COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA Faculdades Integradas Dom Pedro II São José do Rio Preto - SP

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA Faculdades Integradas Dom Pedro II São José do Rio Preto - SP"

Transcrição

1 RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DAS FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SP 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS As, ao apresentar o Relatório do sistema de autoavaliação (CPA), consideram importantes os resultados apresentados, uma vez que possibilitam discutir entre seus membros as fragilidades a serem saneadas e as potencialidades que devem ser aprimoradas. Diante disso, esse Relatório constitui um documento importante para que todos os membros da comunidade acadêmica tenham conhecimento do momento em que se encontra a IES. Diante disso, as considerações apresentadas abaixo refletem o trabalho da Comissão Própria de Avaliação, cujos resultados deverão refletir na atividade acadêmica de cada instância ou dimensão. Foram avaliadas três dimensões: a organização didático-pedagógica, corpo social (docente e discente) e infraestrutura. 2. DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome: Código da IES: 3753 Instituição Privada sem fins Lucrativos 3. OBJETIVO O objetivo da aplicação da autoavaliação é coletar dados que, analisados, possam ser utilizados como ferramenta para fundamentar o trabalho docente e administrativo a ser desenvolvido pelas e assegurar a coerência entre as ações planejadas e as metodologias adotadas.

2 4. INTRODUÇÃO Seguindo a determinação da Comissão Nacional de Avaliação do Ensino Superior (CONAES) as apresentam a seguir as ações de 2012 realizadas em 2013 e os trabalhos realizados pela CPA em Ações de 2012 realizadas em 2013 PLANO DE AÇÃO 2012 REALIZADOS EM 2013 DIMENSÕES NECESSIDADE REALIZADO RESPONSÁVEL ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO- PEDAGÓGICO CORPO SOCIAL Revisar a metodologia de ensino aplicada pelos docentes Divulgar os resultados da Avaliação de 2012 Adequar a titularidade do corpo docente Ampliar o horário de atendimento da biblioteca e dos laboratórios Os coordenadores de cursos realizaram a revisão da metodologia de ensino por meio de reuniões com o colegiado. Foram apresentados para os coordenadores de curso os resultados obtidos nas avaliações e os mesmos divulgaram em reuniões do colegiado em Foi adequado o corpo docente em relação a titulação (maior de 30%) e o regime de trabalho parcial ou total (maior de 33,33%) de todos os cursos. Foi ampliado o horário de funcionamento da Biblioteca (8:00 as 22:00 seg. a sexta e sábado das 8:00 as 11:00h) e os laboratórios possuem responsáveis que auxiliam os alunos na sua utilização. Coordenadores de Cursos Coordenadores de Cursos Coordenadores de Cursos e Direção Coordenadores de Cursos e Direção INFRAESTRUTURA Disponibilizar sala de vídeo Foram criadas duas salas de aula "tipo atelier" e uma Direção sala de vídeo. Atualizar computadores e aumentar a quantidade de projetores Foram adquiridos: materiais para todos os laboratórios, novos computadores para uso dos alunos na biblioteca e aparelhos de multimidia. Direção Atualizar Acervo Bibliográfico De acordo com a solicitação do corpo docente foi atualizado o acervo bibliográfico. Docentes, Coordenadores de Cursos e Direção

3 4.2 Trabalho realizado pela CPA em Cronograma A CPA trabalhou com o cronograma abaixo como direcionamento de suas ações e dos prazos para a conclusão dos trabalhos propostos. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES 1 REUNIÕES DE DEBATE E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES 2 ELABORAÇÃO DO QUESTIONÁRIO IES - TÉCNICO ADMINISTRATIVO 2.1 REVISÃO DO QUESTIONÁRIO IES - TÉCNICO ADMINISTRATIVO 2.2 IMPRESSÃO DOS QUESTIONÁRIOS IES - TÉCNICO ADMINISTRATIVO 2.3 PREPARAÇÃO PARA APLICAÇÃO DO QUEST. IES - TÉCNICO ADM. 2.4 APLICAÇÃO DO QUEST. IES - TÉCNICO ADM. 2.5 LEITURA ÓTICA DAS FOLHAS DE RESPOSTAS 2.6 TABULAÇÃO DO QUEST. TÉCNICO ADM. 2.7 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS QUEST. TÉCNICO ADM 3 ELABORAÇÃO DO QUESTIONÁRIO IES - DOCENTES 3.1 REVISÃO DO QUESTIONÁRIO IES - DOCENTES 3.2 IMPRESSÃO DO QUESTIONÁRIO IES - DOCENTES 3.3 PREPARAÇÃO PARA APLICAÇÃO QUESTIONÁRIO IES - DOCENTES 3.4 APLICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO IES - DOCENTES 3.5 LEITURA ÓTICA DAS FOLHAS DE RESPOSTAS 3.6 TABULAÇÃO DO QUESTIONÁRIO IES - DOCENTES 3.7 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS QUESTIONÁRIO IES - DOCENTES 4 ELABORAÇÃO DO QUESTIONÁRIO COORDENADORES - DOCENTES 4.1 REVISÃO DO QUESTIONÁRIO COORDENADORES - DOCENTES 4.2 IMPRESSÃO DO QUESTIONÁRIO COORDENADORES - DOCENTES 4.3 PREPARAÇÃO PARA APLICAÇÃO COORDENADORES - DOCENTES 4.4 APLICAÇÃO DO QUESTIONÁRIO COORDENADORES - DOCENTES 4.5 LEITURA ÓTICA DAS FOLHAS DE RESPOSTAS 4.6 TABULAÇÃO DO QUESTIONÁRIO COORDENADORES - DOCENTES 4.7 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS QUEST. COORDENADORES - DOCENTES 5 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS FINALIZADOS 6 DEFINIÇÃO DO PLANO DE CORREÇÃO CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/ NOV NOV NOV NOV NOV DEZ DEZ Metodologia No ano de 2013, foi planejada a aplicação de dois questionários, um para os docentes avaliarem a Instituição e a Coordenação e outro para os Técnicos Administrativos avaliarem a Instituição. A metodologia aplicada para cada questionário foi diferente, conforme escrito abaixo:

4 Avaliação dos Docentes a) Docentes Avaliando a Instituição: possui 49 questões que estão distribuídas e foram estruturadas em 10 partes, sendo: secretaria, tesouraria, biblioteca, laboratórios, salas de aulas, limpeza, xerox, lanchonete, sala dos professores, site, fachada, materiais e equipamentos didáticos e manutenção. b) Docentes Avaliando a Coordenação do Curso: com 8 questões com a intenção de analisar a atuação dos coordenadores junto aos docentes, quanto a participação, comprometimento, divulgações das metas e dos compromissos assumidos. c) Docentes Avaliando a Coordenação Pedagógica: possui apenas 2 questões básicas, já que o contato dos docentes é maior com os coordenadores do curso. É considerado complementar ao item 2 acima. d) Auto Avaliação do Docente: possui 5 questões relacionadas ao plano de ensino e sua divulgação aos discentes, a integração entre a teoria e prática, sistema de avaliação e o comprometimento do docente junto a Instituição. Este item foi incluído para confrontarmos informações fornecidas pelos docentes e pelos discentes, apenas como forma de validar as informações coletadas, em outras etapas. Após a elaboração e confecção dos questionários, foi feita uma lista de docentes por curso e de acordo com o número de professores, foi separado a quantidade de questionário e folhas de respostas em envelope especifico para cada curso. As regras foram estabelecidas para que as informações fossem coletadas com segurança e veracidade, como: não identificação do docente, sigilo absoluto das informações, aplicação com dia e hora marcados garantindo a não identificação, material de apoio e a

5 participação dos membros da CPA para orientação. A data da aplicação foi definida pelos membros representantes de cada curso em conjunto com os coordenadores, mas todos com a missão de aplicar dentro do prazo determinado, agosto/2013. O curso de Engenharia Civil possui 38 professores e foram respondidos 22 questionários, com uma amostragem de 57,89%. Já o curso de Arquitetura e Urbanismo possui 28 docentes e 21 questionários respondidos, correspondendo à amostragem de 75%. O curso de Administração e Ciências Econômicas conta com 21 docentes, sendo a amostragem de 20 questionários, com uma porcentagem de 95,23% respondidos Avaliação dos Técnicos Administrativos A comissão identificou que a melhor forma para coletar informações seria por meio de questionário aplicado junto ao público alvo. Assim, diversas reuniões foram realizadas até que a comissão conseguisse elaborar um questionário que foi estruturado em 5 partes, sendo: perfil, comunicação, infraestrutura, relações no ambiente de trabalho e chefia/liderança, contendo ao total 29 questões. Procuramos deixá-lo em uma linguagem simples e efetiva. Mas, para evitar que o colaborador tivesse qualquer dificuldade no entendimento e no preenchimento do questionário contamos com a ajuda da Valquíria e da Ana Paula (membros da comissão) para aplicá-lo e para esclarecer quaisquer dúvidas dos colaboradores que pudessem surgir, uma vez que o nível de escolaridade é bem variado entre o grupo. Outro ponto considerado pela comissão foi com relação ao sigilo das informações visando dar aos colaboradores tranquilidade para responderem e para a comissão a garantia na qualidade das informações. Desta forma, os questionários não foram identificados. A aplicação do questionário foi realizada nos dias 9 e 10 de maio de 2013, de um total de 29 colaboradores, foram respondidos 23 questionários, ou seja, a amostragem foi de 79,31%, as respostas foram tabuladas e apresentadas em forma de tabelas.

6 5. CONSIDERAÇÕES FINAIS Com base nos dados levantados por meio dos questionários a CPA identificou, no ano 2013, o que se segue: 5.1 Plano de Ação Consolidado para Dimensão de Infraestrutura e Didático Pedagógico Docentes avaliando a Instituição e a Coordenação CURSO OR ANALISADO NECESSIDADE AÇÃO RECOMENDADA OPERACIONALIZAÇÃO PRAZO RESPONSÁVEL UNIFICADO TESOURARIA BIBLIOTECA LABORATÓRIOS SALAS DE AULA HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO MUDANÇA OU AMPLIAÇÃO DO HORÁRIO DE ATENDIMENTO DIRETORIA 6 MESES DIREÇÃO DISPONIBILIDADE E ATUALIZAÇÃO DE ACERVO POLITICA DE INVESTIMENTOS COORDENADOR DO CURSO 1 ANO DIREÇÃO INFRAESTRUTURA E ACESSIBILIDADE ESTUDO POR PROFISSIONAIS ESPECIFICOS EM CONTO COM OS COLABORADORES DO OR OR DE MANUTENÇÃO 6 MESES DIREÇÃO RECURSOS DIDÁTICOS POLITICA DE INVESTIMENTOS COORDENADOR DO CURSO 6 MESES DIREÇÃO ILUMINAÇÃO ESTUDO DA ILUMINAÇÃO DA SALA DE AULA OR DE MANUTENÇÃO 6 MESES DIREÇÃO DISPONIBILIDADE ESTUDO DE ANÁLISE DA DEMANDA COORDENADOR DO CURSO 6 MESES DIREÇÃO POLITICA DE MANUTENÇÃO DE COORDENADOR DO CURSO 6 MESES DIREÇÃO CONDIÇÕES DO EQUIPAMENTOS EQUIPAMENTOS CLIMATIZAÇÃO INSTALAÇÃO DE AR CONDICIONADO OR DE MANUTENÇÃO 1 ANO DIREÇÃO POLITICA DE MANUTENÇÃO DE ESTRUTURA DIDÁTICA COORDENADOR DO CURSO 6 MESES DIREÇÃO EQUIPAMENTOS ILUMINAÇÃO ESTUDO DA ILUMINAÇÃO DA SALA DE AULA OR DE MANUTENÇÃO 6 MESES DIREÇÃO ACÚSTICA ESTUDO DA ACÚSTICA DA SALA DE AULA OR DE MANUTENÇÃO 6 MESES DIREÇÃO MUDANÇA OU AMPLIAÇÃO DO HORÁRIO DE XEROX HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO COORDENADOR DO CURSO 6 MESES DIREÇÃO ATENDIMENTO LANCHONETE INFRAESTRUTURA ESTUDO TO COM ALUNOS CPA 1 ANO DIREÇÃO SALA DOS PROFESSORES SITE CLIMATIZAÇÃO INSTALAÇÃO DE AR CONDICIONADO OR DE MANUTENÇÃO 1 ANO DIREÇÃO MOBILIÁRIO POLITICA DE MANUTENÇÃO GERAL OR DE MANUTENÇÃO 1 ANO DIREÇÃO ATUALIZAÇÃO DAS INFORMAÇÕES POLITICA DE MANUTENÇÃO/ATUALIZAÇÃO OR DE T.I 6 MESES DIREÇÃO IMPORTÂNCIA DAS INFORMAÇÕES POLITICA DE MANUTENÇÃO/ATUALIZAÇÃO OR DE T.I 6 MESES DIREÇÃO POSSIBILIDADE DE BAIXAR INF. ACADEMICAS POLITICA DE MANUTENÇÃO/ATUALIZAÇÃO OR DE T.I 6 MESES DIREÇÃO FACHADA CONSERVAÇÃO E DESTAQUE POLITICA DE MANUTENÇÃO GERAL OR DE MANUTENÇÃO 6 MESES DIREÇÃO MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DIDÁTICOS REDE WIFI REDIMENSIONAMENTO DA REDE WIFI OR DE T.I 1 ANO DIREÇÃO COMPUTADORES E IMPRESSORAS POLITICA DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS OR DE MANUTENÇÃO 6 MESES DIREÇÃO MANUTENÇÃO DE PORTAS, JANELAS, MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA CADEIRAS, MESAS, LOUSAS E ROS PLANO DE AÇÃO PARA DIMENSÃO DE INFRAESTRUTURA PLANO DE AÇÃO PARA DIMENSÃO DIDÁTICO - PEDAGÓGICA POLITICA DE MANUTENÇÃO GERAL OR DE MANUTENÇÃO 6 MESES DIREÇÃO CURSO OR ANALISADO NECESSIDADE AÇÃO RECOMENDADA OPERACIONALIZAÇÃO PRAZO RESPONSÁVEL ENGENHARIA COORDENAÇÃO CURSO MELHORAR A INTEGRAÇÃO ENTRE AS DISCIPLINAS ESTABELECER UM PROJETO TO COM O NDE COORDENAÇÃO CURSO 6 meses DIRETORIA ADMINISTRAÇÃO/ CIÊNCIAS ECONÔMICAS COORDENAÇÃO CURSO MELHORAR O PROCESSO DIVULGAÇÃO DOS PROJETOS PEDAGÓGICOS UTILIZAR E-L E CONTATO TELEFÔNICO COM DIVULGAÇÃO COORDENAÇÃO CURSO 6 meses DIRETORIA MELHORAR A INTEGRAÇÃO ENTRE AS DISCIPLINAS ESTABELECER UM PROJETO TO COM O NDE COORDENAÇÃO CURSO 6 meses DIRETORIA

7 5.2 Plano de Ação para Dimensão de Infraestrutura e Didático Pedagógico Docentes avaliando a Instituição e a Coordenação GRUPO ANALISADO NECESSIDADES AÇÃO RECOMENDADA OPERACIONALIZAÇÃO PRAZO RESPONSÁVEL COMUNICAÇÃO RELAÇÃO AMBIENTE TRABALHO CHEFIA/ LIDERANÇA MEIOS COMUNICAÇÃO INTERNO MEIOS COMUNICAÇÃO EXTERNO POLÍTICA DE COOPERAÇÃO ENTRE OS ORES ESTÍMULO E CONDIÇÕES DE TRABALHO PARTICIPAÇÃO DE CURSOS E TREINAMENTOS ESTABELECIMENTO E DIVULGAÇÃO DE HIERARQUIA E LIDERANÇA RELACIONAMENTO ENTRE A CHEFIA/ LIDER E COLABORADORES INTEGRAÇÃO DA CHEFIA / LIDERANÇA PARA SOLUÇÃO DE CONFLITOS ESTIMULOS DOS LIDERES PARA QUE OS COLABORADORES CONTRIBUM COM SUAS OPINIÕES O COMPORTAMENTO DO SEU SUPERIOR NA HORA DE CHA SUA ATENÇÃO INSTALAR EM TODOS DEPARTAMENTOS UM QUADRO DE AVISOS TAMENTE COM A CRIAÇÃO DE UMA POLITICA DE COMUNICAÇÃO ANGENDO TODOS OS ORES CRIAÇÃO DE UMA POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO EXTERNA LIDERES DE ORES 6 MESES DIRETORIA EM CONTO COORDENADORES DE 6 MESES DIRETORIA CURSOS Para 2013 a CPA tinha se comprometido em realizar duas avaliações para o Curso de Arquitetura, sendo: Discentes avaliando a Instituição e Discentes avaliando os Docentes. Porém, analisando a amostragem levantada pelos demais cursos a CPA entendeu que não seria necessário aplicá-los individualmente, podendo ser aplicado junto com os demais cursos na próxima reavaliação deste mesmo tópico. No ano de 2014 está comissão estará acompanhando junto aos responsáveis as execuções das ações apresentadas acima referente ao ano 2013, bem como os prazos estabelecidos.

RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014

RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 RELATÓRIO GERAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 2014 Dados da Instituição FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM Código: 508 Faculdade privada sem fins lucrativos Estado: Minas Gerais

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Avaliação Institucional 2005-2. Faculdade de Jussara. Pós-Graduação

Avaliação Institucional 2005-2. Faculdade de Jussara. Pós-Graduação Graduação ITEM: As carteiras das salas de aula são adequadas. 88,2% Graduação ITEM: As instalações do laboratório de informática são adequadas. Graduação ITEM: As instalações da biblioteca são adequadas.

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL LEVANTAMENTO DAS MEDIDAS REALIZADAS

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL LEVANTAMENTO DAS MEDIDAS REALIZADAS AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL LEVANTAMENTO DAS MEDIDAS REALIZADAS RELATÓRIO DO CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL CPA 2011/12 Porto Velho RO 2011/2012 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA Profª Drª. Nelice Milena Batistelli

Leia mais

Avaliação Institucional 2005-2. Faculdade de Jussara. Administração de Empresas

Avaliação Institucional 2005-2. Faculdade de Jussara. Administração de Empresas CURSO:ADMINISTRAÇÃO EMPRESAS ITEM: As carteiras das salas de aula são adequadas. CURSO:ADMINISTRAÇÃO EMPRESAS ITEM: A infra-estrutura do prédio da Faculdade é adequada. CURSO:ADMINISTRAÇÃO EMPRESAS ITEM:

Leia mais

FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA FGU / UNIESP RELATÓRIO FINAL 2012/2013

FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA FGU / UNIESP RELATÓRIO FINAL 2012/2013 FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA FGU / UNIESP RELATÓRIO FINAL 2012/2013 UMUARAMA, DEZEMBRO, 2012 RELATÓRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO I DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome/

Leia mais

Representante da Sociedade Civil Organizada Calixto Nunes da França. Representante Discente Artur da Costa Júnior

Representante da Sociedade Civil Organizada Calixto Nunes da França. Representante Discente Artur da Costa Júnior I DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome: Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte Código da IES INEP: 1547 Caracterização da IES: Instituição Privada Sem Fins Lucrativos Estado: Ceará Cidade: Juazeiro do Norte Composição

Leia mais

FACULDADE LEGALE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO

FACULDADE LEGALE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO FACULDADE LEGALE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2013 DE ACORDO COM O MODELO DO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - COMISSÃO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CONAES/INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA FACINTER - EAD 2º SEMESTRE - 2011 FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO GERENCIAL

Leia mais

Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Abril de 2012 Página 1 de 11 Sumário Introdução 3 Justificativa 5 Objetivos 6 Metodologia 7 Dimensões de

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2015 COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO DO CENTRO DE TECNOLOGIA

PLANO DE AÇÃO 2015 COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO DO CENTRO DE TECNOLOGIA PLANO DE AÇÃO 2015 COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO DO CENTRO DE TECNOLOGIA EIXO 1 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e Avaliação * Gerais 1.1; 1.2; Divulgação dos resultados

Leia mais

Comissão Própria de Avaliação -CPA. Ações e Melhorias Institucionais 2010/2011/2012

Comissão Própria de Avaliação -CPA. Ações e Melhorias Institucionais 2010/2011/2012 Comissão Própria de Avaliação -CPA Ações e Melhorias Institucionais 2010/2011/2012 Comissão Própria de Avaliação - CPA A auto-avaliação objetiva sempre a melhoria da qualidade dos serviços educacionais

Leia mais

1.2 - Como você avalia a divulgação dos resultados da autoavaliação institucional para a comunidade universitária da sua unidade/subunidade?

1.2 - Como você avalia a divulgação dos resultados da autoavaliação institucional para a comunidade universitária da sua unidade/subunidade? Informações do Questionário Programa Autoavaliação Institucional - UFSM - 2014 Questionário Questões Gerais Descrição do Programa A aplicação do instrumento de autoavaliação é fundamental para toda instituição

Leia mais

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Portaria nº 808, de 8 de junho de 00. Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES. O MINISTRO DE

Leia mais

AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015

AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015 AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015 METAS AÇÕES PRAZOS Expansão do número de vagas do curso de Engenharia de Produção. SITUAÇÃO MARÇO DE 2015 AVALIAÇÃO PROCEDIDA EM 12.03.2015 CPA E DIRETORIA

Leia mais

FACULDADE INTERNACIONAL DO DELTA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CORPO DOCENTE - 2014.1

FACULDADE INTERNACIONAL DO DELTA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CORPO DOCENTE - 2014.1 FACULDADE INTERNACIONAL DO DELTA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CORPO DOCENTE - 2014.1 A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é o órgão responsável por coordenar,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC COMISSÃO DE ENSINO INTERDEPARTAMENTAL. Joinville, 08 de Junho de 2011.

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC COMISSÃO DE ENSINO INTERDEPARTAMENTAL. Joinville, 08 de Junho de 2011. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC COMISSÃO DE ENSINO INTERDEPARTAMENTAL Joinville, 08 de Junho de 2011. Ilmo. Sr Diretor de Ensino Prof. Dr. José de Oliveira Att: Relatório final da avaliação

Leia mais

FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2SEM2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2SEM2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2SEM2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO Constituída em atendimento à Lei nº 10.861/2004, regulamentada pela Portaria

Leia mais

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO CURSO DE TURISMO - CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE NOVA XAVANTINA

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO CURSO DE TURISMO - CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE NOVA XAVANTINA RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO CURSO DE TURISMO - CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE NOVA XAVANTINA I DADOS DO CURSO Coordenador de Curso e dos membros do NDE Coordenadora do Curso: Márcia Helena Vargas Manfrinato Membro:

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO COORDENAÇÃO DE CURSO DOCENTES E UNIDADE CURRICULAR ATENDIMENTO AO ALUNO INFRAESTRUTURA COMUNICAÇÃO E IMAGEM

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO COORDENAÇÃO DE CURSO DOCENTES E UNIDADE CURRICULAR ATENDIMENTO AO ALUNO INFRAESTRUTURA COMUNICAÇÃO E IMAGEM FACULDADE SENAC PORTO ALEGRE FSPOA AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO COORDENAÇÃO DE CURSO DOCENTES E UNIDADE CURRICULAR ATENDIMENTO AO ALUNO INFRAESTRUTURA COMUNICAÇÃO E IMAGEM CPA 2013/2 PARTICIPAÇÃO

Leia mais

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 Sete Lagoas Março de 2014 Sumário 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO... 4 1.1. Composição da Comissão

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DO CEARÁ SECITECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DO CEARÁ SECITECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DO CEARÁ SECITECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE PROJETO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ

Leia mais

INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO 1.1. Gabinetes de Trabalho para Professores Tempo Integral - TI

INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO 1.1. Gabinetes de Trabalho para Professores Tempo Integral - TI INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO Atualmente a FIBRA encontra-se em novas instalações contando com 33 salas de aula climatizadas, com instalações de equipamentos de multimídia, auditório climatizado com

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2013/01 a 2013/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Diagnóstico geral

Leia mais

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

IFSP CAMPUS: SUZANO RELATÓRIO ANALÍTICO

IFSP CAMPUS: SUZANO RELATÓRIO ANALÍTICO IFSP CAMPUS: SUZANO RELATÓRIO ANALÍTICO Comissão Própria de Avaliação Institucional: Representante Docente: Fábio Nazareno Machado-da-Silva Representante Técnico-administrativo: Diego Martins Braga Representante

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL SÃO PAULO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO FAPI. CPA Comissão Própria de Avaliação AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO

SOCIEDADE EDUCACIONAL SÃO PAULO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO FAPI. CPA Comissão Própria de Avaliação AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO SOCIEDADE EDUCACIONAL SÃO PAULO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO FAPI CPA Comissão Própria de Avaliação AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO Março/2011 São Paulo 2010 1 SOCIEDADE EDUCACIONAL SÃO PAULO

Leia mais

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do Dimensão 2 As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de

Leia mais

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006.

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. Aprova, em extrato, o Instrumento de Avaliação Externa de Instituições de Educação Superior do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES O MINISTRO

Leia mais

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - CPA Mantenedora: Fundação Presidente Antônio Carlos Mantida: Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari

Leia mais

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA As salas de aula da FACULDADE BARRETOS estão aparelhadas para turmas de até 60 (sessenta) alunos, oferecendo todas as condições necessárias para possibilitar o melhor

Leia mais

Comissão Própria de Avaliação - CPA

Comissão Própria de Avaliação - CPA AVALIAÇÃO DO CEFET-RJ PELOS DISCENTES -2010/2 A avaliação das Instituições de Educação Superior tem caráter formativo e visa o aperfeiçoamento dos agentes da comunidade acadêmica e da Instituição como

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO DE CURSO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA PERSPECTIVA DO ALUNO

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO DE CURSO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA PERSPECTIVA DO ALUNO 1 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO DE CURSO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA PERSPECTIVA DO ALUNO PERÍODO: 7 A 16 DE JULHO DE 2010 (DURANTE A MATRÍCULA) LOCAL: LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA FACULDADE

Leia mais

AI - RESULTADO ALUNOS GERAL - POR CURSO ADMINISTRAÇÃO AUTO AVALIAÇÃO 2010

AI - RESULTADO ALUNOS GERAL - POR CURSO ADMINISTRAÇÃO AUTO AVALIAÇÃO 2010 AUTO AVALIAÇÃO 2010 A Avaliação Institucional é um dos pilares na construção de uma instituição de Ensino Superior democrática comprometida com os desafios que são impostos pela sociedade, portanto é importante

Leia mais

AI - RESULTADO ALUNOS GERAL - POR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL AUTO AVALIAÇÃO 2010

AI - RESULTADO ALUNOS GERAL - POR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL AUTO AVALIAÇÃO 2010 AUTO AVALIAÇÃO 2010 A Avaliação Institucional é um dos pilares na construção de uma instituição de Ensino Superior democrática comprometida com os desafios que são impostos pela sociedade, portanto é importante

Leia mais

PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ANEXO 2

PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ANEXO 2 PLANO DE AÇÃO COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO DO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ANEXO 2 Referência à 5.1 1.2 EIXO 1 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e Avaliação * Previsão da

Leia mais

FACULDADE LEGALE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2014 REFERENTE A 2013

FACULDADE LEGALE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2014 REFERENTE A 2013 FACULDADE LEGALE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2014 REFERENTE A 2013 ELABORADO DE ACORDO COM O MODELO DO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - COMISSÃO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CONAES/INSTITUTO NACIONAL

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS TUTORES DE POLO DE APOIO PRESENCIAL

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS TUTORES DE POLO DE APOIO PRESENCIAL RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOS TUTORES DE POLO DE APOIO PRESENCIAL ENSINO A DISTÂNCIA 2º SEMESTRE - 2014 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA

Leia mais

Planejamento CPA Metropolitana 2013

Planejamento CPA Metropolitana 2013 Planejamento CPA Metropolitana 2013 1 Planejamento CPA Metropolitana Ano 2013 Denominada Comissão Própria de Avaliação, a CPA foi criada pela Legislação de Ensino Superior do MEC pela Lei 10.861 de 10

Leia mais

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX RELATÓRIO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO INTEGRAL CAMPUS PL PERÍODO 2014 1 INSTITUTO METODISTA

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2014/01 a 2014/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Análise

Leia mais

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX RELATÓRIO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA CAMPUS PL PERÍODO 2014 1 INSTITUTO METODISTA

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO: QUALIDADE NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS SUELEN APARECIDA TIZON MARTINS

AUTO-AVALIAÇÃO: QUALIDADE NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS SUELEN APARECIDA TIZON MARTINS AUTO-AVALIAÇÃO: QUALIDADE NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS SUELEN APARECIDA TIZON MARTINS Orientador: Prof. Expedito Michels FUCAP Faculdade, situada na Avenida Nações Unidas, nº 500, bairro Santo

Leia mais

ASSOCIACAO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS RELATÓRIO GERAL DE REPOSTA DE PROFESSORES. 2º SEMESTRE DE 2013

ASSOCIACAO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS RELATÓRIO GERAL DE REPOSTA DE PROFESSORES. 2º SEMESTRE DE 2013 ASSOCIACAO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS RELATÓRIO GERAL DE REPOSTA DE PROFESSORES. 2º SEMESTRE DE 2013 1.1 Organização Institucional Q1 Cumprimento da missão da

Leia mais

PLANO DE TRABALHO Período: 2014/2015 1 CONTEXTO INSTITUCIONAL

PLANO DE TRABALHO Período: 2014/2015 1 CONTEXTO INSTITUCIONAL PLANO DE TRABALHO Período: 2014/2015 1 CONTEXTO INSTITUCIONAL De 1999 até o ano de 2011 o Instituto Adventista de Ensino do Nordeste (IAENE) congregava em seu espaço geográfico cinco instituições de ensino

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2014 Curso de Bacharelado em Ciência da Computação MARCOS PAULO A. DE SOUSA. Melhorar infraestrutura OBJETIVO 01:

PLANO DE AÇÃO 2014 Curso de Bacharelado em Ciência da Computação MARCOS PAULO A. DE SOUSA. Melhorar infraestrutura OBJETIVO 01: OBJETIVO 01: Melhorar infraestrutura Sobre os laboratórios e instalações específicas para seu como: ambulatórios, clínicas e núcleo (A qualidade dos equipamentos disponíveis) Sobre a Biblioteca (A disponibilidade

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Direito (presencial e a distância)

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Direito (presencial e a distância) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX RELATÓRIO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO DE DIREITO - CAMPUS VN PERÍODO 2014 1 INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO

Leia mais

FACULDADE CAPIXABA DA SERRA RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DO PLANO DE AÇÃO 2015 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DO PLANO DE AÇÃO

FACULDADE CAPIXABA DA SERRA RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DO PLANO DE AÇÃO 2015 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DO PLANO DE AÇÃO FACULDADE CAPIXABA DA SERRA Situação Real/Reclamações Professores O índice de insatisfação vem diminuindo em relação ao apresentado desde 2011. - Permanece sendo realizado o processo de seleção: edital;

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância)

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTOAVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2014/01 a 2014/02 APRESENTAÇÃO O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2014/01 a 2014/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Análise dos resultados

Leia mais

PLANO DE AÇÃO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

PLANO DE AÇÃO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO PLANO DE AÇÃO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO 2014 APRESENTAÇÃO O Plano de Ação ora apresentado planeja o processo da Autoavaliação Institucional, que vem se consolidando na Faculdade Norte Capixaba de São

Leia mais

Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância

Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto-avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer

Leia mais

FACULDADE MODELO CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO. RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º Semestre de 2010

FACULDADE MODELO CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO. RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º Semestre de 2010 FACULDADE MODELO CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º Semestre de 2010 1. APRESENTAÇÃO O relatório que segue apresenta a Avaliação Institucional da Faculdade Modelo

Leia mais

Informo ainda que a CPA é composta por representantes de professores, funcionários e alunos da FATO.

Informo ainda que a CPA é composta por representantes de professores, funcionários e alunos da FATO. Querido alunos, em nome da Comissão Própria de Avaliação (CPA) da FATO, gostaria de passar ao corpo discente o resultado do trabalho da CPA em relação as pesquisas realizadas no ano de 2013, segundo semestre,

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA FACIIP UNIDADE BAIANA DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO - UNIBAHIA PERÍODO 2015/2017. Lauro de Freitas - Bahia

FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA FACIIP UNIDADE BAIANA DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO - UNIBAHIA PERÍODO 2015/2017. Lauro de Freitas - Bahia FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA FACIIP UNIDADE BAIANA DE ENSINO PESQUISA E ETENSÃO - UNIBAHIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE AUTOAVALIAÇÃO PERÍODO 2015/2017 Lauro de Freitas

Leia mais

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA NÚCLEO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NAI É preciso avaliar para aprimorar CONSIDERAÇÕES INICIAIS A UNISANTA desenvolveu,

Leia mais

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III SIC 38/10* Belo Horizonte, 3 de dezembro de 2010. MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III O MEC publicou a Portaria nº 1326, de 18/11/2010 (ver íntegra do texto abaixo). É preciso ser mágico

Leia mais

RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015

RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015 RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015 Altera o Regimento Interno da Comissão Própria de Avaliação (CPA) das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho Superior de Administração das Faculdades

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA)

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA) UNIESP FACULDADES INTEGRADAS DE RIBEIRÃO PIRES FIRP COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA) RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RIBEIRÃO PIRES DEZEMBRO DE 2014 2 COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO PRÓPRIA

Leia mais

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA ALGUNS INDICADORES¹ 2.314 IES 245 públicas (10,6%) e 2.069

Leia mais

Coluna C Ações Concretas

Coluna C Ações Concretas Quais problemas identificados nos resultados da autoavaliação dificultam A qualidade dos equipamentos disponíveis foi avaliada pelos alunos com média 3,54, abaixo da média desejada; e pelos professores

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE PSICOLOGIA

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE PSICOLOGIA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE PSICOLOGIA 1 Dimensão 2 - Acadêmico avaliando professor POTENC. PTO. A MELHOR. FRAGIL. 1 -

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE ENFERMAGEM

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE ENFERMAGEM UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE ENFERMAGEM 1 Dimensão 2 - Acadêmico avaliando professor 1 - O professor comparece com regularidade

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE FISIOTERAPIA

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE FISIOTERAPIA 1 Dimensão 2 - Acadêmico avaliando professor POTENC. PTO. A MELHOR. FRAGIL. 1

Leia mais

Eixo 1 - Ensino. As questões respondidas pelos discentes sobre a temática do ensino somam oito interrogações, as quais seguem em análise:

Eixo 1 - Ensino. As questões respondidas pelos discentes sobre a temática do ensino somam oito interrogações, as quais seguem em análise: Relatório de análise de dados O presente relatório trata da análise dos resultados provenientes de informações obtidas por meio dos questionários da autoavaliação referentes ao curso de graduação em Dança

Leia mais

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização 2.1 - GRADUAÇÃO 2.1.1. Descrição do Ensino de Graduação na UESC Cursos: 26 cursos regulares

Leia mais

Síntese do plano de atuação da CPA- ciclo avaliativo 2008/2010

Síntese do plano de atuação da CPA- ciclo avaliativo 2008/2010 Síntese do plano de atuação da CPA- ciclo avaliativo 2008/2010 O trabalho da CPA/PUCSP de avaliação institucional está regulamentado pela Lei federal nº 10.861/04 (que institui o SINAES), artigo 11 e pelo

Leia mais

D I R E I T O SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES AUTORIZAÇÃO

D I R E I T O SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES AUTORIZAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Superior Sesu Departamento de Supervisão da Educação Superior - Desup Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria

Leia mais

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES GOIÁS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R

Leia mais

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação 25 de maio de 2016 EIXO 1: PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 03 Fragilidades; 04 Sugestões de Superação de Fragilidade; 03 Potencialidades. A CPA identificou

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL LEVANTAMENTO DAS MEDIDAS REALIZADAS

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL LEVANTAMENTO DAS MEDIDAS REALIZADAS AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL LEVANTAMENTO DAS MEDIDAS REALIZADAS RELATÓRIO DO CURSO PEDAGOGIA CPA 2011/12 Porto Velho RO 2011/2012 1 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA Profª Drª. Nelice Milena Batistelli Serbino

Leia mais

Autoavaliação Institucional

Autoavaliação Institucional Autoavaliação Institucional Relatório da Comissão Própria de Ano de 2014 1 SUMÁRIO I - DADOS DA INSTITUIÇÃO 3 II- COMPOSIÇÃO DA CPA 3 III CONSIDERAÇÕES INICIAIS 3 IV -DESENVOLVIMENTO 4 V. AÇÕES PLANEJADAS

Leia mais

Comissão Própria de Avaliação CPA - FACTO

Comissão Própria de Avaliação CPA - FACTO Comissão Própria de Avaliação CPA - FACTO CPA - SINAES ISTEMA NSINO ACIONAL DE UPERIOR SINAES VALIAÇÃO DO CPA Composição (em transição) CPA ATRIBUIÇÕES Conduzir os processos de avaliação interna e externa

Leia mais

FACULDADE UNIDADE SERRA PLANO DE AÇÃO - CPA

FACULDADE UNIDADE SERRA PLANO DE AÇÃO - CPA FACULDADE UNIDADE SERRA PLANO DE AÇÃO - CPA PLANO DE AÇÃO Apresentação do Plano de Ação da CPA Os dados trabalhados são baseados na Avaliação Institucional realizada em Maio/2013 CPA- (comissão permanente

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO DOCENTE PERÍODO 2013 FIQUE SABENDO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA

FACULDADE METROPOLITANA RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO DOCENTE PERÍODO 2013 FIQUE SABENDO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA FACULDADE METROPOLITANA RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO DOCENTE PERÍODO 2013 FIQUE SABENDO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA PORTO VELHO - 2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA Coordenação

Leia mais

RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011/01

RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011/01 Curso de LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011/01 CATEGORIAS & DIMENSÕES AVALIADAS: DISCENTES: desempenho docente e infraestrutura

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2013/01 a 2013/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Diagnóstico geral

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NA PERSPECTIVA DO ALUNO

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NA PERSPECTIVA DO ALUNO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NA PERSPECTIVA DO ALUNO PERÍODO: 7 A 16 DE JULHO DE 2010 (DURANTE A MATRÍCULA) LOCAL: LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA FACULDADE DE ILHÉUS HORÁRIO: 8

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NA VISÃO DO FUNCIONÁRIO (TÉCNICO ADMINISTRATIVO)

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NA VISÃO DO FUNCIONÁRIO (TÉCNICO ADMINISTRATIVO) PROGRAMA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NA VISÃO DO FUNCIONÁRIO (TÉCNICO ADMINISTRATIVO) RELATÓRIO PRELIMINAR JOINVILLE/SC 2010 APRESENTAÇÃO À Comunidade Acadêmica, Órgãos Colegiados

Leia mais

INSTITUTO CENECISTA FAYAL DE ENSINO SUPERIOR - CNEC. Avaliação Institucional 2015-2 GESTÃO PORTUARIA

INSTITUTO CENECISTA FAYAL DE ENSINO SUPERIOR - CNEC. Avaliação Institucional 2015-2 GESTÃO PORTUARIA INSTITUTO CENECISTA FAYAL DE ENSINO SUPERIOR - CNEC Avaliação Institucional 2015-2 GESTÃO PORTUARIA Autoavaliação Institucional CPA IFES - 2015/2 - Gestão Portuaria GERAL Você conhece o Plano de Desenvolvimento

Leia mais

RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO DA FACULDADE DE ROLIM DE MOURA (FAROL)

RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO DA FACULDADE DE ROLIM DE MOURA (FAROL) 1 RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO DA FACULDADE DE ROLIM DE MOURA (FAROL) Rolim de Moura 1 RESUMO O relatório apresentado é o resultado do processo auto avaliativo desta Instituição, realizado pela Comissão

Leia mais

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS Av. Dr. João Beraldo, 1075 Centro Pouso Alegre MG Fone: (35) 3449-8100 Fax: (35) 3499-8102 Rev.: 00 / / Form.: Aprov.: Pág 1 de 1 Ata de Reunião Crítica do Sistema

Leia mais

SOCIEDADE ROLIMOURENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA S/C FACULDADE DE ROLIM DE MOURA FAROL. Relatório de auto-avaliação da Faculdade de Rolim de Moura

SOCIEDADE ROLIMOURENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA S/C FACULDADE DE ROLIM DE MOURA FAROL. Relatório de auto-avaliação da Faculdade de Rolim de Moura 1 SOCIEDADE ROLIMOURENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA S/C FACULDADE DE ROLIM DE MOURA FAROL Relatório de auto-avaliação da Faculdade de Rolim de Moura Rolim de Moura, 2010 2 RESUMO O relatório, ora apresentado,

Leia mais

FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2009-2010

FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2009-2010 FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2009-2010 1 Fragilidade resultado inferior a 50% Ponto a ser melhorado 50% e 59,9% Potencialidade igual ou

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE NÚCLEOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

IMPLANTAÇÃO DE NÚCLEOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Ministério da Saúde Fundação Oswaldo Cruz Escola Nacional de Saúde Pública Escola de Governo em Saúde Programa de Educação à Distância IMPLANTAÇÃO DE NÚCLEOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Equipe da Coordenação

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 0 2014 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL FUNDAÇÃO EDUCACIONAL CLAUDINO FRANCIO FACULDADE CENTRO MATO-GROSSENSE SORRISO/MT Portaria Nº 004/2015 Dispõe sobre Relatório Apresentado pela Comissão Própria

Leia mais

PROJETO DA CPA 1 DADOS DA INSTITUIÇÃO. Nome: Faculdade São Salvador Código: 2581 Caracterização: Instituição privada com fins lucrativos

PROJETO DA CPA 1 DADOS DA INSTITUIÇÃO. Nome: Faculdade São Salvador Código: 2581 Caracterização: Instituição privada com fins lucrativos PROJETO DA CPA Em atendimento ao que dispõe a Lei 10.861, de 14 de abril de 2004 que institui a obrigatoriedade da Avaliação Institucional e por entender a importância do SINAES para o desenvolvimento

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DA AUTOAVALIAÇÃO 2012

PLANO DE AÇÃO DA AUTOAVALIAÇÃO 2012 PLANO DE AÇÃO DA AUTOAVALIAÇÃO 2012 Cacoal - 2012 1 APRESENTAÇÃO O presente documento de Orientações Gerais para os trabalhos da autoavaliação 2012 destina-se aos docentes, discente, gestão acadêmica e

Leia mais

Reitor Prof. Dr. Reinaldo Centoducatte. Vice-Reitora Profª. Drª. Ethel Leonor Noia Maciel

Reitor Prof. Dr. Reinaldo Centoducatte. Vice-Reitora Profª. Drª. Ethel Leonor Noia Maciel Reitor Prof. Dr. Reinaldo Centoducatte Vice-Reitora Profª. Drª. Ethel Leonor Noia Maciel PROGRAMA DE AUTOAVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Graduação

Leia mais

RESULTADOS ALCANÇADOS

RESULTADOS ALCANÇADOS Política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão 2.1. Coerência das políticas de ensino, pesquisa e extensão com os documentos oficiais. Objetivos Ações Realizadas RESULTADOS ALCANÇADOS

Leia mais

Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil

Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E TRABALHO Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil

Leia mais

RELATÓRIO AUTO-AVALIAÇÃO 2011

RELATÓRIO AUTO-AVALIAÇÃO 2011 RELATÓRIO AUTO-AVALIAÇÃO 2011 I. DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome/ Código da IES - Faculdade Tecnologia Pentágono - 3978 Caracterização da IES: Particular, com fins lucrativos, Faculdade Estado: São Paulo Município:

Leia mais

Relatório de Avaliação Ensino Aprendizagem Curso Administração Ano de 2011/02 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA

Relatório de Avaliação Ensino Aprendizagem Curso Administração Ano de 2011/02 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DA AMAZÔNIA REUNIDA FESAR Relatório de Avaliação Ensino Aprendizagem Curso Administração Ano de 2011/02 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA Redenção PA 2011 1 SUMÁRIO I APRESENTAÇÃO

Leia mais

[1] O conhecimento adquirido no Curso/Instituição para sua formação profissional 0% 0% 26% 48% 25%

[1] O conhecimento adquirido no Curso/Instituição para sua formação profissional 0% 0% 26% 48% 25% PEDAGOGIA Save as PDF Dimensão 2.1 - AVALIAÇÃO DO ENSINO [1] O conhecimento adquirido no Curso/Instituição para sua formação profissional 0% 0% 26% 48% 25% [2] O sistema de avaliação da aprendizagem utilizado

Leia mais

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD.

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. 2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer a opinião

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ RELATÓRIO DO QUESTIONÁRIO APLICADO AO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO II SEMESTRE/2014 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA)

Leia mais

[1] O conhecimento adquirido no Curso/Instituição para sua formação profissional 0% 2% 35% 29% 32%

[1] O conhecimento adquirido no Curso/Instituição para sua formação profissional 0% 2% 35% 29% 32% MARKETING Save as PDF Dimensão 2.1 - AVALIAÇÃO DO ENSINO [1] O conhecimento adquirido no Curso/Instituição para sua formação profissional 0% 2% 35% 29% 32% [2] O sistema de avaliação da aprendizagem utilizado

Leia mais