PROCESSO DE DESIGN PROJETO DE PRODUTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCESSO DE DESIGN PROJETO DE PRODUTO"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ UNIVALI CAMPOS DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ - BC DEPARTAMENTO DE DESIGN ALINE ORSI ARTHUR SOARES KAMILLA SGROTT ROSANGELA KYRILLOS PROCESSO DE DESIGN PROJETO DE PRODUTO Disciplina: Processo de Design Ministrante: Paulo César Ferroli BALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC 2007

2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO OBJETIVOS REVISÃO BIBLIOGRÁFICA Estado da Arte Estado do Design PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Perguntas de Baxter Ferramentas do Projeto Metodologia PROJETO Pré-Concepção Técnicas de Criatividade Concepção Painel Semântico Geração de Alternativas Descrição Detalhada da Alternativa Escolhida Pós-Concepção...14 CONSIDERAÇÕES FINAIS...15 REFERÊNCIAS...16 APÊNDICES...17 ANEXOS...23

3

4 INTRODUÇÃO A elaboração do nosso projeto está ligada diretamente ao camping. Com a vida agitada que as pessoas tem,o camping é um lugar muito procurado para quem quer relaxar e esquecer dos problemas da cidade. Lugares calmos, prática de esportes radicais, silêncio, contato com natureza, estes são alguns dos tópicos e palavras relacionadas com os praticantes do camping. 3

5 1 OBJETIVOS O objetivo geral deste trabalho é fazer um projeto que possa auxiliar a vida do campista. Fornecendo conforto e praticidade ao praticante. O produto será desenvolvido com o enfoque na agregação de valores e multi-função. Desenvolveremos uma mochila que possibilite a redução de peso e facilite o transporte dos acessórios necessários para a prática. Também agregaremos funções possibilitando a redução do número de produtos e acessórios levados para a prática pelo campista. Escolhemos este tema e produto pelas visíveis tendências que a nossa sociedade está seguindo. Cada vez mais os indivíduos estão procurando aventuras e práticas que fujam do convívio diário que eles têm nos centros urbanos. Identificamos a constante grande quantidade de aparatos necessários e a falta de conforto obtida pelos praticantes da atividade. 4

6 2 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 2.1 ESTADO DA ARTE O camping é uma área estruturada com diversos níveis de sofisticação, do inglês:camping, para o português : acampamento. É um local onde se estabelecem barracas ou tendas, geralmente com proximidade à natureza, onde toda a infra-estrutura é levada pelos campistas. O homem Antigamente muitos consideravam o estilo de vida do campista um tanto solitário e penoso, pois era o isolamento sem conforto algum. Se compararmos as situações do campismo passado com o atual no que se refere aos locais e ao clima, não encontraremos grandes diferenças,mas existe um abismo nas condições entre passado e presente, hoje em dia contamos com uma enorme gama de produtos e com alta tecnologia, porem ainda tem muito a ser melhorado. Devido essa possível grande variação nas dimensões corporais, as médias não são aconselhadas a serem usadas, mas sim trabalhar com essa gama de variação. Em qualquer grupo populacional dado, estatisticamente, as medidas do corpo são distribuídas em uma faixa média, enquanto que um número menor de medidas extremas situa-se nas duas pontas da tabela. Esses dados antropométricos são frequentemente expressados em percentispratica o campismo desde os tempos remotos. Seu foco mudou bastante, hoje o homem pratica o campismo buscando o lazer e o descanço. 2.2 ESTADO DO DESIGN Realizada uma pesquisa de produtos semelhantes já disponíveis atualmente no mercado. Esta pesquisa serviu para termos noção de outras soluções disponíveis. O campista geralmente utiliza a seguinte série de acessórios/produtos durante a atividade: Barracas, Sacos de Dormir, Mochilas, Cantis, Repelentes, 5

7 Lanternas, Kit multi-função (Canivete, garfo, faca e ferramentas), Aquecedores, Fogareiros e Kit de primeiros-socorros. Os produtos que são utilizados no camping devem, por via de regra, ser portáteis e leves. Se possível, sejam fáceis de manusear, isto porque poderão ser utilizados nas mais adversas situações durante a experiência: Chuvas, ventanias, escuridão e etc... As mochilas geralmente contam com diversos compartimentos, alguns pré-moldados para certas aplicações, tais como: Tocadores de música portáteis, celulares, carteiras, recipientes para líquidos e lanternas. As mochilas também podem contar com acabamento impermeável, tanto no exterior como nas suas vedações e fechos. Elas devem apresentar boa capacidade de armazenamento, pois o campista leva toda sua estrutura dentro dela. Devido a este fator, também deverá ser bastante ergonômica, com apoios e cintas na altura da cintura e do peito. Isto para facilitar o suporte à coluna vertebral. 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 3.1 DESCRIÇÃO 5 PERGUNTAS DE BAXTER Qual é exatamente o problema que você esta querendo resolver? Resolver os problemas de acomodação do campista em um acampamento. Porque este problema existe? Porque as fabricas deste ramo resolvem este problema de uma maneira diferente, não muito eficaz para os campistas. Ele é uma parte especifica de um problema maior e mais amplo? Não, pois o problema compreende a vários fatores dentro de um abrigo. 6

8 Solucionando-se este problema maior a parte especifica também será selecionada? Sim, pois solucionaremos o problema maior e dessa maneira todos os problemas específicos serão solucionados da melhor maneira possivel Em vez disso seria melhor atacar primeiro a parte especifica? Vamos procurar trabalhar com a parte maior, pois precisamos resolver alguns problemas específicos que juntos formam o todo. Dessa maneira poderemos solucionar os problemas existentes nas acomodações atuais e com isso confortar da melhor maneira possivel o campista Qual é a solução ideal para o problema? A solução maior para o problema é procurar resolver algunsd aspectos existentes na acomodações para o camping atuais, que atrapalham as horas de descanço e de sono nos acampamentos O que caracteriza essa solução ideal? Essa solução é caracterizada pó um bom tempo de experiência em camping, e durante esse tempo descobrimos vários problemas com a acomodação, por exemplo uma melhor organização do espaço, um conforto melhor para dormir, e o transporte do material de camping Quais são as restrições que dificultam o alcance dessa solução ideal? Existem restrições como nao poder aplicar qualquer material no desenvolvimento deste produto..não aumentar muito o espaço externo, projetar um produto mais leve e mais portátil possivel e que proporcione conforto e melhor maneira possivel as pessoas. 3.2 FERRAMENTAS DO PROJETO Até o momento foram utilizadas ferramentas de projeto como as oito perguntas do Baxter para definir o problema de projeto antes de iniciar as pesquisas do mesmo. E outras ferramentas usadas como o cronograma de 7

9 projeto para programar o tempo década etapa, os painéis semânticos para saber o estilo de vida do consumidor, a expressão do produto e o tema visual do mesmo. 3.3 METODOLOGIA A metodologia usada para desenvolver o projeto de um novo sistema de acomodação para camping é o MD3E, Método Desdobrado em três etapas criado pelo professor M. Sc.Flávio Santos. É um método muito interessante, pois desdobra todos os itens do projeto de uma maneira fácil de se trabalhar e bem detalhada, melhorando assim a gestão do processo do design. A gestão do processo do design fica dividida em três etapas básicas que seriam: Pré-concepção, com a definição do problema, especificação do produto e a especificação do projeto. A concepção, com a geração de alternativas e a definição e justificativa e por ultimo a Pós-concepção, com o detalhamento dos subsistemas, especificação dos componentes e a especificação da produção, venda e pós venda. 4 PROJETO 4.1 PRÉ-CONCEPÇÃO O Objetivo do desenvolvimento deste produto é juntar a função de dois dos acessórios mais utilizados e essenciais para o campista. Estes são: uma unidade de armazenamento e transporte de itens pessoais e uma unidade de proteção e abrigo pessoal TÉCNICAS DE CRIATIVIDADE Utilizamos basicamente o Brainstorm para desenvolver e auxiliar a geração de alternativas. O método consiste de uma sessão onde há um Líder, membros e uma secretária. O processo proíbe críticas durante sua execução. 8

10 O tema é definido pelo Líder e os membros começam a gerar idéias sobre o mesmo, qualque coisa é válida nessa etapa, a secretária, toma notas das idéias. Em uma segunda etapa estas idéias são refinadas e há a escolha de uma idéia final. As ferramentas de desenvolvimento de projeto utilizadas foram o MD3E e Cronograma. O MD3E consiste em um método de desdobramento do projeto em três etapas, criado pelo Prof. Flávio Anthero Vianna dos Santos. O Cronograma nos permite ter uma visão geral de todas as datas e processos que ocorrerão durante o projeto. Utilizando as duas ferramentas em conjunto, temos uma visão geral de todo o andamento e etapas do projeto. Permitindo assim ter bastante controle e otimizar ao máximo todo o projeto. Os desdobramentos destas duas ferramentas podem ser encontrados na sessão de anexos. 4.2 CONCEPÇÃO Painel Semântico Foram desenvolvidos três painéis para auxiliar na visualização e conceituação do universo do produto. Os temas para os três painéis foram: O estilo de vida dos consumidores, O universo dos produtos e Expressão do produto. Os três estão disponíveis na sessão de anexo Geração de Alternativas Foram desenvolvidas aproximadamente 10 alternativas que se encontram disponíveis na sessão de anexo Descrição detalhada da alternativa escolhida 9

11 A alternativa escolhida se encontra na sessão de Anexos e está identificada. A escolha dela foi realizada pelo grupo por vários motivos como, por exemplo, o fromato anatômico, modelo compacto de fácil manuseio, distribuição de peso de maneira uniforme, formas harmoniosas, é um modelo versátil. Nosso produto é uma mochila que se transforma em barraca. A mochila é impermeável, suas alças possuem acolchoamentos para maior conforto do usuário. Ela é dividida por vários copmartimentos que sào vedados com zipper. Possuí também bolsos externos de fácil acesso para o armazenamento de outros acessórios. As estruturas das laterais internas da mochila se desmontam para a montagem, fácil e ágil, da barraca. A Barraca é individual e possui uma estrutura forte e resistente aos intempéries. 4.3 Pós-Concepção Desenho Ilustrativo da Alternativa Final 10

12 Fig 1: Desenho Ilustrativo da Alternativa Final. Fig 2: Mochila transformada na Barraca. 11

13 5 CONSIDERAÇOES FINAIS Esperamos que com o desenvolvimento deste produto, conseguiremos prover para os usuários de camping um conforto muito na experiência vivida por eles na prática da atividade. Acreditamos que um produto como o nosso desenvolvido, fará com que novos adeptos se interessem pela atividade, pois com ele, o praticante terá uma garantia de conforto e facilidade de uso. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Wikipedia. Camping. Enciclopédia Online. Disponível em < >. Acesso em: 03 março Wikipedia. Acampamento. Enciclopédia Online. Disponível em < >. Acesso em: 03 março ACAMP. Associação de Camping. Comunidade de camping brasileira. Disponível em < >. Acesso em: 05 março Mercado Livre. Guia de Compras de Camping. Lista de produtos disponíveis para venda. Disponível em < >. Acesso em: 07 março CCB. Camping Club do Brasil. Página na enciclopédia. Disponível em < >. Acesso em: 05 março Camping Club. Camping Club do Brasil. Página do Clube. Disponível em < >. Acesso em: 05 março APÊNDICES Apêndice 1: Cronograma do Projeto Final e 5W2H 12

14 Universidade do Vale do Itajaí CES Balneário Camboriú Curso de Design Industrial Processo de Design - 3º período 2007/1 Prof.: Paulo Cesar Machado Ferroli, Dr.Eng. 1. Cronograma Equipe Aline Orsi Arthur Soares Henriques Kamila Sgrott Rosangela Barbosa Kyrillos Foi desenvolvido um cronograma para o projeto, baseado no 1º estágio do método MD3E. A data escolhida para início do desenvolvimento da atividade foi o da aula anterior, dia 17 de abril. O prazo final para execução e entrega do projeto é dia 03 de julho, data do último encontro desta matéria. Abril Maio Junho Jul Atividade / Datas Planejamento Projeto Análise do Problema Atributos do Produto Caminhos Criativos Geração de Alternativas Seleção e adequação Subsistemas e Componentes Processos Produtivos Mercado 2. 5W2H Após definidas as datas no cronograma, partimos para a execução do 5W2H, que em português significa: O quê, Por que, Quem, Onde, Quando, Como e Quanto Custará. Eliminamos a coluna Why e How Much, a primeira por ser redundante e a segunda por não termos como estimar os custos nesta etapa do processo. Atividade What Who Where When How Planejamento Projeto Análise do Problema Atributos do Produto Caminhos Criativos Geração de Alternativas Seleção e Adequação Sub-sistemas e Componentes Processos Produtivos Mercado Cronograma Investimentos Tecnologias Pesquisas Conceito Temática Funcionais Estético Simbólicos Ergonômica Estética Tecnológica Lançamento Venda Pós-Venda Arthur Arthur Kamila Rodrigo Grupo Grupo Grupo Grupo Grupo Grupo Casa Faculdade Casa Faculdade Faculdade Faculdade Faculdade Faculdade Faculdade 17/abril / 24/abril 17/abril / 08/mail 24/abril / 08/maio 08/maio / 22/maio 15/maio / 27/maio 22/maio / 05/junho 05/junho / 19/junho 12/junho / 19/junho 19/junho / 03/julho Métodos Pesquisa Contexto Pesquisa Contexto Métodos Desenhos Análise Pesquisa Pesquisa e Análise Pesquisa e Análise

15 Apêndice 2: Painéis Semânticos 14

16 Expressão do Produto

17 Referências Visuais

18 Estilo de Vida dos Consumidores

19 ANEXOS Geração de Alternativas Fig 3: Alternativa 1 15

20 Fig 4: Alternativa 2 16

21 Fig 5: Alternativa 3 17

22 Fig 6: Alternativa 4 18

23 Figura 7: Alternativa 5 19

Refil Hydrat Pró. Código: 0166A Peso: 216 gramas

Refil Hydrat Pró. Código: 0166A Peso: 216 gramas LANÇAMENTO ÚNICO PRODUZIDO NO BRASIL Refil Hydrat Pró Código: 0166A Peso: 216 gramas Mais que um reservatório, o Hydrat Pró é um sistema com alto desempenho que conecta você à hidratação na hora que você

Leia mais

1 SEGURANÇA, 2 PRATICIDADE, 3 CONFORTO

1 SEGURANÇA, 2 PRATICIDADE, 3 CONFORTO ATIVIDADES RECREATIVAS 052 Texto: Aênio Rodrigues; Diagramação: Khelven Klay AÊNIO RODRIGUES Faça sua apresentação: Sou desbravador desde os 9, participo do clube Reino Marinho da cidade de Lagarto-SE.

Leia mais

DESIGN URBANO: Projeto de Ponto de Táxi. Acadêmica: Ana Lucia Spessatto. Orientador: Prof. Luiz Claudio Mazolla Vieira M. Sc.

DESIGN URBANO: Projeto de Ponto de Táxi. Acadêmica: Ana Lucia Spessatto. Orientador: Prof. Luiz Claudio Mazolla Vieira M. Sc. DESIGN URBANO: Projeto de Ponto de Táxi Acadêmica: Ana Lucia Spessatto Orientador: Prof. Luiz Claudio Mazolla Vieira M. Sc. Tema Design Urbano a partir de um projeto de Ponto de Táxi. Problema Como desenvolver

Leia mais

WWW.APRDESIGNERS.PPG.BR 2341.7634. 44x30x14 cm 0,470 kg

WWW.APRDESIGNERS.PPG.BR 2341.7634. 44x30x14 cm 0,470 kg mochilas casual ny212 Costas e alças de mão acolchoadas: mais conforto para carregar sua mochila. Diversas cores: mais opções de escolha. Revestida em poliéster 600: beleza e durabilidade. Costura reforçada:

Leia mais

O Guia Prático da. Arquitetura Corporativa

O Guia Prático da. Arquitetura Corporativa O Guia Prático da Arquitetura Corporativa SUMÁRIO INTRODUÇÃO ARQUITETURA CORPORATIVA NO BRASIL RECURSOS HUMANOS, TURNOVER, NORMAS E LEIS TRABALHISTAS MÓVEIS DE ESCRITÓRIO Tudo o que você precisa saber

Leia mais

Avaliação da Usabilidade no Desenvolvimento do Produto: estudo de caso na concepção de um aparelho para monitoramento de velocidade

Avaliação da Usabilidade no Desenvolvimento do Produto: estudo de caso na concepção de um aparelho para monitoramento de velocidade Avaliação da Usabilidade no Desenvolvimento do Produto: estudo de caso na concepção de um aparelho para monitoramento de velocidade Usability Evaluation in Product Design: a case study in the design of

Leia mais

A EVOLUÇÃO DO MOBILIÁRIO EM AÇO.

A EVOLUÇÃO DO MOBILIÁRIO EM AÇO. A EVOLUÇÃO DO MOBILIÁRIO EM AÇO. A Linha Fenix revolucionou o conceito em mobiliários inteligentes, trazendo a vanguarda em sistemas, integração e estrutura, aliados a inovação da marca. 3FE208 Estante

Leia mais

Mídia Kit FUIACAMPAR 2015-2016. para campings

Mídia Kit FUIACAMPAR 2015-2016. para campings Mídia Kit FUIACAMPAR 2015-2016 para campings Sobre o FuiAcampar FuiAcampar é o Site de Campismo do Brasil, que reúne dados sobre campings do país e informações sobre o mundo do campismo. Um espaço de troca,

Leia mais

Sistemas da edificação Aplicação na prática

Sistemas da edificação Aplicação na prática 1 Vantagens Alta produtividade com equipes otimizadas; Redução de desperdícios e obra limpa; Facilidade de gerenciamento e padronização da obra; Elevada durabilidade; Facilidade de limpeza e conservação;

Leia mais

Workshop. Planejamento e gestão de indicadores para projetos digitais

Workshop. Planejamento e gestão de indicadores para projetos digitais Workshop Planejamento e gestão de indicadores para projetos digitais 12th CONTECSI USP 22 de maio de 2015 Mini CV - Prof. Sthefan Berwanger Tem pós em Educação no Ensino Superior e Bacharelado em Física

Leia mais

ESPÍRITO ORIGAMA 4 5

ESPÍRITO ORIGAMA 4 5 SOBRE A ORIGAMA A Origama, criada em 2012, é uma marca portuguesa que actua no mercado têxtil com produtos na área do lazer e tempos livres, originais e diferenciados pelo design e utilidade, que proporcionem

Leia mais

Manual Básico do Usuário GP-Web Gestão de projetos

Manual Básico do Usuário GP-Web Gestão de projetos Manual Básico do Usuário GP-Web Gestão de projetos Departamento de Planejamento Pró-reitoria de Planejamento e Finanças Universidade Federal de Santa Catarina 1 Sumário O que é um projeto?... 4 O que é

Leia mais

Soluções em climatização. Silêncio, eficiência e design

Soluções em climatização. Silêncio, eficiência e design Soluções em climatização Silêncio, eficiência e design A EMPRESA O ponto inicial do que viria a se tornar a Olimpia Splendid de hoje é uma empresa totalmente italiana, que se tornou conhecida mundialmente

Leia mais

Gestão de Serviços de TI com ITIL: resultados da implantação no CPD da UFSM

Gestão de Serviços de TI com ITIL: resultados da implantação no CPD da UFSM Gestão de Serviços de TI com ITIL: resultados da implantação no CPD da UFSM Fernando Pires Barbosa, Carlos Roberto Gressler, Marcio Andre Dell Aglio Frick, Daniel Michelon de Carli, Giséli Bastos, Henrique

Leia mais

O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos e possibilidade de criar seu próprio kit de ferramentas.

O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos e possibilidade de criar seu próprio kit de ferramentas. Guia do Usuário [Versão 1.0, Atualizado em 1.11.2012] Pramet Tools s.r.o., [PRAMET E-catálogo Guia do Usuário ] O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos

Leia mais

IT - 16 SISTEMA DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO

IT - 16 SISTEMA DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO IT - 16 SISTEMA DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Referências Normativas 4 Definições 5 Generalidades gerais 6- Procedimentos 7 Certificação e validade/garantia INSTRUÇÃO

Leia mais

ESTUDO TÉCNICO N.º 01/2013

ESTUDO TÉCNICO N.º 01/2013 ESTUDO TÉCNICO N.º 01/2013 MONIB: Painel de Indicadores de Monitoramento do Plano Brasil Sem Miséria concepção e funcionalidades MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA DE AVALIAÇÃO

Leia mais

KT DL-C-STRAP. Order code KT DL-C-STRAP

KT DL-C-STRAP. Order code KT DL-C-STRAP KT DL-C-STRAP A alça C Strap DL é feita de material muito leve e resistente, proporcionando conforte durante o uso, solução ideal para carregar sua câmera reflex ou DSLR. KT DL-C-STRAP DF-404 DL; Digital

Leia mais

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014 Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS Curitiba, Julho de 2014 Vamos à prática: Como abrir um chamado? Entre na ferramenta com seu login e senha de rede (a mesma que

Leia mais

A NationalGeographicapresenta a coleção Walkaboutpara equipamentos de foto/vídeo, mídia e para acessórios do dia a dia.

A NationalGeographicapresenta a coleção Walkaboutpara equipamentos de foto/vídeo, mídia e para acessórios do dia a dia. Coleção WALKABOUT A NationalGeographicapresenta a coleção Walkaboutpara equipamentos de foto/vídeo, mídia e para acessórios do dia a dia. Esta coleção é a perfeita combinação entre a essência da NG junto

Leia mais

REVENDEDOR Conheça os benefícios de ser um Revendedor Grupo Positiva

REVENDEDOR Conheça os benefícios de ser um Revendedor Grupo Positiva Conheça os benefícios de ser um Revendedor Grupo Positiva Prezado Revendedor Seja bem-vindo! O Grupo Positiva conta com você para crescer no mercado e se tornar a empresa número 1 no segmento de soluções

Leia mais

acessórios originais volvo novo V40

acessórios originais volvo novo V40 acessórios originais volvo novo V40 V40 acessórios originais volvo Deixe seu carro do jeito que você quer, mas com a segurança da Volvo. O Novo Volvo V40 é um carro único e chegou para aqueles que preferem

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria de Desenvolvimento Territorial. Sistema de Gestão Estratégica. Documento de Referência

Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria de Desenvolvimento Territorial. Sistema de Gestão Estratégica. Documento de Referência Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria de Desenvolvimento Territorial Sistema de Gestão Estratégica Brasília - 2010 SUMÁRIO I. APRESENTAÇÃO 3 II. OBJETIVOS DO SGE 4 III. MARCO DO SGE 4 IV. ATORES

Leia mais

1 - Conceituação de Produto

1 - Conceituação de Produto 1 - Conceituação de Produto Se para a maioria dos estúdios de design, o trabalho tem início com o desenvolvimento do produto, engana-se pois o processo começa com a conceituação. Pois, da precisão do conceito

Leia mais

LINHAS ESPECIAIS CONSTRUÇÃO CIVIL

LINHAS ESPECIAIS CONSTRUÇÃO CIVIL LINHAS ESPECIAIS CONSTRUÇÃO CIVIL 01 Sumário 04 Esquadrias Master Inova Extrema Gold IV Única 08 Fachadas Soluta Citta Due ACM 12 Proteção & Estilo Brises Guarda-corpo Grades e Gradis Portão Vidro Temperado

Leia mais

InnoTech: O sistema de gavetas para todos os seus móveis.

InnoTech: O sistema de gavetas para todos os seus móveis. InnoTech: O sistema de gavetas para todos os seus móveis. Conceito de plataforma InnoTech: um perfil de gaveta único para todas as variantes. A diversidade pode ser tão simples: todas as variantes de gaveta

Leia mais

2 O Ergodesign de Automóveis

2 O Ergodesign de Automóveis 2 O Ergodesign de Automóveis 2.1. O Ergodesign O conceito de Ergodesign surgiu, há pelo menos duas décadas, com o intuito de acabar com as diferenças que existiam entre as disciplinas Ergonomia e Design.

Leia mais

SUMÁRIO. Cursos STE SUMÁRIO... 1

SUMÁRIO. Cursos STE SUMÁRIO... 1 SUMÁRIO SUMÁRIO... 1 STEGEM - INTERFACE... 2 1 Introdução... 2 2 A interface... 2 2.1 Painel de Navegação... 3 2.2 Barra de Menus em forma de Ribbon... 4 2.3 Painel de Trabalho... 5 2.4 Barra de Status...

Leia mais

CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL CENTRO DE ESTUDOS JUDICIÁRIOS

CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL CENTRO DE ESTUDOS JUDICIÁRIOS CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL CENTRO DE ESTUDOS JUDICIÁRIOS MISSÃO DO CJF Exercer, de forma efetiva, a supervisão orçamentária e administrativa, o poder correcional e a uniformização, bem como promover a

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DESIGN

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DESIGN CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DESIGN Matriz Curricular do Curso de Design Fase Cód. Disciplina Créditos Carga Horária 01

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Disciplina: Projeto de Implementação de Sistemas Arquivísticos Profa.

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Disciplina: Projeto de Implementação de Sistemas Arquivísticos Profa. Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Disciplina: Projeto de Implementação de Sistemas Arquivísticos Profa. Lillian Alvares Etimologia Vem do latim projectus que significa ação de

Leia mais

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas.

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas. Introdução Sistemas de Informação é a expressão utilizada para descrever um Sistema seja ele automatizado (que pode ser denominado como Sistema Informacional Computadorizado), ou seja manual, que abrange

Leia mais

Guia para o processo de avaliação e seleção da solução de separação correta para a sua empresa

Guia para o processo de avaliação e seleção da solução de separação correta para a sua empresa Entendendo suas opções de separação Guia para o processo de avaliação e seleção da solução de separação correta para a sua empresa automação 1 Entendendo que traz suas resultados opções de separação Entendendo

Leia mais

Manual do Usuário - Versão beta Última revisão 09/06/2011

Manual do Usuário - Versão beta Última revisão 09/06/2011 Manual do Usuário - Versão beta Última revisão 09/06/2011 2011 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO REITORA Maria Beatriz Moreira Luce VICE-REITOR Norberto Hoppen DIRETOR DO NTIC Diego Luís

Leia mais

PROJETO DE INOVAÇÃO E MELHORIA

PROJETO DE INOVAÇÃO E MELHORIA PROJETO DE INOVAÇÃO E MELHORIA 1. Introdução A apresentação dos Projetos de Inovação e Melhoria - PIM pelos Escalões/Divisões possui os seguintes objetivos: a. Estimular os Escalões e Divisões do Cmdo

Leia mais

O DIA-A-DIA FOI REINVENTADO Catálogo de Equipamentos a Gás da Galp Energia

O DIA-A-DIA FOI REINVENTADO Catálogo de Equipamentos a Gás da Galp Energia O DIA-A-DIA FOI REINVENTADO Catálogo de Equipamentos a Gás da Galp Energia REINVENTÁMOS EQUIPAMENTOS QUE FAZEM PARTE DO DIA-A-DIA A pensar no conforto dos Clientes, a Galp Energia reinventou equipamentos

Leia mais

Linha de MOVIMENTAÇÃO

Linha de MOVIMENTAÇÃO Linha de MOVIMENTAÇÃO 2010 Empilhadeira Elétrica MEE 1.5 Ton MEE 2.0 Ton As Empilhadeiras Elétricas Menegotti são totalmente automatizadas, possuem controles de velocidade para deslocamento do equipamento

Leia mais

Questão em foco: Mobilidade no PLM. Reduzindo as barreiras à inovação e à tomada de decisões de engenharia

Questão em foco: Mobilidade no PLM. Reduzindo as barreiras à inovação e à tomada de decisões de engenharia Questão em foco: Mobilidade no PLM Reduzindo as barreiras à inovação e à tomada de decisões de engenharia Tech-Clarity, Inc. 2011 Índice Introdução da questão... 3 O valor da mobilidade para a engenharia...

Leia mais

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO O estabilizador portátil de câmera Tedi Cam é um equipamento de avançada tecnologia utilizado para filmagens de cenas onde há a necessidade de se obter imagens perfeitas em situações de movimento

Leia mais

GPWeb Gestão de projetos

GPWeb Gestão de projetos Manual Básico do Usuário GPWeb Gestão de projetos Brasília DF, Maio de 2015 1 Sumário O que é um projeto?... 5 O que é o GPWeb?... 6 Como criar um projeto no GPWeb:... 6 As partes envolvidas: Integração/

Leia mais

Módulo 2. Elaboração do PPRA; Documento Base; Ferramentas para Elaboração; 1º, 2º e 3º Fases de elaboração.

Módulo 2. Elaboração do PPRA; Documento Base; Ferramentas para Elaboração; 1º, 2º e 3º Fases de elaboração. Módulo 2 Elaboração do PPRA; Documento Base; Ferramentas para Elaboração; 1º, 2º e 3º Fases de elaboração. Elaboração do PPRA Para iniciarmos a elaboração do PPRA - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento O HOMEM NÃO É A SOMA DO QUE ELE TEM, MAS A TOTALIDADE DO QUE AINDA NÃO TEM, DO QUE PODERIA TER.

Treinamento e Desenvolvimento O HOMEM NÃO É A SOMA DO QUE ELE TEM, MAS A TOTALIDADE DO QUE AINDA NÃO TEM, DO QUE PODERIA TER. Treinamento e Desenvolvimento O HOMEM NÃO É A SOMA DO QUE ELE TEM, MAS A TOTALIDADE DO QUE AINDA NÃO TEM, DO QUE PODERIA TER. JEAN-PAUL SARTRE Se queres colher em três anos, planta trigo... Se queres colher

Leia mais

A Maxflex é a única empresa brasileira de Colchões e Sistemas de Dormir que possui certificação ISO 9001 nos escopos:

A Maxflex é a única empresa brasileira de Colchões e Sistemas de Dormir que possui certificação ISO 9001 nos escopos: Manual do usuário A Maxflex é a única empresa brasileira de Colchões e Sistemas de Dormir que possui certificação ISO 9001 nos escopos: Desenvolvimento, Produção e Comercialização. 3 1 Um sonho, um desejo

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO

CONTRATO DE TRABALHO 1. O que estamos tentando realizar? Objetivo do Projeto: Padronizar o serviço de atendimento de solicitações de documentos nas do Sistema. Importância do Projeto (ligação com o Planes e os clientes): Ligação

Leia mais

Parabéns! Você acaba de adquirir uma loja virtual pronto para seu uso!

Parabéns! Você acaba de adquirir uma loja virtual pronto para seu uso! Parabéns! Você acaba de adquirir uma loja virtual pronto para seu uso! Através deste tutorial, será possível gerenciar todo o conteúdo de sua loja. Temos especialistas que poderão auxiliar a manusear o

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE MODA

CURSO DE DESIGN DE MODA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 CRIATIVIDADE... 3 02 HISTÓRIA DA ARTE E DO DESIGN... 3 03 INTRODUÇÃO AO... 3 04 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 3

Leia mais

Na segunda parada, 2 pessoas saem do ônibus e 2

Na segunda parada, 2 pessoas saem do ônibus e 2 Módulo 3 TESTEDEATENÇÃO Você está dirigindo um ônibus que vai do Rio de Janeiro para Fortaleza. No início temos 32 passageiros no ônibus. Na primeira parada, 11 pessoas saem do ônibus e 9 entram. Na segunda

Leia mais

NORMA TÉCNICA N o 16 SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO

NORMA TÉCNICA N o 16 SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO ANEXO XVI AO DECRETO N o 3.950, de 25 de janeiro de 2010. NORMA TÉCNICA N o 16 SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO 1. OBJETIVO Esta Norma Técnica estabelece critérios para proteção contra incêndio

Leia mais

Especialização em Marketing Digital - NOVO

Especialização em Marketing Digital - NOVO Especialização em Marketing Digital - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O ambiente de negócios tem sido modificado pelas Novas Tecnologias da

Leia mais

CONSIDERAÇÕES FINAIS

CONSIDERAÇÕES FINAIS CONSIDERAÇÕES FINAIS As considerações finais da pesquisa, bem como suas contribuições e sugestões para trabalhos futuros são aqui apresentadas, ressaltando algumas reflexões acerca do tema estudado, sem,

Leia mais

Como lidar com as diversas gerações

Como lidar com as diversas gerações Como lidar com as diversas gerações!? Cláudio Alexandre Tosta Consultor de empresas Professor da Fundação Getulio Vargas tostaclaudio@uol.com.br (27) 99979-9877 Gerações e suas características (CHA - Competências,

Leia mais

U NIFACS ERGONOMIA INFORMACIONAL PROFª MARIANNE HARTMANN 2006.1

U NIFACS ERGONOMIA INFORMACIONAL PROFª MARIANNE HARTMANN 2006.1 U NIFACS ERGONOMIA INFORMACIONAL PROFª MARIANNE HARTMANN 2006.1 AULA 20 PROBLEMAS DE INTERFACE 12.maio.2006 FAVOR DESLIGAR OS CELULARES usabilidade compreende a habilidade do software em permitir que o

Leia mais

O que é Estudio Cosmica?

O que é Estudio Cosmica? Apresentacao O que é Estudio Cosmica? Criação e Concepção de Ideias e Projetos. Estudio Cosmica é um Estúdio de Criação e desenvolvimento de Ideias, Sempre Atento e antenado ao Mercado e novidades, buscando

Leia mais

INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 16 2ª EDIÇÃO

INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 16 2ª EDIÇÃO INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 16 2ª EDIÇÃO SISTEMA DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Referências normativas 4 Definições 5 Generalidades 6 Características e critérios para

Leia mais

MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS

MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS O programa irá prepará-lo para ser um especialista em Design de Interiores Comerciais na elaboração de projetos comerciais ou de serviços. MBA EM DESIGN DE INTERIORES

Leia mais

A estrutura do nosso corpo foi "projetada" para suportar o nosso peso. A mochila é, portanto, uma carga extra.

A estrutura do nosso corpo foi projetada para suportar o nosso peso. A mochila é, portanto, uma carga extra. Arrumar a Mochila Corpo Nacional de Escutas Agrupamento 143 S. Mamede de Infesta A estrutura do nosso corpo foi "projetada" para suportar o nosso peso. A mochila é, portanto, uma carga extra. Graças à

Leia mais

O Dimensionamento do Centro de Produção

O Dimensionamento do Centro de Produção O Dimensionamento do Centro de Produção (posto de trabalho) ANTROPOMETRIA estudo e sistematização das medidas físicas do corpo humano. ANTROPOMETRIA ESTÁTICA - refere-se a medidas gerais de segmentos corporais,

Leia mais

22/02/2009 LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO POR QUE A LOGÍSTICA ESTÁ EM MODA POSIÇÃO DE MERCADO DA LOGÍSTICA

22/02/2009 LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO POR QUE A LOGÍSTICA ESTÁ EM MODA POSIÇÃO DE MERCADO DA LOGÍSTICA LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO A melhor formação cientifica, prática e metodológica. 1 POSIÇÃO DE MERCADO DA LOGÍSTICA Marketing Vendas Logística ANTES: foco no produto - quantidade de produtos sem qualidade

Leia mais

B O U N D B R A S I L FEAL. Fundamentos em Educação ao Ar Livre

B O U N D B R A S I L FEAL. Fundamentos em Educação ao Ar Livre OUTWARD B O U N D B R A S I L FEAL Fundamentos em Educação ao Ar Livre Serra do Papagaio - Verão de 2016 Amplie seu horizonte na 24 a edição do FE AL! Descubra os segredos de equipes de alta performance

Leia mais

Administração das Operações Produtivas

Administração das Operações Produtivas UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS Administração das Operações Produtivas Prof. Rodolpho Antonio Mendonça WILMERS São Paulo 2011 Administração das Operações Produtivas Introdução Nada

Leia mais

FERRAMENTAS DE AVALIAÇÃO

FERRAMENTAS DE AVALIAÇÃO FERRAMENTAS DE AVALIAÇÃO Auxiliam no: controle dos processos; identificação os problemas ou desvios; objetivo de avaliar e analisar; Facilitando a tomada de decisão. Coleta de dados confiáveis: a ferramenta

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Estudo de Viabilidade PGE: Plastic Gestor Empresarial Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Recife, janeiro de 2013 Sumário 1. Motivação... 1 2. Introdução: O Problema Indentificado... 2

Leia mais

CATÁLOGO DE PUBLICIDADE Online e Offline

CATÁLOGO DE PUBLICIDADE Online e Offline Comunique-se durante 365 dias do ano com os executivos e compradores que decidem por mais de 26 mil pontos de venda. CATÁLOGO DE PUBLICIDADE Online e Offline Revista Eletrolar News Guia do Comprador Portal

Leia mais

ESTRATÉGIA E PLANEJAMENTO CORPORATIVO

ESTRATÉGIA E PLANEJAMENTO CORPORATIVO Estratégia e Planejamento Corporativo AULA 4 - BSC Abril 2015 Pauta Planejamento Estratégico; Cadeia de valor; BSC Balanced Scorecard; Mapa Estratégico; Indicadores de desempenho e metas; Plano de ações;

Leia mais

O Terminal. VS Display

O Terminal. VS Display VS Display O Terminal VS Display O VS Display é um terminal sofisticado, que de forma compacta armazena em sua estrutura todos os componentes eletrônicos da CPU e ainda causa um excelente impacto visual.

Leia mais

NOVO volvo V40. Cross Country. acessórios originais volvo

NOVO volvo V40. Cross Country. acessórios originais volvo NOVO volvo V40 Cross Country acessórios originais volvo V40 Cross Country acessórios originais volvo Deixe seu carro do jeito que você quer, mas com a segurança da Volvo. Chegou o novo Volvo V40 Cross

Leia mais

Po r t f o l i o. Web / Graphic Designer / PDF Portfolio

Po r t f o l i o. Web / Graphic Designer / PDF Portfolio Po r t f o l i o Quem é quem? A Codiworks é uma empresa criativa, dinâmica e jovem, buscando sempre estar antenada com as últimas tendências e tecnologias nas áreas de web, design e Identidade Visual.

Leia mais

Honda. Civic ACESSORIOS

Honda. Civic ACESSORIOS Honda Civic 2015 ACESSORIOS 4 SPOILER TRASEIRO Maior esportividade e aspecto agressivo para o Honda Civic. CÓD. 08F03TR88T0 1 5 2 PERFIL ALTO Valoriza o design agregando esportividade e personalização

Leia mais

tselect Volant Plus Select toldos de braços retráteis

tselect Volant Plus Select toldos de braços retráteis tselect Volant Plus Select toldos de braços retráteis tselect-beta Família Select Mais charme para as áreas externas Tornar o dia a dia mais especial. Atividades corriqueiras como reunir os amigos, a família,

Leia mais

AÇÕES INFALÍVEIS PARA MELHORAR RESULTADOS E SUPERAR CRISES. Tancredo Otaviano Dias

AÇÕES INFALÍVEIS PARA MELHORAR RESULTADOS E SUPERAR CRISES. Tancredo Otaviano Dias AÇÕES INFALÍVEIS PARA MELHORAR RESULTADOS E SUPERAR CRISES Tancredo Otaviano Dias OBJETIVO Apresentar, de maneira geral e resumida, um conjunto de ações capazes de melhorar significativamente os resultados

Leia mais

Prof. Paulo C. Barauce Bento. Ergonomia. UFPR 2007 ETAPAS. Prof. Paulo C. Barauce Bento. Ergonomia. UFPR 2007. Prof. Paulo C.

Prof. Paulo C. Barauce Bento. Ergonomia. UFPR 2007 ETAPAS. Prof. Paulo C. Barauce Bento. Ergonomia. UFPR 2007. Prof. Paulo C. Ergonomia Posto de trabalho Menor unidade produtiva Aplicação da antropometria no design do local de trabalho Homem e seu local de trabalho Fábrica / escritório > conjunto de postos Análise do posto Enfoque

Leia mais

Gestão de Projetos Logísticos

Gestão de Projetos Logísticos Gestão de Projetos Logísticos Professor: Fábio Estevam Machado Gestão de Sonhos AULA 1 Expectativas Apresentação do Professor Plano de Ensino e Metodologia AULA 1 Gestão de Sonhos Gestão de Sonhos Exercício:

Leia mais

Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015

Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015 1 de 5 Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015 1. Introdução A mobilidade corporativa deixou de ser uma tendência para fazer parte da ação estratégica das empresas. Hoje, o profissional

Leia mais

: : Terapia de Inversão : : Coluna Melhor, Corpo Melhor : : www.terapiadeinversao.com www.terapiadeinversao.com.br

: : Terapia de Inversão : : Coluna Melhor, Corpo Melhor : : www.terapiadeinversao.com www.terapiadeinversao.com.br : : Terapia de Inversão : : Coluna Melhor, Corpo Melhor : : www.terapiadeinversao.com www.terapiadeinversao.com.br Mesa para Terapia de Inversão Modelo EP550 Características: * Ergonômia Flex-Technology:

Leia mais

Aeroporto de Carrasco - Uruguai EM SINTONIA COM O MERCADO. À ALTURA DO SEU PROJETO.

Aeroporto de Carrasco - Uruguai EM SINTONIA COM O MERCADO. À ALTURA DO SEU PROJETO. Aeroporto de Carrasco - Uruguai EM SINTONIA COM O MERCADO. À ALTURA DO SEU PROJETO. Aeroporto de Carrasco - Uruguai Alumínio. Esta é a principal matéria-prima da Belmetal. Atuamos fortemente na distribuição

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

Qualidade Aprovada. Centro Tecnológico de Controle de Qualidade Falcão Bauer ABNT NBR 16259

Qualidade Aprovada. Centro Tecnológico de Controle de Qualidade Falcão Bauer ABNT NBR 16259 Qualidade Aprovada Centro Tecnológico de Controle de Qualidade Falcão Bauer ABNT NBR 16259 Lançamento da BBa, único e inovador, o Reiki UP chega ao mercado com força total, oferecendo um produto diferenciado,

Leia mais

FIN-Project. A inovadora janela de alumínio

FIN-Project. A inovadora janela de alumínio FIN-Project A inovadora janela de alumínio Características das portas e janelas de alumínio FIN-Project Detalhes das características funcionais Excelente isolamento térmico O novo sistemas de portas e

Leia mais

Liderança. Potencial PSI. Competências. Liderança: Qual é a definição? Conhecimento. -Com pares - Com subordinado - Com clientes -Com Gestor

Liderança. Potencial PSI. Competências. Liderança: Qual é a definição? Conhecimento. -Com pares - Com subordinado - Com clientes -Com Gestor Liderança Competências Conhecimento Habilidade Atitude - - Relacionamento - - -Com pares - Com subordinado - Com clientes -Com Gestor Crise Liderança: Qual é a definição? Principal fator de saída da empresa

Leia mais

Cód. Doc. TAB-RHU-003

Cód. Doc. TAB-RHU-003 1 de 27 ÁREA: SUPERINTENDÊNCIA CARGO: Diretor Superintendente Garantir o correto funcionamento dos sistemas de informação utilizados pela empresa; Aprovar projetos de melhorias nos equipamentos e sistemas

Leia mais

Projeto Especializado...Potência Confiável

Projeto Especializado...Potência Confiável Projeto Especializado...Potência Confiável LINHA 455 750 KVA Desempenho I Durabilidade I Facilidade de Manutenção Produto Brasil Chegou um novo padrão de potência. A linha 455 750 kva da FG Wilson é projetada

Leia mais

Utilização das ferramentas de qualidade para melhor gerenciar o processo produtivo em uma empresa de produtos ortopédicos.

Utilização das ferramentas de qualidade para melhor gerenciar o processo produtivo em uma empresa de produtos ortopédicos. Utilização das ferramentas de qualidade para melhor gerenciar o processo produtivo em uma empresa de produtos ortopédicos. João Antonio Soares Vieira (joaoantonioep@gmail.com/ UEPA) Janine Campos Botelho

Leia mais

O melhor da tecnologia em prol da saúde da mulher. Graph Mammo DR Equipamento para mamografia digital. Catálogo Comercial

O melhor da tecnologia em prol da saúde da mulher. Graph Mammo DR Equipamento para mamografia digital. Catálogo Comercial O melhor da tecnologia em prol da saúde da mulher Graph Mammo DR Equipamento para mamografia digital Catálogo Comercial Nova tecnologia digital para Philips, sempre surpreendendo positivamente seus clientes!

Leia mais

O PAINEL OUVIDORIA COMO PRÁTICA DE GESTÃO DAS RECLAMAÇÕES NA CAIXA

O PAINEL OUVIDORIA COMO PRÁTICA DE GESTÃO DAS RECLAMAÇÕES NA CAIXA PRÁTICA 1) TÍTULO O PAINEL OUVIDORIA COMO PRÁTICA DE GESTÃO DAS RECLAMAÇÕES NA CAIXA 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 8 (oito) páginas: A Ouvidoria da Caixa, responsável pelo atendimento, registro,

Leia mais

Bags Para Instrumentos de Cordas

Bags Para Instrumentos de Cordas Bags Para Instrumentos de Cordas série RITTER CLASSIC RCG400 Revestido com espuma de 15 mm de espessura Estilo moderno de alças tipo mochila ajustáveis e acolchoadas em metal Bolsos para acessórios e uma

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS CONFECÇÃO LINHA 550

CATÁLOGO DE PRODUTOS CONFECÇÃO LINHA 550 CATÁLOGO DE PRODUTOS CONFECÇÃO LINHA A verdadeira grandeza está nos detalhes. www.mjm.pt 1 Made in Portugal Empresa Made in Portugal Marcas representadas Assistência técnica 2 A Manuel J. Monteiro (MJM)

Leia mais

Gerenciamento da produção

Gerenciamento da produção 74 Corte & Conformação de Metais Junho 2013 Gerenciamento da produção Como o correto balanceamento da carga de dobradeiras leva ao aumento da produtividade e redução dos custos (I) Pedro Paulo Lanetzki

Leia mais

CONE CONCÊNTRICO E ANEL DE CONCRETO PARA POÇOS DE VISITA E DE INSPEÇÃO

CONE CONCÊNTRICO E ANEL DE CONCRETO PARA POÇOS DE VISITA E DE INSPEÇÃO CONE CONCÊNTRICO E ANEL DE CONCRETO PARA POÇOS DE VISITA E DE INSPEÇÃO ETM 006 VERSÃO 02 Jundiaí 2015 ETM Especificação Técnica de Material CONE CONCÊNTRICO E ANEL DE CONCRETO PARA POÇOS DE VISITA E DE

Leia mais

PÉRGOLA CAMARGUE VIVA MAIS OS ESPAÇOS AO AR LIVRE UMA DIVISÃO EXTRA PERFEITA TODO ANO CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO

PÉRGOLA CAMARGUE VIVA MAIS OS ESPAÇOS AO AR LIVRE UMA DIVISÃO EXTRA PERFEITA TODO ANO CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO 9 PÉRGOLA CAMARGUE COBERTURA COM LÂMINAS ORIENTÁVEIS E PROTEÇÃO LATERAL UMA DIVISÃO EXTRA PERFEITA TODO ANO Os espaços ao ar livre têm ganho maior relevância no nosso estilo de vida. Os jardins e terraços

Leia mais

UNOCHAPECÓ - ÁREA DE CIÊNCIAS EXATAS E AMBIENTAIS ENGENHARIA MECÂNICA - P.I. PROF. EDERSON MOREIRA PAZ

UNOCHAPECÓ - ÁREA DE CIÊNCIAS EXATAS E AMBIENTAIS ENGENHARIA MECÂNICA - P.I. PROF. EDERSON MOREIRA PAZ UNOCHAPECÓ - ÁREA DE CIÊNCIAS EXATAS E AMBIENTAIS ENGENHARIA MECÂNICA - P.I. PROF. EDERSON MOREIRA PAZ PESQUISA DE MERCADO Alguns fatores específicos e relevantes para a confecção de uma proposta. CONSUMIDORES

Leia mais

Sistema de Navegação Aim nav

Sistema de Navegação Aim nav Sistema de Navegação Aim nav Tecnologia de ponta desde sua criação Redução do tempo cirúrgico, aumento da precisão e redução de riscos para o paciente. Com foco nos principais objetivos da neurocirurgia,

Leia mais

QUALIDADE APLICADA EM PROJETO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Pedro Trindade Fontes 1 André Rodrigues da Silva 2 Fábio Fernandes 3 RESUMO

QUALIDADE APLICADA EM PROJETO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Pedro Trindade Fontes 1 André Rodrigues da Silva 2 Fábio Fernandes 3 RESUMO QUALIDADE APLICADA EM PROJETO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Pedro Trindade Fontes 1 André Rodrigues da Silva 2 Fábio Fernandes 3 RESUMO Este artigo tem como finalidade abordar a importância das ferramentas

Leia mais

Material de apoio. Quando avaliarem os itens de Processos Gerenciais (Critério de 1 a 7) observar:

Material de apoio. Quando avaliarem os itens de Processos Gerenciais (Critério de 1 a 7) observar: Material de apoio Quando avaliarem os itens de Processos Gerenciais (Critério de 1 a 7) observar: Enfoque Refere-se ao grau em que as práticas de gestão se apresentam: Adequação - Práticas de gestão que

Leia mais

Sumário. 1. Tutorial para cadastramento dos jesuítas no catálogo online...02. 2. Tela do e-mail...02. 3. Login...03. 4. Página pessoal...

Sumário. 1. Tutorial para cadastramento dos jesuítas no catálogo online...02. 2. Tela do e-mail...02. 3. Login...03. 4. Página pessoal... Sumário 1. Tutorial para cadastramento dos jesuítas no catálogo online...02 2. Tela do e-mail...02 3. Login...03 4. Página pessoal...04 5. Dados pessoais...05 6. Contatos...06 7. Telefone...14 8. Foto...16

Leia mais

Objetiva-se estimular a divulgação das boas práticas das Empresas Juniores em âmbito nacional, registrando suas atividades e práticas inovadoras.

Objetiva-se estimular a divulgação das boas práticas das Empresas Juniores em âmbito nacional, registrando suas atividades e práticas inovadoras. 1-Do Edital A organização do EMEPRO 2013 institui e divulga o presente edital de seleção de cases a serem apresentados durante o Encontro Mineiro de Engenharia de Produção, que detalha as normas bem como

Leia mais

CAMARGUE PÉRGOLA PARA TERRAÇOS COM LÂMINAS ORIENTÁVEIS E COM LATERAIS COSTUMIZÁVEIS APLICAÇÕES

CAMARGUE PÉRGOLA PARA TERRAÇOS COM LÂMINAS ORIENTÁVEIS E COM LATERAIS COSTUMIZÁVEIS APLICAÇÕES PÉRGOLA PARA TERRAÇOS COM LÂMINAS ORIENTÁVEIS E COM LATERAIS COSTUMIZÁVEIS. Proteção solar com sistema de drenagem incluído e invisível;. Proteção solar e ventilação com lâminas de alumínio orientáveis;.

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE MODA

CURSO DE DESIGN DE MODA 1 CURSO DE MATRIZ CURRICULAR 2016.1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) Consuni nº. 49/15, 2015 de 7 de outubro de 2015. SUMÁRIO 2 1ª FASE... 4 01 DESENHO DE MODA I... 4 02 HISTÓRIA: ARTE E INDUMENTÁRIA...

Leia mais

Mochilas para vendedores de mate: um projeto de design com base no contexto social do Rio de Janeiro

Mochilas para vendedores de mate: um projeto de design com base no contexto social do Rio de Janeiro Mochilas para vendedores de mate: um projeto de design com base no contexto social do Rio de Janeiro Clarissa Lucena clalucenalima@gmail.com Curso bacharelado em Design de Moda SENAI CETIQT Brasil Orientadora

Leia mais

Você se lembra da sua primeira experiência com vidro laminado? Como foi e como o vidro o ajudou em seu design?

Você se lembra da sua primeira experiência com vidro laminado? Como foi e como o vidro o ajudou em seu design? Notícias sobre vidro laminado 2014 ENTREVISTA MURPHY & JAHN ARCHITECTS FRANCISCO GONZALEZ-PULIDO: "EU REALMENTE QUERIA SER PARTE DO DESIGN" LGN conversou com Francisco Gonzalez-Pulido, presidente e sócio

Leia mais