Unidade 3 Como escrever uma carta

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Unidade 3 Como escrever uma carta"

Transcrição

1

2 UNIDADE 3 Inicialmente, é preciso destacar dois tipos básicos de carta. O primeiro é a correspondência oficial e comercial, que nos é enviada pelos poderes políticos ou por empresas privadas (comunicações de multas de trânsito, mudanças de endereço e telefone, propostas para renovar assinaturas de revistas, etc). Este tipo de carta caracteriza-se por seguir modelos prontos, em que o remetente só altera alguns dados. Apresentam uma linguagem padronizada (repare que elas são extremamente parecidas, começando geralmente por "Vimos por meio desta...") e normalmente são redigidas na linguagem formal culta. Nesse tipo de correspondência, mesmo que venha assinada por uma pessoa física, o emissor é uma pessoa jurídica (órgão público ou empresa privada), no caso, devidamente representada por um funcionário. Outro tipo de correspondência é a carta pessoal, que utilizamos para estabelecer contato com amigos, parentes, namorado. Tais cartas, por serem mais informais que a correspondência oficial e comercial, não seguem modelos prontos, caracterizando-se pela linguagem coloquial. Nesse caso o remetente é a própria pessoa que assina a correspondência. Não há regras fixas (nem modelos) para se escrever uma carta pessoal. Afora a data, o nome (ou apelido) da pessoa a quem se destina e o nome (ou apelido) de quem a escreve, a forma de redação de uma carta pessoal é extremamente particular No processo de comunicação, não se pode falar em linguagem correta, mas em linguagem adequada.

3 A linguagem correta é a adequada ao assunto tratado (mais formal ou mais informal), à situação em que está sendo produzida, à relação entre emissor e destinatário (a linguagem que você utiliza com um amigo íntimo é bastante diferente da que utiliza com um parente distante ou mesmo com um estranho). Na correspondência deve ocorrer exatamente a mesma coisa: a linguagem e o tratamento utilizados vão variar em função da intimidade dos correspondentes, bem como do assunto tratado. CARTA PESSOAL CARACTERÍSTICAS: O discurso mostra uma espontaneidade expressiva, consequência da intimidade existente entre o narrador e o destinatário. A linguagem tem estilo simples, claro, objetivo e conciso: é quase uma conversa entre amigos. As saudações finais referem-se a sentimentos de afeto e de amizade entre o autor e o destinatário. ESTRUTURA: Nome da cidade e data escritos ao alto. Vocativo (caro amigo, querida amiga, meu prezado amigo,...) mais abaixo, à esquerda. Texto. Saudações (beijos, com afeto, atenciosamente,...). Com a modernização do formato textual, devido ao uso do computador, o texto pode vir alinhado à margem esquerda da carta.

4 CARTA COMERCIAL A carta comercial é um instrumento de comunicação comum na área empresarial e/ ou comercial. A linguagem desse tipo de cartas será clara, simples, sóbria, precisa, correta e polida. Abertura (local, data, destinatário e saudação inicial). Informes (mensagem que o narrador quer passar ao destinatário). Encerramento (saudação final e assinatura do narrador). VOCATIVOS: Prezado Senhor Estimado Senhor Ilmo Senhor Senhores Senhor Gerente Prezado Senhor Jorge André INTRODUÇÕES: Por intermédio da presente, estamos levando ao conhecimento dos senhores... Tem esta por finalidade comunicar aos senhores... Com o objetivo de... Sentimos prazer em participar-lhes que... Com relação aos termos de sua carta... Atendendo às solicitações constantes de sua carta... Atendendo à solicitação dos senhores...

5 FECHOS DE CORTESIA: À espera de novas ordens dos senhores, subscrevo-me... Continuando a seu inteiro dispor, subscrevemo-nos... No aguardo de uma resposta dos senhores, subscrevo-me... Agradecendo sua atenção, firmamo-nos muito atenciosamente... Muito apreciaríamos uma pronta resposta ao que nesta solicitamos, respeitosamente... Conselhos: Deve-se ser o mais objetivo possível, não colocar palavras rebuscadas de formalidades que só servem para perder tempo, um Prezado ou Ilmo é suficiente para o início e Cordialmente ou Atenciosamente para finalizar; Data: Não se usa pôr o zero antes do número da data; Os meses do ano vêm com letra minúscula; Não se deve abreviar o nome dos meses nem dos anos; Endereço: Junto à margem esquerda do papel; Não usar: A, À, Ao, Para, etc; antes do nome do destinatário Quando o endereço estiver na mesma localidade que o remetente, pode-se colocar a expressão N/C (nesta cidade);

6 No caso de pessoas físicas: - Título profissional; - Nome; - Cargo que ocupa; - Rua, número e apto; - CEP, cidade e estado.

Conhecer a estrutura e identifi car características linguísticas e textuais dos textos profi ssionais.

Conhecer a estrutura e identifi car características linguísticas e textuais dos textos profi ssionais. Leitura e Produção Textual I Textos profissionais Objetivo da Aula Conhecer a estrutura e identifi car características linguísticas e textuais dos textos profi ssionais. Após o curso de graduação (ou concomitante

Leia mais

Diretrizes para o uso do e-mail institucional

Diretrizes para o uso do e-mail institucional Diretrizes para o uso do e-mail institucional 1 A qualidade deve ser a premissa de todos os segmentos que envolvem uma organização. Esse compromisso, ganha agora importante instrumento para orientar um

Leia mais

Ficha Informativa: CARTA

Ficha Informativa: CARTA DEPARTAMENTO CURRICULAR DE LÍNGUAS PORTUGUÊS - 10.º Ano de escolaridade Ficha Informativa: CARTA CARTAS Tipos Destinatários Finalidades Carta pessoal ou familiar Pessoas com as quais se tem laços afetivos

Leia mais

APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice AULA 1 REDAÇÃO DE DOCUMENTOS... 3 Carta Comercial... 3 Requerimento... 6 Procuração... 7 Memorando... 8 Ofício... 9 Recibo...

Leia mais

Aula 37.1 Conteúdo. Gênero Textual e-mail Função e características DINÂMICA LOCAL INTERATIVA LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 37.1 Conteúdo. Gênero Textual e-mail Função e características DINÂMICA LOCAL INTERATIVA LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 37.1 Conteúdo Gênero Textual e-mail Função e características CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS DA DISCIPLINA COMUNICAÇÃO OFICIAL

LISTA DE EXERCÍCIOS DA DISCIPLINA COMUNICAÇÃO OFICIAL LISTA DE EXERCÍCIOS DA DISCIPLINA COMUNICAÇÃO OFICIAL Esta série de questões consiste em um material de apoio ao estudo e à fixação de conceitos do programa de Comunicação Oficial. Na prova, as questões

Leia mais

Deve possuir uma sequência ligação direta com o objetivo Causar uma boa impressão garante bons negócios! Prof. Flávia Santos Twardowski Pinto Porto Alegre, 014 de setembro de 2010 Preparação e prática

Leia mais

O que é o Microsoft Office?

O que é o Microsoft Office? Aula 1 O que é o Microsoft Office? O Microsoft Office é um pacote de programas para escritório que faz parte de um único DVD. Você aprenderá neste curso a trabalhar com os programas mais famosos do pacote

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA GÊNEROS TEXTUAIS TÉCNICO-PROFISSIONAIS

LÍNGUA PORTUGUESA GÊNEROS TEXTUAIS TÉCNICO-PROFISSIONAIS LÍNGUA PORTUGUESA GÊNEROS TEXTUAIS TÉCNICO-PROFISSIONAIS 0 GÊNEROS TEXTUAIS TÉCNICO-PROFISSIONAIS Tópico 1 Aquecendo Você já teve medo de escrever um texto? Sim? Fique tranquilo, pois este tipo de insegurança

Leia mais

Universidade Cruzeiro do Sul. Campus Virtual Unidade I: Unidade: Gêneros Textuais Técnico-Profissionais

Universidade Cruzeiro do Sul. Campus Virtual Unidade I: Unidade: Gêneros Textuais Técnico-Profissionais Universidade Cruzeiro do Sul Campus Virtual Unidade I: Unidade: Gêneros Textuais Técnico-Profissionais 2010 0 Unidade: Gêneros Textuais Técnico- Profissionais Você já teve medo de escrever um texto? Sim?

Leia mais

Credibilidade da Empresa: a Importância da Padronização de Documentos e Dúvidas Gerais sobre o uso da Língua Portuguesa

Credibilidade da Empresa: a Importância da Padronização de Documentos e Dúvidas Gerais sobre o uso da Língua Portuguesa Resumo de Conteúdo da Palestra Credibilidade da Empresa: a Importância da Padronização de Documentos e Dúvidas Gerais sobre o uso da Língua Portuguesa A palestra foi realizada na Junta Comercial do Estado

Leia mais

Figura 18. LL, v. 1, p. 142.

Figura 18. LL, v. 1, p. 142. 85 Cartão Escolha uma pessoa de que [sic] você goste para mandar um cartão feito por você. Antes prepare o texto escrevendo o que é amigo para você. Acrescente mais algumas frases, se desejar. Passe o

Leia mais

Explique o que o atrai na empresa, na função, no setor. Aproveite para mostrar entusiasmo. Não se prolongue

Explique o que o atrai na empresa, na função, no setor. Aproveite para mostrar entusiasmo. Não se prolongue Cartas de apresentação Juntamente com o CV, a carta de apresentação é um dos primeiros elementos que a empresa à qual se candidata tem sobre si. Saiba como elaborar uma carta de apresentação e veja um

Leia mais

Unidade: Gêneros textuais técnico-profissionais. Unidade I:

Unidade: Gêneros textuais técnico-profissionais. Unidade I: Unidade: Gêneros textuais técnico-profissionais Unidade I: 0 Unidade: Gêneros textuais técnico-profissionais Você já ficou inseguro na hora de escrever um texto? Sim? Então, não se preocupe, pois este

Leia mais

Redação Oficial. Curso de Secretariado Escolar. Professor: Elir Ferrari

Redação Oficial. Curso de Secretariado Escolar. Professor: Elir Ferrari Curso de Secretariado Escolar Professor: Elir Ferrari Índice 1. Ata... 3 2. Requerimento... 6 3. Declaração / Atestado... 8 4. Recibo... 9 5. Circular... 11 6. Memorando / Correspondência Interna (CI)...

Leia mais

Configurações de Filas. Treinamento OTRS Help Desk

Configurações de Filas. Treinamento OTRS Help Desk Configurações de Filas Treinamento OTRS Help Desk Sumário Filas... 3 Anexos... 5 Autorrespostas... 5 Modelos... 5 Saudações e Assinaturas...6 Tel: +55 (11) 2506-0180 - São Paulo SP - Brasil Filas Recomendamos

Leia mais

NORMA DE CORRESPONDÊNCIA NOR 103

NORMA DE CORRESPONDÊNCIA NOR 103 MANUAL DE ORGANIZAÇÃO COD. 100 ASSUNTO: CORRESPONDÊNCIA COD: NOR 103 APROVAÇÃO: Resolução nº 024, de 02/09/03 NORMA DE CORRESPONDÊNCIA NOR 103 1/13 SUMÁRIO 1. FINALIDADE... 02 2. CONCEITUAÇÃO... 02 3.

Leia mais

Entre os documentos abarcados pela correspondência, destaca-se a carta comercial.

Entre os documentos abarcados pela correspondência, destaca-se a carta comercial. Fonte bibliográfica: MEDEIROS, J. B. Português Instrumental. 4 a. ed. São Paulo: Atlas, 2000.pp.47-53; 60 e 99-100. 3 Cartas Comerciais 1.1 Conceito de correspondência Correspondência é um ato que se evidencia

Leia mais

REDAÇÃO EMPRESARIAL. * textos produzidos no ambiente empresarial: - memorando, circular, comunicado, ata, mensagens eletrônicas...

REDAÇÃO EMPRESARIAL. * textos produzidos no ambiente empresarial: - memorando, circular, comunicado, ata, mensagens eletrônicas... REDAÇÃO EMPRESARIAL * textos produzidos no ambiente empresarial: - memorando, circular, comunicado, ata, mensagens eletrônicas... Será que o profissional de uma empresa precisa se preocupar com ocorrência

Leia mais

Papel do secretariado na comunicação interna da empresa

Papel do secretariado na comunicação interna da empresa Jornadas dos Assistentes Técnicos de Saúde do CHP 16 de Maio de 2009 Comunicação Oral e Escrita Técnicas de correspondência Papel do secretariado na comunicação interna da empresa Isabel Ardions iardions@iscap.ipp.pt

Leia mais

Nova Ortografia - Atualização em Redação Oficial

Nova Ortografia - Atualização em Redação Oficial GESPÚBLICA EGM FAMEM Nova Ortografia - Atualização em Redação Oficial Prof. Tammy de Oliveira Cunha Ramos Licenciada em Letra s UERJ e Coordenadora da Escola de Gestão Municipal/FAMEM Origem Nossa Língua-

Leia mais

EXEMPLO DE COMO FAZER UMA MALA DIRETA

EXEMPLO DE COMO FAZER UMA MALA DIRETA EXEMPLO DE COMO FAZER UMA MALA DIRETA OBS: Para esta nota de aula foi utilizada como referência: Apostila Mala Direta Santos, Jorge Rodrigues dos. Foram adaptados os comando para utilizar mala direta no

Leia mais

COMO JOGAR BURACO FECHADO NO JOGATINA

COMO JOGAR BURACO FECHADO NO JOGATINA COMO JOGAR BURACO FECHADO NO JOGATINA Link:http://www.jogatina.com/como-jogar-buraco-fechado.html Como começo a jogar? Para começar a jogar buraco fechado no Jogatina clique em "JOGAR AGORA!" na página

Leia mais

Passo 2 Formas de Envio de Curriculum e Carta Apresentação

Passo 2 Formas de Envio de Curriculum e Carta Apresentação Passo 2 Formas de Envio de Curriculum e Carta Apresentação Considero este Passo tão importante ao passo anterior, pois de nada adianta fazer um ótimo curriculum. Aqui vamos expor as maneiras atuais que

Leia mais

Unidade III. Comunicação Empresarial. Profª. Cleide de Freitas

Unidade III. Comunicação Empresarial. Profª. Cleide de Freitas Unidade III Comunicação Empresarial Profª. Cleide de Freitas Resumo aula anterior Construção de textos Tipos de parágrafos Texto Narrativo, Descritivo e Dissertativo Resumo Esquema Resenha Sinóptico O

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS Programa de Certificação de Qualidade Curso de Graduação em Administração

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS Programa de Certificação de Qualidade Curso de Graduação em Administração FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS Programa de Certificação de Qualidade Curso de Graduação em Administração PROVA DE COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL 1º Semestre / 2010 - P2 - TIPO 1 DADOS DO ALUNO: Nome: Assinatura INSTRUÇÕES:

Leia mais

Questões. Gestão de Projetos GNG- 103. Questões. Gestão de Projetos GNG- 103 15/11/2006

Questões. Gestão de Projetos GNG- 103. Questões. Gestão de Projetos GNG- 103 15/11/2006 Questões Gestão de Projetos GNG- 103 GNG-103 Gestão de Projetos O que é gerenciamento de s? Cite algumas vantagens da organização por. Quais são os cinco grupos de processos de gerenciamento de s? Cite

Leia mais

AULA 5: A Objetividade do Texto Livro: Redação Empresarial. Mirian Gold. Prof. Valéria Freitas Vargens Email: Valeriapitagoras@gmail.

AULA 5: A Objetividade do Texto Livro: Redação Empresarial. Mirian Gold. Prof. Valéria Freitas Vargens Email: Valeriapitagoras@gmail. Técnicas de Comunicação Oral e Escrita AULA 5: A Objetividade do Texto Livro: Redação Empresarial. Mirian Gold Prof. Valéria Freitas Vargens Email: Valeriapitagoras@gmail.com Leia o texto e faça as correções:

Leia mais

COMO JOGAR TRANCA ONLINE

COMO JOGAR TRANCA ONLINE COMO JOGAR TRANCA ONLINE Link: http://www.jogatina.com/como-jogar-tranca.html Como começo a jogar tranca? Para começar a jogar tranca online clique em "JOGAR AGORA!" na página do seu perfil no Jogatina.

Leia mais

FAQ REGISTRO DE INTERAÇÕES

FAQ REGISTRO DE INTERAÇÕES Sumário 1. O que são interações?... 3 2. Posso registrar uma interação com um parceiro?... 3 3. Posso registrar interações para empresas?... 3 4. Quando converso informalmente com um cliente, parceiro

Leia mais

CARTAS: REGISTRANDO A VIDA

CARTAS: REGISTRANDO A VIDA CARTAS: REGISTRANDO A VIDA A carta abaixo foi escrita na época da ditadura militar. Ela traduz a alegria de um pai por acreditar estar próxima sua liberdade e, assim, a possibilidade do reencontro com

Leia mais

UNIVERSIDADE SANTA CECILIA MANUAL DE ELABORAÇÃO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DE EMPREGO (PASSO A PASSO)

UNIVERSIDADE SANTA CECILIA MANUAL DE ELABORAÇÃO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DE EMPREGO (PASSO A PASSO) UNIVERSIDADE SANTA CECILIA NÚCLEO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE CARREIRA - NDC Prof. Especialista AURÉLIO MOSCHIN MANUAL DE ELABORAÇÃO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DE EMPREGO (PASSO A PASSO) O presente manual

Leia mais

Oficina de Produção Textual

Oficina de Produção Textual Oficina de Produção Textual Caro aluno, Com esse material iniciamos a atividade denominada Produção Textual, a produção desse material tem o objetivo de desenvolver a habilidade de elaborar uma carta,

Leia mais

COMO JOGAR BURACO STBL NO JOGATINA

COMO JOGAR BURACO STBL NO JOGATINA COMO JOGAR BURACO STBL NO JOGATINA Link:http://www.jogatina.com/como-jogar-buraco-fechado-stbl.html Como começo a jogar? Para começar a jogar Buraco STBL clique em "JOGAR AGORA!" na página de seu perfil

Leia mais

Lição 4 Instrumentos de Correspondências dos Correios

Lição 4 Instrumentos de Correspondências dos Correios 69 Lição 4 Instrumentos de Correspondências dos Correios Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: Associar os instrumentos de correspondências dos Correios às suas respectivas características.

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I FORTALECENDO SABERES CIÊNCIAS NAT. CIÊNCIAS HUM. CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Conteúdo:

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I FORTALECENDO SABERES CIÊNCIAS NAT. CIÊNCIAS HUM. CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Conteúdo: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I Conteúdo: - Alguns aspectos que interferem na saúde das pessoas - Saúde como Direito Constitucional dos brasileiros

Leia mais

HISTÓRICO DAS REVISÕES N.ºREVISÃO DATA IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO

HISTÓRICO DAS REVISÕES N.ºREVISÃO DATA IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO HISTÓRICO DAS REVISÕES N.ºREVISÃO DATA IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 01 1 /05/2011 Emissão inicial 03 1º/05/2011 Emissão inicial Elaborado: 1 /05/2011 Revisado: 1 /04/2011 da Qualidade Análise Crítica e Aprovação

Leia mais

TE200 Engenharia Elétrica e Sociedade I. Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@ufpr.

TE200 Engenharia Elétrica e Sociedade I. Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@ufpr. TE200 Engenharia Elétrica e Sociedade I Email empresarial Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@ufpr.br Email empresarial Origens do email Características

Leia mais

GÊNERO TEXTUAL: CARTA. Lia Carvalho

GÊNERO TEXTUAL: CARTA. Lia Carvalho GÊNERO TEXTUAL: CARTA Lia Carvalho MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO Localidade, dia, mês e ano À empresa (nomear) Departamento de Recursos Humanos (ou outro, se for o caso) Prezado senhor, (se for o caso,

Leia mais

1 PROJETOS DE PESQUISA ( PARA PCCT LEIA PRIMEIRAMENTE O APÊNDICE A )

1 PROJETOS DE PESQUISA ( PARA PCCT LEIA PRIMEIRAMENTE O APÊNDICE A ) 1 PROJETOS DE PESQUISA ( PARA PCCT LEIA PRIMEIRAMENTE O APÊNDICE A ) O Projeto de Pesquisa tem por objetivo organizar, delimitar e sistematizar uma proposta de pesquisa, esta, porém poderá sofrer alterações

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERABA - MG NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO UBERABA-MG 2010 SUMÁRIO

Leia mais

I.H.C. Inventário de Habilidades e Competências Manual de Utilização do Contratante

I.H.C. Inventário de Habilidades e Competências Manual de Utilização do Contratante I.H.C. Inventário de Habilidades e Competências Manual de Utilização do Contratante Olá, Seja bem-vindo ao Instituto Lexec. Este manual foi criado por nossa equipe para orientar nossos clientes no acesso

Leia mais

PTT (Push to talk) Definir um ponto de acesso para PTT. Configurações do PTT. PTT (Push to talk)

PTT (Push to talk) Definir um ponto de acesso para PTT. Configurações do PTT. PTT (Push to talk) PTT 2007 Nokia. Todos os direitos reservados. Nokia, Nokia Connecting People, Nokia Care e Nseries são marcas registradas ou não da Nokia Corporation. Outros nomes de produto e empresa mencionados neste

Leia mais

PTT. Definir um ponto de acesso para o PTT PTT

PTT. Definir um ponto de acesso para o PTT PTT Nokia N76-1 2007 Nokia. Todos os direitos reservados. Nokia, Nokia Connecting People, Nokia Care, Nseries, Navi e N76 são marcas registradas ou não da Nokia Corporation. Outros nomes de produto e empresa

Leia mais

Setor de Protocolo Administrativo do TJAM

Setor de Protocolo Administrativo do TJAM PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO 50 Setor de Protocolo Elaborado por: Adriano Ramos Gomes Setor de Protocolo

Leia mais

3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis

3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis 3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis O que é um e- mail bem sucedido? É aquele e- mail que você recebe o contato, envia o e- mail para o cliente e ele te responde. Nós não estamos

Leia mais

Cadastro Nacional de Pastores

Cadastro Nacional de Pastores Cadastro Nacional de Pastores NOME: CPF: EMAIL: MSN: DATA DE NASCIMENTO: / / ESTADO CIVIL: CÔNJUGE: FOTO 3X4 EMAIL CÔNJUGE: DATA DE NASCIMENTO CÔNJUGE: / / INSTITUIÇÃO DE ENSINO TEOLÓGICO: TURMA: DATA

Leia mais

TUTORIAL GOOGLE DRIVE

TUTORIAL GOOGLE DRIVE TUTORIAL GOOGLE DRIVE Armazenar e compartilhar arquivos ou pastas no google drive. Para compartilhar e armazenar arquivos no google drive é necessário ter uma conta google ou conta no gmail. Após criar

Leia mais

Professora: Elisabete Teixeira. TIC Tecnologias de Informação e Comunicação

Professora: Elisabete Teixeira. TIC Tecnologias de Informação e Comunicação Professora: Elisabete Teixeira TIC Tecnologias de Informação e Comunicação E Site da Disciplina de TIC http://escolacastromarim.webnode.pt/ Comunicação: Comunicação Síncrona passagem de informação em simultâneo.

Leia mais

Introdução Redação Redação Comercial Microsoft Word 2010

Introdução Redação Redação Comercial Microsoft Word 2010 Sumário Introdução... 1 ATA... 3 Circular... 5 DECLARAÇÃO... 8 REQUERIMENTO... 10 Envelopes... 11 MEMORANDOS... 13 PROCURAÇÕES... 16 OFÍCIO... 17 CARTA DE COBRANÇA... 19 ATESTADO... 22 ATESTADO... 23 CURRICULUM

Leia mais

Manual de Uso do Sistema Informatizado para Gestão de Ouvidorias Equipe da Ouvidoria

Manual de Uso do Sistema Informatizado para Gestão de Ouvidorias Equipe da Ouvidoria v2.0 Manual de Uso do Sistema Informatizado para Gestão de Ouvidorias Equipe da Ouvidoria ÍNDICE 2/49 CADASTRO DA MANIFESTAÇÃO...03 Resposta por Correspondência Pessoa Física...04 Resposta por Correspondência

Leia mais

Certificado Digital. Manual do Usuário

Certificado Digital. Manual do Usuário Certificado Digital Manual do Usuário Índice Importante... 03 O que é um Certificado Digital?... 04 Instalação do Certificado... 05 Revogação do Certificado... 07 Senhas do Certificado... 08 Renovação

Leia mais

Plataforma NetAula. Ambiente Aluno. Prof. Alexandre Moroni

Plataforma NetAula. Ambiente Aluno. Prof. Alexandre Moroni Plataforma NetAula Ambiente Aluno Prof. Alexandre Moroni Acessando o site do CEULJI http://www.ulbrajp.edu.br/site/ Acessando o Autoatendimento Entrar com Login e Senha - ENTER Acessando NETAULA Plataforma

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina do Correio Para saber mais sobre Correio electrónico 1. Dicas para melhor gerir e organizar o Correio Electrónico utilizando o Outlook Express Criar Pastas Escrever

Leia mais

Certificado Digital e-cpf

Certificado Digital e-cpf Certificado Digital e-cpf Parabéns! Ao ter em mãos esse manual, significa que você adquiriu um certificado digital AC Link. Manual do Usuário 1 Índice Apresentação... 03 O que é um Certificado Digital?...

Leia mais

Comunicação escrita: correspondências empresariais

Comunicação escrita: correspondências empresariais Comunicação escrita: correspondências empresariais A comunicação escrita é altamente utilizada no mundo organizacional, seja no âmbito interno ou no externo, para informar, solicitar, divulgar, formalizar,

Leia mais

Desmistificando o Programa de Computador

Desmistificando o Programa de Computador Desmistificando o Programa de Computador Hoje vou explicar, da maneira mais simples possível, como funciona um programa de computador. Na sua essência um programa de computador nada mais é que uma coletânea

Leia mais

Manual do usuário Certificado Digital e-cpf. Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD

Manual do usuário Certificado Digital e-cpf. Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Manual do usuário Certificado Digital e-cpf Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Índice Apresentação 03 O que é um Certificado Digital? 04 Instalando

Leia mais

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2 Manual de Utilização COPAMAIL Zimbra Versão 8.0.2 Sumário ACESSANDO O EMAIL... 1 ESCREVENDO MENSAGENS E ANEXANDO ARQUIVOS... 1 ADICIONANDO CONTATOS... 4 ADICIONANDO GRUPOS DE CONTATOS... 6 ADICIONANDO

Leia mais

Utilização do Webmail da UFS

Utilização do Webmail da UFS Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Utilização do Webmail da UFS Procedimento Com o intuito de facilitar a execução dos passos, este tutorial

Leia mais

Manual WebAdmin News

Manual WebAdmin News Manual WebAdmin News 20/12/2008 Login: Com a integração das páginas de notícias ao site atual da empresa, você consegue publicar notícias e artigos com a cara da sua empresa, sem precisar conhecer os detalhes

Leia mais

Certificado Digital e-cpf

Certificado Digital e-cpf Página1 Certificado Digital e-cpf Manual do Usuário Página2 Índice Apresentação... 03 O que é um Certificado Digital?... 03 Instalando o Certificado... 04 Conteúdo do Certificado... 07 Utilização, guarda

Leia mais

GESPÚBLICA Núcleo Rio de Janeiro Programa Qualidade Rio. Caderno Gerencial n 3 Qualidade no Atendimento Telefone

GESPÚBLICA Núcleo Rio de Janeiro Programa Qualidade Rio. Caderno Gerencial n 3 Qualidade no Atendimento Telefone GESPÚBLICA Núcleo Rio de Janeiro Programa Qualidade Rio Caderno Gerencial n 3 Qualidade no Atendimento Telefone Rio de Janeiro 2011 Telefone QUALIDADE NO ATENDIMENTO Antes do terceiro toque Identificação

Leia mais

AGENDA DA GERENTE E GESTÃO DA EQUIPE DE LOJA

AGENDA DA GERENTE E GESTÃO DA EQUIPE DE LOJA AGENDA DA GERENTE E GESTÃO DA EQUIPE DE LOJA Entregar a informação atrasada, cometer pequenos erros todos os dias, não conseguir atingir as metas, ter de resolver assuntos urgentes a todo o momento, entre

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA GUIA DE APRESENTAÇÃO DA MATÉRIA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA GUIA DE APRESENTAÇÃO DA MATÉRIA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA GUIA DE APRESENTAÇÃO DA MATÉRIA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Serra 2013 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVOS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO.... 4 ACOMPANHAMENTO

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

MANUAL DO SITE. www.oabprev-rj.com.br

MANUAL DO SITE. www.oabprev-rj.com.br MANUAL DO SITE www.oabprev-rj.com.br Prezado(a) participante, Estamos passando por uma fase de mudanças para diminuir a distância entre a OABPrev-RJ e você, melhorando assim o nosso atendimento. Este manual

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA OS GRUPOS QUE ESTÃO PRODUZINDO UMA: REPORTAGEM Tipos de Textos Características

Leia mais

Integram a presente Solicitação de Cotação os seguintes documentos: Anexo I Termo de Referência Anexo II Modelo de Formulário de Oferta

Integram a presente Solicitação de Cotação os seguintes documentos: Anexo I Termo de Referência Anexo II Modelo de Formulário de Oferta TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CRIAÇÃO DE PROJETO GRÁFICO E EDITORAÇÃO GRÁFICA DE FOLDER TEMÁTICO SOBRE MULHERES JOVENS NEGRAS E INDÍGENAS Prezados Senhoras e Senhores, Brasília, 14

Leia mais

Cartilha de Uso de E-mail Institucional

Cartilha de Uso de E-mail Institucional Cartilha de Uso de E-mail Institucional 01 Leia seus e-mails diariamente 1.1. Lembre-se que atualmente o e-mail pode ser considerado como a mais importante ferramenta de comunicação corporativa, portanto

Leia mais

Gênero em foco: CARTA PESSOAL

Gênero em foco: CARTA PESSOAL Gênero em foco: CARTA PESSOAL CARACTERÍSTICAS Definição e finalidade: A carta pessoal é um gênero textual em que o autor do texto se dirige a um interlocutor específico, com o qual pretende estabelecer

Leia mais

IBRACON NPA nº 08 - Serviços de Auditoria dos Processos de Privatização

IBRACON NPA nº 08 - Serviços de Auditoria dos Processos de Privatização IBRACON NPA nº 08 - Serviços de Auditoria dos Processos de Privatização INTRODUÇÃO 1. O processo de venda de ativos, de modo geral, e de participações societárias, principalmente as majoritárias, em particular,

Leia mais

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas:

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas: 1 2 1 Apresentação Este documento tem por objetivo apresentar orientações para a redação e formatação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na modalidade de Artigo Científico. Para a elaboração do artigo

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

CERTIFICAÇÃO NO ÂMBITO DA RECEITA FEDERAL

CERTIFICAÇÃO NO ÂMBITO DA RECEITA FEDERAL Novo Hamburgo RS, Maio de 2007. Circular 06/2007 Prezado cliente; Apresentamos através desta circular, esclarecimentos adicionais sobre o assunto que está gerando bastante dúvidas, para as empresas tributadas

Leia mais

Instruções Liquidação de Contrato de Arrendamento Mercantil

Instruções Liquidação de Contrato de Arrendamento Mercantil Instruções Liquidação de Contrato de Arrendamento Mercantil Preparamos para você o passo a passo sobre o processo de liquidação contratual. Veja quais ações você precisará tomar para obter a liberação

Leia mais

1 - Entrando no Sistema

1 - Entrando no Sistema 1 Manual do Usuário 1 - Entrando no Sistema Acesse o site: http://209.133.196.250/shortcode/login.aspx Conforme tela abaixo Informe em usuário o seu telefone celular e em senha, a senha que você recebeu

Leia mais

COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA

COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA O I Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência e Tecnologia/FACIT oportunizará a apresentação de Trabalhos Científicos sob a forma de Comunicação Oral para professores, profissionais

Leia mais

Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade. Filipenses 2:13. Prezado amigo,

Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade. Filipenses 2:13. Prezado amigo, S o l i c i ta ç ã o d e A n ú n c i o d e E n f e r m e i r o d a C i ê n c i a C r i s tã no The Christian Science Journal (e O Arauto da Ciência Cristã ) Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer

Leia mais

Correcção dos textos produzidos. Aperfeiçoamento de texto: revisão das cartas produzidas.

Correcção dos textos produzidos. Aperfeiçoamento de texto: revisão das cartas produzidas. Nível Área de competência chave UFCD Conteúdo Tema Objectivos específicos B2; B3 Linguagem e Comunicação LC2C Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas. LC3C - Produzir textos informativos,

Leia mais

Eletron-DS Pedido Eletrônico 1

Eletron-DS Pedido Eletrônico 1 1 2 Eletron-DS Julho / 2010 3 Índice Sistema... 4 Menu Digitar Pedido... 6 Menu Consultar Pedidos... 9 Menu Conexão Fornecedor... 10 4 Sistema Pré-requesitos: - Windows Vista ou Superior; - Acesso a Internet.

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

SEMINÁRIO . ORGANIZAÇÃO DO SEMINÁRIO.

SEMINÁRIO . ORGANIZAÇÃO DO SEMINÁRIO. SEMINÁRIO Seminário é um grupo de pessoas que se reúnem com o propósito de estudar um tema sob a direção de um professor ou autoridade na matéria. O nome desta técnica vem da palavra semente, indicando

Leia mais

Gerenciamento de Contatos

Gerenciamento de Contatos Gerenciamento de Contatos O objetivo deste módulo é ajudar a gerenciar todos os contatos da empresa. Além dos dados mais importantes, o módulo permite cadastrar anotações e relacionar as tarefas e eventos

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - I I

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - I I APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - I I 1 Índice 1. INTRODUÇÃO... ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 2. ENDEREÇOS IP... 3 3. ANALISANDO ENDEREÇOS IPV4... 4 4. MÁSCARA DE SUB-REDE... 5 5. IP ESTÁTICO E

Leia mais

FASES CONTEÚDOS/MÉTODOS/MATERIAIS TEMPO Diálogo sobre a importância do requerimento como meio de Introdução comunicação.

FASES CONTEÚDOS/MÉTODOS/MATERIAIS TEMPO Diálogo sobre a importância do requerimento como meio de Introdução comunicação. Nível Área de Competência Chave UFCD Conteúdo Tema Objectivos específicos B2; B3 Linguagem e Comunicação LC2C Produzir textos de acordo com técnicas e finalidades específicas. LC3C - Produzir textos informativos,

Leia mais

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO...

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... Suprimentos e Pág. 1 de 13 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 2 2 ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... 2 3 SIGLAS UTILIZADAS... 2 4 GLOSSÁRIO / CONCEITOS... 2 5 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA... 3 6 CONTEÚDO... 4 7 ANEXOS...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

Push to talk. Configurações PTT. Push to talk

Push to talk. Configurações PTT. Push to talk Push to talk 1.5 2007 Nokia. Todos os direitos reservados. Nokia, Nokia Connecting People, Nokia Care e Nseries são marcas registradas ou não da Nokia Corporation. Outros nomes de produto e empresa, mencionados

Leia mais

Mala Direta no OpenOffice.org Writer 2.0

Mala Direta no OpenOffice.org Writer 2.0 ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

A) Acessar o site da RFB: http://receita.fazenda.gov.br, no menu EMPRESA clicar em CADASTRO CNPJ

A) Acessar o site da RFB: http://receita.fazenda.gov.br, no menu EMPRESA clicar em CADASTRO CNPJ PARA CRIAR CNPJ DA DIREÇÃO MUNICIPAL: 1. É preciso preencher o formulário de inscrição, pela internet 2. Aguardar que a Receita analise a inscrição (é preciso ir consultando pelo site) 3. Quando estiver

Leia mais

Trabalho em Equipe. Teoria do Direito

Trabalho em Equipe. Teoria do Direito 2015 Trabalho em Equipe Teoria do Direito Caros alunos, A seguir colocamos as orientações para a realização do trabalho em equipe. Trabalho em Equipe O trabalho em equipe é uma atividade que deverá ser

Leia mais

www.leitejunior.com.br 28/05/2008 18:52 Leite Júnior

www.leitejunior.com.br 28/05/2008 18:52 Leite Júnior CEF CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO NÍVEL MÉDIO GABARITO 1 Comentário da prova realizada dia 25/05/2008. 51 Mainframe é um tipo de computador de (A) pequeno porte, ideal para uso doméstico, assim

Leia mais

DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DA IDENTIDADE TRADICIONALISTA. Para carteirinha nova

DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DA IDENTIDADE TRADICIONALISTA. Para carteirinha nova DOCUMENTOS PARA EMISSÃO DA IDENTIDADE TRADICIONALISTA Para carteirinha nova 01-2 fotos 2x2 atual sem chapéu, 02 - Xerox de RG, CPF ou certidão de nascimento, caso o interessado menor de idade 03 - Xerox

Leia mais

ORIENTAÇÕES TRABALHO EM EQUIPE. Trabalho em Equipe. Gestão Ambiental

ORIENTAÇÕES TRABALHO EM EQUIPE. Trabalho em Equipe. Gestão Ambiental 2015 Trabalho em Equipe Gestão Ambiental Caros alunos, A seguir colocamos as orientações para a realização do trabalho em equipe. Trabalho em Equipe O trabalho em equipe é uma atividade que deverá ser

Leia mais

Na tela dele, clique no sinal de + ao lado do nome do seu computador, para expandi-lo. A seguir, expanda também o item "Sites da web".

Na tela dele, clique no sinal de + ao lado do nome do seu computador, para expandi-lo. A seguir, expanda também o item Sites da web. Servidor WEB Desenvolvedores de sites que querem aprender ou testar ASP, ou mesmo profissionais que precisam desenvolver páginas ASP ou ASP.Net, não precisam necessariamente ter um servidor na web com

Leia mais

Prezado Aluno. Cordialmente, Concessão de Créditos, Bolsas e Financiamentos - PUCPR

Prezado Aluno. Cordialmente, Concessão de Créditos, Bolsas e Financiamentos - PUCPR Prezado Aluno A abertura de demanda é um processo de protocolo e acompanhamento da solicitação de seu financiamento diretamente com o agente operador do FIES, o FNDE - Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS Antes de configurar o Outlook, é necessário fazer a instalação do certificado de segurança. Veja a seguir como fazer 1 Faça o download do arquivo: https://www.pae.sc.gov.br/down/caciasc.crt

Leia mais

MANUAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA ESCRITÓRIO CONTÁBIL CAIRES

MANUAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA ESCRITÓRIO CONTÁBIL CAIRES MANUAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA ESCRITÓRIO CONTÁBIL CAIRES Por: Douglas Adolpho Maicon F. Campos COMO BAIXAR EMISSOR DE NF-e (novo!). Acesse o site da Secretária do Governo do Estado de São Paulo (www.fazenda.sp.gov.br/nfe),

Leia mais

Erros mais freqüentes

Erros mais freqüentes Lição 1 Erros mais freqüentes Extraímos de comunicações empresariais alguns erros, que passamos a comentar: 1. Caso se faça necessário maiores esclarecimentos... Apontamos duas falhas: 1. Caso se faça

Leia mais