4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome:"

Transcrição

1 4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências Nome: 1) Observe esta figura e identifique as partes do vegetal representadas nela. Posteriormente, associe as regiões identificadas às funções citadas. a) A é o órgão reprodutor da planta. b) Além da fotossíntese, a realiza a respiração e a transpiração da planta. c) É através da que a planta retira os sais minerais e a água do solo. d) O abriga as sementes. e) O sustenta as folhas, flores e os frutos.

2 2) Responda rápido: a) Por onde as plantas respiram? b) Nome dado à união do grão de pólen com o óvulo. c) Nome dado ao transporte dos grãos de pólen de uma flor para outra. d) Como se chama o nascimento de uma nova plantinha a partir da semente 3) Use as palavras do box para completar as frases. mudas flor pólen semente raiz germinação luz solar a) Muitas plantas dão origem a outras da mesma espécie através da ou, então, através de. b) Em muitas plantas, é na que se encontram os órgãos de reprodução. c) No órgão masculino, são formados os grãos de. d) A desenvolve-se dentro do ovário. e) A água é retirada do solo através da. f) Sem a presença da, a planta não realiza a fotossíntese. CADEIA ALIMENTAR As parlendas são versinhos com temática infantil, recitados em brincadeiras de crianças. Possuem uma rima fácil e, por isso, são populares entre as crianças. Muitas parlendas são usadas em jogos para melhorar o relacionamento entre os participantes ou apenas por diversão. Muitas são antigas, sendo que algumas delas foram criadas há décadas. As parlendas fazem parte do folclore brasileiro, pois representam uma importante tradição cultural do nosso povo. Disponível em: < Acesso em: 28 jun

3 4) Que tal completar esta parlenda da cadeia alimentar? Use as palavras adequadamente. Cadê a bonita que estava aqui? A comeu. E cadê a lagarta? O engoliu. E cadê o sapo? A devorou. E cadê a cobra? O pegou. E o que aconteceu com o gavião? O gavião morreu. E depois Fizeram a sua decomposição.

4 5) Observe este esquema a seguir e monte todas as cadeias alimentares que você conseguir. Disponível em: < Acesso em: 27 jun Veja o exemplo e continue: árvore zebra onça a) verdura gavião b) gramíneas lagarto c) verdura coelho

5 d) árvore inseto herbívoro e) verdura cobra f) gramíneas onça g) verdura coruja h) gramíneas cobra i) verdura rato 6) TEMPERATURA DO CORPO DOS ANIMAIS Quando você toca seu rosto, sente sua pele quente. Se você já tomou leite quando acabou de sair da vaca, percebeu também que ele é quente. De onde vem esse calor? Os mamíferos e as aves são vertebrados que mantêm a temperatura do corpo sem depender da temperatura do ambiente. Penas e pelos ajudam a guardar o calor que o corpo produz. Já a temperatura dos peixes, anfíbios e répteis dependem da temperatura do ambiente. Se um lagarto tomar Sol, a temperatura do seu corpo subirá; se ele for para a sombra, a temperatura descerá, porque seu corpo não consegue manter o calor. (Adaptado) BONDUKI, Sonia. Ciência. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2008.

6 a) Os animais que conseguem manter sua temperatura constante, sem interferência do meio, como os mamíferos e as aves: ( ) homeotérmicos ( ) pecilotérmicos ( ) heterotérmicos b) Já a temperatura dos peixes, anfíbios e répteis depende da temperatura do ambiente, esse tipo de animais é chamado de: ( ) homeotérmicos ( ) pecilotérmicos ( ) endotérmicos 7) Analise estas informações sobre os répteis: I) Os répteis são animais de pele seca, coberta por escamas, ou por placas, ou carapaças. II) Esse grupo de animais se reproduz por postura de ovos em ambiente terrestre. III) Alguns répteis, como os jacarés e as cobras, utilizam suas quatro patas para andar. É correto o que se afirma em: a) I apenas. b) I e II apenas. c) II e III apenas. d) I e III apenas. e) I, II e III. 8) Em seu desenvolvimento, os anfíbios apresentam uma fase de larva que, após sofrer metamorfose, transforma-se na fase adulta. Um exemplo desse tipo animal é: a) Cobra. b) Tartaruga. c) Sapo. d) Galinha. e) Jabuti.

7 9) Alguns répteis têm habilidades de sobrevivência incomuns. Algumas espécies de lagartos, por exemplo, têm caudas que saem quando um predador os pega. O lagarto foge e, em seguida, cresce uma nova cauda. Já os camaleões, um tipo de lagarto, podem mudar de cor para combinar com seus arredores. Esse tipo de animais pertence ao grupo dos: a) Mamíferos. b) Anfíbios. c) Aves. d) Répteis. e) Moluscos. 10) Todos os anfíbios nascem na água e, quando são bebês, são semelhantes aos peixes. Eles têm caudas para nadar e respiram através de brânquias. Quando ficam mais velhos eles desenvolvem pernas e pulmões para que possam sobreviver em terra. Alguns deles também perdem suas caudas. Os anfíbios usam vários órgãos diferentes para respirar, incluindo brânquias, pulmões, a pele e o revestimento em suas bocas. Eles vivem duas fases na vida, na água e em terra, e é por isso que são chamados de "anfíbios", palavra que vem do grego e significa "duas vidas". Disponível em: < Acesso em: 08 jul.. Cite exemplos de animais do grupo dos anfíbios e suas principais características.

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO 2010 Questão 1 O reino Animalia, ou reino dos

Leia mais

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco

truta - sapos - rãs - tartaruga - serpente - garça - andorinha - morcego - macaco PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== 01- Marque com um (X) a(s) alternativa(s)

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 3.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Da água para a terra com sucesso Os Anfíbios

Da água para a terra com sucesso Os Anfíbios Disciplina: Ciências Série: 6ª - 3º BIMESTRE Professor: Ivone Azevedo da Fonseca Assunto: Anfíbios e Répteis Da água para a terra com sucesso Os Anfíbios Anfíbio é um termo que significa vida dupla, ou

Leia mais

muito gás carbônico, gás de enxofre e monóxido de carbono. extremamente perigoso, pois ocupa o lugar do oxigênio no corpo. Conforme a concentração

muito gás carbônico, gás de enxofre e monóxido de carbono. extremamente perigoso, pois ocupa o lugar do oxigênio no corpo. Conforme a concentração A UU L AL A Respiração A poluição do ar é um dos problemas ambientais que mais preocupam os governos de vários países e a população em geral. A queima intensiva de combustíveis gasolina, óleo e carvão,

Leia mais

CADERNO DO ANOTAÇÕES DE CAMPO - PARQUE ZOOLÓGICO

CADERNO DO ANOTAÇÕES DE CAMPO - PARQUE ZOOLÓGICO CADERNO DO ANOTAÇÕES DE CAMPO - PARQUE ZOOLÓGICO Zoólogo: REGRAS DO ZOO PARA ALUNOS: Permaneça na trilha Caminhe, não corra Recolha seu lixo Respeite os animais com o seu silêncio Fones de ouvido e telefones

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula COMO SÃO OS ANIMAIS? Ensino Fundamental /Anos Iniciais. Ciências. Vida e Meio Ambiente. 2 aulas (45 min cada)

TÍTULO: Plano de Aula COMO SÃO OS ANIMAIS? Ensino Fundamental /Anos Iniciais. Ciências. Vida e Meio Ambiente. 2 aulas (45 min cada) Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: COMO SÃO OS ANIMAIS? Nível de Ensino: Ano/Semestre de estudo Ensino Fundamental /Anos Iniciais 2º Componente Curricular: Ciências Tema: Duração da Aula: Modalidade de Ensino:

Leia mais

Sistema de Recuperação

Sistema de Recuperação Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I - 2º ano 2011 Sistema de Recuperação ATIVIDADES EXTRAS DE RECUPERAÇÃO PARALELA E CONTÍNUA FAÇA UMA CAPA PERSONALIZADA PARA SUA APOSTILA DE ESTUDOS Nome: Classe:

Leia mais

ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA. CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4

ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA. CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4 ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4 Questão 1) Abaixo representa uma experiência com crisântemo, em que a planta foi iluminada, conforme mostra o esquema. Com base no esquema e seus conhecimentos,

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES PROFESSOR DISCIPLINA TURMA DEISE MENEZES CIÊNCIAS 201 ALUNO SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br Questão 1 Numere: ( 1 )

Leia mais

Aula 4 Os animais. Os seres vivos são classificados nos Reinos:

Aula 4 Os animais. Os seres vivos são classificados nos Reinos: Aula 4 Os animais Os seres vivos apresentam uma diversidade muito grande; a cada ano, novas espécies vêm sendo descritas. Fica compreensível a necessidade de um sistema de classificação para a organização

Leia mais

Ciências LIVRO 4 Unidade 1 Capítulo 2 Animais

Ciências LIVRO 4 Unidade 1 Capítulo 2 Animais Ludmila foi ao zoológico numa ecursão da escola. Ela e seus colegas de classe ficaram fascinados com a variedade de animais que viram e com seus modos de vida. Yolanda Alvarez/Archivo SM/ID/ES Na aula

Leia mais

BIOLOGIA MÓDULO II do PISM (triênio 2004-2006)

BIOLOGIA MÓDULO II do PISM (triênio 2004-2006) BIOLOGIA MÓDULO II do PISM (triênio 2004-2006) QUESTÕES OBJETIVAS 01. A evolução das fases esporofítica (E) e gametofítica (G) em diferentes grupos de plantas está representada na figura ao lado. Assinale

Leia mais

Sugestões de atividades para avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 8

Sugestões de atividades para avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 8 Sugestões de atividades para avaliação Ciências 7 o ano Unidade 8 5 Nome: Data: UniDaDE 8 1 Com relação às suas características gerais, podemos dizer que os vertebrados possuem exclusivamente: I. patas.

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE CIÊNCIAS

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE CIÊNCIAS ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE CIÊNCIAS Nome: Nº 7º Ano Data: / / 2015 Professor(a): Nota: (Valor 1,0/2,0) 3º e 4º Bimestres A - Introdução Neste semestre, fizemos um estudo sobre os invertebrados e sua ampla

Leia mais

Até quando uma população pode crescer?

Até quando uma população pode crescer? A U A UL LA Até quando uma população pode crescer? Seu José é dono de um sítio. Cultiva milho em suas terras, além de frutas e legumes que servem para a subsistência da família. Certa vez, a colheita do

Leia mais

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Além do vegetais outros organismos habitavam o ambiente terrestre Organismos de corpo mole como moluscos e anelídeos Organismos com cutícula redução da

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências Nome: Ano: 2º Ano 2ª Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências Naturais Disciplina:

Leia mais

Exercício de Reforço de Língua Portuguesa 3º ano

Exercício de Reforço de Língua Portuguesa 3º ano Exercício de Reforço de Língua Portuguesa 3º ano 1- Ao estudarmos verbos, descobrimos que dependendo do momento em que acontece a ação, eles podem variar de tempo (pretérito, presente e futuro). Usando

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS. ECOLOGIA Fluxo de energia e Interações ecológicas

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS. ECOLOGIA Fluxo de energia e Interações ecológicas UFRGS ECOLOGIA Fluxo de energia e Interações ecológicas 1. (Ufrgs 2015) Analise o quadro abaixo que apresenta os componentes de uma cadeia alimentar aquática e de uma terrestre. Ecossistema aquático aguapé

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO 2015/2016 PROVA DE MATEMÁTICA (Prova 1) 6º Ano / Ensino Fundamental

CONCURSO DE ADMISSÃO 2015/2016 PROVA DE MATEMÁTICA (Prova 1) 6º Ano / Ensino Fundamental O INCRÍVEL MUNDO DOS ANIMAIS O mundo animal é realmente incrível. A cada dia, por meio de pesquisas e estudos, surgem novas descobertas sobre as mais diversas espécies. Nesta prova, serão trabalhados alguns

Leia mais

Tem um gambá no galinheiro!

Tem um gambá no galinheiro! Tem um gambá no galinheiro! A UU L AL A Madrugada na fazenda, de repente ouve-se o cacarejar das galinhas e começa um rebuliço no galinheiro. Quando o fazendeiro sai para ver o que está acontecendo, um

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS RÉPTEIS CARACTERÍSTICAS GERAIS Répteis do latim REPTARE= RASTEJAR. Têm cerca de 7 mil espécies. Surgiram há cerca de 300 milhões de anos. Vivem em ambientes terrestres (secos) ou alguns são aquáticos.

Leia mais

poderiam viver em cada um destes ambientes:

poderiam viver em cada um destes ambientes: 1 Observe as figuras e desenhe nos espaços abaixo alguns animais que poderiam viver em cada um destes ambientes: Sergio Cuesta/ID/ES Ambiente terrestre Ambiente aquático 2 Em que tipo de habitat poderia

Leia mais

Sistema COC de Educação Unidade Portugal

Sistema COC de Educação Unidade Portugal Sistema COC de Educação Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2007. Nome: 2º ano (1ª série) AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VII 3º BIMESTRE Eixo temático Aprendendo e relacionando Disciplina/Valor Português

Leia mais

FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2

FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2 FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2 Editora F-5MA2 Rua Floriano Peixoto Santos, 55 Morumbi CEP 05658-080 São Paulo - SP Tel.: (11) 3749 3250 Apresentação A população crescendo, florestas sumindo, calor aumentando,

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 08 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0 Intenção sem ação é ilusão. Ouse fazer e o poder lhe será dado

Leia mais

Peixes e crustaceos Nativos da PVSuL

Peixes e crustaceos Nativos da PVSuL Peixes e crustaceos Nativos da PVSuL Alguns, encobertos pela água. Outros, ativos à noite. A maioria, raramente vista. Os peixes e crustáceos presentes no PV-Sul representam dois grupos de animais presentes

Leia mais

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats.

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats. Artrópodes - O filo Arthropoda (Artrópodes) possui um número muito grande de animais, o maior grupo com espécies diferentes; - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em

Leia mais

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova A U A UL LA Os animais Atenção Eliseu Tonegawa mora com a família - a esposa, Marina, e três filhos - num pequeno sítio no interior de São Paulo. Para sobreviver, ele mantém algumas lavouras, principalmente

Leia mais

Unidade. 6 Coleção IAB de Ciências / 3º ANO

Unidade. 6 Coleção IAB de Ciências / 3º ANO I Unidade 6 Coleção IAB de Ciências / 3º ANO UNIDADE I: A VIDA EM NOSSO PLANETA Introdução A ciência se faz com observação da natureza, perguntas e busca de respostas. Você já observou como o Planeta Terra

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 7 CIÊNCIAS Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao terceiro bimestre escolar ou às Unidades 3 e 4 do livro do Aluno. Avaliação Ciências NOME: TURMA: escola: PROfessOR:

Leia mais

Nesta edição: O ecossistema do manguezal com sua fauna e sua flora características, curiosidades e ainda passatempos divertidos!!!

Nesta edição: O ecossistema do manguezal com sua fauna e sua flora características, curiosidades e ainda passatempos divertidos!!! anguezal Nesta edição: O ecossistema do manguezal com sua fauna e sua flora características, curiosidades e ainda passatempos divertidos!!! EDITORIAL Pelas páginas desta revista, você encontrará muitos

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES CIÊNCIAS

CADERNO DE ATIVIDADES CIÊNCIAS COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES CIÊNCIAS Aluno (a): 4º ano: Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Este trabalho deverá ser entregue IMPRETERIVELMENTE no dia da prova. Conteúdo de Recuperação

Leia mais

01. Quando comparamos o caramujo e o caranguejo representados nas tiras abaixo, podemos afirmar corretamente que:

01. Quando comparamos o caramujo e o caranguejo representados nas tiras abaixo, podemos afirmar corretamente que: Aula n ọ 02 01. Quando comparamos o caramujo e o caranguejo representados nas tiras abaixo, podemos afirmar corretamente que: a) utilizam-se do ar atmosférico para respirar através de pulmão. b) o caramujo

Leia mais

Bimestr e: Data: Nome : Disciplina Ciências Valor da Prova / Atividade: 7 ANO Nº Ângela. Professo r:

Bimestr e: Data: Nome : Disciplina Ciências Valor da Prova / Atividade: 7 ANO Nº Ângela. Professo r: Data: Bimestr e: 4 Nome : Disciplina Ciências : Valor da Prova / Atividade: Professo r: 7 ANO Nº Ângela Nota: Objetivo/ Instruções: Lista de Recuperação 1.Assinale a alternativa CORRETA: É encontrada apenas

Leia mais

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E.

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E. ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências Turma: 17A,17B, 17C, 17D e E. Lista dos conteúdos Características dos Seres Vivos

Leia mais

ZOOLOGIA - REINO METAZOA

ZOOLOGIA - REINO METAZOA ZOOLOGIA - REINO METAZOA FILO CORDADO CARACTERÍSTICAS GERAIS O que será que caracteriza um vertebrado? Substituição da Notocorda pela Coluna Vertebral; Presença de uma cabeça definida; Presença de órgãos

Leia mais

Prof Thiago Scaquetti de Souza

Prof Thiago Scaquetti de Souza Prof Thiago Scaquetti de Souza Moluscos Animais de corpo mole Os moluscos são os animais de corpo mole, habitam ambientes terrestres e aquáticos. Representantes: ostra, lula, polvo, sépia, lesma e caracol.

Leia mais

DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE

DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO DESCRITORES DAS PROVAS DO 1º BIMESTRE CIENTISTAS DO AMANHÃ Descritores 1º Bimestre

Leia mais

Urakepe. Olá. Meu nome é Romel. Sou uma índia Chachi. Eu moro no vilarejo de São Salvador, no oeste do Equador. Eu tenho cinco irmãos, duas irmãs e

Urakepe. Olá. Meu nome é Romel. Sou uma índia Chachi. Eu moro no vilarejo de São Salvador, no oeste do Equador. Eu tenho cinco irmãos, duas irmãs e Urakepe. Olá. Meu nome é Romel. Sou uma índia Chachi. Eu moro no vilarejo de São Salvador, no oeste do Equador. Eu tenho cinco irmãos, duas irmãs e muitos primos. Existem cerca de 60 famílias em São Salvador

Leia mais

Zoologia e Botânica. Biologia Monitores: Julio Junior e Thamirys Moraes 16, 17, 18 e 20/12/2015. Material de Apoio para Monitoria

Zoologia e Botânica. Biologia Monitores: Julio Junior e Thamirys Moraes 16, 17, 18 e 20/12/2015. Material de Apoio para Monitoria Zoologia e Botânica 1. A doença de Chagas atinge milhões de brasileiros, que podem apresentar, como sintoma, problemas no miocárdio, que levam à insuficiência cardíaca. Por que, na doença de Chagas, ocorre

Leia mais

Galinhas Saudáveis Pessoas Saudáveis

Galinhas Saudáveis Pessoas Saudáveis Galinhas Saudáveis Pessoas Saudáveis Projecto Celeiro da Vida Album Seriado Manual de Facilitação de Práticas Agrárias e de Habilidades para a Vida Para os Facilitadores das Jffls Galinhas saudáveis

Leia mais

Comer o milho ou a galinha que comeu o milho?

Comer o milho ou a galinha que comeu o milho? Comer o milho ou a galinha que comeu o milho? A UU L AL A Na Aula 29 usamos como exemplo o galinheiro de um fazendeiro. Para alimentar as galinhas, o fazendeiro planta ou compra milho. As galinhas, aproveitando

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADE 1

PLANO DE ATIVIDADE 1 PLANO DE ATIVIDADE 1 Questão-Problema Para que serve e como funciona o filtro? Material - Filtro de Aquário - 2 Garrafas de Plástico 2L - Tesoura - Colher - Copo transparente - Terra - Areia de Aquário

Leia mais

Baleia. Aranha. Iuri. Malcom

Baleia. Aranha. Iuri. Malcom Aranha Baleia A aranha é um aracnídeo. O habitat das aranhas é nas florestas ou em casas. Mas ela mora em uma teia que ela mesma faz. Depressa ela se pendura na teia e enrola insetos nessa teia para se

Leia mais

Por que os peixes não se afogam?

Por que os peixes não se afogam? Por que os peixes não se afogam? A UU L AL A Dia de pescaria! Juntar os amigos para pescar num rio limpinho é bom demais! Você já reparou quanto tempo a gente demora para fisgar um peixe? Como eles conseguem

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: / /2012 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1)

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos PARNAMIRIM - RN Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto E Raphaella Madruga. Nematódeo Vermes de corpo cilíndrico, coberto por cutícula. Apresentam sexos separados (dimorfismo sexual

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL 2013 BIOLOGIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL 2013 BIOLOGIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL 2013 BIOLOGIA Série: 2ª EM Disciplina: Biologia Professor (a): Bernardo Grieco Aluno (a): Caro (a) aluno (a), O roteiro de recuperação abrange todo conteúdo trabalhado ao longo

Leia mais

Roteiro de Estudos de Ciências 7 ANO. 3º trimestre

Roteiro de Estudos de Ciências 7 ANO. 3º trimestre Ciências/15 7º ano Turma: 3º trimestre Nome: Data: / / 7ºcie303r Roteiro de Estudos de Ciências 7 ANO 3º trimestre O que estudamos no terceiro trimestre? No terceiro trimestre finalizamos nosso estudo

Leia mais

PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO

PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO SUGESTÕES DE ATIVIDADES Princípio Vital e Os Três Reinos 7 a 12 anos Extraidas da obra: PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO Volume I de Walter Oliveira Alves Editora: IDE 234 TRABALHANDO COM CRIANÇAS DE

Leia mais

Ciências/15 6º ano Turma:

Ciências/15 6º ano Turma: Ciências/15 6º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / 6ºcie302r Roteiro de Estudos- Recuperação de Ciências 6 ANO 2º trimestre Atividades para a oficina de estudo: Ciências - 6º ano 2º trimestre * Organizador-

Leia mais

Sumário. Vida e Ambiente. biodiversidade. das Células aos reinos de seres vivos. a adaptação dos seres vivos. 5. Adaptações aos fatores não vivos 32

Sumário. Vida e Ambiente. biodiversidade. das Células aos reinos de seres vivos. a adaptação dos seres vivos. 5. Adaptações aos fatores não vivos 32 Sumário Vida e Ambiente 1 biodiversidade 1. O que significa fazer uma classificação? 18 2. A variedade dos seres vivos 19 3. Classificando os seres vivos 19 Plantas e algas são autotróficos 19 Animais

Leia mais

A vida vencendo desafios

A vida vencendo desafios A U A UL LA Acesse: http://fuvestibular.com.br/ A vida vencendo desafios Atenção Os dois relatos que você vai ler agora se originaram de viagens a lugares bem diferentes. No primeiro texto, a viagem foi

Leia mais

Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: VERTEBRADOS: RÉPTEIS AVES E MAMÍFEROS BATERIA DE EXERCÍCIOS 7º ANO

Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: VERTEBRADOS: RÉPTEIS AVES E MAMÍFEROS BATERIA DE EXERCÍCIOS 7º ANO Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: VERTEBRADOS: RÉPTEIS AVES E MAMÍFEROS Belém /PA BATERIA DE EXERCÍCIOS 7º ANO 1 Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa incorreta: a)

Leia mais

Sobre a atividade. Quais objetivos tenho que alcançar? Posso usar a atividade em outro momento?

Sobre a atividade. Quais objetivos tenho que alcançar? Posso usar a atividade em outro momento? Sobre a atividade Quais objetivos tenho que alcançar? Num primeiro momento é importante observar quais são as principais camadas dos solo; Relacionar a formação do lençol freático com o ciclo da água.

Leia mais

Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida. 2º EM Biologia Frente B. Prof. Jairo José Matozinho Cubas

Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida. 2º EM Biologia Frente B. Prof. Jairo José Matozinho Cubas Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida 2º EM Biologia Frente B Prof. Jairo José Matozinho Cubas Lista de exercícios referentes ao primeiro trimestre: CONTEÚDO: Cordados 1. (Uel 2014) Nos últimos 10.000

Leia mais

Classificação dos processos sucessionais

Classificação dos processos sucessionais SUCESSÃO ECOLÓGICA A SUCESSÃO ECOLÓGICA PODE SER DEFINIDA COMO UM GRADUAL PROCESSO NO QUAL AS COMUNIDADE VÃO SE ALTERANDO ATÉ SE ESTABELECER UM EQUILÍBRIO. AS FASES DISTINTAS DA SUCESSÃO ECOLÓGICA SÃO:

Leia mais

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características O que são artrópodes? Para que servem? Onde podem ser encontrados?

Leia mais

FILO CHORDATA CEPHALOCHORDATA VERTEBRATA CYCLOSTOMATA P. CARTILAGINOSOS P. ÓSSEOS AMPHIBIA REPTILIA AVES MAMMALIA

FILO CHORDATA CEPHALOCHORDATA VERTEBRATA CYCLOSTOMATA P. CARTILAGINOSOS P. ÓSSEOS AMPHIBIA REPTILIA AVES MAMMALIA CLASSE REPTILIA FILO CHORDATA SUBFILOS: UROCHORDATA CEPHALOCHORDATA VERTEBRATA CYCLOSTOMATA P. CARTILAGINOSOS P. ÓSSEOS AMPHIBIA REPTILIA AVES MAMMALIA PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: 300 MILHÕES DE ANOS

Leia mais

Ensino Fundamental Anos Iniciais 3 o Ano 3 o Bimestre

Ensino Fundamental Anos Iniciais 3 o Ano 3 o Bimestre Ensino Fundamental nos Iniciais 3 o no 3 o Bimestre Ciências Sumário Capítulo 6 Conhecendo os animais...160 Capítulo 7 Como os animais se alimentam...170 Capítulo 8 nimais invertebrados e animais vertebrados...176

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROVA 2º BIMESTRE 6º ANO

LÍNGUA PORTUGUESA PROVA 2º BIMESTRE 6º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA PROVA 2º BIMESTRE 6º ANO 2010 Texto I A lebre e a tartaruga Era

Leia mais

espinhas. O que são as espinhas do peixe? 1 Classifique os animais abaixo em vertebrados ou invertebrados.

espinhas. O que são as espinhas do peixe? 1 Classifique os animais abaixo em vertebrados ou invertebrados. 1 Classifique os animais abaixo em vertebrados ou invertebrados. Siede Preis/Photodisc/ID/ES G.K. Hart/Photodisc/ID/ES 2 Quando comemos peixe, temos de tomar cuidado para não engolir as espinhas. O que

Leia mais

Ser humano e saúde / vida e ambiente. Voltadas para procedimentos e atitudes. Voltadas para os conteúdos

Ser humano e saúde / vida e ambiente. Voltadas para procedimentos e atitudes. Voltadas para os conteúdos Atividade de Aprendizagem 10 Dengue: aqui não! Eixo(s) temático(s) Ser humano e saúde / vida e ambiente Tema Água e vida / reprodução e ocupação de novos ambientes / saúde individual e coletiva Conteúdos

Leia mais

Cantigas e parlendas

Cantigas e parlendas Cantigas e parlendas Professora Carolina Nome: 1 Alfabetário 2 A vela Isabel Cristina O pato viu a vela e ficou com medo do fogo. O gato viu a vela e gostou do fogo. A foca viu a vela e ficou com medo

Leia mais

Se você fosse um bicho, qual deles você seria?

Se você fosse um bicho, qual deles você seria? Se você fosse um bicho, qual deles você seria? PREGUIÇA DE COLEIRA BEIJA-FLOR-DE-TOPETE ONÇA-PINTADA MANDAGUARI-AMARELO SAPO-DE-CHIFRE JEQUITIRANABOIA TUCANO-DE-BICO-VERDE JACARÉ-DE-PAPO-AMARELO MURIQUI

Leia mais

Caderno de actividades

Caderno de actividades Caderno de actividades Para responderes correctamente às perguntas que se seguem, talvez queiras ler o livro Era uma Vez uma Casa, à venda no Sítio do Livro, e também visitar o sítio infanto-juvenil www.barry4kids.net.

Leia mais

Sistemas de Trocas Gasosas

Sistemas de Trocas Gasosas Sistemas de Trocas Gasosas 1 Generalidades os seres vivos habitam diversos tipos de ambientes, sendo fundamentalmente o terrestre, o aquático e o aéreo. As diferenças existentes entre os diversos ambientes,

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 5. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 5. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 5. o ANO/EF - 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

III BIMESTRE TRABALHO DE BIOLOGIA 2011

III BIMESTRE TRABALHO DE BIOLOGIA 2011 III BIMESTRE TRABALHO DE BIOLOGIA 2011 INSTRUÇÕES 1. Preencha o cabeçalho e com o nome completo de cada aluno da equipe MÉDIA = 2. Todas as respostas deverão ser apresentadas nos espaços apropriados, com

Leia mais

Indice. A Zona Entre-marés Conhecer os Moluscos Os Caramujos As Lapas Os Mexilhões O Polvo

Indice. A Zona Entre-marés Conhecer os Moluscos Os Caramujos As Lapas Os Mexilhões O Polvo Vamos conhecer o Fundo do Mar Indice 3 5 7 8 9 10 11 13 14 15 17 19 20 21 23 25 27 27 29 31 33 35 36 37 A Zona Entre-marés Conhecer os Moluscos Os Caramujos As Lapas Os Mexilhões O Polvo Conhecer os Crustáceos

Leia mais

EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO

EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO MARIA DE NAZARETH MACHADO DE BARROS VASCONCELLOS COORDENADORIA

Leia mais

Lagartos entram em extinção mundial por causa do aquecimento

Lagartos entram em extinção mundial por causa do aquecimento Page 1 of 6 13/05/2010 15h00 - Atualizado em 13/05/2010 15h12 Lagartos entram em extinção mundial por causa do aquecimento Bichos são sensores térmicos ; 40% das populações devem sumir até 2080. Com participação

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE CIÊNCIAS

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE CIÊNCIAS ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE CIÊNCIAS Nome: Nº 7º Ano Data: / / 2015 Professor(a): Nota: (Valor 1,0) 3º Bimestre A - Introdução Neste bimestre começamos a estudar o reino animal com toda sua fantástica diversidade.

Leia mais

3) As afirmativas a seguir referem-se ao processo de especiação (formação de novas espécies). Com relação a esse processo é INCORRETO afirmar que

3) As afirmativas a seguir referem-se ao processo de especiação (formação de novas espécies). Com relação a esse processo é INCORRETO afirmar que Exercícios Evolução - parte 2 Professora: Ana Paula Souto Nome: n o : Turma: 1) Selecione no capítulo 7 duas características de defesa de plantas. a) DESCREVA cada característica. b) Para cada característica,

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 3º BIMESTRE 7º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ 2010 01. Cavalos,

Leia mais

Aspectos morfológicos gerais e taxonomia de répteis, aves e mamíferos

Aspectos morfológicos gerais e taxonomia de répteis, aves e mamíferos I CURSO DE MANEJO IMEDIATO DE ANIMAIS SILVESTRES EM ATIVIDADES FISCALIZATÓRIAS Aspectos morfológicos gerais e taxonomia de répteis, aves e mamíferos Msc. Andreza Amaral Bióloga NO BRASIL: 6 PAÍS COM MAIOR

Leia mais

NAPNE / RENAPI. Softwares Educativos Sócrates

NAPNE / RENAPI. Softwares Educativos Sócrates NAPNE / RENAPI Softwares Educativos Sócrates Julho de 2011 Sumário 1 Introdução... 3 2 Tela Inicial... 3 2.1 Formas... 4 2.1.1 Mais formas... 5 2.2 Sons... 5 2.3 Pares... 6 2.4 Misturar e combinar... 6

Leia mais

Oficina 2: ANIMAIS. 1. Introdução

Oficina 2: ANIMAIS. 1. Introdução Oficina 2: ANIMAIS 1. Introdução Para compreender e respeitar a diversidade dos seres vivos é importante o estudo da reprodução dos vegetais e animais e para isso é necessário que as crianças percebam

Leia mais

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre 12ª Aula Répteis: diversidade e caracteres gerais (Ministrante: Profa. Dra. Virginia S. Uieda) Professores Responsáveis: Virgínia Sanches

Leia mais

RÉPTEIS PROF. MARCELO MIRANDA

RÉPTEIS PROF. MARCELO MIRANDA RÉPTEIS Padrões evolutivos Surgimento dos amniotas Âmnio: membrana que envolve completamente o embrião e delimita uma cavidade cheia de líquido que protege contra choques mecânicos e evita o ressecamento

Leia mais

Não ficam longe da água. Respiram também pela pele. Ajudam a controlar a população de moscas e mosquitos. primeiras vítimas do desequilíbrio.

Não ficam longe da água. Respiram também pela pele. Ajudam a controlar a população de moscas e mosquitos. primeiras vítimas do desequilíbrio. Não ficam longe da água. Respiram também pela pele. Ajudam a controlar a população de moscas e mosquitos. primeiras vítimas do desequilíbrio. Brasil: 776 espécies no total. O Rio Grande do Sul: 95 espécies

Leia mais

3ºano-lista de exercícios-introdução à fisiologia animal

3ºano-lista de exercícios-introdução à fisiologia animal 1. (Udesc) Os hormônios são substâncias químicas produzidas pelas glândulas endócrinas que atuam sobre órgãos-alvo à distância. A ação hormonal pode provocar o estímulo ou a inibição das funções orgânicas.

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 4º ANO

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 4º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 4º ANO 2010 Questão 1 PROVA DE CIÊNCIAS 4 ANO Boa alimentação

Leia mais

O reino Animalia. Os animais e sua classificação. Invertebrados e vertebrados T E M A 2

O reino Animalia. Os animais e sua classificação. Invertebrados e vertebrados T E M A 2 O reino Animalia T E M A 2 53 54 UNIDADE 2 Os animais e sua classificação Neste tema, você avançará em seus conhecimentos sobre os seres vivos, ao estudar o reino Animalia Vai identificar alguns grupos

Leia mais

Ecologia BB.. 0 4 0 4 Pa P isa s ge g ns s n at a ura r is s e bio i d o iv i e v rs r i s d i ad a e e (P ( a P r a t r e t I ). ) Pá P g. á g.

Ecologia BB.. 0 4 0 4 Pa P isa s ge g ns s n at a ura r is s e bio i d o iv i e v rs r i s d i ad a e e (P ( a P r a t r e t I ). ) Pá P g. á g. Ecologia BB. 04 Paisagens naturais e biodiversidade (Parte I). Pág. 61 Estrutura da Terra Atmosfera camada gasosa Hidrosfera massa líquida (rios,lagos, oceanos) Biosfera porção do planeta onde se desenvolvem

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências da Natureza Disciplina: Série: 1ª Ensino Médio Professores: Raquel Lara e Cláudio Mendes Atividades para Estudos Autônomos GABARITO Data: 09 / 03 / 2015 Aluno(a):

Leia mais

MAPAS GEOGRÁFICOS BRASIL POLÍTICO 501 BRASIL FÍSICO 502 BRASIL DIVISÃO DE RELEVO 503 BRASIL DIVISÃO REGIONAL 504

MAPAS GEOGRÁFICOS BRASIL POLÍTICO 501 BRASIL FÍSICO 502 BRASIL DIVISÃO DE RELEVO 503 BRASIL DIVISÃO REGIONAL 504 MAPAS GEOGRÁFICOS BRASIL POLÍTICO 501 BRASIL FÍSICO 502 BRASIL DIVISÃO DE RELEVO 503 BRASIL DIVISÃO REGIONAL 504 BRASIL HIDROGRÁFICO 505 BRASIL CLIMAS 506 BRASIL VEGETAÇÃO 507 BRASIL ECONÔMICO 508 BRASIL

Leia mais

PROJETO BICHOS DE JARDIM T3A E T3B - 2010

PROJETO BICHOS DE JARDIM T3A E T3B - 2010 PROJETO BICHOS DE JARDIM T3A E T3B - 2010 PROFESSORAS: PAULA TRES ARAUJO E PRISCILA SILVA ESTAGIÁRIAS: CAROLINA E LEILA COMPREENDENDO O ESTUDO APRESENTAÇÃO DO PROJETO ESTES BICHOS PEQUENINOS, QUE FICAM

Leia mais

Biomas e formações vegetais mundiais

Biomas e formações vegetais mundiais Biomas e formações vegetais mundiais Bioma é uma comunidade biológica, ou seja, a fauna e a flora e suas interações entre si e com o ambiente físico, o solo, a água, o ar. O bioma da Terra compreende a

Leia mais

FORMAÇÃO DO SOLO E AS CONSEQÜÊNCIAS DA EROSÃO

FORMAÇÃO DO SOLO E AS CONSEQÜÊNCIAS DA EROSÃO FORMAÇÃO DO SOLO E AS CONSEQÜÊNCIAS DA EROSÃO Lucieli Lopes Marques Supervisora: Mara Regina Dorcidônio Molina CONTEXTUALIZAÇÃO A presente proposta de trabalho tem como tema a formação e erosão do solo

Leia mais

Série Didática Número 5

Série Didática Número 5 Animais Peçonhentos: Serpentes_ Serpentes são animais vertebrados que pertencem ao grupo dos répteis. Seu corpo é coberto de escamas, o que Ihes confere um aspecto às vezes brilhante, às vezes opaco, ou

Leia mais

INFLUÊNCIA DOS FACTORES DO MEIO ADAPTAÇÕES MORFOLÓGICAS

INFLUÊNCIA DOS FACTORES DO MEIO ADAPTAÇÕES MORFOLÓGICAS INFLUÊNCIA DOS FACTORES DO MEIO A variação de factores do meio, como a luz, a humidade e a temperatura, pode determinar nos animais: - adaptações morfológicas ou - alterações no comportamento nos animais

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Arca de Noé

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Arca de Noé Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ site:www.redesagradorj.com.br / e-mail:cscm@redesagradorj.com.br Arca de Noé Turma: Maternal I A Professora Gisele Data: 1º trimestre/2011

Leia mais

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE DE HORA EM HORA...

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE DE HORA EM HORA... Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE Eixo temático Culturas nativas Leia o texto a seguir. Disciplina/Valor Português

Leia mais

Domingo é dia de macarronada

Domingo é dia de macarronada Domingo é dia de macarronada Eixo(s) temático(s) Vida e ambiente / ser humano e saúde Tema Interações entre os seres vivos / o caminho cíclico dos materiais no ambiente / interação entre os seres vivos

Leia mais

41 Por que não bebemos água do mar?

41 Por que não bebemos água do mar? A U A UL LA Por que não bebemos água do mar? Férias no verão! Que maravilha! Ir à praia, tomar um solzinho, nadar e descansar um pouco do trabalho. Enquanto estamos na praia nos divertindo, não devemos

Leia mais

Revestimento do Corpo ou tegumento. Proteção contra a ações do Ambiente. - Depende do ambiente e do modo de vida.

Revestimento do Corpo ou tegumento. Proteção contra a ações do Ambiente. - Depende do ambiente e do modo de vida. Sistemas Funcionais Revestimento do Corpo ou tegumento Proteção contra a ações do Ambiente. - Depende do ambiente e do modo de vida. a) Esqueleto Sustentação Invertebrados: esqueletos calcários. Nos artrópodes

Leia mais

Felipe. Antonella. Valinhos, 29 de abril 2014. Caro Dr. Bicudo

Felipe. Antonella. Valinhos, 29 de abril 2014. Caro Dr. Bicudo Valinhos, 29 de abril 2014. Caro Dr. Bicudo Eu sou o Mico Leão Dourado, um animal vertebrado. Vivo na Mata Atlântica. Me alimento de frutos e pequenos animais invertebrados. Meu corpo é revestido de pelos,

Leia mais