Sete hábitos das pessoas muito eficazes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sete hábitos das pessoas muito eficazes"

Transcrição

1 Sete hábitos das pessoas muito eficazes "Hábito é a intersecção entre o conhecimento, a capacidade e a vontade. O conhecimento é o que e o porquê fazer. A capacidade é o como fazer. E a vontade é a motivação, o desejo de fazer. Para se tornar algo um hábito, se precisa reunir estes três elementos. Os sete hábitos das pessoas muito eficazes tratam precisamente deste novo nível de pensamento, de uma abordagem que vem de dentro para fora e se volta para a eficácia pessoal e interpessoal. HÁBITO 1 SER PRÓ-ATIVO Pró-atividade significa muito mais do que tomar a iniciativa. Implica na responsabilidade que as pessoas têm sobre suas vidas. O comportamento resulta de decisões tomadas, e não das condições externas. Tem-se a capacidade de subordinar os sentimentos aos valores. Possuí-se a iniciativa e responsabilidades suficientes para fazer com que as coisas aconteçam. As pessoas reativas são afetadas somente pelo ambiente físico. As pessoas pró-ativas agem sobre o ambiente. Os reativos são levados por sentimentos, circunstâncias, condições e ambiente. Os pró-ativos são guiados por seus valores, cuidadosamente pensados, selecionados e interiorizados. Eles continuam sendo influenciados pelos estímulos externos, sejam estes sociais, físicos ou psicológicos. Mas a resposta aos estímulos é uma escolha ou reação baseada em valores. Cada um dos outros seis hábitos a serem abordados dependem do aprimoramento das habilidades pró-ativas. O crescimento e as oportunidades estão reservados para os pró-ativos. HÁBITO 2 COMEÇAR COM O OBJETIVO NA MENTE Começar com o objetivo na mente se baseia no princípio de que todas as coisas são criadas em dois níveis. Há uma criação mental ou inicial, e uma criação física, ou segunda criação. Significa saber para onde se está indo, de modo a compreender melhor onde está agora, e dar passos sempre na direção

2 correta. Pode-se viver correndo, ser até muito eficiente, mas só será verdadeiramente eficaz, quando se tiver um objetivo na mente. A forma mais eficaz de se começar com o objetivo na mente é desenvolver uma declaração de missão pessoal. Ele se concentra naquilo que a pessoa deseja ser (caráter) e fazer (contribuições e conquistas), e nos valores ou princípios nos quais o ser e o fazer estão fundados. A autoconsciência leva a examinar os próprios pensamentos. Isso é particularmente útil para a criação de uma declaração de missão pessoal. HÁBITO 3 PRIMEIRO O MAIS IMPORTANTE O dois fatores que definem uma atividade são: urgente e importante. A administração eficaz do dia a dia nos recomenda a fazer primeiro o mais importante e não o mais urgente. Urgente significa que a atividade exige nossa atenção imediata. As coisas urgentes se impõem a nós. Elas nos pressionam, insistem para que alguma providência seja tomada. A importância, por outro lado, tem a ver com resultados. Se algo é importante, contribui para a missão, e metas prioritárias. As questões importantes que não são tão urgentes exigem mais iniciativa, mais pró-atividade. Precisa-se agir para aproveitar as oportunidades, para fazer com que as coisas aconteçam. Se não for praticado o Hábito 2, não se tem a ideia clara do que é importante, dos resultados que se pretende para a vida e se cai com facilidade na mera reação ao que é urgente. O quadrante II está no centro da administração pessoal eficaz. Ele lida com as coisas que não são urgentes, mas que são importantes. Ele lida com coisas como melhorar relacionamentos, redefinir uma declaração de missão pessoal, planejamento em longo prazo, exercícios, manutenção preventiva, preparação todas as coisas que se sabe que precisa ser feito, mas às quais raramente se é dedicado, pois se sabe que não são urgentes. HÁBITO 4 PENSE EM VENCER/VENCER Vencer-vencer não é uma técnica, mas sim uma filosofia completa de interação humana. É um estado de espírito que busca constantemente o benefício mútuo em todas as interações humanas. Significa entender que os acordos e

3 soluções são mutuamente benéficos, mutuamente satisfatórios. Com uma solução do tipo vencer-vencer, todas as partes se sentem bem com a decisão, e comprometidas com o plano de ação. Vencer-vencer se baseia no paradigma de que há bastante para todos, que o sucesso de uma pessoa não se conquista com o sacrifício ou exclusão da outra. O princípio vencer-vencer é fundamental para o sucesso de todas as interações, e abrange dimensões como o caráter, passando para os relacionamentos, derivando para os acordos. Vencer-vencer tem como base o caráter dos envolvidos. E para que o resultado seja o de compartilhar prestígio, reconhecimento, lucros e tomada de decisões é necessário que haja: Integridade - valor que damos a nós mesmos. Maturidade - equilíbrio entre a coragem e a consideração. Mentalidade da abundância - paradigma que diz que há o bastante para todos. Vencer-vencer só pode sobreviver em uma organização quando os sistemas sustentam esta atitude. Vencer-vencer coloca a responsabilidade no indivíduo, que deve conquistar resultados específicos dentro de parâmetros claros e recursos disponíveis. HÁBITO 5 PROCURE COMPREENDER, DEPOIS SER COMPREENDIDO Este princípio é a chave para a comunicação interpessoal eficaz. A comunicação é uma das habilidades mais importantes e requer não apenas o falar, mas também o ouvir, o escutar com a intenção de compreender e não de responder. Quando se fala em atenção empática, a referência é à atenção com a finalidade de compreender. A atenção empática entra dentro do quadro de referências da outra pessoa. A essência da atenção empática não está em concordar com alguém, mas sim em compreender aquela pessoa profundamente, tanto no plano emocional quanto intelectual. Procure primeiro compreender. Antes que os problemas apareçam, antes de avaliar e receitar, antes de mostrar as próprias ideias procure compreender. Trata-se de um hábito poderoso de interdependência eficaz

4 HÁBITO 6 SINERGIZAR O que é sinergia? Em uma definição simples, significa que o todo é maior do que a soma das partes. A sinergia é a essência da liderança baseada em princípios. Ela catalisa, unifica e libera os poderes existentes dentro das pessoas. Quando corretamente compreendida, a sinergia é a atividade mais dinâmica de toda a vida o verdadeiro teste e a manifestação de todos os outros hábitos vistos em conjunto. A sinergia funciona. É a eficácia em uma realidade interdependente é o trabalho em equipe, a criação conjunta, o desenvolvimento da unidade e da criatividade junto com outros seres humanos. Pode-se valorizar as diferenças nas outras pessoas. Quando houver uma discordância, não precisa concordar, simplesmente reconhecer e procurar compreender. Quando tiver só duas alternativas, a sua e a do outro, pode-se procurar uma terceira, a sinérgica. Quase sempre ela existe e, se for trabalhada uma filosofia vencer-vencer e realmente procurar compreender, consegue-se encontrar uma solução que será a melhor para todos. HÁBITO 7 - AFINANDO O INSTRUMENTO O hábito 7 significa parar para afinar o instrumento. Ele rodeia os outros hábitos do paradigma dos sete hábitos porque é o hábito que mantém todos os outros possíveis. O hábito 7 representa a capacidade de renovação pessoal. Preserva e melhora o bem mais precioso você mesmo. Renova as quatro dimensões de sua natureza física, espiritual, mental e social/emocional. FÍSICA Exercícios, Nutrição, Descanso, Cuidados com o corpo. MENTAL - SOCIAL EMOCIONA Leitura, visualização positiva, Pensar, Planejar, Ler e Escrever, Ajuda, Empatia, Sinergia, Segurança Interna. ESPIRITUAL Clareza de valores, Envolvimento, Estudo e Meditação.

5 CONCLUSÃO: Quanto mais pró-ativa a pessoa for (Hábito 1 ser pró-ativo), mais eficaz será no exercício da sua liderança pessoal; (Hábito 2 começar com o objetivo na mente) e na administração de sua vida (Hábito 3 primeiro o mais importante). Quanto mais eficácia na administração de sua vida, mais atividades renovadoras terá (Hábito 7 afinar os instrumentos). Quanto mais se procura primeiro compreender (Hábito 5 procure compreender e depois ser compreendido), mais eficaz será na busca de soluções sinérgicas (Hábitos 4 vencer-vencer e 6 - sinergizar). Quanto mais se aprimora nos hábitos que levam à independência (Hábitos 1, 2 e 3), mais eficaz será em situações interdependentes (Hábitos 4, 5 e 6). E a renovação (Hábito 7) será o processo de revitalizar todos os outros hábitos. Fonte: Stephen R. Covey

Relacionamento Interpessoal na Auditoria: Você está preparado? Elisabeth Sversut

Relacionamento Interpessoal na Auditoria: Você está preparado? Elisabeth Sversut Relacionamento Interpessoal na Auditoria: Você está preparado? Elisabeth Sversut Você está preparado? Pense bem... Curso superior, pós-graduação, dois idiomas... Um Auditor Como qualquer outro profissional,

Leia mais

PROCESSO DE COMUNICAÇÃO Conceitos básicos. Prof Dr Divane de Vargas Escola de Enfermagem Universidade de São Paulo

PROCESSO DE COMUNICAÇÃO Conceitos básicos. Prof Dr Divane de Vargas Escola de Enfermagem Universidade de São Paulo PROCESSO DE COMUNICAÇÃO Conceitos básicos Prof Dr Divane de Vargas Escola de Enfermagem Universidade de São Paulo PROCESSO DE COMUNICAÇÃO A comunicação permeia toda a ação do enfermeiro PROCESSO DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

Inteligência Lingüística:

Inteligência Lingüística: Inteligência Lingüística: Capacidade de lidar bem com a linguagem, tanto na expressão verbal quanto escrita. A linguagem é considerada um exemplo preeminente da inteligência humana. Seja pra escrever ou

Leia mais

CENÁRIO ATUAL e PERSPECTIVAS FUTURAS da AÇÃO SOCIAL. Jôer Corrêa Batista

CENÁRIO ATUAL e PERSPECTIVAS FUTURAS da AÇÃO SOCIAL. Jôer Corrêa Batista CENÁRIO ATUAL e PERSPECTIVAS FUTURAS da AÇÃO SOCIAL Jôer Corrêa Batista Considerações Preliminares. Filantropia Assistência Ação Social Transformação Social Tendências O amadorismo no Terceiro Setor vem

Leia mais

Uma avaliação de Jose Teste para o cargo de Tecnico em Automação Industrial

Uma avaliação de Jose Teste para o cargo de Tecnico em Automação Industrial Uma avaliação de para o cargo de Tecnico em Automação Industrial Preparada para Caliper Estrategias Humanas do Brasil Ltda. 26 de agosto de 205 Perfil Caliper concluído em 26 de agosto de 205 Caliper Estratégias

Leia mais

PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA. Prof. Araken Patusca Linhares

PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA. Prof. Araken Patusca Linhares PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA Prof. Araken Patusca Linhares UNIDADE I Surgimento do Empreendedorismo Postura e comportamento do Empreendedor A importância do Empreendedor na sociedade Motivação do

Leia mais

Sistema de. e B o o k. Liderança. Pessoal. baseado em princípios atemporais de eficácia

Sistema de. e B o o k. Liderança. Pessoal. baseado em princípios atemporais de eficácia e B o o k Sistema de Liderança Pessoal baseado em princípios atemporais de eficácia Índice Introdução Os 7 Hábitos são um sistema operacional Continuum da Maturidade - Desenvolvimento de Liderança Pessoal

Leia mais

CAPACITAÇÃO PARA CONCILIADORES E MEDIADORES

CAPACITAÇÃO PARA CONCILIADORES E MEDIADORES CAPACITAÇÃO PARA CONCILIADORES E MEDIADORES 1 COMPORTAMENTO HUMANO E COMUNICAÇÃO 2 A experiência mostra que os homens são governados por aquilo que costumam ver e fazer, a ponto de, mesmo as melhorias

Leia mais

ATA Assistente Técnico Administrativo Trabalho em Equipe Gestão Pública Keyvila Menezes

ATA Assistente Técnico Administrativo Trabalho em Equipe Gestão Pública Keyvila Menezes ATA Assistente Técnico Administrativo Trabalho em Equipe Gestão Pública Keyvila Menezes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Evolução do trabalho em equipe Grupos

Leia mais

Aula 01: Introdução e conceitos básicos. Ghislaine Miranda Bonduelle

Aula 01: Introdução e conceitos básicos. Ghislaine Miranda Bonduelle Aula 01: Introdução e conceitos básicos Ghislaine Miranda Bonduelle Introdução Importância da Qualidade Evolução da Qualidade Qualidade Qualidades dos produtos (ou serviços) De acordo com exigência explícita

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS Atualizado em 27/10/2015 CONCEITOS BÁSICOS Administração, em seu conceito tradicional, é definida como um conjunto de atividades, princípios, regras, normas que têm

Leia mais

Dale Carnegie Training

Dale Carnegie Training Dale Carnegie Training Copyright 2015 Dale Carnegie & Associates, Inc. All rights reserved. Dynamics_Engagement_031015_Portuguese QUAL É O GRAU DE ENGAJAMENTO DOS SEUS COLABORADORES? Um funcionário totalmente

Leia mais

Proposta central: refletir sobre a própria ação

Proposta central: refletir sobre a própria ação Proposta central: refletir sobre a própria ação Modelos mentais Humores Nossa ação Crenças e intenções Sentimentos Espaço de intervenção no mundo: qual mundo? Ação Interferência Impacto Não bastam boas

Leia mais

TREINAMENTO COMERCIAL

TREINAMENTO COMERCIAL TREINAMENTO COMERCIAL Potencializando a Equipe de Vendas Conceitos Equivocados Sou atendente e não vendedora; Não reconhecer a área de vendas como profissão; Não tenho dom de vender. Potencializando a

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Técnicas de Negociação Administração A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

Pesquisa Jornal Primeiras Letras Fortaleza

Pesquisa Jornal Primeiras Letras Fortaleza Pesquisa Jornal Primeiras Letras Fortaleza Pesquisa realizada em fevereiro 2013, mediante questionários anônimos aplicados nas capacitações realizadas nesse mês. Participaram coordenadoras pedagógicas

Leia mais

QUEM É ROQUE FERNANDO

QUEM É ROQUE FERNANDO QUEM É ROQUE FERNANDO PALESTRANTE E COACH ESPECIALISTA EM DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Trabalhou mais de 15 anos junto ao grupo Impacta Tecnologia, o maior centro de treinamentos de tecnologia da América

Leia mais

Estudo de caso da Galeteria Pingão

Estudo de caso da Galeteria Pingão Estudo de caso da Galeteria Pingão APRESENTAÇÃO Iolanda Ferreira Nicácio Objetivo Geral: observar o estilo de liderança na Galeteria Pingão e analisar a influência do líder sobre seus liderados Objetivos

Leia mais

Você gostaria de ouvir melhor com uma solução auditiva invisível?

Você gostaria de ouvir melhor com uma solução auditiva invisível? Claris D i 100/D80 Você gostaria de ouvir melhor com uma solução auditiva invisível? Claris D i, invisível A perda auditiva é uma parte natural da vida A solução está aqui Você não está sozinho. Milhões

Leia mais

Roteiro Trabalho de RH

Roteiro Trabalho de RH Roteiro Trabalho de RH Fase I - Caracterização de Empresa -Histórico -Porte -Setor/Posição de Mercado/Atuação (local, regional, nacional e internacional) -Principais Produtos ou Serviços - Organograma

Leia mais

Anexo II - Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde

Anexo II - Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde Anexo II - Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde 95 96 Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde Princípio 1 Foco no cliente: dado que as organizações dependem

Leia mais

ROTEIRO ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAS

ROTEIRO ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAS FILIPE S. MARTINS ROTEIRO ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAS LIDERANÇA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO LIDERANÇA É UM DOS PAPÉIS DOS ADMINISTRADORES. O LÍDER INFLUENCIA O COMPORTAMENTO DE UM OU MAIS LIDERADOS OU SEGUIDORES.

Leia mais

Gestão e Empreendedorismo

Gestão e Empreendedorismo Unidade III Gestão e Empreendedorismo Eliomar Borges Furquim Plano de negócios (PN): uma Visão geral. Objetivo específico - Ao concluir este módulo, você vai ser capaz de compreender o que é um Plano de

Leia mais

Alfredo Duarte (11) (11)

Alfredo Duarte (11) (11) P-32 COMO AUMENTAR O SUCESSO DA FORÇA DE VENDAS Alfredo Duarte alfredoduarte@empreenda.net (11) 5183-9898 (11) 9912-0617 "Quero melhorar em tudo. Sempre." Maturidade Funcional em Vendas Colaborador Data

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Inteligência Emocional. Nome Sample Candidate. Data 23 outubro

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Inteligência Emocional. Nome Sample Candidate. Data 23 outubro OPQ Perfil OPQ Relatório de Inteligência Emocional Nome Sample Candidate Data www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este relatório descreve as competências-chave para o da Inteligência Emocional (IE), que se pode

Leia mais

Manual do Aluno Engenharia Insper i

Manual do Aluno Engenharia Insper i Manual do Aluno Engenharia Insper i Capítulo 1 A visão do Insper para a Engenharia A missão dos cursos de engenharia do Insper é: Desenvolver jovens engenheiros que estarão preparados para reconhecer as

Leia mais

A orientação de Marketing e a

A orientação de Marketing e a A orientação de Marketing e a Orientação de Marketing Holístico UNIBAN Instituto de Comunicação Curso de Tecnologia em Marketing Unidade Tatuapé SP Disciplina Estratégias de Marketing Prof. Me. Francisco

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas Rev. 00 de Março/2013 1/208 1/ 42 Rodrigo Sousa Atuação: Instrutor de treinamentos Consultor e Auditor em Sistemas de Gestão da Qualidade

Leia mais

Recrutamento e Seleção Inteligente

Recrutamento e Seleção Inteligente Recrutamento e Seleção Inteligente A MUV RH A Muv Recursos Humanos foi criada em 2012 a partir da vontade de inovar dos sócios. Aliamos conhecimentos da Psicologia e da Tecnologia, assim tocamos nossos

Leia mais

COLÉGIO CASTRO ALVES - EFMP

COLÉGIO CASTRO ALVES - EFMP COLÉGIO CASTRO ALVES - EFMP TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Prof. Paulo Sérgio Tagata 1 HABILIDADES DO ADMINISTRADOR 1.1 OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM Ao finalizar o estudo deste capítulo, o aluno deverá

Leia mais

Liderança. A liderança é passível de ser adquirida e ser desenvolvida em qualquer ambiente de relacionamentos.

Liderança. A liderança é passível de ser adquirida e ser desenvolvida em qualquer ambiente de relacionamentos. CHEFIA E LIDERANÇA Liderança A liderança é passível de ser adquirida e ser desenvolvida em qualquer ambiente de relacionamentos. Liderança Liderar significa possuir a capacidade e o discernimento para

Leia mais

PROFESSORES REFLEXIVOS EM UMA ESCOLA REFLEXIVA. ALARCÃO, ISABEL 4ª ed., São Paulo, Cortez, 2003

PROFESSORES REFLEXIVOS EM UMA ESCOLA REFLEXIVA. ALARCÃO, ISABEL 4ª ed., São Paulo, Cortez, 2003 PROFESSORES REFLEXIVOS EM UMA ESCOLA REFLEXIVA ALARCÃO, ISABEL 4ª ed., São Paulo, Cortez, 2003 CAP. 1 Alunos, professores e escola face à sociedade da informação A sociedade da informação em que vivemos;

Leia mais

Afinando os instrumentos da comunicação do líder nas organizações.

Afinando os instrumentos da comunicação do líder nas organizações. Afinando os instrumentos da comunicação do líder nas organizações Mirieli Colombo, Fga Fga. Especialista em Voz Especialista em Dinâmica dos Grupos Master em PNL Personal e Profissional Coaching EUA, 70

Leia mais

Unidade móvel (11) Base São Paulo (11) Base Rio de Janeiro (21)

Unidade móvel (11) Base São Paulo (11) Base Rio de Janeiro (21) Quem somos nós O Instituto Agoge é uma microempresa brasileira que tem por atividade principal o estudo e a pesquisa experimental multidisciplinar em áreas das ciências sociais e humanas, visando o desenvolvimento

Leia mais

Comunicação Definição: A comunicação humana é um processo que envolve a troca de informações e utiliza os sistemas simbólicos como suporte para este f

Comunicação Definição: A comunicação humana é um processo que envolve a troca de informações e utiliza os sistemas simbólicos como suporte para este f Comunicação em Cuidados Paliativos Ana Valeria de Melo Mendes Comunicação Definição: A comunicação humana é um processo que envolve a troca de informações e utiliza os sistemas simbólicos como suporte

Leia mais

Sejam todas Bem Vindas

Sejam todas Bem Vindas Sejam todas Bem Vindas USE SEU CÉREBRO A SEU FAVOR DESCOBRINDO COMO ELE FUNCIONA!!! By... Karina Alves Montalbini Diretora Futura Executiva da Mary Kay VAMOS VERIFICAR 3 ITENS IMPORTANTES - CORAGEM (É

Leia mais

Os Recursos Humanos e o TQM

Os Recursos Humanos e o TQM Os Recursos Humanos e o TQM Considerações Iniciais> Círculos de Controle de Qualidade> Trabalhos em equipes> > PPGEP / UFRGS ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Os Recursos Humanos e o TQM TQM conjugação de métodos

Leia mais

Criatividade e Inteligência Emocional

Criatividade e Inteligência Emocional Criatividade e Inteligência Emocional Formato do curso: Presencial Preço: 730 Nível: Intermédio Duração: 24 horas As emoções determinam em grande medida a direção da nossa vida, tanto no que se refere

Leia mais

Resiliência: Superando sua dificuldades. Kaique Mathias Da Silva Wendel Juan Oliveira Reolon

Resiliência: Superando sua dificuldades. Kaique Mathias Da Silva Wendel Juan Oliveira Reolon Resiliência: Superando sua dificuldades Kaique Mathias Da Silva Wendel Juan Oliveira Reolon Dedicamos este livro ao Professor Marcelino Felix, por nos incentivar a faze-lo. ÍNDICE 1 O que é Resiliência

Leia mais

Dinâmica interna de Grupos

Dinâmica interna de Grupos Dinâmica interna de Grupos Cap. 6 - A dinâmica interna dos grupos, do livro: BEAL, G., BOHLEN, J., RAUDABAUGH, J. N. Liderança e dinâmica de grupo. Rio de Janeiro: Zahar, 1990. pag 59 a 90 Manifestações

Leia mais

Auto-Estima. Elaboração:

Auto-Estima. Elaboração: Auto-Estima Elaboração: www.searadomestre.com.br Estima 1. Apreciação favorável de uma pessoa ou coisa; amizade, apreço, afeição. 2. Consideração. 3. Estimativa, avaliação. O que é Qualidade de Vida? Requisitos

Leia mais

ADM29008 Administração para Engenharia

ADM29008 Administração para Engenharia ADM29008 Administração para Engenharia Prof. Henrique 2016/1 Roteiro... Introdução Métodos de Seleção: Avaliação curricular Prova objetiva Dinâmica em grupo Entrevista Referências... Introdução... Provisão

Leia mais

Tecnologia Educacional Eficaz. Prof. David Prata Setembro de 2016

Tecnologia Educacional Eficaz. Prof. David Prata Setembro de 2016 Tecnologia Educacional Eficaz Prof. David Prata Setembro de 2016 Por onde começar? Visão Pedagógica Quais são suas metas de aprendizagem para seus alunos? O que é que você quer que eles sejam capazes de

Leia mais

Modelo Curricular High/Scope

Modelo Curricular High/Scope Modelo Curricular High/Scope Origem e Evolução Década de 60: David Weikart inicia Perry Preschool Project Combate ao Insucesso Escolar Intervenção precoce Escolha do modelo curricular Investigação Década

Leia mais

23/08/2013. Pedagogia. Sete princípiosde diferenciaçãoda qualidade profissional docente conforme Pinheiro (2013):

23/08/2013. Pedagogia. Sete princípiosde diferenciaçãoda qualidade profissional docente conforme Pinheiro (2013): Pedagogia Profª Adriana Barroso de Azevedo Planejamento das atividades de ensino: processo de construção de aula e ambiência de aprendizagem Do ensinar conteúdos à ambiência da aprendizagem desafios da

Leia mais

O que torna uma empresa um lugar ruim para se trabalhar?

O que torna uma empresa um lugar ruim para se trabalhar? WORKSHOP DIAMOND O que torna uma empresa um lugar ruim para se trabalhar? DEMISSÃO SEM RESPEITO FALTA DE QUALIDADE DE VIDA FALTA DE RECONHECIMENTO METAS INATINGÍVEIS LÍDERES DESPREPARADOS IGNORAR AS DEMANDAS

Leia mais

Proporcionar aos participantes a aquisição de aptidões específicas nos domínios da expressão/comunicação e das capacidades relacionais

Proporcionar aos participantes a aquisição de aptidões específicas nos domínios da expressão/comunicação e das capacidades relacionais Assertividade Formato do curso: Presencial Localidade: Lisboa Data: 07 Nov. 2016 a 08 Nov. 2016 Preço: 625 Horário: Laboral - 09h00-17h00 Nível: Intermédio Duração: 14 horas No final desta ação, os participantes

Leia mais

Escrito por Administrator Qua, 11 de Junho de :55 - Última atualização Qui, 12 de Junho de :42

Escrito por Administrator Qua, 11 de Junho de :55 - Última atualização Qui, 12 de Junho de :42 Virgem com Áries Uma relação de aprendizado. Aqui teremos o confronto entre a ordem e o método virginiano em teste com a impulsividade dinâmica ariana. Ambos podem ganhar muito dentro deste contato. Um

Leia mais

Como Garantir o Sucesso no Gerenciamento de Projetos com Foco em Liderança e Gestão. Paul Dinsmore

Como Garantir o Sucesso no Gerenciamento de Projetos com Foco em Liderança e Gestão. Paul Dinsmore Como Garantir o Sucesso no Gerenciamento de Projetos com Foco em Liderança e Gestão Paul Dinsmore PAUL DINSMORE Autoridade em Gerenciamento de Projetos e Gestão Organizacional. Autor ou coordenador de

Leia mais

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância Colégio Valsassina Modelo pedagógico do jardim de infância Educação emocional Aprendizagem pela experimentação Educação para a ciência Fatores múltiplos da inteligência Plano anual de expressão plástica

Leia mais

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação.

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação. IMPORTANTE: Em ótimas condições do ambiente, a grande maioria das pessoas pode ter a capacidade de desempenhar-se adequadamente em quaisquer das seguintes competências. Referimo-nos a "ótimas condições"

Leia mais

Política de Sustentabilidade. Junho /2010. PI Rev. A

Política de Sustentabilidade. Junho /2010. PI Rev. A Junho /2010 PI.034.00000001 Rev. A SUMÁRIO 1. SUSTENTABILIDADE : ESSÊNCIA DA CAB AMBIENTAL 2. MISSÃO 3.VISÃO 4. OBEJTIVO 5. SUSTENTABILIDADE NA PRÁTICA 6. COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO CHAVES PARA O SUCESSO

Leia mais

Escola inclusiva e o professor

Escola inclusiva e o professor Escola inclusiva e o professor Profa Sandra Braga Temas 1- Escola inclusiva 2- Currículo na escola inclusiva 3- O professor inclusivo e sua formação 4- Práticas de sala de aula inclusiva 5- Flexibilização

Leia mais

Ganhar mais, só com muito esforço. Ronaldo Bianchi

Ganhar mais, só com muito esforço. Ronaldo Bianchi Negociação Ganhar mais, só com muito esforço Ronaldo Bianchi 1 Negociação Negociação como a principal competência na administração Porque negociar? Saber negociar é inato? 2 Porque saber negociar? Para

Leia mais

INTRODUÇÃO À METODOLOGIA GRUPOSER PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL

INTRODUÇÃO À METODOLOGIA GRUPOSER PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL INTRODUÇÃO À METODOLOGIA GRUPOSER PARA PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL O que é Clima mesmo? Clima é a percepção coletiva que as pessoas têm da empresa, através da vivência de práticas, políticas, estrutura,

Leia mais

TEMA: COMO DESENVOLVER PERSEVERANÇA

TEMA: COMO DESENVOLVER PERSEVERANÇA TEMA: COMO DESENVOLVER PERSEVERANÇA Texto: II CORINTIOS 4: 7-10; 16-18 INTRODUÇÃO: A pressão leva muitas pessoas a sentir vontade de desistir. Todos nos por conta das dificuldades sentimos vontade de desistir.

Leia mais

PSICOLOGIA E GERENCIAMENTO DE PESSOAS. DISCIPLINA: RELACIONAMENTO INTERPESSOAL Prof. Dr. Márcio Magalhães Fontoura

PSICOLOGIA E GERENCIAMENTO DE PESSOAS. DISCIPLINA: RELACIONAMENTO INTERPESSOAL Prof. Dr. Márcio Magalhães Fontoura PSICOLOGIA E GERENCIAMENTO DE PESSOAS DISCIPLINA: RELACIONAMENTO INTERPESSOAL Prof. Dr. Márcio Magalhães Fontoura Psicologia Objeto de Estudo Psique = alma + logos = estudo Grécia berço da Psicologia Desejo

Leia mais

Protagonismo Secretarial AULA 5. Temas: Comportamento Empreendedor Intraempreendedores

Protagonismo Secretarial AULA 5. Temas: Comportamento Empreendedor Intraempreendedores Protagonismo Secretarial AULA 5 Temas: Comportamento Empreendedor Intraempreendedores E qual deve ser o comportamento de um empreendedor? Pesquisas recentes realizadas nos Estados Unidos mostram que o

Leia mais

Dicas Crie um estilo pessoal

Dicas Crie um estilo pessoal Introdução Esse mini ebook foi feito especialmente para você que deseja conquistar lindas mulheres. Nas próximas páginas será compartilhado dicas práticas para que você conquiste mulheres de forma mais

Leia mais

Avaliação de Desempenho

Avaliação de Desempenho 1 Avaliação de Desempenho Cabe ao Franqueado Operador avaliar o desempenho dos profissionais e diagnosticar as causas do mau desempenho, identificando a diferença entre o desempenho real e o desempenho

Leia mais

Entrevista Carreira Correio Braziliense

Entrevista Carreira Correio Braziliense Entrevista Carreira Correio Braziliense 1. Por que as habilidades pessoais (ou socioemocionais) são cada vez valorizadas? As pessoas são contratadas por seu currículo, ou seja, pela formação acadêmica

Leia mais

FORMAÇÃO DO TRABALHADOR E O DESENVOLVIMENTO DO SEU CONHECIMENTO. Resumo

FORMAÇÃO DO TRABALHADOR E O DESENVOLVIMENTO DO SEU CONHECIMENTO. Resumo FORMAÇÃO DO TRABALHADOR E O DESENVOLVIMENTO DO SEU CONHECIMENTO Carolina Vivian da Cunha-UNISC GE: Memórias, Trajetórias e Experiência na Educação. Resumo A formação dos trabalhadores é um assunto a ser

Leia mais

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de Gestão de Pessoas Hoje a sociedade busca desenvolver trabalhos para aprimorar o conhecimento das pessoas em um ambiente de trabalho. A capacitação e o preparo que uma organização deve ter para com os seus

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO INTRODUÇÃO As diferentes unidades que compõem o conjunto de cadernos, visam desenvolver práticas de ensino de matemática que favoreçam as aprendizagens dos alunos. A

Leia mais

Avaliando o desenvolvimento de competências em sala de aula Júlio Furtado www.juliofurtado.com.br www.juliofurtado.com.br 1 Roteiro: O sentido de desenvolver competências Ensinar conteúdos X desenvolver

Leia mais

Gestão Estratégica da Qualidade

Gestão Estratégica da Qualidade UNIVERSIDADE DE SOROCABA Curso Gestão da Qualidade Gestão Estratégica da Qualidade Professora: Esp. Débora Ferreira de Oliveira Aula 2 16/08 Objetivo: relembrar o que foi dado, tirar possíveis dúvidas

Leia mais

Gestão em Saúde LIDERANÇA

Gestão em Saúde LIDERANÇA Gestão em Saúde LIDERANÇA Profa. Ms. Raquel J. Oliveira Lima A administração tinha como objetivos principais: alcançar a eficiência e eficácia, Hoje alcançar a excelência por meio da eficiência e eficácia

Leia mais

Liderança Transpessoal para o Século XXI - Liderando Além do Ego -

Liderança Transpessoal para o Século XXI - Liderando Além do Ego - Liderança Transpessoal para o Século XXI - Liderando Além do Ego - John Knights www.leadershape.biz www.etiquetaempresarial.com.br ee@etiquetaempresarial.com.br Apr-15 1 CONSCIÊNCIA MUDANDO COMPORTAMENTOS

Leia mais

A ESSÊNCIA DA LIDERANÇA

A ESSÊNCIA DA LIDERANÇA SUMÁRIO 1. As Definições 2. O Velho Paradigma e o Novo Paradigma 3. O Modelo da Liderança 4. O Legado do Líder Prof. Dr. Francisco Chaves 1. As Definições: Estar no poder é como ser uma dama. Se tiver

Leia mais

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico 1º Ciclo Ao longo do 1º ciclo do Ensino Básico, todos os alunos devem desenvolver as competências gerais do Ensino Básico. Competências Gerais do Ensino Básico 1. Mobilizar saberes culturais, científicos

Leia mais

Aspectos Gerais do Planejamento

Aspectos Gerais do Planejamento PLANEJAMENTO Prof. Thiago Gomes Aspectos Gerais do Planejamento Conceito Planejamento é o processo sistemático de planejar o futuro, definindo objetivos e resultados que se quer atingir e o que vai se

Leia mais

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade

Roteiro para análise do filme Escritores da. Liberdade Roteiro para análise do filme Escritores da Liberdade É importante reforçar que toda a comunidade escolar é responsável e participante no processo educativo e que a ação dos funcionários na escola é, sobretudo,

Leia mais

E se você viu, acredito que você pôde ter um gostinho do que é astrologia e como ela pode te ajudar a se conhecer melhor.

E se você viu, acredito que você pôde ter um gostinho do que é astrologia e como ela pode te ajudar a se conhecer melhor. Olá! Se você chegou até aqui é porque provavelmente assistiu ao vídeo, estou certa? Se por acaso você não tiver visto ainda, talvez seja melhor minimizar esse arquivo e correr lá primeiro O vídeo dura

Leia mais

CAPACITAÇÃO DIDÁTICA COMPORTAMENTAL Freqüência obrigatória de 100% SALA 10 PRÉDIO 1

CAPACITAÇÃO DIDÁTICA COMPORTAMENTAL Freqüência obrigatória de 100% SALA 10 PRÉDIO 1 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DE MONITORES CAPACITAÇÃO DIDÁTICA COMPORTAMENTAL Freqüência obrigatória de 100% SALA 10 PRÉDIO 1 CAPACITAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA -14 de agosto a 11 de setembro de 2014 Prof. José

Leia mais

Atenção >> Este é um momento para você ser sincero consigo mesmo. Responda

Atenção >> Este é um momento para você ser sincero consigo mesmo. Responda Como usar essa autoanálise: Sempre que marcar uma característica na coluna da esquerda (sucesso), some mais um pontinho... sempre que marcar na coluna da direita (estagnação), subtraia um ponto. No final

Leia mais

PROGRAMA DE MÉTODOS E HÁBITOS DE ESTUDO

PROGRAMA DE MÉTODOS E HÁBITOS DE ESTUDO PROGRAMA DE MÉTODOS E HÁBITOS DE ESTUDO MOTIVAR PARA O SUCESSO PRESSUPÕE INTERESSE, INVESTIMENTO, DISPONIBILIDADE, VONTADE, COMPETÊNCIA E ENVOLVIMENTO DE TODOS OS INTERVENIENTES NO PROCESSO EDUCATIVO!

Leia mais

INSTRUMENTOS TÉCNICO-OPERATIVOS UTILIZADOS NA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

INSTRUMENTOS TÉCNICO-OPERATIVOS UTILIZADOS NA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL INSTRUMENTOS TÉCNICO-OPERATIVOS UTILIZADOS NA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Os Serviços da Proteção Social Básica, Média e Alta Complexidade exigem trabalho social interdisciplinar. Implica ainda, em

Leia mais

Wilza Carla Spiri TRABALHO EM EQUIPE E PROCESSO GRUPAL GERENCIAMENTO DE CONFLITOS E NEGOCIAÇÃO

Wilza Carla Spiri TRABALHO EM EQUIPE E PROCESSO GRUPAL GERENCIAMENTO DE CONFLITOS E NEGOCIAÇÃO TRABALHO EM EQUIPE E PROCESSO GRUPAL GERENCIAMENTO DE CONFLITOS E NEGOCIAÇÃO O TRABALHO EM SAÚDE Engloba inúmeras ações de que podem ser executadas parceladamente ou integradamente Wilza Carla Spiri EQUIPE

Leia mais

Gurus da Qualidade. Walter Shewhart

Gurus da Qualidade. Walter Shewhart Gurus da Qualidade João Noronha ESAC/IPC Walter Shewhart 1891-1967 Cartas de controlo Causas normais e causas especiais de variação Controlo estatístico do processo Ciclo PDCA Plan, Do, Check, Act Ciclo

Leia mais

COMPOSIÇÃO HISTÓRICA DA FORÇA DE TRABALHO USA

COMPOSIÇÃO HISTÓRICA DA FORÇA DE TRABALHO USA Mario Caixeta 1 100% COMPOSIÇÃO HISTÓRICA DA FORÇA DE TRABALHO USA Autor- Stephen Barley 80% Profissionais Liberais e técnicos Vendas 60% 50% Artesãos e similares 40% 20% Agricultores Operários 1900 1920

Leia mais

Você não precisa decorar nada

Você não precisa decorar nada Que aprender inglês é importante e vai mudar a sua vida você já sabe, mas como aprender inglês e como fazer isso por conta própria? Nós separamos abaixo algumas dicas inéditas e que sem dúvida vão fazer

Leia mais

8 SINAIS QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ GERENCIA SEUS PROCESSOS DE MENTORING

8 SINAIS QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ GERENCIA SEUS PROCESSOS DE MENTORING 8 SINAIS QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ GERENCIA SEUS PROCESSOS DE MENTORING CONTEÚDO DO E-BOOK Neste material, iremos mostrar 8 sinais que está na hora de você mudar a forma como você gerencia

Leia mais

Liderar-se a si mesmo

Liderar-se a si mesmo Liderar-se a si mesmo Todo nosso potencial de liderança começa por nós mesmos Apresentador : Lic. Sergio Ledesma Autor: Thomás Köttner Observador Aprendendo a aprender Emoções Confiança Crenças #1 Consciência

Leia mais

Pensando em Curriculum

Pensando em Curriculum Pensando em Curriculum Ensinar música em em nossas escolas é importante porque: 1.Educação Musical outorga ao aluno o poder de se tornar um músico. 2. A Educação Musical molda a maneira com que o aluno

Leia mais

Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura

Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura Ferramentas para Gestão da Empresa Rural na Produção de Flores e Hortaliças Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura gilberto.figueiredo@cati.sp.gov.br 12 3882.2232

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: ETEC Paulino Botelho Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Habilitação Profissional Técnica

Leia mais

Descubra o que realmente produz resultado na hora de fechar novos clientes. Aplique 20% dos seus esforços para atingir 80% dos seus resultados.

Descubra o que realmente produz resultado na hora de fechar novos clientes. Aplique 20% dos seus esforços para atingir 80% dos seus resultados. Descubra o que realmente produz resultado na hora de fechar novos clientes. Aplique 20% dos seus esforços para atingir 80% dos seus resultados. Aumente a sua Taxa de Conversão de Novos Contratos. O QUE

Leia mais

Benefícios da Leitura

Benefícios da Leitura Ler a par Benefícios da Leitura Proporciona à criança informação e conhecimento sobre o mundo. Apresenta à criança situações e ideias novas Estimulando a curiosidade, o pensamento crítico, e ainda a consciência

Leia mais

UnitedHealth Group Our Culture Video Portuguese

UnitedHealth Group Our Culture Video Portuguese UnitedHealth Group Our Culture Video Portuguese O que faz a UnitedHealth Group uma opção irresistível de carreira? Nossa Cultura é composta de cinco valores fundamentais. Integridade Compaixão Relacionamentos

Leia mais

Do mundo da fantasia ao mundo real

Do mundo da fantasia ao mundo real Do mundo da fantasia ao mundo real Olá Mulher empreendedora! Vamos falar um pouquinho sobre os nossos desafios? Nos dias de hoje precisamos ser multitarefas, conciliamos nossa a carreira com outras atividades,

Leia mais

A Lei da atração, o pensamento positivo e o meu negócio Mary Kay

A Lei da atração, o pensamento positivo e o meu negócio Mary Kay A Lei da atração, o pensamento positivo e o meu negócio Mary Kay Antes de mais nada quero que você responda 2 perguntas: - Como você se vê? - Como as pessoas te veem? Tudo o que entra em sua vida é você

Leia mais

CRIAR SIGINFICADO PARA O TRABALHO DAS PESSOAS:

CRIAR SIGINFICADO PARA O TRABALHO DAS PESSOAS: CRIAR SIGINFICADO PARA O TRABALHO DAS PESSOAS: Importância das Soft Skills João Bilhim CAPP ISCSP/UTL 15-04-2010 CONSTRUIR CATEDRAIS 1 A Iron Cage de Weber A rigidez Burocrática O mecanicismo O império

Leia mais

Prêmio Nacional de Inovação

Prêmio Nacional de Inovação Prêmio Nacional de Inovação 2013 Caderno de Avaliação Categoria EMPRESA: Agentes Locais de Inovação Método: Esta dimensão visa facilitar o entendimento de como estão sendo utilizados sistemas, métodos

Leia mais

Showcasing de Boas Práticas de Valorização das Pessoas - REGULAMENTO

Showcasing de Boas Práticas de Valorização das Pessoas - REGULAMENTO Congresso da Administração Pública 2015 Showcasing de Boas Práticas de Valorização das Pessoas - REGULAMENTO ENQUADRAMENTO Visão do INA: ser reconhecido como um serviço de referência na qualificação e

Leia mais

Administração das Operações Produtivas

Administração das Operações Produtivas Administração das Operações Produtivas MÓDULO 14: A VISÃO DA QUALIDADE, DOS SISTEMAS E DOS MELHORAMENTOS Mesmo tendo sido acabado todo o projeto do produto e do processo, resta a atividade contínua do

Leia mais

Papel, Responsabilidades, Competências e Atividades do Usuário Chave. Juntos podemos ir mais longe.

Papel, Responsabilidades, Competências e Atividades do Usuário Chave. Juntos podemos ir mais longe. Papel, Responsabilidades, Competências e Atividades do Usuário Chave Juntos podemos ir mais longe. Dinâmica 1 Anúncio Classificados Procedimento: o facilitador entrega uma folha em branco para cada participante,

Leia mais

Facebook.com/concursovirtual Gestão de pessoas Trabalho em equipe O que é um grupo? Grupo primário x Grupo Secundário Os grupos podem ser formais ou informais. Formais - designados pela organização. Criados

Leia mais

ENCONTRO 04. Ocorrência de ato ilícito. Que este ato tenha causado dano à alguém

ENCONTRO 04. Ocorrência de ato ilícito. Que este ato tenha causado dano à alguém ENCONTRO 04 1.4. Imputabilidade - A responsabilidade decorre apenas da conduta? - A reprovabilidade depende da capacidade psíquica de entendimento do agente? (Sim. - Que significa imputar? - Há como responsabilizar

Leia mais

OS SETE HÁBITOS QUE LEVAM À EXCELÊNCIA O TRABALHO DO LÍDER NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE ALAGOAS

OS SETE HÁBITOS QUE LEVAM À EXCELÊNCIA O TRABALHO DO LÍDER NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE ALAGOAS OS SETE HÁBITOS QUE LEVAM À EXCELÊNCIA O TRABALHO DO LÍDER NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE ALAGOAS Autor: Alessio Sandro de Oliveira Silva RESUMO Este trabalho busca uma aproximação com os sete hábitos citados

Leia mais

NADis/UFRN. Planejamento e Gestão do Tempo

NADis/UFRN. Planejamento e Gestão do Tempo NADis/UFRN Planejamento e Gestão do Tempo Perguntas? wendellaraujo.com Objetivos O que é Planejamento? Para que serve o Planejamento? Quando fazer o Planejamento? Como fazer o Planejamento? Teste, técnicas

Leia mais