Erros mais freqüentes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Erros mais freqüentes"

Transcrição

1 Lição 1 Erros mais freqüentes Extraímos de comunicações empresariais alguns erros, que passamos a comentar: 1. Caso se faça necessário maiores esclarecimentos... Apontamos duas falhas: 1. Caso se faça necessário: Há um erro de concordância: o sujeito no plural maiores esclarecimentos exige o verbo no plural. Caso se façam necessários maiores esclarecimentos: o vocábulo maior está inadequado. Usa-se maior quando se indica intensidade: maior rapidez, maior competência, maior esforço. Usa-se mais quando se indica quantidade: mais esclarecimentos, mais informações, mais tempo, mais dinheiro. Caso se façam necessários mais esclarecimentos Durante a reunião, os gerentes interviram. Há uma falha de conjugação verbal. O verbo intervir conjuga-se pelo verbo vir. Durante a reunião, os gerentes intervieram. 1

2 É comum haver certa confusão entre os verbos ver e vir e seus derivados. Diga: Quando você vir seu colega... e não Quando você ver... Quando eu vir o filme... - forma correta do verbo ver. Quando eu vier amanhã... - forma correta do verbo vir. Nós vimos aqui agora para lhes falar forma correta do verbo vir no presente do indicativo. Nós viemos aqui ontem e não encontramos você forma correta do verbo vir no pretérito perfeito do indicativo. O sindicato não interveio nas decisões da categoria. 3. Comunicamos a V.Sa. que o vosso pedido foi atendido. Há uma impropriedade no uso do pronome vosso. V. Sª., V.Exª., V. Magª. são pronomes de tratamento que exigem o verbo na 3 a. pessoa. Portanto, os demais pronomes que a eles se referirem devem ser sempre de 3 a pessoa. Logo, o correto é: Comunicamos a V. Sª. que o seu pedido foi atendido. Informamos a V. Exª. que a sua participação é solicitada. 4. O coordenador e o gerente conversaram sobre Marketing de Relacionamento e não se sabe o que lhe recomendara o diretor. Temos uma frase sem clareza: o diretor recomendara a quem? Ao coordenador ou ao gerente? Essa falta de clareza foi causada pelo pronome lhe. 2

3 Vamos tornar a frase clara? A frase correta: O coordenador e o gerente conversaram sobre Marketing de Relacionamento e não se sabe o que o diretor recomendara ao coordenador (ou ao gerente). Se a frase estivesse escrita assim? O coordenador e o gerente conversaram sobre Marketing de Relacionamento e não se sabe o que lhes recomendara o diretor. Não haveria dúvida: O diretor recomendara ao coordenador e ao gerente ( aos dois). 5. O relatório foi concluído pelo integrante da comissão que coordenou o projeto. A frase está sem clareza. Quem coordenou o projeto foi o integrante ou a comissão? Quando o pronome relativo que causa ambigüidade, deve-se substituí-lo por o qual, os quais, a qual ou as quais. Podemos reescrever de duas maneiras: - O relatório foi concluído pelo integrante da comissão o qual coordenou o projeto. - O relatório foi concluído pelo integrante da comissão a qual coordenou o projeto. 3

4 6. O diretor informou ao gerente que a reunião seria em seu gabinete. O que houve nessa frase? As idéias estão claras? Notamos que houve duplo sentido ou ambigüidade. Ficamos sem saber de quem era o gabinete: do diretor ou do gerente? Os pronomes seu e sua merecem um cuidado especial, porque às vezes causam ambigüidade ou duplo sentido. Nesses casos, não se devem usar esses pronomes possessivos. Como fazer então? Pode-se reescrever assim: O diretor informou ao gerente que a reunião seria no gabinete dele, diretor ou no gabinete dele, gerente. Veja que, às vezes, para evitar ambigüidade, precisamos usar dele ou dela no lugar do pronome possessivo seu e sua. Não use o pronome possessivo nestes casos: - com as partes do corpo: Na queda, o operário quebrou a perna. (nunca use: quebrou sua perna) - com objetos pessoais: Calcei os sapatos. (nunca use: calcei meus sapatos) - com as qualidades do espírito: Perderam a consciência. (nunca use: perderam sua consciência). 4

5 7. A empresa Alvorada S/A é dirigida pelos senhores Paulo Borges e José Câmara e os mesmos dedicam à mesma todas as energias. É muito comum, principalmente na redação empresarial, o emprego do vocábulo mesmo no lugar do nome. No entanto, constitui um erro que prejudica a boa linguagem. Tenha cuidado e veja o emprego correto do MESMO. A empresa Alvorada S/A é dirigida pelos senhores Paulo Borges e José Câmara, que dedicam a ela todas as energias. MESMO pode ser: pronome adjetivo acompanha um substantivo. Os dois setores enviaram o mesmo relatório. O gerente mesmo fez o comunicado. A mesma pessoa redigiu o ofício. Portanto, o vocábulo mesmo não pode ser usado em lugar de um substantivo. pronome neutro é igual a a mesma coisa. O mesmo eu ouvi de pessoas diferentes. Não faz diferença, dá no mesmo. na mesma coisa Aconteceu o mesmo com ele. a mesma coisa advérbio Ele concluiu mesmo o trabalho. realmente 5

6 8. Paulo, enquanto chefe desta unidade, sempre incentivou os O vocábulo enquanto é uma conjunção subordinativa, liga duas ações que se passam ao mesmo tempo. Enquanto eu trabalho, você se diverte. Enquanto todos discutiam o assunto, ela redigia a ata. Na linguagem atual, o enquanto está se distanciando do seu emprego correto e ocupa o lugar do vocábulo como ou das expressões na qualidade de, na condição de. Esse uso é inadequado na linguagem culta. Entretanto, Luiz Antonio Sacconi considera correto o uso de enquanto nessa acepção. Paulo, como chefe desta unidade, sempre incentivou os empregados. Lembre-se de que enquanto é sempre usado sozinho. A expressão enquanto que caiu em desuso. Portanto, use sempre assim: O diretor fazia a exposição, enquanto o assessor colhia assinaturas. 9. Comunicamos que Ronaldo Mendes foi o melhor avaliado. É muito comum o uso de melhor avaliado. No entanto, essa forma fere as normas da língua culta, que recomenda a forma analítica mais bem quando se junta à forma verbal no particípio. Comunicamos que Ronaldo Mendes foi o mais bem avaliado. Use sempre assim: Ele está mais bem capacitado. Os jogadores foram mais bem treinados. 6

7 A equipe foi mais bem informada. 10. A necessidade da empresa investir em tecnologia criou novas linhas de produtos. O sujeito de investir é empresa. O sujeito é um termo regente da oração, ou seja, não se subjuga a outro. Logo, não admite ser ligado à preposição. A necessidade de a empresa investir em tecnologia criou novas linhas de produtos. Use sempre assim: É o momento de esta notícia ser confirmada. Está na hora de ele se manifestar. Apesar de o auditor apontar falhas, nada ficou comprovado. 11. A reunião será às 15:30 hs. A reunião será às 15:30 se for nos Estados Unidos ou em qualquer país que use a língua inglesa, pois é um registro próprio desse idioma. No Brasil, a reunião será às 15h30, é claro, ou ainda, às 15h30min16s. A abreviatura de hora é h (sem ponto e sem s). Qualquer outra forma de representar horas em português será inadequada. Fique atento às formas: Das 8h às 12h30 Das 8h às 12h30min Sempre com crase Com relação aos dias da semana, use sempre assim: De 2ª a 6ª feira De 3ª a sábado De 4ª a domingo Sempre sem crase 7

8 A reunião será às 15h30 ou A reunião será às 15h30min. A primeira forma é mais usual. 12. O gerente apresentou técnicas passíveis de serem apreendidas. O infinitivo (serem) não se flexiona quando é complemento de adjetivos. Há uma dica que podemos observar: Se o infinitivo estiver antecedido de preposição, use sempre o singular. O gerente apresentou técnicas passíveis de ser apreendidas. Use sempre assim: As atividades deste setor são fáceis de ser realizadas. Todos foram forçados a sair. Os clientes eram obrigados a esperar muito tempo na fila. 13. As alterações do contrato foram feitas através de termo aditivo. A expressão através de deve ser usada no sentido de passar de um lado para o outro ou passar ao longo de. As alterações do contrato foram feitas mediante termo aditivo. Use sempre assim: A nomeação foi divulgada por meio da área de RH. (e não através da) 8

9 Soube da notícia pelo jornal. (e não através do) Ele sempre foi a mesma pessoa através de anos e anos. Todos o observaram através da janela Deve restar algumas unidades para comercialização. É muito comum esse erro, principalmente quando o verbo se antepõe ao sujeito. O sujeito de deve restar é algumas unidades. O verbo concorda com o sujeito: sujeito no plural, verbo no plural. Devem restar algumas unidades para comercialização. Fique atento e use sempre assim: Durante a execução do Programa, foram identificadas por todos os analistas algumas falhas. Bastam apenas algumas explicações. Faltam ainda algumas informações. 9

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 6 por completo do livrotexto Muito Prazer Unidade 6 I Ir Preposição para + artigo Preposição a + artigo Eu vou Para + o = para o

Leia mais

COLOCAÇÃO PRONOMINAL

COLOCAÇÃO PRONOMINAL COLOCAÇÃO PRONOMINAL COLOCAÇÃO PRONOMINAL Na utilização prática da língua, a colocação dos pronomes oblíquos é determinada pela eufonia, isto é pela boa sonoridade da frase. Por isso, em certos casos,

Leia mais

Questões de Português da Cesgranrio: prepara-se para o BNDES

Questões de Português da Cesgranrio: prepara-se para o BNDES Questões de Português da Cesgranrio: prepara-se para o BNDES 1. Indique o período em que o sinal de dois-pontos está sendo usado com a mesma finalidade da que ocorre em: Ademilton praticou uma atividade

Leia mais

PARALELISMO SINTÁTICO E SEMÂNTICO Prof. Esp. Volney Ribeiro

PARALELISMO SINTÁTICO E SEMÂNTICO Prof. Esp. Volney Ribeiro PARALELISMO SINTÁTICO E SEMÂNTICO Prof. Esp. Volney Ribeiro O paralelismo consiste na apresentação de idéias similares, coordenadas, equivalentes, numa forma gramatical ou semântica idêntica. Assim, pode-se

Leia mais

Nova Ortografia - Atualização em Redação Oficial

Nova Ortografia - Atualização em Redação Oficial GESPÚBLICA EGM FAMEM Nova Ortografia - Atualização em Redação Oficial Prof. Tammy de Oliveira Cunha Ramos Licenciada em Letra s UERJ e Coordenadora da Escola de Gestão Municipal/FAMEM Origem Nossa Língua-

Leia mais

Página 556 01. a) Porque concordam com o substantivo tarefas (plural). b) Porque concorda com extinção (singular).

Página 556 01. a) Porque concordam com o substantivo tarefas (plural). b) Porque concorda com extinção (singular). Página 556 a) Porque concordam com o substantivo tarefas (plural). b) Porque concorda com extinção (singular). c) Sim, porque concorda com tarefas [uma tarefa das tarefas mais tradicionais e importantes

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão : 01 04 02 A questão 01 do código 04 a 52, que corresponde à questão 04 do código 12 a 82 e à questão 02 do Nº de Inscrição: 4030879 Com relação às idéias apresentadas no texto, assinale a alternativa

Leia mais

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos Pessoais Do caso reto Oblíquo Possessivos Demonstrativos Relativos Indefinidos Interrogativos Os pronomes is indicam diretamente as s do discurso. Quem fala ou escreve, assume os pronomes eu ou nós, emprega

Leia mais

A Morfologia é o estudo da palavra e sua função na nossa língua. Na língua portuguesa, as palavras dividem-se nas seguintes categorias:

A Morfologia é o estudo da palavra e sua função na nossa língua. Na língua portuguesa, as palavras dividem-se nas seguintes categorias: MORFOLOGIA A Morfologia é o estudo da palavra e sua função na nossa língua. Na língua portuguesa, as palavras dividem-se nas seguintes categorias: 1. SUBSTANTIVO Tudo o que existe é ser e cada ser tem

Leia mais

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas.

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. Língua Portuguesa O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. O rápido e grande avanço observado no ambiente da produção, por meio do surgimento

Leia mais

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática 1 Sumário Introdução...04 O segredo Revelado...04 Outra maneira de estudar Inglês...05 Parte 1...06 Parte 2...07 Parte 3...08 Por que NÃO estudar Gramática...09 Aprender Gramática Aprender Inglês...09

Leia mais

Introdução Redação Redação Comercial Microsoft Word 2010

Introdução Redação Redação Comercial Microsoft Word 2010 Sumário Introdução... 1 ATA... 3 Circular... 5 DECLARAÇÃO... 8 REQUERIMENTO... 10 Envelopes... 11 MEMORANDOS... 13 PROCURAÇÕES... 16 OFÍCIO... 17 CARTA DE COBRANÇA... 19 ATESTADO... 22 ATESTADO... 23 CURRICULUM

Leia mais

Professora: Lícia Souza

Professora: Lícia Souza Professora: Lícia Souza Morfossintaxe: a seleção e a combinação de palavras Observe que, para combinar as palavras loucamente, louco e loucura com outras palavras nas frases de modo que fiquem de acordo

Leia mais

Universidade Cruzeiro do Sul. Campus Virtual Unidade I: Unidade: Gêneros Textuais Técnico-Profissionais

Universidade Cruzeiro do Sul. Campus Virtual Unidade I: Unidade: Gêneros Textuais Técnico-Profissionais Universidade Cruzeiro do Sul Campus Virtual Unidade I: Unidade: Gêneros Textuais Técnico-Profissionais 2010 0 Unidade: Gêneros Textuais Técnico- Profissionais Você já teve medo de escrever um texto? Sim?

Leia mais

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS: 1 ano Levar o estudante a realizar a escrita do próprio nome e outros nomes. Promover a escrita das letras do alfabeto. Utilizar a linguagem oral para conversar,

Leia mais

1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas.

1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas. Pág. 41 1 e 2 1) Observe a fala do peru, no último quadrinho. a) Quantos verbos foram empregados nessa fala? Dois. b) Logo, quantas orações há nesse período? Duas. c) Delimite as orações. Foi o presente

Leia mais

CRASE. CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`).

CRASE. CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`). CRASE CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`). A crase pode ocorrer entre: 1) Preposição A e os artigos A, AS Há limites a+a tolerância humana

Leia mais

Exemplo: O pedido tem a finalidade de atender as necessidades previstas. O pedido tem a finalidade de atender às necessidades previstas.

Exemplo: O pedido tem a finalidade de atender as necessidades previstas. O pedido tem a finalidade de atender às necessidades previstas. Projeto Falar Bem O projeto Falar Bem está sendo desenvolvido na ECEME, no corrente ano, com o objetivo de observar e analisar palestras e instruções, a fim de reunir dados para a elaboração de uma crítica

Leia mais

TRE / RJ - AGENTE DE SEGURANÇA JUDICIÁRIA NOVEMBRO DE 1995 2º GRAU

TRE / RJ - AGENTE DE SEGURANÇA JUDICIÁRIA NOVEMBRO DE 1995 2º GRAU TRE / RJ - AGENTE DE SEGURANÇA JUDICIÁRIA NOVEMBRO DE 1995 2º GRAU Texto HISTÓRIA DO RIO DE JANEIRO (Fragmento) Stanislaw Ponte Preta A coisa começou no século XVI, pouco depois que Pedro Álvares Cabral,

Leia mais

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em "Saiu a francesa", "a francesa" é o sujeito da oração.

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em Saiu a francesa, a francesa é o sujeito da oração. OBS.: A locução prepositiva "à moda de" tem uma peculiaridade: nela se costuma observar a elisão do substantivo feminino "moda", mas, mesmo nos casos em que isso ocorre, mantém-se o acento de crase. Ex.:

Leia mais

Quanto à classificação das orações coordenadas, temos dois tipos: Coordenadas Assindéticas e Coordenadas Sindéticas.

Quanto à classificação das orações coordenadas, temos dois tipos: Coordenadas Assindéticas e Coordenadas Sindéticas. LISTA DE RECUPERAÇÃO FINAL 9º ANO - PORTUGUÊS Caro aluno, seguem abaixo os assuntos para a prova de exame. É só um lembrete, pois os mesmos estão nas apostilas do primeiro bimestre, segundo e terceiro

Leia mais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE Comunicação Oral e Escrita Unidade 11 Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 2 Aviso importante! Este material foi produzido

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER

CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER Vejamos os exemplos de concordância do verbo ser: 1. A cama eram (ou era) umas palhas. Isto são cavalos do ofício. A pátria não é ninguém: são todos. (Rui Barbosa).

Leia mais

CURSO: TRIBUNAL REGULAR ASSUNTOS: CONCORDÂNCIA NOMINAL / CONCORDÂNCIA VERBAL SUMÁRIO DE AULA DÉCIO SENA

CURSO: TRIBUNAL REGULAR ASSUNTOS: CONCORDÂNCIA NOMINAL / CONCORDÂNCIA VERBAL SUMÁRIO DE AULA DÉCIO SENA CURSO: TRIBUNAL REGULAR ASSUNTOS: CONCORDÂNCIA NOMINAL / CONCORDÂNCIA VERBAL SUMÁRIO DE AULA DÉCIO SENA PRIMEIRA PARTE: CONCORDÂNCIA NOMINAL I. Regra Geral II. Casos Particulares I) Regra Geral: Exemplo:

Leia mais

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural.

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural. Concordância Verbal a) O verbo vai para a 3ª pessoa do plural caso o sujeito seja composto e anteposto ao verbo. Se o sujeito composto é posposto ao verbo, este irá para o plural ou concordará com o substantivo

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: PARA QUEM CURSARÁ O 8 Ọ ANO EM 2015. Disciplina: português

Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: PARA QUEM CURSARÁ O 8 Ọ ANO EM 2015. Disciplina: português Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSARÁ O 8 Ọ ANO EM 2015 Disciplina: português Prova: desafio nota: Considere os gráficos abaixo e responda às questões 1 e 2. Porcentagem

Leia mais

Recepção de novos servidores: orientações para gestores. DP, DDRH e PRODIRH UFG/2015

Recepção de novos servidores: orientações para gestores. DP, DDRH e PRODIRH UFG/2015 Recepção de novos servidores: orientações para gestores DP, DDRH e PRODIRH UFG/2015 1 Recepção de novos servidores: orientações para gestores Livia Psicóloga - DDRH 2 Qual o verdadeiro sentido da existência

Leia mais

3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 113 Conteúdos:

3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 113 Conteúdos: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I 3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 113 Conteúdos: Tempo verbal: presente. Propriedade comutativa da multiplicação.

Leia mais

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD o seu Site e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Conteúdo Introdução Escrever bem é um misto entre arte e ciência Seus conhecimentos geram mais clientes Dicas práticas Faça

Leia mais

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa Ricardo Pereira Antes de começar por Ricardo Pereira Trabalhando na Templum Consultoria eu tive a rara oportunidade

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

Educação é o primeiro passo para desenvolver a segurança e saúde no trabalho.

Educação é o primeiro passo para desenvolver a segurança e saúde no trabalho. Educação é o primeiro passo para desenvolver a segurança e saúde no trabalho. DDS DICAS PARA UM BOM DIALAGO DE SEGURANÇA APRESENTAÇÃO Palestrante: RAFAELA LOPES LOBO Técnica de Segurança do Trabalho Bombeiro

Leia mais

Motivar os Professores

Motivar os Professores Motivar os Professores Ramiro Marques Conferência Realizada no Dia da Escola Escola Superior de Educação de Santarém 11 de Novembro de 2003 Uma das formas de motivar o jovem professor é: Ouvi-lo com atenção

Leia mais

WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR

WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR Índice Índice Prefácio Sobre o autor Introdução Como ser produtivo estudando corretamente Você já organizou o seu tempo e os seus dias para estudar? Definir o que vai estudar Organizando

Leia mais

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES OBJETIVO Assegurar a satisfação do cliente no pós-venda, desenvolvendo um relacionamento duradouro entre o vendedor e o cliente, além de conseguir indicações através de um sistema de follow-up (acompanhamento).

Leia mais

CASOS PARTICULARES S + S + A Obs:

CASOS PARTICULARES S + S + A Obs: 1) Regra geral Palavra que acompanha substantivo concorda com ele. Ex.: O aluno. Os alunos. A aluna. As alunas. Meu livro. Meus livros. Minha pasta. Minhas pastas. Garoto alto. Garotos altos. Garota alta.

Leia mais

OFICINA GRAMATICAL: FLEXÃO DO FUTURO DO CONJUNTIVO E ORACÕES CONDICIONAIS GUIÃO DE CORRECÇÃO

OFICINA GRAMATICAL: FLEXÃO DO FUTURO DO CONJUNTIVO E ORACÕES CONDICIONAIS GUIÃO DE CORRECÇÃO OFICINA GRAMATICAL: FLEXÃO DO FUTURO DO CONJUNTIVO E ORACÕES CONDICIONAIS Víctor Mércia Justino (2013) GUIÃO DE CORRECÇÃO SEQUÊNCIA DIDÁCTICA I: A FLEXÃO DO FUTURO DO CONJUNTIVO ETAPA I: Comparação dos

Leia mais

Profª.: Elysângela Neves

Profª.: Elysângela Neves Profª.: Elysângela Neves Regência É a relação sintática que se estabelece entre um termo regente ou subordinante (que exige outro) e o termo regido ou subordinado (termo regido pelo primeiro) A regência

Leia mais

Inglês. Curso de Áudio

Inglês. Curso de Áudio Inglês Curso de Áudio Sobre a Autora ingressou na Universidade do Norte de Iowa em 1998, em dois cursos: pedagogia e espanhol. Após se mudar para Indianápolis, estado de Indiana, em 1999, ela passou a

Leia mais

CRASE. Entregue o documento à advogada.

CRASE. Entregue o documento à advogada. CRASE A crase é a fusão de duas vogais da mesma natureza. Sua representação se dá por meio do chamado acento grave sobre a letra a, tornando acentual esta vogal. Assim, o acento grave é o sinal que indica

Leia mais

CURIOSIDADES GRÁFICAS

CURIOSIDADES GRÁFICAS CURIOSIDADES GRÁFICAS 1. USO DOS PORQUÊS POR QUE: usado em frases interrogativas diretas e indiretas; quando equivale a pelo qual e flexões e quando depois dessa expressão vier escrita ou subentendida

Leia mais

LIÇÃO 2 AMOR: DECIDIR AMAR UNS AOS OUTROS

LIÇÃO 2 AMOR: DECIDIR AMAR UNS AOS OUTROS LIÇÃO 2 AMOR: DECIDIR AMAR UNS AOS OUTROS RESUMO BÍBLICO I João 4:7-21; Jo 13:35 Tudo começou com o amor de Deus por nós. Ele nos amou primeiro e nós precisamos responder a isso. Ele provou seu amor, através

Leia mais

Chegou a Hora da Nossa Feira Escolar de Matemática e Ciências

Chegou a Hora da Nossa Feira Escolar de Matemática e Ciências Elementary Mathematics and Science Fair Student Timeline Portuguese version Chegou a Hora da Nossa Feira Escolar de Matemática e Ciências Prezados Pais ou Responsável, Iremos realizar em nossa escola a

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br Professor Jailton www.professorjailton.com.br Regra Geral O artigo, a adjetivo, o pronome adjetivo e o numeral concordam em gênero e número com o nome a que se referem: Aqueles dois meninos estudiosos

Leia mais

Professora Verônica Ferreira

Professora Verônica Ferreira Professora Verônica Ferreira 1- Prova: ESAF - 2013 - DNIT - Técnico Administrativo (questão nº 1) Disciplina: Português Assuntos: Crase; Assinale a opção que completa corretamente a sequência de lacunas

Leia mais

COMO COMEÇAR 2016 se organizando?

COMO COMEÇAR 2016 se organizando? COMO COMEÇAR 2016 se organizando? Como começar 2016 se organizando? Conheça estratégias simples para iniciar o novo ano com o pé direito Você sabia que, de acordo com o Sebrae, os principais motivos que

Leia mais

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com 1 Distribuição Gratuita. Este e-book em hipótese alguma deve ser comercializado ou ter seu conteúdo modificado. Nenhuma parte deste e-book pode ser reproduzida ou transmitida sem o consentimento prévio

Leia mais

JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL)

JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL) % ABERTURA JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL) Esta avaliação é constituída de 20 questões possíveis de ocorrer em uma empresa. Cada questão é composta por duas afirmativas. Você deve analisar

Leia mais

A regra geral de concordância verbal é bastante simples: o verbo concorda com o núcleo (ou os núcleos) do sujeito. Desse modo, temos:

A regra geral de concordância verbal é bastante simples: o verbo concorda com o núcleo (ou os núcleos) do sujeito. Desse modo, temos: Concordância Na aula de hoje, estudaremos os principais tipos e ocorrências de itens relacionados à concordância verbal cobrados nos vestibulares do país. Nesse sentido, é válido lembrar que serão observadas

Leia mais

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES ASPECTOS TEÓRICOS. POR QUE /POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ a) POR QUE: Equivale a POR QUAL MOTIVO ou a pelo qual e variações; vem também depois de EIS e DAÍ. b) POR QUÊ: Equivale

Leia mais

O que é: A Oficina de Comunição é um treinamento à distância realizado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba.

O que é: A Oficina de Comunição é um treinamento à distância realizado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba. O que é: A Oficina de Comunição é um treinamento à distância realizado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba. Objetivos: Capacitar os pontos focais de cada Comitê Afluente que trabalhem diretamente

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E ÉTICA. Cipriano Carlos Luckesi 1

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E ÉTICA. Cipriano Carlos Luckesi 1 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E ÉTICA Cipriano Carlos Luckesi 1 Artigo publicado na Revista ABC EDUCATIO, nº 54, março de 2006, páginas 20 e 21. Estamos iniciando um novo ano letivo. Vale a pena olhar um pouco

Leia mais

Funções do "que" e do "se"

Funções do que e do se Funções do "que" e do "se" Há muitas dúvidas quanto ao emprego do que e do se, pois podem ser empregados em várias funções morfossintáticas. Portanto, iremos analisar cada termo individualmente, a fim

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Modo: indicativo O modo indicativo expressa um fato de maneira definida, real, no presente, passado ou futuro, na frase afirmativa, negativa ou interrogativa. Presente Presente Passado (=Pretérito) Pretérito

Leia mais

Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria

Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria 1ª Versão 1 Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO 1ª Versão 2 ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO 2

Leia mais

Gramática Eletrônica. O mecanismo da concordância verbal consiste na adequação do verbo na frase. Muitas vezes, temos dúvidas como estas:

Gramática Eletrônica. O mecanismo da concordância verbal consiste na adequação do verbo na frase. Muitas vezes, temos dúvidas como estas: Lição 14 Concordância Verbal O mecanismo da concordância verbal consiste na adequação do verbo na frase. Muitas vezes, temos dúvidas como estas: Basta algumas palavras. Bastam algumas palavras? A concordância

Leia mais

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Brasília, 02/01/2011 (Saudações e agradecimentos)... Senhoras e senhores,

Leia mais

Explique o que o atrai na empresa, na função, no setor. Aproveite para mostrar entusiasmo. Não se prolongue

Explique o que o atrai na empresa, na função, no setor. Aproveite para mostrar entusiasmo. Não se prolongue Cartas de apresentação Juntamente com o CV, a carta de apresentação é um dos primeiros elementos que a empresa à qual se candidata tem sobre si. Saiba como elaborar uma carta de apresentação e veja um

Leia mais

Quem tem boca vai a Roma

Quem tem boca vai a Roma Quem tem boca vai a Roma AUUL AL A MÓDULO 14 Um indivíduo que parece desorientado e não consegue encontrar o prédio que procura, aproxima-se de outro com um papel na mão: - Por favor, poderia me informar

Leia mais

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre O CASO DA CALÇADA DO JASMIM UM CRIME? Terça-feira, seis de Maio. São catorze horas. A D. Odete não é vista no seu bairro desde hoje de manhã. As janelas da sua casa estão abertas, mas o correio de hoje

Leia mais

GUIA PARA ESCREVER MELHOR. Saiba que erros evitar para ter um bom desempenho na prova de redação

GUIA PARA ESCREVER MELHOR. Saiba que erros evitar para ter um bom desempenho na prova de redação GUIA PARA ESCREVER MELHOR Saiba que erros evitar para ter um bom desempenho na prova de redação Í N D I C E Capítulo 1 Não exagere nos adjetivos Capítulo 2 Evite o queísmo Capítulo 3 Não seja intrometido(a)

Leia mais

Metodologias de Pesquisa Qualitativa

Metodologias de Pesquisa Qualitativa Metodologias de Pesquisa Qualitativa Pesquisa Qualitativa Subjetividade e interpretação do avaliador/pesquisador Entender um problema em profundidade. Não usa estatísticas e generalizações. Trabalha com

Leia mais

"O SEGREDO DA PRÁTICA REVELADO PARA VOCÊ."

O SEGREDO DA PRÁTICA REVELADO PARA VOCÊ. "O SEGREDO DA PRÁTICA REVELADO PARA VOCÊ." Cenário Sair de 77% para 82%(retenção) Reduzir XXXX Sair de Não podemos mais repetir esses erros! Hoje em dia, os produtos são muito parecidos e o que mais diferencia

Leia mais

As palavras: QUE, SE e COMO.

As palavras: QUE, SE e COMO. As palavras: QUE, SE e COMO. Enfocaremos, nesse capítulo, algumas particularidades das referidas palavras. Professor Robson Moraes I A palavra QUE 1. Substantivo aparece precedida por artigo e exerce funções

Leia mais

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 1 por completo do livrotexto Muito Prazer Unidade 1 - I Pronomes pessoais Eu Tu 1 Você 2 / ele/ela A gente 3 Nós Vós 4 Eles/ elas

Leia mais

Gênero em foco: CARTA PESSOAL

Gênero em foco: CARTA PESSOAL Gênero em foco: CARTA PESSOAL CARACTERÍSTICAS Definição e finalidade: A carta pessoal é um gênero textual em que o autor do texto se dirige a um interlocutor específico, com o qual pretende estabelecer

Leia mais

OUTROS CASOS. rsn 2007/08

OUTROS CASOS. rsn 2007/08 A Pronominalização A O João deu um livro à mãe. / O João deu-o à mãe. B O João deu um livro à mãe. / O João deu-lhe o livro. C O João deu um livro à mãe. / O João deu-lho. D A Catarina disse à mãe que

Leia mais

DICAS IMPORTANTES PARA ENVIAR SMS SEUS CLIENTES NAS SUAS MÃOS! SMART NETWORK BUSINESS

DICAS IMPORTANTES PARA ENVIAR SMS SEUS CLIENTES NAS SUAS MÃOS! SMART NETWORK BUSINESS DICAS IMPORTANTES SMART NETWORK BUSINESS SEUS CLIENTES NAS SUAS MÃOS! PARA ENVIAR SMS BONS MOTIVOS POR QUE FAZER MOBILE MARKETING? Atualmente, no Brasil a quantidade de celulares já supera o número de

Leia mais

Texto 1 O FUTEBOL E A MATEMÁTICA Modelo matemático prevê gols no futebol Moacyr Scliar

Texto 1 O FUTEBOL E A MATEMÁTICA Modelo matemático prevê gols no futebol Moacyr Scliar PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 5 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 O FUTEBOL E A MATEMÁTICA

Leia mais

Deve possuir uma sequência ligação direta com o objetivo Causar uma boa impressão garante bons negócios! Prof. Flávia Santos Twardowski Pinto Porto Alegre, 014 de setembro de 2010 Preparação e prática

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA INTERATIVIDADE FINAL DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES AULA. AULA: 23.1 Conteúdo: Texto dissertativo-argumentativo

LÍNGUA PORTUGUESA INTERATIVIDADE FINAL DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES AULA. AULA: 23.1 Conteúdo: Texto dissertativo-argumentativo : 23.1 Conteúdo: Texto dissertativo-argumentativo Habilidades: Perceber como se organizam os parágrafos de um texto dissertativo-argumentativo. Texto dissertativo O texto dissertativo é um tipo de texto

Leia mais

Gestão dos Pequenos Negócios

Gestão dos Pequenos Negócios Gestão dos Pequenos Negócios x Rangel Miranda Gerente Regional do Sebrae Porto Velho, RO, 20 de outubro de 2015 A Conjuntura Atual Queda na produção industrial Desemprego Alta dos juros Restrição ao crédito

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão : 01 03 03 Questão : 01 03 03 A questão 01 do código 10 (01 do código 20-BCT) que corresponde à questão 03 do código 30 (03 do código 40-BCT) e a questão 03 do código 50 (03 do código 60-BCT) teve

Leia mais

QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader

QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader VOCÊ CONHECE ALGUÉM QUE: Quer ganhar dinheiro; Quer uma renda extra; Deseja conhecer pessoas e fazer novas amizades;

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE: DIFERENCIE-SE DA CONCORRÊNCIA E VENDA MAIS

ATENDIMENTO AO CLIENTE: DIFERENCIE-SE DA CONCORRÊNCIA E VENDA MAIS DIFERENCIE-SE DA CONCORRÊNCIA E VENDA MAIS DIFERENCIE-SE DA CONCORRÊNCIA E VENDA MAIS Visa a ampliar a visão de empresários quanto à necessidade de aperfeiçoar o atendimento a clientes como forma de construir

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice AULA 1 REDAÇÃO DE DOCUMENTOS... 3 Carta Comercial... 3 Requerimento... 6 Procuração... 7 Memorando... 8 Ofício... 9 Recibo...

Leia mais

Top Guia In.Fra: Perguntas para fazer ao seu fornecedor de CFTV

Top Guia In.Fra: Perguntas para fazer ao seu fornecedor de CFTV Top Guia In.Fra: Perguntas para fazer ao seu fornecedor de CFTV 1ª Edição (v1.4) 1 Um projeto de segurança bem feito Até pouco tempo atrás o mercado de CFTV era dividido entre fabricantes de alto custo

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 HORAS PERÍODO: NOTURNO

1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 HORAS PERÍODO: NOTURNO 1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 HORAS PERÍODO: NOTURNO NOME DA DISCIPLINA: LINGUA PORTUGUESA NOME DO CURSO: SUPERIOR TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 2- EMENTA Perceber

Leia mais

NOVAS HABILIDADES PARA O DEPARTAMENTO DE TI ORIENTADO A SERVIÇOS

NOVAS HABILIDADES PARA O DEPARTAMENTO DE TI ORIENTADO A SERVIÇOS NOVAS HABILIDADES PARA O DEPARTAMENTO DE TI ORIENTADO A SERVIÇOS Ser o líder de TI de uma empresa pode ser uma situação bem parecida com estar em uma plataforma de petróleo em chamas. O departamento de

Leia mais

Provão. Português 4 o ano. Vida da gente. Texto

Provão. Português 4 o ano. Vida da gente. Texto Provão Português 4 o ano Texto Vida da gente Todos os dias nós jogamos fora muitas coisas de que não precisamos mais. Para onde será que elas vão? Será que daria para usá-las novamente? Todo dia da nossa

Leia mais

ATENDENDO COM QUALIDADE. www.viveresaber.com.br

ATENDENDO COM QUALIDADE. www.viveresaber.com.br ATENDENDO COM QUALIDADE OFERECIDO POR: Desenvolvido por: ADELINO CRUZ Consultor, Palestrante e Diretor da Viver e aber; Bacharel em Comunicação ocial; Foi Professor da FAMECO PUC/R e da UFM; Atuou nas

Leia mais

7 7 E8BOOK7CURSO7DE7 ORATÓRIA7

7 7 E8BOOK7CURSO7DE7 ORATÓRIA7 HTTP://WWW.SUPEREDESAFIOS.COM.BR/SEGREDO/FORMULANEGOCIOONLINE E8BOOKCURSODE ORATÓRIA Prof.DaniloMota Prof.&Danilo&Mota& &Blog&Supere&Desafios& 1 Introdução:Tempodeouvir,tempodefalar. Não saber ouvir bem,

Leia mais

Prova bimestral. Língua portuguesa. 3 o Bimestre 4 o ano. 1. Leia.

Prova bimestral. Língua portuguesa. 3 o Bimestre 4 o ano. 1. Leia. Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2011 Prova bimestral 3 o Bimestre 4 o ano Língua portuguesa Data: / / Nível: Escola: Nome: 1. Leia. A criançada fica enlouquecida

Leia mais

Período composto por subordinação

Período composto por subordinação Período composto por subordinação GRAMÁTICA MAIO 2015 Na aula anterior Período composto por coordenação: conjunto de orações independentes Período composto por subordinação: conjunto no qual um oração

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros s de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 14 por completo

Leia mais

A grande farsa da evolução do processo de gestão empresarial

A grande farsa da evolução do processo de gestão empresarial A grande farsa da evolução do processo de gestão empresarial Começo minha reflexão de hoje pensando um pouco na história da Administração, nos princípios de gestão e formas como as empresas hoje são geridas.

Leia mais

Universidade Federal da Grande Dourados COIN Coordenadoria de Informática DSI - Divisão de Sistemas da Informação. Manual de atendimento ao usuário

Universidade Federal da Grande Dourados COIN Coordenadoria de Informática DSI - Divisão de Sistemas da Informação. Manual de atendimento ao usuário Universidade Federal da Grande Dourados COIN Coordenadoria de Informática DSI - Divisão de Sistemas da Informação Manual de atendimento ao usuário 1. Introdução e objetivos Este documento em forma de manual

Leia mais

Telemarketing TELEMARKETING TELEMARKETING -1-

Telemarketing TELEMARKETING TELEMARKETING -1- TELEMARKETING -1- ÍNDICE CAPÍTULO 1 ALGUNS CONCEITOS RELACIONADOS AO CALL CENTER...08 RELEVÂNCIA DE UM PROFISSIONAL DE CCC...09 A FUNÇÃO DO OPERADOR...10 OPERAÇÕES E PROCESSOS...11 CAPÍTULO 2 COMO SE COMPORTAR

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Organizando Voluntariado na Escola Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Objetivos 1 Entender a importância de fazer um planejamento. 2 Aprender como planejar o projeto de voluntariado. 3 Conhecer ferramentas

Leia mais

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Sumário introdução 03 Capítulo 5 16 Capítulo 1 Pense no futuro! 04 Aproveite os fins de semana Capítulo 6 18 Capítulo 2 07 É preciso

Leia mais

DICAS DO MESTRE / FGV PROFESSOR SANDRO LUCENA

DICAS DO MESTRE / FGV PROFESSOR SANDRO LUCENA DICAS DO MESTRE / FGV PROFESSOR SANDRO LUCENA 01. 2015 Órgão: Prefeitura de Paulínia SP Prova: Guarda Municipal Sobre a charge, é correto afirmar que se trata de um texto: a narrativo, pois apresenta fatos

Leia mais

8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO

8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO 1. A alternativa que melhor completa a frase abaixo é: Até agora, você queria conhecer os das coisas existentes. Daqui para a frente, acrescente outra pergunta:

Leia mais

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Divisão de Processo Seletivo

Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Divisão de Processo Seletivo Governo do Estado do Amapá Universidade do Estado do Amapá Divisão de Processo Seletivo Resultado dos recursos impetrados contra as provas da ª Fase do Vestibular UEAP 011 omunicamos aos candidatos que

Leia mais

EDITAL N 03/2016/COEXT CURSO DE EXTENSÃO DESVENDANDO A LÍNGUA INGLESA

EDITAL N 03/2016/COEXT CURSO DE EXTENSÃO DESVENDANDO A LÍNGUA INGLESA O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, Campus Limoeiro do Norte, torna pública a abertura do edital para seleção de 10 candidatos da comunidade externa e da comunidade interna

Leia mais

P Como foi essa experiência com o barco da Justiça no

P Como foi essa experiência com o barco da Justiça no VISITA AO AMAPÁ FÁTIMA NANCY ANDRIGHI Ministra do Superior Tribunal de Justiça A Justiça brasileira deve se humanizar. A afirmação foi feita pela ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça,

Leia mais

Unidade III. Comunicação Empresarial. Profª. Cleide de Freitas

Unidade III. Comunicação Empresarial. Profª. Cleide de Freitas Unidade III Comunicação Empresarial Profª. Cleide de Freitas Resumo aula anterior Construção de textos Tipos de parágrafos Texto Narrativo, Descritivo e Dissertativo Resumo Esquema Resenha Sinóptico O

Leia mais