CHECK LIST dos documentos para os Estados Unidos Enologia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CHECK LIST dos documentos para os Estados Unidos Enologia"

Transcrição

1 CHECK LIST dos documentos para os Estados Unidos Enologia Prezado(a) Candidato(a), Seja bem vindo à CAEP Intercâmbio Agrícola. Esta é uma grande oportunidade para um estágio internacional remunerado e na sua área de interesse. Para participar você precisa preencher o formulário (application form) e providenciar cópias de alguns documentos solicitados abaixo. CAEP ON LINE APPLICATION FORM devidamente preenchido em inglês, sem acentos e cedilha. 1 Cópia do Passaporte. Constando o número do passaporte, sua assinatura, seu nome e sua foto. Autobiografia em Inglês, assinada e datada (veja orientações). 2 Cartas de Referência Originais constando assinatura. Se as cartas forem escritas e assinadas em português, você deverá mandar também uma tradução para o inglês. CV Curriculum Vitae em inglês. Dados Pessoais e profissionais: data de nascimento, escolaridade, experiências profissionais, cursos, etc. Providenciar a PID obrigatoriamente antes de viajar. Veja abaixo sobre a carteira internacional. Certificado da Universidade onde estudou, somente para categoria trainee. Faça o upload na seção Documents do application on line. PID Permissão Internacional para Dirigir A Carteira de Habilitação Internacional ou PID (Permissão Internacional para Dirigir) é obrigatória para quem vai dirigir durante os estágios no exterior pela CAEP. Solicite a sua no DETRAN do seu Estado e envie uma cópia à CAEP.

2 Orientações para Elaboração de Autobiografia e Cartas de Referência AUTOBIOGRAFIA Definição: A autobiografia é a vida de um indivíduo escrito por ele mesmo (redação). ATENÇÃO Seja objetivo, a Autobiografia não deve passar de duas páginas. Basicamente deve conter informações profissionais, pessoais e expectativas de trabalho para o futuro. Respeite as regras abaixo para a composição de sua autobiografia. As cartas que excederem o tamanho estipulado serão devolvidas para correção. Escreva Autobiography no cabeçalho e no final, coloque seu nome, data e assinatura. Principal Assunto da Autobiografia: Experiência prática na sua área de interesse Você deverá explicar com detalhes qual é a sua vivência prática na área agrícola. Pode ser em propriedades rurais, em empresas ou na fazenda da Universidade. O importante é contar como é o seu dia a dia e que atividades costuma e sabe desempenhar. Você pode também explicar como é a propriedade (tamanho, tipo de produção, etc) e detalhar sobre maquinários agrícolas, se for o caso. Use 2 a 4 parágrafos para falar sobre sua experiência prática: Experiências de trabalho: sobre as suas experiências de trabalho ou estágios realizados, de preferência se as experiências são nas áreas de interesse de estágio no exterior. As informações devem ser objetivas, citando, por exemplo, os tipos de equipamentos e serviços executados e período realizado. Jovens produtores rurais devem relatar suas experiências e responsabilidades específicas. Fique à vontade para relatar outras qualificações e capacidades adicionais. É importante, se possível, comprovar suas experiências com cartas de referências (veja abaixo sobre carta de referência). Use um parágrafo ou dois sobre os itens a seguir: Família: Fale de seus pais e irmãos. Conhecimento de Inglês: Descreva sobre sua habilidade de se comunicar em Inglês e como foram seus estudos. Atenção: Muitos jovens colocam o interesse em aprender a Língua Inglesa como o principal motivo de participar da CAEP. Lembramos que este não é o principal objetivo de quem participa dos programas de estágio da CAEP. Saúde: Se já fez alguma cirurgia, se tem alguma alergia ou distúrbio alimentar, se toma algum medicamento. Alimentação: Descreva o seu hábito alimentar e como pretende se comportar com as diferenças no exterior. Maturidade: Demonstre sua maturidade, responsabilidade e capacidade de trabalho para um estágio no exterior. Hobbies: Coloque o que gosta de fazer no tempo livre e o que pretende fazer no exterior. Esportes: Se for praticante, especifique. Comente o que gosta, pratica ou assiste. Use outro parágrafo para finalizar com: Esperanças/Expectativas: Escreva o porquê você quer fazer esse estágio no exterior e quais suas expectativas. Planos para o futuro: Comente onde pretende trabalhar nos próximos 5 ou 10 anos. Seja autêntico ao escrever sua Autobiografia, coloque somente informações verídicas e importantes. DICA: 1) Faça primeiro em Português e depois traduza para o Inglês, é mais fácil que já escrever direto em Inglês. Se necessário, peça auxílio a um professor de inglês para correção. Não são aceitas traduções de internet (tradutores on line). 2) Você pode colocar algumas fotos (poucas) ao longo do texto mostrando sua experiência prática. Importante: Serão válidas apenas fotos que mostrem sua experiência prática!

3 CARTA DE REFERÊNCIA Definição: ato de referir, contar, relatar. As cartas de referências servem para comprovar vínculo e experiências práticas nas áreas de interesse para estágio no exterior. As cartas são utilizadas para facilitar o processo de colocação dos estágios e é também uma exigência do Governo de cada país, para comprovar a finalidade do visto adequado. Uma carta de referência deve ter no máximo, uma página. Não pode ser escrita por parente e deve ser alguém, preferencialmente, que lhe conheça há mais de dois anos. Devem constar principalmente suas experiências de trabalho, atividades desenvolvidas, período realizado, habilidades sociais e de comunicação, alguma habilidade específica, se houver, entre outras informações a título de comprovação. Atenção: Simples declaração sem conteúdo descritivo não tem valor. Este documento deve ser escrito na Língua Inglesa. Cartas em Português devem vir com uma tradução bem feita, de preferência por um professor. Não são aceitas traduções de internet (tradutores on line). Somente serão aceitas cartas timbradas com o respectivo nome da empresa, instituição, ou nome da fazenda, no cabeçalho. O documento deve constar o contato do assinante, como: endereço, telefone e e mail. Quem pode escrever uma carta de referência? Ex empregador que pode relatar as atividades desenvolvidas, responsabilidades e o período trabalhado. Ex instrutor de estágios curriculares ou extracurriculares com detalhes, responsabilidades e carga horária. Professor: Cuidado! Muitos professores somente conseguem referenciar um jovem na condição de estudante e é muito importante a referência, nesse caso, também como profissional, relatando as atividades práticas ao invés das atividades práticas. Agricultor: Algum agricultor ou vizinho de sua propriedade que possa dar referência. Este poderá relatar quanto tempo tem experiência e envolvimento na área agrícola. Cooperativas / Empresas Agrícolas: Profissionais que conheçam você e suas atividades e possam dar uma carta de referência citando as atividades e relação com a Cooperativa / Empresa Agrícola.

4

5

Manual Geral de Normas para Atividades Complementares

Manual Geral de Normas para Atividades Complementares CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Curso de Administração - EaD Manual Geral de Normas para Atividades Complementares 2012 Núcleo de Educação a Distância Coordenação do Curso de Administração

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - FACISA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Belo Horizonte 2011 INFORMAÇÕES E PROCEDIMENTOS ATIVIDADES O QUÊ? As atividades complementares

Leia mais

DOCUMENTOS DE APPLICATION - GERAL (vagas para todos os países exceto Alemanha, Sérvia e Suíça)

DOCUMENTOS DE APPLICATION - GERAL (vagas para todos os países exceto Alemanha, Sérvia e Suíça) DOCUMENTOS DE APPLICATION - GERAL (vagas para todos os países exceto Alemanha, Sérvia e Suíça) Em continuidade ao Cronograma Geral, apresentamos a via original do Form 0 e instruções de preenchimento dos

Leia mais

MANUAL Atividades Complementares. Curso de Pedagogia

MANUAL Atividades Complementares. Curso de Pedagogia MANUAL Atividades Complementares Curso de Pedagogia BELO HORIZONTE Agosto / 2009 1. INTRODUÇÃO O Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia foi elaborado de acordo com a Resolução de nº 1, de 15 de Maio

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE LETRAS

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE LETRAS MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE LETRAS Belo Horizonte 2013 SUMÁRIO 1 Informações e procedimentos... 2 2 Atividades que irão complementar a formação... 2 4 As atividades complementares podem

Leia mais

Reunião do dia 06 de dezembro de 2012 para tirar dúvidas sobre o programa Ciência sem Fronteiras.

Reunião do dia 06 de dezembro de 2012 para tirar dúvidas sobre o programa Ciência sem Fronteiras. Reunião do dia 06 de dezembro de 2012 para tirar dúvidas sobre o programa Ciência sem Fronteiras. 1. Faço mais de um curso pós BCT. Posso me inscrever por qualquer um deles? R. Na inscrição da UFABC você

Leia mais

Manual de Atividades Complementares

Manual de Atividades Complementares CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Manual de Atividades Complementares Belo Horizonte 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementar

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI Edital Nº 04, de 29 de setembro de 2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA I - INTRODUÇÃO Art. 1º Art. 2º O presente regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades Complementares do Curso de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO, MESTRADO E DOUTORADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO, MESTRADO E DOUTORADO MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO, MESTRADO E DOUTORADO EDITAL 02B/2015 RETIFICADO ERASMUS + na Università Ca Foscari Vitória, 19 de outubro de 2015. APRESENTAÇÃO A Secretaria de Relações Internacionais

Leia mais

FAQ As perguntas mais freqüentes sobre o Incoming (Serviço voluntário na Alemanha)

FAQ As perguntas mais freqüentes sobre o Incoming (Serviço voluntário na Alemanha) 7139 Karlsruhe Tel.: +49 (0)721/ 35480-120, -128 FAQ As perguntas mais freqüentes sobre o Incoming (Serviço voluntário na Alemanha) Perguntas gerais Na verdade eu que eu quero é estudar na Alemanha. O

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO (BACHARELADO)

CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO (BACHARELADO) CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO (BACHARELADO) O Curso de Graduação em Turismo da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga foi reformulado no ano de 2008, tendo a proposta de adaptação do seu

Leia mais

Quais países vocês estão habilitados a avaliarem credenciais? Nós podemos avaliar credenciais acadêmicas de qualquer país do mundo.

Quais países vocês estão habilitados a avaliarem credenciais? Nós podemos avaliar credenciais acadêmicas de qualquer país do mundo. PERGUNTAS FREQUENTES Porque eu deveria escolher Josef Silny & Associates, Inc. para avaliar e traduzir minhas credenciais? Nós oferecemos avaliações e traduções altamente profissionais e compreensíveis,

Leia mais

ANO 2014 2º SEMESTRE

ANO 2014 2º SEMESTRE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 095/2014, de 25/04/2014 PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS NO PROGRAMA

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE AGRONOMIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE AGRONOMIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS DOIS VIZINHOS Outubro - 2012 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DA UTFPR CÂMPUS

Leia mais

ÁREA: INSCRIÇÃO. 1.a) 3,0 4.a) 0,6 1.b) 2,5 4.b) 0,4 1.c) 2,0 4.c) 0,3 1.d) 1,5 4.d) 0,6 1.e) 1,0 4.e) 0,4

ÁREA: INSCRIÇÃO. 1.a) 3,0 4.a) 0,6 1.b) 2,5 4.b) 0,4 1.c) 2,0 4.c) 0,3 1.d) 1,5 4.d) 0,6 1.e) 1,0 4.e) 0,4 COMPROVANTES ENTREGUES: 1. aqui os itens que você julga ter pontuado. No ato da entrega cada comprovante recebido será checado pelo funcionário responsável pela recepção. 2. O numero da pagina em que esta

Leia mais

REGULAMENTO DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS DE CURSOS TÉCNICOS EXPEDIDOS POR INSTITUIÇÃO DE ENSINO ESTRANGEIRA SEÇÃO I

REGULAMENTO DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS DE CURSOS TÉCNICOS EXPEDIDOS POR INSTITUIÇÃO DE ENSINO ESTRANGEIRA SEÇÃO I REGULAMENTO DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS DE CURSOS TÉCNICOS EXPEDIDOS POR INSTITUIÇÃO DE ENSINO ESTRANGEIRA SEÇÃO I DA REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS Art. 1º O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMISSÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMISSÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG Estabelece procedimento para o reconhecimento e o registro de diploma de conclusão de curso de Pós-Graduação expedidos por instituições de ensino superior estrangeiras.

Leia mais

Centro Universitário de Belo Horizonte - UniBH. Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde - ICBS

Centro Universitário de Belo Horizonte - UniBH. Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde - ICBS Centro Universitário de Belo Horizonte - UniBH Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde - ICBS Manual Atividades Complementares de Graduação - ACG Curso de Educação Física / Licenciatura e Bacharelado

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS UCPel Sociedade Pelotense de Assistência e Cultura SPAC

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS UCPel Sociedade Pelotense de Assistência e Cultura SPAC UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS UCPel Sociedade Pelotense de Assistência e Cultura SPAC Edital 001/2014 - Seleção de Profissional Programa Redes de Cooperação A UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS - UCPel,

Leia mais

A IAESTE (International Association for the Exchange of Students for. Technical Experience) é uma organização internacional, apolítica e não -

A IAESTE (International Association for the Exchange of Students for. Technical Experience) é uma organização internacional, apolítica e não - Prezados Senhores, Ref. Explicativo Processo Oferta Reservada A IAESTE (International Association for the Exchange of Students for Technical Experience) é uma organização internacional, apolítica e não

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE HOSPITAL DE ENSINO ALCIDES CARNEIRO ANEXO 1 - AVALIAÇÃO CURRICULAR PADRONIZADA

FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE HOSPITAL DE ENSINO ALCIDES CARNEIRO ANEXO 1 - AVALIAÇÃO CURRICULAR PADRONIZADA FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE HOSPITAL DE ENSINO ALCIDES CARNEIRO ANEXO 1 - AVALIAÇÃO CURRICULAR PADRONIZADA O candidato deverá ler as instruções abaixo e entregar cópias

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA ANIMAL MESTRADO ACADÊMICO EDITAL DE SELEÇÃO 2016/1

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA ANIMAL MESTRADO ACADÊMICO EDITAL DE SELEÇÃO 2016/1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA ANIMAL Campus Universitário - Viçosa, MG - 36570-000 - Telefone: (31) 3899-1175 - Fax: (31) 3899-2578 -

Leia mais

DAAD CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2014-2016. Deutscher Akademischer Austausch Dienst Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico

DAAD CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2014-2016. Deutscher Akademischer Austausch Dienst Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico DAAD Deutscher Akademischer Austausch Dienst Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico Escritório Regional Rio de Janeiro CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO NAS ÁREAS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 2014-2016 Com este

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM PROCESSOS CONSTRUTIVOS E SANEAMENTO URBANO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM PROCESSOS CONSTRUTIVOS E SANEAMENTO URBANO EDITAL 01/2013 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM PROCESSOS PPCS A Universidade Federal do Pará, através da Coordenação do Programa de Pós- Graduação em Processos Construtivos e

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO A Direção de Pós- Graduação e Pesquisa da Universidade Veiga de Almeida, no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

MODELO DE RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS SUPERIORES DA FACULDADE DE TECNOLOGIA ALTO MÉDIO SÃO FRANCISCO FAC FUNAM

MODELO DE RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS SUPERIORES DA FACULDADE DE TECNOLOGIA ALTO MÉDIO SÃO FRANCISCO FAC FUNAM MODELO DE RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO INFORMAÇÕES GERAIS As presentes normas objetivam padronizar o Relatório de Atividades que é exigido no Estágio Curricular Supervisionado para os cursos

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL, HABILITAÇÃO EM JORNALISMO

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL, HABILITAÇÃO EM JORNALISMO Mantenedora FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantida FACULDADE FASIPE REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL, HABILITAÇÃO EM JORNALISMO SINOP / MATO GROSSO Aprovado

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO A partir do 5º ciclo Arujá - SP 2013 1 SUMÁRIO Apresentação..... 2 1. Objetivo Geral do Estágio Supervisionado.... 3 2. Como o Estágio

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM AGRONOMIA

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM AGRONOMIA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM AGRONOMIA Regulamento das Atividades Complementares previstas no Curso de Bacharelado em Agronomia do Campus Universitário de Tangará

Leia mais

Diretrizes do Programa Vilmar Faria em Análise Quantitativa e Políticas Públicas PVF CAPES e Universidade do Texas, Austin. Edital CGCI n.

Diretrizes do Programa Vilmar Faria em Análise Quantitativa e Políticas Públicas PVF CAPES e Universidade do Texas, Austin. Edital CGCI n. Diretrizes do Programa Vilmar Faria em Análise Quantitativa e Políticas Públicas PVF CAPES e Universidade do Texas, Austin Edital CGCI n. 017 /2005 1. Do Programa 1.1 O Programa Vilmar Faria em Análise

Leia mais

Cours de Français pour Débutants FFLCH EPUSP Module 3

Cours de Français pour Débutants FFLCH EPUSP Module 3 Cours de Français pour Débutants FFLCH EPUSP Module 3 Veja como montar um currículo para conseguir o primeiro emprego Candidato deve adequar o documento para cada oportunidade de trabalho. Segundo especialista,

Leia mais

EDITAL 03/2014/CRI PRÉ-SELEÇÃO INTERNA DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU FURB

EDITAL 03/2014/CRI PRÉ-SELEÇÃO INTERNA DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU FURB EDITAL 03/2014/CRI PRÉ-SELEÇÃO INTERNA DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU FURB A Coordenadoria de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Leia mais

= EDITAL Nº 001/2014 - PPGB =

= EDITAL Nº 001/2014 - PPGB = = EDITAL Nº 001/2014 - PPGB = O Coordenador Geral do Programa de Pós-Graduação em Bioenergia Associação em Rede, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais. COMUNICA a abertura das inscrições

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ADMISSÃO DE ALUNOS ESTRANGEIROS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO-UNIFESP

INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ADMISSÃO DE ALUNOS ESTRANGEIROS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO-UNIFESP INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ADMISSÃO DE ALUNOS ESTRANGEIROS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO-UNIFESP A Secretaria de Relações Internacionais da UNIFESP busca promover a internacionalização dos

Leia mais

Programa de Treinamento Nikkei. Ano Fiscal de 2011. Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA)

Programa de Treinamento Nikkei. Ano Fiscal de 2011. Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) Programa de Treinamento Nikkei Ano Fiscal de 2011 Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) Índice Geral 1. Informações do Programa de Treinamento 2.Informações dos cursos oferecidos 3. Como

Leia mais

DOUTORADO EDITAL PPGAS 6/2014 I. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL

DOUTORADO EDITAL PPGAS 6/2014 I. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL PROCESSO SELETIVO 2014 INGRESSO 1º SEMESTRE 2015 DOUTORADO EDITAL PPGAS 6/2014

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 A Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba FUNETEC/PB, pessoa jurídica

Leia mais

Missão Permanente do Brasil junto à Organização das Nações Unidas e Outros Organismos Internacionais em Genebra CONVOCATÓRIA

Missão Permanente do Brasil junto à Organização das Nações Unidas e Outros Organismos Internacionais em Genebra CONVOCATÓRIA Missão Permanente do Brasil junto à Organização das Nações Unidas e Outros Organismos Internacionais em Genebra 1. Descrição CONVOCATÓRIA Programa de Formação Complementar Processo de Seleção para as Turmas

Leia mais

Regulamente das Atividades Complementares

Regulamente das Atividades Complementares Associação Objetivo de Ensino Superior Goiânia - GO Regulamente das Atividades Complementares ARQUITETURA E URBANISMO 1º / 2º Semestre em 2015 2 ENTREGA limite 2019 do 10º semestre Nome: Número: Turma:

Leia mais

Prezado(a) candidato(a),

Prezado(a) candidato(a), Prezado(a) candidato(a), Por favor, fique atento às informações a seguir, as quais garantirão o bom andamento do seu processo de comprovação de informações para o PROUNI na ULBRA. Dedique alguns minutos

Leia mais

Processo Seletivo de Tutores a Distância

Processo Seletivo de Tutores a Distância E-TEC BRASIL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CEFET-MG Processo Seletivo de Tutores a Distância 1. ATUAÇÃO Caberá ao Tutor à Distância: 1.1. Orientar e acompanhar em seus estudos,

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES

ABERTURA DE INSCRIÇÕES ABERTURA DE INSCRIÇÕES SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA A TURMA DE 2015 DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM EM ESTOMATERAPIA: ESTOMIAS, FERIDAS E INCONTINÊNCIAS A FACISA em no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS 1 FESP ICSP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CGC/MF: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua General Carneiro, 216 Fone/Fax (0xx41) 264-3311

Leia mais

Especialização em Medicina Nuclear. Imagens Médicas de Brasília. Processo Seletivo 2016

Especialização em Medicina Nuclear. Imagens Médicas de Brasília. Processo Seletivo 2016 Especialização em Medicina Nuclear Processo Seletivo 2016 A Diretoria do IMEB torna pública, para conhecimento dos interessados, a abertura de inscrições para o Processo Seletivo do Programa de Especialização

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDOS PARCIAL VESTIBULAR 2015 1

SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDOS PARCIAL VESTIBULAR 2015 1 CANDIDATO AO VESTIBULAR 2015 1 - Nº inscrição : Percentual desejado: Curso: Administração ( ) Economia ( ) Dados do Candidato % Nome: Data de Nascimento: / / Cidade/ Estado Idade: Sexo: feminino( ) masculino

Leia mais

APLICAÇÃO DE CANDIDATO DA STEINBERG CONSULTANCY

APLICAÇÃO DE CANDIDATO DA STEINBERG CONSULTANCY APLICAÇÃO DE CANDIDATO DA STEINBERG CONSULTANCY ATRAVÉS DESTA APLICAÇÃO, SERÁ ARRECADADA AS INFORMAÇÕES BÁSICAS DAS QUAIS UTILISAREMOS PARA PROCEDER COM AS APPLICATIONS ÀS UNIVERSIDADES ESTIPULADAS NO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA para contratação de tradutor (a) Português Espanhol Espanhol Português Inglês Português e Português Inglês

TERMO DE REFERÊNCIA para contratação de tradutor (a) Português Espanhol Espanhol Português Inglês Português e Português Inglês TERMO DE REFERÊNCIA para contratação de tradutor (a) tuguês Espanhol Espanhol tuguês Inglês tuguês e tuguês Inglês 1. DADOS DO PROJETO: Tradução e Revisão de textos, documentos, publicações e outros materiais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS AVENIDA DESEMBARGADOR VITOR LIMA, N.º 222 TRINDADE CEP: 88.040-400 - FLORIANÓPOLIS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE EDITAL PROPEG Nº 010/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA PARA A A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Acre em associação

Leia mais

MODELO DA AVALIAÇÃO CURRÍCULAR. (Atualizado)

MODELO DA AVALIAÇÃO CURRÍCULAR. (Atualizado) MODELO DA AVALIAÇÃO CURRÍCULAR (Atualizado) 1. Todos os itens especificados na avaliação curricular devem ser comprovados com documentos autenticados em cartório, excetuando-se certificados com assinatura

Leia mais

QUESTIONÁRIO-PESQUISA ENGENHARIA MECÂNICA

QUESTIONÁRIO-PESQUISA ENGENHARIA MECÂNICA QUESTIONÁRIO-PESQUISA ENGENHARIA MECÂNICA Esta pesquisa é parte integrante do Exame Nacional de Cursos o Provão e tem por objetivo não só levantar informações que permitam traçar o perfil do conjunto de

Leia mais

Alunos da rede pública de ensino com ensino médio completo, ou a completá-lo em 2014.

Alunos da rede pública de ensino com ensino médio completo, ou a completá-lo em 2014. EDITAL Nº 01/2014 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CEUE PRÉ VESTIBULAR O Centro dos Estudantes Universitários de Engenharia (CEUE) torna público o edital que regulamenta a seleção de alunos para o Curso Pré-Vestibular

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras

Programa Ciência sem Fronteiras Programa Ciência sem Fronteiras Apresentação Este GUIA foi elaborado pela Diretoria de Relações Internacionais (DRI), Pró-Reitoria de Graduação (PRG) e Pró- Reitoria de Pesquisa (PRP) da UFLA para orientar

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 74/2011

RESOLUÇÃO Nº 74/2011 Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão RESOLUÇÃO Nº 74/2011 DÁ NOVA REDAÇÃO À RESOLUÇÃO Nº 81/04 QUE TRATA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES COMO COMPONENTE CURRICULAR DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE

Leia mais

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA ACESSO DIRETO - 2014

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA ACESSO DIRETO - 2014 Nome: DN: / / Área: Inscrição: 1 Marque aqui os itens que você julga ter pontuado. No ato da entrega, cada comprovante recebido será checado pelo funcionário responsável pela recepção. O número da página

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CURSO DE QUÍMICA TECNOLÓGICA

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CURSO DE QUÍMICA TECNOLÓGICA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CURSO DE QUÍMICA TECNOLÓGICA Como lançar as atividades complementares no sistema acadêmico (QUALIDATA) Caro aluno As instruções a seguir orientam

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS CENTRO DE TECNOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS CENTRO DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS CENTRO DE TECNOLOGIA EDITAL N 07, DE 12 DE SETEMBRO DE 2012 SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE DUPLO DIPLOMA DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA. (TURMA

Leia mais

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL Regulamento Atividades Complementares Faculdade da Cidade de Santa Luzia - 2014 Regulamento das Atividades Complementares CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP. Edital de Seleção 2014. Universidade Autônoma de Barcelona

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP. Edital de Seleção 2014. Universidade Autônoma de Barcelona PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP Edital de Seleção 2014 Universidade Autônoma de Barcelona A área de Extensão Acadêmica e Cooperação Internacional da FESPSP em conjunto com as coordenações

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Potiguar UnP, especificamente a concessão

Leia mais

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE A Direção Geral da Faculdade Independente do Nordeste, com vistas à chamada para seleção de alunos para o Programa Ciência

Leia mais

Contribuir para que a formação do futuro egresso seja generalista, humanista,

Contribuir para que a formação do futuro egresso seja generalista, humanista, MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios constantes dos Projetos Pedagógicos dos Cursos Superiores

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA MANUAL DE ATIVIDADES COMPLENTARES

CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA MANUAL DE ATIVIDADES COMPLENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA MANUAL DE ATIVIDADES COMPLENTARES 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementares do Curso Superior

Leia mais

ANEXO I. MODELO DE CURRICULUM VITAE (Encaminhar documentado)

ANEXO I. MODELO DE CURRICULUM VITAE (Encaminhar documentado) ANEXO I MODELO DE CURRICULUM VITAE (Encaminhar documentado) A) CADASTRO Cargo pretendido (assinale apenas um cargo): Nível Fundamental (4ª série completa): ( ) Oficial de Serviços Gerais Nível Médio: (

Leia mais

Informações Gerais sobre Vistos Passo a Passo

Informações Gerais sobre Vistos Passo a Passo Informações Gerais sobre Vistos Passo a Passo Se você planeja viajar aos Estados Unidos e precisa solicitar o visto pela primeira vez ou quer renovar um visto que ainda esteja válido ou que tenha expirado

Leia mais

Guia Prático Estudantes bolsistas Capes-Brafitec ou Capes-Brafagri

Guia Prático Estudantes bolsistas Capes-Brafitec ou Capes-Brafagri versão fevereiro 2013 Guia Prático Estudantes bolsistas Capes-Brafitec ou Capes-Brafagri Este guia é exclusivo para os estudantes bolsistas dos programas Capes-Brafitec ou Capes-Brafagri. O cumprimento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO EDITAL PROPED 01/2012 Pré-seleção de alunos para o Programa Ciência Sem Fronteiras CNPq A Universidade Federal

Leia mais

GUIA PRÁTICO ACOLHIMENTO FAMILIAR CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO ACOLHIMENTO FAMILIAR CRIANÇAS E JOVENS Manual de GUIA PRÁTICO ACOLHIMENTO FAMILIAR CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/9 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Acolhimento Familiar Crianças

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDOS INTEGRAL VESTIBULAR 2016 1

SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDOS INTEGRAL VESTIBULAR 2016 1 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR ( ) Nº Inscrição: ENEM ( ) Nº Inscrição: CURSO Administração ( ) Economia ( ) Engenharia ( ) DADOS DO CANDIDATO Nome: Data de Nascimento: / / Cidade Estado Idade: Sexo: feminino

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogada a Resolução CONSEPE 43/2005 e demais disposições contrárias.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogada a Resolução CONSEPE 43/2005 e demais disposições contrárias. RESOLUÇÃO CONSEPE 42/2007 ALTERA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHER

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHER ORIENTAÇÕES PARA PREENCHER O F O R M U L Á R I O D E I N S C R I Ç Ã O A) INFORMAÇÕES GERAIS 1. Ao acessar o sistema pela primeira vez, digite seu CPF no campo correspondente.o sistema efetuará a atualização

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios no Curso de Administração

Leia mais

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA ACESSO DIRETO - 2016

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA ACESSO DIRETO - 2016 Nome: DN: / / Especialidade: Inscrição: 1 Marque aqui os itens que você julga ter pontuado. No ato da entrega, cada comprovante recebido será checado pelo funcionário responsável pela recepção. O número

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE SÃO GONÇALO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO ACADÊMICO PROCESSO SELETIVO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE NORMAS ESPECÍFICAS DA FEA SÃO PAULO I Taxas 1. Não serão cobradas taxas nos processos seletivos dos programas de pós-graduação desta Faculdade. 2. Não será cobrada dos alunos especiais taxa de matrícula

Leia mais

Novo Formulário de Solicitação de Visto para os Estados Unidos. ConsuladoGeraldos EstadosUnidos Sao Paulo

Novo Formulário de Solicitação de Visto para os Estados Unidos. ConsuladoGeraldos EstadosUnidos Sao Paulo DS-160 Novo Formulário de Solicitação de Visto para os Estados Unidos ConsuladoGeraldos EstadosUnidos Sao Paulo Introdução O DS-160 é o novo formulário eletrônico para visto de nãoimigrante (NIV) Ele substitui

Leia mais

3º Um mínimo de 10% das atividades complementares realizadas pelos alunos deverá envolver

3º Um mínimo de 10% das atividades complementares realizadas pelos alunos deverá envolver O Diretor Geral da Faculdade São Judas Tadeu, no uso de suas atribuições regimentais e por decisão do Conselho Superior em Reunião Ordinária no dia 26 de agosto de 2015, instrui: Art. 1 o Compõem as atividades

Leia mais

CANDIDATOS RESIDENTES NO EXTERIOR MESTRADO E DOUTORADO EDITAL PPGAS 4/2014 I. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL

CANDIDATOS RESIDENTES NO EXTERIOR MESTRADO E DOUTORADO EDITAL PPGAS 4/2014 I. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL PROCESSO SELETIVO 2014 INGRESSO 1º SEMESTRE 2015 CANDIDATOS RESIDENTES NO EXTERIOR

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PALMEIRAS DE GOIÁS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PALMEIRAS DE GOIÁS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Unidade Universitária de Palmeiras de Goiás Rua S-7, s/ nº _ Setor Sul_ Palmeiras de Goiás-GO Fone/ Fax: (64) 3571-1198 (64) 3571-1173 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONVÊNIO COM O IFMT

PROCESSO SELETIVO PARA CONVÊNIO COM O IFMT UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE SÃO GONÇALO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO ACADÊMICO PROCESSO SELETIVO

Leia mais

MANUAL NORMATIVO PARA PROGRAMAS DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL

MANUAL NORMATIVO PARA PROGRAMAS DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL MANUAL NORMATIVO PARA PROGRAMAS DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL APRESENTAÇÃO Em sintonia com a sua missão de promover o desenvolvimento das habilidades empreendedoras de nosso público-alvo, a ETFG-BH incentiva

Leia mais

MPD. Manual do Candidato Ingresso em 2015. Programa de Mestrado Profissional em Direito nas linhas de Tributário e Negócios

MPD. Manual do Candidato Ingresso em 2015. Programa de Mestrado Profissional em Direito nas linhas de Tributário e Negócios Manual do Candidato - Programa de Mestrado Profissional em Direito nas linhas de Tributário e Negócios (MPD) Manual do Candidato Ingresso em 2015 MPD Programa de Mestrado Profissional em Direito nas linhas

Leia mais

FAC PERGUNTAS FREQUENTES

FAC PERGUNTAS FREQUENTES FAC PERGUNTAS FREQUENTES Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Divisão de Temas Educacionais (DCE) Departamento Cultural

Leia mais

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO CENTRO DE TREINAMENTO EM ENDOSCOPIA DIGESTIVA CREDENCIADO PELA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ENDOSCOPIA DIGESTIVA(SOBED) EDITAL E NORMAS PARA O CONCURSO DE

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ONCOLOGIA

COORDENAÇÃO DE PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ONCOLOGIA COORDENAÇÃO DE PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ONCOLOGIA EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA DOUTORADO 2016/1 O Instituto Nacional de Câncer (INCA) faz saber aos interessados

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA POLÍTICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DOUTORADO TURMA 2013 EDITAL Nº

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA POLÍTICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DOUTORADO TURMA 2013 EDITAL Nº PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA POLÍTICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DOUTORADO TURMA 2013 EDITAL Nº 24/12 O Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj) da Universidade Candido

Leia mais

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Perguntas frequentes sobre Ciência Sem Fronteiras- Alunos do Grupo Tiradentes (UNIT, FITS e FACIPE) Sumário O que é o Programa Ciência Sem Fronteiras?...

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA, CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO, FATECE PIRASSUNUNGA, SP

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA, CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO, FATECE PIRASSUNUNGA, SP REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA, CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO, FATECE PIRASSUNUNGA, SP. 2 CAPÍTULO I... 3 DA NATUREZA E DAS FINALIDADES...

Leia mais

ESCOLA SENAI DUQUE DE CAXIAS Curso Técnico em Eletroeletrônica

ESCOLA SENAI DUQUE DE CAXIAS Curso Técnico em Eletroeletrônica ESCOLA SENAI DUQUE DE CAXIAS Curso Técnico em Eletroeletrônica RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EMPRESA XXXX NOME COMPLETO DO ALUNO Cidade XXXX (Ano) NOME COMPLETO DO ALUNO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI EDITAL PROPI 006/2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do

Leia mais

a) Os candidatos deverão inscrever-se em apenas uma especialidade médica ou subespecialidade.

a) Os candidatos deverão inscrever-se em apenas uma especialidade médica ou subespecialidade. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS COORDENAÇÃO DE PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO JÚLIO MÜLLER EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL

Leia mais

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi

ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO. Fábio Ibanhez Bertuchi ELABORAÇÃO DE CURRÍCULO Fábio Ibanhez Bertuchi 1 Por quê? O currículo é seu passaporte para o mercado de trabalho e para o sucesso profissional. É por isso que você precisa aprender a prepará-lo de forma

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL N 028 /2011 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL CAI 04/2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL CAI 04/2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL CAI 04/2012 VAGAS PARA INTERCÂMBIO NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 04 DE JUNHO DE 2011.

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 04 DE JUNHO DE 2011. DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 04 DE JUNHO DE 2011. DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO Portaria Detran-754, de 3-6-2011 Estabelece as rotinas dos serviços prestados pelo Departamento Estadual

Leia mais

EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO 2014

EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO 2014 EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO 2014 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, no uso de suas atribuições, torna pública e estabelece as normas do processo de

Leia mais