RELATÓRRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS SETEMBRO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS SETEMBRO - 2012"

Transcrição

1 RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS SETE EMBRO

2 ÍNDICE RELATÓRIO GERENCIAL Carteira Consolidada... 1 Carteira Detalhada... 2 Política de Investimentos... 3 Análise de Rentabilidade... 4 Retorno da Carteira por Ativo (em reais)... 5 Rentabilidade da Carteira (em %)... 6 Relatório de Movimentações... 7

3 Sociedade de Previdência Complementar CIASC DATUSPREV ATIVOS SETEMBRO AGOSTO DISTRIBUIÇÃO DA CARTEIRA TÍTULOS PÚBLICOS , ,24 13,79% 4,98% Letras FinLetras Financeiras do Tesouro , ,45 13,95% DPGE's NTN-B - NNTN B Notas do Tesouro Nacional Série B , ,79 Letras Financeiras DPGE's , ,51 22,47% FIDC s DPGE - B Bicbanco , ,19 Fundos RF/Multim. DPGE - CCruzeiro do Sul , ,21 Fundos RV DPGE - Fi Fibra , ,11 36,49% LETRAS FINANCEIRAS , ,00 8,34% LF - Safra Safra , ,06 LF - VotorVotorantim , ,94 DISTRIBUIÇÃO POR INDEXADOR FUNDOS DE INVESTIMENTOS DE DIREITOS CREDITÓRIOS , ,67 CDI/SELIC FIDC BonFIDC Bonsucesso Crédito Consignado , ,07 61,8% IPCA FIDC BonFIDC Bonsucesso II , ,08 Ações FIDC CedFIDC Cedae 2ª Série , ,68 FIDC CheFIDC Chemical V , ,37 FIDC Empírca Sifra Premium , ,47 FUNDOS DE INVESTIMENTOS EM RF/MULTIMERCADOS , ,95 8,3% HSBC Regimes de Previdência Ativo IPCA , ,99 29,9% HSBC TítuHSBC , ,79 DISTRIBUIÇÃO POR INSTITUIÇÃO ¹ SulaméricSulamérica Inflatie RF IMA B , ,45 Votorantim Inflation FIC RF ,77 Bicbanco 4,22% FI SommaFI Somma Multi Estratégias II , ,72 Cruzeiro do Sul 5,54% FUNDOS DE INVESTIMENTOS EM RENDA VARIÁVEL , ,58 Fibra 4,19% Safra 7,13% FIA DesteFIA Desterro IBrX , ,18 Votorantim 6,66% FIA Somma Ibovespa , ,40 HSBC Asset 7,57% TESOURARIA (8.178,52) (10.315,36) Somma 12,71% Caixa 2.067, ,40 Sulamérica Asset 8,43% Valores a Pagar/Receber (10.245,65) (11.686,76) VAM Votorantim Asset 2,10% TOTAL DA CARTEIRA DE INVESTIMENTOS , ,59 FIDC Bonsucesso 0,89% ATIVOS NÃO INTEGRANTES DA CARTEIRA DE INVESTIMENTOS FIDC Bonsucesso II 1,00% FIDC Cedae 2ª Série 1,29% EMPRÉSTIMOS , ,20 FIDC Chemical V 1,07% Empréstimos Consignados Concedidos* , ,20 FIDC Empírca Sifra Premium 0,74% TOTAL DO PLANO DE BENEFÍCIOS , ,79 ¹ Valores relativos ao total da Carteira de Investimentos. Não estão apresentados os. *Não está sendo considerado Amortizações, Ingressos e Retiradas. 1

4 CARTEIRA DETALHADA Compra Vencimento Indexador Valor Aplicado Valor Atual % % s/ PL Letras Financeiras do Tesouro 07/09/2013 SELIC , ,86 38,5% 14,0% Letras Financeiras do Tesouro 07/03/2014 SELIC , ,85 9,6% 3,5% NTN B Notas do Tesouro Nacional Série B 13/06/ /05/2013 IPCA + 6,93% a.a , ,93 5,1% 1,9% NTN B Notas do Tesouro Nacional Série B 07/06/ /05/2013 IPCA + 6,86% a.a , ,96 5,3% 1,9% NTN B Notas do Tesouro Nacional Série B 03/06/ /08/2014 IPCA + 6,70% a.a , ,74 10,4% 3,8% NTN B Notas do Tesouro Nacional Série B 24/05/ /08/2014 IPCA + 6,72% a.a , ,12 10,4% 3,8% NTN B Notas do Tesouro Nacional Série B 20/04/ /08/2014 IPCA + 6,57% a.a , ,20 10,4% 3,8% NTN B Notas do Tesouro Nacional Série B 26/04/ /08/2014 IPCA + 6,74% a.a , ,75 10,4% 3,8% Total em ,41 100% 36,5% Títulos Privados Compra Liquidez Vencimento Indexador Valor Aplicado Valor Atual % % s/ PL DPGE Bicbanco 31/03/ /03/ /03/2014 IPCA + 7,65% a.a , ,25 15,2% 4,2% DPGE Fibra 11/04/ /04/ /04/2014 IPCA + 7,60% a.a , ,86 15,1% 4,2% DPGE Cruzeiro do Sul 15/04/ /04/ /04/2013 IPCA + 7,50% a.a , ,96 7,5% 2,1% DPGE Cruzeiro do Sul 05/04/ /03/ /04/2013 CDI 115,00% , ,68 12,5% 3,5% LF Safra 04/04/ /04/ /04/2014 IPCA + 7,31% a.a , ,18 10,6% 2,9% LF Safra 31/03/ /03/ /03/2014 IPCA + 7,36% a.a , ,61 15,1% 4,2% LF Votorantim 25/04/ /04/ /04/2014 IPCA + 7,40% a.a , ,28 15,0% 4,2% LF Votorantim 04/04/ /04/ /04/2014 IPCA + 6,99% a.a , ,43 9,0% 2,5% Total em Títulos Privados ,25 100% 27,7% Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios FIDC's Gestor Quantidade de Cotas Valor da Cota Valor Atual % % s/ PL FIDC Bonsucesso II BRAM DTVM 12, , ,30 20,1% 1,0% FIDC Cedae 2ª Série BTG Pactual DTVM 400, , ,47 25,8% 1,3% FIDC Bonsucesso Crédito Consignado Oliveira Trust DTVM 16, , ,73 17,9% 0,9% FIDC Chemical V BRAM DTVM 300, , ,99 21,5% 1,1% FIDC Empírca Sifra Premium Empírica Invest. 198, , ,29 14,8% 0,7% Total em Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios ,78 100% 5,0% Fundos de Investimento Classificação Gestor Quantidade de Cotas Valor da Cota Valor Atual % % s/ PL HSBC Regimes de Previdência Ativo IPCA IPCA HSBC Gestão de Rec , , ,30 16,4% 5,1% HSBC Referenciado DI HSBC Gestão de Rec , , ,16 8,1% 2,5% Sulamérica Inflatie RF IMA B IMA B Sulamérica Invest , , ,98 27,4% 8,4% Votorantim Inflation FIC RF IMA B VAM , , ,77 6,8% 2,1% FI Somma Multi Estratégias II Multimercado Somma Invest , , ,70 14,2% 4,4% FIA Desterro IBrX 50 Ações Somma Invest , , ,02 20,4% 6,3% FIA Somma Ibovespa Ações Somma Invest , , ,44 6,7% 2,1% Total em Fundos de Investimento ,37 100% 30,8% Aplicação Resgate 2

5 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS LIMITES DE INVESTIMENTO POR CATEGORIA¹ LIMITES DE INVESTIMENTO POR INSTITUIÇÃO/ATIVO E RATINGS¹ CATEGORIA MÁXIMO ATUAL INSTITUIÇÃO OU ATIVO MÁXIMO ATUAL FITCH MOODY'S S&P AUSTIN TítuTítul 100% 53,6% 46,4% Segurança Máxima 1,9% CDBCDB CDB's Certificados de Depósito Bancário 30% 0,0% 30,0% FIDCFIDC Bonsucesso Crédito Consignado 10% 0,9% braaa DPGDPG DPGE's Depósitos a Prazo com Garantia Especial 30% 13,7% 16,3% FIDCFIDC Bonsucesso II 10% 1,0% braaa LF'sLF LF's Letras Financeiras 30% 13,5% 16,5% Segurança Alta 16,6% FIDFIDCFIDC s 10% 4,9% 5,1% Safr Safra 10% 7,0% AA+ (bra) Aaa.br braaa AA+ MulFIM Fundos Multimercado 10% 4,3% 5,7% VotoVotorantim 10% 6,5% AA+ (bra) Aaa.br braaa FunFIA Fundos de Renda Variável 20% 8,2% 11,8% FIDCFIDC Cedae 2ª Série 10% 1,3% AA (bra) braa Em Emp Empréstimos 15% 1,9% 13,1% FIDCFIDC Chemical V 10% 1,1% Aa1.br Total 100,0% FIDCFIDC Empírca Sifra Premium 10% 0,7% braa Segurança Média Alta 8,3% CDB's 0,0% LIMITES DE INVESTIMENTO POR CATEGORIA¹ 53,6% BicbBicbanco 10% 4,1% A+ (bra) Aa1.br braa AA FibraFibra 10% 4,1% A (bra) A2.br bra Segurança Média Baixa 5,4% CruzCruzeiro do Sul² 10% 5,4% Ca.br brcc CCC DPGE's 13,7% LF's FIDC's Multimercados 4,9% 4,3% 13,5% ¹Relativo ao total do Plano de Benefícios. ²Todos os recursos aplicados no Banco Cruzeiro do Sul estão em DPGE's e contam com garantia do FGC. MUTAÇÃO DOS INVESTIMENTOS¹ Fundos de RV Empréstimos 1,9% 8,2% ATUAL MÁXIMO 5,32% 5,62% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% DEZEMBRO ,37% 14,54% 14,77% RATINGS DOS ATIVOS² 5,34% A 25,7% 1,89% AA 51,6% CCC 16,9% SETEMBRO ,80% 13,53% 4,9% 13,69% 22,04% 8,19% ² Ratings das Instituições Privadas e FIDC's AAA 5,8% Letras Financeiras FIDC s DPGE's Fundos RF/Multim. Fundos RV Empréstimos 3

6 ANÁLISE DE RENTABILIDADE RENTABILIDADE POR INVESTIMENTO No Mês Em 12 Meses¹ RENTABILIDADE POR INVESTIMENTO No Mês Em 12 Meses¹ % % da Meta % % da Meta Fundos % % da Meta % % da Meta Letras Financeiras do Tesouro 0,53 56,8% 9,50 81,3% FI Somma Multi Estratégias II 0,64 68,5% 10,36 88,6% Notas do Tesouro Nacional Série B 0,68 72,1% 11,94 102,2% Fundos Renda Variável % Diferença % Diferença HSBC Regimes de Previdência Ativo IPCA 1,69 180,3% 26,59 227,6% FIA Desterro IBrX 50 3,52 0,37 1,51 13,16 HSBC 0,51 54,5% 9,23 79,0% FIA Somma Ibovespa 4,27 0,57 Sulamérica Inflatie RF IMA B 1,33 142,4% 21,75 186,2% Votorantim Inflation FI RF 1,64 174,6% 14,17 121,3% RENTABILIDAD POR SEGUIMENTO No Mês Em 12 Meses¹ DPGE's % % da Meta % % da Meta Renda Fixa, Estruturados e Empréstimos % % da Meta % % da Meta DPGE BicBanco 0,95 101,3% 13,15 112,6% Renda Fixa 0,79 84,7% 11,02 94,3% DPGE Cruzeiro do Sul 0,35 37,2% 11,25 96,3% Estruturados 0,64 68,5% 10,36 88,6% DPGE Fibra 1,02 108,8% 13,08 112,0% Empréstimos 1,59 169,7% Letras Financeiras % % da Meta % % da Meta Renda Variável % Diferença % Diferença LF Safra 0,97 104,0% 12,84 109,9% Renda Variável 3,70 0,00 9,09 4,00 LF Votorantim 0,98 104,3% 12,74 109,1% FIDC's % % da Meta % % da Meta Meta Atuarial (INPC + 6% a.a.) 0,94 11,68 FIDC Bonsucesso Cédito Consignado 0,69 73,3% 11,59 99,2% Meta Atuarial (INPC + 5% a.a.) 0,90 10,66 FIDC Bonsucesso II 1,03 109,9% CDI 0,54 9,45 FIDC Cedae 2ª Série 1,18 126,2% Ibovespa 3,70 13,09 FIDC Chemical V 0,63 67,4% 10,85 92,9% IBrX 2,78 16,31 FIDC Empírca Sifra Premium 1,18 125,8% IBrX 50 3,14 14,67 ¹ Algumas aplicações não possuem histórico de 12 meses. COMPARATIVO DE RENTABILIDADE MENSAL RENDA FIXA COMPARATIVO DE RENTABILIDADE MENSAL RENDA VARIÁVEL 4,5 3,0 100% 0% RENDA FIXA 84,7% ESTRUTURADOS 68,5% EMPRÉSTIMOS 169,7% LFT 56,8% NTN B 72,1% HSBC Reg. Prev. IPCA 180,3% HSBC 54,5% Sula. Inflatie IMA B 142,4% Votorantim Inflation 174,6% DPGE BicBanco 101,3% DPGE Cruz. do Sul 37,2% DPGE Fibra 108,8% LF Safra 104% LF Votorantim 104,3% FIDC Bonsucesso 73,3% FIDC Bonsucesso II 109,9% FIDC Cedae 2ª Série 126,2% FIDC Chemical V 67,4% FIDC Sifra Premium 125,8% Somma Multi Est. II 68,5% 1,5 0,0 RENDA VARIÁVEL 3,7% FIA Desterro IBrX 50 3,52% FIA Somma Ibov. 4,27% IBrX 2,78% IBrX 50 3,14% Ibovespa 3,7% 4

7 RETORNO DA CARTEIRA POR ATIVO (EM REAIS) RESULTADOS EM REAIS POR ATIVO º SEMESTRE JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO ACUMULADO , , , , ,12 LFT , , , , ,54 NTN B , , , , ,65 HSBC Regimes de Previdência Ativo IPCA , , ,30 HSBC , , , , ,88 Sulamérica Inflatie RF IMA B (6.605,27) , , , ,98 Votorantim Inflation FIC RF 799,77 799,77 DPGE's , , , , ,34 Bicbanco , , , , ,51 Fibra , , , , ,05 Cruzeiro do Sul , , , , ,78 Letras Financeiras , , , , ,21 Safra , , , , ,74 Votorantim , , , , ,47 FIDC's , , , , ,94 FIDC Bonsucesso Crédito Consignado , , , , ,79 FIDC Bonsucesso II , , , , ,46 FIDC Cedae 2ª Série , , , , ,09 FIDC Chemical V , , , , ,31 FIDC Empírca Sifra Premium 3.479, , , , ,29 Fundos ( ,14) , , , ,14 FI Somma Multi Estratégias II , , , , ,32 FIA Desterro IBrX 50 ( ,28) , , ,84 (17.445,63) FIA Somma Ibovespa (71.698,97) , , ,04 (7.722,56) Itaú IBrX Ações , ,01 TOTAL , , , , ,75 5

8 RENTABILIDADE DA CARTEIRA (Em %) RENTABILIDADE EM 2012 INDICADORES DE MERCADO Poupança INPC IGP M Ibovespa Mês Carteira Meta % da Meta CDI Poupança INPC ¹ IGPM Ibovespa Janeiro 1,22 1,00 122,3% 0,89 0,59 0,51 0,25 11,13 Fevereiro 0,88 1,00 88,1% 0,74 0,50 0,51 0,06 4,34 Março 0,90 0,88 102,1% 0,81 0,61 0,39 0,43 1,98 Abril 0,65 0,67 97,6% 0,70 0,52 0,18 0,85 4,17 Maio 0,38 1,13 33,6% 0,73 0,55 0,64 1,02 11,86 Junho 0,19 1,04 18,1% 0,64 0,50 0,55 0,66 0,25 Julho 1,11 0,75 148,7% 0,68 0,51 0,26 1,34 3,21 Agosto 1,02 0,92 111,5% 0,69 0,51 0,43 1,43 1,72 Setembro 1,02 0,94 109,3% 0,54 0,50 0,45 0,97 3,70 Outubro Novembro Dezembro Total 7,61 8,61 88,3% 6,60 4,89 3,99 7,09 4,27 Milhões EVOLUÇÃO DO PATRIMÔNIO EM REAIS (CARTEIRA DE INVESTIMENTOS) 30, ,29 27,00 24,00 21,00 18,00 15,00 12,00 9,00 6,00 3,00 mar 10 set 10 mar 11 set 11 mar 12 set 12 ¹ Os valores do INPC são referentes ao mês anterior RENTABILIDADE x CDI x ÍND. REF. (ACUMULADOS) 36% 34% Meta Atuarial 34,41% 32% CDI 28,81% 30% 28% Carteira 27,55% 26% 24% 22% 20% 18% 16% 14% 12% 10% 8% 6% 4% 2% 0% fev/10 jul/10 dez/10 mai/11 out/11 mar/12 ago/12 CARTEIRA x INDICADORES (EM 12 MESES) 11,68 10,95 9,45 8,07 6,71 5,39 Carteira Meta Atuarial CDI Poupança INPC ¹ IGP M RENTABILIDADE EM 2011 Mês Carteira Meta % Meta Janeiro 0,51 1,09 46,8% Fevereiro 0,87 1,43 60,9% Março 0,95 1,03 92,3% Abril 0,62 1,15 53,9% Maio 0,77 1,21 64,0% Junho 0,68 1,06 64,5% Julho 0,43 0,71 60,4% Agosto 0,59 0,49 121,0% Setembro 0,60 0,91 65,9% Outubro 1,32 0,94 140,7% Novembro 0,77 0,81 94,9% Dezembro 1,00 1,06 94,4% Total 9,48 12,51 75,7% 6

9 RELATÓRIO DE MOVIMENTAÇÕES RESUMO DAS MOVIMENTAÇÕES RESUMO DAS MOVIMENTAÇÕES DATA VALOR OPERAÇÃO ATIVO DATA VALOR OPERAÇÃO ATIVO 05/09/ ,93 Amortização FIDC Bonsucesso 05/09/ ,00 Aplicação Fundo HSBC 06/09/ ,00 Aplicação Fundo HSBC 10/09/ ,00 Resgate Fundo HSBC 20/09/ ,64 Amortização FIDC Bonsucesso 2 20/09/ ,00 Aplicação Fundo HSBC 25/09/ ,30 Amortização FIDC Cedae 2ª Série 25/09/ ,00 Aplicação Fundo HSBC 27/09/ ,00 Aplicação Votorantim Inflation FIC RF 27/09/ ,00 Resgate Fundo HSBC 27/09/ ,30 Resgate LFT 7

RELATÓRIO DE GESTÃO DE EIRO

RELATÓRIO DE GESTÃO DE EIRO RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS JAN EIRO - 2013 ÍNDICE RELATÓRIO GERENCIAL Carteira Consolidada... 1 Carteira Detalhada... 2 Política de Investimentos... 3 Análise de Rentabilidade... 4 Retorno da

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS JANEIRO - 2015

RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS JANEIRO - 2015 RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS JANEIRO - 2015 Í NDICE RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS Carteira Consolidada... 1 Carteira Detalhada... 2 Política de Investimento 2015... 3 Análise de Rentabilidade...

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS OUTUBRO

RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS OUTUBRO RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS OUTUBRO - 2014 Í NDICE RELATÓRIOO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS Carteira consolidada... 1 Carteira detalhada... 2 Política de Investimento 2014... 3 Análise de rentabilidadee...

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - ARROJADA MIX 40

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - ARROJADA MIX 40 BENCHMARK RF:60.00% ( 100.00%CDI ) + RV:40.00% ( 100.00%IBRX 100 ) Relatório Gerencial Consolidado - Período de 03/11/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/11/2015 pg. 1 Posição Sintética

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA MARÇO

RELATÓRIO DE GESTÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA MARÇO 2015 RELATÓRIO DE GESTÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA MARÇO Expectativas de Mercado BACEN (17/04/2015) Pág. 2 abril de 2015 CARTEIRA DE INVESTIMENTO ATIVOS % FEVEREIRO MARÇO DISTRIBUIÇÃO POR INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

Leia mais

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos dos Planos: PPC, FIPECqPREV e PGA

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos dos Planos: PPC, FIPECqPREV e PGA Evolução Mensal da Carteira de Investimentos dos Planos: PPC, FIPECqPREV e PGA (R$ Mil) 1.050.000 Período: Jan/08 - Dez/14 1.000.000 950.000 900.000 850.000 800.000 750.000 700.000 650.000 600.000 550.000

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA ABRIL

RELATÓRIO DE GESTÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA ABRIL 2015 RELATÓRIO DE GESTÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA ABRIL Expectativas de Mercado BACEN (15/05/2015) Pág. 2 maio de 2015 CARTEIRA DE INVESTIMENTO ATIVOS % MARÇO ABRIL DISTRIBUIÇÃO POR INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

Leia mais

Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV

Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV Data da Posição: 28/02/2015 Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV Autarquia Municipal de Previdência e Assistência à Saúde dos Servidores Composição da Carteira de Investimentos RECIPREV (Gestores)

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - MODERADA MIX 20 BENCHMARK RF:80.00% ( 100.00%CDI ) + RV:20.00% ( 100.00%IBRX 100 ) Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética

Leia mais

Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV

Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV Data da Posição: 20/03/2015 Relatórios da Carteira de Investimentos RECIPREV Autarquia Municipal de Previdência e Assistência à Saúde dos Servidores Composição da Carteira de Investimentos RECIPREV (Gestores)

Leia mais

DADOS ECONÔMICOS - 30 DE ABRIL DE 2.013 META ATUARIAL ANO = 4,46% (MÊS = 1,04%) CARTEIRA ANO = -0,4775 % (MÊS = 0,8096% )

DADOS ECONÔMICOS - 30 DE ABRIL DE 2.013 META ATUARIAL ANO = 4,46% (MÊS = 1,04%) CARTEIRA ANO = -0,4775 % (MÊS = 0,8096% ) DADOS ECONÔMICOS - 30 DE ABRIL DE 2.013 META ATUARIAL ANO = 4,46% (MÊS = 1,04%) CARTEIRA ANO = -0,4775 % (MÊS = 0,8096% ) CÓDIGO ANBID SANTANDER SANTANDER FIC RENDA FIXA IMA-B TITULOS PÚBLICOS (1 - RF)

Leia mais

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos Evolução Mensal da Carteira de Investimentos (R$ Mil) 1.000.000 Período: Jan/08 - Jul/14 950.000 900.000 850.000 800.000 750.000 700.000 650.000 600.000 550.000 jan/08 mar/08 mai/08 jul/08 set/08 nov/08

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX BENCHMARK 100.00%CDI Relatório Gerencial Consolidado - Período de 01/04/2015 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 30/04/2015 pg. 1 Posição Sintética dos Ativos em 30/04/2015 Financeiro % PL FUNDOS

Leia mais

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos Evolução Mensal da Carteira de Investimentos (R$ Mil) 950.000 Período: Jan/07 - Ago/12 900.000 850.000 800.000 750.000 700.000 650.000 600.000 550.000 fev/07 abr/07 jun/07 ago/07 out/07 dez/07 fev/08 abr/08

Leia mais

GESTÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA RPPS PONTÃO MARÇO

GESTÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA RPPS PONTÃO MARÇO 2015 RELATÓRIO DE GESTÃO ECONÔMICA E FINANCEIRA MARÇO BANCO CENTRAL DO BRASIL. Focus Relatório de Mercado de 6 de março de 2015. Disponível em: http://www.bcb.gov.br/pec/gci/port/readout/r20150306.pdf.

Leia mais

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos Evolução Mensal da Carteira de Investimentos (R$ Mil) 980.000 Período: Jan/08 - Mar/14 940.000 900.000 860.000 820.000 780.000 740.000 700.000 660.000 620.000 580.000 540.000 jan/08 mar/08 mai/08 jul/08

Leia mais

Demonstrativo de Investimentos

Demonstrativo de Investimentos Demonstrativo de Investimentos 2º Trimestre de 2013 Este relatório é de uso exclusivo dos órgãos de administração (Diretoria, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal) da SIAS. Diretoria Administrativa

Leia mais

DADOS ECONÔMICOS - 31 DE JULHO DE 2.012 META ATUARIAL= 6,86% (MÊS= 0,93%) CARTEIRA ANO= 11,88% (MÊS= 2,06%)

DADOS ECONÔMICOS - 31 DE JULHO DE 2.012 META ATUARIAL= 6,86% (MÊS= 0,93%) CARTEIRA ANO= 11,88% (MÊS= 2,06%) DADOS ECONÔMICOS - 31 DE JULHO DE 2.012 META ATUARIAL= 6,86% (MÊS= 0,93%) CARTEIRA ANO= 11,88% (MÊS= 2,06%) CÓDIGO ANBID SANTANDER SANTANDER FIC RENDA FIXA IMA-B TITULOS PÚBLICOS (1 - RF) 239410 37.386.754,15

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS MARÇO-2014. Regime Próprio de Previdência do Município de Agudo - RS

RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS MARÇO-2014. Regime Próprio de Previdência do Município de Agudo - RS RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS MARÇO-2014 Regime Próprio de Previdência do Município de Agudo - RS INTRODUÇÃO O Relatório de Gestão de Investimentos do Regime Próprio de Previdência do Município

Leia mais

DADOS ECONÔMICOS - 30 DE ABRIL DE 2.012 META ATUARIAL= 3,86 % (MÊS= 1,14%) CARTEIRA ANO= 8,20% (MÊS= 2,46%)

DADOS ECONÔMICOS - 30 DE ABRIL DE 2.012 META ATUARIAL= 3,86 % (MÊS= 1,14%) CARTEIRA ANO= 8,20% (MÊS= 2,46%) DADOS ECONÔMICOS - 30 DE ABRIL DE 2.012 META ATUARIAL= 3,86 % (MÊS= 1,14%) CARTEIRA ANO= 8,20% (MÊS= 2,46%) CÓDIGO ANBID SANTANDER SANTANDER FIC RENDA FIXA IMA-B TITULOS PÚBLICOS 239410 39.931.053,81 0,00

Leia mais

DIRETORIA DE INVESTIMENTOS

DIRETORIA DE INVESTIMENTOS DIRETORIA DE INVESTIMENTOS Relatório Mensal de Investimentos Fundo Financeiro e Previdenciário Agosto Rio de Janeiro 2014 1 Diretoria de Investimentos Gustavo de Oliveira Barbosa Diretor Presidente Gerência

Leia mais

Plano de Gestão Administrativa - PGA

Plano de Gestão Administrativa - PGA Evolução Mensal da Carteira de Investimentos Período: Jan/09 - Mai/15 (R$ Mil) 43.000 42.000 41.000 40.000 39.000 38.000 37.000 36.000 35.000 34.000 33.000 32.000 jan/09 mar/09 mai/09 jul/09 set/09 nov/09

Leia mais

DIRETORIA DE INVESTIMENTOS

DIRETORIA DE INVESTIMENTOS DIRETORIA DE INVESTIMENTOS Relatório Mensal de Investimentos Fundo Financeiro e Previdenciário Fevereiro Rio de Janeiro 2015 1 Diretoria de Investimentos Gustavo de Oliveira Barbosa Diretor Presidente

Leia mais

Síntese de set/out/nov-2014

Síntese de set/out/nov-2014 Síntese de set/out/nov-2014 23 de dezembro de 2014 Análise de Cenário O que está ruim pode piorar um pouco mais... Embora a nomeação da equipe econômica e seus primeiros discursos tenham agradado aos mercados,

Leia mais

POLITICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO 2.011 SUMÁRIO

POLITICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO 2.011 SUMÁRIO SERVIÇO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL Rua Monsenhor Soares nº. 65 Centro Itapetininga SP Fones (015)3271-0728 e 3271-7389(telefax) E-mail: seprem@uol.com.br POLITICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO 2.011 SUMÁRIO

Leia mais

Política Anual de Investimentos (PAI)

Política Anual de Investimentos (PAI) Política Anual de Investimentos (PAI) 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVOS... 3 2.1 OBJETIVO GERAL... 3 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 3 3 VIGÊNCIA... 3 4 MODELO DE GESTÃO... 4 5 PROCESSO DE SELEÇÃO

Leia mais

Demonstrativo de Investimentos

Demonstrativo de Investimentos Demonstrativo de Investimentos 1º Trimestre de 2013 Este relatório é de uso exclusivo dos órgãos de administração (Diretoria, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal) da SIAS. Diretoria Administrativa

Leia mais

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX

Posição e Desempenho da Carteira - Resumo HSBC INSTITUIDOR FUNDO MULTIPLO - CONSERVADORA FIX BENCHMARK 100.00%CDI Relatório Gerencial Consolidado - Período de 02/12/2013 Posição e Desempenho da Carteira - Resumo a 31/12/2013 pg. 1 Posição Sintética dos Ativos em 31/12/2013 Financeiro % PL FUNDOS

Leia mais

VITER Vice-Presidência de Gestão de Ativos de Terceiros. GEICO Gerência Nacional de Investidores Corporativos

VITER Vice-Presidência de Gestão de Ativos de Terceiros. GEICO Gerência Nacional de Investidores Corporativos VITER Vice-Presidência de Gestão de Ativos de Terceiros GEICO Gerência Nacional de Investidores Corporativos 1 CENÁRIO ECONÔMICO Economia Internacional RECUPERAÇÃO Produção Industrial (total) 115.00 Revisões

Leia mais

PARECER MENSAL - 4/2015 14/05/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO

PARECER MENSAL - 4/2015 14/05/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO PARECER MENSAL - 4/2015 14/05/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Adélio Dalmolin; Atendendo a necessidade do Instituto

Leia mais

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos

Evolução Mensal da Carteira de Investimentos Evolução Mensal da Carteira de Investimentos (R$ Mil) 980.000 Período: Jan/07 - Dez/12 940.000 900.000 860.000 820.000 780.000 740.000 700.000 660.000 620.000 580.000 540.000 fev/07 abr/07 jun/07 ago/07

Leia mais

A Rentabilidade líquida do Plano ALEPEPREV e do PGA ; Resumo de Informações sobre o Demonstrativo de Investimentos. Resumo do Exercício 2014

A Rentabilidade líquida do Plano ALEPEPREV e do PGA ; Resumo de Informações sobre o Demonstrativo de Investimentos. Resumo do Exercício 2014 Síntese dos Resultados dos Investimentos O Pl ALEPEPREV, instituído na modalidade de Contribuição Definida, obteve um desempenho muito satisfatório no de 2014. O Pl de Benefícios superou a sua meta de

Leia mais

Santa Helena. jan/12 Aplicações Financeiro Inicial Aplicação Resgate Rendimento Total

Santa Helena. jan/12 Aplicações Financeiro Inicial Aplicação Resgate Rendimento Total Santa Helena Consultoria de Investimentos TC Consultoria de Investimentos Consultor Responsável: Diego Siqueira Santos Certificado pela CVM, Ato declaratório 11.187, de 23 de Julho de 2010 jan/12 Aplicações

Leia mais

DESEMPENHO DOS INVESTIMENTOS PLANO BD Junho/2015

DESEMPENHO DOS INVESTIMENTOS PLANO BD Junho/2015 Junho/2015 DESEMPENHO DOS INVESTIMENTOS PLANO BD Junho/2015 ANÁLISE GLOBAL DOS INVESTIMENTOS DO PLANO Os investimentos do Plano BD apresentaram, em junho, rentabilidade de 1,24%, o que representa 101,64%

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS JULHO - 2015. Regime Próprio de Previdência do Município de Agudo - RS

RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS JULHO - 2015. Regime Próprio de Previdência do Município de Agudo - RS RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS JULHO - 2015 Regime Próprio de Previdência do Município de Agudo - RS INTRODUÇÃO O Relatório de Gestão de Investimentos do Regime Próprio de Previdência do Município

Leia mais

Desempenho financeiro do Portus no 1º semestre de 2007 RENDA FIXA

Desempenho financeiro do Portus no 1º semestre de 2007 RENDA FIXA Desempenho financeiro do Portus no 1º semestre de 2007 Este relatório tem como objetivo, atender a Instrução SPC nº 07 de 2005 e informar aos Participantes, Assistidos, Patrocinadores, Entidades de Classe

Leia mais

Renda Fixa: 88%[(78% [CDI+0,5%]+17% IMAB + 5%IMAB5)+12%(103%CDI)] Renda Variável Ativa = 100%(IBrx+6%) Inv. estruturados = IFM Inv. no exterior = BDRX

Renda Fixa: 88%[(78% [CDI+0,5%]+17% IMAB + 5%IMAB5)+12%(103%CDI)] Renda Variável Ativa = 100%(IBrx+6%) Inv. estruturados = IFM Inv. no exterior = BDRX Objetivo Os investimentos dos Planos Básico e Suplementar, modalidade contribuição definida, tem por objetivo proporcionar rentabilidade no longo prazo através das oportunidades oferecidas pelos mercados

Leia mais

ANÁLISE DE INVESTIMENTO - 005/2013 04/02/2013

ANÁLISE DE INVESTIMENTO - 005/2013 04/02/2013 ANÁLISE DE INVESTIMENTO - 005/2013 04/02/2013 DESEMPENHO DA CARTEIRA DE INVESTIMENTOS DOS RPPS CLIENTES DA SELF ASSESSORIA Prezados senhores Diretores e Conselheiros; Estamos enviando um parecer, analisando

Leia mais

Plano de Previdência Complementar - PPC Evolução Mensal da Carteira de Investimentos

Plano de Previdência Complementar - PPC Evolução Mensal da Carteira de Investimentos (R$ Mil) 1.050.000 Plano de Previdência Complementar - PPC Evolução Mensal da Carteira de Investimentos Período: Janeiro/2009 - Fevereiro/2016 1.000.000 950.000 900.000 850.000 800.000 750.000 700.000

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL DAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DOS RECURSOS PREVIDENCIÁRIOS JANEIRO-2015

RELATÓRIO MENSAL DAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DOS RECURSOS PREVIDENCIÁRIOS JANEIRO-2015 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NOVO HAMBURGO RELATÓRIO MENSAL DAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DOS RECURSOS PREVIDENCIÁRIOS JANEIRO- ÍNDICE DEMOSTRATIVO DAS APLICAÇÕES DA

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 20/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 20/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 20/07/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Adélio Dalmolin; Atendendo a necessidade do

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 1/2015 13/04/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 1/2015 13/04/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO RELATÓRIO TRIMESTRAL - 1/2015 13/04/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Sorriso - MT PREVISO Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Adélio Dalmolin; Atendendo a necessidade do

Leia mais

Relatório Analítico dos Investimentos em janeiro de 2016

Relatório Analítico dos Investimentos em janeiro de 2016 Este relatório atende a Portaria MPS nº 519, de 24 de agosto de 2011, Artigo 3º Incisos III e V. Relatório Analítico dos Investimentos em janeiro de 2016 Carteira consolidada de investimentos - base (janeiro

Leia mais

1. Objetivo e Descrição do fundo

1. Objetivo e Descrição do fundo FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: 11.664.201/0001-00 Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ: 33.644.196/0001-06 RELATÓRIO SEMESTRAL 1º. SEM. 2012 1. Objetivo e Descrição do fundo

Leia mais

Consultoria de investimentos para RPPS

Consultoria de investimentos para RPPS Consultoria de investimentos para RPPS (Regime Próprio de Previdência Social). www.investorbrasil.com A INVESTOR é uma empresa especializada em consultoria e implementação de soluções na área de investimentos

Leia mais

Bandepe Previdência Social CNPJ - 11.001.963/0001-26. Relatório Gerencial Investimentos BANDEPREV

Bandepe Previdência Social CNPJ - 11.001.963/0001-26. Relatório Gerencial Investimentos BANDEPREV Bandepe Previdência Social Relatório Gerencial Investimentos BANDEPREV ABRIL 2015 PLANO BÁSICO - CNPB: 19.800.019-11 1. Distribuição dos Investimentos por 2.1 Gráfico mês a mês ano 2015 Abril de 2015 Valor

Leia mais

Renda Fixa: 88%[(78% [CDI+0,5%]+17% IMAB + 5%IMAB5)+12%(103%CDI)] Renda Variável Ativa = 100%(IBrx+6%) Inv. estruturados = IFM Inv. no exterior = BDRX

Renda Fixa: 88%[(78% [CDI+0,5%]+17% IMAB + 5%IMAB5)+12%(103%CDI)] Renda Variável Ativa = 100%(IBrx+6%) Inv. estruturados = IFM Inv. no exterior = BDRX Objetivo Os investimentos dos Planos Básico e Suplementar, modalidade contribuição definida, tem por objetivo proporcionar rentabilidade no longo prazo através das oportunidades oferecidas pelos mercados

Leia mais

No Brasil. No Mundo. BB DTVM: Líder do Mercado. O Brasil subiu para 6º lugar no ranking mundial. Fonte: ANBIMA- Agosto/10 e ICI - Mar/10 EUA 48,69%

No Brasil. No Mundo. BB DTVM: Líder do Mercado. O Brasil subiu para 6º lugar no ranking mundial. Fonte: ANBIMA- Agosto/10 e ICI - Mar/10 EUA 48,69% Ranking Mundial de Fundos No Mundo O Brasil subiu para 6º lugar no ranking mundial. No Brasil BB DTVM: Líder do Mercado EUA 48,69% BB DTVM 21,43% Luxemburgo 10,09% ITAÚ-UNIBANCO 17,11% França 7,51% BRADESCO

Leia mais

1. Objetivo e Descrição do fundo

1. Objetivo e Descrição do fundo FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: 11.664.201/0001-00 Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ: 33.644.196/0001-06 RELATÓRIO SEMESTRAL 1º. SEM. 2013 1. Objetivo e Descrição do fundo

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2009 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 2 2 OBJETIVOS... 2 2.1 OBJETIVO GERAL... 2 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 2 3 VIGÊNCIA... 3 3.1 MODELO DE GESTÃO... 3 3.2 PROCESSO

Leia mais

Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Vitória INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03/2008

Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Vitória INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03/2008 Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Vitória INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03/2008 Institui a Política de Investimento para o exercício de 2008/2009. O Presidente do Instituto

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2014 IPRESI SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVOS... 3 2.1 OBJETIVO GERAL... 3 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 3 3 VIGÊNCIA... 4 4 MODELO DE GESTÃO... 4 5

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM Novembro/2014 1. Extrato Sintético das Aplicações FUNDOS RENDA FIXA SALDO 31.10.14 APLICAÇÃO

Leia mais

Renda Fixa: 88%[(78% [CDI+0,5%]+17% IMAB + 5%IMAB5)+12%(103%CDI)] Renda Variável Ativa = 100%(IBrx+6%) Inv. estruturados = IFM Inv. no exterior = BDRX

Renda Fixa: 88%[(78% [CDI+0,5%]+17% IMAB + 5%IMAB5)+12%(103%CDI)] Renda Variável Ativa = 100%(IBrx+6%) Inv. estruturados = IFM Inv. no exterior = BDRX Objetivo Os investimentos dos Planos Básico e Suplementar, modalidade contribuição definida, tem por objetivo proporcionar rentabilidade no longo prazo através das oportunidades oferecidas pelos mercados

Leia mais

DIRETORIA DE INVESTIMENTOS. Relatório Mensal de Investimentos

DIRETORIA DE INVESTIMENTOS. Relatório Mensal de Investimentos DIRETORIA DE INVESTIMENTOS Relatório Mensal de Investimentos MAIO Rio de Janeiro 2013 Diretoria de Investimentos Gustavo de Oliveira Barbosa Diretor Presidente Gerência de Operações e Planejamento Marcio

Leia mais

RENDA FIXA? Fuja do seu banco!

RENDA FIXA? Fuja do seu banco! RENDA FIXA? Fuja do seu banco! Janeiro 2014 COMO FUNCIONA A RENDA FIXA? COMO INVESTIR EM RENDA FIXA! COMO FUNCIONA A RENDA FIXA? Renda Fixa = Emprestar Dinheiro Tipos de Investimentos em Renda Fixa: CDB

Leia mais

SBC PREV APRESENTAÇÃO FINANCEIRA 1º CICLO DE PALESTRAS 26/11/2013

SBC PREV APRESENTAÇÃO FINANCEIRA 1º CICLO DE PALESTRAS 26/11/2013 SBC PREV APRESENTAÇÃO FINANCEIRA 1º CICLO DE PALESTRAS 26/11/2013 Competências e Responsabilidades da Diretoria Administrativa e Financeira Tesouraria Pagamentos / Recebimentos Aplicações / Resgates Controles

Leia mais

Extrato de Fundos de Investimento

Extrato de Fundos de Investimento São Paulo, 01 de Abril de 2015 Prezado(a) FUNDO DE PENSAO MULTIPATR OAB 02/03/2015 a 31/03/2015 Panorama Mensal Março 2015 Os mercados financeiros seguiram voláteis ao longo do mês de março, em especial

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. OBJETIVO

1. INTRODUÇÃO 2. OBJETIVO 1. INTRODUÇÃO Atendendo à legislação pertinente aos investimentos dos Regimes Próprios de Previdência Social RPPS, em especial à Resolução n 3.922 de 25 de novembro de 2010 do Conselho Monetário Nacional

Leia mais

SJPREV São José Previdência - SC

SJPREV São José Previdência - SC RELATÓRIO DE GESTÃO DE INVESTIMENTOS JANEIRO - 2015 SJPREV São José Previdência - SC INTRODUÇÃO O Relatório de Gestão de Investimentos do São José Previdência foi elaborado pela SMI Consultoria de Investimentos

Leia mais

Acompanhamento da Política de Investimentos Nucleos 4º Trimestre de 2012

Acompanhamento da Política de Investimentos Nucleos 4º Trimestre de 2012 Acompanhamento da Política de Investimentos Nucleos 4º Trimestre de 2012 1 - Introdução e Organização do Relatório O relatório de acompanhamento da política de investimentos tem por objetivo verificar

Leia mais

CAGEPREV FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RELATÓRIO DE DESEMPENHO

CAGEPREV FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RELATÓRIO DE DESEMPENHO CAGEPREV FUNDAÇÃO CAGECE DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RELATÓRIO DE DESEMPENHO NOVEMBRO DE 2013 1. Apresentação A Fundação CAGECE de Previdência Complementar CAGEPREV, criada através da Lei Estadual nº 13.313,

Leia mais

DEMONSTRATIVO DAS APLICAÇÕES E INVESTIMENTOS DOS RECURSOS

DEMONSTRATIVO DAS APLICAÇÕES E INVESTIMENTOS DOS RECURSOS DEMONSTRATIVO DAS APLICAÇÕES E INVESTIMENTOS DOS RECURSOS 1. ENTE Endereço: Bairro: Telefone: Prefeitura Municipal de Trajano de Morais / RJ PRAÇA WALDEMAR MAGALHÃES, 01 CENTRO (022) 2564-1106 Fax: (022)

Leia mais

Renda fixa e Tesouro Direto

Renda fixa e Tesouro Direto Renda fixa e Tesouro Direto Classificação de investimentos Collor CDB Renda fixa Caderneta de poupança Fundos DI Imóveis Renda variável Ações Liquidez Liquidez Liquidez Segurança Segurança Segurança Rentabilidade

Leia mais

MUTUOPREV 2014 - RELATÓRIO ANUAL DO PLANO DE BENEFÍCIOS II

MUTUOPREV 2014 - RELATÓRIO ANUAL DO PLANO DE BENEFÍCIOS II MUTUOPREV 2014 - RELATÓRIO ANUAL DO PLANO DE BENEFÍCIOS II A MUTUOPREV Entidade de Previdência Complementar - CNPJ nº 12.905.021/0001-35 e CNPB 2010.0045-74, aprovado pela portaria nº 763 de 27 de setembro

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS. Núcleos. 2º Trimestre de 2015

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS. Núcleos. 2º Trimestre de 2015 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS Núcleos 2º Trimestre de 2015 2 1 INTRODUÇÃO E ORGANIZAÇÃO DO RELATÓRIO O relatório de acompanhamento da política de investimentos tem por objetivo

Leia mais

VITER GEICO. Vice-Presidência de Gestão. Gerência Nacional de Investidores Corporativos

VITER GEICO. Vice-Presidência de Gestão. Gerência Nacional de Investidores Corporativos VITER Vice-Presidência de Gestão de Ativos de Terceiros GEICO Gerência Nacional de Investidores Corporativos CENÁRIOS ECONÔMICOS JUROS JUROS x INFLAÇÃO x META ATUARIAL Meta Atuarial = 6,00% + IPCA (FOCUS

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM Janeiro/2015 1. Extrato Sintético das Aplicações FUNDOS RENDA FIXA SALDO 31.12.14 APLICAÇÃO

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2012 Fortalecendo o Futuro! SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVOS... 3 2.1 OBJETIVO GERAL... 3 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 3 3 VIGÊNCIA... 4 4 MODELO

Leia mais

FUMPRESC FUNDO MULTIPATROCINADO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR SANTA CATARINA

FUMPRESC FUNDO MULTIPATROCINADO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR SANTA CATARINA POLÍTICA DE INVESTIMENTO FUMPRESC FUNDO MULTIPATROCINADO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR SANTA CATARINA Vigência: 01/01/2008 a 31/12/2012 1 ÍNDICE GERAL 1 OBJETIVOS DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO...3 2 CRITÉRIOS

Leia mais

Estudo sobre Investimentos World One Julho 2014

Estudo sobre Investimentos World One Julho 2014 Introdução, perguntas e respostas que vão te ajudar a conseguir dialogar com clientes que tenham dúvidas sobre os investimentos que estão fazendo, ou alguma outra pessoa que realmente entenda do mercado

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DO PERUIBEPREV PARA O EXERCICIO DE 2008

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DO PERUIBEPREV PARA O EXERCICIO DE 2008 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DO PERUIBEPREV PARA O EXERCICIO DE 2008 INTRODUÇÃO Este documento formaliza os objetivos e restrições de investimento da gestão dos recursos do PERUIBEPREV, através da designação

Leia mais

Demonstrativo de Investimentos Em 31 dezembrode 2014

Demonstrativo de Investimentos Em 31 dezembrode 2014 Demonstrativo de Investimentos Em 31 dezembrode 2014 Instituto Banese de Seguridade Social DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTOS SERGUS CONSOLIDADO SEGMENTOS DEZEMBRO/2013 393.944.945,59 78,52 422.895.438,83

Leia mais

INTRODUÇÃO. Todos os Direitos Reservados www.ibrama.org.br Página 2

INTRODUÇÃO. Todos os Direitos Reservados www.ibrama.org.br Página 2 FUNDO DE APOSENTADORIA E PENSÃO DO SERVIDOR - FAPS JÓIA RELATÓRIO MENSAL DA CARTEIRA DE INVESTIMENTOS FEV/13 INTRODUÇÃO Informamos que o conteúdo deste relatório bem como os demais anexos nele constantes,

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM Maio/2014 1. Extrato Sintético das Aplicações FUNDOS RENDA FIXA SALDO 30.04.14 APLICAÇÃO

Leia mais

R isk O ffice. Relatório de Acompanhamento da Política de Investimento e Resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI)

R isk O ffice. Relatório de Acompanhamento da Política de Investimento e Resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI) Relatório de Acompanhamento da Política de Investimento e Resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI) 3º trimestre de 2008 Relatório de Avaliação da Política de Investimento Relatório trimestral (Julho

Leia mais

RENDA FIXA CDB FUNDOS

RENDA FIXA CDB FUNDOS Este relatório tem como objetivo atender a Instrução SPC nº de 2005, e informar aos Participantes, Assistidos, Patrocinadores, Entidades de Classe e a Secretaria de Previdência Complementar ( SPC ) sobre

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA POLÍTICA DE INVESTIMENTO E RESUMO DO INFORMATIVO MENSAL DA BB GESTÃO DE RECURSOS DTVM Março de 2014 1. Extrato Sintético das Aplicações FUNDOS RENDA FIXA SALDO 28.02.14 APLICAÇÃO

Leia mais

Fundos de Investimento LEIA O PROSPECTO E O REGULAMENTO ANTES DE INVESTIR

Fundos de Investimento LEIA O PROSPECTO E O REGULAMENTO ANTES DE INVESTIR ANTES ESTRATÉGIA FUNDO FUNDO FIXA SIMPLES LIQUIZ S PERFIL RISCO CAIXA FI FIXA SIMPLES LP 50,00 1,50 D0 / D0 D0 / D0 Selic Até 100% Até 50% 0 CONSERVADOR CAIXA FIC FÁCIL FIXA SIMPLES 50,00 2,00 D0 / D0

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA Proposta de Consultoria Financeira. MENSAL INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA A/C.: Superintendente INVESTOR - APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO A INVESTOR é uma empresa especializada em consultoria e implementação de soluções

Leia mais

NUCLEOS Instituto de Seguridade Social. Relatório de acompanhamento da Política de Investimento e resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI)

NUCLEOS Instituto de Seguridade Social. Relatório de acompanhamento da Política de Investimento e resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI) NUCLEOS Instituto de Seguridade Social Relatório de acompanhamento da Política de Investimento e resumo do Demonstrativo de Investimentos (DI) Maio, 2009 Índice Capítulo Página I Introdução...1 II Alocação

Leia mais

Relatório de Acompanhamento e Enquadramento de Investimento. Fevereiro 2017

Relatório de Acompanhamento e Enquadramento de Investimento. Fevereiro 2017 Relatório de Acompanhamento e Enquadramento de Investimento Fevereiro 2017 1 Plano II CDI no mês: 0,86% Meta Atuarial no mês: 0,65% Rentabilidade da Cota no mês: 1,51% CDI no ano: 1,96% Meta Atuarial no

Leia mais

DEMONSTRATIVO DAS APLICAÇÕES E INVESTIMENTOS DOS RECURSOS

DEMONSTRATIVO DAS APLICAÇÕES E INVESTIMENTOS DOS RECURSOS DEMONSTRATIVO DAS APLICAÇÕES E INVESTIMENTOS DOS RECURSOS 1. ENTE Nome: Endereço: Bairro: Telefone: Prefeitura Municipal de Recife / PE AV. CAIS DO APOLO, 925 RECIFE (081) 3355-8000 Fax: (081) 3355-8000

Leia mais

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012

Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Como investir em 2012 Entenda como funciona cada produto financeiro : O Globo 2/fev/2012 Analistas indicam quais cuidados tomar no mercado financeiro em 2012 e quais investimentos oferecem menor probabilidade

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 22/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Vera - MT VERA - PREVI

RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 22/07/2015. Regime Próprio de Previdência Social do município de Vera - MT VERA - PREVI RELATÓRIO TRIMESTRAL - 2/2015 22/07/2015 Regime Próprio de Previdência Social do município de Vera - MT VERA - PREVI Prezado(a) Diretor(a) Executivo(a), Sr(a). Clarice Scheit Calgaro; Atendendo a necessidade

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTOS DOS RECURSOS DOS PLANOS DE BENEFÍCIOS ADMINISTRADOS PELA FIPECq CNPJ Nº: 00.529.958.0001/74

DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTOS DOS RECURSOS DOS PLANOS DE BENEFÍCIOS ADMINISTRADOS PELA FIPECq CNPJ Nº: 00.529.958.0001/74 DEMONSTRATIVO DE INVESTIMENTOS DOS RECURSOS DOS PLANOS DE ADMINISTRADOS PELA FIPECq CNPJ Nº: 00.529.958.0001/74 MÊS DEZEMBRO/2010 INVESTIMENTOS COMPLEMENTAR - PPC GESTÃO Disponível 126.957,30 6.008,07-1.166,83

Leia mais

RELATÓRIO DA CARTEIRA DE INVESTIMENTOS MARÇO DE 2016

RELATÓRIO DA CARTEIRA DE INVESTIMENTOS MARÇO DE 2016 RELATÓRIO DA CARTEIRA DE INVESTIMENTOS MARÇO DE 2016 Os recursos do CaraguaPrev são aplicados respeitando os princípios de segurança, legalidade, liquidez e eficiência. Neste mês a carteira de investimentos

Leia mais

PSS - Seguridade Social

PSS - Seguridade Social POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2012 PLANO C 1. Objetivos Esta versão da Política de Investimentos, que estará em vigor durante o ano de 2012, tem como objetivo definir as diretrizes dos investimentos do

Leia mais

SOCIEDADE IBGEANA DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE Demonstrativo de Investimentos 2º Semestre

SOCIEDADE IBGEANA DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE Demonstrativo de Investimentos 2º Semestre 2011 SOCIEDADE IBGEANA DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE Demonstrativo de Investimentos 2º Semestre Este relatório destina-se, na forma da Lei, a divulgação aos participantes e assistidos dos Planos de Benefícios

Leia mais

relatório mensal BB Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário FII

relatório mensal BB Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário FII relatório mensal BB Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário FII Maio 2015 BB Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário FII O fundo BB Recebíveis Imobiliários FII iniciou

Leia mais

PROPOSTA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2010

PROPOSTA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2010 Secretaria da Administração do Estado da Bahia Superintendência de Previdência Diretoria de Gestão Financeira Previdenciária e Investimentos PROPOSTA DE POLÍTICA DE INVESTIMENTOS - 2010 REGIME PRÓPRIO

Leia mais

Acompanhamento da Política de Investimentos Nucleos 1º Trimestre de 2013

Acompanhamento da Política de Investimentos Nucleos 1º Trimestre de 2013 Acompanhamento da Política de Investimentos Nucleos 1º Trimestre de 2013 1 - Introdução e Organização do Relatório O relatório de acompanhamento da política de investimentos tem Os limites referentes ao

Leia mais

Extrato de Fundos de Investimento

Extrato de Fundos de Investimento São Paulo, 04 de Maio de 2015 Prezado(a) FUNDO DE PENSAO MULTIPATR OAB 01/04/2015 a 30/04/2015 Panorama Mensal Abril 2015 No cenário internacional, o mês de abril foi marcado por surpresas negativas em

Leia mais

DOUTOR MAURÍCIO CARDOSO-RS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

DOUTOR MAURÍCIO CARDOSO-RS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS RPPS Fundo de Aposentadoria e Pensão do Servidor FAPS DOUTOR MAURÍCIO CARDOSO-RS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS 2014 1. FINALIDADE DA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS Este documento estabelece o modelo de investimentos

Leia mais

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar.

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. FUNDO REFERENCIADO DI Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. Para tal, investem no mínimo 80% em títulos públicos federais

Leia mais

Relatório Mensal. Rio Bravo Crédito Imobiliário I - FII

Relatório Mensal. Rio Bravo Crédito Imobiliário I - FII Relatório Mensal Rio Bravo Crédito Imobiliário I - FII Março 2016 Rio Bravo Crédito Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário FII O fundo Rio Bravo Crédito Imobiliário I FII iniciou suas atividades

Leia mais

Investimentos. Plano BD Plano CV I

Investimentos. Plano BD Plano CV I Investimentos Plano BD Plano CV I Julho/2015 DESEMPENHO DOS INVESTIMENTOS PLANO BD Julho/2015 ANÁLISE GLOBAL DOS INVESTIMENTOS DO PLANO Os investimentos do Plano BD apresentaram, em julho, rentabilidade

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS SÃO RAFAEL SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS SÃO RAFAEL SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS 2014 SÃO RAFAEL SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA 1 1 Dos objetivos de Rentabilidade Obter no longo prazo rendimentos iguais ou superiores à média do mercado nos segmentos de renda

Leia mais

Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Pelotas - PREVPEL. Política de Investimentos Exercício de 2013

Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Pelotas - PREVPEL. Política de Investimentos Exercício de 2013 Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Pelotas - PREVPEL Política de Investimentos Exercício de 2013 Política de Investimentos do RPPS do Município de Pelotas RS, aprovada pelo

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC MULT LP MASTER TRADING 13.902.141/0001-41 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC MULT LP MASTER TRADING 13.902.141/0001-41 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FICFI MULTIMERCADO LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais