yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnm qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxc

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnm qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxc"

Transcrição

1 qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyui opasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopas dfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfgh jklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfghjklçzxcvbnm qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyui opasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopas dfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvb nmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmq Documento de apoio yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnm GUIÃO PARA REALIZAÇÃO qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxc DE PESQUISAS vbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjk lçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklefgrhtjyjukll.çl-lç-çrtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn 2009/10 mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmrtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqw ertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyui opasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdf ghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuio hjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnm qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuio

2 Para realizar um trabalho individual ou de grupo, deve ser capaz de pesquisar em diferentes fontes de informação e recolher os conteúdos necessários para a concretização do seu trabalho. É assim necessário que, das pesquisas que realiza, saiba fazer uma selecção adequada, de toda a informação recolhida. A Internet é hoje a forma mais comum e rápida de efectuar a pesquisa, mas não deve esquecer que os livros são sempre uma ajuda indispensável, possibilitando-lhe ainda um conhecimento mais pormenorizado sobre determinados temas. Organizar o trabalho de pesquisa é também uma forma de facilitar a execução das tarefas a realizar desenvolvendo-as nas seguintes fases: 1. Planificar o trabalho. 2. Localizar a melhor informação. 3. Usar com eficácia a informação. 4. Auto-avaliar o trabalho. 1. PLANIFICAR Nesta primeira fase, interessa conhecer: O que pretende. Qual é a finalidade da sua pesquisa. Quem é o público alvo. O que o seu trabalho tem que incluir. O tempo de que dispõe para executar o trabalho (nº de aulas ou dias). Depois, é também importante registar o conhecimento que já tem sobre o tema a pesquisar. Um brainstorm pode ajudar, e as ideias que surgirem podem então ser organizadas de várias formas, das quais se apresentam dois exemplos: uma simples grelha ou o esquema apresentado a seguir: O que já sei sobre o tema? O que pretendo saber? Ano lectivo 2009/2010 2

3 Num esquema deste tipo, pode agrupar os resultados do brainstorm", por assuntos. Omita os desnecessários e registe outros que lhe ocorram durante o trabalho. Identifique os tópicos principais que deseje tratar no texto final. Coloque o grande tema no círculo central e os tópicos nos pequenos círculos que o rodeiam. Adicione tantos quantos ache necessário. Nesta fase, já descobriu o que sabe sobre o tema. Então deve decidir aquilo que realmente necessita de pesquisar. O que pretende saber? Este é um passo importante, pois colocar as questões certas é determinante para escolher as melhores fontes de informação. Elabore cinco ou sete perguntas adequadas. 1. Quem? 2. O quê? 3. Onde? 4. Quando? 5. Porquê? 6. Como? Pense em algumas palavras-chave para procurar no índice de um livro ou num motor de busca. Quando recorrer à Internet, pode utilizar alguns operadores boleanos como e, ou, +, -,. Se utilizar os operadores indicados pode afinar a sua a pesquisa na Internet. Sinal de adição (+) entre duas palavras-chave; Sinal de subtracção (-) para excluir informação da sua pesquisa; Aspas ( ) para limitar a sua pesquisa a uma expressão exacta. Ano lectivo 2009/2010 3

4 2. LOCALIZAR AS FONTES MAIS ADEQUADAS É altura de pensar: Em que fontes poderei encontrar o que necessito? Pessoas (amigos, família, comunidade, organizações empresariais). Precisa de consultar uma lista para encontrar o endereço ou um número de telefone. Bibliotecas (escolar e municipal). Tem tempo para se deslocar? Considera utilizar também os recursos da biblioteca escolar; enciclopédias, revistas e jornais, atlas, livros de ficção e não ficção, cd-rom's, dvd,s internet, vídeos? Na sala de aula de que meios dispõe (livros de texto, orientações/sínteses dadas pelo professor, trabalhos...)? Em casa (livros, jornais, revistas, televisão, rádio...)? O passo seguinte é saber de que tipo de informação necessita: factos, opiniões, quadros, mapas, entrevistas. Deve então decidir quais as fontes a consultar primeiro: Pessoas, Organizações, Bibliotecas, Sala de Aula ou outras fontes. Compare de seguida as fontes e escolha as mais adequadas à realização do seu trabalho. Pense também no seguinte: A fonte é adequada ao seu nível? A informação está actualizada? Encontra alguma referência ao autor? Encontra facilmente informações sobre o tema? Há mapas, quadros, figuras, gráficos, etc.? A informação encontrada responde às suas questões? Pode então fazer uma lista das fontes que escolheu (autor, título, editor, data de publicação, páginas a consultar). Se lhe foram dadas indicações bibliográficas para a realização da pesquisa, pode sempre consultar os documentos existentes na biblioteca da escola que se encontram organizados de acordo com a Classificação Decimal Universal (CDU), nas seguintes áreas do saber: Ano lectivo 2009/2010 4

5 0 Generalidades 1 Filosofia 2 Religião, Teologia 3 Ciências Sociais 5 Matemática e Ciências Naturais 6 Ciências Aplicadas. Medicina. Tecnologia 7 Artes. Desporto 8 Língua. Linguística. Literatura 9 Geografia, História. Biografia Na fase de planificação do seu trabalho, pensou em algumas palavras-chave para a pesquisa que pretende efectuar. Pode utilizar essas palavras para facilitar a sua pesquisa bibliográfica nas estantes. Não esqueça que as enciclopédias ajudam sempre a obter informações gerais sobre os assuntos, que depois podem ser aprofundados nos livros, nas revistas, DVDs e na Internet. Quando realizar a consulta de livros e revistas, comece pelos índices ou sumários, que facilitam a localização da informação pretendida. Também os CDs e DVDs dispõem de um menu inicial, com links que ajudam a efectuar a pesquisa. Sobre a informação a procurar na Internet, é importante utilizar as palavras-chave, e quantas mais utilizar, mais detalhada se torna a pesquisa. Deve assegurar-se ainda que consulta páginas de uma organização ou entidade conhecida na área em que está a pesquisar. O conteúdo da página consultada e a data de actualização da mesma devem ser também verificados. 3. USAR A INFORMAÇÃO Independentemente de recolher a informação em livros, pessoas, revistas ou computador, deve ser capaz de a seleccionar. Deve ter sempre em atenção as suas questões de investigação, para não recolher informação desnecessária. No caso da consulta bibliográfica pode fazer uma leitura em diagonal, da seguinte forma: Consulte o índice Leia os títulos e subtítulos do texto. Examine rapidamente os negritos, as tabelas, os gráficos, as imagens e as palavras em destaque. Leia os parágrafos iniciais do texto ou dos seus capítulos e passe rapidamente os olhos pelos parágrafos finais. Analise se o texto é de interesse. Ano lectivo 2009/2010 5

6 Não esqueça que, à medida que vai utilizando a informação de cada documento pesquisado, deve ir registando as referências na sua página da bibliografia. No caso de recolha de informação de sites, deve indicar na mesma página o respectivo endereço, seguido da data em que acedeu ao site. Use a informação recolhida retirando da mesma, as ideias mais importantes sob a forma de notas. Nesta fase do trabalho, deve lembrar-se de: Ler com atenção. Tirar as notas que considerar necessárias. Fazer um resumo das ideias com palavras suas. Construir esquemas, tabelas e gráficos. Identificar as citações e ilustrações que recolheu. Seleccionar as frases e as definições que quer citar. Escolha o método mais apropriado para registar a informação necessária ao seu trabalho. Quando acabar de recolher a informação, reveja o seu plano de trabalho original e verifique se: Respondeu a todas as questões colocadas. Tem informação suficiente para terminar o trabalho. Existem lapsos na informação obtida. Se sim, como conseguir o que precisa. Já é capaz de realizar o trabalho. Se não, o que é necessário para completá-lo. Agora que está pronto para redigir os resultados da sua pesquisa, faça resumos, registando as suas próprias ideias, baseadas na pesquisa que efectuou. Não copie textos de outros autores, pois o que escrever, deve ser revelador do conhecimento que adquiriu. Pode registar também a sua opinião pessoal e fundamentá-la. Se usar imagens, gráficos, mapas ou quadros para ilustrar o seu trabalho, deve fazer uma legenda com a indicação do título, do autor e do nome do documento e a página de onde foi retirado. Para as citações que utilizar nos textos, pode utilizar as notas de rodapé e aspas para citações Ano lectivo 2009/2010 6

7 formais (quando se usa uma parte do texto do autor), ou então cf, quando usar uma ideia de um autor, que deve explicar. Falta agora pensar na forma como vai apresentar o seu trabalho, que depende também da orientação que lhe foi dada pelo seu professor. Se elaborar um trabalho escrito 1, cumpra as indicações que lhe foram dadas. Estruture-o adequadamente e não se esqueça de incluir uma página da bibliografia relativa às suas fontes de pesquisa. Se a apresentação é feita oralmente, pode criar uma apresentação em PowerPoint 2, tendo em atenção as respectivas regras de elaboração. 3. AUTO-AVALIAÇÃO Depois de terminar o trabalho, é útil reflectir sobre o que fez. Questão tanto mais importante quanto contribui para melhorar as suas competências e tornar mais fácil o próximo trabalho. Interrogue-se então: Realizei este trabalho de forma correcta? A informação que recolhi, responde às questões que coloquei inicialmente? Redigi e completei o trabalho adequadamente? Estruturei e organizei bem o meu trabalho? Indiquei as fontes de pesquisa, na página da Bibliografia, de acordo com as indicações do professor, ou do Guião de Pesquisa existente na Biblioteca? O meu trabalho está bem apresentado? REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Guião modelo PLUS da RBE (Rede de Bibliotecas escolares) 1 Consultar Como elaborar um trabalho escrito 2 Consultar Elaborar uma apresentação em PowerPoint Ano lectivo 2009/2010 7

GUIÃO PARA A REALIZAÇÃO DE TRABALHOS DE PESQUISA

GUIÃO PARA A REALIZAÇÃO DE TRABALHOS DE PESQUISA GUIÃO PARA A REALIZAÇÃO DE TRABALHOS DE PESQUISA Para enfrentares os desafios sociais que hoje te são colocados, deverás ser capaz de usar a informação de que dispões para a transformar em conhecimento.

Leia mais

ETAPA 1. Planificar o trabalho

ETAPA 1. Planificar o trabalho ESCOLA SECUNDÁRIA DE SANTA MARIA DA FEIRA Este guião foi construído com base no Modelo PLUS: uma estratégia para a pesquisa e uso de informação e aplica-se ao 2º e 3º ciclos e Secundário. A designação

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas de Salir Biblioteca Escolar 2008/2009. Como fazer um trabalho

Agrupamento Vertical de Escolas de Salir Biblioteca Escolar 2008/2009. Como fazer um trabalho Agrupamento Vertical de Escolas de Salir Biblioteca Escolar 2008/2009 Como fazer um trabalho Etapas na elaboração de um trabalho 1ª Etapa Penso sobre o tema 2ª Etapa Onde vou encontrar a informação? 3ª

Leia mais

Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro

Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro Ano Lectivo 2007/2008 BIBLIOTECA CENTRO DE RECURSOS Literacia da Informação COMO FAZER UM TRABALHO 1ª Etapa Identificar o tema 2ª Etapa Procurar fontes de informação 3ª Etapa Seleccionar os documentos

Leia mais

Tema. Subtema. Subtema. Subtema

Tema. Subtema. Subtema. Subtema Agrupamento de Escolas de Lamaçães Agrupamento de Escolas de Lamaçães Tema Subtema Subtema Subtema Agrupamento de Escolas de Lamaçães 1.1 Planificação 1.2 Recolha e Organização da informação 1.3 Preparação

Leia mais

BIBLIOTECA ESCOLAR CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS COMO FAZER UM TRABALHO DE PESQUISA

BIBLIOTECA ESCOLAR CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS COMO FAZER UM TRABALHO DE PESQUISA BIBLIOTECA ESCOLAR CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS COMO FAZER UM TRABALHO DE PESQUISA Se pesquisares sobre os temas das aulas, serás um aluno de sucesso que saberá aprender e continuará a aprender pela vida

Leia mais

Define claramente o tema, o seu objectivo e os aspectos a desenvolver. De seguida deves ser capaz de levantar questões sobre o que pretendes

Define claramente o tema, o seu objectivo e os aspectos a desenvolver. De seguida deves ser capaz de levantar questões sobre o que pretendes Como fazes os teus trabalhos escritos? Há dois métodos para fazer trabalhos 1-Vais à Net copias a informação, colas num novo documento, imprimes e já está! 2-Pesquisas informação em fontes diversas, retiras

Leia mais

Guião para a elaboração de um trabalho de pesquisa

Guião para a elaboração de um trabalho de pesquisa Guião para a elaboração de um trabalho de pesquisa Documentos de Apoio ao Estudo Biblioteca Escolar Índice Introdução ---------------------------------------------------------------------------- 2 1. 1ª

Leia mais

Roteiro para se fazer uma boa pesquisa e elaborar um trabalho acadêmico

Roteiro para se fazer uma boa pesquisa e elaborar um trabalho acadêmico Roteiro para se fazer uma boa pesquisa e elaborar um trabalho acadêmico Para realizar uma pesquisa que não se torne um grande sacrifício pelas dificuldades em encontrar as informações, antes é preciso

Leia mais

Roteiro da Biblioteca das Faculdades Coc Como Fazer Uma Pesquisa Teórica e Elaborar um Trabalho Acadêmico

Roteiro da Biblioteca das Faculdades Coc Como Fazer Uma Pesquisa Teórica e Elaborar um Trabalho Acadêmico Roteiro da Biblioteca das Faculdades Coc Como Fazer Uma Pesquisa Teórica e Elaborar um Trabalho Acadêmico Para realizar uma pesquisa que não se torne um grande sacrifício pelas dificuldades em encontrar

Leia mais

Modelo de Pesquisa. Biblioteca Escolar. Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel - Carreira

Modelo de Pesquisa. Biblioteca Escolar. Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel - Carreira Modelo de Pesquisa Biblioteca Escolar Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel - Carreira 1ª etapa Penso sobre o tema 1) Qual o objetivo do meu trabalho? - defino e registo qual é o objetivo do meu trabalho.

Leia mais

ELABORAÇÃO DE UM GUIÃO DE PESQUISA DE INFORMAÇÃO

ELABORAÇÃO DE UM GUIÃO DE PESQUISA DE INFORMAÇÃO ELABORAÇÃO DE UM GUIÃO DE PESQUISA DE INFORMAÇÃO Este guia pretende ajudar os professores e os alunos na criação de guiões de pesquisa de informação. Os guiões de pesquisa podem ser mais ou menos detalhados,

Leia mais

GUIÃO COMO FAZER UM TRABALHO

GUIÃO COMO FAZER UM TRABALHO GUIÃO COMO FAZER UM TRABALHO BE-CRE 2012/2013 1ª Etapa Penso sobre o tema 2ª Etapa Onde vou encontrar a informação? 3ª Etapa Seleciono os documentos 4ª Etapa Recolho a informação 5ª Etapa Trato a informação

Leia mais

- relaciona informação de diferentes classes da CDU no tratamento de um tema -utiliza as funcionalidades de pesquisa avançada no catálogo.

- relaciona informação de diferentes classes da CDU no tratamento de um tema -utiliza as funcionalidades de pesquisa avançada no catálogo. ÁREA: Conhecimento e utilização da Biblioteca Cumprir as regras de funcionamento da biblioteca - cumpre as regras de comportamento na BE - cumpre as regras de acesso, manipulação, preservação e arrumação

Leia mais

- - caso o professor não indique, procuro informar-me sobre a dimensão do trabalho, para saber o que devo recolher.

- - caso o professor não indique, procuro informar-me sobre a dimensão do trabalho, para saber o que devo recolher. Para elaborares o trabalho deves: 1. Pensar sobre o tema. O tema, geralmente, é fornecido pelo professor. Exemplos: - - fazer um relatório; - - fazer uma biografia; - - fazer um trabalho de pesquisa. Qual

Leia mais

PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOBASE

PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOBASE PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOBASE 1. Seleccionar, no ambiente de trabalho do computador, o ícone OPAC Módulo de Pesquisa Local para efectuar uma pesquisa. OPAC - Online Public Access Catalog. 2. Para abrir

Leia mais

1ª Etapa: A Escolha do Tema

1ª Etapa: A Escolha do Tema O que é um trabalho escrito? Realizar um trabalho escrito é pegar num tema, clarificá-lo e tomar uma posição sobre o mesmo. Para isso, deve utilizar-se bibliografia adequada. Quando é pedido a um aluno

Leia mais

Etapa 1: Escolho o tema/subtema

Etapa 1: Escolho o tema/subtema Etapa 1: Escolho o tema/subtema Nesta etapa deves colocar algumas questões e só depois de obteres resposta à 1ª pergunta é que avanças para as restantes: 1ª Pergunta Já sabes especificar o teu tema, quer

Leia mais

COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM

COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM Ver, ouvir, compreender e contar eis como se descreve a reportagem, nas escolas de Jornalismo. Para haver reportagem, é indispensável

Leia mais

1- Como realizar um trabalho de pesquisa no Secundário

1- Como realizar um trabalho de pesquisa no Secundário Biblioteca Escolar CT Ano letivo 2015/16 1- Como realizar um trabalho de pesquisa no Secundário 1. Escolha do tema 1.1. Proposto pelo Professor; 1.2. Escolhido pelo aluno. Fatores a considerar : Capacidade

Leia mais

Jovens do mundo todo Conheça outras culturas

Jovens do mundo todo Conheça outras culturas 5 a a 8 a séries Ensino Fundamental Jovens do mundo todo Conheça outras culturas Softwares Necessários: Microsoft Encarta 2000 Internet Explorer 5,0 Microsoft Publisher 2000 Microsoft Word 2000 Áreas:

Leia mais

saber identificar as ideias principais, organizá las e relacioná las com as anteriores;

saber identificar as ideias principais, organizá las e relacioná las com as anteriores; Leitura na diagonal É um tipo de leitura rápida, em que o objectivo é procurar uma informação específica ou identificar as ideias principais de um texto, que te vai permitir organizar melhor o teu estudo.

Leia mais

12. JORNAL DE ONTEM. 5 a e 8 a SÉRIES. A vida no Egito e México antigos. Guia do Professor

12. JORNAL DE ONTEM. 5 a e 8 a SÉRIES. A vida no Egito e México antigos. Guia do Professor 5 a e 8 a SÉRIES 12. JORNAL DE ONTEM A vida no Egito e México antigos Áreas: H, LP, G, PC SOFTWARES NECESSÁRIOS: ENCICLOPÉDIA MICROSOFT ENCARTA 2000 MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT EXCEL 2000 MICROSOFT PUBLISHER

Leia mais

GUIÃO DE TRABALHOS DE PESQUISA

GUIÃO DE TRABALHOS DE PESQUISA GUIÃO DE TRABALHOS DE PESQUISA ORIENTAÇÕES PARA A ORGANIZAÇÃO E APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE PESQUISA O trabalho deverá conter os seguintes elementos: 1. Capa 2. Índice 3. Introdução 4. Desenvolvimento

Leia mais

Manual de Utilizador. Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais. Escola Superior de Tecnologia. Instituto Politécnico de Castelo Branco

Manual de Utilizador. Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais. Escola Superior de Tecnologia. Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior de Tecnologia Instituto Politécnico de Castelo Branco Departamento de Informática Curso de Engenharia Informática Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais Ano Lectivo de 2005/2006

Leia mais

Cursos Profissionais. Prova de Aptidão Profissional

Cursos Profissionais. Prova de Aptidão Profissional Escola Secundária de S. João do Estoril Cursos Profissionais Normas para a apresentação do relatório Professora Orientadora: Apresentação As normas que se apresentam têm por objectivo uniformizar a apresentação

Leia mais

Como elaborar um trabalho de Pesquisa

Como elaborar um trabalho de Pesquisa Como elaborar um trabalho de Pesquisa Como elaborar um trabalho de pesquisa O primeiro passo a dar é a escolha do tema por ti, pelo grupo ou até por sugestão do(a) professor(a). Seguidamente estabelecerás

Leia mais

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 Google Sites A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 1. Google Sites A Google veio anunciar que, para melhorar as funcionalidades centrais do Grupos Google, como listas de discussão

Leia mais

BIBLIOTECA MUNICIPAL DAS CALDAS DA RAINHA PERGUNTAS FREQUENTES

BIBLIOTECA MUNICIPAL DAS CALDAS DA RAINHA PERGUNTAS FREQUENTES BIBLIOTECA MUNICIPAL DAS CALDAS DA RAINHA PERGUNTAS FREQUENTES CARTÃO DE LEITOR 1- Efectuar a inscrição como leitor? Para poder efectuar a inscrição como leitor, tem de residir no concelho. Os não residentes

Leia mais

1. Biblioteca. 2. Infra-Estrutura. 2.1 Espaço físico

1. Biblioteca. 2. Infra-Estrutura. 2.1 Espaço físico Biblioteca UPIS 1 SUMÁRIO 1. Biblioteca... 3 2. Infra-Estrutura... 3 2.1 Espaço físico... 3 Campus I... 3 Instalações para estudos individuais... 3 Instalações para estudos em grupo... 3 3. Acervo Bibliográfico...

Leia mais

ÍNDICE: Introdução...2

ÍNDICE: Introdução...2 ÍNDICE: Introdução...2 COMO ELABORAR UM TRABALHO ESCRITO.. 3 1. Fases do trabalho...3 1.1 Planificação.. 3 1.2 Recolha e Organização da Informação....4 1.3 Preparação do texto final. 5 1.4 A redacção final...6

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM WWW. Como pesquisar na Internet e como avaliar páginas Web

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM WWW. Como pesquisar na Internet e como avaliar páginas Web AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM E S C O L A E B 2, 3 / S E N G º D I O N Í S I O A U G U S T O C U N H A B I B L I O T E C A E S C O L A R C E N T R O D E R E C U R S O S E D U C A T I V O

Leia mais

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011 Domine o Word 2007 1 Professor: Rafael Henriques Ano Lectivo 2010/2011 Sumário Introdução aos Processadores de texto; Microsoft Word 2007 O ambiente de trabalho O Friso Os Tabuladores do Word 2007; Realização

Leia mais

Regulamento Interno AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARTIM DE FREITAS BIBLIOTECA ESCOLAR 2011 / 2012. Introdução

Regulamento Interno AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARTIM DE FREITAS BIBLIOTECA ESCOLAR 2011 / 2012. Introdução AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARTIM DE FREITAS BIBLIOTECA ESCOLAR 2011 / 2012 Regulamento Interno Introdução A Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas é parte integrante do processo educativo

Leia mais

Planificações 2012/2013. Tecnologias da Informação e Comunicação. 2ºAno. Escola Básica Integrada de Pedome. C E F Apoio à Família e à Comunidade

Planificações 2012/2013. Tecnologias da Informação e Comunicação. 2ºAno. Escola Básica Integrada de Pedome. C E F Apoio à Família e à Comunidade Planificações 2012/2013 Tecnologias da Informação e Comunicação C E F Apoio à Família e à Comunidade 2ºAno Escola Básica Integrada de Pedome Grupo Disciplinar de Informática Planificação a Longo Prazo

Leia mais

Aula 5 Microsoft PowerPoint 2003: Criando uma Apresentação

Aula 5 Microsoft PowerPoint 2003: Criando uma Apresentação Universidade de São Paulo/Faculdade de Saúde Pública Curso de Saúde Pública Disciplina: HEP 147 - Informática Aula 5 Microsoft PowerPoint 2003: Criando uma Apresentação 1 Introdução ao Microsoft PowerPoint

Leia mais

Título do trabalho: subtítulo do trabalho

Título do trabalho: subtítulo do trabalho Título do trabalho: subtítulo do trabalho Resumo Este documento apresenta um modelo de formatação a ser utilizado em artigos e tem como objetivo esclarecer aos autores o formato a ser utilizado. Este documento

Leia mais

ANÁLISE DE SITES EDUCACIONAIS PELO PROFESSOR E PELO ALUNO

ANÁLISE DE SITES EDUCACIONAIS PELO PROFESSOR E PELO ALUNO Análise do professor: Parâmetros para avaliação Ao navegar por Web sites é importante observar alguns tópicos para determinar se um site é bom ou não. Navegação, design, conteúdo, velocidade de acesso,

Leia mais

Tarefa Orientada 18 Tabelas dinâmicas

Tarefa Orientada 18 Tabelas dinâmicas Tarefa Orientada 18 Tabelas dinâmicas Análise de dados através de tabelas dinâmicas. Conceitos teóricos As Tabelas Dinâmicas são tabelas interactivas que resumem elevadas quantidades de dados, usando estrutura

Leia mais

COMO AVALIAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO AVALIAR UM ARTIGO CIENTÍFICO COMO AVALIAR UM ARTIGO CIENTÍFICO ARTIGO CIENTÍFICO Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas

Leia mais

Como escrever um comunicado de imprensa?

Como escrever um comunicado de imprensa? Como escrever um comunicado de imprensa? (Press Release) Iremos de seguida descrever uma abordagem, passo-a-passo, com o objectivo de se redigir correctamente uma nota informativa (press release) para

Leia mais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Matemática Aplicada às Ciências Sociais Ensino Regular Curso Geral de Ciências Sociais e Humanas 10º Ano Planificação 2014/2015 Índice Finalidades... 2 Objectivos e competências

Leia mais

PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo)

PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo) PROGRAMA: A FAMÍLIA (1º ano do 1º ciclo) Duração: 5 Sessões (45 minutos) Público-Alvo: 6 a 7 anos (1º Ano) Descrição: O programa A Família é constituído por uma série de cinco actividades. Identifica o

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30 (MARCAÇÃO

Leia mais

FICHA ORIENTADA Nº1 T E C N O L O G I A S D E I N F O R M A Ç Ã O E C O M U N I C A Ç Ã O INTRODUÇÃO AO PROCESSADOR DE TEXTO CRIAÇÃO DE UM DOCUMENTO

FICHA ORIENTADA Nº1 T E C N O L O G I A S D E I N F O R M A Ç Ã O E C O M U N I C A Ç Ã O INTRODUÇÃO AO PROCESSADOR DE TEXTO CRIAÇÃO DE UM DOCUMENTO T E C N O L O G I A S D E I N F O R M A Ç Ã O E C O M U N I C A Ç Ã O FICHA ORIENTADA Nº1 INTRODUÇÃO AO PROCESSADOR DE TEXTO CRIAÇÃO DE UM DOCUMENTO 1. Abra o Microsoft Word. O Microsoft Office Word ajuda

Leia mais

Tipologia Textual O conto. Competências a trabalhar associadas ao processo CO L CEL

Tipologia Textual O conto. Competências a trabalhar associadas ao processo CO L CEL Ministério da Educação Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora nº2 Novo Programa de Português do Ensino Básico Sequência Didáctica 5º ano Ano lectivo de 2010/2011 Tipologia Textual O conto Competências

Leia mais

5. Links de bibliotecas (off-line) Localiza bibliotecas que tenham uma cópia imp 6. Como entender um resultado de pesquisa. Sobre o Google Acadêmico

5. Links de bibliotecas (off-line) Localiza bibliotecas que tenham uma cópia imp 6. Como entender um resultado de pesquisa. Sobre o Google Acadêmico Sobre o Google Acadêmico Ajuda do Google Acadêmico Dicas de pesquisa avançada Suporte para bibliotecas Suporte para editoras Coloque o Google Acadêmico no seu site Como entender um resultado de pesquisa

Leia mais

PIC. Componentes da PIC 1. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo

PIC. Componentes da PIC 1. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR VERSÃO PARA O PROFESSOR 9. o ano Ensino Fundamental Produção Integrada ao Conteúdo Componentes da PIC 1. o bimestre Arte Ciências Geografia A nota de PIC é a média entre a nota

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Adoptado a 25 de Junho de 1999 pelas três Associações:

CÓDIGO DE ÉTICA. Adoptado a 25 de Junho de 1999 pelas três Associações: CÓDIGO DE ÉTICA Adoptado a 25 de Junho de 1999 pelas três Associações: APDIS Associação Portuguesa de Documentação e Informação na Saúde BAD Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas

Leia mais

Conteúdo. Como ler artigos científicos... 2

Conteúdo. Como ler artigos científicos... 2 Comol era r t i gos c i ent íc os Conteúdo Como ler artigos científicos... 2 Dicas de como ler o artigo... 4 Guia de como ler um artigo:... 5 Atividade 1... 7 Etapa 1... 7 Etapa 2... 8 Etapa 3... 8 Etapa

Leia mais

MJ Secretaria Nacional de Segurança Pública Orientações para o Conteudista. Estruturação dos Materiais Básicos para os Cursos da SENASP

MJ Secretaria Nacional de Segurança Pública Orientações para o Conteudista. Estruturação dos Materiais Básicos para os Cursos da SENASP MJ Secretaria Nacional de Segurança Pública Orientações para o Conteudista Estruturação dos Materiais Básicos para os Cursos da SENASP Contacto: erisson.pitta@mj.gov.br Telefono: 5561 2025 8991 Prezado(a)

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ABEL SALAZAR 2015-2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ABEL SALAZAR 2015-2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ABEL SALAZAR 2015-2016 1º CICLO - 1º ANO DE ESCOLARIDADE PORTUGUÊS PLANIFICAÇÃO MENSAL DE JANEIRO DOMÍNIOS METAS/OBJETIVOS OPERACIONALIZAÇÃO (DESCRITORES) MATERIAIS/RECURSOS MODALIDADES

Leia mais

Normas para participação com apresentação de pôsteres e/ou Trabalhos completos (Comunicações Orais)

Normas para participação com apresentação de pôsteres e/ou Trabalhos completos (Comunicações Orais) Normas para participação com apresentação de pôsteres e/ou Trabalhos completos (Comunicações Orais) *Os participantes do Congresso Internacional de Saúde poderão participar na modalidade OUVINTE, APRESENTAÇÃO

Leia mais

ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO/ARTIGO 1. O PROJETO DE PESQUISA

ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO/ARTIGO 1. O PROJETO DE PESQUISA ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO/ARTIGO 1. O PROJETO DE PESQUISA A primeira etapa para a organização do TCC nos cursos de pós-graduação lato sensu a distância consiste na elaboração do projeto de pesquisa,

Leia mais

Instruções sobre como elaborar artigo para o Âmbito Jurídico

Instruções sobre como elaborar artigo para o Âmbito Jurídico Instruções sobre como elaborar artigo para o Âmbito Jurídico Nome do autor: principais atividades acadêmicas em no máximo 3 linhas, colocar e-mail. 1. Se estudante de direito colocar apenas: Acadêmico

Leia mais

Guia de Depósito Teses

Guia de Depósito Teses Guia de Depósito Teses Descreva o documento que está a depositar Página 1 Se seleccionar todas as opções nesta página, visualizará um formulário diferente, modificado com o intuito de capturar informações

Leia mais

AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES

AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES ESCOLA BÁSICA LUÍS DE STTAU MONTEIRO - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE LOURES AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES DOMÍNIOS / CRITÉRIOS 3º Ciclo DISCIPLINA COGNITIVO / OPERATIVO E INSTRUMENTAL CONHECIMENTOS

Leia mais

Plano de Utilização do Acervo e Acessos

Plano de Utilização do Acervo e Acessos FACULDADE DE RONDÔNIA INSTITUTO JOÃO NEÓRICO Plano de Utilização do Acervo e Acessos SUMÁRIO 1 OBJETIVO GERAL...2 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS...2 3. ABRANGÊNCIA...2 4. BIBLIOTECA...2 4.1 Espaço Físico...4

Leia mais

Como ler um artigo científico

Como ler um artigo científico Como ler um artigo científico Baseado no texto Leitura Eficiente de Artigos Científicos Dra. Renata Fortes (USP São Carlos) (http://www.cse.ogi.edu/~dylan/efficientreading.html) Disciplina: Metodologia

Leia mais

Aprendendo a ESTUDAR. Ensino Fundamental II

Aprendendo a ESTUDAR. Ensino Fundamental II Aprendendo a ESTUDAR Ensino Fundamental II INTRODUÇÃO Onde quer que haja mulheres e homens, há sempre o que fazer, há sempre o que ensinar, há sempre o que aprender. Paulo Freire DICAS EM AULA Cuide da

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

MAIL DINÂMICO O QUE É? . É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO

MAIL DINÂMICO O QUE É? . É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO MAIL DINÂMICO O QUE É?. É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO. PERMITE O ENVIO DE MENSAGENS DE CORREIO ELECTRÓNICO PARA UM OU PARA VÁRIOS DESTINATÁRIOS EM SIMULTÂNEO. FUNCIONA DE

Leia mais

II EDIÇÃO DO CONCURSO GESTÃO DE IDEIAS PARA ECONOMIZAR

II EDIÇÃO DO CONCURSO GESTÃO DE IDEIAS PARA ECONOMIZAR II EDIÇÃO DO CONCURSO GESTÃO DE IDEIAS PARA ECONOMIZAR APRESENTAÇÃO DO CONCURSO: O concurso Gestão de Ideias para Economizar representa uma oportunidade para os estudantes se prepararem, em pequenos grupos,

Leia mais

Turma: N. de alunos: Dia de aula: Hora: Sala:

Turma: N. de alunos: Dia de aula: Hora: Sala: 71 17.1. Distinguir os diversos tipos de resíduos. Manual Viva a Terra! 8, páginas 214, 215, 218, 226 e 227. Quais são os tipos de resíduos? Leitura, por um aluno, da informação contida no início da página

Leia mais

Pesquisas Google - O Essencial

Pesquisas Google - O Essencial Pesquisas Google - O Essencial Para fazer uma consulta no Google, basta digitar algumas poucas palavras de descrição e pressionar a tecla "Enter" (ou clicar no Botão de Busca do Google) para a sua lista

Leia mais

GUIÃO DE ENTREVISTA ÀS EDUCADORAS DE INFÂNCIA. 2º Momento

GUIÃO DE ENTREVISTA ÀS EDUCADORAS DE INFÂNCIA. 2º Momento 4.1.8. Orientação específica de codificação: Entrevista a educadoras de infância (2º momento) (2001) GUIÃO DE ENTREVISTA ÀS EDUCADORAS DE INFÂNCIA 2º Momento I. Questões sobre a modalidade de prática pedagógica

Leia mais

4.3 Ferramentas para criar conteúdos/recursos educativos

4.3 Ferramentas para criar conteúdos/recursos educativos 4.3 Ferramentas para criar conteúdos/recursos educativos 4.3.2. Google Sites Célio Gonçalo Marques a) Introdução O Google Sites foi lançado oficialmente no dia 23 de Outubro de 2008 em mais de 37 línguas,

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE RECURSO EDUCATIVOS

MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE RECURSO EDUCATIVOS MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE RECURSO EDUCATIVOS Índice: Introdução 3 Acesso aos recursos bibliográficos 3 Circuito documental 3 O que é o catálogo bibliográfico? 4 Como entrar no catálogo bibliográfico?

Leia mais

Apresentação de Seminário

Apresentação de Seminário UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Campus de Marília Departamento de Ciência da Informação Apresentação de Seminário Profa. Marta Valentim Marília 2012 Introdução O seminário

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Andersown Becher Paes de Barros * Ideraldo Bonafé ** RESUMO Este trabalho apresenta

Leia mais

Orientações de Como Estudar Segmento II

Orientações de Como Estudar Segmento II Orientações de Como Estudar Segmento II Aprender é uma tarefa árdua que exige esforço e método e por isso organizamos algumas dicas para ajudá-lo(la) a aprender Como Estudar! Você verá que as orientações

Leia mais

COMO ELABORAR UM RELATÓRIO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM RELATÓRIO CIENTÍFICO COMO ELABORAR UM RELATÓRIO CIENTÍFICO 1. O que é um relatório? Um relatório de uma actividade prática, é uma exposição escrita de um determinado trabalho ou experiência laboratorial. Não é apenas uma descrição

Leia mais

Como localizar um documento na biblioteca!

Como localizar um documento na biblioteca! Como localizar um documento na biblioteca! Comece por fazer pesquisa no catálogo em linha: por autor, Por autor Se sabe o autor que procura, introduza o seu nome invertido. Ex.: Chang, Raymond por assunto,

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS PARA QUALIFICAÇÃO (MESTRADO E DOUTORADO), TESES E TRABALHOS

Leia mais

Licenciatura em: Design HISTÓRIA DA ARTE E DA TÉCNICA. EVOLUÇÃO DO DESIGN AUTOMÓVEL (BMW Séries 5)

Licenciatura em: Design HISTÓRIA DA ARTE E DA TÉCNICA. EVOLUÇÃO DO DESIGN AUTOMÓVEL (BMW Séries 5) Licenciatura em: Design HISTÓRIA DA ARTE E DA TÉCNICA Assim: 9; com ref. às fontes: 12-13 EVOLUÇÃO DO DESIGN AUTOMÓVEL (BMW Séries 5) Autores: André Sequeira 1º - A1 20110039 João Almeida 1º - A1 20110309

Leia mais

COMO TORNAR O ESTUDO E A APRENDIZAGEM MAIS EFICAZES

COMO TORNAR O ESTUDO E A APRENDIZAGEM MAIS EFICAZES COMO TORNAR O ESTUDO E A APRENDIZAGEM MAIS EFICAZES 1 Eficácia nos estudos 2 Anotação 2.1 Anotações corridas 2.2 Anotações esquemáticas 2.3 Anotações resumidas 3 Sublinha 4 Vocabulário 5 Seminário 1 EFICÁCIA

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Ano letivo 2014/2015 Ensino Secundário - 1ª e 2ª Fase Disciplina de ESPANHOL (INICIAÇÃO BIENAL) - 375 Informação Prova de Equivalência à Frequência 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

CARTA DE EMPREGO. A carta de emprego/apresentação deverá ser usada em duas situações: Resposta a ofertas/anúncios de emprego Candidaturas espontâneas

CARTA DE EMPREGO. A carta de emprego/apresentação deverá ser usada em duas situações: Resposta a ofertas/anúncios de emprego Candidaturas espontâneas CARTA DE EMPREGO A carta de emprego/apresentação deverá ser usada em duas situações: Resposta a ofertas/anúncios de emprego Candidaturas espontâneas ANÚNCIOS DE JORNAIS (CARTA DE RESPOSTA) Redigida de

Leia mais

Plano E-commerce Guia de início rápido. Plano E-commerce. Guia de início rápido

Plano E-commerce Guia de início rápido. Plano E-commerce. Guia de início rápido Plano E-commerce 1 ÍNDICE 1 GUIA DE INÍCIO RÁPIDO... 3 2 WEB SITE DE ADMINISTRAÇÃO... 3 3 ASSISTENTE DE CONFIGURAÇÃO... 4 4 CRIAR CATEGORIAS... 7 5 CRIAR PRODUTOS... 9 6 VERIFICAR OPÇÕES IMPORTANTES DO

Leia mais

Escola Secundária de Amora Seixal

Escola Secundária de Amora Seixal Escola Secundária de Amora Seixal DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS (GRUPO INFORMÁTICA) TIC TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 7º ANO TURMAS: 7A E 7B ANO LETIVO 2014-2015 P R O P

Leia mais

Guia Prático de Acesso

Guia Prático de Acesso Guia Prático de Acesso 1. Como acessar o novo e-volution? O acesso ao novo e-volution é feito através do endereço novo.evolution.com.br. Identifique abaixo as possíveis formas de acesso: 1.1 Se você já

Leia mais

Regulamento da Biblioteca da EB1/JI da Cruz da Areia Agrupamento de escolas José Saraiva

Regulamento da Biblioteca da EB1/JI da Cruz da Areia Agrupamento de escolas José Saraiva Regulamento da Biblioteca da EB1/JI da Cruz da Areia Agrupamento de escolas José Saraiva Artigo 1º DEFINIÇÃO A Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos da EB1/JI da Cruz da Areia é constituída

Leia mais

Instruções do Programa de Recenseamento RecPom 2009

Instruções do Programa de Recenseamento RecPom 2009 * FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE COLUMBOFILIA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE COLUMBOFILIA Instruções do Programa de Recenseamento RecPom 2009 1. O Que é o RecPom 2009 O RecPom 2009 contido no CD anexo destina-se a ser

Leia mais

indispensáveis para professores Ferramentas

indispensáveis para professores Ferramentas Ferramentas indispensáveis para professores O Microsoft Office oferece aos professores múltiplas formas de tornarem o seu trabalho mais produtivo e colaborativo, através da utilização de versáteis aplicações

Leia mais

MICROSOFT POWERPOINT

MICROSOFT POWERPOINT MICROSOFT POWERPOINT CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES. O QUE É O POWERPOINT? O Microsoft PowerPoint é uma aplicação que permite a criação de slides de ecrã, com cores, imagens, e objectos de outras aplicações,

Leia mais

Com fazer uma pesquisa

Com fazer uma pesquisa Agrupamento de Escolas Tomaz Pelayo Como elaborar um trabalho escolar Com fazer uma pesquisa 23-01-2014 (Elaborado por Manuel Rodrigues) Tenho de fazer um trabalho sobre... Como e por onde começar?? Onde

Leia mais

EXCEL TABELAS DINÂMICAS

EXCEL TABELAS DINÂMICAS Informática II Gestão Comercial e da Produção EXCEL TABELAS DINÂMICAS (TÓPICOS ABORDADOS NAS AULAS DE INFORMÁTICA II) Curso de Gestão Comercial e da Produção Ano Lectivo 2002/2003 Por: Cristina Wanzeller

Leia mais

Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto

Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Exercícios práticos de Word Exercício n.º 2 Localize no servidor Patinhas, a pasta APT-ExercicioWord-2. Copie esta pasta com todo o seu conteúdo para o seu ambiente de trabalho. Para resolução destes exercícios

Leia mais

(RoadMap) Guia de Utilização dos Recursos de Competitividade

(RoadMap) Guia de Utilização dos Recursos de Competitividade (RoadMap) Guia de Utilização dos Recursos de Competitividade Notas de enquadramento O presente Roadmap surge no âmbito do projeto de Recursos de Competitividade, tendo como objectivo a facilitação da utilização

Leia mais

Artigo Científico. ias, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento. (NBR 6022:2003)

Artigo Científico. ias, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento. (NBR 6022:2003) ARTIGO CIENTÍFICO Artigo Científico Apresenta o resultado de estudos, pesquisas e abordagens. Parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, ias, métodos, técnicas, t processos

Leia mais

COLETA DE DADOS PROFA. ENIMAR JERÔNIMO WENDHAUSEN

COLETA DE DADOS PROFA. ENIMAR JERÔNIMO WENDHAUSEN COLETA DE DADOS PROFA. ENIMAR JERÔNIMO WENDHAUSEN Objetivo da aula Conhecer os instrumentos de coleta de dados, suas vantagens e limitações. Caminhos Para a Obtenção de Dados Pesquisa em ciências sociais

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

O que é a ciência de dados (data science). Discussão do conceito. Luís Borges Gouveia Universidade Fernando Pessoa Versão 1.

O que é a ciência de dados (data science). Discussão do conceito. Luís Borges Gouveia Universidade Fernando Pessoa Versão 1. O que é a ciência de dados (data science). Discussão do conceito Luís Borges Gouveia Universidade Fernando Pessoa Versão 1.3, Outubro, 2015 Nota prévia Esta apresentação tem por objetivo, proporcionar

Leia mais

INSTITUTO LONG TAO METODOLOGIA CIENTÍFICA

INSTITUTO LONG TAO METODOLOGIA CIENTÍFICA INSTITUTO LONG TAO METODOLOGIA CIENTÍFICA Profa. Ms. Rose Romano Caveiro CONCEITO E DEFINIÇÃO É um conjunto de abordagens, técnicas e processos utilizados pela ciência para formular e resolver problemas

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS. 3º ano 1º trimestre / 2015. Nome: Data: / /.

ROTEIRO DE ESTUDOS. 3º ano 1º trimestre / 2015. Nome: Data: / /. ROTEIRO DE ESTUDOS 3º ano 1º trimestre / 2015 Nome: Data: / /. Querido (a) Aluno (a), Elaboramos este roteiro com dicas sobre os conteúdos trabalhados no 1º trimestre e que serão abordados nas avaliações

Leia mais

Modelo PLUS: uma estratégia para a pesquisa e uso da informação.

Modelo PLUS: uma estratégia para a pesquisa e uso da informação. Modelo PLUS: uma estratégia para a pesquisa e uso da informação. PLANIFICAR o trabalho LOCALIZAR a melhor informação USAR com eficácia a informação AUTO-AVALIAR o trabalho PLANIFICAR: 1ª parte, o que pretendo?

Leia mais

Inquérito aos Estabelecimentos de Ensino: TIC e Educação MANUAL DO COORDENADOR ESCOLAR

Inquérito aos Estabelecimentos de Ensino: TIC e Educação MANUAL DO COORDENADOR ESCOLAR Inquérito aos Estabelecimentos de Ensino: TIC e Educação MANUAL DO COORDENADOR ESCOLAR European Schoolnet Service d Approches Quantitatives des faits éducatifs Índice Introdução... 2 1. VISÃO GERAL DA

Leia mais

Folha de cálculo. Excel. Agrupamento de Escolas de Amares

Folha de cálculo. Excel. Agrupamento de Escolas de Amares Folha de cálculo Excel Agrupamento de Escolas de Amares Índice 1. Funcionalidades básicas... 3 1.1. Iniciar o Excel... 3 1.2. Criar um livro novo... 3 1.3. Abrir um livro existente... 3 1.4. Inserir uma

Leia mais

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento Britannica Escola Online Manual de Treinamento 1 ÍNDICE Conhecendo a Britannica Escola Online...3 Como Acessar a Britannica Escola Online...3 Página Inicial da Britannica Escola Online...4 Área de Pesquisa...4

Leia mais