A Infraestrutura e o Mercado Imobiliário. Flavio Amary Presidente do Secovi-SP VPITU 30/11/2016 FIESP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Infraestrutura e o Mercado Imobiliário. Flavio Amary Presidente do Secovi-SP VPITU 30/11/2016 FIESP"

Transcrição

1 A Infraestrutura e o Mercado Imobiliário Flavio Amary Presidente do Secovi-SP 30/11/2016 FIESP VPITU

2 Sobre o Secovi SP - Desde 1946, o Secovi-SP, Sindicato da Habitação - Representa as áreas de parcelamento de solo/loteamento, incorporação, comercialização, locação e administração de condomínios, flats e shopping centers. Nossa Missão - Desenvolver, representar, promover e defender a atividade em seus segmentos, dentro de padrões reconhecidamente éticos e comprometidos com os anseios da coletividade. Nossos Valores Presteza Confiabilidade Ética Transparência Profissionalismo Eficácia Inovação Espírito de equipe 2

3 Vice-presidências Presidente: Flavio Augusto Ayres Amary 1. Financeiro Alberto Luiz Du Plessis Filho 2. Relações Institucionais Basílio Chedid Jafet 3. Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente Caio Carmona Cesar Portugal 4. Assuntos Turísticos Imobiliários Caio Sergio Calfat Jacob 5. Tecnologia e Qualidade Carlos Alberto de Moraes Borges 6. Incorporação e Terrenos Urbanos Emilio Rached Esper Kallas 8. Interior Frederico Climério Marcondes Cesar 9. Gestão Administrativa Guilherme Cardoso de Lucca 10. Sustentabilidade Hamilton de França Leite Júnior 11. Administração Imobiliária e Condomínios Hubert Gebara 12. Assuntos Legislativos e Urbanismo Ricardo Yazbek 13. Habitação Econômica Rodrigo Uchoa Luna 7. Intermediação Imobiliária e Marketing Guilherme Cardoso de Lucca 14. Gestão Patrimonial e Locação Rolando Mifano 3

4 Áreas Social e de Negócios do Secovi SP Projeto Ampliar Biblioteca Universidade Secovi GeoSecovi Rede Imobiliária Posto de Serviços Programa de Qualificação Essencial Condomínios Centro de Convenções 4

5 Regionais e representantes do Secovi-SP no Estado de São Paulo Das nove regionais/representações do Sindicato, sete possuem estudos do mercado imobiliário, elaborados com o auxílio do departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP e dois desenvolvidos por equipes próprias de pesquisa (Grande ABC e São José dos Campos): Regionais do Secovi-SP Baixada Santista Bauru Campinas Grande ABC Jundiaí Piracicaba RM Vale do Paraíba São José do Rio Preto Sorocaba 5

6 Parceiros Internacionais 6

7 Mercado Imobiliário Nacional Regiões que realizam pesquisa imobiliária 7

8 Regiões que Possuem Pesquisa do Mercado Imobiliário São Luís RM Fortaleza Manaus RM Natal João Pessoa RM Recife Maceió Cuiabá RM Goiânia Distrito Federal Salvador e Região Belo Horizonte Maringá Curitiba Porto Alegre RMSP Joinville Vitória e Região Rio de Janeiro 8 8

9 Unidades residenciais lançadas Região Pesquisada Unidades Lançadas 9M15 Fonte: CBIC/CII Elaboração: Departamento de Economia e Estatística Secovi-SP Unidades Lançadas 9M16 Variação % Belo Horizonte N.D. N.D. N.D. Cuiabá % Curitiba % Distrito Federal % Joinville % Maceió N.D. N.D. Manaus N.D. 260 N.D. Maringá N.D. N.D. Porto Alegre % Rio de Janeiro % RM de Fortaleza % RM de Goiânia % RM de João Pessoa % RM de Natal % RM de Recife % RM de São Paulo % Salvador e Região % Total Ajustado % 9 9

10 Unidades residenciais novas vendidas Região Pesquisada Unidades Vendidas 9M15 Fonte: CBIC/CII Elaboração: Departamento de Economia e Estatística Secovi-SP Unidades Vendidas 9M16 Variação % Belo Horizonte N.D. N.D. N.D. Cuiabá % Curitiba % Distrito Federal % Joinville % Maceió % Manaus N.D N.D. Maringá N.D. N.D. Porto Alegre % Rio de Janeiro % RM de Fortaleza % RM de Goiânia % RM de João Pessoa % RM de Natal % RM de Recife % RM de São Paulo % Salvador e Região % Total Ajustado % 10 10

11 Preço Médio M² de Área Privativa (setembro de 2016) Em R$ Média = R$ 5,7 mil RM São Paulo Distrito Federal Rio de Janeiro RM Fortaleza Curitiba Manaus Cuiabá RM Natal RM Goiânia Joinville São Luís João Pessoa Fonte: CBIC/CII Elaboração: Departamento de Economia e Estatística Secovi-SP 11 11

12 Interior de São Paulo 12

13 Unidades lançadas no interior e RMSP Total (2012): Total (2013): Total (2014): São Paulo Outras Cidades da RMSP Interior Fonte: Embraesp, Robert Michel Zarif e Departamento de Economia e Estatística Secovi-SP 13

14 Preço médio do m² - em R$ Média = R$ 5,6 mil São Paulo Campinas Jundiaí Baixada Santista Bauru São José do Rio Preto Piracicaba São José dos Campo Sorocaba Elaboração: Departamento de Economia do Secovi-SP 14

15 Mercado Imobiliário Cidade de São Paulo 15

16 Lançamentos e vendas - acumulado em 12 meses Cidade de São Paulo em mil unidades Ago/08 45,6 Ago/08 43,1 Média lançamentos = 31,1 mil unidades Média vendas = 28,6 mil unidades Set/16 19,0 set/16 17,3 Lançamentos Vendas Média Lançamentos Média Vendas Fonte: Embraesp/Departamento de Economia e Estatística Secovi-SP 16

17 VSO (Vendas Sobre Oferta) 12 meses Cidade de São Paulo 75,7% Média = 59,1% 46,0% 50,3% 57,8% 64,3% 69,1% 65,6% 64,4% 60,0% 62,6% 51,9% 41,5% 38,6% set/16 *Vendas Sobre Oferta: VSO = UV DI OFi+ UL UV = unidades vendidas / DI = unidades distratadas / OFi = oferta inicial (em unidades) / UL = unidades lançadas Fonte: Departamento de Economia e Estatística Secovi-SP 17

18 jan/04 jun/04 nov/04 abr/05 set/05 fev/06 jul/06 dez/06 mai/07 out/07 mar/08 ago/08 jan/09 jun/09 nov/09 abr/10 set/10 fev/11 jul/11 dez/11 mai/12 out/12 mar/13 ago/13 jan/14 jun/14 nov/14 abr/15 set/15 fev/16 jul/16 Oferta final cidade de São Paulo Mai/ Set/ Set/ Fonte: Departamento de Economia e Estatística Secovi-SP 18

19 Preço médio m² de área útil dos lançamentos setembro/2016 Município de São Paulo Imóveis Verticais Novos 2,7 3,1 3,2 3,5 3,2 3,6 3,9 5,2 6,6 7,3 8,7 9,2 8,8 9, * Var % do Preço e Var % Real em relação ao ano anterior 33,4% 26,6% 16,2% 19,7% 10,1% 12,4% 10,6% 7,2% 23,8% 5,7% 1,5% 4,7% 17,7% -7,5% 10,7% -3,8% 4,4% 4,8% 0,4% 3,8% 3,2% -1,7% -5,0% -1,1% -12,9% -14,7% * Fonte: Embraesp / Elaboração: Secovi-SP Preço Var% Real * Considerando a variação dos últimos 12 meses 19

20 Demanda 20

21 Casamentos e divórcios - Brasil Casamentos Divórcios* *Tabela Processos de divórcios encerrados e concedidos, em 1ª instância Fonte: IBGE 21

22 Arranjos familiares com parentesco Part.% Var% = -20% Var% = 58% Var% = 35% Var% = 15% Unipessoal Casal c/filhos Casal s/filhos Mulher s/cônjuge com filho Fonte: IBGE 22

23 Famílias que Moram em Domicílios Alugados ou Cedidos Por Faixa de Renda mensal Familiar - Em milhares de famílias 16,8 milhões de famílias vivem em domicílios alugados ou cedidos ,25 milhões de famílias com renda superior a R$ Até R$ R$ a R$ R$ a R$ R$ a R$ R$ a R$ Acima de R$ Fonte: IBGE Microdados da PNAD/ Estimativa IBOPE Inteligência 23

24 Estudo de Demanda de imóveis residenciais O Secovi-SP contratou um estudo desenvolvido pela FGV, com o objetivo de mensurar a demanda potencial de imóveis residenciais de 2015 a 2025; O resultado do estudo foi obtido através da elaboração de cenários sociodemográficos e econômicos. 24

25 Cenário para demanda habitacional evolução do estoque de domicílios Incremento Estoque Incremento Estoque Região Norte Região Nordeste Região Sudeste Região Sul Região Centro Oeste Brasil São Paulo - UF Regiões Metropolitanas São Paulo Rio de Janeiro Belo Horizonte Salvador Porto Alegre Incremento de domicílios da ordem de 14,5 milhões de unidades entre 2015 e 2025; - Em termos absolutos, este incremento está pouco abaixo do observado entre 2004 e 2014, de quase 15 milhões de unidades. Fonte: FGV 25

26 Demanda por domicílios para 2025 Incremento Estoque Incremento Estoque Faixas de renda Até R$ De R$ até R$ De R$ até R$ De R$ até R$ De R$ até R$ Acima de R$ Total Brasil Entre 2004 e 2014, o número de domicílios com renda até R$ caiu devido ao período de crescimento econômico e redução das desigualdades; - Dadas as dinâmicas das variáveis-chave projetadas até 2025, o maior incremento em termos absolutos deverá se concentrar na faixa de renda entre R$ e R$ Fonte: FGV 26

27 Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano 27

28 Participação da Formação Bruta de Capita Fixo no PIB 25,0% 20,0% Média = 19% 15,0% 18,2% 10,0% 5,0% 0,0% Fonte: IBGE (2016) 28

29 Taxa de crescimento da FBKF versus PIB da Construção 20,0% 15,0% 10,0% 5,0% 0,0% -5,0% -10,0% -15,0% -20,0% -14% -7,6% FBKF PIB Construção Fonte: IBGE (2016) 29

30 Valor adicionado da Atividade de Construção Em milhares de (R$) 2014 Divisões de atividades da construção Valor corrente (1 000 R$) Participação (%) Construção de Edificios % Obras de infraestrutura % Serviços especializados para construção % Total % Fonte: PAIC (2014) 30

31 Programa Parceria de Investimentos (PPI) Infraestrutura: Aeroportos, Terminais Portuários, Rodovias e Ferrovias; Energia Saneamento Mineração 31

32 Guarulhos e a Influência do Aeroporto Internacional 13ª cidade mais populosa do país, com 1,3 milhão de habitantes (IBGE 2016); 13º maior PIB do País, com R$ 49,3 bilhões (IBGE 2013); 13º município com maior quantidade de domicílios particulares ocupados, com 360 mil (IBGE 2010); Índice de Desenvolvimento Humano = 0,763 (IBGE 2010); Coleta de Lixo, nível de atendimento = 99,6% (IBGE 2010); Abastecimento de água, nível de atendimento = 97,6% (IBGE 2010). 32

33 Santos e os Investimentos do Pré-Sal Investimentos do pré-sal e da Petrobrás na construção de uma nova sede; Mercado imobiliário alcança aumento de preços e oferta elevados durante os anos de 2010 a 2013; Crise econômica e retração dos investimentos resulta na retração do mercado imobiliário (ajustes) até os dias de hoje. 33

34 Obrigado! Flavio Amary Presidente do Secovi-SP

Conjuntura Econômica e o Mercado Imobiliário

Conjuntura Econômica e o Mercado Imobiliário Conjuntura Econômica e o Mercado Imobiliário Ricardo Yazbek Vice Presidente do Secovi-SP IBAPE - 16/09/2016 Economia Produto Interno Bruto do Brasil (%) 0,5% 4,4% 1,4% 3,1% 1,1% 5,8% 3,2% 4,0% 6,1% 5,1%

Leia mais

Momento Econômico e Perspectivas de um Novo Mercado. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP VPITU. 27/10/2016 Construindo o Grande ABC

Momento Econômico e Perspectivas de um Novo Mercado. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP VPITU. 27/10/2016 Construindo o Grande ABC Momento Econômico e Perspectivas de um Novo Mercado Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP 27/10/2016 Construindo o Grande ABC VPITU Economia 2 Atividade econômica - % de crescimento do PIB no Brasil

Leia mais

Panorama do Mercado Imobiliário

Panorama do Mercado Imobiliário Panorama do Mercado Imobiliário Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Entendendo o Mercado Imobiliário Leis 4.380 (BNH) e 4.591 (Incorporação Imobiliária) Extinção do BNH Pré- 1964 1964 1966 1986

Leia mais

A Força do Grande ABC no Mercado Imobiliário de São Paulo. Flavio Amary Vice-Presidente do Secovi-SP

A Força do Grande ABC no Mercado Imobiliário de São Paulo. Flavio Amary Vice-Presidente do Secovi-SP A Força do Grande ABC no Mercado Imobiliário de São Paulo Flavio Amary Vice-Presidente do Secovi-SP Momento Econômico Atual Indicadores Econômicos Taxa de Desemprego (média) Medo Desemprego 11,5% 97,50

Leia mais

BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO 1º TRIMESTRE/2013. Versão CPE - ACCB/CCMA/JJA/MAB/RSO 1/37

BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO 1º TRIMESTRE/2013. Versão CPE - ACCB/CCMA/JJA/MAB/RSO 1/37 BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO 1º TRIMESTRE/2013 Versão 1005133-20100617 CPE - ACCB/CCMA/JJA/MAB/RSO 1/37 1/39 1/74 1/6 INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO ECONOMIA PIB CRESCIMENTO NO ANO 8,0% 7,5% 7,0% 6,0% 5,0%

Leia mais

Construção civil: balanço e perspectivas 2/12/2013

Construção civil: balanço e perspectivas 2/12/2013 Construção civil: balanço e perspectivas 2/12/2013 Balanço 2013 As expectativas eram modestas Lançamentos e vendas no mercado imobiliário voltam a crescer; Investimentos em infraestrutura crescem mais

Leia mais

Construção civil: cenário atual e perspectivas 06/05/2015

Construção civil: cenário atual e perspectivas 06/05/2015 Construção civil: cenário atual e perspectivas 06/05/2015 Crescimento chinês da construção Taxa de crescimento entre 2007 a 2012 90% 82,61% 83,30% 80% 76,70% 70% 68,07% 60% 50% 40% 41,8% 30% 20% 10% 9,95%

Leia mais

Setembro/2016. Mercado imobiliário da cidade de São Paulo apresenta melhores indicadores em setembro CIDADE DE SÃO PAULO.

Setembro/2016. Mercado imobiliário da cidade de São Paulo apresenta melhores indicadores em setembro CIDADE DE SÃO PAULO. Setembro/2016 CIDADE DE SÃO PAULO Números do mês: Vendas = 1.717 unidades Lançamentos = 2.165 unidades Mercado imobiliário da cidade de São Paulo apresenta melhores indicadores em setembro COMERCIALIZAÇÃO

Leia mais

janeiro/2016 Em janeiro, vendas de imóveis aumentaram em relação ao mesmo período de 2015 CIDADE DE SÃO PAULO Números do mês: Acumulado 12 meses

janeiro/2016 Em janeiro, vendas de imóveis aumentaram em relação ao mesmo período de 2015 CIDADE DE SÃO PAULO Números do mês: Acumulado 12 meses janeiro/2016 CIDADE DE SÃO PAULO Números do mês: Vendas = 950 unidades Lançamentos = 956 unidades Oferta Final = 27.014 unidades VSO Mensal = 3,4% VSO 12 Meses = 42,0% Em janeiro, vendas de imóveis aumentaram

Leia mais

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/ ª Semana de Tecnologia Metroferroviária - AEAMESP setembro/2015

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/ ª Semana de Tecnologia Metroferroviária - AEAMESP setembro/2015 Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014 21ª Semana de Tecnologia Metroferroviária - AEAMESP setembro/2015 AS PERGUNTAS Qual é o DÉFICIT de Infraestrutura de Mobilidade Urbana do BRASIL?

Leia mais

Capítulo 12. Precipitações nas capitais

Capítulo 12. Precipitações nas capitais Capítulo 12 Precipitações nas capitais 12-1 Capítulo 12- Precipitações nas capitais 12.1 Introdução Vamos mostrar as precipitações médias mensais das capitais no Brasil no período de 1961 a 1990 fornecidas

Leia mais

Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro

Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro Code-P0 Copa 204 Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 7 de Junho de 20 Code-P O que o Brasil quer com a Copa do Mundo FIFA Mobilizar o país Promover o país no mundo Constituir

Leia mais

SORTEADOS 2016 MÊS SORTEIO DATA Nº PRODUTO FILIAL VALOR SORTEIO SORTEIO 10/ SETEMBRO 03/ /08

SORTEADOS 2016 MÊS SORTEIO DATA Nº PRODUTO FILIAL VALOR SORTEIO SORTEIO 10/ SETEMBRO 03/ /08 MÊS SORTEIO DATA Nº SORTEIO SETEMBRO AGOSTO JULHO JUNHO MAIO 10/09 0093082 03/09 0028075 27/08 PRODUTO FILIAL VALOR SORTEIO Prestamista CDC Florianópolis R$ 500,00 Prestamista CDC Salvador R$ 4.000,00

Leia mais

Distribuição de Renda

Distribuição de Renda Distribuição de Renda Renda Per Capita do Trabalho Principais Regiões Metropolitanas 15 a 60 anos de idade Inclui zeros www.fgv.br/cps/ms Índice de Gini Desigualdade Níveis Renda domiciliar per capita

Leia mais

Rio de Janeiro, 18/05/2017. Mercado de Trabalho Brasileiro 1º trimestre de 2017

Rio de Janeiro, 18/05/2017. Mercado de Trabalho Brasileiro 1º trimestre de 2017 1 Rio de Janeiro, 18/05/2017 Mercado de Trabalho Brasileiro estre de 2017 O B J P R I N C I P A L Produzir informações contínuas PNAD Contínua Produzir informações anuais E T I sobre a inserção da população

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO DE 2016 Outubro 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO DE 2016 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,8% Ano: - 0,5% 12 meses: - 0,8% No mês de outubro, os valores

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2016 Setembro 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2016 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: - 0,4% Ano: - 1,3% 12 meses: - 1,1% No mês de setembro, os valores

Leia mais

Secovi-SP divulga Estudo do Mercado Imobiliário da Baixada Santista

Secovi-SP divulga Estudo do Mercado Imobiliário da Baixada Santista Secovi-SP divulga Estudo do Mercado Imobiliário da Baixada Santista Nos últimos três anos, encerrados em junho de 2014, foram lançadas 18.610 unidades na Baixada Santista, de acordo com o Estudo do Mercado

Leia mais

HÁ LIMITES PARA O CRESCIMENTO DO SETOR IMOBILIÁRIO?

HÁ LIMITES PARA O CRESCIMENTO DO SETOR IMOBILIÁRIO? Em parceria com o poder público, conseguimos várias mudanças de lei em benefício do segmento e da população, como alterações nas leis de uso do solo, redução de impostos etc. Realizamos eventos com os

Leia mais

PIRACICABA ANGELO FRIAS NETO

PIRACICABA ANGELO FRIAS NETO PIRACICABA ANGELO FRIAS NETO Presidente da ACIPI Associação Comercial e Industrial de Piracicaba e Diretor do Secovi SP PIRACICABA CARACTERÍSTICAS ECONÔMICAS Território e População Área: 1.378,501 km²

Leia mais

Novembro/2016. As vendas de imóveis em São Paulo aumentam em novembro de 2016 CIDADE DE SÃO PAULO. Números do mês: Acumulado 12 meses.

Novembro/2016. As vendas de imóveis em São Paulo aumentam em novembro de 2016 CIDADE DE SÃO PAULO. Números do mês: Acumulado 12 meses. Novembro/2016 CIDADE DE SÃO PAULO Números do mês: Vendas = 1.724 unidades Lançamentos = 3.214 unidades Oferta Final = 24.968 unidades As vendas de imóveis em São Paulo aumentam em novembro de 2016 COMERCIALIZAÇÃO

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2016 Junho 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2016 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,30% Ano: 0,30% 12 meses: -1,89% No mês de junho, os valores médios

Leia mais

Dados Demográficos: Grandes Regiões, Estados e Municípios. Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 04 - Maio/2013.

Dados Demográficos: Grandes Regiões, Estados e Municípios. Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 04 - Maio/2013. Estudo de Perfil do Consumidor Potencial Brasil - Dados Demográficos: Grandes Regiões, Estados e Municípios Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 04 - Maio/ Edição 2009 www.goncalvesassociados.com

Leia mais

Celso Petrucci Economista pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP Iniciou as atividades em crédito imobiliário em 1976, na Diretoria

Celso Petrucci Economista pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP Iniciou as atividades em crédito imobiliário em 1976, na Diretoria Celso Petrucci Economista pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP Iniciou as atividades em crédito imobiliário em 1976, na Diretoria de Programas Habitacionais da Nossa Caixa/Nosso Banco;

Leia mais

BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO

BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO 2001 2010 A DÉCADA DA RETOMADA CELSO PETRUCCI Diretor Executivo Economista-chefe do Secovi-SP Versão 1005133-20100617 CPE CPE - ACCB/CCMA/JJA/MAB/RSO - ACCB/JJA/MAB/RSO 1/37

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Estimativas e Análises do PIB Regiões, Estados e Municípios. Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 02 Setembro/2012.

Estimativas e Análises do PIB Regiões, Estados e Municípios. Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 02 Setembro/2012. O Atual Potencial Econômico do Brasil Estimativas e Análises do PIB 2011 - Regiões, Estados e Municípios Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 02 Setembro/2012 Edição 2009 www.goncalvesassociados.com

Leia mais

O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR

O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR INTERIOR DE SÃO PAULO Flavio Amary Vice-presidente do Interior do Secovi-SP e Diretor Regional em Sorocaba e Região PARTICIPAÇÃO % DO

Leia mais

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Panorama do Mercado Imobiliário Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Município de São Paulo Lançamentos Residenciais Mun. de São Paulo Mil Unidades Média = 31,7 22,6 24,9 25,7 39,0 34,5 31,6 38,2

Leia mais

Balanço do Mercado Imobiliário 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP

Balanço do Mercado Imobiliário 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Balanço do Mercado Imobiliário 2015 Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP ECONOMIA ANvidade Econômica Crescimento Real (%) PIB e Construção Civil 13,3 10,6 5,8 9,2 6,9 6,1 4,95,1 4,0 3,2 0,2 8,3

Leia mais

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS DO 4T16 e 2016 Vendas crescem 82% em relação ao trimestre anterior

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS DO 4T16 e 2016 Vendas crescem 82% em relação ao trimestre anterior PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS DO e 2016 crescem 82% em relação ao trimestre anterior Mogi das Cruzes, 30 de janeiro de 2017 A Helbor Empreendimentos S.A. (BM&FBOVESPA: HBOR3), incorporadora residencial

Leia mais

INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL

INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL MAIO/2015, ANO XI, N.º 05 (Atualizado em 17/07/2015) Período Produção Física Industrial** Insumos Típicos da CC (série sem ajuste sazonal) base: média de 2012 = 100 2012 Jan 93,50 5.305.205 866.300 Fev

Leia mais

INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL

INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL ABRIL/2015, ANO XI, N.º 04 (Atualizado em 16/06/2015) Período Produção Física Industrial** Insumos Típicos da CC (série sem ajuste sazonal) base: média de 2012 = 100 2012 Jan 93,50 5.305.205 866.300 Fev

Leia mais

Subtítulo da Apresentação

Subtítulo da Apresentação Subtítulo da Apresentação MOTIVAÇÃO METODOLOGIA 15 cidades analisadas Análise do valor médio dos imóveis cadastrados no VivaReal 15 cidades + 1,8 mi Maior Base de imóveis entre os portais Análise de Intenção

Leia mais

Vendas Contratadas somam R$ 1 bilhão no ano e atingem R$ 320 milhões no 3T12

Vendas Contratadas somam R$ 1 bilhão no ano e atingem R$ 320 milhões no 3T12 somam R$ 1 bilhão no ano e atingem R$ 320 milhões no 3T12 Mogi das Cruzes, 19 de outubro de 2012 A Empreendimentos S.A. (BM&F BOVESPA: HBOR3), incorporadora residencial e comercial com presença em 10 estados

Leia mais

MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL EM 2016

MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL EM 2016 MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL EM 2016 TÓPICOS ABORDADOS 1. Representatividade da pesquisa 2. Indicadores nacionais agregados 3. Indicadores por cidades e regiões 4. Indicadores por faixa de valor ou padrão

Leia mais

INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL

INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL JUNHO/2014, ANO X, N.º 06 (Atualizado em 14/08/2014) Período Produção Física Industrial** Insumos Típicos da CC (série sem ajuste sazonal) base: média de 2012 = 100 2012 Jan 93,50 5.305.205 866.300 Fev

Leia mais

MERCADO IMOBILIÁRIO DE SOROCABA FLAVIO AMARY

MERCADO IMOBILIÁRIO DE SOROCABA FLAVIO AMARY MERCADO IMOBILIÁRIO DE SOROCABA FLAVIO AMARY Vice Presidente do Interior SOROCABA Complexo Toyota SOROCABA CARACTERÍSTICAS Quarta cidade mais populosa do interior (sem considerar a RMSP); É a 29ª cidade

Leia mais

Imagem Institucional Setembro/2003

Imagem Institucional Setembro/2003 Imagem Institucional Recorte de notícias editado pela Assessoria de Imprensa Ranking "Exame 100 Melhores para Você Trabalhar" é um dos destaques do mês Oretorno de imagem da Unimed do Brasil, medido com

Leia mais

AlphaVille Urbanismo. Eficiência e qualidade, compromissos cumpridos. Sede - AlphaVille Urbanismo AlphaVille, São Paulo

AlphaVille Urbanismo. Eficiência e qualidade, compromissos cumpridos. Sede - AlphaVille Urbanismo AlphaVille, São Paulo AlphaVille Urbanismo Eficiência e qualidade, compromissos cumpridos Sede - AlphaVille Urbanismo AlphaVille, São Paulo História A história de um conceito de bem viver 1974 1994 História A história de um

Leia mais

INTELIGÊNCIA IMOBILIÁRIA

INTELIGÊNCIA IMOBILIÁRIA RELATÓRIO DE INTELIGÊNCIA IMOBILIÁRIA Rio de Janeiro Janeiro - 2017 Ano 1 Edição 10 Somos referência e uma das maiores empresas em gestão condominial e negócios imobiliários do Brasil, levando solidez

Leia mais

APOIO PARA O RELEASE ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS E UNIDADES DA FEDERAÇÃO BRASILEIROS COM DATA DE REFERENCIA EM 1º DE JULHO DE 2015

APOIO PARA O RELEASE ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS E UNIDADES DA FEDERAÇÃO BRASILEIROS COM DATA DE REFERENCIA EM 1º DE JULHO DE 2015 APOIO PARA O RELEASE ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS E UNIDADES DA FEDERAÇÃO BRASILEIROS COM DATA DE REFERENCIA EM 1º DE JULHO DE 2015 A divulgação anual das estimativas da população residente

Leia mais

Imagem Institucional outubro/2003

Imagem Institucional outubro/2003 Imagem Institucional outubro/2003 Recorte de notícias editado pela Assessoria de Imprensa "Top of Mind" da Folha de S. Paulo, pelo 10º ano consecutivo, é o destaque do mês Oretorno de imagem da Unimed

Leia mais

INDICADORES ECONÔMICOS

INDICADORES ECONÔMICOS INDICADORES ECONÔMICOS Índice de Preços IGP-M IGP-DI Mensal No ano Em 12 meses Mensal No ano Em 12 meses Jan. 0,39 0,39 11,87 0,33 0,33 11,61 Fev. 0,30 0,69 11,43 0,40 0,74 10,86 Mar. 0,85 1,55 11,12 0,99

Leia mais

Índice FipeZap de Locação registra leve alta em abril Como nos meses anteriores, comportamento do preço médio de locação se manteve abaixo da inflação

Índice FipeZap de Locação registra leve alta em abril Como nos meses anteriores, comportamento do preço médio de locação se manteve abaixo da inflação Índice FipeZap de Locação registra leve alta em abril Como nos meses anteriores, comportamento do preço médio de locação se manteve abaixo da inflação Segundo o Índice FipeZap de Locação que acompanha

Leia mais

Pesquisa Mensal de Atividade em Serviços. Junho de 2015

Pesquisa Mensal de Atividade em Serviços. Junho de 2015 Pesquisa Mensal de Atividade em Serviços Junho de 2015 Definições A Pesquisa de Emprego em Serviços é desenvolvida pela CNS/FESESP com base em dados do sistema RAIS- CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego

Leia mais

ÍNDICE 1 INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL... 2

ÍNDICE 1 INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL... 2 EDIÇÃO MERCADO Nº 5 MAIO 216 1 ÍNDICE 1 INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL... 2 1.1 PARÁ MAIO 216... 2 1.1.1 VARIAÇÃO ANUAL ACUMULADA ONERADO E DESONERADO... 3 1.1.2 VARIAÇÃO ACUMULADA DO - 12 MESES... 3

Leia mais

Custo da Cesta Básica aumenta em todas as cidades

Custo da Cesta Básica aumenta em todas as cidades 1 São Paulo, 16 de fevereiro de 2016 NOTA à IMPRENSA Custo da Cesta Básica aumenta em todas as cidades A partir de janeiro de 2016, o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos)

Leia mais

SECOVI. Teotonio Costa Rezende. Diretor Executivo de Habitação Caixa Econômica Federal

SECOVI. Teotonio Costa Rezende. Diretor Executivo de Habitação Caixa Econômica Federal SECOVI Teotonio Costa Rezende Diretor Executivo de Habitação Caixa Econômica Federal Sumário Plano de Negócios Cenário Medidas para aumentar o crédito PMCMV Faixa 1,5 Expectativas PMCMV 2017 Histórico

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JULHO 2017 JULHO DE 2017 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,7% Ano: 0,8% 12 meses: 1,3% No mês julho, os valores médios de locações

Leia mais

Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro Aumento no preço do locação, entretanto, foi novamente inferior à inflação no período

Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro Aumento no preço do locação, entretanto, foi novamente inferior à inflação no período Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro Aumento no preço do locação, entretanto, foi novamente inferior à inflação no período Segundo o Índice FipeZap de Locação que acompanha o preço de

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA RECURSO DISPONÍVEL 143 bilhões ANTES DO PACTO R$ 93 bilhões 62% das obras concluídas ou em execução

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC MOBILIDADE URBANA Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC O QUE O GOVERNO FEDERAL JÁ FEZ Sanção da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012) Desoneração das tarifas do transporte

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Cesta básica apresenta alta em junho

Cesta básica apresenta alta em junho Brasília, 04 de julho de 2013. Cesta básica apresenta alta em junho NOTA À IMPRENSA Em junho, o custo da Cesta Básica no Distrito Federal, segundo Pesquisa realizada pelo DIEESE - Departamento Intersindical

Leia mais

Índice. Janeiro/2017

Índice. Janeiro/2017 Índice Janeiro/2017 Preço do aluguel residencial tem primeira alta depois de 20 meses Após quase dois anos de variações mensais negativas, Índice FipeZap de Locação registra aumento em janeiro Os preços

Leia mais

Índices de Preços. Em 12

Índices de Preços. Em 12 Indicadores econômicos Índices de Preços IPC/FIPE IPCA Período Em 12 Em 12 Mensal No ano Mensal No ano meses meses Jan. 0,52 0,52 4,27 0,54 0,54 4,56 Fev. 0,19 0,71 4,12 0,49 1,03 4,61 Mar. 0,31 1,02 4,33

Leia mais

O segmento de habitação popular possui fundamentos sólidos baseados em 4 pilares...

O segmento de habitação popular possui fundamentos sólidos baseados em 4 pilares... O segmento de habitação popular possui fundamentos sólidos baseados em 4 pilares... Pilar 1: Déficit habitacional Pilar 2: Crédito ao Comprador Programa MCMV Pilar 3: Demografia Pilar 4: Aumento da Renda

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

Índice FipeZap registra novo recuo no preço do aluguel em julho

Índice FipeZap registra novo recuo no preço do aluguel em julho Índice FipeZap registra novo recuo no preço do aluguel em julho Cidades como Rio de Janeiro, Goiânia e Campinas têm queda acentuada em 2017 e puxam a média nacional para baixo O Índice FipeZap de Locação

Leia mais

Índices de Preços. Em 12

Índices de Preços. Em 12 Indicadores econômicos Índices de Preços IPC/FIPE IPCA Período Em 12 Em 12 Mensal No ano Mensal No ano meses meses Jan. 0,46 0,46 6,27 0,48 0,48 5,84 Fev. 0,27 0,73 5,52 0,55 1,03 5,90 Mar. 0,40 1,14 6,28

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Outubro/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Outubro/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Destaques do mês Preço médio do aluguel residencial completa 18 meses de queda Índice FipeZap de Locação cai 0,17% em outubro; nos últimos 12 meses a queda é de 3,80% Os preços de

Leia mais

Nível de Emprego Regional - CIESP

Nível de Emprego Regional - CIESP Diretorias Regionais do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo CIESP Indústria de Transformação Setembro de 2005 Nota metodológica: Pesquisa mensal, realizada pelo CIESP/Sede entre suas Diretorias

Leia mais

Índice FipeZap de Locação mantém-se próximo à estabilidade em maio

Índice FipeZap de Locação mantém-se próximo à estabilidade em maio Índice FipeZap de Locação mantém-se próximo à estabilidade em maio Nós últimos 12 meses, preço médio do aluguel recuou 1,65%, face à inflação acumulada de 3,6% no período O Índice FipeZap de Locação que

Leia mais

ÍNDICE 1 INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL... 2

ÍNDICE 1 INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL... 2 EDIÇÃO MERCADO Nº 13 JANEIRO 2017 1 ÍNDICE 1 INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL... 2 1.1 PARÁ JANEIRO 2017... 2 1.1.1 VARIAÇÃO ANUAL ACUMULADA ONERADO E DESONERADO... 3 1.1.2 VARIAÇÃO ACUMULADA DO - 12 MESES...

Leia mais

Neste balanço apresentaremos indicadores do setor da Construção Civil nos últimos anos e previsões para o fechamento de 2015.

Neste balanço apresentaremos indicadores do setor da Construção Civil nos últimos anos e previsões para o fechamento de 2015. Balanço 2015 Conteúdo Neste balanço apresentaremos indicadores do setor da Construção Civil nos últimos anos e previsões para o fechamento de 2015. Indicadores: PIB (VAB) Emprego Crédito Mercado Investimentos

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego em Serviços. Abril de 2013

Pesquisa Mensal de Emprego em Serviços. Abril de 2013 Pesquisa Mensal de Emprego em Serviços Abril de 2013 Definições A Pesquisa de Emprego em Serviços é desenvolvida pela CNS/FESESP com base em dados do sistema RAISCAGED do Ministério do Trabalho e Emprego

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas Gerais PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: CONSTRUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO Outubro de 2014 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal

Leia mais

Release com embargo até 0h de 18/4/2017. Março/2017

Release com embargo até 0h de 18/4/2017. Março/2017 Release com embargo até 0h de 18/4/2017 Preço de locação acumula alta de 0,47% no primeiro trimestre do ano A variação, entretanto, ainda é inferior à inflação acumulada para o período, segundo o IBGE

Leia mais

Características do candidato a Empreendedor Individual (MEI) no Brasil. SEBRAE-SP/Planejamento Abril de 2009

Características do candidato a Empreendedor Individual (MEI) no Brasil. SEBRAE-SP/Planejamento Abril de 2009 Características do candidato a Empreendedor Individual (MEI) no Brasil SEBRAE-SP/Planejamento Abril de 2009 1 Metodologia do trabalho Definição de candidato a MEI: Consideramos como proxy de candidato

Leia mais

EMPREGO E SALÁRIO DE SERVIÇOS DE SALVADOR (BA) - AGOSTO

EMPREGO E SALÁRIO DE SERVIÇOS DE SALVADOR (BA) - AGOSTO EMPREGO E SALÁRIO DE SERVIÇOS DE SALVADOR (BA) - AGOSTO 2010 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico AD HOC Revisão Técnica: José Varela Donato SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS

Leia mais

Açúcar e tomate encarecem a Cesta Básica

Açúcar e tomate encarecem a Cesta Básica 1 São Paulo, 06 de outubro de 2009. NOTA À IMPRENSA Açúcar e tomate encarecem a Cesta Básica Das 17 capitais onde o DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos realiza

Leia mais

Custo da cesta básica recua em 25 capitais

Custo da cesta básica recua em 25 capitais 1 São Paulo, 6 de dezembro de 2016 NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica recua em 25 capitais Em novembro, o custo do conjunto de alimentos básicos diminuiu em 25 das 27 capitais do Brasil, segundo dados

Leia mais

abril/13 CNC -Divisão Econômica Rio de Janeiro Dezembro/2012

abril/13 CNC -Divisão Econômica Rio de Janeiro Dezembro/2012 abril/13 CNC -Divisão Econômica Rio de Janeiro Dezembro/2012 ÍNDICE DE CONFIANÇA DO EMPRESÁRIO DO COMÉRCIO Índice 127,6 126,9 126,5 Condições Atuais do Empresário do Comércio 102,2-1,1% -3,9% Economia

Leia mais

Lançamentos imobiliários apresentam crescimento em Jundiaí

Lançamentos imobiliários apresentam crescimento em Jundiaí Lançamentos imobiliários apresentam crescimento em Jundiaí No último ano, o município de Jundiaí teve um crescimento de quase 60% no número de lançamentos imobiliários em condomínios. Entre novembro de

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Agosto/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Agosto/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Destaques do mês Valor do aluguel está no nível de 3 anos atrás Preço médio do m 2 anunciado em agosto foi de R$ 30,13, mesmo valor registrado em abril de 2013 Os preços de locação

Leia mais

CENÁRIO ECONÔMICO 2017:

CENÁRIO ECONÔMICO 2017: CENÁRIO ECONÔMICO 2017: Lenta recuperação após um longo período de recessão Dezembro 2016 AVALIAÇÃO CORRENTE DA ATIVIDADE ECONÔMICA A RECUPERAÇÃO DA CONFIANÇA DO EMPRESARIADO E DO CONSUMIDOR MOSTRAM ACOMODAÇÃO

Leia mais

Luciano Coutinho Presidente

Luciano Coutinho Presidente O papel do BNDES no desenvolvimento brasileiro nos próximos anos ANEFAC São Paulo, 30 de julho de 2012 Luciano Coutinho Presidente Papel dos Bancos de Desenvolvimento no mundo Apoiar e financiar o desenvolvimento

Leia mais

TV Câmara / TV Assembleia / TV Senado / TV Câmara Municipal

TV Câmara / TV Assembleia / TV Senado / TV Câmara Municipal TV Câmara / TV Assembleia / TV Senado / TV Câmara Municipal Acordo Câmara / Senado Capitais Em funcionamento: São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Cuiabá, Goiânia, Florianópolis,

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas Gerais PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: CONSTRUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO Abril de 2014 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal

Leia mais

Projeto Somar Contratação de Pessoas com Deficiência Intelectual nas Agências do Banco Citibank

Projeto Somar Contratação de Pessoas com Deficiência Intelectual nas Agências do Banco Citibank Projeto Somar Contratação de Pessoas com Deficiência Intelectual nas Agências do Banco Citibank Citi no Brasil No Brasil há mais de 92 anos. Atende diretamente a mais de 400 mil contas de clientes. Mais

Leia mais

EVOLUÇÃO DO EMPREGO E IMPACTOS DA CONSTRUÇÃO PESADA NA ECONOMIA

EVOLUÇÃO DO EMPREGO E IMPACTOS DA CONSTRUÇÃO PESADA NA ECONOMIA EVOLUÇÃO DO EMPREGO E IMPACTOS DA CONSTRUÇÃO PESADA NA ECONOMIA Base dados: Outubro 2016 (RAIS/CAGED), 3º Trimestre 2016 (PNAD Contínua) Atualizados em: 25/11/2016 Emprego na Construção Out/14 a Out/16

Leia mais

INTELIGÊNCIA IMOBILIÁRIA

INTELIGÊNCIA IMOBILIÁRIA RELATÓRIO DE INTELIGÊNCIA IMOBILIÁRIA Rio de Janeiro Agosto - 2016 Ano 1 Edição 6 Somos referência e uma das maiores empresas em gestão condominial e negócios imobiliários do Brasil, levando solidez e

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Julho/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Julho/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Julho/2016 Destaques do mês Primeiro semestre tem a maior queda no preço de locação em 9 anos No acumulado até junho, o preço médio de locação recuou 1,78% em 11 cidades pesquisadas

Leia mais

INTELIGÊNCIA IMOBILIÁRIA

INTELIGÊNCIA IMOBILIÁRIA RELATÓRIO DE INTELIGÊNCIA IMOBILIÁRIA Rio de Janeiro Março - 2016 Ano 1 Edição 1 Somos referência e uma das maiores empresas em gestão condominial e negócios imobiliários do Brasil, levando solidez e eficiência

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Dezembro de 2015 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

Pesquisa Mensal de Atividade em Serviços. Junho de 2014

Pesquisa Mensal de Atividade em Serviços. Junho de 2014 Pesquisa Mensal de Atividade em Serviços Junho de 2014 Definições A Pesquisa de Emprego em Serviços é desenvolvida pela CNS/FESESP com base em dados do sistema RAIS- CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego

Leia mais

Rio de Janeiro, 22/11/2016. Mercado de Trabalho Brasileiro 3º trimestre de 2016

Rio de Janeiro, 22/11/2016. Mercado de Trabalho Brasileiro 3º trimestre de 2016 1 Rio de Janeiro, 22/11/2016 Mercado de Trabalho Brasileiro 3º trimestre de 2016 O B J P R I N C I P A L Produzir informações contínuas PNAD Contínua Produzir informações anuais E T I sobre a inserção

Leia mais

Índice FipeZap amplia cobertura e passa a monitorar preços em 16 cidades; Seis delas tiveram queda real de preços em janeiro

Índice FipeZap amplia cobertura e passa a monitorar preços em 16 cidades; Seis delas tiveram queda real de preços em janeiro Índice FipeZap amplia cobertura e passa a monitorar preços em 16 cidades; Seis delas tiveram queda real de preços em janeiro A partir do mês de janeiro de 2013, o Índice FipeZap Ampliado passa a ser divulgado

Leia mais

COMUNICADO DA PRESIDÊNCIA

COMUNICADO DA PRESIDÊNCIA Desigualdade e Pobreza no Brasil Metropolitano Durante a Crise Internacional: Primeiros COMUNICADO DA PRESIDÊNCIA Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada BRASIL Brasília, 4 de agosto de 2009 Brasil:

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Março de 2016 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Janeiro de 2016 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

Code-P0. Copa 2014. Situação das ações do Governo Brasileiro. Brasília, 2 de junho de 2011

Code-P0. Copa 2014. Situação das ações do Governo Brasileiro. Brasília, 2 de junho de 2011 Code-P0 Copa 2014 Situação das ações do Governo Brasileiro Brasília, 2 de junho de 2011 Code-P1 O que o Brasil quer com a Copa do Mundo FIFA Mobilizar o país Promover o país no mundo Constituir arenas

Leia mais

OS CANDIDATOS A PREFEITO NOS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2016

OS CANDIDATOS A PREFEITO NOS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2016 OS CANDIDATOS A PREFEITO NOS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2016 François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro, agosto de 2016 OS CANDIDATOS A PREFEITO NOS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2016 François E. J. de Bremaeker

Leia mais

Custo da cesta básica diminui na maioria das capitais

Custo da cesta básica diminui na maioria das capitais 1 São Paulo, 7 de março de 2017 Custo da cesta básica diminui na maioria das capitais NOTA À IMPRENSA Em fevereiro, o custo do conjunto de alimentos essenciais diminuiu em 25 das 27 capitais do Brasil,

Leia mais

Em julho, preço do m 2 anunciado sobe em SP e no RJ, mas cai em BH e no DF

Em julho, preço do m 2 anunciado sobe em SP e no RJ, mas cai em BH e no DF Em julho, preço do m 2 anunciado sobe em SP e no RJ, mas cai em BH e no DF A variação do Índice FipeZap Composto em julho/2012 foi de, o mesmo valor registrado no mês anterior. Apesar de, na média, os

Leia mais

Custo da cesta básica sobe em 20 capitais

Custo da cesta básica sobe em 20 capitais 1 São Paulo, 6 de abril de 2017 NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica sobe em 20 capitais Em março, o custo do conjunto de alimentos essenciais aumentou em 20 das 27 capitais brasileiros, segundo dados

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Abril de 2016 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Realizada pela Fundação IPEAD/UFMG, esta pesquisa tem o objetivo de fornecer informações sobre o mercado

Leia mais

Agosto/2016 CIDADE DE SÃO PAULO. Números do mês: Acumulado 12 meses. Média do ano. Pesquisa do Mercado Imobiliário

Agosto/2016 CIDADE DE SÃO PAULO. Números do mês: Acumulado 12 meses. Média do ano. Pesquisa do Mercado Imobiliário Agosto/2016 CIDADE DE SÃO PAULO Números do mês: Vendas = 1.078 unidades Lançamentos = 1.177 unidades Oferta Final = 24.411 unidades VSO Mensal = 4,2% VSO 12 Meses = 37,9% Vendas e lançamentos crescem em

Leia mais

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015 Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Mercado Imobiliário Brasileiro - VGL 2011-7% 2012 13% 2013 R$ 85,6 bilhões R$ 79,7 bilhões R$ 90,4 bilhões

Leia mais