RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM GRADUAÇÃO PRESENCIAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM GRADUAÇÃO PRESENCIAL"

Transcrição

1 RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL 2º SEMESTRE 2014

2 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO GERENCIAL DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE 2º SEMESTRE 2014 MODALIDADE PRESENCIAL Coordenador Hélio Rubens Godoy Lechinewski CURITIBA 2014

3 Disponível no arquivo físico do setor e pasta de rede: X:\CPA \PESQUISAS AVAL INSTITUCIONAL\2014\ Desempenho Docente 2ºSemestre Núcleo Técnico Danielli Cristiane dos Santos Simone Zampier da Silva Centro Universitário Internacional UNINTER Comissão Própria de Avaliação Rua do Rosário, 147 Curitiba Paraná CEP Fone:

4 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO CONSIDERAÇÕES DA CPA: Representatividade: Avaliação de Desempenho Docente: Avaliação do AVA: RESULTADOS DA PESQUISA: Desempenho Docente por Quesito Resultados Desempenho Docente por Curso Bacharelado e Licenciatura Resultados Desempenho Docente por Curso Tecnológicos Desempenho Docente por Curso e Quesito Bacharelado e Licenciatura Desempenho Docente por Curso e Quesito Tecnológicos AVALIAÇÃO DO AMBIEMTE VIRTUAL DE RESULTADOS DA PESQUISA- (Comparativo ) Avaliação do AVA por Curso - Bacharelado e Licenciatura Avaliação do AVA por Curso - Tecnológicos APÊNDICE 1 INSTRUMENTO DE COLETA DE DADOS APÊNDICE 2 CARTAZES DE DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

5 1. APRESENTAÇÃO PÚBLICO-ALVO: corpo discente dos cursos de graduação da modalidade presencial. PERÍODO DE APLICAÇÃO: 29 de novembro a 15 de dezembro de REPRESENTATIVIDADE: dos alunos matriculados na data de aplicação desta avaliação deles responderam à pesquisa, representando 53,8% da comunidade discente. REPRESENTATIVIDADE POR CURSO BACHARELADO E LICENCIATURA Curso Alunos Ativos Frequência % Administração de Empresas ,7% Ciência Política ,8% Ciências Contábeis ,3% Direito ,0% Jornalismo ,9% Pedagogia ,7% Publicidade, Propaganda e Marketing ,4% Relações Internacionais ,2% Secretariado Executivo Trilíngue ,3% Turismo ,5% TOTAL ,7% Nota: as linhas de formação de Administração e o curso de Produção Editorial não foram cadastrados nesta avaliação, pois não abrem turmas pelo menos desde julho de 2012 e possuem um número muito baixo de alunos ativos. 5

6 REPRESENTATIVIDADE DE PARTICIPAÇÃO POR CURSO TECNOLÓGICOS Curso Alunos Ativos Frequência % Análise e Desenvolvimento de Sistemas ,9% Gestão da Produção Industrial ,2% Logística ,4% Processos Gerenciais ,4% Segurança no Trabalho ,6% Sistemas para Internet ,6% TOTAL ,2% Nota: os cursos de Comércio Exterior, Gestão Comercial e Gestão Financeira não foram cadastrados nesta avaliação, pois não abrem turmas pelo menos desde julho de 2012 e possuem um número muito baixo de alunos ativos. METODOLOGIA DE COLETA DE DADOS: aplicação de questionário eletrônico por meio do sistema UNICO. O instrumento de coleta de dados foi composto de 14 questões, as 08 primeiras foram destinadas à avaliação do corpo docente, no segundo bloco foram apresentadas 05 questões referentes à avaliação do Ambiente Virtual de Aprendizagem. No primeiro bloco de questões foi utilizada uma escala numérica variando de 01 a 10, os conceitos atribuídos pelos alunos são processados pelo sistema de avaliação e resultam na média de desempenho docente. No segundo bloco foi utilizada uma escala numérica variando de 1 a 11, onde a última opção de resposta consistia em não tenho condições de avaliar. Ao final havia ainda uma questão aberta, onde os alunos puderam tecer seus comentários, críticas e sugestões, referente a temática da avaliação. A participação dos discentes foi voluntária e não foi solicitada a sua identificação. 6

7 2. CONSIDERAÇÕES DA CPA: 2.1. Representatividade: No acompanhamento da aplicação desta pesquisa observou-se um índice de participação mais expressivo, em relação às pesquisas realizadas nos três últimos semestres. A adesão acima de 50% ocorreu tanto nos cursos de bacharelado e licenciatura (53,7%), como nos cursos tecnológicos (54,2%); representatividade esta que permite informações mais fidedignas e a possibilidade de análises mais confiáveis a partir dos resultados alcançados. Ao observar a adesão mais reduzida nas pesquisas anteriores, a CPA num trabalho coletivo com gestores e coordenadores de Curso, assim como, junto ao DTI (Desenvolvimento de Tecnologia da Informação), intensificou esforços para que a participação às pesquisas por parte do alunado, voltasse a garantir índices de representatividade mais satisfatórios. As ações desenvolvidas, conforme citadas em relatórios anteriores, foram primordiais para avanço significativo na representatividade da participação do corpo discente Avaliação de Desempenho Docente: Sobre a avaliação de desempenho docente, quanto aos cursos de bacharelado, licenciatura e tecnológicos, alcançou-se a média geral 8,7, expressa a partir dos diferentes quesitos avaliados. Cabe destacar que, esta média encontra-se numa curva ascendente, ou seja, foi 8,5 nas duas avaliações em 2013, 8,6 na pesquisa do primeiro semestre de 2014 e, neste semestre alcançou 8,7. Este resultado é satisfatório e expressa a avaliação de uma representatividade considerável de alunos, como já citado acima. Entre os quesitos avaliados, a CPA ressalta novamente, como em Relatórios anteriores, que o quesito melhor avaliado em todos os graus acadêmicos é acerca do domínio de conteúdo por parte dos docentes (9,1) repetindo a potencialidade já identificada em pesquisas anteriores. Complementar a este quesito, identifica-se também, um nível alto de satisfação, quanto à correlação entre a programação 7

8 curricular desenvolvida nas aulas e o conteúdo da avaliação de aprendizagem aplicada em sala (8,9), ou seja, observa-se que o ato avaliativo é processual e reflete o planejamento docente. Quanto aos quesitos que apresentaram índices de satisfação menor, relacionam-se à clareza na apresentação dos conteúdos (didática) e utilização do tempo de aula de forma proveitosa, contudo, ainda que se mantenham com as médias inferiores a 8,7, houve melhorias, variando de 8,3 em 2013 para 8,5 no semestre atual. Entende-se que a média 8,5 é um resultado satisfatório, contudo a CPA observa que os coordenadores de curso, após consulta aos resultados individualizados dos professores, assim como, após leitura das questões abertas, tem a possibilidade de realizar intervenções mais específicas, com os docentes que apresentam maiores fragilidades em alguns quesitos. Ainda quanto ao posicionamento dos alunos nas questões abertas, cabe a CPA destacar, que há vários comentários dos discentes quanto aos aspectos interpessoais (relação professor aluno em âmbito geral, destacando problemas em estabelecer diálogo, postura ética, respeito às normas, etc.), utilização adequada do tempo em sala de aula (atrasos e ausência dos professores sem justificativas e/ou falta de encaminhamento por parte dos coordenadores nestas situações de absenteísmo) e habilidades didáticas ( problemas com planejamento de aula e na seleção e postagem de materiais para estudos e leituras, utilização inadequada de recursos, aulas sem conexão entre teoria e prática ou com o mercado de trabalho (principalmente nos cursos tecnológicos), aulas sem aderência aos conteúdos elencados no Plano de Ensino, incongruências na orientação do Trabalho Interdisciplinar ou Projeto Integrador, entre outros); apontamentos que indicam fragilidades e que são de extrema valia para identificar alguns problemas dos cursos, muitos de caráter individualizado e, a partir desta análise, buscar soluções. Cabe ainda destacar que, especificamente em alguns Cursos, os procedimentos no que tange a Avaliação Semestral foram questionados, aspectos relativos a falta de esclarecimentos quanto à composição da nota, assim como falhas de comunicação com o alunado (por parte dos coordenadores), na execução do calendário e aplicação da mesma. 8

9 Embora a pesquisa não seja sobre infraestrutura, é comum que, ao tecer comentários nas abertas, os alunos abordem assuntos gerais acerca da Instituição como um todo. Cabe a CPA destacar que, em pesquisas anteriores, foram recorrentes as reclamações quanto a rede wi-fi e a higiene nos prédios, com maiores problemas na manutenção da limpeza dos banheiros. Na atual pesquisa, estes aspectos foram tratados como potencialidades da Instituição, pois a maioria dos alunos destacou que houve melhorias; podendo-se afirmar exceções quanto ao Campus Carlos Gomes, em que o alunado indica problemas, especialmente com internet. Ainda quanto à infraestrutura, há reclamações que persistem sobre a qualidade dos laboratórios de informática em alguns prédios, assim como a ausência de laboratórios específicos para os cursos tecnológicos. Houve ainda considerações negativas sobre o atendimento e serviço prestado, no Setor de fotocópias. As análises dos resultados de desempenho docente, assim como a apresentação das questões abertas, que acompanham este Relatório, podem ser utilizados como instrumento de estudo para que os coordenadores de curso, reflitam sobre alternativas de mudanças urgentes e necessárias, nos encaminhamentos pedagógicos dos cursos. Destaca-se ainda, que, no conteúdo das questões abertas, há alunos que questionam sobre a validade da adesão a algumas pesquisas de desempenho docente, pois não observam planos de ação e posicionamento por parte dos gestores, na busca de melhorias. Neste sentido, a CPA entende que, o acompanhamento por curso dos resultados das pesquisas realizadas, é fundamental para que o processo avaliativo se realize em todas as suas dimensões, da sensibilização a um projeto de ação, após a divulgação de resultados, num trabalho preventivo, coletivo e sistemático, a ser realizado a médio e longo prazo Avaliação do AVA: Ao fazer um comparativo entre as pesquisas de 2013 e 2014, quanto ao AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem), observou-se melhorias em todos os quesitos avaliados, nos cursos de bacharelado, licenciatura, assim como, nos tecnológicos. O indicador de satisfação acresceu de 6,9 em 2013, para 7,2 em 2014, expressando melhorias no Sistema. Ao comparar os resultados por curso ( ) entre 9

10 dezesseis cursos avaliados, apenas dois, apresentaram um decréscimo no seu índice de satisfação quanto ao AVA, e um deles se manteve com o mesmo índice de satisfação. Estes resultados, ao serem observados pelos coordenadores, podem possibilitar a identificação de fragilidades específicas nos cursos quanto ao uso do AVA; inclusive diferenciadas dos assuntos avaliados. Entre os quesitos avaliados, ainda há resultados abaixo de 7,0, a destacar a estabilidade do sistema que variou de 6,3 para 6,9 e recursos disponíveis, quesito com a menor variação positiva, de 6,6 para 6,7. Nas questões abertas, há apontamentos dos alunos sobre a necessidade de aulas iniciais de esclarecimentos para utilização do AVA, problemas com postagens de avaliação em que as respostas não foram salvas, comprometendo o processo avaliativo. Quanto à dimensão pedagógica, observa-se maior satisfação dos alunos em relação às atividades docentes, no que tange a postagem de materiais, planos de ensino, rotas de aprendizagem e acessos ao AVA; aspecto este que, teve o apoio e acompanhamento da Coordenação Pedagógica da IES, corroborando com melhorias. Quanto à lentidão no Sistema, foi um aspecto recorrente nos comentários dos alunos, ainda que o quesito estabilidade do sistema, conforme acima citado, tenha apresentado melhorias. Cabe destacar que, em virtude do processo de transição, a partir de outubro de 2014, para um novo modelo do Ambiente Virtual de Aprendizagem (UNIVIRTUS), é provável que, na próxima avaliação surjam novos elementos para análise, visto que todo processo de mudança exige um intervalo para adaptação e implantação de melhorias, preocupação esta, constante do Centro Universitário UNINTER. 10

11 3. RESULTADOS DA PESQUISA: 3.1. Desempenho Docente por Quesito Execução do plano de ensino apresentado no início do período letivo Utilização do tempo de aula de forma proveitosa Uso de exemplos, exercícios e questões exploratórias, facilitando a aprendizagem 8,5 8,7 8,6 Domínio dos conteúdos da sua disciplina 9,1 Retorno aos questionamentos dos alunos 8,8 Clareza (didático) na apresentação dos conteúdos Clareza na apresentação dos critérios a serem utilizados nas avaliações O conteúdo da avaliação reflete o que foi ministrado em sala de aula 8,5 8,7 8,9 11

12 3.2. Resultados Desempenho Docente por Curso Bacharelado e Licenciatura Média Geral - 2º Semestre: 8,7 8,5 9,0 8,7 8,9 8,8 8,5 8,9 8,5 8,8 8,6 Administração de Empresas Ciência Política Ciências Contábeis Direito Jornalismo Pedagogia Public. e Propaganda Relações Internacionais Secretariado Executivo Turismo 12

13 3.3. Resultados Desempenho Docente por Curso Tecnológicos Média Geral - 2º Semestre: 8,7 9,2 8,3 8,9 8,7 8,6 8,5 Análise e Desenvolvimento de Sistemas Gestão da Produção Industrial Logística Processos Gerenciais Segurança no Trabalho Sistemas para Internet 13

14 3.4. Desempenho Docente por Curso e Quesito Bacharelado e Licenciatura 1 Quesito Curso / Semestre Administração de Empresas Ciência Política Ciências Contábeis Direito (Continua) Jornalismo 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 Execução do plano de ensino apresentado no início do período letivo 8,3 8,7 8,8 8,8 8,6 8,7 9,0 8,8 8,1 8,8 Utilização do tempo de aula de forma proveitosa 8,0 8,4 8,4 8,7 8,4 8,5 8,8 8,7 8,0 8,6 Uso de exemplos, exercícios e questões exploratórias, facilitando a aprendizagem 8,0 8,4 8,5 8,8 8,4 8,7 8,8 8,7 7,8 8,7 Domínio dos conteúdos da sua disciplina 8,8 8,9 9,4 9,4 8,9 8,9 9,3 9,3 8,8 9,3 Retorno aos questionamentos dos alunos 8,3 8,5 9,4 9,3 8,6 8,8 9,1 9,1 8,3 9,0 Clareza (didático) na apresentação dos conteúdos 8,0 8,2 8,9 8,9 8,4 8,5 8,8 8,9 8,0 8,7 Clareza na apresentação dos critérios a serem utilizados nas avaliações 8,2 8,5 9,0 9,1 8,5 8,8 8,9 8,9 8,2 8,7 O conteúdo da avaliação reflete o que foi ministrado em sala de aula 8,3 8,7 9,3 9,2 8,8 9,0 9,0 9,0 8,7 8,9 TOTAL 8,2 8,5 9,0 9,0 8,6 8,7 9,0 8,9 8,2 8,8 Total de alunos que avaliaram Em alguns cursos ocorre uma diferença entre o total de alunos que participaram da avaliação e o total de alunos que avaliaram os docentes, pois pode ocorrer que o aluno esteja ativo, mas não tenha cursado nenhuma disciplina presencialmente no semestre. Neste caso ele terá avaliado apenas o Ambiente Virtual de Aprendizagem. 14

15 Quesito Curso / Semestre Pedagogia Publicidade e Propaganda Relações Internacionais Secretariado Executivo Turismo GERAL IES 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 Execução do plano de ensino apresentado no início do período letivo 8,7 8,5 8,2 8,8 8,8 8,6 8,9 8,8 8,5 8,6 8,6 8,7 Utilização do tempo de aula de forma proveitosa 8,5 8,3 8,0 8,6 8,4 8,4 8,9 8,8 7,6 8,4 8,3 8,5 Uso de exemplos, exercícios e questões exploratórias, facilitando a aprendizagem 8,6 8,4 8,1 8,6 8,4 8,5 8,6 8,6 8,1 8,2 8,3 8,6 Domínio dos conteúdos da sua disciplina 9,2 8,9 8,8 9,4 9,2 8,9 9,4 9,2 8,6 9,0 9,0 9,1 Retorno aos questionamentos dos alunos 8,8 8,7 8,4 9,1 8,7 8,6 9,0 8,7 8,6 8,7 8,7 8,8 Clareza (didático) na apresentação dos conteúdos 8,5 8,5 8,0 8,7 8,2 8,2 8,5 8,6 8,3 8,3 8,3 8,5 Clareza na apresentação dos critérios a serem utilizados nas avaliações 8,6 8,4 8,2 8,7 8,6 8,3 8,5 8,6 8,2 8,5 8,5 8,7 O conteúdo da avaliação reflete o que foi ministrado em sala de aula 8,9 8,6 8,5 8,9 8,8 8,7 9,0 8,8 8,4 8,7 8,7 8,9 TOTAL 8,7 8,5 8,3 8,9 8,6 8,5 8,8 8,8 8,3 8,6 8,6 8,7 Total de alunos que avaliaram Conclusão) 15

16 3.5. Desempenho Docente por Curso e Quesito Tecnológicos 2 Quesito Curso/Semestre Análise e Desenvolvimento de Sistemas Gestão da Produção Industrial Logística Processos Gerenciais Segurança no Trabalho Sistemas para Internet GERAL IES 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 1º/14 2º/14 Execução do plano de ensino apresentado no início do período letivo 7,9 8,4 8,5 8,8 8,7 8,7 9,0 8,4 8,8 7,9 8,7 9,3 8,6 8,7 Utilização do tempo de aula de forma proveitosa 7,6 8,2 8,3 8,7 8,8 8,5 8,6 8,3 8,9 7,9 8,3 8,4 8,3 8,5 Uso de exemplos, exercícios e questões exploratórias, facilitando a aprendizagem 7,4 8,0 8,3 8,6 8,7 8,6 8,8 8,5 8,5 8,5 7,8 9,0 8,3 8,6 Domínio dos conteúdos da sua disciplina 8,5 8,7 8,9 9,3 9,7 9,0 9,2 9,3 9,1 8,6 9,7 9,5 9,0 9,1 Retorno aos questionamentos dos alunos 8,1 8,4 8,7 9,0 9,5 8,9 8,8 8,7 9,2 8,7 8,9 9,4 8,7 8,8 Clareza (didático) na apresentação dos conteúdos 7,7 8,0 8,4 8,7 8,8 8,5 8,6 8,5 8,7 8,4 7,7 9,0 8,3 8,5 Clareza na apresentação dos critérios a serem utilizados nas avaliações O conteúdo da avaliação reflete o que foi ministrado em sala de aula 8,1 8,2 8,6 9,0 8,9 8,7 9,0 8,6 8,9 9,0 8,7 9,5 8,5 8,7 8,1 8,5 8,9 9,2 8,9 8,8 9,0 8,9 9,2 9,3 8,2 9,6 8,7 8,9 TOTAL 7,9 8,3 8,6 8,9 9,0 8,7 8,9 8,6 8,9 8,5 8,5 9,2 8,6 8,7 Total de pessoas que avaliaram Em alguns cursos ocorre uma diferença entre o total de alunos que participaram da avaliação e o total de alunos que avaliaram os docentes, pois pode ocorrer que o aluno esteja ativo, mas não tenha cursado nenhuma disciplina presencialmente no semestre. Neste caso ele terá avaliado apenas o Ambiente Virtual de Aprendizagem. 16

17 4. AVALIAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE 4.1 RESULTADOS DA PESQUISA- (Comparativo ) Indicador de Satisfação do AVA por quesito Indicador de Satisfação Geral do AVA ,9 7, ,6 7,6 7,2 7,2 6,9 7,2 6,6 6,7 6,3 6,9 Acesso aos materiais postados pelos docentes Facilidade de postagem dos trabalhos solicitados Facilidade de navegar entre os recursos existentes Recursos disponíveis (chat, fórum) Estabilidade do Sistema 17

18 Indicador de Satisfação do AVA por Quesito Bacharelado e Licenciatura Indicador de Satisfação Geral do AVA ,9 7, ,6 7,6 7,2 7,2 6,9 7,2 6,6 6,7 6,9 6,3 Acesso aos materiais postados pelos docentes Facilidade de postagem dos trabalhos solicitados Facilidade de navegar entre os recursos existentes Recursos disponíveis (chat, fórum) Estabilidade do Sistema Indicador de Satisfação do AVA por Quesito Tecnológicos Indicador de Satisfação Geral do AVA ,9 7, ,7 7,2 7,2 7,5 7,0 7,2 6,7 7,0 6,2 6,7 Acesso aos materiais postados pelos docentes Facilidade de postagem dos trabalhos solicitados Facilidade de navegar entre os recursos existentes Recursos disponíveis (chat, fórum) Estabilidade do Sistema 18

19 4.1.1 Avaliação do AVA por Curso - Bacharelado e Licenciatura Indicador de satisfação calculado em escala de 1 a 10 pontos. (Continua) Quesitos Avaliados Administração Ciência Política Ciências Contábeis Direito Jornalismo Indicador de Satisfação Geral do AVA por curso 6,6 7,5 7,1 6,8 7,4 7,8 6,7 7,2 6,8 6,9 Acesso aos materiais postados pelos docentes 7,2 7,9 7,2 7,2 7,7 8,2 6,6 7,4 7,2 7,7 Facilidade de postagem dos trabalhos solicitados 7,0 7,8 7,6 7,3 7,5 8,3 7,1 7,4 7,5 7,1 Facilidade de navegar entre os recursos existentes 6,7 7,5 7,4 6,5 7,4 7,9 6,9 7,2 6,8 6,9 Recursos disponíveis (chat, fórum) 6,6 7,2 6,5 5,8 7,1 7,1 6,1 6,6 6,2 6,2 Estabilidade do Sistema. 5,8 7,1 6,6 6,8 7,0 7,4 6,7 7,2 6,1 6,4 19

20 Quesitos Avaliados Publicidade e Propaganda Pedagogia Rel. Internacionais Sec. Executivo Turismo Indicador de Satisfação Geral do AVA por curso 6,6 6,6 6,8 7,2 6,2 6,9 7,3 7,3 7,1 7,6 Acesso aos materiais postados pelos docentes 7,2 7,2 6,9 7,4 6,2 7,2 7,8 7,5 7,6 7,6 Facilidade de postagem dos trabalhos solicitados 7,4 6,8 7,1 7,7 6,5 7,7 7,6 7,6 7,7 7,7 Facilidade de navegar entre os recursos existentes 6,6 6,7 6,9 7,2 6,2 6,9 7,3 7,1 6,9 7,6 Recursos disponíveis (chat, fórum) 5,9 5,6 7,1 6,9 5,9 5,5 7,2 7,2 7,2 7,7 Estabilidade do Sistema. 6,0 6,2 6,3 6,9 5,8 6,7 6,6 7,0 5,9 7,5 (Conclusão) 20

21 4.1.2 Avaliação do AVA por Curso - Tecnológicos Indicador de satisfação calculado em escala de 1 a 10 pontos. Quesitos Avaliados Análise e Desenvolvimento de Sistemas Gestão da Produção Industrial Logística Processos Gerenciais Segurança no Trabalho Sistemas para Internet Indicador de Satisfação Geral do AVA por curso 6,3 7,1 7,4 7,6 7,4 7,4 6,7 6,9 5,7 5,1 7,6 8,6 Acesso aos materiais postados pelos docentes 6,9 7,6 7,3 8,0 7,5 8,0 7,2 7,4 7,5 5,7 8,2 9,5 Facilidade de postagem dos trabalhos solicitados 7,0 7,7 7,5 7,8 7,7 7,6 7,1 7,1 3,6 5,2 8,0 9,5 Facilidade de navegar entre os recursos existentes 6,2 6,8 7,5 7,4 7,7 7,7 7,0 6,9 6,8 5,4 7,7 8,5 Recursos disponíveis (chat, fórum) 5,8 6,2 7,6 7,7 7,2 7,2 6,3 6,5 6,8 4,7 6,5 5,5 Estabilidade do Sistema. 5,1 6,6 6,7 6,8 6,7 6,5 6,1 6,4 3,0 3,9 5,8 8,3 21

22 APÊNDICE 1 INSTRUMENTO DE COLETA DE DADOS 22

23 QUESTIONÁRIO: AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE Caro(a) Aluno(a) As respostas obtidas serão tabuladas por turma e curso, sem identificação do aluno, o que garante o sigilo do processo avaliativo. No caso de dúvidas ou problemas no preenchimento da avaliação entre em contato com a CPA Acesse o site da CPA para acompanhamento dos resultados das pesquisas: AVALIAÇÃO DO CORPO DOCENTE O professor cumpre o plano de ensino (conteúdos, atividades e avaliações) apresentado no inicio do período letivo. O professor utiliza o tempo de aula de forma proveitosa. O professor utiliza exemplos, exercícios e questões exploratórias, facilitando a aprendizagem. O professor domina os conteúdos da sua disciplina. O professor responde aos questionamentos dos alunos. O professor é claro (didático) na apresentação dos conteúdos. O professor apresenta com clareza os critérios a serem utilizados nas avaliações. O conteúdo da avaliação reflete o que foi ministrado em sala de aula. Docente... Conceito (1 a 10) AVALIAÇÃO DO SISTEMA AVA Acesso aos materiais postados pelos docentes. Facilidade de postagem dos trabalhos solicitados. Facilidade de navegar entre os recursos existentes. Recursos disponíveis (chat, fórum). Estabilidade do Sistema. CONCEITO (1 a 10) 11-Não tenho condições de avaliar Utilize o espaço abaixo para comentários e sugestões: 23

24 APÊNDICE 2 CARTAZES DE DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 24

25 25

26 26

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM GRADUAÇÃO PRESENCIAL

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM GRADUAÇÃO PRESENCIAL RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM GRADUAÇÃO PRESENCIAL 2º SEMESTRE 2012 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, COORDENAÇÃO E CURSO

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, COORDENAÇÃO E CURSO RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, COORDENAÇÃO E CURSO CURSOS GRADUAÇÃO - PSC 1º SEMESTRE - 2012 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS TUTORES DE POLO DE APOIO PRESENCIAL

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS TUTORES DE POLO DE APOIO PRESENCIAL RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS TUTORES DE POLO DE APOIO PRESENCIAL ENSINO A DISTÂNCIA 2º SEMESTRE - 2014 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, CAD, CRA E SECRETARIA DO POLO MÓDULO C 2010-2011 SUMÁRIO

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, CAD, CRA E SECRETARIA DO POLO MÓDULO C 2010-2011 SUMÁRIO RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, CAD, CRA E SECRETARIA DO POLO MÓDULO C 2010-2011 SUMÁRIO Disponível no arquivo físico do setor e pasta de rede: X:\CPA-FACINTER\PESQUISAS AVAL INSTITUCIONAL\2011\2011-02-08

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE ENSINO EAD

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE ENSINO EAD RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE ENSINO EAD 2º SEMESTRE 2014 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO GERENCIAL DA AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE UTA FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE UTA FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE UTA FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO 2011 FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO GERENCIAL DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

RELATÓRIO DE PESQUISA AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA DE PESQUISA E PRÁTICA PEDAGÓGICA E ESTÁGIO PEDAGOGIA - PRESENCIAL

RELATÓRIO DE PESQUISA AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA DE PESQUISA E PRÁTICA PEDAGÓGICA E ESTÁGIO PEDAGOGIA - PRESENCIAL RELATÓRIO DE PESQUISA AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA DE PESQUISA E PRÁTICA PEDAGÓGICA E ESTÁGIO PEDAGOGIA PRESENCIAL 1º SEMESTRE 2014 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, COORDENAÇÃO E CURSO CURSOS TECNOLÓGICOS - PSC 1º SEMESTRE - 2012

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, COORDENAÇÃO E CURSO CURSOS TECNOLÓGICOS - PSC 1º SEMESTRE - 2012 RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, COORDENAÇÃO E CURSO CURSOS TECNOLÓGICOS - PSC 1º SEMESTRE - 2012 SUMÁRIO CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL - UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA FACINTER - EAD 2º SEMESTRE - 2011 FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO GERENCIAL

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE ENSINO PÓS-GRADUAÇÃO EAD

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE ENSINO PÓS-GRADUAÇÃO EAD RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE ENSINO PÓS-GRADUAÇÃO EAD 2º SEMESTRE CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO GERENCIAL DA AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS TUTORES DE POLO DE APOIO PRESENCIAL

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS TUTORES DE POLO DE APOIO PRESENCIAL RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS TUTORES DE POLO DE APOIO PRESENCIAL ENSINO A DISTÂNCIA 2º SEMESTRE - 2012 Disponível no arquivo físico do setor e pasta de rede: X:\CPA-FACINTER\PESQUISAS

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE,CURSO,TUTORIAS LOCAL E CENTRAL, SISTEMAS UNICO E AVA PEDAGOGIA - EAD UTA ORGANIZAÇÃO ESCOLAR

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE,CURSO,TUTORIAS LOCAL E CENTRAL, SISTEMAS UNICO E AVA PEDAGOGIA - EAD UTA ORGANIZAÇÃO ESCOLAR RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE,CURSO,TUTORIAS LOCAL E CENTRAL, SISTEMAS UNICO E AVA PEDAGOGIA - EAD UTA ORGANIZAÇÃO ESCOLAR 2º SEMESTRE 2012 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER

Leia mais

RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014

RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 2014 Dados da Instituição FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM Código: 508 Faculdade privada sem fins lucrativos Estado: Minas Gerais

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTOAVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2014/01 a 2014/02 APRESENTAÇÃO O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS DISCIPLINAS EAD

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS DISCIPLINAS EAD RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DAS DISCIPLINAS EAD Módulo B - 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO GERENCIAL DAS DISCIPLINAS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Representante da Sociedade Civil Organizada Calixto Nunes da França. Representante Discente Artur da Costa Júnior

Representante da Sociedade Civil Organizada Calixto Nunes da França. Representante Discente Artur da Costa Júnior I DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome: Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte Código da IES INEP: 1547 Caracterização da IES: Instituição Privada Sem Fins Lucrativos Estado: Ceará Cidade: Juazeiro do Norte Composição

Leia mais

FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2SEM2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2SEM2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2SEM2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO Constituída em atendimento à Lei nº 10.861/2004, regulamentada pela Portaria

Leia mais

Calendário de Avaliações 2014

Calendário de Avaliações 2014 Calendário de Avaliações 2014 1º SEMESTRE TUTORES E COORDENADORES DE POLO 10 a 25 04 08 10 e 11 17 05 a 28 19 20 21 Janeiro Período para o aluno de pós-graduação (totalmente on-line) agendar, através do

Leia mais

RESULTADOS DAS AVALIAÇÕES EXTERNAS

RESULTADOS DAS AVALIAÇÕES EXTERNAS RESULTADOS DAS AVALIAÇÕES EXTERNAS Um importante momento do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino superior SINAES, são os processos de avaliação externa, como as visitas realizadas in loco para o credenciamento

Leia mais

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA NÚCLEO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NAI É preciso avaliar para aprimorar CONSIDERAÇÕES INICIAIS A UNISANTA desenvolveu,

Leia mais

Informativo Comissão Própria de Avaliação URI Erechim

Informativo Comissão Própria de Avaliação URI Erechim Informativo Comissão Própria de Avaliação URI Erechim 7ª edição março 2015 Avaliação Institucional: um ato de consolidação para as universidades! Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

UNPBFPB CONHECENDO AS DIRETRIZES DAS DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS 2012.1. Heloysa Helena Coordenação Pedagógica do NEaD

UNPBFPB CONHECENDO AS DIRETRIZES DAS DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS 2012.1. Heloysa Helena Coordenação Pedagógica do NEaD CONHECENDO AS DIRETRIZES DAS DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS 2012.1 Heloysa Helena Coordenação Pedagógica do NEaD João Pessoa/2012 PORQUE PRATICAR A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA? Modalidade educacional autorizada/recomendada

Leia mais

Estratégias de e-learning no Ensino Superior

Estratégias de e-learning no Ensino Superior Estratégias de e-learning no Ensino Superior Sanmya Feitosa Tajra Mestre em Educação (Currículo)/PUC-SP Professora de Novas Tecnologias da Anhanguera Educacional (Jacareí) RESUMO Apresentar e refletir

Leia mais

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista:

Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: Duvidas administrativas dos cursos da EAD Metodista: A metodista é credenciada pelo MEC para o oferecimento de cursos a distância? Sim. A Universidade Metodista de São Paulo recebeu o credenciamento do

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ RELATÓRIO DO QUESTIONÁRIO APLICADO AO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO II SEMESTRE/2014 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA)

Leia mais

UNIVERSIDADE TIRADENTES

UNIVERSIDADE TIRADENTES UNIVERSIDADE TIRADENTES DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA GUIA GERAL DO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE DISCIPLINAS Aracaju Sergipe AGOSTO de 2014 1 UNIVERSIDADE TIRADENTES NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NEAD

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Resultado na ótica discente. Comissão Própria de Avaliação Dezembro/2014

Resultado na ótica discente. Comissão Própria de Avaliação Dezembro/2014 Resultado na ótica discente Comissão Própria de Avaliação Dezembro/2014 Metodologia PÚBLICO-ALVO: Discentes dos cursos de graduação da FAESA. METODOLOGIA DA PESQUISA: A metodologia utilizada por meio de

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORIENTAÇÕES PARA OS ESTUDOS EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Caro (a) Acadêmico (a), Seja bem-vindo (a) às disciplinas ofertadas na modalidade a distância.

Leia mais

Boletim CPA/UFRPE Curso de Zootecnia Unidade Acadêmica de Garanhuns Edição n. 01 Ciclo Avaliativo: 2012-2014

Boletim CPA/UFRPE Curso de Zootecnia Unidade Acadêmica de Garanhuns Edição n. 01 Ciclo Avaliativo: 2012-2014 Edição n. 01 Ciclo Avaliativo: 2012-2014 Apresentando o Boletim CPA: É com enorme satisfação que a Comissão Própria de Avaliação (CPA/UFRPE), responsável por coordenar os processos internos de avaliação

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS DOCENTES 2009/1

AVALIAÇÃO DOS DOCENTES 2009/1 Comissão Própria de Avaliação da Faculdade Araguaia AVALIAÇÃO DOS DOCENTES 2009/1 Membros da CPA: Prof.ª Kátia Cilene Costa Fernandes (Coordenadora Geral) Prof. Antônio Evaldo de Oliveira Prof. Gustavo

Leia mais

UNIVERSIDADE TIRADENTES

UNIVERSIDADE TIRADENTES UNIVERSIDADE TIRADENTES DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA GUIA GERAL DO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE DISCIPLINAS Aracaju Sergipe AGOSTO de 2014 1 UNIVERSIDADE TIRADENTES NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NEAD

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2014/01 a 2014/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Análise

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2014/01 a 2014/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Análise dos resultados

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2014/01 a 2014/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Análise dos resultados

Leia mais

apresentação oral sobre temas concernentes às especificidades do curso de Redes de Computadores;

apresentação oral sobre temas concernentes às especificidades do curso de Redes de Computadores; CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA MANTENEDOR DA ESCOLA DE ENSINO SUPERIOR FABRA Cred. Pela Portaria Ministerial nº 2787 de 12/12/2001 D.O.U. 17/12/2001 Rua Pouso Alegre, nº 49 Barcelona Serra/ES CEP 29166-160

Leia mais

FACULDADE VISCONDE DE CAIRU FAVIC NÚCLEO DE EXTENSÃO PROJETO DE MONITORIA DO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

FACULDADE VISCONDE DE CAIRU FAVIC NÚCLEO DE EXTENSÃO PROJETO DE MONITORIA DO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS FACULDADE VISCONDE DE CAIRU FAVIC NÚCLEO DE EXTENSÃO PROJETO DE MONITORIA DO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS SALVADOR AGO / 2015 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...02 2. JUSTIFICATIVA...02 3. OBJETIVO

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2013/01 a 2013/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Diagnóstico geral

Leia mais

Faculdade HSM Núcleo de Prática Acadêmica (NPA) Manual de orientações para o cumprimento das horas de Atividades Complementares

Faculdade HSM Núcleo de Prática Acadêmica (NPA) Manual de orientações para o cumprimento das horas de Atividades Complementares Faculdade HSM Núcleo de Prática Acadêmica (NPA) Manual de orientações para o cumprimento das horas de Complementares 2014 As Complementares abrangem o ensino, a pesquisa e a extensão, estão fixadas em

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE

PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE - MT 2011 Apresentação Articulado com o novo Plano de Desenvolvimento Institucional (2011-2015)

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO

ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO O curso de Pós-graduação Lato Sensu Especialização em Propriedade Intelectual e Inovação faz parte do Programa de Capacitação dos

Leia mais

Mais do que faculdade, uma escola de empreendedores. Regulamento das Atividades Práticas da Faculdade Montes Belos

Mais do que faculdade, uma escola de empreendedores. Regulamento das Atividades Práticas da Faculdade Montes Belos Mais do que faculdade, uma escola de empreendedores Regulamento das Atividades Práticas da Faculdade Montes Belos São Luís de Montes Belos, novembro de 2011 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES PRÁTICAS DA FACULDADE

Leia mais

FACULDADE MODELO CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO. RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º Semestre de 2010

FACULDADE MODELO CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO. RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º Semestre de 2010 FACULDADE MODELO CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º Semestre de 2010 1. APRESENTAÇÃO O relatório que segue apresenta a Avaliação Institucional da Faculdade Modelo

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010 O Diretor das Faculdades Integradas Campo Grandenses, no uso de suas atribuições regimentais e por decisão dos Conselhos Superior, de Ensino, Pesquisa, Pós Graduação e Extensão e de Coordenadores, em reunião

Leia mais

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do Dimensão 2 As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de

Leia mais

FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 1SEM2015 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 1SEM2015 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 1SEM2015 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO Constituída em atendimento à Lei nº 10.861/2004, regulamentada pela Portaria

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CAPÍTULO I DA NATUREZA E OBJETIVOS

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CAPÍTULO I DA NATUREZA E OBJETIVOS REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CAPÍTULO I DA NATUREZA E OBJETIVOS Art. 1º. O Trabalho de Conclusão de Curso TCC constitui-se numa atividade

Leia mais

Comissão Própria de Avaliação -CPA. Ações e Melhorias Institucionais 2010/2011/2012

Comissão Própria de Avaliação -CPA. Ações e Melhorias Institucionais 2010/2011/2012 Comissão Própria de Avaliação -CPA Ações e Melhorias Institucionais 2010/2011/2012 Comissão Própria de Avaliação - CPA A auto-avaliação objetiva sempre a melhoria da qualidade dos serviços educacionais

Leia mais

Diretrizes Acadêmicas para os Cursos de Graduação

Diretrizes Acadêmicas para os Cursos de Graduação Diretrizes Acadêmicas para os Cursos de Graduação Diretrizes Acadêmicas para os Cursos de Graduação Os cursos oferecidos pela instituição de Ensino Superior IES devem ter seus projetos pedagógicos construídos

Leia mais

Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil

Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E TRABALHO Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil

Leia mais

Organograma do Pronatec/CEDAF 2014

Organograma do Pronatec/CEDAF 2014 Organograma do Pronatec/CEDAF 2014 Supervisor Financeiro Coordenação Geral Apoio Administrativo Supervisor de TI Apoio Financeiro Orientador Pedagógico Apoio Administrativo Avaliação dos Cursos Coordenação

Leia mais

Sumário. 1. Da preparação... 3. 2. Da realização... 6. 3. Da Correção:... 8. 4. Do lançamento das notas:... 9

Sumário. 1. Da preparação... 3. 2. Da realização... 6. 3. Da Correção:... 8. 4. Do lançamento das notas:... 9 Sumário 1. Da preparação... 3 2. Da realização... 6 3. Da Correção:... 8 4. Do lançamento das notas:... 9 2 Guia de Orientações Gerais para a Prova Presencial março/abril 2014 Prezado coordenador/tutor:

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2013/01 a 2013/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Diagnóstico geral

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: CENECT Centro Integrado de Educação, Ciência e UF: PR Tecnologia S/C Ltda. ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade

Leia mais

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO Caro(a) aluno(a), seja bem-vindo às Disciplinas Online da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Bom Despacho e Faculdade de Educação de Bom Despacho. Em pleno século 21, na era digital, não poderíamos

Leia mais

RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2010/02 CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO

RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2010/02 CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2010/02 CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO CATEGORIAS & DIMENSÕES AVALIADAS: DISCENTES:

Leia mais

Relatório da Avaliação pela CPA

Relatório da Avaliação pela CPA 1 Relatório da Avaliação pela CPA 10 de outubro 2011 Visando atender a abrangência necessária no que tange à Avaliação Institucional da AJES, conforme Sistema elaborado pela CPA, este Relatório busca aliar

Leia mais

IF SERTÃO-PE PRONATEC 2015

IF SERTÃO-PE PRONATEC 2015 CONSIDERAÇÕES Em cumprimento ao Regulamento Interno do Pronatec / IFSERTÃO-PE, a partir de 2015 ocorrerá a descentralizados de recursos financeiros, além de outras ações, definindo assim os Campi como

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO DO CURSO DE PEDAGOGIA IFC - CAMPUS CAMBORIÚ. Título I LABORATÓRIO DE ENSINO. Capítulo I Princípios e Diretrizes

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO DO CURSO DE PEDAGOGIA IFC - CAMPUS CAMBORIÚ. Título I LABORATÓRIO DE ENSINO. Capítulo I Princípios e Diretrizes REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO DO CURSO DE PEDAGOGIA IFC - CAMPUS CAMBORIÚ Título I LABORATÓRIO DE ENSINO Capítulo I Princípios e Diretrizes O laboratório de ensino do curso de Licenciatura em Pedagogia

Leia mais

FACULDADE LEGALE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2014 REFERENTE A 2013

FACULDADE LEGALE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2014 REFERENTE A 2013 FACULDADE LEGALE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2014 REFERENTE A 2013 ELABORADO DE ACORDO COM O MODELO DO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - COMISSÃO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CONAES/INSTITUTO NACIONAL

Leia mais

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem...

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 08 Edição do Perfil... 10 Ambiente Colaborar... 11 Iniciando

Leia mais

ASSOCIACAO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS RELATÓRIO GERAL DE REPOSTA DE PROFESSORES. 2º SEMESTRE DE 2013

ASSOCIACAO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS RELATÓRIO GERAL DE REPOSTA DE PROFESSORES. 2º SEMESTRE DE 2013 ASSOCIACAO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS RELATÓRIO GERAL DE REPOSTA DE PROFESSORES. 2º SEMESTRE DE 2013 1.1 Organização Institucional Q1 Cumprimento da missão da

Leia mais

RESOLUÇÃO CSA N.º 03, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2015

RESOLUÇÃO CSA N.º 03, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2015 RESOLUÇÃO CSA N.º 03, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o regulamento do Núcleo de Direitos Humanos das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho Superior de Administração das Faculdades Ponta

Leia mais

Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Abril de 2012 Página 1 de 11 Sumário Introdução 3 Justificativa 5 Objetivos 6 Metodologia 7 Dimensões de

Leia mais

PREPARANDO O ENADE (PARTE INTEGRANTE DO PROCESSO AVALIATIVO DE CURSOS E IES) Gustavo Monteiro Fagundes

PREPARANDO O ENADE (PARTE INTEGRANTE DO PROCESSO AVALIATIVO DE CURSOS E IES) Gustavo Monteiro Fagundes PREPARANDO O ENADE (PARTE INTEGRANTE DO PROCESSO AVALIATIVO DE CURSOS E IES) Gustavo Monteiro Fagundes FONTES LEGAIS Ø Lei do SINAES (Lei n. 10.861/2004): Objetivo SINAES: Assegurar processo nacional de

Leia mais

Comissão Própria de Avaliação - CPA

Comissão Própria de Avaliação - CPA AVALIAÇÃO DO CEFET-RJ PELOS DISCENTES -2010/2 A avaliação das Instituições de Educação Superior tem caráter formativo e visa o aperfeiçoamento dos agentes da comunidade acadêmica e da Instituição como

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE - PADI DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE

REGULAMENTO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE - PADI DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE REGULAMENTO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE - PADI DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE 2013 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO AO DISCENTE PADI DA FACULDADE DE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÃDO

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG ESCOLA DE DESIGN ED COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO NUCLEO INTEGRADOR DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS - NIPP PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 Aprovado pelo

Leia mais

INDICADORES DE GESTÃO

INDICADORES DE GESTÃO INDICADORES DE GESTÃO Os indicadores representam adequadamente a amplitude e diversidade de características do fenômeno monitorado porque são objetivos. Procuramos, em um primeiro instante, criar indicadores

Leia mais

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS Av. Dr. João Beraldo, 1075 Centro Pouso Alegre MG Fone: (35) 3449-8100 Fax: (35) 3499-8102 Rev.: 00 / / Form.: Aprov.: Pág 1 de 1 Ata de Reunião Crítica do Sistema

Leia mais

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS O IESUR/FAAr torna público o presente Edital de Seleção de Monitores Voluntários ou Remunerados para o anos de, em conformidade com o

Leia mais

Instrumento: Docentes

Instrumento: Docentes COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CAMPUS PRESIDENTE EPITÁCIO CURSO: TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Resultado da Autoavaliação Institucional Instrumento: Docentes Presidente Epitácio -

Leia mais

REGULAMENTO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO/PSICOPEDAGÓGICO NAP/NAPP. Do Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico

REGULAMENTO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO/PSICOPEDAGÓGICO NAP/NAPP. Do Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico REGULAMENTO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO/PSICOPEDAGÓGICO NAP/NAPP Capítulo I Do Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico Art. 1º O Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico- NAP/NAPP do Centro de Ensino

Leia mais

Regulamento Institucional do Serviço de Apoio Psicopedagógico SAPP

Regulamento Institucional do Serviço de Apoio Psicopedagógico SAPP Regulamento Institucional do Serviço de Apoio Psicopedagógico SAPP Regulamento Institucional do Serviço de Apoio Psicopedagógico SAPP Art. 1 - Do serviço de apoio Psicopedagógico - SAPP O serviço de apoio

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO COORDENAÇÃO DE CURSO DOCENTES E UNIDADE CURRICULAR ATENDIMENTO AO ALUNO INFRAESTRUTURA COMUNICAÇÃO E IMAGEM

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO COORDENAÇÃO DE CURSO DOCENTES E UNIDADE CURRICULAR ATENDIMENTO AO ALUNO INFRAESTRUTURA COMUNICAÇÃO E IMAGEM FACULDADE SENAC PORTO ALEGRE FSPOA AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO COORDENAÇÃO DE CURSO DOCENTES E UNIDADE CURRICULAR ATENDIMENTO AO ALUNO INFRAESTRUTURA COMUNICAÇÃO E IMAGEM CPA 2013/2 PARTICIPAÇÃO

Leia mais

RESULTADOS ALCANÇADOS

RESULTADOS ALCANÇADOS Política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão 2.1. Coerência das políticas de ensino, pesquisa e extensão com os documentos oficiais. Objetivos Ações Realizadas RESULTADOS ALCANÇADOS

Leia mais

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF Disseminadores de Educação Fiscal Regulamento do Curso Escola de Administração Fazendária ESAF REGULAMENTO CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DO CURSO Art. 1º A Escola de Administração Fazendária ESAF

Leia mais

RESULTADO DE ENQUETE APLICADA PELO PORTAL

RESULTADO DE ENQUETE APLICADA PELO PORTAL 01/11/2012 10:31:12 1 Código Nome da Enquete D. Inicio D. Fim 597 Outras Dimensões - 4º ano A 08/10/12 31/10/12 1-1. 1ª Dimensão Planejamento Institucional: Você acessa as normas institucionais (Regimento,

Leia mais

1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS

1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DOS CURSOS DE DESENVOLVIMENTO DE SERVIDORES PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS 1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS

Leia mais

(Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO

(Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO (Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO... 3 2 ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO Missão: Atuar nas diferentes áreas (administração, planejamento e orientação educacional) com o intuito

Leia mais

FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014

FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014 1 FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014 2 Sumário 1. Introdução... 3 2. Finalidade do Projeto Interdisciplinar... 3 3. Disciplinas Contempladas... 4 4. Material

Leia mais

Elementos Centrais da Metodologia

Elementos Centrais da Metodologia Elementos Centrais da Metodologia Apostila Virtual A primeira atividade que sugerimos é a leitura da Apostila, que tem como objetivo transmitir o conceito essencial de cada conteúdo e oferecer caminhos

Leia mais

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso TCC

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso TCC Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso TCC Capítulo I Das Condições Gerais 1 O aluno do curso, cuja estrutura curricular contemple o TCC, deve se matricular na disciplina conforme as normas institucionais

Leia mais

RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011/02

RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011/02 Curso de Bacharelado em administração COMÉRCIO EXTERIOR t COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011/02 CATEGORIAS & DIMENSÕES AVALIADAS: DISCENTES: Desempenho

Leia mais

NÚCLEO DE APOIO AO ACADÊMICO Projeto de Funcionamento

NÚCLEO DE APOIO AO ACADÊMICO Projeto de Funcionamento NÚCLEO DE APOIO AO ACADÊMICO Projeto de Funcionamento Responsável: Psic. Juliana Cohen MANAUS/AM APRESENTAÇÃO O Núcleo de Apoio ao Acadêmico (NAA) da Faculdade La Salle/Manaus-AM, em consonância com a

Leia mais

SEMINÁRIO DE GRADUAÇÃO ENADE 2015

SEMINÁRIO DE GRADUAÇÃO ENADE 2015 SEMINÁRIO DE GRADUAÇÃO ENADE 2015 ROTEIRO SINAES Princípios e concepções Os Ciclos Avaliativos do Enade e os Indicadores de Qualidade Enade 2015 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO SINAES Responsabilidade : responsabilidade

Leia mais

Relatório Parcial Referente às Atividades da Comissão Própria de Avaliação (CPA) em 2014

Relatório Parcial Referente às Atividades da Comissão Própria de Avaliação (CPA) em 2014 Relatório Parcial Referente às Atividades da Comissão Própria de Avaliação (CPA) em 2014 Introdução Ao longo do primeiro semestre de 2014, a Comissão Própria de Avaliação (CPA), em trabalho conjunto de

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CURSO DE DIREITO CAPITULO I - DA NATUREZA E OBJETIVOS

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CURSO DE DIREITO CAPITULO I - DA NATUREZA E OBJETIVOS REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CURSO DE DIREITO CAPITULO I - DA NATUREZA E OBJETIVOS Art. 1º. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) constitui-se numa atividade

Leia mais

O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, da Faculdade. de maio de 2007, publicada em DOU de 22 de maio de 2007, considerando:

O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, da Faculdade. de maio de 2007, publicada em DOU de 22 de maio de 2007, considerando: Resolução Nº. 024/2010/CONSEPE/ Regulamento de Estágio Supervisionado O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, da Faculdade de Educação e Meio Ambiente, credenciada pela Portaria MEC

Leia mais

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 CONSUC Parecer 12/2008 Aprovado em 02/12/2008 RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 Cria o Núcleo de Educação a Distância (NEAD) e aprova seu Regimento Interno O DIRETOR GERAL DA FACULDADE DAS AMÉRICAS,

Leia mais

Relatório de Avaliação Ensino Aprendizagem Curso Administração Ano de 2011/02 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA

Relatório de Avaliação Ensino Aprendizagem Curso Administração Ano de 2011/02 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DA AMAZÔNIA REUNIDA FESAR Relatório de Avaliação Ensino Aprendizagem Curso Administração Ano de 2011/02 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA Redenção PA 2011 1 SUMÁRIO I APRESENTAÇÃO

Leia mais

Planejamento CPA Metropolitana 2013

Planejamento CPA Metropolitana 2013 Planejamento CPA Metropolitana 2013 1 Planejamento CPA Metropolitana Ano 2013 Denominada Comissão Própria de Avaliação, a CPA foi criada pela Legislação de Ensino Superior do MEC pela Lei 10.861 de 10

Leia mais

ANÁLISE DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO DOCENTE INSTITUCIONAL 2012-2014

ANÁLISE DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO DOCENTE INSTITUCIONAL 2012-2014 AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL ELETRÔNICA 2014 NOTA EXPLICATIVA: I A metodologia de análise dos dados relativos à Avaliação Institucional Eletrônica /2014 considerou: a) os dados gerais da instituição, visando

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA Faculdades Integradas Dom Pedro II São José do Rio Preto - SP

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA Faculdades Integradas Dom Pedro II São José do Rio Preto - SP RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SP 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS As, ao apresentar o Relatório do sistema de autoavaliação (CPA), consideram

Leia mais

EDITAL Nº 017/VRG-DA/2015

EDITAL Nº 017/VRG-DA/2015 EDITAL Nº 017/VRG-DA/2015 DIVULGA O CALENDÁRIO, OS PROCEDIMENTOS E AS CONDIÇÕES PARA A MATRÍCULA DE DISCIPLINAS EM REGIME DE DEPENDÊNCIA, DOS ALUNOS VETERANOS DO CURSO DE PEDAGOGIA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA,

Leia mais

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF Disseminadores de Educação Fiscal Regulamento do Curso Escola de Administração Fazendária ESAF REGULAMENTO CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DO CURSO Art. 1º A Escola de Administração Fazendária ESAF

Leia mais

www.fafia.edu.br PORTARIA - FAFIA Nº 016/2014

www.fafia.edu.br PORTARIA - FAFIA Nº 016/2014 PORTARIA - FAFIA Nº 016/2014 Regulamenta a implantação e os procedimentos para oferta de componentes curriculares em regime semipresencial. A Professora ROSANE MARIA SOUZA DOS SANTOS, Diretora da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA FAESA

REGULAMENTO DE MONITORIA FAESA REGULAMENTO DE MONITORIA FAESA Página 1 de 11 1. CONCEITO / FINALIDADE : A monitoria consiste na atividade de apoio aos alunos das disciplinas de oferta regular do currículo as quais os coordenadores de

Leia mais

Elementos Centrais da Metodologia

Elementos Centrais da Metodologia Elementos Centrais da Metodologia Apostila Virtual A primeira atividade que sugerimos é a leitura da Apostila, que tem como objetivo transmitir o conceito essencial de cada conteúdo e oferecer caminhos

Leia mais

Relatório de Avaliação Institucional da Faculdade de Administração e Artes de Limeira

Relatório de Avaliação Institucional da Faculdade de Administração e Artes de Limeira Relatório de Avaliação Institucional da Faculdade de Administração e Artes de Limeira 2014 Fevereiro / 2015 Limeira SP Sumário 1. Identificação da Instituição:...3 2. Dirigentes:...3 3. Composição da CPA

Leia mais