Elaboração: Professor José Silvino Filho Consultor de Projetos em Sistemas de Gestão da Qualidade e Documentação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Elaboração: Professor José Silvino Filho Consultor de Projetos em Sistemas de Gestão da Qualidade e Documentação"

Transcrição

1

2 Elaboração: Professor José Silvino Filho Consultor de Projetos em Sistemas de da Qualidade e Documentação Telefone: (61) ,

3 Sumário SGQ Princípios de ISO 9001:2008 Realização do Análise Crítica

4 A ISO (Internacional Organization for Standardization) Organização Internacional de Normalização é uma confederação mundial de organismos nacionais de normalização, com sede em Genebra, Suíça. A sigla ISO foi inspirada na palavra grega ISOS, que significa igualdade, homogeneidade ou uniformidade. A ISO foi fundada em 1947 por 25 países, dentre os quais o Brasil.

5 162 países se fazem representar junto à ISO. (Pesquisa realizada em 30/08/2009 no site: Objetivos da ISO: encorajar o comércio de bens e serviços, garantir produtos de qualidade e construir a confiança entre parceiros comerciais. A Série NBR ISO 9000 é um conjunto de normas empregadas para documentar, implementar, certificar e demonstrar o Sistema da Qualidade (SGQ) de uma organização.

6 A Série NBR ISO 9000 contém informações e instruções específicas sobre: modelo para gestão da qualidade em projeto, desenvolvimento, produção, instalação e serviços associados; garantia da conformidade de processos e produtos; garantia de que uma organização certificada mantém um Sistema da Qualidade instalado e praticado por todos os seus colaboradores.

7 Versões da Série ISO 9000: 1987 Originária da norma britânica BS 5750 três modelos de certificação; 1994 Ações preventivas e evidências de conformidade; 2000 Abordagem de processos e princípios de gestão; 2008 Aperfeiçoamento da versão 2000.

8 A entidade que representa o Brasil junto aos comitêsmembros da ISO é a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Vide a Lei número 4.150, de 21 de novembro de A ABNT é uma entidade privada sem fins lucrativos. A ABNT é responsável pela normalização técnica brasileira e é reconhecida como fórum nacional de normalização.

9 Normas da Série ISO 9000 e complementares NBR ISO 9000 Sistemas de da Qualidade: Fundamentos e Vocabulário NBR ISO Responsabilidade Social Sistema de de Requisitos NBR ISO 9001 Sistemas de da Qualidade: Requisitos NBR ISO Diretrizes para Treinamento NBR ISO 9004 Sistemas de da Qualidade: Diretrizes para Melhorias de Desempenho NBR ISO Diretrizes p/a Qualidade no Gerenciamento de Projetos NBR ISO de Programas de Auditoria ISO/TR Diretrizes p/a Documentação do SGQ NBR ISO Ambiental ISO/TR Guias de técnicas estatísticas para ISO 9001 NBR ISO/ IEC Família NBR ISO/IEC (27001/2/3/4/5/6) Tecnologia da Informação: Sistema de Segurança da Informação

10 Justificativas para Adoção da ISO 9001 Abertura de mercados (nacional e internacional) Aumento da capacidade para competir Capacitação para concorrências e licitações Realização de parcerias comerciais Satisfação das partes interessadas Eliminação de retrabalho Garantia de melhoria contínua

11 Principais Dificuldades para Implantação Resistência a mudanças Introdução de nova cultura na organização Investimento em treinamento e capacitação profissional Controle da produção documental Disciplina técnica Insegurança quanto as auditorias e análises críticas Resistências de alguns clientes

12 Resultados Esperados Eliminação de retrabalhos Aperfeiçoamento de processos Aumento da satisfação das partes interessadas Emprego de metodologias relacionadas à melhoria contínua, principalmente o PDCA Robustez para competir Desenvolvimento de disciplina técnica Garantia de resultados empresariais Melhoria contínua Impacto sobre a sociedade Exercício de liderança empresarial

13 Sumário da NBR ISO 9001: Introdução 1 Escopo 2 - Referência Normativa 3 - Termos e Definições 4 - Sistema de da Qualidade 5 - Responsabilidade da Direção 6 - de Recursos Medição, Análise e Melhoria

14 Cadeia de Fornecimento Fornecedor Organização Cliente

15 Requisitos Gerais Identificar processos para o SGQ e sua aplicação na organização. Determinar a sequência e interação desses processos (mapeamento e abordagem de processos). Determinar critérios e métodos necessários para assegurar que a operação e o controle desses processos sejam eficientes, eficazes e efetivos. Assegurar a disponibilidade de recursos e informações para apoiar a operação e monitoração desses processos. Monitorar, medir e analisar processos. Implementar ações necessárias para atingir os resultados planejados e a melhoria contínua desses processos.

16 Dinâmica do SGQ A Organização deve: a) dizer o que faz... b) fazer o que diz... c) provar que faz o que diz... d) examinar os sistemas de processos... e) introduzir melhorias contínuas no SGQ... Procedimento: ao planejar, desenvolver e implementar o SGQ em observância aos princípios de gestão da qualidade: foco no cliente, liderança, envolvimento das pessoas, abordagem de processos, abordagem sistêmica da gestão, melhoria contínua, abordagem factual para tomada de decisões, relações mutuamente benéficas com fornecedores; e produzir, disseminar e gerir conjuntos de documentos normativo-deliberativos do SGQ, nos quais os requisitos gerais e específicos por processos são regulados. São destacadas as seguintes espécies documentais: Manual de da Qualidade, Missão, Política da Qualidade, Visão de Futuro, Planejamento da Qualidade, Procedimentos Documentados, Instruções de Trabalho, Metodologias e Planos da Qualidade; ao seguir as determinações fixadas nos documentos do SGQ, com disciplina técnica e observância ao que foi planejado; ao produzir e manter registros probatórios do que foi feito (registro é a espécie documental que apresenta resultados obtidos e/ou fornece evidências de atividades realizadas); ao realizar vistorias, inspeções e auditorias internas e externas da qualidade; executar ações corretivas e preventivas de não conformidades; e erradicar causas-raiz de não conformidades reais e potenciais; ao aplicar a Metodologia do Plan Do Check Act (PDCA) na gestão da qualidade; e ao girar continuamente o PDCA de processos.

17 Átomo Qualidade

18 1. Foco no Cliente Organizações dependem de seus clientes. Convém que entendam as necessidades atuais e futuras do cliente. Que atendam aos requisitos e procurem exceder às suas expectativas. A Alta Direção deve assegurar que os requisitos do cliente são determinados e atendidos com o propósito de aumentar a sua satisfação.

19 2. Liderança Lidere, Siga ou Saia da Frente. Líderes, com base em objetivos e metas claramente definidos, estabelecem a unidade de propósitos e o rumo da organização. Convém que eles criem e mantenham um ambiente interno no qual as pessoas possam estar totalmente envolvidas no propósito de atingir os objetivos da organização.

20 3. Envolvimento das Pessoas Pessoas de todos os níveis são a essência de uma organização. O total envolvimento das pessoas possibilita que as suas habilidades sejam usadas para o benefício da organização.

21 4. Abordagem Sistêmica para Identificar, entender e gerenciar os processos interrelacionados, como um sistema, contribui para a eficiência e a eficácia da organização no sentido desta atingir seus objetivos.

22 5. Melhoria Contínua Convém que a melhoria contínua do desempenho global da organização seja seu objetivo permanente.

23 6. Abordagem Factual para Tomada de Decisões Decisões eficazes são baseadas na análise de dados e informações.

24 7. Benefícios Mútuos nas Relações com os Fornecedores Uma organização e seus fornecedores são interdependentes e uma relação de benefícios mútuos aumenta a capacidade de ambos agregarem valor. Vide também: Cadeia de Fornecimento

25 Abordagem de Processos Documentos e Registros Fundamentos da Qualidade Conceito de Processo Conjunto de atividades inter-relacionadas ou interativas que transformam insumos (entradas) em produtos (saídas). Recursos Insumos Processamento

26 8. Abordagem de Processo: Conceito A aplicação de um sistema de processos em uma organização, junto com a identificação, interações desses processos e sua gestão pode ser considerada como abordagem de processo. 1/2

27 Abordagem de Processo: Conceito Um resultado desejado é alcançado mais eficientemente quando as atividades e os recursos relacionados são gerenciados como um processo. Qualquer atividade, ou conjunto de atividades, que usa recursos para transformar insumos (entrada) em produtos (saída) pode ser considerada um processo. Frequentemente a saída de um processo é a entrada para o processo seguinte. 2/2

28 Abordagem de Processo: Aplicação Quando usada em um SGQ essa abordagem enfatiza a importância de: entendimento e atendimento dos requisitos; necessidade de considerar os processos em termos de valor agregado; obtenção de resultados de desempenho e eficácia de processo; melhoria contínua de processos baseada em medições objetivas.

29

30 Ciclo PDCA A P C D P (Plan): Planejar. Planeje antes de iniciar. As metas devem ser bem definidas. Tenha consciência do que deve ser feito. D (Do): Executar. Execute de acordo com o que foi planejado. Não improvise nunca. C (Check): Avaliar, verificar. Verifique, através de análises críticas rigorosas, se os resultados foram alcançados. A (Act): Ação. Ação corretiva e Ação Preventiva. Reiniciar o ciclo do PDCA.

31 PDCA

32

33 Sistema de da Qualidade Baseado em Processos Melhoria Contínua Prospecção de Negócios Mercado \ Cliente \ Sociedade Público de Interesse Requisitos Ações Corretiva e Preventiva Monitoração, Medição, Análise e Melhoria Relacionamento Inteligência Competitiva Sistemas de Processos: Atividades-fim Atividades-meio da Qualidade Satisfação Público de Interesse Mercado\ Cliente\ Sociedade Entrada Saída

34 do Contrato Como foi especificado Como foi projetado Como foi cotado e adquirido Normalização Requisitos Como foi construído Como foi instalado pretendido pelo cliente

35 Planejamento e Planejar e desenvolver todos os processos para realização do produto. O planejamento da realização do produto deve ser coerente com os requisitos de outros processos do SGQ. Registrar evidências de que o processo está atendendo aos requisitos do cliente.

36 Planejamento e Ao planejar a realização do produto, a organização deve determinar o seguinte, quando apropriado: Objetivos da qualidade e requisitos para o produto; Necessidade de estabelecer processos e documentos e prover recursos específicos para o produto; Verificação, validação, monitoração, inspeção e atividades de ensaio requeridas para o produto e aceitação.

37 Processos Relacionados a Clientes Estabelecer processo para identificar requisitos do cliente antes de assinar contrato ou aceitar pedidos. Garantir que as necessidades do cliente sejam compreendidas e atendidas. Assegurar-se da real capacidade da organização para atender aos requisitos do cliente. Proceder a análise crítica das especificações fornecidas pelo cliente. Somente assinar contratos compatíveis com a sua real capacidade de implementação. Garantir a satisfação do cliente.

38 Medição, Análise e Melhoria Generalidades Planejar e implementar processos necessários de monitoramento, medição, análise e melhoria para: Demonstrar a conformidade do produto; Assegurar a conformidade do SGQ; Melhorar continuamente a eficácia do SGQ. Incluir a determinação dos métodos aplicáveis com a introdução de técnicas estatísticas e a extensão do seu uso.

39 Monitoramento e Medição Satisfação dos Clientes Como uma das medições do desempenho do SGQ devemos monitorar informações relativas à percepção do cliente sobre se a organização atendeu aos requisitos estabelecidos para processos e produtos. Os métodos para obtenção e uso dessas informações devem ser determinados.

40 Controle de Não Conforme Definir providências para controlar produtos não conformes. Garantir que o produto não conforme seja controlado para evitar uso inadvertido ou entrega não intencional. Analisar criticamente a natureza das não conformidades, determinar ações a serem tomadas e exercer controle rígido sobre produto não conforme. As não conformidades devem ser: prevenidas, corrigidas ou ajustadas. 1/2

41 Controle de Não Conforme Definir a destinação do produto não conforme: pode ser aceito sob concessão; realocado para aplicação válida; rejeitado. Manter registros sobre a natureza das não conformidades e quaisquer ações corretivas ou preventivas, bem como das concessões obtidas (ver 4.2.4). 2/2

42 Melhoria Contínua A organização deve continuamente melhorar a eficácia do SGQ por meio do uso da política da qualidade, objetivos da qualidade, resultados de auditorias, análise de dados, ações corretivas e preventivas e análise crítica pela direção. Não basta fazer correto uma vez, é preciso perseverar, aperfeiçoar e melhorar continuamente todos os processos e produtos.

43 Ação Corretiva Investigar as causas-raiz e estabelecer processos para sanar as não conformidades reais. Analisar criticamente as causas-raiz e determinar as ações necessárias à prevenção de recorrências de não conformidades reais. Monitorar e manter registros da eficácia das ações corretivas implementadas.

44 Ação Preventiva Investigar as causas e estabelecer processos para sanar as não conformidades potenciais. Estabelecer processos para eliminar causas de não conformidades potenciais. Analisar criticamente as causas e determinar as ações necessárias para prevenir as não conformidades potenciais. Monitorar e manter registros da eficácia das ações preventivas implementadas.

Gerencial Industrial ISO 9000

Gerencial Industrial ISO 9000 Gerencial Industrial ISO 9000 Objetivo: TER UMA VISÃO GERAL DO UM SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE: PADRÃO ISO 9000 Qualidade de Processo Qualidade do produto não se atinge de forma espontânea. A qualidade

Leia mais

AULA 02 Qualidade em TI

AULA 02 Qualidade em TI Bacharelado em Sistema de Informação Qualidade em TI Prof. Aderson Castro, Me. AULA 02 Qualidade em TI Prof. Adm. Aderson Castro, Me. Contatos: adersoneto@yahoo.com.br 1 Qualidade de Processo A Série ISO

Leia mais

Por Constantino W. Nassel

Por Constantino W. Nassel NORMA ISO 9000 SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2000 REQUISITOS E LINHAS DE ORIENTAÇÃO PARA IMPLEMENTAÇÃO Por Constantino W. Nassel CONTEÚDOS O que é a ISO? O que é a ISO 9000? Histórico Normas

Leia mais

A Implantação do Sistema do Sistema da Qualidade e os requisitos da Norma ISO NBR 9001:2000

A Implantação do Sistema do Sistema da Qualidade e os requisitos da Norma ISO NBR 9001:2000 1. A Norma NBR ISO 9001:2000 A Implantação do Sistema do Sistema da Qualidade e os requisitos da Norma ISO NBR 9001:2000 A ISO International Organization for Standardization, entidade internacional responsável

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE ANO:2010

GESTÃO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE ANO:2010 GESTÃO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE ANO:2010 1 Professor: José Antonio Lopes Macedo Ano: 2010 2 1 APRESENTAÇÕES Nome: Onde trabalha: Quanto tempo: Experiência em gestão da Qualidade: Objetivos: 3 APRESENTAÇÃO

Leia mais

ESTRUTURA ISO 9.001:2015

ESTRUTURA ISO 9.001:2015 Sistema de Gestão Qualidade (SGQ) ESTRUTURA ISO 9.001:2015 ESTRUTURA ISO 9.001:2015 Objetivos: Melhoria da norma existente; Melhoria do entendimento e facilidade de uso; Compatibilidade com a ISO 14001:2015;

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos ISO 9001:2008 GESTÃO DE QUALIDADE O que é ISO? ISO = palavra grega que significa Igualdade O Comitê - ISO A Organização Internacional de Normalização (ISO) tem sede em Genebra na Suíça, com o propósito

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA PROFESSOR ALYSSON DAROWISH. Diana Palhano Ludmila Ventilari

CERTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA PROFESSOR ALYSSON DAROWISH. Diana Palhano Ludmila Ventilari CERTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA PROFESSOR ALYSSON DAROWISH MITRAUD Diana Palhano Ludmila Ventilari O que é Qualidade? Conceito de gestão: Conforme Deming: é a satisfação do cliente e melhoria contínua O que

Leia mais

Qualidade: reflexões e críticas

Qualidade: reflexões e críticas Qualidade: reflexões e críticas Por José Silvino Filho Silvino.qualidade@gmail.com 03 Notas Técnicas Ano I Maio de 2009 RESULTADOS ESPERADOS COM A IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE - SGQ

Leia mais

LISTA DE VERIFICAÇÃO

LISTA DE VERIFICAÇÃO LISTA DE VERIFICAÇÃO Tipo de Auditoria: AUDITORIA DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE Auditados Data Realização: Responsável: Norma de Referência: NBR ISO 9001:2008 Auditores: 4 SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

Leia mais

DESCRITORES (TÍTULOS E TERMOS)

DESCRITORES (TÍTULOS E TERMOS) SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE FAMÍLIA NBR ISO 9000 INDEXAÇÃO TEMÁTICA Abordagem de processo [VT: Princípios de Gestão da Qualidade] 0.2 / 2.4 0.2 / 4.3 0.2 Abordagem de sistemas de gestão da qualidade

Leia mais

Ação Preventiva Ação para eliminar a causa de um potencial não-conformidade ou outra situação potencialmente indesejável.

Ação Preventiva Ação para eliminar a causa de um potencial não-conformidade ou outra situação potencialmente indesejável. A Ação Corretiva Ação para eliminar a causa de uma não-conformidade identificada ou outra situação indesejável. Ação Preventiva Ação para eliminar a causa de um potencial não-conformidade ou outra situação

Leia mais

Treinamento e-learning. Interpretação e implantação da ISO 9001:2015

Treinamento e-learning. Interpretação e implantação da ISO 9001:2015 Treinamento e-learning Interpretação e implantação da ISO 9001:2015 Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa da

Leia mais

ISO 9000:2005 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO As Normas da família ISO 9000

ISO 9000:2005 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO As Normas da família ISO 9000 ISO 9000:2005 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário João Noronha ESAC/IPC 1 As Normas da família ISO 9000 ISO 9000 descreve os fundamentos de sistemas de gestão da qualidade e especifica

Leia mais

Formação Técnica em Administração. Modulo de Padronização e Qualidade

Formação Técnica em Administração. Modulo de Padronização e Qualidade Formação Técnica em Administração Modulo de Padronização e Qualidade Competências a serem trabalhadas ENTENDER OS REQUISITOS DA NORMA ISO 9001:2008 E OS SEUS PROCEDIMENTOS OBRIGATÓRIOS SISTEMA DE GESTÃO

Leia mais

FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DE GESTÃO DA QUALIDADE PARTE 1

FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DE GESTÃO DA QUALIDADE PARTE 1 FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DE GESTÃO DA QUALIDADE PARTE 1 Curso realizado de 23 a 26 de agosto /2010 OBJETIVO PARTE 1: Capacitar os participantes para: Ter habilidade para avaliar os requisitos da

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 OBJETIVOS O que é Qualidade Entender o ciclo PDCA Apresentar técnicas para garantir a qualidade de software Apresentar ferramentas para

Leia mais

Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006

Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006 Curso e Learning Sistema de Gestão de Segurança da Informação Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006 Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste

Leia mais

Elaboração: Everaldo Mota Engenheiro Mecânico/Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho e Gestão Ambiental.

Elaboração: Everaldo Mota Engenheiro Mecânico/Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho e Gestão Ambiental. Elaboração: Everaldo Mota Engenheiro Mecânico/Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho e Gestão Ambiental. Email: everaldomota@yahoo.com.br OBJETIVO * Demonstrar Estudo de Caso de Auditorias

Leia mais

Qualidade: reflexões e críticas

Qualidade: reflexões e críticas Janeiro de 2010 Qualidade: reflexões e críticas 20 Notas Técnicas Por José Silvino Filho Silvino.qualidade@gmail.com Ano I REQUISITOS DE DOCUMENTAÇÃO DO SGQ IX: PROCEDIMENTO DOCUMENTADO - PDQ Professor

Leia mais

Grupo de Extensão em Sistemas de Gestão Ambiental. Sistema de Gestão Ambiental

Grupo de Extensão em Sistemas de Gestão Ambiental. Sistema de Gestão Ambiental Grupo de Extensão em Sistemas de Gestão Ambiental Sistema de Gestão Ambiental 10 SIGA 25 de agosto de 2013 PANGeA O grupo iniciou suas atividades em 2005. Constituído por alunos da ESALQ Projetos internos

Leia mais

CHECKLIST DE AUDITORIA INTERNA ISO 9001:2008

CHECKLIST DE AUDITORIA INTERNA ISO 9001:2008 4 Sistema de gestão da qualidade 4.1 Requisitos gerais A CICON CONSTRUTORA E INCORPORADORA: Determina, documenta, implementa e mantêm um sistema de gestão da qualidade para melhorar continuamente a sua

Leia mais

Requisitos onde as normas ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 requerem informação documentada:

Requisitos onde as normas ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 requerem informação documentada: Com a finalidade de entendermos melhor quais requisitos das normas ISO revisadas requerem a criação de algum tipo de informação documentada, seja ela, procedimento, registro, check lists, especificações,

Leia mais

ABORDAGEM INICIAL DA INTER-RELAÇÃO DE ITENS DAS NORMAS ISO 9001:2008 e 14001:2004

ABORDAGEM INICIAL DA INTER-RELAÇÃO DE ITENS DAS NORMAS ISO 9001:2008 e 14001:2004 ABORDAGEM INICIAL DA INTER-RELAÇÃO DE ITENS DAS NORMAS ISO 9001:2008 e 14001:2004 JOSÉ EDUARDO DO COUTO BARBOSA 1 ALAN FERNANDO TORRES 2 RESUMO A utilização de sistemas integrados se torna, cada vez mais,

Leia mais

Sistema de Avaliação da Conformidade SIAC - Projetos Nível A

Sistema de Avaliação da Conformidade SIAC - Projetos Nível A Programa Mineiro da Qualidade e Produtividade do Habitat - PMQP-H Sistema de Avaliação da Conformidade SIAC - Projetos Nível A PROGRAMA MINEIRO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE NO HABTAT PMQP-H PROGRAMA MINEIRO

Leia mais

Elaboração: José Silvino Filho Consultor de Projetos em Sistemas de Gestão da Qualidade e Documentação Endereço:

Elaboração: José Silvino Filho Consultor de Projetos em Sistemas de Gestão da Qualidade e Documentação Endereço: Elaboração: José Silvino Filho onsultor de Projetos em Sistemas de Gestão da Qualidade e ocumentação Endereço: silvino.qualidade@gmail.com Telefone: (61) 3877-9576, 9631-3707 Registros Históricos aveat

Leia mais

Sistemas de Gestão da Qualidade

Sistemas de Gestão da Qualidade Sistemas de Gestão da Qualidade Normas da série ISO 9000 Foram lançadas pela ISO (International Organization for Standardization) Entidade não governamental criada em 1947, com sede em Genebra - Suíça.

Leia mais

MGQ Manual de Gestão da Qualidade. PDQ - Procedimento Documentado ITQ Instrução de Trabalho PQC Plano da Qualidade de Contrato

MGQ Manual de Gestão da Qualidade. PDQ - Procedimento Documentado ITQ Instrução de Trabalho PQC Plano da Qualidade de Contrato PDQ - Procedimento Documentado ITQ Instrução de Trabalho PQC Plano da Qualidade de Contrato ABNT NBR ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade - Requisitos Matriz de Documentados Obrigatórios PROCEDIMENTOS

Leia mais

Gestão de Processos Introdução Aula 1. Professor: Osmar A. Machado

Gestão de Processos Introdução Aula 1. Professor: Osmar A. Machado Gestão de Processos Introdução Aula 1 Professor: Osmar A. Machado Algumas definições de processos Todo trabalho importante realizado nas empresas faz parte de algum processo. Não existe um produto ou serviço

Leia mais

Segurança da Informação ISO/IEC ISO/IEC 27002

Segurança da Informação ISO/IEC ISO/IEC 27002 Segurança da Informação ISO/IEC 27001 ISO/IEC 27002 ISO/IEC 27001 Prover um modelo para estabelecer, implantar, operar, monitorar, rever, manter e melhorar um Sistema de Gestão da Segurança da Informação.

Leia mais

Definição. Sistema de Gestão Ambiental (SGA):

Definição. Sistema de Gestão Ambiental (SGA): Definição Sistema de Gestão Ambiental (SGA): A parte de um sistema da gestão de uma organização utilizada para desenvolver e implementar sua política ambiental e gerenciar seus aspectos ambientais. Item

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas Rev. 00 de Março/2013 1/208 1/ 42 Rodrigo Sousa Atuação: Instrutor de treinamentos Consultor e Auditor em Sistemas de Gestão da Qualidade

Leia mais

Especificar os requisitos de um Sistema de Gestão Ambiental, permitindo à organização desenvolver e implementar :

Especificar os requisitos de um Sistema de Gestão Ambiental, permitindo à organização desenvolver e implementar : Origem da norma 1-Objetivos Especificar os requisitos de um Sistema de Gestão Ambiental, permitindo à organização desenvolver e implementar : Política e objetivos alinhados com os requisitos legais e outros

Leia mais

Segurança da Informação Aula 9 Políticas de Segurança. Prof. Dr. Eng. Fred Sauer

Segurança da Informação Aula 9 Políticas de Segurança. Prof. Dr. Eng. Fred Sauer Segurança da Aula 9 Políticas de Segurança Prof. Dr. Eng. Fred Sauer http://www.fredsauer.com.br fsauer@gmail.com Política de Segurança de Informações É um documento que serve como mecanismo preventivo

Leia mais

Profa. Dra. Suelí Fischer Beckert

Profa. Dra. Suelí Fischer Beckert Profa. Dra. Suelí Fischer Beckert Apresentar as principais variáveis a serem observadas na gestão da metrologia industrial, transformando barreiras técnicas em requisitos de competitividade. ABNT NBR ISO

Leia mais

Ministério das Cidades

Ministério das Cidades Ministério das idades Secretaria Nacional de Habitação Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat - PBQP-H ANEXO III Sistema de Avaliação da onformidade de Empresas de Serviços e Obras

Leia mais

INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO ISO 9001 ISO /03/2015 QUALIDADE! GERENCIAMENTO DE PROJETOS GESTÃO DE QUALIDADE

INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO ISO 9001 ISO /03/2015 QUALIDADE! GERENCIAMENTO DE PROJETOS GESTÃO DE QUALIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL INTRODUÇÃO 2 GERENCIAMENTO DE PROJETOS Prof.: Heloisa Campos COMPETITIVIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL SATISFAÇÃO DOS CLIENTES! INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO

Leia mais

ÍNDICE DO MÓDULO Atendimento ao cliente Reclamações dos clientes Controle de ensaios e calibrações não conformes

ÍNDICE DO MÓDULO Atendimento ao cliente Reclamações dos clientes Controle de ensaios e calibrações não conformes MÓDULO 4 REQUISITOS 4.7 - Atendimento ao cliente 4.8 - Reclamações dos clientes 4.9 - Controle de ensaios e calibrações não conformes 4.10 - Melhoria continua 4.11 - Ação corretiva 4.12 - Ação preventiva

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Aula N : 11 Tema:

Leia mais

FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 19011:2012 PROF. NELSON CANABARRO

FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 19011:2012 PROF. NELSON CANABARRO FORMAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 19011:2012 PROF. NELSON CANABARRO PRINCÍPIOS ISO 9001:2015 1. Foco no cliente 2. Liderança 3. Engajamento das pessoas 4. Abordagem de processo 5. Melhoria

Leia mais

QUALIDADE Grau até o qual um conjunto de características satisfaz as necessidades! Cumprimento dos requisitos pré determinados no Escopo do projeto;

QUALIDADE Grau até o qual um conjunto de características satisfaz as necessidades! Cumprimento dos requisitos pré determinados no Escopo do projeto; SETOR DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL Prof.ª: MSc.: Heloisa Fuganti Campos 2 COMPETITIVIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL INTRODUÇÃO SATISFAÇÃO DOS CLIENTES! INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO

Leia mais

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes. Gestão de Segurança da Informação Prof. João Henrique Kleinschmidt

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes. Gestão de Segurança da Informação Prof. João Henrique Kleinschmidt Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes Gestão de Segurança da Informação Prof. João Henrique Kleinschmidt Como a SI pode ser obtida? Implementando CONTROLES, para garantir que os objetivos de segurança

Leia mais

RAD1504-Gestão da Qualidade. Modelos Normatizados: ISO 9000; ISO Profa. Dra. Márcia Mazzeo Grande Prof. Dr.

RAD1504-Gestão da Qualidade. Modelos Normatizados: ISO 9000; ISO Profa. Dra. Márcia Mazzeo Grande Prof. Dr. RAD1504-Gestão da Qualidade Modelos Normatizados: ISO 9000; ISO 14000 Profa. Dra. Márcia Mazzeo Grande Prof. Dr. Erasmo José Gomes Econômica Modelo de negócio sustentável Social Ambiental Triple Bottom

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade

Sistema de Gestão da Qualidade LV -001 0 Página 1 de 20 RESUMO DA AUDITORIA Data da auditoria: / / Auditor(es): Pessoas contatadas: Pontos positivos detectados: Pontos que precisam de melhoria: Não Conformidades Encontradas: Assinatura

Leia mais

Módulo 7 Estrutura da norma ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade - Requisitos Requisitos 8.1, 8.2 e 8.3

Módulo 7 Estrutura da norma ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade - Requisitos Requisitos 8.1, 8.2 e 8.3 Módulo 7 Estrutura da norma ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade - Requisitos Requisitos 8.1, 8.2 e 8.3 Estrutura da norma Sistema de Gestão da Qualidade 4 C L I E N R E Q U I S 5 Responsabilidade

Leia mais

ISO 9001: Abordagem de processo

ISO 9001: Abordagem de processo ISO 9001:2008 0.2. Abordagem de processo Apesar dos requisitos da ISO 9001 propriamente ditos só começarem no item 4 da norma, o item 0.2 Abordagem de processo, é uma exigência básica para a aplicação

Leia mais

CHECK-LIST ISO 14001:

CHECK-LIST ISO 14001: Data da Auditoria: Nome da empresa Auditada: Auditores: Auditados: Como usar este documento: Não é obrigatório o uso de um check-list para o Sistema de Gestão. O Check-list é um guia que pode ser usado

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO TÍTULO: PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE AUDITORIA Revisão/Ano: 01/2018 Classificação SIGDA: SUMÁRIO 01. OBJETIVO 02. CAMPO DE APLICAÇÃO 03. RESPONSABILIDADES 04. DEFINIÇÕES 05.

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE Rev. Elaborador: Aprovador: Data: Código Fl/F 13 Coord. Diretor 09/03/2015-1/10 1. Objetivo Este Manual da Qualidade descreve o Sistema de Gestão da Qualidade da

Leia mais

Questões sobre a IS014001

Questões sobre a IS014001 Professor: Carlos William Curso/ Disciplina/Período: Administração/ Gestão Ambiental/ 2º ano Aluno: Lázaro Santos da Silva Questões sobre a IS014001 1. A NBR ISO 14001:2004 foi concebida para estabelecer

Leia mais

Introdução - Família ISO 9000

Introdução - Família ISO 9000 Introdução - Família ISO 9000 A ENTIDADE ISO (International Organization for Standardization) É uma Organização Internacional com sede em Genebra, na Suiça, que orienta quanto à normalização em nível mundial.

Leia mais

USO EXCLUSIVO EM TREINAMENTO

USO EXCLUSIVO EM TREINAMENTO USO EXCLUSIVO EM TREINAMENTO Página 1 de 24 Índice Assunto... Pg 0.1 Sistema de Gestão da Qualidade... 04 0.2 Requisitos gerais... 04 0.3 Requisitos de documentação... 06 0.4 Generalidades... 06 1.1 Sistema

Leia mais

Qualidade: reflexões e críticas

Qualidade: reflexões e críticas Qualidade: reflexões e críticas 58 Maio de 2011 Por José Silvino Filho Silvino.qualidade@gmail.com Notas Técnicas Ano II AUDITORIAS DA QUALIDADE: TERMOS E DEFINIÇÕES Professor José Silvino Filho Consultor

Leia mais

Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais

Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais Gestão da Qualidade Total Certificação ISO SUMÁRIO ISO 9001:2000 Requisitos de Gestão da Qualidade ISO 9001:2000 Certificação

Leia mais

Qualidade: reflexões e críticas

Qualidade: reflexões e críticas Qualidade: reflexões e críticas 68 Agosto de 2011 Notas Técnicas Ano III Por José Silvino Filho Silvino.qualidade@gmail.com AÇÕES PREVENTIVAS Professor José Silvino Filho Consultor de Projetos em Sistemas

Leia mais

Gestão de Segurança da Informação. Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006. Curso e- Learning Sistema de

Gestão de Segurança da Informação. Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006. Curso e- Learning Sistema de Curso e- Learning Sistema de Gestão de Segurança da Informação Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006 Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste

Leia mais

Sistema de Gestão Segurança e Saúde Ocupacional (SGSSO) ESTRUTURA ISO :2016

Sistema de Gestão Segurança e Saúde Ocupacional (SGSSO) ESTRUTURA ISO :2016 Sistema de Gestão Segurança e Saúde Ocupacional (SGSSO) ESTRUTURA ISO 45.001:2016 Definição: Objetivos: ESTRUTURA ISO 45.001:2016 Conjunto de ações sistematizadas que visam o atendimento de controle e

Leia mais

Padrões que auxiliam no gerenciamento da qualidade e segurança da informação de uma organização, a figura do profissional qualificado neste contexto

Padrões que auxiliam no gerenciamento da qualidade e segurança da informação de uma organização, a figura do profissional qualificado neste contexto Padrões que auxiliam no gerenciamento da qualidade e segurança da informação de uma organização, a figura do profissional qualificado neste contexto e como obter a qualificação para atender esta demanda.

Leia mais

Sistema da Gestão da Qualidade. Agradecimentos ao Prof. Robson Gama pela criação da apresentação original

Sistema da Gestão da Qualidade. Agradecimentos ao Prof. Robson Gama pela criação da apresentação original Sistema da Gestão da Qualidade Agradecimentos ao Prof. Robson Gama pela criação da apresentação original 1 CONCEITO QUALIDADE O que é Qualidade? 2 Qualidade Conjunto de características de um objeto ou

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Aula N : 11 Tema:

Leia mais

10) Implementação de um Sistema de Gestão Alimentar

10) Implementação de um Sistema de Gestão Alimentar Módulo 5 11 2 2 5 5 APPCC 3 3 4 4 10) Implementação de um Sistema de Gestão Alimentar 1. Escopo 2.Responsabilidade da direção 3.Requisitos de documentação 4.Gestão de recursos 5.Realização do produto 6.Medição,

Leia mais

Lista de Verificação - ABNT NBR ISO 9001:2008

Lista de Verificação - ABNT NBR ISO 9001:2008 4.2.2 4.2.2 Manual da qualidade A organização deve estabelecer e manter um manual da qualidade que inclua a) o escopo do sistema de gestão da qualidade, incluindo detalhes e justificativas para quaisquer

Leia mais

Módulo Contexto da organização 5. Liderança 6. Planejamento do sistema de gestão da qualidade 7. Suporte

Módulo Contexto da organização 5. Liderança 6. Planejamento do sistema de gestão da qualidade 7. Suporte Módulo 3 4. Contexto da organização 5. Liderança 6. Planejamento do sistema de gestão da qualidade 7. Suporte Sistemas de gestão da qualidade Requisitos 4 Contexto da organização 4.1 Entendendo a organização

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE. Aula 7 ISO 9.000

GESTÃO DA QUALIDADE. Aula 7 ISO 9.000 GESTÃO DA QUALIDADE Aula 7 ISO 9.000 ISO International Organization for Standardization CONCEITO A expressão ISO 9000 designa um grupo de normas técnicas que estabelecem um modelo de gestão da qualidade

Leia mais

Sistema de Gestão Segurança e Saúde do Trabalho (SGSSO) ESTRUTURA ISO 45001:2018

Sistema de Gestão Segurança e Saúde do Trabalho (SGSSO) ESTRUTURA ISO 45001:2018 Sistema de Gestão Segurança e Saúde do Trabalho (SGSSO) ESTRUTURA ISO 45001:2018 Definição: Objetivos: Conjunto de ações sistematizadas que visam o atendimento de controle e melhoria do nível de desempenho

Leia mais

Normas ISO:

Normas ISO: Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Normas ISO: 12207 15504 Prof. Luthiano Venecian 1 ISO 12207 Conceito Processos Fundamentais

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF-108 Segurança da Informação Gestão de Segurança da Informação Prof. João Henrique Kleinschmidt Segurança da Informação Preservação de: Confidencialidade Integridade Disponibilidade Como a SI pode ser

Leia mais

Treinamento 2015 Módulo 1 ISO 9001

Treinamento 2015 Módulo 1 ISO 9001 Treinamento 2015 Módulo 1 ISO 9001 OBJETIVO: Revisão dos conceitos de qualidade, fundamentos e requisitos da NBR ISO 9001:2008 PÚBLICO ALVO: Auditores internos; Representantes da Direção (RDs); Gestores

Leia mais

ISO /2018 O QUE EFETIVAMENTE MUDOU?

ISO /2018 O QUE EFETIVAMENTE MUDOU? ISO 45.001/2018 O QUE EFETIVAMENTE MUDOU? SAIBA TUDO O QUE FOI ALTERADO COM ESTA SIGNIFICATIVA MUDANÇA. BOA LEITURA! www.ambito.com.br Material elaborado pela sócia e consultora jurídica Cristiane botelho

Leia mais

Nova versão da ISO 22000: visão geral das principais mudanças propostas e seus impactos. Cíntia Malagutti 28/05/18

Nova versão da ISO 22000: visão geral das principais mudanças propostas e seus impactos. Cíntia Malagutti 28/05/18 Nova versão da ISO 22000: visão geral das principais mudanças propostas e seus impactos Cíntia Malagutti 28/05/18 Aprovada com 94% de consenso (votos contra: Austrália, Irlanda e EUA), dentre os especialistas

Leia mais

OHSAS 18001:2007 SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL

OHSAS 18001:2007 SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL OHSAS 18001:2007 SAÚDE E SEGURANÇA OCUPACIONAL Requisitos gerais, política para SSO, identificação de perigos, análise de riscos, determinação de controles. CICLO DE PDCA (OHSAS 18001:2007) 4.6 ANÁLISE

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001:2015

Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001:2015 Departamento de Gestão e Economia - DAGEE Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001:2015 Prof. Francisco R. Lima Jr. eng.franciscojunior@gmail.com Roteiro da aula Introdução Principais alterações em relação

Leia mais

Módulo 5. Estrutura da norma ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade - Requisitos Requisitos 6.1, 6.2, 7.1, 7.2 e 7.3

Módulo 5. Estrutura da norma ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade - Requisitos Requisitos 6.1, 6.2, 7.1, 7.2 e 7.3 Módulo 5 Estrutura da norma ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da Qualidade - Requisitos Requisitos 6.1, 6.2, 7.1, 7.2 e 7.3 Estrutura da norma Sistema de Gestão da Qualidade 4 C L I E N R E Q U I S 5 Responsabilidade

Leia mais

ISO/IEC Roteiro IEC ISO. Histórico ISO/IEC ISO

ISO/IEC Roteiro IEC ISO. Histórico ISO/IEC ISO Roteiro Processos do Ciclo de Vida de Software Diego Martins dmvb@cin.ufpe.br Histórico Objetivos Organização Processos Fundamentais Processos Organizacionais de Processo IEC ISO International Electrotechnical

Leia mais

IATF - International Automotive Task Force IATF 16949:2016 Interpretações Sancionadas

IATF - International Automotive Task Force IATF 16949:2016 Interpretações Sancionadas :2016 Interpretações Sancionadas A 1 a edição da foi publicada em outubro de 2016 e entrou em vigor em 1º de janeiro de 2017. As seguintes Interpretações Sancionadas foram determinadas e aprovadas pela

Leia mais

Ética Conduta Respeito Confiabilidade Responsabilidade

Ética Conduta Respeito Confiabilidade Responsabilidade Ações Corretivas, Preventivas e Melhorias Sistema de Gestão da Qualidade Homologação e Avaliação de Fornecedores Métodos e Processos Auditorias ISO9001 ISO14001 Melhoria Contínua Ética Conduta Respeito

Leia mais

Visão Geral da Norma ISO/IEC 12207

Visão Geral da Norma ISO/IEC 12207 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA Visão Geral da Norma ISO/IEC 12207 Engenharia de Software 2o. Semestre

Leia mais

Etapa 6 - Elaboração da documentação da qualidade

Etapa 6 - Elaboração da documentação da qualidade Módulo 3 Etapa 6 Elaboração dos documentos do sistema de gestão da qualidade, Etapa 7 Implementação dos requisitos planejados, Etapa 8 Palestras de sensibilização em relação à gestão da qualidade e outros

Leia mais

NBR ISO de 2001 (ISO de 1999) Índice

NBR ISO de 2001 (ISO de 1999) Índice Módulo 3 Visão geral da ISO 10015: índice, introdução, objetivos, referências, definições, ciclo do treinamento, aquisição de produtos, envolvimento do pessoal, definição das necessidades de treinamento

Leia mais

GERENCIAMENTO DA QUALIDADE DO PROJETO

GERENCIAMENTO DA QUALIDADE DO PROJETO GERENCIAMENTO DA QUALIDADE DO PROJETO Planejar a Qualidade O gerenciamento da qualidade do projeto inclui os processos e as atividades da organização executora que determinam as políticas de qualidade,

Leia mais

IATF - International Automotive Task Force IATF 16949:2016 Interpretações Sancionadas

IATF - International Automotive Task Force IATF 16949:2016 Interpretações Sancionadas :2016 Interpretações Sancionadas A 1 a edição da foi publicada em outubro de 2016 e entrou em vigor em 1º de janeiro de 2017. As seguintes Interpretações Sancionadas foram determinadas e aprovadas pela

Leia mais

Implantação de Sistema Gestão Integrado SGI integração dos Sistemas de Gestão da Qualidade. Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional

Implantação de Sistema Gestão Integrado SGI integração dos Sistemas de Gestão da Qualidade. Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADO - QUALIDADE, MEIO AMBIENTE, SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL Empresa: Cristal Raidalva Rocha OBJETIVO Implantação de Sistema Gestão Integrado SGI integração dos

Leia mais

Revisão da ISO 14001:2015. Fernanda Spinassi

Revisão da ISO 14001:2015. Fernanda Spinassi Revisão da ISO 14001:2015 Fernanda Spinassi Requisito 4 Contexto da Organização Está mais claramente definida a obrigação de monitorar e analisar criticamente as questões externas e internas da organização

Leia mais

Objetivos do treinamento:

Objetivos do treinamento: Objetivos do treinamento: Abordagem sobre Sistema de Gestão Explanar sistema ISO e requisitos regulamentares; Abordagem sobre PDCA ; Explanar conceitos de melhoria contínua ; Explanar sobre o processo

Leia mais

Segurança da Informação Aula 10 SGSI ISO e Prof. Dr. Eng. Fred Sauer

Segurança da Informação Aula 10 SGSI ISO e Prof. Dr. Eng. Fred Sauer Segurança da Informação Aula 10 SGSI ISO 27001 e 27002 Prof. Dr. Eng. Fred Sauer http://www.fredsauer.com.br fsauer@gmail.com Partes Interessadas ABNT NBR ISO/IEC 27001:2013 Plan Ciclo PDCA Estabelecimento

Leia mais

AüISO 9001:2015. Uma norma para um contexto mais complexo e dinâmico LUIZ NASCIMENTO

AüISO 9001:2015. Uma norma para um contexto mais complexo e dinâmico LUIZ NASCIMENTO AüISO 9001:2015 Uma norma para um contexto mais complexo e dinâmico LUIZ NASCIMENTO Adotar um sistema de gestão da qualidade é uma decisão estratégica! 2 A estratégia precisa permear a organização Alta

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II [Qualidade] Adriano J. Holanda 7/8/2017 Qualidade Definição: Do latim qualitas, qualidade é um atributo ou propriedade. Em negócios, engenharia e manufatura, qualidade tem o significado

Leia mais

#AULÃO EXTRA04 (PROFA. MÔNICA ROBERTA) DE FAMÍLIA ISO9000 (1 a 110)

#AULÃO EXTRA04 (PROFA. MÔNICA ROBERTA) DE FAMÍLIA ISO9000 (1 a 110) #AULÃO EXTRA04 (PROFA. MÔNICA ROBERTA) DE FAMÍLIA ISO9000 (1 a 110) #FAMÍLIA ISO9000 (MRS/APO/QLDE/ISO/9001/2008) 01- No Tópico Introdução, sobre generalidades, convém que a adoção de um sistema de gestão

Leia mais

Sistemas de gestão da qualidade - Diretrizes para melhorias de desempenho

Sistemas de gestão da qualidade - Diretrizes para melhorias de desempenho DEZ 2000 NBR ISO 9004 ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Sistemas de gestão da qualidade - Diretrizes para melhorias de desempenho Sede: RiodeJaneiro Av. Treze de Maio, 13 28º andar CEP 20003-900

Leia mais

Quando usada em um sistema de gestão da qualidade, esta abordagem enfatiza a importância de:

Quando usada em um sistema de gestão da qualidade, esta abordagem enfatiza a importância de: ISO/TS 16949:2002 Sistemas de Gestão da Qualidade Requisitos particulares para aplicação da ISO 9001:2000 para organizações de produção automotiva e peças de assistência relevantes 0 Introdução 0.1 Generalidades

Leia mais

1 Conceitos da qualidade

1 Conceitos da qualidade 1 Conceitos da qualidade Gestão da qualidade Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa/Escola Superior do Vale do Ave Alguns mitos da qualidade (Pires, 2007) A qualidade não se controla, fabrica-se a qualidade

Leia mais

1. Principais diferenças 2008/ 2015

1. Principais diferenças 2008/ 2015 1. Principais diferenças 2008/ 2015 1.1. Objetivos da revisão da norma e campo de aplicação Fig. 1 Objetivos de revisão da norma A Norma é aplicável a todas as organizações que necessitam demonstrar a

Leia mais

Atuar no planejamento e execução das Auditorias da Qualidade. Estabelecer lista de verificação para auditoria;

Atuar no planejamento e execução das Auditorias da Qualidade. Estabelecer lista de verificação para auditoria; Página 1 de 9 AUDITORIAS DA QUALIDADE ETAPA 1. Objetivo geral: Atuar no planejamento e execução das Auditorias da Qualidade. Desempenho esperado: Estabelecer programa anual de auditorias; Elaborar agenda

Leia mais

TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL. Gestão da Qualidade Aula 09 Prof. Ms. Claudemir Claudino Alves

TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL. Gestão da Qualidade Aula 09 Prof. Ms. Claudemir Claudino Alves TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Gestão da Qualidade Aula 09 Prof. Ms. Claudemir Claudino Alves Principios da Qualidade: I. Foco no Cliente; II. Liderança; III. Engajamento das pessoas; IV. Abordagem por

Leia mais

Organização da Disciplina. Auditoria em Certificação Ambiental. Aula 1. Organização da Aula. Gestão Ambiental. Contextualização

Organização da Disciplina. Auditoria em Certificação Ambiental. Aula 1. Organização da Aula. Gestão Ambiental. Contextualização Auditoria em Certificação Ambiental Aula 1 Prof. Luiz Antonio Forte Organização da Disciplina Aula 1 Sistemas de gestão, conceitos e diretrizes gerais Aula 2 Auditorias ambientais, critérios de qualificação

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE QUALIDAADE

SISTEMA DE GESTÃO DE QUALIDAADE SISTEMA DE GESTÃO DE QUALIDAADE Novidades da nova norma ISO 9001:2015 Principais mudanças na norma ISO 9001:2015 Foco nas ações planejadas baseadas no mapeamento de processos, análise e gestão de riscos

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA CERCIPENICHE PARA A QUALIDADE.

DIAGNÓSTICO DA CERCIPENICHE PARA A QUALIDADE. Norma de referência Auditores Âmbito José António Carvalho de Sousa Formação Profissional e Emprego Cátia Leila Almeida Santana Objetivo Avaliar a situação atual da Cercipeniche frente às exigências da

Leia mais