Correcção dos textos produzidos. Aperfeiçoamento de texto: revisão das cartas produzidas.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Correcção dos textos produzidos. Aperfeiçoamento de texto: revisão das cartas produzidas."

Transcrição

1 Nível Área de competência chave UFCD Conteúdo Tema Objectivos específicos B2; B3 Linguagem e Comunicação LC2C Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas. LC3C - Produzir textos informativos, reflexivos e persuasivos Técnicas e modelos de escrita Carta pessoal ou familiar e carta formal Redigir cartas pessoais ou familiares e cartas formais. Utilizar o código escrito de modo correcto e coerente com o tipo de texto redigido, com diversificação de vocabulário e estruturas frásicas. Proceder à correcção e revisão dos textos produzidos. Pré-requisitos: Saber usar os articuladores de discurso. Utilizar correctamente o código escrito de modo coeso e coerente. Redigir textos de acordo com uma dada tipologia. Espaço e materiais: Sala de aula; ficha de trabalho; quadro-guia dos articuladores de discurso. FASES CONTEÚDOS/MÉTODOS/MATERIAIS TEMPO Introdução Diálogo sobre a importância da carta como meio de comunicação. 10 Desenvol- Sistematização dos tipos de cartas e respectivas características. vimento Resolução dos exercícios (1; 2 ou 3; 4) da ficha de trabalho. 100 Avaliação Correcção dos textos produzidos. Aperfeiçoamento de texto: revisão das cartas produzidas. 70 Conceitoschave Carta pessoal; carta formal; carta-resposta a um anúncio; carta de acompanhamento; carta de apresentação; reclamação; estrutura (cabeçalho; saudação inicial; corpo da carta; fórmula de despedida; post scriptum); registo de língua. Sumário da aula: Técnicas e modelos de escrita: carta pessoal ou familiar e a carta formal. Autor: José Carreiro 1

2 Nível Área de competência chave UFCD Conteúdo Tema B2; B3 Linguagem e Comunicação LC2C Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas. LC3C - Produzir textos informativos, reflexivos e persuasivos Técnicas e modelos de escrita Carta pessoal ou familiar e carta formal Leitura para informação e estudo Tipo Destinatários Finalidades Estrutura Formas de tratamento Características da linguagem Pessoas com Comunicar assuntos Data -predominantemente quem se tem pessoais ou de Saudação inicial familiar laços afectivos interesse mútuo Corpo da carta - registo de língua parentes ou Expressar Despedida corrente amigos sentimentos Assinatura do - uso da 1ª e 2ª pessoas do Dar ou pedir remetente singular informações Carta pessoal ou familiar (faz parte da correspondência particular) Carta de cortesia Pessoas com as quais se estabelecem relações profissionais, sociais, culturais e/ou pessoais Apresentar felicitações, pêsames Fazer recomendações Tratar de questões diversas (de índole política, de cariz social, desportivo, religioso, cultural) Identificação do remetente (timbre) Identificação do destinatário Assunto Data Saudação inicial Corpo da carta Despedida Assinatura do remetente O início: Amigo ou pessoa de família: Meu caro amigo Meu caro tio Meu querido pai Meu pai José Maria A um superior, pessoa de cerimónia ou desconhecido: Ex.mº Senhor Ex.mª Senhora O início: Exmo. Sr. Presidente Caro Senhor F Exmo. Sr. O final: Em cartas entre amigos: Teu amigo Em cartas de filhos para pais: Seu filho Seu filho muito amigo Em cartas entre pessoas de família: Teu irmão Teu primo amigo (O post scriptum é um aditamento apenas admissível nas cartas familiares.) O final: Com os melhores cumprimentos Respeitosamente Com as melhores saudações Com a mais elevada consideração Cordiais saudações -nível de língua corrente/cuidado; - uso de vocabulário específico - uso da 1ª pessoa do singular e do plural - uso da 2ª pessoa do plural Autor: José Carreiro 2

3 Plano e exemplo de uma carta pessoal ou familiar: Local e Data Porto, 18 de Novembro de 1850 Saudação Inicial Introdução Querida Mãe, Espero que em casa gozem todos de boa saúde. Estou bem mas o meu espírito enfraquece. Assunto Desenvolvimento Tão longe de Vig, neste país estrangeiro, só penso no dia do meu regresso. Queria tanto ver-vos outra vez; ver o mar tempestuoso... Se ao menos o pai permitisse o meu regresso... Mas apenas recebo cartas a dizer que não devo voltar. Sou um falhado! Tenho tudo: dinheiro, poder, mulher e filhos, mas é como se isto tudo não fosse meu: é como se eu fosse outro homem. Tudo o que eu tenho; as glórias que obtive, não são minhas porque nunca as desejei. Eu não quero ser o homem que fica neste país estrangeiro chamado Portugal: quero ser aquele que regressa a Vig. Conclusão Diz ao pai tudo o que te disse. Deixem-me regressar deste exílio sem fim, porque as saudades são tantas que fico com medo de ser tarde demais... Despedida Assinatura Post Scriptum Beijos e abraços para todos Hans P.S. Mãe, diga à Cristina que vou enviar-lhe em breve aquilo que me pediu. Autor: José Carreiro 3

4 Tipo Destinatário Finalidades Estrutura Formas de Tratamento Características da linguagem Carta formal ou oficial Empresas de comércio, indústria e outras entidades públicas ou particulares Estabelecer relações de negócios Dar ou pedir informações Cabeçalho: identificação do emissor - logótipo e nome, local; telefone, e- mail identificação do destinatário nome da pessoa ou empresa a quem vai ser dirigida, endereço referência de classificação ou arquivo - as fórmulas mais comuns são: N/Ref. ( a nossa referência) e S/Ref. (a sua referência) data assunto por palavras chave Saudação inicial (vocativo seguido de vírgula) Corpo da carta Introdução referência específica ao assunto da carta Desenvolvimento narração de acontecimentos, exposição de ideias ou argumentação Conclusão exposição concreta da posição do emissor Despedida (fórmula de acordo com o grau de confiança) Assinatura (nome de quem escreve, abaixo do qual é conveniente escrever o cargo) Saudação inicial Prezado Sr. António Neto, Exmos Srs., Distinta Sra. Rosa Coelho, Exmo. Sr. Director de Marketing, Amigos e Senhores, Estimado cliente, Despedida Sem outro assunto, subscrevemo-nos Muito atentamente Com consideração e estima, subscrevemo-nos De V. Exa. Atentamente Apresentamos os nossos sinceros cumprimentos nível de língua: corrente /cuidado uso de vocabulário específico (prezado cliente; acusamos recepção, etc.) Uso da primeira pessoa do singular (Venho por este meio); 1ª pessoa do plural (Vimos por este meio; acusamos a recepção); 3ª pessoa do singular ( a Cosisel decidiu; como o senhor saberá; a sua carta ) 3ª pessoa do plural (como os senhores saberão) 2ª pessoa do plural (como sabereis; a vossa prezada visita) às vezes, surgem, em baixo, à esquerda, as iniciais de quem redigiu a carta e as de quem a transcreveu (RC/GM) Cordiais saudações (Departamento de Línguas Românicas da E.S.D.R.) Autor: José Carreiro 4

5 ESCRITA FUNCIONAL SEGUNDO MODELO Carta-resposta a um anúncio (carta de acompanhamento) Para que a comunicação entre o remetente e o destinatário se efectue de acordo com o grau de formalidade adequado, é necessário respeitar normas de apresentação. Uma vez que a carta é acompanhada pelo seu currículo deve ser curta e concisa; não necessita de repisar todos os passos da vida académica e/ou profissional do seu autor. Assim, a nível estrutural, a carta-resposta a um anúncio de emprego deve conter: 1. remetente e respectiva morada no canto superior esquerdo; 2. indicação do local e da data (por extenso) no canto superior direito (também pode aparecer no fim, depois da assinatura); Carlos Daniel Filipe R. das Águas Quentes, Ponta Delgada Exmº Senhor Director do Hospital do Divino Espírito Santo Ponta Delgada Ponta Delgada, 9 de Janeiro de saudação ao destinatário alinhada com o início dos parágrafos; 4. corpo da carta (cada matéria exige mudança de parágrafo): - referência à fonte do anúncio (nome do jornal, data da publicação e o nº de referência do anúncio); - o título do posto de trabalho a que se candidata; - razão porque quer o emprego; - a sua identificação (nome, morada, telefone, data de nascimento e idade) - as suas habilitações escolares e profissionais; - a sua experiência profissional e descrição das competências técnicas e profissionais; 5. conclusão da carta, manifestando a sua disponibilidade para, em entrevista, poder esclarecer mais pormenorizadamente as suas competências profissionais; solicitando, ainda, um acolhimento favorável; 6. fórmula de despedida; 7. assinatura do autor no canto inferior direito; 8. indicação de Curriculum Vitae e fotografia em anexo; 9. margens; 10. separação de data, fórmula de cortesia (saudação) e assinatura por espaços em branco; 11. registo cuidado adequado ao destinatário (vocabulário, formas de tratamento e endereçamento cf. ). Assunto: Resposta ao anúncio com referência 2059 para a função de Técnico Superior de Saúde. Exm.º Senhor Director Em resposta ao vosso anúncio, publicado no Jornal de Notícias do dia 7 de Janeiro de 2009, nº 450, anunciando uma vaga para um Técnico Superior de Saúde, venho apresentar a minha candidatura a esse lugar. Tenho 25 anos e terminei há cerca de dois anos a licenciatura em Biologia. Presentemente estou a estagiar num Laboratório de Análises Médicas, o que me tem permitido adquirir uma experiência prática apreciável. Sou uma pessoa responsável e organizada, capaz de trabalhar em grupo ou individualmente. Nas actividades onde tenho ocupado o meu tempo, dei provas de flexibilidade e iniciativa. Estou disponível para uma entrevista e agradeço o interesse que a minha candidatura lhe possa merecer. Na esperança de ser brevemente contactado, apresento os meus melhores cumprimentos, Anexo: Curriculum Vitae Carlos Daniel Filipe Autor: José Carreiro 5

6 ESCRITA FUNCIONAL SEGUNDO MODELO Carta de reclamação Entende-se por reclamação a exposição de uma queixa, exigência ou reivindicação, normalmente decorrente de um erro ou negligência causadora de insatisfação. Registada em livro ou documento próprio, deverá dar lugar a análise e a resposta, com medidas de correcção/melhoria. Apresentar reclamações é um direito do cidadão, devendo ser exercido responsavelmente e a par dos seus deveres. Todos os serviços e locais de atendimento devem ter um livro de reclamações. Antes de reclamar, convém verificar: se há motivo forte (legal, profissional ou moral); se a reclamação é oportuna e pertinente; se não prejudica terceiros. Conforme o alcance da reclamação, é importante consultar pessoas que possam prestar esclarecimentos. Uma reclamação deve ser dirigida à entidade competente ou capacitada para o devido encaminhamento. Ana Mª Cardoso et alii, Das Palavras aos Actos, Porto, Edições Asa, 2003, p. 66. Por lei, os bens móveis (máquinas, mobílias, brinquedos, etc.) têm uma garantia de dois anos. Ou seja, se surgirem avarias ou problemas durante este período, pode exigir a sua reparação, substituição ou redução do preço junto do vendedor ou fabricante. Também pode devolver o produto e pedir a restituição do que pagou. O mesmo acontece se o bem não corresponder à descrição da embalagem ou ficar danificado durante a instalação, devido a um erro grosseiro do manual de instruções, por exemplo. Para poder reclamar, é necessário guardar os comprovativos de compra (facturas, recibos e garantias). A lei também diz que deve fazê-lo no prazo de dois meses a contar da data em que se apercebe do problema. Dinheiro & Direitos nº 67, Janeiro-Fevereiro de 2005 Sónia Alexandra Barros Rua do Arco Íris, nº Magoito Carta registada com aviso de recepção Loja do André Soares Avenida João Coelho, nº Leiria Magoito, 5 de Janeiro de 2009 Assunto: substituição de aparelho com defeito. Exmos. Senhores, No passado dia 23 de Dezembro, adquiri, no vosso estabelecimento, um aparelho de alta-fidelidade da marca Onicar, modelo 250 pif, pelo preço de 350 (trezentos e cinquenta euros). No entanto, verifiquei, logo nas primeiras utilizações, que o mesmo não funcionava correctamente: não se conseguia gravar a partir da unidade de discos compactos e o som dos CD, quando reproduzidos, era constantemente interrompido por ruídos estranhos. Uma vez que se trata de defeitos graves, que impedem a utilização normal do aparelho, venho, por este meio, exigir que, dentro de um prazo máximo de 10 dias úteis, me seja entregue um novo aparelho de alta fidelidade, da marca e modelo que adquiri. Sem outro assunto de momento, subscrevo-me, apresentando os meus melhores cumprimentos, Sónia Barros Anexos: cópias dos documentos comprovativos da compra e do certificado de garantia. Autor: José Carreiro 6

7 Aplicação Exercício 1 Recorde-se a adolescência e aqueles momentos em que os amigos nos fazem muita falta e em que os dias parecem não acabar. Imagine-se num desses dias e escreva uma carta a uma pessoa sua amiga, real ou imaginária. Na sua carta, relate-lhe um episódio importante que você gostasse de partilhar. Respeite os aspectos formais da carta. Escreva um mínimo de 180 e um máximo de 240 palavras. Exercício 2 A utilização de um certo registo de língua revela a imagem socialmente positiva ou negativa que um indivíduo dá de si mesmo. Por isso, é fundamental saber adequar a língua a diferentes situações. Considere o seguinte excerto, pertencente a uma carta em que um candidato a emprego faz a sua apresentação:... vi no jornal o anúncio para um emprego na sua empresa. Escrevo-lhe para me candidatar a ele. De certeza que o meu currículo lhe vai dar a informação que precisa sobre mim, logo não vou perder mais tempo a indicar o que fiz na escola. Só digo que, assim que tirei o curso, não tive que fazer. Tomei conta de alguns miúdos, mas isso acabou. Não aguentava mais e escolhi tirar um curso de informática, que hoje é muito pedido. Como já o tenho, acho que já posso trabalhar na sua empresa. De qualquer forma, se achar que é melhor termos uma entrevista, estou livre ao fim das manhãs. Já agora. o meu telemóvel é o Espero que me contacte. E rápido. Sabendo que essa carta foi enviada por Xavier Marques, morador na R. das Rosas, n.º 333, , Leiria, com o número de telefone , ao Dr. João Lopes, sócio fundador do escritório de advogados Lopes e Fontes, Advogados, (Rua dos Cravos, nº 2, Leiria), reescreva aquele excerto, substituindo as palavras ou expressões sublinhadas por um registo de língua mais adequado aos objectivos pretendidos e acrescentando-lhe, pela ordem mais adequada, o texto correspondente aos elementos que a seguir apresentados: Fórmula de despedida; Fórmula de saudação; Lista de anexos; Localidade e data; Frase com proposta de entrevista; Cabeçalho (remetente e destinatário). (Ana Mª Cardoso et alii, Das Palavras aos Actos, Porto, Edições Asa, 2003, p. 50 adaptado.) Autor: José Carreiro 7

8 Exercício 3 Leia e seleccione um dos anúncios de emprego apresentados a seguir. Miguel oliveira - viagens Tipo de emprego: Tempo inteiro Empresa na área de Organização de Viagens e aluguer de autocarros de GRANDE TURISMO, procura organizadores de viagens. Damos boa comissão por cada viagem realizada, connosco. Equipa Jovem, Eficaz e muito Eficiente é o lema desta Empresa Miguel Oliveira Viagens A todos os interessados contactar pelo ou pelo número de telemóvel MIGUEL OLIVEIRA- VIAGENS AVENIDA DO OUTEIRO - CANELAS ENTRE OS RIOS Fonte: Setembro Fonte: Redija uma carta de resposta / candidatura a um dos empregos anunciados, seguindo o respectivo modelo. Exercício 4 Redija uma carta de reclamação numa das seguintes situações: A) Saber por que razão, a empresa onde trabalha ainda não actualizou o pagamento do seu subsídio de férias. B) Reclamar à TV Cabo, por terem sido privados de ver os diferentes canais, há já duas semanas, mesmo tendo a mensalidade em dia. C) Exigir um esclarecimento sobre a soma avultada da conta do telefone nestes dois últimos meses. D) Reivindicar a entrega de um prémio oferecido por uma empresa, na compra de um determinado produto. Compraram o produto, a empresa recebeu o vosso pedido, enviou-vos a mercadoria, mas o prémio não apareceu. Autor: José Carreiro 8

9 Nível Área de competência chave UFCD Conteúdo Tema B2; B3 Linguagem e Comunicação LC2C Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas. LC3C - Produzir textos informativos, reflexivos e persuasivos Técnicas e modelos de escrita Carta pessoal ou familiar e carta formal FICHA DE TRABALHO CRITÉRIOS DE CORRECÇÃO Exercício 1 Autor: José Carreiro 9

10 Nota 1 Sempre que, em qualquer parâmetro, o texto produzido pelo examinando fique aquém do que é exigido para o nível 1 (um), deve ser atribuída a classificação de zero pontos no parâmetro em que tal se verifique. Nota 2 Se o examinando não cumprir a extensão requerida, a classificação será sujeita a desvalorização, de acordo com a tabela seguinte. Desvalorização DESCRIÇÃO (pontos) 1 Afasta-se pouco da extensão requerida, produzindo um texto entre 156/179 ou 241/264 palavras. 2 Afasta-se muito da extensão requerida, produzindo um texto com menos de 155 (mas mais de 59) ou mais de 265 palavras. Nota 3 No âmbito do parâmetro F Ortografia são considerados também os erros de: acentuação (incluindo desenho ambíguo do acento); translineação de palavras; uso indevido de minúscula ou de maiúscula inicial. Exame Nacional do Ensino Básico. Prova escrita de língua portuguesa. 3º ciclo. Prova 22/2ª chamada, Gave, 2008 Autor: José Carreiro 10

11 Exercício 2 Reescrita de carta de apresentação/carta-resposta a um anúncio de emprego de modo a alterar o registo de língua. Xavier Marques R. das Rosas, n.º , Leiria Telemóvel: Exmº Senhor Dr. Lopes Lopes e Fontes, Advogados Rua dos Cravos, nº Leiria Leiria,... de... de... Ex.mo Senhor, Em resposta ao anúncio de V. Ex ª, publicado no Correio da Manhã, de 9 de Setembro, sob o nº 289/03, venho por este meio candidatar-me ao emprego anunciado, pois julgo ter o perfil adequado. Junto segue o meu currículo com a informação necessária sobre as minhas habilitações literárias e experiência laboral. Como tenho o nível II de um curso de informática, julgo que serei útil à vossa empresa. Sem mais de momento e aguardando futuro contacto para qualquer outro tipo de esclarecimento, subscrevo-me Anexo: curriculum vitae Atenciosamente, [Assinatura] Ana Mª Cardoso et alii, Das Palavras aos Actos, Porto, Edições Asa, 2003, p. 50 adaptado. EXPLICITAÇÃO DAS COTAÇÕES POR ITEM (60 pontos: 36, conteúdo + 24, forma) Cabeçalho: - identificação do remetente (2 pontos) - identificação do destinatário (2 pontos) - indicação do assunto (de forma clara e sucinta) (4 pontos) - indicação do local e da data (1,5) - saudação inicial (2 pontos) Corpo da carta: - introdução (7 pontos) - desenvolvimento (8 pontos) - conclusão (7 pontos) Fecho: - despedida (2 pontos) - assinatura (0,5) Forma: - correcção linguística (inclui uso do registo formal) descontar até 19,2 pontos - organização lógica (2,4 pontos) - estrutura da carta: posição e alinhamento (2,4 pontos 0,6 cada) Exercícios 3 e 4 [vide: explicitação das cotações por item, exercício 2] Autor: José Carreiro 11

Ficha Informativa: CARTA

Ficha Informativa: CARTA DEPARTAMENTO CURRICULAR DE LÍNGUAS PORTUGUÊS - 10.º Ano de escolaridade Ficha Informativa: CARTA CARTAS Tipos Destinatários Finalidades Carta pessoal ou familiar Pessoas com as quais se tem laços afetivos

Leia mais

Técnicas de Procura de Emprego UNIVA. Técnicas de Procura de Emprego

Técnicas de Procura de Emprego UNIVA. Técnicas de Procura de Emprego Técnicas de Procura de Emprego Objectivos Conhecer as fontes de emprego; Aprender a elaborar a documentação para uma candidatura; Aprender a preparar-se para uma entrevista de emprego. Começar Balanço

Leia mais

Explique o que o atrai na empresa, na função, no setor. Aproveite para mostrar entusiasmo. Não se prolongue

Explique o que o atrai na empresa, na função, no setor. Aproveite para mostrar entusiasmo. Não se prolongue Cartas de apresentação Juntamente com o CV, a carta de apresentação é um dos primeiros elementos que a empresa à qual se candidata tem sobre si. Saiba como elaborar uma carta de apresentação e veja um

Leia mais

Anúncios de Emprego Cartas de Apresentação

Anúncios de Emprego Cartas de Apresentação Investe nas pessoas! Projeto cofinanciado pelo FUNDO SOCIAL EUROPEU através do Programa Operacional Setorial para o Desenvolvimento dos Recursos Humanos 2007 2013 Eixo prioritário 5: "Promoção de medidas

Leia mais

3 - Seleccionar e responder a Anúncios de Emprego ou redigir uma Carta de Candidatura Espontânea.

3 - Seleccionar e responder a Anúncios de Emprego ou redigir uma Carta de Candidatura Espontânea. Mercado de Emprego Etapas a Percorrer 1 - Estabelecer o Perfil Profissional Fazer a avaliação de si mesmo: - Competências - Gostos - Interesses Elaboração de uma lista do tipo de empregos que correspondem

Leia mais

Unidade 3 Como escrever uma carta

Unidade 3 Como escrever uma carta UNIDADE 3 Inicialmente, é preciso destacar dois tipos básicos de carta. O primeiro é a correspondência oficial e comercial, que nos é enviada pelos poderes políticos ou por empresas privadas (comunicações

Leia mais

Modelos de Cartas. Gabinete de Imagem e Relações com o Exterior. Bolsa de Emprego da FCUP Elisabete Rodrigues

Modelos de Cartas. Gabinete de Imagem e Relações com o Exterior. Bolsa de Emprego da FCUP Elisabete Rodrigues Gabinete de Imagem e Relações com o Exterior Bolsa de Emprego da FCUP Elisabete Rodrigues Tel.: 22 0100766 Fax: 22 0100767 e-mail: esrodrig@fc.up.pt Web: www.fc.up.pt Modelos de de Cartas Índice Índice

Leia mais

[A CARTA DE APRESENTAÇÃO] Projecto CLDS Guarda + Social. Gabinete de Empregabilidade e Inserção

[A CARTA DE APRESENTAÇÃO] Projecto CLDS Guarda + Social. Gabinete de Empregabilidade e Inserção 2011 Projecto CLDS Guarda + Social Gabinete de Empregabilidade e Inserção [A CARTA DE APRESENTAÇÃO] É uma carta simples e breve que deve acompanhar o Curriculum Vitae. CLDS Guarda + Social Carta de Apresentação

Leia mais

FASES CONTEÚDOS/MÉTODOS/MATERIAIS TEMPO Diálogo sobre a importância do requerimento como meio de Introdução comunicação.

FASES CONTEÚDOS/MÉTODOS/MATERIAIS TEMPO Diálogo sobre a importância do requerimento como meio de Introdução comunicação. Nível Área de Competência Chave UFCD Conteúdo Tema Objectivos específicos B2; B3 Linguagem e Comunicação LC2C Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas. LC3C - Produzir textos informativos,

Leia mais

DICAS PARA UMA BOA CARTA DE APRESENTAÇÃO

DICAS PARA UMA BOA CARTA DE APRESENTAÇÃO DICAS PARA UMA BOA CARTA DE APRESENTAÇÃO Carta de Apresentação A carta de apresentação é um instrumento de apresentação formal, apelativo e sintético que, juntamente com o curriculum vitae, permitirão

Leia mais

APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice AULA 1 REDAÇÃO DE DOCUMENTOS... 3 Carta Comercial... 3 Requerimento... 6 Procuração... 7 Memorando... 8 Ofício... 9 Recibo...

Leia mais

Diretrizes para o uso do e-mail institucional

Diretrizes para o uso do e-mail institucional Diretrizes para o uso do e-mail institucional 1 A qualidade deve ser a premissa de todos os segmentos que envolvem uma organização. Esse compromisso, ganha agora importante instrumento para orientar um

Leia mais

Guia de Orientação na Procura de Emprego

Guia de Orientação na Procura de Emprego Guia de Orientação na Procura de Emprego Prepare-se para procurar emprego A procura de emprego é um trabalho que exige planeamento, esforço e análise. Onde quero trabalhar? Que tipo de empregos me interessam?

Leia mais

prodj Condições Gerais de Venda On-line

prodj Condições Gerais de Venda On-line Índice 1. Contactos da prodj... 2 2. Processo de compra na loja on line da prodj... 2 2.1. Registo introdução, correcção e eliminação de dados pessoais... 2 2.2. Segurança no registo... 2 2.2. Compra...

Leia mais

Elaboração do CV. Março de 2011

Elaboração do CV. Março de 2011 Elaboração do CV Março de 2011 Programa de Apresentação 1 2 3 4 5 Informação a constar no CV Aspectos Gerais a ter em conta na elaboração do CV Aspectos a Evitar O que valorizam as Empresas nos Recém-Licenciados

Leia mais

CURRICULUM VITAE - «curso de vida»

CURRICULUM VITAE - «curso de vida» CURRICULUM VITAE - «curso de vida» De forma breve, presta informações do candidato às entidades; Uma ferramenta de marketing pessoal. Principal objetivo vender os seus talentos ao potencial empregador

Leia mais

CARTAS: REGISTRANDO A VIDA

CARTAS: REGISTRANDO A VIDA CARTAS: REGISTRANDO A VIDA A carta abaixo foi escrita na época da ditadura militar. Ela traduz a alegria de um pai por acreditar estar próxima sua liberdade e, assim, a possibilidade do reencontro com

Leia mais

Passo 2 Formas de Envio de Curriculum e Carta Apresentação

Passo 2 Formas de Envio de Curriculum e Carta Apresentação Passo 2 Formas de Envio de Curriculum e Carta Apresentação Considero este Passo tão importante ao passo anterior, pois de nada adianta fazer um ótimo curriculum. Aqui vamos expor as maneiras atuais que

Leia mais

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO Fábio Ibanhez Bertuchi 1 Por quê? O currículo é seu passaporte para o mercado de trabalho e para o sucesso profissional. É por isso que você precisa aprender a prepará-lo de forma

Leia mais

O que é o Microsoft Office?

O que é o Microsoft Office? Aula 1 O que é o Microsoft Office? O Microsoft Office é um pacote de programas para escritório que faz parte de um único DVD. Você aprenderá neste curso a trabalhar com os programas mais famosos do pacote

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE PROCURA DE

ESTRATÉGIAS DE PROCURA DE Estou a acabar o meu curso, e agora? Estratégias de procura QUASE de emprego A ACABAR O CURSO, E AGORA? ESTRATÉGIAS DE PROCURA DE EMPREGO A conclusão dos estudos e a transição para o mercado de trabalho

Leia mais

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero!

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! As pessoas com dificuldades de aprendizagem têm o poder para escolher os seus serviços de apoio. Este folheto está escrito em linguagem fácil. O que é um consumidor?

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

ESPAÇOS COMERCIAIS NO MERCADO DO BAIRRO DO CONDADO

ESPAÇOS COMERCIAIS NO MERCADO DO BAIRRO DO CONDADO JUNTA DE FREGUESIA DE MARVILA CONCURSO PÚBLICO N / 2 ESPAÇOS COMERCIAIS NO MERCADO DO BAIRRO DO CONDADO Avisam-se todos os interessados que entre os dias de março e de abril de 2 se encontra aberto Concurso

Leia mais

Cartas enviadas para a ZON

Cartas enviadas para a ZON Cartas enviadas para a ZON 1ª CARTA Bruno Cardoso Pimentel Macedo Praceta da Bela Vista nº8 4720-286 Carrazedo Amares ZON TV Cabo Portugal, S.A. Edifício ZON Rua Ator António Silva, 9 Campo Grande 1600-404

Leia mais

GÊNERO TEXTUAL: CARTA. Lia Carvalho

GÊNERO TEXTUAL: CARTA. Lia Carvalho GÊNERO TEXTUAL: CARTA Lia Carvalho MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO Localidade, dia, mês e ano À empresa (nomear) Departamento de Recursos Humanos (ou outro, se for o caso) Prezado senhor, (se for o caso,

Leia mais

COMISSÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA

COMISSÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA COMISSÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA Manual para requisição de títulos profissionais e actos a eles associados (emissões, revalidações,...) por via electrónica www.ccpj.pt Com a entrada em funcionamento

Leia mais

TE200 Engenharia Elétrica e Sociedade I. Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@ufpr.

TE200 Engenharia Elétrica e Sociedade I. Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@ufpr. TE200 Engenharia Elétrica e Sociedade I Email empresarial Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@ufpr.br Email empresarial Origens do email Características

Leia mais

Quais países vocês estão habilitados a avaliarem credenciais? Nós podemos avaliar credenciais acadêmicas de qualquer país do mundo.

Quais países vocês estão habilitados a avaliarem credenciais? Nós podemos avaliar credenciais acadêmicas de qualquer país do mundo. PERGUNTAS FREQUENTES Porque eu deveria escolher Josef Silny & Associates, Inc. para avaliar e traduzir minhas credenciais? Nós oferecemos avaliações e traduções altamente profissionais e compreensíveis,

Leia mais

FAQS ATRIBUIÇÃO DE HABITAÇÕES

FAQS ATRIBUIÇÃO DE HABITAÇÕES FAQS ATRIBUIÇÃO DE HABITAÇÕES 1 Onde é que posso obter o Regulamento do concurso? O Regulamento do concurso pode ser obtido: a) Nos escritórios da SPRHI, SA: - Rua Carvalho Araújo n.º38-b, em Ponta Delgada

Leia mais

EDITAL PÓS GRADUAÇÃO MEDIAÇÃO FAMILIAR

EDITAL PÓS GRADUAÇÃO MEDIAÇÃO FAMILIAR EDITAL PÓS GRADUAÇÃO MEDIAÇÃO FAMILIAR 2014 A prática de Mediação Familiar tem INSTITUTO assumido uma crescente PORTUGUÊS importância DE na resolução MEDIAÇÃO FAMI de conflitos familiares em geral e especificamente

Leia mais

ANÚNCIO DE CONCURSO. 1. Perfil / Vagas. Previsão de Vagas. Formação Académica

ANÚNCIO DE CONCURSO. 1. Perfil / Vagas. Previsão de Vagas. Formação Académica ANÚNCIO DE CONCURSO O presente anúncio de recrutamento é coordenado pela Direcção Geral da Administração Pública e de acordo com os novos procedimentos do Recrutamento Centralizado estabelecidos na Directiva

Leia mais

Informações e instruções para os candidatos

Informações e instruções para os candidatos A preencher pelo candidato: Nome: N.º de inscrição: Documento de identificação: N.º : Local de realização da prova: A preencher pelo avaliador: Classificação final: Ass: Informações e instruções para os

Leia mais

GUIA PRÁTICO APADRINHAMENTO CIVIL CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO APADRINHAMENTO CIVIL CRIANÇAS E JOVENS Manual de GUIA PRÁTICO APADRINHAMENTO CIVIL CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/7 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Apadrinhamento Civil Crianças

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO. Por favor leia atentamente este documento antes de começar o seu processo de candidatura.

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO. Por favor leia atentamente este documento antes de começar o seu processo de candidatura. INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO Por favor leia atentamente este documento antes de começar o seu processo de candidatura. Só serão aceites as candidaturas submetidas através do formulário online, disponibilizado

Leia mais

CARTA DE EMPREGO. A carta de emprego/apresentação deverá ser usada em duas situações: Resposta a ofertas/anúncios de emprego Candidaturas espontâneas

CARTA DE EMPREGO. A carta de emprego/apresentação deverá ser usada em duas situações: Resposta a ofertas/anúncios de emprego Candidaturas espontâneas CARTA DE EMPREGO A carta de emprego/apresentação deverá ser usada em duas situações: Resposta a ofertas/anúncios de emprego Candidaturas espontâneas ANÚNCIOS DE JORNAIS (CARTA DE RESPOSTA) Redigida de

Leia mais

GUIA PRÁTICO ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS POR AJUSTE DIRETO

GUIA PRÁTICO ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS POR AJUSTE DIRETO GUIA PRÁTICO ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS POR AJUSTE DIRETO INSTITUTO DE GESTÃO FINANCEIRA DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Arrendamento de Imóveis por Ajuste Direto PROPRIEDADE

Leia mais

Regulamento Interno. Artigo 1º (Missão)

Regulamento Interno. Artigo 1º (Missão) Regulamento Interno O presente regulamento aplica-se a todos os Cursos de formação concebidos, organizados e desenvolvidos pelo Nucaminho - Núcleo dos Camionistas do Minho, com o objetivo de promover o

Leia mais

Acesso à Educação para Filhos de Imigrantes Folheto Informativo

Acesso à Educação para Filhos de Imigrantes Folheto Informativo Acesso à Educação para Filhos de Imigrantes Folheto Informativo 1 INTRODUÇÃO O Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas em colaboração com o Secretariado Entreculturas elaborou esta brochura

Leia mais

Dicas para seu sucesso Melhore seus resultados

Dicas para seu sucesso Melhore seus resultados Melhore seus resultados Equipe Tela Brasileira Tela Brasileira é o primeiro site de empregos especializado em cinema, TV, vídeo, rádio e computação gráfica. Contamos com uma vasta rede de profissionais/freelancers

Leia mais

FASES CONTEÚDOS/MÉTODOS/MATERIAIS TEMPO Introdução

FASES CONTEÚDOS/MÉTODOS/MATERIAIS TEMPO Introdução Objectivos específicos LC2C Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas. Organizar um texto de acordo com as ideias principais e acessórias do mesmo. Adequar os textos às suas finalidades,

Leia mais

Águas de Gondomar considerada novamente uma das Melhores Empresas para Trabalhar. A Águas de Gondomar, de acordo com os resultados publicados na

Águas de Gondomar considerada novamente uma das Melhores Empresas para Trabalhar. A Águas de Gondomar, de acordo com os resultados publicados na info Gondomar Newsletter N.º14 Julho 2012 Semestral Águas de Gondomar considerada novamente uma das Melhores Empresas para Trabalhar A Águas de Gondomar, de acordo com os resultados publicados na revista

Leia mais

ANÚNCIO DE CONCURSO. Área Formação Académica Cargo/Nível Vaga. Licenciatura: Engenharia de Informática, Ciências da Computação, Informática de Gestão.

ANÚNCIO DE CONCURSO. Área Formação Académica Cargo/Nível Vaga. Licenciatura: Engenharia de Informática, Ciências da Computação, Informática de Gestão. ANÚNCIO DE CONCURSO O presente anúncio de recrutamento é coordenado pela Direcção Geral da Administração Pública (DGAP), de acordo com os novos procedimentos no regulamento de concursos, com o objectivo

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

GS Educacional www.gseducacional.com.br

GS Educacional www.gseducacional.com.br Curso: Completo de Importação Henrique, boa noite. Nós que pensamos a Meritocracia e valoramos a quem Realiza, nos vimos na obrigação de dar feedbacks. Em pouco tempo de curso e sem nem receber ainda a

Leia mais

Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas Tema. Reclamar

Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas Tema. Reclamar Nível B1 B2 B3 X Secundário Área de competência chave Linguagem e Comunicação UFCD LC- 3C Conteúdo Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas Tema Reclamar Objectivos específicos:

Leia mais

Decreto n.º 101/78 Acordo de Base entre a Organização Mundial de Saúde e Portugal, assinado em Copenhaga em 12 de Junho de 1978

Decreto n.º 101/78 Acordo de Base entre a Organização Mundial de Saúde e Portugal, assinado em Copenhaga em 12 de Junho de 1978 Decreto n.º 101/78 Acordo de Base entre a Organização Mundial de Saúde e Portugal, assinado em Copenhaga em 12 de Junho de 1978 O Governo decreta, nos termos da alínea c) do artigo 200.º da Constituição

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

COMISSÃO. 1. Introdução

COMISSÃO. 1. Introdução COMISSÃO Convite à apresentação de candidaturas para a constituição de uma lista de peritos encarregados de avaliar as propostas recebidas no âmbito do programa eten, projectos de interesse comum no domínio

Leia mais

Ministério da Educação e Desportos (MED) Concurso de Recrutamento de Professores 2014/2015

Ministério da Educação e Desportos (MED) Concurso de Recrutamento de Professores 2014/2015 Ministério da Educação e Desportos (MED) Concurso de Recrutamento de Professores 2014/2015 O Ministério da Educação e Desporto (MED) em colaboração com a Direcção Geral da Administração Pública (DGAP),

Leia mais

Defesa do Consumidor alerta para casos práticos II

Defesa do Consumidor alerta para casos práticos II Defesa do Consumidor alerta para casos práticos II PUBLICADO NA EDIÇÃO IMPRESSA TERÇA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2013 POR JM As companhias aéreas não serão consideradas responsáveis se tiverem tomado todas

Leia mais

Frequentemente você utiliza certos termos que não

Frequentemente você utiliza certos termos que não 10 Não se distraia demais Frequentemente você utiliza certos termos que não dão o mínimo problema na hora da fala, mas que, na escrita, podem fazê-lo oscilar entre uma forma ou outra. Ainda há muita gente

Leia mais

Programa de Estágios Extra-curriculares Voluntários (PEEV) da Associação de Estudantes do Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte (AE ISCS-N)

Programa de Estágios Extra-curriculares Voluntários (PEEV) da Associação de Estudantes do Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte (AE ISCS-N) Programa de Estágios Extra-curriculares Voluntários (PEEV) da Associação de Estudantes do Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte (AE ISCS-N) 1ª Edição 2012/2013 Programa de Estágios Extra-curriculares

Leia mais

A ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

A ACESSO AO ENSINO SUPERIOR A ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 1. Concurso Nacional de Acesso 1.1. Quem pode candidatar-se ao ensino superior? Podem candidatar-se ao ensino superior, os estudantes que satisfaçam cumulativamente, as seguintes

Leia mais

GUIA PRÁTICO PROVA ESCOLAR (Abono de Família para Crianças e Jovens e Bolsa de Estudo)

GUIA PRÁTICO PROVA ESCOLAR (Abono de Família para Crianças e Jovens e Bolsa de Estudo) Manual de GUIA PRÁTICO PROVA ESCOLAR (Abono de Família para Crianças e Jovens e Bolsa de Estudo) INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/20 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático

Leia mais

Pixel. Aprenda Italiano em Florença Cursos Individuais para Estrangeiros

Pixel. Aprenda Italiano em Florença Cursos Individuais para Estrangeiros Certified Quality System in compliance with the standard UNI EN ISO 9001:2000. Certificate n SQ.41823. Pixel Aprenda Italiano em Florença Cursos Individuais para Estrangeiros CURSOS INDIVIDUAIS PARA ESTRANGEIROS

Leia mais

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI)

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) II 1 Indicadores Desqualificação Não poder fazer nada do que preciso, quero fazer as coisas e não posso ; eu senti-me velho com 80 anos. Aí é que eu já

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL REGULAMENTO DE ACTIVIDADE PROFISSIONAL RELATÓRIO FINAL

INSTITUTO SUPERIOR DE COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL REGULAMENTO DE ACTIVIDADE PROFISSIONAL RELATÓRIO FINAL REGULAMENTO DE ACTIVIDADE PROFISSIONAL RELATÓRIO FINAL MESTRADO EM MARKETING ESTRATÉGICO MESTRADO EM COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL 1. Princípios Gerais O presente normativo tem por finalidade, possibilitar aos

Leia mais

Mensagem de Impressão do Hotmail

Mensagem de Impressão do Hotmail Page 1 of 5 RE: cancelamento De: (i-s-f@hotmail.com) Enviada: segunda-feira, 21 de maio de 2012 09:20:56 Para: assinaturas@deco.proteste.pt Aguardo resposta. A adesão foi feita a 23 de Março, pelo que

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS. PERGUNTAS MAIS FREQUENTES (FAQs)

MANUAL DE PROCEDIMENTOS. PERGUNTAS MAIS FREQUENTES (FAQs) MANUAL DE PROCEDIMENTOS REGIME DE CANDIDATURA DE ATRIBUIÇÃO DOS TÍTULOS DE ESPECIALIDADE DO COLÉGIO DE BIOLOGIA HUMANA E SAÚDE (INSTRUÇÕES PARA O SECRETARIADO) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES (FAQs) Gostaria

Leia mais

Regulamento do. Programa de Estágios Curriculares. no Ministério dos Negócios Estrangeiros

Regulamento do. Programa de Estágios Curriculares. no Ministério dos Negócios Estrangeiros Regulamento do Programa de Estágios Curriculares no Ministério dos Negócios Estrangeiros Preâmbulo Na sequência do acordo tripartido celebrado entre o Governo e os parceiros sociais em junho de 2008 e

Leia mais

1. DISPOSIÇÕES GERAIS. 1.1 A Entidade Organizadora

1. DISPOSIÇÕES GERAIS. 1.1 A Entidade Organizadora 1. DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1 A Entidade Organizadora A entidade organizadora do presente concurso é a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV), que sita na Rua da Restauração, 318 4050-501,

Leia mais

INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE LISBOA. Regulamento de provas de avaliação da capacidade para a frequência dos maiores de 23 anos

INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE LISBOA. Regulamento de provas de avaliação da capacidade para a frequência dos maiores de 23 anos INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE LISBOA Diário da República, 2.ª série N.º 186 26 de Setembro de 2006 Regulamento n.º 184/2006 Regulamento de provas de avaliação da capacidade para

Leia mais

Guia de Informação do Franchise

Guia de Informação do Franchise HÁ MAIS DE ANOS Guia de Informação do Franchise Venha Trabalhar Connosco Fazemos Limpezas no Mundo Há Mais de 40 Anos! Isabel Monteiro Directora Geral HÁ MAIS DE ANOS A Jani- King tem sido classificada

Leia mais

FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio

FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio FAQ's - Preparação da mobilidade e questões logísticas do intercâmbio 1. Devo matricular-me na UAc mesmo indo para o estrangeiro? 2. Tenho de pagar propinas na UAc? 3. Tenho que pagar propinas na Universidade

Leia mais

COMO CANDIDATAR-SE A UM EMPREGO

COMO CANDIDATAR-SE A UM EMPREGO COMO CANDIDATAR-SE A UM EMPREGO O Futuro do Engenheiro Electromecânico Escola Superior de Tecnologia de Setúbal 18 de Maio de 2005 Alexandra Martins Docente do Departamento de Comportamento Organizacional

Leia mais

AGÊNCIA EUROPEIA DE MEDICAMENTOS (LONDRES) ACTO DE CANDIDATURA

AGÊNCIA EUROPEIA DE MEDICAMENTOS (LONDRES) ACTO DE CANDIDATURA AGÊNCIA EUROPEIA DE MEDICAMENTOS (LONDRES) ACTO DE CANDIDATURA (Todas as secções do formulário de candidatura devem ser preenchidas a TINTA PRETA, em maiúsculas, independentemente de eventuais documentos

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 739 /1.ª Chamada 1.ª Fase / 2008 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CEB DE LOUSADA NOME: TURMA: NÚMERO: CLASSIFICAÇÃO: DOCENTE: ENCARREGADO DE EDUCAÇÃO: COMENTÁRIO:

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CEB DE LOUSADA NOME: TURMA: NÚMERO: CLASSIFICAÇÃO: DOCENTE: ENCARREGADO DE EDUCAÇÃO: COMENTÁRIO: TESTE DE PORTUGUÊS ANO LECTIVO: 2007/2008 NOME: TURMA: NÚMERO: CLASSIFICAÇÃO: DOCENTE: ENCARREGADO DE EDUCAÇÃO: COMENTÁRIO: CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO Entre 1- Fábrica de Tecidos SÓ FIOS, com sede

Leia mais

Competências Básicas em Informática

Competências Básicas em Informática Competências Básicas em Informática DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das 14h00

Leia mais

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante ERASMUS Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Guia do Estudante Normas Gerais A mobilidade de estudantes, uma das acções mais frequentes do Programa, inclui duas vertentes de actividade: realização

Leia mais

Estágio em empresas. Relatório do

Estágio em empresas. Relatório do Estágio em empresas 2016 Relatório do Aos Departamentos de Recursos Humanos e Firmas com Estágios em 2016 Estágio em empresas de 20.06. a 01.07.2016 Estimados Senhores A Escola Alemã de Lisboa tem levado

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA OS GRUPOS QUE ESTÃO PRODUZINDO UMA: REPORTAGEM Tipos de Textos Características

Leia mais

Eu não vou ai ao Porto/S. Mamede da Infesta de propósito, mas quando for levo a ps2 avariada e vou reclamar presencialmente na loja.

Eu não vou ai ao Porto/S. Mamede da Infesta de propósito, mas quando for levo a ps2 avariada e vou reclamar presencialmente na loja. Page 1 of 5 Data: 19/03/2014 [01:33:22] De: Vítor Carvalho Para: GameCenter Multimédia Assunto: Re: Reclamação, venda online de produto defeituoso Sr. Eduardo Alves, Entao quer

Leia mais

O resumo Se procurares num dicionário o verbo resumir encontrarás uma definição semelhante a esta: dizer em poucas palavras o que se disse ou escreveu mais extensivamente; condensar. Sendo uma forma de

Leia mais

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS Nessa unidade vou mostrar para você como escrever e-mails que geram resultados. Mas que resultados são esses? Quando você escreve um e-mail tem que saber

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTIAGO DO CACÉM ESCOLA FREI ANDRÉ DA VEIGA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE INGLÊS - 2º CICLO 5º ANO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTIAGO DO CACÉM ESCOLA FREI ANDRÉ DA VEIGA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE INGLÊS - 2º CICLO 5º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTIAGO DO CACÉM ESCOLA FREI ANDRÉ DA VEIGA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE INGLÊS - 2º CICLO 5º ANO Competências de comunicação Pesos Instrumentos Parâmetros

Leia mais

CONHEÇA OS SEUS DIREITOS - GARANTIAS

CONHEÇA OS SEUS DIREITOS - GARANTIAS CONHEÇA OS SEUS DIREITOS - GARANTIAS Acabou de comprar um telemóvel e ele já não funciona? A sua televisão ao fim de um ano, deixou de funcionar? A sua casa apresenta problemas de construção? Saiba como

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO

REGULAMENTO DO CONCURSO REGULAMENTO DO CONCURSO Recrutamento para a O presente anúncio de recrutamento é coordenado pela Direcção Geral da Administração Pública (DGAP), de acordo com os normativos de Recrutamento Centralizado,

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2016

Regulamento PAPSummer 2016 Regulamento PAPSummer 2016 Artigo 1º Objetivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses ( Estudante ) de desenvolver um

Leia mais

CONCURSO PARA CONCEPÇÃO DA IDENTIDADE GRÁFICA DA MARCA Silvares Terra da Música e do Folclore

CONCURSO PARA CONCEPÇÃO DA IDENTIDADE GRÁFICA DA MARCA Silvares Terra da Música e do Folclore CONCURSO PARA CONCEPÇÃO DA IDENTIDADE GRÁFICA DA MARCA Silvares Terra da Música e do Folclore A Junta de Freguesia de Silvares em parceria com a Comissão Representativa do Movimento Associativo da Freguesia

Leia mais

B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907. Anúncio de concurso. Serviços

B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:140907-2013:text:pt:html B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907

Leia mais

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO O Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra torna pública a abertura de concurso para a atribuição de uma Bolsa de

Leia mais

BOLSA DE INVESTIGAÇÃO CENTRO HOSPITALAR DO PORTO 1 Bolsa (BI.01/2014)

BOLSA DE INVESTIGAÇÃO CENTRO HOSPITALAR DO PORTO 1 Bolsa (BI.01/2014) BOLSA DE INVESTIGAÇÃO CENTRO HOSPITALAR DO PORTO 1 Bolsa (BI.01/2014) Anúncio Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação, no âmbito das actividades de Ensino, Formação e

Leia mais

Assunto: Candidatura a eventual vaga no Aldeamento Pedras del Rei

Assunto: Candidatura a eventual vaga no Aldeamento Pedras del Rei Assunto: Candidatura a eventual vaga no Aldeamento Pedras del Rei Tavira, 17 de Julho de 2012 Exmo/a Sr/a do Departamento de Recursos Humanos Acabo de me Licenciar no curso de Gestão, na Escola Superior

Leia mais

Edital Provas Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos 2008/2009

Edital Provas Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos 2008/2009 Edital Provas Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos 2008/2009 1. Curso Encontram-se abertas inscrições para a realização das provas especiais de acesso e ingresso nos

Leia mais

Meu foco de atuação nos últimos 10 anos foi à área de Integração de Sistemas e o meu objetivo principal é o segmento de Telecom.

Meu foco de atuação nos últimos 10 anos foi à área de Integração de Sistemas e o meu objetivo principal é o segmento de Telecom. MODELOS DE CARTAS Prezados Sr. (a), Sou um executivo com mais de 15 anos de experiência e sucesso na Direção de Unidade de Negócios, abrangendo áreas de Serviços de IT, Vendas e Marketing, em empresas

Leia mais

Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física Novembro de 2005

Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física Novembro de 2005 ANEXOS Anexo I Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física Novembro de 2005 Exmo Sr. ou Sra. Coordenador do Centro dos Apoios Educativos, O meu nome é Maria João Carvalheiro

Leia mais

SOOS. Manual do usuário. Para soos ver 1.02. 1 www.soos.pt

SOOS. Manual do usuário. Para soos ver 1.02. 1 www.soos.pt SOOS Manual do usuário Para soos ver 1.02 1 www.soos.pt Índice Pág. Índice 2 O que è a SOOS 3 Funcionalidades 3 Plataforma 4 Botões 4,5 Solicitar informações 6 Perfil do usuário 7 Utilizador ocasional

Leia mais

Papel do secretariado na comunicação interna da empresa

Papel do secretariado na comunicação interna da empresa Jornadas dos Assistentes Técnicos de Saúde do CHP 16 de Maio de 2009 Comunicação Oral e Escrita Técnicas de correspondência Papel do secretariado na comunicação interna da empresa Isabel Ardions iardions@iscap.ipp.pt

Leia mais

REGULAMENTO DE SEMINÁRIO / ESTÁGIO DA LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E DE COMPUTADORES PREÂMBULO

REGULAMENTO DE SEMINÁRIO / ESTÁGIO DA LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E DE COMPUTADORES PREÂMBULO REGULAMENTO DE SEMINÁRIO / ESTÁGIO DA LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E DE COMPUTADORES PREÂMBULO A disciplina de Seminário/Estágio, do 3º ano da Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de

Leia mais

Concurso de Concepção Cloud Habitar Portugal 2012 14

Concurso de Concepção Cloud Habitar Portugal 2012 14 Concurso de Concepção Cloud Habitar Portugal 2012 14 1/4 1. Enquadramento 2. Objectivo 3. Cloud Hp 2012 14 4. Requisitos 5. Destinatários 6. Concurso 7. Júri 8. Apresentação dos Trabalhos 9. Processo de

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas de Salir Biblioteca Escolar 2008/2009. Como fazer um trabalho

Agrupamento Vertical de Escolas de Salir Biblioteca Escolar 2008/2009. Como fazer um trabalho Agrupamento Vertical de Escolas de Salir Biblioteca Escolar 2008/2009 Como fazer um trabalho Etapas na elaboração de um trabalho 1ª Etapa Penso sobre o tema 2ª Etapa Onde vou encontrar a informação? 3ª

Leia mais

COMPETÊNCIAS EM LITERACIA DA INFORMAÇÃO

COMPETÊNCIAS EM LITERACIA DA INFORMAÇÃO COMPETÊNCIAS EM LITERACIA DA INFORMAÇÃO SABER USAR A INFORMAÇÃO DE FORMA EFICAZ - CONSTRUIR UM CURRICULUM VITAE CURRICULUM VITAE Segundo o Dicionário da Academia de Ciências de Lisboa, a expressão latina

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/10 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Subsídio de Desemprego Montante Único

Leia mais

Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados. Ano académico de 2015/2016

Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados. Ano académico de 2015/2016 Perguntas e respostas sobre a bolsa de mérito para estudos pós-graduados Ano académico de 2015/2016 1. Pergunta: Quais os documentos que devo de ler antes de apresentar o pedido? Devem ser lidos, pormenorizadamente,

Leia mais

IMIGRANTES E SERVIÇOS FINANCEIROS QUESTIONÁRIO. N questionário. Cidade em que habita:. Sexo: M F Idade:

IMIGRANTES E SERVIÇOS FINANCEIROS QUESTIONÁRIO. N questionário. Cidade em que habita:. Sexo: M F Idade: IMIGRANTES E SERVIÇOS FINANCEIROS QUESTIONÁRIO N questionário Cidade em que habita:. Sexo: M F Idade: Grau de Ensino: 1. Nenhum 2. Escola primária ou ciclo preparatório 3. Escola Secundária/qualificações

Leia mais