Você conhece a sua bíblia?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Você conhece a sua bíblia?"

Transcrição

1 Você conhece a sua bíblia?

2 RECORDANDO...

3 Um breve tratado sobre as Escrituras - 66 livros: 39 AT + 27 NT - Ela é a revelação de Deus - Autores diferentes mas uma mesma mente formadora

4 Interpretando a Bíblia O que o texto quer dizer e que diferença faz para mim?

5 Interpretando a Bíblia Regras Gerais 1. Interprete literalmente 2. Mantenha-se no contexto (vers. capit. livro Bíblia) 3. Expressões idiomáticas 4. Linguagem Figurada

6 Interpretando a Bíblia Considere o significado da palavra ou das palavras 1. Significado isolado da palavra na época do autor 2. Significado da palavra em seu contexto 3. Significado figurado da palavra ou palavras (Metáfora, ironia, etc) 4. Significado da palavra na sentença (sujeito, predicado, verbo, etc)

7 Interpretando a Bíblia Considere a intenção do autor 1. Descubra quem é o autor 2. Descubra quem está falando no texto 3. Descubra para quem o autor escreveu 4. Familiarize-se com o estilo de cada autor 6. Significado figurado da palavra ou palavras (Metáfora, ironia, etc) 7. Significado da palavra na sentença (sujeito, predicado, verbo, etc)

8 Interpretando a Bíblia Considere a diferenças geográficas 1. Exemplo: Salmo 133

9 Altura do monte Hermon m

10

11

12 GÊNERO LITERÁRIO

13 INTERPRETAÇÃO DAS NARRATIVAS

14 A narrativa é o gênero mais comum encontrado na Bíblia, chegando a mais de um terço de toda Escritura Sagrada. A narrativa em seu sentido amplo relata acontecimentos específicos no tempo e no espaço com participantes cujas histórias são registradas com um começo, meio e fim.

15 1. Considere a Cena da Narrativa É a característica mais importante da narrativa. A ação da história é dividida em uma sequencia de cenas, cada uma apresentando o que aconteceu em um determinado tempo e lugar. O autor usa cenas para concentrar a atenção em um conjunto de ações ou palavras que ele quer que examinemos.

16 1. Considere a Cena da Narrativa Cada cena normalmente é composta por dois personagens. Mesmo que tenha um grupo este funciona como um personagem específico. Frequentemente, Deus é um dos personagens da cena: Deus e Adão em Gn 3; Deus e Caim em Gn 4; Deus e Noé em Gn 6 e Deus e Abraão em Gn 12

17 1. Considere a Cena da Narrativa O intérprete deve identificar cada uma dessas cenas, da mesma forma como um texto pode ser dividido em parágrafos. Tente encontrar as ações, descrições da cena, palavras procurando identificar a direção que o autor quer dar ao texto.

18 2. Considere o Ponto de Vista As cenas têm um padrão básico, incluindo uma série de relações com um começo, meio e fim. É o que denominamos de trama da narrativa. A trama não pode impedir que vejamos o ponto de vista do autor da narrativa, ou seja, qual a verdade que ele quer transmitir no texto. Veja o exemplo de 1Re

19 3. Considere o Diálogo O tema da passagem, no qual o ponto de vista é expresso, é geralmente transportado juntamente com seu movimento pelo diálogo. Observe o lugar em que o diálogo é introduzido (isso poderá revelar o caráter do locutor); e, também, onde o narrador escolheu introduzir o diálogo em vez da narração Note que o uma narração pode ser feita de maneira direta (com os protagonistas falando entre si) ou indireta (o narrador fala no lugar dos personagens). Normalmente, o narrador prefere esta última forma para iniciar a narração, a fim de acelerar a fluência da narrativa ou evitar excessiva repetição.

20 4. Considere o Desenvolvimento do Enredo O enredo é a sistematização dos fatos que constituem a história contada pelo narrador. Estes fatos estão ligados um ao outro por determinadas causas e dentro de um tempo determinado. Uma as maneiras de entender o enredo é por meio do esquema chamado quinário (5 em latim) que leva a cinco etapas de que se compõem o enredo

21 4. Considere o Desenvolvimento do Enredo A. Situação Inicial B. Nó C. Ação Transformadora D. Desenlace E. Situação Final

22 4. Considere o Desenvolvimento do Enredo Exemplo: Mateus Situação Inicial 8.14a Nó (complicação) 8.14b Ação Transformadora 8.15a Desenlace (anuncia qual a resolução do problema) 8.15b Situação Final (expõe o novo estado e ação após o desenlace) 8.15b

23 5. Considere os Personagens Os personagens são a face visível do enredo e, no caso da narrativa bíblica, podem fortalecer, contrapor-se ou ser indiferentes quanto ao ensino central que o autor deseja transmitir. Ao ler a narrativa tente localizar o número de personagens; o grau de presença de cada um deles (quem tem um papel principal, um papel secundário e até mesmo são apenas meros figurantes); e os traços que caracterizam estes personagens.

24 Vamos praticar??

25 Leia 2Re e responda...

26 a) Quem são os personagens da narrativa? b) É possível caracterizá-los a partir da narrativa? Se você acha que sim, descreva, a partir desta passagem a característica de cada um deles. c) Você consegue identificar a cena desta narrativa (qual época e em que lugar geográfico)? Se for possível indique-a.

27 d) Use o esquema quinário (situação inicial, problema, ação transformadora, desenlace e situação final a fim de descrever esta história) e) Há algo importante no diálogo entre os personagens? Indique esses pontos. f)qual o principal ensino que o autor quer transmitir no texto (o ponto de vista do autor)?

28 Qual a lição principal do texto? Que diferença isso faz para sua vida? (aplicação)

Como Estudar a Bíblia Sozinho 2013

Como Estudar a Bíblia Sozinho 2013 A arte e a prática de meditar nas Escrituras desempenham um papel importante no uso devocional da Bíblia. A meditação é apresentada nas Escrituras como um ato de adoração que envolve a comunhão com Deus.

Leia mais

CURSO DE BÍBLIA ANTIGO TESTAMENTO CHAMADO POR DEUS. Paróquia de São Benedito Santa Cruz do Rio Pardo SP

CURSO DE BÍBLIA ANTIGO TESTAMENTO CHAMADO POR DEUS. Paróquia de São Benedito Santa Cruz do Rio Pardo SP CURSO DE BÍBLIA ANTIGO TESTAMENTO A HISTÓRIA DE UM POVO CHAMADO POR DEUS Paróquia de São Benedito Santa Cruz do Rio Pardo SP APRESENTAÇÃO Vocês têm em suas mãos o Curso de Bíblia. Este curso já tem sua

Leia mais

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida.

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida. LITURGIA DA PALAVRA A Palavra de Deus proclamada e celebrada - na Missa - nas Celebrações dos Sacramentos (Batismo, Crisma, Matrimônio...) A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa

Leia mais

Circuito de Oficinas: Mediação de Leitura em Bibliotecas Públicas

Circuito de Oficinas: Mediação de Leitura em Bibliotecas Públicas Circuito de Oficinas: Mediação de Leitura em Bibliotecas Públicas outubro/novembro de 2012 A leitura mediada na formação do leitor. Professora Marta Maria Pinto Ferraz martampf@uol.com.br A leitura deve

Leia mais

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens Para pensar o livro de imagens ROTEIROS PARA LEITURA LITERÁRIA Ligia Cademartori Para pensar o Livro de imagens 1 1 Texto visual Há livros compostos predominantemente por imagens que, postas em relação,

Leia mais

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS INTRODUÇÃO Culto é um serviço Espiritual oferecido a Deus. Expressão mais profunda do nossos sentimentos de adoração

Leia mais

Lição 4. Usando a Bíblia. A importância da Bíblia na sua vida: É muito importante que um novo cristão estabeleça o

Lição 4. Usando a Bíblia. A importância da Bíblia na sua vida: É muito importante que um novo cristão estabeleça o Livro 1 página 28 Lição 4 Usando a Bíblia A importância da Bíblia na sua vida: É muito importante que um novo cristão estabeleça o hábito de ler regularmente a Bíblia. É uma fonte de bênção, inspiração,

Leia mais

Lição Dois. Mordomia Cristã. Conceito Básico: O alicerce da mordomia cristã é o conceito de que tudo que existe pertence a

Lição Dois. Mordomia Cristã. Conceito Básico: O alicerce da mordomia cristã é o conceito de que tudo que existe pertence a Livrinho 2 Pàgina 12 Lição Dois Mordomia Cristã Conceito Básico: O alicerce da mordomia cristã é o conceito de que tudo que existe pertence a Deus. Ele é o Criador e Sustentador de tudo. Isto incluí a

Leia mais

2.3. A MISSÃO NOS SINÓTICOS

2.3. A MISSÃO NOS SINÓTICOS 2.3. A MISSÃO NOS SINÓTICOS Sergio Bensur 1. RESUMO E OBJETIVO Resumo Os Evangelhos Sinóticos não apresentam uma visão unitária da missão. Embora tendo um pano de fundo comum cada um deles tem seu próprio

Leia mais

5) Você é capaz de abrir as embalagens dos medicamentos que usa?

5) Você é capaz de abrir as embalagens dos medicamentos que usa? MOATT (ferramenta para auxílio na educação de pacientes em tratamento oral contra o câncer) Esta ferramenta foi preparada para assistir os profissionais de saúde na avaliação e educação de pacientes que

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7

Panorama do Antigo Testamento. Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 Panorama do Antigo Testamento Escola Bíblica IECI 1º Semestre de 2015 Aula 7 RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT RECAPITULAÇÃO - AT CRONOLOGIA DO AT CRONOLOGIA DO AT 1. Da criação a Abraão (criação 2000

Leia mais

1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva somos curados por Deus

1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva somos curados por Deus SEMINÁRIO DE VIDA NO ESPÍRITO Tema geral: Cura Interior Autor: Pe. Fernando PREGAÇÃO: Tema: Curados para Amar Senhor se queres podes me curar Mt. 8, 1-4 1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva

Leia mais

Curso de Atualização em Alimentação e Nutrição EAD (Educação a Distância) Manual do Aluno

Curso de Atualização em Alimentação e Nutrição EAD (Educação a Distância) Manual do Aluno Neste guia você encontrará as seguintes orientações: Definição de Educação a Distância... 2 Perfil do Aluno... 2 Os 6 Mandamentos do Aluno Virtual... 4 Objetivos do Curso... 5 Funcionamento do Curso...

Leia mais

O CAMINHO PARA REFLEXÃO

O CAMINHO PARA REFLEXÃO O CAMINHO PARA REFLEXÃO a 2 Semana EMPREENDER É DAR A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE No mudo dos negócios existe a diferença visível do acomodado que nunca quer aprender a mesma coisa duas vezes e o

Leia mais

ELABORAR APRESENTAÇÕES NO POWERPOINT

ELABORAR APRESENTAÇÕES NO POWERPOINT ELABORAR APRESENTAÇÕES NO POWERPOINT Carlos Fernandes MCT 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Planejamento Storyboard Dividir para conquistar Domínio do assunto Storyboard Apoia o planejamento.

Leia mais

Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento

Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento A palavra Bíblia deriva do grego: ta biblía; plural de: ton biblíon. E significa "livros" Logo descobrimos que a Bíblia é uma coleção de livros! Nós, cristãos,

Leia mais

Avaliações dos profissionais do Macquarie. Manual de exercícios práticos. Raciocínio verbal, numérico, abstrato, Personalidade.

Avaliações dos profissionais do Macquarie. Manual de exercícios práticos. Raciocínio verbal, numérico, abstrato, Personalidade. Avaliações dos profissionais do Macquarie Manual de exercícios práticos Raciocínio verbal, numérico, abstrato, Personalidade. Por que são usadas avaliações psicométricas Os empregadores estão incorporando

Leia mais

Bandeira de Portugal Significado, cores e história da bandeira portuguesa

Bandeira de Portugal Significado, cores e história da bandeira portuguesa UNIDADE: Viagem a Portugal / Portugal SITUAÇÃO DE USO Seleção de roteiro turístico. EXPETATIVAS DE APRENDIZAGEM - Selecionar informações; - Formular questões; - Utilizar o verbo representar ; - Produzir

Leia mais

Estudo Bíblico Colossenses Guia do Líder Por Mark Pitcher. LIÇÃO 1 SUA MAIOR PRIORIDADE - Colossenses 3:1-4

Estudo Bíblico Colossenses Guia do Líder Por Mark Pitcher. LIÇÃO 1 SUA MAIOR PRIORIDADE - Colossenses 3:1-4 Estudo Bíblico Colossenses Guia do Líder Por Mark Pitcher Os quatro estudos a seguir tratam sobre a passagem de Colossenses 3:1-17, que enfatiza a importância de Jesus Cristo ter sua vida por completo.

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA COORDENADORIA DE POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA COORDENADORIA DE POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL MATRIZ DE REFERÊNCIA CURRICULAR DE LÍNGUA INGLESA 2 CICLO 2010 A matriz de referência curricular de Língua Inglesa para o 2º ciclo da Rede Municipal de Ensino de Contagem está organizada em 4 eixos: Leitura,

Leia mais

COMO FAZER UMA BOA APRESENTAÇÃO ORAL. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo

COMO FAZER UMA BOA APRESENTAÇÃO ORAL. Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo COMO FAZER UMA BOA APRESENTAÇÃO ORAL Disciplina: TC0600 - Projeto de Graduação I Turma C Profa. Denyse de Araújo 2 Passos a seguir: 3 Elaborar um bom resumo Criar os slides Desenvolver a apresentação Treinar

Leia mais

PRIMEIRA SEQÜÊNCIA: INTRODUÇÃO À BÍBLIA. Obter um conhecimento geral dos fundamentos bíblicos

PRIMEIRA SEQÜÊNCIA: INTRODUÇÃO À BÍBLIA. Obter um conhecimento geral dos fundamentos bíblicos PRIMEIRA SEQÜÊNCIA: INTRODUÇÃO À BÍBLIA TEMPO NECESSÁRIO: Duas semanas OBJETIVO: Obter um conhecimento geral dos fundamentos bíblicos A Primeira Seqüência é para quem está começando a ler a Bíblia. Três

Leia mais

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4. AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.1-42 INTRODUÇÃO A narrativa da Mulher Samaritana se desenvolve

Leia mais

HP Capture and Route (HP CR) Guia do Usuário

HP Capture and Route (HP CR) Guia do Usuário HP Capture and Route (HP CR) Guia do Usuário HP Capture and Route (HP CR) Guia do Usuário Número de referência: 20120101 Edição: janeiro de 2012 2 Avisos legais Copyright 2012 Hewlett-Packard Development

Leia mais

revista FIDELIDADE - A vida cristã dinâmica Preparando a aula Plano de aula

revista FIDELIDADE - A vida cristã dinâmica Preparando a aula Plano de aula Base bíblica: João 3.1-23 Texto áureo: Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus (João 3.5). Preparando a aula Ore

Leia mais

Como escrever um artigo científico

Como escrever um artigo científico Como escrever um artigo científico Baseado no texto de C. S. Lyra (2006), Como escrever um Artigo Científico ou Técnico. Infinite Thecnicals Translations http://www.freewebs.com/infinitetrans/artigo.html

Leia mais

INCENTIVE A SUA CRIATIVIDADE E EVITE ADIAMENTOS. Baseado em texto de Shelly Dorsey

INCENTIVE A SUA CRIATIVIDADE E EVITE ADIAMENTOS. Baseado em texto de Shelly Dorsey INCENTIVE A SUA CRIATIVIDADE E EVITE ADIAMENTOS Baseado em texto de Shelly Dorsey INCENTIVE A SUA CRIATIVIDADE E EVITE ADIAMENTOS Você batalhou muito para chegar à pósgraduação e agora que você está aqui,

Leia mais

Microsoft Office 2007

Microsoft Office 2007 Produzido pela Microsoft e adaptado pelo Professor Leite Júnior Informática para Concursos Microsoft Office 2007 Conhecendo o Office 2007 Visão Geral Conteúdo do curso Visão geral: A nova aparência dos

Leia mais

Cara Professora, Caro Professor,

Cara Professora, Caro Professor, A olhinhos menina de rasgados Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos um belo livro de narrativa A menina de olhinhos rasgados, do premiado autor mineiro Vanderlei Timóteo.

Leia mais

Apostila de Windows XP

Apostila de Windows XP Table of Contents Introdução...1 Area de trabalho...5 Ícones...7 Barra de tarefas...8 O Botão Iniciar...10 Todos os programas...14 Logon e Logoff...16 Desligando o Windows XP...18 Acessórios do Windows...20

Leia mais

BRIEFING DE CRIAÇÃO ESTUDIO CLICK - 2012 CONTATO@ESTUDIOCLICK.COM.BR +55 21 2241-0072 +55 21 2508-6997

BRIEFING DE CRIAÇÃO ESTUDIO CLICK - 2012 CONTATO@ESTUDIOCLICK.COM.BR +55 21 2241-0072 +55 21 2508-6997 BRIEFING DE CRIAÇÃO ESTUDIO CLICK - 2012 CONTATO@ESTUDIOCLICK.COM.BR +55 21 2241-0072 +55 21 2508-6997 É SÓ O COMEÇO! UM NOVO PROJETO VAI SURGIR. Abaixo você encontrará um questionário que é a primeira

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

Na Internet Gramática: atividades

Na Internet Gramática: atividades Na Internet Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia os documentos Modo subjuntivo geral e Presente do subjuntivo, no Banco de Gramática. 1. No trecho a seguir, extraído da

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS PROCIENT/FACDO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS PROCIENT/FACDO INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS PROCIENT/FACDO ACADÊMICO INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS PROCIENT/FACDO PROFESSOR ORIENTADOR Sobre o acompanhamento dos projetos de iniciação científica

Leia mais

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer.

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer. ESTUDO 02 A COMUNHÃO E MUTUALIDADE Vimos que a comunhão se baseia numa relação entre pessoas, e tem diversas maneiras de se manifestar. Já que as relações são mais experimentadas do que vistas, não é fácil

Leia mais

Trabalho de avaliação complementar do MBA Fama

Trabalho de avaliação complementar do MBA Fama MBA Executivo Trabalho de avaliação complementar do MBA Fama COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL E ASPECTOS COMPORTAMENTAIS Janaina Ferreira Alves, M.Sc Janainaf@aol.com Realização Faculdade Machado de Assis FAMA

Leia mais

Técnicas de Memorização.

Técnicas de Memorização. Como Estudar? Técnicas de Memorização. Aprendizagem: dreamstime As estratégias de estudo que adquiriste no ensino secundário devem ser adaptadas ao ensino superior. Existem disciplinas com forte componente

Leia mais

2 Revisão de literatura

2 Revisão de literatura 21 2 Revisão de literatura Realizaremos nessa primeira parte deste capítulo a apresentação disponível para alunos e professores em livros didáticos de PL2E e em Gramáticas (não apenas nas tradicionais,

Leia mais

ESCREVENDO UM DOCUMENTÁRIO 1

ESCREVENDO UM DOCUMENTÁRIO 1 ESCREVENDO UM DOCUMENTÁRIO 1 BARRY HAMPE O QUE FAZ UM ROTEIRISTA? A resposta depende do tipo de documentário. Se é um documentário histórico, uma biografia, ou a recriação de algum evento, o trabalho do

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014. 10º ano nível VI - Inglês Planificação a Longo Prazo. Conteúdos Procedimentos Blocos previstos MÓDULO O trabalho diagnóstico

ANO LETIVO 2013/2014. 10º ano nível VI - Inglês Planificação a Longo Prazo. Conteúdos Procedimentos Blocos previstos MÓDULO O trabalho diagnóstico Conteúdos Procedimentos Blocos previstos MÓDULO O trabalho diagnóstico - Leitura de textos MÓDULO 1 - Um mundo de muitas línguas: contacto com outras línguas, experiências e culturas Línguas e culturas

Leia mais

Checklist para ações de E-mail Marketing

Checklist para ações de E-mail Marketing Checklist para ações de E-mail Marketing Os tópicos abordados neste checklist são úteis antes de começar e depois de concluir o desenvolvimento de uma mensagem de email marketing, pois abrange desde os

Leia mais

Como escrever um bom Relato de Experiência em Implantação de Sistema de Informações de Custos no setor público. Profa. Msc. Leila Márcia Elias

Como escrever um bom Relato de Experiência em Implantação de Sistema de Informações de Custos no setor público. Profa. Msc. Leila Márcia Elias Como escrever um bom Relato de Experiência em Implantação de Sistema de Informações de Custos no setor público O que é Relato de Experiência? Faz parte dos gêneros pertencentes ao domínio social da memorização

Leia mais

O TESTE PILOTO: UMA POSSIBILIDADE METODOLÓGICA E DIALÓGICA NA PESQUISA QUALITATIVA EM EDUCAÇÃO

O TESTE PILOTO: UMA POSSIBILIDADE METODOLÓGICA E DIALÓGICA NA PESQUISA QUALITATIVA EM EDUCAÇÃO O TESTE PILOTO: UMA POSSIBILIDADE METODOLÓGICA E DIALÓGICA NA PESQUISA QUALITATIVA EM EDUCAÇÃO Cristiane Lisandra Danna (FURB) crisdanna@gmail.com RESUMO O teste piloto é um momento em que o pesquisador

Leia mais

endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 7.O ANO EM 2015 Disciplina: Prova: PoRTUGUÊs

endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 7.O ANO EM 2015 Disciplina: Prova: PoRTUGUÊs Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 7.O ANO EM 2015 Disciplina: Prova: PoRTUGUÊs desafio nota: Texto para as questões 1 e 2. (Disponível em: .

Leia mais

Proposta de patrocínio Lei de incentivo ao esporte

Proposta de patrocínio Lei de incentivo ao esporte Proposta de patrocínio Lei de incentivo ao esporte Quem somos: Brazilian Adventure Society A BAS é uma associação composta por aventureiros e por todos aqueles que se identificam com a aventura como estilo

Leia mais

COMO AVALIAR O TEXTO LITERÁRIO CRITÉRIOS DE ANÁLISE

COMO AVALIAR O TEXTO LITERÁRIO CRITÉRIOS DE ANÁLISE COMO AVALIAR O TEXTO LITERÁRIO CRITÉRIOS DE ANÁLISE Literatura Infantil aspectos a serem desenvolvidos A natureza da Literatura Infanto-Juvenil está na Literatura e esta é uma manifestação artística. Assim,

Leia mais

Algumas sugestões para facilitar a leitura e compreensão de textos

Algumas sugestões para facilitar a leitura e compreensão de textos INGLÊS INSTRUMENTAL 1 Leitura, interpretação e tradução Profa: Sonia Mara Braga Silva INTRODUÇÃO O que é inglês Instrumental? Inglês Instrumental é um curso de inglês que usa a língua inglesa como um meio,

Leia mais

Como escrever um comunicado de imprensa?

Como escrever um comunicado de imprensa? Como escrever um comunicado de imprensa? (Press Release) Iremos de seguida descrever uma abordagem, passo-a-passo, com o objectivo de se redigir correctamente uma nota informativa (press release) para

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano Dias de aulas previstos Período 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.º período 13 13 13 12 13 2.º período 9 9 9 11 11 3.º período 9 11 10 10 11 (As Aulas previstas

Leia mais

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação Nome: Nº 8º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português Data: Professor(a): Érica Beatriz Nota: Leia o texto de Clarice Lispector e veja

Leia mais

O Conceito Bíblico da Inspiração Benjamin Breckinridge Warfield

O Conceito Bíblico da Inspiração Benjamin Breckinridge Warfield 1 O Conceito Bíblico da Inspiração Benjamin Breckinridge Warfield 1. O SIGNIFICADO DOS TERMOS O termo inspirar, assim como os seus derivados, parece terem sido sempre usados com diversos significados,

Leia mais

ASSUMA O CONTROLE DE SUAS CRENÇAS INCONSCIENTES: De a si mesmo uma mente rica

ASSUMA O CONTROLE DE SUAS CRENÇAS INCONSCIENTES: De a si mesmo uma mente rica ASSUMA O CONTROLE DE SUAS CRENÇAS INCONSCIENTES: De a si mesmo uma mente rica Escrito por Merilee Dannermann Saudações a você que vem acompanhando o trabalho do POINT DOS AMORES e com a sua participação

Leia mais

JORNAL MURAL LITERÁRIO Encontro III: Comunicação Visual. Programa Nas Ondas do Rádio Secretaria Municipal de Educação SP 2012

JORNAL MURAL LITERÁRIO Encontro III: Comunicação Visual. Programa Nas Ondas do Rádio Secretaria Municipal de Educação SP 2012 JORNAL MURAL LITERÁRIO Encontro III: Comunicação Visual Programa Nas Ondas do Rádio Secretaria Municipal de Educação SP 2012 Neste Encontro: Proximidade Alinhamento COMUNICAÇÃO VISUAL: PRINCÍPIOS DE DESIGN

Leia mais

Resenha de livro. Por Camila Munerato 1 Camila Rodrigues dos Santos 2 Eunice Pereira Cardoso 3

Resenha de livro. Por Camila Munerato 1 Camila Rodrigues dos Santos 2 Eunice Pereira Cardoso 3 Resenha de livro Por Camila Munerato 1 Camila Rodrigues dos Santos 2 Eunice Pereira Cardoso 3 A presente resenha do livro de Moretto, (2007) em sua 2 edição tem o intuito de mostrar que a avaliação é um

Leia mais

ESCRITOS & POESIA HEBRAICA

ESCRITOS & POESIA HEBRAICA Jörg Garbers ESCRITOS & POESIA HEBRAICA INTRODUÇÃO 1 INTRODUÇÃO Os escritos formam a última parte do cânon do AT. Na Bíblia evangélica pertencem aos escritos os seguintes livros: Jó Salmos Provérbios Eclesiastes

Leia mais

Há Harmonia Entre os Evangelhos?

Há Harmonia Entre os Evangelhos? Há Harmonia Entre os Evangelhos? Mar/Abr/2015 Vlademir Hernandes HARMONIZAÇÃO E ELUCIDAÇÃO AULA 6 05/04/2015 CITAÇÕES DO ANTIGO TESTAMENTO Textos Complicados Tipos de Citações do AT No NT há várias formas

Leia mais

Mais acerca do Pages

Mais acerca do Pages Mais acerca do Pages Folheie o documento; toque nas imagens e no texto. E fique a conhecer a melhor aplicação de tratamento de texto jamais concebida para um dispositivo móvel. 1: Familiarize se com o

Leia mais

Indicações para o itunes U

Indicações para o itunes U Índice Descrição geral 1 Primeiros passos 2 Definições do curso 3 Editar e organizar conteúdo 5 Adicionar publicações, tarefas e materiais 6 Gerir e colaborar 8 Gerir as inscrições 9 Melhores práticas

Leia mais

Atendimento. Item 4- Publicidade e Propaganda

Atendimento. Item 4- Publicidade e Propaganda Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda PUBLICIDADE X PROPAGANDA PUBLICIDADE Deriva de público (latim: publicus) Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda

Leia mais

Trabalhando com Imagens no Word XP

Trabalhando com Imagens no Word XP Table of Contents Trabalhando com imagens...1 A barra de desenho...2 Tela de desenho...2 Caixa de Texto...3 Linha...4 Seta...4 Retângulo (e quadrado)...5 Elipse (e círculo)...5 AutoFormas...6 Modificação

Leia mais

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram Esquema de Palestra I. Por Que As Pessoas Compram A Abordagem da Caixa Preta A. Caixa preta os processos mentais internos que atravessamos ao tomar uma

Leia mais

Sumário. PARTE 1 A arte do cinema e a realização cinematográfica 1 CAPÍTULO O cinema como arte: Criatividade, tecnologia e negócios...

Sumário. PARTE 1 A arte do cinema e a realização cinematográfica 1 CAPÍTULO O cinema como arte: Criatividade, tecnologia e negócios... Sumário APRESENTAÇÃO DA EDIÇÃO BRASILEIRA... 13 PREFÁCIO... 19 PARTE 1 A arte do cinema e a realização cinematográfica 1 CAPÍTULO O cinema como arte: Criatividade, tecnologia e negócios... 29 Decisões

Leia mais

As Escrituras N 1 - O Princípio de Tudo Suplemento pedagógico As Escrituras

As Escrituras N 1 - O Princípio de Tudo Suplemento pedagógico As Escrituras Recomendável a leitura do Guia do Professor da série As Escrituras - AT, que traz informações gerais sobre toda a série, disponível pela internet no link www.cbn.org.br/escriturasat/suplementogeral.pdf

Leia mais

Script de Televendas: Conquista e Retenção de Clientes

Script de Televendas: Conquista e Retenção de Clientes Este documento foi criado para ajudar você a iniciar um diálogo com clientes potenciais, descobrir suas necessidades de CRM (gestão de relacionamentos com clientes) e soluções Web, e agendar reuniões de

Leia mais

Accessibility. Versão: 10.3.0. Guia do usuário

Accessibility. Versão: 10.3.0. Guia do usuário Accessibility Versão: 10.3.0 Guia do usuário Publicado: 16/12/2014 SWD-20141216151714850 Conteúdo... 4 Novidades na acessibilidade... 4 BlackBerry Screen Reader... 5 Personalizar as configurações de acessibilidade...15

Leia mais

Hermenêutica O termo hermenêutica provém do verbo grego hermeneuein e significa declarar, anunciar, interpretar, esclarecer e, por último, traduzir.

Hermenêutica O termo hermenêutica provém do verbo grego hermeneuein e significa declarar, anunciar, interpretar, esclarecer e, por último, traduzir. 2ª AULA MÓDULO 1 AULA 2 Hermenêutica O termo hermenêutica provém do verbo grego hermeneuein e significa declarar, anunciar, interpretar, esclarecer e, por último, traduzir. Significa que alguma coisa é

Leia mais

PROVA COMENTADA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO PROVA COMENTADA PELOS 1 Lya Luft apresenta, no 1º parágrafo do texto, sua tese acerca do que venha a ser o posicionamento ideal da família:...família deveria ser careta., i.e., humana, aberta, atenta,

Leia mais

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados escrito por Vários autores Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnm qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxc

yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnm qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxc qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyui opasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopas

Leia mais

MEDIA TRANNING. Giovana Cunha. Coordenadora de Rádio e TV - TST giovana.cunha@tst.jus.br

MEDIA TRANNING. Giovana Cunha. Coordenadora de Rádio e TV - TST giovana.cunha@tst.jus.br MEDIA TRANNING Giovana Cunha COMO AGIR DIANTE DA IMPRENSA É muito comum o entrevistado se queixar que o jornalista não reproduziu corretamente as informações fornecidas na entrevista. O jornalista normalmente

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada(s) Endereço(s) de correio electrónico Rua Central P-5060-521 Souto Maior - Sabrosa Vila Real (Portugal) Telefone(s) 259939819

Leia mais

Essa é nossa visão, que será levada a cabo por. TESTE 1Pedro 4:10 INTERCERDER DAR EDUCAR NUTRIR TRANSMITIR INVESTIGAR DISTRIBUIR ALCANZAR COM AMOR

Essa é nossa visão, que será levada a cabo por. TESTE 1Pedro 4:10 INTERCERDER DAR EDUCAR NUTRIR TRANSMITIR INVESTIGAR DISTRIBUIR ALCANZAR COM AMOR Igreja de Deus Descubra sua área de Ministério!!! Entendendo seu propósito Cada um exerça o dom que Dignificar, Capacitar e Transformar recebeu para servir os Essa é nossa visão, que será levada a cabo

Leia mais

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR RESENHA Neste capítulo, vamos falar acerca do gênero textual denominado resenha. Talvez você já tenha lido ou elaborado resenhas de diferentes tipos de textos, nas mais diversas situações de produção.

Leia mais

MANUAL DA PLATAFORMA RESUMO DAS PRINCIPAIS FUNÇÕES DA PLATAFORMA MOODLE, UTILIZADA NO WEBCURSO DA EETAD 1ª edição

MANUAL DA PLATAFORMA RESUMO DAS PRINCIPAIS FUNÇÕES DA PLATAFORMA MOODLE, UTILIZADA NO WEBCURSO DA EETAD 1ª edição MANUAL DA PLATAFORMA RESUMO DAS PRINCIPAIS FUNÇÕES DA PLATAFORMA MOODLE, UTILIZADA NO WEBCURSO DA EETAD 1ª edição Escola de Educação Teológica das Assembléias de Deus Campinas SP Brasil MANUAL DA PLATAFORMA

Leia mais

Guia da Marca Editora do Brasil Guia da Marca 1

Guia da Marca Editora do Brasil Guia da Marca 1 1 Índice Branding 3 Como aplicar 30 Missão, Visão e Valores Proposta de valor Discurso da Marca Posicionamento 5 6 8 9 Marca Cores Bandeiras Tipografia Imagens 31 38 41 49 55 Universo Visual 10 Livro 60

Leia mais

Livro Estudo Panorâmico da Bíblia

Livro Estudo Panorâmico da Bíblia Livro Estudo Panorâmico da Bíblia Capitulo 01 A Bíblia A Bíblia apresenta Jesus Cristo, O Salvador do mundo Por detrás e por cima e além da Bíblia, acima e além da Bíblia. É a revelação da vontade escrita

Leia mais

Capital da Marca Centrado no Cliente

Capital da Marca Centrado no Cliente Capital da Marca Centrado no Cliente BLOCO 2 Gestão Estratégica da Marca Parte 2 Capital da Marca Centrado no Cliente Profª. Margarida Duarte MBA 2007-8 1 Capital da Marca Centrado no Cliente (CMCC) Modelo

Leia mais

COMUNICADO AO MERCADO DE ENCERRAMENTO DA PRIMEIRA LIQUIDAÇÃO DAS COTAS REMANESCENTES DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DO

COMUNICADO AO MERCADO DE ENCERRAMENTO DA PRIMEIRA LIQUIDAÇÃO DAS COTAS REMANESCENTES DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DO COMUNICADO AO MERCADO DE ENCERRAMENTO DA PRIMEIRA LIQUIDAÇÃO DAS COTAS REMANESCENTES DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO RIO BRAVO RENDA CORPORATIVA CNPJ/MF n.º 03.683.056/0001-86

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação I - Proposta de Redação INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação A proposta de redação do vestibular do ITA pode ser composta de textos verbais, não verbais (foto ou ilustração,

Leia mais

O chamado de Jesus ao discipulado

O chamado de Jesus ao discipulado Lição 3 12 a 19 de janeiro O chamado de Jesus ao discipulado Sábado à tarde Ano Bíblico: Gn 37 39 VERSO PARA MEMORIZAR: "Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

Dados contadores de história. Qlik Sense 1.1 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Dados contadores de história. Qlik Sense 1.1 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Dados contadores de história Qlik Sense 1.1 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik,

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Apresentação Apresentação...02 Marca A Marca...03 Marca Registrada...04 Logotipo Padrões...05 Formas Incorretas...08 Cores...09 Fundos Especiais... 10 SAE International...11

Leia mais

O guia completo para aumentar o número de fãs em sua página do facebook

O guia completo para aumentar o número de fãs em sua página do facebook wishpond EBOOK O guia completo para aumentar o número de fãs em sua página do facebook wishpond.com.br sumário Capítulo 1 Método 1 para ganhar fãs no Facebook: Concursos Capítulo 2 Método 2 para ganhar

Leia mais

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado.

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. , ()! $ Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. Uma estratégia muito utilizada para organizar visualmente informações numéricas

Leia mais

Colossenses 1:15. Colossenses 1:15. Colossenses 1:15. Colossenses 1:15. [Jesus] é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação.

Colossenses 1:15. Colossenses 1:15. Colossenses 1:15. Colossenses 1:15. [Jesus] é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação. Colossenses 1:15 Colossenses 1:15 Colossenses 1:15 Colossenses 1:15 [Jesus] é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação. [Jesus] é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a

Leia mais

Um Manual de Estudo Bíblico Sobre Transformação de Conflitos. por Daniel L. Buttry. Tradução: Paulo César Moreira Argôlo

Um Manual de Estudo Bíblico Sobre Transformação de Conflitos. por Daniel L. Buttry. Tradução: Paulo César Moreira Argôlo Um Manual de Estudo Bíblico Sobre Transformação de Conflitos por Daniel L. Buttry Tradução: Paulo César Moreira Argôlo 1 Um Manual de Estudo Bíblico Sobre Transformação de Conflitos Conteúdo Introdução

Leia mais

Imagem da Marca. Notoriedade da Marca. Capital da Marca Centrado no Cliente

Imagem da Marca. Notoriedade da Marca. Capital da Marca Centrado no Cliente Capital da Marca Centrado no Cliente BLOCO 2 Gestão de Marcas Parte 2 Capital da Marca Centrado no Cliente Profª. Margarida Duarte 2007-2008 ISEG Capital da Marca Centrado no Cliente (CMCC) Modelo Proposto

Leia mais

10 dicas para criar um banner funcional

10 dicas para criar um banner funcional 10 dicas para criar um banner funcional 1. Escolha as cores certas Utilize um fundo neutro, com cores lisas, ou um efeito discreto, como o dégradé. Fundo vermelho com foco de luz ao centro (ou dégradé

Leia mais

Lição Oito. O Culto a Deus. Que É Culto? adoração da parte da pessoa que pensa acerca de Deus. O culto é a reação humana à glória,

Lição Oito. O Culto a Deus. Que É Culto? adoração da parte da pessoa que pensa acerca de Deus. O culto é a reação humana à glória, Livro 1 página 57 Lição Oito O Culto a Deus Que É Culto? O culto é o ato de reconhecer a Deus por quem Ele é. Inclui uma atitude de reverência, devoção e adoração da parte da pessoa que pensa acerca de

Leia mais

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 2

Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 2 Apostila Básica de Informática Ensino Fundamental Volume 2 1 1. WINDOWS... 3 1.1 - Ajuda do Windows... 3 1.2 - Trabalhando com janelas... 4 1.3 - Adicionando um atalho na área de trabalho... 4 1.4 - Removendo

Leia mais

Dicas para o sucesso no E-mail Marketing

Dicas para o sucesso no E-mail Marketing Dicas para o sucesso no E-mail Marketing O e-mail marketing é uma ferramenta poderosíssima desde que seja utilizada da maneira correta, mas seguramente é a ferramenta de marketing digital mais mal utilizada

Leia mais

TRADUÇÃO Hope Gordon Silva Regina Aranha

TRADUÇÃO Hope Gordon Silva Regina Aranha TRADUÇÃO Hope Gordon Silva Regina Aranha 7 João Desfrutando João ao máximo Pode-se resumir o fato mais relevante de toda a história em quatro palavras: Jesus Cristo é Deus! A maior declaração da Bíblia

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Página 1 Índice Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 1 O que é o EasyReader? 4 Abrir um livro 5 Abrir um novo livro de um CD/DVD 5 Abrir um novo livro

Leia mais

Apropriação da Leitura e da Escrita. Elvira Souza Lima. (transcrição)

Apropriação da Leitura e da Escrita. Elvira Souza Lima. (transcrição) Apropriação da Leitura e da Escrita Elvira Souza Lima (transcrição) Nós estamos num momento de estatísticas não muito boas sobre a alfabetização no Brasil. Mas nós temos que pensar historicamente. Um fato

Leia mais

Tutorial - DVD Flick

Tutorial - DVD Flick Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz Av. Prof. José Inácio de Souza, 1958 B. Brasil Uberlândia/MG CEP 38400-732 (34) 3212-4363 / Fax 3211-6859 cemepeeduca@hotmail.com /cemepe@uberlandia.mg,gov.br

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO. Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737. Língua Portuguesa

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO. Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737. Língua Portuguesa ENSINO FUNDAMENTAL Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737 www.ciman.com.br MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO CPG Língua Portuguesa Leitura e interpretação de textos (características e função

Leia mais

Estrutura e estética: Organização, layout, cores e tipos

Estrutura e estética: Organização, layout, cores e tipos Design Web Estrutura e estética: Organiação, layout, cores e tipos Apresentação: Estrutura e Estética Organiação Navegação Layout Cores e Tipografia! " Representação e Apresentação Representação Utiliar

Leia mais

IIIDomingo Tempo Pascal- ANO A «..Ficai connosco, Senhor, porque o dia está a terminar e vem caindo a noite

IIIDomingo Tempo Pascal- ANO A «..Ficai connosco, Senhor, porque o dia está a terminar e vem caindo a noite Ambiente: Os comentadores destacaram, muitas vezes, a intenção teológica deste relato. Que é que isto significa? Significa que não estamos diante de uma reportagem jornalística de uma viagem geográfica,

Leia mais