Psicomotricidade na Educação Infantil. e suas contribuições no desenvolvimento e no. processo da aprendizagem.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Psicomotricidade na Educação Infantil. e suas contribuições no desenvolvimento e no. processo da aprendizagem."

Transcrição

1 A importância da Psicomotricidade na Educação Infantil e suas contribuições no desenvolvimento e no processo da aprendizagem.

2 O que é psicomotricidade? É a relação entre os aspectos motores, intelectuais e emocionais de um individuo, em um ambiente que vive e em contato com o outro. " O movimento é a chave da vida e existem em todas as formas com que este se apresenta. Quando o homem desempenha movimentos intencionais ele está coordenando os domínos cognitivos, afetivos e motor" Anita Harrow.

3 A psicomotricidade tem como principal eixo: o vínculo. Confiança, Toque e Sensação. A psicomotricidade educação permite que os alunos aprendam corretamente o movimento. Principal instrumento de trabalho: O corpo.

4 As fases do movimento é de uma evolução crescente. Do menos organizado ao mais organizado. A fase mais importante de uma vida, vai dos 0 aos 7 anos. Há uma evolução inseparável da motricidade e do cérebro. É um acesso a novos sistemas cerebral.

5 O corpo deve experimentar diversas sensações corpóreas. É pelas sensações que o cérebro começa a construir suas ideías. "A educação dos sentidos tem uma grande importância pedagógica, é possível descobrir e corrigir erros que passam ainda inadvertidos na escola até que chega o momento em que se manifestam de um modo evidente." Maria Montessori.

6 Unidades Funcionais de Lúria 1ª Unidade Funcional: regulamentação do tônus, vigília e estado mental: Tônus e Equilíbrio 2ª Unidade Funcional: recebimento análise e recebimento de uma informação recebida: Lateralidade, estruturação espaço temporal e noção do corpo. 3ª Unidade Funcional : programação, regularização e verificação de uma atividade: Praxia global e fina

7 Bases Psicomotoras. Tonicidade Equilíbrio Lateralização Esquema corporal e Imagem corporal Estruturação Espaço Temporal Praxia Global Praxia Fina

8 Tônus: É o ponto de apoio de cada movimento, prepara a musculatura para as variadas formas de atividade postural e práxica. Perfil hipertônico da criança : Apresenta uma musculatura mais rígida, são crianças que não têm muitos medos, se arriscam em atividades corporais. Geralmente têm dificuldade de experimentar novas sensações. Perfil Hipotônico : São crianças que apresentam mais elasticidade corporal, geralmente a criança tem dificuldade em se perceber e se movimentar contra a gravidade. Não se arriscam em atividades corporais e preferem atividades mais lentas

9 Tonicidade Está integrada na primeira unidade funcional. Tem um papel fundamental no desenvolvimento motor. Envolve 3 planos : Fisiológico/ Psicológico e Motor com funções : Executora - contração da muscular que gera o movimento. Receptora - Sensibilidade tônica, tensão permanente que gera a atitudes em que se apoiam os movimentos. " O estado tônico é uma forma de relação com o meio que depende de cada situação e de cada individuo " Vitor da Fonseca. E na sala de aula?

10 Equilíbrio. É assimilar o movimento e acomodar-se com ele. Abrange o controle postural e a qualidade da locomoção ( coordenação ). O domínio do corpo equivale à economia eficácia e estética do movimento. Equilíbrio dinâmico. Orientação controlada do corpo em situações de deslocamento no espaço com os olhos abertos. Equilíbrio Estático. Capacidade de manter certa postura sobre uma base de sustentação. E na sala de aula?

11 Noção do Corpo. Imagem Corporal Está relacionado com os aspectos emocionais e com as necessidades biológicas. A imagem corporal perde seu sentido de imagem, fragmentada em partes ou pedaços, para surgir como globalidade, eu unidade, a que se associa já e também o sentido do ser alguém (Ajuriaguerra, apud Fonseca,2008,p149 ) Esquema Corporal. É a capacidade de reconhecer, nomear as partes do corpo e as funções que elas desempenham. os seres humanos só podem chegar ao desenvolvimento simbólico e a construção de relações interpessoais desde que integrem o sistema postural e a noção corporal. (Fonseca, 2004, p71) E na sala de aula?

12 Lateralização. Integração Bilateral postural do corpo 6 lados - 4 lados - 2 lados Depois dos 7 anos de idade há uma preferência manual e especialização hemisférica. Lateralidade - é integrada a noção do corpo, aprendizagem construída a partir de vivências motoras. Subfatores da Lateralização: Ocular Auditiva Manual Pedal E na sala de aula?

13 Noção de Espaço e Tempo Estruturação do Espaço Esse conceito aparece primeiro do que o conceito tempo. Através da translação do corpo no espaço obtemos o conhecimento da distancia percorrida nele. A criança interpreta as informações sensorais e constrói conceitos espaciais, interiorizando o conceito da localização corporal. Estruturação do Tempo É mais elaborado do que a estrutura espacial. O cérebro elabora sistemas funcionais de acordo com a dimensão do tempo, joga as experiências anteriores e adapta-se às condições presentes e prediz e antecipa o futuro. E na sala de aula?

14 Praxia Global Tem por objetivo a realização e automatização dos movimentos globais. É a organização de uma atividade consciente, da ação antecipada pelo pensamento, pois coordena o conhecimento integrado do corpo, por meio das informações cognitivas e emocionais resultantes das experiências anteriores e estímulos externos, recebidos por vias perceptivas e sensoriais. E na sala de aula?

15 Praxia Fina. Integra as competências adquiridas na praxia global, com maior complexidade e diferenciação. A praxia fina compreende tarefas motoras sequencias finais. Está ligada a função de coordenação dos movimentos dos olhos durante a fixação da atenção e durante a manipulação de objetos que exige um controle visual, alem de abrangerem as funções de programação, regulação e verificação de atividades de preensão e manipulação finas e complexas. E na sala de aula?

16 ESTAÇÕES DE UM CIRCUITO

17 Referencias Bibliográficas. Fátima Gonçalves- Do andar ao escrever. Um caminho Psicomotor.Editora Cultura RBL. Manual Técnico Projeto Optimist. Página 55. BORGHI, Teresa & PANTANO,Telma. Protocolo de Observação Psicomotora. Pulso Editorial, 2010, SJC-SP. NETO, Francisco R. Manual de Avaliação Motora. Ed. Artmed, 2002, Porto Alegre. FONSECA, Vitor da. Manual de Observação Psicomotora. Ed.Artmed

18

19

20

21

22

23 Obrigada. Janaina Pavani Sarabando Psicomotricista e Educadora Física.

DESENVOLVENDO A ESTRUTURAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL ATRAVÉS DOS PRÍNCÍPIOS DO FUTSAL

DESENVOLVENDO A ESTRUTURAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL ATRAVÉS DOS PRÍNCÍPIOS DO FUTSAL DESENVOLVENDO A ESTRUTURAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL ATRAVÉS DOS PRÍNCÍPIOS DO FUTSAL Valéria Queiroz David 1 Simone Moreira 2 Maurício Augusto Pereira 3 Elix Victor Palomari Silva 4 Leonardo Celestino da Silva

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

PSICOMOTRICIDADE E SUA RELAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA E A EMOÇÃO. AGUIAR, Oscar Xavier de

PSICOMOTRICIDADE E SUA RELAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA E A EMOÇÃO. AGUIAR, Oscar Xavier de PSICOMOTRICIDADE E SUA RELAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA E A EMOÇÃO AGUIAR, Oscar Xavier de Docente do Curso de Psicologia da Faculdade de Ciências da Saúde FASU/ACEG GARÇA/SP BRASIL e-mail: oscarxa@bol.com.br

Leia mais

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Educação Infantil e Psicomotrocidade

Leia mais

PSICOMOTRICIDADE, JOGOS E BRINCADEIRAS NO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM MARILENE FERREIRA DE LIMA OLIVEIRA E.E DR. MORATO DE OLIVEIRA RESUMO

PSICOMOTRICIDADE, JOGOS E BRINCADEIRAS NO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM MARILENE FERREIRA DE LIMA OLIVEIRA E.E DR. MORATO DE OLIVEIRA RESUMO PSICOMOTRICIDADE, JOGOS E BRINCADEIRAS NO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM MARILENE FERREIRA DE LIMA OLIVEIRA E.E DR. MORATO DE OLIVEIRA RESUMO Na vida de uma criança, para além do entretenimento, o jogo

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A INTERVENÇÃO DA PSICOMOTRICIDADE NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A INTERVENÇÃO DA PSICOMOTRICIDADE NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A INTERVENÇÃO DA PSICOMOTRICIDADE NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM CAROLINE SILVA DE OLIVEIRA Discente do Curso de Licenciatura Plena do Curso de Educação Física das Faculdades Integradas

Leia mais

Harmonização Corporal

Harmonização Corporal XI Congresso Brasileiro de Psicomotricidade: Diálogos e Interseções com a Psicomotricidade Um Século de História 50 anos de Brasil - Rio de Janeiro RJ - 06 à 08 de setembro de 2010 Harmonização Corporal

Leia mais

OPTOMETRIA COMPORTAMENTAL COMO MODELO DE ANÁLISE PARA RECONHECIMENTO DE DISTÚRBIOS INTRODUÇÃO

OPTOMETRIA COMPORTAMENTAL COMO MODELO DE ANÁLISE PARA RECONHECIMENTO DE DISTÚRBIOS INTRODUÇÃO OPTOMETRIA COMPORTAMENTAL COMO MODELO DE ANÁLISE PARA RECONHECIMENTO DE DISTÚRBIOS Ricardo Domingos Mondadori Optometrista, Pres. do Conselho Regional de Optometria SC Prof. de Optometria do CIEPH INTRODUÇÃO

Leia mais

Curso de Especialização em PSICOMOTRICIDADE CLINICA E RELACIONAL

Curso de Especialização em PSICOMOTRICIDADE CLINICA E RELACIONAL Curso de Especialização em PSICOMOTRICIDADE CLINICA E RELACIONAL ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação e Saúde. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Psimotricidade Clínica e Relacional.

Leia mais

Desenvolvimento cognitivo e motor na infância: necessidades de jogos e brincadeiras

Desenvolvimento cognitivo e motor na infância: necessidades de jogos e brincadeiras Desenvolvimento cognitivo e motor na infância: necessidades de jogos e brincadeiras XVIII Semana de Estudos Pedagógicos, FAFICA Prof. Marcelo Velloso Heeren Catanduva, 2012 Sistema Nervoso Neurônio Neurônio

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Educação Infantil e Psicomotrocidade

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Educação Infantil e Psicomotrocidade

Leia mais

Psicomotricidade é a ciência do Homem em movimento, das relações consigo e com o mundo, com o corpo, através do corpo e de sua corporeidade Freinet.

Psicomotricidade é a ciência do Homem em movimento, das relações consigo e com o mundo, com o corpo, através do corpo e de sua corporeidade Freinet. I - PSICOMOTRICIDADE Introdução Psicomotricidade é a ciência do Homem em movimento, das relações consigo e com o mundo, com o corpo, através do corpo e de sua corporeidade Freinet. O estudo da psicomotricidade

Leia mais

PSICOMOTRICIDADE. Professora Tatiana Comiotto

PSICOMOTRICIDADE. Professora Tatiana Comiotto PSICOMOTRICIDADE Professora Tatiana Comiotto Significado PSICO: Intelectual, cognitivo emocional, afetivo, mental e neurológico. MOTRICIDADE: Movimento, ato, ação, gesto. PSICOMOTRICIDADE é a realização

Leia mais

29 de Novembro de 2010 Universidade Lusíada - Lisboa

29 de Novembro de 2010 Universidade Lusíada - Lisboa 29 de Novembro de 2010 Universidade Lusíada - Lisboa Profª Teresa de Lemos, 29 Novembro 2010 29 de Novembro de 2010 Universidade Lusíada - Lisboa Riscos na Condução Sénior Profª Teresa de Lemos Drª Teresa

Leia mais

O ENSINO DO HANDEBOL NA ESCOLA: UMA PROPOSTA DE SISTEMATIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS

O ENSINO DO HANDEBOL NA ESCOLA: UMA PROPOSTA DE SISTEMATIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS O ENSINO DO HANDEBOL NA ESCOLA: UMA PROPOSTA DE SISTEMATIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS Resumo Scheila Medina 1 - PUCPR Luís Rogério de Albuquerque 2 - PUCPR Grupo de Trabalho - Didática: Teorias, Metodologias e

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA RESOLUÇÃO CFFa nº 320, de 17 de fevereiro de 2006 Dispõe sobre as especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia, e dá outras providências. O Conselho Federal de Fonoaudiologia - CFFa,

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA ATIVIDADE ESPORTIVA SOBRE ASPECTOS COGNITIVOS DE CRIANÇAS.

A INFLUÊNCIA DA ATIVIDADE ESPORTIVA SOBRE ASPECTOS COGNITIVOS DE CRIANÇAS. A INFLUÊNCIA DA ATIVIDADE ESPORTIVA SOBRE ASPECTOS COGNITIVOS DE CRIANÇAS. Resumo SOUZA, Daiane Silva De - PUCPR daianedesouza10@gmail.com RICOBONI, Henry Marcos Gomes - PUCPR henryricoboni@gmail.com Área

Leia mais

O tônus muscular enquanto portador de significado: subsídios para a compreensão do tono como linguagem corporal

O tônus muscular enquanto portador de significado: subsídios para a compreensão do tono como linguagem corporal O tônus muscular enquanto portador de significado: subsídios para a compreensão do tono como linguagem corporal RICARDO MARTINS PORTO LUSSAC ricardolussac@yahoo.com.br (Brasil) Mestrando do Programa de

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL

RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo MATUCHESKI, Franciele Luci PUCPR francielematucheski@yahoo.com.br Eixo Temático: Práticas e Estágios nas Licenciaturas

Leia mais

ISSN 2238-9113 PROJETO LUDICIDADE NA ESCOLA DA INFÂNCIA

ISSN 2238-9113 PROJETO LUDICIDADE NA ESCOLA DA INFÂNCIA 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 PROJETO LUDICIDADE NA ESCOLA DA INFÂNCIA ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu

Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu PROPOSTA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL CONCEPÇÃO No decorrer do processo sócio-histórico, o homem se humaniza pelas relações sociais que estabelece por meio de sua

Leia mais

AS RAZÕES DO CORPO: PSICOMOTRICIDADE E DISGRAFIA

AS RAZÕES DO CORPO: PSICOMOTRICIDADE E DISGRAFIA AS RAZÕES DO CORPO: PSICOMOTRICIDADE E DISGRAFIA Maria Teresa Martins Fávero * Geiva Carolina Calsa ** O ser humano comunica-se através da linguagem verbal, mas também através de gestos, olhares, movimentos,

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação Curso de Educação Física Trabalho de Conclusão de Curso

Pró-Reitoria de Graduação Curso de Educação Física Trabalho de Conclusão de Curso Pró-Reitoria de Graduação Curso de Educação Física Trabalho de Conclusão de Curso A influência do jogo e desenvolvimento cognitivo, motor e social da criança: análise dos Trabalhos de Conclusão de Curso

Leia mais

FORMAÇÃO INICIAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA EM UM PROGRAMA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA COM PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

FORMAÇÃO INICIAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA EM UM PROGRAMA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA COM PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FORMAÇÃO INICIAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA EM UM PROGRAMA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA COM PESSOAS COM DEFICIÊNCIA Resumo Juliana Silva Cristina 1 - UFU Maria Clara Elias Polo 2 - UFU Grupo de Trabalho - Formação

Leia mais

CONDUÇÃO da INFORMAÇÃO na MEDULA

CONDUÇÃO da INFORMAÇÃO na MEDULA FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA 2008 2002/2003-2009 Prof. Prof. SISTEMA NERVOSO SISTEMA NERVOSO Receptores RECEPTORES E VIAS DA Vias SENSIBILIDADE da Sensibilidade Vias da Motricidade

Leia mais

EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - Disciplina semestral 32 aulas previstas

EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - Disciplina semestral 32 aulas previstas EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA 3ºCICLO DO ENSINO BÁSICO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 7.ºANO EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - Disciplina semestral 32 aulas previstas CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Os Conteúdos Programáticos estão enunciados

Leia mais

Psicomotricidade e psicopedagogia

Psicomotricidade e psicopedagogia Unisalesiano 2012 Psicomotricidade e psicopedagogia Profa. Denise Rocha Pereira Como sujeitos temos mente e corpo. Não há como separá-los quando falamos em aprendizagem. Antes de aprender a linguagem

Leia mais

COMPORTAMENTO. As contribuições da Psicomotricidade na Educação Infantil. Introdução

COMPORTAMENTO. As contribuições da Psicomotricidade na Educação Infantil. Introdução COMPORTAMENTO As contribuições da Psicomotricidade na Educação Infantil Envie esta página Andreza Santiago Gottgtroy de Araujo Graduada em Pedagogia (FABEL) Eduardo Rodrigues da Silva Mestre em Educação

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS DESENVOLVIDAS NO CENTRO EDUCACIONAL LUÍS DA CÂMARA CASCUDO EM MACAÍBA / RN

A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS DESENVOLVIDAS NO CENTRO EDUCACIONAL LUÍS DA CÂMARA CASCUDO EM MACAÍBA / RN A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS DESENVOLVIDAS NO CENTRO EDUCACIONAL LUÍS DA CÂMARA CASCUDO EM MACAÍBA / RN Autora: Eliza Christina Toscano de Mendonça 1 Co-autores: Luanda

Leia mais

Anais do Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão. Volume 8, Número 8. Recife: Faculdade Senac PE, 2014.

Anais do Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão. Volume 8, Número 8. Recife: Faculdade Senac PE, 2014. HORTA CASEIRA: ATIVIDADE PARA MUDANÇA DOS HÁBITOS ALIMENTARES, SENSIBILIZANDO PROFISSIONAIS DE SAÚDE FACE A RECORRÊNCIA DA OBESIDADE INFANTIL Claudia Harder Gomes Adriana Silva de Abreu, Edmilson de Barros

Leia mais

ANÁLISE DA CONSISTÊNCIA INTERNA DOS TESTES DE MOTRICIDADE FINA DA EDM - ESCALA DE DESENVOLVIMENTO MOTOR

ANÁLISE DA CONSISTÊNCIA INTERNA DOS TESTES DE MOTRICIDADE FINA DA EDM - ESCALA DE DESENVOLVIMENTO MOTOR DOI: 10.4025/reveducfis.v21i2.6780 ANÁLISE DA CONSISTÊNCIA INTERNA DOS TESTES DE MOTRICIDADE FINA DA EDM - ESCALA DE DESENVOLVIMENTO MOTOR ANALYSIS OF THE INTERNAL CONSISTENCY OF FINE MOTRICITY TEST FROM

Leia mais

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil.

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos da turma 1F8.

Leia mais

1 APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO MOTOR: CONCEITOS BÁSICOS. Daí que para o professor torna-se fundamental compreender:

1 APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO MOTOR: CONCEITOS BÁSICOS. Daí que para o professor torna-se fundamental compreender: 1 APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO MOTOR: CONCEITOS BÁSICOS Prof. Dr. Gabriel Humberto Muñoz Palafox Nepecc/ UFU. Considerações gerais: Aprendizagem: centro de toda educação. Qualquer que seja o objetivo

Leia mais

Apontamentos iniciais sobre os Tipos de Movimentos

Apontamentos iniciais sobre os Tipos de Movimentos Apontamentos iniciais sobre os Tipos de Movimentos RICARDO MARTINS PORTO LUSSAC ricardolussac@yahoo.com.br (Brasil) Mestrando do Programa de Mestrado em Ciência da Motricidade Humana - Universidade Castelo

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Educação Especial. OBJETIVO DO CURSO: Formar especialistas

Leia mais

A RELAÇÃO DA NATAÇÃO COM O CONTEÚDO CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL

A RELAÇÃO DA NATAÇÃO COM O CONTEÚDO CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 A RELAÇÃO DA NATAÇÃO COM O CONTEÚDO CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL Patrícia Ribeiro¹; Guilherme

Leia mais

ATENDIMENTOS DAS CRIANÇAS PORTADORAS DE TDA/H PELO MÉTODO EXTRA LESSON

ATENDIMENTOS DAS CRIANÇAS PORTADORAS DE TDA/H PELO MÉTODO EXTRA LESSON ATENDIMENTOS DAS CRIANÇAS PORTADORAS DE TDA/H PELO MÉTODO EXTRA LESSON 1 AVALIAÇÃO, COMENTÁRIOS, RESULTADOS E CONCLUSÃO. Publicado na revista Navegantes de abril de 2008, editora João de Barro INTRODUÇÃO

Leia mais

Os benefícios da atividade física em escolares portadores do Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade na rede pública do Distrito Federal

Os benefícios da atividade física em escolares portadores do Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade na rede pública do Distrito Federal Os benefícios da atividade física em escolares portadores do Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade na rede pública do Distrito Federal Vellasco, Nayara Mara Martins * SILVA, Ronaldo Rodrigues

Leia mais

A Educação Psicomotora como instrumento no Processo de Aprendizagem

A Educação Psicomotora como instrumento no Processo de Aprendizagem A Educação Psicomotora como instrumento no Processo de Aprendizagem Maria Fernanda Borges 1 Juliana de Alcântara Silveira Rubio 2 Resumo Durante o processo de aprendizagem, os elementos básicos da psicomotricidade

Leia mais

Suzana Bastos Ribas Koren Denis Marcelo Modeneze Evandro Murer Gláucia Regina Falsarella Renata Serra Sequeira

Suzana Bastos Ribas Koren Denis Marcelo Modeneze Evandro Murer Gláucia Regina Falsarella Renata Serra Sequeira 4 A Educação Física Escolar: Estímulo ao Crescimento e Desenvolvimento para uma Vida com Qualidade Suzana Bastos Ribas Koren Mestre em Educação Física UNICAMP Denis Marcelo Modeneze Mestre em Educação

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 3 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

2. Desenvolver Pesquisa de Campo sobre uma pequena empresa conforme modelo de pesquisa anexo.

2. Desenvolver Pesquisa de Campo sobre uma pequena empresa conforme modelo de pesquisa anexo. 1 1. ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2. OBJETIVO Resolução nº 01 de 02/02/2004 do Conselho Nacional de Educação CNEC/CN/MEC. Proporcionar ao estudante oportunidade de desenvolver suas habilidades, analisar situações

Leia mais

A Importância da psicomotricidade no desenvolvimento infantil

A Importância da psicomotricidade no desenvolvimento infantil A Importância da psicomotricidade no desenvolvimento infantil Aline Daniela Gomes da Silva Vieira Discente de Psicologia Universidade Sagrado Coração Bauru-SP. e-mail: ninedvieira@hotmail.com Raquel Regina

Leia mais

Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento. Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas

Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento. Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Genética e Ambiente A combinação de fatores ambientais e genéticos é que determina o produto

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Humana OUVIDO: SENTIDO DA AUDIÇÃO E DO EQUILÍBRIO. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais)

Anatomia e Fisiologia Humana OUVIDO: SENTIDO DA AUDIÇÃO E DO EQUILÍBRIO. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) Anatomia e Fisiologia Humana OUVIDO: SENTIDO DA AUDIÇÃO E DO EQUILÍBRIO DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) 1ª edição novembro/2006 OUVIDO: SENTIDO DA AUDIÇÃO E DO EQUILÍBRIO SUMÁRIO Sobre a Bio Aulas... 03

Leia mais

A EDUCAÇÃO PSICOMOTORA NA FORMAÇÃO E PRÁTICA PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA DISCUSSÃO NECESSÁRIA

A EDUCAÇÃO PSICOMOTORA NA FORMAÇÃO E PRÁTICA PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA DISCUSSÃO NECESSÁRIA A EDUCAÇÃO PSICOMOTORA NA FORMAÇÃO E PRÁTICA PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA DISCUSSÃO NECESSÁRIA Resumo SANTA CLARA, Cristiane Aparecida Woytichoski UEPG cristianesclara@yahoo.com.br

Leia mais

MOTRICIDADE FINA DOS ALUNOS DO PRIMEIRO ANO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO PIBID/EDUCAÇÃO FÍSICA/UNICRUZ 1

MOTRICIDADE FINA DOS ALUNOS DO PRIMEIRO ANO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO PIBID/EDUCAÇÃO FÍSICA/UNICRUZ 1 MOTRICIDADE FINA DOS ALUNOS DO PRIMEIRO ANO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO PIBID/EDUCAÇÃO FÍSICA/UNICRUZ 1 RAMOS, Jhon Lucas 2 ; SCHIMIDT, Raíça Nicoli 2 ; BATISTELLA, Pedro Antônio 3 ; PANDA, Maria Denise Justo

Leia mais

APRESENTAÇÃO E PLANO DE ATIVIDADES DA

APRESENTAÇÃO E PLANO DE ATIVIDADES DA APRESENTAÇÃO E PLANO DE ATIVIDADES DA 2 0 1 5 A nossa história A Associação Esfera Solidária, e fruto da junção de experiencias e prática no terreno dos seus sócios fundadores Rui Guimarães (Lic. Educação)

Leia mais

Objetivos de hoje. Apresentar e discutir algumas estratégias e atividades para o dia a dia de trabalho do professor na Educação Infantil;

Objetivos de hoje. Apresentar e discutir algumas estratégias e atividades para o dia a dia de trabalho do professor na Educação Infantil; Prof.ª Dr.ª Maria Christina Justo mchristinajusto@gmail.com Objetivos de hoje Apresentar e discutir algumas estratégias e atividades para o dia a dia de trabalho do professor na Educação Infantil; Mostrar

Leia mais

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social. Prática profissional de Serviço Social na APROAUT - Associação de Proteção aos Autistas

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social. Prática profissional de Serviço Social na APROAUT - Associação de Proteção aos Autistas VIII Jornada de Estágio de Serviço Social Prática profissional de Serviço Social na APROAUT - Associação de Proteção aos Autistas PANZARINI, Nathanie Hariene 1 ABREU, Marcia Fidelis de 2 SOUZA, Cristiane

Leia mais

Vivências Seniores e Qualidade de Vida na Sociedade de Informação

Vivências Seniores e Qualidade de Vida na Sociedade de Informação Sessão: Vivências Seniores na Sociedade da Informação 17 de Maio de 2010 Fundação Portuguesa das Comunicações Vivências Seniores e Qualidade de Vida na Sociedade de Informação Carlos Neto Patrocinador

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO PIBIC/2013-2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO PIBIC/2013-2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO PIBIC/2013-2014 JOGO E COGNIÇÃO: percepção, atenção, memória Títulos

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL. 1. Apresentação

A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL. 1. Apresentação A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Ana Claudia Silva 6º semestre de pedagogia na Finan Danila Aparecida ferreira Souza 6º semestre de pedagogia na Finan 1. Apresentação O desenvolvimento

Leia mais

O JOGO TEATRAL Theater Game Spolin Games dramatic play game Playmaking with Children Child Drama child art drama Theater Game Drama

O JOGO TEATRAL Theater Game Spolin Games dramatic play game Playmaking with Children Child Drama child art drama Theater Game Drama O JOGO TEATRAL O termo Theater Game (jogo teatral) foi originalmente cunhado por Viola Spolin em língua inglesa. Mais tarde ela registrou o seu método de trabalho como Spolin Games. A autora americana

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE A IMPORTANCIA DA ORIENTAÇÃO E MOBILIDADE NO PROCESSO DE REABILITAÇÃO PSICOMOTORA E INCLUSÃO DO PORTADOR DE DEFICIENCIA VISUAL

Leia mais

DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR EM CRIANÇAS DE 4 A 5 ANOS

DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR EM CRIANÇAS DE 4 A 5 ANOS DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR EM CRIANÇAS DE 4 A 5 ANOS SILVA *, Aliny Cristina da. WINKELER **, Maria Sílvia Bacila PUCPR silvia.bacila@pucpr.br Resumo Este artigo objetiva investigar a inserção de práticas

Leia mais

UMA EXPERIÊNCIA PSICOPEDAGÓGICA NA FACULDADE DE ENGENHARIA DA PUCRS

UMA EXPERIÊNCIA PSICOPEDAGÓGICA NA FACULDADE DE ENGENHARIA DA PUCRS UMA EXPERIÊNCIA PSICOPEDAGÓGICA NA FACULDADE DE ENGENHARIA DA PUCRS Jorge Ferreira da Silva Filho Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Viegas Ribas Pesquisador e Consultor Psicopedagógico

Leia mais

A COORDENAÇÃO MOTORA FINA EM ESCOLARES DE 3 A 6 ANOS

A COORDENAÇÃO MOTORA FINA EM ESCOLARES DE 3 A 6 ANOS Pró-Reitoria de Graduação Curso de Educação Física Licenciatura Trabalho de Conclusão de Curso A COORDENAÇÃO MOTORA FINA EM ESCOLARES DE 3 A 6 ANOS Aluna: Nathália de Carvalho Ferreira Orientador: Ronaldo

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 UM DIA CHUVOSO NA ESCOLA Hoje amanheceu chovendo muito e o vento soprava forte. A nossa sala estava pronta e arrumada para receber as crianças, mas o mau tempo fez com que elas se

Leia mais

CONCEPÇÃO DE TECNOLOGIA NA ÁREA ÓPTICA

CONCEPÇÃO DE TECNOLOGIA NA ÁREA ÓPTICA CONCEPÇÃO DE TECNOLOGIA NA ÁREA ÓPTICA Erivane Rocha RIBEIRO; Maria Rita Neto Sales OLIVEIRA Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais RESUMO: Este artigo contempla aspectos de uma pesquisa

Leia mais

Dificuldade de Aprendizagem: a psicomotricidade em foco Ms. Leandra Vaz Fernandes C. Ferraz Dificuldade de Aprendizagem Para Correia (s.d), Cruz (1999a) e Fonseca (2004) a característica mais genérica

Leia mais

Reflexões sobre a prática docente na Educação Infantil.

Reflexões sobre a prática docente na Educação Infantil. 6. Humanização, diálogo e amorosidade. Reflexões sobre a prática docente na Educação Infantil. Santos, Marisa Alff dos 1 Resumo O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre as práticas docentes

Leia mais

O ATO DE ESTUDAR 1. (Apresentação a partir do texto de Paulo Freire.)

O ATO DE ESTUDAR 1. (Apresentação a partir do texto de Paulo Freire.) O ATO DE ESTUDAR 1 (Apresentação a partir do texto de Paulo Freire.) Paulo Freire, educador da atualidade, aponta a necessidade de se fazer uma prévia reflexão sobre o sentido do estudo. Segundo suas palavras:

Leia mais

Grupo de pesquisa:as Redes de conhecimentos em comunicação e educação: questão de cidadania. http://www.lab-eduimagem.pro.br.

Grupo de pesquisa:as Redes de conhecimentos em comunicação e educação: questão de cidadania. http://www.lab-eduimagem.pro.br. PROCUREI E ENCONTREI:OS POSSÍVEIS ÁLBUNS DE MULHERES NEGRAS CHAGAS, Cláudia Regina Ribeiro Pinheiro das UERJ GT-23: Gênero, Sexualidade e Educação Agência Financiadora: FAPERJ Fotografia é Memória e com

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE FUNCIONAMENTO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE FUNCIONAMENTO PROVISÓRIO SPAL APS 2 MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE FUNCIONAMENTO A marca SPAL é uma marca depositada. 2005. É proibida a reprodução. DESCRIÇÃO Módulo electrónico com as seguintes funções: Activar a central

Leia mais

Documentação Pedagógica. Educação infantil. Profª Ms. Marlene dos Santos

Documentação Pedagógica. Educação infantil. Profª Ms. Marlene dos Santos Documentação Pedagógica Educação infantil Profª Ms. Marlene dos Santos A documentação vai além da atividade unidirecional de registro e análise das observações por parte de educadores: torna-se um empreendimento

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO UTILIZANDO A GINÁSTICA LABORAL

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO UTILIZANDO A GINÁSTICA LABORAL QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO UTILIZANDO A GINÁSTICA LABORAL Alessandra Prado de Souza, Ana Eliza Gonçalves Santos, Jaciara Nazareth Campos Palma, Karine Aparecida Silvério, Leonardo Ferreira, Matheus

Leia mais

Fisiologia do Sistema Nervoso. 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4.

Fisiologia do Sistema Nervoso. 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4. Fisiologia do Sistema Nervoso 1. Sistema Nervoso Sensorial 2. Sistema Nervoso Motor 3. Sistema Nervoso Autônomo 4. Ritmos Biológicos Sistema Nervoso Motor a) Organização Hierárquica do Movimento Movimentos

Leia mais

Sugestão de Atividade / História / 6ª Série (7º Ano)

Sugestão de Atividade / História / 6ª Série (7º Ano) Sugestão de Atividade / História / 6ª Série (7º Ano) COMPONENTE CURRICULAR: História SÉRIE/ANO: 6ª SÉRIE (7º Ano) INTERDISCIPLINARIDADE: Artes CONTEÚDO: Renascimento Cultural Eixo Temático I de Artes:

Leia mais

O estado da arte nas pesquisas sobre as relações famíliaescola nos anais da Anppep e Conpe

O estado da arte nas pesquisas sobre as relações famíliaescola nos anais da Anppep e Conpe Anais do XV Encontro de Iniciação Científica da PUC-Campinas - 26 e 27 de outubro de 2010 ISSN 1982-0178 O estado da arte nas pesquisas sobre as relações famíliaescola nos anais da Anppep e Conpe Leandro

Leia mais

24/Abril/2013 Aula 19. Equação de Schrödinger. Aplicações: 1º partícula numa caixa de potencial. 22/Abr/2013 Aula 18

24/Abril/2013 Aula 19. Equação de Schrödinger. Aplicações: 1º partícula numa caixa de potencial. 22/Abr/2013 Aula 18 /Abr/013 Aula 18 Princípio de Incerteza de Heisenberg. Probabilidade de encontrar uma partícula numa certa região. Posição média de uma partícula. Partícula numa caixa de potencial: funções de onda e níveis

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional.

Leia mais

Laboratório de Física Engª Telecomunicações e Informática ISCTE 2010/2011. Movimento Linear

Laboratório de Física Engª Telecomunicações e Informática ISCTE 2010/2011. Movimento Linear Laboratório de Física Engª Telecomunicações e Informática ISCTE 2010/2011 Movimento Linear Nome: Nome: Nome: Nome: Nº: Nº: Nº: Nº: Leia com atenção a totalidade deste enunciado antes de começar, e responda

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO CORPO E DO MOVIMENTO PARA A APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS 1

A IMPORTÂNCIA DO CORPO E DO MOVIMENTO PARA A APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS 1 Resumo A IMPORTÂNCIA DO CORPO E DO MOVIMENTO PARA A APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS 1 A.S.S, co-autora UESB/JQ E.O.S.C., co-autora UESB/JQ G.O.A., autora UESB/JQ T.S.N., co-autora UESB/JQ Este artigo trata-se

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL ÁREA DO CONHECIMENTO Educação. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Educação Especial. AMPARO LEGAL E PORTARIA DO MEC O curso

Leia mais

PRECONCEITO, ESTEREÓTIPO E DISCRIMINAÇÃO

PRECONCEITO, ESTEREÓTIPO E DISCRIMINAÇÃO PRECONCEITO, ESTEREÓTIPO E DISCRIMINAÇÃO ESTEREÓTIPO : categoria favorável ou desfavorável que é partilhada por um grupo social ou cultural e que se refere a características pessoais, especialmente a traços

Leia mais

4h diárias - 16 meses

4h diárias - 16 meses 4h diárias - 16 meses PROPOSTA PEDAGÓGICA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM RECEPCIONISTA ÍNDICE 1 - Apresentação da Entidade ijovem 3 2 - Justificativa do Programa. 3 3 Público-alvo: 4 4 Objetivo geral: 4 -

Leia mais

ACTIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

ACTIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO 11082006 ACTIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO ORIENTAÇÕES PROGRAMÁTICAS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE MUNICÍPIOS PORTUGUESES Autores: Albino Maria Manuel Mendes Nunes ACTIVIDADE FÍSICA

Leia mais

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...3 O COACHING...4 ORIGENS...5 DEFINIÇÕES DE COACHING...6 TERMOS ESPECÍFICOS E SUAS DEFINIÇÕES...7 O QUE FAZ UM COACH?...8 NICHOS DE ATUAÇÃO DO COACHING...9 OBJETIVOS DO COACHING...10

Leia mais

Veículo: Site Pauta Social Data: 02/12/2009

Veículo: Site Pauta Social Data: 02/12/2009 Veículo: Site Pauta Social Data: 02/12/2009 Seção: Pautas Pág.: www.pautasocial.com.br Assunto: Projeto Pescar 2/12/2009 PROJETO PESCAR SABIN CAPACITA E FORMA CIDADÃOS Programa promove cidadania e capacitação

Leia mais

ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo

ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo Por Sabrina Ribeiro O autismo é uma condição crônica, caracterizado pela presença de importantes prejuízos em áreas do desenvolvimento, por

Leia mais

CONSTELAÇÕES FAMILIARES E SEU EMPREGO EM PSICOTERAPIA CORPORAL

CONSTELAÇÕES FAMILIARES E SEU EMPREGO EM PSICOTERAPIA CORPORAL 1 CONSTELAÇÕES FAMILIARES E SEU EMPREGO EM PSICOTERAPIA CORPORAL Ernani Eduardo Trotta Juliana Lima Bezerra RESUMO A incorporação de novos recursos terapêuticos pode contribuir para a ampliação da eficácia

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOMOTRICIDADE CLINICA E RELACIONAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOMOTRICIDADE CLINICA E RELACIONAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOMOTRICIDADE CLINICA E RELACIONAL ÁREA DO CONHECIMENTO Educação e Saúde. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Psimotricidade Clínica e Relacional.

Leia mais

ANÁLISE DO EQUILÍBRIO DE CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE PRÉ E PÓS TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO

ANÁLISE DO EQUILÍBRIO DE CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE PRÉ E PÓS TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO ANÁLISE DO EQUILÍBRIO DE CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE PRÉ E PÓS TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO Marcela Cantagalli 1 ; Thais Michele Possale da Silva 1 ; Siméia Gaspar Palácio

Leia mais

É preciso amor pra poder pulsar

É preciso amor pra poder pulsar Autismo: ideias e práticas inclusivas É preciso amor pra poder pulsar Eugênio Cunha eugenio@eugeniocunha.com www.eugeniocunha.com O que fazer para educar essas crianças? Como podem trabalhar escola e

Leia mais

FACULDADE DE CALDAS NOVAS UNICALDAS SANDRA REGINA SILVA MARTINS NÚCLEO DE ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO CALDAS NOVAS 2013

FACULDADE DE CALDAS NOVAS UNICALDAS SANDRA REGINA SILVA MARTINS NÚCLEO DE ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO CALDAS NOVAS 2013 1 FACULDADE DE CALDAS NOVAS UNICALDAS SANDRA REGINA SILVA MARTINS NÚCLEO DE ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO CALDAS NOVAS 2013 2 FACULDADE DE CALDAS NOVAS UNICALDAS SANDRA REGINA SILVA MARTINS NÚCLEO DE ATENDIMENTO

Leia mais

O INVISÍVEL NA EDUCAÇÃO

O INVISÍVEL NA EDUCAÇÃO O INVISÍVEL NA EDUCAÇÃO Por Cassiano Zeferino de Carvalho Neto Os cubos ao lado podem traduzir um mistério, somente desvelado e tornado significativo para os destinos humanos, bem recentemente, mais precisamente

Leia mais

Introdução à Neuropsicologia

Introdução à Neuropsicologia MÓDULO III Elaboração da anamnese: atendimento ao paciente cirúrgico. Apresentação de caso clínico Professora: Beatriz Baldivia Mini-currículo do professor -Psicóloga pela UNESP-Bauru (2005) - Mestre em

Leia mais

2.2 O PERFIL DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO INFANTIL

2.2 O PERFIL DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO INFANTIL 2.2 O PERFIL DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO INFANTIL Ao conceber as instituições de Educação Infantil como espaços onde ocorre o processo educativo, processo este pelo qual os homens apropriam-se do desenvolvimento

Leia mais

ALTERNATIVAS APRESENTADAS PELOS PROFESSORES PARA O TRABALHO COM A LEITURA EM SALA DE AULA

ALTERNATIVAS APRESENTADAS PELOS PROFESSORES PARA O TRABALHO COM A LEITURA EM SALA DE AULA ALTERNATIVAS APRESENTADAS PELOS PROFESSORES PARA O TRABALHO COM A LEITURA EM SALA DE AULA RAQUEL MONTEIRO DA SILVA FREITAS (UFPB). Resumo Essa comunicação objetiva apresentar dados relacionados ao plano

Leia mais

EXERCÍCIOS DE BIOENERGÉTICA E AUTOEXPRESSÃO NA ARTE DE CANTAR

EXERCÍCIOS DE BIOENERGÉTICA E AUTOEXPRESSÃO NA ARTE DE CANTAR EXERCÍCIOS DE BIOENERGÉTICA E AUTOEXPRESSÃO NA ARTE DE CANTAR João Paulo Maczuga Sandra Mara Volpi RESUMO O canto é uma forma de expressão das emoções e dos sentimentos do ser humano. Na Bioenergética

Leia mais

Manual do universitário

Manual do universitário Manual do universitário 1 SOBRE O NAPp Olá querido (a) estudante! Inicialmente parabenizamos por sua conquista! Estamos felizes por recebê-lo (a)! Todavia o desafio não está apenas em ser aprovado (a)

Leia mais

Segundo FILHO, ARLINDO C. em 12 de fevereiro de 1998, o "Diário Oficial" da União regulamentou o artigo da Lei de Diretrizes e Bases da Educação

Segundo FILHO, ARLINDO C. em 12 de fevereiro de 1998, o Diário Oficial da União regulamentou o artigo da Lei de Diretrizes e Bases da Educação 13 14 Segundo FILHO, ARLINDO C. em 12 de fevereiro de 1998, o "Diário Oficial" da União regulamentou o artigo da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que trata da Educação à Distância. O decreto

Leia mais

Estudo do processo de comunicação, de construção e de uso da informação no contexto da Ciência da Informação

Estudo do processo de comunicação, de construção e de uso da informação no contexto da Ciência da Informação Estudo do processo de comunicação, de construção e de uso da informação no contexto da Ciência da Informação Andressa Mello Davanso Faculdade de Biblioteconomia Centro de Ciências Humanas Sociais Aplicadas

Leia mais

A Dança na Terceira Idade

A Dança na Terceira Idade A Dança na Terceira Idade Bárbara Costa Carolina Miguel Leonardo Delarete Pimenta Na terceira idade, geralmente, o ser humano sofre algumas alterações de um declínio geral no aspecto biopsicossocial. Como

Leia mais

UNISALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Terapia Ocupacional

UNISALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Terapia Ocupacional UNISALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Terapia Ocupacional Fabiana Boyanoski Mura Letícia Gomes da Silva Nathália Cristina Santos Raymundo O RESGATE DA PSICOMOTRICIDADE

Leia mais

CALEDÁRIO ESCOLAR. Página 1 de 24

CALEDÁRIO ESCOLAR. Página 1 de 24 Página 1 de 24 SISTEMA DE CALENDÁRIO ESCOLAR O Sistema de Calendário Escolar é a primeira etapa de uma grande evolução que ocorrerá nos sistemas de informatização da Secretaria de Estado da Educação. As

Leia mais

VII ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISADORES EM EDUCAÇÃO ESPECIAL Londrina de 08 a 10 novembro de 2011 - ISSN 2175-960X Pg.

VII ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISADORES EM EDUCAÇÃO ESPECIAL Londrina de 08 a 10 novembro de 2011 - ISSN 2175-960X Pg. TERAPIA CORPORAL: UM PROJETO DE EXTENSÃO DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA QUE ATENDE PAIS E CUIDADORES DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA SÔNIA BERTONI 1 FAEFI/UFU MARIA HELENA

Leia mais

Londrina, 29 a 31 de outubro de 2007 ISBN 978-85-99643-11-2

Londrina, 29 a 31 de outubro de 2007 ISBN 978-85-99643-11-2 A IMPORTÃNCIA DA ESTIMULAÇÃO ESSENCIAL DO DEFICIENTE VISUAL E O PAPEL DA FAMÍLIA NESTE PROCESSO Autor: Bárbara Zanini 1 Co-autor: Letícia Dal Forno 2 Universidade Federal de Santa Maria RESUMO A maioria

Leia mais