PECUÁRIA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PECUÁRIA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos"

Transcrição

1 PECUÁRIA Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

2 DESEMPENHO DA PECUÁRIA o o Carne bovina O consumo doméstico de carne bovina registrou recuo nos dois últimos anos e ainda continua enfraquecido, refletindo as elevadas taxas de desemprego. No primeiro semestre do ano, as exportações registraram retração, como efeito da operação Carne Fraca (março) e das delações (maio), que geraram crise de confiança internacional no produto brasileiro. O resultado foi um desequilíbrio na cadeia produtora de carne bovina, com recuo acentuado de abates e queda de preços do boi gordo. A partir de agosto as exportações passaram a reagir, já que a demanda internacional está em expansão. Nos próximos meses, a demanda interna deverá apresentar sinais de melhora com a recuperação da renda real da população, favorecendo a retomada dos preços do boi, que porém ainda deverão ficar abaixo dos níveis registrados no ano passado, quando as exportações apresentavam sinais de forte expansão. Carne Avícola e Carne Suína As exportações passaram a registrar incremento a partir de agosto, refletindo a expansão da demanda externa. O consumo doméstico deverá dar sinais de melhora nos meses à frente, refletindo a melhora da renda real da população. Os custos da ração estão muito mais baixos este ano, frente ao ano passado, por conta da sobre oferta de milho no mercado doméstico, contribuindo para a melhora das margens.

3 * PRODUÇÃO NACIONAL DO COMPLEXO CARNES Mil toneladas Produção Nacional do Complexo Carnes Fonte e projeção: USDA Elaboração: Bradesco em mil toneladas Bovina Avícola Suína Fonte: USDA, Bradesco

4 * EXPORTAÇÕES DO COMPLEXO CARNES USDA, mil toneladas Fonte e (*) Projeção: USDA Elaboração: Bradesco Exportações Brasileiras do Complexo Carnes em -mil 1997 toneladas Bovina Frango Suínos Fonte: USDA, Bradesco

5 * PRODUÇÃO BRASILEIRA DO COMPLEXO CARNES Mil toneladas Produção Brasileira do Complexo Carnes Fonte e Projeção: USDA Produção Part. % no mundo ,0% % 10% 10% 10,5% 10% 10,0% 9,5% 9,0% 8,5% 8,0% 7,5% 7,0% ,5% Fonte: USDA, Bradesco

6 EXPORTAÇÕES DE CARNES EM VOLUME Exportações de carne bovina, suína e avícola - acumulado 12 meses em mil toneladas - fonte: Secex Elaboração: Bradesco Acumulado de 12 meses, em mil toneladas BOVINA SUÍNO FRANGO Fonte: SECEX, Bradesco

7 EXPORTAÇÕES DE CARNES Exportações de carne bovina, suína e avícola - acumulado 12 meses em mil toneladas - fonte: Secex Elaboração: Bradesco Var. em volume, acumulado de 12 meses 45,0% BOVINA SUÍNO FRANGO 35,0% 25,0% 15,0% 5,0% -5,0% 4,4% -3,8% -5,5% -15,0% -25,0% Fonte: SECEX, Bradesco

8 Carne Avícola

9 * em mil toneladas Exportações de Carne de Frango dos maiores exportadores Fonte e (*) projeção: USDA Elaboração: Bradesco EXPORTAÇÕES DE CARNE DE FRANGO - MAIORES PLAYERS Mil toneladas Brasil EUA União Europeia Fonte: USDA, Bradesco

10 EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE DE FRANGO em mil toneladas Mil toneladas Exportações Brasileiras de Carne de Frango Fonte: USDA Carne de Frango - Exportações Part. % no mundo 15,2% ,9% ,0% ,6% 50,0% 45,0% 40,0% 35,0% 30,0% 25,0% 20,0% 15,0% 10,0% 5,0% 0,0% * Fonte: USDA, Bradesco

11 COEFICIENTE DE EXPORTAÇÕES DE CARNE DE FRANGO Fonte: USDA Coeficiente de Exportações de Carne de Frango 35,0% 30,0% 25,0% 25% 29% 29% 27% 28% 29% 29% 27% 27% 28% 28% 28% 29% 30% 30% 31% 20,0% 19% 21% 15,0% 15% 10,0% * Fonte: USDA, Bradesco

12 * PRODUÇÃO BRASILEIRA DE CARNE DE FRANGO Mil toneladas em mil toneladas Produção Brasileira de Carne de Frango Fonte e Projeção: USDA Produção Part. % no mundo ,0% % 16% 16,0% 14,0% ,0% % (*) 10,0% 8,0% ,0% Fonte: USDA, Bradesco

13 ABATES DE AVES 1997, em milhões de aves abatidas em milhões de aves abatidas Abate de Aves Fonte: IBGE Fonte: IBGE, Bradesco

14 ABATES DE AVES em milhões de cabeças Abate de aves - acumulado de 12 meses Acumulado de 12 meses, em milhões de aves abatidas Fonte: IBGE Fonte: IBGE, Bradesco

15 PREÇOS DO FRANGO VIVO Praça Paraná, em R$ por kg Em R$ por kg FRANGO VIVO PREÇO AO PRODUTOR - PRAÇA PR Fonte: DERAL 3,2 3,0 2,8 2,6 2,4 2,2 2,0 1,8 1,6 1,4 1,2 1,0 0,8 3,08 2,46 2,54 2,15 1,81 1,65 1,40 1, ,50 Fonte: DERAL, Bradesco

16 Carne suína

17 * EXPORTAÇÕES DE CARNE SUÍNA - MAIORES PLAYERS em mil toneladas Mil toneladas Exportações de Carne Suína dos maiores exportadores Fonte: USDA Brasil EUA União Europeia Canadá Fonte: USDA, Bradesco

18 * EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE SUÍNA Mil toneladas em mil toneladas EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE SUÍNA Fonte: USDA % % 13% % % % % 707 Participação % nas exportações % % 16,0% ,0% 12,0% 10% 10% 10,0% 8,0% 6,0% 4,0% 2,0% - 0,0% Fonte: USDA, Bradesco

19 * COEFICIENTE DE EXPORTAÇÕES DE CARNE SUÍNA Fonte: USDA Coeficiente de Exportações de Carne Suína 30,0% 28% 25,0% 20,0% 15,0% 15% 23% 24% 24% 24% 23% 23% 22% 22% 22% 21% 19% 20% 18% 18% 18% 16% 10,0% 5,0% 5% 6% 6% 8% 0,0% Fonte: USDA, Bradesco

20 PRODUÇÃO BRASILEIRA DE CARNE SUÍNA Produção Brasileira de Carne Suína Fonte e Projeção: USDA em Mil ton mil toneladas Produção 2% Part. % no mundo % % ,5% 3% 3,0% 2,5% 2,0% ,5% * Fonte: USDA, Bradesco

21 ABATES DE SUÍNOS Em mil animais abatidos em mil cabeças Abate de Suínos Fonte: IBGE Fonte: IBGE, Bradesco

22 ABATES DE SUÍNOS Acumulado de 12 meses, em mil animais abatidos em mil cabeças Abate de suínos - acumulado de 12 meses Fonte: IBGE Fonte: IBGE, Bradesco

23 PREÇOS DO SUÍNO VIVO Praça paraná, R$ por kg Em R$ por kg PREÇOS DO SUÍNO VIVO PRAÇA PARANÁ Fonte: DERAL 4,3 3,8 3,91 3,3 2,8 2,85 2,76 3,10 2,76 3,34 3,43 2,3 1,8 1,3 1,64 1,84 0, Fonte: DERAL, Bradesco

24 Carne bovina

25 * EXPORTAÇÕES DE CARNE BOVINA MAIORES PLAYERS Mil toneladas Exportações de Carne Bovina dos maiores exportadores Fonte e Projeção: USDA Elaboração: Bradesco Brasil Austrália EUA Índia Fonte: USDA, Bradesco

26 * PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA - MAIORES PLAYERS Mil toneladas em mil toneladas Produção de Carne Bovina dos maiores exportadores Fonte e Projeção: USDA Elaboração: Bradesco Brasil Austrália EUA Índia Fonte: USDA, Bradesco

27 REBANHO DE BOVINOS - PAÍSES SELECIONADOS Mil toneladas em m il t em m il t * Brasil Argentina EUA Austrália Fonte: USDA, Bradesco

28 * EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE BOVINA Mil toneladas Exportações Brasileiras de Carne Bovina Fonte: USDA em mil toneladas Carne Bovina - Exportações Part. % no mundo % 32,0% 28,0% 24,0% % 20% 20,0% 18% 16,0% 12,0% 8,0% 4,0% 200 0,0% Fonte: USDA, Bradesco

29 COEFICIENTE DE EXPORTAÇÕES DE CARNE BOVINA Fonte: USDA Coeficiente de Exportações de Carne Bovina 25,0% 23% 24% 20,0% 15,0% 20% 18% 17% 15% 16% 19% 20% 18% 18% 19% 19% 10,0% 5,0% 0,0% * Fonte: USDA, Bradesco

30 * PRODUÇÃO BRASILEIRA DE CARNE BOVINA Mil toneladas Produção Brasileira de Carne Bovina Fonte e Projeção: USDA em mil toneladas Participação % no Mundo 15% 16% 16% 16% 18,0% 16,0% % 14,0% (*) 12,0% ,0% Fonte: USDA, Bradesco

31 REBANHO DE BOVINOS - PAÍSES SELECIONADOS Fonte e (*) Projeção: USDA Elaboração: Bradesco Exportações Brasileiras do Complexo Carnes em mil toneladas Mil cabeças Brasil Argentina EUA Austrália * Fonte: USDA, Bradesco

32 ABATES DE BOVINOS Mil animais em número de animais abatidos Evolução dos Abates totais Fonte: IBGE Fonte: IBGE, Bradesco

33 ABATES DE BOVINOS (Acumulado 12 meses, mil animais mil sacas de 60 kg Abate total de bovinos Abate total de Fonte: IBGE, Bradesco

34 Em R$ por arroba (15 kg) PREÇOS DO BOI GORDO São Paulo, R$ por arroba BOI GORDO PREÇO AO PRODUTOR - PRAÇA SP Elaboração e Projeção: Bradesco 160,0 157,7 140,0 120,0 109,6 125,2 126,9 143,2 100,0 80,0 93,3 74,5 90,8 60,0 40,0 20, Fonte: CEPEA ESALQ, BLOOMBERG, Bradesco o Projeção de preço: média dos preços futuros na BMF

35 08 RELAÇÃO DE TROCA ENTRE BOI GORDO E BEZERRO ,4 2,3 QUANTIDADE DE BEZERROS QUE É POSSÍVEL COMPRAR COM UMA CABEÇA DE BOI. QUANTO MENOR PIOR INDICA AUMENTO DE CUSTOS COM A REPOSIÇÃO. 2,2 2,1 2,0 2,00 1,9 1,8 1,7 1,6 1,5 Fonte: CEPEA ESALQ, Bradesco

36 PREÇO DO BEZERRO (R$ / arroba) , Fonte: CEPEA ESALQ, Bradesco

37 ABATES DE BOIS E VACAS E PREÇOS DE BEZERRO Acumulado 12 meses, participação no n de animais abatidos, R$/cabeça PARTICIPAÇÃO EM FONTE: R$ POR IBGE CABEÇA E % CEPEA NO NÚMERO DE ANIMAIS ABATIDOS ELABORAÇÃO: BRADESCO Abates de Bois e Vacas (Acumulado em 12 meses) e Preços de Bezerro abate de vacas abate de bois preços bezerro 65% 60% 55% 50% 45% 40% 35% 30% 25% 1.600,00 56,1% 1.400, , , ,00 800,00 600,00 400,00 30,0% 200,00 20% ,00 Fonte: IBGE, CEPEA, Bradesco

38 Perfil Setorial

39 PARTICIPAÇÃO NO COMPLEXO CARNES Produção Produção de carnes - USDA - mil ton Carne Bovina 35,8% Carne Suína 14,1% Carne de Frango 50,1% Fonte: USDA, Bradesco

40 CONSUMO DE CARNES NO BRASIL E NO MUNDO 2016 Carne Bovina 37,9% Carne Suína 14,2% BRASIL Carne de Frango 47,9% Carne Bovina 23,1% Carne Suína 42,5% MUNDO Carne de Frango 34,5% Fonte: USDA, Bradesco

41 Sazonalidade

42 O ciclo produtivo no setor avícola é curto, ou seja são 45 dias entre o nascimento e o abate das aves.

43 O ciclo produtivo no setor suinícola é de 1 ano e meio, ou seja 18 meses entre o nascimento e o abate do suíno.

44 PECUÁRIA BOVINA - SAFRA E ENTRESSAFRA o Ocorre no 1º semestre do ano, no período de chuvas, quando há pastagens abundantes; o Com maior oferta de boi para abate, os preços do boi gordo nesse período são menores; o O ciclo da pecuária bovina é longo 2,5 anos contando desde o nascimento do bezerro até o abate do animal com aproximadamente 15 arrobas.

45 ENTRESSAFRA BOVINA o A entressafra bovina ocorre no 2º semestre, período da seca, quando o frio e as geadas secam as pastagens. O boi perde peso e há menor oferta de boi para abate. No entanto os preços do boi se elevam nesse período, porque a oferta é maior de boi de confinamento, cujo custo de produção é mais elevado; o Além disso a demanda é maior nos últimos meses do ano, influenciando a alta de preços; o Outro aspecto é que há redução do abate de vacas no 2º semestre, notadamente entre setembro e outubro, que é o período de monta, ou seja, a fase de reprodução.

46 ENTRESSAFRA BOVINA o Durante a entressafra bovina, com a elevação dos preços, há um leve acréscimo de consumo de carne de frango e de suíno. o Nas festas natalinas há aumento do consumo de aves em geral e de suínos.

47 CONFINAMENTO o Primeiro giro do confinamento entre maio e julho o Segundo giro do confinamento entre agosto e novembro o O boi fica cerca de 90 dias no confinamento

48 SAZONALIDADE DO CONFINAMENTO 5,1% 14,6% 28,3% 25,8% 5,1% 14,7% 14,6% 5,6% 28,3% 25,8% 14,7% 5,6% 40% 35% Entrada de animais Saída de animais 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Fonte: ASSOCON, Bradesco

49 Custos de Produção

50 FRANGO DE CORTE EM SANTA CATARINA Custos de produção Custos de Produção de frango de corte em Santa Catarina - climatizado Forração 0,95% Energia Elétrica 1,19% Mão-de-Obra 1,44% Transportes 2,44% Calefação 0,82% Outros 7,44% Pintinhos 13,24% Ração 72,48% Fonte: CONAB, Bradesco

51 CUSTOS DE PRODUÇÃO DE SUÍNOS EM SANTA CATARINA Custos de Produção de suíno vivo em Santa Catarina Energia Elétrica 0,60% Manutenção 1,00% Produtos Veterinários 2,30% Transportes 2,50% Depreciações 3,40% Outros 8,50% Mão-de-Obra 4,40% Ração 77,30% Fonte: CONAB, Bradesco

52 CUSTOS DE CONFINAMENTO DE BOVINOS São Paulo Administração 8% Itens Veterinários 3% Alimentação 35% Boi Magro 54% Fonte: CEPEA ESALQ, Bradesco

53 Ranking

54 Carne avícola

55 PRODUÇÃO DE CARNE DE FRANGO Ranking mundial 2016 Ranking Mundial de Produção de Carne de Frango Outros 23,2% EUA 20,6% Argentina 2,5% México 3,7% Brasil 15,1% Rússia 4,1% Índia 4,7% União Europeia 12,0% China 14,2% Fonte: USDA, Bradesco

56 CONSUMO DE CARNE DE FRANGO Ranking mundial 2016 Ranking Mundial de Consumo de Carne de Frango Outros 29,2% EUA 17,4% China 14,5% Japão 2,6% Rússia 4,3% México 4,7% Índia 4,8% Brasil 10,8% União Europeia 11,8% Fonte: USDA, Bradesco

57 EXPORTAÇÃO DE CARNE DE FRANGO Ranking mundial 2016 Ranking Mundial de Exportação de Carne de Frango China 3,5% Outros 13,2% Tailândia 5,9% Brasil 38,0% União Europeia 11,0% EUA 28,4% Fonte: USDA, Bradesco

58 IMPORTAÇÃO DE CARNE DE FRANGO Ranking mundial 2016 Ranking Mundial de Importação de Carne de Frango Outros 36,7% Japão 10,4% Arábia Saudita 10,3% México 9,2% Rússia 1,5% Angola 3,0% Hong Kong 3,5% China 4,1% Iraque 7,7% África do Sul 5,4% União Europeia 8,3% Fonte: USDA, Bradesco

59 Carne suína

60 PRODUÇÃO DE CARNE SUÍNA Ranking mundial 2016 Filipinas 1,3% México 1,3% Japão 1,2% Canadá 1,8% Vietnã 2,3% Outros 5,9% Rússia 2,4% Brasil 3,3% EUA 10,4% China 48,9% União Europeia 21,3% Fonte: USDA, Bradesco

61 CONSUMO DE CARNE SUÍNA Ranking mundial, 2016 Ranking Mundial de Consumo de Carne Suína Japão 2,4% Brasil 2,7% Rússia 2,8% EUA 8,7% Outros 14,4% China 50,1% União Europeia 19,0% Fonte: USDA, Bradesco

62 EXPORTAÇÃO DE CARNE SUÍNA Ranking mundial 2016 Ranking Mundial de Exportação CARNE de SUÍNA Carne Suína - Exportação - em mil t China 3,0% Brasil 8,8% Outros 6,7% União Europeia 34,1% Canadá 16,4% EUA 31,0% Fonte: USDA, Bradesco

63 IMPORTAÇÃO DE CARNE SUÍNA Ranking mundial 2016 Ranking Mundial de Importação de Carne Suína Outros 21,9% Japão 18,3% Rússia 4,9% Hong Kong 5,7% EUA 7,4% Coréia 8,5% México 15,3% China 18,0% Fonte: USDA, Bradesco

64 Carne bovina

65 REBANHO BOVINO Ranking mundial, 2016 Ranking de rebanho por países Rússia 1,9% Austrália 2,8% Argentina 5,3% União Europeia 9,1% México 1,7% Outros 5,7% Índia 31,1% EUA 9,4% China 10,3% Brasil 22,5% Fonte: USDA, Bradesco

66 ABATE DE BOVINOS Ranking mundial, 2016 Rússia 2,8% Austrália 3,5% Nova Zelândia 1,9% México 2,6% Argentina 5,2% União Europeia 11,5% Outros 5,4% China 20,7% Brasil 16,7% EUA 13,1% Índia 16,6% Fonte: USDA, Bradesco

67 PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA Ranking Mundial de Produção de Carne Bovina Ranking mundial, 2016 Canadá 1,8% Rússia 2,2% Paquistão 3,0% México 3,2% Outros 14,3% EUA 19,2% Austrália 3,7% Brasil 16,3% Argentina 4,5% Índia 7,3% China 11,5% União Europeia 13,0% Fonte: USDA, Bradesco

68 CONSUMO DE CARNE BOVINA Ranking Mundial de Consumo de Carne bovina Ranking mundial, 2016 México 3,1% Índia 4,1% Japão 2,1% Paquistão 3,0% Outros 19,3% EUA 20,2% Brasil 13,7% Rússia 3,4% Argentina 4,3% China 13,3% União Europeia 13,5% Fonte: USDA, Bradesco

69 EXPORTAÇÃO DE CARNE BOVINA Ranking mundial, 2016 Argentina 2,4% Ranking Mundial de Exportação de Carne bovina CARNE BOVINA - Exportação - em mil t Canadá 4,3% União Europeia 3,3% Paraguai 3,9% Outros 9,2% Índia 20,2% Uruguai 3,9% Nova Zelândia 6,1% Brasil 19,2% EUA 11,6% Austrália 15,8% Índia: inclui exportação de carne de búfalo Fonte: USDA, Bradesco

70 IMPORTAÇÃO DE CARNE BOVINA Ranking mundial, 2016 Ranking Mundial de Importação de Carne bovina CARNE BOVINA - Importação - em mil t Outros 31,3% EUA 17,1% China 10,7% Egito 3,7% Canadá 3,7% União Europeia 4,7% Hong Kong 5,2% Rússia 8,1% Coréia do Sul 5,9% Japão 9,4% Fonte: USDA, Bradesco

71 Regionalização

72 SUÍNOS E AVES o A região Sul do país tem perfil mais exportador no segmento de carnes suínas e de frango; o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul respondem por 80% das exportações; o São Paulo e Minas Gerais têm perfil mais voltado para o mercado interno.

73 Fornecedores

74 FORNECEDORES DE INSUMO PARA OS CRIADORES o Fabricantes de medicamentos e vacinas; o Fabricantes de ração.

75 Consumidores

76 COEFICIENTE DE EXPORTAÇÕES DO COMPLEXO CARNES BRASILEIRO 2016 Carne Bovina BOVINOS Carne Suína SUÍNOS Exportações; 19,9% Exportações; 24,3% Mercado Interno; 80,1% AVES Carne de Frango Mercado Interno; 75,7% Exportações; 30,2% Mercado Interno; 69,8% Fonte: USDA, Bradesco

77 Fatores de risco

78 o Riscos sanitários contaminação pela gripe aviária, por meio de aves migratórias o Barreiras sanitárias e sanções comerciais o Setor exportador dependente do comportamento do câmbio o Setor sensível aos aumentos de custos do milho e da soja

79 DEPEC-BRADESCO O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas publicações e projeções. Todos os dados ou opiniões dos informativos aqui presentes são rigorosamente apurados e elaborados por profissionais plenamente qualificados, mas não devem ser tomados, em nenhuma hipótese, como base, balizamento, guia ou norma para qualquer documento, avaliações, julgamentos ou tomadas de decisões, sejam de natureza formal ou informal. Desse modo, ressaltamos que todas as consequências ou responsabilidades pelo uso de quaisquer dados ou análises desta publicação são assumidas exclusivamente pelo usuário, eximindo o BRADESCO de todas as ações decorrentes do uso deste material. Lembramos ainda que o acesso a essas informações implica a total aceitação deste termo de responsabilidade e uso.

PECUÁRIA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

PECUÁRIA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PECUÁRIA Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA PECUÁRIA o o Carne bovina O consumo doméstico de carne bovina registrou recuo nos dois últimos anos e continuou

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

CARNE AVÍCOLA JUNHO DE 2017

CARNE AVÍCOLA JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE AVÍCOLA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

CARNE BOVINA JUNHO DE 2017

CARNE BOVINA JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2016

CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO

PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO 2014-2015 10 DE OUTUBRO DE 2014 Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC CENÁRIO AGRÍCOLA PRODUÇÃO GLOBAL DE GRÃOS SAFRA 2014/15

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRIGO JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas publicações

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SOJA DEZEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SOJA DEZEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SOJA DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ARROZ JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ARROZ JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ARROZ JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas publicações

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ARROZ NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ARROZ NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ARROZ NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ALGODÃO JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ALGODÃO JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ALGODÃO JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ALGODÃO DEZEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ALGODÃO DEZEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ALGODÃO DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

Bens de capital. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Bens de capital. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Bens de capital Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO BENS DE CAPITAL o o o Desempenho atual: elevação da produção industrial neste ano reflete, em grande medida,

Leia mais

Maio de Queda dos preços do milho e ampliação das exportações devem permitir melhora das margens na cadeia de aves e suínos

Maio de Queda dos preços do milho e ampliação das exportações devem permitir melhora das margens na cadeia de aves e suínos Maio de 2016 Queda dos preços do milho e ampliação das exportações devem permitir melhora das margens na cadeia de aves e suínos Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PNEUS E BORRACHA NOVEMBRO DE 2016

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PNEUS E BORRACHA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PNEUS E BORRACHA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PNEUS E BORRACHA JUNHO DE 2017

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PNEUS E BORRACHA JUNHO DE 2017 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PNEUS E BORRACHA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MINÉRIO DE FERRO JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MINÉRIO DE FERRO JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MINÉRIO DE FERRO JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JANEIRO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JANEIRO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JANEIRO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CENÁRIO MACROECONÔMICO Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AMBIENTE INTERNACIONAL o Riscos reduzidos de crise. O crescimento global continua a ganhar tração, com maior

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CENÁRIO MACROECONÔMICO Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AMBIENTE INTERNACIONAL o o o o Apesar de uma leve desaceleração no ritmo de crescimento do primeiro trimestre em

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Março de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Março de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CENÁRIO MACROECONÔMICO Março de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AMBIENTE INTERNACIONAL o Riscos reduzidos de crise, a despeito da volatilidade recente. O crescimento global segue

Leia mais

AGRICULTURA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão Embora não tenha alcançado recorde, as 3 últimas safras globais seguiram em recuperação

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CENÁRIO MACROECONÔMICO Novembro de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AMBIENTE INTERNACIONAL o Riscos reduzidos de crise. O crescimento global continua a ganhar tração, com maior

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ÔNIBUS JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ÔNIBUS JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ÔNIBUS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas publicações

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ÔNIBUS DEZEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ÔNIBUS DEZEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ÔNIBUS DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

AGRICULTURA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Janeiro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão Embora não tenha alcançado recorde, as 3 últimas safras globais seguiram em recuperação

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas publicações

Leia mais

DESAFIOS DO CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Março de 2016

DESAFIOS DO CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Março de 2016 DESAFIOS DO CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO Março de 2016 1 1 AMBIENTE INTERNACIONAL Fim do longo ciclo de commodities. Desaceleração China. Aumento de juros nos EUA, mas de forma gradual.

Leia mais

Fabio Silveira. Outubro 2016

Fabio Silveira. Outubro 2016 Cenário Proteína Animal Fabio Silveira Outubro 2016 Mercado mundial: produção x consumo milhões t 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 P 2017 P Carne de Frango Carne Bovina Carne Suína Total Prod. 78,3 81,3

Leia mais

INTERNA. Este documento foi classificado como confidencial pelo Depec, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos clientes do Bradesco.

INTERNA. Este documento foi classificado como confidencial pelo Depec, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos clientes do Bradesco. INTERNA Este documento foi classificado como confidencial pelo Depec, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos clientes do Bradesco. CENÁRIO MACROECONÔMICO JANEIRO DE 2016 FABIANA D ATRI Departamento

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Novembro de 2016

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Novembro de 2016 CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO Novembro de 2016 1 1 AMBIENTE INTERNACIONAL Fim do longo ciclo de commodities. Desaceleração moderada da China. Aumento de juros nos EUA, mas de forma gradual.

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Dezembro de 2016

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Dezembro de 2016 CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO Dezembro de 2016 1 1 AMBIENTE INTERNACIONAL Fim do longo ciclo de commodities. Desaceleração moderada da China. Aumento gradual de juros nos EUA. Esperamos

Leia mais

LEITE E DERIVADOS JUNHO DE 2017

LEITE E DERIVADOS JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MINÉRIO DE FERRO NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MINÉRIO DE FERRO NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MINÉRIO DE FERRO NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Julho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Julho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CENÁRIO MACROECONÔMICO Julho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AMBIENTE INTERNACIONAL o Os desafios do cenário global têm crescido. O fortalecimento do dólar em relação às demais

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Dezembro de 2015 Abertura de mercado e câmbio depreciado impulsionarão as exportações brasileiras de carnes no ano que vem Priscila Pacheco Trigo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos O crescimento

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Junho de 2017

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Junho de 2017 CENÁRIO MACROECONÔMICO Junho de 2017 1 AMBIENTE INTERNACIONAL Riscos reduzidos de crise, com o crescimento global se sustentando em ritmo positivo, de forma generalizada. Aumento gradual de juros nos EUA.

Leia mais

INTERNA. Este documento foi classificado como confidencial pelo Depec, e o acesso está autorizado, exclusivamente, a Ocepar.

INTERNA. Este documento foi classificado como confidencial pelo Depec, e o acesso está autorizado, exclusivamente, a Ocepar. INTERNA Este documento foi classificado como confidencial pelo Depec, e o acesso está autorizado, exclusivamente, a Ocepar. 1 DESAFIOS E INCERTEZAS DO CENÁRIO MACROECONÔMICO BRASILEIRO E GLOBAL 2 2 Fabiana

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Pecuária de Corte

Balanço 2016 Perspectivas Pecuária de Corte Pecuária de Corte 113 114 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 RETOMADA ECONÔMICA DEVE MELHORAR A DEMANDA POR CARNE BOVINA RECUPERAÇÃO DA ECONOMIA COMBINADA COM A PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR

Leia mais

LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2016

LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Julho de 2017

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Julho de 2017 CENÁRIO MACROECONÔMICO Julho de 2017 1 AMBIENTE INTERNACIONAL Riscos reduzidos de crise, com o crescimento global se sustentando em ritmo positivo, de forma generalizada. Aumento gradual de juros nos EUA.

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Janeiro de 2017

CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO. Janeiro de 2017 CENÁRIO MACROECONÔMICO PARA O BRASIL E MUNDO Janeiro de 2017 1 1 AMBIENTE INTERNACIONAL Fim do longo ciclo de commodities, com estabilização dos preços nos últimos meses. Desaceleração moderada da China.

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS PARTICIPAÇÃO NA PRODUÇÃO Produção de carnes NACIONAL - USDA - mil ton DO COMPLEXO CARNES - 2014 Carne Bovina

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CENÁRIO MACROECONÔMICO Junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AMBIENTE INTERNACIONAL o Os desafios do cenário global têm crescido. O fortalecimento do dólar em relação às demais

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MILHO JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MILHO JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MILHO JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas publicações

Leia mais

Pecuária de Corte: Análise de Mercado

Pecuária de Corte: Análise de Mercado Pecuária de Corte: Análise de Mercado Leila Harfuch Wilson Zambianco 1 de abril de 215 www.agroicone.com.br Sumário Preços da Pecuária Margem bruta da Indústria Abate de Bovinos Produção de Carne Bovina

Leia mais

Dados estatísticos dos principais produtos do Agronegócio Brasileiro

Dados estatísticos dos principais produtos do Agronegócio Brasileiro Dados estatísticos dos principais produtos do Agronegócio Brasileiro CADERNO DE ESTATÍSTICAS Uma publicação da Representação do IICA/Brasil Elaboração: Daniela Faria e Diego Machado 1. Apresentação 2.

Leia mais

Panorama Setorial 1T18

Panorama Setorial 1T18 abr/15 mai/15 jun/15 jul/15 ago/15 set/15 out/15 nov/15 dez/15 jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16 jan/17 fev/17 mar/17 abr/17 mai/17 jun/17 jul/17 ago/17

Leia mais

Figura 1 Principais índices de inflação, em variação % jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13 jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14

Figura 1 Principais índices de inflação, em variação % jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13 jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 CONJUNTURA ECONÔMICA No mês de junho a inflação aumentou em relação ao ano passado, todavia quando comparado a maio deste ano houve um pequeno retrocesso. No mês de junho de 214 o IPCA subiu,4%, com um

Leia mais

Rondônia. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Rondônia. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Rondônia Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO RONDÔNIA Rondônia 1,81 milhão* 601,9 mil* População Domicílios Classe B 4% Classe A 3% Classe E 26% RO R$

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS DEZEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS DEZEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA BOVINOCULTURA FEVEREIRO / 2009

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA BOVINOCULTURA FEVEREIRO / 2009 Instituto Mato Grossense de Economia Agrícola RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA BOVINOCULTURA FEVEREIRO / 2009 Presidente: Rui Carlos Ottoni Prado Superintendente: Seneri Kernbeis Paludo Elaboração: Otávio L. M.

Leia mais

AGRICULTURA. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão A safra mundial 2017/18 será maior, mas com melhor ajuste de estoques já que o consumo

Leia mais

Piauí. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Piauí. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Piauí Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO PIAUÍ 3,22 milhão* População Piauí 961,43 mil* Domicílios Classe B 4% Classe C 41% Classe A 2% Classe D 21%

Leia mais

AGOSTO DE Fabiana D Atri Economista Sênior do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC

AGOSTO DE Fabiana D Atri Economista Sênior do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC AGOSTO DE 2011 Fabiana D Atri Economista Sênior do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC TAXA DE CRESCIMENTO DO PIB DO MUNDO (SOMA DOS PIBs OBTIDA PELA PARIDADE DO PODER DE COMPRA) 1980-2012

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Julho de 2014 Avanço no campo garantiu ganho de participação do Brasil na produção e no comércio mundial de commodities agrícolas nos últimos anos Priscila Pacheco Trigo Departamento de Pesquisas e Estudos

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos BENS DE CAPITAL NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos BENS DE CAPITAL NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos BENS DE CAPITAL NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO

AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO Outubro de 2014 Panorama Macroeconômico A divergência entre o crescimento econômico norte-americano e a desaceleração de outros países desenvolvidos tem levado ao fortalecimento

Leia mais

Cenário macroeconômico

Cenário macroeconômico Cenário macroeconômico 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016* 2017* TAXA DE CRESCIMENTO DO PIB DO MUNDO (SOMA DOS PIBs OBTIDA PELA PARIDADE DO PODER DE COMPRA) 1980 - Título 2011 FONTE: FMI. ELABORAÇÃO E

Leia mais

CENÁRIO GLOBAL E DOMÉSTICO 2009/10

CENÁRIO GLOBAL E DOMÉSTICO 2009/10 CENÁRIO GLOBAL E DOMÉSTICO 2009/10 O BRASIL ESTÁ EM FRANCA RECUPERAÇÃO! NOVEMBRO 2009 FERNANDO HONORATO BARBOSA Economista Coordenador Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DEPEC (*) Veja importantes

Leia mais

Distrito Federal. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Distrito Federal. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Distrito Federal Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO DISTRITO FEDERAL Distrito Federal 3,04 1,03 milhões* milhão* População Domicílios Classe B 7% Classes

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2017

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2017 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CENÁRIO MACROECONÔMICO Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AMBIENTE INTERNACIONAL o o o o o O final do ano passado foi marcado por forte ajuste dos preços de diversos ativos:

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

PIB DO BRASIL (VARIAÇÃO ANUAL) FONTE: IBGE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO

PIB DO BRASIL (VARIAÇÃO ANUAL) FONTE: IBGE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO 1 PIB DO BRASIL (VARIAÇÃO ANUAL) 1984-2014 2 2 FONTE: IBGE ELABORAÇÃO E PROJEÇÃO: BRADESCO DESAFIOS DA ECONOMIA BRASILEIRA: DEMOGRAFIA, MERCADO DE TRABALHO E AMBIENTE EXTERNO 3 3 O BAIXO DESEMPREGO NO

Leia mais

AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO

AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO Junho de 2017 Panorama Macroeconômico A surpresa baixista com o desempenho dos indicadores correntes de atividade econômica nos levou a atualizar nossa projeção para o PIB. Esperamos

Leia mais

Acre. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Acre. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Acre Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO ACRE Acre 829,6 mil* 239,1 mil* População Domicílios 50,2% 49,8% Gênero 27,6 32,2 2017 2030 Idade média (anos)

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS

TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO

CENÁRIO MACROECONÔMICO CENÁRIO MACROECONÔMICO SEGUE PAUTADO PELAS MUDANÇAS NO CENÁRIO GLOBAL, AFETANDO DIRETAMENTE O CÂMBIO, E PELO CRESCIMENTO MAIS MODERADO DA ECONOMIA DOMÉSTICA Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Leia mais

Paraíba. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Paraíba. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Paraíba Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO PARAÍBA 4,03 milhões* População Paraíba 1,27 milhão* Domicílios Classe B 1% Classe C 44% Classe A 4% Classe

Leia mais

Alagoas. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Alagoas. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Alagoas Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO ALAGOAS ALAGOAS 3,38 1,06 milhões* milhão* População Domicílios 47,8% 52,2% Gênero 30,7 35,7 2017 2030 Idade

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MILHO NOVEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MILHO NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MILHO NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

CENÁRIO MACROECONÔMICO. Outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CENÁRIO MACROECONÔMICO Outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AMBIENTE INTERNACIONAL o o o o o Nos últimos meses, o ambiente externo tem se tornado mais complexo e desafiador,

Leia mais

Maranhão. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Maranhão. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Maranhão Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO MARANHÃO Maranhão 7 milhões* 1,98 milhão* População Domicílios 49,4% 50,6% Gênero 29,2 33,9 2017 2030 Idade

Leia mais

SUCO DE LARANJA NOVEMBRO DE 2016

SUCO DE LARANJA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SUCO DE LARANJA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Distrito Federal. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Distrito Federal. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Distrito Federal Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO DISTRITO FEDERAL Distrito Federal 3,04 1,03 milhões* milhão* População Domicílios Classe B 7% Classes

Leia mais

Mato Grosso. Outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Mato Grosso. Outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Mato Grosso Outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO MATO GROSSO Mato Grosso 3,34 milhões* 1,14 milhão* População Domicílios 50,4% 49,6% Gênero 32,0 36,8

Leia mais

Panorama Setorial 3T18

Panorama Setorial 3T18 Panorama Setorial Barretos, 6 de novembro de 2018 - A Minerva Foods é a líder em exportação de carne bovina na América do Sul e atua também no segmento de processados, comercializando seus produtos para

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 5 de outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 5 de outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 5 de outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 28-set 5-out 28-set 5-out 28-set 5-out 28-set

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 6 de setembro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 6 de setembro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 6 de setembro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 31-ago 6-set 31-ago 6-set 31-ago 6-set 31-ago

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 8 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 8 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 8 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 1-jun 8-jun 1-jun 8-jun 1-jun 8-jun 1-jun 8-jun

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 15 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 15 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 15 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 8-jun 15-jun 8-jun 15-jun 8-jun 15-jun 8-jun

Leia mais

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 1 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 1 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO PESQUISA FOCUS 1 de junho de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RELATÓRIO FOCUS 2018 2019 MEDIANA MÉDIA MEDIANA MÉDIA 25-mai 1-jun 25-mai 1-jun 25-mai 1-jun 25-mai

Leia mais

Tocantins. Outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Tocantins. Outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Tocantins Outubro de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO TOCANTINS Tocantins Classes sociais TO 1,55 milhão População 511,3 mil* Domicílios Classe B 3% Classe

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO BRASILEIRO : DESAFIOS E OPORTUNIDADES

CENÁRIO MACROECONÔMICO BRASILEIRO : DESAFIOS E OPORTUNIDADES CENÁRIO MACROECONÔMICO BRASILEIRO 2014-2015: DESAFIOS E OPORTUNIDADES ABRIL, 2014 Fabiana D Atri Economista Sênior do Departamento de Pesquisas 1 e Estudos Econômicos - DEPEC 17/04/11 17/05/11 17/06/11

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NOVEMBRO DE 2016

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS JUNHO DE 2017

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE ALIMENTOS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Sergipe. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Sergipe. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Sergipe Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO SERGIPE Sergipe 2,29 milhões* 715,2 mil* População Domicílios 48,2% 51,8% Gênero 31,4 36,0 2017 2030 Idade

Leia mais

CENÁRIO MACROECONÔMICO

CENÁRIO MACROECONÔMICO CENÁRIO MACROECONÔMICO 18 DE MAIO DE 2015 ELLEN REGINA STETER Economista do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC 1 CENÁRIO GLOBAL 1980 1981 1982 1983 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990

Leia mais

Distrito Federal. Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Distrito Federal. Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Distrito Federal Janeiro de 2019 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO DISTRITO FEDERAL Distrito Federal 3,04 1,03 milhões* milhão* População Domicílios Classe B 7% Classes

Leia mais