ABEMEL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS EXPORTADORES DE MEL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ABEMEL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS EXPORTADORES DE MEL"

Transcrição

1

2 ABEMEL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS EXPORTADORES DE MEL A ABEMEL Associação Brasileira dos Exportadores de Mel, fundada em 15 de agosto de 2003, é a entidade com maior representatividade das empresas beneficiadoras e exportadoras de produtos apícolas do Brasil. Trabalha para otimizar o desempenho das negociações setoriais, facilitando o acesso aos mercados e negociações com toda cadeia produtiva. Atua como membro ativo na Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Mel e produtos Apícolas, interligando-se com os poderes públicos. MISSÃO Promover a Internacionalização Competitiva da Apicultura Brasileira e o desenvolvimento do mercado interno de forma equilibrada, inovadora, justa e ética, propiciando aos associados o suporte estratégico para a realização de negócios e a conquista de posições sólidas e lucrativas nos principais mercados mundiais.

3 SETOR APÍCOLA BRASILEIRO A apicultura e a meliponicultura brasileira tem um importante no desafio de promover um desenvolvimento sustentável, por ser uma das poucas atividades agropecuárias caracterizada, simultaneamente, como sendo ambientalmente correta, economicamente viável e socialmente justa. O Agronegócio Apícola envolve 350 mil apicultores, em sua grande maioria classificados na categoria de Agricultura Familiar e cerca de 198 estabelecimentos industriais com Sistema de Inspeção Federal - SIF (entrepostos/agroindústrias), bem como centenas de estabelecimentos com Sistemas de Inspeção Estadual e Municipal (SIE e SIM). Essa cadeia produtiva responde por 450 mil ocupações diretas no campo, empregando predominantemente mão-de-obra familiar, e por 16 mil empregos diretos no setor industrial, sendo 09 mil na indústria de processamento (entrepostos) e 07 mil na indústria de insumos (maquinas e equipamentos).

4 SETOR APÍCOLA BRASILEIRO BRANDING SETORIAL Descrição: Elaboração de branding setorial. Objetivos: -Fortalecer a imagem do Brasil como origem de confiança para própolis e mel - Estimular consumo da própolis e mel brasileiros - Fortalecer o relacionamento dos formadores de opinião com o Brasil FEIRAS INTERNACIONAIS 2013: 1. NATURAL EXPO WEST - 07 a 10/MARÇO Descrição: Stand Honey from Brasil - espaços individualizados para empresas expositoras. Uma das principais feiras de produtos orgânicos e naturais dos Estados Unidos. Local: Centro de Convenções da cidade de Anaheim, Califórnia, Estados Unidos. Foco no setor industrial, reunindo educação, contatos comerciais e informação sobre novos produtos e tendências de mercado. 2. TOKYO HEALTH SHOW 13 a 15/MARÇO Descrição: Stand institucional Honey from Brasil & Seminário sobre Própolis brasileira. Local: Tokyo, Japão. Reconhecida como a exposição que concentra os mais recentes produtos relacionados àsaúde e bem estar. Oportunidade para aumentar canais dedistribuição, introduzir novos produtos, promover marca e empresa e encontrar novos compradores no Japão. Para 2013, expectativa de 40 mil visitantes nacionais e estrangeiros, 500 expositores.

5 SETOR APÍCOLA BRASILEIRO 3. APIMONDIA /SETEMBRO a 04/OUTUBRO-Ucrania Europa Descrição: Feira internacional. Stand Honey from Brasil com espaços individualizados para empresas expositoras. Local: Kiev, Ucrânia. Evento setorial de maior prestígio mundial. ApiEXPO-2013 contará com 300 participantes de todo o mundo. Oportunidade para promoção de produtos para potenciais clientes, desde saneamento, nutrição, medicina veterinária, apiterapia, equipamentos, vestuário e outros produtos associados ao aumento da produtividade e da inovação setoriais. 4-ASSESSORIA DE IMPRENSA INTERNACIONAL / EDITORIAIS E PUBLICAÇÕES 2013 Descrição: Posicionamento e imagem internacionais. Contratação de profissionais de assessoria de imprensa internacional. Contratação de Editoriais e Publicações internacionais, conforme estratégias de Branding. Países foco: Alemanha / Canada / Arábia Saudita / China / Hong Kong / França / Estados Unidos / Coréia do Sul / Reino Unido / Japão.

6 SETOR APÍCOLA BRASILEIRO AGENTE DE COMERCIALIZAÇÃO CANADÁ 2013 Descrição: Contratação de profissional para abertura de mercado e incremento de exportações para o Canadá. Este profissional representará pool de empresas brasileiras, desenvolvendo promoção coletiva dos produtos nacionais, aumentando as exportações setoriais. O Canadá revela-se mercado potencial, definido na priorização de mercados e excelente oportunidade para inserção de produtos apícolas brasileiros. AGENTE DE COMERCIALIZAÇÃO CHINA 2013 Descrição: Contratação de profissional - Agente de Comercialização na China para abertura de mercado e promoção das exportações coletivas para mercado chinês. Este profissional desenvolveráa promoção dos produtos brasileiros e auxiliará de forma determinante no aumento das exportações setoriais para China. FÓRMULA INDY 2013 Descrição: Posicionamento e imagem. Participação de empresas parceiras Honey from Brasil nas provas do Projeto Locais: Baltimore; Toronto; São Paulo. GESTÃO DO PROJETO E INTELIGÊNCIA COMERCIAL 2013 Descrição: Contratação de Gerente de Projeto e de profissional de inteligência comercial para vigência do Convênio.

7 A produção brasileira O Brasil apresenta características singulares de flora e clima que, aliados à presença da abelha africanizada, lhe conferem um grande potencial somado ao desafio para a apicultura. Com o fim do embargo europeu ao mel brasileiro, em 14/03/2008, o setor, que é o 11º produtor mundial de mel e o 9 maior exportador, viuse frente a novos desafios, impostos pela União Européia (UE) e pelo governo brasileiro, ou seja: a implantação das Boas Práticas e do Sistema HACCP/APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle) nos entrepostos e casas de mel, bem como a exigência de registro das Casas de mel (Unidades de Extração) como Estabelecimento Relacionado ER, junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA.

8 PAS MEL

FORUM DE APICULTURA SUSTENTÁVEL Joelma Lambertucci de Brito.

FORUM DE APICULTURA SUSTENTÁVEL Joelma Lambertucci de Brito. FORUM DE APICULTURA SUSTENTÁVEL Joelma Lambertucci de Brito www.abemel.com.br Rumos da Apicultura Brasileira Atividade socialmente justa ambientalmente correta e economicamente viável reúne alguns requisitos

Leia mais

Quem somos e o quê fazemos?

Quem somos e o quê fazemos? Quem somos e o quê fazemos? Uma entidade sem fins lucrativos dedicada a pensar estrategicamente o setor, conduzindo programas direcionados ao desenvolvimento tecnológico das empresas e a sua inserção no

Leia mais

Como ter sucesso em empreendimentos apícolas. Manoel Eduardo Tavares Ferreira Apis Flora

Como ter sucesso em empreendimentos apícolas. Manoel Eduardo Tavares Ferreira Apis Flora Como ter sucesso em empreendimentos apícolas Manoel Eduardo Tavares Ferreira Apis Flora Agenda Planejamento da Atividade Apícola Aspectos Tecnológicos Aspectos Humanos Aspectos Financeiros Aspectos Mercadológicos

Leia mais

AÇÕES PSI HONEY FROM BRASIL 2012

AÇÕES PSI HONEY FROM BRASIL 2012 AÇÕES PSI HONEY FROM BRASIL 2012 PARCEIROS DO PROJETO HONEY FROM BRASIL REALIZAM NEGÓCIOS DURANTE A FEIRA FOODEX 2012 NO JAPÃO O projeto Honey from Brasil, parceria entre a Agência Brasileira de Promoção

Leia mais

APICULTURA SUSTENTÁVEL Carlos Pamplona Reder.

APICULTURA SUSTENTÁVEL Carlos Pamplona Reder. APICULTURA SUSTENTÁVEL Carlos Pamplona Reder www.abemel.com.br Rumos da Apicultura Brasileira A Apicultura é uma Atividade: socialmente justa ambientalmente correta e economicamente viável Reúne requisitos

Leia mais

Apex-Brasil Resultados e ações de apoio ao exportador

Apex-Brasil Resultados e ações de apoio ao exportador Apex-Brasil Resultados e ações de apoio ao exportador Exportações Empresas apoiadas pela Apex-Brasil e Brasil APEX-BRASIL EM NÚMEROS JANEIRO a DEZEMBRO 2016 O TRABALHO DESENVOLVIDO PELA APEX-BRASIL JUNTO

Leia mais

Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais FIEMG

Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais FIEMG Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais FIEMG Vídeo: A Força de quem FAZ O SISTEMA FIEMG A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais representa as indústrias do Estado e atua na defesa

Leia mais

Tiago Terra Apex-Brasil. Promoção Comercial

Tiago Terra Apex-Brasil. Promoção Comercial Tiago Terra Apex-Brasil Promoção Comercial Apex-Brasil A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, atua há anos para promover os estudos e serviços brasileiros no exterior e atrair

Leia mais

APLICAÇÃO DO BPM PARA REESTRUTURAÇÃO DO PORTFÓLIO DE SERVIÇOS DA APEX-BRASIL

APLICAÇÃO DO BPM PARA REESTRUTURAÇÃO DO PORTFÓLIO DE SERVIÇOS DA APEX-BRASIL APLICAÇÃO DO BPM PARA REESTRUTURAÇÃO DO PORTFÓLIO DE SERVIÇOS DA APEX-BRASIL BPM Congress Brasília, 27 de novembro de 2012. Carlos Padilla, CBPP, Assessor da Gerência de Negócios. PANORAMA DA APEX-BRASIL

Leia mais

A Apex-Brasil. Como funciona a Agência?

A Apex-Brasil. Como funciona a Agência? A Apex-Brasil Como funciona a Agência? Fundação e Missão A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) é um Serviço Social Autônomo que atua para: Promover os produtos e

Leia mais

AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO MEL E DE POSTURAS DE RAÍNHAS DE Apis melifera spp EM DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE PRODUÇÃO

AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO MEL E DE POSTURAS DE RAÍNHAS DE Apis melifera spp EM DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE PRODUÇÃO AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO MEL E DE POSTURAS DE RAÍNHAS DE Apis melifera spp EM DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE PRODUÇÃO Élio Barbieri Junior 1 - IFMT Campus Sorriso Roberta Cristiane Ribeiro 2 - IFMT Campus Sorriso

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina ENT375 Apicultura

Programa Analítico de Disciplina ENT375 Apicultura Catálogo de Graduação 06 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Entomologia - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas:

Leia mais

INTERNACIONALIZAR AS PME DO ALGARVE DESAFIOS E OPORTUNIDADES O DESAFIO DA INTERNACIONALIZAÇÃO: NOVOS CAMINHOS

INTERNACIONALIZAR AS PME DO ALGARVE DESAFIOS E OPORTUNIDADES O DESAFIO DA INTERNACIONALIZAÇÃO: NOVOS CAMINHOS INTERNACIONALIZAR AS PME DO ALGARVE DESAFIOS E OPORTUNIDADES O DESAFIO DA INTERNACIONALIZAÇÃO: NOVOS CAMINHOS NERA, 25 de novembro de 2016 Internacionalização Enquadramento Desafios da Internacionalização

Leia mais

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL Março/2014 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Mundial 05. População

Leia mais

Como trabalhamos na promoção comercial e atração de investimentos

Como trabalhamos na promoção comercial e atração de investimentos APEX-BRASIL Como trabalhamos na promoção comercial e atração de investimentos Inteligência Estratégica O QUE A APEX-BRASIL PODE FAZER PELA SUA EMPRESA EM EXPORTAÇÕES CAPACITAÇÃO PROMOÇÃO INTERNACIONALIZAÇÃO

Leia mais

Exportação de Farinhas e Gorduras de Origem Animal

Exportação de Farinhas e Gorduras de Origem Animal 14:58 Exportação de Farinhas e Gorduras de Origem Animal Projeto Programa Brasileiro para a Expansão das Exportações das Farinhas e gorduras de origem animal Objetivo Identificar a situação encontrada

Leia mais

O mercado e a Feira. Programa da missão

O mercado e a Feira. Programa da missão A AIP organiza de 18 a 25 de Junho uma missão empresarial focada na Feira Taipei Food. O mercado e a Feira Programa da missão Condições de participação NICHOLASHAN - FOTOLIA Esta missão empresarial destina-se

Leia mais

Planejamento Estratégico Conselho Moveleiro. Resultados

Planejamento Estratégico Conselho Moveleiro. Resultados Planejamento Estratégico Conselho Moveleiro Resultados PROPÓSITO DO CONSELHO Articular a indústria moveleira para obter: sucesso, excelência, qualificação e informação. Articular de politicas e ações estratégicas

Leia mais

Cuidados a serem tomados para que produtos apícolas tenham qualidade

Cuidados a serem tomados para que produtos apícolas tenham qualidade Cuidados a serem tomados para que produtos apícolas tenham qualidade LIDIANA SOUZA CORREIA LIMA Profa. MSc. IFCE Campus Fortaleza O QUE É QUALIDADE? Conjunto de características de todo produto e serviço,

Leia mais

TOMATE PARA INDÚSTRIA

TOMATE PARA INDÚSTRIA FICHA DE INTERNACIONALIZAÇÃO TOMATE PARA INDÚSTRIA CENÁRIO DE ANTECIPAÇÃO BREVE CARATERIZAÇÃO DIAGNÓSTICO O ANÁLISE INTERNA - PONTOS FORTES O ANÁLISE INTERNA - PONTOS FRACOS O ANÁLISE EXTERNA - OPORTUNIDADES

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Balança Comercial do Agro

Balanço 2016 Perspectivas Balança Comercial do Agro Balança Comercial do Agro 39 40 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE SERÃO ESSENCIAIS PARA AUMENTO DAS EXPORTAÇÕES As projeções

Leia mais

Tiago Terra Apex-Brasil. Por que exportar?

Tiago Terra Apex-Brasil. Por que exportar? Tiago Terra Apex-Brasil Por que exportar? Apex-Brasil A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, atua há anos para promover os estudos e serviços brasileiros no exterior e atrair

Leia mais

Visão do Setor Industrial Brasileiro sobre o Acordo de Paris

Visão do Setor Industrial Brasileiro sobre o Acordo de Paris Visão do Setor Industrial Brasileiro sobre o Acordo de Paris Shelley de Souza Carneiro Gerente Executivo de Meio Ambiente e Sustentabilidade Confederação Nacional da Indústria - CNI Sumário O que é a CNI?

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA Secretaria de Defesa Agropecuária - SDA Departamento de Inspeção de Produtos de Origem

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA Secretaria de Defesa Agropecuária - SDA Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA Secretaria de Defesa Agropecuária - SDA Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal - DIPOA Atuação do SIF (desde 1914) O Serviço de

Leia mais

Aspectos Legais dos Produtos Artesanais no Estado do Pará

Aspectos Legais dos Produtos Artesanais no Estado do Pará GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA ESPECIAL DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E INCENTIVO A PRODUÇÃO AGÊNCIA ESTADUAL DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO ESTADO DO PARÁ ADEPARÁ DIRETORIA TECNICA AGROPECUARAIA

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014 APRESENTAÇÃO DO CEBC 201 QUEM SOMOS FUNDADO EM 200, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA,

Leia mais

PRINCIPAIS FEIRAS E EVENTOS E FEIRAS NA ALEMANHA 2018

PRINCIPAIS FEIRAS E EVENTOS E FEIRAS NA ALEMANHA 2018 PRINCIPAIS FEIRAS E EVENTOS E FEIRAS NA ALEMANHA 2018 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SPOBIS 2018 A conferência internacional SPOBIS, considerada o maior congresso de negócios esportivos da Europa e interface

Leia mais

Brasil Music Exchange é um programa realizado através de uma parceria entre BM&A e Apex-Brasil

Brasil Music Exchange é um programa realizado através de uma parceria entre BM&A e Apex-Brasil Quem somos? Brasil Music Exchange é um programa realizado através de uma parceria entre BM&A e Apex-Brasil Nossa missão é dar suporte para as empresas brasileiras do mercado da música no sentido de aumentar

Leia mais

no Brasil e no Mundo

no Brasil e no Mundo Fórum de Especialistas sobre a Importância dos Polinizadores na Produção de Alimentos no Brasil e no Mundo importância dos polinizadores na produção de alimentos e na segurança alimentar global Cenário

Leia mais

GALERIA DE FOTOS DO PROJETO

GALERIA DE FOTOS DO PROJETO PROJETO Nº ALT20-01-0853-FEDER-014955 Apoio no âmbito do sistema de incentivos: INOVAÇÃO PRODUTIVA - em territórios de Baixa Densidade Programa Operacional: Programa Operacional Regional do Alentejo Designação

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Suínos

Balanço 2016 Perspectivas Suínos Suínos 137 138 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 EXPECTATIVAS DE QUEDA DOS CUSTOS DE PRODUÇÃO O abastecimento doméstico de milho a preços equilibrados está garantido para o próximo ano.

Leia mais

PLANO DE APRESENTAÇÃO

PLANO DE APRESENTAÇÃO PLANO DE APRESENTAÇÃO Apex-Brasil Principais Soluções Programa de Internacionalização Ações de internacionalização e promoção para o México Juarez Leal Coordenador de Internacionalização A APEX-BRASIL

Leia mais

Dados estatísticos dos principais produtos do Agronegócio Brasileiro

Dados estatísticos dos principais produtos do Agronegócio Brasileiro Dados estatísticos dos principais produtos do Agronegócio Brasileiro CADERNO DE ESTATÍSTICAS Uma publicação da Representação do IICA/Brasil Elaboração: Daniela Faria e Diego Machado 1. Apresentação 2.

Leia mais

PROJETO START EXPORT/PAIIPME. Florianópolis, 28/11/2008

PROJETO START EXPORT/PAIIPME. Florianópolis, 28/11/2008 PROJETO START EXPORT/PAIIPME Florianópolis, 28/11/2008 Estrutura da Apresentação ü Histórico ü Fundamentos ü Público-alvo ü Descrição do produto ü Etapas de desenvolvimento na empresa ü Principais benefícios

Leia mais

Fórum das Exportações

Fórum das Exportações Ponta Delgada 27 de Junho de 2011 Arnaldo Machado Director Regional de Apoio ao Investimento e à Competitividade 1 Internacionalização Delimitação do conceito compreende todo o tipo de intervenção qualitativamente

Leia mais

Entraves às exportações brasileiras. Soraya Rosar Gerente Executiva Unidade de Negociações Internacionais

Entraves às exportações brasileiras. Soraya Rosar Gerente Executiva Unidade de Negociações Internacionais Entraves às exportações brasileiras Soraya Rosar Gerente Executiva Unidade de Negociações Internacionais Introdução Apesar de ser a sétima economia do mundo, o Brasil ocupa só a 22º colocação no ranking

Leia mais

Objetivo do programa. Desenvolvimento competitivo e sustentável. Promoção de parcerias estratégicas. Produtividade. Valor agregado. Ganho de qualidade

Objetivo do programa. Desenvolvimento competitivo e sustentável. Promoção de parcerias estratégicas. Produtividade. Valor agregado. Ganho de qualidade Objetivo do programa Desenvolvimento competitivo e sustentável Produtividade Promoção de parcerias estratégicas Valor agregado Ganho de qualidade Contextualização Os 3 Pilares para o desenvolvimento da

Leia mais

SEMINÁRIO COMPLEXO INDUSTRIAL DA SAÚDE Painel 3: Estímulo à inovação, pesquisa e desenvolvimento. Palestrante: Franco Pallamolla

SEMINÁRIO COMPLEXO INDUSTRIAL DA SAÚDE Painel 3: Estímulo à inovação, pesquisa e desenvolvimento. Palestrante: Franco Pallamolla SEMINÁRIO COMPLEXO INDUSTRIAL DA SAÚDE Painel 3: Estímulo à inovação, pesquisa e desenvolvimento Palestrante: Franco Pallamolla 1. A INDÚSTRIA MÉDICO-HOSPITALAR E ODONTOLÓGICA Mais de 460 empresas atuam

Leia mais

Atribuições. Qualificar os profissionais Monitorar e avaliar resultados. Contratar serviços. Credenciar entidades públicas e privadas

Atribuições. Qualificar os profissionais Monitorar e avaliar resultados. Contratar serviços. Credenciar entidades públicas e privadas Atribuições Contratar serviços Qualificar os profissionais Monitorar e avaliar resultados Credenciar entidades públicas e privadas Acreditar as entidades quanto a qualidade do serviço prestado Características

Leia mais

Contribuir com o desenvolvimento e fortalecimento do de polpas de frutas e produtos naturais, em fortaleza e na Região Metropolitana de fortaleza, atr

Contribuir com o desenvolvimento e fortalecimento do de polpas de frutas e produtos naturais, em fortaleza e na Região Metropolitana de fortaleza, atr data 2016-11-30 Fortalecimento das Empresas de Reciclagem de Fortaleza e Região Metropolitana de Fortaleza Possibilitar o fortalecimento e o aumento da competitividade das empresas do de reciclagem visando

Leia mais

Evento de Promoção da Cadeia Produtiva do Cacau e Chocolate desenvolvimento sustentável de valorização cultural da atividade cacaueira paraense

Evento de Promoção da Cadeia Produtiva do Cacau e Chocolate desenvolvimento sustentável de valorização cultural da atividade cacaueira paraense Evento de Promoção da Cadeia Produtiva do Cacau e Chocolate desenvolvimento sustentável de valorização cultural da atividade cacaueira paraense EVENTO de PROMOÇÃO Oportunizar negócios com o parque industrial

Leia mais

PROJETO GERAL. 22 A 25 / MAIO / 2014 9h ÀS 20h - PARQUE DA EFAPI CHAPECÓ - SC - BRASIL

PROJETO GERAL. 22 A 25 / MAIO / 2014 9h ÀS 20h - PARQUE DA EFAPI CHAPECÓ - SC - BRASIL PROJETO GERAL 22 A 25 / MAIO / 2014 9h ÀS 20h - PARQUE DA EFAPI CHAPECÓ - SC - BRASIL Promoção: Associação Catarinense de Criadores de Bovinos Organização: Montadora Oficial: zoom FEIRAS&EVENTOS Apoio

Leia mais

V AVISULAT Porto Alegre/RS

V AVISULAT Porto Alegre/RS V AVISULAT Porto Alegre/RS Avanços e desafios para o agronegócio brasileiro no mercado externo. Eduardo Sampaio Marques Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio SRI/MAPA Panorama do Agronegócio

Leia mais

OPORTUNIDADES NA PRODUÇÃO PRIMÁRIA 6 março 2015

OPORTUNIDADES NA PRODUÇÃO PRIMÁRIA 6 março 2015 OPORTUNIDADES NA PRODUÇÃO PRIMÁRIA 6 março 2015 1 QUEM SOMOS A CONSULAI (www.consulai.com) possui atualmente cerca de 600 clientes, passando por todos os sectores da produção e transformação de produtos

Leia mais

Turismo Caminho indispensável para o desenvolvimento local e regional FEVEREIRO DE 2017

Turismo Caminho indispensável para o desenvolvimento local e regional FEVEREIRO DE 2017 Turismo Caminho indispensável para o desenvolvimento local e regional FEVEREIRO DE 2017 PANORAMA MUNDIAL Chegada de Turistas x Receita Cambial - Em 2015 6,3 milhões de turistas estrangeiros chegaram ao

Leia mais

edição expo florestal ALBERGARIA-A-VELHA 5, 6 e 7 MAIO 2017 por uma floresta sólida e sustentável

edição expo florestal ALBERGARIA-A-VELHA 5, 6 e 7 MAIO 2017 por uma floresta sólida e sustentável edição expo florestal ALBERGARIA-A-VELHA 5, 6 e 7 MAIO 2017 por uma floresta sólida e sustentável APRESENTAÇÃO UM MARCO NO CALENDÁRIO IBÉRICO DA FLORESTA A EXPOFLORESTAL é o mais importante evento da fileira

Leia mais

A APICULTURA NO ASSENTAMENTO ESTRELA: PLANEJAMENTO PARA OBTENÇÃO DA CERTIFICAÇÃO PELO SERVIÇO DE INSPEÇÃO FEDERAL (S.I.

A APICULTURA NO ASSENTAMENTO ESTRELA: PLANEJAMENTO PARA OBTENÇÃO DA CERTIFICAÇÃO PELO SERVIÇO DE INSPEÇÃO FEDERAL (S.I. 8. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 O ÁREA TEMÁTICA: TECNOLOGIA A APICULTURA NO ASSENTAMENTO ESTRELA: PLANEJAMENTO PARA OBTENÇÃO DA CERTIFICAÇÃO PELO SERVIÇO DE INSPEÇÃO FEDERAL (S.I.F) NA CASA

Leia mais

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Apoio ao Desenvolvimento das Cadeias Produtivas Agrícolas: Cadeia Produtiva do Caju

Apoio ao Desenvolvimento das Cadeias Produtivas Agrícolas: Cadeia Produtiva do Caju Apoio ao Desenvolvimento das Cadeias Produtivas Agrícolas: Cadeia Produtiva do Caju Marcus Vinícius Martins M.Sc. em Agronomia Fiscal Federal Agropecuário Coordenador de Produção Integrada da Cadeia Agrícola

Leia mais

O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o

O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o APRESENTAÇÃO O PROJETO O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o desenvolvimento da cadeia logística do

Leia mais

EXPANSÃO DAS OPERAÇÕES INTERNACIONAIS

EXPANSÃO DAS OPERAÇÕES INTERNACIONAIS EXPANSÃO DAS OPERAÇÕES INTERNACIONAIS A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos

Leia mais

COMAPI Coop. Mista dos Apic. Da Microrregião de Simplício Mendes

COMAPI Coop. Mista dos Apic. Da Microrregião de Simplício Mendes Coop. Mista dos Apic. Da Microrregião de Simplício Mendes Paulo José da Silva Gerente Contato: comercialcomapi07@gmail.com Rua João Paulo I S/Nº Bairro Nova Cidade Fone: 89 3482-1218 ou 89 9922-3772 Bases

Leia mais

PORTFÓLIO. Alimentos

PORTFÓLIO. Alimentos Alimentos QUEM SOMOS? Entidade privada que promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos de micro e pequeno porte aqueles com faturamento bruto anual de até R$ 3,6 milhões.

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA Coordenadoria de Economia Mineral Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Premissas do Desenvolvimento Sustentável Economicamente

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE LONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do

Leia mais

Classificação de Carcaças de Bovinos

Classificação de Carcaças de Bovinos Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia FMVZ Campus de Botucatu Departamento de Produção Animal Sistema Brasileiro de Classificação de Carcaças de Bovinos André Mendes Jorge Zootecnista Professor

Leia mais

Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações

Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações Alinne B. Oliveira Superintendente de Relações Internacionais Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA 17 de novembro de 2015. O agronegócio e

Leia mais

Fabricia Soriani ABEMEL

Fabricia Soriani ABEMEL CAMARA SETORIAL 28ª REUNIÃO ORDINÁRIA 12/09/13 Fabricia Soriani ABEMEL abemel@abemel.com.br joelma@abemel.com.br DEMANDAS AO MAPA 1- PNCR PNCR mel O PNCR é um programa federal de controle governamental,

Leia mais

O MERCADO MUNDIAL DE CARNE BOVINA. Agosto de 2016

O MERCADO MUNDIAL DE CARNE BOVINA. Agosto de 2016 O MERCADO MUNDIAL DE CARNE BOVINA Agosto de 2016 Pastagens 168 Mi ha Rebanho 209 Mi Cabeças Abates 39 Mi Cabeças CadeiadevalordeR$483,5bilhões Perfil do Setor 2015 Produção de Carne Bovina 9,56 Mi TEC

Leia mais

Uma visão 360 o da Pecuária de Corte

Uma visão 360 o da Pecuária de Corte Uma visão 360 o da Pecuária de Corte 21 e 22 de outubro de 2015 Foz do Iguaçu PR Brasil Realização: www.beefexpo.com.br www.facebook.com/beefexpo O evento será realizado nos dias 21 e 22 de outubro de

Leia mais

Textos site Lux Brasil Revisado em 30/07/2014 Ana Maria Senatore

Textos site Lux Brasil Revisado em 30/07/2014 Ana Maria Senatore Textos site Lux Brasil Revisado em 30/07/2014 Ana Maria Senatore (ana@senatorecomunicacao.com) 1. Institucional Sobre a Abilux Entidade Executiva do Projeto Setorial Lux Brasil Criada em 1985, a Abilux

Leia mais

Contexto dos Pequenos Negócios Empresariais no Brasil

Contexto dos Pequenos Negócios Empresariais no Brasil Contexto dos Pequenos Negócios Empresariais no Brasil 2010 2011 2012 2013 2014 4,6milhões 5,6 milhões 6,8 milhões 7,9 milhões 9,5 milhões Fonte: DataSebrae, a partir de dados da Receita Federal do Brasil.

Leia mais

Agricultura brasileira: algumas oportunidades e desafios para o futuro

Agricultura brasileira: algumas oportunidades e desafios para o futuro Sistema Embrapa de Inteligência Estratégica Agricultura brasileira: algumas oportunidades e desafios para o futuro Geraldo B. Martha Jr. Coordenador-Geral, Sistema Embrapa de Inteligência Estratégica Chefe-Adjunto

Leia mais

Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de Exportações de carnes BRASIL

Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de Exportações de carnes BRASIL Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2014 1. Exportações de carnes BRASIL Ao longo dos últimos dez anos as exportações de carne no Brasil aumentaram. Para a carne de frango o aumento

Leia mais

Índice. O Evento Dados do Evento Patrocinadores Parceiros e Apoios

Índice. O Evento Dados do Evento Patrocinadores Parceiros e Apoios Post Show Report Movimat 2014 O Evento Dados do Evento Patrocinadores Parceiros e Apoios Índice Eventos Simultâneos Transporte e Logística Brasil VUC Expo Conferência Nacional de Logística Ações Especiais

Leia mais

Mercado Internacional

Mercado Internacional A Força do Agronegócio no Mercado Internacional O Brasil que alimenta o mundo 1 27 FEDERAÇÕES ESTADUAIS +2mil SINDICATOS RURAIS +5milhões PRODUTORES RURAIS Fundada em 1951, a Confederação da Agricultura

Leia mais

Avicultura e Suinocultura: Cenário Nacional e Mundial Desafios e Oportunidades

Avicultura e Suinocultura: Cenário Nacional e Mundial Desafios e Oportunidades FRANCISCO TURRA Presidente Executivo Avicultura e Suinocultura: Cenário Nacional e Mundial Desafios e Oportunidades Brasil é o 4º Maior Exportador Mundial de Produtos Agrícolas Exportação de produtos agrícolas

Leia mais

Instituto de Estudos e Marketing Industrial. Pesquisa de Mercado - Estudos Setoriais - Assessoria Empresarial - Publicações

Instituto de Estudos e Marketing Industrial. Pesquisa de Mercado - Estudos Setoriais - Assessoria Empresarial - Publicações Instituto de Estudos e Marketing Industrial Pesquisa de Mercado - Estudos Setoriais - Assessoria Empresarial - Publicações Apresentação Brasil Móveis 2006 Relatório Setorial da Indústria de Móveis no Brasil

Leia mais

Políticas de governo para o setor

Políticas de governo para o setor Políticas de governo para o setor Newton Pohl Ribas Assessor Especial do Ministro newton.ribas@agricultura.gov.br Prioridades Ministro Reinhold Stephanes Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Leia mais

Feira do Empreendedor

Feira do Empreendedor Feira do Empreendedor 2018 O Sebrae O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é uma entidade privada que promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos

Leia mais

Agronegócio brasileiro

Agronegócio brasileiro Agronegócio brasileiro Rogério Luiz Iuspa Zootecnista, especialização na Chambre d Agriculture de La Mayenne França, MBA em Marketing - ESPM Gerente Nacional - Aves de Corte Agroceres Multimix Bilhões

Leia mais

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Departamento de Promoção Comercial

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Departamento de Promoção Comercial MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Departamento de Promoção Comercial Gustavo Mendonça Departamento de Promoção Comercial Outubro/2009 Sumário Missão; Estrutura organizacional; BrazilTradeNet. Missão do

Leia mais

Agricultura Brasileira: importância, perspectivas e desafios para os profissionais dos setores agrícolas e florestais

Agricultura Brasileira: importância, perspectivas e desafios para os profissionais dos setores agrícolas e florestais Agricultura Brasileira: importância, perspectivas e desafios para os profissionais dos setores agrícolas e florestais Claudio Aparecido Spadotto* A importância da agricultura brasileira Nesse texto o termo

Leia mais

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO JOÃO CRUZ REIS FILHO SECRETÁRIO DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Brasília/DF JULHO DE 2015 22 CENÁRIO POPULACIONAL

Leia mais

Excelência na Gestão

Excelência na Gestão Mapa Estratégico 2012-2014 Visão Até 2014, ser referência no atendimento ao público, na fiscalização e na valorização das profissões tecnológicas, reconhecido pelos profissionais, empresas, instituições

Leia mais

ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA

ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA ANEXO B. DADOS MUNDIAIS DE ENERGIA 1. OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA GRÁFICO B.1: OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA POR FONTE GRÁFICO B.2: OFERTA MUNDIAL DE ENERGIA POR REGIÃO (*) (*) Excluindo bunkers marítimos internacionais

Leia mais

O Desafio para uma Micro Empresa Exportar

O Desafio para uma Micro Empresa Exportar O Desafio para uma Micro Empresa Exportar Apicultura: Produtos apícolas solo néctar mel clima resina própolis flores pólem pólem vegetais água cera abelhas enzimas geléia real veneno Produtos apícolas

Leia mais

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015 COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015 PERFIL 3 INDICADORES CHAVE 4 VANTAGENS 5 COMPETITIVAS SETORES 6 PATRIMÓNIO CULTURAL 7 AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA 8 ARTES VISUAIS 9 ARTES

Leia mais

Relatório Mensal MARÇO/2016. Créditos foto cafezal: Helena Maria Ramos Alves - Epamig

Relatório Mensal MARÇO/2016. Créditos foto cafezal: Helena Maria Ramos Alves - Epamig Relatório Mensal MARÇO/2016 Créditos foto cafezal: Helena Maria Ramos Alves - Epamig Exportações de café brasileiro crescem 2,5% em março Bom nível de estoques foi o fator que puxou crescimento As exportações

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS PORTUGAL 2020

SISTEMAS DE INCENTIVOS PORTUGAL 2020 SISTEMAS DE INCENTIVOS PORTUGAL 2020 Qualificação PME Esta candidatura consiste num plano de apoio financeiro a projetos que visam ações de qualificação de PME em domínios imateriais com o objetivo de

Leia mais

QUE NOS INSPIRA! ESSE É O IDEAL

QUE NOS INSPIRA! ESSE É O IDEAL Promover a sustentabilidade na produção do cacau, a melhoria na renda da comunidade local e a conservação dos recursos naturais. ESSE É O IDEAL QUE NOS INSPIRA! Flickr.com/outdoorPDK PROJETO Produção e

Leia mais

Apresentação de Angola na XII Reunião dos Ministros do Trabalho e dos Assuntos Sociais Os Desafios na Protecção Social para alcançar a Segurança

Apresentação de Angola na XII Reunião dos Ministros do Trabalho e dos Assuntos Sociais Os Desafios na Protecção Social para alcançar a Segurança Apresentação de Angola na XII Reunião dos Ministros do Trabalho e dos Assuntos Sociais Os Desafios na Protecção Social para alcançar a Segurança Alimentar e Nutricional Maputo, 25 de Abril de 2013 Constituição

Leia mais

SÃO PAULO EXPO COMECE JÁ A CONSTRUIR SEU SUCESSO. 23 a 25. SÃO PAULO -BRASIL - 11 a EDIÇÃO DIA 23-13h às 20h DIA 24 e 25-10h às 20h.

SÃO PAULO EXPO COMECE JÁ A CONSTRUIR SEU SUCESSO. 23 a 25. SÃO PAULO -BRASIL - 11 a EDIÇÃO DIA 23-13h às 20h DIA 24 e 25-10h às 20h. 23 a 25 SÃO PAULO EXPO AGOSTO 2017 SÃO PAULO -BRASIL - 11 a EDIÇÃO DIA 23-13h às 20h DIA 24 e 25-10h às 20h Oferecimento: COMECE JÁ A CONSTRUIR SEU SUCESSO Realização Organiser QUEM EXPÕE Máquinarios para

Leia mais

ENTREVISTA. Jorge Correia Santos, Presidente da Câmara Agrícola Lusófona

ENTREVISTA. Jorge Correia Santos, Presidente da Câmara Agrícola Lusófona ENTREVISTA Jorge Correia Santos, Presidente da Câmara Agrícola Lusófona A Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) apresenta enormes potenciais nos setores da Agricultura e da Pecuária. Entre diversos

Leia mais

O Agronegócio Hoje Atualidade e Tendências

O Agronegócio Hoje Atualidade e Tendências O Agronegócio Hoje Atualidade e Tendências AMCHAM 13 de Julho de 2016 Agronegócio - Balança Comercial - US$ Bilhões Fonte: WTO. Elaboração MBAGro. Brasil: Liderança Global no Agronegócio Suco de laranja

Leia mais

O que é um APL? Conjunto significativo de empresas com vínculo entre si: Atividade produtiva predominante. Mesmo território

O que é um APL? Conjunto significativo de empresas com vínculo entre si: Atividade produtiva predominante. Mesmo território O que é um APL? O que é um APL? Um Arranjo Produtivo Local se caracteriza por: Conjunto significativo de empresas com vínculo entre si: Associação Empresarial Entidade ou Governo Instituição de Ensino

Leia mais

MADEIRA 2016 O Brasil e as negociações internacionais de comércio. Camila Sande Especialista em Negociações CNA

MADEIRA 2016 O Brasil e as negociações internacionais de comércio. Camila Sande Especialista em Negociações CNA MADEIRA 2016 O Brasil e as negociações internacionais de comércio Camila Sande Especialista em Negociações CNA 16 de junho de 2016 Agronegócio consumo doméstico e exportação Exportação Consumo Doméstico

Leia mais

O Agronegócio e o Sucesso do Brasil no Mercado de Carnes Gedeão Silveira Pereira

O Agronegócio e o Sucesso do Brasil no Mercado de Carnes Gedeão Silveira Pereira O Agronegócio e o Sucesso do Brasil no Mercado de Carnes Gedeão Silveira Pereira Vice Presidente FARSUL Terra arável disponível, por pessoa no mundo Brasil EUA Rússia Índia China União Européia Congo Austrália

Leia mais

AS RELAÇÕES INTER-ORGANIZACIONAIS E OS ESQUEMAS DE QUALIDADE ASSEGURADA NA PECUÁRIA DE CORTE

AS RELAÇÕES INTER-ORGANIZACIONAIS E OS ESQUEMAS DE QUALIDADE ASSEGURADA NA PECUÁRIA DE CORTE AS RELAÇÕES INTER-ORGANIZACIONAIS E OS ESQUEMAS DE QUALIDADE ASSEGURADA NA PECUÁRIA DE CORTE Dr. Guilherme Cunha Malafaia Embrapa Gado de Corte OBJETIVO Discutir dois grandes temas que impactam a competitividade

Leia mais

10 de agosto de 2009

10 de agosto de 2009 10 de agosto de 2009 1 A Missão Empresarial Brasileira à China 2009 faz parte do Programa de Ações Integradas de Promoção Comercial, desenvolvido pela Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios

Leia mais

Apresentação Dados Gerais O evento Apoio Campanha de Marketing Ações Especiais Expositores Visitantes

Apresentação Dados Gerais O evento Apoio Campanha de Marketing Ações Especiais Expositores Visitantes Apresentação Dados Gerais O evento Apoio Campanha de Marketing Ações Especiais Expositores Visitantes AUTOMEC FOI SUCESSO EM 2013! A Feira Internacional de Autopeças, Equipamentos e Serviços recebeu mais

Leia mais

Formação Empresários -nível 5. Número formandos padrão. Número formandos padrão. Horas

Formação Empresários -nível 5. Número formandos padrão. Número formandos padrão. Horas N.º de horas e de formandos por Entidade Destinatária Tipologia Escalão Horas Consultoria Formativa (Empresários e Ativos ) Formação Empresários e Ativos - nível 3 Horas Número formandos padrão Formação

Leia mais

Análise econômica e suporte para as decisões empresariais

Análise econômica e suporte para as decisões empresariais Cenário Moveleiro Análise econômica e suporte para as decisões empresariais Númer o 05/2006 Cenário Moveleiro Número 05/2006 1 Cenário Moveleiro Análise econômica e suporte para as decisões empresariais

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Medida 5 ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO Ação 5.1 CRIAÇÃO DE AGRUPAMENTOS E ORGANIZAÇÕES DE PRODUTORES Enquadramento Regulamentar Artigo 27.º Criação

Leia mais

Componentes do Programa e papel dos principais participantes em apoio aos municípios

Componentes do Programa e papel dos principais participantes em apoio aos municípios Componentes do Programa e papel dos principais participantes em apoio aos municípios Eixo 1: Fortalecimento da gestão ambiental municipal AGENDAS PRIORITÁRIAS 1. IMPLANTAR E/OU CONSOLIDAR O SISTEMA MUNICIPAL

Leia mais

Saldo da conta de serviços do Balanço de Pagamentos (US$): Exportações Importações Saldo 73,0 77,8 83,3 36,4 38,1 37,5 40,7

Saldo da conta de serviços do Balanço de Pagamentos (US$): Exportações Importações Saldo 73,0 77,8 83,3 36,4 38,1 37,5 40,7 o o o Relevância do Comércio Exterior de Serviços O comércio exterior de serviços do Brasil representa 5,59% do PIB, bem abaixo da realidade mundial, que alcança o patamar de 12,1% do PIB mundial (Banco

Leia mais

Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2015

Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2015 Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2015 1. Exportações de carnes de janeiro a dezembro de 2015 BRASIL As exportações brasileiras de carnes somaram US$ 14,7 bilhões no período de janeiro

Leia mais

GEOGRAFIA AGRÁRIA CACD. Professor Rodolfo Visentin.

GEOGRAFIA AGRÁRIA CACD. Professor Rodolfo Visentin. GEOGRAFIA AGRÁRIA CACD Professor Rodolfo Visentin. QUE É GEOGRAFIA AGRÁRIA A estrutura agrária reúne as condições sociais e fundiárias de um espaço, envolvendo aspectos referentes á legalidade das terras,

Leia mais

OS FUNDOS DO BANCO DO NORDESTE VOLTADOS À PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NAS EMPRESAS NORDESTINAS

OS FUNDOS DO BANCO DO NORDESTE VOLTADOS À PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NAS EMPRESAS NORDESTINAS OS FUNDOS DO BANCO DO NORDESTE VOLTADOS À PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NAS EMPRESAS NORDESTINAS Laércio de Matos Ferreira São Luís, novembro de 2011 A EMPRESA E O PROCESSO DE GERAÇÃO DE INOVAÇÕES A

Leia mais