Escreva seu livro! Como começar. Por: Miguel Angel.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escreva seu livro! Como começar. Por: Miguel Angel."

Transcrição

1 Escreva seu livro! Como começar. Por: Miguel Angel. Olá, vamos conversar um pouco sobre o texto narrativo, suas artimanhas e algumas dicas para começar seu livro. Não se iluda achando que os grandes escritores vivem de inspiração. Sentam diante do computador ou de sua velha maquina de escrever e o livro flui como um rio caudaloso. Como se diz 1% inspiração, 99% transpiração. Vamos falar um pouco sobre o texto narrativo. São elementos básicos da narração: Enredo (ação), personagem, tempo e espaço. Para tratar adequadamente esses elementos básicos, o autor deve responder as seguintes perguntas ao longo do texto: O QUÊ? o(s) fato(s) que determina(m) a história; QUEM? _ a personagem ou personagens; COMO? _ o enredo, o modo como se tecem os fatos; ONDE? _ o lugar ou lugares da ocorrência; QUANDO? _ o momento ou momentos em que se passam os fatos; POR QUÊ? _ a causa do acontecimento. Veja um exemplo de um esquema que se pode utilizar antes de começar propriamente a escrever, para depois manter a o fio da meada: O quê? Romance conturbado, que resulta em crime passional. Quem? Misael e Maria Elvira. Como? O envolvimento inconseqüente de um homem de 63 anos com uma prostituta. Onde? Lapa, Estácio, Rocha,Catete e vários outros lugares. Quando? Duração do relacionamento: três anos. Por quê? Promiscuidade de Maria Elvira. 1

2 Quanto à estrutura narrativa convencional, acompanhe a seqüência de ações que compõem o enredo: Exposição: a união de Misael, 63 anos, funcionário público, a Maria Elvira, prostituta; Composição: a infidelidade de Maria Elvira obriga Misael a buscar nova moradia para o casal; Clímax: as sucessivas mudanças de residência, provocadas pelo comportamento desregrado de Maria Elvira, acarretam o descontrole emocional de Misael; Desfecho: a polícia encontra Maria Elvira assassinada com seis tiros. Foco narrativo ou ponto de vista do narrador. Narrador personagem ou participante: foco narrativo em 1ª pessoa. Narrador observador: foco narrativo em 3ª pessoa. Narrador onisciente: foco narrativo em 3ª pessoa. Tipos de discurso. direto (diálogo): o narrador reproduz textualmente a fala da personagem. Mais forte e aproxima emocionalmente o leitor. indireto: o narrador conta o que a personagem fala, filtrando ou não a fala. Afasta o leitor das personagens e coloca uma barreira (o narrador) entre os dois. indireto livre: a fala da personagem funde-se com a fala do narrador (parecido com o anterior, porém com o narrador aparecendo mais). do narrador: o narrador conta a história e tece comentários sobre personagens e acontecimentos. Unidades narrativas básicas. Tempo: Real (que se passa para o leitor) e Ficcional (tempo que transcorre na história). Todos os recursos utilizados devem estar a serviço da história. Sena: se conta algo que acontece ao mesmo tempo que o tempo real, o leitor é testemunha direta dos fatos. O tempo pode ser manipulado, acelerado ou retardado para dar destaque a algo. A sena deve impactar ao leitor de forma especial. A sena informa ao leitor que algo importante está acontecendo. Importante não desperdiçá-las com acontecimentos sem importância. 2

3 Diálogo: é ele mesmo uma sena, pois se passa em tempo real. Também deve ser relevante, evitar diálogos banais. Se a fala é banal, aproveitar para usar a notas do narrador, ou intervenções de outros personagens, para dar informação valiosa. Resumo: o tempo fictício se acelera, conta-se fatos de forma resumida, usualmente os diálogos são indiretos. Uso do tempo narrativo: Elipse: omite informação fazendo um salto para a frente no tempo. Funcional: quando se omite informação não necessária, tipo o personagem deita e dorme e não precisamos contar nada sobre o que se passou, nem por resumo. Estrutural: quando se omite informação SIM necessária, tipo o personagem dorme e acorda em outro lugar em uma circunstancia confusa. Será necessário explicar o que aconteceul Analepse: (flashback) interromper o transcorrer da narrativa para contar algo do passado. Prolepse: (flachforward) um salto para contar algo do futuro da narrativa. Descrição: O tempo fictício fica lento em relação ao real. Serve para situar o leitor no espaço. Sempre TRANSMITIR mostrando mais que dizendo. Usar se possível os 5 sentidos. Estática: o tempo fictício para ou fica extremamente lento. Não há ação, somente os detalhes que se descrever. Boa para oferecer um descanso ao leitor, após um momento de grande intensidade dramática. Dinâmica: a narração segue enquanto se descreve o entorno. Integrada: quando a descrição serve além de descrever o entorno assim como para fazer a narrativa avançar. Preferíveis a integrada e a dinâmica. Mostrar e não dizer (melhor mostrar as reações dos personagens do que usar adjetivos. Melhor dizer que tal personagem chora, do que dizer que está triste). TUDO que se escreva com estas unidades narrativas básicas, deve cumprir uma destas tarefas: -Ajudar no avanço da história e que ela seja compreendida; -Ajudar a descrever aos personagens, as relações entre eles ou os fatos ocorridos; - Ajudar o leitor a submergir no universo ficcional. Se algo foi escrito que não cumpre a uma dessas tarefas, o autor deve estudar a possibilidade de suprimir a sena, diálogo ou mesmo um personagem completo. 3

4 LEMBRE-SE TUDO ESTÁ A SERVIÇO DA HISTÓRIA QUE SE CONTA. TODA HISTÓRIA TEM UM MOTIVO, UM PORQUÊ. TUDO QUE SE PASSA, É PARA LEVÁ-LA A SUA ULTIMA LINHA, AO DESFECHO! Edgar Allan Poe, autor, poeta, editor e crítico literário americano, mestre do conto, dizia: A maioria dos autores, senta-se para escrever sem um objetivo fixo, confiando na inspiração do momento. Não devemos portanto, nos surpreender com o fato de que a maioria dos livros, carecem de valor. Jamais deveria a pena roçar o papel antes que pelo menos, um propósito muito bem definido tenha sido estabelecido. Depois disso é só planejar, rascunhar, até chegar onde desejamos. 4

5 Em busca da inspiração. Para garantir inspiração, precisamos trabalhar. Vamos escolher um tema para nosso livro, sobre o qual gostaríamos de ler, caso contrário será um trabalho maçante e acredito, que não é esse o objetivo. Ai então começamos nossa busca. Existem vários truques para encontrar inspiração: Podemos recontar uma história, de maneira diferente. Você sabia que Romeu e Julieta escrita por William Shakespeare, é baseada em Tristão e Isolda, do poeta Arthur Brooke, que por sua vez, escreveu inspirado em antigas lendas Celtas do século IX? Títulos de outros livros ou trechos das sinopses. Veja se com o enredo de um, pode escrever um livro totalmente diferente. Encontre uma nova tendência, em qualquer área do conhecimento e imagine onde vai levar. Pergunte a si mesmo: E se? E se acontecesse isso ou aquilo, se alguém lançasse uma bomba nuclear sobre Londres? E se... Encontre um assunto polêmico, crie dois personagens, um de cada lado e conte a história. Procure não ser tendencioso. Crie um personagem obsercado com alguma coisa e entre na sua cabeça. Siga os seus passos nessa obsessão. Foque numa profissão perigosa, diferente ou excitante ou tudo junto, invente umas personagens e vá em frente. Faça um pequeno brainstorm, anote tudo que vier a sua cabeça, jogue de lado e releia outro dia. Você pode se surpreender com as coisa legais que surgem. Agora, depois de começar, siga em frente e escreva, todos os dias, com disciplina. Boa sorte! 5

A origem do conto está na transmissão oral dos fatos, no ato de contar histórias, que antecede a escrita e nos remete a tempos remotos.

A origem do conto está na transmissão oral dos fatos, no ato de contar histórias, que antecede a escrita e nos remete a tempos remotos. CONTOS A ORIGEM DO CONTO A origem do conto está na transmissão oral dos fatos, no ato de contar histórias, que antecede a escrita e nos remete a tempos remotos. O ato de narrar um acontecimento oralmente

Leia mais

1ª edição Projeto Timóteo Como Pregar Mensagens Bíblicas Apostila do Orientador

1ª edição Projeto Timóteo Como Pregar Mensagens Bíblicas Apostila do Orientador Como Pregar Mensagens Bíblicas Projeto Timóteo Apostila do Orientador Como Pregar Mensagens Bíblicas Projeto Timóteo Coordenador do Projeto Dr. John Barry Dyer Equipe Pedagógica Marivete Zanoni Kunz Tereza

Leia mais

O conto é a forma narrativa, em prosa, de menor extensão (no sentido estrito de tamanho), ainda que contenha os mesmos componentes do romance.

O conto é a forma narrativa, em prosa, de menor extensão (no sentido estrito de tamanho), ainda que contenha os mesmos componentes do romance. Ensino Médio 1º ano O conto é a forma narrativa, em prosa, de menor extensão (no sentido estrito de tamanho), ainda que contenha os mesmos componentes do romance. Entre suas principais características,

Leia mais

ESTRUTURA DO TEXTO NARRATIVO. Prof.ª Nivania Alves

ESTRUTURA DO TEXTO NARRATIVO. Prof.ª Nivania Alves ESTRUTURA DO TEXTO NARRATIVO Prof.ª Nivania Alves A narração é um modo de organização de texto cujo conteúdo está vinculado, em geral, às ações ou acontecimentos contados por um narrador. Para construir

Leia mais

Você conhece a sua bíblia?

Você conhece a sua bíblia? Você conhece a sua bíblia? RECORDANDO... Um breve tratado sobre as Escrituras - 66 livros: 39 AT + 27 NT - Ela é a revelação de Deus - Autores diferentes mas uma mesma mente formadora Interpretando a Bíblia

Leia mais

TEXTO NARRATIVO: COMO É ESSE GÊNERO?

TEXTO NARRATIVO: COMO É ESSE GÊNERO? AULAS 9 À 12 Prof. Sabrina Moraes TEXTO NARRATIVO: COMO É ESSE GÊNERO? A narração é um tipo de texto que conta uma sequência de fatos, sejam eles reais ou imaginários, nos quais as personagens atuam em

Leia mais

Tempo Caracteriza o desencadear dos fatos. Tempo cronológico ou tempo da história - determinado pela sucessão cronológica dos acontecimentos

Tempo Caracteriza o desencadear dos fatos. Tempo cronológico ou tempo da história - determinado pela sucessão cronológica dos acontecimentos Tempo Caracteriza o desencadear dos fatos. Tempo cronológico ou tempo da história - determinado pela sucessão cronológica dos acontecimentos narrados. Tempo histórico - refere-se à época ou momento histórico

Leia mais

7 Passos para um Conteúdo Incrível

7 Passos para um Conteúdo Incrível 7 Passos para um Conteúdo Incrível 7 Passos para um Conteúdo Incrível Olá, Meu nome é Tamiris Cristina, sou criadora do Nova Vida Digital, Fico muito feliz por você esta nos companhado. Estou aqui com

Leia mais

Elementos da narrativa

Elementos da narrativa Elementos da narrativa Narrador presente narrador ausente O narrador é aquele que conta a história Uma narrativa Quando não participa na história narrada, relatando apenas acontecimentos na terceira pessoa

Leia mais

REVISÃO. APOSTILA 02 Sistema Anglo. 8º ano REDAÇÃO PROF. CLAUDIO JÚNIOR. Colégio Sagrado Coração de Jesus

REVISÃO. APOSTILA 02 Sistema Anglo. 8º ano REDAÇÃO PROF. CLAUDIO JÚNIOR. Colégio Sagrado Coração de Jesus REVISÃO APOSTILA 02 Sistema Anglo 8º ano REDAÇÃO PROF. CLAUDIO JÚNIOR Colégio Sagrado Coração de Jesus NARRATIVA POLICIAL Objetivos: Narrativa cujo objetivo é contar uma história permeada de suspense e

Leia mais

Gêneros Textuais. E aí, beleza!? Vamos juntos dar uma olhada em algumas dicas importantes de gêneros textuais?

Gêneros Textuais. E aí, beleza!? Vamos juntos dar uma olhada em algumas dicas importantes de gêneros textuais? Gêneros Textuais E aí, beleza!? Vamos juntos dar uma olhada em algumas dicas importantes de gêneros textuais? Para começar, vamos observar as imagens abaixo, reproduções de uma receita, uma manchete de

Leia mais

MATERIAL COMPLEMENTAR

MATERIAL COMPLEMENTAR MATERIAL COMPLEMENTAR dicas de redação Uma boa redação é instrumento valioso para o progresso na escrita. Por meio dela, são apontados os problemas do texto, as falhas de construção,os desvios da norma

Leia mais

Nome: Número: Data: Série: 6ª Turma: Disciplina: Redação Professor: Aline Augustin MATERIAL DE APOIO EXAME FINAL Narração Descritiva

Nome: Número: Data: Série: 6ª Turma: Disciplina: Redação Professor: Aline Augustin MATERIAL DE APOIO EXAME FINAL Narração Descritiva Nome: Número: Data: Série: 6ª Turma: Disciplina: Redação Professor: Aline Augustin MATERIAL DE APOIO EXAME FINAL - 2012 Narração Descritiva Narração - Ao encadear uma sequência de fatos (reais ou imaginários)

Leia mais

5 dicas de Recursos Humanos para você aplicar agora

5 dicas de Recursos Humanos para você aplicar agora Será que, se o seu funcionário agiu com falta de caráter e fez um furto na empresa, a culpa é totalmente dele? É importante entender que o ser humano é influenciado e muito pelo seu ambiente. Desde Platão

Leia mais

Um Guia para Elaborar Boas Apresentações. Profº:Ricardo Leal Lozano MSc

Um Guia para Elaborar Boas Apresentações. Profº:Ricardo Leal Lozano MSc Um Guia para Elaborar Boas Apresentações Profº:Ricardo Leal Lozano MSc 1. Introdução OS DEZ ERROS DE UMA APRESENTAÇÃO RUIM 1. Proposta ou objetivo confuso 2. Informações demais 3. Escrever para os olhos

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO NÚCLEO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE TOLEDO. Texto 1 Letras de músicas funk 1

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO NÚCLEO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE TOLEDO. Texto 1 Letras de músicas funk 1 Nome: Maria Celia ATIVIDADES PRÁTICAS Texto 1 Letras de músicas funk 1 As letras de música do funk carioca escandalizam muita gente pelo conteúdo sexual, às vezes ofensivo, e palavras de baixo calão. O

Leia mais

Categorias da narrativa

Categorias da narrativa Categorias da narrativa Ação Conjunto de acontecimentos que constituem uma narrativa e que são relatados, mas há que distinguir a importância de cada um deles para a história. Ação principal: constituída

Leia mais

TÍTULO DO FILME. Por. Seu Nome

TÍTULO DO FILME. Por. Seu Nome TÍTULO DO FILME Por Seu Nome Todo roteiro deve ter uma página de título com apenas um endereço de contato, no canto inferior esquerdo. Sempre incluir um telefone e endereço de e-mail, se tiver um. Número

Leia mais

Como evitar folhas em branco nos arquivos PDF gerados com o Calc

Como evitar folhas em branco nos arquivos PDF gerados com o Calc Olá! Meu nome é Leandro Ferreira (androle) e sou professor da rede municipal da cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul. No mês passado, julho de 2010, eu recebi uma preciosa dica que me ajudou muito.

Leia mais

Abordagem fria. Por que fazer abordagem fria? Onde fazer abordagem fria?

Abordagem fria. Por que fazer abordagem fria? Onde fazer abordagem fria? ABORDAGEM O que significa? R: Abordagem é o termo utilizado para caracterizar um tipo de aproximação, seja entre pessoas ou coisas. Normalmente, a abordagem é o modo como determinada pessoa se aproxima

Leia mais

Linguagem Cinematográfica. Myrella França

Linguagem Cinematográfica. Myrella França Linguagem Cinematográfica Myrella França I. Termos Básicos TOMADA - Filmagem contínua de cada segmento específico da ação do filme. "TAKE" - Tomada; começa no momento em que se liga a câmara até que é

Leia mais

Ironia Dramática. copyright - Felipe Neves. Quando o espectador fica sabendo de algo que pelo menos uma das pessoas na tela não sabe.

Ironia Dramática. copyright - Felipe Neves. Quando o espectador fica sabendo de algo que pelo menos uma das pessoas na tela não sabe. Ironia Dramática Quando o espectador fica sabendo de algo que pelo menos uma das pessoas na tela não sabe. David Howard e Edward Mabley Ironia Dramática Esse momento é chamado de revelação. Sempre que

Leia mais

3 - (PUC-PR) Empregue o pronome relativo acompanhado ou não de preposição, nas lacunas das frases a seguir.

3 - (PUC-PR) Empregue o pronome relativo acompanhado ou não de preposição, nas lacunas das frases a seguir. 3 - (PUC-PR) Empregue o pronome relativo acompanhado ou não de preposição, nas lacunas das frases a seguir. 1. Fez o anúncio... todos ansiavam. 2. Avise-me... consistirá o concurso. 3. Existe um decreto...

Leia mais

5 Maneiras Top Para Ganhar Dinheiro com Marketing Digital

5 Maneiras Top Para Ganhar Dinheiro com Marketing Digital 5 Maneiras Top Para Ganhar Dinheiro com Marketing Digital Introdução Este ebook foi criado com intenção de ajudar todos que estão iniciando no marketing digital, é 100% gratuito e não pode ser vendido

Leia mais

texto narrativo ação espaço tempo personagens narrador. narração descrição diálogo monólogo

texto narrativo ação espaço tempo personagens narrador. narração descrição diálogo monólogo Português 2014/2015 O texto narrativo conta acontecimentos ou experiências conhecidas ou imaginadas. Contar uma história, ou seja, construir uma narrativa, implica uma ação, desenvolvida num determinado

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PRODUÇÃO TEXTUAL 4º BIM/2016 3º ANO TEMA: Escolha um personagem de um dos livros que você leu neste bimestre e conte o que ele faz na história. mão das características específicas

Leia mais

Narrativa e informação

Narrativa e informação Narrativa e informação emissor = formulador da sintaxe da mensagem receptor = intérprete da semântica A recepção qualifica a comunicação. É por isso que o receptor tem papel fundamental no processo de

Leia mais

1. Teve uma dúvida, mas não sabia a quem perguntar?

1. Teve uma dúvida, mas não sabia a quem perguntar? Prepare-se para o Yammer PREPARADO para experimentar o Yammer? O Yammer é a rede social corporativa de uma instituição, uma ferramenta online de comunicação e colaboração. Ela está aqui para ajudá-lo a

Leia mais

FAMÍLIA COMO PROTEÇÃO AO USO DE DROGAS

FAMÍLIA COMO PROTEÇÃO AO USO DE DROGAS FAMÍLIA COMO PROTEÇÃO AO USO DE DROGAS IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA A família tem papel central na proteção ao uso de drogas. Família é primeira referência. Pode estruturar ou desestruturar. A criança e o adolescente

Leia mais

a confusão do final do ano e as metas para o próximo

a confusão do final do ano e as metas para o próximo o que fazer se o ano que passou foi ruim? o que fazer nesse próximo ano? a confusão do final do ano e as metas para o próximo Enéas Guerriero www.equilibriocontinuo.com.br O que vamos falar hoje? 1) Estresse

Leia mais

Serão avaliados: identificação das atividades (títulos e subtítulos), letra legível, paragrafação, consistência e clareza nas respostas.

Serão avaliados: identificação das atividades (títulos e subtítulos), letra legível, paragrafação, consistência e clareza nas respostas. Nome: Ano: 6 ANO Disciplina: P. textos Nº: Data: Professor: Valdeci Lopes 1. Organizar registros do caderno ( trazer o caderno para visto) Dica: como referencia para a proposta 1 - procure um amigo da

Leia mais

"PASSO A PASSO DE ESTUDO"

PASSO A PASSO DE ESTUDO 2 Aqui no EPISÓDIO 04 você recebe o PASSO A PASSO para estudar Inglês diariamente e usando tudo o que ensinei durante o AULÃO NACIONAL DE INGLÊS! "PASSO A PASSO DE ESTUDO" Se tudo que eu falei para você

Leia mais

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo IV: Mais negócios

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo IV: Mais negócios COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS Capítulo IV: Mais negócios Índice Introdução Como adicionar mais negócios Negócios lucrativos 03 05 07 2 Introdução Olá, Nessa quarta parte da nossa série iremos

Leia mais

Descubra o Poder do VERMELHO

Descubra o Poder do VERMELHO Descubra o Poder do VERMELHO Por que ser Mary Kay? O que você fez para chegar até aqui? Você tem desejo ardente por esta carreira maravilhosa? Quando você será diretora? Mary Kay Ash já dizia... Se você

Leia mais

COMUNICAÇÃO INTERNA 0002/13

COMUNICAÇÃO INTERNA 0002/13 Atender o telefone não é uma tarefa difícil fisicamente, mas utilizá-lo de forma correta e profissional, já não é tão linear quanto se pensa. Todas as ligações recebidas nos interessam, afinal somos uma

Leia mais

O jogo quinário na criação do espetáculo teatral

O jogo quinário na criação do espetáculo teatral 1 I Introdução O jogo quinário na criação do espetáculo teatral Prof. Dr. Iremar Maciel de Brito Professor, autor e diretor de teatro UNIRIO UERJ Palavras-chave: jogo sistema quinário espetáculo teatral

Leia mais

Capítulo 1 - Lógica e Algoritmos

Capítulo 1 - Lógica e Algoritmos 1. Introdução à Lógica de Programação Capítulo 1 - Lógica e Algoritmos A lógica de programação é necessária para pessoas que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas e programas, ela permite definir

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS REDAÇÃO

LISTA DE EXERCÍCIOS REDAÇÃO LISTA DE EXERCÍCIOS REDAÇÃO P1-1º BIMESTRE 8 º ANO FUNDAMENTAL II Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Comparar textos, buscando semelhança e diferenças quanto às ideias

Leia mais

A Leitura em Voz Alta

A Leitura em Voz Alta A Leitura em Voz Alta A Leitura em voz alta Escolher bem os livros As listas de livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura para os diferentes anos de escolaridade podem apoiar a selecção de obras

Leia mais

Pegada nas Escolas - TRANSPORTE - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: TRANSPORTE

Pegada nas Escolas - TRANSPORTE - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: TRANSPORTE Pegada nas Escolas - TRANSPORTE - 1 PROPOSTAS PARA A ESCOLA: TRANSPORTE Nessa fase vamos colocar a mão na massa para criar um conjunto de soluções que permitam reduzir a Pegada Ecológica e de Carbono*

Leia mais

<identificador>[<tamanho>]: <tipo>;

<identificador>[<tamanho>]: <tipo>; Vetores e Constantes Imagine uma situação na qual fosse necessário armazenar 100 valores para processamento. Por exemplo, pode ser necessário armazenar as notas de 100 provas de uma turma de alunos. Uma

Leia mais

StORMiE OMARtiAn ESCOLHA O AMOR GUIA DE ORAÇÃO E EstUDO traduzido por MARiA EMíLiA de OLivEiRA MIOLO_Escolha-amor.indd 3 2/2/16 10:47 AM

StORMiE OMARtiAn ESCOLHA O AMOR GUIA DE ORAÇÃO E EstUDO traduzido por MARiA EMíLiA de OLivEiRA MIOLO_Escolha-amor.indd 3 2/2/16 10:47 AM Stormie Omartian ESCOLHA O AMOR GUIA DE ORAÇÃO e estudo Traduzido por Maria Emília de Oliveira Sumário O que preciso fazer antes de começar? 7 Primeira escolha Escolha aceitar o amor de Deus por você 1

Leia mais

Um dos "mandamentos" para altas vendas é o bom atendimento aos clientes e sua capacidade de encontrar meios para solucionar as necessidades deles!

Um dos mandamentos para altas vendas é o bom atendimento aos clientes e sua capacidade de encontrar meios para solucionar as necessidades deles! Personal Shopper Um dos "mandamentos" para altas vendas é o bom atendimento aos clientes e sua capacidade de encontrar meios para solucionar as necessidades deles! ENTÃO É NATAL... Aproveite os M A R A

Leia mais

A escrita que faz a diferença

A escrita que faz a diferença A escrita que faz a diferença Inclua a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro em seu planejamento de ensino A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é uma iniciativa do Ministério

Leia mais

Como Criar uma. Autobiografia

Como Criar uma. Autobiografia Como Criar uma Autobiografia Estratégia de Trabalho A mediadora: Vera Ramos A Abordagem (Auto)biográfica aproxima-se das Histórias de Vida como método, na medida em que visa a construção de um sentido

Leia mais

Narrativa: Elementos Estruturais (1)

Narrativa: Elementos Estruturais (1) Narrativa: Elementos Estruturais (1) Narrativa de ficção Discurso figurativo inscrito em coordenadas espaço-temporais. Sucessão temporal de ações (funções). Narrativa simples: passagem de um estado anterior

Leia mais

Capítulo 16 Intimidade Sexual

Capítulo 16 Intimidade Sexual Capítulo 16 Intimidade Sexual Você sabia? Muitas pessoas que sofreram algum evento cardíaco têm medo de voltar a fazer sexo ou preocupações a esse respeito. Sentir medo ou preocupação é uma forma de o

Leia mais

18 dicas para ativar sua motivação pessoal e turbinar seus resultados de uma vez por todas. VIVER DE BLOG Página 1

18 dicas para ativar sua motivação pessoal e turbinar seus resultados de uma vez por todas. VIVER DE BLOG Página 1 18 dicas para ativar sua motivação pessoal e turbinar seus resultados de uma vez por todas VIVER DE BLOG Página 1 INTRODUÇÃO Manter o nível de motivação nas alturas nem sempre é tarefa fácil. Por mais

Leia mais

Conheça o Passo a Passo Para Seus Jogos Lotéricos

Conheça o Passo a Passo Para Seus Jogos Lotéricos ÍNDICE Sumário INTRODUÇÃO... 3 ISSO ACONTECE COM VOCÊ TAMBÉM?... 4 MAS PERAÍ, QUEM GANHA NA LOTERIA?... 5 QUE NÃO QUEREM QUE VOCÊ SAIBA... 6 O QUE FAZEM PARA GANHAR NA MEGA SENA?... 7 8 DICAS PRÁTICAS

Leia mais

COLÉGIO ARNALDO 2014

COLÉGIO ARNALDO 2014 COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES REDAÇÃO Aluno (a): 2º ano: Turma: Professora: Valor: 20 pontos Nota: Conteúdo Programático Unidade 1 Construção de frases Unidade 2 Convite Unidade 3 Tirinha

Leia mais

Como fazer o projeto (usando os formulários fornecidos)

Como fazer o projeto (usando os formulários fornecidos) Projeto de Desenvolvimento Pessoal e Ministerial Propósito A partir do entendimento e aplicação dos conteúdos aprendidos no CTL, cada participante deverá elaborar um projeto pessoal para seu crescimento

Leia mais

1 Exemplo de banco de dados no Excel com informações financeiras

1 Exemplo de banco de dados no Excel com informações financeiras Este conteúdo faz parte da série: Excel Dicas Avançadas Ver 11 posts dessa série Se você é um gestor, analista, estagiário, empresário, enfim, se você já trabalhou em alguma empresa em toda a sua vida

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 O CAT nº 15 vale dez pontos e deverá ser entregue à professora de Redação no dia 08 de setembro

Leia mais

Porque só entendo o que o meu professor de Inglês diz?

Porque só entendo o que o meu professor de Inglês diz? Porque só entendo o que o meu professor de Inglês diz? Você já se perguntou porque é mais complicando entender estrangeiros falando Inglês do que o seu professor? Ou seja, ao ter contato com outras pessoas

Leia mais

TÉCNICAS PARA ABORDAR E VENDER MAIS! Líder Alécia Rocha - BH

TÉCNICAS PARA ABORDAR E VENDER MAIS! Líder Alécia Rocha - BH TÉCNICAS PARA ABORDAR E VENDER MAIS! Líder Alécia Rocha - BH 31 99739-3169 Uma homenagem para a Thais Plaza, que esta semana perdeu seu querido pai. Nosso carinho e a certeza de que ele vai encontrar um

Leia mais

Gerir o tempo e as tarefas (Outlook)

Gerir o tempo e as tarefas (Outlook) Gerir o tempo e as tarefas (Outlook) Índice Revisão diária: gerir o tempo e as tarefas... 3 Dizer não... 3 Gestão do calendário... 3 Formas de criar tarefas... 3 Formas de gerir tarefas... 4 Utilize o

Leia mais

PARA O DIA-A-DIA DAS CRIANÇAS E ADULTOS ALÉRGICOS A ALIMENTOS

PARA O DIA-A-DIA DAS CRIANÇAS E ADULTOS ALÉRGICOS A ALIMENTOS 11 PARA O DIA-A-DIA DAS CRIANÇAS E ADULTOS ALÉRGICOS A ALIMENTOS CONSCIENTIZAR alérgicos e todos que lidam com eles. Isso deve ser feito constantemente, no que se refere aos riscos e cuidados. Um dia a

Leia mais

Jimboê. Português. Avaliação. Projeto. 5 o ano. 2 o bimestre

Jimboê. Português. Avaliação. Projeto. 5 o ano. 2 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao segundo bimestre escolar ou às Unidades 4, 5 e 6 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê Português 5 o ano Avaliação 2 o bimestre Avaliação Português NOME:

Leia mais

CONTAR UMA HISTÓRIA É DAR UM PRESENTE DE AMOR.

CONTAR UMA HISTÓRIA É DAR UM PRESENTE DE AMOR. CONTAR UMA HISTÓRIA É DAR UM PRESENTE DE AMOR. LEWIS CARROL Elaborado pelas assessoras Patrícia Ribeiro e Rosinara Nascimento, em 2011, nas oficinas pedagógicas para as educadoras, ocorridas nas Livrarias

Leia mais

I) Descrição. Texto Descritivo. Seres, objetos, cenas, processos Momento único. Classes de palavras importantes

I) Descrição. Texto Descritivo. Seres, objetos, cenas, processos Momento único. Classes de palavras importantes TIPOLOGIA TEXTUAL O primeiro passo para a compreensão dos textos é o reconhecimento de seu modo de organização discursiva, ou seja, de seu tipo. Esse estudo pretende reconhecer as características peculiares

Leia mais

UNICAMP II GÊNEROS DISCURSIVOS. CRÔNICA: Trata fatos do cotidiano cujo objetivo é despertar no leitor reflexão. CONTEÚDO:

UNICAMP II GÊNEROS DISCURSIVOS. CRÔNICA: Trata fatos do cotidiano cujo objetivo é despertar no leitor reflexão. CONTEÚDO: UNICAMP II GÊNEROS DISCURSIVOS CRÔNICA: Trata fatos do cotidiano cujo objetivo é despertar no leitor reflexão. CONTEÚDO: Temas cotidianos; Tom de realidade; Conteúdo subjetivo por não ser fiel à realidade.

Leia mais

Elaboração de Textos P R O F. : M I C H E L E N A S U T O M I YA M A B U C C I

Elaboração de Textos P R O F. : M I C H E L E N A S U T O M I YA M A B U C C I Elaboração de Textos P R O F. : M I C H E L E N A S U T O M I YA M A B U C C I Introdução Existem vários tipos de textos: Que contam uma história. Que descrevem uma situação. Que apresenta os diálogos

Leia mais

A Mudança. O sucesso começa pela intenção da gente e se determina pelas nossas ações.

A Mudança. O sucesso começa pela intenção da gente e se determina pelas nossas ações. A Mudança O sucesso começa pela intenção da gente e se determina pelas nossas ações. O objetivo deste documento é ajudar você a identificar qual área da sua vida precisa de mudanças urgentes, identificar

Leia mais

Produção de texto Ensino Fundamental - anos iniciais

Produção de texto Ensino Fundamental - anos iniciais Produção de texto Ensino Fundamental - anos iniciais Você ensina Língua Portuguesa ou Práticas de Linguagem? Túnel do tempo Anos 1950 Nessa época, as escolas costumavam pedir composições livres ou com

Leia mais

Os primeiros passos para o empreendedori smo digital.

Os primeiros passos para o empreendedori smo digital. Os primeiros passos para o empreendedori smo digital. Aprenda primeiro e coloque em prática. Índice: Introdução O que é preciso para se tornar um empreendedor digital. Quais os passos que é preciso seguir

Leia mais

CRONOGRAMA DE ESTUDOS PREPARATÓRIO ESQUEMATIZADO ONLINE OAB/FGV - 1ª FASE

CRONOGRAMA DE ESTUDOS PREPARATÓRIO ESQUEMATIZADO ONLINE OAB/FGV - 1ª FASE Na primeira semana a idéia é trabalhar com apenas 04 aulas por dia, para que haja adaptação ao sistema de estudos. Nas semanas seguintes, serão, em média, 08 aulas por dia, valendo lembrar que as aulas

Leia mais

08 passos para RECRUTAR PELO FACEBOOK B R U N O A N D R A D E

08 passos para RECRUTAR PELO FACEBOOK B R U N O A N D R A D E 08 passos para RECRUTAR PELO FACEBOOK B R U N O A N D R A D E Saiba exatamente como aproveitar a maior rede social do planeta para garantir seu sucesso como Empreendedor Multinível a qualquer hora e de

Leia mais

www. brunopinheiro.me

www. brunopinheiro.me >>SE VOCÊ ESTA PENSANDO EM ENTRAR NA INTERNET PENSANDO EM VENDER, VAI SE DAR MAL >> ENTRE PENSANDO EM CONQUISTAR CLIENTES CONQUISTE, EDUCANDO-OS >> QUANDO VOCÊ CONQUISTA UM CLIENTE, VOCÊ TEM UM MULTICOMPRADOR

Leia mais

O QUE TE MOVE??? Ser Futura para ser Diretora!!

O QUE TE MOVE??? Ser Futura para ser Diretora!! O QUE TE MOVE??? Ser Futura para ser Diretora!! OBJETIVO Compreender que para definir objetivos é preciso planejamento e disciplina e como fazer para realiza-los Compreender que para definir objetivos

Leia mais

O guia passo a passo para uma estratégia de posicionamento que o tornará inabalável em seu mercado. VIVER DE BLOG Página 1

O guia passo a passo para uma estratégia de posicionamento que o tornará inabalável em seu mercado. VIVER DE BLOG Página 1 O guia passo a passo para uma estratégia de posicionamento que o tornará inabalável em seu mercado VIVER DE BLOG Página 1 Se posicionar no seu mercado para ser lembrado, para ser memorável, é uma obrigação

Leia mais

QUAL É O NOSSO CAMPO DE ATUAÇÃO?

QUAL É O NOSSO CAMPO DE ATUAÇÃO? QUEM SOMOS? Caros jovens participantes do Jovens em Ação, para ajudar o grupo na realização do seu empreendimento social, o projeto entregará a vocês, em partes, algumas propostas de atividades que contribuirão

Leia mais

Como aprender na prática a ganhar dinheiro em casa:

Como aprender na prática a ganhar dinheiro em casa: Sumário 1º ACREDITAR... 4 2º PERSISTIR... 5 3º TRABALHO DURO... 6 4º EXIGIR... 7 5º CLIENTES... 7 6º RELACIONAMENTO... 8 7º DINHEIRO... 9 8º SEJA INOVADOR... 10 O que você precisa saber antes de começar

Leia mais

ANVISA. À espera do Edital

ANVISA. À espera do Edital ANVISA À espera do Edital O último concurso promovido pela Anvisa ocorreu em 2013. Na época, foram 314 vagas ofertadas e a elaboração da prova ficou por conta da Cetro. Havia vagas para ensino médio e

Leia mais

1. Qual a importância das descrições e dos registros feitos nessa parte do livro para o entendimento da obra?

1. Qual a importância das descrições e dos registros feitos nessa parte do livro para o entendimento da obra? C7S 9ºANO 2016 1. Qual a importância das descrições e dos registros feitos nessa parte do livro para o entendimento da obra? 2. Em suas descrições, Euclides da Cunha faz referência a um jogo de opostos,

Leia mais

Unidade IV COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás

Unidade IV COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás Unidade IV COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Profa. Ma. Andrea Morás Textos Escrever bem é um hábito. Treino e revisão. Organizar as ideias aumenta a qualidade do conteúdo. Dicas para montagem de texto Sempre inicie

Leia mais

Há quatro GÊNEROS principais e clássicos e mais um gênero moderno (a partir do séc. XIX); são eles:

Há quatro GÊNEROS principais e clássicos e mais um gênero moderno (a partir do séc. XIX); são eles: Gêneros Literários Há quatro GÊNEROS principais e clássicos e mais um gênero moderno (a partir do séc. XIX); são eles: Gênero épico (fatos heroicos) Guerras, batalhas e grandes feitos 3ª pessoa; Expressa

Leia mais

Como escrever um conteúdo altamente persuasivo com zero manipulação. VIVER DE BLOG Página 1

Como escrever um conteúdo altamente persuasivo com zero manipulação. VIVER DE BLOG Página 1 Como escrever um conteúdo altamente persuasivo com zero manipulação VIVER DE BLOG Página 1 Olá, tudo bem? Aqui quem fala é o Henrique Carvalho, criador do Viver de Blog, o site especializado em Marketing

Leia mais

TOTAL DE PÁGINAS DA EDIÇÃO: 99

TOTAL DE PÁGINAS DA EDIÇÃO: 99 Em agosto, folclore com uma cara bem diferente! Conheça histórias assombradas de folclore local Tenha atividades prontas de português e matemática contextualizadas Monte uma oficina de passatempos Amplie

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A Empregada Doméstica E A Lei Maria Da Penha Damásio de Jesus Hermelino de Oliveira Santos Aplica-se a Lei da Violência Doméstica ou Familiar contra a Mulher, a chamada Lei Maria

Leia mais

Sete hábitos das pessoas muito eficazes

Sete hábitos das pessoas muito eficazes Sete hábitos das pessoas muito eficazes "Hábito é a intersecção entre o conhecimento, a capacidade e a vontade. O conhecimento é o que e o porquê fazer. A capacidade é o como fazer. E a vontade é a motivação,

Leia mais

15 simples passos para instalar hábitos de sucesso. VIVER DE BLOG Página 1

15 simples passos para instalar hábitos de sucesso. VIVER DE BLOG Página 1 15 simples passos para instalar hábitos de sucesso VIVER DE BLOG Página 1 INTRODUÇÃO Os hábitos fazem parte de 40% da nossa vida. Ou seja, passamos quase metade no nosso tempo praticamente no piloto automático.

Leia mais

Circuito Ayrton Senna de Juventude Orientações para a Comissão de Líderes

Circuito Ayrton Senna de Juventude Orientações para a Comissão de Líderes Circuito Ayrton Senna de Juventude 2014 Orientações para a Comissão de Líderes Parabéns, jovens líderes! Vocês foram os escolhidos para fazer parte da Comissão de Líderes Representantes de Turma! Esse

Leia mais

Unidade Pedras do Sol

Unidade Pedras do Sol Unidade Pedras do Sol OBJETIVO DO PROJETO Desenvolvimento de Líderes capazes de conduzir o negócio Mary Kay com excelência, liderando PELO EXEMPLO, PELO EXEMPLO E PELO EXEMPLO!!! META DA UNIDADE Formar

Leia mais

COMO ESTUDAR PARA O VESTIBULAR. 1 - Introdução. 2 - Consulta às provas antigas. 3 - Criando um roteiro de estudos. 4 - Resumir as matérias

COMO ESTUDAR PARA O VESTIBULAR. 1 - Introdução. 2 - Consulta às provas antigas. 3 - Criando um roteiro de estudos. 4 - Resumir as matérias COMO ESTUDAR PARA O VESTIBULAR 1 - Introdução 2 - Consulta às provas antigas 3 - Criando um roteiro de estudos 4 - Resumir as matérias 5 - Cronometrar o tempo de estudo 6 - Conclusão 7 - Sobre a FUMEC

Leia mais

Tecnologia Educacional Eficaz. Prof. David Prata Setembro de 2016

Tecnologia Educacional Eficaz. Prof. David Prata Setembro de 2016 Tecnologia Educacional Eficaz Prof. David Prata Setembro de 2016 Por onde começar? Visão Pedagógica Quais são suas metas de aprendizagem para seus alunos? O que é que você quer que eles sejam capazes de

Leia mais

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA Trechos selecionados do livro Estratégias poderosas para fazê-la voltar para você. www.salveseucasamento.com.br Mark Love E-book gratuito Esse e-book gratuito é composto de

Leia mais

4. Escrevendo a Monografia. TCC Profº C. J. M. Olguín

4. Escrevendo a Monografia. TCC Profº C. J. M. Olguín 4. Escrevendo a Monografia TCC 2013. Profº C. J. M. Olguín prof.olguin@gmail.com carlos.olguin@unioeste.br Sumário Ordem Física dos Capítulos; Ordem de Escrita Sugestão; Partes da Monografia. Ordem Física

Leia mais

Acção Espaço Tempo Personagem Narrador

Acção Espaço Tempo Personagem Narrador Acção Espaço Tempo Personagem Narrador A acção é constituída por sequências narrativas (acontecimentos) provocadas ou experimentadas pelas personagens, que se situam num espaço e decorrem num tempo, mais

Leia mais

A fé. Deus. acredita em. Porque é que. Se algumas pessoas não acreditam. nem toda a gente

A fé. Deus. acredita em. Porque é que. Se algumas pessoas não acreditam. nem toda a gente A fé Porque é que nem toda a gente acredita em Deus? A fé Se algumas pessoas não acreditam em Deus, é talvez porque ainda não encontraram crentes felizes que tivessem vontade de dar testemunho da sua fé.

Leia mais

DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA:

DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA: DISCIPLINA: Língua Portuguesa PROFESSORAS: Patrícia e Rose DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA: NOME COMPLETO: Coordenação Nº: I N S T R U Ç Õ E S 1. Esta

Leia mais

Como fazer? O que é CHA? Mapeamento de Competências: O que é e como fazer

Como fazer? O que é CHA? Mapeamento de Competências: O que é e como fazer O que é: Parte essencial de uma boa gestão de Recursos Humanos é definir as competências necessárias para cada cargo dentro da empresa. O Mapeamento de Competências serve para definir essas competências

Leia mais

Revisão - Reveja os pontos principais, o Plano de Ação ou os tópicos da discussão do encontro anterior.

Revisão - Reveja os pontos principais, o Plano de Ação ou os tópicos da discussão do encontro anterior. Preparação do Instrutor Trazer para a reunião/encontro de vendas: DVD : Módulo 5 Aparelho de DVD e TV Flip chart e canetas ( pincel atômico) Canetas/lápis apontados Manuais dos participantes (workbooks)

Leia mais

REVISÃO. APOSTILA 02 Sistema Anglo. 7º ano REDAÇÃO PROF. CLAUDIO JÚNIOR. Colégio Sagrado Coração de Jesus

REVISÃO. APOSTILA 02 Sistema Anglo. 7º ano REDAÇÃO PROF. CLAUDIO JÚNIOR. Colégio Sagrado Coração de Jesus REVISÃO APOSTILA 02 Sistema Anglo 7º ano REDAÇÃO PROF. CLAUDIO JÚNIOR Colégio Sagrado Coração de Jesus EFEITO DE SUSPENSE O suspense é um efeito muito utilizado por autores de diversos tipos de narrativas.

Leia mais

Oficina de Comunicação#3

Oficina de Comunicação#3 Oficina de Comunicação#3 quatro reações a uma crítica Duas formas de avaliar uma situação Os quatro passos da cnv Culpar ao outro / Culpar a si mesmo / Hones1dade / Empa1a Crí1ca x Analí1ca Observação

Leia mais

Daniel Sampaio (D. S.) Bom dia, João.

Daniel Sampaio (D. S.) Bom dia, João. Esfera_Pag1 13/5/08 10:57 Página 11 João Adelino Faria (J. A. F.) Muito bom dia. Questionamo- -nos muitas vezes sobre quando é que se deve falar de sexo com uma criança, qual é a idade limite, como é explicar

Leia mais

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje.

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. 20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. Agradecimento Quero agradecer pelo seu interesse no meu ebook. Vamos juntos te levar até o seu objetivo. Uma Excelente Leitura!

Leia mais

Projeto Quero Ler Fundamental 2. Coleguium/2017

Projeto Quero Ler Fundamental 2. Coleguium/2017 Projeto Quero Ler Fundamental 2 Coleguium/2017 O que é o PQL? É a construção de um conto a partir da leitura feita pelo aluno de um livro escolhido por ele e supervisionado pela professora da turma. Instruções

Leia mais

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 4

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 4 COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 4 Índice 1. Significado...3 1.1. Contexto... 3 1.2. Intertextualidade... 3 1.2.1. Tipos de intertextualidade... 3 1.3. Sentido... 4 1.4. Tipos de Significado... 4 1.4.1. Significado

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS Haver concluído a disciplina Introdução aos Estudos Linguísticos ou disciplina equivalente..

PRÉ-REQUISITOS Haver concluído a disciplina Introdução aos Estudos Linguísticos ou disciplina equivalente.. GÊNEROS TEXTUAIS PROJETO DIDÁTICO Aula 10 META Apresentar a criação de um produto fi nal, a partir de atividades de leitura e escrita, como possibilidade de ressignifi cação da aprendizagem dos gêneros

Leia mais

Conhecendo as Verdades da Fé Cristã. Sérgio Paulo R. Lyra

Conhecendo as Verdades da Fé Cristã. Sérgio Paulo R. Lyra Conhecendo as Verdades da Fé Cristã Sérgio Paulo R. Lyra 1ª Edição Material Produzido pela 1ª Ig. Presbiteriana de Casa Caiada Olinda- Pe Cópias impressas disponíveis a preço de custo. Rua Alcina Coelho,

Leia mais