PLANO DE ATIVIDADE 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE ATIVIDADE 1"

Transcrição

1 PLANO DE ATIVIDADE 1 Questão-Problema Para que serve e como funciona o filtro? Material - Filtro de Aquário - 2 Garrafas de Plástico 2L - Tesoura - Colher - Copo transparente - Terra - Areia de Aquário - Pedras - Algodão Hidrófilo Mostrar o filtro de aquário ao grupo, abrindo-o e mostrando os seus componentes (Pedra, Areia e Algodão Hidrófilo). Procedimento 1. Cortar a base das duas garrafas com uma altura de 20 cm obtendo dois copos A e B; 2. Fazer 10 furos na base do copo A e encaixa-lo por cima do copo B; 3. Colocar o algodão hidrófilo, seguido da areia de aquário e das pedras no copo A; 4. Encher o copo transparente com terra da horta da escola e misturar com água; Fazer Previsões (Registando no quadro as previsões das crianças) 5. Colocar a mistura de terra e água no copo A; 6. Observar a água que fica no copo B. Registar Preencher quadro de registo desenhando os materiais utilizados na construção do filtro e a mistura de água e terra, antes e depois de passar no filtro construído em sala. Comparar os Resultados com as Previsões. Tirar Conclusões.

2

3 PLANO DE ATIVIDADE 2 Questão-Problema Para que serve o Termostato? Material - Termostato - 2 Cubos de Acrílico - Água - 2 Termómetros Procedimento 1. Colocar a mesma quantidade de água nos dois cubos; 2. Colocar um termómetro em cada cubo; 3. Registar no quadro a temperatura da água de cada cubo; 4. Colocar o termostato num dos cubos; Fazer Previsões (Registando no quadro as previsões das crianças) 5. Esperar cerca de 15 minutos; 6. Tocar na água nos dois cubos e ver qual está mais quente; 7. Registar no quadro a temperatura da água de cada cubo; Registar Preencher quadro de registo desenhando o termostato num dos cubos e colocando um X na linha que corresponde ao cubo com a água mais quente. Comparar os Resultados com as Previsões. Tirar Conclusões.

4 PLANO DE ATIVIDADE 3 Questão-Problema Flutua ou não em água? Material - Cubo de acrílico - Água - Clip - Bola de Pingue-pongue - Lápis de Madeira Explicar ao grupo que antes de colocarmos enfeites no aquário temos que descobrir se os materiais ficam à superfície ou descem para o fundo, explicando o conceito de flutuabilidade. Fazer Previsões (Pedindo que criança individualmente registe as suas previsões em desenho) Procedimento 1. Encher o cubo com água; 2. Colocar os objetos um a um dentro de água; 3. Observar o comportamento de cada objeto; Registar Desenhar na mesma folha onde registou as previsões, o que observou. Comparar os Resultados com as Previsões. (Individualmente) Tirar Conclusões. (Individualmente e posteriormente em grupo, comparando as conclusões obtidas) Identificar objetos que possam ser colocados no aquário e que afundem.

5 PLANO DE ATIVIDADE 4 Questão-Problema Como se movem os peixes? Material - Aquário com peixes - Fotografias dos Animais escolhidos por cada criança individualmente Fazer Previsões (Pedindo que criança diga como acha que se movem os peixes) Procedimento 1. Observar a colocação dos peixes no aquário; 2. Observar os peixes em movimento. Registar Desenhar os peixes no aquário. Tirar Conclusões. Verificar que os peixes nadam usando maioritariamente a barbatana caudal. Atividade seguinte: Colocar as fotografias dos animais que foram escolhidos antes do projeto num saco preto para cada criança retire uma fotografia, imitando o movimento que o animal faz para que os colegas descubram a que animal corresponde. Esta atividade terá como objetivo que as crianças percebam e consigam responder à questão Como se move o meu animal? identificando as partes corporais do animal que mais são usadas no movimento de faz (Barbatanas, Corpo, Patas, etc.)

6 PLANO DE ATIVIDADE 5 Questão-Problema Os peixes têm pele? Material - Aquário com peixes - Fotografias dos Animais escolhidos por cada criança individualmente Fazer Previsões (Pedindo que criança diga se os peixes têm pele) Procedimento 1. Observar e tocar na sua pele dos braços e das mãos; 2. Observar os peixes no aquário. Tirar Conclusões. Verificar que a pele dos peixes é diferente da do ser humano por se encontrar revestida de escamas, explicando o que é o revestimento de um animal. Atividade seguinte: Cada criança deverá dizer qual o revestimento do seu animal. (A estagiária deverá corrigir quando a resposta não estiver correta)

7 PLANO DE ATIVIDADE 5 Questão-Problema Os peixes têm pele? Material - Aquário com peixes - Fotografias dos Animais escolhidos por cada criança individualmente Fazer Previsões (Pedindo que criança diga se os peixes têm pele) Procedimento 1. Observar e tocar na sua pele dos braços e das mãos; 2. Observar os peixes no aquário. Tirar Conclusões. Verificar que a pele dos peixes é diferente da do ser humano por se encontrar revestida de escamas, explicando o que é o revestimento de um animal. Atividade seguinte: Cada criança deverá dizer qual o revestimento do seu animal. (A estagiária deverá corrigir quando a resposta não estiver correta)

8 PLANO DE ATIVIDADE 6 Questão-Problema Herbívoro, Carnívoro ou Omnívoro? Material - Computador - Comida dos Peixes Fazer Previsões (Pedindo que criança diga se o seu animal é Carnívoro, Omnívoro ou Herbívoro) Procedimento 1. Perguntar ao grupo se todos os animais comem a mesma coisa; 2. Explicar os conceitos de Carnívoro, Omnívoro e Herbívoro; 3. Questionar cada criança, individualmente, sobre o tipo de alimentação que tem o animal que escolheu; 4. Pesquisar, por acesso ao computador da sala, o que come cada animal; Tirar Conclusões. Pedindo ao grupo que diga se o seu animal é Carnívoro, Omnívoro ou Herbívoro. Atividade seguinte: Descobrir que tipo de alimentação têm os peixes que estão no aquário tendo em conta a descrição que vem no rótulo da sua comida. Verificar que a espécie de peixes que temos em sala é carnívora.

9 PLANO DA ATIVIDADE 7 Questão-Problema: Porque é que os sapos são verdes? Material - Desenhos de sapos por pintar - Lápis Verde, Azul e Vermelho - Papel para plastificar - Tesouras Explicar o procedimento ao Grupo. Fazer Previsões (Registar as previsões do grupo no quadro) Preparação - Pintar, Plastificar e Recortar 4 sapos de cada cor (Vermelhos, Verdes e Azuis). Procedimento 1. Pedir a metade do grupo que vá esconder os sapos na horta do colégio; 2. Pedir à outra metade que vá à horta e, sem tocar em nada, tente encontrar os sapos; Repetir o procedimento pedindo à metade do grupo que foi descobrir os sapos que vá esconde-los e à metade que escondeu que vá tentar descobrir. 3. Cada criança deverá lembrar-se de qual foi a cor do sapo que viu em primeiro, segundo e terceiro lugar. Registar - Escrever no quadro quantas crianças viram em 1º lugar o sapo vermelho, o sapo verde e o sapo azul. - Fazer registo através de um desenho numerado Exemplo: 1º Sapo Vermelho / 2º Sapo Verde / 3º Sapo Azul Comparar com os resultados com as Previsões. Tirar Conclusões. Verificar que os peixes também se escondem/tentam fugir quando se sentem ameaçados, por exemplo quando se coloca a mão dentro do aquário nas trocas de água.

10 PLANO DA ATIVIDADE 8 Temática: Migração/Hibernação Material - Fotografias dos animais escolhidos pelas crianças - Elásticos Explicar os conceitos de hibernação e Migração Fazer Previsões (Cada criança deverá dizer se acha que o seu animal migra e/ou hiberna, este registo deverá ser feito no quadro) Procedimento 1. Dar a fotografia do animal escolhido pela criança à própria, pedindo que a coloque no pulso (com um elástico); 2. Pedir às crianças que fechem os olhos e chamar as crianças com animais que migram e hibernam dizendo-lhes que, de seguida, deverão imitar o seu animal a migrar de uma ponta para a outra da sala e a hibernar ; 3. Pedir que todas as crianças abram os olhos e, no seu lugar, imitem movimentos/comportamentos do seu animal; 4. Questionar o grupo (excetuando as crianças que imitaram os comportamentos de migração e hibernação) sobre quais os animais que migram e hibernam tendo em conta os comportamentos que observou nos colegas; Verificar quais as Previsões corretas. Questionar o grupo sobre a possibilidade de a espécie de peixe existente no aquário, migrar e/ou hibernar, esclarecendo de seguida que esta espécie não hiberna, nem migra, mas que existem espécies de peixes migratórias, dando alguns exemplos do conhecimento do grupo (sardinhas, salmão, etc.).

11 PLANO DE ATIVIDADE 9 Questão-Problema A água do aquário é ácida? Material - Couve roxa - Água da cozedura da Couve Roxa - Bicarbonato de Sódio - Pasta de dentes - Limão - Laranja - Leite - Água - Água retirada do Aquário - Copos de Plástico - Medidor de ph Questionar o grupo sobre o que é a acidez, pedindo que digam ingredientes que conheçam que sejam ácidos. Explicar que a água da cozedura da couve roxa é uma das formas que existe de ver se um ingrediente é ácido e que outra é um medidor que nos diz em números se é ácido ou não, explicando que se o número que aparece for de 7 é porque o ingrediente é ácido. (Explicar o procedimento ao Grupo.) Fazer Previsões (Registar as previsões para cada ingrediente no quadro) Procedimento 1. Mostrar a couve roxa ao grupo e deixar que as crianças a provem (visto algumas crianças não a conhecerem) 2. Dividir a turma em grupos de 4 crianças; 3. Dar um ingrediente, dois copos e água da cozedura da couve roxa a cada grupo; 4. Pedir aos grupos que um a um misturem os ingredientes na água; 5. Observar todos os copos; 6. Medir o Ph em cada copo; 7. Ordenar os copos e ingredientes por cor/nível de acidez

12 Registar - Realizar uma Escala de Cor que represente os ingredientes e as cores visualizadas em cada um. Comparar os Resultados com as Previsões. Tirar Conclusões. Responder à questão A água do aquário é ácida?

13 PLANO DE ATIVIDADE 10 Temática: Animais pelo Mundo Material - Globos e Mapa Terrestre (Construídos pelas crianças) - Imagem de cada continente - Fotografias de animais retiradas do site do Jardim Zoológico (dois animais por Continente) e de um Guppy Antes de realizar esta atividade deverá ser feita uma pequena explicação sobre o que é um Continente e quais os continentes existentes no planeta terra. Procedimento 1. Dividir o grupo em 6 equipas; 2. Realizar jogo da forca com os nomes dos continentes para que cada equipa descubra um continente; 3. Dar a imagem do continente à equipa que descobriu o seu nome; 4. Mostrar fotografias de animais e dar um minuto às equipas para descobrirem de que continente é aquele animal; 5. Entregar a fotografia do animal à equipa que tem o continente de onde este é originário; 6. Montar um mapa-mundo com os animais encontrados em cada continente. Reforçar a ideia de que embora tenhamos os guppy s no aquário, em Portugal/Europa, a sua origem é a América do Sul, e que todos os animais existentes em Oceanários/Jardins Zoológicos têm uma origem que nem sempre é a Europa.

14 PLANO DE ATIVIDADE 11 Temática: Preservação do Ambiente Material - Papel de cenário - Lápis de cor - Computador Mostrar ao grupo dois vídeos As aventuras de Vasco no computador, que mostram de que forma o lixo que é deixado em praias e nas florestas prejudica os animais que lá vivem. Procedimento 1. Dividir o grupo em equipas de 3 crianças; 2. Pedir que discutam atitudes/práticas que não se adequam à preservação do ambiente; Registar Realização dois Placards de Práticas que não poderão ser realizadas de forma a preservar o ambiente. Tirar Conclusões O que não se deve fazer/o que se deve fazer para proteger o ambiente. De que forma as nossas práticas podem prejudicar os animais. (Ex. Tartarugas confundem plásticos com alforrecas e comem-nos) Relacionar as regras do Cantinho Dentro D água com as práticas desejáveis de forma não prejudicar os peixes.

15 PLANO DE ATIVIDADE 12 Questão-Problema Será que a batata-doce mantém a água do aquário limpa? Material - Batata-doce - Aquário - Palitos Explicar que a germinação da batata-doce, e posterior crescimento da planta no aquário, será sinal de que esta está a retirar comida /nitratos da água que fazem mal aos peixes, perguntando ao grupo se acham que é possível isto acontecer. Fazer Previsões (Registar no quadro as previsões das crianças) Procedimento 1. Colocar uma batata-doce no aquário, verificar que metade da mesma fica submersa em água. 2. Fotografar o local todas as semanas durante um mês e meio. Registar - Desenhar o aquário após mês e meio. Comparar os Resultados com as Previsões. Tirar Conclusões. Responder à questão-problema.

16 PLANO DE ATIVIDADE 13 Questão Problema: Como se reproduzem os nossos peixes? Material - Aquário - Peixe Fêmea no final da gestação Questionar o grupo sobre como nascem os animais, explicando que quando nascem de ovos se chamam ovíparos e quando nascem da barriga da mãe se chamam vivíparos. Fazer Previsões (Ovíparo ou Vivíparo?) Observar o nascimento dos alvinos. Registar (Através de um desenho) Comparar os resultados com as Previsões Tirar Conclusões Responder à questão-problema, dizendo se o seu animal é Ovíparo ou Vivíparo. Nesta atividade optou-se por não abordar o conceito de ovovivíparo de forma não dificultar a aquisição de conhecimentos/vocabulário. No entanto, será explicado ao grupo que existem animais que, dependendo da espécie, podem ser ovíparos ou vivíparos, tal como o peixe.

17 PLANO DE ATIVIDADE 14 Questão Problema: Como posso ver o interior de um ovo sem o partir? Material - 2 Ovos crus - 2 Copos de vidro - Vinagre (ácido acético) - Água Explicar o procedimento ao Grupo. Fazer Previsões Procedimento 1. Encher com vinagre metade do volume total de um copo; 2. Encher outro copo com a mesma quantidade de água; 3. Colocar um ovo em cada copo; 4. Observar; 5. Após 36h, observar novamente. Registar (Através de um desenho) Comparar os resultados com as Previsões Tirar Conclusões Responder à questão-problema. Esta atividade surge no âmbito do tema da atividade anterior (Reprodução dos Guppy s ) pelo que não existe correlação direta com o aquário, estando maioritariamente relacionada com a explicação da reprodução ovípara.

18 ATIVIDADE 1 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Materiais utilizados Atividade Registo

19

20 ATIVIDADE 2 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Previsões Os aquários são os dois cubos de acrílico referidos no plano da atividade. Aquário 1 c/ termostato Aquário 2 s/ termostato A água do aquário 1 vai ficar mais quente 17 crianças A água do aquário 2 vai ficar mais quentes 5 crianças Vão aquecer os dois 1 criança Não vai aquecer nenhum 3 crianças Atividade As crianças sentiram a temperatura da água nos dois cubos antes da colocação do termostato As crianças sentiram a temperatura da água nos dois cubos após da colocação do termostato no aquário 1 Registo As crianças numeraram os aquários desenhando o termostato e colocando um X no cubo que tinha a água mais quente

21

22 ATIVIDADE 3 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Atividade Previsão/Registo

23 ATIVIDADE 4 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Atividade Registo

24 ATIVIDADE 7 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Previsões - Porque os ovos eram verdes - Para se esconderem dos animais - Porque nasceram assim - Para irem para a água - Para se esconderem em plantas verdes - Para comerem insectos Atividade Registo

25

26 ATIVIDADE 9 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Atividade Registo

27 ATIVIDADE 10 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Atividade

28 ATIVIDADE 11 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Atividade Não podemos deitar lixo para o chão

29

30 ATIVIDADE 12 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Atividade Registo

31

32 ATIVIDADE 12 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Atividade Registo

33

34 ATIVIDADE 14 FOTOGRAFIAS/REGISTOS Atividade 1º Dia 36h Depois Registo

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual / Critérios de avaliação. Disciplina: Estudo do Meio 2.º ano 2015/2016

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual / Critérios de avaliação. Disciplina: Estudo do Meio 2.º ano 2015/2016 DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110 Planificação Anual / Critérios de avaliação Disciplina: Estudo do Meio 2.º ano 2015/2016 Domínio (Unidade/ tema) Subdomínio/Conteúdos Metas de Aprendizagem Estratégias/

Leia mais

Sistema de Recuperação

Sistema de Recuperação Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I - 2º ano 2011 Sistema de Recuperação ATIVIDADES EXTRAS DE RECUPERAÇÃO PARALELA E CONTÍNUA FAÇA UMA CAPA PERSONALIZADA PARA SUA APOSTILA DE ESTUDOS Nome: Classe:

Leia mais

Vamos contar esta história usando lata e imã? Você irá precisar de: Prontinho, agora é só contar a história!

Vamos contar esta história usando lata e imã? Você irá precisar de: Prontinho, agora é só contar a história! Você irá precisar de: Lata de leite em pó, ou de panetone, limpa e sem o rótulo Folhas de papel de seda: laranja, bege claro e azul escuro ou cenários disponibilizados Lápis de escrever, caneta marcador

Leia mais

Atividade 1: Para onde vão os alimentos que comemos?

Atividade 1: Para onde vão os alimentos que comemos? Oficina 4: Corpo Humano Nesta oficina serão trabalhadas duas atividades sobre alimentação, uma sobre as articulações e outra sobre a quantidade de ar que respiramos. Atividade 1: Para onde vão os alimentos

Leia mais

PROJETO SENTINDO A ÁGUA

PROJETO SENTINDO A ÁGUA PROJETO SENTINDO A ÁGUA Adriana Maria de Souza Geraldo Fernanda Daniela F. Rodrigues Juliana Aparecida Ribeiro Resumo O presente projeto foi desenvolvido em um Centro Municipal de Educação Infantil, com

Leia mais

Aplicações da Matemática

Aplicações da Matemática Aplicações da Matemática DOCENTE: Prof. Doutor Ricardo Teixeira DISCENTES: Filipa Araújo Rui Ferreira Sónia Neto Dezembro de 2011 Introdução... 3 Actividades Jogo SUPERTMATIK Quiz Astronomia... 4 Como

Leia mais

MODELO DE ROTEIRO. Tela 1. Imagem:

MODELO DE ROTEIRO. Tela 1. Imagem: MODELO DE ROTEIRO Título da animação: Tela inicial Tela 1 Olá, somos os protetores da Selva. Fomos chamados pelos índios para salvar os animais em extinção da Floresta Amazônica. Escreva seu nome e vamos

Leia mais

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PIBID/FSDB Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PROJETO DIDÁTICO: BRINCANDO COM FORMAS E CORES Turma: Berçário II, Maternal I e II, Jardim I e II Duração: 2 meses. Objetivo Compartilhado: Aprofundar

Leia mais

Agora é só com você. Geografia - 131

Agora é só com você. Geografia - 131 Geografia - 131 3 Complete: O espaço da sala de aula é um domínio delimitado por um(a)..., que é sua fronteira. Ainda em grupo faça o seguinte: usando objetos como lápis, palitos, folhas e outros, delimite

Leia mais

Ensino de Ciências nas séries iniciais: Ideias de atividades práticas

Ensino de Ciências nas séries iniciais: Ideias de atividades práticas Ensino de Ciências nas séries iniciais: Ideias de atividades práticas Lis Rejane Lopes Dutra Alexandre Lopes de Oliveira Lis Rejane Lopes Dutra Alexandre Lopes de Oliveira Produto educacional elaborado

Leia mais

COMO TRABALHAR COM BLOCOS LÓGICOS

COMO TRABALHAR COM BLOCOS LÓGICOS I. Descrição do Material: COMO TRABALHAR COM BLOCOS LÓGICOS Material criado por Dienes. Constitui-se de 48 peças, que combinam quatro atributos em cada uma sendo: Tamanho (grande e pequeno) Cor (amarelo,

Leia mais

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA?

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? Projeto Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro tem como tema o meio ambiente em que mostra o homem e a destruição da natureza,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE CIÊNCIAS 3º ANO Professor Vitor

PLANO DE TRABALHO DOCENTE CIÊNCIAS 3º ANO Professor Vitor PLANO DE TRABALHO DOCENTE CIÊNCIAS 3º ANO Professor Vitor CELESTE: PRODUÇÃO DO UNIVERSO 1. Componentes básicos do Universo matéria e energia: - Matéria e energia dos astros luminosos e iluminados; - Sol:

Leia mais

Sistema COC de Educação Unidade Portugal

Sistema COC de Educação Unidade Portugal Sistema COC de Educação Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2007. Nome: 2º ano (1ª série) AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VII 3º BIMESTRE Eixo temático Aprendendo e relacionando Disciplina/Valor Português

Leia mais

JUSTIFICATIVA: OBJETIVOS:

JUSTIFICATIVA: OBJETIVOS: JUSTIFICATIVA: O projeto Páscoa tem a finalidade de apresentar as principais características desta festividade, como manifestação cultural, por meio do trabalho educativo com diferentes linguagens artística,

Leia mais

Sequência de Ensino. É primordial que os alunos consigam compreender a ideia de que a Terra é esférica e do efeito gravidade associado a este facto.

Sequência de Ensino. É primordial que os alunos consigam compreender a ideia de que a Terra é esférica e do efeito gravidade associado a este facto. Sequência de Ensino Objectivos Qual a causa dos dias e das noites? E qual a causa das estações do ano? Explicar fenómenos como o dia e a noite e o movimento aparente do Sol. Representar o sistema solar

Leia mais

Objectivos Pedagógicos

Objectivos Pedagógicos Programa de Ciências da Natureza 6º Ano Tema: Ambiente de Vida Capítulo II- Agressões do meio e integridade do organismo 1) A Higiene Este capítulo tem como objectivo ensinar aos alunos que a falta de

Leia mais

Brinquedos ecológicos e experiências: estratégias para o ensino das descobertas sociocientíficas

Brinquedos ecológicos e experiências: estratégias para o ensino das descobertas sociocientíficas Brinquedos ecológicos e experiências: estratégias para o ensino das descobertas sociocientíficas Fabiana Chinalia Professora de Metodologia para o Ensino de Ciências Naturais e Meio Ambiente Data: 18/06/2011

Leia mais

SOBRE ESTE LIVRO > SIGAM AS PISTAS...

SOBRE ESTE LIVRO > SIGAM AS PISTAS... As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

MATERIAL DE APRESENTAÇÃO DO SCRATCH

MATERIAL DE APRESENTAÇÃO DO SCRATCH MATERIAL DE APRESENTAÇÃO DO SCRATCH 1 Scratch é uma nova linguagem de programação que permite a criação de histórias, animações, jogos e outras produções. Tudo pode ser feito a partir de comandos prontos

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO 2010 Questão 1 O reino Animalia, ou reino dos

Leia mais

MEDITAÇÃO Sala Vermelha SEMANA 13 A CRIAÇÃO (Parte 1) Nome: Professor: Sala Versículos da Meditação

MEDITAÇÃO Sala Vermelha SEMANA 13 A CRIAÇÃO (Parte 1) Nome: Professor: Sala Versículos da Meditação MEDITAÇÃ Sala Vermelha SEMANA 13 A CIAÇÃ (Parte 1) Nome: Professor: Sala Versículos da Meditação Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) (1) Colossenses 1:16

Leia mais

Ciências E Programa de Saúde

Ciências E Programa de Saúde Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Estado da Educação Ciências E Programa de Saúde 19 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE SP Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de

Leia mais

MATA ATLÂNTICA: CONHECER PARA PRESERVAR Pereira, Patrícia

MATA ATLÂNTICA: CONHECER PARA PRESERVAR Pereira, Patrícia MATA ATLÂNTICA: CONHECER PARA PRESERVAR Pereira, Patrícia Resumo O projeto se iniciou a partir da necessidade de ser apresentado esse conteúdo já previsto no material do PIC (Projeto Intensivo no Ciclo)

Leia mais

INTRODUÇÃO E OBJETIVO DO JOGO

INTRODUÇÃO E OBJETIVO DO JOGO Instruções O K2 é a segunda maior montanha do mundo (depois do Monte Evereste) com uma altura de 8.611 metros acima do nível do mar. Também é considerada uma das mais difíceis. O K2 nunca foi conquistado

Leia mais

2º ano do Ensino Médio

2º ano do Ensino Médio 2º ano do Ensino Médio Instruções: 1. Você deve estar recebendo um caderno com dez questões na 1ª parte da prova, duas questões na 2ª parte e duas questões na 3ª parte. Verifique, portanto, se está completo

Leia mais

O meu nome é PLIM. Tenho o nome do som de uma gota de água a cair. Sou a mascote em forma de gota de água, da empresa Águas de Coimbra.

O meu nome é PLIM. Tenho o nome do som de uma gota de água a cair. Sou a mascote em forma de gota de água, da empresa Águas de Coimbra. DESCOBRIR COM A ÁGUA DESCOBRIR COM A ÁGUA 2 Olá, O meu nome é PLIM. Tenho o nome do som de uma gota de água a cair. Sou a mascote em forma de gota de água, da empresa Águas de Coimbra. Eu e os meus irmãos

Leia mais

Plano Anual Curricular Estudo do Meio - 1º Ciclo -

Plano Anual Curricular Estudo do Meio - 1º Ciclo - Plano Anual Curricular Estudo do Meio - 1º Ciclo - Estudo do Meio 1º Ano 1º Período 2º Período 3º Período À descoberta de si mesmo - A sua identificação Conhecer a sua identificação Conhecer o seu nome

Leia mais

A formação moral de um povo

A formação moral de um povo É um grande desafio evangelizar crianças nos dias de hoje. Somos a primeira geração que irá dizer aos pais e evangelizadores como evangelizar os pequeninos conectados. Houve um tempo em que nos colocávamos

Leia mais

Matemática e Questionário. 4ª Série Ensino Fundamental Manhã MANHÃ. Nome do aluno: Nome da escola: 4ª SÉRIE EF. Número triângulo:

Matemática e Questionário. 4ª Série Ensino Fundamental Manhã MANHÃ. Nome do aluno: Nome da escola: 4ª SÉRIE EF. Número triângulo: Matemática e Questionário MANHÃ 4ª Série Ensino Fundamental Manhã Nome do aluno: Nome da escola: 4ª SÉRIE EF Turma: Número triângulo: 2007 Prezado aluno, prezada aluna: Para que a Secretaria da Educação

Leia mais

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha Ensino Fundamental Turma: PROJETO INTERPRETA AÇÂO (INTERPRETAÇÃO) Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): DISCIPLINA:

Leia mais

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome:

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome: 4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome: 1) Observe esta figura e identifique as partes do vegetal representadas nela. Posteriormente, associe as regiões identificadas às funções

Leia mais

Exposição Exploratorium (piso 1)

Exposição Exploratorium (piso 1) Exposição Exploratorium (piso 1) Departamento Educativo - PNE Vivemos numa floresta de sons, cores, tonalidades, reflexos e texturas de uma realidade que nos chega pelos sentidos e molda a imagem perceptiva

Leia mais

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma.

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma. Projeto Nome Próprio http://pixabay.com/pt/cubo-de-madeira-letras-abc-cubo-491720/ Público alvo: Educação Infantil 2 e 3 anos Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: Aproximadamente um mês. O tempo

Leia mais

Draguim, Badão e companhia - Guia de leitura - Livro 1 Dragões, Duendes e Outros Bichos

Draguim, Badão e companhia - Guia de leitura - Livro 1 Dragões, Duendes e Outros Bichos Draguim, Badão e companhia - Guia de leitura - Livro 1 Dragões, Duendes e Outros Bichos Apresentação da obra Sempre me disseram que os dragões eram todos maus e que devíamos fugir deles a sete pés. Mas,

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Nome: Turma: Unidade: 2º SIMULADO - 7º ANO LÓGICA, CONTEÚDO. 45 Questões Dia: 27 de Agosto - quinta-feira EDUCANDO PARA SEMPRE

Nome: Turma: Unidade: 2º SIMULADO - 7º ANO LÓGICA, CONTEÚDO. 45 Questões Dia: 27 de Agosto - quinta-feira EDUCANDO PARA SEMPRE Nome: 2015 Turma: Unidade: 2º SIMULADO - 7º ANO LÓGICA, CONTEÚDO. 45 Questões Dia: 27 de Agosto - quinta-feira EDUCANDO PARA SEMPRE ORIENTAÇÕES PARA APLICAÇÃO DO SIMULADO - 2º TRI 1. O aluno só poderá

Leia mais

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens.

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens. GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO Os alunos do estudaram as descrições de personagens e a partir da criação de um personagem da imaginação deles puderam escrever um texto descritivo. Compartilharam a produção

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria,

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, O Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, preocupada, pois nunca tinha visto o primo assim tão mal

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. 2º Ano

LÍNGUA PORTUGUESA. 2º Ano LÍNGUA PORTUGUESA 2º Ano ELABORAÇÃO: JOSIANE DE LIMA PIRAQUARA 2015 SALADA DE FRUTA INGREDIENTES 2 MAMÕES PAPAIA PEQUENOS 1 LARANJA MÉDIA 5 BANANAS 2 MAÇÃS 5 MORANGOS MADUROS 1 PÊSSEGO 10 GRÃOS DE UVA

Leia mais

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO)

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) Explorando a obra EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) INTRODUÇÃO Antes da leitura Peça para que seus alunos observem a capa por alguns instantes e faça perguntas: Qual é o título desse livro?

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES PROFESSOR DISCIPLINA TURMA DEISE MENEZES CIÊNCIAS 201 ALUNO SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br Questão 1 Numere: ( 1 )

Leia mais

A ESCOLA PROMOVENDO HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS

A ESCOLA PROMOVENDO HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS A ESCOLA PROMOVENDO HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS ELABORAÇÃO Clarissa Hoffman Irala e Patrícia Martins Fernandez COORDENAÇÃO Elisabetta Recine Universidade de Brasília. Faculdade de Ciências da Saúde.

Leia mais

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE DE HORA EM HORA...

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE DE HORA EM HORA... Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE Eixo temático Culturas nativas Leia o texto a seguir. Disciplina/Valor Português

Leia mais

Observe esta estrada. Seguindo por ela você vai encontrar uma subida ou uma descida? (ilusão de Marcelo Kothe, 2001)

Observe esta estrada. Seguindo por ela você vai encontrar uma subida ou uma descida? (ilusão de Marcelo Kothe, 2001) Ilusão de Óptica Imagens Reversíveis Qual seta está apontando a entrada da figura? A laranja ou a azul? Para ver a entrada reverter fixe seus olhos no lado contrário ao que você viu como a entrada. Talvez

Leia mais

CONSELHO DE DOCENTES DO PRÉ-ESCOLAR CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CONSELHO DE DOCENTES DO PRÉ-ESCOLAR CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Agrupamento de Vale de Ovil Escola Básica e Secundária do Vale de Ovil Código 345702 CONSELHO DE DOCENTES DO PRÉ-ESCOLAR CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A avaliação é qualitativa e contínua com o objectivo de reconhecer

Leia mais

Unidade 1: A Bíblia: Um Guia de Sobrevivência e Vitória A Bíblia é como uma Semente: Ela pode ser Plantada em meu Coração

Unidade 1: A Bíblia: Um Guia de Sobrevivência e Vitória A Bíblia é como uma Semente: Ela pode ser Plantada em meu Coração Unidade 1: A Bíblia: Um Guia de Sobrevivência e Vitória A Bíblia é como uma Semente: Ela pode ser Plantada em meu Coração Para as crianças de 7 e 8 anos, este trimestre inicia enfatizando o Fruto, do Crescimento.

Leia mais

REGINA APARECIDA DE OLIVEIRA ASSESSORIA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA LONDRINA, SETEMBRO DE 2011.

REGINA APARECIDA DE OLIVEIRA ASSESSORIA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA LONDRINA, SETEMBRO DE 2011. REGINA APARECIDA DE OLIVEIRA ASSESSORIA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA LONDRINA, SETEMBRO DE 2011. 2 Planejamento de aula abordando alguns conteúdos de Geometria. Sugestão para: Educação Infantil e 1º ano. Tema

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO/GERÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA

DIRETORIA DE ENSINO/GERÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DIRETORIA DE ENSINO/GERÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA Autores: Ana Cláudia Cerini Trevisan Leandro Henrique Magalhães Ilustrações: Sassá MATERIAL INTERDISCIPLINAR ELABORADO PELAS ASSESSORAS DA EQUIPE DE

Leia mais

Objetivo principal: aprender como definir e chamar funções.

Objetivo principal: aprender como definir e chamar funções. 12 NOME DA AULA: Escrevendo músicas Duração da aula: 45 60 minutos de músicas durante vários dias) Preparação: 5 minutos (se possível com introduções Objetivo principal: aprender como definir e chamar

Leia mais

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR APRESENTAÇÃO Olá professor, Essa apostila apresenta jogos matemáticos que foram doados a uma escola de Blumenau como parte de uma ação do Movimento Nós Podemos Blumenau.

Leia mais

Recado aos Pais e Professores

Recado aos Pais e Professores Recado aos Pais e Professores A criança aprende fazendo. Um trabalho manual confeccionado logo após a história bíblica fixa os ensinos que a criança acabou de ouvir, e também é um lembrete visual do constante

Leia mais

Se o mosquito da dengue pode matar, ele não pode nascer.

Se o mosquito da dengue pode matar, ele não pode nascer. Dezembro/2015 Se o mosquito da dengue pode matar, ele não pode nascer. Você sabia que o mosquito da dengue demora, em média, 7 dias para nascer? Além disso, ele está mais forte e também transmite duas

Leia mais

Amanda Aroucha de Carvalho. Reduzindo o seu resíduo

Amanda Aroucha de Carvalho. Reduzindo o seu resíduo Amanda Aroucha de Carvalho Reduzindo o seu resíduo 1 Índice 1. Apresentação 2. Você sabe o que é Educação Ambiental? 3. Problemas Ambientais 4. Para onde vai o seu resíduo? 5. Soluções para diminuir a

Leia mais

E-book. Passo-a-Passos Técnicas Exclusivas

E-book. Passo-a-Passos Técnicas Exclusivas E-book Passo-a-Passos Técnicas Exclusivas 1 Pintura em Madeira FLORAL DECORATIVO Materiais Necessários Pincel Condor ref. 601 nº 16 Pincel Condor ref. 606 nº 10 e 16 Pinta-Bolinhas Condor ref. 555 Bandeja

Leia mais

Ribeirão Preto, de de 2011. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO I 1 o BIMESTRE. Lixo e desperdício: tudo se transforma

Ribeirão Preto, de de 2011. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO I 1 o BIMESTRE. Lixo e desperdício: tudo se transforma Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2 a série) AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO I 1 o BIMESTRE Eixo temático Preservar para ter Disciplina/Valor Português 4,0 Matemática 4,0 Hist./Geog.

Leia mais

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO II 1 o BIMESTRE

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO II 1 o BIMESTRE Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO II 1 o BIMESTRE Eixo temático O campo e a cidade. Disciplina/Valor Português 4,0 Matemática 4,0 Hist./Geog.

Leia mais

Contextualização: Esta planificação vem ao encontro das necessidades das crianças e das Educadoras.

Contextualização: Esta planificação vem ao encontro das necessidades das crianças e das Educadoras. Centro de Competências de Ciências Sociais 1º Ciclo de Educação Básica Unidade Curricular de Iniciação à Prática Profissional VI Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Fonte da Rocha Contextualização:

Leia mais

Brincadeiras Para Pré-Primários

Brincadeiras Para Pré-Primários Brincadeiras Para Pré-Primários 1. Fazendo o Ninho Novelo grande de lã (de preferência marrom ou amarelo) Giz e quadro negro ou papel cartaz e canetinha Fita adesiva ou tachinhas Escreva o versículo no

Leia mais

VII Mostra de Trabalhos ABC na Educação Científica - Mão na Massa

VII Mostra de Trabalhos ABC na Educação Científica - Mão na Massa NAS ÁRVORES DO JARDIM DA MINHA ESCOLA TEM... Adriana Ranzani Resumo A pesquisa sobre os animais que vivem nas árvores da escola Ludgero Braga, foi realizada com crianças do 2º ano A, durante o período

Leia mais

-Olhe por onde anda, Peixe-Boi! -disse a Tartaruga do Mar-. Você trombou em mim.

-Olhe por onde anda, Peixe-Boi! -disse a Tartaruga do Mar-. Você trombou em mim. Pof! Manny o Peixe-Boi bateu com a cabeça. -Olhe por onde anda, Peixe-Boi! -disse a Tartaruga do Mar-. Você trombou em mim. -Como posso olhar por onde vou? -reclamou Manny-. Não posso ver nada nesta água

Leia mais

AGRICOLA OBJETIVO DO JOGO

AGRICOLA OBJETIVO DO JOGO AGRICOLA OBJETIVO DO JOGO Os jogadores começam o jogo com um casal fazendeiro vivendo em uma simples cabana de dois quartos. Durante o curso do jogo, essas famílias têm abundantes possibilidades de melhorar

Leia mais

Objectivos pedagógicos

Objectivos pedagógicos Programa de Ciências da Natureza 6º Ano Tema: Ambiente de Vida Capítulo II- Agressões do meio e integridade do organismo 1) Os Micróbios O capítulo 1.2, Micróbios Inofensivos, chama a atenção para o facto

Leia mais

PLANEJAMENTO IDENTIDADE

PLANEJAMENTO IDENTIDADE Professora: Clévis Appio PLANEJAMENTO IDENTIDADE Planejamento: Atividades envolvendo o nome Competências Leitura, escrita, oralidade e análise linguística. Objetivos Estratégias em Língua Portuguesa (contemplando

Leia mais

Guia do Professor Introdução

Guia do Professor Introdução Guia do Professor Introdução Pesquisas realizadas pelo SAEB (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica) mostram as dificuldades dos estudantes em resolver situações problemas. Essa situação é decorrente

Leia mais

Folhas de papel, Xerox com figuras e palavras de frutas e legumes, tesoura, lápis de cor, cola, fita adesiva.

Folhas de papel, Xerox com figuras e palavras de frutas e legumes, tesoura, lápis de cor, cola, fita adesiva. ALGUNS MODELOS DE PLANOS DE AULA NVOLVNDO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL Áreas do conhecimento: Educação ambiental Agricultura familiar Educação artística Objetivos Treinar a ortografia, Exercitar a memória. Estratégias

Leia mais

JORNAL DO MESTIPEN 2º PERÍODO Janeiro / Fevereiro / Março ANO LECTIVO 2015-2016

JORNAL DO MESTIPEN 2º PERÍODO Janeiro / Fevereiro / Março ANO LECTIVO 2015-2016 JORNAL DO MESTIPEN 2º PERÍODO Janeiro / Fevereiro / Março ANO LECTIVO 2015-2016 APRENDEMOS COMUNICAMOS Iniciámos o 2º período, e na primeira semana lembrámos o DIA MUNDIAL DA PAZ, e o seu significado.

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

PLANEJAMENTO (Música) Imaginação, oralidade, criatividade, ritmo, percepção auditiva; Estimular a percepção auditiva, atenção, concentração;

PLANEJAMENTO (Música) Imaginação, oralidade, criatividade, ritmo, percepção auditiva; Estimular a percepção auditiva, atenção, concentração; PLANEJAMENTO (Música) Professor (a): Keila França Música: Indiozinhos Competências Objetivo Geral Objetivos Específicos Imaginação, oralidade, criatividade, ritmo, percepção auditiva; Estimular a percepção

Leia mais

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega.

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Prezado Editor, Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Gostaria de compartilhar com os demais leitores desta revista, minha experiência como mãe, vivenciando

Leia mais

I. CRIAÇÃO DE GOLFINHO/ BARBATANA PESSOAL

I. CRIAÇÃO DE GOLFINHO/ BARBATANA PESSOAL ESCOLA EB1 GÂMBIA I. CRIAÇÃO DE GOLFINHO/ BARBATANA PESSOAL Barbatana Roída Joana Barbatana Surf Ana Faria Barbatana Rio José Barbatana Finalonga Anónimo Barbatana Tubarão João Aleluia Barbatana Água Francisco

Leia mais

3.ª e 4.ª SÉRIES/4.º e 5.º ANOS

3.ª e 4.ª SÉRIES/4.º e 5.º ANOS 3.ª e 4.ª SÉRIES/4.º e 5.º ANOS 1) Qual das planificações abaixo não é a planificação de um cubo? Resposta: I Existem 11 planificações diferentes para o cubo, indicadas pelas letras A, B, C, D, E, F, G,

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015.

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. Leia o texto a seguir para realizar as lições de Matemática da semana. Os alunos do 3º ano foram

Leia mais

Índice. I. Vamos começar por estudar a bússola Página 7. II. E agora... vamos estudar ao ímanes Página 9

Índice. I. Vamos começar por estudar a bússola Página 7. II. E agora... vamos estudar ao ímanes Página 9 Índice Uma aventura no misterioso Mundo Magnético... página 3 Regras de segurança página 5 Um guia com Um pouco de Ciência pelo meio... página 6 I. Vamos começar por estudar a bússola Página 7 II. E agora...

Leia mais

Coleção: Encantando a Gramática. Autora: Pâmela Pschichholz* palavras que existem no mundo. Lá, várias famílias vivem felizes.

Coleção: Encantando a Gramática. Autora: Pâmela Pschichholz* palavras que existem no mundo. Lá, várias famílias vivem felizes. Coleção: Encantando a Gramática Autora: Pâmela Pschichholz* Um lugar diferente Em um vilarejo chamado classes Gramaticais moram todas as palavras que existem no mundo. Lá, várias famílias vivem felizes.

Leia mais

Livro Novo Eu gosto - Ciências. Áreas envolvidas: Ciências, Linguagem, Matemática, Arte, Informática.

Livro Novo Eu gosto - Ciências. Áreas envolvidas: Ciências, Linguagem, Matemática, Arte, Informática. Projeto Feira de Ciências Escola Dinâmica Infantil Projeto para Feira de Ciências, com atividades para as quatro séries (ou para os quatro anos). Livro Novo Eu gosto - Ciências. Áreas envolvidas: Ciências,

Leia mais

Apêndice A Objetivos PEI

Apêndice A Objetivos PEI A Apêndice A Objetivos PEI Legenda: (A) = aluno; R+ = reforçador; E = esquerda; D = direita Sistema de Comunicação por Troca de Figuras (PECS) Objetivos - Amostra (A)luno: Local: Fase Fase I Ao ver e

Leia mais

Período: Matutino. 1º semestre/2012. Professora: Giovana Barbosa de Souza. Coordenadora Pedagógica: Júlia Souto Guimarães Araújo

Período: Matutino. 1º semestre/2012. Professora: Giovana Barbosa de Souza. Coordenadora Pedagógica: Júlia Souto Guimarães Araújo Memórias de um Grupo 4 Período: Matutino 1º semestre/2012 Professora: Giovana Barbosa de Souza Coordenadora Pedagógica: Júlia Souto Guimarães Araújo Alimenta o fogo atormenta o mar arrepia o corpo joga

Leia mais

Viagem ao litoral. www.interaulaclube.com.br

Viagem ao litoral. www.interaulaclube.com.br A UU L AL A Viagem ao litoral Arlindo e alguns amigos tinham programado para o feriado uma visita à praia. Arlindo não via o mar desde criança, e estava ansioso para viajar. - Finalmente, chegou o carnaval!

Leia mais

Lâmpadas. Ar Condicionado. Como racionalizar energia eléctrica

Lâmpadas. Ar Condicionado. Como racionalizar energia eléctrica Como racionalizar energia eléctrica Combater o desperdício de energia eléctrica não significa abrir mão do conforto. Pode-se aproveitar todos os benefícios que a energia oferece na medida certa, sem desperdiçar.

Leia mais

ATIVIDADES: 1. Apresentar numa folha de papel pardo a seguinte afirmativa: A VIDA é tão importante que todos os seres vivos possuem meios de defesa.

ATIVIDADES: 1. Apresentar numa folha de papel pardo a seguinte afirmativa: A VIDA é tão importante que todos os seres vivos possuem meios de defesa. Lar Fabiano de Cristo Geras/Educação Moral Religiosa Faixa etária: 12 a 14 anos Unidade: DEUS Sub-Unidade: Existência de Deus História: Sabedoria da Natureza PLANO DE AULA: CONTEÚDO: A organização da vida

Leia mais

FORMAÇÃO DO SOLO E AS CONSEQÜÊNCIAS DA EROSÃO

FORMAÇÃO DO SOLO E AS CONSEQÜÊNCIAS DA EROSÃO FORMAÇÃO DO SOLO E AS CONSEQÜÊNCIAS DA EROSÃO Lucieli Lopes Marques Supervisora: Mara Regina Dorcidônio Molina CONTEXTUALIZAÇÃO A presente proposta de trabalho tem como tema a formação e erosão do solo

Leia mais

ESCOLA EB 2,3 DE EIRÍZ. O caderno

ESCOLA EB 2,3 DE EIRÍZ. O caderno ESCOLA EB 2,3 DE EIRÍZ O caderno da compostagem Saudações ambientais! Um dos maiores problemas ambientais dos nossos dias é a enorme quantidade de lixo que todos produzimos. A compostagem permite não só

Leia mais

Compreendendo o espaço

Compreendendo o espaço Módulo 1 Unidade 2 Compreendendo o espaço Para início de conversa... A forma como você se locomove na cidade para ir de um lugar a outro tem a ver com as direções que você toma e com o sentido para o qual

Leia mais

Tenho alguma dificuldade em escolher um excerto desta história porque toda ela é

Tenho alguma dificuldade em escolher um excerto desta história porque toda ela é TRABALHO INDIVIDUAL REALIZADO NO ÂMBITO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO: LER EM FAMÍLIA: VIAGENS PARTILHADAS (COM A ESCOLA?) LIVRO ESCOLHIDO: OS OVOS MISTERIOSOS ; AUTORAS: LUÍSA DUCLA SOARES/MANUELA BACELAR edições

Leia mais

Coordenadoria de Educação CADERNO DE REVISÃO-2011. Matemática Aluno (a) 5º ANO

Coordenadoria de Educação CADERNO DE REVISÃO-2011. Matemática Aluno (a) 5º ANO CADERNO DE REVISÃO-2011 Matemática Aluno (a) 5º ANO Caderno de revisão FICHA 1 COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO examesqueiros Os Números gloriabrindes.com.br noticias.terra.com.br cidadesaopaulo.olx... displaypaineis.com.br

Leia mais

Oficina 17: GRANDEZAS E MEDIDAS. Introdução

Oficina 17: GRANDEZAS E MEDIDAS. Introdução Oficina 17: GRANDEZAS E MEDIDAS Introdução Ao chegar à escola, a criança traz consigo uma bagagem muito rica de experiências em relação às medidas vividas no seu dia a dia, nas brincadeiras e jogos e em

Leia mais

Atividade de Transmissão de Conceitos e Cuidados Sobre a Leptospirose. (Projeto Mini-hospital Veterinário UFPR)

Atividade de Transmissão de Conceitos e Cuidados Sobre a Leptospirose. (Projeto Mini-hospital Veterinário UFPR) Atividade de Transmissão de Conceitos e Cuidados Sobre a Leptospirose (Projeto Mini-hospital Veterinário UFPR) Carolina Trochmann Cordeiro¹, Érika Fabíola Leitão Pereira 2, Oscar de Paula Soares 3, Viviane

Leia mais

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova A U A UL LA Os animais Atenção Eliseu Tonegawa mora com a família - a esposa, Marina, e três filhos - num pequeno sítio no interior de São Paulo. Para sobreviver, ele mantém algumas lavouras, principalmente

Leia mais

Aprender... Verónica & Ricardo 29 Outubro 2011. Brincando

Aprender... Verónica & Ricardo 29 Outubro 2011. Brincando Aprender... Verónica & Ricardo 29 Outubro 2011 Brincando A Cigana - Caravaggio Vamos colorir??? Reparaste qual o tema do nosso casamento? Estavas desatento? Pois é, hoje falámos de pintura. Que tal fazermos

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções DESL. INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha do Liquidificador Philco. Para garantir o melhor desempenho de seu produto, ler atentamente as instruções a seguir. Recomenda-se não jogar fora

Leia mais

Gabinete de Apoio ao Aluno e à Comunidade Educativa (GACE)

Gabinete de Apoio ao Aluno e à Comunidade Educativa (GACE) Núcleos de Estudo Caderno de Apoio Núcleos de Estudo 1 Podes dizer-me, por favor, que caminho devo seguir para sair daqui? [perguntou a Alice] Isso depende muito de para onde é que queres ir disse o Gato.

Leia mais

Minifúndio de varanda

Minifúndio de varanda Início Composteira Este canteiro Minhocas Pássaros Minifúndio de varanda para quem planta alface em vaso abril 19, 2009 Minhocário e compostagem em apartamento Posted by administrador under Minhocas Tags:

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015-2016

PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015-2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015-2016 Agrupamento de Escolas Domingos Sequeira Área Disciplinar: Estudo do Meio Ano de Escolaridade: 1.º Mês: setembro / outubro Compreensão Histórica Contextualizada Conhecer: nome(s),

Leia mais

Projeto Mancala. Objetivo. Objetivo linguístico. Etapas e duração. Procedimentos. Aula 1

Projeto Mancala. Objetivo. Objetivo linguístico. Etapas e duração. Procedimentos. Aula 1 Projeto Mancala Objetivo Aprender sobre jogos de Mancala. Os Mancalas constituem uma família de jogos africanos em que o tabuleiro consiste de duas, três ou quatro fileiras de buracos, nos quais são distribuídas

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE SIGNIFICADO NA MATEMÁTICA ESCOLAR

REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE SIGNIFICADO NA MATEMÁTICA ESCOLAR REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE SIGNIFICADO NA MATEMÁTICA ESCOLAR Patrícia Lima da Silva¹ Brunna Sordi Stock² RESUMO No segundo semestre do ano de 2009, em uma das disciplinas obrigatórias do currículo de

Leia mais

1) 2) 3) CD 4 Faixas: 80 80.

1) 2) 3) CD 4 Faixas: 80 80. 1ª Aula a) Cumprimentar cada criança cantando seu nome e dando um beijinho com fantoche. Nas primeiras aulas use sempre um fantoche na hora do cumprimento para ganhar a aproximação do aluno. Depois pode

Leia mais

Relatório trimestral circunstanciado das atividades desenvolvidas

Relatório trimestral circunstanciado das atividades desenvolvidas Relatório trimestral circunstanciado das atividades desenvolvidas Conveniada: Prefeitura Municipal de Osvaldo Cruz SP Programa de Proteção Social: Básica Meses/ano: Janeiro/ Fevereiro/ Março de 2013 Executor:

Leia mais