AMARILDO RAMOS DE ALMEIDA ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E SERVIÇOS DE TI

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AMARILDO RAMOS DE ALMEIDA ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E SERVIÇOS DE TI"

Transcrição

1 Universidade Estadual de Londrina AMARILDO RAMOS DE ALMEIDA ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E SERVIÇOS DE TI LONDRINA 2008

2 AMARILDO RAMOS DE ALMEIDA ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E SERVIÇOS DE TI Monografia apresentada ao Departamento de Computação da Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Prof. Rodolfo Miranda de Barros. LONDRINA 2008

3 AMARILDO RAMOS DE ALMEIDA ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E SERVIÇOS DE TI Monografia apresentada ao Departamento de Computação da Universidade Estadual de Londrina. COMISSÃO EXAMINADORA Ms. Rodolfo Miranda de Barros Universidade Estadual de Londrina Ms. Fábio Cézar Martins Universidade Estadual de Londrina Ms. Sérgio Akio Tanaka Centro Universitário Filadélfia Londrina, 11 de julho de 2008.

4 A Deus, meu Criador. Aos meus pais, Antonio e Zilda, em memória. A minha esposa Bet e meus filhos Janaína, Andréia e André.

5 AGRADECIMENTOS A Deus, por tudo o que fez na minha vida e por poder conhecer o seu imenso amor. A minha esposa Bet, que sempre me incentivou e apoiou, e aos meus filhos pela compreensão nos momentos de ausência. Ao professor Rodolfo, pela excelente orientação e incentivo. Aos professores da UEL pelo respeito e dedicação no ensino. Aos colegas de curso, pelo espírito de companheirismo e pelos laços de amizade. A todos os amigos e pessoas que contribuíram para a realização este trabalho.

6 Bem aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento. Provérbios 3.13 O temor do Senhor é o princípio da ciência. Provérbios 1.7 Só sei que nada sei. Sócrates

7 ALMEIDA, Amarildo Ramos de. Escritório de Gerenciamento de Projetos e Serviços de TI folhas. Monografia do Curso de Especialização em Engenharia de Software e Banco de Dados Universidade Estadual de Londrina, Londrina, RESUMO Os principais desafios enfrentados pelos desenvolvedores e gestores da área de TI são os de gerenciar efetivamente projetos e serviços sob sua responsabilidade. Pesquisas recentes mostram que apenas cerca de 30% dos projetos de TI são concluídos com sucesso, revelando o alto índice de falhas ou problemas nos projetos e a conseqüente necessidade de conduzi-los usando metodologias comprovadamente eficientes. Além disso, estima-se que manter a operação dos produtos de TI consuma em torno de 80% do tempo e dos custos totais em relação ao ciclo de vida dos mesmos, demonstrando que gerir os serviços eficazmente é também fundamental para obtenção de bons resultados. O presente estudo descreve a proposta de criação do Escritório de Gerenciamento de Projetos e Serviços (EGPS), uma unidade organizacional responsável pela coordenação dos projetos e serviços de TI sob seu controle. O trabalho apresenta também as técnicas de Gerenciamento de Projetos sugeridas no guia PMBOK, os processos e melhores práticas de Gerenciamento de Serviços definidos no modelo ITIL e o conceito de Escritório de Gerenciamento de Projetos, solução adotada por muitas organizações visando oferecer uma coordenação centralizada e especializada em ambientes que lidam com vários projetos simultâneos. Essas tecnologias compõem o EGPS de TI, o qual tem como objetivo fornecer um controle completo, integrado e abrangente aos produtos desenvolvidos e suportados pela área, a fim de aperfeiçoar os processos, aumentar a produtividade e obter melhores resultados nos negócios através da TI. Palavras-chave: Engenharia de Software, Gerência de Projetos, EGP, ITIL, EGPS.

8 ALMEIDA, Amarildo Ramos de. IT Services and Projects Management Office sheets. Monografia do Curso de Especialização em Engenharia de Software e Banco de Dados Universidade Estadual de Londrina, Londrina, ABSTRACT The main challenges faced by developers and IT managers are indeed manage projects and services under their responsibility. Recent researches show that only about 30% of the IT projects are successfully completed, revealing the high rate of failures or problems in the projects and the consequent need to lead them using methodologies proven efficient. Moreover, it is estimated that maintaining the operation of IT products consume around 80% of the time and cost in comparison to their life cycle, demonstrating that effectively manage the services is also essential for obtaining good results. This study describes the proposal to establish the Services and Projects Management Office (SPMO), an organizational unit responsible for coordinating IT projects and services under its control. The work also presents techniques of Projects Management suggested in the PMBOK guide, the processes and best practices of Services Management defined in ITIL model and the concept of Project Management Office, solution adopted for many organizations seeking to provide a centralized coordination and specialized in environments that work with several simultaneous projects. Those technologies compose the IT SPMO, that has as objective to supply a complete, integrated and including control to the developed products and supported by its area, in order to improve the processes, increase productivity and achieve better results in the business through IT. Key words: Software Engineering, Project Management, PMO, ITIL, SPMO.

9 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1. Situação dos projetos de TI em 1994 e Figura 2. Níveis de custo e pessoal ao longo do ciclo de vida do projeto Figura 3. Riscos do projeto durante o ciclo de vida...24 Figura 4. Influência dos stakeholders e custo das mudanças durante o ciclo de vida do projeto Figura 5. Relação entre os ciclos de vida do projeto e do produto...26 Figura 6. Relação entre os stakeholders do projeto Figura 7. Ciclo PDCA Figura 8. Mapeamento entre os grupos de processos e o ciclo PDCA Figura 9. Fluxos e interações entre os grupos de processos de GP Figura 10. Sobreposição e níveis de intensidade entre os grupos de processos de GP Figura 11. Ciclo de vida estendido dos projetos...40 Figura 12. Resultados esperados com o gerenciamento simultâneo dos projetos...41 Figura 13. Estrutura da ITIL...46 Figura 14. Processos do Gerenciamento de Serviços Figura 15. Acordos e documentos para o Gerenciamento de Níveis de Serviços...49 Figura 16. Atividades do Gerenciamento da Capacidade Figura 17. Conceitos do Gerenciamento da Disponibilidade...51 Figura 18. Estrutura funcional da Central de Serviços Figura 19. Visão geral do Gerenciamento de Incidentes, Problemas e Mudanças...54 Figura 20. Itens do Gerenciamento de Configuração...55 Figura 21. Fluxos do Gerenciamento de Mudanças...56

10 Figura 22. Procedimentos para Controle de Versões...57 Figura 23. Atividades do Gerenciamento de Liberações...57 Figura 24. Ciclo de Vida do Gerenciamento da Aplicação Figura 25. Relacionamento entre a TI e o Negócio Figura 26. Estágios do Programa de Aperfeiçoamento Ininterrupto do Serviço...63 Figura 27. Conceito de EGP...66 Figura 28. Modelo de EGP segundo CRAWFORD Figura 29. Modelo de EGP segundo KATE...70 Figura 30. Modelo de EGP segundo CASEY & PECK Figura 31. Árvore de decisão para avaliação do cálculo do VME de um EGP...85 Figura 32. Relação entre o foco de atuação do EGP e o valor para a organização..86 Figura 33. Campo de atuação do EGPS dentro do Ciclo de Vida do Produto Figura 34. Esquema de feedback do EGPS...91 Figura 35. Modelos de EGPS...93 Figura 36. Proposta de estrutura interna do EGPS Figura 37. Fases de implantação do EGPS ix

11 LISTA DE TABELAS Quadro 1. Características do projeto em relação às estruturas organizacionais...29 Quadro 2. Organização dos processos de GP em grupos e áreas de conhecimento Quadro 3. Tipos de EGP....69

12 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS ANO ANS BDGC BSD CA CCTA DHD EGP EGPS GP GS IC ITIL ITSMF OGC PAIS PDCA PMBOK PMI PMO PQS RDM RUP SPMO TCO TI VE VME WBS Acordo de Nível Operacional Acordo de Nível de Serviço Banco de Dados de Gerenciamento da Configuração Biblioteca de Software Definitiva Contrato de Apoio Central Communications and Telecom Agency (Agência Central de Comunicações e Telecomunicações) Depósito de Hardware Definitivo Escritório de Gerenciamento de Projetos Escritório de Gerenciamento de Projetos e Serviços Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Serviços Item de Configuração Information Technology Infrastructure Library (Biblioteca de Infraestrutura em Tecnologia da Informação) Information Technology Service Management Fórum (Fórum de Gerenciamento de Serviços de TI) Office of Government Commerce (Escritório de Comércio do Governo) Programa de Aperfeiçoamento Ininterrupto do Serviço Plan-Do-Check-Act (Planejar, fazer, verificar e agir) Project Management Body Of Knowledge (Base de Conhecimento em Gerenciamento de Projeto) Project Management Institute (Instituto de Gerenciamento de Projeto) Project Management Office (Escritório de Gerenciamento de Projetos) Plano de Qualidade de Serviço Requisição de Mudança Rational Unified Process (Processo Racional Unificado) Service and Project Management Office (Escritório de Gerenciamento de Projetos e Serviços) Total Cost of Ownership (Custo Total de Propriedade) Tecnologia da Informação Valor Esperado Valor Monetário Esperado Work Breakdown Structure (Estrutura Analítica do Projeto)

13 SUMÁRIO LISTA DE ILUSTRAÇÕES...viii LISTA DE TABELAS...x LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS...xi SUMÁRIO...xii 1 INTRODUÇÃO OBJETIVOS JUSTIFICATIVAS METODOLOGIA GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK PROJETO CICLO DE VIDA DE UM PROJETO ORGANIZAÇÃO DO PROJETO GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJETOS E A ESTRATÉGIA DE NEGÓCIOS GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS COM A ITIL GOVERNANÇA DE TI GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI ITIL Gerenciamento de Serviços Entrega de Serviços Suporte ao Serviço Gerenciamento de Segurança Gerenciamento da Infra-estrutura de TI Gerenciamento da Aplicação A Perspectiva do Negócio Planejamento para Implementar o Gerenciamento de Serviços ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS CONCEITO DE EGP MOTIVOS PARA IMPLEMENTAR UM EGP TIPOS OU MODELOS DE EGP EGP de Nível EGP de Nível EGP de Nível FUNÇÕES DE UM EGP ESTRUTURA DE UM EGP IMPLANTAÇÃO DE EGP Fases de implantação Fase de Projeto ou Planejamento Fase de Implantação Fase de Operação Fase de Melhoria Contínua Outra abordagem de implantação FATORES DE SUCESSO NA IMPLANTAÇÃO DE EGP BENEFÍCIOS COM A IMPLANTAÇÃO DE EGP O EGP E O ALINHAMENTO ESTRATÉGICO ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E SERVIÇOS DE TI...88

14 8.1 CONCEITO DE EGPS DE TI ATRIBUIÇÕES DE UM EGPS MODELOS DE EGPS ESTRUTURA DO EGPS Papéis executivos e gerenciais Papéis da Gerência de Projetos Papéis da Gerência de Serviços IMPLANTAÇÃO DO EGPS Fases de implantação Fase de Planejamento Fase de Implantação Fase de Operação Fase de Melhoria Contínua CONCLUSÃO REFERÊNCIAS xiii

15 1 INTRODUÇÃO No mundo atual é cada vez maior o número de organizações dependentes de sistemas de software e de Tecnologia da Informação (TI) em todos os ramos da sociedade. O software está presente na gestão de empresas, automação de produtos, controle de sistemas e em praticamente toda a atividade humana. Os principais desafios enfrentados pela indústria de software e gerentes de TI são gerar produtos que atinjam às expectativas dos clientes, obedecendo a prazos, custos e critérios de qualidade, e garantir a operação destes no ambiente corporativo, por meio de processos que dêem suporte às estratégias de negócio, agilize a tomada de decisão, reduzam a ineficiência operacional e ofereçam um diferencial competitivo à organização. Porém, há uma complexidade inerente ao desenvolvimento de software e os problemas que podem surgir nessa atividade desencadearam o que muitos observadores chamaram de crise ou aflição crônica do software. Segundo Pressman (1995, p. 23), os problemas mais comuns que afligem a área de desenvolvimento são: (1) a dificuldade de cumprir o cronograma e entregar o produto dentro do prazo; (2) o software geralmente é entregue com custo maior do que o estimado inicialmente; (3) baixa produtividade dos profissionais da área em relação à crescente demanda por novos produtos e serviços; (4) insatisfação do cliente com produtos que não atendem às suas reais necessidades e com altos índices de erros, ocasionando falta de confiança quanto à qualidade; (5) documentação precária ou inexistente acarretando problemas e impondo alto custo de manutenção. Para superar a crise, Pressman aponta a adoção de uma abordagem de engenharia ao desenvolvimento de software, aliada a uma contínua

16 15 melhoria de técnicas e ferramentas associadas. Uma das técnicas adotadas pela Engenharia de Software é o Gerenciamento de Projetos (GP). Pressman (1995, p. 55) afirma que para conduzir um projeto de software bem-sucedido é necessário compreender o escopo do trabalho a ser feito, os riscos envolvidos, os recursos exigidos, as tarefas que deverão ser executadas, os marcos de referência a serem acompanhados, o esforço ou custo despendido e a programação a ser seguida. Resende (2006) observa que tais projetos são importantes, todavia possuem natureza de alto risco. Para Sommerville (2003, p. 60), gerenciar projetos é necessário porque a Engenharia de Software profissional está sempre sujeita às restrições de orçamento e prazo. Se as atividades de GP forem aplicadas é possível que o projeto cumpra essas restrições e seja concluído com sucesso. Por outro lado, a falta de gerenciamento geralmente resulta no fracasso do mesmo. Em uma pesquisa realizada em 1994 pelo The Standish Group (1995) sobre a situação dos projetos de TI nos Estados Unidos, observou-se que apenas 16% destes foram bem-sucedidos, ou seja, entregues dentro do prazo, custo e especificações, 53% tiveram problemas e 31% falharam completamente. A partir de então, mais segmentos da indústria passaram a aplicar as técnicas de GP em suas atividades. Dados mais recentes da mesma pesquisa (2004) mostram que o número de projetos bem-sucedidos subiu para 29%, os índices dos que falharam caiu para 18%, porém, 53% continuaram a ter problemas com relação a funcionalidades, atrasos ou acima orçamento. A figura 1 compara as duas fases da pesquisa (THE STANDISH GROUP INTERNATIONAL, 2004).

17 16 Figura 1. Situação dos projetos de TI em 1994 e Fonte: Braxis IT Services. Apesar dos dados apontarem uma evolução quanto ao número de projetos bem-sucedidos, observa-se que ainda é alto o índice de falhas ou problemas. O gerenciamento de projetos não deve ser praticado de forma arbitrária, mas conforme técnicas reconhecidamente eficientes, dentre as quais se destacam as recomendações do Project Management Institute (PMI) no Project Management Body Of Knowledge (PMBOK). O PMBOK é um guia de orientação que descreve um conjunto de conhecimentos e melhores práticas em GP. Segundo o guia, ao empregar corretamente essas diretrizes aumentam as chances de sucesso dos projetos. O método pode ser aplicado a todas as áreas que lidam com a atividade, incluindo a produção de software (PMI, 2004). O gerenciamento dos projetos de uma organização pode ser suportado por uma unidade organizacional denominada Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP). Fatores como a demanda por um gerenciamento mais eficaz, a multiplicação do número de projetos e a crescente complexidade dos mesmos, justificam a implantação do EGP. Este exerce a função de consolidar as atividades

18 17 de GP da organização, mediante a padronização de processos, divulgação de melhores práticas e fornecimento de uma infra-estrutura para o gerenciamento corporativo de projetos, diminuindo os índices de falhas e priorizando os mais importantes (ANSELMO, 2002). Além de gerenciar os projetos sob sua responsabilidade, a área de TI está cada vez mais preocupada em buscar processos que garantam a efetividade dos serviços por ela prestados. Pesquisas apontam que, dentro do ciclo de vida dos produtos de TI, a operação demanda cerca de 80% do tempo e dos custos totais. Assim, processos eficientes de Gerenciamento de Serviços (GS) são fundamentais para obtenção de bons resultados. Ademais, os serviços de TI também devem ser gerenciados de modo a estarem alinhados aos objetivos estratégicos da organização. Dentre as diversas abordagens de GS, uma das mais reconhecidas e utilizadas pela indústria de software atualmente é a Information Technology Infrastructure Library (ITIL), criada pelo Office of Government Commerce (OGC). O modelo consiste em um conjunto de melhores práticas de GS de TI, e descreve os processos necessários para gerenciar a infra-estrutura de TI de modo a garantir os níveis de serviço acordados com os clientes de forma eficaz (MANSUR). Este trabalho propõe a integração das técnicas de GP e GS em um novo conceito de EGP, denominado EGPS Escritório de Gerenciamento de Projetos e Serviços de TI. O modelo visa contribuir para que os responsáveis pelo desenvolvimento de software e gestores da área de TI obtenham maior sucesso em suas atividades, com a aplicação de uma abordagem sistêmica aos processos da organização, possibilitando à mesma, maior retorno nos investimentos em TI.

19 2 OBJETIVOS O objetivo principal deste trabalho é definir um modelo de Escritório de Gerenciamento de Projetos e Serviços de TI, o qual consiste em uma unidade responsável por apoiar a implementação das atividades de gerenciamento de projetos e serviços no contexto das áreas de Desenvolvimento de Software e Tecnologia da Informação, auxiliando os responsáveis desses setores a controlar seus projetos e serviços satisfatoriamente. Para atingir o objetivo principal serão cumpridos os seguintes objetivos específicos: (1) descrever as melhores práticas de GP recomendadas pelo PMBOK; (2) identificar os processos de GS de TI segundo o modelo de referência ITIL; (3) conceituar e detalhar o funcionamento de um EGP; (4) Descrever o conceito e apresentar diretrizes para implantação do Escritório de Gerenciamento de Projetos e Serviços de TI nas organizações.

20 3 JUSTIFICATIVAS De forma geral, os profissionais responsáveis pelo desenvolvimento de software têm percebido a importância de aplicar as técnicas, metodologias e ferramentas de Gerenciamento de Projetos como base para a obtenção de sucesso em seus empreendimentos. Da mesma forma, com a exigência cada vez maior por parte das corporações do retorno nos investimentos em TI e a necessidade de focar os objetivos dos projetos aos objetivos estratégicos da organização, ganha espaço na indústria de software a adoção de modelos de Gerenciamento de Serviços. Além dos motivos citados acima, a ampliação do número de projetos de TI, a crescente complexidade dos mesmos e a necessidade de agregar valor aos projetos, alinhando-os aos objetivos de negócio das corporações, destacam a importância da implantação do EGP no seio das organizações. Com a descrição do funcionamento de um Escritório de Gerenciamento de Projetos e Serviços e o detalhamento das melhores práticas de GP e de GS, espera-se apresentar diretrizes para que as organizações possam se basear e iniciar (ou mesmo aperfeiçoar) as práticas de GP e GS, e assim obterem mais sucesso em suas atividades e o retorno esperado dos investimentos em TI.

21 4 METODOLOGIA O presente estudo foi desenvolvido utilizando a abordagem de pesquisa qualitativa, a qual se baseia na busca pela compreensão do contexto do fenômeno a ser investigado utilizando várias fontes de dados que são descritas e interpretadas indutivamente. Para isso, empregou-se também o método de pesquisa descritiva, que consiste, segundo Cruz & Ribeiro (2004), no estudo, análise, registro e interpretação dos fatos do mundo físico sem a interferência do pesquisador. Para o levantamento de dados foram escolhidos os procedimentos de pesquisa bibliográfica e documental. De acordo com Marconi & Lakatos (2003, p. 158), a pesquisa bibliográfica consiste em um apanhado geral sobre os principais trabalhos já realizados, dotados de considerável importância e capazes de fornecer subsídios atualizados para o entendimento do tema em estudo. Um dos documentos pesquisados foi o PMBOK, publicado pelo PMI, o qual trata da metodologia e melhores práticas de Gerenciamento de Projetos. Outro documento consultado foi o guia introdutório da biblioteca ITIL, publicado OGC, órgão responsável pelo desenvolvimento do modelo de referência ITIL. A pesquisa bibliográfica complementou os conteúdos documentais, além de fundamentar o conceito de EGP. Após a coleta de dados e fundamentação teórica, passou-se para a análise e interpretação dos mesmos. Esta atividade representa a aplicação lógica dedutiva e indutiva do processo de investigação (MARCONI & LAKATOS, 2003), a qual culminou com a proposta de definição do EGPS de TI, fruto da correlação entre os temas estudados: GP, GS e EGP.

22 5 GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK A disciplina de Gerenciamento de Projetos (GP) surgiu como ciência a partir da década de 60, com a indústria bélica e aeroespacial americana. Por sua eficácia, passou a ser adotada em diferentes áreas da engenharia. Atualmente é aplicada em diversos setores da economia, incluindo a indústria de software. Com a criação do Project Management Institute (PMI), em 1969, sua disseminação passou a ocorrer com maior intensidade (MARTINS, 2005, p. 3). O PMI é uma entidade internacional que reúne os profissionais da área de GP e tem como objetivos promover o profissionalismo e desenvolver o estado da arte na gestão de projetos. O principal documento produzido pelo PMI é o Project Management Body Of Knowledge (PMBOK), um manual de procedimentos que visa uniformizar a teoria associada à gestão de projetos (MARTINS, 2005, p. 3). O PMBOK fornece uma visão geral sobre um conjunto de conhecimentos e melhores práticas em GP. Amplamente reconhecido, promove um vocabulário comum para se discutir, escrever e aplicar a atividade de GP de forma adequada. O guia busca identificar os conceitos e práticas envolvidas, e padronizar as terminologias e os processos empregados para esse fim (PMI, 2004, p. 3). Este capítulo apresenta os fundamentos e práticas de GP recomendadas pelo PMI através do PMBOK. Inicialmente é abordado o conceito de projeto, seguido pela descrição de seu ciclo de vida e organização. Na seqüência, busca-se compreender o que é GP e quais os processos que o compõem. Por fim, observa-se a relação entre os projetos e as estratégias de negócio das organizações.

23 Projeto De acordo com o PMBOK (2004, p. 5), um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. O fato de ser temporário indica que todo projeto tem início e fim bem definidos, isto é, não são esforços contínuos, mas finitos, ainda que possam demorar vários anos até serem concluídos. Um projeto é encerrado quando seus objetivos são atingidos, quando se observa que não será possível atingi-los ou quando não existir mais a necessidade do mesmo (PMI, 2004, p. 5). Por outro lado, o produto, serviço ou resultado criado pelo projeto geralmente é duradouro e exclusivo, ou seja, singular. Isso significa que, por mais que os projetos desenvolvidos sejam parecidos, difere-se de alguma forma de outros já executados e cada qual em particular é único. Essa característica denota que fatores como incerteza e risco são inerentes a todo projeto (PMI, 2004, p. 5). O PMBOK (2004, p. 6) aponta que há diferença entre os projetos e o trabalho operacional de uma organização. O segundo consiste em operações contínuas e repetitivas, enquanto que o primeiro em atividades temporárias e exclusivas. Além disso, os projetos buscam atingir seus objetivos e em seguida são terminados, ao passo que as operações têm a mesma finalidade, mas continuam mantendo o negócio. Apesar de distintos, projetos e operações compartilham várias características, como o fato de serem realizados por pessoas, limitados por prazos, custos e escopo, além de necessitarem de planejamento, execução e controle. Ainda segundo o PMBOK (2004, p. 7), projetos são freqüentemente utilizados como um meio de atingir o plano estratégico da organização, como

24 23 atender uma demanda de mercado, uma necessidade organizacional, o pedido de um cliente, um avanço tecnológico ou mesmo um requisito legal. 5.2 Ciclo de Vida de um Projeto Um projeto pode ser subdividido em fases para oferecer melhor controle gerencial aos responsáveis pela sua execução. O ciclo de vida define as fases que conectam o início do mesmo ao seu final (PMI, 2004, p. 19). Martins (2005, p. 6) esclarece que os ciclos definem a natureza das atividades a serem realizadas em cada fase, como especificação, design, construção e outras. Além disso, a transição de uma fase para outra normalmente culmina com a entrega de artefatos, que geralmente são revisados e submetidos à aprovação para garantir que estejam completos e exatos. Esses artefatos são elementos mensuráveis e verificáveis, como uma especificação, um relatório, um documento, um arquivo executável ou um protótipo. Geralmente, os insumos gerados por uma fase são empregados nas fases seguintes. Todavia, uma fase pode ser iniciada antes da aprovação de entregas anteriores, caso os riscos envolvidos sejam considerados aceitáveis (PMI, 2004, p. 20). O PMBOK (2004, p. 20) aponta determinadas características que podem ser observadas durante o andamento do ciclo de vida do projeto. Uma dessas características indica que os níveis de custo e gasto com pessoal são baixos no início, aumentam e atingem o valor máximo durante as fases intermediárias e caem conforme o projeto vai sendo finalizado. A figura 2 ilustra esse comportamento.

25 24 Figura 2. Níveis de custo e pessoal ao longo do ciclo de vida do projeto. Fonte: PMI, Por outro lado, o risco de não atingir os objetivos é maior no início do projeto, principalmente devido às incertezas. Conforme este avança e se adquire mais conhecimento sobre o mesmo, o risco diminui progressivamente (MARTINS, 2005, p. 6). Figura 3. Riscos do projeto durante o ciclo de vida. Fonte: MARTINS, 2005.

26 25 Outra característica refere-se à capacidade dos stakeholders de influenciar as características finais do produto do projeto e o custo final do mesmo. Esta é mais alta no início, diminuindo conforme o trabalho avança. Ao contrário, o custo de implementação de mudanças e correções é baixo inicialmente e aumenta com o andamento do projeto. Figura 4. Influência dos stakeholders e custo das mudanças durante o ciclo de vida do projeto. Fonte: PMI, O PMBOK (2004, p. 22) esclarece que as fases do ciclo de vida fazem parte de um processo seqüencial criado para garantir o controle adequado do projeto e atingir seu objetivo. Em certas circunstâncias, as fases podem ser divididas em subfases, por motivo de restrições de tamanho, complexidade, riscos ou custo. Normalmente, cada subfase possui artefatos a serem produzidos, relacionados à fase principal, como requisitos, projeto, construção, teste, implantação e outros. Ainda conforme o PMBOK (2004, p. 22), a conclusão de uma fase ocorre com a revisão do trabalho realizado e dos artefatos produzidos, visando assegurar a conformidade dos mesmos e validar o encerramento da mesma.

27 26 Todavia, pode-se decidir iniciar a próxima fase sem que a atual esteja completamente concluída, realizando as atividades em paralelo. É possível ainda tomar a decisão de encerrar a fase e não iniciar as outras, caso o projeto tenha chegado ao fim ou o risco de continuar e não atingir os objetivos seja considerado grande demais. Além disso, a definição do ciclo de vida do projeto identificará as ações a serem tomadas para fazer a transição deste e implementar seus resultados às operações em andamento da organização. O PMBOK (2004, p. 24) frisa que é necessário distinguir o ciclo de vida do projeto do ciclo de vida do produto. O primeiro pode ser uma parte do segundo, o qual é composto por outras fases que abrangem desde a identificação da necessidade comercial do produto até o acompanhamento dos resultados após a implantação do mesmo, como por exemplo, elaboração do Plano de Negócios, comercialização e atualização. A figura 5 ilustra a relação entre os ciclos de vida do projeto e do produto. Figura 5. Relação entre os ciclos de vida do projeto e do produto. Fonte: PMI, 2004.

28 Organização do Projeto Segundo o PMBOK (2004, p. 24), os stakeholders e a organização executora, com seu sistema de GP, cultura, estilo, estrutura organizacional e EGP podem exercer influência sobre os objetivos e resultados do projeto. O guia recomenda que a equipe de GP identifique as partes interessadas, suas necessidades, expectativas, responsabilidades e autoridade, e controle o nível de influência dos mesmos, tanto positiva quanto negativamente, em relação aos objetivos do projeto. Os stakeholders mais comuns são: Gerente do projeto: responsável pelo gerenciamento do projeto; Cliente ou usuário: pessoa ou organização que fará uso do produto ou serviço do projeto; Organização executora: empresa responsável pela execução do projeto; Equipe do projeto: colaboradores que executarão o trabalho do projeto; Equipe de gerenciamento do projeto: encarregados diretamente envolvidos nas atividades de gerenciamento do projeto; Patrocinador: Fornece os recursos financeiros para a realização do projeto; Influenciadores: Pessoas ou grupos que podem influenciar positiva ou negativamente o andamento do projeto; EGP: Pode ter responsabilidade direta ou indireta pelo resultado do projeto, caso exista na organização executora.

29 28 Figura 6. Relação entre os stakeholders do projeto. Fonte: PMI, A maturidade da organização executora também exerce influência sobre a realização do projeto. Organizações cujos sistemas organizacionais são baseados em projetos normalmente possuem sistemas de gerenciamento coordenados para dar suporte às necessidades dos mesmos de modo efetivo, enquanto que as que não são não os possuem. Da mesma forma, a cultura da organização quanto a normas, crenças, expectativas, valores compartilhados, políticas, procedimentos, hierarquia, visão ética e sistema funcional interferem diretamente no curso do projeto. A estrutura da organização, por sua vez, afeta também diversas características deste, dependendo se esta é funcional, matricial ou por projeto (PMI, 2004, p ). O quadro 1 mostra algumas dessas características e a relação destas com as diferentes estruturas organizacionais.

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos (ref. capítulos 1 a 3 PMBOK) TC045 Gerenciamento de Projetos Sergio Scheer - scheer@ufpr.br O que é Gerenciamento de Projetos? Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas

Leia mais

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr Projetos na área de TI Prof. Hélio Engholm Jr Projetos de Software Ciclo de Vida do Projeto Concepção Iniciação Encerramento Planejamento Execução e Controle Revisão Ciclo de Vida do Produto Processos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL A Filosofia do Gerenciamento de Serviços em TI Avanços tecnológicos; Negócios totalmente dependentes da TI; Qualidade, quantidade e a disponibilidade (infra-estrutura

Leia mais

GOVERNANÇA DE TI PMBoK (Project Management Body of Knowledge)

GOVERNANÇA DE TI PMBoK (Project Management Body of Knowledge) GOVERNANÇA DE TI PMBoK (Project Management Body of Knowledge) Governança de TI AULA 08 2011-1sem Governança de TI 1 Introdução ao Gerenciamento de Projetos HISTÓRIA PMI Project Management Institute: Associação

Leia mais

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Ciência da Computação Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Agenda Histórico Conceitos básicos Objetivos Visão Geral do Modelo Publicações: Estratégia de

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com PMBoK Processos de Gerenciamento de Projetos Para que um projeto seja bem-sucedido,

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi Administração de Ativos de TI Prof. André Montevecchi Introdução a ITIL Em um mundo altamente competitivo, de mudanças constantes e inesperadas, é preciso ter flexibilidade e agilidade suficientes para

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge 58 4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge No Brasil, as metodologias mais difundidas são, além do QL, o método Zopp, o Marco Lógico do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Mapp da

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS Atualizado em 31/12/2015 GESTÃO DE PROJETOS PROJETO Para o PMBOK, projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

A estrutura do gerenciamento de projetos

A estrutura do gerenciamento de projetos A estrutura do gerenciamento de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com 1 Information Technology Infrastructure Library 2 O que é o? Information Technology Infrastructure Library é uma biblioteca composta por sete livros

Leia mais

Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos

Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos Combining the ISO 10006 and PMBOK to ensure successful projects 1 Por Michael Stanleigh Tradução e adaptação para fins didáticos

Leia mais

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br ITIL Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Objetivo Prover uma visão geral sobre Gerenciamento de Serviços de TI: Conceito; Desafios; Estrutura; Benefícios;

Leia mais

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr Projetos na área de TI Prof. Hélio Engholm Jr Projetos de Software Ciclo de Vida do Projeto Concepção Iniciação Encerramento Planejamento Execução e Controle Revisão Ciclo de Vida do Produto Processos

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARE

GESTÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARE GESTÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARE Fernando L. F. Almeida falmeida@ispgaya.pt Principais Modelos Capability Maturity Model Integration (CMMI) Team Software Process and Personal Software Process (TSP/PSP)

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL

Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL Fernando Riquelme i Resumo. A necessidade por criar processos mais eficientes,

Leia mais

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto PMBOK 4ª Edição III O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto 1 PMBOK 4ª Edição III Processos de gerenciamento de projetos de um projeto 2 Processos de gerenciamento de projetos de um projeto

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS Ana Carolina Freitas Teixeira¹ RESUMO O gerenciamento de projetos continua crescendo e cada

Leia mais

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK http://www.sei.cmu.edu/ Prefácio do CMM Após várias décadas de promessas não cumpridas sobre ganhos de produtividade e qualidade na aplicação de novas metodologias

Leia mais

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3.

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3. 02m Conteúdo Apresentação do PMBOK Brasília, 25 de Junho de 2015 Fase 01 1.PMBOK e PMI 2. Conceitos 3.Processos Fase 02 4. Áreas de Conhecimento 10m Gerenciamento de Projetos Projeto A manifestação da

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de Projetos de TI. Alércio Bressano, MBA

Gerenciamento de Projetos de TI. Alércio Bressano, MBA Gerenciamento de Projetos de TI Alércio Bressano, MBA Os projetos possuem em seu código genético o fracasso! Eles nasceram para dar errado! Nós é que temos a responsabilidade de conduzí-los ao sucesso!

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Riscos em Projetos de TI Baseado no PMBOK

Sistema de Gerenciamento de Riscos em Projetos de TI Baseado no PMBOK 180 - Encontro Anual de Tecnologia da Informação Sistema de Gerenciamento de Riscos em Projetos de TI Baseado no PMBOK Thiago Roberto Sarturi1, Evandro Preuss2 1 Pós-Graduação em Gestão de TI Universidade

Leia mais

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Cartilha Gestão de Projetos SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Esta cartilha tem como objetivo transmitir os conceitos básicos relacionados ao Gerenciamento de Projetos e compartilhar da metodologia

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

Trilhas Técnicas SBSI - 2014

Trilhas Técnicas SBSI - 2014 brunoronha@gmail.com, germanofenner@gmail.com, albertosampaio@ufc.br Brito (2012), os escritórios de gerenciamento de projetos são importantes para o fomento de mudanças, bem como para a melhoria da eficiência

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

ITIL. Information Technology Infrastructure Library

ITIL. Information Technology Infrastructure Library Information Technology Infrastructure Library 34929 - Daniel Aquere de Oliveira 34771 - Daniel Tornieri 34490 - Edson Gonçalves Rodrigues 34831 - Fernando Túlio 34908 - Luiz Gustavo de Mendonça Janjacomo

Leia mais

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público.

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Sérgio Ricardo Fortes 1 ; Ana Cristina Dalborgo 2 1 EMTU Rua Joaquim Casemiro, 290, Bairro Planalto São Bernardo do Campo-SP

Leia mais

Como concluir um projeto com sucesso?

Como concluir um projeto com sucesso? Como concluir um projeto com sucesso? Luiz Eduardo Cunha, Eng. Professor da FAAP e do IMT 1 Luiz Eduardo Cunha Graduado em Engenharia de Produção EPUSP Pós-Graduado em Gestão do Conhecimento e Inteligência

Leia mais

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto?

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto? Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. Objetivos da aula 1) Dizer o que é gerenciamento de projetos e a sua importância; 2) Identificar os grupos de processos do gerenciamento de projetos

Leia mais

Implantando um Programa de Melhoria de Processo: Uma Experiência Prática

Implantando um Programa de Melhoria de Processo: Uma Experiência Prática Implantando um Programa de Melhoria de Processo: Uma Experiência Prática Evandro Polese Alves Ricardo de Almeida Falbo Departamento de Informática - UFES Av. Fernando Ferrari, s/n, Vitória - ES - Brasil

Leia mais

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 Gerenciamento de Serviços de TI Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 A Informática, ou Tecnologia da Informação, antigamente era vista como apenas mais um departamento, como um apoio à empresa. Hoje, qualquer

Leia mais

ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS

ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS O que é PROJETO Um empreendimento com começo e fim definidos, dirigido por pessoas, para cumprir objetivos estabelecidos dentro de parâmetros de custo, tempo e especificações.

Leia mais

Estudo sobre a Implantação de um Modelo de Governança de Tecnologia da Informação com COBIT e ITIL

Estudo sobre a Implantação de um Modelo de Governança de Tecnologia da Informação com COBIT e ITIL Estudo sobre a Implantação de um Modelo de Governança de Tecnologia da Informação com COBIT e ITIL Ana Clara Peixoto de Castro Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Goiânia GO - Brasil ac.anaclara@gmail.com

Leia mais

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1.

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 1.1 2 Introdução ao Gerenciamento de Projetos 3 1 Leitura

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

Gerência de Projetos

Gerência de Projetos Gerência de Projetos Escopo Custo Qualidade Tempo CONCEITO PROJETOS: são empreendimentos com objetivo específico e ciclo de vida definido Precedem produtos, serviços e processos. São utilizados as funções

Leia mais

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 1 CobIT Modelo abrangente aplicável para a auditoria e controle de processo de TI, desde o planejamento da tecnologia até a monitoração e auditoria de

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS O que é um Projeto? Regra Início e fim definidos Destinado a atingir um produto ou serviço único Escopo definido Características Sequência clara e lógica de eventos Elaboração

Leia mais

SINAL Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central Conceitos básicos em gerenciamento de projetos

SINAL Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central Conceitos básicos em gerenciamento de projetos Conceitos básicos em gerenciamento de projetos Projeto de regulamentação do Art. 192 da Constituição Federal Brasília (DF) Maio de 2009 i Conteúdo 1. Nivelamento de informações em Gerenciamento de Projetos...

Leia mais

ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente;

ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente; ITIL ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente; ITIL Mas o que gerenciar? Gerenciamento de Serviço de TI. Infra-estrutura

Leia mais

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO ITIL V3 1.1. Introdução ao gerenciamento de serviços. Devemos ressaltar que nos últimos anos, muitos profissionais da

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Information Technology Infrastructure Library ou Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação A TI de antes (ou simplesmente informática ),

Leia mais

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES MBA ARQUITETURA DE INTERIORES Coordenador: Carlos Russo Professor: Fábio Cavicchioli Netto, PMP 1 APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR CONHECENDO OS PARTICIPANTES EXPECTATIVAS DO GRUPO 2 SUMÁRIO PMI / PMBoK / Certificados

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos. Secretaria das Cidades. Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos. Secretaria das Cidades. Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos Secretaria das Cidades Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Evolução da Administração no Setor Público Melhores práticas de gestão

Leia mais

GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais

GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais Tecnologia e Mídias Digitais PUC SP Prof. Eduardo Savino Gomes 1 Afinal, o que vem a ser Gestão? 2 Gestão/Gerir/Gerenciar Gerenciar, administrar, coordenar

Leia mais

Plano de Governança de Tecnologia de Informação

Plano de Governança de Tecnologia de Informação Plano de Governança de Tecnologia de Informação Julho/2012 Junho/2014 1 Universidade Federal Fluminense Superintendência de Tecnologia da Informação Fernando Cesar Cunha Gonçalves Superintendência de Tecnologia

Leia mais

ITIL Overview. Gestão de Serviços de TI

ITIL Overview. Gestão de Serviços de TI ITIL Overview Gestão de Serviços de TI Sobre a ILUMNA Atuando na área Gerenciamento de Serviços em TI (ITSM) desde 1997, a ILUMNA presta serviços de Consultoria, Educação e Tecnologia, com o objetivo de

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Fundamentos Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira Atenção! Este material inclui anotações, imagens e notas que têm como objetivo exemplificar e esquematizar alguns dos conceitos

Leia mais

CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1ª edição - 2015 ÍNDICE INTRODUÇÃO...03 O QUE É UM PROJETO?...04 O QUE É UM PROGRAMA?...07 ESTUDOS E PROJETOS...08 O QUE É O GERENCIAMENTO DE PROJETOS...09 QUEM É

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA

OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Alcance melhores resultados através da gestão integrada de projetos relacionados ou que compartilham

Leia mais

Palavras-Chave: Aquisições; Planejamento de Aquisições; Controle de Aquisições; Projeto; Lead time; Processo; Meta.

Palavras-Chave: Aquisições; Planejamento de Aquisições; Controle de Aquisições; Projeto; Lead time; Processo; Meta. 1 A INFLUÊNCIA DO PLANEJAMENTO E CONTROLE DA AQUISIÇÃO NO PRAZO FINAL DO PROJETO Euza Neves Ribeiro Cunha RESUMO Um dos grandes desafios na gerência de projetos é planejar e administrar as restrições de

Leia mais

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis Vamos nos conhecer e definir as diretrizes de nosso curso??? www.eadistancia.com.br

Leia mais

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI COBIT Processos de TI Aplicativos Informações Infraestrutura Pessoas O que é o CObIT? CObIT = Control Objectives for Information and Related

Leia mais

Fatores Críticos de Sucesso em GP

Fatores Críticos de Sucesso em GP Fatores Críticos de Sucesso em GP Paulo Ferrucio, PMP pferrucio@hotmail.com A necessidade das organizações de maior eficiência e velocidade para atender as necessidades do mercado faz com que os projetos

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS Luis Fernando Vitorino 1, Moacir José dos Santos 2, Monica Franchi Carniello

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto

Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com PMBoK Organização do Projeto Os projetos e o gerenciamento

Leia mais

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas ECONOMISTA - RIVAS ARGOLO 2426/D 62 9905-6112 RIVAS_ARGOLO@YAHOO.COM.BR Objetivo deste mini curso : Mostrar os benefícios do gerenciamento de projetos

Leia mais

GERENCIAMENTO DE INCIDENTES COM AS PRÁTICAS ITIL

GERENCIAMENTO DE INCIDENTES COM AS PRÁTICAS ITIL FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Felipe Tanji Caldas GERENCIAMENTO DE INCIDENTES COM AS PRÁTICAS ITIL São Paulo 2011 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Felipe Tanji Caldas GERENCIAMENTO DE INCIDENTES

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Em conformidade com a metodologia PMI 1 Apresentações Paulo César Mei, MBA, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos e portfólios, sempre aplicando as melhores

Leia mais

PMBok x PRINCE2. Flávia David de Oliveira Gomes. Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes. Víctor Hugo Rodrigues de Barros

PMBok x PRINCE2. Flávia David de Oliveira Gomes. Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes. Víctor Hugo Rodrigues de Barros PMBok x Flávia David de Oliveira Gomes Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel flavia@cp2ejr.com.br Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel guilherme@inatel.br

Leia mais

PMBOK 4ª Edição I. Introdução

PMBOK 4ª Edição I. Introdução PMBOK 4ª Edição I Introdução 1 PMBOK 4ª Edição Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos Seção I A estrutura do gerenciamento de projetos 2 O que é o PMBOK? ( Project Management Body of Knowledge

Leia mais

ISO/IEC 20000:2005. Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006

ISO/IEC 20000:2005. Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006 ISO/IEC 20000:2005 Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006 André Jacobucci andre.jacobucci@ilumna.com +55 11 5087 8829 www.ilumna.com Objetivos desta Apresentação

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo IV Integração

Gerenciamento de Projetos Modulo IV Integração Gerenciamento de Projetos Modulo IV Integração Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Um Caso de Implantação de Processos de Prestação de Serviços de TI no BNDES

Um Caso de Implantação de Processos de Prestação de Serviços de TI no BNDES Um Caso de Implantação de Processos de Prestação de Serviços de TI no BNDES Suzana Mesquita de Borba Maranhão Moreno 1, André Jardim da Trindade 1, Ricardo Henrique Lopes Beckert 1, Rodrigo Simões Câmara

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

O Gerenciamento de Projetos na abordagem do

O Gerenciamento de Projetos na abordagem do Seminário de Desenvolvimento de Gestores de Programas e Projetos Fórum QPC O Gerenciamento de Projetos na abordagem do PMI - Project Management Institute Marco Antônio Kappel Ribeiro Presidente do PMI-RS

Leia mais

Gerenciamento da Integração com metodologia PMBOK 30 h/a

Gerenciamento da Integração com metodologia PMBOK 30 h/a da Integração com 30 h/a Facundo Barbosa, MBA, PMP, ITIL, CSP 85 9444.9544 e 85 4005.5644 facunndo@mdb.com.br Slide 1 Metodologia Explanação Discussões em grupo Exercícios práticos Apresentação e estudo

Leia mais

5.1 Introdução. 5.2 Project Management Institute (PMI)

5.1 Introdução. 5.2 Project Management Institute (PMI) 5 NORMALIZAÇÃO DA GESTÃO DE PROJETOS 5.1 Introdução Embora tradicionalmente o esforço de normalização pertença à International Standards Organization (ISO), no caso da gestão de projetos a iniciativa tem

Leia mais

2. Gerenciamento de projetos

2. Gerenciamento de projetos 2. Gerenciamento de projetos Este capítulo contém conceitos e definições gerais sobre gerenciamento de projetos, assim como as principais características e funções relevantes reconhecidas como úteis em

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal

Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal Histórico de Revisões Data Versão Descrição 30/04/2010 1.0 Versão Inicial 2 Sumário 1. Introdução... 5 2. Público-alvo... 5 3. Conceitos básicos...

Leia mais

ITIL (INFORMATION TECHNOLOGY INFRASTRUCTURE LIBRARY)

ITIL (INFORMATION TECHNOLOGY INFRASTRUCTURE LIBRARY) Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística INE Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Projetos I Professor: Renato Cislaghi Aluno: Fausto Vetter Orientadora: Maria

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com Gerenciamento de Projetos Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com MODELO DE GERENCIAMENTO PMI PMI (Project Management Institute); O modelo PMI é divido em áreas de conhecimento da

Leia mais

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Carlos Alberto Rovedder, Gustavo Zanini Kantorski Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares O Project Management Institute é uma entidade sem fins lucrativos voltada ao Gerenciamento de Projetos.

Leia mais

Information Technology Infrastructure Library (ITIL)

Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Metodologias de Sistemas 1 Profa. Rosângela Penteado Grupo Guilherme Leme Janito V. Ferreira Filho João Victor Martins Patrícia Inoue Nakagawa Rafael

Leia mais

Engenharia de Software Qualidade de Software

Engenharia de Software Qualidade de Software Engenharia de Software Qualidade de Software O termo qualidade assumiu diferentes significados, em engenharia de software, tem o significado de está em conformidade com os requisitos explícitos e implícitos

Leia mais

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS ISSN 1984-9354 GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS Emerson Augusto Priamo Moraes (UFF) Resumo Os projetos fazem parte do cotidiano de diversas organizações, públicas e privadas, dos mais diversos

Leia mais

Gestão por Processos. Gestão por Processos Gestão por Projetos. Metodologias Aplicadas à Gestão de Processos

Gestão por Processos. Gestão por Processos Gestão por Projetos. Metodologias Aplicadas à Gestão de Processos Gestão por Processos Gestão por Projetos Gestão por Processos Gestão de Processos de Negócio ou Business Process Management (BPM) é um modelo de administração que une gestão de negócios à tecnologia da

Leia mais

Diretrizes para Governança de T.I.

Diretrizes para Governança de T.I. Diretrizes para Governança de T.I. Karina Campos da Silva 1, Luís Augusto Mattos Mendes (Orientador) 1 1 Departamento de Ciências da Computação Universidade Presidente Antônio Carlos UNIPAC Barbacena,

Leia mais

Simulações em Aplicativos

Simulações em Aplicativos Simulações em Aplicativos Uso Avançado de Aplicativos Prof. Marco Pozam mpozam@gmail.com A U L A 0 4 Programação da Disciplina 20/Agosto: Conceito de Project Office. 27/Agosto: Tipos de Project Office.

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

A ITIL e o Gerenciamento de Serviços de TI

A ITIL e o Gerenciamento de Serviços de TI A ITIL e o Gerenciamento de Serviços de TI A era da informação Informação, palavra derivada do verbo latim "informare", que significa "disciplinar", "ensinar", "instruir", juntamente com o seu significado

Leia mais

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT LONDRINA - PR 2015 ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT Trabalho de Conclusão

Leia mais

PMI - PMBoK PMI PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. PMBoK PROJECT MANAGEMENT BODY OF KNOWLEDGE

PMI - PMBoK PMI PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. PMBoK PROJECT MANAGEMENT BODY OF KNOWLEDGE PMI - PMBoK PMI PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE PMBoK PROJECT MANAGEMENT BODY OF KNOWLEDGE 1 PMI- Project Management Institute Fundado nos Estudos Unidos em 1969; Instituto sem fins lucrativos, dedicado ao

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu. Gerenciamento de Projetos Web Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.br/frufrek Possui Especialização em Engenharia de Software e Banco de Dados pela

Leia mais

08/09/2011 GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS

08/09/2011 GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS GESTÃO DE PROJETOS Prof. Me. Luís Felipe Schilling "Escolha batalhas suficientemente grandes para importar, suficientemente pequenas para VENCER." Jonathan Kozol GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK 1 GERÊNCIA

Leia mais

Capítulo 1. Introdução ao Gerenciamento de Projetos

Capítulo 1. Introdução ao Gerenciamento de Projetos Capítulo 1 Introdução ao Gerenciamento de Projetos 2 1.1 DEFINIÇÃO DE PROJETOS O projeto é entendido como um conjunto de ações, executadas de forma coordenada por uma organização transitória, ao qual são

Leia mais

PMBOK e Gerenciamento de Projetos

PMBOK e Gerenciamento de Projetos PMBOK e Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de projetos (GP) é uma área de atuação e conhecimento que tem ganhado, nos últimos anos, cada vez mais reconhecimento e importância. Um dos principais difusores

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - SETI Versão 1.0 MANAUS-AM (2010) MDS Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais