concão do incnivo é fi mdin inur do rmo d cição qul é ubmid lronicmn unicd no rmo do rigo 11.º do Dcro-Li n.º 159/2014, d 27 d ouubro. No rmo do n.º 2 do rigo 21.º do Dcro-Li n.º 159/2014, dcião d provção cduc co não j indo o rmo d cição no przo máximo d 30 di úi, conr d d d noificção d dcião, lvo moivo juificdo, não impuávl o cndido. 15. Doção indiciv do fundo concdr A doção do Fundo FEDER f o prn concuro é d 6,8 milhõ d uro, corrpondndo à guin doção indiciv por Progrm Oprcionl (PO): Progrm Oprcionl Doção Orçmnl (milhr d uro) Rgionl do Nor Rgionl do Cnro Rgionl d Libo 250 Rgionl do Alnjo 500 Rgionl do Algrv 500 Tol Págin 9 d 16

10 16. Idnificção do indicdor d ruldo lcnçr É conidrdo, como primiro criério d hirrquizção, inrção d mpr m or d l médi-l cnologi m rviço innivo m conhcimno, m linhmno com o indicdor d ruldo do PO ( ncimno d mpr m or d l médi-l cnologi m bn rviço innivo m conhcimno ). Proguindo orinção pr ruldo, ão objo d conrulizção moniorizção o objivo prvio plo bnficiário qundo d provção do projo. 17. Progrm Oprcioni Finncidor A dlimição d inrvnção do Progrm Oprcioni finncidor do projo inrido n concuro é drmind d guin form: ) O projo com invimno loclizdo n rgiõ NUTS II Nor, Cnro Alnjo ão poido plo rpivo Progrm Oprcioni Rgioni; b) O projo com invimno loclizdo n rgiõ NUTS II d Libo do Algrv ão finncido plo rpivo Progrm Oprcioni Rgioni. 18. Orgnimo Inrmédio rponávi pl náli No rmo do rigo n.º 36.º 37.º do Dcro-Li n.º 137/2014, d 12 d mbro rlivo o modlo d govrnção do FEEI, nidd dignd por conro d dlgção d compênci qu gurm náli d no âmbio d Avio d concuro ão: ) O Iniuo do Turimo d Porugl, I. P. (Turimo d Porugl, I. P.), pr o projo do or do urimo; b) A Agênci pr Compiividd Inovção, I. P. (IAPMEI, I. P.), pr o rn projo. Págin 10 d 16

11 19. Divulgção d ruldo pono d cono No porl Porugl 2020 (www.porugl2020.p) n Plform d Aco plificdo (PAS), o cndido, êm co: ) A our pç informçõ rlvn, nomdmn lgilção nqudrdor; b) Supor écnico jud o clrcimno d dúvid no príodo m qu dcorr o concuro; c) A pono d cono pr obr informçõ dicioni; d) Ao ruldo d concuro. 15 d mio d 2015 Pridn Comião Diriv do PO Rgionl do Nor Pridn Comião Diriv do PO Rgionl do Cnro Pridn Comião Diriv do PO Rgionl d Libo Pridn Comião Diriv do PO Rgionl do Alnjo Pridn Comião Diriv do PO Rgionl do Algrv Emídio Gom An Abrunho João Tixir Anónio Co Dib Dvid Sno Págin 11 d 16

12 FASE I - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d Formulário Cndidur D ncrrmno AAC: 15/06/2015 Pdido Eclrcimno Solicido clrcimno -przo d 10 di pr rpo. Diênci Rcbido rgindo rpo - diênci. OI mi prcr Aprcição prcr Rd SI AG prpr propo d dcião Noificção Audiênci prévi D R l v n D limi pr mião d prcr do OI:29/06/2015 m pdido clrcimno 13/07/2015 com pdido clrcimno O prcr obr ão prcido n rd d im d incnivo d 12 d mbro O cndido ão ouvido no procdimno, ndo concdido um przo máximo d 10 di úi pr prnr vnui lgçõ m conrário, condo prir d d d noificção d propo d dcião. Rprcição (dcião 20 di úi) Algçõ AG Dcião Finl Auoridd d Gão Dcião finl d limi: 10/08/2015 D limi noificção d dcião finl: 17/08/2015 Págin 12 d 16

13 FASE II - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d Formulário Cndidur D ncrrmno AAC: 31/08/2015 Pdido Eclrcimno Solicido clrcimno -przo d 10 di pr rpo. Diênci Rcbido rgindo rpo - diênci. OI mi prcr Aprcição prcr Rd SI AG prpr propo d dcião Noificção Audiênci prévi D R l v n D limi pr mião d prcr do OI:14/09/2015 m pdido clrcimno 28/09/2015 com pdido clrcimno O prcr obr ão prcido n rd d im d incnivo d 12 d mbro O cndido ão ouvido no procdimno, ndo concdido um przo máximo d 10 di úi pr prnr vnui lgçõ m conrário, condo prir d d d noificção d propo d dcião. Rprcição (dcião 20 di úi) Algçõ AG Dcião Finl Auoridd d Gão Dcião finl d limi: 26/10/2015 D limi noificção d dcião finl: 02/11/2015 Págin 13 d 16

14 FASE III - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d Formulário Cndidur D ncrrmno AAC: 31/10/2015 Pdido Eclrcimno Solicido clrcimno -przo d 10 di pr rpo. Diênci Rcbido rgindo rpo - diênci. OI mi prcr Aprcição prcr Rd SI AG prpr propo d dcião Noificção Audiênci prévi D R l v n D limi pr mião d prcr do OI:13/11/2015 m pdido clrcimno 27/11/2015 com pdido clrcimno O prcr obr ão prcido n rd d im d incnivo d 12 d mbro O cndido ão ouvido no procdimno, ndo concdido um przo máximo d 10 di úi pr prnr vnui lgçõ m conrário, condo prir d d d noificção d propo d dcião. Rprcição (dcião 20 di úi) Algçõ AG Dcião Finl Auoridd d Gão Dcião finl d limi: 29/12/2015 D limi noificção d dcião finl: 06/01/2016 Págin 14 d 16

15 FASE IV - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d Formulário Cndidur D ncrrmno AAC: 31/12/2015 Pdido Eclrcimno Solicido clrcimno -przo d 10 di pr rpo. Diênci Rcbido rgindo rpo - diênci. OI mi prcr Aprcição prcr Rd SI AG prpr propo d dcião Noificção Audiênci prévi D R l v n D limi pr mião d prcr do OI:15/01/2016 m pdido clrcimno 29/01/2016 com pdido clrcimno O prcr obr ão prcido n rd d im d incnivo d 12 d mbro O cndido ão ouvido no procdimno, ndo concdido um przo máximo d 10 di úi pr prnr vnui lgçõ m conrário, condo prir d d d noificção d propo d dcião. Rprcição (dcião 20 di úi) Algçõ AG Dcião Finl Auoridd d Gão Dcião finl d limi: 26/02/2016 D limi noificção d dcião finl: 04/03/2016 Págin 15 d 16

16 FASE V - Anxo A - Digrm obr o procdimno d náli dcião d Formulário Cndidur Pdido Eclrcimno \ D ncrrmno AAC: 31/03/2016 Solicido clrcimno -przo d 10 di pr rpo. Diênci Rcbido rgindo rpo - diênci. OI mi prcr Aprcição prcr Rd SI AG prpr propo d dcião Noificção Audiênci prévi D R l v n D limi pr mião d prcr do OI:14/04/2016 m pdido clrcimno 29/04/2016 com pdido clrcimno O prcr obr ão prcido n rd d im d incnivo d 12 d mbro O cndido ão ouvido no procdimno, ndo concdido um przo máximo d 10 di úi pr prnr vnui lgçõ m conrário, condo prir d d d noificção d propo d dcião. Rprcição (dcião 20 di úi) Algçõ AG Dcião Finl Auoridd d Gão Dcião finl d limi: 27/05/2016 D limi noificção d dcião finl: 03/06/2016 Págin 16 d 16

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 14/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 14/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 14/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME VALE INTERNACIONALIZAÇÃO 15 DE MAIO DE 2015 Págin 1 d 17 Índic Prâmbulo... 3 1. Objivo

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 15/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 15/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 15/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS QUALIFICAÇÃO DAS PME VALE INOVAÇÃO 15 DE MAIO DE 2015 Págin 1 d 17 Índic Prâmbulo... 3 1. Objivo prioridd vid... 3

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 12/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 12/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 12/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO VALE I&D 15 DE MAIO DE 2015 Págin 1 d 16 Índic Prâmbulo... 3 1. Objivo prioridd

Leia mais

ALTERAÇÃO Nº1 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 12/SI/2015

ALTERAÇÃO Nº1 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 12/SI/2015 ALTERAÇÃO Nº1 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 12/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO VALE I&D 30 DE JULHO DE 2015 Págin 1 d 3 Altrção o Aviso d

Leia mais

ALTERAÇÃO Nº1 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 15/SI/2015

ALTERAÇÃO Nº1 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 15/SI/2015 ALTERAÇÃO Nº1 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 15/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS QUALIFICAÇÃO DAS PME VALE INOVAÇÃO 30 DE JULHO DE 2015 Págin 1 d 3 Altrção o Aviso d Concurso 1. Fc à

Leia mais

Análises de sistemas no domínio da frequência

Análises de sistemas no domínio da frequência prmno d Engnhri Químic d Prólo UFF iciplin: TEQ0- COTROLE E PROCESSOS náli d im no domínio d frquênci Prof inok Boorg Rpo d Frquênci Cliqu pr dir o ilo do xo mr COCEITO: Coni d um méodo gráfico-nlíico

Leia mais

GRAVITAÇÃO UNIVERSAL

GRAVITAÇÃO UNIVERSAL GVIÇÃO UNIVESL z- u ci féric u fr chubo rio, l qu u uprfíci ngnci uprfíci xrn fr chubo p plo cnro priii fr chubo r D coro co Li Grição Unirl, qul rá forç co qu fr chubo rirá u pqun fr locliz à iânci, o

Leia mais

ESCOLA DE LÍDERES BRASIL

ESCOLA DE LÍDERES BRASIL ESCOLA DE LÍDERES BRASIL CURSO DE MARKETING MÓDULO I LEITURA COMPLEMENTAR (LC) [ D i g i o c o n ú d o d b r r l r l. T r - s d u m s u p l m n o O MERCADO 1. O Circuio Econômico Sgundo Armndo Krmr, produção

Leia mais

Uniforme Exponencial Normal Gama Weibull Lognormal. t (Student) χ 2 (Qui-quadrado) F (Snedekor)

Uniforme Exponencial Normal Gama Weibull Lognormal. t (Student) χ 2 (Qui-quadrado) F (Snedekor) Prof. Lorí Vili, Dr. vili@pucrs.br vili@m.ufrgs.br hp://www.pucrs.br/fm/vili/ hp://www.m.ufrgs.br/~vili/ Uniform Exponncil Norml Gm Wibull Lognorml (Sudn) χ (Qui-qudrdo) F (Sndkor) Um VAC X é uniform no

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 04/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 04/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 04/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO E CRIATIVO 20 DE MARÇO DE 2015 Página 1 de 17 Índice Preâmbulo... 3 1. Objetivos e prioridades

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 02/SI/2016

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 02/SI/2016 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 02/SI/2016 SISTEMA DE INCENTIVOS EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO E CRIATIVO 15 DE JANEIRO DE 2016 Página 1 de 17 Índice Preâmbulo... 3 1. Objetivos e prioridades

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini - Novembro 2013

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini - Novembro 2013 Txto para Coluna do NRE-POLI na Rvita Contrução Mrcado Pini - Novmbro 2013 Rico do Tomador do Agnt Financiro no Uo do Sitma Pric m rlação ao Sitma SAC no Financiamnto d Imóvi Ridnciai Prof. Dr. Claudio

Leia mais

Programa Compete Balanço e meios disponíveis até final do QREN

Programa Compete Balanço e meios disponíveis até final do QREN Programa Compete Balanço e meios disponíveis até final do QREN Franquelim Alves XIV Fórum da Indústria Têxtil Vila Nova de Famalicão 28 Novembro 2012 COMPETE Instrumentos e Sistemas de Apoio AGENDA DA

Leia mais

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia.

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia. Procedimento de seleção pr recrutmento de Técnicos no âmbito do Progrm de Atividdes de Enriquecimento Curriculr do 1.º Ciclo de Ensino Básico Inglês Ofert n.º 1260 A Câmr Municipl Mi procede à bertur do

Leia mais

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-53-2015-03

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-53-2015-03 AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-53-2015-03 SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS QUALIFICAÇÃO Nos termos do artigo 8.º do Regulamento Específico do Domínio da Competitividade

Leia mais

TABELA V-A. 0,10=< (r) 0,15=< (r) (r) < 0,20. Até 120.000,00 17,50% 15,70% 13,70% 11,82% 10,47% 9,97% 8,80% 8,00%

TABELA V-A. 0,10=< (r) 0,15=< (r) (r) < 0,20. Até 120.000,00 17,50% 15,70% 13,70% 11,82% 10,47% 9,97% 8,80% 8,00% Anxo V 1) Srá purd rlção conform bixo: = Folh d Slários incluídos ncrgos (m 12 mss) Rcit Brut (m 12 mss) 2) Ns hipótss m qu corrspond os intrvlos cntsimis d Tbl V-A, ond < signific mnor qu, > signific

Leia mais

tgs Resumo do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização think global. think tgs Qualificação e Internacionalização das PME

tgs Resumo do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização think global. think tgs Qualificação e Internacionalização das PME think global. think Resumo do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização Qualificação e Internacionalização das PME TGS Março 2015 O que é? O Regulamento Específico do Domínio da Competitividade

Leia mais

Oferta n.º 1274; 1275 e 1276

Oferta n.º 1274; 1275 e 1276 Procedimento de seleção pr recrutmento de Técnicos no âmbito do Progrm de Atividdes de Enriquecimento Curriculr do 1.º Ciclo de Ensino Básico Inglês Ofert n.º 1274; 1275 e 1276 A Câmr Municipl Mi procede

Leia mais

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e :

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 13 DE JULH DE 2015! Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : Caso vo cê nunca t e nh a pa

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 19/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 19/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 19/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME 02 DE JULHO DE 2015 Página 1 de 15 Índice Preâmbulo... 3 1. Objetivos e prioridades visadas...

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 29/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 29/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 29/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME PROJETOS CONJUNTOS 13 DE OUTUBRO DE 2015 Página 1 de 15 Índice Preâmbulo... 3 1. Objetivos

Leia mais

EccoS Revista Científica ISSN: 1517-1949 eccos@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil

EccoS Revista Científica ISSN: 1517-1949 eccos@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil EoS v Cíf ISSN: 1517-1949 o@uov.br Uvrdd Nov d Julho Brl Slv oz, Dogo d ñ d "A pdgog o Brl. Hór or" d Drmvl Sv EoS v Cíf, vol. 12, úm. 2, julo-dmbr, 2010, pp. 511-519 Uvrdd Nov d Julho São Pulo, Brl Dpoívl

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 25/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 25/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 25/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INOVAÇÃO PRODUTIVA PARA PROJETOS LOCALIZADOS EM TERRITÓRIOS DE BAIXA DENSIDADE 14 DE JULHO DE 2015 Página 1 de 18 Índice

Leia mais

MEEC Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores. MCSDI Modelação e Controlo de Sistemas Dinâmicos. Exercícios de.

MEEC Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores. MCSDI Modelação e Controlo de Sistemas Dinâmicos. Exercícios de. EEC rado Engnharia Elroénia d Copuador CDI odlação Conrolo d ia Dinâio Exríio d Função Driiva Conuno d xríio laborado plo don Joé Tnriro ahado JT, anul ano ilva, Víor Rodrigu da Cunha VRC Jorg Erla da

Leia mais

Inovação empresarial e empreendedorismo. Qualificação e internacionalização das PME. Investigação e desenvolvimento tecnológico

Inovação empresarial e empreendedorismo. Qualificação e internacionalização das PME. Investigação e desenvolvimento tecnológico Mostra das empresas + Iniciativa Domínio Competitividade e Internacionalização Região Competitiva, Resiliente, Empreendedora e Sustentável com base na valorização do Conhecimento Loulé 8 Maio de 2015 Sistemas

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 06/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 06/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 06/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME 30 DE MARÇO DE 2015 Página 1 de 18 Índice Preâmbulo... 3 1. Objetivos e prioridades visadas...

Leia mais

ALTERAÇÃO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 18/SI/2015

ALTERAÇÃO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 18/SI/2015 ALTERAÇÃO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 18/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS QUALIFICAÇÃO DAS PME 23 DE JULHO DE 2015 Página 1 de 17 Índice Preâmbulo... 3 1. Objetivos e prioridades

Leia mais

O investimento empresarial apoiado pelo Portugal 2020 na Região Centro

O investimento empresarial apoiado pelo Portugal 2020 na Região Centro Comemoração do Dia da Europa 9 de maio de 2016 O investimento empresarial apoiado pelo Portugal 2020 na Região Centro Jorge Brandão Vogal Executivo da Comissão Diretiva do CENTRO 2020 MAIS CENTRO 2007-2013

Leia mais

Prgrmçã O Mu s u Év r, p r l ém f rcr s s i g ns «vi s i t s cl áss i cs» qu cri m s p nt s c nt ct nt r s di v rs s p úb l ic s qu vi s it m s c nt ú d s d s u ri c s p ó l i, p r cu r, c nc m i t nt

Leia mais

INSTABILIDADE DE CHAPAS INSTABILIDADE DE CHAPAS MÉTODO DAS LARGURAS EFETIVAS APLICAÇÃO A PERFIS FORMADOS A FRIO APLICAÇÃO A PERFIS SOLDADOS

INSTABILIDADE DE CHAPAS INSTABILIDADE DE CHAPAS MÉTODO DAS LARGURAS EFETIVAS APLICAÇÃO A PERFIS FORMADOS A FRIO APLICAÇÃO A PERFIS SOLDADOS INSTABILIDADE DE CHAPAS INSTABILIDADE DE CHAPAS MÉTODO DAS LARGURAS EFETIVAS APLICAÇÃO A PERFIS FORMADOS A FRIO FLAMBAGEM POR FLEXÃO FLAMBAGEM POR TORÇÃO FLAMBAGEM POR FLEXO-TORÇÃO FLAMBAGEM LATERAL FLAMBAGEM

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 30/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 30/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 30/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS QUALIFICAÇÃO DAS PME PROJETOS CONJUNTOS 13 DE OUTUBRO DE 2015 Página 1 de 16 Índice Preâmbulo... 3 1. Objetivos e prioridades

Leia mais

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-45-2015-08

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-45-2015-08 AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-45-2015-08 SISTEMA DE APOIO À INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA PROJETOS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO

Leia mais

f(x) é crescente e Im = R + Ex: 1) 3 > 81 x > 4; 2) 2 x 5 = 16 x = 9; 3) 16 x - 4 2x 1 10 = 2 2x - 1 x = 1;

f(x) é crescente e Im = R + Ex: 1) 3 > 81 x > 4; 2) 2 x 5 = 16 x = 9; 3) 16 x - 4 2x 1 10 = 2 2x - 1 x = 1; Curso Teste - Eponencil e Logritmos Apostil de Mtemátic - TOP ADP Curso Teste (ii) cso qundo 0 < < 1 EXPONENCIAL E LOGARITMO f() é decrescente e Im = R + 1. FUNÇÃO EXPONENCIAL A função f: R R + definid

Leia mais

J, o termo de tendência é positivo, ( J - J

J, o termo de tendência é positivo, ( J - J 6. Anxo 6.. Dinâmica da Economia A axa d juros (axa SEL LBO) sgu um modlo. Ou sja, o procsso da axa d juros (nuro ao risco) é dscrio por: dj ( J J ) d J ond: J : axa d juros (SEL ou LBO) no insan : vlocidad

Leia mais

Associação de Resistores e Resistência Equivalente

Associação de Resistores e Resistência Equivalente Associção d sistors sistêci Equivlt. Itrodução A ális projto d circuitos rqurm m muitos csos dtrmição d rsistêci quivlt prtir d dois trmiis quisqur do circuito. Além disso, pod-s um séri d csos práticos

Leia mais

Qualificação das PME. Internacionalização das PME

Qualificação das PME. Internacionalização das PME Qualificação das PME Internacionalização das PME Sistema de Incentivos Qualificação das PME Candidaturas 30 Março a 22 Maio 2015 Para projectos que visem acções de qualificação de PME com o objectivo de

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS SISTEMA DE APOIO ÀS AÇÕES COLETIVAS PROMOÇÃO DO ESPÍRITO EMPRESARIAL Índice 1. Objetivo temático, prioridade de investimento e objetivo específico... 3 2. A área

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 03/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 03/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 03/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INOVAÇÃO PRODUTIVA 20 DE MARÇO DE 2015 Página 1 de 24 Índice Preâmbulo... 3 1. Objetivos e prioridades visadas... 3

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 20/SI/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 20/SI/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 20/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INOVAÇÃO PRODUTIVA 02 DE JULHO DE 2015 Página 1 de 19 Índice Preâmbulo... 3 1. Objetivos e prioridades visadas... 3

Leia mais

Um Programa dirigido às Empresas Francisco Nunes

Um Programa dirigido às Empresas Francisco Nunes Um Programa dirigido às Empresas Francisco Nunes Gestor de Eixo Aveiro 2 de dezembro de 2015 Fonte: Comissão Europeia Contexto competitivo global Melhoria dos fatores domésticos de competitividade Ambiente

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: CE000313/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/03/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR011016/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46205.003892/2013-28

Leia mais

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-46-2015-05

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-46-2015-05 AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-46-2015-05 SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS TRANSFERÊNCIA DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO Nos termos do artigo 8.º do Regulamento

Leia mais

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10 QUESTÃO 1 VESTIBULAR FGV 010 JUNHO/010 RESOLUÇÃO DAS 15 QUESTÕES DE MATEMÁTICA DA PROVA DA MANHÃ MÓDULO OBJETIVO PROVA TIPO A O mon i tor de um note book tem formato retangular com a di ag o nal medindo

Leia mais

s - ã o g n s s s e R e ção CNHP CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE HOMENS PRESBITERIANOS UNIÃO PRESBITERIANA DE HOMENS

s - ã o g n s s s e R e ção CNHP CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE HOMENS PRESBITERIANOS UNIÃO PRESBITERIANA DE HOMENS CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE HOMENS PRESBITERIANOS CNHP UNIÃO PRESBITERIANA DE HOMENS çã z li g n v o d lid i b E p om C iri tu lidd Cu d Ig unicção r j A P r ç ã o S oc i l E i M b c i o t E CNHP CONFEDERAÇÃO

Leia mais

"Kokumin Kenko Hoken" Seguro Nacional de Saúde

Kokumin Kenko Hoken Seguro Nacional de Saúde Numção 8-4-3 ClificçãoDonç Aunto Sguo Público p Aitênci Médic Tm "Kokumin Knko Hokn" Sguo Ncionl d Súd Nívl d conult 3 1 Pgunt Rpot Báic Não poo incv-m no guo d úd. Djo b ob o itm p pcv-m no 2 Pgunt Rpot

Leia mais

COMUNICADO À IMPRENSA

COMUNICADO À IMPRENSA COMUNICADO À IMPRENSA EMBARGO O contúdo dt comunicdo à imprn o Rltório rlciondo não dvm r citdo ou rumido n mídi impr, tlviiv ou ltrônic nt d 28 d novmbro d 2012, 17:00 GMT (12:00 Nov York, 18:00 Gnbr)

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº 03/SIAC/2015

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº 03/SIAC/2015 CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº 03/SIAC/2015 SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS PROMOÇÃO DO ESPÍRITO EMPRESARIAL 24 de julho de 2015 Página 1 de 17 Índice Preâmbulo... 3 1. Enquadramento

Leia mais

Investir no Atlântico

Investir no Atlântico Investir no Atlântico Domínio Competitividade e Internacionalização Região Competitiva, Resiliente, Empreendedora e Sustentável com base na valorização do Conhecimento UALG 17 novembro de 2015 Sistemas

Leia mais

Capítulo 3. Análise de Sinais Dep. Armas e Electronica, Escola Naval V1.1 - Victor Lobo 2004. Page 1. Domínio da frequência

Capítulo 3. Análise de Sinais Dep. Armas e Electronica, Escola Naval V1.1 - Victor Lobo 2004. Page 1. Domínio da frequência Dp. Armas Elcronica, Escola Naval V. - Vicor Lobo 004 Capíulo 3 Transformadas ourir ourir Discra Bibliografia Domínio da frquência Qualqur sinal () po sr composo numa soma xponnciais complxas Uma xponncial

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS SISTEMA DE APOIO ÀS AÇÕES COLETIVAS INTERNACIONALIZAÇÃO Índice 1. Objetivo temático, prioridade de investimento e objetivo específico... 3 2. A área geográfica

Leia mais

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso.

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso. TERMO DE ADESÃO A POLITICA DE INSCRIÇÃO NOS EVENTOS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM 9ª. JORNADA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM GERIÁTRICA E GERONTOLÓGICA TEMA CENTRAL: A interfce do cuiddo de enfermgem

Leia mais

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente.

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente. Câmr Municipl d Amdor Deprtmento de Administrção U04.6 Urbnísitic EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA PARA OBRAS INACABADAS LISTA DE DOCUMENTOS 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009)

Leia mais

CIRCULAR. Assunto: SISTEMA DE INCENTIVOS INOVAÇÃO PRODUTIVA SISTEMA DE INCENTIVOS EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO E CRIATIVO

CIRCULAR. Assunto: SISTEMA DE INCENTIVOS INOVAÇÃO PRODUTIVA SISTEMA DE INCENTIVOS EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO E CRIATIVO CIRCULAR N/ REFª: 29 DATA: 23/03/2015 Assunto: SISTEMA DE INCENTIVOS INOVAÇÃO PRODUTIVA SISTEMA DE INCENTIVOS EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO E CRIATIVO Data de início: 20 03-2015 Data de encerramento: 24-04-2015

Leia mais

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20 42 2015 13 INVESTIMENTOS NA ÁREA DOS EQUIPAMENTOS SOCIAIS E DA SAÚDE

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20 42 2015 13 INVESTIMENTOS NA ÁREA DOS EQUIPAMENTOS SOCIAIS E DA SAÚDE AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20 42 2015 13 INVESTIMENTOS NA ÁREA DOS EQUIPAMENTOS SOCIAIS E DA SAÚDE INVESTIMENTOS NA ÁREA DA SAÚDE DOMÍNIO DA INCLUSÃO SOCIAL E EMPREGO

Leia mais

BULLETIN NO. CBLBKDB1203-03. Melhor projeto, maior eficiência e confiabilidade. Talhas Manuais KITO

BULLETIN NO. CBLBKDB1203-03. Melhor projeto, maior eficiência e confiabilidade. Talhas Manuais KITO BULLETIN NO. BLBKB120-0 Mlhor projo, mior ficiênci confiilidd Tlh Mnui KITO Vindo ornr- O Mior Mlhor Fricn Mundil d Tlh d u fundção, m 192, KITO vm nhndo confinç d u clin por r um d lídr d mrcdo n fricção

Leia mais

POCI Aviso n.º3/si/2015 Programa Operacional Fatores de Competitividade INOVAÇÃO PRODUTIVA ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS BENEFICIÁRIOS

POCI Aviso n.º3/si/2015 Programa Operacional Fatores de Competitividade INOVAÇÃO PRODUTIVA ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS BENEFICIÁRIOS ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS POCI Aviso n.º3/si/2015 Programa Operacional Fatores de Competitividade INOVAÇÃO PRODUTIVA O objetivo específico deste concurso consiste em conceder apoios financeiros a projetos

Leia mais

LEI n 45712002 De 29 de abril de 2002.

LEI n 45712002 De 29 de abril de 2002. PREFEITURA i1 UN ICLPL I)I (;ARRI Prç Mrchl Dodoro d Fonsc s/ny Cntro. CEP: 49.830-0()0 CGC 13 112669/0001-17 * Tlfon (0'x79)354 1240 1 E-Mil: LEI n 45712002 D 29 d bril d 2002. Autoriz o Podr Excutivo

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 06 / SI / 2012

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 06 / SI / 2012 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 06 / SI / 2012 SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO DE PME) PROGRAMA ESTRATÉGICO +E+I VALE PROJETO SIMPLIFICADO

Leia mais

(Às Co missões de Re la ções Exteriores e Defesa Na ci o nal e Comissão Diretora.)

(Às Co missões de Re la ções Exteriores e Defesa Na ci o nal e Comissão Diretora.) 32988 Quarta-feira 22 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Ou tu bro de 2003 Art. 3º O Gru po Parlamentar reger-se-á pelo seu regulamento in ter no ou, na falta deste, pela decisão da ma i o ria absoluta de seus mem

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE FERREIRA DO ZÊZERE

CÂMARA MUNICIPAL DE FERREIRA DO ZÊZERE CAPITULO I VENDA DE LOTES DE TERRENO PARA FINS INDUSTRIAIS ARTIGO l. A lienção, trvés de vend, reliz-se por negocição direct com os concorrentes sendo o preço d vend fixo, por metro qudrdo, pr um ou mis

Leia mais

II L ATA N. 19/XIV. Conselheiro Fernando da Costa Soares.

II L ATA N. 19/XIV. Conselheiro Fernando da Costa Soares. jf II L Comissão Ncionl Eliçõs ATA N. 19/XIV Tv lugr no di vint qutro jniro dois mil doz, sssão númro znov d Comissão Ncionl Eliçõs, n sl runiõs sit n Av. D. Crlos 1, n. 128 7. ndr, m Lisbo, sob prsidênci

Leia mais

DIMENSIONAMENTO DE EQUIPAMENTOS CRÍTICOS DA CADEIA DE SUPRIMENTO DA PERFURAÇÃO E COMPLETAÇÃO DE POÇOS

DIMENSIONAMENTO DE EQUIPAMENTOS CRÍTICOS DA CADEIA DE SUPRIMENTO DA PERFURAÇÃO E COMPLETAÇÃO DE POÇOS DIMENSIONAMENTO DE EQUIPAMENTOS CRÍTICOS DA CADEIA DE SUPRIMENTO DA PERFURAÇÃO E COMPLETAÇÃO DE POÇOS Filip Frrir Mzzini PETROBRAS Av. Nilo Pçnh 151, Cntro, Rio d Jniro - RJ. CEP 000-100 filipmzzini@ptrobr.com.br

Leia mais

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO 1. RESULTADOS QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO 1.1- QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO: AMOSTRA REFERENTE AS

Leia mais

Candidaturas 20 Março a 24 Abril 2015

Candidaturas 20 Março a 24 Abril 2015 Inovação Produtiva Sistema de Incentivos Inovação Produtiva Candidaturas 20 Março a 24 Abril 2015 Para projectos que contribuam para o aumento do investimento empresarial em actividades inovadoras (produto,

Leia mais

GASTRONOMIA. Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to.

GASTRONOMIA. Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to. GASTRONOMIA Instruções Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to. Res pe i te mar gens e en tra das de pa rá gra fo. Use as in for ma ções

Leia mais

Automotive Service Center Soluções completas para empresas e profissionais do setor automotivo

Automotive Service Center Soluções completas para empresas e profissionais do setor automotivo A Boch traz para você a oficina do futuro Oficina autopça d todo o mundo têm a Boch como um grand técnico mprariai criado pcialmnt para difrnciar ua mpra no mrcado. té A gama mai complta d pça d rpoição.

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 36/SI/2015 COM ALTERAÇÃO AO PONTO 6 - ÂMBITO SETORIAL

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 36/SI/2015 COM ALTERAÇÃO AO PONTO 6 - ÂMBITO SETORIAL CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 36/SI/2015 COM ALTERAÇÃO AO PONTO 6 - ÂMBITO SETORIAL SISTEMA DE INCENTIVOS PROJETOS CONJUNTOS FORMAÇÃO-AÇÃO FSE PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº 01/SI/2015

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº 01/SI/2015 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº 01/SI/2015 SISTEMA DE INCENTIVOS INOVAÇÃO PRODUTIVA REGIME CONTRATUAL DE INVESTIMENTO (RCI) 17 DE MARÇO DE 2015 Página 1 de 24 Índice Preâmbulo... 3 1.

Leia mais

PROJECTOS INDIVIDUAIS E DE COOPERAÇÃO

PROJECTOS INDIVIDUAIS E DE COOPERAÇÃO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 03 / SI / 2009 SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO DE PME) PROJECTOS INDIVIDUAIS E DE COOPERAÇÃO Nos termos do

Leia mais

Uma publicação que é referência no setor

Uma publicação que é referência no setor ublic qu é rfrêci Vlt r rfiii ii frcêuc, viári, c, bitclgi, litíci, quíic fi, quit hitlr, i vi qu cl cti é u xigêci, rvit Cl Cti fc luçõ tclógic r rli brilir. C iibui irigi, ublic g rtt ghri ut, r Quli,

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 7/SI/2016 SISTEMA DE INCENTIVOS PROJETOS CONJUNTOS FORMAÇÃO-AÇÃO FSE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 7/SI/2016 SISTEMA DE INCENTIVOS PROJETOS CONJUNTOS FORMAÇÃO-AÇÃO FSE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º 7/SI/2016 SISTEMA DE INCENTIVOS PROJETOS CONJUNTOS FORMAÇÃO-AÇÃO FSE PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO QUALIFICAÇÃO DAS PME

Leia mais

A DERIVADA DE UM INTEGRAL

A DERIVADA DE UM INTEGRAL A DERIVADA DE UM INTEGRAL HÉLIO BERNARDO LOPES Rsumo. O cálculo o valor a rivaa um ingral ocorr com cra frquência na via profissional físicos, químicos, ngnhiros, conomisas ou biólogos. É frqun, conuo,

Leia mais

PROJECTOS DE EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO

PROJECTOS DE EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 12 / SI / 2009 SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO (SI INOVAÇÃO) PROJECTOS DE EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO Nos termos do Regulamento do SI Inovação, a apresentação

Leia mais

SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO DE PME) VALE INOVAÇÃO

SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO DE PME) VALE INOVAÇÃO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 07 / SI / 2009 SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO DE PME) VALE INOVAÇÃO Nos termos do Regulamento do SI Qualificação

Leia mais

VALE EMPREENDEDORISMO

VALE EMPREENDEDORISMO V A L E E M P R E E N D E D O R I S M O Page 1 VALE EMPREENDEDORISMO (PROJETOS SIMPLIFICADOS DE EMPREENDEDORISMO) Março 2015 V A L E E M P R E E N D E D O R I S M O Pag. 2 ÍNDICE 1. Enquadramento... 3

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MAT 013 - Matemática I Prof.: Leopoldina Cachoeira Menezes

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MAT 013 - Matemática I Prof.: Leopoldina Cachoeira Menezes UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA MAT - Mamáica I Prof.: Lopoldina Cachoira Mnzs Prof.: Mauricio Sobral Brandão ª Lisa d Ercícios Par I: Funçõs Econômicas

Leia mais

SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) ESTRATÉGIAS DE EFICIÊNCIA COLECTIVA - TIPOLOGIA CLUSTERS E DINÂMICAS DE REDE

SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) ESTRATÉGIAS DE EFICIÊNCIA COLECTIVA - TIPOLOGIA CLUSTERS E DINÂMICAS DE REDE AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 01 / SIAC / 2011 SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) ESTRATÉGIAS DE EFICIÊNCIA COLECTIVA - TIPOLOGIA CLUSTERS E DINÂMICAS DE REDE Nos termos do Regulamento

Leia mais

DELIBERAÇÃO N.º 793/2012

DELIBERAÇÃO N.º 793/2012 DELIBERAÇÃO N.º 793/2012 Parágrafo único Nos casos m qu o afastamnto s stndr por tmpo suprior ao prvisto, dsd qu autorizada sua prorrogação, fará jus, às diárias corrspondnts ao príodo prorrogado. Art.

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 05.REV3/2014

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 05.REV3/2014 ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 05.REV3/2014 NORMA DE PAGAMENTOS SISTEMAS DE INCENTIVOS QREN VALE I&DT E VALE INOVAÇÃO Nos termos do previsto nos Contratos de Concessão de Incentivos e nos Termos de Aceitação

Leia mais

Este texto trata do estudo analítico de sistemas de controle. Falando de forma geral, ele consiste de quatro partes:

Este texto trata do estudo analítico de sistemas de controle. Falando de forma geral, ele consiste de quatro partes: . Mamáica.. Sima Fíico Modlo E o raa do udo analíico d ima d conrol. Falando d forma gral, l coni d quaro par:. Modlagm. Dnvolvimno d quaçõ mamáica. Análi 4. Projo E capíulo dicu a dua primira par. A diinção

Leia mais

TRT-00290-2014-079-03-00-7 RO

TRT-00290-2014-079-03-00-7 RO Primeira Turma Publicacao: 14/11/2014 Ass. Digital em 11/11/2014 por CLEBER LUCIO DE ALMEIDA Relator: CLA Revisor: LOLR PODER JUDICIÁRIO R e c o r r e n t e : A L I S S O N C A R V A L H O B O R G E S

Leia mais

Workshop Abertura de candidaturas SAMA2020 Francisco Nunes

Workshop Abertura de candidaturas SAMA2020 Francisco Nunes Workshop Abertura de candidaturas SAMA2020 Francisco Nunes Gestor de Eixo Lisboa 1 de julho de 2015 DOMÍNIOS TRASNVERSAIS DOMÍNIOS TEMÁTICOS Portugal 2020 COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO INCLUSÃO

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS REGIME CONTÍNUO AVISO Nº 11 / SI / 2015

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS REGIME CONTÍNUO AVISO Nº 11 / SI / 2015 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS REGIME CONTÍNUO AVISO Nº 11 / SI / 2015 SISTEMA DE APOIO À INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (ICDT) - PI 1.1. E SISTEMA DE INCENTIVOS À INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 Estratégico III Seminário de Planejamento Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 G es tão Em pre sa rial O rie nta ção pa ra om erc ado Ino vaç ão et

Leia mais

Código PE-ACSH-2. Título:

Código PE-ACSH-2. Título: CISI Ctro Itrção Srvços Iformtc rão Excução Atv Itr o CISI Cóo Emto por: Grêc o Stor 1. Objtvo cmpo plcção Est ocumto tm como fl fr o prão brtur chmos suport o CISI. A brtur chmos é rlz o sstm hlpsk, qu

Leia mais

1. Sistema de Incentivos de Apoio Local a

1. Sistema de Incentivos de Apoio Local a 1. Sistema de Incentivos de Apoio Local a Microempresas Objetivo Apoio ao investimento e à criação de emprego e, em geral, ao desenvolvimento regional, assente na dinamização económica e social das comunidades

Leia mais

DIAGRAMA DE INTERLIGAÇÃO DE AUTOMAÇÃO NESS LRC MULTILINHAS C/ IHM

DIAGRAMA DE INTERLIGAÇÃO DE AUTOMAÇÃO NESS LRC MULTILINHAS C/ IHM 4 5 6 7 8 9 0 QUIPNOS ONROLOS 5 LINS RSRIOS OU LINS ONLOS LIN RSRIOS IR INRLIÇÃO UOÇÃO NSS LR ULILINS O I 8 0/0/5 URÇÃO LRÇÃO OS UNIUS, RPOSIIONNO O POLI LRÇÂO N LIS RIIS LOUV 7 7 0/0/5 LRO O LYOU, SUSIUIO

Leia mais

Matemática Aplicada. A Mostre que a combinação dos movimentos N e S, em qualquer ordem, é nula, isto é,

Matemática Aplicada. A Mostre que a combinação dos movimentos N e S, em qualquer ordem, é nula, isto é, Mtemátic Aplicd Considere, no espço crtesino idimensionl, os movimentos unitários N, S, L e O definidos seguir, onde (, ) R é um ponto qulquer: N(, ) (, ) S(, ) (, ) L(, ) (, ) O(, ) (, ) Considere ind

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº 04/SIAC/2015 QUALIFICAÇÃO

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº 04/SIAC/2015 QUALIFICAÇÃO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº 04/SIAC/2015 SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS QUALIFICAÇÃO 24 de julho de 2015 Página 1 de 16 Índice Preâmbulo... 3 1. Enquadramento do AAC e identificação

Leia mais

MATRIZES. Matriz é uma tabela de números formada por m linhas e n colunas. Dizemos que essa matriz tem ordem m x n (lê-se: m por n), com m, n N*

MATRIZES. Matriz é uma tabela de números formada por m linhas e n colunas. Dizemos que essa matriz tem ordem m x n (lê-se: m por n), com m, n N* MTRIZES DEFINIÇÃO: Mtriz é um tl d númros formd por m linhs n coluns. Dizmos qu ss mtriz tm ordm m n (lê-s: m por n), com m, n N* Grlmnt dispomos os lmntos d um mtriz ntr prêntss ou ntr colchts. m m m

Leia mais

Braz Costa. Diretor-Geral do CITEVE

Braz Costa. Diretor-Geral do CITEVE Braz Costa Diretor-Geral do CITEVE Emídio Gomes Presidente da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Norte PONTO DE SITUAÇÃO DO NORTE 2020 (2014/2020) JANEIRO 2016 Avisos NORTE 2020 ponto

Leia mais