XML WEBSERVICE APPSWS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XML WEBSERVICE APPSWS"

Transcrição

1 XML WEBSERVICE APPSWS Objetivo: Fornecer acesso, aos nossos clientes, das vendas efetuadas e faturadas junto a Ancoradouro, para que possam integrar com seu Back-Office, confrontando com o que está em seu sistema ou simplesmente dando entrada nas vendas à partir da consulta ao nosso XML WebService. Somente vendas aéreas. Data: 24/11/2014 Versão 7.04r27 RUA DR. LIRÁUCIO GOMES, 55 CAMBUÍ CAMPINAS SP

2 Índice XML WEBSERVICE ANCDWS Índice Versões Introdução AppsWS Modelo Apps Sistemas 5 4. Vendas e usuário para testes Aplicação para teste Como obter seu acesso ao WebService Dúvidas, sugestões e suporte técnico FAQ Perguntas frequentes PÁGINA 2

3 1. Versões Versão Data da liberação Tarefas realizadas 7.04r24 06/11/ Separados os manuais de WebService em AncdWS, AppsWS e AgiWS. 7.04r25 22/05/ Correção do endereço HTTP edo WSDL. 7.04r26 26/09/ Corrigida URL de alteração de senha de login. 7.04r27 24/11/ Atualizados links do portal

4 2. Introdução Este é o WebService padrão do sistema de BackOffice utilizado pela Ancoradouro. Ele tem como vantagem a conexão direta ao nosso BackOffice para obter as informações. Sem intermediação do AncdWS para manter a compatibilidade com integrações antigas ou proprietárias. WebService: Padrão: Endereço HTTP: WSDL HTTP: AppsWS Apps https://webapps.efacilplus.com.br/schema/appswsserver5.php https://webapps.efacilplus.com.br/schema/appswsserver5.php?wsdl

5 3. AppsWS Modelo Apps Sistemas XML WEBSERVICE ANCDWS Este é o modelo mais novo e o que deve, preferencialmente, ser utilizado. Ele se conecta diretamente ao BackOffice. Para o serviço AppsWS as vendas podem ser consultadas sem restrição, entretanto, utilizar um período acima de 15 dias pode ultrapassar o limite de tempo da requisição, o que é extremamente desaconselhável. Ao utilizar uma data inicial na solicitação, ele trará todas as vendas existentes (já integradas e não integradas), mas se uma data inicial não for informada serão retornadas todas as vendas no sistema que não foram retornadas antes (vendas não integradas). Métodos disponíveis: resumovendas Traz todos os bilhetes de acordo com as opções preenchidas. Existem outros métodos, mas são restritos e por isso não podem e não devem ser utilizados. Eles não terão respostas nas suas requisições a partir de um usuário de integração de agências de viagens.

6 Método: resumovendas Consulta: <resumovendas>(1) <diretorio>string(aaa)</diretorio>(1) <usuario>(1) <senha>string</senha>(1) </usuario> <dtinicial>string(ddmmyy)</dtinicial>(1) </resumovendas> DDMMYY Dia, mês e ano A Alfanumérico # - - (1) Só pode aparecer uma vez Descrição da Consulta: <resumovendas> Tag principal. <diretorio> Deve sempre ser preenchido com ANC... <usuario> Dados do usuário de integração. (Ver capítulo Como obter seu acesso ao WebService ).. < > de usuário... <senha> Senha do usuário... <dtinicial> Data inicial. Se não for preenchida trará todas as vendas ainda não retornadas (status=n) nas consultas anteriores, possivelmente ainda não integradas. Se preenchida (máximo 15 dias passados) trará todas as vendas da agência existentes do período.. Cada ponto corresponde a um nível dentro da tag raiz Resposta: <saidaresumovendas>(1) <retorno>string(xml)</retorno>(1) <mensagem>string</mensagem>(1) <horario>datahora(dd/mm/yyyy-hh:mm)</horario>(1) </saidaresumovendas> DD/MM/YYYY-HH:MM Dia, mês, ano, hora e minuto A Alfanumérico # - Número (1) Só aparecerá uma vez Descrição da Resposta: <saidaresumovendas>. <retorno> Aqui dentro será retornado outro XML, com as vendas (Ver descrição deste XML interno mais abaixo)... <mensagem> Status da consulta. Se houver erro, virá a mensagem de erro, se não virá OK... <horario> Horário da resposta da consulta.. Cada ponto corresponde a um nível dentro da tag raiz

7 Ajustes pós-importação no XML contido na tag retorno: <?xml version=\"1.0\" encoding=\"utf-8\"?><xml>< O texto do retorno vem conforme acima, pois um XML dentro do outro deve ter um tratamento diferenciado para caracteres especiais. Estes devem ser manipulados para sucesso da importação. Alguns recursos já o fazem automaticamente dependendo da plataforma utilizada. < < > > Após feito o ajuste o XML estará conforme descrito abaixo. XML contido na tag retorno: <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> <xml>(1+) <vendas>(1+) <venda>(0+) <status>string</status>(0-1) <codint>inteiro</codint>(0-1) <loc>string</loc>(0-1) <unidade>string(##/aaa)</unidade>(0-1) <cliente/>(0-1) <ccusto>string</ccusto>(0-1) <contato/>(0-1) <emissor>string</emissor>(0-1) <requisicao/>(0-1) <produto>string</produto>(0-1) <emissao>data(dd/mm/yyyy)</emissao>(0-1) <vencimento>data(dd/mm/yyyy)</vencimento>(0-1) <tpbil>string</tpbil>(0-1) <cia>string</cia>(0-1) <bastarif>string</bastarif>(0-1) <tourcode>string</tourcode>(0-1) <tottarifas>moeda(###.###,##)</tottarifas>(0-1) <tottaxas>moeda(###.###,##)</tottaxas>(0-1) <acrescia>moeda(###.###,##)</acrescia>(0-1) <outrosacresc>moeda(###.###,##)</outrosacresc>(0-1) <outrosdescontos>moeda(###.###,##)</outrosdescontos>(0-1) <comissao>moeda(###.###,##)</comissao>(0-1) <incentivo>moeda(###.###,##)</incentivo>(0-1) <abatimento>moeda(###.###,##)</abatimento>(0-1) <fee>moeda(###.###,##)</fee>(0-1) <du>moeda(###.###,##)</du>(0-1) <repassedu>moeda(###.###,##)</repassedu>(0-1) <cambio>moeda(#,#####)</cambio/>(0-1) <fpgto>inteiro</fpgto>(0-1) <cartao>(0-1) <bandeira>string(aaaaa)</bandeira> (0-1) <numero>string( )</numero>(0-1) <validade>data(mm/yy)</validade>(0-1) <titular>string</titular>(0-1) <parcelas>número(##)</parcelas>(0-1) <entrada>moeda(###.###,##)</entrada>(0-1) <juros>moeda(###.###,##)</juros>(0-1) <valorcartao>moeda(###.###,##)<valorcartao>(0-1) </cartao> <sinal>moeda(###.###,##)</sinal>(0-1) <saldo>moeda(###.###,##)</saldo>(0-1) <paxes>(0-1)

8 <pax>(0+) <nome>string</nome>(0-1) <tipo>string</tipo>(0-1) <tarifausd>moeda(###.###,##)</</tarifausd>(0-1) <tarifabrl>moeda(###.###,##)</</tarifabrl>(0-1) <taxa>moeda(###.###,##)</</taxa>(0-1) <bilhete>inteiro(##########)</bilhete>(0-1) <conjugados>(0-1) <conjugado>numero(##########)</conjugado>(0+) </conjugados> </pax> </paxes> <rota>(0-1) <origem>string(aaa)</origem>(0-1) <destino>string(aaa)</destino>(0-1) <rtow>string</rtow>(0-1) <trechos>(0-1) <trecho>(0+) <ciaaerea>string(aaa)</ciaaerea>(0-1) <origem>string(aaa)</origem>(0-1) <destino>string(aaa)</destino>(0-1) <numvoo>inteiro(####)</numvoo>(0-1) <classe>string<classe>(0-1) <dtsaida>data(dd/mm/yyyy)</dtsaida>(0-1) <horasaida>hora(hh:mm)</horasaida>(0-1) <dtchegada>data(dd/mm/yyyy)</dtchegada>(0-1) <horachegada>hora(hh:mm)</horachegada>(0-1) </trecho> </trechos> </rota> <observacoes>(0-1) <obsreserva>(0-1) <observacoes>string</observacoes>(0-4) </obsreserva> <obsvenda>(0-1) <observacoes>string</observacoes>(0-4) </obsvenda> </observacoes> <trfcomparativa>(0-1) <trfcheia>moeda(###.###,##)</trfcheia>(0-1) <trfsugerida>moeda(###.###,##)</trfsugerida>(0-1) <codmotivo>string</codmotivo>(0-1) <complemotivo>string</complemotivo>(0-1) </trfcomparativa> </venda> </vendas> </xml> DD/MM/YYYY Dia, mês e ano HH:MM Hora e minuto A Alfanumérico X Qualquer caractere # - Número (0-2) Poderá aparecer a quantidade de vezes mostrada, neste caso de 0 a 2 vezes (0+) Poderá aparecer mais de 1 vez, podendo não ser retornada (1+) Poderá aparecer mais de 1 vez, mas pelo menos na quantidade mostrada Descrição do XML contido na tag retorno: <xml>. <vendas> Retorna uma lista de tags venda... <venda> Cada tag vem com os dados de uma venda no sistema, com um ou mais passageiros e com um ou mais bilhetes de passagem.... <status> I=Vendas já retornadas pelo menos uma vez

9 N=Primeira vez que a venda é retornada... <codint> Id da venda em nosso sistema (também chamado de LI)... <loc> Localizador da reserva.... <unidade> O número corresponde ao escritório da Ancoradouro onde a venda foi adquirida. O código da cidade é o IATA de emissão da passagem. Escritórios: - 01 Campinas - 02 Ribeirão Preto - 03 São José dos Campos - 04 Bauru... <cliente> Sempre retornará vazia.... <ccusto> Centro de custo da agência, caso esta utilize a fatura separada por centro de custo. (Não confundir com centro de custo corporativo)... <contato/> Sempre retornará vazia... <emissor> Usuário ou funcionário da Ancoradouro que deu entrada da venda no sistema.... <requisicao/> Sempre retornará vazia.... <produto> Tipo de venda. Três valores são possíveis: EBTA, RAV ou vazio para E-TKT.... <emissao> Data de emissão da passagem.... <vencimento> Data de previsão de vencimento da fatura da venda.... <tpbil> N=Nacional R=Regional I=Internacional... <cia> Código de 2 ou 3 letras da companhia aérea.... <bastarif> Base tarifária principal da rota.... <tourcode> Código de comissionamento e desconto interno utilizado.... <tottarifas> Total das tarifas de todos os passageiros da venda. Se for internacional trará o valor em dólares, que deve ser convertido para reais pelo câmbio da tag cambio. Em reais.... <tottaxas> Total de taxas de todos os passageiros da venda. Em reais.... <acrescia> Total de taxas extras de todos os passageiros da venda. Quando tiver pagamento no cartão, a taxa DU será repetida aqui para evitar devolução duplicada. Em reais.... <outrosacresc> Total de taxas adicionais cobradas pela Ancoradouro de todos os passageiros da venda. Em reais.... <outrosdescontos> Total de descontos concedidos a todos os passageiros da venda. Em reais.... <comissao> Total de comissão de todos os passageiros da venda. Quando tiver pagamento no cartão, a taxa DU virá neste campo, deduzido o valor da taxa administrativa do cartão. Em reais.... <incentivo> Total de incentivos de todos os passageiros da venda. Em reais.... <abatimento> Total de descontos adicionais de todos os passageiros da venda. Em reais.... <fee> Total de taxas de serviços cobradas pela Ancoradouro de todos os de todos os passageiros da venda. Em reais.

10 ... <du> Taxa de repasse à terceiros de todos os passageiros da venda. Em reais.... <repassedu> Retorna o valor que será creditado em fatura referente à taxa DU, normalmente só são são devolvidas DU no cartão de crédito. Quando faturado, já são descontadas em fatura e não há o que devolver. Este é valor da DU menos a taxa administrativa do cartão. Em reais.... <cambio> Câmbio de emissão quando a venda for internacional, sempre será o câmbio para conversão de dólares para reais.... <fpgto> Forma de pagamento: 1=Faturado e 3=Cartão de crédito. Quando for múltiplas formas incluindo cartão virá como 3. Neste caso, o valor do cartão será explicitamente indicado nos dados do cartão.... <cartao> Virá vazia se não contiver pagamento no cartão..... <bandeira> Sempre retornará vazia..... <numero> Número do cartão de crédito..... <validade> Sempre retornará vazia..... <titular> Sempre retornará vazia..... <parcelas> Sempre virá 1, mesmo que pago em mais parcelas..... <entrada> Sempre retornará vazia..... <juros> Sempre retornará vazia..... <valorcartao> Valor pago através do cartão de crédito. O restante será faturado ou cash. Em reais.... <sinal> Valor pago cash pela agência. Em reais. Obs: O valor faturado sempre será: (tottarifas+tottaxas+acrescia+outrosacresc+fee+du)-(valorcartao)-(sinal)... <saldo> Valor líquido da venda. (+) Valor a ser pago pela agência. (-) Crédito a ser recebido pela agência.... <paxes> Cada passageiro virá numa tag pax..... <pax> Lista de passageiros da venda <nome> Nome do passageiro. O campo é um texto livre. Se contiver / foi digitado SOBRENOME/NOME, se não contiver / será NOME SOBRENOME. Nome e sobrenome podem ser compostos e separados por espaço ou hífen <tipo> ADT=Adulto, CHD=Criança e INF=Colo <tarifausd> Valor em dólar da tarifa do passageiro, quando internacional. Em dólares <tarifabrl> Valor em reais da tarifa do passageiro. Quando internacional, é a tarifausd convertida pelo cambio. Em reais <taxa> Taxa de embarque e penalidades do pagamento. Em reais. Acréscimos e descontos não serão discriminados por passageiro <bilhete> Número do bilhete. Será retornado um bilhete fictício para as companhias ticketless. Exemplo de companhias ticketless: AD e G3. Também será retornado um número fictício quando for uma RAV <conjugados> Lista de bilhetes conjugados. Não inclui o primeiro bilhete, mas todos os bilhetes sequenciais.

11 <conjugado> Bilhete conjugado.... <rota> Itinerário da passagem..... <origem> Cidade de origem da rota inteira. Código de 3 letras..... <destino> Cidade de origem da rota inteira. Código de 3 letras..... <rtow> OW=One Way (Somente ida) e RT=Round Trip (Ida e volta)..... <trechos> Cada trecho virá numa tag trecho <trecho> Lista de trechos da rota <ciaaerea> Código de 2 ou 3 letras da companhia aérea <origem> Cidade de origem do trecho. Código de 3 letras <destino> Cidade de origem do trecho. Código de 3 letras <numvoo> Número do voo. Desconsiderar quando Open <classe> Classe de reserva <dtsaida> Data de saída. Virá nas as 4 primeiras posições a palavra OPEN quando for Open <horasaida> Horario de saída. Desconsiderar quando Open <dtchegada> Data de chegada. Desconsiderar quando Open <horachegada> Horário de chegada. Desconsiderar quando Open.... <observacoes> Lista de observações da venda..... <obsreserva> Observações referentes à reserva. Ver detalhamento Abaixo <observacoes> Observação referente à reserva..... <obsvenda> Observações referentes à venda. Ver detalhamento Abaixo <observacoes> Observação referente à venda.... <trfcomparativa> Tarifa para efeito de comparação com a escolhida. Só haverá informações se a venda foi feita diretamente em nosso portal..... <trfcheia> Maior tarifa para o trecho. Só haverá informação se a venda foi feita diretamente em nosso portal. Em reais..... <trfsugerida> Menor tarifa disponível para o trecho. Só haverá informação se a venda foi feita diretamente em nosso portal. Em reais..... <codmotivo> Motivo da escolha da tarifa mais cara. Não é utilizado pela Ancoradouro..... <complemotivo> Motivo complementar. Não é utilizado pela Ancoradouro.. Cada ponto corresponde a um nível dentro da tag raiz; RAV Remuneração do agente de viagem Com a retirada das comissões das companhias, as agências são obrigadas a cobrar um fee (taxa de serviço). Há 3 modos de cobrança de fees: DU, RAV e TASF. Veja abaixo como o sistema trata cada uma delas: DU Vem discriminada nas tags <du/> e <repassedu/>. A tag <repassedu/> só existe quando cartão, e é a DU menos a taxa administrativa do cartão. A DU é uma cobrança da companhia ao passageiro.

12 RAV Somente são lançadas as RAVs no cartão, uma vez que a DU é uma cobrança da agência ao passageiro. O lançamento tem como objetivo apenas repassar o valor do cartão à agência, que utilizou a maquineta da Ancoradouro para a cobrança. Elas são lançadas numa venda totalmente separada da venda original, pois nem sempre o cartão da cobrança é o mesmo da venda. Vem discriminada nas tags <du/> e <repassedu/>. A tag <repassedu/> só existe quando cartão, e é a DU menos a taxa administrativa do cartão. TASF São cobrados pelo BSP utilizando as maquinetas da Ancoradouro. A Ancoradouro não utiliza TASF, por isto seus campos nem estão descritos neste manual. Detalhamento da tag observações Além das observações gerais que podem ser inseridas na venda e que são retornadas há dois tipos de observações que poderão ser de interesse da agência. AUTORIZAÇÃO DO CARTÃO DE CRÉDITO As vendas no cartão de crédito poderão vir com o código de autorização. Normalmente, as que são emitidas no portal conterão estes códigos. AUT:AUTORIZACAODOCARTAO INFORMAÇÕES REFERENTES AO CARTÃO CORPORATIVO EBTA Quaisquer dos campos de observação, seja nas tags obsreserva ou nas tags obsvenda, podem retornar um destes valores: CC:CENTRODECUSTO MAT:MATRICULA REQ:REQUISICAO DPTO:DEPARTAMENTO AUT:AUTORIZACAODOCARTAO Cada valor virá numa tag observacao diferente. Exemplo: <observacoes>dpto:vendas</observacoes> INFORMAÇÕES INSERIDAS NO PORTAL ANCORADOURO Serão retornadas 3 tags observacao sequenciais que deverão ser montadas, formando uma única linha com os valores. AGT1:EMISSOR,CLIENTE,SOLICITANTE,CENTRODECUSTO,UN.NEG, AGT2:DEPTO,PROJETO,ATIVIDADE,MOTIVO,CTA.CONT.,CLS.VALO AGT3:R,REQ,MATR,EMPENHO,EVENTO,REF1,REF2,INF.CT.,LOGIN Linha montada: EMISSOR,CLIENTE,SOLICITANTE,CENTRODECUSTO,UN.NEG,DEPTO,PROJETO,ATIVIDADE,MOTIVO,CT A.CONT.,CLS.VALOR,REQ,MATR,EMPENHO,EVENTO,REF1,REF2,INF.CONTROLE,LOGIN

13 Após montada a linha, os campos terão os seguintes significados, nesta ordem: 1º - Emissor do bilhete. Retornará o código do emissor no BackOffice da agência se este for configurado no cadastro de usuários (EMISSOR) 2º - Código do cliente da agência no seu BackOffice, configurado no cadastro do cliente (CLIENTE) 3º - Solicitante corporativo da emissão (SOLICITANTE) 4º - Centro de custo do cliente da agência (CENTRODECUSTO) 5º - Unidade de negócio (UN.NEG) 6º - Departamento (DEPTO ) 7º - Código do projeto (PROJETO) 8º - Atividade (ATIVIDADE) 9º - Motivo (MOTIVO) 10º - Conta contábil (CTA.CONT) 11º - Classe de valor (CLS.VALOR) 12º - Requisição (REQ) 13º - Matrícula (MATR) 14º - Empenho (EMPENHO) 15º - Evento (EVENTO) 16º - Código de referência (REF1) 17º - Código de referência adicional (REF2) 18º - Informação de controle (INF.CONTROLE) 19º - Login do Emissor (LOGIN) Estes códigos não têm sentido sem uma necessidade corporativa. Por isso, Caso não exista algum destes valores na venda o campo virá simplesmente vazio. Exemplo: <observacoes>agt1:100,1234,,,,,,,,,,a129, ,,,,,,</observacoes> Todos os dados couberam numa única linha, portanto não foram retornadas 3. Se ultrapassar de 3 linhas, o que não deve ocorrer, os últimos dados não serão retornados.

14 4. Vendas e usuário para testes XML WEBSERVICE ANCDWS A Ancoradouro não tem como disponibilizar um usuário para testes, visto que só existe o sistema em produção em vigor. Pedimos utilizar como data inicial para os testes apenas o dia corrente, para evitar que muitas vendas sejam retornadas desnecessariamente, a não ser que um determinado tipo de venda seja procurado. Lembramos que ao não informar uma data, todas as vendas não retornadas antes serão agora retornadas e marcadas como já retornadas, para que não sejam mais retornadas neste caso.

15 5. Aplicação para teste No nosso site é possível obter, além deste manual em formato PDF, uma aplicação de testes que pode ser rodada em qualquer máquina que possua acesso aos links: https://webapps.efacilplus.com.br Baixar o manual em PDF: Baixar a aplicação: A aplicação de testes contém todo o código de integração em C#. Também contém uma versão compilada. Basta executar o atalho TesteAncdWS dentro da pasta Executar Teste.

16 6. Como obter seu acesso ao WebService XML WEBSERVICE ANCDWS Para o acesso à integração via XML WebService fornecida pela Ancoradouro é preciso ter um usuário e uma senha. Para solicitar um usuário com acesso ao WebService ou a regularização de um usuário existente envie um para: Help Desk Importante: somente será criado um usuário para integração, uma vez que ele retornará todas as vendas. Este usuário deve ser cadastrado em todos da agência que farão a integração. Basta informar que precisa de um usuário para acesso à integração via XML WebService. Caso não seja informado um (único) específico para a integração, será criado em nome do do solicitante. Caso o usuário possua acesso ao nosso portal de vendas, ele deve evitar utilizar a mesma senha, uma vez que esta será de uso geral somente para integração de vendas BackOffice-BackOffice. A agência pode também optar por criar um específico para a integração, vinculada a outro e- mail existente. Isto evita o inconveniente de conflitar com usuário do portal e o risco de se utilizar a mesma senha.

17 7. Dúvidas, sugestões e suporte técnico XML WEBSERVICE ANCDWS Enviar para Telefone: Atenção, o suporte técnico é somente para desenvolvedores. O suporte para as agências se dará pelo Este suporte inclui: - Falta de vendas a serem integradas - Vendas que não são da agência aparecendo na integração - Erros nos dados de lançamento gerado. Qualquer problema técnico deverá ser feito pelo desenvolvedor, com a descrição do problema

18 8. FAQ Perguntas frequentes XML WEBSERVICE ANCDWS sistema? 1. O sistema fica com alguma sessão aberta? Como funciona o logon e o logoff do Não fica nenhuma sessão aberta. O sistema trabalha de modo off-line. Dentro do sistema o logon é efetuado, a consulta é feita, o logoff é efetuado e depois o resultado é retornado. 2. Por que algumas reservas que não possuem trechos em aberto veem com apenas um dos trechos marcado como OPEN? Ao digitar algumas vendas se coloca apenas o primeiro trecho da viagem, sem a informação do vôo e dos outros vôos. Isto é feito para agilizar o processo interno, mas com a liberação dos WebServices a necessidade do lançamento completo da venda será necessário. O agente deve entrar em contato com o departamento administrativo e solicitar a digitação correta se for muito importante a informação. Vendas que são inseridas automaticamente em nosso sistema normalmente contêm todos os dados dos vôos. dados? 3. Desenvolvo em Delphi, por que só me vem a resposta de que não estou passando os O Delphi funciona sem problemas para WebServices desenvolvidos até a versão 2003 do Visual Studio. Para versões mais novas (2005 e 2008) é necessário registrar, na seção inicialization a chamada InvRegistry.RegisterInvokeOptions(TypeInfo(ConsultaVendaSoap), iodocument);. O consultavendasoap é o serviço que será utilizado e deve estar como importado pelo Delphi. Esta informação não vale para o serviço AppsWS, que é gerado em PHP.

XML WEBSERVICE AGIWS

XML WEBSERVICE AGIWS XML WEBSERVICE AGIWS Objetivo: Fornecer acesso, aos nossos clientes, das vendas efetuadas e faturadas junto a Ancoradouro, para que possam integrar com seu Back-Office, confrontando com o que está em seu

Leia mais

XML WEBSERVICE ANCDWS

XML WEBSERVICE ANCDWS Objetivo: Fornecer acesso, aos nossos clientes, das vendas efetuadas e faturadas junto a Ancoradouro, para que possam integrar com seu Back-Office, confrontando com o que está em seu sistema ou simplesmente

Leia mais

XML WEBSERVICE ANCDWS

XML WEBSERVICE ANCDWS Objetivo: Fornecer acesso, aos nossos clientes, das vendas efetuadas e faturadas junto a Ancoradouro, para que possam integrar com seu Back-Office, confrontando com o que está em seu sistema ou simplesmente

Leia mais

CONCILIAÇÃO DE FATURAS

CONCILIAÇÃO DE FATURAS CONCILIAÇÃO DE FATURAS Objetivo: Fornecer aos nossos clientes um modo de comparar a fatura emitida com os valores lançados em seu sistema, de modo que consigam detectar as divergências mais facilmente

Leia mais

GUIA PRÁTICO OPERACIONAL

GUIA PRÁTICO OPERACIONAL 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL Conteúdo APRESENTAÇÃO HOME Parte 1... 8 Parte 2... 9 Parte 3... 10 PESQUISAS Principais recursos de aéreo, hotel e carro AÉREO... 13 Apresentação... 13 Pesquisa Voos... 14

Leia mais

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus FAQ

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus FAQ Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus FAQ 06 de Agosto de 2010 Treinamento e Documentação Amadeus Brasil 2 1) As tarifas da TAM exibidas no Sistema Amadeus serão as mesmas encontradas no portal E-TAM?

Leia mais

Bradesco Cartões. Soluções Corporativas Bradesco Cartões

Bradesco Cartões. Soluções Corporativas Bradesco Cartões Soluções Corporativas Soluções na Compra de Passagens Soluções na Compra de Passagens Características Cartão de crédito virtual (não há emissão de plástico), exclusivo para passagens aéreas. Sem custo

Leia mais

TARIFA OPERADORA TAM. Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes TAM Tarifa Operadora. Julho/2013

TARIFA OPERADORA TAM. Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes TAM Tarifa Operadora. Julho/2013 Julho/2013 TARIFA OPERADORA TAM Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes TAM Tarifa Operadora Clube Turismo Matriz Av. Pres. Epitácio Pessoa, 724, Torre CEP 58040-000 João

Leia mais

Sobre o Reserva Fácil

Sobre o Reserva Fácil Sobre o Reserva Fácil O Reserva Fácil é o portal criado para simplificar o dia a dia do agente de viagens e do cliente corporativo no trabalho de busca, reserva e emissão de passagens Com rapidez e segurança,

Leia mais

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 1.1 Janeiro 2009

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 1.1 Janeiro 2009 Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus V. 1.1 Janeiro 2009 Indice 1. Introdução...3 2. Tipo de Acesso Azul no Sistema Amadeus...4 3. Criando um PNR com vôos da Azul para passageiro Adulto...4 3.1 Venda...5

Leia mais

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 2.0 23 Janeiro 2009

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 2.0 23 Janeiro 2009 Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus V. 2.0 23 Janeiro 2009 Indice 1. Introdução...3 2. Tipo de Acesso Azul no Sistema Amadeus...4 3. Criando um PNR com vôos da Azul para passageiro Adulto...4 3.1 Venda...5

Leia mais

Este curso tem a finalidade de tratar todos os procedimentos relacionados a uma emissão, como: formas de pagamentos variadas, por item nominal, etc.

Este curso tem a finalidade de tratar todos os procedimentos relacionados a uma emissão, como: formas de pagamentos variadas, por item nominal, etc. Lição: Emissão Virtual via Script Duração: 1 Hora Descrição da aula: Este curso tem a finalidade de tratar todos os procedimentos relacionados a uma emissão, como: formas de pagamentos variadas, por item

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6.

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. COMO FAZER UMA SOLICITAÇÃO DE VIAGEM?... 3 7. COMO FAZER A

Leia mais

COMO DISPONIBILIZAR A CONSULTA DE DISPONIBILIDADE E OS LOGINS PARA OS PORTAIS DA ANCORADOURO NO SITE DA AGÊNCIA DE VIAGENS

COMO DISPONIBILIZAR A CONSULTA DE DISPONIBILIDADE E OS LOGINS PARA OS PORTAIS DA ANCORADOURO NO SITE DA AGÊNCIA DE VIAGENS COMO DISPONIBILIZAR A CONSULTA DE DISPONIBILIDADE E OS LOGINS PARA OS PORTAIS DA ANCORADOURO NO SITE DA AGÊNCIA DE VIAGENS Objetivo: Integrar a página inicial do site da agência de viagens ao portal de

Leia mais

Guia de uso Reserva Fácil. Guia de uso Reserva Fácil

Guia de uso Reserva Fácil. Guia de uso Reserva Fácil Guia de uso Reserva Fácil Guia de uso Reserva Fácil Sobre o Reserva Fácil O Reserva Fácil simplifica o dia a dia do agente de viagens e do cliente corporativo no trabalho de busca, reserva e emissão de

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA TOUR OPERATOR SISTEM (TOS)

CONDIÇÕES GERAIS DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA TOUR OPERATOR SISTEM (TOS) CONDIÇÕES GERAIS DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA TOUR OPERATOR SISTEM (TOS) As presentes Condições Gerais de Utilização do Sistema Tour Operator Sistem da Schultz Operadora regulam as obrigações entre a proprietária

Leia mais

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Manual Avançado Portal Agências Sumário 1 Portal Frontur Consolidação... 3 2 Reconhecendo o Portal... 03/04/2014 3 3 Navegando e utilizando o Portal... 5

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade FL. 01 / 08 1 OBJETIVO Este documento tem como objetivo estabelecer critérios para a emissão de bilhete de passagem aérea, reserva de hotel e locação de veículos para Serviço e/ou Treinamento em âmbito

Leia mais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Procedimentos Departamento de Projetos Contratos e Convênios Pró-Reitoria de Administração Manual para Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04 Índice Informações sobre conteúdo do site...04 Como usar o site...05 Conhecendo o site... 06 Conectando ao site...10 Resumo de suas reservas...11 Iniciando a pesquisa...12 Como fazer reserva de hotel Definindo

Leia mais

A solução completa para a gestão de viagens da sua empresa

A solução completa para a gestão de viagens da sua empresa A solução completa para a gestão de viagens da sua empresa Introdução O BESTWAYCORP é um sistema completo de Self Booking voltado para empresas. O sistema permite aos viajantes e assistentes criar suas

Leia mais

Manual de Integração Web Service

Manual de Integração Web Service Manual de Integração Web Service Integração EvoluCard Versão 3.4 Janeiro de 2012 Histórico de versões Data Versão Descrição Responsável 28/09/11 1.0 Criação do documento Erivelton Oliveira 15/10/11 2.0

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO E ADESÃO AO SISTEMA DE EMISSÃO E RESERVA DE BILHETE AÉREO

TERMO DE COMPROMISSO E ADESÃO AO SISTEMA DE EMISSÃO E RESERVA DE BILHETE AÉREO TERMO DE COMPROMISSO E ADESÃO AO SISTEMA DE EMISSÃO E RESERVA DE BILHETE AÉREO STEEL SERVIÇOS EM VIAGENS E TURISMO LTDA, estabelecida a Avenida Presidente Vargas no 2121 sala 906 9o andar em Ribeirão Preto

Leia mais

Guia Rápido - Copa Airlines

Guia Rápido - Copa Airlines Guia Rápido - Copa Airlines Com o intuito de ajudar o agente de viagens, criamos este guia com o objetivo de resumir e responder as principais dúvidas d do mercado. ÍNDICE. Vacina contra a febre amarela

Leia mais

Manual Solicitante Dezembro de 2014. Treinamento e Implantação. Manual do usuário

Manual Solicitante Dezembro de 2014. Treinamento e Implantação. Manual do usuário Manual Solicitante Dezembro de 2014 Manual do usuário Manual Solicitante Dezembro de 2014 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o sistema... 3 2.1 Endereços de acesso:... 3 2.2 Primeiro Acesso:... 3

Leia mais

Manual Integra S_Line

Manual Integra S_Line 1 Introdução O é uma ferramenta que permite a transmissão Eletrônica de Resultado de Exames, possibilitando aos Prestadores de Serviços (Rede Credenciada), integrarem seus sistemas com os das Operadoras

Leia mais

Conhecendo os Processos de Cobrança

Conhecendo os Processos de Cobrança Conhecendo os Processos de Cobrança 03 Processos de Cobrança Entenda a Fatura Ferramentas de Suporte Consulta de Extratos 05 09 11 16 Consumo Consciente 02 Processos de Cobrança conheça os processos de

Leia mais

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166

Tel. (0xx11) 3038-1150 Fax (0xx11) 3038-1166 Sistema Nota Já Este manual tem por objetivo apresentar o sistema NotaJá a fim de auxiliar o usuário com todos os processos de cadastro, lançamentos de notas, cancelamentos, inutilizações, notas complementares

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

Circular 349B 08/08/08. CCCF Eletrônico

Circular 349B 08/08/08. CCCF Eletrônico Circular 349B 08/08/08 Destinatários : Agentes de Viagem Prezados Agentes de Viagens, Esta circular substitui a de nº 349A de 31/07/2008. CCCF Eletrônico Dando continuidade ao processo de automação dos

Leia mais

TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM. Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais.

TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM. Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais. TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais. G u i a do u s u á r i o TMS TRISTAR MANAGEMENT SYSTEM Guia do Usuário TRISTAR VIAGENS

Leia mais

Guia de Integração para Transferência

Guia de Integração para Transferência Guia de Integração para Transferência Índice Capítulo 1... 3 Introdução... 3 Capítulo 2... 4 Links de Pagamento... 4 Capítulo 3... 5 Configurando o Gerenciador de Compras... 5 Capítulo 4... 7 Fluxo de

Leia mais

Para além destas, existem uma série de funcionalidades únicas do Panorama:

Para além destas, existem uma série de funcionalidades únicas do Panorama: Requisitos Windows 200 SP4/XP SP2 ou superior com IE 7 o MSXML 3.0 ou superior o Microsoft Scripting Host 5.5 ou superior o MDAC 2.8 SP1 Microsoft.NET Framework 2.0 (Service Pack 1 ou superior) Galileo

Leia mais

ooba Simples e Inovadora OTA Por dentro da ferramenta:

ooba Simples e Inovadora OTA Por dentro da ferramenta: ooba Simples e Inovadora Por dentro OTA da ferramenta: 1. O que é a ferramenta? A Ferramenta White label consiste em um Iframe que possibilita a venda online p a r a o p ú b l i c o fi n a l. Além dos

Leia mais

Usuário deve preencher o código do Registro da sua Empresa (composto de 4 dígitos), sua senha, e teclar o botão ENVIAR.

Usuário deve preencher o código do Registro da sua Empresa (composto de 4 dígitos), sua senha, e teclar o botão ENVIAR. STC Sistema de Transporte Coletivo Rotina Carga do Movimento de Passageiros QDMP Primeira tela da Rotina: Usuário deve preencher o código do Registro da sua Empresa (composto de 4 dígitos), sua senha,

Leia mais

Bom dia! Seja bem vindo ao Treinamento. Relatórios Gerenciais

Bom dia! Seja bem vindo ao Treinamento. Relatórios Gerenciais Bom dia! Seja bem vindo ao Treinamento Relatórios Gerenciais Relatórios Gerenciais Conteúdo: 1. Relatórios cadastrais 2. Relatório Cias aéreas 3. Relatório Hotéis 4. Relatórios Geral 5. Relatórios Gestão

Leia mais

Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema

Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema Versão 3.0.7 BBTUR VIAGENS E TURISMO 27/08/2014 1 Sumário Modulo I Introdução ao Sistema...3 Requisitos mínimos para utilização do Sistema...3

Leia mais

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus Linha de Comandos

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus Linha de Comandos Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus Linha de Comandos 06 de Agosto de 2010 Treinamento e Documentação Amadeus Brasil 2 Índice 1. Introdução:...3 2. Tipo de Acesso TAM no Sistema Amadeus:...3 3. Criando

Leia mais

Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa

Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa Versão 3.0.7 BBTUR VIAGENS E TURISMO 27/08/2014 1 Sumário 1. Cadastro de colaboradores...5 1.1 Cadastrar/Pesquisar um Colaborador...5

Leia mais

Orientações Básicas Repom.

Orientações Básicas Repom. Orientações Básicas Repom. Considerações importantes: 1 A viagem deverá estar autorizada para depois solicitar o pagamento. 2 É obrigatório informar o campo NCM da mercadoria, que está em tabela>auxiliares>mercadoria.

Leia mais

Manual de Captura e Gerenciamento WebService Komerci

Manual de Captura e Gerenciamento WebService Komerci Manual de Captura e Gerenciamento WebService Komerci Apresentação 1 A Redecard faz questão de oferecer muito mais do que produtos e serviços que facilitem sua vida. Queremos levar todas as informações

Leia mais

Manual de Integração Redirecionamento. Versão 1.3

Manual de Integração Redirecionamento. Versão 1.3 Manual de Integração Redirecionamento Versão 1.3 Janeiro de 2012 Histórico de versões Data Versão Descrição Responsável 28/10/11 1.0 Criação do documento Erivelton Oliveira 19/12/11 1.1 Adição dos campos

Leia mais

GUIA DE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS

GUIA DE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS GUIA DE SERVIÇOS E BENEFÍCIOS VEJA COMO UTILIZAR O DE FORMA PRÁTICA E SEGURA. DESBLOQUEIO DO CARTÃO Sua senha foi enviada anteriormente para seu endereço. Caso não a tenha recebido, ligue para a Central

Leia mais

American Express Conta EBTA

American Express Conta EBTA 1 OS CUSTOS BENEFICIE OS FUNCIONÁRIOS GERENCIE GLOBALMENTE MAXIMIZE OS CONTROLES REDUZA OS CUSTOS BENEFICIE OS FUNCIONÁRIOS GERENCIE GLOBALMENTE SOLUÇÕES REAIS PARA SEU NEGÓCIO 2 - Enhanced Business Travel

Leia mais

GUIA DE BOLSO CARTÕES DE CRÉDITO CREDICARD CITI - CTA

GUIA DE BOLSO CARTÕES DE CRÉDITO CREDICARD CITI - CTA GUIA DE BOLSO CREDICARD CITI - CTA GUIA DE BOLSO CARTÃO CREDICARD CITI CORPORATE 1 GUIA DE BOLSO CARTÕES DE CRÉDITO CREDICARD CITI - CTA Índice 1. CARTÃO CREDICARD CITI CORPORATE TRAVEL ACCOUNT - CTA 03

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Solicitante de Passagem

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Solicitante de Passagem Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP Perfil: Solicitante de Passagem Novembro - 2014 1 Sumário Introdução...3 Etapa de Reserva de Passagem...4 1 Reserva de Passagem...4

Leia mais

MANUAL MAPX-OP016-2009

MANUAL MAPX-OP016-2009 MANUAL MANUAL DE Público CIP - 2010 OBJETIVO: Este documento tem como objetivo descrever os leiautes dos arquivos utilizados no DDA e as validações realizadas nos campos. A estrutura dos arquivos e o padrão

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Sistema de gestão de viagens Corporativas

Sistema de gestão de viagens Corporativas Sistema de gestão de viagens Corporativas Introdução O Sistema Corporativo: É um sistema de gestão de viagens que permite aos viajantes e assistentes criarem suas próprias reservas de voo, de hotel, solicitações

Leia mais

TUTORIAL NOVO PORTAL FLYTOUR VIAGENS

TUTORIAL NOVO PORTAL FLYTOUR VIAGENS TUTORIAL NOVO PORTAL FLYTOUR VIAGENS Departamento de Treinamento - Versão 01/2014 MENU Como logar e acessar o painel de controle ----------------------------------------------------------------3 Reserva

Leia mais

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software NeXT ERP Manual do usuário Resumo das principais funcionalidades Dezembro/2009 NeXT Software Página 1 de 33 Índice Iniciando NeXT ERP...3 Tela inicial...3 Interface padrão do NeXT ERP...3 Interface - Cadastro

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

Sistema para gestão de viagens corporativas

Sistema para gestão de viagens corporativas Sistema para gestão de viagens corporativas Introdução O WTS Corporate: É um sistema de gestão de viagens que permite aos viajantes e assistentes criarem suas próprias reservas de voo, de hotel, solicitações

Leia mais

Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa.

Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa. Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa. Você cuida dos negócios e a Flytour, das viagens. Quando uma empresa depende de um constante fluxo de executivos

Leia mais

Sistema de Pagamento Seguro

Sistema de Pagamento Seguro INTEGRAÇÃO COM PAGAMENTO FÁCIL BRADESCO Sistema de Pagamento Seguro Guia para integração de lojas com o Pagamento Fácil Bradesco INDICE Cap. 1 - Introdução...02 Cap. 2 - Links de pagamento...03 Cap. 3

Leia mais

2.1 O Diretor Presidente é responsável pela aprovação dos processos de reembolso liberados para pagamento.

2.1 O Diretor Presidente é responsável pela aprovação dos processos de reembolso liberados para pagamento. PÁGINA: 1 de 6 1 1.0 OBJETIVO: Analisar e controlar as solicitações de reembolso dos bilhetes aéreos não utilizados quando de sua contratação e providenciar o reembolso devido ao cliente, desde que, observadas

Leia mais

INTRODUÇÃO... 2. Acessando o CUSTOM DESKTOP... 3. Efetuando uma reserva... 5. Inserindo o cartão de milhas... 7. Reservando Assentos...

INTRODUÇÃO... 2. Acessando o CUSTOM DESKTOP... 3. Efetuando uma reserva... 5. Inserindo o cartão de milhas... 7. Reservando Assentos... Sumário INTRODUÇÃO... 2 Acessando o CUSTOM DESKTOP... 3 Efetuando uma reserva... 5 Inserindo o cartão de milhas... 7 Reservando Assentos... 7 Emitindo o bilhete... 8 Cancelando o bilhete... 9 Cancelando

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 255, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012.

RESOLUÇÃO Nº 255, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. RESOLUÇÃO Nº 255, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. Estabelece regras sobre a disponibilização de Informações Antecipadas sobre Passageiros (API) e do Registro de Identificação de Passageiros (PNR). A DIRETORIA

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta

Leia mais

Guia Americanas Itaucard International com chip

Guia Americanas Itaucard International com chip Guia Americanas Itaucard International com chip Índice Seu cartão 2 Para desbloquear seu cartão 3 Na hora de comprar 3 Na hora de pagar a fatura 4 Conheça a fatura 6 Mais conveniência para você 8 Programa

Leia mais

ProJuris 8: Manual de Integração com Provedores de Recortes

ProJuris 8: Manual de Integração com Provedores de Recortes ProJuris 8: Manual de Integração com Provedores de Recortes Versão 2.0 por Gabriel Cherem agosto/2014 Motivação Pelo menos 50% de todas as sociedades de advogados no Brasil utilizam algum software para

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENT A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENT A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL Prezado Agente de Viagens, Segue abaixo informações importantes sobre suas reservas, as quais deverão ser repassadas ao seu cliente, para que este fique ciente das condições gerais. A emissão da Reserva

Leia mais

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro SUMÁRIO 1. FINANCEIRO... 5 1.1. ED - SECRETARIA... 5 1.2. ED - ESCOLA... 5 1.3. USUÁRIOS POR ENTIDADE NO ED SECRETARIA E ESCOLA... 6 2. FINANCEIRO - SECRETARIA... 7 2.1.

Leia mais

Integrated User Verification Guia de Implementação do Cliente 2015-05-04 Confidencial Versão 2.9

Integrated User Verification Guia de Implementação do Cliente 2015-05-04 Confidencial Versão 2.9 Integrated User Verification Guia de Implementação do Cliente 2015-05-04 Confidencial Versão 2.9 SUMÁRIO Introdução... 2 Finalidade e público-alvo... 2 Sobre este documento... 2 Termos mais utilizados...

Leia mais

Tutorial do Lojista. www.cielo.com.br/ecommerce. Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso Suporte e-commerce (Atendimento 7 dias por

Tutorial do Lojista. www.cielo.com.br/ecommerce. Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso Suporte e-commerce (Atendimento 7 dias por Tutorial do Lojista Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso Suporte e-commerce (Atendimento 7 dias por semana, 24 horas por dia): E-mail: cieloecommerce@cielo.com.br Telefones: Capitais: 4002

Leia mais

Manual Integrador Nota Fiscal de Serviços Eletrônica

Manual Integrador Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual Integrador Nota Fiscal de Serviços Eletrônica ÍNDICE Índice 2 Objetivo 3 Formas de Funcionamento 3 Integrador desktop com NFS-e on-line 3 Web Service puro com NFS-e on-line 4 Arquivo de Retorno

Leia mais

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira.

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira. AUDITORIA FINANCEIRA Processo de uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS 1 CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGENS IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES O(a)Sr(a)., RG n.º, CPF, telefone(s),e-mail, endereço, Bairro,Cidade, Cep, de ora em diante denominado(a) simplesmente

Leia mais

Galileo Smartpoint. Reembolso. Março, 2014

Galileo Smartpoint. Reembolso. Março, 2014 Galileo Smartpoint Reembolso Março, 2014 1 Sumário REEMBOLSO AUTOMÁTICO... 3 VISUALIZADOR DO E-TKT... 4 REGRA TARIFÁRIA... 5 E-TKT REEMBOLSÁVEL INTEGRALMENTE... 7 E-TKT REEMBOLSÁVEL INTEGRALMENTE COM MULTA...

Leia mais

Tarifa Operadora GOL Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes GOL Tarifa Operadora

Tarifa Operadora GOL Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes GOL Tarifa Operadora Novembro/2012 Tarifa Operadora GOL Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes GOL Tarifa Operadora Clube Turismo Matriz Av. Pres. Epitácio Pessoa, 724, Torre CEP 58040-000

Leia mais

SISTEMA COMERCIAL ADSALE VERSÃO CLIENTE-SERVIDOR MANUAL DE OPERAÇÃO

SISTEMA COMERCIAL ADSALE VERSÃO CLIENTE-SERVIDOR MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA COMERCIAL ADSALE VERSÃO CLIENTE-SERVIDOR MANUAL DE OPERAÇÃO Versão: 1.0 ÍNDICE 1. MÓDULOS DO SISTEMA... 5 2. ACESSO AO SISTEMA... 6 3. DIREITOS DE ACESSO AO SISTEMA... 7 3.1 Usuários... 7 3.2 Administração...

Leia mais

Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Private Label Híbrido

Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Private Label Híbrido BANCO DO BRASIL S.A. Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Private Label Híbrido Conceito e Características do Cartão de Crédito O cartão de crédito Private Label Híbrido, de uso doméstico

Leia mais

Travel Agent Service Fee TASF

Travel Agent Service Fee TASF Travel Agent Service Fee TASF O que vem a ser TASF Um mecanismo simples e eficiente para a cobrança de taxas de serviços por meio de cartão de crédito, possibilitando o controle dos recebíveis contra um

Leia mais

Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014

Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014 IDENTIFICAÇÃO Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014 Data de efetivação do manual: / / Data da próxima revisão: / / Frequência de revisão: Anual REGISTRO

Leia mais

Versão 1.6. Março, 2012 DTI Depto. de Tecnologia e Informação

Versão 1.6. Março, 2012 DTI Depto. de Tecnologia e Informação Versão 1.6 Março, 2012 DTI Depto. de Tecnologia e Informação Página de Revisão Versão Atual Data da Revisão 1.6 Novembro, 2013 Aprovações Diretoria (Assinatura) Gerencia de Tecnologia (Assinatura) Páginas

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br 2013 inux Sistemas Ltda. s MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br Sumário 1 Introdução... 2 2 Visão Geral do Sistema... 2 3 Tela de Configuração... 3 4 Tela de Mensagens... 5 5 Tela de Importação... 8 6 Tela

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENTA A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENTA A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL Prezado Agente de Viagens, Segue abaixo informações importantes sobre suas reservas, as quais deverão ser repassadas ao seu cliente, para que este fique ciente das condições gerais. A emissão da Reserva

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

BSB/MAO USA/Canada/P.R./V.I. I BEENB BUPR997 RT 6+9. BSB/MAO USA/Canada/P.R./V.I. I B2 BUPO997 OW 6+9

BSB/MAO USA/Canada/P.R./V.I. I BEENB BUPR997 RT 6+9. BSB/MAO USA/Canada/P.R./V.I. I B2 BUPO997 OW 6+9 Programa de Upgrade - Agências BSP 2010 Número do Programa Ticket Designator: Origem: Destino: Data inicial para criação da reserva: Data limite para criação da reserva: Data inicial para emissão: Data

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

O sistema possui 5 módulos para registros:

O sistema possui 5 módulos para registros: ÍNDICE 1 DESCRIÇÃO...4 2 ACESSO...6 3 DADOS CADASTRAIS...7 3.1 ATUALIZAR CADASTRO...7 3.2 TROCAR SENHA...8 4 GRUPO DE USUÁRIO...9 4.1 INCLUIR...9 4.2 ATUALIZAR...9 5 FUNCIONÁRIOS...10 5.1 INCLUIR...10

Leia mais

O mais rápido e completo Front-Office e Self-Booking para sua agência Corporativa

O mais rápido e completo Front-Office e Self-Booking para sua agência Corporativa O mais rápido e completo Front-Office e Self-Booking para sua agência Corporativa Sobre a WTS Atua há mais de 13 anos no segmento de Front Offices, exclusivamente no mercado de turismo. Produtos para Agências

Leia mais

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA...

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... Portal de Vendas Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 1.1. Guia Portal de Vendas... 7 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 8 5.

Leia mais

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1 REA Relatório Explicativo de Alterações SSPlus (8.0) Autor : Renato de Cezare Criado em 10/08/2015 Impresso Arquivo REA Relatório Explicativo de Alterações Versão 8.0.106a 2 CONTEÚDO CADASTRO DE PRODUTO...4

Leia mais

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço Manual de Utilização Sistema Recibo Provisório de Serviço Versão 1.0 17/08/2011 Sumário Introdução... 5 1. Primeiro Acesso... 7 2. Funções do e-rps... 8 2.1 Menu Superior... 8 2.1.1 Arquivo......8 2.1.2

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

Tutorial do Usuário para utilização do Magento e commerce

Tutorial do Usuário para utilização do Magento e commerce Tutorial do Usuário para utilização do Magento e commerce Sumário Introdução...3 Página inicial (Home Page)...3 Criar uma conta ou Entrar (Login)...4 Criar uma Conta...5 Entrar (Login)...6 Minha Conta...7

Leia mais

Manual. Passo a Passo AR&B

Manual. Passo a Passo AR&B Manual Passo a Passo AR&B Prezado(a) Colaborador(a), O novo sistema de gestão de viagens tem como o principal objetivo garantir que a política de viagens seja aplicada, garantindo que os preços das passagens

Leia mais

Manual do Usuário SystemFarma AutoCred

Manual do Usuário SystemFarma AutoCred Manual do Usuário SystemFarma AutoCred Objetivo O SystemFarma AutoCred foi desenvolvido com o intuito de facilitar a comunicação entre a automação comercial e o Servidor Central do SystemFarma. Com este

Leia mais

CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL

CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL 1 CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL Layout Para Arquivo de Cobrança de Parcelas de Cartão de Crédito Sistema BDL Carteira de Letras Troca de Informações Via Arquivo Magnético Unidade Atendimento e Serviços Unidade

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

Manual de Integração Retorno dos dados do cliente

Manual de Integração Retorno dos dados do cliente Manual de Integração Retorno dos dados do cliente Integração EvoluCard Versão 1.3 Janeiro de 2012 Histórico de versões Data Versão Responsável 28/10/11 1.0 Criação do documento. Erivelton Oliveira 19/12/11

Leia mais