6.Nestlé acredita que o Cade (Conselho Administrativo de Direito Econômico) aprovará compra da Garoto em dois meses.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "6.Nestlé acredita que o Cade (Conselho Administrativo de Direito Econômico) aprovará compra da Garoto em dois meses."

Transcrição

1 T e m a s Atores Nestlé e Chocolates 1.O mercado brasileiro está entre as prioridades da Nestlé. 2.Governo quer impor restrições para a aprovação da fusão da Nestlé com a Garoto. 3.Nestlé estará contribuindo para o programa Fome Zero do governo de Lula. 4.Compra da Garoto pela Nestlé pode prejudicar consumidor. (Conselho Administrativo de Direito Econômico) aprovará compra da Garoto em dois meses. 7.Nestle outlines marketing strategy for 2003: advertise also in Globo TV network. 8.Novas fábricas da Nestlé à vista. A matriz quer continuar a investir em expansão no Brasil.

2 1.O mercado brasileiro está entre as prioridades da Nestlé. 8.Novas fábricas da Nestlé à vista. A matriz quer continuar a investir em expansão no Brasil. 2.Governo quer impor restrições para a aprovação da fusão da Nestlé com a Garoto. 3.Nestlé estará contribuindo para o programa Fome Zero do governo de Lula. 7.Nestle outlines marketing strategy for 2003: advertise also in Globo TV network. (Conselho Administrativo de Direito Econômico) aprovará compra da Garoto em dois meses. 4.Compra da Garoto pela Nestlé pode prejudicar consumidor.

3 1.O mercado brasileiro está entre as prioridades da Nestlé. 8.Novas fábricas da Nestlé à vista. A matriz quer continuar a investir em expansão no Brasil. 2.Governo quer impor restrições para a aprovação da fusão da Nestlé com a Garoto. 3.Nestlé estará contribuindo para o programa Fome Zero do governo de Lula. 7.Nestle outlines marketing strategy for 2003: advertise also in Globo TV network. (Conselho Administrativo de Direito Econômico) aprovará compra da Garoto em dois meses. 4.Compra da Garoto pela Nestlé pode prejudicar consumidor.

4 8.Novas fábricas da Nestlé à vista. A matriz quer continuar a investir em expansão no Brasil.? 1. O mercado brasileiro está entre as prioridades da Nestlé. 3.Nestlé estará contribuindo para o programa Fome Zero do governo de Lula. 2.Governo quer impor restrições para a aprovação da fusão da Nestlé com a Garoto. 7.Nestle outlines marketing strategy for 2003: advertise also in Globo TV network. (Conselho Administrativo de Direito Econômico) aprovará compra da Garoto em dois meses. 4.Compra da Garoto pela Nestlé pode prejudicar consumidor.

5 8.Novas fábricas da Nestlé à vista. A matriz quer continuar a investir em expansão no Brasil. Em alguns lugares, ao invés de construir, estaria ela preferindo adquirir empresas existentes?? Por desejar investir mais no Brasil, Nestlé busca empresas susceptíveis de serem compradas Possível confirmação do desejo de estar presente por todo o Brasil: construção de novas fábricas e aquisição de companhias existentes Por desejar estar mais presente no Brasil, Nestlé investe em publicidade e propaganda 1. O mercado brasileiro está entre as prioridades da Nestlé. 3.Nestlé estará contribuindo para o programa Fome Zero do governo de Lula. Nestlé busca passar boa imagem, participando como patrocinador de programa de grande repercussão......e comunicar mais via rede TV importante Por desejar investir mais no Brasil, Nestlé compra a Garoto 2.Governo quer impor restrições para a aprovação da fusão da Nestlé com a Garoto. Governo tenta impor restrições, por isto a demora na aprovação 7.Nestle outlines marketing strategy for 2003: advertise also in Globo TV network. Se a aquisição da Garoto pode prejudicar consumidor, isto não iria contra seu esforço de passar boa imagem (fome zero) e comunicar bem ao povo brasileiro (tv)?? (Conselho Administrativo de Direito Econômico) aprovará compra da Garoto em dois meses. 4.Compra da Garoto pela Nestlé pode prejudicar consumidor.

6 Definir a lista de ações a serem efetuadas e indicar encarregados - Por que a compra da Garoto prejudicaria o consumidor? Suba de preços? Fatia muito grande do mercado? - Quais as restrições impostas pelo governos? - Onde (cidade, estado) são as novas fabricas da Nestlé? - A Nestlé tem preferência de região para instalar novas fabricas? - Buscar mais informações relacionadas a PAN (dificuldades? Interesse em ser comprada pela Nestlé?) - Existem outras empresas que riscam de serem compradas pela Nestlé?

Análise de informações de inteligência estratégica antecipativa coletiva: proposição de um método, caso aplicado e experiências

Análise de informações de inteligência estratégica antecipativa coletiva: proposição de um método, caso aplicado e experiências Análise de informações de inteligência estratégica antecipativa coletiva: proposição de um método, caso aplicado e experiências Marie-Laurence Caron-Fasan Raquel Janissek-Muniz RESUMO A sobrevivência de

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DO MAPA

GESTÃO ESTRATÉGICA DO MAPA GESTÃO ESTRATÉGICA DO MAPA Apresentação Geral Brasília, Setembro de 2006 1 AGENDA ORIGEM E OBJETIVOS DA GESTÃO ESTRATÉGICA NO MAPA PARTICIPANTES DO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO FASES E CRONOGRAMA DO PROJETO

Leia mais

Promoção de vendas é a pressão de marketing de mídia ou não mídia exercida durante um período predeterminado e limitado de tempo ao nível de

Promoção de vendas é a pressão de marketing de mídia ou não mídia exercida durante um período predeterminado e limitado de tempo ao nível de Metas das Comunicações de Marketing: Criação de consciência informar os mercados sobre produtos, marcas, lojas ou organizações. Formação de imagens positivas desenvolver avaliações positivas nas mentes

Leia mais

Fundamentos de Marketing Global Parte 02 Decisão sobre o programa de Marketing Global Alternativas estratégicas de expansão geográfica

Fundamentos de Marketing Global Parte 02 Decisão sobre o programa de Marketing Global Alternativas estratégicas de expansão geográfica Fundamentos de Marketing Global Parte 02 Decisão sobre o programa de Marketing Global Alternativas estratégicas de expansão geográfica As empresas podem crescer de três maneiras diferentes. Os métodos

Leia mais

Módulo 6. O Produto. 6.1. Conceito de produto

Módulo 6. O Produto. 6.1. Conceito de produto Módulo 6. O Produto Para os consumidores a existência de uma multiplicidade de produtos expostos no mercado, cheio de características e adicionais, é de encher os olhos. A livre concorrência possibilita

Leia mais

"A Agroecologia é o único meio que pode permitir que o pobre seja produtivo."

A Agroecologia é o único meio que pode permitir que o pobre seja produtivo. E ntrevista/peter Rosset "A Agroecologia é o único meio que pode permitir que o pobre seja produtivo." Boucinha, Helena* Brixius, Leandro* Para o ativista norte-americano Peter Rosset, a redução do número

Leia mais

Provocam: Instabilidade, insegurança e incerteza no futuro.

Provocam: Instabilidade, insegurança e incerteza no futuro. Apresentação do negócio Menos Empregos Mais Despedimentos Provocam: Instabilidade, insegurança e incerteza no futuro. Isto sucede entre outros fatores, devido à forma como nós ganhamos o dinheiro e obtemos

Leia mais

Eixo temático: H) Políticas públicas e meio ambiente.

Eixo temático: H) Políticas públicas e meio ambiente. 1 SENTIDOS DA MATRIZ ENERGÉTICA BRASILEIRA NA MÍDIA. GRUPOS DE PRESSÃO NOS GOVERNOS FHC E LULA (2001-2002 E 2008-2009). Eixo temático: H) Políticas públicas e meio ambiente. Resumo Este trabalho analisa

Leia mais

Estrutura do Curso. Planejamento Estratégico

Estrutura do Curso. Planejamento Estratégico Estrutura do Curso (Prof. Mauricio Neves) INTRODUÇÃO À ESTRATÉGIA EMPRESARIAL (Unidade I) MODELO PORTER: TÉCNICAS ANALÍTICAS (Unidade II) ESTRATÉGIA BASEADA EM RECURSOS, (Unidade IV) Planejamento Estratégico

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

ANEXO II: CURSOS E ÁREAS AFINS

ANEXO II: CURSOS E ÁREAS AFINS ANEXO II: CURSOS E ÁREAS AFINS Nome do Curso ofertado na UTFPR Alimentos Ambiental Bioprocessos e Biotecnologia Civil Computação Controle e Automação Elétrica Eletrônica Nomes dos Cursos Afins por ordem

Leia mais

A ENTRADA DA RECKITT BENCKISER NO MERCADO DE OTC NO BRASIL

A ENTRADA DA RECKITT BENCKISER NO MERCADO DE OTC NO BRASIL A ENTRADA DA RECKITT BENCKISER NO MERCADO DE OTC NO BRASIL www.espm.br/centraldecases A ENTRADA DA RECKITT BENCKISER NO MERCADO DE OTC NO BRASIL Preparado pelos Professores Antonio Carlos Bonassa e Paulo

Leia mais

Nossos mestres merecem ser lembrados!

Nossos mestres merecem ser lembrados! Nossos mestres merecem ser lembrados! 84% dos brasileiros acreditam que a TV influencia a formação da opinião pública.¹ Os professores participam da formação das pessoas. Sua figura está ligada ao saber,

Leia mais

O Evento. Enquanto o Congresso e Seminário, com sua rica programação reuniram 168 palestrantes, e contou com a participação de 1.060 congressistas.

O Evento. Enquanto o Congresso e Seminário, com sua rica programação reuniram 168 palestrantes, e contou com a participação de 1.060 congressistas. O Evento O principal evento do setor na América Latina - a ExpoAlumínio - superou todas as expectativas em sua Edição de 2012. Realizado simultaneamente ao V Congresso Internacional do Alumínio e o XI

Leia mais

Ambos os métodos possuem vantagens e desvantagens, por isso deve se analisar cada caso para decidir qual o mais apropriado.

Ambos os métodos possuem vantagens e desvantagens, por isso deve se analisar cada caso para decidir qual o mais apropriado. Módulo 4 Como Organizar a Pesquisa O questionário e a observação são dois métodos básicos de coleta de dados. No questionário os dados são coletados através de perguntas, enquanto que no outro método apenas

Leia mais

Apresentações gratuitas nos parques da cidade. Uma ação de inclusão cultural, social e ambiental

Apresentações gratuitas nos parques da cidade. Uma ação de inclusão cultural, social e ambiental O Projeto TeATRo nos PARques é uma ação de inclusão cultural, social e ambiental, que visa a formação de plateias para o teatro. O projeto prioriza um setor da produção teatral que promove a democratização,

Leia mais

Material de Construção

Material de Construção Seminário GVcev Material de Construção Panorama do Varejo de Material de Construção Profº Natal Destro Universidade Corporativa Anamaco A venda de cimento nos últimos 12 meses aumentou 8,7% com 32,8 milhões

Leia mais

A EVOLUÇÃO DO MARKETING:

A EVOLUÇÃO DO MARKETING: A EVOLUÇÃO DO MARKETING: ( 4 Gerações ): Primeira Geração - Ajudar a Vender - antes da II Guerra até o início dos anos 60 Segunda Geração - Ajudar a fazer o melhor para os consumidores - início dos anos

Leia mais

Marcele Bastos. o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas. Fundamentos de marketing. o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing

Marcele Bastos. o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas. Fundamentos de marketing. o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas o Docente universitária na disciplina Fundamentos de marketing o 12 anos de experiência em comunicação

Leia mais

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up Fevereiro de 2013 Aquisição da Wise Up Agenda SEÇÃO 1 Sumário da Transação SEÇÃO 2 Visão Geral da Wise Up 2 Seção 1: Sumário da Transação Sumário da Transação A Transação Aquisição de 100% do Grupo Ometz

Leia mais

CAP. 2 CONSIDERAÇÕES SOBRE OS CRITÉRIOS DE DECISÃO

CAP. 2 CONSIDERAÇÕES SOBRE OS CRITÉRIOS DE DECISÃO CAP. 2 CONSIDERAÇÕES SOBRE OS CRITÉRIOS DE DECISÃO 1. OS CRITÉRIOS DE DECISÃO Dentre os métodos para avaliar investimentos, que variam desde o bom senso até os mais sofisticados modelos matemáticos, três

Leia mais

04/09/2013. Sistemas de Informação. Markoni Heringer. Módulo 9. Gerenciamento de Projetos de Sistemas e Tecnologia da Informação

04/09/2013. Sistemas de Informação. Markoni Heringer. Módulo 9. Gerenciamento de Projetos de Sistemas e Tecnologia da Informação Sistemas de Informação Markoni Heringer 2013 Módulo 9 Gerenciamento de Projetos de Sistemas e Tecnologia da Informação 1 Projeto Esforço temporário, adequadamente organizado, visando a solução de um problema,

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROJETO PEDAGÓGICO ATUALIZADO

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROJETO PEDAGÓGICO ATUALIZADO UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROJETO PEDAGÓGICO ATUALIZADO Belém Pará 2010 S U M Á R I O I Base Legal do Curso Pág. 3 II Perfil do Egresso

Leia mais

Feira de Negócios Promoções Brincadeiras com o Promotor

Feira de Negócios Promoções Brincadeiras com o Promotor Elaborado por Prof.Mestre Rosimeire Ayres Feira de Negócios Promoções Brincadeiras com o Promotor 1 Elaborado por prof. Mestre Rosimeire Ayres O Importante é a CRIATIVIDADE para as Lembranças Corporativas

Leia mais

CAMPANHAS DE VÍDEO SETEMBRO 2013 A JUNHO 2014

CAMPANHAS DE VÍDEO SETEMBRO 2013 A JUNHO 2014 Oportunidade para verbas publicitárias de todos os tamanhos. Uma grande chance para anunciar na RPC TV! Manutenção do Carro O Projeto Estar periodicamente atento à manutenção de itens básicos do veículo,

Leia mais

Prova bimestral. Língua portuguesa. 3 o Bimestre 4 o ano. 1. Leia.

Prova bimestral. Língua portuguesa. 3 o Bimestre 4 o ano. 1. Leia. Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2011 Prova bimestral 3 o Bimestre 4 o ano Língua portuguesa Data: / / Nível: Escola: Nome: 1. Leia. A criançada fica enlouquecida

Leia mais

Saúde de Rua APRESENTAÇÃO

Saúde de Rua APRESENTAÇÃO Saúde de Rua APRESENTAÇÃO O SAÚDE DE RUA acontecerá em abril de 2016 através da parceria com empresas e instituições de iniciativa pública e privada durante uma tarde de atividades e serviços gratuitos

Leia mais

Programa de Cafés Sustentáveis

Programa de Cafés Sustentáveis NOT FOR DISTRIBUTION Programa de Cafés Sustentáveis Introdução Ted van der Put Diretor de Programas IDH Abril, 2013 1 Introdução à IDH: quem somos Parceria público-privada Promovendo coalizões entre empresas

Leia mais

PE FESTIVAL RÉVEILLON DE JABOATÃO

PE FESTIVAL RÉVEILLON DE JABOATÃO PLANO COMERCIAL: PE FESTIVAL RÉVEILLON DE JABOATÃO Sinopse Promocional e Cross Mídia Esquema Comercial Investimento Por Cota SINOPSE DO PLANO PLANO MINISÉRIE COMERCIAL: EM 4 PE CAPÍTULOS FESTIVAL DE RÉVEILLON

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº., DE DE DE 2014.

PROJETO DE LEI Nº., DE DE DE 2014. PROJETO DE LEI Nº., DE DE DE 2014. Concede título honorífico de cidadania que especifica. A Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, nos termos do art. 10 da Constituição Estadual, decreta e eu sanciono

Leia mais

Livro: E-Commerce na Corda Bamba organização. EGC 9003-11 - Comércio Eletrônico Denise T. Mesquita Nelcimar Ribeiro Modro Prof Luis Alberto Gómez

Livro: E-Commerce na Corda Bamba organização. EGC 9003-11 - Comércio Eletrônico Denise T. Mesquita Nelcimar Ribeiro Modro Prof Luis Alberto Gómez Livro: E-Commerce na Corda Bamba organização EGC 9003-11 - Comércio Eletrônico Denise T. Mesquita Nelcimar Ribeiro Modro Prof Luis Alberto Gómez INTRODUÇÃO Livro anterior: Como vender seu peixe na internet,

Leia mais

MARKETING II. UVA-Prof.: José Claudeci Bezerra Correia

MARKETING II. UVA-Prof.: José Claudeci Bezerra Correia MARKETING II UVA-Prof.: José Claudeci Bezerra Correia PORQUE OS PRODUTOS NOVOS FRACASSAM Idéias impostas, contrariando pesquisas Mercado superestimado O produto não é bem projetado Posicionamento incorreto

Leia mais

Plano de Outorga de Opção de Compra de Ações

Plano de Outorga de Opção de Compra de Ações Plano de Outorga de Opção de Compra de Ações 1. OBJETIVO DO PLANO 1.1. O objetivo deste Plano de Outorga de Opção de Compra de Ações ( Plano ) da QGEP Participações S.A. ( Companhia ), instituído nos termos

Leia mais

SINDIGÁS ESTUDO ESTRATÉGICO

SINDIGÁS ESTUDO ESTRATÉGICO SINDIGÁS ESTUDO ESTRATÉGICO ENAGÁS, Setembro, 2014 COPERNICUS Quem somos 2 COPERNICUS NOSSA FAMÍLIA CORPORATIVA DENTSU AEGIS NETWORK Inovando a forma como as marcas são criadas 3 COPERNICUS O QUE FAZEMOS?

Leia mais

FORMANDOS 2º SEMESTRE DE 2015 - FACULDADE UNA DE CONTAGEM - Atualizada em 13.01.2016

FORMANDOS 2º SEMESTRE DE 2015 - FACULDADE UNA DE CONTAGEM - Atualizada em 13.01.2016 1 41111268 Administração Noite Contagem 2 41120347 Administração Noite Contagem 3 41210349 Administração Noite Contagem 4 41210489 Administração Noite Contagem 5 41210658 Administração Noite Contagem 6

Leia mais

A Telefónica é assim. Uma empresa na vanguarda. Relatório Anual 2002

A Telefónica é assim. Uma empresa na vanguarda. Relatório Anual 2002 A Telefónica é assim A Telefónica é a operadora de referência nos mercados de língua espanhola e portuguesa com quase 90 milhões de clientes. Além disso, é a sétima companhia mundial do setor em termos

Leia mais

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA CAMBUCI S.A. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA CAMBUCI S.A. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA CAMBUCI S.A. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Artigo 1º. Os objetivos deste Plano de Opção de Compra ou Subscrição de Ações (o "Plano") da Cambuci

Leia mais

Marketing Internacional. Negócios Internacionais

Marketing Internacional. Negócios Internacionais Marketing Internacional 1 Objectivos do Capítulo Compreender a Política do Produto e a sua implementação a nível internacional; Descortinar as razões que levam as empresas a escolher entre a estandardização

Leia mais

T4F ENTRETENIMENTO S.A. CNPJ/MF N.º 02.860.694/0001-62

T4F ENTRETENIMENTO S.A. CNPJ/MF N.º 02.860.694/0001-62 T4F ENTRETENIMENTO S.A. CNPJ/MF N.º 02.860.694/0001-62 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES O presente Plano de Opção de Compra de Ações da T4F ENTRETENIMENTO S.A. ( Companhia ), aprovado pela Assembléia

Leia mais

PORTFÓLIO / PRESENTATION

PORTFÓLIO / PRESENTATION PORTFÓLIO / PRESENTATION prazer, agência blue sua agência mineira com atuação nacional e comunicação 360. somos loucos por resultados e queremos fazer com que seu negócio vire uma grande história de sucesso!

Leia mais

Marketing de Destinos: Diferencias inovadores

Marketing de Destinos: Diferencias inovadores Marketing de Destinos: Diferencias inovadores Gustavo da Cruz Email: gusdacruz@hotmail.com Twitter: @gusdacruz 1 O que é posicionamento? Tomar posição ou situar-se frente a demanda Criar percepção diferenciada

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Projetos de Aerolevantamentos Etapa Captura de Dados (SAE Serviço Aéreo Especializado)

Gerenciamento de Riscos em Projetos de Aerolevantamentos Etapa Captura de Dados (SAE Serviço Aéreo Especializado) Gerenciamento de Riscos em Projetos de Aerolevantamentos Etapa Captura de Dados (SAE Serviço Aéreo Especializado) O Gerenciamento de Riscos é uma das áreas contidas no Gerenciamento de Projetos, e uma

Leia mais

FOME ZERO. O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza

FOME ZERO. O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza FOME ZERO O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza Seminário Internacional sobre Seguro de Emergência e Seguro Agrícola Porto Alegre, RS -- Brasil 29 de junho a 2 de julho de 2005 Alguns

Leia mais

Seja um Consumidor Inteligente

Seja um Consumidor Inteligente Agência de Propaganda e Publicidade Marketing Digital Divulgação Eletrônica Criação de Sites Lojas Virtuais Blogs Portais Sistemas integrados para Marketing, Imobiliárias e Redes Sociais Seja um Consumidor

Leia mais

ARTIGO Análise dos critérios e percentuais adotados na cobrança de taxas de royalties e propaganda no setor de franquias 1. Maria Teresa Somma 2

ARTIGO Análise dos critérios e percentuais adotados na cobrança de taxas de royalties e propaganda no setor de franquias 1. Maria Teresa Somma 2 ARTIGO Análise dos critérios e percentuais adotados na cobrança de taxas de royalties e propaganda no setor de franquias 1 Maria Teresa Somma 2 O sistema de franchising tem crescido muito nos últimos anos

Leia mais

Linha de Pesquisa Gestão Empresarial

Linha de Pesquisa Gestão Empresarial Linha de Pesquisa Gestão Empresarial *Candidatos não classificados podem subir de posição caso haja desistência de classificados durante o período de matrícula Classificação Número de Inscrição Situação

Leia mais

MERCADOLOGIA 2º ANO DE ADMINISTRAÇÃO FARN 2009.1. sc. Prof. Franklin Marcolino de Souza, M.sc. Slide 01

MERCADOLOGIA 2º ANO DE ADMINISTRAÇÃO FARN 2009.1. sc. Prof. Franklin Marcolino de Souza, M.sc. Slide 01 MERCADOLOGIA 2º ANO DE ADMINISTRAÇÃO FARN 2009.1 Prof. Franklin Marcolino de Souza, M.sc sc. Slide 01 O QUE O MARKETING NÃO É? MARKETING NÃO É PROPAGANDA. MARKETING NÃO É VENDAS. MARKETING NÃO É MERAMENTE

Leia mais

Agrupamento de Escolas Eng.º Fernando Pinto de Oliveira. Articulação e sequencialidade: Construindo um trajeto significativo (Pré escolar 1º ciclo)

Agrupamento de Escolas Eng.º Fernando Pinto de Oliveira. Articulação e sequencialidade: Construindo um trajeto significativo (Pré escolar 1º ciclo) Articulação e sequencialidade: Construindo um trajeto significativo (Pré escolar 1º ciclo) 1 2013/2017 Índice Nota introdutória/fundamentação 1. Enquadramento do Projeto 1.1. Contextualização/Justificação

Leia mais

1. Organizações e Propriedades

1. Organizações e Propriedades 1. Organizações e Propriedades Conteúdo 1. Organizações 2. Propriedades 3. Formas de Propriedades Privadas 4. Alguns Conceitos 5. Propriedades Públicas 1 Bibliografia Recomenda Livro Texto: Administração

Leia mais

Local: Recife - Pernambuco Mar Hotel

Local: Recife - Pernambuco Mar Hotel 1 Apresentação O cenário da Contabilidade vem passando por mudanças profundas e constantes, e é a área que mais demanda novos conhecimentos e tecnologias, com o objetivo de se adaptar ao novo que surge

Leia mais

sobre as transações no setor de saúde

sobre as transações no setor de saúde 10 Minutos sobre as transações no setor de saúde Valor global de fusões e aquisições cresce e reverte tendência Destaques O valor total das transações no setor de saúde aumentou 4% em relação à segunda

Leia mais

Fusões e aquisições que geram valor

Fusões e aquisições que geram valor Fusões e aquisições que geram valor HSM Management/ Ano 5 /Número 27/ julho - agosto 2001 No momento de avaliar a viabilidade de uma fusão ou aquisição ou o modo de efetuá-la, talvez seja útil ter uma

Leia mais

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA GENERAL SHOPPING BRASIL S.A CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.833

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA GENERAL SHOPPING BRASIL S.A CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.833 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA GENERAL SHOPPING BRASIL S.A CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.833 CLÁUSULA 1. OBJETIVOS DA OUTORGA DE OPÇÕES 1.1 Os objetivos do Plano de Opção de Compra

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO

PLANO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO Identificação do Projeto Projeto Nome do projeto. Unidade Demandante Unidade que solicitou o projeto. Gestor do Projeto Nome do Gestor do projeto. Responsável na Unidade Demandante Nome do Responsável

Leia mais

CONVITE COMERCIAL Rio de Janeiro, 2014

CONVITE COMERCIAL Rio de Janeiro, 2014 CONVITE COMERCIAL Rio de Janeiro, 2014 O Rio ao Vivo é a primeira plataforma de transmissão online, em tempo real,com imagens de alta qualidade dos locais mais movimentados do Rio de Janeiro para o mundo.

Leia mais

Anúncio de Reestruturação Financeira

Anúncio de Reestruturação Financeira Anúncio de Reestruturação Financeira 1 Considerações Futuras Algumas informações sobre o Plano de Reestruturação Financeira da Companhia apresentam nossas expectativas sobre o resultado que poderemos obter

Leia mais

FINANÇAS AS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS AS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS AS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 2.1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 Fundamentos de Risco e Retorno Se todos soubessem com antecedência qual seria o preço futuro de uma ação, o investimento

Leia mais

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. PRINCÍPIOS ANÁLISE ESTRATÉGICA (FOfA) BALANCED SCORECARD (BSC) EVOLUÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ESCOLAS DE PENSAMENTO

Leia mais

O papel do jornalismo e dos meios de comunicação do Brasil no desenvolvimento social da América Latina e do Caribe

O papel do jornalismo e dos meios de comunicação do Brasil no desenvolvimento social da América Latina e do Caribe O papel do jornalismo e dos meios de comunicação do Brasil no desenvolvimento social da América Latina e do Caribe ENGEL PASCHOAL Cepal - Cidade do México 8 novembro 2006 Otavio Frias Filho* O noticiário

Leia mais

Manufatura de Brinquedos Estrela S. A. Autora: Nádia Pontes Mantovani. Orientadora: Profª. Ms. Helane Cabral Universidade Presbiteriana Mackenzie

Manufatura de Brinquedos Estrela S. A. Autora: Nádia Pontes Mantovani. Orientadora: Profª. Ms. Helane Cabral Universidade Presbiteriana Mackenzie Manufatura de Brinquedos Estrela S. A. Autora: Nádia Pontes Mantovani Orientadora: Profª. Ms. Helane Cabral Universidade Presbiteriana Mackenzie Introdução Este estudo de caso tem como objetivo relatar

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Gestão Licenciatura em Marketing e Publicidade Cadeira de Marketing II Ano Lectivo 2007-2008

Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Gestão Licenciatura em Marketing e Publicidade Cadeira de Marketing II Ano Lectivo 2007-2008 Licenciatura em Marketing e Publicidade Cadeira de Ano Lectivo 2007-2008 Plano de Marketing do Chocolate Nestlé Sem Adição de Açúcar Docente: 1º Ano / 2º Semestre Discente: Doutor Fernando Gaspar Ana Abreu,

Leia mais

A iniciativa da Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde foi desencadeada

A iniciativa da Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde foi desencadeada Anel de Rede (Web Ring) dos Observatórios de RH em Saúde Projeto de implantação 1. Apresentação A iniciativa da Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde foi desencadeada oficialmente em reunião realizada

Leia mais

A MELHOR EDUCAÇÃO É AQUELA DOS BONS EXEMPLOS

A MELHOR EDUCAÇÃO É AQUELA DOS BONS EXEMPLOS A MELHOR EDUCAÇÃO É AQUELA DOS BONS EXEMPLOS Euro Brasílico Vieira Magalhães E um dos maiores e melhores exemplos de que a educação e o mérito pessoal levam à conquista dos sonhos e da realização foi mostrado

Leia mais

AGROINDÚSTRIA. Fusões e aquisições no setor de alimentos BNDES. ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 1 Gerência Setorial 1 1. CRESCIMENTO INTERNO VERSUS

AGROINDÚSTRIA. Fusões e aquisições no setor de alimentos BNDES. ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 1 Gerência Setorial 1 1. CRESCIMENTO INTERNO VERSUS AGROINDÚSTRIA BNDES FINAME BNDESPAR ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 1 Gerência Setorial 1 Fusões e aquisições no setor de alimentos 1. CRESCIMENTO INTERNO VERSUS CRESCIMENTO EXTERNO O acirramento da concorrência

Leia mais

ALESSANDRO RODRIGO FRANCO FERNANDO MARTINS RAFAEL ALMEIDA DE OLIVEIRA

ALESSANDRO RODRIGO FRANCO FERNANDO MARTINS RAFAEL ALMEIDA DE OLIVEIRA ALESSANDRO RODRIGO FRANCO FERNANDO MARTINS RAFAEL ALMEIDA DE OLIVEIRA INTRODUÇÃO O projeto de um banco de dados é realizado sob um processo sistemático denominado metodologia de projeto. O processo do

Leia mais

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS TECNOLÓGICOS SUPERIORES CURSO GESTÃO EM MARKETING PROFESSORES PARCEIROS: KAROLINA NORONHA, DEISINETH PAES E JOSÉ ALVES

FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS TECNOLÓGICOS SUPERIORES CURSO GESTÃO EM MARKETING PROFESSORES PARCEIROS: KAROLINA NORONHA, DEISINETH PAES E JOSÉ ALVES FACULDADE PAN AMAZÔNICA CURSOS TECNOLÓGICOS SUPERIORES CURSO GESTÃO EM MARKETING COORDENADORA DO CURSO: ANA PAULA SARDINHA PROFESSORA ORGANIZADORA: ANA PAULA SARDINHA PROFESSORES PARCEIROS: KAROLINA NORONHA,

Leia mais

RoboCop. Relatório de Assessoria de Imprensa

RoboCop. Relatório de Assessoria de Imprensa RoboCop Relatório de Assessoria de Imprensa Estratégia Nosso trabalho durante o junket do RoboCop consistiu em montar a agenda de imprensa para os dias de evento e administrar a grande demanda dos jornalistas

Leia mais

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA MARISA S.A. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA MARISA S.A. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA MARISA S.A. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Artigo 1º. Os objetivos deste Plano de Opção de Compra ou Subscrição de Ações (o "Plano") da Marisa S.A.

Leia mais

Relatório de Intenção de compras de Natal

Relatório de Intenção de compras de Natal Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Intenção de compras de Natal Panorama da intenção de compras durante o período que antecede o Natal 2010 no município de Lages. Divisão de

Leia mais

Educação Infantil: entre o cuidar e o educar Regina Shudo www.reginashudo.com. www.reginashudo.com www.avaliarmais.com

Educação Infantil: entre o cuidar e o educar Regina Shudo www.reginashudo.com. www.reginashudo.com www.avaliarmais.com Educação Infantil: entre o cuidar e o educar Regina Shudo www.reginashudo.com Educar? Cuidar? Desenvolvimento Integral? Qual a prioridade na educação das crianças? Os primeiros anos de vida de uma criança

Leia mais

Classificação por Desempenho no Projeto MERITOCRACIA

Classificação por Desempenho no Projeto MERITOCRACIA Classificação por Desempenho no Projeto MERITOCRACIA Meritocracia é o processo pelo qual as empresas com maiores esforços e engajamento no processo de internacionalização são reconhecidas e favorecidas

Leia mais

O TEMA DAS POLÍTICAS SOCIAIS NO DEBATE POLÍTICO ELEITORAL BRASILEIRO

O TEMA DAS POLÍTICAS SOCIAIS NO DEBATE POLÍTICO ELEITORAL BRASILEIRO O TEMA DAS POLÍTICAS SOCIAIS NO DEBATE POLÍTICO ELEITORAL BRASILEIRO Pela primeira vez desde 1984 uma das grandes figuras da política moderna no Brasil, Luis Ignácio Lula da Silva, não será candidato a

Leia mais

Administrando os canais de distribuição (aula 2)

Administrando os canais de distribuição (aula 2) 13 Aula 2/5/2008 Administrando os canais de distribuição (aula 2) 1 Objetivos da aula Explicar como os profissionais de marketing usam canais tradicionais e alternativos. Discutir princípios para selecionar

Leia mais

Planejamento de Campanha de Propaganda. Aula 5. Contextualização. Instrumentalização. Meios e Veículos. Mídia Conceito. Profa.

Planejamento de Campanha de Propaganda. Aula 5. Contextualização. Instrumentalização. Meios e Veículos. Mídia Conceito. Profa. Planejamento de Campanha de Propaganda Aula 5 Contextualização Profa. Karin Villatore Esta aula tem como objetivo mostrar quais são as principais mídias que podem ser usadas em campanhas de publicidade

Leia mais

O Torneio Gol de Letra

O Torneio Gol de Letra O Torneio Gol de Letra Um evento que promove uma disputa amistosa entre empresas comprometidas com a responsabilidade social Todos os recursos revertidos para a Fundação Gol de Letra 20 empresas participantes

Leia mais

Valor Comercial das Telecomunicações. Telecomunicações nas Empresas. Superar barreiras geográficas. Superar barreiras do tempo

Valor Comercial das Telecomunicações. Telecomunicações nas Empresas. Superar barreiras geográficas. Superar barreiras do tempo Valor Comercial das Telecomunicações Superar barreiras geográficas Atendimento ao cliente/preenchimento de pedidos Superar barreiras do tempo Consultas de crédito (POS) Superar barreiras de custo Videoconferência

Leia mais

CASO HONDA. Em 1975, a situação:

CASO HONDA. Em 1975, a situação: CASO HONDA Em 1975, a situação: O governo britânico contratou o Boston Consulting Group para ajudar a explicar por que as empresas japonesas, em especial a Honda, superavam de forma tão acentuada as britânicas

Leia mais

1. Introdução 2. Objetivo 3. Aplicação dos recursos do fundo 3.1 Recursos Humanos 3.2 Sorteios e premiações 3.3 Links Patrocinados 4.

1. Introdução 2. Objetivo 3. Aplicação dos recursos do fundo 3.1 Recursos Humanos 3.2 Sorteios e premiações 3.3 Links Patrocinados 4. 1. Introdução 2. Objetivo 3. Aplicação dos recursos do fundo 3.1 Recursos Humanos 3.2 Sorteios e premiações 3.3 Links Patrocinados 4. Investimento total em 2013 5. Arrecadado em 2013 6. Encontro de contas:

Leia mais

BRASIL e CHINA na ÁFRICA: Desafios da Cooperação para o Desenvolvimento

BRASIL e CHINA na ÁFRICA: Desafios da Cooperação para o Desenvolvimento BRASIL e CHINA na ÁFRICA: Desafios da Cooperação para o Desenvolvimento Rômulo Paes de Sousa Secretário Executivo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasil Confederação Nacional do Comércio

Leia mais

Rastreamento Garantido Ifaseg Amplie a proteção do auto do seu cliente e ganhe mais uma fonte de receita

Rastreamento Garantido Ifaseg Amplie a proteção do auto do seu cliente e ganhe mais uma fonte de receita Rastreamento Garantido Ifaseg Amplie a proteção do auto do seu cliente e ganhe mais uma fonte de receita Rastreamento Garantido Ifaseg É um seguro desenhado sob medida para autos com rastreadores; É o

Leia mais

Anexo I à Ata de Assembléia Geral Extraordinária da Globex Utilidades S.A. realizada em 04 de janeiro de 2008

Anexo I à Ata de Assembléia Geral Extraordinária da Globex Utilidades S.A. realizada em 04 de janeiro de 2008 Anexo I à Ata de Assembléia Geral Extraordinária da Globex Utilidades S.A. realizada em 04 de janeiro de 2008 GLOBEX UTILIDADES S.A. CNPJ/MF n 33.041.260/0001-64 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES 1. Objetivo

Leia mais

GABARITO ATIVIDADE DE CLASSE DESVENDANDO A NOTÍCIA. Pastor recua e garante que nunca irá queimar o Alcorão (Folha UOL/ 10/09/2010)

GABARITO ATIVIDADE DE CLASSE DESVENDANDO A NOTÍCIA. Pastor recua e garante que nunca irá queimar o Alcorão (Folha UOL/ 10/09/2010) GABARITO ATIVIDADE DE CLASSE Questão 1 DESVENDANDO A NOTÍCIA Certos acontecimentos que ganham destaque na mídia internacional costumam, como se diz na linguagem corrente, esconder problemas ou polêmicas

Leia mais

Revista Unimed Digital. Dr. Evandro Costa Rosa e João Ricardo Athas

Revista Unimed Digital. Dr. Evandro Costa Rosa e João Ricardo Athas Revista Unimed Digital Dr. Evandro Costa Rosa e João Ricardo Athas 2 Posicionar-se diante de temas importantes da nossa região e que estão ligados, diretamente, à saúde, é o que propõe a Revista Unimed.

Leia mais

Acompanhamento de preços de produtos para a saúde é desnecessário e prejudicial ao mercado

Acompanhamento de preços de produtos para a saúde é desnecessário e prejudicial ao mercado Acompanhamento de preços de produtos para a saúde é desnecessário e prejudicial ao mercado * Rodrigo Alberto Correia da Silva O mercado brasileiro de produtos para a saúde sofre por conta da publicação

Leia mais

O Programa de Fortalecimento Institucional para a Igualdade de Gênero e Raça, Erradicação da Pobreza e Geração de Emprego - GRPE

O Programa de Fortalecimento Institucional para a Igualdade de Gênero e Raça, Erradicação da Pobreza e Geração de Emprego - GRPE O Programa de Fortalecimento Institucional para a Igualdade de Gênero e Raça, Erradicação da Pobreza e Geração de Emprego - GRPE Marcia Vasconcelos - OIT Reunión de Especialistas Género, Probreza, Raza,

Leia mais

Endomarketing na EaD: da utopia à prática

Endomarketing na EaD: da utopia à prática 1 Endomarketing na EaD: da utopia à prática Campo Grande/MS, Abril 2013 Patrícia Rodrigues da Silva Patricia Rodrigues Consultoria MKT Audiovisual &EaD patricia.rodrigues@teleaulaead.com.br CATEGORIA A

Leia mais

CONFIANÇA E PRESTÍGIO DAS MARCAS BRASILEIRAS

CONFIANÇA E PRESTÍGIO DAS MARCAS BRASILEIRAS Pesquisa ABA/TopBrands 2014 CONFIANÇA E PRESTÍGIO DAS MARCAS BRASILEIRAS Marcas de telefonia móvel enfraquecem-se com perda de Defensores Em bancos, CAIXA lidera em Defensores, mas ITAÚ é Top of Mind Em

Leia mais

MRV LOGISTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES ("PLANO")

MRV LOGISTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES (PLANO) MRV LOGISTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES ("PLANO") DATADO DE 17 DE NOVEMBRO, 2010 2 MRV LOGÍSTICA E PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº 09.041.168/0001-10 NIRE 31.300.027.261

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Unificado de 2015 do Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa IPEP

Edital de Processo Seletivo Unificado de 2015 do Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa IPEP Edital de Processo Seletivo Unificado de 2015 do Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa IPEP O Diretor Geral do IPEP, Érico Rodrigues Bacelar, no uso de suas atribuições legais e regimentais e considerando

Leia mais

ORÇAMENTO BASE ZERO. Ana Elisa Gonçalves Josiane de Fátima Sidô. Autores: RESUMO

ORÇAMENTO BASE ZERO. Ana Elisa Gonçalves Josiane de Fátima Sidô. Autores: RESUMO ORÇAMENTO BASE ZERO Autores: Ana Elisa Gonçalves Josiane de Fátima Sidô RESUMO O Orçamento Base Zero (OBZ) consiste em uma técnica utilizada para a elaboração do programa orçamentário de uma organização,

Leia mais

Aula 12. Definição do Orçamento do Plano de Marketing. Profa. Daniela Cartoni

Aula 12. Definição do Orçamento do Plano de Marketing. Profa. Daniela Cartoni Aula 12 Definição do Orçamento do Plano de Marketing Profa. Daniela Cartoni Orçamento do Plano de Marketing Em paralelo ao plano de ação, é necessário que a empresa constitua um orçamento de apoio. Na

Leia mais

Logistica e Distribuição. Responsabilidades. O Fluxo do Processamento do Pedido. Mas quais são as atividades da Logística?

Logistica e Distribuição. Responsabilidades. O Fluxo do Processamento do Pedido. Mas quais são as atividades da Logística? Mas quais são as atividades da Logística? Ballou, 1993 Logística e Distribuição A Atividade de Processamento de Pedidos e Aquisição/Programação de Produtos Primárias Apoio 1 2 Responsabilidades O Fluxo

Leia mais

2005, um ano de ações a de iniciativas

2005, um ano de ações a de iniciativas 2005, um ano de ações a e de iniciativas 9 de dezembro de 2005 Principais ações e iniciativas Principais ações a e iniciativas em 2005 Acadêmicas Programa de Capacitação Docente Plano de Credenciamento

Leia mais

Proposta. Solutions. Franquia de produtos e serviços de tecnologia. Plano Exclusividade. www.franquiaagenciasolutions.com.br

Proposta. Solutions. Franquia de produtos e serviços de tecnologia. Plano Exclusividade. www.franquiaagenciasolutions.com.br Proposta Solutions Franquia de produtos e serviços de tecnologia. Plano Exclusividade. www.franquiaagenciasolutions.com.br Proposta Agência Solutions Nossa proposta consiste em que você empreendedor constitua

Leia mais

ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com

ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com 1 As 10 áreas de Conhecimento 2 INTEGRAÇÃO 3 Gerência da Integração Processos necessários

Leia mais

Índice. Prefácio, por Murilo César Ramos; Elen Geraldes...11

Índice. Prefácio, por Murilo César Ramos; Elen Geraldes...11 Índice Prefácio, por Murilo César Ramos; Elen Geraldes...11 Introdução...15 Políticas públicas de comunicações: conceito e missões...17 Esfera pública e a sociedade civil...20 O papel do Estado...21 Modelo

Leia mais