RESULTADOS DAS AVALIAÇÕES EXTERNAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESULTADOS DAS AVALIAÇÕES EXTERNAS"

Transcrição

1 RESULTADOS DAS AVALIAÇÕES EXTERNAS Um importante momento do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino superior SINAES, são os processos de avaliação externa, como as visitas realizadas in loco para o credenciamento e recredenciamento institucional, e o reconhecimento e a renovação de reconhecimento dos cursos; e também o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE; por meio destas etapas avaliativas, o MEC e o INEP podem aferir a qualidade do ensino proporcionado pela IES. No levantamento dos resultados desses processos, a CPA procurou contemplar todos os cursos da instituição em uma série histórica maior do que o do ciclo avaliativo , a fim de permitir uma constatação mais apurada do desempenho institucional nas avaliações externas. Nesta perspectiva é apresentada abaixo uma relação dos conceitos obtidos pelos cursos. RECONHECIMENTO E RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA E SEUS RESPECTIVOS ANOS DE REALIZAÇÃO CURSOS Reconhec. 1ª Renov. Rec. 2ª Renov. Rec. Administração 5 (2015) - - Ciências Contábeis 5 (2014) - - Comércio Exterior SC ( (2014) - Gestão Ambiental 4 (2015) - - Gestão Comercial 4 (2015) - - Gestão da Produção industrial SC (2007) 5 (2015) - Gestão de Turismo 4 (2015) - - Gestão Financeira 4 (2015) - - Getão Pública 4 (2015) - - Logística 4 (2014) - - Marketing 5 (2015) - - Pedagogia SC (2013) - - Processos Gerenciais SC (2007) 3 (2014) CPC3 (2014) Secretariado 4 (2015) - - OBS: São apresentados resultados somente para os cursos ativos em 2015 e que já passaram por processo de avaliação externa.

2 RECONHECIMENTO E RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL E SEUS RESPECTIVOS ANOS DE REALIZAÇÃO CURSOS Reconhec. 1ª Renov. Rec. 2ª Renov. Rec. Administração MB (2006) 4 (2011) - Análise e Desenvolvimento de Sistemas 3 (2011) - - Ciência Política MB (2006) 5 (2013) 5 (2015) Ciências Contábeis MB (2006) 4 (2012) 4 (2015) Comércio Exterior A (2005) 4 (2013) - Direito 5 (2009) 5 (2014) - Gestão Comercial 4 (2011) CPC3 (2013) - Gestão da Produção Industrial A (2005) 3 (2010) - Gestão Financeira 4 (2011) CPC3 (2013) - Gestão Pública 4 (2009) - - Jornalismo 4 (2011) CPC3 (2013) - Logística 3 (2009) 3 (2013) - Marketing A (2005) 3 (2011) CPC3 (2013) Pedagogia A (2007) CPC3 (2010) CPC3 (2012) Processos Gerenciais A (2005) 3 (2011) CPC3 (2013) Publicidade, Propaganda e Marketing 4 (2011) CPC3 (2013) - Relações Internacionais 5 (2012) CPC3 (2013) - Secretariado Executivo Trilíngue MB (2006) 3 (2011) CPC3 (2013) Segurança no Trabalho 4 (2011) - - Sistemas para Internet 3 (2011) - - Turismo MB (2006) 4 (2012) CPC3 (2013) Nota: MB (Muito Bom); B (Bom). Os conceitos MB e 5 são equivalentes à nota máxima possível. OBS: São apresentados todos os resultados e que já passaram por processo de avaliação externa. Os resultados das visitas das comissões de avaliadores têm sido consideravelmente favoráveis, já que a maioria deles foi aprovado no seu respectivo processo avaliativo, com um conceito acima da média da escala de análise. Tal desempenho é reflexo da consolidação das boas práticas de ensino e de gestão acadêmica da instituição, aspectos que também foram fundamentais para o recredenciamento da FACINTER em 2009 e da FATEC Internacional em 2010 (ambas com conceito 4), e posteriormente, para a aprovação do credenciamento do UNINTER em Outro indicador representativo da qualidade do ensino na IES são os resultados do ENADE, os conceitos obtidos pelos cursos nos últimos anos são apresentados nas tabelas a seguir:

3 RESULTADOS DO ENADE¹ E DO CONCEITO PRELIMINAR DE CURSO CPC (2008 a 2012)² CURSO ENADE CPC ENADE CPC ENADE CPC ENADE CPC Administração Análise e Desenvolvimento de Sistemas Ciências Contábeis Direito Gestão Comercial Gestão da Produção Industrial , Gestão Financeira Logística Jornalismo Marketing Pedagogia , Processos Gerenciais Publicidade, Propaganda e Marketing Secretariado Executivo Relações Internacionais Turismo ¹ Foram relacionados somente os cursos reconhecidos que puderam ter nota nos anos selecionados do ENADE. ² Em 2010 e 2013 nenhum dos cursos da IES foi relacionado para o ENADE. RESULTADOS DO ÍNDICE GERAL DE CURSOS IGC DA IES ( ) Ano FACINTER FATEC UNINTER UNINTER IGC IGC contínuo IGC IGC contínuo IGC IGC contínuo CI , ,42 3 2, ,42 3 2, , , , ¹ No resultado do ENADE 2011, os resultados dos cursos originalmente da FACINTER foram considerados para o UNINTER, os resultados dos cursos da FATEC ainda foram apresentados separadamente.

4 A consideração que a instituição faz da avaliação dos cursos no ENADE é de que o desempenho dos alunos pode ser melhorado, neste sentido, sempre que os resultados do Exame são divulgados, é realizada uma verificação detalhada dos dados pelos gestores acadêmicos e coordenadores de curso, a fim de identificar fragilidades e estabelecer propostas para o seu saneamento. Nos processos de reconhecimento e renovação de reconhecimento dos cursos, também é feito um trabalho de verificação dos pontos a serem melhorados. Inicialmente realiza-se uma leitura atenta dos relatórios da comissão avaliadora, identificando os aspectos frágeis apontados pelos avaliadores; eles são relacionados em formulários, que são encaminhados para os setores competentes, para que seja estabelecido um plano de ação voltado para a melhoria das situações citadas nos relatórios. Nos últimos anos muitos cursos de graduação passaram por processos de avaliação externa para o seu reconhecimento ou renovação de reconhecimento, momentos estes que contribuíram para a identificação de fragilidades, que por sua vez, resultaram em ações de melhoria. Como exemplo desta relação positiva entre as avaliações externas do MEC e a melhoria da qualidade do ensino ofertado no UNINTER, segue abaixo uma tabela que relaciona algumas fragilidades apontadas pelos avaliadores e o que foi realizado para a sua melhoria: RELAÇÃO DE DEFICIÊNCIAS IDENTIFICADAS PELAS AVALIAÇÕES EXTERNAS. Processo Deficiência Ações Realizadas Renovação de presencial de Turismo / Visita: 27/02 a 01/03 de 2012 Os objetivos do curso são genéricos e pouco focados na realidade local, o mesmo acontece com o perfil do egresso. Reformulação dos objetivos de cada UTA e dos Trabalhos Interdisciplinares. Revisão das competências e perfil do egresso a partir das mudanças nas ementas e na grade curricular. Adequação dos objetivos do curso às competências, perfil do egresso e grade curricular.

5 Renovação de presencial de Ciência Política/ Visita: 09/05 a 12/05 de 2012 EAD de Comércio Exterior / Visita: 14 a 17/12 de EAD de Gestão Ambiental / Visita: 22 a 25/02 de EAD de Gestão Comercial / Visita: 29/03 a 01/04 de Não observação das Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação no que compete às Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena. Indicador conceito 02. Produção científica, cultural, artística ou tecnológica. A bibliografia básica, referente ao livro físico, tem títulos apenas da Intersaberes e da Pearson Estrutura curricular: a estrutura curricular está bem implantada, mas após análise documental e informações recebidas nas reuniões com docentes, discentes, CPA e NDE, percebeu-se dificuldades na execução do PPC em relação a flexibilidade e interdisciplinaridade na estrutura curricular. Revisão das ementas das disciplinas de Antropologia e Antropologia da Política, implementação de atividades complementares com o objetivo de discutir as referidas temáticas. A Instituição com o intuito de fazer com que seus docentes estejam sempre atualizados e façam parte do corpo de pesquisa, incentiva seus docentes desde o início da carreira a produzir e publicar seus artigos, visto, que a IES possui cinco revistas para publicação e produção, bem como tem parcerias com outros periódicos. Ampliação das referências bibliográficas básicas junto aos Polos de Apoio Presencial - PAP. Modificação da grade curricular e revisão das ementas das disciplinas. Em todos estes e nos demais processos avaliativos externos que envolveram a visita in loco de comissões de avaliadores e a participação dos alunos nos cursos no ENADE, a CPA pode acompanhar seu desenrolar e também seus reflexos institucionais. Com base nesta experiência e a partir dos dados levantados, constata-se que no UNINTER os processos de melhoria em função dos resultados das avaliações externas estão consolidados, e que eles têm sido uma importante motivação para a revisão das suas políticas e práticas acadêmicas.

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: CENECT Centro Integrado de Educação, Ciência e UF: PR Tecnologia S/C Ltda. ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade

Leia mais

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA ALGUNS INDICADORES¹ 2.314 IES 245 públicas (10,6%) e 2.069

Leia mais

SEMINÁRIO DE GRADUAÇÃO ENADE 2015

SEMINÁRIO DE GRADUAÇÃO ENADE 2015 SEMINÁRIO DE GRADUAÇÃO ENADE 2015 ROTEIRO SINAES Princípios e concepções Os Ciclos Avaliativos do Enade e os Indicadores de Qualidade Enade 2015 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO SINAES Responsabilidade : responsabilidade

Leia mais

Cursos de Administração: qualidade necessária. XIV Fórum Internacional de Administração

Cursos de Administração: qualidade necessária. XIV Fórum Internacional de Administração Cursos de Administração: qualidade necessária XIV Fórum Internacional de Administração Rio de Janeiro, 18 de maio de 2015 ENSINAR, APRENDER, AVALIAR... TRAJETÓRIA DA AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO SUPERIOR CAPES avaliação

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: CENECT Centro Integrado de Educação, Ciência e UF: PR Tecnologia Ltda. ASSUNTO: Credenciamento dos polos de apoio

Leia mais

PROCESSOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

PROCESSOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CURSO DE CAPACITAÇÃO 2014 Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG Procuradoria Educacional Institucional (PEI) Faz a interlocução entre

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Brasileira de Educação Familiar e Social UF: BA ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade Social da Bahia

Leia mais

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com. ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.br CPC Conceito Preliminar de Curso 1 - Nota dos Concluintes no ENADE

Leia mais

PREPARANDO O ENADE (PARTE INTEGRANTE DO PROCESSO AVALIATIVO DE CURSOS E IES) Gustavo Monteiro Fagundes

PREPARANDO O ENADE (PARTE INTEGRANTE DO PROCESSO AVALIATIVO DE CURSOS E IES) Gustavo Monteiro Fagundes PREPARANDO O ENADE (PARTE INTEGRANTE DO PROCESSO AVALIATIVO DE CURSOS E IES) Gustavo Monteiro Fagundes FONTES LEGAIS Ø Lei do SINAES (Lei n. 10.861/2004): Objetivo SINAES: Assegurar processo nacional de

Leia mais

Definir a estrutura e o conteúdo pertinente ao Relato Institucional (RI); Apresentar as especificidades do Relato Institucional;

Definir a estrutura e o conteúdo pertinente ao Relato Institucional (RI); Apresentar as especificidades do Relato Institucional; MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA INEP COMISSÃO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CONAES DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO PROVÍNCIA LA SALLE BRASIL - CHILE APRESENTAÇÃO O Setor de Educação Superior da Província

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Escola Superior de Propaganda e Marketing UF: SP ASSUNTO: Recredenciamento da Escola Superior de Propaganda

Leia mais

A EVOLUÇÃO E OS EDUCAÇÃO SUPERIOR DESAFIOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AO LONGO DO SINAES A AS MUDANÇAS NA REGULAÇÃO E SUPERVISÃO DA

A EVOLUÇÃO E OS EDUCAÇÃO SUPERIOR DESAFIOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AO LONGO DO SINAES A AS MUDANÇAS NA REGULAÇÃO E SUPERVISÃO DA Suzana Schwerz Funghetto Coordenadora-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e Instituições de Ensino Superior/DAES/INEP A EVOLUÇÃO E OS DESAFIOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AO LONGO DO SINAES A AS MUDANÇAS

Leia mais

Tema: Práticas Inovadoras de formação: caminhos e propostas dos cursos de graduação em Engenharia da Produção

Tema: Práticas Inovadoras de formação: caminhos e propostas dos cursos de graduação em Engenharia da Produção Tema: Práticas Inovadoras de formação: caminhos e propostas dos cursos de graduação em Engenharia da Produção XX Encontro Nacional de Coordenadores de Curso de Engenharia da Produção (ABEPRO) Rio de Janeiro,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 14/5/2011, Seção 1, Pág.147. Portaria n 546, publicada no D.O.U. de 14/5/2012, Seção 1, Pág.147. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância)

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Faculdades Nordeste S/A UF: CE ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade Nordeste, com sede no Município de Fortaleza,

Leia mais

2. Comprovante de recolhimento da taxa de avaliação in loco, ressalvadas as hipóteses legais de isenção.

2. Comprovante de recolhimento da taxa de avaliação in loco, ressalvadas as hipóteses legais de isenção. SIC 19/2011* Belo Horizonte, 09 de fevereiro de 2011. AVALIAÇÃO EXTERNA. RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DE CURSO. RECREDENCIAMENTO DE IES. SINAES. NOTA TÉCNICA S/Nº, DE 18 DE JANEIRO DE 2011. SINAES DAES/INEP/MEC.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 10/10/2011, Seção 1, Pág. 1. Portaria n 1419, publicada no D.O.U. de 10/10/2011, Seção 1, Pág. 9. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

A Avaliação na Universidade Federal do Pampa: para além da regulação

A Avaliação na Universidade Federal do Pampa: para além da regulação A Avaliação na Universidade Federal do Pampa: para além da regulação Profª. Drª. Amélia Rota Borges de Bastos Coordenadora de Avaliação Pró-Reitoria de Planejamento, Desenvolvimento e Avaliação Março de

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 3/10/2011, Seção 1, Pág. 9. Portaria n 1380, publicada no D.O.U. de 3/10/2011, Seção 1, Pág. 8. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES (Lei 10.681/2004) tem o propósito de promover a melhoria da educação superior no Brasil....assegurar

Leia mais

CETEC EDUCACIONAL S.A. Mantenedora FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP. Mantida

CETEC EDUCACIONAL S.A. Mantenedora FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP. Mantida CETEC EDUCACIONAL S.A Mantenedora FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - ETEP Mantida PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 1 SUMÁRIO

Leia mais

RESULTADOS ALCANÇADOS

RESULTADOS ALCANÇADOS Política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão 2.1. Coerência das políticas de ensino, pesquisa e extensão com os documentos oficiais. Objetivos Ações Realizadas RESULTADOS ALCANÇADOS

Leia mais

CONCEITOS OBTIDOS NAS AVALIAÇÕES REALIZADAS PELO MEC 1996 a 2014

CONCEITOS OBTIDOS NAS AVALIAÇÕES REALIZADAS PELO MEC 1996 a 2014 CONCEITOS OBTIDOS NAS AVALIAÇÕES REALIZADAS PELO MEC 1996 a 2014 CURSO LOCAL ANO PROVÃO/ ENADE Guaporé Nova Prata Canela CPC Avaliações MEC "in loco" OrgDidPed Docentes Infraestr CONCEITO 1996 A 1997 B

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 0/5/2012, Seção 1, Pág.. Portaria n 712, publicada no D.O.U. de 0/5/2012, Seção 1, Pág. 2. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

FACULDADE DE FORTALEZA FAFOR COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO ANUAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA

FACULDADE DE FORTALEZA FAFOR COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO ANUAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA FACULDADE DE FORTALEZA FAFOR COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO ANUAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA 2014 1 1 APRESENTAÇÃO Este relatório descreve as atividades e resultados obtidos com as ações

Leia mais

1.1. Definir a estrutura e o conteúdo pertinente aorelato Institucional (RI); 1.2. Apresentar as especificidades do Relato Institucional;

1.1. Definir a estrutura e o conteúdo pertinente aorelato Institucional (RI); 1.2. Apresentar as especificidades do Relato Institucional; MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA INEP COMISSÃO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR CONAES DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior Daes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

ENADE: Perguntas e respostas

ENADE: Perguntas e respostas ENADE: Perguntas e respostas O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), Instituído pela Lei 10.861/2004 Lei do SINAES, sua realização é efetuada pelo INEP anualmente a estudantes das áreas selecionadas,

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Direito (presencial e a distância)

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Direito (presencial e a distância) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 30/5/2012, Seção 1, Pág. 33. Portaria n 708, publicada no D.O.U. de 30/5/2012, Seção 1, Pág. 32. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

CONCEITOS OBTIDOS NAS AVALIAÇÕES REALIZADAS PELO MEC 1996 a 2014

CONCEITOS OBTIDOS NAS AVALIAÇÕES REALIZADAS PELO MEC 1996 a 2014 CONCEITOS OBTIDOS NAS AVALIAÇÕES REALIZADAS PELO MEC 1996 a 2014 CURSO LOCAL ANO PROVÃO/ ENADE Guaporé Nova Prata CPC Avaliações MEC "in loco" OrgDidPed Docentes Infraestr CONCEITO 1996 A 1997 B 1998 A

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES. ENADE contínuo. Direito 1,88 2 2,5987 2,52 3 Comunicação Social - Jornalismo

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO: CES. ENADE contínuo. Direito 1,88 2 2,5987 2,52 3 Comunicação Social - Jornalismo PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 21/5/2012, Seção 1, Pág. 13. Portaria n 644, publicada no D.O.U. de 21/5/2012, Seção 1, Pág. 13. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância 1

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância 1 Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior SCS Quadra 07 Bloco "A" Sala 526 - Ed. Torre do Pátio Brasil Shopping 70.307-901 - Brasília/DF Tel.: (61) 3322-3252 Fax: (61) 3224-4933 E-Mail:

Leia mais

2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão

2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão 2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação de Ensino Superior de Ibaiti UF: PR ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade de Educação, Administração

Leia mais

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do Dimensão 2 As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de

Leia mais

Avaliação da Educação Superior - um olhar sobre o SINAES O SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR (SINAES)

Avaliação da Educação Superior - um olhar sobre o SINAES O SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR (SINAES) Avaliação da Educação Superior - um olhar sobre o SINAES O SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR (SINAES) Legislação Constituição Federal 1988 LDB Lei nº 9.394 de 1996 SINAES Lei nº 10.861

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

PROTOCOLO DE COMPROMISSO

PROTOCOLO DE COMPROMISSO PROTOCOLO DE COMPROMISSO Protocolo de Compromisso que a Faculdade de Tecnologia César Lattes Mantida pela Sociedade de Educação, Ciência e Tecnologia de Itu Ltda e representada pelo Sr. José Fernando Pinto

Leia mais

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III SIC 38/10* Belo Horizonte, 3 de dezembro de 2010. MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III O MEC publicou a Portaria nº 1326, de 18/11/2010 (ver íntegra do texto abaixo). É preciso ser mágico

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior Daes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos.

Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos. Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos. CLAUDIA MAFFINI GRIBOSKI Directora de Evaluación del INEP Instituto Nacional de Estudos e Pesquizas Educacionais Ainísio Teixeria

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 26/5/2011, Seção 1, Pág. 20. Portaria n 67, publicada no D.O.U. de 26/5/2011, Seção 1, Pág. 18. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS FEAMIG PLANO DE MELHORIAS ACADÊMICAS

FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS FEAMIG PLANO DE MELHORIAS ACADÊMICAS FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS FEAMIG PLANO DE MELHORIAS ACADÊMICAS Fevereiro 2011 PLANO DE MELHORIAS ACADÊMICAS DA FEAMIG Introdução Desde o final do ano de 2007 e o início de 2008, a FEAMIG

Leia mais

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da atribuição que lhe confere o artigo 14 da Lei no 10.861, de 14 de abril de 2004, resolve:

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da atribuição que lhe confere o artigo 14 da Lei no 10.861, de 14 de abril de 2004, resolve: >PORTARIA Nº 2.051, DE 9 DE JULHO DE 2004 Regulamenta os procedimentos de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), instituído na Lei no 10.861, de 14 de abril de 2004.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 28/7/2009, Seção 1, Pág. 53. Portaria n 760, publicada no D.O.U. de 28/7/2009, Seção 1, Pág. 53. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Síntese do plano de atuação da CPA- ciclo avaliativo 2008/2010

Síntese do plano de atuação da CPA- ciclo avaliativo 2008/2010 Síntese do plano de atuação da CPA- ciclo avaliativo 2008/2010 O trabalho da CPA/PUCSP de avaliação institucional está regulamentado pela Lei federal nº 10.861/04 (que institui o SINAES), artigo 11 e pelo

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM GRADUAÇÃO PRESENCIAL

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM GRADUAÇÃO PRESENCIAL RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE E AMBIENTE VIRTUAL DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL 2º SEMESTRE 2014 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO GERENCIAL

Leia mais

Banco Nacional de Itens (BNI) do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)

Banco Nacional de Itens (BNI) do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) Banco Nacional de Itens (BNI) do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENAÇÃO GERAL DO ENADE SINAES AVALIAÇÃO DE IES AVALIAÇÃO DE CURSOS AVALIAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 30/5/2012, Seção 1, Pág. 33. Portaria n 707, publicada no D.O.U. de 30/5/2012, Seção 1, Pág. 32. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Autoavaliação Institucional 2014 - Síntese-

Autoavaliação Institucional 2014 - Síntese- Autoavaliação Institucional 2014 - Síntese- ESTÁCIO FIB CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DA BAHIA Corpo Dirigente Diretor: Juarez Ramos Diretora Acadêmica: Carmem de Britto Bahia Gerente Administrativo: Luis

Leia mais

XIX SEMINÁRIO NACIONAL ANGRAD/MEC/INEP/CFA/CNE Enade: Dúvidas e Soluções. Foz do Iguaçú, PR, 27 de Outubro 2015

XIX SEMINÁRIO NACIONAL ANGRAD/MEC/INEP/CFA/CNE Enade: Dúvidas e Soluções. Foz do Iguaçú, PR, 27 de Outubro 2015 XIX SEMINÁRIO NACIONAL ANGRAD/MEC/INEP/CFA/CNE Enade: Dúvidas e Soluções Foz do Iguaçú, PR, 27 de Outubro 2015 Número de IES e de Matrículas de Graduação, por Organização Acadêmica Brasil - 2013 Organização

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior Daes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Antônio Vieira UF: RS ASSUNTO: Recredenciamento da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, com sede no

Leia mais

Luiz Roberto Liza Curi. Sociólogo / Doutor em Economia. Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com

Luiz Roberto Liza Curi. Sociólogo / Doutor em Economia. Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com Luiz Roberto Liza Curi Sociólogo / Doutor em Economia Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com 1 Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9394/96 Art. 8 A União, os Estados

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADA: Instituição Educacional São Judas Tadeu

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADA: Instituição Educacional São Judas Tadeu PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 11/5/2011, Seção 1, Pág. 19. Portaria n 530, publicada no D.O.U. de 11/5/2012, Seção 1, Pág. 19. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 12/8/2013, Seção 1, Pág. 11. Portaria n 733, publicada no D.O.U. de 12/8/2013, Seção 1, Pág. 10. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 14/5/2011, Seção 1, Pág.147. Portaria n 545, publicada no D.O.U. de 14/5/2012, Seção 1, Pág.147. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Centro Educacional João Ramalho S/C Ltda. UF: SP ASSUNTO: Recredenciamento das Faculdades Integradas de Santo André

Leia mais

REGIMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE (NDE) DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA

REGIMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE (NDE) DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA Campus Uruguaiana Curso de Graduação em Farmácia REGIMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE (NDE) DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA MARÇO de 2013 CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Universitária e Cultural da Bahia UF: BA ASSUNTO: Recredenciamento da Universidade Católica do Salvador,

Leia mais

INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR revisando as medidas de qualidade da ES

INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR revisando as medidas de qualidade da ES III ENCONTRO do CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR INDICADORES DE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR revisando as medidas de qualidade da ES Diretoria de Avaliação da Educação Superior - DAES Foz do Iguaçu Novembro

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE

PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE - MT 2011 Apresentação Articulado com o novo Plano de Desenvolvimento Institucional (2011-2015)

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA

REGULAMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA REGULAMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Art. 1º - O Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação em Odontologia, instituído pela Portaria IMMES nº 010, de 15 de

Leia mais

CRONOGRAMA DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2015 - ACOMPANHAMENTO DAS METAS DO PDI 2015 - EIXOS 1, 2 e 5

CRONOGRAMA DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2015 - ACOMPANHAMENTO DAS METAS DO PDI 2015 - EIXOS 1, 2 e 5 CRONOGRAMA DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2015 - ACOMPANHAMENTO DAS METAS DO PDI 2015 - EIXOS 1, 2 e 5 OBJETIVO 1.1. - ASSEGURAR O CRESCIMENTO E PERENIDADE DAS FACULDADES OPET Meta 1.1.1. OBTER RECONHECIMENTO

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADO: Ministério da Educação/ Universidade Federal de Santa UF: RS

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. INTERESSADO: Ministério da Educação/ Universidade Federal de Santa UF: RS AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Ministério da Educação/ Universidade Federal de Santa UF: RS Maria ASSUNTO: Recredenciamento da Universidade Federal

Leia mais

Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Abril de 2012 Página 1 de 11 Sumário Introdução 3 Justificativa 5 Objetivos 6 Metodologia 7 Dimensões de

Leia mais

As políticas de avaliação da educação superior

As políticas de avaliação da educação superior VI FÓRUM DA EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DE GOIÁS: A AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR COMO INDUTORA DE QUALIDADE As políticas de avaliação da educação superior Abril 2015 Panorama da educação superior no

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: UNIME - União Metropolitana para o Desenvolvimento da UF: BA Educação e Cultura ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade

Leia mais

XXII Seminário de Educação da Medicina Veterinária

XXII Seminário de Educação da Medicina Veterinária XXII Seminário de Educação da Medicina Veterinária Competência, Habilidade e Atitude na capacidade de gestão de qualidade do curso Dr. Lázaro Manoel de Camargo Coordenador do Curso de Medicina Veterinária

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 18/5/2012, Seção 1, Pág. 24. Portaria n 625, publicada no D.O.U. de 18/5/2012, Seção 1, Pág. 2. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 29/11/2011, Seção 1, Pág. 14. Portaria n 1662, publicada no D.O.U. de 29/11/2011, Seção 1, Pág. 12. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO O CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO ESTÁCIO UNIRADIAL é uma Instituição Privada de Ensino Superior com fins lucrativos, situada no Município de São Paulo, Estado

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro UFRRJ UF: RJ ASSUNTO: Recredenciamento da Universidade Federal Rural

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PROVAS SEGUNDO O MODELO ENADE. Profa. Tânia Moura Benevides

ELABORAÇÃO DE PROVAS SEGUNDO O MODELO ENADE. Profa. Tânia Moura Benevides ELABORAÇÃO DE PROVAS SEGUNDO O MODELO ENADE Profa. Tânia Moura Benevides Agenda QUESTÕES NORTEADORAS SINAES ENADE Estrutura da prova Responsabilidades Tipos de questões QUESTÕES NORTEADORAS O que nós professores

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO ELABORAÇÃO DO PPC INTRODUÇÃO O Projeto Pedagógico de Curso (PPC) deve orientar a ação educativa, filosófica e epistemológica do mesmo, explicitando fundamentos políticos,

Leia mais

Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES Principais aspectos

Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES Principais aspectos INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES Principais aspectos XIX SEMINÁRIO

Leia mais

MODELO. Professor, UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Preenchimento do FORMULÁRIO ELETRÔNICO de avaliação

MODELO. Professor, UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Preenchimento do FORMULÁRIO ELETRÔNICO de avaliação Professor, Apresentamos um modelo do Formulário Eletrônico a ser preenchido pelo coordenador do curso durante o processo de autorização ou reconhecimento de cursos. Colocamos na última coluna sugestão

Leia mais

REGIMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE (NDE) DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO CAFS

REGIMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE (NDE) DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO CAFS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CAMPUS AMILCAR FERREIRA SOBRAL CAFS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO BR 343 KM 3,5 Bairro Meladão CEP 64.800-000 Floriano PI. Fone (89) 3522-0138 REGIMENTO DO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 6/8/2014, Seção 1, Pág. 11. Portaria n 672, publicada no D.O.U. de 6/8/2014, Seção 1, Pág.11. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE

Leia mais

OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DO SINAES - DA IMPLANTAÇÃO DO SINAES AO FINAL DO SEGUNDO CICLO AVALIATIVO 2004/2012

OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DO SINAES - DA IMPLANTAÇÃO DO SINAES AO FINAL DO SEGUNDO CICLO AVALIATIVO 2004/2012 OS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO DO SINAES DA IMPLANTAÇÃO DO SINAES AO FINAL DO SEGUNDO CICLO AVALIATIVO 2004/2012 Profa. Ms. Fernanda de Cássia Rodrigues Pimenta UNICID 1 fernanda@educationet.com.br Prof.

Leia mais

Documento orientador de um curso que traduz as políticas acadêmicas institucionais

Documento orientador de um curso que traduz as políticas acadêmicas institucionais Documento orientador de um curso que traduz as políticas acadêmicas institucionais Construção coletiva a partir das experiências, coordenada pelo Colegiado do Curso de Graduação (art. 34 do Regimento Geral

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 10/10/2011, Seção 1, Pág. 17. Portaria n 1469, publicada no D.O.U. de 10/10/2011, Seção 1, Pág.1. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

CENÁRIO DA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM

CENÁRIO DA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM CENÁRIO DA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM Nível Superior Profª Drª Márcia Barbieri Docente Depto Enfermagem/UNIFESP Membro da Comissão Assessora de Avaliação da área de Enfermagem INEP/MEC Quem

Leia mais

A estratégia de expansão do EAD para as IES particulares frente as novas demandas de mercado

A estratégia de expansão do EAD para as IES particulares frente as novas demandas de mercado A estratégia de expansão do EAD para as IES particulares frente as novas demandas de mercado Ana Paula Marcheti Ferraz apmarcheti@gmail.com Skype: apaula5969 Linkedin: Ana Paula do C. Marcheti Ferraz Sobre

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 18/5/2012, Seção 1, Pág. 2. Portaria n 62, publicada no D.O.U. de 18/5/2012, Seção 1, Pág. 23. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE

Leia mais

U N I V E R S I D A D E P A R A N A E N S E U N I P A R Mantenedora Associação Paranaense de Ensino e Cultura - APEC

U N I V E R S I D A D E P A R A N A E N S E U N I P A R Mantenedora Associação Paranaense de Ensino e Cultura - APEC PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2011/2015 Relatório do Plano de Trabalho 2014 I - ENSINO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL E A DISTÂNCIA: a) Promover a revisão dos projetos pedagógicos dos cursos com CPC

Leia mais

8. Excelência no Ensino Superior

8. Excelência no Ensino Superior 8. Excelência no Ensino Superior PROGRAMA: 08 Órgão Responsável: Contextualização: Excelência no Ensino Superior Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - SETI O Programa busca,

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Cruzada Maranata de Evangelização UF: BA ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade Batista Brasileira, com sede no

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior. ASSUNTO: Diretrizes para a elaboração, pelo INEP,

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert UF:SP Einstein ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade

Leia mais

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007.

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. SIC 56/07 Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. 1. DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO, PELO INEP, DOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA O CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E SEUS PÓLOS DE APOIO

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE - NDE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FSV

REGULAMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE - NDE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FSV CAPÍTULO I Das considerações preliminares Art. 1º. O presente Regulamento disciplina as atribuições e o funcionamento do Núcleo Docente Estruturante NDE dos Cursos Superiores Tecnológicos, de Bacharelado

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep

Leia mais

Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1

Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1 Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1 1. Quais são os tipos de instituições de ensino superior? De acordo com sua organização acadêmica, as instituições de ensino

Leia mais

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006.

PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. PORTARIA Nº 300, DE 30 DE JANEIRO DE 2006. Aprova, em extrato, o Instrumento de Avaliação Externa de Instituições de Educação Superior do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES O MINISTRO

Leia mais