Gargalos logísticos e perspectivas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gargalos logísticos e perspectivas"

Transcrição

1 Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Gargalos logísticos e perspectivas Daniel Furlan Amaral Gerente de Economia ABN AMRO São Paulo SP 26 de janeiro de

2 Produção de grãos cada vez mais distante dos portos do Sul e Sudeste Fonte: IBGE/PAM 1990 e

3 Grandes deslocamentos nas exportações Fonte: CNA. 3

4 Mil ton Volumes crescentes de milho 2ª safra Soja Milho 1ª safra Milho 2ª safra Fonte: Conab. 4

5 Pouca folga nas entressafras Exportações de soja, farelo de soja e milho (mil ton) Fonte: MDIC/Secex. Elaboração: ABIOVE. 5

6 Investimentos federais em infraestrutura de transporte Fonte: CNT Pesquisa de Rodovias

7 Malha ferroviária atual Apenas 1/3 da malha tem uso efetivo Necessária expansão para o interior do país Fonte: ANTT. 7

8 O Brasil utiliza apenas 13 mil km do potencial Transporte em Vias Interiores por Região Hidrográfica milhões (t) REGIÃO AMAZÔNICA Navegação Interior 10,8 Cabotagem em Vias Interiores 19,8 Longo Curso em Vias Interiores 18,0 REGIÃO DO PARAGUAI Navegação Interior 5,9 REGIÃO DO TOCANTINS-ARAGUAIA Navegação Interior 3,6 Cabotagem em Vias Interiores 7,5 Longo Curso em Vias Interiores 10,8 REGIÃO DO SÃO FRANCISCO Navegação Interior 0,05 REGIÃO ATLÂNTICO SUL Navegação Interior 4,3 Cabotagem em Vias Interiores 0,6 Longo Curso em Vias Interiores 0,6 REGIÃO DO PARANÁ-TIETÊ Navegação Interior 6,3 Fonte: ANTAQ.

9 Matriz de transportes da soja em 2013 Doméstico Exportação Hidrovia Ferrovia Rodovia Fontes: ANTAQ, ANTT, ABIOVE, AvaCom Grains & Oilseed e USDA/FAS. Obs.: dados dos EUA são de

10 Custos crescentes de transportes (ton) US$ 145 Caminhão: US$ 45 US$ 85 Barcaça: US$ 20 Trem: US$ 40 US$ 75 US$ 60 US$ 45 US$ 30 10

11 Redução dos congestionamentos Fonte: Ministério dos Transportes. 11

12 Novas ferrovias planejadas Fonte: Brasil/Presidência da República, e jornal O Estado de S. Paulo de 23/03/

13 Portos no Norte e Nordeste Macapá Manaus/Itacoatiara Santarém Vila do Conde Belém/Miramar/Outeiro Itaqui Pecém Porto Velho Cabedelo Suape/Recife Maceió Aratu/Salvador Ilhéus/Porto Sul Vitória Fontes: Presidência da República. Rio Grande Porto Alegre Itaguaí/Rio de Janeiro Santos/São Sebastião Paranaguá/Antonina Itajaí/Imbituba/São Francisco do Sul Redução dos custos de transporte! 13

14 Hidrovia do Tapajós Novo corredor de exportação! Fontes: jornal Valor Econômico de 25/02/

15 Eixo BR-158 e hidrovia Araguaia-Tocantins Fontes: IMEA e Movimento Pró-Logística. 15

16 Hidrovias para escoamento do Mato Grosso Pleito pela hidrovia a partir do rio Juruena Redução da etapa rodoviária Rio Teles Pires tem potencial, porém forte desnível é uma limitação Fonte: Valor Econômico, 15/1/

17 Perfil Longitudinal: Teles Pires-Tapajós Fonte: Movimento Pró Logística (22/4/2012). 17

18 O que muda com as novas rotas de exportação Sinop ao Porto de Miritituba vs. Porto de Santos Via BR-163: economia de km (-50% pela via terrestre) Percorre pela hidrovia do Tapajós mais 850 km (até Santana) ou km (até Vila do Conde) Potencial de redução de cerca de 35% no frete total (hoje de R$ 250/ton) Hidrovia do Tocantins: hoje navegável por apenas 8 meses no ano Via BR-158 até Marabá: economia de 500 km (-25% pela via terrestre) Derrocagem do Pedral do Lourenço (rio Tocantins) vai eliminar esse gargalo Mercadorias poderão chegar por barcaças até Vila do Conde Essencial para o desenvolvimento da lavoura do cerrado do MAPITOBA e de outras commodities Aumento da renda do produtor e redução das despesas com fretes Benefícios são potencializados com a expansão do canal do Panamá 18

19 Caminhos atuais e futuros dos grãos Fonte: Macrologística. 19

20 O que é preciso ser feito Ferrovias Integração entre os modelos verticalizado e open access Expansão da malha ferroviária Portos Licitação dos terminais Obras de dragagem Acessos Hidrovias Obras de dragagem, sinalização e balizamento Construção e modernização de eclusas Derrocagem de pedrais Institucionais Fortalecimento das agências reguladoras Priorização de obras Ampliação das concessões Redução da burocracia e de custos Coordenação entre órgãos governamentais 20

21 Crédito: ABIOVE. 21

22 Crédito: ABIOVE. 22

23 Crédito: ABIOVE. 23

24 Obrigado! Daniel Furlan Amaral Gerente de Economia Fone: (11)

Gargalos logísticos e o novo corredor de exportação agrícola pelo norte do país

Gargalos logísticos e o novo corredor de exportação agrícola pelo norte do país Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Gargalos logísticos e o novo corredor de exportação agrícola pelo norte do país Seminários Folha de S.Paulo - Fórum de Exportação Daniel Furlan Amaral

Leia mais

Promoção da competitividade e desenvolvimento da economia brasileira

Promoção da competitividade e desenvolvimento da economia brasileira Objetivo Promoção da competitividade e desenvolvimento da economia brasileira Fim das barreiras à entrada Estímulo à expansão dos investimentos do setor privado Modernização da infraestrutura e da gestão

Leia mais

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil

As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil ESTUDO DA CNT APONTA QUE INFRAESTRUTURA RUIM AUMENTA CUSTO DO TRANSPORTE DE SOJA E MILHO As atuais condições da infraestrutura de transporte e logística do Brasil têm impacto significativo na movimentação

Leia mais

,8% ,7% ,4% ,7% ,4%

,8% ,7% ,4% ,7% ,4% Fernando Seabra Mundo (mi. US$) Brasil (mi. US$) MarketShare 2010 39.719 11.043 27,8% 2011 45.698 16.327 35,7% 2012 53.183 17.248 32,4% 2013 57.444 22.810 39,7% 2014 59.005 23.277 39,4% Fonte: comtrade.un.org

Leia mais

AGRONEGÓCIO BRASILEIRO ALAVANCA DO DESENVOLVIMENTO OPORTUNIDADES E DESAFIOS

AGRONEGÓCIO BRASILEIRO ALAVANCA DO DESENVOLVIMENTO OPORTUNIDADES E DESAFIOS AGRONEGÓCIO BRASILEIRO ALAVANCA DO DESENVOLVIMENTO OPORTUNIDADES E DESAFIOS AVALIAÇÕES TÉCNICAS / FEVEREIRO DE 2016 LUIZ ANTONIO FAYET Consultor da CNA AGRONEGÓCIO BRASILEIRO EVOLUÇÃO HÁ 50 ANOS = IMPORTADOR

Leia mais

REUNIÃO DO CONSELHO GESTOR CUIABÁ

REUNIÃO DO CONSELHO GESTOR CUIABÁ REUNIÃO DO CONSELHO GESTOR CUIABÁ 12-11-2015 PAUTA 09:00 Abertura Situação das obras federais ; PIL - Programa de Investimento em Logística Plano de ação das Frentes Parlamentares FPA e FRENLOG; CTLOG

Leia mais

A Importância do Arco Norte na Competitividade da Exportação Agropecuária

A Importância do Arco Norte na Competitividade da Exportação Agropecuária A Importância do Arco Norte na Competitividade da Exportação Agropecuária Saldo da Balança Comercial - Brasil US$ bilhões Exportação (US$ milhões) Importação (US$ milhões) Saldo 2013 2014 % 2013 2014

Leia mais

01 de setembro de Belém - PA. Adalberto Tokarski Diretor

01 de setembro de Belém - PA. Adalberto Tokarski Diretor 01 de setembro de 2015. Belém - PA Adalberto Tokarski Diretor AGENDA 1. AS HIDROVIAS BRASILEIRAS 2. COMPLEXO HIDROVIÁRIO REGIÃO AMAZÔNICA 3. EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE GRÃOS 4. NOVOS INVESTIMENTOS Região

Leia mais

Ministério dos Transportes

Ministério dos Transportes Ministério dos Transportes VI Congresso Internacional de Transportes da Amazônia Política Nacional de Transportes Belém, 01 de setembro de 2015 Ministério dos Transportes - Competências Possui como principais

Leia mais

A função de ligar a produção ao consumo; A evolução do sistema de transporte está associada às mudanças econômicas do Brasil;

A função de ligar a produção ao consumo; A evolução do sistema de transporte está associada às mudanças econômicas do Brasil; Geografia A dimensão territorial do país; A função de ligar a produção ao consumo; A evolução do sistema de transporte está associada às mudanças econômicas do Brasil; Segunda metade do século XX: contradição

Leia mais

PLANO NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS NAVEGAÇÃO INTERIOR

PLANO NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS NAVEGAÇÃO INTERIOR PLANO NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS NAVEGAÇÃO INTERIOR Subsídios da Agência Nacional de Águas ao PNRH Daniel Jordão de Magalhães Rosa Superintendência de Usos Múltiplos Agência Nacional de Águas Brasília,

Leia mais

Seminário CNI BID TRANSPORTE PARA O COMÉRCIO E A INTEGRAÇÃO REGIONAL

Seminário CNI BID TRANSPORTE PARA O COMÉRCIO E A INTEGRAÇÃO REGIONAL Seminário CNI BID TRANSPORTE PARA O COMÉRCIO E A INTEGRAÇÃO REGIONAL Custos de transporte nas exportações brasileiras: como solucionar os gargalos? Eng. Elcio Ribeiro, MSc. Uso da Terra no Brasil Área

Leia mais

Conhecimentos Gerais

Conhecimentos Gerais Conhecimentos Gerais Logística de Transporte no Brasil Professor Luciano Teixeira www.acasadoconcurseiro.com.br Conhecimentos Gerais LOGÍSTICA DE TRANSPORTE NO BRASIL Transportes O sistema de transportes

Leia mais

Oportunidades de Investimento no Pará. Projeto Norte Competitivo

Oportunidades de Investimento no Pará. Projeto Norte Competitivo Oportunidades de Investimento no Pará Projeto Norte Competitivo São Paulo, 02 de dezembro de 2013 Objetivos do Projeto Norte Competitivo Diminuir o custo do transporte de cargas e tornar competitivas as

Leia mais

O Uso da Água para a Navegação

O Uso da Água para a Navegação O Uso da Água para a Navegação JOSÉ ALEX BOTÊLHO DE OLIVA, M.Sc. Superintendente de Navegação Interior Rio de Janeiro, 09 de Dezembro de 2008. Rodovias RODOVIAS - Malha Rodoviária Brasileira 1.700 milhão

Leia mais

Associação de Terminais Portuários Privados. Apresentação Institucional Agosto/2016

Associação de Terminais Portuários Privados. Apresentação Institucional Agosto/2016 Associação de Terminais Portuários Privados Apresentação Institucional Agosto/2016 Um pouco da nossa história: ATP surgiu da vontade de um conceituado grupo de empresas que exploram instalações portuárias

Leia mais

Hidrovias: Uma visão do futuro

Hidrovias: Uma visão do futuro Hidrovias: Uma visão do futuro Fernando Antonio Brito Fialho Diretor-Geral da ANTAQ Data: 18 de agosto de 2010 I Seminário Portuário Público Privado Latino-Americano Hidrovias: Uma visão do futuro Slide

Leia mais

Novos terminais vão reduzir custos das exportações de grãos do Centro-Oeste

Novos terminais vão reduzir custos das exportações de grãos do Centro-Oeste Consultas a editais do 2º leilão de áreas portuárias superam 3.500 acessos Novos terminais vão reduzir custos das exportações de grãos do Centro-Oeste Mais de 3.500 consultas já foram feitas aos editais

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

PROJETO DE DRAGAGEM DOS PORTOS BRASILEIROS METAS E REALIZAÇÕES

PROJETO DE DRAGAGEM DOS PORTOS BRASILEIROS METAS E REALIZAÇÕES Presidência da República Secretaria Especial de Portos I CONFERÊNCIA HEMISFÉRICA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL PROJETO DE DRAGAGEM DOS PORTOS BRASILEIROS METAS E REALIZAÇÕES Eng MARCOS PAGNONCELLI Coordenador-Geral

Leia mais

Mário Povia Diretor da ANTAQ

Mário Povia Diretor da ANTAQ III CIDESPORT Congresso Internacional de Desempenho Portuário A ANTAQ e a Regulação do Setor Portuário Mário Povia Diretor da ANTAQ Florianópolis, 16 de novembro de 2016 ORGANIZAÇÃO DO SETOR TRANSPORTES

Leia mais

Estradeiro Expedição. Santo Antônio das Lendas

Estradeiro Expedição. Santo Antônio das Lendas Estradeiro Expedição Santo Antônio das Lendas Maio/2013 1. Introdução O Movimento Pró-Logística que reúne as entidades: Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso APROSOJA, Associação

Leia mais

Perspec8vas para a agropecuária brasileira para os próximos cinco anos

Perspec8vas para a agropecuária brasileira para os próximos cinco anos www.imea.com.br Perspec8vas para a agropecuária brasileira para os próximos cinco anos Daniel Latorraca Superintendente Agenda Visão da cadeia de grãos nos últimos 10 anos Visão da pecuária nos últimos

Leia mais

55º Fórum Nacional de Secretários de Planejamento INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA

55º Fórum Nacional de Secretários de Planejamento INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA 55º Fórum Nacional de Secretários de Planejamento INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA Salvador/BA, 06 de Setembro de 2013 PREMISSA BÁSICA O setor de Transportes como catalisador do desenvolvimento nacional Estruturando

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. Tabela 1 Valor exportado do agronegócio brasileiro

1 INTRODUÇÃO. Tabela 1 Valor exportado do agronegócio brasileiro 1 INTRODUÇÃO O Brasil encontra-se num ambiente favorável de crescimento econômico nos últimos anos. A economia brasileira tem como principais forças o comércio, o setor industrial e o agronegócio. O agronegócio,

Leia mais

EVTEA - H Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental das Hidrovias

EVTEA - H Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental das Hidrovias EVTEA - H Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental das Hidrovias Descrição geral - Trabalho técnico de Economia, Engenharia, Ciências do Meio Ambiente, Estatística, Geografia, Ciências Sociais

Leia mais

Fernando Fonseca Diretor

Fernando Fonseca Diretor Fernando Fonseca Diretor Brasília, 09 de junho de 2015 Definição legal da navegação de cabotagem 2 BAHIA Art. 2º, IX navegação de cabotagem: a realizada entre portos ou pontos do território brasileiro,

Leia mais

Cenários Agrícolas: Soja e Milho 2013/14 e 2014/15

Cenários Agrícolas: Soja e Milho 2013/14 e 2014/15 Cenários Agrícolas: Soja e Milho 2013/14 e 2014/15 Dezembro 2013 Soja milhões ha Soja / EUA - Área Plantada e Produção Área Plantada (milhões ha) Produção (milhões de toneladas) 29,2 30,6 26,2 30,6 31,3

Leia mais

Infraestrutura de Santa Catarina para o Desenvolvimento

Infraestrutura de Santa Catarina para o Desenvolvimento Infraestrutura de Santa Catarina para o Desenvolvimento Ministério dos Transportes PAULO SÉRGIO PASSOS Ministro de Estado dos Transportes Florianópolis, 27 de fevereiro de 2013 ASPECTOS NACIONAIS INFRAESTRUTURA

Leia mais

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES HIDROVIA DO PARNAÍBA

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES HIDROVIA DO PARNAÍBA MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES HIDROVIA DO PARNAÍBA HIDROVIA DO PARNAÍBA Administração das Hidrovias do Nordeste Utilização dos rios Parnaíba e Balsas, para o transporte de cargas e passageiros, utilizando-se

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ ESPECIALIZAÇÃO EM AGRONEGÓCIO ANDERSON ROBERTO DOS SANTOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ ESPECIALIZAÇÃO EM AGRONEGÓCIO ANDERSON ROBERTO DOS SANTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ ESPECIALIZAÇÃO EM AGRONEGÓCIO ANDERSON ROBERTO DOS SANTOS ESCOAMENTO DA SOJA NO ESTADO DE MATO GROSSO. UM ESTUDO SOBRE OS PRINCIPAIS GARGALOS NO TRANSPORTE DO PRODUTO. CURITIBA

Leia mais

Comitê dos Usuários dos Portos e Aeroportos do Estado de São Paulo

Comitê dos Usuários dos Portos e Aeroportos do Estado de São Paulo Comitê dos Usuários dos Portos e Aeroportos do Estado de São Paulo 27/03/2014 Renato Ferreira Barco DIRETOR PRESIDENTE VISÃO GERAL PORTO DE SANTOS / BRASIL ÁREA DE INFUÊNCIA PORTO DE SANTOS 75 67% 56%

Leia mais

EIXO TRANSPORTES. garantindo maior integração da malha brasileira de Transportes.

EIXO TRANSPORTES. garantindo maior integração da malha brasileira de Transportes. EIXO TRANSPORTES Para integrar as diferentes regiões do Brasil, eliminar gargalos logísticos e garantir que a produção nacional tenha custos mais baixos para os mercados interno e externo, o PAC 2 realiza

Leia mais

RELATÓRIO SITUAÇÃO DA BR - 242

RELATÓRIO SITUAÇÃO DA BR - 242 RELATÓRIO SITUAÇÃO DA BR - 242 Junho/2013 1. Introdução O Movimento Pró-Logística que reúne as entidades: Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso APROSOJA, Associação dos Produtores

Leia mais

Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins

Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins Novembro 2015 1 Logística 2 Logística 3 Logística 4 Logística 5 Logística 6 Logística 7 Logística 8 Logística 9 Modais Comparativo

Leia mais

Secretaria de Portos. Ministério dos Transportes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Secretaria de Portos. Ministério dos Transportes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de s Ministério dos Transportes Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Principais Corredores para Escoamento da Safra de Grãos CE Velho PE RN PB SE AL Salvador Ilhéus Hidrovias

Leia mais

AGRONEGÓCIO BRASILEIRO OPORTUNIDADES E DESAFIOS MARANHÃO ABRIL

AGRONEGÓCIO BRASILEIRO OPORTUNIDADES E DESAFIOS MARANHÃO ABRIL AGRONEGÓCIO BRASILEIRO OPORTUNIDADES E DESAFIOS MARANHÃO ABRIL - 2011 Metodologia de Trabalho Identificação de Mercados Aptidão e Competitividade da Produção Competitividade Comercial Brasil - Ranking

Leia mais

2º ano do Ensino Médio

2º ano do Ensino Médio 2º ano do Ensino Médio Ciências Humanas e suas Tecnologias Geografia Professor Vinícius Vanir Venturini Comparativo internacional das matrizes de transporte Custo de transporte Relação entre custo e distância

Leia mais

IX PIANC - COPEDEC 2016 Nona Conferência Internacional de Engenharia Costeira e Portuária em Países em Desenvolvimento.

IX PIANC - COPEDEC 2016 Nona Conferência Internacional de Engenharia Costeira e Portuária em Países em Desenvolvimento. IX PIANC - COPEDEC 2016 Nona Conferência Internacional de Engenharia Costeira e Portuária em Países em Desenvolvimento. O SETOR PORTUÁRIO E A NAVEGAÇÃO NO BRASIL Adalberto Tokarski Diretor-Geral da ANTAQ

Leia mais

PRODUÇÃO E DEMANDA DE TRANSPORTE NA HIDROVIA ARAGUAIA - TOCANTINS

PRODUÇÃO E DEMANDA DE TRANSPORTE NA HIDROVIA ARAGUAIA - TOCANTINS Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento PRODUÇÃO E DEMANDA DE TRANSPORTE NA HIDROVIA ARAGUAIA - TOCANTINS Brasília (DF), 30 de novembro de 2006. Tendência Crescente de Produção e Volume de

Leia mais

Seminário Empresarial Brasil-China Investimentos em Infraestrutura Ferroviária

Seminário Empresarial Brasil-China Investimentos em Infraestrutura Ferroviária Seminário Empresarial Brasil-China Investimentos em Infraestrutura Ferroviária Paulo Sérgio Passos Ministro de Estado dos Transportes Brasília, 16.07.2014 Brasil e China: Economias Complementares China

Leia mais

CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA OS INVESTIMENTOS PRIVADOS NO CORREDOR BR-163 RIO TAPAJÓS. Florianópolis 23-06-2015

CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA OS INVESTIMENTOS PRIVADOS NO CORREDOR BR-163 RIO TAPAJÓS. Florianópolis 23-06-2015 CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA OS INVESTIMENTOS PRIVADOS NO CORREDOR BR-163 RIO TAPAJÓS Florianópolis 23-06-2015 BR 155 Fonte: IMEA HIDROVIA HIDROVIA POTENCIAL FERROVIA FERROVIA PROJETO RODOVIA PAVIMENTADA

Leia mais

POTENCIAL E LIMITAÇÕES PARA O ESCOAMENTO DE SOJA PELOS PORTOS DA REGIÃO NORTE

POTENCIAL E LIMITAÇÕES PARA O ESCOAMENTO DE SOJA PELOS PORTOS DA REGIÃO NORTE João Pessoa/PB, Brasil, de 03 a 06 de outubro de 2016 POTENCIAL E LIMITAÇÕES PARA O ESCOAMENTO DE SOJA PELOS PORTOS DA REGIÃO NORTE Hibernon Marinho Alves de Andrade Filho (UFMA ) hiber_slz@hotmailcom

Leia mais

LOGÍSTICA DE TRANSPORTES DE CARGAS

LOGÍSTICA DE TRANSPORTES DE CARGAS LOGÍSTICA DE TRANSPORTES DE CARGAS Jean Carlos Pejo J C PEJO CONSUTORES ASSOCIADOS S/C LTDA Mapa da Produção de Soja no Brasil Projeção da Produção de Soja no Brasil Safra Produção Exportação 2009/2010

Leia mais

ESTUDIO DE REGULACIÓN, VENTAJAS COMPETITIVAS Y DE LA OFERTA Y LA DEMANDA DE CARGA DE LA HIDROVIA PARAGUAY-PARANÁ

ESTUDIO DE REGULACIÓN, VENTAJAS COMPETITIVAS Y DE LA OFERTA Y LA DEMANDA DE CARGA DE LA HIDROVIA PARAGUAY-PARANÁ ESTUDIO DE REGULACIÓN, VENTAJAS COMPETITIVAS Y DE LA OFERTA Y LA DEMANDA DE CARGA DE LA HIDROVIA PARAGUAY-PARANÁ 16 de Junio de 2016. Rosario, Argentina. JOSÉ RENATO RIBAS FIALHO Gerente de Desarrollo

Leia mais

INTERMODAL SOUTH AMERICA CONFERÊNCIA INFRAPORTOS PAINEL PALESTRA VIABILIDADE DAS EXPORTAÇÕES DEPENDE DOS PORTOS

INTERMODAL SOUTH AMERICA CONFERÊNCIA INFRAPORTOS PAINEL PALESTRA VIABILIDADE DAS EXPORTAÇÕES DEPENDE DOS PORTOS INTERMODAL SOUTH AMERICA CONFERÊNCIA INFRAPORTOS PAINEL PERSPECTIVAS E INVESTIMENTOS NO SETOR PALESTRA VIABILIDADE DAS EXPORTAÇÕES DEPENDE DOS PORTOS JOSÉ AUGUSTO DE CASTRO São Paulo, 02 de abril de 2013

Leia mais

Projeto Norte Competitivo. I Seminário de Portos no Brasil e no Maranhão. Apresentação Final. São Luís, 28 de Abril de 2.011

Projeto Norte Competitivo. I Seminário de Portos no Brasil e no Maranhão. Apresentação Final. São Luís, 28 de Abril de 2.011 Projeto Norte Competitivo I Seminário de Portos no Brasil e no Maranhão Apresentação Final São Luís, 28 de Abril de 2.011 PROJETO NORTE COMPETITIVO O QUE É? É uma iniciativa da Confederação Nacional da

Leia mais

Global Grain North America Chicago

Global Grain North America Chicago Global Grain North America Chicago May/2014 Marcos Rubin Rally da Safra ( Crop Tour ) 11th Edition of the Project From jan to mar (summer crops) May (Corn 2 nd Crop) Soybeans and Corn Samples 2014 Edition

Leia mais

Concessões RODOVIAS FERROVIAS PORTOS AEROPORTOS

Concessões RODOVIAS FERROVIAS PORTOS AEROPORTOS Concessões RODOVIAS FERROVIAS PORTOS AEROPORTOS Retomada do Planejamento em Logística O Programa de Investimentos em Logística (PIL) é a integração de 2 ações de planejamento do Governo Federal nos últimos

Leia mais

MANUAL PRÁTICO DA CULTURA DA SOJA 17/06/2015

MANUAL PRÁTICO DA CULTURA DA SOJA 17/06/2015 MANUAL PRÁTICO DA CULTURA DA SOJA 17/06/2015 Índice O panorama do complexo soja O mercado mundial da soja O mercado da soja em Mato Grosso Principais rotas de escoamento da soja no Estado Como se formam

Leia mais

Perspectivas. Dezembro de 2006

Perspectivas. Dezembro de 2006 Perspectivas Dezembro de 2006 PORTO de SANTOS - Maior com plexo portuário da América do Sul - Área aproximada: 8 milhões de m 2 - TONELAGEM : Crescimento contínuo / Recorde histórico de 72 milhões tons

Leia mais

Logística Vale Bienal dos Negócios da Agricultura 21/08/2009

Logística Vale Bienal dos Negócios da Agricultura 21/08/2009 Logística Vale Bienal dos Negócios da Agricultura 21/08/2009 Logística Vale Corredores Logísticos Legenda Ferrovias Estrada de Ferro Carajás - EFC Ferrovia Norte Sul FNS Ferrovia Norte Sul FNS (em construção)

Leia mais

CSHG Unique FIC FIA. Novembro de 2013

CSHG Unique FIC FIA. Novembro de 2013 CSHG Asset Management Comentários do gestor CSHG Unique FIC FIA Novembro de 2013 Em novembro, o fundo CSHG Unique FIC FIA teve um retorno de 1,62%. No ano, o fundo acumulou retorno de 3,54%. BR163: onde

Leia mais

Expansão do Modal Ferroviário Vetores de Investimento e Projeto da Malha Paulista. Julio Fontana São Paulo, 28 de julho de 2016

Expansão do Modal Ferroviário Vetores de Investimento e Projeto da Malha Paulista. Julio Fontana São Paulo, 28 de julho de 2016 Expansão do Modal Ferroviário Vetores de Investimento e Projeto da Malha Paulista 1 Julio Fontana São Paulo, 28 de julho de 2016 AGENDA 1 EXPANSÃO DO MODAL FERROVIÁRIO vetores de investimento 2 PROJETO

Leia mais

Modal Ferroviário. Equipe: Docemar M. Borges Felipe Cordova Leonardo F. Heinz Wivian Neckel

Modal Ferroviário. Equipe: Docemar M. Borges Felipe Cordova Leonardo F. Heinz Wivian Neckel Modal Ferroviário Equipe: Docemar M. Borges Felipe Cordova Leonardo F. Heinz Wivian Neckel O que é modal? O modal ferroviário caracteriza-se, especialmente, por sua capacidade de transportar grandes volumes,

Leia mais

O SR. JOSUÉ BENGTSON (PTB/PA) pronuncia o. seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o

O SR. JOSUÉ BENGTSON (PTB/PA) pronuncia o. seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o O SR. JOSUÉ BENGTSON (PTB/PA) pronuncia o seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o reaquecimento da economia brasileira a partir do ano passado, deixou em alerta todo o sistema produtivo

Leia mais

O SETOR PORTUÁRIO E A NAVEGAÇÃO NO BRASIL. Clube da Ancora. Adalberto Tokarski Diretor-Geral da ANTAQ. Santos, 18 de novembro de 2016

O SETOR PORTUÁRIO E A NAVEGAÇÃO NO BRASIL. Clube da Ancora. Adalberto Tokarski Diretor-Geral da ANTAQ. Santos, 18 de novembro de 2016 O SETOR PORTUÁRIO E A NAVEGAÇÃO NO BRASIL Clube da Ancora Adalberto Tokarski Diretor-Geral da ANTAQ Santos, 18 de novembro de 2016 Brasil Dados Gerais Área total 8.516.767 Km² 22.037 Km de vias navegáveis

Leia mais

Audiência Pública. Debate com representantes dos Setores Minerário, do Agronegócio. Hidroviário

Audiência Pública. Debate com representantes dos Setores Minerário, do Agronegócio. Hidroviário Audiência Pública Debate com representantes dos Setores Minerário, do Agronegócio e da Indústria sobre o Transporte Hidroviário Brasília, 19 de março de 2014 Transporte em Vias Interiores por Região Hidrográfica

Leia mais

VII Seminário sobre Ferrovias Mobilização da Indústria para o Desenvolvimento do Setor Ferroviário. Edifício Sede FIESP São Paulo - SP 19/05/2010

VII Seminário sobre Ferrovias Mobilização da Indústria para o Desenvolvimento do Setor Ferroviário. Edifício Sede FIESP São Paulo - SP 19/05/2010 VII Seminário sobre Ferrovias Mobilização da Indústria para o Desenvolvimento do Setor Ferroviário Edifício Sede FIESP São Paulo - SP 19/05/2010 INFORMAÇÕES GERAIS FCA Com mais de 8 mil quilômetros de

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 60 ÁREAS ESTRATÉGICAS DOS TRANSPORTES NO MUNDO: A INTERMODALIDADE

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 60 ÁREAS ESTRATÉGICAS DOS TRANSPORTES NO MUNDO: A INTERMODALIDADE GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 60 ÁREAS ESTRATÉGICAS DOS TRANSPORTES NO MUNDO: A INTERMODALIDADE Como pode cair no enem? (ESPM) A rede de transportes de um país (e a consequente circulação) está intimamente

Leia mais

Lista de Preço Mínimo. Consultar LPM Vigente CARGA ALGODÃO EM PLUMA Ton 40, CARGA ALGODÃO EM PLUMA Ton 43,09

Lista de Preço Mínimo. Consultar LPM Vigente CARGA ALGODÃO EM PLUMA Ton 40, CARGA ALGODÃO EM PLUMA Ton 43,09 Lista de Preço Mínimo Consultar LPM Vigente Data: 18/04/2011-08:36:45 Ato Normativo Anexo Portaria Nº 239/ 2010-SEFAZ Grupo de Atividade: FRETE - CARGA DIVERSAS Ato Normativo: 239/2010 Distância Titulo

Leia mais

TÍTULO: MULTIMODALIDADE APLICADA AO ESCOAMENTO DAS PRINCIPAIS MASSA ECONOMICAS BRASILEIRAS DESTINADAS À EXPORTAÇÃO PELO PORTO DE SANTOS

TÍTULO: MULTIMODALIDADE APLICADA AO ESCOAMENTO DAS PRINCIPAIS MASSA ECONOMICAS BRASILEIRAS DESTINADAS À EXPORTAÇÃO PELO PORTO DE SANTOS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MULTIMODALIDADE APLICADA AO ESCOAMENTO DAS PRINCIPAIS MASSA ECONOMICAS BRASILEIRAS DESTINADAS

Leia mais

Infraestrutura e os Corredores de Escoamento da Produção Agrícola nos Corredores Centro

Infraestrutura e os Corredores de Escoamento da Produção Agrícola nos Corredores Centro Infraestrutura e os Corredores de Escoamento da Produção Agrícola nos Corredores Centro Oeste e Centro Norte do País Investimentos em Hidrovias, Ferrovias e Portos Senado Federal, 18 de maio de 2012 Engº

Leia mais

ADM. Archer Daniels Midland. Valmor Schaffer. 03 de Agosto de 2015

ADM. Archer Daniels Midland. Valmor Schaffer. 03 de Agosto de 2015 ADM Archer Daniels Midland Valmor Schaffer 03 de Agosto de 2015 EUA Brasil Argentina China India Outros EUA China Brasil UE Ucrânia Outros Brasil se destaca entre os maiores produtores mundiais de grãos

Leia mais

Senado Federal Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo. Presidente Senador Benedito de Lira

Senado Federal Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo. Presidente Senador Benedito de Lira Senado Federal Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo Presidente Senador Benedito de Lira Brasília, 6 de abril de 2011 SISTEMA PORTUÁRIO NACIONAL O Brasil possui um setor portuário rio que movimenta

Leia mais

Associação Brasileira dos Produtores de Soja

Associação Brasileira dos Produtores de Soja Associação Brasileira dos Produtores de Soja De acordo com o 5 Levantamento de safra 2015/16, publicado em fevereiro pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), a área plantada deve crescer 3,6%

Leia mais

VALEC. Ministério dos Transportes

VALEC. Ministério dos Transportes VALEC Ministério dos Transportes Outubro de 2007 LOCALIZAÇÃO MAPA DA FERROVIA NORTE-SUL AÇAILÂNDIA (MA) / PÁTIO DE ARAGUAÍNA (TO) Extensão: 361 km OBRAS CONCLUÍDAS PÁTIO DE ARAGUAÍNA (TO) / PÁTIO DE GUARAÍ

Leia mais

Pressão nos custos. Valor Online - São Paulo/SP - BRASIL - 27/07/ :00:00

Pressão nos custos. Valor Online - São Paulo/SP - BRASIL - 27/07/ :00:00 Pressão nos custos Valor Online - São Paulo/SP - BRASIL - 27/07/2015-05:00:00 Alta de mais de 10% do diesel, nova política de reajustes da Petrobras, elevação das contas de luz, escassez de água em algumas

Leia mais

Ferrovias do Nordeste

Ferrovias do Nordeste Ferrovias do Nordeste Agosto 2013 ELABORAÇÃO: TLSA A Transnordestina Logística S/A, antiga Companhia Ferroviária do Nordeste CFN, obteve a concessão da Malha Nordeste SR (Recife), SR (Fortaleza) e SR (São

Leia mais

A indústria metroferroviária brasileira - investimentos e perspectivas

A indústria metroferroviária brasileira - investimentos e perspectivas A indústria metroferroviária brasileira - investimentos e perspectivas 7º Seminário sobre Ferrovias: Mobilização da Indústria para o Desenvolvimento do Setor Ferroviário Vicente Abate - Presidente da ABIFER

Leia mais

Política de fomento ao desenvolvimento produtivo no Pará (PDP-PA) Maurílio Monteiro

Política de fomento ao desenvolvimento produtivo no Pará (PDP-PA) Maurílio Monteiro Política de fomento ao desenvolvimento produtivo no Pará (PDP-PA) Maurílio Monteiro Secretário de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia do Estado do Pará - SEDECT São Paulo (SP), 15 de abril

Leia mais

Hidrovia Tapajós Teles Pires A hidrovia do agronegócio

Hidrovia Tapajós Teles Pires A hidrovia do agronegócio Hidrovia Tapajós Teles Pires A hidrovia do agronegócio Escoamentodaproduçãoagrícoladaregiãocentro-oeste VantagensComparativasdoTransporteHidroviário EstudodeCaso Agência Nacional de Transportes Aquaviários

Leia mais

Estradeiro BR-242/364 Movimento Pró-Logística/Aprosoja

Estradeiro BR-242/364 Movimento Pró-Logística/Aprosoja Estradeiro BR-242/364 Movimento Pró-Logística/Aprosoja Lucélia Denise Avi Analista de Meio Ambiente e Infraestrutura e Logística Famato O Estradeiro Pelo terceiro ano consecutivo, a Aprosoja realiza estradeiros

Leia mais

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil AGRONEGÓCIO BRASILEIRO ALAVANCA DO MERCADO INTERNO OPORTUNIDADES E DESAFIOS CORREDORES DO ARCO NORTE AVALIAÇÕES TÉCNICAS MAIO DE 2014 AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

Leia mais

Desafios no aumento de eficiência na Logística de petróleo e derivados no país

Desafios no aumento de eficiência na Logística de petróleo e derivados no país Desafios no aumento de eficiência na Logística de petróleo e derivados no país 2 O mercado brasileiro de derivados possui uma concentração na costa litorânea e no sul sudeste do país e o potencial de crescimento

Leia mais

Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade

Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade Enaex Agosto, 2013 Luciano Coutinho Presidente 1 Brasil apresenta fundamentos compatíveis com o crescimento sustentável de Longo Prazo País possui

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) Maior safra da história Previsão para a safra 2013/14 indica a maior produção já obtida no país, podendo chegar a 200 milhões de toneladas; Principal

Leia mais

Agronego cio ALTERNATIVAS PARA MANTER E AMPLIAR A COMPETITIVIDADE DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

Agronego cio ALTERNATIVAS PARA MANTER E AMPLIAR A COMPETITIVIDADE DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Agronegócio Agronego cio É incontestável o impacto do Agronegócio no desempenho da economia do Estado. Isto é, seu comportamento influencia sensivelmente os resultados dos indicadores econômicos do Rio

Leia mais

Perspectivas de Negócios em Infraestrutura. novembro 2013

Perspectivas de Negócios em Infraestrutura. novembro 2013 Perspectivas de Negócios em Infraestrutura novembro 2013 Brasil no Mundo Globalizado - Importação e exportação manufaturas, commodities e serviços; - Crescimento da economia e aumento do consumo nos países

Leia mais

Data Cidade Local Tema Evento

Data Cidade Local Tema Evento Relatório Mensal do MPL: Outubro/2016 Brasília, 01 de novembro de 2016. 1. Agenda e Atividades: Data Cidade Local Tema Evento 04/10/16 Brasília/DF Senado Geral Evento IBL - Portos 05/10/16 Brasília/DF

Leia mais

O Sr. CARLOS BEZERRA (PMDB MT) pronuncia o. seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e. Senhores Deputados, a logística continua sendo um dos

O Sr. CARLOS BEZERRA (PMDB MT) pronuncia o. seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e. Senhores Deputados, a logística continua sendo um dos ** 1 O Sr. CARLOS BEZERRA (PMDB MT) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, a logística continua sendo um dos maiores entraves para o desenvolvimento. A falta de

Leia mais

AGRONEGÓCIO: SUPERANDO OBSTÁCULOS PARA O ESCOAMENTO DA PRODUÇÃO

AGRONEGÓCIO: SUPERANDO OBSTÁCULOS PARA O ESCOAMENTO DA PRODUÇÃO AGRONEGÓCIO: SUPERANDO OBSTÁCULOS PARA O ESCOAMENTO DA PRODUÇÃO José Vicente Caixeta Filho Professor Titular Dep. de Economia, Administ. e Sociologia ESALQ - Universidade de São Paulo jose.caixeta@usp.br

Leia mais

Logística. Prof a Marta Monteiro da Costa Cruz Profª Patrícia Alcântara Cardoso

Logística. Prof a Marta Monteiro da Costa Cruz Profª Patrícia Alcântara Cardoso Logística Prof a Marta Monteiro da Costa Cruz mcruz@npd.ufes.br Profª Patrícia Alcântara Cardoso profa.patriciacardoso@gmail.com 1 LOGÍSTICA É a processo sistêmico de planejamento, implementação, controle

Leia mais

VP Negócios Emergentes SN Agronegócios. Crédito Rural

VP Negócios Emergentes SN Agronegócios. Crédito Rural VP Negócios Emergentes SN Agronegócios Crédito Rural Agronegócio no Brasil fonte: SECEX/MDIC PIB Brasil 2013 R$ 4.838 bi Agronegócios R$ 1.020 bi * 21.08% US$ Bilhões 300 250 200 Exportações Brasileiras

Leia mais

PROJETO NORDESTE COMPETITIVO

PROJETO NORDESTE COMPETITIVO PROJETO NORDESTE COMPETITIVO Anexo Lista de Eixos e Projetos Brasilia, Outubro de 2012 Este documento é confidencial e não pode ser fornecido a uma outra parte sem autorização da Macrologística Detalhamento

Leia mais

Diálogos Capitais Portos Infraestrutura e Logística para o Desenvolvimento do Nordeste 28 de Janeiro de 2014

Diálogos Capitais Portos Infraestrutura e Logística para o Desenvolvimento do Nordeste 28 de Janeiro de 2014 Diálogos Capitais Portos Infraestrutura e Logística para o Desenvolvimento do Nordeste 28 de Janeiro de 2014 Aluisio Sobreira Diretor Associação de Comércio Exterior do Brasil - AEB O papel da infraestrutura

Leia mais

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO A cultura da soja apresenta relevante importância para a economia brasileira, sendo responsável por uma significativa parcela na receita cambial do Brasil, destacando-se

Leia mais

LOG-IN LOGÍSTICA INTERMODAL Reunião Pública. Novembro 2010

LOG-IN LOGÍSTICA INTERMODAL Reunião Pública. Novembro 2010 LOG-IN LOGÍSTICA INTERMODAL Reunião Pública Novembro 2010 1 1 As declarações contidas neste material sobre eventos futuros estão expostas a riscos e incertezas e sujeitas a alterações, decorrentes, entre

Leia mais

Biodiesel: produção e benefícios

Biodiesel: produção e benefícios Audiência Pública da Comissão Especial sobre Motores a Diesel para Veículos Leves Biodiesel: produção e benefícios Daniel Furlan Amaral Gerente de Economia Câmara dos Deputados Brasília DF 2 de março 2016

Leia mais

Maio/16. Oportunidade em Infraestrutura no Brasil...

Maio/16. Oportunidade em Infraestrutura no Brasil... Maio/16 Oportunidade em Infraestrutura no Brasil... Infraestrutura Oferta A infraestrutura Brasileira está aquém das economias mais relevantes do mundo e América Latina... Fórum Econômico Mundial: Relatório

Leia mais

MATRIZ DE TRANSPORTE COM FOCO NAS FERROVIAS

MATRIZ DE TRANSPORTE COM FOCO NAS FERROVIAS MATRIZ DE TRANSPORTE COM FOCO NAS FERROVIAS Matriz de Transportes do Brasil Aquaviário Rodoviário Ferroviário Dutoviário e Aéreo 58% 25% 4% 13% Fonte: PNLT Matriz de Transportes Comparada Ferroviário Rodoviário

Leia mais

Sistema de Custos Operacionais Ferroviários S I C O F

Sistema de Custos Operacionais Ferroviários S I C O F Sistema de Custos Operacionais Ferroviários S I C O F Superintendência de Infraestrutura e Serviços de Transporte Ferroviário de Cargas - SUFER Roteiro 1. Investimentos em Infraestrutura Ferroviária 2.

Leia mais

Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais

Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais ANÁLISE MENSAL DO MERCADO DE BIODIESEL: EDIÇÃO Nº 17 JUNHO DE 214 A, documento elaborado pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais ABIOVE, possui o intuito de levar ao mercado informações

Leia mais

AGRONEGÓCIO BRASILEIRO OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARANÁ LOGÍSTICA SÍNTESE MAIO

AGRONEGÓCIO BRASILEIRO OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARANÁ LOGÍSTICA SÍNTESE MAIO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARANÁ LOGÍSTICA SÍNTESE MAIO 2011 OBJETIVOS CRESCIMENTO ECONÔMICO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO PAÍS AUMENTO DA RENDA DOS PRODUTORES SOLUÇÕES PARA INFRAESTRUTURA

Leia mais

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil O DESAFIO DO PAÍS NA ABORDAGEM DO BINÔMIO ÁGUA E ALIMENTO João Martins da Silva Junior Presidente da CNA Fatores que influenciam na produção de alimentos

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROJETO OBJETIVOS

APRESENTAÇÃO DO PROJETO OBJETIVOS APRESENTAÇÃO DO PROJETO OBJETIVOS REDUZIR A ASSIMETRIA DE INFORMAÇÃO NO MERCADO AVALIAR AS CONDIÇÕES DA SAFRA 2014/15 DE SOJA E MILHO NO BRASIL APRESENTAÇÃO DO PROJETO FORMATO 95 MIL KM PERCORRIDOS 135

Leia mais

CLIPPING DE NOTÍCIAS

CLIPPING DE NOTÍCIAS Data: 03.03.2016 Veículo: BRAZIL MODAL Caderno: Pág.: HELDER BARBALHO AUTORIZA AMPLIAÇÃO EM R$ 167 MI PARA FUTUROS TERMINAIS NO PARÁ O ministro Helder Barbalho, da Secretaria de Portos da Presidência da

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Novembro 2016 Caixa para descrição. Disclaimer Esta apresentação contém estimativas e declarações sobre operações futuras a respeito de nossa estratégia e oportunidades de crescimento

Leia mais

Gargalos dos portos do Rio de Janeiro. Sistema FIRJAN

Gargalos dos portos do Rio de Janeiro. Sistema FIRJAN Gargalos dos portos do Rio de Janeiro Sistema FIRJAN 14 de fevereiro de 2014 Principais portos do Rio de Janeiro (incluindo novas unidades em estágio avançado) Açu (São João da Barra) Angra dos Reis Itaguaí

Leia mais